WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO."

Transcrição

1 WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO. Workshop 1 Web 2.0 na educação (dinamizado por Fernando Delgado EB23 D. Afonso III) Os serviços da Web 2.0 têm um enorme potencial para a educação, pois possibilitam a interactividade, a socialização, a partilha e a colaboração online. Os blogues, as wikis, o social bookmarking, as comunidades de partilha, as redes sociais e outras ferramentas da Web 2.0 serão abordados neste workshop onde será dado um especial ênfase à interligação destas ferramentas e da prática lectiva. Destinatários: professores de todos os grupos disciplinares e níveis de Ensino. Workshop 2 As TIC como ferramentas de apoio à diversidade cultural no ensino (dinamizado por Hugo Mártires e Marisa Mártires) As escolas são hoje, cada vez mais, focos de fenómenos multiculturais, já que ali chegam ano após ano os filhos das marés de imigrantes que cruzam as fronteiras geográficas dos países. A escola vê-se confrontada com um novo paradigma: para além da responsabilidade que tem de educar e formar os alunos nacionais, tem agora também de integrar os alunos naturais de outros países, na cultura e na sociedade que os acolhe. Para alcançar a integração cultural no ensino, uma tarefa de extrema importância, é imperativo abordar a educação de uma perspectiva intercultural. As TIC assumiram um papel fundamental nas sociedades modernas, permitindo desenvolver uma nova forma de aprender, de viver, de trabalhar, de consumir e de se divertir. Nas escolas, as TIC afiguram-se como facilitadoras e motivadoras da aprendizagem dos alunos e podem ser extremamente úteis na sua integração, tanto no contexto escolar, como na sociedade em geral. 1

2 Este workshop tem como objectivos: Abordar as temáticas da cultura, da multiculturalidade, da interculturalidade e da Educação Intercultural Reflectir sobre o estado da integração/inclusão de alunos estrangeiros no contexto educativo Português Apresentar ferramentas de integração cultural na Internet Promover o debate sobre metodologias de integração cultural Destinatários: professores de todos os grupos disciplinares e níveis de Ensino. Workshop 3 e-lab laboratório virtual Sérgio Leal (dinamizado por Sérgio Leal) A plataforma e-lab é uma ferramenta de ensino e-learning, que permite aos alunos de vários níveis de ensino consolidarem os seus conhecimentos no domínio científico e, consequentemente, desenvolverem as suas competências científicas. O objectivo fundamental do e-lab é contribuir para inverter a desmotivação dos alunos para o ensino das ciências, em particular da Física e da Química. O e-lab é uma plataforma de ensino das ciências e é um laboratório real controlado remotamente e totalmente robotizado que permite a recolha de dados reais de diversas experiências, disponível 24 h por dia e que pode ser utilizado por alunos e professores em qualquer lugar, desde que providos de um computador com ligação à Internet e com o QuickTime media player ou o VLC media player e o Java Web Start instalados. O objectivo deste workshop é facilitar aos docentes o acesso dos seus alunos a laboratórios cuja aquisição de dados sob a forma electrónica permite expandir a actual formação experimental nas ciências básicas, quer ao nível de actividades laboratoriais, inacessíveis nos laboratórios tradicionais devido ao elevado tempo de montagem ou segurança envolvidos, quer permitindo compilar um elevado número de dados experimentais, aumentando as potencialidades duma análise numérica e estatística. 2

3 Pretende-se que os docentes envolvidos, no final deste workshop: (i) consigam utilizar o interface do e-lab expeditamente; (ii) tenham conhecimento das experiências disponíveis para o ensino pré-universitário; (iii) obtenham uma visão global do seu funcionamento e estrutura interna; (iv) dominem algumas ferramentas numéricas para a análise dos dados obtidos; (v) possam contribuir para a melhoria do interface e propor novas experiências do seu interesse. Workshop 4 Actividade Teste numa plataforma Moodle (dinamizado por Carlos Nunes) A utilização da plataforma Moodle é cada vez maior nas nossas escolas sendo usada diariamente por milhares de professores e educadores. Mas apesar de tudo, esta utilização limita-se a usar a plataforma como um simples repositório de recursos, não aproveitando na totalidade as suas potencialidades. Neste workshop irão ser abordadas duas das actividades Moodle com mais potencialidades, as actividade Teste (criação de testes) e a actividade Feedback (criação de questionários). 3

4 Workshop 5 A utilização do blogue como ferramenta motivadora para a aprendizagem (dinamizado por Patrícia Raposo EBI/JI de Montenegro) O blogue é uma das ferramentas TIC que pode ser utilizada pelos professores para motivar o interesse dos alunos para a aprendizagem. Ao construir um blogue o professor pode disponibilizar uma grande variedade de materiais (textos, notícias, vídeos, filmes, cartoons, trabalhos dos alunos, links para outros blogues e sites de interesse científico), com qualidade científico-pedagógica, que podem ser explorados na sala de aula e em casa. Com base nos conhecimentos adquiridos na gestão do blogue Quarks e Gluões (http://quarksegluoes.blogspot.com/) a dinamizadora deste workshop irá abordar os procedimentos necessários para construir e gerir um blogue assim como explorar diferentes ferramentas que podem ser utilizadas para a sua dinamização. Pretende-se que este workshop seja um espaço de discussão, troca de ideias e de experiências entre os participantes. Workshop 6 Joomla Plataforma de Gestão de Conteúdos (dinamizado por Sérgio Cardoso Núcleo de Formação do Hospital Distrital de Faro) Criado em 2005, o Joomla é o Sistema de Gestão de Conteúdos em maior expansão, sendo provavelmente o mais procurado, com a maior comunidade e recursos disponíveis. A grande vantagem do Joomla é facilidade de incluir novas funcionalidades num website ou portal através de extensões extras que tornam fácil e rápido a criação de websites, pela colaboração de milhares de programadores em todo o mundo que criam módulos e componentes que são adicionados em aplicações Joomla. Este workshop irá abordar, numa perspectiva first steps, a construção de websites em Joomla. Destinatários: professores com responsabilidades de dinamização e/ou administração no website da escola. Limitado a 9 participantes. 4

5 Workshop 7 O quadro interactivo na sala de aula (dinamizado por Telmo Martins e Thierry Sousa, ES Poeta António Aleixo Portimão) A utilização na sala de aula dos quadros interactivos deve ser o mais diversificada possível recorrendo a actividades incluam conteúdos multimédia e que tirem partido das potencialidades da tão falada interactividade. O objectivo deste workshop é demonstrar as potencialidades um quadro interactivo numa sala de aula recorrendo a exemplos concretos que serão alvo análise, discussão e de reflexão sobre os aspectos mais relevantes e das suas potencialidades para a utilização em sala de aula. Limitado a 16 participantes. Workshop 8 Os desafios no uso do computador nas EB1 (dinamizado por Fernanda Ferreira, EB1 de Alto Rodes - Faro e Marília Dias, EB1 de Algoz) No contexto actual, o instrumento mais adequado para o uso em sala de aula, pela sua importância enquanto elemento de motivação, é o computador. Este poderá ser um grande auxiliar em todas as áreas de ensino. Segundo Jonassen (1996) não há melhor ferramenta mental do que a Comunicação Mediada por Computadores para facilitar os processos construtivistas porque suporta a reflexão sobre o que cada um conhece e [sendo um excelente meio de que se faz uso para a] ( ) comunicação ( ), pode conduzir ( ) a [uma] mudança conceptual. O computador pode ser usado em múltiplas actividades e/ou finalidades. Desde os simples programas de produção de texto, ao da criação de imagens, passando pela construção de ficheiros, jogos interactivos, pesquisas, simples envio de mensagens, etc, etc, etc., o importante é saber seleccionar a funcionalidade e os programas que melhor se adequam ao objectivo que pretendemos atingir. 5

6 Com este workshop pretende-se motivar os professores para o uso do computador em contexto de sala de aula curricular e ajudá-los a seleccionar as funcionalidades mais adequadas, tendo em conta os objectivos que pretendem atingir com os seus alunos. Neste workshop as dinamizadoras irão mostrar exemplos das suas práticas assim como demonstrar como efectuar a utilização do Magalhães em contexto de sala de aula. Destinatários: professores do 1º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Pré-Escolar. Limitado a 20 participantes. Workshop 9 Exploração e análise de ferramentas/recursos para a educação pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico (dinamizado por Esmeralda Oliveira, EB1 Nº1 de Faro) São muitos os recursos em formato digital e ferramentas baseadas em software que são colocados ao dispor dos professores. Face a esta quantidade e diversidade é necessário que os professores estejam munidos de conhecimentos que lhe permitam fazer as melhores opções. O objectivo deste workshop é fazer com que os participantes, equacionando alguns dos porquê e dos para quê que devem estar sempre associados a este tipo de ferramenta/recursos, adquiram conhecimentos relacionados com as possibilidades de exploração destes e da sua adequação às exigências de aprendizagem. Neste workshop os participantes desenvolverão actividades de contacto e início de exploração de uma ferramenta ou um recurso, acompanhada da reflexão e discussão sobre as suas potencialidades para uso com os níveis de ensino pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico em contexto de utilização escolar. Destinatários: professores do 1º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Pré-Escolar. Limitado a 12 participantes. 6

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma.

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. Universidade de Aveiro Mestrado em Gestão da Informação Christelle Soigné Palavras-chave Ensino superior. e-learning.

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE EDUCAÇÃO MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMÁTICA EDUCACIONAL Internet e Educação Ensaio: A Web 2.0 como ferramenta pedagógica

Leia mais

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno*

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno* Website disponível em: http://formar.tecminho.uminho.pt/moodle/course/view.php?id=69 Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt Palavra-chave: *aluno* Associação Universidade Empresa para o Desenvolvimento Web

Leia mais

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO Enquadramento geral Um dos principais desafios que se colocam à sociedade portuguesa é o do desenvolvimento de uma Sociedade de Informação, voltada para o uso

Leia mais

CRIE > Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis

CRIE > Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis CRIE > Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis Resumo do projecto Com a candidatura a este projecto, e envolvendo todos os departamentos, alunos e encarregados de educação, a nossa escola

Leia mais

Plano Tecnológico da Educação objectivo estratégico e metas

Plano Tecnológico da Educação objectivo estratégico e metas Plano Tecnológico da Educação objectivo estratégico e metas Objectivo estratégico Colocar Portugal entre os cinco países europeus mais avançados na modernização tecnológica do ensino em 2010 Metas EU 2006

Leia mais

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM 1- Estabelecimentos de ensino integrados no projecto em anos lectivos transactos Os docentes colocados em estabelecimentos

Leia mais

CAPÍTULO V CONCLUSÕES, IMPLICAÇÕES E SUGESTÕES

CAPÍTULO V CONCLUSÕES, IMPLICAÇÕES E SUGESTÕES CAPÍTULO V CONCLUSÕES, IMPLICAÇÕES E SUGESTÕES 5.1. Introdução Neste último capítulo, pretendemos esboçar as principais conclusões sobre os resultados obtidos na investigação orientada para o objectivo

Leia mais

O e-learning como etapa da universidade para o virtual

O e-learning como etapa da universidade para o virtual lmbg@ufp.pt & fergomes@ufp.pt O e-learning como etapa da universidade para o virtual Luis Borges Gouveia Fernando Gomes Universidade Fernando Pessoa e-learning como objectivo ou etapa? o e-learning como

Leia mais

Manual de utilização do Moodle

Manual de utilização do Moodle Manual de utilização do Moodle Iniciação para docentes Universidade Atlântica Versão: 1 Data: Fevereiro 2010 Última revisão: Fevereiro 2010 Autor: Ricardo Gusmão Índice Introdução... 1 Registo no Moodle...

Leia mais

Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura

Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura (vide instruções no URL: http://www.crie.min-edu.pt/portateis/index.htm) 1. Identificação

Leia mais

EQUIPE: ANA IZABEL DAYSE FRANÇA JENNIFER MARTINS MARIA VÂNIA RENATA FREIRE SAMARA ARAÚJO

EQUIPE: ANA IZABEL DAYSE FRANÇA JENNIFER MARTINS MARIA VÂNIA RENATA FREIRE SAMARA ARAÚJO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA DISCIPLINA: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO II PROFESSORA: PATRÍCIA

Leia mais

SISTEMA VIRTUAL PARA GERENCIAMENTO DE OBJETOS DIDÁTICOS

SISTEMA VIRTUAL PARA GERENCIAMENTO DE OBJETOS DIDÁTICOS 769 SISTEMA VIRTUAL PARA GERENCIAMENTO DE OBJETOS DIDÁTICOS Mateus Neves de Matos 1 ; João Carlos Nunes Bittencourt 2 ; DelmarBroglio Carvalho 3 1. Bolsista PIBIC FAPESB-UEFS, Graduando em Engenharia de

Leia mais

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8B/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8B/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês Centro de Formação de Escolas dos Concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos Relatório Final de Avaliação Acção n.º 8B/2010 Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica 2. Curso Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA MESTRADO EM ENSINO DE ARTES VISUAIS NO 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO E NO ENSINO SECUNDÁRIO 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Sumário INFORMAÇÕES GERAIS... 1 SYMANTEC UNIVERSITY PARA PARCEIROS... 1 TREINAMENTO... 2 SERVIÇO DE INFORMAÇÕES... 4 COLABORAÇÃO... 5 Informações

Leia mais

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8A/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8A/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês Centro de Formação de Escolas dos Concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos Relatório Final de Avaliação Acção n.º 8A/2010 Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando

Guia de Acesso à Formação Online Formando Guia de Acesso à Formação Online Formando Copyright 2008 CTOC / NOVABASE ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...5 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...6 5. Avaliação...7

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Apresentação dos recursos Web da EASR

Apresentação dos recursos Web da EASR Apresentação dos recursos Web da EASR A Equipa TIC Setembro 2009 Introdução Este pequeno manual destina-se a dar a conhecer à comunidade da Escola Artística de Soares dos Reis (EASR) o seu Sistema de Informação

Leia mais

PLANO TIC. O Coordenador TIC Egídia Fernandes Ferraz Gameiro [1] 2 0 0 9-2 0 1 0

PLANO TIC. O Coordenador TIC Egídia Fernandes Ferraz Gameiro [1] 2 0 0 9-2 0 1 0 PLANO TIC 2 0 0 9-2 0 1 0 O Coordenador TIC Egídia Fernandes Ferraz Gameiro [1] EB1/PE Santa Cruz http://escolas.madeira-edu.pt/eb1pescruz eb1pescruz@madeira-edu.pt IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR TIC Egídia

Leia mais

Clube Web 2.0. Biblioteca Escolar. PROPONENTES: - Maria José Domingues - Marta Medeiros MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA

Clube Web 2.0. Biblioteca Escolar. PROPONENTES: - Maria José Domingues - Marta Medeiros MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. ANTÓNIO GRANJO Biblioteca Escolar Clube Web 2.0 PROPONENTES: - Maria José Domingues - Marta Medeiros Ano letivo 2012-2013 Introdução Hoje é tido

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA. Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado

A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA. Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado O Plano Tecnológico da Educação (PTE), aprovado pela Resolução de

Leia mais

PLANO TIC ano lectivo 2006/2007

PLANO TIC ano lectivo 2006/2007 PLANO TIC ano lectivo 2006/2007 O Coordenador TIC João Teiga Peixe Índice Índice...2 1. Introdução... 3 2. Objectivos... 3 3. Sectores Afectos... 4 1. Salas de Aulas... 4 2. Administrativo... 4 3. Outras

Leia mais

Índice. Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4. Primeiros passos com o e-best Learning 6. Actividades e Recursos 11

Índice. Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4. Primeiros passos com o e-best Learning 6. Actividades e Recursos 11 Índice Parte 1 - Introdução 2 Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4 Parte 2 Desenvolvimento 5 Primeiros passos com o e-best Learning 6 Como aceder à plataforma e-best Learning?... 6 Depois

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA. INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA. INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA IVINHEMA MS MAIO DE 2010 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR

Leia mais

AEC ALE TIC. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE TIC. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2014/2015 AEC ALE TIC Orientações Pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular, ALE (atividades lúdico-expressivas)

Leia mais

KIT CICLO PEDAGÓGICO ESTUDO DO MEIO. Propostas para planeamento, exploração e avaliação de visitas a museus e centros de ciência.

KIT CICLO PEDAGÓGICO ESTUDO DO MEIO. Propostas para planeamento, exploração e avaliação de visitas a museus e centros de ciência. KIT_PEDA_EST_MEIO_5:FERIAS_5_6 09/12/28 15:07 Page 1 1. o CICLO KIT PEDAGÓGICO Pedro Reis ESTUDO DO MEIO 5 Propostas para planeamento, exploração e avaliação de visitas a museus e centros de ciência ISBN

Leia mais

O que farias? pretendem servir de apoio à dinamização de sessões de trabalho

O que farias? pretendem servir de apoio à dinamização de sessões de trabalho Indicações para o professor Introdução Os ALER TAS O que farias? pretendem servir de apoio à dinamização de sessões de trabalho sobre segurança na Internet, promovendo a discussão entre os alunos, em torno

Leia mais

A plataforma. Sistemas de Gestão de Aprendizagem. Carlos Nunes csmnunes@gmail.com

A plataforma. Sistemas de Gestão de Aprendizagem. Carlos Nunes csmnunes@gmail.com A plataforma Sistemas de Gestão de Aprendizagem Carlos Nunes csmnunes@gmail.com O que é o Moodle? É um Sistema de Gestão de Aprendizagem (LMS) e de trabalho colaborativo, acessível através da Internet

Leia mais

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO 1. DIMENSÃO PEDAGÓGICA 1.a) ACESSIBILIDADE SEMPRE ÀS VEZES NUNCA Computadores, laptops e/ou tablets são recursos que estão inseridos na rotina de aprendizagem dos alunos, sendo possível

Leia mais

PARA UMA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL, APRENDER E ENSINAR EM CONTEXTOS DE LÍNGUA SEGUNDA

PARA UMA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL, APRENDER E ENSINAR EM CONTEXTOS DE LÍNGUA SEGUNDA PARA UMA EDUCAÇÃO INTERCULTURAL, APRENDER E ENSINAR EM CONTEXTOS DE LÍNGUA SEGUNDA Instituição: Instituto Camões/ Rutgers Uviversity Data prevista: 15 de Março de 2007 Duração: 8 horas Local: Center for

Leia mais

Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet nas Escolas Públicas do 1.º ciclo no distrito de Bragança

Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet nas Escolas Públicas do 1.º ciclo no distrito de Bragança Seminário Contextualização SOCIEDADE DE CONHECIMENTO E NOVAS TECNOLOGIAS NAS ZONAS RURAIS as novas acessibilidades na procura da qualidade de vida Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet

Leia mais

ATIVIDADES EXPERIMENTAIS DAS CIÊNCIAS E AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NUM PROJETO INTERDISCIPLINAR DE INVESTIGAÇÃO-AÇÃO CTS

ATIVIDADES EXPERIMENTAIS DAS CIÊNCIAS E AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NUM PROJETO INTERDISCIPLINAR DE INVESTIGAÇÃO-AÇÃO CTS ATIVIDADES EXPERIMENTAIS DAS CIÊNCIAS E AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NUM PROJETO INTERDISCIPLINAR DE INVESTIGAÇÃO-AÇÃO CTS Ana Paula Santos; António Fernandes; Berta Bemhaja; Cristina Fernandes;

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO An 2-A Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo

Leia mais

Proposta de MM-FEUP. de Recursos Educativos. Multimédia. Arte e Comunicação Multimédia. Página 1

Proposta de MM-FEUP. de Recursos Educativos. Multimédia. Arte e Comunicação Multimédia. Página 1 Proposta de Projecto Integração de Recursos Educativos Multimédia Arte e Comunicação Multimédia.: Proposta de Projecto :. Integração de Conteúdos Educativos Multimédia Título Proposta de Projecto Integração

Leia mais

5. Ler cuidadosamente as mensagens de correio electrónico;

5. Ler cuidadosamente as mensagens de correio electrónico; Segundo o Guia para ambientes de aprendizagem digitais quer alunos, quer professores, precisam de novas competências ao nível da literacia digital à medida que cada vez mais recursos estão presentes na

Leia mais

CURSO CEAD COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E ANÁLISE DE DADOS. e learning. Uma parceria entre:

CURSO CEAD COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E ANÁLISE DE DADOS. e learning. Uma parceria entre: CURSO CEAD COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E ANÁLISE DE DADOS e learning Uma parceria entre: Curso CEAD - Comunicação Empresarial e Análise de Dados NECESSITA DE PREPARAR PROPOSTAS, RELATÓRIOS OU OUTRAS COMUNICAÇÕES

Leia mais

CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS NO 1º CICLO

CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS NO 1º CICLO 2014/2015 CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS NO 1º CICLO Experimentar a Brincar (Ano 6) Realização de experiências no âmbito da Biologia Escola Secundária Cacilhas-Tejo Agrupamento de Escolas Emídio Navarro EB 2,3

Leia mais

elearning na Universidade de Aveiro: presente e futuro Fernando Ramos Universidade de Aveiro

elearning na Universidade de Aveiro: presente e futuro Fernando Ramos Universidade de Aveiro elearning na Universidade de Aveiro: presente e futuro Fernando Ramos Universidade de Aveiro conteúdo Projecto e-u Campus Virtual na Universidade de Aveiro elearning na UA: ponto de situação e principais

Leia mais

Relatório Final da Acção de Formação Sustentabilidade na Terra e Energia na Didáctica das Ciências (1 de Julho a 13 de Setembro de 2008)

Relatório Final da Acção de Formação Sustentabilidade na Terra e Energia na Didáctica das Ciências (1 de Julho a 13 de Setembro de 2008) Relatório Final da Acção de Formação Sustentabilidade na Terra e Energia na Didáctica das Ciências (1 de Julho a 13 de Setembro de 2008) Centro de Formação Centro de Formação da Batalha Formando Selma

Leia mais

Manual de utilização do Moodle

Manual de utilização do Moodle Manual de utilização do Moodle Docentes Universidade Atlântica 1 Introdução O conceito do Moodle (Modular Object Oriented Dynamic Learning Environment) foi criado em 2001 por Martin Dougiamas, o conceito

Leia mais

Será a Internet/Intranet uma plataforma viável em sala de aula? Luís Manuel Borges Gouveia. www.ufp.pt/staf/lmbg/ lmbg@ufp.pt

Será a Internet/Intranet uma plataforma viável em sala de aula? Luís Manuel Borges Gouveia. www.ufp.pt/staf/lmbg/ lmbg@ufp.pt Será a Internet/Intranet uma plataforma viável em sala de aula? Luís Manuel Borges Gouveia www.ufp.pt/staf/lmbg/ lmbg@ufp.pt Questões Será a Internet/Intranet uma plataforma viável em sala de aula? Lições

Leia mais

Curso de Formação para Dinamização de workshops

Curso de Formação para Dinamização de workshops Curso de Formação para Dinamização de workshops Ficha Informativa Curso de Formação para Cientistas 1. A Empresa A Science4you é uma empresa 100% Nacional que nasceu em Janeiro de 2008. É considerada uma

Leia mais

Actividades de Raparigas e Rapazes com as TIC

Actividades de Raparigas e Rapazes com as TIC Género, Cidadania e Intervenção Educativa: Sugestões Práticas ractividade Actividades de Raparigas e Rapazes com as TIC Inquérito na Escola Objectivos Sugestões Identificar diferenças e semelhanças na

Leia mais

Ano letivo 2014/2015. Planificação da disciplina: Tecnologias de Informação e Comunicação 8º ano. Domínio: Comunicação e Colaboração CC8

Ano letivo 2014/2015. Planificação da disciplina: Tecnologias de Informação e Comunicação 8º ano. Domínio: Comunicação e Colaboração CC8 Ano letivo 2014/2015 Planificação da disciplina: Tecnologias de Informação e Comunicação 8º ano Domínio: Comunicação e Colaboração CC8 Aulas Previstas Semestre 32 Subdomínio: Conhecimento e utilização

Leia mais

Manual do Utilizador Aluno

Manual do Utilizador Aluno Manual do Utilizador Aluno Escola Virtual Morada: Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto PORTUGAL Serviço de Apoio ao Cliente: Telefone: (+351) 707 50 52 02 Fax: (+351) 22 608 83 65 Serviço Comercial:

Leia mais

PROJECTO. Portal Português de Ciência e Cultura Científica. www.mocho.pt. Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra

PROJECTO. Portal Português de Ciência e Cultura Científica. www.mocho.pt. Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra PROJECTO @BANDA.LARGA Portal Português de Ciência e Cultura Científica www.mocho.pt Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Relatório de Circunstância/ Síntese Coimbra, 10 de Março

Leia mais

Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica

Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica Pedro Henrique SOUZA¹, Gabriel Henrique Geraldo Chaves MORAIS¹, Jessiara Garcia PEREIRA².

Leia mais

Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante)

Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante) Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante) 1. Introdução I 2. Primeiros passos I 3. Unidade Curricular I 4. Recursos e atividades O e-campus do ISPA - Instituto

Leia mais

PLANO TIC 2009-2010. O Coordenador TIC Virgílio Freitas [1]

PLANO TIC 2009-2010. O Coordenador TIC Virgílio Freitas [1] PLANO TIC 2009-2010 O Coordenador TIC Virgílio Freitas [1] ESCOLA EB1/PE Visconde Cacongo URL: http://escolas.madeira-edu.pt/eb1pevcacongo Email: eb1pevcacongo@madeira-edu.pt IDENTIFICAÇÃO DO COORDENADOR

Leia mais

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR)

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Nota Introdutória Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Apoiar e promover os objetivos educativos definidos de acordo com as finalidades e currículo

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ADOBE MUSE: CRIE E PUBLIQUE O SEU SITE EDIÇÃO Nº 01/2012

FICHA TÉCNICA DO CURSO ADOBE MUSE: CRIE E PUBLIQUE O SEU SITE EDIÇÃO Nº 01/2012 FICHA TÉCNICA DO CURSO ADOBE MUSE: CRIE E PUBLIQUE O SEU SITE EDIÇÃO Nº 01/2012 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Adobe Muse: crie e publique o seu site 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER Acesso a novas oportunidades:

Leia mais

Caracterização. Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos. (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/ Estrangeiros)

Caracterização. Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos. (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/ Estrangeiros) CLEA Curso de Línguas Estrangeiras Aplicadas Pedro Reis _ Janeiro 2005 Caracterização Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/

Leia mais

Como Criar Sites Grátis de Sucesso

Como Criar Sites Grátis de Sucesso Truques e Dicas Como Criar Sites Grátis de Sucesso Tudo o Que Precisa Para Ter Sucesso na Internet Gratuitamente! INTRODUÇÃO... 2 COMO ESCOLHER O TEMA DO SITE... 4 DICAS PARA REGISTAR UM DOMÍNIO... 5 COMO

Leia mais

Janine Garcia 1 ; Adamo Dal Berto 2 ; Marli Fátima Vick Vieira 3

Janine Garcia 1 ; Adamo Dal Berto 2 ; Marli Fátima Vick Vieira 3 ENSINO A DISTÂNCIA: UMA ANÁLISE DO MOODLE COMO INSTRUMENTO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM DO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE (IFC) - CÂMPUS ARAQUARI

Leia mais

Android. Escolhe o dispositivo Android certo!

Android. Escolhe o dispositivo Android certo! Android O Android é a plataforma mais popular do mundo das telecomunicações. Podemos usar todos os aplicativos do Google, existem mais de 600.000 aplicativos e jogos disponíveis no Google Play para nos

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais

A Ponte entre a Escola e a Ciência Azul

A Ponte entre a Escola e a Ciência Azul Projeto educativo A Ponte entre a Escola e a Ciência Azul A Ponte Entre a Escola e a Ciência Azul é um projeto educativo cujo principal objetivo é a integração ativa de estudantes do ensino secundário

Leia mais

REFLEXÕES PEDAGÓGICAS

REFLEXÕES PEDAGÓGICAS REFLEXÕES PEDAGÓGICAS A forma como trabalhamos, colaboramos e nos comunicamos está evoluindo à medida que as fronteiras entre os povos se tornam mais diluídas e a globalização aumenta. Essa tendência está

Leia mais

2010/2011. Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L.

2010/2011. Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L. Plano de 2010/2011 Instituto de S. Tiago, Cooperativa de Ensino C.R.L. Plano de de Pessoal Docente e Não Docente 2010/11 INTRODUÇÃO O Plano de do Instituto de S. Tiago surge da cooperação entre todas as

Leia mais

1 - JUSTIFICAÇÃO DO PROJECTO

1 - JUSTIFICAÇÃO DO PROJECTO 1 - JUSTIFICAÇÃO DO PROJECTO A actual transformação do mundo confere a cada um de nós professores, o dever de preparar os nossos alunos, proporcionando-lhes as qualificações básicas necessárias a indivíduos

Leia mais

Refletindo sobre o uso dos Blogs na educação

Refletindo sobre o uso dos Blogs na educação Refletindo sobre o uso dos Blogs na educação Qual a nossa experiência com o uso de blogs? BLOGS: conceito, origem e principais funcionalidades O que é um blog? Quais as possíveis formas de exploração dos

Leia mais

Módulo Presencial Síncrona Assíncrona TOTAL

Módulo Presencial Síncrona Assíncrona TOTAL REFRESCAMENTO DE PROFESSORES EM TIC NÍVEL 1 (125 horas) Objectivos gerais Este curso visa a aquisição de competências técnicas básicas no âmbito das aplicações informáticas de processamento de texto, folha

Leia mais

O contexto na Administração Pública

O contexto na Administração Pública 1.º Workshop ENIDH/MÚTUA DOS PESCADORES e-aprendizagem ou aprendizagem tecnologicamente assistida? Teresa Salis Gomes Directora da Unidade de Inovação Pedagógica O contexto na Administração Pública Aumento

Leia mais

Partilha de experimentação online em cursos de engenharia, suportada por redes de sensores e atuadores sem fios

Partilha de experimentação online em cursos de engenharia, suportada por redes de sensores e atuadores sem fios Congresso Nacional de Práticas Pedagógicas no Ensino Superior CNaPPES.15 3 de Julho de 2015, Leiria, Portugal Partilha de experimentação online em cursos de engenharia, suportada por redes de sensores

Leia mais

PÁGINAS WEB. António Ginja Carmo

PÁGINAS WEB. António Ginja Carmo PÁGINAS WEB António Ginja Carmo Índice 1 - Titulo 2 2 Enquadramento 2 3 - Descrição 3 4 - Objectivos 3 5 Público-Alvo 3 6 - Conteúdos 4 7 - Calendário das Actividades 5 8 - Estratégias Pedagógicas 8 9

Leia mais

Apresentação do MOODLE. Educação do século XXI

Apresentação do MOODLE. Educação do século XXI Apresentação do MOODLE Educação do século XXI Software social e e-learning Talvez seja o momento de fazer algo nas suas disciplinas! O que pretende do seu sistema de aprendizagem on-line? Fácil criação

Leia mais

M418 AUTOMAÇÃO NAVAL

M418 AUTOMAÇÃO NAVAL ESCOLA NÁUTICA INFANTE D. HENRIQUE DEPARTAMENTO DE MÁQUINAS MARÍTIMAS M418 AUTOMAÇÃO NAVAL TRABALHO LABORATORIAL Nº1 SIMULAÇÃO DE SISTEMAS DE COMANDO ATRAVÉS DO WEBTRAINER (BOSCH) E AUTOMATION STUDIO Por:

Leia mais

Aprimoramento através da integração

Aprimoramento através da integração Aprimoramento através da integração Uma parceria para implementar uma solução de aprendizagem em tempo recorde Visão Geral Com mais de 70 anos de excelência na produção de conhecimento no Brasil, a Fundação

Leia mais

www.educacao.ba.gov.br

www.educacao.ba.gov.br Esta cartilha digital tem o objetivo de apresentar aos professores e estudantes da Rede Pública de Ensino as Mídias e Tecnologias Educacionais Livres da Secretaria de Educação da Bahia disponibilizados

Leia mais

Apresentação da Plataforma

Apresentação da Plataforma Apresentação da Plataforma por Luís Miguel Ricardo 282 I - Generalidades Inaugurada no ano de 2009, a modalidade elearning concebida pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, utiliza a plataforma

Leia mais

Plano Tecnológico da Educação: um meio para a melhoria do desempenho escolar dos alunos

Plano Tecnológico da Educação: um meio para a melhoria do desempenho escolar dos alunos Plano Tecnológico da Educação Plano Tecnológico da Educação: um meio para a melhoria do desempenho escolar dos alunos 23 de Jun de 2008 O Plano Tecnológico da Educação constitui-se como um poderoso meio

Leia mais

Redes Sociais em Portugal

Redes Sociais em Portugal Relatório de Resultados Redes Sociais em Portugal Dezembro de 2009 Estudo NE396 Netsonda - Network Research Quem Somos? Com quase 10 anos de actividade, a Netsonda foi a primeira empresa em Portugal a

Leia mais

Plano de Atividades. Ano letivo 2011 / 2012

Plano de Atividades. Ano letivo 2011 / 2012 Plano de Atividades Ano letivo 2011 / 2012 Plano de Atividades de Informática @ 2011-2012 Plano de Atividades Pretende-se com este plano promover o uso efetivo das tecnologias de informação e comunicação

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

O MUNDO MUDOU. #fato

O MUNDO MUDOU. #fato DO GIZ AO BYTE O MUNDO MUDOU #fato Sociedade da Informação Informação como recurso estratégico Uso intensivo das TIC Interação digital Diversas formas de fazer as mesmas, ou novas coisas Qual é a sua?

Leia mais

1. Introdução. 2. Conceitos. 3. Metodologia. 4. Resultados. 5. Considerações

1. Introdução. 2. Conceitos. 3. Metodologia. 4. Resultados. 5. Considerações Comunidades de Prática Experiências e Contribuições da Tecnologia para a Educação Profissional Lane Primo Senac Ceará 2012 Sumário 1. Introdução 2. Conceitos 3. Metodologia 4. Resultados 5. Considerações

Leia mais

indispensáveis para professores Ferramentas

indispensáveis para professores Ferramentas Ferramentas indispensáveis para professores O Microsoft Office oferece aos professores múltiplas formas de tornarem o seu trabalho mais produtivo e colaborativo, através da utilização de versáteis aplicações

Leia mais

AVALIAÇÃO DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO MUSICAL NO ENSINO BÁSICO

AVALIAÇÃO DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO MUSICAL NO ENSINO BÁSICO AVALIAÇÃO DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO MUSICAL NO ENSINO BÁSICO Outubro 2009 ÍNDICE 1. Introdução 3 2. População e Amostra 3 3. Apresentação de Resultados 4 3.1. Opinião dos alunos do Mestrado em Educação Musical

Leia mais

PROJECTO DE REALIZAÇÃO

PROJECTO DE REALIZAÇÃO APPEUC Associação de Professores de Português dos Estados Unidos e Canadá MONTREAL 2007 13, 14 e 15 de Abril de 2007 no Hotel Auberge Universel em Montreal PROJECTO DE REALIZAÇÃO Comissão Organizadora:

Leia mais

Boletim PTE. Nota Editorial. Formação PTE. Todo o software mencionado neste boletim é de utilização

Boletim PTE. Nota Editorial. Formação PTE. Todo o software mencionado neste boletim é de utilização A G R U P A M E N T O V E R T I C A L D E E S C O L A S E L I A S G A R C I A - S O B R E D A Boletim PTE Número 1 Dezembro de 2009 Nesta edição: Nota Editorial Software educativo 2 Software de interesse

Leia mais

Projeto Escola com Celular

Projeto Escola com Celular Projeto Escola com Celular Rede Social de Sustentabilidade Autores: Beatriz Scavazza, Fernando Silva, Ghisleine Trigo, Luis Marcio Barbosa e Renata Simões 1 Resumo: O projeto ESCOLA COM CELULAR propõe

Leia mais

Blogues educativos: recursos e ideias para partilhar. Teresa Pombo, 2011 ~ teresa.pombo@dgidc.min-edu.pt

Blogues educativos: recursos e ideias para partilhar. Teresa Pombo, 2011 ~ teresa.pombo@dgidc.min-edu.pt Blogues educativos: recursos e ideias para partilhar O quê? utilização de blogues como repositório de recursos educativos digitais de qualidade reutilização público-alvo Windows Movie Maker Podomatic YouTube

Leia mais

Projecto de Empreendedorismo nas Escolas. ano lectivo 2011/2012

Projecto de Empreendedorismo nas Escolas. ano lectivo 2011/2012 Projecto de Empreendedorismo nas Escolas ano lectivo 2011/2012 As Fases do Projecto ANO LECTIVO 2011/2012 Fase a fase Formação de Professores Disseminação do projecto Ateliers de Criatividade 4 acções

Leia mais

Retratos: Guia para @s professor@s

Retratos: Guia para @s professor@s Retratos: Guia para @s professor@s Nivel: 10 a 12 anos Fauna Duraçao: de 5 a 7 sessões Áreas: Estudo do meio, Língua portuguesa (1º ciclo). Ciências, Língua portuguesa (2º ciclo). Descriçao: O grupo selecciona

Leia mais

"Metas de Aprendizagem

Metas de Aprendizagem "Metas de Aprendizagem TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Esmeralda Oliveira Contexto Contexto Perspectiva As TIC acrescentam valor Saberes duradouros enfoque transversal Assume-se que a integração

Leia mais

PESSOAL DOCENTE AÇÕES DE FORMAÇÃO ACREDITADAS PELO CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA PARA O CENTRO EDUCATIS

PESSOAL DOCENTE AÇÕES DE FORMAÇÃO ACREDITADAS PELO CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA PARA O CENTRO EDUCATIS TREINO DA APTIDÃO MUSCULAR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES Registo: CCPFC/ACC-61196/09 Válida até: 30-09-2012 Destinado a: Professores dos Grupos 260 e 620 AERÓBICA NA ESCOLA - METODOLOGIA BÁSICA Registo: CCPFC/ACC-61225/09

Leia mais

PLANO TIC. O Coordenador TIC. E g í d i a F e r n a n d e s F e r r a z G a m e i r o 2 0 0 8-2 0 0 9

PLANO TIC. O Coordenador TIC. E g í d i a F e r n a n d e s F e r r a z G a m e i r o 2 0 0 8-2 0 0 9 PLANO TIC 2 0 0 8-2 0 0 9 O Coordenador TIC E g í d i a F e r n a n d e s F e r r a z G a m e i r o [1] ESCOLA EB1/PE Santa Cruz http://escolas.madeira-edu.pt/eb1pescruz eb1pescruz@madeira-edu.pt IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Plano TIC EB1/PE do Paul do Mar - ETI

Plano TIC EB1/PE do Paul do Mar - ETI 2007 2008 Plano TIC EB1/PE do Paul do Mar - ETI Documento de suporte às funções do Coordenador TIC para o ano lectivo 2007/2008. Objectivos, recursos existentes, necessidades ao nível das TIC, actividades

Leia mais

PONTNews Solução Comercial de e-marketing

PONTNews Solução Comercial de e-marketing PONTNews Solução Comercial de e-marketing Dossier de Produto DP010.03 02/01/2009 A Pontual A Pontual é uma empresa de capitais 100% nacionais, cuja principal actividade é implementação de Sistemas de Informação

Leia mais

Caracterização do Curso de Formação de eformadores

Caracterização do Curso de Formação de eformadores Caracterização do Curso de Formação de eformadores 27 Titulo do Curso Curso de Formação de eformadores Titulo dos Módulos Módulo de Integração Módulo 1: Evolução Histórica e Teorias do Ensino e Formação

Leia mais

Enunciado de apresentação do projecto

Enunciado de apresentação do projecto Engenharia de Software Sistemas Distribuídos 2 o Semestre de 2009/2010 Enunciado de apresentação do projecto FEARSe Índice 1 Introdução... 2 2 Cenário de Enquadramento... 2 2.1 Requisitos funcionais...

Leia mais

ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO... 4

ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO... 4 ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO... 4 1.1- DOCENTES:... 4 1.2- NÃO DOCENTES:... 5 1.2.1- TÉCNICAS SUPERIORES EM EXERCÍCIO DE FUNÇÕES... 5 1.2.2- ASSISTENTES OPERACIONAIS EM EXERCÍCIO

Leia mais

Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional

Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional Título Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional Autora Ana Paula Salvo Paiva (Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade Católica Portuguesa) apaula.sintra.paiva@gmail.com

Leia mais

PHC dsuporte Interno. ππ Reportar o fecho de pedidos. remotamente ππ Consulta da agenda do técnico. ππ Equipamentos e Instalações

PHC dsuporte Interno. ππ Reportar o fecho de pedidos. remotamente ππ Consulta da agenda do técnico. ππ Equipamentos e Instalações PHC dsuporte Interno DESCRITIVO O módulo PHC dsuporte Interno é uma ferramenta essencial para o técnico gerir o seu dia-a-dia, que permite desempenhar um melhor serviço aos clientes, aumentar o know-how

Leia mais

Reconfiguração do contexto comunidade educativa: O Projecto Ria.EDU e a mediação tecnológica

Reconfiguração do contexto comunidade educativa: O Projecto Ria.EDU e a mediação tecnológica Reconfiguração do contexto comunidade educativa: O Projecto Ria.EDU e a mediação tecnológica Florin Zamfir 1, Fernando Delgado 2 e Óscar Mealha 1 1 Universidade de Aveiro Departamento de Comunicação e

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

storemore Descubra como ser mais produtivo e simultaneamente ter o melhor entretenimento móvel

storemore Descubra como ser mais produtivo e simultaneamente ter o melhor entretenimento móvel storemore ELEVADA CAPACIDADE DE ARMAZENAMENTO Descubra como ser mais produtivo e simultaneamente ter o melhor entretenimento móvel O que é o StoreMore? É a solução de armazenamento de alta-capacidade desenvolvida

Leia mais

MOODLE @ IPCA MANUAL DO UTILIZADOR PRIMEIRO ACESSO ENSINO A DISTÂNCIA. Tomé Faria 2011.09.22

MOODLE @ IPCA MANUAL DO UTILIZADOR PRIMEIRO ACESSO ENSINO A DISTÂNCIA. Tomé Faria 2011.09.22 MANUAL DO UTILIZADOR PRIMEIRO ACESSO ENSINO A DISTÂNCIA Tomé Faria 2011.09.22 ÍNDICE 1 Instalação de software... 3 1.1 Mozilla Firefox 3 1.1.1 Plugins adicionais... 3 1.2 Colibri 3 1.2.1 Plugins adicionais

Leia mais