Cabos de Controle e Instrumentação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cabos de Controle e Instrumentação"

Transcrição

1 Cabos de Controle e Instrumentação 1

2 Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em nível global e mais de 40 anos no Brasil. Atendemos nossos clientes através de uma rede de fábricas localizadas em mercados estratégicos, além de escritórios de vendas e centros de distribuição ao redor do globo. Fabricamos fios e cabos de cobre, alumínio e fibras ópticas da mais alta qualidade oferecendo soluções para os segmentos de Construção, Infraestrutura, Transmissão e Distribuição de Energia, Indústria, Aplicações Especiais e Energias Renováveis. Contamos com uma ampla gama de produtos para inúmeras aplicações e com uma experiência ímpar em pesquisa e desenvolvimento, cujo objetivo é manter e expandir a nossa liderança em tecnologia e inovação a fim de oferecer soluções para as sempre dinâmicas necessidades dos nossos clientes, desenvolvendo novos materiais, lançando novos produtos e criando novas soluções. Os nossos produtos, marcas e tecnologias criam um perfil único, que combinado com a nossa experiência em engenharia, vendas, distribuição, logística e atendimento, fazem da General Cable um parceiro forte e importante para a expansão dos nossos clientes. A General Cable oferece toda a força e respaldo de uma grande companhia, que aliados à nossa equipe de colaboradores, com a sua agilidade e dedicação, responde com soluções sob medida para cada cliente. Para mais informações visite 2

3 ÍNDICE Símbolos 4 Cabos Controle Forenax FR Flex - 500V ou 1000V Controle Forenax FR FC Flex - 500V ou 1000V Controle Forenax FR PA Flex - 500V ou 1000V Instrumentação Forenax FR TPA - 300V Instrumentação Forenax FR ITPA - 300V

4 Símbolos 4

5 CONTROLE FORENAX FR FLEX 500 V ou 1000 V Aplicação: Os Cabos Controle Forenax FR Flex são recomendados para uso em circuitos de comando, controle e sinalização de equipamentos elétricos em geral, em instalações fixas. Construção: 1. Condutor: Condutor flexível formado por fios de cobre nu, têmpera mole, encordoamento classe 5, conforme NBR NM Isolação: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (PVC/A), para temperatura de operação em regime contínuo no condutor de até 70 C. 3. Cobertura: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (PVC ST1), na cor preta. Identificação das Veias: Através de números impressos. Norma de Fabricação: NBR 7289 Cabos de controle com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 1 kv - Requisitos de desempenho. Nota: Este cabo possui características especiais quanto à nãopropagação e auto-extinção do fogo, conforme NBR NM IEC categoria B. Características Técnicas: 5

6 CONTROLE FORENAX FR FLEX 500 V ou 1000 V DADOS CONSTRUTIVOS Código Número de Condutores Espessura da Isolação Espessura da Cobertura Diâmetro Externo Tensão Máxima de Puxamento pelo(s) Condutor(es) kgf Raio Mínimo de Curvatura Tensão 500 V Seção dos Condutores: 1² PR 2 0,6 1,0 6, PR 3 0,6 1,0 6, PR 5 0,6 1,0 7, PR 7 0,6 1,0 8, PR 9 0,6 1,1 10, PR 12 0,6 1,1 11, PR 15 0,6 1,2 12, PR 20 0,6 1,2 14, PR 25 0,6 1,3 16, Tensão 1000 V Seção dos Condutores: 1,5 ² PR 2 0,8 1,0 7, PR 3 0,8 1,0 7, PR 5 0,8 1,1 9, PR 7 0,8 1,1 10, PR 9 0,8 1,2 13, PR 12 0,8 1,2 14, PR 15 0,8 1,3 16, PR 20 0,8 1,4 18, PR 25 0,8 1,5 21,

7 CONTROLE FORENAX FR FLEX 500 V ou 1000 V DADOS CONSTRUTIVOS Código Número de Condutores Espessura da Isolação Espessura da Cobertura Diâmetro Externo Tensão Máxima de Puxamento pelo(s) Condutor(es) kgf Raio Mínimo de Curvatura Tensão 1000V Seção dos Condutores: 2,5 ² PR 2 0,8 1,0 8, PR 3 0,8 1,1 8, PR 5 0,8 1,1 10, PR 7 0,8 1,2 12, PR 9 0,8 1,3 15, PR 12 0,8 1,3 16, PR 15 0,8 1,4 18, PR 20 0,8 1,4 20, PR 25 0,8 1,6 23, Tensão 1000V Seção dos Condutores: 4,0 ² PR 2 1 1,1 10, PR 3 1 1,1 10, PR 5 1 1,2 13, PR 7 1 1,3 14, PR 9 1 1,4 19, PR ,4 20, PR ,5 22, PR ,6 25, PR ,7 29,

8 CONTROLE FORENAX FR FC FLEX 500 V ou 1000 V Aplicação: Os Cabos Controle Forenax FR FC Flex (blindados) são recomendados para uso em circuitos de comando, controle e sinalização de equipamentos elétricos em geral, em instalações fixas onde seja necessária a blindagem contra interferências externas causadas por campos eletromagnéticos. Construção: 1. Condutor: Condutor flexível formado por fios de cobre nu, têmpera mole, encordoamento classe 5, conforme NBR NM Isolação: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (PVC/A), para temperatura de operação em regime contínuo no condutor de até 70 C. 3. Capa Interna: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama. 4. Blindagem Metálica: Fita de cobre nu remontada aplicada helicoidalmente. 5. Cobertura: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (PVC ST1), na cor preta. Identificação das Veias: Através de números impressos. Norma de Fabricação: NBR 7289 Cabos de controle com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 1 kv - Requisitos de desempenho. Nota: Este cabo possui características especiais quanto à não-propagação e auto-extinção do fogo, conforme NBR NM IEC categoria B. Características Técnicas: 8

9 CONTROLE FORENAX FR FC FLEX 500 V ou 1000 V DADOS CONSTRUTIVOS Código Número de Condutores Espessura da Isolação Espessura da Cobertura Diâmetro Externo Tensão Máxima de Puxamento pelo(s) Condutor(es) kgf Raio Mínimo de Curvatura Tensão 500V Seção dos Condutores: 1 ² PR 2 0,6 1,0 6, PR 3 0,6 1,0 6, PR 5 0,6 1,0 7, PR 7 0,6 1,0 8, PR 9 0,6 1,1 11, PR 12 0,6 1,1 11, PR 15 0,6 1,2 12, PR 20 0,6 1,2 14, PR 25 0,6 1,3 16, Tensão 1000V Seção dos Condutores: 1,5 ² PR 2 0,8 1,0 7, PR 3 0,8 1,0 8, PR 5 0,8 1,1 9, PR 7 0,8 1,1 10, PR 9 0,8 1,2 13, PR 12 0,8 1,2 14, PR 15 0,8 1,3 16, PR 20 0,8 1,4 18, PR 25 0,8 1,5 21,

10 CONTROLE FORENAX FR FC FLEX 500 V ou 1000 V DADOS CONSTRUTIVOS Código Número de Condutores Espessura da Isolação Espessura da Cobertura Diâmetro Externo Tensão Máxima de Puxamento pelo(s) Condutor(es) kgf Raio Mínimo de Curvatura Tensão 1000V Seção dos Condutores: 2,5 ² PR 2 0,8 1,0 8, PR 3 0,8 1,1 9, PR 5 0,8 1,1 11, PR 7 0,8 1,2 12, PR 9 0,8 1,3 15, PR 12 0,8 1,3 16, PR 15 0,8 1,4 18, PR 20 0,8 1,4 20, PR 25 0,8 1,6 23, Tensão 1000V Seção dos Condutores: 4,0 ² PR 2 1 1,1 10, PR 3 1 1,1 10, PR 5 1 1,2 13, PR 7 1 1,3 14, PR 9 1 1,4 19, PR ,4 20, PR ,5 22, PR ,6 25, PR ,7 29,

11 CONTROLE FORENAX FR PA FLEX 500 V ou 1000 V Aplicação: Os Cabos Controle Forenax FR PA Flex (blindados) são recomendados para uso em circuitos de comando, controle e sinalização de equipamentos elétricos em geral, em instalações fixas onde seja necessária a blindagem contra interferências externas causadas por campos eletromagnéticos e eletrostática. Construção: 1. Condutor: Condutor flexível formado por fios de cobre nu, têmpera mole, encordoamento classe 5, conforme NBR NM Isolação: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (PVC/A), para temperatura de operação em regime contínuo no condutor de até 70 C. 3. Capa Interna: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (quando aplicável). 4. Blindagem Metálica: Fita de alumínio revestida com poliester aplicada helicoidalmente, em contato com condutor dreno de 0,5². 5. Cobertura: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (PVC ST1), na cor preta. Identificação das Veias: Através de números impressos. Norma de Fabricação: NBR 7289 Cabos de controle com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 1 kv - Requisitos de desempenho. Nota: Este cabo possui características especiais quanto à nãopropagação e auto-extinção do fogo, conforme NBR NM IEC categoria B. Características Técnicas: 11

12 CONTROLE FORENAX FR PA FLEX 500 V ou 1000 V DADOS CONSTRUTIVOS Código Número de Condutores Espessura da Isolação Espessura da Cobertura Diâmetro Externo Tensão Máxima de Puxamento pelo(s) Condutor(es) kgf Raio Mínimo de Curvatura Tensão 500V Seção dos Condutores: 1 ² PR 2 0,6 1,4 8, PR 3 0,6 1,4 9, PR 5 0,6 1,4 10, PR 7 0,6 1,4 11, PR 9 0,6 1,4 13, PR 12 0,6 1,4 14, PR 15 0,6 1,4 15, PR 20 0,6 1,4 16, PR 25 0,6 1,4 18, Tensão 1000V Seção dos Condutores: 1,5 ² PR 2 0,8 1,4 10, PR 3 0,8 1,4 10, PR 5 0,8 1,4 12, PR 7 0,8 1,4 13, PR 9 0,8 1,4 16, PR 12 0,8 1,4 17, PR 15 0,8 1,4 18, PR 20 0,8 1,4 20, PR 25 0,8 1,5 23,

13 CONTROLE FORENAX FR PA FLEX 500 V ou 1000 V DADOS CONSTRUTIVOS Código Número de Condutores Espessura da Isolação Espessura da Cobertura Diâmetro Externo Tensão Máxima de Puxamento pelo(s) Condutor(es) kgf Raio Mínimo de Curvatura Tensão 1000V Seção dos Condutores: 2,5 ² PR 2 0,8 1,4 11, PR 3 0,8 1,4 11, PR 5 0,8 1,4 13, PR 7 0,8 1,4 14, PR 9 0,8 1,4 17, PR 12 0,8 1,4 18, PR 15 0,8 1,4 20, PR 20 0,8 1,5 23, PR 25 0,8 1,6 26, Tensão 1000V Seção dos Condutores: 4,0 ² PR 2 1 1,4 12, PR 3 1 1,4 13, PR 5 1 1,4 16, PR 7 1 1,4 17, PR 9 1 1,4 21, PR ,5 22, PR ,6 25, PR ,6 27, PR ,8 32,

14 INSTRUMENTAÇÃO FORENAX FR TPA 300 V Aplicação: Os Cabos de Instrumentação Forenax FR TPA são recomendados para transmissão de sinais digitais, aplicação em transdutores e PLCs, com instalação fixa em bandejas, eletrodutos, canaletas subterrâneas, eletrocalhas, etc. Construção: 1. Condutor: Condutor redondo normal formado por fios de cobre nu, têmpera mole, encordoamento classe 2, conforme NBR NM Isolação: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (PVC/E), para temperatura de operação em regime contínuo no condutor de até 105 C. 3. Condutor de Comunicação: Condutor redondo normal formado por fios de cobre nu, têmpera mole, encordoamento classe 2, isolado em PVC/E (105 ºC) sem chumbo, na cor azul. 4. Blindagem Eletrostática: Coletiva, através de fita de alumínio revestida com poliéster + condutor dreno estanhado em contato elétrico com o alumínio da fita. 5. Cobertura: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (PVC ST2), na cor preta. Identificação das Veias: Através de números impressos. Identificação dos Pares/Ternas: Isolação dos condutores nas cores preto/branco/vermelho e números impressos. Norma de Fabricação: NBR Cabos de instrumentação com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 300 V. Nota: Este Cabo possui características especiais quanto à não-propagação e auto-extinção do fogo, conforme NBR NM IEC categoria B. Características Técnicas: 14

15 INSTRUMENTAÇÃO FORENAX FR TPA 300 V DADOS CONSTRUTIVOS Código Formação Espessura da Isolação Espessura da Cobertura Diâmetro Externo Peso kg/km Tensão Máxima de Puxamento pelo(s) Condutor(es) kgf Raio Mínimo de Curvatura Tensão 300V Seção dos Condutores: 0,5 ² PR 1P 0,4 0,9 5, PR 2P 0,4 1 7, PR 4P 0,4 1 8, PR 6P 0,4 1,1 10, PR 8P 0,4 1,1 12, PR 12P 0,4 1,2 14, PR 1T 0,4 0,9 5, PR 4T 0,4 1,1 10, PR 6T 0,4 1,1 11, PR 12T 0,4 1,2 15, Tensão 300V Seção dos Condutores: 0,75 ² PR 1P 0,4 0,90 5, PR 2P 0,4 1,00 8, PR 4P 0,4 1,00 9, PR 6P 0,4 1,10 11, PR 8P 0,4 1,20 13, PR 12P 0,4 1,20 15, PR 1T 0,4 0,90 6, PR 4T 0,4 1,10 11, PR 6T 0,4 1,20 13, PR 12T 0,4 1,30 17,

16 INSTRUMENTAÇÃO FORENAX FR TPA 300 V DADOS CONSTRUTIVOS Código Número de Condutores Espessura da Isolação Espessura da Cobertura Diâmetro Externo Peso kg/km Tensão Máxima de Puxamento pelo(s) Condutor(es) kgf Raio Mínimo de Curvatura Tensão 300V Seção dos Condutores: 1,0 ² PR 1P 0,4 0,90 6, PR 2P 0,4 1,00 8, PR 4P 0,4 1,10 10, PR 6P 0,4 1,10 12, PR 8P 0,4 1,20 14, PR 12P 0,4 1,30 16, PR 1T 0,4 0,90 6, PR 4T 0,4 1,10 11, PR 6T 0,4 1,20 14, PR 12T 0,4 1,30 18, Tensão 300V Seção dos Condutores: 1,5 ² PR 1P 0,4 1,00 6, PR 2P 0,4 1,10 10, PR 4P 0,4 1,10 11, PR 6P 0,4 1,20 14, PR 8P 0,4 1,30 16, PR 12P 0,4 1,30 18, PR 1T 0,4 1,00 7, PR 4T 0,4 1,20 13, PR 6T 0,4 1,20 15, PR 12T 0,4 1,40 21,

17 INSTRUMENTAÇÃO FORENAX FR ITPA 300 V Aplicação: Os Cabos de Instrumentação Forenax FR ITPA são recomendados para transmissão de sinais digitais ou analógicos, aplicação em transdutores e PLCs em locais com alta poluição eletromagnética gerada por motores elétricos, termoresistências, etc. Sua blindagem eletrostática minimiza as inteferências externas. Recomendado para instalação fixa em bandejas, eletrodutos, canaletas subterrâneas, eletrocalhas, etc. Construção: 1. Condutor: Condutor redondo normal formado por fios de cobre nu, têmpera mole, encordoamento classe 2, conforme NBR NM Isolação: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (PVC/E), para temperatura de operação em regime contínuo no condutor de até 105 C. 3. Condutor de Comunicação: Condutor redondo normal formado por fios de cobre nu, têmpera mole, encordoamento classe 2, isolado em PVC/E (105ºC) sem chumbo na cor azul. 4. Blindagem Eletrostática: Individual e coletiva, através de fita de alumínio revestida com poliester + condutor dreno estanhado em contato elétrico com o alumínio da fita. 5. Cobertura: Composto termoplástico à base de Policloreto de Vinila sem chumbo resistente a chama (PVC ST2), na cor preta. Identificação dos Pares/Ternas: Isolação dos condutores nas cores preto/branco/vermelho e números impressos. Norma de Fabricação: NBR Cabos de instrumentação com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 300 V. Nota: Este Cabo possui características especiais quanto à nãopropagação e auto-extinção do fogo, conforme NBR NM IEC categoria B. Características Técnicas: 17

18 INSTRUMENTAÇÃO FORENAX FR ITPA 300 V DADOS CONSTRUTIVOS Código Formação Espessura da Isolação Espessura da Cobertura Diâmetro Externo Peso kg/km Tensão Máxima de Puxamento pelo(s) Condutor(es) kgf Raio Mínimo de Curvatura Tensão 300V Seção dos Condutores: 1,0 ² PR 1P 0,4 0,9 5, PR 2P 0,4 1 8, PR 4P 0,4 1 9, PR 6P 0,4 1,1 11, PR 8P 0,4 1,1 14, PR 12P 0,4 1,2 15, PR 1T 0,4 0,9 5, PR 4T 0,4 1,1 11, PR 6T 0,4 1,1 13, PR 12T 0,4 1,2 17, Tensão 300V Seção dos Condutores: 1,5 ² PR 1P 0,4 0,90 5, PR 2P 0,4 1,00 9, PR 4P 0,4 1,00 10, PR 6P 0,4 1,10 13, PR 8P 0,4 1,20 15, PR 12P 0,4 1,20 17, PR 1T 0,4 0,90 6, PR 4T 0,4 1,10 12, PR 6T 0,4 1,20 14, PR 12T 0,4 1,30 19,

19 INSTRUMENTAÇÃO FORENAX FR ITPA 300 V DADOS CONSTRUTIVOS Código Formação Espessura da Isolaçao () Espessura da Cobertura () Diâmetro Externo () Peso (kg/km) Tensão Máxima de Puxamento pelo(s) Condutor(es) (kgf) Raio Mínimo de Curvatura () Tensão 300V Seção dos Condutores: 1,0 ² PR 1P 0,4 0,90 6, PR 2P 0,4 1,00 9, PR 4P 0,4 1,10 11, PR 6P 0,4 1,10 13, PR 8P 0,4 1,20 16, PR 12P 0,4 1,30 18, PR 1T 0,4 0,90 6, PR 4T 0,4 1,10 12, PR 6T 0,4 1,20 16, PR 12T 0,4 1,30 21, Tensão 300V Seção dos Condutores: 1,5 ² PR 1P 0,4 1,00 6, PR 2P 0,4 1,10 10, PR 4P 0,4 1,10 12, PR 6P 0,4 1,20 16, PR 8P 0,4 1,30 18, PR 12P 0,4 1,30 20, PR 1T 0,4 1,00 7, PR 4T 0,4 1,20 14, PR 6T 0,4 1,20 17, PR 12T 0,4 1,40 23,

20 Catalogo Média Tensão Os dados contidos neste catálogo foram baseados em normas vigentes e processos produtivos em uso na época de sua publicação e podem sofrer pequenas variações decorrentes de melhores práticas produtivas, mas sempre em conformidade com as normas pertinentes.

21 22 Fevereiro General Cable Brasil. Todos os direitos reservados.

Cabos de Controle e Instrumentação

Cabos de Controle e Instrumentação Cabos de Controle e Instrumentação 1 Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em

Leia mais

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos.

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. 1 Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em nível global e mais de 40 anos no Brasil.

Leia mais

BRASIL. Guia de Produtos

BRASIL. Guia de Produtos BRASIL Guia de Produtos Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em nível global

Leia mais

CABO ICE-ALARME DE INCÊNDIO 600V BC

CABO ICE-ALARME DE INCÊNDIO 600V BC CABO ICE-ALARME DE INCÊNDIO 600V BC Condutor: Fios de cobre eletrolitíco nu, têmpera mole, encordoamento classe 2 ou 5. Isolação: Composto extrudado de policloreto de vinila PVC/E para temperatura no condutor

Leia mais

Cabos para Uso Geral com Isolação 70 o C

Cabos para Uso Geral com Isolação 70 o C Cabos para Uso Geral com Isolação 70 o C Noflam Antichama BWF Flexível 450/750V 1 Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole, atendendo à classe 5 de encordoamento. 2 Isolação: PVC (70 ºC) composto

Leia mais

CABO INSTRUMENTAÇÃO/CONTROLE ARMADO/BLINDADO ATC/ATS BF- FIRE RESISTANT - MICA TAPE/XLPE/SHF1 - Multi Par/Triplo - 0,15/0,25Kv (300V) - IEC 60331

CABO INSTRUMENTAÇÃO/CONTROLE ARMADO/BLINDADO ATC/ATS BF- FIRE RESISTANT - MICA TAPE/XLPE/SHF1 - Multi Par/Triplo - 0,15/0,25Kv (300V) - IEC 60331 CABO INSTRUMENTAÇÃO/CONTROLE ARMADO/BLINDADO ATC/ATS BF- FIRE RESISTANT - MICA TAPE/XLPE/SHF1 - Multi Par/Triplo - 0,15/0,25Kv (300V) - IEC 60331 CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1) Condutor formado por fios

Leia mais

CABO INSTRUMENTAÇÃO/CONTROLE ARMADO/BLINDADO ATC/ATS BFI - FIRE RESISTANT - MICA TAPE/XLPE/SHF1 - Multi Par/Triplo - 0,15/0,25Kv (300V) - IEC 60331

CABO INSTRUMENTAÇÃO/CONTROLE ARMADO/BLINDADO ATC/ATS BFI - FIRE RESISTANT - MICA TAPE/XLPE/SHF1 - Multi Par/Triplo - 0,15/0,25Kv (300V) - IEC 60331 CABO INSTRUMENTAÇÃO/CONTROLE ARMADO/BLINDADO ATC/ATS BFI - FIRE RESISTANT - MICA TAPE/XLPE/SHF1 - Multi Par/Triplo - 0,15/0,25Kv (300V) - IEC 60331 CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1) Condutor formado por

Leia mais

CATÁLO GO DE PR O DUTOS

CATÁLO GO DE PR O DUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS CONDUZINDO ENERGIA, CARREGANDO QUALIDADE. QUEM SOMOS A Conduspar, uma empresa brasileira que completa 30 anos de mercado em 2016, está presente em praticamente todos os segmentos,

Leia mais

CATÁLOGO DE CABOS MÉDIA TENSÃO

CATÁLOGO DE CABOS MÉDIA TENSÃO CATÁLOGO DE CABOS MÉDIA TENSÃO CATÁLOGO DE CABOS MÉDIA TENSÃO ALUB Além de atender as concessionárias e empreiteiras, nossa atuação busca ampliar as atividades no mercado de energia renovável, a fim de

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COBRE

CATÁLOGO TÉCNICO COBRE CATÁLOGO TÉCNICO COBRE CATÁLOGO TÉCNICO COBRE Índice 6 Fio Tecnofire Antichama 450 / 750 V 7 Cabo Tecnofire Rígido Antichama 450 / 750 V 8 Cabo Tecnofire Flexível Antichama 450 / 750 V 9 Cabo Tecnofire

Leia mais

CABO INNOVSHORE INSTRUMENTAÇÃO ARMADO/BLINDADO ATA/AFC/AFA BF 0,15/0,25KV (300V) CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS CONDUTOR

CABO INNOVSHORE INSTRUMENTAÇÃO ARMADO/BLINDADO ATA/AFC/AFA BF 0,15/0,25KV (300V) CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS CONDUTOR CABO INNOVSHORE INSTRUMENTAÇÃO ARMADO/BLINDADO ATA/AFC/AFA BF 0,15/0,25KV (300V) CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS 1) Condutor formado por fios de cobre eletrolítico nu ou estanhado, têmpera mole, encordoamento

Leia mais

KMAT 400ºC 1KV PROJETOS ESPECIAIS. Dados Construtivos: Valores Nominais. Peso (kg/km) Diâmetro Externo Nominal (mm) Formação Classe 4 (mm) Seção (mm²)

KMAT 400ºC 1KV PROJETOS ESPECIAIS. Dados Construtivos: Valores Nominais. Peso (kg/km) Diâmetro Externo Nominal (mm) Formação Classe 4 (mm) Seção (mm²) Quando o assunto é equipamentos ou processos seguros, contar com uma solução personalizada em cabos elétricos pode ser fundamental para o sucesso de sua empresa, seja para suprir suas necessidades técnicas

Leia mais

FIO PLASTICOM CABOS DE ENERGIA. Fios e cabos elétricos ANTICHAMA 450/750 V. Central de Relacionamento : (11)

FIO PLASTICOM CABOS DE ENERGIA. Fios e cabos elétricos ANTICHAMA 450/750 V. Central de Relacionamento : (11) FIO PLASTICOM ANTICHAMA 450/750 V têmpera mole, isolado com Policloreto de Vinila (PVC), tipo PVC/A para 70 C, antichama (BWF-B). embutidos em eletrodutos, bandejas ou canaletas. ANTICHAMA 450/750 V Normas

Leia mais

COBERTURA (7) Composto termoplástico de PVC SEM CHUMBO, tipo ST2. AG2 Bom AD7 Bom NBR NM 332-1

COBERTURA (7) Composto termoplástico de PVC SEM CHUMBO, tipo ST2. AG2 Bom AD7 Bom NBR NM 332-1 Cabo Voltalene 6 até 35kV 1 2 3 4.1 4.2 5 6 7 Construção: CONDUTOR (1) Metal: fio cobre nu, têmpera mole. Forma: redonda compacta Encordoamento: classe 2. BLINDAGEM DO CONDUTOR (2) Camada composto termofixo

Leia mais

CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU

CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU CORD-FIOS E CABOS DE COBRE NU Cobre eletrolítico nu, meio duro. Empregado em linhas aéreas para transmissão e distribuição de energia elétrica e sistema de aterramento. NBR 6524: Fios e cabos de cobre

Leia mais

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax 6 até 35kV. Construção: Aplicações: Características: MANEIRAS DE INSTALAR RECOMENDADAS

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax 6 até 35kV. Construção: Aplicações: Características: MANEIRAS DE INSTALAR RECOMENDADAS Cabo Eprotenax 6 até 35kV 1 2 3 4.1 4.2 5 6 7 Construção: Aplicações: Características: CONDUTOR (1) Metal: fio cobre nu, têmpera mole. Forma: redonda compacta Encordoamento: classe 2. BLINDAGEM DO CONDUTOR

Leia mais

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax Compact até 35kV. Construção: Aplicações: Características: MANEIRAS DE INSTALAR RECOMENDADAS

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax Compact até 35kV. Construção: Aplicações: Características: MANEIRAS DE INSTALAR RECOMENDADAS Cabo Eprotenax Compact 105 6 até 35kV 1 2 3 4.1 4.2 5 6 7 Construção: Aplicações: Características: CONDUTOR (1) Metal: fio cobre nu, têmpera mole. Forma: redonda compacta Encordoamento: classe 2. BLINDAGEM

Leia mais

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax Compact 6 até 35kV. Construção: Aplicações: Características:

Média tensão. Uso Geral. Cabo Eprotenax Compact 6 até 35kV. Construção: Aplicações: Características: Cabo Eprotenax Compact 6 até 35kV 1 2 3 4.1 4.2 5 6 7 Construção: Aplicações: Características: CONDUTOR (1) Metal: fio cobre nu, têmpera mole. Forma: redonda compacta Encordoamento: classe 2. BLINDAGEM

Leia mais

Entrevista concebida por Paulo Alessandro Delgado - Gerente de Marketing da Cobrecom Fios e Cabos Elétricos

Entrevista concebida por Paulo Alessandro Delgado - Gerente de Marketing da Cobrecom Fios e Cabos Elétricos Entrevista concebida por Paulo Alessandro Delgado - Gerente de Marketing da Cobrecom Fios e Cabos Elétricos 1. Por que é importante para a sua empresa participar da FEICON BATIMAT NORDESTE? Qual a importância

Leia mais

CABOS PARA INSTALAÇÕES DE BAIXA TENSÃO

CABOS PARA INSTALAÇÕES DE BAIXA TENSÃO CABOS PARA INSTALAÇÕES DE BAIXA TENSÃO A NEXANS O mundo em que vivemos requer cada vez mais energia para funcionar e se desenvolver. Por mais de um século a Nexans tem desempenhado um papel-chave em proporcionar

Leia mais

Cabo Fiter Flex 0,6/1kV

Cabo Fiter Flex 0,6/1kV abo Fiter Flex 0,6/1kV São destinados às instalações gerais em eletrodutos ao ar livre (em bandejas, prateleiras ou suporte análogos), perfilados, espaços de construção, bem como sistemas subterrâneos

Leia mais

Liderança em Cabos Vulcanizados. Cabos para uso Naval

Liderança em Cabos Vulcanizados. Cabos para uso Naval Cabos para uso Naval COFINAV NH e lmnh 2 A CONFIABILIDADE QUE FAZ A DIFERENÇA (Estas certificações são da linha geral de cabos produzidos pela Cofibam) Política da qualidade A COFIBAM SE COMPROMETE EM

Leia mais

Prysmian Energia Cabos e Sistemas do Brasil S.A.

Prysmian Energia Cabos e Sistemas do Brasil S.A. Cabo Airguard AIRGUARD Quem Somos Aplicação Prysmian Cabos e Sistemas é uma empresa multinacional de classe mundial. Fundada em 1872 como Pirelli e Cia. conquistou uma posição de liderança por mais de

Leia mais

Condumax Fios e Cabos Elétricos

Condumax Fios e Cabos Elétricos Catálogo Técnico Condumax Fios e Cabos Elétricos História Há 50 anos desenvolvendo e produzindo soluções inteligentes para componentes elétricos, a Incesa se consolidou, juntamente com a Condumax, como

Leia mais

Cabos Fibep Média Tensão

Cabos Fibep Média Tensão Cabos Fibep Média Tensão Índice Página Fibep BF 6kV a 35kV - Descrição, características, performance e benefícios 02 - Qualidade assegurada, aplicações 03 - Representação esquemática - tripla extrusão

Leia mais

Requisitos Técnicos Cabo PROFIBUS PA. Revisão 26/03/2013 Número: 002PA ASSOCIAÇÃO PROFIBUS

Requisitos Técnicos Cabo PROFIBUS PA. Revisão 26/03/2013 Número: 002PA ASSOCIAÇÃO PROFIBUS Cabo PROFIBUS PA Revisão 26/03/203 Número: 002PA ASSOCIAÇÃO PROFIBUS . Condutor a. Os condutores devem ser de cobre eletrolítico, tempera mole, devendo corresponder no mínimo a classe de encordoamento,

Leia mais

CABOS DE POTÊNCIA DE MÉDIA TENSÃO N B R

CABOS DE POTÊNCIA DE MÉDIA TENSÃO N B R CABOS DE POTÊNCIA DE MÉDIA TENSÃO N B R 6 2 5 1 C A B O S D E P O T Ê N C I A D E M É D I A T E N S Ã O Com uma tradição de 77 anos, a Synergy Cabos segue os mais altos padrões de qualidade do mercado

Leia mais

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos.

Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. 1 Soluções inovadoras em fios e cabos elétricos. Somos um dos maiores fabricantes mundiais de fios e cabos, com mais de 170 anos de história de progresso contínuo em nível global e mais de 40 anos no Brasil.

Leia mais

CISCEA. Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo PÁGINA: PLANILHA QUANTIDADE /ORÇAMENTÁRIA. 1 de 5 DATA:

CISCEA. Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo PÁGINA: PLANILHA QUANTIDADE /ORÇAMENTÁRIA. 1 de 5 DATA: 1 de 5 01.00.000 SERVIÇOS TÉCNICOS-PROFISSIONAIS 01.02.000 GEOTECNIA 01.02.107 Medição de resistividade do solo.01 - Ponto de medição com 5 níveis (2, 4, 8, 16 e 32)m un 10,00 01.03.000 ESTUDOS E PROJETOS

Leia mais

Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C

Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C Cabo Cofivinil HEPR (1 Condutor) 0,6/1kV 90 o C 1 Dados Construtivos: 1.1 Desenho: 1 2 3 4 1 Condutor: Fios de cobre eletrolítico nu, têmpera mole. Encordoamento classe 05. 2 Separador: Fita não higroscópica

Leia mais

Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V

Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V Fio e Cabo Inbranil Antichama - 750V Características Construtivas 1) Para Fio Inbranil Antichama: condutor sólido de cobre eletrolítico nu, têmpera mole, classe 1. Para Cabo Inbranil Antichama: condutor

Leia mais

CORRENTE EM CABOS E. J. ROBBA

CORRENTE EM CABOS E. J. ROBBA CORRENTE EM CABOS E. J. ROBBA 1 A Robba Engenharia é especializada no desenvolvimento de: estudos sistemas computacionais aplicáveis em sistemas elétricos de distribuição da energia. Desenvolveu, dentre

Leia mais

FAST CIT xdsl 40 MHz

FAST CIT xdsl 40 MHz FAST CIT xdsl 40 MHz Tipo do Produto Cabos Telefônicos Construção 10 a 50 pares Núcleo seco Classificação de retardância a chama: CM ROHS Compliant Descrição Cabo telefônico para banda larga, constituído

Leia mais

PRODUTOS. - Cabos para Telefonia - Comunicações de Dados do Tipo UTP - Vigilância Eletrônica

PRODUTOS. - Cabos para Telefonia - Comunicações de Dados do Tipo UTP - Vigilância Eletrônica FÁBRICA Com 10.000 m², em sede própria, a MPT reúne máquinas e equipamentos de alta tecnologia. Nosso desempenho está associado a processos industriais e administrativos implementados através de ISO 9000.

Leia mais

LOTE 2. Lote Item Qtde. DESCRIÇÃO CABO ELETRICO. Valor Un. (R$): R$61,00

LOTE 2. Lote Item Qtde. DESCRIÇÃO CABO ELETRICO. Valor Un. (R$): R$61,00 LOTE 2 1 6 12 MATERIA PRIMA: COBRE ELETROLÍTICO, TEMPERA MOLE ESPESSURA: 2,5 MM2 CAPA: TERMOPLASTICA ANTI-CHAMA TENSAO DE ISOLAMENTO: 750V DE ACORDO COM A NBR NM 247-3 CABO: FLEXIVEL CLASSE 4 COR DA CAPA:

Leia mais

Normas / Cores / Tipos Padronizados e Especiais / Definições CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS CONDUTOR

Normas / Cores / Tipos Padronizados e Especiais / Definições CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS CONDUTOR Normas / Cores / Tipos Padronizados e Especiais / Definições CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS ESPECIFICAÇÕES APLICÁVEIS TEMPERATURAS MÁXIMAS DO CONDUTOR Cabos de Extensão/Compensação para Termopares - Tipos

Leia mais

Fios e cabos elétricos

Fios e cabos elétricos Fios e cabos elétricos Fio Sólido BWF 0 V Condutor sólido de cobre nu, têmpera mole. Isolação de PVC/A 0ºC antichama. nominal,, condutor,3,,3, 3,,8 isolação externo nominal, 3,3 3,83,3,,8 33 3 Cabo BWF

Leia mais

RZ1-K - BS EN XLPE LSZH Cabo Flexível

RZ1-K - BS EN XLPE LSZH Cabo Flexível RZ1-K - BS EN 50267 XLPE LSZH Cabo Flexível APLICAÇÕES Para instalação onde o fogo, emissão de fumos e gases tóxicos são uma potencial ameaça à vida e equipamentos. Cabo flexível de potência ou controlo

Leia mais

Soluções em Cabos para Energias Renováveis

Soluções em Cabos para Energias Renováveis Soluções em Cabos para Energias Renováveis A Empresa Maior fabricante nacional de cabos de energia e especiais no Brasil: referência em qualidade e atendimento Expertise no desenvolvimento de soluções

Leia mais

Materiais Elétricos. Condutores. Prof. Msc. Getúlio Tateoki

Materiais Elétricos. Condutores. Prof. Msc. Getúlio Tateoki Definições Materiais Elétricos -Um condutor elétrico é um produto metálico geralmente de forma cilíndrica e de comprimento muito maior do que a maior dimensão transversal, utilizado para transportar energia

Leia mais

REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP

REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP REPRESENTANTE AUTORIZADO CONSTRUTORAS, INSTALADORAS E B2B - SP 50 anos. E muitas obras de experiência. Em sua longa trajetória, o Grupo Nambei já realizou o fornecimento de fios e cabos para centenas de

Leia mais

Instituto Lab System de Pesquisas e Ensaios LTDA.

Instituto Lab System de Pesquisas e Ensaios LTDA. RL 0154 Laboratório de ensaio acreditado pela gcre/inmetro de acordo com a NBR ISO/IE 17025 Relatório de Análises e Ensaios de Produtos (RAE) N.º 1250705 Pág.: 1 / 5 Data de emissão: 03/08/2005 1 Solicitante:

Leia mais

Divisão Cabos Energia Cabos Isolados e Cobertos para Redes Aéreas

Divisão Cabos Energia Cabos Isolados e Cobertos para Redes Aéreas CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS Os cabos MULTIPLEXADOS para Baixa Tensão 0,6/1kV são formados pela reunião de 1, 2, ou 3 condutores fase em torno de um condutor mensageiro, neutro, para sustentação. 1 - Condutor

Leia mais

CABOS DE AQUECIMENTO

CABOS DE AQUECIMENTO Fabricados a partir de uma liga resistiva isolada com polímeros com alta resistência a temperatura, intempéries e ataques químicos. Potência Variável Materiais: Resistor: fios resistivos. Isolação: Borracha

Leia mais

FieldLink MC. para controle de movimentos

FieldLink MC. para controle de movimentos FieldLink MC para controle de movimentos A LEONI Business Unit Industrial Solutions oferece uma grande variedade de produtos para cabeamento de acionamento, atendendo às tendências em relação à complexidade

Leia mais

FIBER-LAN INDOOR (CFOI-EO) - ABNT

FIBER-LAN INDOOR (CFOI-EO) - ABNT FIBER-LAN INDOOR (CFOI-EO) - ABNT Tipo do Produto Cabos Ópticos Construção ROHS Compliant Dielétrico Tight buffer Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico tipo "tight", constituído por fibras ópticas

Leia mais

Cabo Óptico Dielétrico Duto com Capa Externa Retardante à Chama

Cabo Óptico Dielétrico Duto com Capa Externa Retardante à Chama Os cabos ópticos Telcon proporcionam excelente performance de transmissão e proteção das fibras ópticas contra mudanças ambientais. Este cabo foi desenvolvido com uma proteção externa contra fungos e bactérias,

Leia mais

CTP APL SN ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Tipo do Produto. Construção. Descrição. Aplicação

CTP APL SN ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA. Tipo do Produto. Construção. Descrição. Aplicação CTP APL SN Tipo do Produto Construção 10 a 600 pares Cabos Telefônicos Núcleo seco Descrição Cabo telefônico constituído por condutores de cobre eletrolítico maciço e estanhado, isolação em termoplástico,

Leia mais

MULTILAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.5E F/UTP 24AWGx4P

MULTILAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.5E F/UTP 24AWGx4P MULTILAN ETHERNET INDUSTRIAL CAT.5E F/UTP 24AWGx4P Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto MultiLan Construção Categoria 6 F/UTP (blindado) PVC/TPU - CM/CMX Características Gerais Descritivo Ambiente

Leia mais

Meios Ópticos SISTEMAS GIGABIT E 10 GIGABIT CABO FIS-OPTIC-AR Descrição Instalações externas em infra-estrutura de eletrodutos e caixas de passagem subterrâneas, susceptíveis a ação de roedores. Cabos

Leia mais

(Produto descontinuado) CTP-APL-AS

(Produto descontinuado) CTP-APL-AS (Produto descontinuado) Tipo do Produto Construção 10 até 300 pares Cabos Telefônicos Cóbre Sólido Isolamento Sólido Nucleo seco Capa em Polietileno Instalação Aérea Descrição Cabo telefônico constituído

Leia mais

FIBER-LAN-AR (PFV) INDOOR/OUTDOOR (CFOT-EOR) - ABNT

FIBER-LAN-AR (PFV) INDOOR/OUTDOOR (CFOT-EOR) - ABNT FIBER-LAN-AR (PFV) INDOOR/OUTDOOR (CFOT-EOR) - ABNT Tipo do Produto Cabos Ópticos Construção ROHS Compliant Dielétrico Tight Proteção anti-roedor Monomodo ou Multimodo Descrição Cabo óptico totalmente

Leia mais

Catálogo de especificação técnica NAVAL AERONAUTICO FERROVIARIO.

Catálogo de especificação técnica NAVAL AERONAUTICO FERROVIARIO. Catálogo de especificação técnica NAVAL AERONAUTICO FERROVIARIO www.obplast.com.br APRESENTAÇÃO A OBPlast é fabricante de cabos elétricos especiais para uso naval, aeronáutico e ferroviário. Reúne profissionais

Leia mais

INDUSTRIA DO CIMENTO MINERAÇÃO GUIA DE APLICAÇÃO PARA CABOS ELÉTRICOS COM CONDUTORES EM COBRE. Volume III e IV

INDUSTRIA DO CIMENTO MINERAÇÃO GUIA DE APLICAÇÃO PARA CABOS ELÉTRICOS COM CONDUTORES EM COBRE. Volume III e IV INDUSTRIA DO CIMENTO MINERAÇÃO GUIA DE APLICAÇÃO PARA CABOS ELÉTRICOS COM CONDUTORES EM COBRE Volume III e IV INTRODUÇÃO Guia de Aplicação para Cabos Elétricos com Condutores em Cobre Fornecer conceitos

Leia mais

Instituto Lab System de Pesquisas e Ensaios LTDA.

Instituto Lab System de Pesquisas e Ensaios LTDA. RL 0154 acordo com a NBR ISO/IE 17025 Relatório de Análises e Ensaios de Produtos (RAE) N.º 1220705 Pág.: 1 / 5 Data de emissão: 03/08/2005 1 Solicitante: BVQI do Brasil Sociedade ertificadora Ltda. Rua:

Leia mais

CABOS ELECTRICOS TABELA DE PREÇOS MARÇO 2008 COMÉRCIO E INDÚSTRIAS ELECTRICAS, SA

CABOS ELECTRICOS TABELA DE PREÇOS MARÇO 2008 COMÉRCIO E INDÚSTRIAS ELECTRICAS, SA KTE08003AA. As características técnicas podem ser alteradas sem aviso prévio. Todos os preços estão sujeitos ao IVA em vigor. 01/03/2008 CABOS ELECTRICOS TABELA DE PREÇOS MARÇO 2008 Cruz da Pedra, Lt 12/13

Leia mais

CABO ÓPTICO SPEED STAR DROP FIGURA 8

CABO ÓPTICO SPEED STAR DROP FIGURA 8 ILUSTRAÇÃO Elemento de Sustentação Capa Externa Loose Tube Geléia Fio de Rasgamento (Rip Cord) Elemento de tração Fibra Óptica - Sem escala - Figura Ilustrativa - ELEMENTOS DO CABO Capa de Proteção Externa:

Leia mais

Catálogo de Produtos. Soluções 3M. para Instalações Elétricas

Catálogo de Produtos. Soluções 3M. para Instalações Elétricas Catálogo de Produtos Soluções 3M para Instalações Elétricas Índice Pág. Fitas Isolantes Premium...3 Fitas Isolantes Uso Geral...5 Acessórios para Instalações Elétricas...6 Fitas Elétricas Especiais....9

Leia mais

Cabos de controle com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 1 kv - Requisitos de desempenho

Cabos de controle com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 1 kv - Requisitos de desempenho ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13-28! andar CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (21) 210-3122 Fax: (21) 220-1762/220-6436

Leia mais

DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES

DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES DIMENSIONAMENTO DOS CONDUTORES 1. Introdução - O dimensionamento dos condutores deve ser realizado seguindo as seguintes etapas: a) cálculo da corrente de projeto; b) dimensionamento pelo critério da máxima

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO

INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO INFORMAÇÕES SOBRE O PRODUTO Isolado a PVC - com ou sem blindagem de fios de aço ou de folha de alumínio Cabos de extensão e compensação, versão de pares múltiplos - adequados para o uso em medição de temperatura

Leia mais

!""""#$ %&!""""## ,* -+..///&)*+

!#$ %&!## ,* -+..///&)*+ !""""#$ %&!""""## '(&)*+,* -+..///&)*+ *'01 *23.24 *))456)78!98 8!982!8;!98 )< %*=+)45+) *+97'+))458>?< *)*@ *+.@A3)'B7= -)* )< *'-C' *''D8!>8$"+!" *+B67?;E F?2E F?%E >* >G )< *411 )*'++.'* *)))45E.2 +@CB7+%H

Leia mais

ITEN - INSTITUTO TECNOLÓGICO DE ENSAIOS LTDA.

ITEN - INSTITUTO TECNOLÓGICO DE ENSAIOS LTDA. ITEN - INSTITUTO TECNOLÓGICO DE ENSAIOS LTDA. Laboratório pertencente à RBLE. Relatório de Ensaios de Produtos (REP): n. 1403054-2/01 Emissão: 25.06.2014 Solicitante: Endereço: Fabricante: Eletrocal Indústria

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

2 O cabo óptico CABO ÓPTICO DROP FIG.8 TUBO LOOSE FTTH

2 O cabo óptico CABO ÓPTICO DROP FIG.8 TUBO LOOSE FTTH 1 Objetivo: Este manual tem o objetivo de auxiliar a instalação do CABO ÓPTICO DROP FIG.8 TUBO LOOSE FTTH Furukawa, especificando os acessórios e apresentando as principais recomendações para a instalação.

Leia mais

CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWG x 4P CAT. 6 U/UTP

CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWG x 4P CAT. 6 U/UTP CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWG x 4P CAT. 6 U/UTP Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan Augmented RoHS Compliant Categoria 6A U/UTP (não blindado) PVC - CM, CMR Características Gerais

Leia mais

POLIRON 105 CM 03 CL2 B FR Cabo Controle Blindado 3 x 0,50 70ºC 0,5kV classe 2

POLIRON 105 CM 03 CL2 B FR Cabo Controle Blindado 3 x 0,50 70ºC 0,5kV classe 2 POLIRON Código 7200 POLIRON 105 CM 02 CL2 B FR Cabo Controle Blindado 2x 0,50 70ºC 0,5kV classe 2 /bitolas de 1,5mm 2 a 10 estruturado, alimentação, sist. microprocessados, em plantas industria quimica,

Leia mais

É a propagação de ondas por meio de um meio físico que podem ter suas características alteradas no tempo. 20/08/2013

É a propagação de ondas por meio de um meio físico que podem ter suas características alteradas no tempo. 20/08/2013 Capitulo 03 Prof. Ricardo de Macedo Define as Especificações Elétricas, Mecânica, Funcionais e de Procedimentos para ativar, Manter e Desativar o Link Físico Entre o Emissor e o Receptor É a propagação

Leia mais

TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 2

TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 2 TABELA DE PREÇOS OUTUBRO 2010 V. 2 CABO VINIL FLEXÍVEL CABOS 0,6/1kV CABO FITER FLEX CABO AFITOX EP90-F 1kV 1 2 4 1,5 1,259 2,670,590 4,716 2,5 1,844,971 5,4 7,084 4 2,682 5,752 8,022 10,56 6,796 8,005

Leia mais

(Produto Descontinuado) CTS APL G xdsl 8,5 MHz

(Produto Descontinuado) CTS APL G xdsl 8,5 MHz (Produto Descontinuado) CTS APL G xdsl 8,5 MHz Tipo do Produto Cabos Telefônicos Construção 10 a 1800 pares Condutores Sólidos Isolamento Sólido Núcleo geleado Capa em Polietileno Descrição Cabo telefônico

Leia mais

MULTILAN CAT.5e F/UTP 24AWGx4P

MULTILAN CAT.5e F/UTP 24AWGx4P MULTILAN CAT.5e F/UTP 24AWGx4P Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção MultiLan RoHS Compliant Categoria 5e F/UTP (blindado) PVC - CM, CMR Características Gerais Descritivo Ambiente de

Leia mais

CABO GIGALAN AUGMENTED CAT6A F/UTP 23AWGX4P LSZH IEC

CABO GIGALAN AUGMENTED CAT6A F/UTP 23AWGX4P LSZH IEC CABO GIGALAN AUGMENTED CAT6A F/UTP 23AWGX4P LSZH IEC-60332-3 Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan Augmented RoHS Compliant Categoria 6A F/UTP (blindado) LSZH Características

Leia mais

TABELA DE PREÇOS SETEMBRO 2010 V. 1

TABELA DE PREÇOS SETEMBRO 2010 V. 1 TABELA DE PREÇOS SETEMBRO 00 V. CABO VINIL FLEXÍVEL CABOS 0,6/kV CABO FITER FLEX CABO AFITOX EP90-F kv,5,9,5,65,8,5,668,60,905 6,80,07 5,90 7,96 9,60 6,86 7,8 0,,55 0 5,6,85 7,08,8 6 8,770 9,8 6,99 6,06

Leia mais

TABELA DE PREÇOS JANEIRO 2011

TABELA DE PREÇOS JANEIRO 2011 TABELA DE PREÇOS JANEIRO 0 CABO VINIL FLEXÍVEL CABOS 0,6/kV CABO FITER FLEX CABO AFITOX EP90-F kv,5,6,88,9 5,8,5,0,7 5,970 7,805,968 6, 8,88,78 6, 8,86,75 6,950 0 7,7,757,50 8,785 6,,897,0 5,85 5 7,7 6,57

Leia mais

Produtos. Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V. Fio e Cabo de Cobre Nu. 2 www.ipce.com.br. Fios e cabos para uso geral de baixa tensão

Produtos. Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V. Fio e Cabo de Cobre Nu. 2 www.ipce.com.br. Fios e cabos para uso geral de baixa tensão Fio e Cabo de Cobre Nu Fio e Cabo Pauliplast BWF 750V Características dimensionais e resistência elétrica de fios e cabos de cobre nu, meio duro e duro Empregados em linhas aéreas para transmissão e distribuição

Leia mais

Cabo Telefônico CTP-APL

Cabo Telefônico CTP-APL Cabo Telefônico CTP-APL Descrição ABNT NBR 9124/ANATEL: RESOLUÇÃO - sem escala Figura ilustrativa Condutor: Cobre eletrolitico com diâmetros nominais de 0,40, 0,, 0,65 ou 0,90 mm. Isolamento: Material

Leia mais

CABO ÓPTICO SPEED STAR AS80

CABO ÓPTICO SPEED STAR AS80 ILUSTRAÇÃO Capa Externa Fibra Óptica Loose Tube Fio de rasgamento (Rip Cord) Fita bloqueadora de água Elemento central de força Elemento de tração (Fios) Geléia - Sem escala - Figura Ilustrativa - ELEMENTOS

Leia mais

CCNA 1 Teste de Cabos. Kraemer

CCNA 1 Teste de Cabos. Kraemer CCNA 1 Teste de Cabos Testes de Cabos Tipos de sinais Características dos meios de cobre Características dos meios ópticos Tipos de sinais Sinal Analógico (ondas senoidais) Variam continuamente O que é

Leia mais

Instituto Lab System de Pesquisas e Ensaios LTDA.

Instituto Lab System de Pesquisas e Ensaios LTDA. Instituto Lab System de Pesquisas e Ensaios LTDA. Laboratório de ensaio acreditado pela gcre de acordo com a ABNT NBR ISO/IE 17025, sob o número RL 0154 Relatório de Ensaios (RAE) N.º 5120215 Pág.: 1 /

Leia mais

Acessórios Desconectáveis 600A

Acessórios Desconectáveis 600A 600A APLICAÇÃO Os Acessórios da Prysmian possuem uma concepção de projeto baseada no sistema plugue - tomada, porém para tensões, permitindo fácil conexão e desconexão de um cabo de potência, de um equipamento,

Leia mais

Condutores de Cobre para Instalações de Média Tensão

Condutores de Cobre para Instalações de Média Tensão Condutores Cobre para Instalações Média Tensão Lír Mundial na Indústria Cabos Com a energia como base seu senvolvimento, a Nexans é a lír mundial na indústria cabos, graças à sua relevante atuação nas

Leia mais

MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela 33 da NBR5410/2004)

MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela 33 da NBR5410/2004) MÉTODO DE INSTALAÇÃO (Tabela da NBR5410/004) Método de Método de instalação Esquema ilustrativo Descrição instalação a utilizar número: para a capacidade de condução de corrente 1 1 Condutores isolados

Leia mais

FITA DE SINALIZAÇÃO E DELIMITAÇÃO DE ÁREA COM RECOLHEDOR - Especificação Técnica

FITA DE SINALIZAÇÃO E DELIMITAÇÃO DE ÁREA COM RECOLHEDOR - Especificação Técnica FITA DE SINALIZAÇÃO E DELIMITAÇÃO - Especificação Técnica CELG Distribuição S/A SESMT- Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho 1 de 5 ÍNDICE ÍNDICE 1. OBJETIVO... 3

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 10 / 04 / 2013 1 de 1 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis para cabos de potência isolado 0,6/1kV utilizados nas Redes de Distribuição da Companhia

Leia mais

Unidade Intercambiadora de Calor Série YE

Unidade Intercambiadora de Calor Série YE Unidade Intercambiadora de Calor Série YE A unidade intercambiadora de calor Série YE foi desenvolvida para proporcionar o máximo conforto térmico em ambientes. Projetada para atender diferentes demandas

Leia mais

NORMA TÉCNICA CELG. Cabos de Controle com Isolação em PVC - Classe 0,6/1 kv Especificação. NTC-44 Revisão 1

NORMA TÉCNICA CELG. Cabos de Controle com Isolação em PVC - Classe 0,6/1 kv Especificação. NTC-44 Revisão 1 NORMA TÉCNICA CELG Cabos de Controle com Isolação em PVC - Classe 0,6/1 kv Especificação NTC-44 Revisão 1 ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA 1. OBJETIVO 1 2. NORMAS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 2 3. TERMINOLOGIA

Leia mais

CABOS ESPECIAIS CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA SIMÉTRICO SOLUÇÕES ESPECIAIS SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA

CABOS ESPECIAIS CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA SIMÉTRICO SOLUÇÕES ESPECIAIS SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA CABO INVERSOR DE FREQUÊNCIA pretas numeradas + uma veia verde/amarela. em fita de alumínio invertida + dreno estanhado de 0,5mm2 sobreposta por trança de cobre estanhado. SINAL GARANTIDO DE PONTA A PONTA

Leia mais

GIGALAN CAT. 6 U/UTP 23AWGx4P - RoHS

GIGALAN CAT. 6 U/UTP 23AWGx4P - RoHS GIGALAN CAT. 6 U/UTP 23AWGx4P - RoHS Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan RoHS Compliant Categoria 6 U/UTP (não blindado) PVC (CM/CMR) Características Gerais Descritivo Ambiente

Leia mais

Cabo para Sinal e Detecção de Incêndio - s/ blindagem - 600 V - flexível - Instalações contínuas cem tubulação de aço galvanizado para blindagem eletrostática e magnética; Cabo formado por dois ou mais

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO. Título

PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO. Título PROCEDIMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO Título ATENDIMENTO DE LIGAÇÃO DE CONSUMIDORES JUNTO À FAIXA DE PRAIA DA ORLA MARÍTIMA Código NTD-00.074 Data da emissão 05.12.2005 Data da última revisão 18.01.2008 Folha

Leia mais

CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWGX4P LSZH U/UTP

CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWGX4P LSZH U/UTP CABO GIGALAN AUGMENTED 23AWGX4P LSZH U/UTP Tipo do Produto Cabos LAN Família do Produto Construção GigaLan Augmented RoHS Compliant Categoria 6A U/UTP (não blindado) LSZH Características Gerais Descritivo

Leia mais

COTAÇÃO: DESCRIÇÃO INSUMO: UN: PREÇO: EMPRESA COTAÇÃO: CONTATO: ENERGILUX

COTAÇÃO: DESCRIÇÃO INSUMO: UN: PREÇO: EMPRESA COTAÇÃO: CONTATO: ENERGILUX ENERGILUX (11/07/2013) 1 Abraçadeira metálica tipo "U" Ø1" 0,18 2 Abraçadeira metálica tipo "U" Ø2" 0,66 3 Abraçadeira tipo 'D' com cunha Ø2" 1,6 4 Abraçadeira tipo 'D' com cunha Ø3" 2,01 5 Acoplamento

Leia mais

SISTEMAS DE ATERRAMENTO PARA INSTALAÇÕES COM SUBESTAÇÕES PRÓPRIAS NBR14039/2005 E

SISTEMAS DE ATERRAMENTO PARA INSTALAÇÕES COM SUBESTAÇÕES PRÓPRIAS NBR14039/2005 E SSTEMAS DE ATERRAMENTO PARA NSTALAÇÕES COM SUBESTAÇÕES PRÓPRAS NBR14039/005 E-31.000 Prof. Marcos Fergütz setembro/016 Para definir os esquemas de aterramento, deve-se observar a simbologia: - Esquema

Leia mais

RGC-213 CELULAR 50 ohms

RGC-213 CELULAR 50 ohms 401.041 RGC-213 CELULAR 50 ohms Data: 11/00 Rev.: H Sistemas de radiocomunicação, sistemas auxiliares de radiofusão, telefonia rural, teleinformática e instalações Especificado segundo as normas: Prática

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE LICITAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE LICITAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE LICITAÇÃO ANEXO II DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 63/2016/AD 1 Patch panel padrão 19, categoria ansi/tia/eia-568-b.21, módulo

Leia mais

CABO OPTICO CFOA-AS - PADRÃO ABNT CL

CABO OPTICO CFOA-AS - PADRÃO ABNT CL CABO OPTICO CFOA-AS - PADRÃO ABNT CL Tipo do Produto Cabos Ópticos Construção ROHS Compliant Dielétrico Núcleo Seco ou Geleado Tubos Loose SM, MM e NZD Descrição Cabos óptico dielétricos auto sustentados

Leia mais

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS / INDUSTRIAIS

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS / INDUSTRIAIS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS / INDUSTRIAIS Flexibilidade Os cabos flexíveis estão substituindo, com vantagens, os cabos rígidos tradicionais. Veja porque: a construção do condutor, a parte metálica do

Leia mais

FIOS, CABOS E CORDÕES

FIOS, CABOS E CORDÕES Página: 1/39 Elaborado por: Douglas Ferreira Verificado por: Karen Martins Nelson Aparecido Coelho Aprovado por: Arnaldo Barbulio Filho Data Aprovação: 20/05/2014 1 OBJETIVO Estabelecer os requisitos complementares

Leia mais

3 Boletim Técnico Terminal Contrátil a Frio QTIII Série 7672 S8 (RW)

3 Boletim Técnico Terminal Contrátil a Frio QTIII Série 7672 S8 (RW) Boletim Técnico Terminal Contrátil a Frio QTIII Série 7672 S8 (RW) 1- Descrição do produto: O Terminal Contrátil a Frio M MR QTIII 7672-S-8 é um produto que atende os requisitos da norma IEEE 48 classe

Leia mais

Balança de cilindro de gás Modelo GCS-1

Balança de cilindro de gás Modelo GCS-1 Medição eletrônica de pressão Balança de cilindro de gás Modelo GCS-1 WIKA folha de dados PE 87.19 Aplicações Medição de nível de gases em gabinetes de gás e sistemas de distribuição de gás Medição de

Leia mais