MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA MODALIDADE SUBSEQUENTE EAD ENSINO A DISTÂNCIA CAMPUS SANTO AUGUSTO Autorizado pela Resolução do Conselho Superior... Agosto de 2011

2 SUMÁRIO 1. JUSTIFICATIVA OBJETIVOS OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS DETALHAMENTO REQUISITOS DE ACESSO PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO ORGANIZAÇÃO CURRICULAR ESTRUTURA CURRICULAR PRÁTICA PROFISSIONAL INTEGRADA ATIVIDADES COMPLEMENTARES TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EMENTA AVALIAÇÃO DO RENDIMENTO ESCOLAR RECUPERAÇÃO DA APRENDIZAGEM INSTRUMENTOS E FORMAS DE AVALIAÇÃO APROVEITAMENTO DE ESTUDOS INFRA ESTRUTURA DO POLO DE APOIO PRESENCIAL RECURSOS HUMANOS PESSOAL DOCENTE E TECNICO EXPEDIÇÃO DE DIPLOMA SELEÇÃO DE PROFESSORES, TUTORES E COORDENADORES DE POLO PRESENCIAL METODOLOGIA E EQUIPE DE APOIO AO ENSINO A DISTÂNCIA CURSOS DE ENSINO A DISTÂNCIA PROGRAMA - E-TEC BRASIL... 42

3 3 Presidente da República Dilma Vana Rousseff Linhares Ministro da Educação Fernando Haddad Secretário da Educação Profissional e Tecnológica Eliezer Pacheco Reitor do Instituto Federal Farroupilha Carlos Alberto Pinto da Rosa Pró-reitora de Ensino Instituto Federal Farroupilha Tanira Marinho Fabres Coordenadora Geral do Programa E-TEC Brasil Lilianna Bolsson Loebler Coordenadora Geral Adjunta do Programa E-TEC Brasil Angela Mª Andrade Marinho de Souza Diretor/a Geral do Campus Marcos Valdemar Ruffo Goulart Diretor de Ensino do Campus Adriana Kemp Coordenador/a do NEAD Maria Angélica Figueiredo Oliveira Coordenador/a de Curso Márcia Fink

4 4 1. JUSTIFICATIVA Santo Augusto, caracteriza-se por ser um município situado geograficamente na região Noroeste Colonial do Rio Grande do Sul. A região de abrangência do IF Farroupilha Campus Santo Augusto é composta por trinta e sete municípios aqui relacionados: Ajuricaba, Alegria, Augusto Pestana, Barra do Guarita, Barra Funda, Boa Vista do Buricá, Bom Progresso, Braga, Campo Novo, Catuípe, Chiapeta, Coronel Barros, Coronel Bicaco, Crissiumal, Derrubadas, Dois Irmãos das Missões, Esperança do Sul, Herval Seco, Humaitá, Ijuí, Independência, Inhacorá, Miraguaí, Nova Candelária, Nova Ramada, Novo Barreiro, Palmeira das Missões, Redentora, Santo Augusto, São José do Inhacorá, São Martinho, São Valério do Sul, Sede Nova, Tenente Portela, Tiradentes do Sul, Três Passos e Vista Gaúcha. Atendendo esses municípios, na modalidade presencial e percebendo a necessidade na formação, em outras localidades, ampliase esta abrangência, atuando na modalidade a distância.é relevante a sua influência e prestação de serviços junto à comunidade externa, facilitada a integração e parcerias com instituições da localidade e da região, oferecendo uma excelente estrutura. A constante evolução das tecnologias da informação e comunicação levou ao aumento da demanda de profissional na área de informática. Entre esses o Técnico em Informática tem sido um profissional bastante requisitado. Ele pode atuar com vínculo empregatício ou de forma autônoma, nos limites de sua responsabilidade técnica, junto a residências, indústrias, empresas comerciais ou instituições governamentais que utilizem tecnologias de informação. Pode trabalhar com atividades de manutenção de equipamentos de Informática; manutenção, instalação e configuração de redes de computadores; assessoria, consultoria e treinamento em Informática; desenvolvimento de softwares; e provedores de acesso à Internet. Neste contexto, a proposta de implantação e execução do Curso de Educação Profissional Técnico de Nível Subseqüente a Distância em Informática vem ao encontro desta realidade do mundo do trabalho. Sendo assim, o IF Farroupilha campus Santo Augusto, ao construir o Projeto Pedagógico Curricular

5 5 para o Curso de Educação Profissional Técnica, na modalidade subseqüente, estará oportunizando a construção de uma aprendizagem significativa, contextualizada e não fragmentada, possibilitando ao aluno uma formação técnica, tecnológica e humana para sua inserção nos vários seguimentos da sociedade. 2. OBJETIVOS 2.1 GERAL Formar profissionais de nível técnico, com perfil dinâmico, inovador e ético, capazes de formular soluções para sistemas de informação computacional, estando aptos a projetar, implementar e manter sistemas de comunicação, com ênfase no suporte ao usuário. 2.1 ESPECÍFICOS Atender às demandas dos municípios, cadastrados no programa e-tec Brasil, qualificando e habilitando profissionais de nível técnico em informática. Formar técnicos em informática capazes de dar manutenção em equipamentos de hardware básico com o suporte ao usuário. Formar técnicos em informática, com possibilidades reais de continuarem os estudos, ao mesmo tempo em que exercem atividades profissionais qualificadas. 3. DETALHAMENTO Tipo: Curso Técnico em Informática Subsequente Modalidade: Educação a Distância Denominação do Curso: Curso Técnico em Informática Eixo: Informação e Comunicação

6 6 Endereço de Oferta: Instituto Federal Farroupilha - Campus Santo Augusto Rua Fábio João Andolhe, Bairro Floresta - CEP Santo Augusto - Rio Grande do Sul/RS. Turno de funcionamento: On-line com aulas à distância, aulas presenciais e provas (horário noturno e sábados). Periodicidade de Oferta: Anual Número de vagas oferecidas: 40 por pólo de apoio presencial Carga horária total do Curso em hora relógio: 1155 Integralização mínima: 3 (três) semestres Integralização máxima: 6 (seis) semestres 4. REQUISITOS DE ACESSO O Instituto Federal Farroupilha, em seus processos seletivos, adota os dispostos no regulamento organizado pela Comissão Permanente de Seleção (COPESEL). Para ingresso no curso Técnico em Informática modalidade subseqüente, é necessário o aluno ter o ensino médio completo. 5. PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO O Insituto Federal Farroupilha, em seus cursos, prioriza a formação de profissionais que: Tenham competência técnica e tecnológica em sua área de atuação. Sejam capazes de se inserir no mundo do trabalho, de modo compromissado com o desenvolvimento regional sustentável. Tenham formação humanística e integrada à formação técnica e, tecnológica. Atuem com base em princípios éticos e de maneira sustentável.

7 7 Saibam interagir e aprimorar continuamente seus aprendizados a partir da convivência democrática com culturas, modos de ser e pontos de vista divergentes. Sejam cidadãos críticos, propositivos e dinâmicos na busca de novos conhecimentos. A partir disso, o perfil pretendido do egresso do curso Técnico em Informática, modalidade EaD será: Estar capacitado para a aprendizagem permanente, em eventual prosseguimento dos estudos ou diretamente no mundo do trabalho. Conhecer e operar os serviços e funções do Sistema Operacional, instalar e utilizar softwares básicos e aplicativos em geral para o suporte ao usuário. Identificar os componentes de um computador e verificar o correto funcionamento dos equipamentos e softwares do sistema de informação, interpretando orientações dos manuais, bem como analisando o funcionamento entre eles. Identificar a origem de falhas no funcionamento de computadores, periféricos e softwares básicos, avaliando seus efeitos. Instalar computadores e seus acessórios essenciais. Coordenar atividades de garantia da segurança dos dados armazenados em sistemas computacionais, efetuando cópias de segurança, restauração de dados, atividades de prevenção, detecção e remoção de vírus. Descrever características técnicas de equipamentos e componentes de acordo com parâmetros de custos e benefícios, atendendo às necessidades do usuário. Distinguir e avaliar linguagens e ambientes de programação, aplicando-os no desenvolvimento de software.

8 8 Selecionar as soluções adequadas para corrigir as falhas no funcionamento de computadores, periféricos e softwares. Compreender as arquiteturas de redes e identificar os sistemas operacionais de redes. Instalar os dispositivos de rede, os meios físicos e software de controle desses dispositivos, analisando seu funcionamento e relações entre eles. Elaborar plano de negócio, para desenvolvimento de um futuro empreendimento. Aplicar técnicas de análise de sistemas. 6. ORGANIZAÇÃO CURRICULAR O Curso Técnico em Informática subsequente - EAD - de Educação a Distância será implantado e desenvolvido, a partir de um Projeto em parceria com os Polos de Apoio Presencial (Estado ou Prefeituras Municipais). O currículo desta modalidade de ensino é desenvolvido em Componentes Curriculares concentradas em períodos estipulados, de acordo com as cargashorárias previstas. O desenvolvimento do currículo busca metodologias de ensino cujas ações promovam aprendizagens mais significativas e sintonizadas com as exigências dos atuais empreendimentos produtivos. Diante deste contexto, a participação do aluno no processo de ensino e aprendizagem deve ocorrer de forma interativa, em situações desencadeadas por desafios, problemas e projetos, reais ou simulados, conduzindo a ações resolutivas que envolvam pesquisa e estudo de bases tecnológicas de suporte. São trabalhados no Curso os recursos pedagógicos utilizados pelo Ensino a Distância, através da Plataforma Moodle (vídeos, animações, simulações, links, atividades interativas com professores, tutores, alunos, biblioteca virtual e conteúdo da Web), possibilitando-lhes o desenvolvimento da autonomia da aprendizagem e, ainda, facilidade na busca da informação e construção do conhecimento.

9 9 6.1 ESTRUTURA CURRICULAR A matriz curricular do Curso Técnico em Informática está estruturada de acordo com o que sugere o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos. Os Componentes Curriculares estão distribuídos em 3 (três) semestres numa carga horária total de 1155 horas relógio. O Curso Técnico em Informática obedece à seguinte organização: COMPONENTES CURRICULARES DO CURSO TÉCNICO INFORMÁTICA EAD 1º sem 2º sem CARGA HORÁRIA 3º sem Prática profissional Integrada C.H. Componente Informática Básica Ambientes Virtuais de Aprendizagem Introdução de Informática Aplicativos para Produção de Textos Aplicativos para Produção de Planilhas Aplicativos para Produção de Apresentações Mídias Subtotal Componente Informática Avançada Arquitetura de Computadores Lógica e Programação Sistemas Operacionais

10 10 Introdução a Redes de Computadores Banco de Dados Empreendedorismo Subtotal Componente Desenvolvimento e Suporte ao Usuário Técnicas de soluções de problemas e suporte ao usuário Projeto, Instalação, configuração de Hardware e Redes Programação de Aplicativos em Delphi Segurança de Informação e Auditoria de Sistemas Análise de Sistemas Trabalho de Conclusão de Curso Subtotal TOTAL TOTAL PRÁTICA PROFISSIONAL INTEGRADA 96 CARGA HORÁRIA CURSO 1290 CARGA HORÁRIA CURSO (Hora relógio) 1075 TOTAL ATIVIDADES COMPLEMENTARES 80 TOTAL GERAL DO CURSO (Hora relógio) PRÁTICA PROFISSIONAL INTEGRADA

11 11 Estas práticas profissionais são articuladas entre os Componentes Curriculares, realizando-se as atividades propostas em projeto, organizado pelos Tutores sob a Coordenação dos Professores, Coordenação e Colegiado do Curso. O objetivo é dar uma visão, na prática, dos conceitos trabalhados em cada disciplina possibilitando ao aluno uma aprendizagem integrada e colaborativa. 6.3 ATIVIDADES COMPLEMENTARES 80 horas A articulação entre ensino, pesquisa e extensão e a flexibilidade curricular possibilita o desenvolvimento de atitudes e ações empreendedoras e inovadoras, tendo como foco as vivências da aprendizagem para capacitação e para a inserção no mundo do trabalho. Nesse sentido, são previstas atividades complementares, o desenvolvimento de Cursos de pequena duração na área de informática ou afins, seminários, fóruns, palestras, visitas técnicas; realização de estágios não curriculares e outras atividades que articulem os currículos a temas de relevância social, local e/ou regional e potencializem recursos materiais, físicos e humanos disponíveis. As atividades são obrigatórias e devem ser realizadas fora do horário do curso normal e fora dos Componentes Curriculares obrigatórios, mas compõe a carga horária do Curso. As atividades complementares serão validadas pela coordenação do curso com apresentação de certificados ou atestados, contendo número de horas e descrição das atividades desenvolvidas, sendo validadas pela A implementação deste elemento curricular é realizada, por meio de práticas orientadas pelos Professores e Tutores, envolvidos nas atividades e avaliadas pela produção do plano de pré estágio, de relatórios por parte dos estudantes, essa implementação efetiva a iniciação científica, as práticas interdisciplinares e a articulação ensino, pesquisa e extensão. Descrição das Atividades Complementares do Curso (ACCs): ATIVIDADES COMPLEMENTARES Carga horária

12 12 máxima Participação em cursos extracurriculares na área 50 horas Participação em eventos acadêmicos como participante 50 horas Participação em eventos acadêmicos com apresentação de trabalho (como autor do trabalho) 40 horas Participação em eventos acadêmicos com apresentação de trabalho (como colaborador do trabalho) 40 horas Participação em cursos extracurriculares em áreas afins EAD ou presencial 20 horas Organizadores de eventos acadêmicos 50 horas Estágios curriculares não obrigatórios (extracurriculares) 50 horas Para a validação das atividades complementares de curso, o aluno deve solicitar por meio de requerimento à Coordenação do Curso, a com os respectivos documentos comprobatórios. Cada documento apresentado só poderá ser contabilizado uma única vez, ainda que possa ser contemplado em mais de um critério. Para todas as atividades desenvolvidas será utilizado um fator de conversão de 1:1, isto é, para todos os certificados apresentados serão validadas as cargas horárias integrais, desde que se respeitem os limites máximos estabelecidos de carga horária para cada atividade desenvolvida. A entrega dos documentos comprobatórios à Coordenação deve ocorrer ao final de cada ano letivo, e a coordenação do Curso determina o período de divulgação dos resultados. Só podem ser contabilizadas as atividades que forem realizadas no decorrer do período em que o aluno estiver vinculado ao Curso. Os casos omissos e as

13 13 situações não previstas nessas atividades serão analisados e validadas pelos coordenadores do Curso. 6.4 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O Trabalho de Conclusão tem como objetivo: Garantir maior independência e mobilidade do aluno nas atividades próprias do Técnico em Informática, pela descoberta de suas potencialidades, permitindo-lhe maior vivência no campo da Informática, desenvolvendo habilidades e maior aprofundamento técnico-científico aplicado, ampliando as competências profissionais construídas ao longo do curso. Oportunizar ao aluno o desenvolvimento do saber, do fazer, do ser e do conviver nas diversas situações que se apresentam no ambiente de trabalho. Aplicar e ampliar conhecimentos e habilidades na prática de organizações e instituições na área da Informática. Executar trabalhos práticos em organizações e instituições na área de Informática. É condição para a realização do Trabalho de Conclusão de Curso, que o aluno tenha obtido aprovação em todos os componentes do curso. O Trabalho de Conclusão de Curso tem a duração de 150 horas, com ações desenvolvidas em instituições e organizações na área da informática. Para o Trabalho de Conclusão, o aluno fará um programa de ação que contemple soluções de software ou hardware com ênfase no suporte ao usuário a ser desenvolvido, apresentar relatório/memória, fazer sua auto-avaliação e participar do seminário de avaliação final em seu pólo de origem, sendo avaliado por uma banca composta pelo orientador e mais dois professores.

14 14 O programa de ação é elaborado com base nos componentes desenvolvidos durante o curso. O trabalho é avaliado mediante procedimentos/instrumentos definidos no planejamento coletivo dos professores orientadores do mesmo. O aluno que não alcançar aprovação, após a realização do Trabalho de Conclusão de Curso precisa realizá-lo novamente, no período de, no máximo, seis meses. O aluno que deixou de realizar seu Trabalho de Conclusão de Curso no período estipulado não obterá o certificado de conclusão do curso. 6.5 EMENTÁRIO A seguir ementas, objetivos e as bibliografias dos Componentes Curriculares obrigatórias do Curso Técnico em Informática-subsequente. AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM CARGA HORÁRIA: 60 EMENTA: Educação a Distância: Introdução, Fundamentos da EAD, Materiais Didáticos em EAD, Projeto Instrucional de Cursos on-line, Ambientes Virtuais de Aprendizagem, avaliações em EAD. OBJETIVO: Conhecer o Ambiente virtual de Aprendizagem que será trabalhado no curso. Entender o processo de elaboração do conhecimento em EaD e proporcionar que o aluno se perceba como sujeito do conhecimento. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: BARBOSA, R. M. Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Porto Alegre: Editora Artmed, LITTO, Fredric M.; FORMIGA, Marcos. Educação à Distância - O Estado da Arte. 1.ed. São Paulo: Editora Pearson Education, 2009.

15 15 MAIA, Carmem; MATTAR, João. ABC da EAD - A Educação à Distância Hoje. São Paulo: Editora Pearson Education, SILVA, M. Sala de Aula Interativa. Rio de Janeiro: Editora Quartet, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: CORRÊA, J. Educação à Distância Orientações Metodológicas. Porto Alegre: Editora Artmed, DEMO, P. Conhecimento e aprendizagem na nova mídia. São Paulo: Editora Plano, NETO, J. A. M.; VALENTE, C. B. Second Life e Web 2.0 na Educação. São Paulo: Editora Novatec, NISKIER, A. Educação à distância. A tecnologia da esperança. São Paulo:Editora Loyola, PALLOFF, R. M.; PRATT, K. O Aluno Virtual Um guia para trabalhar com estudantes on-line. Porto Alegre: Editora Artmed, INTRODUÇÃO DE INFORMÁTICA CARGA HORÁRIA: 60 EMENTA: Histórico e a evolução dos computadores; Conceitos básicos relacionados à informática, organização e funcionamento do computador; Representação de dados e seus conceitos. OBJETIVO: possibilitar ao aluno o conhecimento dos termos de informática, Introduzindo-o no mundo da tecnologia, através de uma visão teórica e prática. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: CAPRON, H. L. e JOHNSON, J. A. Introdução à Informática. São Paulo:Editora Pearson Education 8a Edição, VELOSO, Fernando de Castro. Informática: conceitos básicos. 7.ed. São Paulo: Campus, MANZANO, Maria I.; MANZANO, Andre L. Estudo Dirigido de Informática Básica. 7.ed. São Paulo:Editora Erica, 2007.

16 16 MONTEIRO, Mario A. Introdução a Organização de Computadores. 5.ed. Rio de janeiro: LTC, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: BROOKSHEAR, J. G. Ciência da Computação: Uma Visão Abrangente. São Paulo: Editora Bookman, FEDELI, R. D.; POLLONI, E.; PERES, F. Introdução à Ciência da Computação. São Paulo:Editora Pioneira Thomson Learning, FILHO, EDGARD de ALENCAR, Iniciação à Lógica Matemática. São Paulo:Ed. Nobel, 21ª Edição, FILHO, Pio A. B.; MARÇULA, Marcelo. Informática - Conceitos e Aplicações. São Paulo: Editora Erica, H. L. Capron & J. A. Johnson. Introdução à Informática. 8.ed. São Paulo: Prentice- Hall, APLICATIVOS PARA A PRODUÇÃO DE TEXTO CARGA HORÁRIA: 60 Ementa: Aplicativos de produção de textos. Digitação e formatação de textos. Utilizar as ferramentas de formatação de texto, criação de bordas, ajuste de espaçamentos, parágrafos. Tabelas, Mala direta e configuração avançada. Objetivo: Desenvolver habilidades e competências sobre os conteúdos da disciplina, a fim de oportunizar situações de aprendizagem que possibilitem aos alunos o entendimento do funcionamento de aplicativos para a editoração de textos com vistas a explorá-lo de forma básica e avançada, dominando as funções do mesmo para o suporte ao usuário. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: COX, Joyce. Preppernau, Joan. Microsoft Office Word Passo a Passo. São Paulo: Artmed, MANZANO, Andre Luiz. Estudo Dirigido - Microsoft Office Word 2003 Avançado. São Paulo: Erica

17 17 ROCHA, Tarcízio da. Word X Writer - Migrando Totalmente. Rio de Janeiro: Ciência Moderna ROCHA, Tarcízio da. Openoffice.org Writer - Completo e Definitivo. Rio de Janeiro: Ciência Moderna BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: LOBO, Edson J. R. BROffice Writer: novas soluções em código aberto na editoração de textos. São Paulo: Ciência Moderna, MANZANO, André Luiz N. G.; MANZANO Maria Izabel N. G. Estudo dirigido de Microsoft Office Word São Paulo: Érica, MICROSOFT. Microsoft Office Word 2003 Básico. Porto Alegre: Bookman MICROSOFT. Microsoft Windows 2000 Professional - Passo a Passo. São Paulo: Makron Books SCHECHTER, Renato. BrOffice.org: CALC e Writer: trabalhe com planilhas e textos em software livre. Rio de Janeiro, Elsevier, APLICATIVOS PARA A PRODUÇÃO DE PLANILHAS CARGA HORÁRIA: 60 Ementa:Layout, principais barras,operações básicas matemáticas, formatação de células, estilos de moeda, porcentagem e milhares. Fórmulas e funções, formatação de planilhas, geração de gráficos e configuração avançada. Objetivo: Desenvolver habilidades e competências sobre os conteúdos da disciplina, a fim de oportunizar situações de aprendizagem que possibilitem aos alunos o entendimento do funcionamento de aplicativos para a produção de planilhas com vistas a explorá-lo de forma básica e avançada, dominando as funções do mesmo para o suporte ao usuário. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: MANZANO, Andre Luiz N. G. Maria Izabel N. G. Estudo Dirigido de Microsoft Office Excel 2010: Avançado, São Paulo: Érica, ROCHA, Tarcízio da. Excel X Calc - Migrando Totalmente, São Paulo: Ciência Moderna, 2007

18 18 SCHECHTER, Renato. BrOffice.org: CALC e Writer: trabalhe com planilhas e textos em software livre. Rio de Janeiro, Elsevier, TARCIZIO da Rocha. Openoffice.Org 2.0 Calc - Completo e Definitivo. 1ed. São Paulo: Ciência Moderna, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: BRAGA, William. Informática Elementar 2ed: Windows Xp, Word 2003 e Excel Rio de Janeiro: Alta Books MANZANO, Andre Luiz N. Estudo Dirigido de Microsoft Office Excel 2010, São Paulo: Érica, MICROSOFT. Microsoft Excel Básico. Porto Alegre: Bookman NEGRINI, Fabiano; Savichi, Louiseana Borges. Programando com Excel Florianópolis: Visual Books SAMPAIO, Cleuton. Criando Macros no BrOffice Calc. São Paulo: Brasport, APLICATIVOS PARA A PRODUÇÃO DE APRESENTAÇÕES CARGA HORÁRIA: 60 Ementa: Layout, ferramentas, edição e apresentação padrão. Inserção e e manipulação de objetos gráficos. Ferramentas para criar e personalizar animações e transições de slides. Formatação e configuração avançada. Objetivo: Desenvolver habilidades e competências sobre os conteúdos da disciplina, a fim de oportunizar situações de aprendizagem que possibilitem aos alunos o entendimento do funcionamento de aplicativos para a produção de apresentações, com vistas a explorá-lo de forma básica e avançada, dominando as funções do mesmo para o suporte ao usuário. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: MANZANO, André Luiz N. G. ESTUDO DIRIGIDO DE MICROSOFT OFFICE POWERPOINT São Paulo: Érica, MORAZ, Eduardo. Entendendo o Powerpoint São Paulo, SP: Digerati Books, 2010.

19 19 ROCHA, Tarcizio da. OpenOffice.ORG Impress completo e definitivo. Série Free Volume 4. Rio De Janeiro: Ciência. Moderna, ROCHA, Tarcízio da. Openoffice.org Base - Conhecendo e Aplicando - Série Free - Vol. 2. Rio de Janeiro: Ciência Moderna BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: GERTLER, Nat. Microsoft Powerpoint Para Leigos Passo.Rio de Janeiro, Ciência Moderna, BRAGA, Willian. Powerpoint 2003 IT Educacional. São Paulo: Alta Books, MICROSOFT. Microsoft Office Powerpoint Porto Alegre: Bookman PINTO, Sandra Rita B. Treinamento Prático em Powerpoint. São Paulo, SP: Digerati Books, RIMOLI, Monica Alvarez. Powerpoint Campinas, SP: Komedi, MIDIAS CARGA HORÁRIA: 60 EMENTA: Introdução as Mídias, Mídia Vídeo, Mídia Áudio, Mídia Internet, convergência de mídias. Entretenimento digital e jogos eletrônicos. Técnicas de desenvolvimento de aplicações multimídia para web. OBJETIVO: Possibilitar o aluno o conhecimento das mídias e a produção de materiais on-line. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: ANG, Tom. Vídeo Digital Uma Introdução. Editora Senac São Paulo, COSTA, D. G. Comunicação Multimídia na Internet. Ciência Moderna: Rio de Janeiro FILHO, W. de Padua Paula. Multimídia: Conceitos e Aplicações. Editora LTC: Rio de Janeiro, OLIVIERO, Carlos A. J.. Faça um Site: Crie Imagens para a Construção de Sites. 1 ed. Rio de Janeiro: Érica, 2001.

20 20 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: BRITO, Diego. Criação de Sites na era da Web 2.0. Brasport: Rio de Janeiro, MANZANO, J. A. N. G. ; TOLEDO, Suely A. Guia de Orientação de Desenvolvimento de Sites HTML, XHTML, CSS e JavaScript/Jscript. Erica: Rio de Janeiro, VASCONCELOS, Laércio. Multimídia nos PCs Modernos. Makron Books: São Paulo, SILVA, M. S. HTML 5. A Linguagem que revolucionou a web. Novatec: São Paulo, YNEMINE, Silvana Tauhata. Dreamweaver CS4 Florianopolis: Visual Books:, ARQUITETURA DE COMPUTADORES CARGA HORÁRIA: 75 Ementa: Arquiteturas internas dos computadores e falhas de funcionamento com origem de hardware ou de software. Instalação e configuração de periféricos. Objetivo:Capacitar para o reconhecimento da arquitetura interna de um computador e reconhecer problemas no seu funcionamento. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: MONTEIRO, M. A. Introdução à Organização de Computadores. Rio de Janeiro: Editora LTC, 5.ed STALLINGS, W. Arquitetura e Organização de Computadores. São Paulo:Editora Makron Books, 5.ed TANENBAUM, A. Organização Estruturada de Computadores. São Paulo: Editora Prentice- Hall do Brasil, TORRES, G. Montagem de Micros - Para Autodidatas, Estudantes e Técnicos. Rio de Janeiro: Editora NovaTerra, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

21 21 HENNESSY, John L.; PATTERSON, David A. Arquitetura de Computadores: Uma Abordagem Quantitativa. Rio de Janeiro: Editora Campus, 3.ed MORIMOTO, C. E. Hardware, o guia definitivo. São Paulo: Editora: GDH Press e Sul Editores, TOCCI, R. J. Sistemas digitais: Princípios e Aplicações. São Paulo:Editora Prentice-Hall, 8.ed TORRES, G. Hardware Curso Completo 4ª Ed.. Rio de Janeiro : Editora NovaTerra, WRITH, Almir. Hardware PC Guia de Referência. Rio de Janeiro:Editora Alta Books LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO CARGA HORÁRIA: 60 Ementa:Noções de lógica geral. Formalização de problemas. Algoritmos: elementos básicos da construção de algoritmos. Variáveis e constantes, tipos de dados. Estruturas de seleção e repetição. Algoritmos com vetores e matrizes. Procedimentos e funções. Objetivo:Proporcionar ao aluno, através da lógica de programação, o aprendizado de normas para a resolução de problemas a partir de algoritmos estruturados. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: CARBONI, I. F. Lógica de Programação. São Paulo: Editora Thomson, CORMEN, T. H. Algoritmos: Teoria e Prática. Rio de Janeiro: Editora Campus, MANZANO, J. A. Estudo Dirigido: Algoritmos. São Paulo: Editora Érica, SEBESTA, R. W. Conceitos de Linguagem de Programação. Porto Alegre: Editora Bookman Companhia, 5.ed BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR: AGUILAR, L.J.. Fundamentos de Programação: Algoritmos, Estruturas de dados e Objetos. São Paulo: Editora: McGraw-Hill, 2008.

22 22 ASCENCIO, Ana F. G.; CAMPOS, Edilene A. V. de. Fundamentos da Programação de Computadores: Algoritmos, Pascal, C/C++ e Java. 2.ed. São Paulo: Editora Pearson Prentice Hall, FORBELLONE, A.; EBERSPACHER, H. Lógica da programação. 3.ed. São Paulo: Editora Pearson Prentice Hall, MEDINA, M.; FERTIG, C. Algoritmos e Programação: Teoria e Prática. São Paulo : Editora Novatec, ZIVIANI, N. Projeto de Algoritmos com Implementações em Pascal e C. São Paulo: Editora Pioneira Thomson Learning, SISTEMAS OPERACIONAIS CARGA HORÁRIA: 60 Ementa: Arquiteturas e conceitos fundamentais dos sistemas operacionais, serviços e funções de sistemas operacionais, utilizando suas ferramentas e recursos em atividades de operação, configuração, manipulação de arquivos, segurança e outras. Objetivo: Proporcionar a compreensão do papel de um Sistema Operacional no gerenciamento dos dispositivos dos computadores, além de capacitar para o uso de suas ferramentas. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: OLIVEIRA, R. S.; CARISSIMI, A. Silva; TOSCANI, S. S. Sistemas operacionais. Porto Alegre :Editora Artmed, 4.ed., SILBERSCHATZ, A.; GAGNE, G.; BAER, P. Fundamentos de Sistemas Operacionais. São Paulo :Editora LTC, 6.ed., TANEMBAUM, A. Sistemas Operacionais Modernos. São Paulo: Editora Prentice- Hall, 3.ed., TANENBAUM, A.; STEEN, M. V. Sistemas Distribuídos. São Paulo: Editora Prentice Hall, 2.ed. New Jersey, BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

23 23 MANZANO, André. Estudo Dirigido Microsoft Windows 7 Ultimate. São Paulo: Erica, PAULA Jr, Marcelino F. de. Ubuntu Guia Prático para Iniciantes. São Paulo: Ciência Moderna, SILBERSCHATZ, A.; GALVIN, P. B. Sistemas Operacionais: Conceitos. São Paulo: Makron Books, WOODHULL, A.; TANENBAUM, A. Sistemas Operacionais: Projeto e Implementação. Porto Alegre: Editora Artmed, 3.ed. New Jersey, WILLIAM S. Arquitetura e Organização de Computadores. São Paulo; Makron Books, 5.ed INTRODUÇÃO A REDE DE COMPUTADORES CARGA HORÁRIA: 75 Ementa: Introdução a Redes de computadores: definições e conceitos. Tipos de redes. Classificação das Redes quanto a sua abrangência: LAN, MAN, WAN entre outros. Modos de como os dados são processados: processamento centralizado, distribuído e cooperativo. Topologias de redes. Arquiteturas de redes. Componentes de uma rede de computadores. Modelos de Referência OSI. Modelo TCP/IP. Protocolos de rede. Cabeamento. Roteamento. Serviços de Rede. Criptografia e Segurança. Objetivo: Desenvolver habilidades e competências através dos conteúdos da disciplina, a fim de oportunizar situações de aprendizagem que possibilitem aos alunos o entendimento de Redes de Computadores no contexto da Computação, com vistas ao suporte ao usuário. BIBLIOGRAFIA BÁSICA: MENDES, Douglas R. Redes de Computadores - Teoria e Prática. São Paulo: Editora Novatec, MORIMOTO, Carlos E. Redes - guia prático. Editora: Meridional, TORRES, Gabriel. Redes de Computadores - Versão Revisada e Atualizada. Rio de Janeiro: Editora NovaTerra, 2009.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA MODALIDADE SUBSEQUENTE EAD ENSINO A DISTÂNCIA CAMPUS

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO ENSINO A DISTÂNCIA

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO ENSINO A DISTÂNCIA PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO ENSINO A DISTÂNCIA 1- DADOS DE IDENTIFICAÇÃO CAMPUS:SANTO AUGUSTO DIREÇÃO GERAL: VERLAINE GERLACH DIREÇÃO DE ENSINO:MARINÊS HAMES COORDENAÇÃO

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO. Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação. Curso: Técnico em Informática. Forma/Grau: Subsequente.

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO. Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação. Curso: Técnico em Informática. Forma/Grau: Subsequente. PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Curso: Técnico em Informática Forma/Grau: Subsequente Modalidade: EaD Componente Curricular: Análise de Sistemas Ano/semestre: 2014/2

Leia mais

Plano de Ensino/Plano de Trabalho Docente

Plano de Ensino/Plano de Trabalho Docente Plano de Ensino/Plano de Trabalho Docente IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Ambiente, Saúde e Segurança CURSO: Técnico em Meio Ambiente FORMA/GRAU:( )integrado (X)subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO ENSINO A DISTÂNCIA

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO ENSINO A DISTÂNCIA PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO ENSINO A DISTÂNCIA 1- DADOS DE IDENTIFICAÇÃO CÂMPUS: SANTO AUGUSTO DIREÇÃO GERAL: VERLAINE DENIZE BRASIL GERLACH DIREÇÃO DE ENSINO: CLARINÊS

Leia mais

Planos de Ensino/Planos de Trabalho Docente

Planos de Ensino/Planos de Trabalho Docente Planos de Ensino/Planos de Trabalho Docente EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Móveis FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CURSO: TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EMENTA

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EMENTA PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico Integrado em Agropecuária DISCIPLINA: Informática Básica PROFESSORA: Jamille Silva Madureira TURMA: Agropecuária CARGA HORÁRIA: 80h ANO LETIVO: 2015 EMENTA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS FOZ DO IGUAÇU

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS FOZ DO IGUAÇU MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS FOZ DO IGUAÇU PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO: OPERADOR DE COMPUTADOR FOZ DO IGUAÇU 2012 SUMÁRIO

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 1º semestre EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 1º semestre EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Bacharelado em Administração FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2013

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2013 Administração Central Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2013 Etec de Nova Odessa Código: 234 Município: Nova Odessa EE: Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU:( X ) Integrado ( ) Subsequente ( ) Concomitante ( ) Bacharelado ( ) Licenciatura ( ) Tecnólogo

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: LICENCIATURA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( X ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR EIXO TECNOLÓGICO: PRODUÇÃO INDUSTRIAL CURSO/MODALIDADE: CURSO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES SUBSEQUENTE DISCIPLINA: INFORMÁTICA APLICADA CÓDIGO: Currículo: 2010/dezembro Ano / Semestre: 2012/2 Carga Horária total:

Leia mais

Planos de Ensino/Planos de Trabalho Docente

Planos de Ensino/Planos de Trabalho Docente Planos de Ensino/Planos de Trabalho Docente EIXO TECNOLÓGICO: Produção Alimentícia IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Agroindústria FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO: CCSA PLANO DE ENSINO. Disciplina: Informática Modalidade: EAD Período: 1º

UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO: CCSA PLANO DE ENSINO. Disciplina: Informática Modalidade: EAD Período: 1º UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO: CCSA PLANO DE ENSINO Curso/Habilitação: Agronomia Disciplina: Informática Modalidade: EAD Período: 1º Créditos: 2 Horas-aula: 30h Semestre Letivo:

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC de Mairiporã Código: 271 Município: Mairiporã EE: Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional:

Leia mais

Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC. Campus Ceilândia

Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC. Campus Ceilândia Instituto Federal de Brasília PLANO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA FIC Campus Ceilândia GESTÃO E PRÁTICAS EMPREENDEDORAS PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Ceilândia, Fevereiro de 2014. CURSO DE FORMAÇÃO

Leia mais

Plano de Ensino. CARGA HORÀRIA: 60 horas. ANO/SEM DA TURMA: 4º Semestre TURNO: noturno TURMA: 22 EMENTA

Plano de Ensino. CARGA HORÀRIA: 60 horas. ANO/SEM DA TURMA: 4º Semestre TURNO: noturno TURMA: 22 EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU: ( )integrado ( X)subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça / SP EE: Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC)

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 72/2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Sistemas de Informação, modalidade

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnólogo em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A

Leia mais

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para:

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: INSTITUIÇÃO: IFRS CAMPUS BENTO GONÇALVES CNPJ: 94728821000192 ENDEREÇO: Avenida Osvaldo Aranha, 540. Bairro Juventude. CEP: 95700-000 TELEFONE: (0xx54) 34553200 FAX: (0xx54) 34553246 Curso de Educação

Leia mais

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para:

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: Técnico em Informática na Formação de Instrutores Carga Horária: 1000 horas Estágio Curricular:

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Recursos Humanos Qualificação:

Leia mais

Unidade 1 - Nivelamento

Unidade 1 - Nivelamento PLANEJAMENTO DE CARREIRA E SUCESSO PROFISSIONAL - GST0917 PLANEJAMENTO DE CARREIRA E SUCESSO PROFISSIONAL (16/07/2014) Perfil Docente Tutor online: professor com graduação, preferencialmente, na área de

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE PELOTAS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS ANEXO Este Anexo integra o Edital Nº 35/2007, que disciplina o Concurso Público destinado ao provimento

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnologia em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3º semestre EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3º semestre EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( ) Integrado ( ) Subsequente ( ) Concomitante ( X ) Bacharelado ( ) Licenciatura ( ) Tecnólogo

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA UNIDADE SOBRADINHO

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA UNIDADE SOBRADINHO 1 FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA UNIDADE SOBRADINHO Edital numero 005/2014 _ ETEC para o Processo de Seleção de alunos para a Fábrica de Software. FACULDADE PROJEÇÃO O Diretor da Escola de Tecnologia,

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Dados de Identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo

Leia mais

Curso Técnico em Informática para Internet. Depto Acadêmico de Saúde e Serviços (DASS) Campus Florianópolis

Curso Técnico em Informática para Internet. Depto Acadêmico de Saúde e Serviços (DASS) Campus Florianópolis Curso Técnico em Informática para Internet Depto Acadêmico de Saúde e Serviços (DASS) Campus Florianópolis Rede Escola Técnica Aberta do Brasil Programa nacional MEC (SEED/SETEC) - Decreto No.6301 de 12/12/2007

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA Qualificação:

Leia mais

Ensino Técnico. Ensino Técnico

Ensino Técnico. Ensino Técnico Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: 262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Aplicativos Informatizados Eixo Tecnológico: Gestão

Leia mais

Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166

Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166 Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166 1. CÓDIGO E NOME DA DISCIPLINA BC1508 - ENGENHARIA DE SOFTWARE

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU:( X ) Integrado ( ) Subsequente ( ) Concomitante ( ) Bacharelado ( ) Licenciatura ( ) Tecnólogo

Leia mais

Capítulo I Da Origem. Capítulo II Dos Órgãos Colegiados

Capítulo I Da Origem. Capítulo II Dos Órgãos Colegiados NORMATIZAÇÃO ADMINISTRATIVA, DIDÁTICO-PEDAGÓGICA PARA AS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO NOS CURSOS TÉCNICOS NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS CURSOS DE GRADUAÇÃO EAD Disciplina: Sistemas Operacionais - Profª. Ms. Gislaine Cristina Michelotti e Prof. Ms. Henri Alves de Godoy Olá! Meu nome é Gislaine Cristina Micheloti Rosales.

Leia mais

Proporcionar uma visão geral da metodologia de Sistemas Operacionais.

Proporcionar uma visão geral da metodologia de Sistemas Operacionais. ANO 3 5º Período Sistema Operacional 1.Identificação: Identificação Disciplina Carga Horária Sistema Operacional 72 h/a Créditos 4 2.Ementa: Histórico da Criação e Evolução dos Sistemas Operacionais. Conceitos

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SANTA ROSA Rua Uruguai, 1675Bairro Central CEP: 98900.000

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2014

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2014 Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec: ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Serviços Jurídicos Qualificação:

Leia mais

E JAN EDITAL Nº 05, DE 16 DE MARÇO DE 2015.

E JAN EDITAL Nº 05, DE 16 DE MARÇO DE 2015. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Rio Grande E JAN EDITAL Nº 05, DE 16 DE MARÇO DE

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios CURSO: Bacharelado em Administração MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR APROVADO PELA RESOLUÇÃO

Leia mais

FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS

FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UBERABA MG INSTITUTO EDUCACIONAL GUILHERME DORÇA PRESIDENTE: LUIZ HUMBERTO DORÇA FACULDADE DE TALENTOS HUMANOS DIRETOR

Leia mais

Nome da Disciplina: Lingua Estrangeira Moderna Inglês

Nome da Disciplina: Lingua Estrangeira Moderna Inglês Nome da Disciplina: Lingua Estrangeira Moderna Inglês Ementa: Leitura de Textos Acadêmicos: capacitar o aluno para compreender textos em língua inglesa, em sua área de atuação, desenvolvendo estratégias

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU:(X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CASCAVEL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CASCAVEL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CASCAVEL Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação Diretoria de Extensão e Políticas de Inclusão

Leia mais

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área;

a importância de formar profissionais para atuar nos campos de trabalho emergentes na área; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n. 66/ 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Computação, Licenciatura

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA:2013 EMENTA OBJETIVOS

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA:2013 EMENTA OBJETIVOS EIXO TECNOLÓGICO:Ensino Superior Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Física FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( x ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR

PLANO DE TRABALHO DO PROFESSOR EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial CURSO/MODALIDADE: Curso Técnico em Móveis/Subsequente DISCIPLINA: Informática Básica e Aplicada CÓDIGO: Currículo: 2011 Ano / Semestre: 2012/1 Carga Horária total:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA 1. COMPETÊNCIAS Organizar atividades de entrada e saída de dados de sistemas de informação. Analisar os serviços e funções de sistemas operacionais, utilizando suas ferramentas e recursos em atividades

Leia mais

Plano de Ensino. DIRETOR(A) GERAL DO CAMPUS: Ana Rita Kraemmer da Fontoura DIRETOR (A) DE ENSINO: Alessandro Bazzan DOCENTE(A): Gustavo Griebler

Plano de Ensino. DIRETOR(A) GERAL DO CAMPUS: Ana Rita Kraemmer da Fontoura DIRETOR (A) DE ENSINO: Alessandro Bazzan DOCENTE(A): Gustavo Griebler Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnólogo em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento Unidade de Sobradinho FACULDADE PROJEÇÃO O Diretor da Escola de Tecnologia,

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2º SEMESTRE 2012

PLANO DE ENSINO 2º SEMESTRE 2012 Disciplina Curso TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CIÊNCIAS CONTÁBEIS Professor MSC. ADOLFO FRANCESCO DE OLIVEIRA COLARES Carga Horária Semanal Carga Horária Semestral Teórica Prática Total Teórica Prática Total

Leia mais

análise e desenvolvimento de sistemas Arquitetura e Sistema OO

análise e desenvolvimento de sistemas Arquitetura e Sistema OO análise e desenvolvimento de sistemas Arquitetura e Sistema OO :: Análise e Desenvolvimento Arquitetura e Sistema OO de Sistemas :: apresentação :: O novo Projeto Integrado Em 2001, a Faculdade Radial

Leia mais

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Coordenador: Duração: Carga Horária: LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Victor Emanuel Corrêa Lima 6 semestres 2800 horas Situação Legal: Reconhecido pela Portaria MEC nº 503 de 15/02/2006 MATRIZ CURRICULAR Primeiro

Leia mais

2. FOWLER, Martin; SCOTT, Kendall. UML Essencial. São Paulo: Bookman, 2005.

2. FOWLER, Martin; SCOTT, Kendall. UML Essencial. São Paulo: Bookman, 2005. 3º semestre INF302 - Análise e Modelagem de Sistemas I Análise e Modelagem de Sistemas I Identificação: INF302 Semestre: 1º Carga Horária 60 horas Número de Aulas: 72 aulas Aulas 52 aulas Aulas práticas:

Leia mais

Plano de Ensino Curso Superior

Plano de Ensino Curso Superior Plano de Ensino Curso Superior IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnólogo em Sistemas para Internet FORMA/GRAU: ( ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

Curso de Pós-graduação lato sensu em Assessoria Organizacional com Ênfase em Gestão Empresarial. Faculdades Associadas de Uberaba - FAZU

Curso de Pós-graduação lato sensu em Assessoria Organizacional com Ênfase em Gestão Empresarial. Faculdades Associadas de Uberaba - FAZU Faculdades Associadas de Uberaba - FAZU Mantenedora: Fundação Educacional para o Desenvolvimento das Ciências Agrárias - FUNDAGRI Curso de Pós-graduação lato sensu em Assessoria Organizacional com Ênfase

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO AUXILIAR EM ADMINISTRAÇÃO DE REDES - FIC

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO AUXILIAR EM ADMINISTRAÇÃO DE REDES - FIC Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO AUXILIAR EM ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 3º EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 3º EMENTA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE ENSINO Rua Esmeralda, 430 Faixa Nova Camobi -97110-767

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA. Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento.

FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA. Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento. FACULDADE PROJEÇÃO ESCOLA DE TECNOLOGIA Edital para o Processo de Seleção de alunos para o Laboratório de Práticas de Desenvolvimento. FACULDADE PROJEÇÃO O Diretor da Escola de Tecnologia, Professor Luiz

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC RODRIGUES DE ABREU Código: 135 Município: Bauru - SP Eixo Tecnológico: Segurança Habilitação Profissional: Técnico de nível médio de Técnico em Segurança

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) SISTEMAS PARA INTERNET INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 68 A disciplina estuda a área da informática como um todo e os conceitos fundamentais, abrangendo

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL DE PROGRAMADOR WEB Campus Lages Junho/2014 Parte 1 (solicitante) DADOS DO CAMPUS PROPONENTE 1. Campus: Instituto Federal de Santa Catarina Campus Lages. 2.

Leia mais

APRESENTAÇÃO. O Manual do aluno foi elaborado pela Coordenadoria de Ensino à

APRESENTAÇÃO. O Manual do aluno foi elaborado pela Coordenadoria de Ensino à APRESENTAÇÃO O Manual do aluno foi elaborado pela Coordenadoria de Ensino à Distância do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais IFSULDEMINAS. Contêm informações sobre

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 109/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 03/11/2014 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 109/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 03/11/2014 I RELATÓRIO: INTERESSADO: INTERFACE CURSOS E CONSULTORIA RECIFE/PE ASSUNTO: ALTERAÇÃO DO REGIMENTO, DA PROPOSTA PEDAGÓGICA E DO PLANO DO CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS EIXO TECNOLÓGICO: GESTÃO E NEGÓCIOS

Leia mais

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, AMBIENTAIS E DE TECNOLOGIAS CURSO: ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO DISCIPLINA: SISTEMAS OPERACIONAIS B CÓDIGO:

Leia mais

ANEXO I CARGO: Professor Substituto/Temporário

ANEXO I CARGO: Professor Substituto/Temporário EDITAL 035/2013 DE 22 DE MAIO DE 2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR SUBSTITUTO/TEMPORÁRIO ANEXO I CARGO: Professor Substituto/Temporário Área Libras Informática (Hardware/Redes

Leia mais

P L A N O D E E N S I N O

P L A N O D E E N S I N O Centro Universitário de João Pessoa Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Núcleo de Apoio Pedagógico - NAPE P L A N O D E E N S I N O Curso: CIENCIA DA COMPUTAÇÃO Componente Curricular: ENGENHARIA DE SOFTWARE

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 84, DE 23 DE JULHO DE

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 84, DE 23 DE JULHO DE O Diretor Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus São Luís Centro Histórico, no uso de suas atribuições, torna público que estarão abertas no período de 24/07/2014

Leia mais

Plano de Ensino PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios CURSO: Bacharelado em Administração MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x ) bacharelado (

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CURSO DE CAPACITAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS CURSO DE CAPACITAÇÃO TECNOLOGIA

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnólogo em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnólogo em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 35/2008-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 08/04/2008 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 35/2008-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 08/04/2008 I RELATÓRIO: INTERESSADO: SENAC CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO RECIFE JOÃO RODRIGUES MAIA ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO EM ADMINISTRAÇÃO E SUPORTE DE REDES E DE SISTEMAS

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnólogo em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2011. Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA - TARDE. Professora: Ms. Eveline Batista Rodrigues

Plano de Trabalho Docente 2011. Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA - TARDE. Professora: Ms. Eveline Batista Rodrigues Plano de Trabalho Docente 011 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA - TARDE

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 Curso Superior em Tecnologia em Design de Moda Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente

Leia mais

ANEXO I ESTRUTURA CURRICULAR E EMENTA DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SUBSEQUENTE CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA - SUBSEQUENTE. Introdução à Informática

ANEXO I ESTRUTURA CURRICULAR E EMENTA DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SUBSEQUENTE CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA - SUBSEQUENTE. Introdução à Informática ANEXO I ESTRUTURA CURRICULAR E EMENTA DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SUBSEQUENTE ESTRUTURA CURRICULAR CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA - SUBSEQUENTE Componentes Curriculares Introdução à Informática Aplicativos

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos EE: Professor Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO OPERADOR DE COMPUTADOR

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO OPERADOR DE COMPUTADOR Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO OPERADOR DE COMPUTADOR Belo Horizonte

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 205 Ensino Técnico Etec: Paulino Botelho Código: 09 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Programação de Jogos

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC em Gestão Trabalho em Equipe. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC em Gestão Trabalho em Equipe. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1 EMENTA A informática e a Administração: origem, conceitos gerais, componentes básicos. Tecnologia da Comunicação e Informação. Conceitos básicos de Hardware e Software: Sistemas e Ambientes Operacionais

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS COM ANDROID. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS COM ANDROID. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

Pedido de modificação da matriz curricular do curso subsequente em informática do IF Goiano Câmpus Ceres

Pedido de modificação da matriz curricular do curso subsequente em informática do IF Goiano Câmpus Ceres SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CÂMPUS CERES Pedido de modificação da matriz

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Auxiliar de Informática

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Auxiliar de Informática Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos - SP Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL EM LINUX Campus Lages Junho/204 Parte (solicitante) DADOS DO CAMPUS PROPONENTE. Campus: Instituto Federal de Santa Catarina Campus Lages. 2. Endereço/CNPJ/Telefone

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET Introdução à Computação A disciplina apresenta a área da Computação como um todo, desde a história e a evolução dos computadores

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negocios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Administração FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( x) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais