MALWARE`S. Disciplina : Informática ll - Válquer Coêlho

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MALWARE`S. Disciplina : Informática ll - Válquer Coêlho"

Transcrição

1 MALWARE`S Disciplina : Informática ll - Válquer Coêlho

2 MALWARE O termo software; é proveniente do inglês malicious É destinado a se infiltrar em um sistema de computador alheio de forma ilícita, com o intuito de causar algum dano ou roubo de informações (confidenciais ou não).

3 O que são Vírus de Computador São programas desenvolvidos para alterar nociva e clandestinamente softwares instalados em um computador. Eles têm comportamento semelhante ao do vírus biológico: multiplicam-se, precisam de um hospedeiro, esperam o momento certo para o ataque e tentam esconder-se para não serem exterminados.

4 SITUAÇÃO MUNDIAL Podemos estimar por ano perdas de centenas de milhões de dólares por danos causados por Vírus. Por dia são catalogados ou descobertos no mínimo 37 vírus diferentes.

5 Como se Manifestam. Mostrar mensagens; Alterar ou deletar determinados tipos de arquivos; Corromper a tabela de alocação; Diminuir a performance do sistema; Acessar remotamente o computador; Até formatar o disco rígido.

6 Worms: Vermes, são programas que residem na memória ativa de um computador e que duplicam a si mesmos, criando cópias idênticas, distribuídas por rede local, por , ou mesmo por redes sociais (Facebook etc.). Tecnicamente, os worms não contaminam as máquinas, através do ataque a arquivos ou áreas especiais, sua única ação é a disseminação dos próprios worms.

7 Trojans: É um programa malicioso que pretende se passar por ser aplicação benigna. Esse tipo de programa abre portas de entradas para outros tipos de malware. Tem ação idêntica ao cavalo de tróia

8 SPYWARE e ADWARE O primeiro são programas destinados a recolher informações das preferências de navegação do usuário. O Segundo são programas instalados no seu PC sem sua Permissão.

9 Keylogger é um programa capaz de capturar e armazenar as teclas digitadas pelo usuário no teclado de um computador. Normalmente, a ativação do keylogger é condicionada a uma ação prévia do usuário, como, por exemplo, após o acesso a um site de comércio eletrônico ou Internet Banking, para a captura de senhas bancárias ou números de cartões de crédito; Screenlogger é a forma avançada de keylogger, capaz de armazenar a posição do cursor e a tela apresentada no monitor, nos momentos em que o mouse é clicado, ou armazenar a região que circunda a posição onde o mouse é clicado;

10 Rootkit é um conjunto de programas que tem como fim esconder e assegurar a presença de um invasor em um computador comprometido. É importante ressaltar que o nome rootkit não indica que as ferramentas que o compõe são usadas para obter acesso privilegiado (root ou Administrator) em um computador, mas sim para manter o acesso privilegiado em um computador previamente comprometido.

11 VÍRUS DE ARQUIVOS Infectam arquivos com extensão.exe ou.com. São programáveis, ou seja, podem ser acionados por datas, programas ou até combinações de teclas. Aumenta o tamanho do arquivo e infecta outros.

12 VÍRUS POLIMÓRFICOS Capazes de mudar seu código fonte e suas diretrizes (sofre mutação). Podemos dizer que esses são os verdadeiros vírus de computador, pois mudam sua estrutura assim como os vírus biológicos.

13 VÍRUS DE BOOT Vírus de Boot foram os primeiros tipos a surgirem no mundo, eles se alojavam no primeiro setor do disquete, e ocupavam certa de 1k ou menos. Surgiram nos disquetes flexíveis de 5 ¼ polegadas de 360KB em Depois passaram a atacar os HDs e iniciam com o Sistema operacional. Ficam no setor de BOOT (MBR).

14 VÍRUS STEALTH Invisível, semelhante ao vírus de arquivos, porém, ele não aumenta o tamanho do arquivo.

15 VÍRUS DE MACRO São programas maliciosos que afetam arquivos do Office da Microsoft. Modificam palavras, frases e até comandos no Word, Excel, PowerPoint, etc...

16 VÍRUS DE BIOS Ataca o BIOS. É um vírus muito perigoso, pois prejudica uma peça de hardware (placa-mãe).

17 SPAM O termo Spam, abreviação em inglês de spiced ham (presunto condimentado), é uma mensagem eletrônica não-solicitada enviada em massa..

18 PHISHING Em computação, phishing é uma forma de fraude eletrônica, caracterizada por tentativas de adquirir informações sensíveis, tais como senhas e números de cartão de crédito, ao se fazer passar como uma pessoa confiável ou uma empresa enviando uma comunicação eletrônica oficial, como um correio ou uma mensagem instantânea.

19 HOAX Outro mal da Vida moderna. São Boatos que são enviados para sua caixa de sem seu consentimento. Alguém pede informações para mandar proposta de empregos e ele é disseminado.

20 HOAX 20

21 ANTIVÍRUS Alguns antivírus: Kaspersky Fsecure BitDefender E-Trust NOD32 AVG PANDA McAfee Norton Antivírus AVAST Recomendação: Manter o antivírus sempre atualizado, e fazer sempre checagens.

22 FERRAMENTAS DE REMOÇÃO Programas de efeito imediato para reparar um sistema infectado. Exemplos: STINGER (McAfee) Malwarebytes (Anti-Malware) COMBOFIX HIJACKTHIS

23 REFERÊNCIAS [1] MACHADO, F.B. e MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed. LTC, [2] SILBERSCHATZ, A., GALVIN, P.B., GAGNE, G. Fundamentos de Sistemas Operacionais. 6.ed. LTC, [3] ARTIGO PUBLICADO. [4] SOARES, RICARDO DE MAGALHÃES. Sistemas Operacionais. 1 ed. Esab, Disciplina : Informática ll - Válquer Coêlho

Malwares. Algumas das diversas formas como os códigos maliciosos podem infectar ou comprometer um computador são:

Malwares. Algumas das diversas formas como os códigos maliciosos podem infectar ou comprometer um computador são: Malwares Códigos Maliciosos - Malware Códigos maliciosos (malware) são programas especificamente desenvolvidos para executar ações danosas e atividades maliciosas em um computador. Algumas das diversas

Leia mais

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso:

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso: MALWARE Spyware É o termo utilizado para se referir a uma grande categoria de software que tem o objetivo de monitorar atividades de um sistema e enviar as informações coletadas para terceiros. Seguem

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Aguinaldo Fernandes Rosa

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Aguinaldo Fernandes Rosa SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO DICAS Aguinaldo Fernandes Rosa Especialista em Segurança da Informação Segurança da Informação Um computador (ou sistema computacional) é dito seguro se este atende a três requisitos

Leia mais

Ameaças a computadores. Prof. César Couto

Ameaças a computadores. Prof. César Couto Ameaças a computadores Prof. César Couto Conceitos Malware: termo aplicado a qualquer software desenvolvido para causar danos em computadores. Estão nele incluídos vírus, vermes e cavalos de tróia. Vírus:

Leia mais

PROFESSOR: Flávio Antônio Benardo E-mail: flavioufrpe@yahoo.com.br Vírus de computador

PROFESSOR: Flávio Antônio Benardo E-mail: flavioufrpe@yahoo.com.br Vírus de computador ESCOLA TÉCNICA DE PALMARES PROFESSOR: Flávio Antônio Benardo E-mail: flavioufrpe@yahoo.com.br Vírus de computador DEFINIÇÃO É um pequeno programa que se autocópia e/ou faz alterações em outros arquivos

Leia mais

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SEGURANÇA DIGITAL Wagner de Oliveira OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA Hoje em dia a informação é um item dos mais valiosos das grandes Empresas. Banco do Brasil Conscientizar da necessidade

Leia mais

Códigos Maliciosos.

Códigos Maliciosos. <Nome> <Instituição> <e-mail> Códigos Maliciosos Agenda Códigos maliciosos Tipos principais Cuidados a serem tomados Créditos Códigos maliciosos (1/3) Programas especificamente desenvolvidos para executar

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA A Política de Segurança deve seguir alguns paradigmas básicos em sua composição.

POLÍTICA DE SEGURANÇA A Política de Segurança deve seguir alguns paradigmas básicos em sua composição. POLÍTICA DE SEGURANÇA A Política de Segurança deve seguir alguns paradigmas básicos em sua composição. CONFIDENCIALIDADE É a garantia do resguardo das informações dadas pessoalmente em confiança e a proteção

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2 SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2 Segurança da Informação A segurança da informação busca reduzir os riscos de vazamentos, fraudes, erros, uso indevido, sabotagens, paralisações, roubo de informações ou

Leia mais

Prof. Demétrios Coutinho

Prof. Demétrios Coutinho Prof. Demétrios Coutinho Hoje em dia a informação é o bem mais valioso de uma empresa/cliente. A segurança da informação é um conjunto de medidas que se constituem basicamente de controles e política de

Leia mais

Vírus Professor: Pedro R3 Junior. Vírus

Vírus Professor: Pedro R3 Junior. Vírus Conceitos Conceitos Pequenos segmentos de código com capacidade de se agregar ao código de outros programas. Além do mecanismo de reprodução disparado a cada vez que o programa infectado é executado, eles

Leia mais

Códigos Maliciosos. Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br

Códigos Maliciosos. Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br Códigos Maliciosos Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http://www.edilms.eti.br Agenda Códigos maliciosos Tipos principais Cuidados a serem tomados Créditos Códigos maliciosos (1/3) Programas especificamente

Leia mais

Programa que, além de incluir funcionalidades de worms, dispõe de mecanismos de comunicação com o invasor, permitindo que seja controlado remotamente.

Programa que, além de incluir funcionalidades de worms, dispõe de mecanismos de comunicação com o invasor, permitindo que seja controlado remotamente. TIPOS DE VÍRUS Principais Tipos de Códigos Maliciosos 1. Virus Programa que se propaga infectando, isto é, inserindo cópias de si mesmo e se tornando parte de outros programas e arquivos de um computador.

Leia mais

Aula 03 Malware (Parte 01) Visão Geral. Prof. Paulo A. Neukamp

Aula 03 Malware (Parte 01) Visão Geral. Prof. Paulo A. Neukamp Aula 03 Malware (Parte 01) Visão Geral Prof. Paulo A. Neukamp Mallware (Parte 01) Objetivo: Descrever de maneira introdutória o funcionamento de códigos maliciosos e os seus respectivos impactos. Agenda

Leia mais

Malwares Segurança da Informação. S.O.S. Concursos Prof: Tiago Furlan Lemos

Malwares Segurança da Informação. S.O.S. Concursos Prof: Tiago Furlan Lemos Malwares Segurança da Informação. S.O.S. Concursos Prof: Tiago Furlan Lemos Malware O termo malware é proveniente do inglês malicious software; é um software destinado a se infiltrar em um sistema de computador

Leia mais

Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta

Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta o sistema, faz cópias de si mesmo e tenta se espalhar

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA A Política de Segurança deve seguir alguns paradigmas básicos em sua composição.

POLÍTICA DE SEGURANÇA A Política de Segurança deve seguir alguns paradigmas básicos em sua composição. POLÍTICA DE SEGURANÇA A Política de Segurança deve seguir alguns paradigmas básicos em sua composição. CONFIDENCIALIDADE É a garantia do resguardo das informações dadas pessoalmente em confiança e a proteção

Leia mais

Jamille Silva Madureira

Jamille Silva Madureira Jamille Silva Madureira Malware Vírus Cavalo de Tróia Worm Spyware Keylogger Hijacker Rootkit Ransomware É comum pessoas chamarem de vírus todo e qualquer programa com fins maliciosos. Porém, há vários

Leia mais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores. Pragas Virtuais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores. Pragas Virtuais Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores Pragas Virtuais 1 Pragas Virtuais São programas desenvolvidos com fins maliciosos. Pode-se encontrar algumas semelhanças de um vírus de computador com

Leia mais

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) André Gustavo Assessor Técnico de Informática MARÇO/2012 Sumário Contextualização Definições Princípios Básicos de Segurança da Informação Ameaças

Leia mais

Segurança em computadores e em redes de computadores

Segurança em computadores e em redes de computadores Segurança em computadores e em redes de computadores Uma introdução IC.UNICAMP Matheus Mota matheus@lis.ic.unicamp.br @matheusmota Computador/rede segura Confiável Integro Disponível Não vulnerável 2 Porque

Leia mais

Segurança de Redes de Computadores

Segurança de Redes de Computadores Segurança de Redes de Computadores Aula 6 Segurança na Camada de Aplicação Obtenção de Acesso não Autorizado via Malwares Vírus, Worms, Trojan e Spyware Prof. Ricardo M. Marcacini ricardo.marcacini@ufms.br

Leia mais

Segurança na Internet. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais

Segurança na Internet. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais Segurança na Internet Disciplina: Informática Prof. Higor Morais 1 Agenda Segurança de Computadores Senhas Engenharia Social Vulnerabilidade Códigos Maliciosos Negação de Serviço 2 Segurança de Computadores

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Códigos maliciosos são usados como intermediários e possibilitam a prática de golpes, a realização de ataques e o envio de spam Códigos maliciosos, também conhecidos como pragas

Leia mais

Exploradores de uma vulnerabilidade para atacar ativos

Exploradores de uma vulnerabilidade para atacar ativos Ameaças Exploradores de uma vulnerabilidade para atacar ativos Demonstração de poder Motivos Busca por prestígio Motivações financeiras Motivações ideológicas Motivações comerciais Processo de Ataque Exploram

Leia mais

Parte VIII: Códigos Maliciosos (Malware)

Parte VIII: Códigos Maliciosos (Malware) SEGURANÇA FRAUDE TECNOLOGIA SPAM INT MALWARE PREVENÇÃO VÍRUS BANDA LARGA TROJAN PRIVACIDADE PHISHING WIRELESS SPYWARE ANTIVÍRUS WORM BLUETOOTH SC CRIPTOGRAFIA BOT SENHA ATAQUE FIREWAL BACKDOOR COOKIES

Leia mais

Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos

Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos Miriam von Zuben miriam@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br

Leia mais

Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel

Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel Tipos de pragas Virtuais; Como funciona os antivírus; Principais golpes virtuais; Profº Michel Tipos de pragas virtuais 1 Vírus A mais simples e conhecida das ameaças. Esse programa malicioso pode ligar-se

Leia mais

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Segurança da Informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor

Leia mais

Conceitos relativos à proteção e segurança

Conceitos relativos à proteção e segurança Conceitos de proteção e segurança 1 Conceitos relativos à proteção e segurança Códigos Maliciosos (Malware) Código malicioso ou Malware (Malicious Software) é um termo genérico que abrange todos os tipos

Leia mais

Parte VIII: Códigos Maliciosos (Malware)

Parte VIII: Códigos Maliciosos (Malware) SEGURANÇA FRAUDE TECNOLOGIA SPAM INT MALWARE PREVENÇÃO VÍRUS BANDA LARGA TROJAN PRIVACIDADE PHISHING WIRELESS SPYWARE ANTIVÍRUS WORM BLUETOOTH SC CRIPTOGRAFIA BOT SENHA ATAQUE FIREWAL BACKDOOR COOKIES

Leia mais

Evitar cliques em emails desconhecidos; Evitar cliques em links desconhecidos; Manter um Firewall atualizado e ativado; Adquirir um Antivírus de uma

Evitar cliques em emails desconhecidos; Evitar cliques em links desconhecidos; Manter um Firewall atualizado e ativado; Adquirir um Antivírus de uma Evitar cliques em emails desconhecidos; Evitar cliques em links desconhecidos; Manter um Firewall atualizado e ativado; Adquirir um Antivírus de uma loja específica Manter um Antivírus atualizado; Evitar

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Segurança na Rede, Uso do E-mail e Spam

TIC Domicílios 2007 Segurança na Rede, Uso do E-mail e Spam TIC Domicílios 2007 Segurança na Rede, Uso do E-mail e Spam DESTAQUES 2007 Os módulos sobre Segurança na Rede, Uso do E-mail e Spam da TIC Domicílios 2007 apontaram que: Cerca de 29% dos usuários de internet

Leia mais

USO DOS SERVIÇOS DE E-MAIL

USO DOS SERVIÇOS DE E-MAIL USO DOS SERVIÇOS DE E-MAIL 1. OBJETIVO Estabelecer responsabilidades e requisitos básicos de uso dos serviços de Correio Eletrônico, no ambiente de Tecnologia da Informação da CREMER S/A. 2. DEFINIÇÕES

Leia mais

Dicas de Segurança no uso de Computadores Desktops

Dicas de Segurança no uso de Computadores Desktops Universidade Federal de Goiás Dicas de Segurança no uso de Computadores Desktops Jánison Calixto CERCOMP UFG Cronograma Introdução Conceitos Senhas Leitores de E-Mail Navegadores Anti-Vírus Firewall Backup

Leia mais

Administração de Empresas Ciências Contábeis Informática Aplicada

Administração de Empresas Ciências Contábeis Informática Aplicada Administração de Empresas Ciências Contábeis Informática Aplicada Prof. Renato M. renato5150@hotmail.com Aula 2 São pequenos programas feitos geralmente em linguagem de máquina, e que possuem a característica

Leia mais

Spywares, Worms, Bots e Boas Práticas de Segurança

Spywares, Worms, Bots e Boas Práticas de Segurança Spywares, Worms, Bots e Boas Práticas de Segurança Miriam von Zuben miriam@cert.br! Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasill Núcleo de Informação e Coordenação do

Leia mais

A segurança na utilização da Internet é um tema muito debatido nos dias atuais devido à grande quantidade de ladrões virtuais.

A segurança na utilização da Internet é um tema muito debatido nos dias atuais devido à grande quantidade de ladrões virtuais. A segurança na utilização da Internet é um tema muito debatido nos dias atuais devido à grande quantidade de ladrões virtuais. Sobre as práticas recomendadas para que a utilização da internet seja realizada

Leia mais

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos.

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos. INTRODUÇÃO Essa apostila foi idealizada como suporte as aulas de Informática Educativa do professor Haroldo do Carmo. O conteúdo tem como objetivo a inclusão digital as ferramentas de pesquisas on-line

Leia mais

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação.

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação. 1. Com relação a segurança da informação, assinale a opção correta. a) O princípio da privacidade diz respeito à garantia de que um agente não consiga negar falsamente um ato ou documento de sua autoria.

Leia mais

CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Me. Hélio Esperidião

CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Me. Hélio Esperidião CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Me. Hélio Esperidião CONCEITOS GERAIS SOBRE SEGURANÇA NA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO O conceito de segurança envolve formas de proteção e

Leia mais

i TIC 7/8 Segurança no computador Informação 7 Unidade 1 Utilização do computador em segurança

i TIC 7/8 Segurança no computador Informação 7 Unidade 1 Utilização do computador em segurança i TIC 7/8 Informação 7 Segurança no computador Unidade 1 Utilização do computador em segurança Malware Software Malicioso Malware: todos os programas maliciosos instalados num computador de forma ilícita

Leia mais

Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos

Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos Spywares, Worms, Bots, Zumbis e outros bichos Miriam von Zuben miriam@cert.br Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br

Leia mais

Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA. CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br

Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA. CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br Agenda Segurança o que é? Informação o que é? E Segurança da Informação? Segurança da Informação na UFBA

Leia mais

Aula Segurança. André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br. Política de Segurança da Informação - POSIC

Aula Segurança. André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br. Política de Segurança da Informação - POSIC Aula Segurança André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br Política de Segurança da Informação - POSIC http://www.nti.ufrpe.br/content/pol%c3%adtica-de-seguran%c3%a7a-da-informa%c3%a7%c3%a3o-e-comunica%c3%a7%c3%b5es-posic

Leia mais

Prof. Marcelo Moreira Curso Juris

Prof. Marcelo Moreira Curso Juris Segurança/Exercícios 12/ABR/11 CNPQ - Analista em Ciência e Tec. Jr - CESPE 12/ABR/11 CNPQ - Assistente CESPE 22/MAR/2011 SESA/ES PARTE COMUM TODOS OS CARGOS (MÉDICOS, GESTÃO, VIGILÂNCIA) CESPE 1 2 MAR/2011

Leia mais

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente.

Vírus é um programa. Sendo que este programa de computadores é criado para prejudicar o equipamento ou sabotar os dados nele existente. Segurança da Informação Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Engenharia Social Chama-se Engenharia Social as práticas utilizadas para obter acesso a informações importantes ou sigilosas em organizações

Leia mais

INE 5223 Informática para Secretariado

INE 5223 Informática para Secretariado 4. AMBIENTE INTERNET UFSC Prof.: Achilles Colombo Prudêncio 4. Ambiente Internet UFSC 4.2. Utilização de Recursos da Internet O uso dos recursos da Internet vem sendo comentado sempre, em todos os tópicos

Leia mais

Conscientização sobre a Segurança da Informação. Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras?

Conscientização sobre a Segurança da Informação. Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras? Conscientização sobre a Segurança da Informação Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras? PROFISSIONAIS DE O que é Segurança da Informação? A Segurança da Informação está relacionada

Leia mais

13/3/2012. Prof. Flávio Ferry DIE UFPI - 2012

13/3/2012. Prof. Flávio Ferry DIE UFPI - 2012 Prof. Flávio Ferry DIE UFPI - 2012 Pequeno programa criado com a intenção de provocar danos a dados ou lentidão de processamento. Razão do nome = Estes programas são feitos para serem auto instaláveis

Leia mais

Noções de Segurança na Internet. Seminário de Tecnologia da Informação Codevasf

Noções de Segurança na Internet. Seminário de Tecnologia da Informação Codevasf Noções de Segurança na Internet Conceitos de Segurança Precauções que devemos tomar contra riscos, perigos ou perdas; É um mal a evitar; Conjunto de convenções sociais, denominadas medidas de segurança.

Leia mais

Segurança na Informática

Segurança na Informática Navegar é preciso... Segurança na Informática Segurança Digital Navegar é Preciso Tipos de Vírus Tipos de Vírus Cuidados na Internet Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: www.oxnar.com.br/2bmas

Leia mais

Super Aula. Henrique Sodré

Super Aula. Henrique Sodré Super Aula Henrique Sodré Internet Internet Navegador (browser): programa visualizar páginas HTTP: protocolo visualizar páginas HTML: linguagem de marcação para desenvolver páginas URL: endereço de objeto

Leia mais

Complemento de Informática - INSS - Cód.: 1235

Complemento de Informática - INSS - Cód.: 1235 Complemento - 1 Complemento de Informática - INSS - Cód.: 1235 Material desenvolvido com base no EDITAL Nº 1 INSS, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2015 - NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 6 Noções básicas de segurança e proteção:

Leia mais

Índice. 1. Conceitos de Segurança. 2. Navegando na Internet com Segurança. 3. Utilização do e-mail e programas de mensagem instantânea com segurança

Índice. 1. Conceitos de Segurança. 2. Navegando na Internet com Segurança. 3. Utilização do e-mail e programas de mensagem instantânea com segurança Índice 1. Conceitos de Segurança 1.1. O que é Segurança da Informação? 1.2. Cuidado com os vírus de computador 1.3. Dicas para manter o computador seguro 2. Navegando na Internet com Segurança 2.1. Fique

Leia mais

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 -

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 - DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO - Professor Esp. Wellington de Oliveira Graduação em Ciência da Computação Pós-Graduação em Docência do Ensino Superior Pós-Graduação MBA em Gerenciamento de

Leia mais

Aula 05. André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br. Política de Segurança da Informação - POSIC

Aula 05. André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br. Política de Segurança da Informação - POSIC Aula 05 André Aziz e Francielle Santos DEINFO UFRPE {andreaziz, francielle}@deinfo.ufrpe.br Política de Segurança da Informação - POSIC http://www.nti.ufrpe.br/content/pol%c3%adtica-de-seguran%c3%a7a-da-informa%c3%a7%c3%a3o-e-comunica%c3%a7%c3%b5es-posic

Leia mais

DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO Prof. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com Bens jurídicos peculiares à informática Crimes digitais e suas modalidades Relações

Leia mais

Auditoria e Segurança de Sistemas Aula 05 Ataques, Golpes e Malware. Felipe S. L. G. Duarte Felipelageduarte+fatece@gmail.com

Auditoria e Segurança de Sistemas Aula 05 Ataques, Golpes e Malware. Felipe S. L. G. Duarte Felipelageduarte+fatece@gmail.com Auditoria e Segurança de Sistemas Aula 05 Ataques, Golpes e Malware Felipe S. L. G. Duarte Felipelageduarte+fatece@gmail.com Previous... 2 Golpes 3 Engenharia Social Manipulação psicológica de pessoas

Leia mais

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Prof. Ricardo Beck www.aprovaconcursos.com.br Página 1 de 5 Noções de Informática SISTEMA OPERACIONAL Software O hardware consiste nos equipamentos que compõe

Leia mais

Para cada questão responda se a afirmativa está certa ou errada, JUSTIFICANDO:

Para cada questão responda se a afirmativa está certa ou errada, JUSTIFICANDO: Exercícios de Segurança de Informação Ameaças lógicas Para cada questão responda se a afirmativa está certa ou errada, JUSTIFICANDO: 1) Vírus de macro infectam arquivos criados por softwares que utilizam

Leia mais

Vírus Spywares e Malwares

Vírus Spywares e Malwares APOSTILA Vírus Spywares e Malwares Apostila Desenvolvida por André José Contel Trechos da Cartilha de Segurança para Internet http://cartilha.cert.br/ STI - UNESP - Campus de Araçatuba 1 - Conceitos 1.1

Leia mais

Informática Aplicada a Gastronomia

Informática Aplicada a Gastronomia Informática Aplicada a Gastronomia Aula 3.1 Prof. Carlos Henrique M. Ferreira chmferreira@hotmail.com Introdução Quando você sai de casa, certamente toma alguns cuidados para se proteger de assaltos e

Leia mais

Segurança no Computador

Segurança no Computador Segurança no Computador Segurança na Internet: Módulo 1 (CC Entre Mar E Serra), 2008 Segurança na Internet, CC Entre Mar E Serra 1 Segurança no Computador Um computador (ou sistema computacional) é dito

Leia mais

Verificação em duas etapas.

Verificação em duas etapas. <Nome> <Instituição> <e-mail> Verificação em duas etapas Agenda Senhas Verificação em duas etapas Principais tipos e cuidados a serem tomados Outros cuidados Créditos Senhas (1/4) Servem para autenticar

Leia mais

Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: www.oxnar.com.br/2bmas

Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: www.oxnar.com.br/2bmas Segurança na Informática Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: www.oxnar.com.br/2bmas Navegar é preciso... Segurança Digital Navegar é Preciso Tipos de Vírus Tipos de Vírus Cuidados na Internet

Leia mais

S O F T WA R E SOFTWARE

S O F T WA R E SOFTWARE S O F T WA R E 1/45 O B J E T I VO S Conceituar Software Apresentar as questões técnicas básicas Apresentar funções, classificações e licenças Apresentar conceitos de segurança Fornecer vocabulário Apontar

Leia mais

F-Secure Anti-Virus for Mac 2015

F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 2 Conteúdo F-Secure Anti-Virus for Mac 2015 Conteúdo Capítulo 1: Introdução...3 1.1 Gerenciar assinatura...4 1.2 Como me certificar de que o computador está protegido...4

Leia mais

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente.

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente. Noções básicas sobre segurança e computação segura Se você se conecta à Internet, permite que outras pessoas usem seu computador ou compartilha arquivos com outros, deve tomar algumas medidas para proteger

Leia mais

Auditoria e Segurança de Sistemas Segurança de Redes de Computadores Adriano J. Holanda

Auditoria e Segurança de Sistemas Segurança de Redes de Computadores Adriano J. Holanda Auditoria e Segurança de Sistemas Segurança de Redes de Computadores Adriano J. Holanda Segurança na rede Segurança na rede refere-se a qualquer atividade planejada para proteger sua rede. Especificamente

Leia mais

Cartilha de. Segurança. da Informação. CARTILHA de SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

Cartilha de. Segurança. da Informação. CARTILHA de SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Cartilha de Segurança da Informação SEGURANÇA CARTILHA de DA INFORMAÇÃO CARTILHA de SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Julho de 2012 ÍNDICE Segurança da Informação 1. Conceitos de Segurança: 1.1. O que é Segurança

Leia mais

Netiqueta (ou Netiquette)

Netiqueta (ou Netiquette) Netiqueta (ou Netiquette) Conjunto de atitudes e normas recomendadas (não impostas) para que todos os utilizadores possam comunicar através da Internet de um forma cordial e agradável. Evite a utilização

Leia mais

COLÉGIO DEGRAUS. Vírus e antivírus. Notas: Corretor: Orientadora: Banca: Média: CARNEVALLI, Lucas V. VILARES, Laura P. Nº 07 2º EM Informática

COLÉGIO DEGRAUS. Vírus e antivírus. Notas: Corretor: Orientadora: Banca: Média: CARNEVALLI, Lucas V. VILARES, Laura P. Nº 07 2º EM Informática COLÉGIO DEGRAUS CARNEVALLI, Lucas V. VILARES, Laura P. Nº 07 2º EM Informática Vírus e antivírus Notas: Corretor: Orientadora: Banca: Média: Jundiaí - 2009 Justificativa O tema que eu escolhi foi Vírus

Leia mais

GENERALIDADES SOBRE ANTI-VÍRUS

GENERALIDADES SOBRE ANTI-VÍRUS Índice GENERALIDADES SOBRE ANTI-VÍRUS... 2 Contaminação... 3 Detecção de vírus... 4 Algumas formas de evitar Vírus... 4 Worms... 5 Variantes... 5 Trojan Horse (Cavalo de Tróia)... 6 Spywares... 7 GENERALIDADES

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CONCURSOS

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CONCURSOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA CONCURSOS 1. Segurança da informação. Um computador (ou sistema computacional) é dito seguro se este atende a três requisitos básicos relacionados aos recursos que o compõem:

Leia mais

Checklist COOKIES KEYLOGGER PATCHES R. INCIDENTE TECNOLOGIA SPAM INTERNET MA Cartilha de Segurança para Internet

Checklist COOKIES KEYLOGGER PATCHES R. INCIDENTE TECNOLOGIA SPAM INTERNET MA Cartilha de Segurança para Internet SEGURANÇA FRAUDE TECNOLOGIA SPAM INT MALWARE PREVENÇÃO VÍRUS BANDA LARGA TROJAN PRIVACIDADE PHISHING WIRELESS SPYWARE ANTIVÍRUS WORM BLUETOOTH SC CRIPTOGRAFIA BOT SENHA ATAQUE FIREWAL BACKDOOR COOKIES

Leia mais

Prefeitura do Campus USP de Pirassununga Seção Técnica de Informática

Prefeitura do Campus USP de Pirassununga Seção Técnica de Informática CARTILHA DE INFORMÁTICA SEÇÃO TÉCNICA DE INFORMÁTICA PUSP-P Nº 002 - SETEMBRO/2014 TEMA: GOLPES POR EMAIL "NA DÚVIDA NÃO CLIQUE" RELEMBRANDO: Na cartilha nº 001 lançada em Julho de 2014 escrevemos dicas

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Preparatório INSS. C. Certo. E. Errado QUESTÃO 4. C. Certo. E. Errado QUESTÃO 5. E. Errado QUESTÃO 6

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Preparatório INSS. C. Certo. E. Errado QUESTÃO 4. C. Certo. E. Errado QUESTÃO 5. E. Errado QUESTÃO 6 Questões sobre Vírus e Anti-Vírus aula 20/04/16 gabarito: www.miqueiasfernandes.com.br identificar as falhas de segurança existentes nos sistemas operacionais para contaminar computadores de empresas e

Leia mais

Acesse a página inicial do NET Antivírus + Backup : www.netcombo.com.br/antivirus. Teremos 3 opções.

Acesse a página inicial do NET Antivírus + Backup : www.netcombo.com.br/antivirus. Teremos 3 opções. Acesse a página inicial do NET Antivírus + Backup : www.netcombo.com.br/antivirus. Teremos 3 opções. Esse box destina-se ao cliente que já efetuou o seu primeiro acesso e cadastrou um login e senha. Após

Leia mais

Índice. Ameaças à Segurança da Informação. Introdução. Dispositivos de Segurança no Bradesco Net Empresa. E-Mail. Como Identificar um Phishing Scan

Índice. Ameaças à Segurança da Informação. Introdução. Dispositivos de Segurança no Bradesco Net Empresa. E-Mail. Como Identificar um Phishing Scan www.bradesco.com.br Índice Versão 01-2007 Introdução 2 Ameaças à Segurança da Informação 12 Dispositivos de Segurança no Bradesco Net Empresa 3 E-Mail 14 Procuradores e Níveis de Acesso 6 Como Identificar

Leia mais

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança.

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda Managed Office Protection É fato, tanto pequenas e médias e grandes empresas enfrentam os mesmos riscos

Leia mais

Análise de Artefatos Maliciosos

Análise de Artefatos Maliciosos 12 Dario S. F. Filho 12 Luiz Otávio Duarte 1 Marcelo Carvalho Sachetin 1 Antonio Montes 1 1 CenPRA - Centro de Pesquisas Renato Archer DSSI - Divisão de Segurança de Sistemas de Informação 2 Unicamp -

Leia mais

GUIA DE TRANQÜILIDADE

GUIA DE TRANQÜILIDADE GUIA DE TRANQÜILIDADE NA INTERNET versão reduzida Você pode navegar com segurança pela Internet. Basta tomar alguns cuidados. Aqui você vai encontrar um resumo com dicas práticas sobre como acessar a Internet

Leia mais

Antivírus. Trabalho elaborado por. Ana Ferreira. Patricia Ferreira

Antivírus. Trabalho elaborado por. Ana Ferreira. Patricia Ferreira Antivírus Trabalho elaborado por Ana Ferreira Patricia Ferreira Índice O que são... 3 Para que servem?... 3 Dicas De Segurança: Antivírus Pagos Ou Gratuitos?... 4 Como se faz a instalação do antivírus?

Leia mais

Cartilha de Segurança da Informação

Cartilha de Segurança da Informação Cartilha de Segurança da Informação Acesse e conheça: Cartilha de Segurança Índice: da Informação 1. Conceitos de Segurança 1.1. O que é Segurança da Informação? 1.2. Cuidado com os vírus de computador

Leia mais

Antes, o que é um malware? É comum pessoas chamarem de vírus todo e qualquer programa com fins maliciosos. Mas, tal como indica o primeiro parágrafo

Antes, o que é um malware? É comum pessoas chamarem de vírus todo e qualquer programa com fins maliciosos. Mas, tal como indica o primeiro parágrafo VÍRUS Antes, o que é um malware? É comum pessoas chamarem de vírus todo e qualquer programa com fins maliciosos. Mas, tal como indica o primeiro parágrafo do texto, há vários tipos de "pragas digitais",

Leia mais

Segurança de Computadores LUBRITEC. Ver. 4.0 Data Out/2010 Vigência: Out/2011. Prezado colaborador,

Segurança de Computadores LUBRITEC. Ver. 4.0 Data Out/2010 Vigência: Out/2011. Prezado colaborador, LUBRITEC Ver. 4.0 Data Out/2010 Vigência: Out/2011 1 Prezado colaborador, O nosso dia na empresa, começa quando ligamos o computador. Logo acessamos a rede interna; recebemos, respondemos e enviamos novos

Leia mais

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Prof. Ricardo Beck www.aprovaconcursos.com.br Página 1 de 14 Como Funciona a Internet Basicamente cada computador conectado à Internet, acessando ou provendo

Leia mais

Vírus. Spyware. Worms. Trojans (Calavos de Tróia)

Vírus. Spyware. Worms. Trojans (Calavos de Tróia) Vírus Um vírus de computador é um programa malicioso desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, infecta o sistema, faz cópias de si mesmo e tenta se espalhar para outros computadores,

Leia mais

Hardware e Software Conceitos Básicos. ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária

Hardware e Software Conceitos Básicos. ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária Hardware e Software Conceitos Básicos ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária Conceitos Básicos Hardware É a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos

Leia mais

Abin e PF. Informática Complemento. Prof. Rafael Araujo

Abin e PF. Informática Complemento. Prof. Rafael Araujo Criptografia Criptografia é a ciência e arte de escrever mensagens em forma cifrada ou em código. É parte de um campo de estudos que trata das comunicações secretas, usadas, dentre outras finalidades,

Leia mais

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Aula de hoje: Periférico de entrada/saída, memória, vírus, Windows, barra tarefas. Prof: Lucas Aureo Guidastre Memória A memória RAM é um componente essencial

Leia mais

Segurança de Redes Aula-1. Prof.: Fred Sauer fsauer@gmail.com Material Produzido por: Prof. Túlio Alvarez tulioalvarez@gmail.com

Segurança de Redes Aula-1. Prof.: Fred Sauer fsauer@gmail.com Material Produzido por: Prof. Túlio Alvarez tulioalvarez@gmail.com Segurança de Redes Aula-1 Prof.: Fred Sauer fsauer@gmail.com Material Produzido por: Prof. Túlio Alvarez tulioalvarez@gmail.com 1 Programa de aulas Aula 1 Aula 2 Introdução Conceitos Básicos: Confidencialidade,

Leia mais

Internet Segura para a Família: Ferramentas seguras que auxiliam seus filhos a manterem-se seguros na Internet by Team Gemalto on 24 May 2011 17H37

Internet Segura para a Família: Ferramentas seguras que auxiliam seus filhos a manterem-se seguros na Internet by Team Gemalto on 24 May 2011 17H37 Internet Segura para a Família: Ferramentas seguras que auxiliam seus filhos a manterem-se seguros na Internet by Team Gemalto on 24 May 2011 17H37 Quando nossos filhos ficam mais velhos, eles tornam-se

Leia mais

Segurança em Dispositivos Móveis.

Segurança em Dispositivos Móveis. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Dispositivos Móveis Agenda Dispositivos móveis Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Dispositivos móveis (1/2) Tablets, smartphones, celulares,

Leia mais

Computadores e Sociedade II. Atos ilegais Hackers Invasões. Bruno Tenório 5613740 Guilherme Marcel 6876158 Wu Yuexiang 6792502

Computadores e Sociedade II. Atos ilegais Hackers Invasões. Bruno Tenório 5613740 Guilherme Marcel 6876158 Wu Yuexiang 6792502 Computadores e Sociedade II Atos ilegais Hackers Invasões Bruno Tenório 5613740 Guilherme Marcel 6876158 Wu Yuexiang 6792502 Sumário Atos Ilegais Crimes Computacionais Malwares Hackers Fraudes Conclusões

Leia mais

Capítulo 1: Introdução...3

Capítulo 1: Introdução...3 F-Secure Anti-Virus for Mac 2014 Conteúdo 2 Conteúdo Capítulo 1: Introdução...3 1.1 O que fazer após a instalação...4 1.1.1 Gerenciar assinatura...4 1.1.2 Abrir o produto...4 1.2 Como me certificar de

Leia mais

Manual do Produto TIM Protect Família MANUAL DO PRODUTO. TIM Protect Família Versão 10.7

Manual do Produto TIM Protect Família MANUAL DO PRODUTO. TIM Protect Família Versão 10.7 MANUAL DO PRODUTO TIM Protect Família Versão 10.7 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 TIM Protect Família... 4 2.1 Instalação do TIM Protect Família... 5 2.1.1 TIM Protect Família instalado... 7 2.2 Ativação do

Leia mais

Taciano Amorim - tacianolamorim@gmail.com. Informática básica. Software

Taciano Amorim - tacianolamorim@gmail.com. Informática básica. Software Informática básica Ementa: 1- O que é um software 2- Tipos de software 3- utilitário 4- aplicativo O que é um software O ou programa de computador é composto por uma sequência de instruções, que é interpretada

Leia mais