Planilha de Conceito

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Planilha de Conceito"

Transcrição

1 Planilha de Conceito Nome do Estagiário QUADRO DA PONTUAÇÃO OBTIDA Matrícula (cartão UFRGS) TABELA DE CONCEITOS Pontos do Grupo I (Multiplicado por 2) Pontos do Grupo II (Multiplicado por 2) de 51 a 179 D Avaliação do Tutor (Máximo 100 pontos) de 180 a 200 C Avaliação do Coordenador de 201 a 260 B do Estágio (Máximo 100 pontos) de 261 a 280 A TOTAL PONTOS CONCEITO FINAL Considerações do Tutor sobre o Estágio: Assinatura do professor Tutor Considerações do Coordenador Assinatura do coordenador

2 REQUERIMENTO DE MATRÌCULA Ilmo. Sr. Pró-Reitor de Graduação UFRGS NOME LEGÍVEL: Residente: n 0 apart: Fone: bairro: cidade: Estado:, aluno REGULARMENTE MATRICULADO neste período letivo no Curso de Engenharia Mecânica, desta Universidade, portador do cartão de identificação vem por meio desta solicitar inscrição na atividade de ensino: ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM. N. T. P. D. Data: de de Assinatura - aluno

3 Formulário para inscrição na Atividade de Ensino Inscrição Processo DECORDI / - 1. Dados Pessoais Aluno Nº Matrícula CPF Endereço Rua Cidade Telefones Residencial Celular Código CEP Estado Fax (s) 2. Dados da empresa Empresa Área de atividade: Nome Registro CREA Telefone 3. Dados do Estágio Tutor (Universidade) Número de Créditos Telefone Duração (meses) Data início / / Data Prevista para conclusão / / prof.tutor (DEMEC/DELET) prof. Coordenador de Estágio Porto Alegre, de de Nota A não entrega do relatório até o término das aulas do período letivo (semestre) seguinte ao da inscrição, implica na atribuição de conceito FF, com o conseqüente encerramento do processo. 1 0 via: Departamento (professor coordenador)

4 Formulário para inscrição na Atividade de Ensino Inscrição Processo DECORDI / - 1. Dados Pessoais Aluno Nº Matrícula CPF Endereço Rua Cidade Telefones Residencial Celular Código CEP Estado Fax (s) 2. Dados da empresa Empresa Área de atividade: Nome Registro CREA Telefone 3. Dados do Estágio Tutor (Universidade) Número de Créditos Telefone Duração (meses) Data início / / Data Prevista para conclusão / / prof.tutor (DEMEC/DELET) prof. Coordenador de Estágio Porto Alegre, de de Nota A não entrega do relatório até o término das aulas do período letivo (semestre) seguinte ao da inscrição, implica na atribuição de conceito FF, com o conseqüente encerramento do processo. 2 0 via: DECORDI ( registro acadêmico)

5 Formulário para inscrição na Atividade de Ensino Inscrição Processo DECORDI / - 1. Dados Pessoais Aluno Nº Matrícula CPF Endereço Rua Cidade Telefones Residencial Celular Código CEP Estado Fax (s) 2. Dados da empresa Empresa Área de atividade: Nome Registro CREA Telefone 3. Dados do Estágio Tutor (Universidade) Número de Créditos Telefone Duração (meses) Data início / / Data Prevista para conclusão / / prof.tutor/(demec/delet) prof. Coordenador de Estágio Porto Alegre, de de Nota A não entrega do relatório até o término das aulas do período letivo (semestre) seguinte ao da inscrição, implica na atribuição de conceito FF, com o conseqüente encerramento do processo. 3 0 via: SUPERVISOR (EMPRESA)

6 Avaliação do (Empresa) Relatório referente ao período de Nome do Estagiário: Matricula(cartão) Nome do : Registro CREA.../.../... a.../.../... grupo I CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO Conceitos (pontos) 1-QUALIDADE DO TRABALHO- considerar a qualidade do trabalho tendo em vista o que seria desejável.. sofrível regular bom muito bom excelente ENGENHOSIDADE-capacidade de sugerir, projetar ou executar modificações ou inovações. 3-CONHECIMENTOS-conhecimento demonstrado no desenvolvimento das atividades programadas. 4-CUMPRIMENTOS DAS TAREFAS- considerar o volume de atividades cumpridas dentro de um padrão razoável. 5-INICIATIVA-iniciativa para desenvolver suas atividades sem dependências de outros. Sub-totais Total (soma dos sub-totais) grupo II CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO Conceitos (pontos) (Aspectos Humanos) sofrível regular bom muito bom excelen te 1-ASSIDUIDADE-cumprimento do horário do estágio e ausência de falhas DISCIPLINA-observância das normas e regulamentos internos da empresa. 3-SOCIABILIDADE-facilidade de se integrar com colegas e ambiente de trabalho. 4-COOPERAÇÃO-disposição para cooperar com colegas e para atender a atividades. 5-SENSO DE RESPONSABILIDADE-zelo pelo material, equipamentos e bens da empresa. Sub-totais Total (soma dos sub-totais) Considerações complementares Data / / Assinatura Carimbo

Informações para professores, alunos e supervisores

Informações para professores, alunos e supervisores Informações para professores, alunos e supervisores 01. OBJETIVO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO O Estágio Supervisionado tem por objetivo a complementação do ensino ministrado na Universidade, constituindo-se

Leia mais

Data: / / Instituição:Início da viagem técnica H Término da viagem técnica: H Responsável (eis) pela recepção na instituição (nome(s) e cargo(s))

Data: / / Instituição:Início da viagem técnica H Término da viagem técnica: H Responsável (eis) pela recepção na instituição (nome(s) e cargo(s)) RELATÓRIO DE VIAGEM TÉCNICA Este relatório deverá ser entregue ao coordenador (a) de estágio até 10 dias após a Visita Técnica. Nome do estagiário (a): Turma: Identificação do(s) professor(es) Nome(s):

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA REGULAMENTO DE ESTÁGIO Regulamenta a realização de estágio no âmbito do curso de Bacharelado em Ciências da Computação do Instituto

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 02, DE 8 DE ABRIL DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 02, DE 8 DE ABRIL DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 02, DE 8 DE ABRIL DE 2011 Estabelece normas para realização, execução e avaliação do Estágio Supervisionado no Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de São João del-rei. O PRESIDENTE

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO

COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO KIT ALUNO ESTÁGIO PASSO A PASSO Maceió/2016 1º PASSO: PREENCHIMENTO DO CADASTRO DO ALUNO COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS CADASTRO DO ALUNO Curso: Período que Cursa: Matrícula: Nome Completo:

Leia mais

FICHAS DE AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ENGENHARIA QUÍMICA

FICHAS DE AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ENGENHARIA QUÍMICA FICHAS DE AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ENGENHARIA QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA FICHA N 1 INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DO ESTÁGIO PARA O ORIENTADOR I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DIRETRIZES PARA A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS PORTO ALEGRE 2009 2 ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS O Estágio Curricular Supervisionado é um procedimento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE BIOTECNOLOGIA. Instrução normativa Nº 01/2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE BIOTECNOLOGIA. Instrução normativa Nº 01/2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE BIOTECNOLOGIA Instrução normativa Nº 01/2016 Revoga a IN Nº 02/2013 e estabelece as normas referentes à orientação e à avaliação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE FARMACIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE FARMACIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE FARMACIA INSTRUÇÃO NORMATIVA 02/2007 Estabelece as normas complementares para orientação e a avaliação do estágio curricular

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE ODONTOLOGIA

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE ODONTOLOGIA REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE ODONTOLOGIA Resolução nº 008/2005 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO Art. 1º - Aquele não previsto na

Leia mais

TELEFONE: MATRÍCULA: DATA DE NASCIMENTO: ESTADO CIVIL:

TELEFONE:   MATRÍCULA: DATA DE NASCIMENTO: ESTADO CIVIL: FICHA CADASTRAL DO ESTÁGIO Dados do aluno: NOME: ENDEREÇO: BAIRRO: CEP: CIDADE: TELEFONE: E-MAIL: MATRÍCULA: DATA DE NASCIMENTO: RG: ESTADO CIVIL: Dados da organização: ORGANIZAÇÃO: ENDEREÇO: BAIRRO: CEP:

Leia mais

1. Normas para Estágio Supervisionado Obrigatório do Curso de Engenharia de Alimentos diurno

1. Normas para Estágio Supervisionado Obrigatório do Curso de Engenharia de Alimentos diurno 1. Normas para Estágio Supervisionado Obrigatório do Curso de Engenharia de Alimentos diurno Apresentação: o O estágio constitui a oportunidade de complementar a formação profissional do estudante, colocando-o

Leia mais

FACULDADE DE SOROCABA

FACULDADE DE SOROCABA Ilmo. (a) Sr. (a) (Responsável pela empresa) Assunto: Encaminhamento para estágio e sua opção A direção desta Instituição de Ensino solicita autorização de sua parte para que o (a) aluno (a):, RA:, Semestre:

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO. Curriculum 2003/2008 e Curriculum 2010

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO. Curriculum 2003/2008 e Curriculum 2010 REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO Curriculum 2003/2008 e Curriculum 2010 Estágio Obrigatório o Para validação apresentar: Relatório de Estágio Documentos comprobatórios: Declaração de

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PARA ESTAGIOS SUPERVISIONADOS OBRIGATÓRIOS E NÃO OBRIGATÓRIOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Faculdade Campo Limpo Paulista. Curso de Farmácia. Instruções para o desenvolvimento do estágio

Faculdade Campo Limpo Paulista. Curso de Farmácia. Instruções para o desenvolvimento do estágio Faculdade Campo Limpo Paulista Curso de Farmácia Instruções para o desenvolvimento do estágio Para o desenvolvimento do estágio curricular do curso de farmácia, os seguintes passos deverão ser seguidos:

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: / FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: / FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: 03.117.139/0001-08 FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PEDAGOGIA EDUCAÇÃO INFANTIL Ilha Solteira SP

Leia mais

Universidade de Rio Verde Faculdade de Direito Núcleo de Prática Jurídica NPJ A N E X O I

Universidade de Rio Verde Faculdade de Direito Núcleo de Prática Jurídica NPJ A N E X O I A N E X O I ESTAGIÁRIOS CONVENIADOS EXCETO PARA OS CONVENIADOS EM ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA E DEPARTAMENTO JURÍDICO DE EMPRESAS Avenida Tocantins, quadra 07, sem número, Setor Universitário, Rio Verde GO.

Leia mais

DADOS DO ESTAGIÁRIO. 8 Ramo de Atividade: 9.Endereço comercial: nº Fone: ( ) Responsável pela supervisão do estágio na empresa: Cargo:

DADOS DO ESTAGIÁRIO. 8 Ramo de Atividade: 9.Endereço comercial: nº Fone: ( ) Responsável pela supervisão do estágio na empresa: Cargo: 1 DADOS DO ESTAGIÁRIO 1. Nome do estagiário: 2. Data de Nascimento: / / Local: Estado: Sexo: ( ) masculino ( ) feminino 3. Filiação: Pai Mãe 4. Endereço Residencial: Nº: Apto e/ou compl : Bairro: Cidade:

Leia mais

Normas para realização do Estágio Supervisionado do Curso de Graduação em Engenharia de Alimentos

Normas para realização do Estágio Supervisionado do Curso de Graduação em Engenharia de Alimentos UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS Normas para realização do Estágio Supervisionado do Curso de Graduação em Engenharia de Alimentos Lavras 2014 INTRODUÇÃO Art. 1º. O Estágio

Leia mais

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO I. Educação Física LICENCIATURA Portaria de Reconhecimento nº. 428 de 28 de julho de 2014

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO I. Educação Física LICENCIATURA Portaria de Reconhecimento nº. 428 de 28 de julho de 2014 ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO I Educação Física LICENCIATURA Portaria de Reconhecimento nº. 428 de 28 de julho de 2014 E N V E L O P E Folha de identificação*; Capa; Folha carga horária

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE BIOTECNOLOGIA. Resolução Nº 010/2008 da Pró-reitoria de Graduação

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE BIOTECNOLOGIA. Resolução Nº 010/2008 da Pró-reitoria de Graduação REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE BIOTECNOLOGIA Resolução Nº 010/2008 da Pró-reitoria de Graduação Capítulo I - Dos Objetivos Art. 1º- O estágio tem por objetivo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS ARAPIRACA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS ARAPIRACA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO Nº 04/2011 Dispõe sobre as normas para Estágio Curricular Supervisionado e Extracurricular do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Federal de Alagoas/Campus Arapiraca.

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA PRATICA DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGEd) DA UNOESC CAPÍTULO I

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA PRATICA DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGEd) DA UNOESC CAPÍTULO I MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA PRATICA DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGEd) DA UNOESC CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DO OBJETIVO DA PRÁTICA DE DOCÊNCIA Art. 1º A Prática de Docência constitui

Leia mais

EDITAL Nº: 01/2016. Programa de Estágio Obrigatório Supervisionado no IFTM Campus Uberlândia

EDITAL Nº: 01/2016. Programa de Estágio Obrigatório Supervisionado no IFTM Campus Uberlândia EDITAL Nº: 01/2016 Programa de Estágio Obrigatório Supervisionado no IFTM Campus Uberlândia O diretor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro Campus Uberlândia, Ednaldo

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SOBRE O ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SOBRE O ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO OESTE CEO DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM DENF COORDENAÇÃO SETORIAL DE ESTÁGIO MANUAL DE ORIENTAÇÃO SOBRE O ESTÁGIO CURRICULAR NÃO

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Abril de 2014 1 CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE Art. 1 Este regulamento normatiza as atividades de estágio supervisionado

Leia mais

PROJETO. Laboratórios de Informática: Manutenção e Melhoramentos

PROJETO. Laboratórios de Informática: Manutenção e Melhoramentos PROJETO Laboratórios de Informática: Manutenção e Melhoramentos Apresentado por MÁRCIO VALÉRIO DE OLIVEIRA FAVACHO Coordenador dos Cursos Técnicos de Informática ABRIL / 2017 1. INTRODUÇÃO A importância

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O presente Regulamento de Estágios visa disciplinar os estágios do curso de Engenharia da Computação,

Leia mais

1. DOS FUNDAMENTOS E OBJETIVOS DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA

1. DOS FUNDAMENTOS E OBJETIVOS DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DO MESTRADO DA ESCOLA SUPERIOR DOM HELDER CÂMARA 1º SEMESTRE DE 2017 1. DOS FUNDAMENTOS E OBJETIVOS DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA O candidato ao estágio de docência deve ser um aluno regularmente

Leia mais

RESOLUÇÃO 01/ TGP

RESOLUÇÃO 01/ TGP UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA - SEPT COORDENAÇÃO DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO PÚBLICA REGULAMENTO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO - CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO N 02/2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO N 02/2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO N 02/2012 Regulamenta as atividades de Estágios Supervisionados Obrigatório e Não

Leia mais

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I EDUCAÇÃO INFANTIL

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I EDUCAÇÃO INFANTIL 0 ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I EDUCAÇÃO INFANTIL Pedagogia LICENCIATURA Versão Novembro de 2016 E N V E L O P E 1 Folha de identificação; Folha carga horária e avaliação

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Ponta Grossa Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Ponta Grossa Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA Resolução 01/2017PPGEQ Regulamenta o processo de seleção de Alunos Externos O Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química PPGEQ do, no uso das atribuições que lhe são conferidas no Regulamento

Leia mais

ALUNO ESPECIAL. OBSERVAÇÃO 1: Preencher os 02 formulários de inscrição em disciplina (pois são necessárias DUAS VIAS)

ALUNO ESPECIAL. OBSERVAÇÃO 1: Preencher os 02 formulários de inscrição em disciplina (pois são necessárias DUAS VIAS) 1 - CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO: 1.1 O aluno poderá cursar até 02 (duas) disciplinas; 1.2 Cada turma regular poderá acolher, no máximo, 02 (dois) inscritos de aluno especial. (Resolução n o 01/2009 da Comissão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTA DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTA DE EXTENSÃO EDITAL/UFU/PROEX/Nº 64 -ASAEX A Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da Universidade Federal de Uberlândia,

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta)

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta) RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta) Estabelece normas para a realização de estágios obrigatórios e não obrigatórios no âmbito dos cursos de graduação da Faculdade

Leia mais

EDITAL Nº 07/2017, DE 1º DE JUNHO DE 2017.

EDITAL Nº 07/2017, DE 1º DE JUNHO DE 2017. EDITAL Nº 07/2017, DE 1º DE JUNHO DE 2017. O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI, através da DO IFPI-CAMPUS PICOS, torna público para conhecimento dos interessados, o regulamento

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO NA UFERSA PARA ESTUDANTES DA UFERSA

ORIENTAÇÕES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO NA UFERSA PARA ESTUDANTES DA UFERSA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO UFERSA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEPE DIVISÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL DDP SEÇÃO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO ORIENTAÇÕES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

Leia mais

AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO

AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO SOCIEDADE EDUCACIONAL DE ITAPIRANGA FAI - FACULDADE DE ITAPIRANGA SAE - SERVIÇO DE APOIO AO ESTUDANTE AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO A avaliação de estágio curricular não obrigatório deve

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 54-CEPE/UNICENTRO, DE 1º DE SETEMBRO DE 2011. Aprova o Regulamento de Trabalho de Campo da UNICENTRO e dá outras providências. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO:

Leia mais

1. Súmula. 2. Objetivos. 3. Método

1. Súmula. 2. Objetivos. 3. Método 1. Súmula Realização de estágio curricular supervisionado, atuando na área da Engenharia de Produção. Eperiência prática junto ao meio profissional e entrega de relatório final de estágio. Orientação por

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 001/2017 SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TUTORIA ESPECIAL

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 001/2017 SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TUTORIA ESPECIAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 001/2017 SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TUTORIA ESPECIAL A Universidade Estadual da Paraíba, por meio da Pró-Reitoria Estudantil, no uso de

Leia mais

EDITAL INTERNO Nº 21/ RETIFICADO SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL DO PET INTERDISCIPLINAR CRIATIVAÇÃO

EDITAL INTERNO Nº 21/ RETIFICADO SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL DO PET INTERDISCIPLINAR CRIATIVAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EDITAL INTERNO Nº 21/2012 - RETIFICADO SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL DO PET INTERDISCIPLINAR CRIATIVAÇÃO A Pró-Reitora

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO 70 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO Em de de 20. Dados do Aluno (Pode ser preenchido

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA 1 foto 3x4 Formulários de Inscrição/Matrícula (abaixo) Cópia da Certidão de Nascimento/Casamento Cópia do RG Cópia do CPF Cópia

Leia mais

Apucarana <Ano do estágio>

Apucarana <Ano do estágio> UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE APUCARANA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Relatório Final de Estágio Obrigatório Nome do Aluno Relatório Final de Estágio Curricular

Leia mais

Coeficiente de Rendimento Pontos. 6.0 e

Coeficiente de Rendimento Pontos. 6.0 e Edital nº56 de 20 abril de 2017 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí IFPI, através da Direção Geral do IFPI- Campus Teresina Central, torna público para conhecimento dos interessados,

Leia mais

PORTARIA D.FCF/CAr. 13/2014

PORTARIA D.FCF/CAr. 13/2014 PORTARIA D.FCF/CAr. 13/2014 A Diretora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas do Câmpus de Araraquara, da UNESP, no uso de suas atribuições e considerando: O Projeto Político Pedagógico que definiu a Estrutura

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE QUÍMICA PROGRAMA DE ESTÁGIO Estágio é o ato educativo escolar, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação para o trabalho produtivo, além de integrar o processo de formação do estudante. A Comissão

Leia mais

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL 0 ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL Pedagogia LICENCIATURA Versão Novembro 2016 E N V E L O P E 1 Folha de identificação; Folha carga horária e avaliação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO. Edital 69/ PROEN Seleção para bolsa PROMISAES (2014)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO. Edital 69/ PROEN Seleção para bolsa PROMISAES (2014) Seleção para bolsa PROMISAES (2014) A PRÓ-REITORA DE ENSINO EM EXERCÍCIO da Universidade Federal do Maranhão, no uso de suas atribuições, torna público o edital para concessão de bolsas do Projeto Milton

Leia mais

EDITAL 13/2016 PROEN, DE 06 DE ABRIL DE PROGRAMA DE MOBILIDADE ESTUDANTIL CONVÊNIO IF-Sertão PE /Univasf/UNEB/UPE/FACAPE

EDITAL 13/2016 PROEN, DE 06 DE ABRIL DE PROGRAMA DE MOBILIDADE ESTUDANTIL CONVÊNIO IF-Sertão PE /Univasf/UNEB/UPE/FACAPE EDITAL 13/2016 PROEN, DE 06 DE ABRIL DE 2016 PROGRAMA DE MOBILIDADE ESTUDANTIL CONVÊNIO IF-Sertão PE /Univasf/UNEB/UPE/FACAPE A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA O ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO (LEI , DE 25 DE SETEMBRO DE 2008)

ORIENTAÇÃO PARA O ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO (LEI , DE 25 DE SETEMBRO DE 2008) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Av. Ministro Olavo Drummond, n. 25, bairro Amazonas Araxá-MG CEP: 38180-510 Fone: (34) 3669-4507 -

Leia mais

NORMAS PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO

NORMAS PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS DE TUCURUÍ NORMAS PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO Faculdade de Engenharia Elétrica Sumário 1 INTRODUÇÃO...3 2 OBJETIVOS DO ESTÁGIO...4 3 NORMAS PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N. 008/2011/1 UNEMAT CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE NOVA XAVANTINA DEPARTAMENTO DE TURISMO A UNIVERSIDADE

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIO

DECLARAÇÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIO DECLARAÇÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIO Eu, professor(a), declaro ser orientador de estágio do aluno, do curso técnico em Agropecuária Modular. Por ser verdade, firmo a presente declaração. Professor(a) Orientador(a)

Leia mais

Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório

Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório 1. ASPECTOS LEGAIS O Estágio Supervisionado tem caráter curricular obrigatório e é uma exigência

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 020/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 020/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 020/2015 DE 05

Leia mais

Estágio no Núcleo de Prática Jurídica - Escritório de Assistência Jurídica

Estágio no Núcleo de Prática Jurídica - Escritório de Assistência Jurídica Edital nº 02/2016 ABERTURA DE INSCRIÇÃO PARA ESTÁGIO EXTRACURRICULAR NO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA - ESCRITÓRIO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA E APROVEITAMENTO EM INSTITUIÇÕES CONVENIADAS A professora KARLEN

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 42/2011, DE 26 DE AGOSTO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 42/2011, DE 26 DE AGOSTO DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 42/2011, DE 26 DE AGOSTO DE 2011 Aprova o Regulamento de Estágio do Curso de Engenharia de Produção, na forma do Anexo. O Reitor da Fundação Universidade Regional de Blumenau FURB, no uso

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS ANEXO 1 REGULAMENTO DE ESTÁGIOS ENGENHARIA DE REDES DE COMUNICAÇÃO 49 REGULAMENTO DE ESTÁGIOS NO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE REDES DE COMUNICAÇÃO Estabelece normas para a realização de estágios

Leia mais

EDITAL Nº 31/2016. Para o segundo semestre letivo de 2016, o Campus Pouso Alegre disponibilizará 126 vagas nos seguintes cursos:

EDITAL Nº 31/2016. Para o segundo semestre letivo de 2016, o Campus Pouso Alegre disponibilizará 126 vagas nos seguintes cursos: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 31/2016 PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL EDITAL A COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ABRIRÁ INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015. 1. INSCRIÇÕES

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL. Edital de seleção Nº 01/2017

CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL. Edital de seleção Nº 01/2017 CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL Edital de seleção Nº 01/2017 Seleção de Estudantes para compor o PET- Física - IFCE - CAMPUS SOBRAL O Tutor do Programa de Educação Tutorial

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTO PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

MANUAL DE PROCEDIMENTO PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO MANUAL DE PROCEDIMENTO PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO O Estágio Supervisionado obrigatório é valido para os alunos que cumpriram com aprovação, no mínimo 50% da carga horária total de seu curso.

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO PARA ESTÁGIO

DOCUMENTAÇÃO PARA ESTÁGIO DOCUMENTAÇÃO PARA ESTÁGIO PASSO A PASSO Caro Aluno, Leia atentamente as instruções abaixo para saber como entregar seus documentos de estágio. Os documentos deverão ser entregues ANTES de iniciar o estágio.

Leia mais

EDITAL Nº 25/2017 PROCESSO SELETIVO DO 1 SEMESTRE 2017 VAGAS PARA REOPÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL Nº 25/2017 PROCESSO SELETIVO DO 1 SEMESTRE 2017 VAGAS PARA REOPÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 25/2017 PROCESSO SELETIVO DO 1 SEMESTRE 2017 VAGAS PARA REOPÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO A (PROEN) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM), no uso de suas atribuições

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE FUOM CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA UNIFOR-MG

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE FUOM CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA UNIFOR-MG FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE FUOM CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA UNIFOR-MG REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (ATO DE APROVAÇÃO: Resolução do Reitor

Leia mais

Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES

Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES CAMPO LIMPO PAULISTA 2014 Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica - Telecomunicações

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Núcleo de Pós-Graduação em Administração NPGA

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Núcleo de Pós-Graduação em Administração NPGA - RETIFICAÇÃO 01 EDITAL Nº 05/2016 PROCESSO SELETIVO PARA ALUNO ESPECIAL/SEMESTRE 2017.1 Errata: correção no dia da disciplina: ADM 645 Gestão de Serviços Públicos - Av. Reitor Miguel Calmon, 3 andar-

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA

FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA Chamada para disciplina isolada 2º semestre de 2016 O Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação Física, de acordo com a legislação em vigor, torna público a

Leia mais

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Portaria de Reconhecimento nº. 286 de 21 de dezembro de 2012 ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL Pedagogia LICENCIATURA CURSO

Leia mais

Resolução nº 017/2006 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE)

Resolução nº 017/2006 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) 1 Resolução nº 017/2006 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE GEOGRAFIA - BACHARELADO Capítulo I - Dos Objetivos Art. 1 º - O Estágio

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIVISÃO DE MANUTENÇÃO CIVIL EDITAL Nº 01/2017 DMC/PU

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIVISÃO DE MANUTENÇÃO CIVIL EDITAL Nº 01/2017 DMC/PU UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIVISÃO DE MANUTENÇÃO CIVIL EDITAL Nº 01/2017 DMC/PU A Prefeitura Universitária (PU), por meio da Divisão de Manutenção Civil (DMC), torna público

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS DIRETORIA DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS DIRETORIA DE EXTENSÃO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTA DE EXTENSÃO EDITAL/UFU/PROEX/DIESU N 37/2015 A Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da Universidade Federal de Uberlândia, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Relatório Final de Estágio Obrigatório

Relatório Final de Estágio Obrigatório UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE APUCARANA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS Relatório Final de Estágio Obrigatório Relatório Final de Estágio apresentado à UTFPR como

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE CAMPUS PETROLINA Campus Universitário, s/n Vila Eduardo Petrolina/PE. CEP: CNPJ:

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE CAMPUS PETROLINA Campus Universitário, s/n Vila Eduardo Petrolina/PE. CEP: CNPJ: UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE CAMPUS PETROLINA Campus Universitário, s/n Vila Eduardo Petrolina/PE. CEP: 56328-903. CNPJ: 11.022.597/001-91 EDITAL N o 01/2016 DE 25 DE AGOSTO DE 2016 PROGRAMA DE MOBILIDADE

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES CURSO DE GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES CURSO DE GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES CURSO DE GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DELIBERAÇÃO DA COC-I NORMAS DE ESTÁGIO CURRICULAR Dispõe sobre a regulamentação da atividade

Leia mais

PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DIO RIO GRANDE DO SUL

PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DIO RIO GRANDE DO SUL EDITAL DE PRÉ-SELEÇÃO PARA BOLSAS MÉRITO (MRE-DCE) 2016/1 (Aos estudantes PEC-G da UFRGS com desempenho acadêmico excelente, habilitados a participar da seleção para Bolsa Mérito do Ministério das Relações

Leia mais

EDITAL Nº 013/ SELEÇÃO DE MONITORIA DISCENTE 2017/2

EDITAL Nº 013/ SELEÇÃO DE MONITORIA DISCENTE 2017/2 EDITAL Nº 013/2017 - SELEÇÃO DE MONITORIA DISCENTE 2017/2 CURSOS DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA, ENGENHARIA CIVIL, ENGENHARIA ELÉTRICA, ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, ENGENHARIA QUÍMICA, ENGENHARIA MECÂNICA,

Leia mais

EDITAL 10/2014 PROPESP ESTÁGIO PIBIC DE VERÃO - EPV

EDITAL 10/2014 PROPESP ESTÁGIO PIBIC DE VERÃO - EPV EDITAL 10/2014 PROPESP ESTÁGIO PIBIC DE VERÃO - EPV A Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPESP) torna pública a seleção de propostas para a realização do Estágio PIBIC de Verão (EPV) por discentes

Leia mais

Edital nº 011/ 2014 CÂMPUS CURITIBA IFPR

Edital nº 011/ 2014 CÂMPUS CURITIBA IFPR Edital nº 011/ 2014 CÂMPUS CURITIBA IFPR A Direção Geral do Câmpus Curitiba do Instituto Federal do Paraná, no uso de suas atribuições, torna pública as normas que regem o Processo Seletivo para ingresso

Leia mais

I N E D I Instituto Nacional de Ensino a Distância FICHA DE ESTÁGIO

I N E D I Instituto Nacional de Ensino a Distância FICHA DE ESTÁGIO ATENÇÃO: Não esqueça de averiguar a regularidade do responsável pelo estágio no CRECI, só assim poderemos receber esse documento. FICHA DE ESTÁGIO ORIENTAÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Leia mais

FACULDADE DE INHUMAS EDITAL Nº 05/2016 REINGRESSO, TRANSFERÊNCIA INTERNA, TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA

FACULDADE DE INHUMAS EDITAL Nº 05/2016 REINGRESSO, TRANSFERÊNCIA INTERNA, TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA EDITAL Nº 05/2016 REINGRESSO, TRANSFERÊNCIA INTERNA, TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA A Direção Acadêmica da Faculdade de Inhumas FacMais, no uso de suas atribuições regimentais e de acordo

Leia mais

EDITAL 02/2017 DE 1 DE JUNHO DE 2017 PROGRAMA DE MOBILIDADE ESTUDANTIL CONVÊNIO FACAPE/ UNEB/UPE/UNIVASF/IF-SERTÃO PE

EDITAL 02/2017 DE 1 DE JUNHO DE 2017 PROGRAMA DE MOBILIDADE ESTUDANTIL CONVÊNIO FACAPE/ UNEB/UPE/UNIVASF/IF-SERTÃO PE EDITAL 02/2017 DE 1 DE JUNHO DE 2017 PROGRAMA DE MOBILIDADE ESTUDANTIL CONVÊNIO FACAPE/ UNEB/UPE/UNIVASF/IF-SERTÃO PE O Presidente da AUTARQUIA EDUCACIONAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, no uso de suas atribuições

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUNI nº 54/16

RESOLUÇÃO CONSUNI nº 54/16 Conselho Universitário - CONSUNI RESOLUÇÃO CONSUNI nº 54/16 Aprova o Regulamento do Estágio Curricular Supervisionado do Curso de Engenharia Mecânica. O Vice-Reitor, no exercício da Presidência do Conselho

Leia mais

EDITAL Nº 55/2014-PROEG/UERN MOBILIDADE ACADÊMICA UERN/ABRUEM

EDITAL Nº 55/2014-PROEG/UERN MOBILIDADE ACADÊMICA UERN/ABRUEM Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado da Educação e da Cultura - SEEC UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN Pró-Reitoria de Ensino de Graduação PROEG Fone: (84) 3315.2162

Leia mais

CAMPUS SÃO CARLOS CONCESSÃO DE BOLSA ATIVIDADE PARA BOLSISTAS VETERANOS

CAMPUS SÃO CARLOS CONCESSÃO DE BOLSA ATIVIDADE PARA BOLSISTAS VETERANOS PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS CAMPUS SÃO CARLOS EDITAL Nº03, DE 13 DE ABRIL DE 2016. CONCESSÃO DE BOLSA ATIVIDADE PARA BOLSISTAS VETERANOS A PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA MANUAL DE ESTÁGIOS

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA MANUAL DE ESTÁGIOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA MANUAL DE ESTÁGIOS Ilha Solteira SP 2015 APRESENTAÇÃO O presente manual foi elaborado pela Comissão de Estágios do Curso de Engenharia Elétrica (CECEE) e aprovado

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA, ENGENHARIA MECÂNICA E ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA, ENGENHARIA MECÂNICA E ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA, ENGENHARIA MECÂNICA E ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Universidade Federal de Goiás Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação

Leia mais

MÓDULO PERÍODO NOTURNO QUANTIDADE DE VAGAS. (19h às 21h30min) (19h às 21h30min) (19h às 21h30min) (19h às 21h30min)

MÓDULO PERÍODO NOTURNO QUANTIDADE DE VAGAS. (19h às 21h30min) (19h às 21h30min) (19h às 21h30min) (19h às 21h30min) EDITAL 013/2017 - PROCESSO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NOS CURSOS EXTRACURRICULARES DE ESPANHOL BÁSICO I, INGLÊS BÁSICO I, E (VAGAS REMANESCENTES) ESPANHOL BÁSICO II, (VAGAS REMANESCENTES) INGLÊS BÁSICO

Leia mais

Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL

Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL Coronel Fabriciano/ 2008 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVOS... 1 3. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL... 2 4. ATRIBUIÇÕES... 2 5. LOCAIS DE ESTÁGIO E

Leia mais

EDITAL 009/2012/PROGRAD SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA ANDIFES DE MOBILIDADE ACADÊMICA

EDITAL 009/2012/PROGRAD SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA ANDIFES DE MOBILIDADE ACADÊMICA EDITAL 009/2012/PROGRAD SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA ANDIFES DE MOBILIDADE ACADÊMICA A da Universidade Federal de Sergipe comunica aos interessados a abertura das inscrições para bolsas destinadas

Leia mais

COLEGIADO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA UFMG

COLEGIADO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA UFMG COLEGIADO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA UFMG Resolução Nº 03/2016 de 21/11/2016 Regulamenta a integralização de créditos por atividades acadêmicas complementares, no âmbito do Curso

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA SEETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA ANEXO I Modelo de Curriculum Vitae (Preenchimento obrigatório neste modelo) 1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. 1 Nome: 1. 2 Filiação: Nome do pai Nome da mãe 1. 3 Data de nascimento:

Leia mais

Serviço Público Federal MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR

Serviço Público Federal MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR Serviço Público Federal MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR CALENDÁRIO LETIVO 1º semestre/2007 Aprovado no Conselho de Ensino RESOLUÇÃO

Leia mais

PORTARIA REITORIA UESC Nº 1126

PORTARIA REITORIA UESC Nº 1126 PORTARIA REITORIA UESC Nº 1126 A Reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz UESC, no uso de suas atribuições, RESOLVE Art. 1º - Retificar o Edital UESC nº 150/2016, que abriu inscrições para Recrutamento

Leia mais