CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA"

Transcrição

1 CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA Currículo Novo Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº 1.193, de 08/04/2005 Duração: h créditos, acrescidas de 120 horas de atividades complementares e 160 horas de estágio curricular obrigatório totalizando 4000 horas. SEM. CÓDIGO DISCIPLINAS REQUISITOS Geometria Descritiva Introdução à Engenharia Eletrônica ( Ver obs.1) - 1º 2º 3º 4º 5º Cálculo Vetorial e Geometria Analítica Metodologia Científica Português I Matemática Fundamental Desenho Técnico Cálculo Diferencial e Integral I Química para Engenharia Eletrônica Física I Álgebra Linear Eletricidade Física II CC Cálculo Diferencial e Integral II Mecânica Geral Probabilidade e Estatística Materiais Elétricos Eletrônica Básica Cálculo Diferencial e Integral III Física III Cálculo Numérico Circuitos Elétricos I Fundamentos da Realidade Brasileira e Cidadania Filosofia Medidas Elétricas Cálculo Avançado Circuitos Elétricos II Eletrônica I Teoria Eletromagnética Fenômenos de Transporte Psicologia Geral Linguagem de Programação Eletrônica II CC Eletrônica Digital I Telecomunicações I Sinais e Sistemas Lineares Eletrônica Digital II Eletrônica III Telecomunicações II Antes e Propagação Eletrônica IV Eletrônica Digital III Estágio Supervisionado semestre concluído Microeletrônica Eletrônica Digital IV Processadores I Trabalho de Conclusão I Sociologia Geral Sistemas de Controle II 39234

2 02254 Introdução à Economia Processamento Digital de Sinais I º Processadores II Telecomunicações III Projeto de circuitos integrados Trabalho de Conclusao II Ética profissional OBSERVAÇÔES: 1) O acadêmico deverá cursar esta disciplina no primeiro semestre do curso. 2) o aluno deverá cumprir 160h de estágios curriculares obrigatórios. 3) Duração do Curso: mínimo 10 semestres e máximo 18 semestres, para integralização do Curso. 4) O acadêmico deve cumprir, além da carga horária prevista na grade curricular, mais 120 horas de atividades complementares, dentre as possibilidades listadas abaixo. 5) O Curso poderá ofertar 20% de sua carga horária em disciplinas na modalidade semipresencial, de acordo com o exposto no Decreto nº 5.622, de 19 de dezembro de CÓDIGO DISCIPLINAS OPTATIVAS REQUISITOS Tópicos Especiais em Telecomunicações Redes de Computadores Sistemas de Automação Sistemas de Rádio e Televisão Processamento Digital de Sinais II Ferramentas de Gestão Libras - Atividades Carga horária aproveitada Aproveitamento de disciplinas de currículos em extinção (troca de currículo dentro do curso). Participação em cursos de Extensão. Participação em Palestras, Seminários e Congressos relacionados com a área de estudo. Participação em Concursos e Exposições relacionados com a área de estudo. Estágio curricular não obrigatório. Participação em Programa de Iniciação Científica no Centro Universitário Feevale. Publicação de resumo em Anais de Congressos, Seminários, Iniciação Científica ou Revista. Aproveitamento de 20h por publicação Premiação de trabalhos. Aproveitamento de 20h por premiação Monitoria Visitas Técnicas, Viagens de Estudo 1 Aproveitamento de até 30h Participação não remunerada em programa de pesquisa e/ou extensão, vinculado ao Centro Universitário Feevale ou entidades parceiras. Participação em serviço voluntário relacionado com a área do curso (conforme legislação) 2 Aproveitamento de até 20h Disciplinas cursadas em outras Universidades conveniadas (intercâmbios) com o Centro Universitário Feevale. Curso de Línguas. Os casos não previstos serão decididos pelo Conselho do Instituto. 1 A carga horária das vistas técnicas ou viagens de estudos só será aproveitada, como atividade complementar, se não estiver prevista como um recurso das disciplinas do currículo.

3 CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA Currículo em extinção Ênfase em Computadores Ênfase em Telecomunicações Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº 1.193, de 08/04/2005 Duração: 3.880h créditos - 10 semestres Núcleo comum às duas Ênfases SEM. CÓDIGO DISCIPLINAS PRÉ-REQUISITOS Geometria Descritiva Introdução à Engenharia Eletrônica ( Ver obs.1) - 1º 2º 3º 4º 5º Filosofia Metodologia Científica Português I Matemática Fundamental Desenho Técnico Cálculo Diferencial e Integral I Química para Engenharia Eletrônica Física I (CC) Laboratório de Química para Engenharia Eletrônica (CC) Laboratório de Física I (CC) Cálculo Vetorial e Geometria Analítica Computação Aplicada à Engenharia Fundamentos da Realidade Brasileira e Cidadania Álgebra Linear Física II (CC) Cálculo Diferencial e Integral II Probabilidade e Estatística Laboratório de Física II (CC) Cálculo Diferencial e Integral III Física III Laboratório de Física III (CC) Circuitos Elétricos I (CC) Mecânica Geral Materiais Elétricos Fenômenos de Transporte Medidas Elétricas e Magnéticas Cálculo Avançado Circuitos Elétricos II Eletrônica I Teoria Eletromagnética Cálculo Numérico Ênfase em Computadores Eletrônica II (CC) Laboratório de Eletrônica (CC) Comunicação de Dados Lógica Matemática e Computacional Sistemas Operacionais Eletrônica Digital I Linguagem de Programação Eletrônica Digital II Laboratório de Eletrônica Digital (CC) Programação Aplicada (CC) Comunicação Analógica Comunicação Digital Redes de Computadores Estágio Supervisionado Até o semestre Processadores Arquitetura e Organização de Computadores I (CC) 10º Disciplina Livre -

4 25194 Empreendedorismo Higiene e Segurança do Trabalho Introdução à Economia Trabalho de Conclusão Ética Profissional Até o semestre Microeletrônica Ênfase em Telecomunicações SEM. CÓDIGO DISCIPLINAS PRÉ-REQUISITOS Eletrônica II (CC) Comunicação de Dados Laboratório de Eletrônica (CC) Teoria das Comunicações Eletrônica Digital I Telefonia Antenas Eletrônica Digital II Laboratório de Eletrônica Digital (CC) Radiopropagação Comunicação Analógica Comunicação Digital Redes de Computadores Estágio Supervisionado Até o semestre Processadores Processamento Digital de Sinais Disciplina Livre Empreendedorismo - 10º Trabalho de Conclusão Introdução à Economia Comunicações Ópticas Ética Profissional Até o semestre Higiene e Segurança do Trabalho - OBSERVAÇÔES: 1) O acadêmico deverá cursar esta disciplina no primeiro semestre do curso. 2) Independente da Ênfase, o aluno deverá cumprir 160h de estágios curriculares obrigatórios. 3) Duração do Curso: mínimo 10 semestres e máximo 18 semestres, para integralização do Curso. 4) Disciplina Livre: o acadêmico pode optar por qualquer disciplina dos cursos de graduação do Centro Universitário Feevale. 5) O acadêmico deve cumprir, além da carga horária prevista na grade curricular, mais 120 horas de atividades complementares, dentre as possibilidades listadas a seguir. 6) O Curso poderá ofertar 20% de sua carga horária em disciplinas na modalidade semipresencial, de acordo com o exposto no Decreto nº 5.622, de 19 de dezembro de CÓDIGO DISCIPLINAS OPTATIVAS PRÉ-REQUISITOS Inovações Tecnológicas na Engenharia Sistemas de Controle II Psicologia das Relações no Trabalho Instrumentação Industrial Comunicações sem fio Filtros Arquitetura e Organizações de Computadores I (CC) Arquitetura e Organizações de Computadores II Alternativas Energéticas Algoritmos e Estrutura de dados Programação para Engenheiros Programação Aplicada (CC) Física moderna Teoria das Comunicações Processamento Digital de Sinais (CC) Comunicações Ópticas Microeletrônica Libras -

5 ATIVIDADES COMPLEMENTARES CARGA HORÁRIA APROVEITADA Aproveitamento de disciplinas de currículos em extinção (troca de currículo dentro do curso). Aproveitamento de até 60 h Participação em cursos de Extensão. Participação em Palestras, Seminários e Congressos relacionados com a área de estudo. Participação em Concursos e Exposições relacionados com a área de estudo. Estágio curricular não obrigatório. Participação em Programa de Iniciação Científica no Centro Universitário Feevale. Publicação de artigo em Anais de Congressos, Seminários, Iniciação Científica ou Revista. Aproveitamento de 20h por publicação Premiação de trabalhos. Aproveitamento de 20h por premiação Publicação de resumos em Anais de Congressos, Seminários, Iniciação Científica ou Revista. Aproveitamento de 10h por publicação Monitoria. Visitas Técnicas, Viagens de Estudo 1 Aproveitamento de até 30h Participação não remunerada em projetos de pesquisa e/ou extensão, vinculado ao Centro Universitário Feevale ou entidades parceiras. Participação em serviço voluntário relacionado com a área do curso (conforme legislação). Aproveitamento de até 20h Disciplinas cursadas em outras Universidades conveniadas (intercâmbios) com o Centro Universitário Feevale. Disciplinas cursadas em outros cursos da Instituição que contemplem a área de estudos atual do acadêmico. Curso de Línguas. Os casos não previstos serão decididos pelo Colegiado do Instituto. 1 A carga horária das visitas técnicas ou viagens de estudos só será aproveitada, como atividade complementar, se não estiver prevista como um recurso das disciplinas do currículo.

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES Situação Legal: Reconhecido Integralização: Mínimo 5 anos / Máximo 8 anos Carga Horária: 2.820h (188 créditos)

Leia mais

As Tabelas 4 a 9 apresentam todas as disciplinas que atenderão ao Curso de EE. Tabela 4. Disciplinas obrigatórias C. H. (h.a.)

As Tabelas 4 a 9 apresentam todas as disciplinas que atenderão ao Curso de EE. Tabela 4. Disciplinas obrigatórias C. H. (h.a.) As Tabelas 4 a 9 apresentam todas as disciplinas que atenderão ao Curso de EE. Tabela 4. obrigatórias Semestre Cálculo I 6 Elementos de Gestão Ambiental 2 Física I 6 1 Geometria Analítica 4 Introdução

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Currículo 6 Aprovado pelo CDI em 30/05/16 - Carga Horária - Carga Horária Núcleo Básico 1.280h Carga Horária Núcleo Profissionalizante

Leia mais

ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG

ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG ANEXO: ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UFCG I. CONTEÚDOS BÁSICOS (Carga horária de 1740 horas) 1.1 - FORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA (Carga horária: 1425 horas) 1.1.1 - MATEMÁTICA

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação (Currículo 3 aprovado pelo CDI em 23/12/15) - Carga Horária Carga Horária Núcleo Básico 1.260h Carga Horária Núcleo Profissionalizante

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Leia mais

CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA

CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA ICHLA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES CURSO DE HISTÓRIA - LICENCIATURA Currículo Novo - 2010/02 - Noturno. RECONHECIMENTO RENOVADO PELA PORTARIA Nº 1.657, DE 07/10/2010 - D.O.U. DE 08/10/2010

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações (Currículo 7 aprovado pelo CDI em 23/12/15) - Carga Horária Carga Horária Núcleo Básico 1.280h Carga Horária Núcleo Profissionalizante

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02 06 120 Projeto

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina EXPRESSÃO GRÁFICA - Ativa desde: 01/01/2011. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18

Pré-requisito Coreq Disciplina EXPRESSÃO GRÁFICA - Ativa desde: 01/01/2011. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18 1 de 5 01 - - 131101 - EXPRESSÃO GRÁFICA - Ativa TEÓRICA 18 131102 - FILOSOFIA - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA 131103 - FÍSICA: CINEMÁTICA E DINÂMICA - Ativa 131104 - INFORMÁTICA E ALGORITIMOS -

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. 1º Período

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. 1º Período MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO 1º Período Código Disciplina CHT 1 CHP 2 CH Total Pré-requisitos Dados I 40 40 80 - Cálculo I 80-80 - Fundamentos da Computação 40-40 - Fundamentos

Leia mais

CURSO DE QUIROPRAXIA - BACHARELADO

CURSO DE QUIROPRAXIA - BACHARELADO CURSO DE QUIROPRAXIA - BACHARELADO Currículo Novo - 2010/02 - Diurno (Seriado). 10 semestres RECONHECIDO PELA PORTARIA Nº 902, DE 10/04/2006 D.O.U. DE 12/04/2006 AMPARADO PELA PORTARIA NORMATIVA Nº 40,

Leia mais

Sumário. 3. Ergonomia. 2. Engenharia da Qualidade 16/03/2011 PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO UFPEL

Sumário. 3. Ergonomia. 2. Engenharia da Qualidade 16/03/2011 PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO UFPEL Sumário PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO UFPEL Prof. Amauri Cruz Espírito Santo Prof. Rafael Lipinski Paes Prof. Alejandro Martins Prof. Wolmer Brod Peres Campos de atuação

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações Turno: Noturno

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações Turno: Noturno Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações Turno: Noturno Currículo 8.2 aprovado pelo CDI em 25/05/17 - Carga Horária Carga Horária Teórica Carga Horária Prática Atividades

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 40-40 Cálculo Diferencial e Integral I 80-80 Fundamentos da Administração 40-40 Introdução

Leia mais

Curso de Graduação em Engenharia, Habilitação em Engenharia Elétrica... Estrutura Curricular:

Curso de Graduação em Engenharia, Habilitação em Engenharia Elétrica... Estrutura Curricular: Curso de Graduação em Engenharia, Habilitação em Engenharia... Estrutura Curricular: Curso: 3 ENGENHARIA ELÉTRICA Currículo: 4 Ênfase: Eletrotécnica Resolução UNESP 33, de 24/6/1988 (ingressantes a partir

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 36-36 Direito 36-36 Cálculo Diferencial e Integral I 72-72 Fundamentos da Administração

Leia mais

1º PERÍODO Carga horária Teórica Prática Total

1º PERÍODO Carga horária Teórica Prática Total MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ESTRUTURA CURRICULAR 2008/1

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC Unidade de Barão de Cocais MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC Unidade de Barão de Cocais MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2012 1º PERÍODO Pré Geometria Analítica e Cálculo Vetorial 4 Introdução ao Cálculo 4 Introdução à Engenharia de Produção Introdução à Programação para Engenharia

Leia mais

CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso Ciência da Computação Condições de Oferta do Curso

CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso Ciência da Computação Condições de Oferta do Curso CONEP UFSJ Parecer N o 066/2009 Aprovado em 02/12/2009 ANEXO A: ORIENTAÇÕES PARA OFERTA E CADASTRO DO CURSO CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso

Leia mais

1º PERÍODO. Carga Horária e Creditação. Total (50') Física I 80 66, Laboratório de Física I 40 33,

1º PERÍODO. Carga Horária e Creditação. Total (50') Física I 80 66, Laboratório de Física I 40 33, 1º PERÍODO Física I 80 66,67 4 4 0 Laboratório de Física I 40 33,33 2 1 1 Laboratório de Computação 40 33,33 2 0 2 Introdução a Engenharia de Produção 60 50 3 3 0 Geometria Analítica 60 50 3 3 0 Química

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N.

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas Prérequisitos 01 Introdução à informática 04 60 02 Matemática instrumental

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. 1º Fase

CURRÍCULO DO CURSO. 1º Fase Objetivo: Titulação: Diplomado em: Engenheiro de Controle e Automação Engenharia, áreas Elétrica e Mecânica, habilitação Controle e Automação Período de Conclusão do Curso: Carga Horária Obrigatória: Mínimo:

Leia mais

ENGENHARIA ELÉTRICA - HORÁRIO - 1º SEMESTRE 1º SEM / :25

ENGENHARIA ELÉTRICA - HORÁRIO - 1º SEMESTRE 1º SEM / :25 ENGENHARIA ELÉTRICA - HORÁRIO - 1º SEMESTRE 1º SEM / 2016 24-02-2016 11:25 MTM1019 MTM1073 T15 MTM1019 1022 MTM1019 QMC1101 EPG1019 T14 QMC1101 1022 MTM1073 T15 MTM1073 T15 1110 EPG1019 1110 Introdução

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02 06 120 Projeto

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 27 DE ABRIL DE 2011

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 27 DE ABRIL DE 2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.114, DE 27 DE ABRIL DE 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 Período Atividade Acadêmica Caráter Cr CH Pré-requisito Código Denominação 1º MAT154 Cálculo I Disciplina de Formação

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18

Pré-requisito Coreq Disciplina EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36 TEÓRICA 18 1 de 5 Nível:BACHARELADO Início: 20081 01 - - EMC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: 01/01/2008 EMC102 - Filosofia - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA EMC103 - Física: Cinemática e Dinâmica - Ativa

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. COORDENADOR Alcione de Paiva Oliveira

Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. COORDENADOR Alcione de Paiva Oliveira 82 Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO COORDENADOR Alcione de Paiva Oliveira alcione@dpi.ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 83 Bacharelado ATUAÇÃO A Ciência da Computação caracteriza-se

Leia mais

Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 54. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 18

Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 54. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 18 1 de 5 01 TLC101 - Expressão Gráfica - Ativa desde: TLC102 - Filosofia - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA TLC103 - Física: Cinemática e Dinâmica - Ativa desde: TLC104 - Informática e Algorítmos - Ativa

Leia mais

GRADE HORÁRIA ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES 1º SEMESTRE DE 2016

GRADE HORÁRIA ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES 1º SEMESTRE DE 2016 1º PERÍODO GRADE HORÁRIA ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES 1º SEMESTRE DE 2016 Algoritmos e Estrutura I Experimental Geometria Analítica e Álgebra Linear Amanda Cálculo Diferencial e Integral I Gilcélia Algoritmos

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 32/06-CEPE

RESOLUÇÃO Nº 32/06-CEPE RESOLUÇÃO Nº 32/06-CEPE Aprova o Ajuste Curricular no Curso de Engenharia Elétrica, aplicável à Resolução 78/02-CEPE. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, órgão normativo, consultivo e deliberativo

Leia mais

Grade Curricular 10/04/ :56:36

Grade Curricular 10/04/ :56:36 Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARGDRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 10/04/2013-13:56:36 Curso : FISICA CÓD.

Leia mais

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA

FAHOR - FACULDADE HORIZONTINA Ciências Econômicas - 1º Semestre de 2017 - Noturno EC2014 0096 - Economia Industrial 0094 - Economia Internacional II 0094 - Economia Internacional II 0093 - Econometria 0093 - Econometria 0097 - Trabalho

Leia mais

GRADE HORÁRIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO (DIURNO)

GRADE HORÁRIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO (DIURNO) GRADE HORÁRIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO (DIURNO) 1º SEMESTRE DE 2015 1 O. PERÍODO ENG076 Introdução à Engenharia de Controle e ENG076 Introdução à Engenharia de Controle

Leia mais

FORMULÁRIO 2 : MATRIZ CURRICULAR CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA ATIVIDADES ACADÊMICAS INTEGRANTES DO CURSO

FORMULÁRIO 2 : MATRIZ CURRICULAR CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA ATIVIDADES ACADÊMICAS INTEGRANTES DO CURSO 1º 2º 3º 4º 5º DCC003 ALGORITMOS E ESTRUTURA DE DADOS I M DIS 4 60 60 0 OB OB OB OB OB OB EEE001 INTRODUÇÃO À ENGENHARIA ELÉTRICA M DIS 1 15 15 0 OB OB OB OB OB OB EEEnn1 INTRODUÇÃO AO PROJETO DE ENGENHARIA

Leia mais

Currículo do Curso de Engenharia de Produção

Currículo do Curso de Engenharia de Produção Currículo do Curso de Engenharia de Engenheiro de ATUAÇÃO O Curso de Engenharia de da UFV visa preparar profissionais que, integrando equipes interdisciplinares e articulando fatores de diferentes naturezas

Leia mais

Disciplinas do Curso Superior em Engenharia Civil. CEFET-MG / Unidade Curvelo

Disciplinas do Curso Superior em Engenharia Civil. CEFET-MG / Unidade Curvelo 1 Disciplinas do Curso Superior em Engenharia Civil CEFET-MG / Unidade Curvelo PRIMEIRO PERÍODO Aulas semana Cálculo I 90 6 Contexto Social e Profissional do Eng. 30 2 Desenho Técnico 30 2 Geometria Analítica

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 099/2016

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 099/2016 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 099/2016 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Controle e Automação, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC- 481/2012,

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Félix

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Félix 264 ENGENHARIA ELÉTRICA COORDENADOR Leonardo Bonato Félix leobonato@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 265 Engenheiro Eletricista ATUAÇÃO O curso de Engenharia Elétrica da UFV oferece a seus estudantes

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO BACHARELADO

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO BACHARELADO FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia Elétrica Campus: Campos dos Goytacazes SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros capazes de atender

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Felix

Currículos dos Cursos UFV ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Felix 134 ENGENHARIA ELÉTRICA COORDENADOR Leonardo Bonato Felix leobonato@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 135 Engenheiro Eletricista ATUAÇÃO O curso de Engenharia Elétrica da UFV oferece a seus estudantes

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 05/03/ :54 Página: 1 de 5. Colegiado: COLEGIADO DE ENGENHARIA CIVIL Curso:

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR. Emissão: 05/03/ :54 Página: 1 de 5. Colegiado: COLEGIADO DE ENGENHARIA CIVIL Curso: 1 de 5 01 ENL101 - Introdução ao Cálculo - Ativa desde: Natureza - OBRIGATÓRIA ENL102 - Expressão Gráfica - Ativa desde: ENL103 - Desenho Técnico - Ativa desde: ENL104 - Geometria Analítica e Algebra Linear

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM Oferta por Curso

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM Oferta por Curso DPEE1022 10 MECÂNICA DOS SÓLIDOS E RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS "A" 3 45 0 0 45 Matrícula SEG 15:30:00 17:30:00 07/08/2017 16/12/2017 Teórica SEX 13:30:00 15:30:00 07/08/2017 16/12/2017 Teórica EDE1090 10

Leia mais

RESOLUÇÃO N 046, DE 22 DE AGOSTO DE 2016

RESOLUÇÃO N 046, DE 22 DE AGOSTO DE 2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 046, DE 22 DE AGOSTO DE 2016 Aprova o alinhamento da matriz do curso de Licenciatura em.

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE º PERÍODO LETIVO 1º ANO ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE º PERÍODO LETIVO 1º ANO ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA 1º PERÍODO LETIVO 1º ANO SEL0300-Introdução à Engenharia Elétrica SCC0304-Introdução à Programação para Engenharias 7600005 Física I SCC0304-Introdução à Programação para Engenharias SMA0300-Geometria

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV MATEMÁTICA. COORDENADORA DO CURSO DE MATEMÁTICA Marinês Guerreiro

Currículos dos Cursos do CCE UFV MATEMÁTICA. COORDENADORA DO CURSO DE MATEMÁTICA Marinês Guerreiro 132 MATEMÁTICA COORDENADORA DO CURSO DE MATEMÁTICA Marinês Guerreiro marines@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 133 Bacharelado ATUAÇÃO O curso de Matemática forma bacharéis e, ou, licenciados. O Bacharel

Leia mais

Bacharelado em Ciência da Computação Faculdade de Ciências Unesp - Bauru. Projeto Político Pedagógico

Bacharelado em Ciência da Computação Faculdade de Ciências Unesp - Bauru. Projeto Político Pedagógico Bacharelado em Ciência da Computação Faculdade de Ciências Unesp - Bauru Projeto Político Pedagógico 23/março/2011 O que é PPP Todo curso tem objetivos que deseja alcançar, metas a cumprir e sonhos a realizar.

Leia mais

Disciplinas isoladas para o 1º semestre de 2017

Disciplinas isoladas para o 1º semestre de 2017 Curso: Engenharia de Telecomunicações Disciplinas isoladas para o 1º semestre de 017 Período Sigla P5 EE 01 Disciplina Circuitos Elétricos II créditos Pré e có-requisitos NB 003 - Cálculo III (PRÉ) EE

Leia mais

1ª ETAPA - TURMA D e K

1ª ETAPA - TURMA D e K CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PF 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PF 3 ÉTICA E CIDADANIA I PF 3 FÍSICA GERAL I PF 3 GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES PF 3 FÍSICA EXPERIMENTAL I COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia Civil Cabo Frio SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos tecnológicos

Leia mais

1ª ETAPA - TURMA D e K

1ª ETAPA - TURMA D e K CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PAIE 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PAIE 3 ÉTICA E CIDADANIA I PAIE 3 FÍSICA GERAL I PAIE 3 GEOMETRIA ANALÍTICA E VETORES PAIE 3 FÍSICA EXPERIMENTAL I PAIE 3 COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 20 DE AGOSTO DE 2012

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 20 DE AGOSTO DE 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.302, DE 20 DE AGOSTO DE 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR NCET - NÚCLEO DE CIÊNCIAS EXATAS ENGENHARIA MECÂNICA (209 ) Ano: 2016 Turno: MANHÃ Curriculo: 16 CH Total do curso: 4360

MATRIZ CURRICULAR NCET - NÚCLEO DE CIÊNCIAS EXATAS ENGENHARIA MECÂNICA (209 ) Ano: 2016 Turno: MANHÃ Curriculo: 16 CH Total do curso: 4360 Página de. ENGENHARIA MECÂNICA (09 ) Ano: 0 Turno: MANHÃ Curriculo: CH Total do curso: 0 Disciplinas Obrigatórias ª SÉRIE - ENGENHARIA MECÂNICA CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I ENG.000_00 00 DESENHO TÉCNICO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 17/2012 Aprova a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA.

RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA. RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Universidade Federal de Goiás (UFG) Regional Goiânia Campus Aparecida de Goiânia (CAP) Faculdade de Ciências e Tecnologia () MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2016 1 Disciplinas

Leia mais

Engenharia de Computação Campus Bagé UNIPAMPA NOVO PPC PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

Engenharia de Computação Campus Bagé UNIPAMPA NOVO PPC PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO Engenharia de Computação Campus Bagé UNIPAMPA NOVO PPC PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 Histórico Primeira versão foi revisada e aprovada em reunião do Conselho do Campus Bagé em Março de 2010 Considerada

Leia mais

ENGENHARIA ELÉTRICA 1o Período

ENGENHARIA ELÉTRICA 1o Período 1o Período Introdução à Engenharia / Elétrica (2) - 13001 /Geometria às Descritiva (2) - 70049 50015 50001 Álgebra Linear e Geometria Analítica (4) - 70002 50003 Integral I (4) - 70006 50016 Integral I

Leia mais

Horário Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Quinta-Feira Sexta-Feira Sábado VESPERTINO NOTURNO

Horário Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Quinta-Feira Sexta-Feira Sábado VESPERTINO NOTURNO Série: 1ª Período: 1º Turno: Noturno Turma: 01 14h:55~15h10 Intervalo Intervalo Intervalo Intervalo Intervalo 06859-INSERÇÃO DO ALUNO NA VIDA UNIVERSITÁRIA 06859-INSERÇÃO DO ALUNO NA VIDA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

1º Período 2º Período 3º Período 4º Período 5º Período 6º Período 7º Período 8º Período 9º Período 10º Período

1º Período 2º Período 3º Período 4º Período 5º Período 6º Período 7º Período 8º Período 9º Período 10º Período Proposta de nova matriz de 2014 1º Período 2º Período 3º Período 4º Período 5º Período 6º Período 7º Período 8º Período 9º Período 10º Período 1 Arquitetura e 2 Cálculo Diferencial Cálculo Diferencial

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA DE AGRIMENSURA. CRÉDITOS Obrigatórios: 254 Optativos: 16.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA DE AGRIMENSURA. CRÉDITOS Obrigatórios: 254 Optativos: 16. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:19:05 Curso : ENGENHARIA

Leia mais

DISCIPLINA/ATIVIDADE. Total disciplinas Atividades Complementares DISCIPLINA/ATIVIDADE

DISCIPLINA/ATIVIDADE. Total disciplinas Atividades Complementares DISCIPLINA/ATIVIDADE Fundação Educacional de Ituverava Faculdade Dr. Francisco Maeda O Diretor da Faculdade Dr. Francisco Maeda de Ituverava-SP, mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, tendo em vista o disposto nas

Leia mais

FÍSICA. COORDENADOR Helder Soares Moreira

FÍSICA. COORDENADOR Helder Soares Moreira FÍSICA COORDENADOR Helder Soares Moreira hmoreira@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 235 Bacharelado ATUAÇÃO O curso de graduação em Física oferece ao estudante a oportunidade de obter ampla formação

Leia mais

Currículo do Curso de Licenciatura em Matemática

Currículo do Curso de Licenciatura em Matemática Currículo do Curso de Licenciatura em Matemática ATUAÇÃO O curso de Licenciatura em Matemática oferece ao estudante a oportunidade de obter ampla formação em ciências básica e aplicada, possibilitando-lhe

Leia mais

Engenharia Civil. 1º A 1º sem 2017 Noturno. Central 1S/2017 (Matriz G5) HORÁRIO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA. 1ª Aula 19:00 20:40

Engenharia Civil. 1º A 1º sem 2017 Noturno. Central 1S/2017 (Matriz G5) HORÁRIO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA. 1ª Aula 19:00 20:40 Engenharia Civil Semestre: Semestre: Período: 1º A 1º sem 2017 Noturno Central 1S/2017 (Matriz G5) Cálculo Instrumental Geometria Analítica Química Aplicada à Engenharia Algoritmos Computacionais Metodologia

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Curso de Engenharia Química Campus Diadema

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Curso de Engenharia Química Campus Diadema Curso de Matriz Curricular do Curso de - Período Integral 1 o Termo 2 o Termo 3 o Termo 4 o Termo 5 o Termo 6 o Termo 7 o Termo 8 o Termo 9 o Termo 10 o Termo Álgebra Linear e Geometria Analítica Geral

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Configuração Curricular Relatório de percurso curricular Curso: MATEMATICA COMPUTACIONAL Versão curricular: D-20131 Identificador: 01-01 Situação: Vigente Nome: MATEMATICA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO 28/2009 Aprova a estrutura curricular do Curso de Licenciatura em, do Centro de

Leia mais

Currículo do Curso de Engenharia Civil

Currículo do Curso de Engenharia Civil Currículo do Curso de Engenharia Civil Engenheiro Civil ATUAÇÃO O curso de graduação em Engenharia Civil tem como perfil do formando egresso/profissional o engenheiro, com formação generalista, humanista,

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação FÍSICA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Alexandre Tadeu Gomes de Carvalho

UFV Catálogo de Graduação FÍSICA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Alexandre Tadeu Gomes de Carvalho UFV Catálogo de Graduação 2012 163 FÍSICA Bacharelado e Licenciatura COORDENADOR Alexandre Tadeu Gomes de Carvalho atadeu@ufv.br 164 Currículos dos Cursos UFV Bacharelado ATUAÇÃO O curso de graduação em

Leia mais

Grade Metodologia do Trabalho Científico. Desenho Técnico. Algoritmos e Programação de Computadores. Geometria Analítica

Grade Metodologia do Trabalho Científico. Desenho Técnico. Algoritmos e Programação de Computadores. Geometria Analítica Grade 2014.1 1º semestre CH Metodologia do Trabalho Científico Desenho Técnico Algoritmos e Programação de Computadores Geometria Analítica Fundamentos da Matemática Língua Portuguesa 2º semestre CH Linguagens

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS - CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA - (Res. UNESP 40/2005) 2º SEMESTRE DE 2013 (ingressantes 2º Semestre 2013) - 1º PERÍODO

HORÁRIO DE AULAS - CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA - (Res. UNESP 40/2005) 2º SEMESTRE DE 2013 (ingressantes 2º Semestre 2013) - 1º PERÍODO 2º SEMESTRE DE 2013 (ingressantes 2º Semestre 2013) - 1º PERÍODO 8-10 MAT(0906) Desenho Básico T3 MAT(0906) Desenho Básico T4 FIS(0165) Física I MAT(0900) Cálculo I MAT(0900) Cálculo I MAT(0906) Desenho

Leia mais

Currículo do Curso de Engenharia Civil

Currículo do Curso de Engenharia Civil Currículo do Curso de Engenharia Civil Engenheiro Civil ATUAÇÃO O curso de graduação em Engenharia Civil tem como perfil do formando egresso/profissional o engenheiro, com formação generalista, humanista,

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. 1º Fase-Sugestão

CURRÍCULO DO CURSO. 1º Fase-Sugestão Documentação: Curso Reconhecido pela Portaria nº 651 de 29/06/2017 e Publicado no DOU em 30/06/2017. Objetivo: Titulação: Diplomado em: Licenciado em Matemática Matemática Período de Conclusão do Curso:

Leia mais

Matriz Curricular Curso de Licenciatura em Computação Habilitação: Licenciatura em Computação

Matriz Curricular Curso de Licenciatura em Computação Habilitação: Licenciatura em Computação Matriz Curricular Curso de Licenciatura em Habilitação: Licenciatura em LC101 Leitura e produção textual 30-10 40 2 - LC102 Informática e sociedade 30-10 40 2 - LC103 Inglês básico 50-10 60 3-1º LC104

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA FACULDADE DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO E TELECOMUNICAÇÕES

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA FACULDADE DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO E TELECOMUNICAÇÕES FCT - SALA SALA 01 ITEC -B Segunda Terça Quarta Quinta Sexta 07:30 09:10 Física I Programação Física I Programação 09:20 11:00 Cálculo I/ TC01022 Redes Móveis JASMINE Cálculo I/ TC01022 Redes Móveis JASMINE

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA QUÍMICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 204 Optativos: 18. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA QUÍMICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 204 Optativos: 18. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:08:51 Curso : ENGENHARIA

Leia mais

Relatório de Versão Curricular - UFF

Relatório de Versão Curricular - UFF Curso: FÍSICA Desdobramento: Código: 2 - T: LICENCIATURA Currículo: 25.02.006 Versão: 1 Criada em 25/05/2010 por Sistema Última modificação em 17/11/2011 por SORAYA REZENDE HIPPERTT Versão finalizada:

Leia mais

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DISCIPLINA CARGA HORÁRIA 1 SEMESTRE (1º BIMESTRE) Cultura Brasileira 40 Inglês Ia 20 Leitura e Produção de Textos 80 Letramento Digital 80 Carga horária total: 220 1 SEMESTRE

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Curso: Nível: Grau Conferido: Turno: Tipo: Modalidade: Funcionamento: Engenharia de Petroleo - Sao Mateus Ensino Superior Engenheiro de Petróleo Diurno Curso Bacharelado Em atividade Documento de Autorização:

Leia mais

HORÁRIO DE DP/ADP E 2ª CHAMADA BIOMEDICINA 1N

HORÁRIO DE DP/ADP E 2ª CHAMADA BIOMEDICINA 1N BIOMEDICINA 1N Anatomia humana Química geral e orgânica Biologia celular Biofísica INTERVALO Introdução a biomedicina e biossegurança Fundamentos das ciências sociais BIOMEDICINA 3N Microbiologia Patologia

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : QUÍMICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 191 Optativos: 10. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : QUÍMICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 191 Optativos: 10. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:17:31 Curso : QUÍMICA VAGAS

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 1º SEMESTRE. Carga Horária Teórica Prática

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 1º SEMESTRE. Carga Horária Teórica Prática Carga Horária Teórica Prática 1º SEMESTRE Total PRÉ- REQUISITO DOCENTES 1. Álgebra e Geometria Analítica 60-60 04 - Me. Luzitelma Maria Barbosa de Castro 2. Desenho aplicado a engenharia 30 30 60 04 -

Leia mais

Resolução n o 139 de 31/08/2015 CAS

Resolução n o 139 de 31/08/2015 CAS Resolução n o 139 de 31/08/2015 CAS Disciplina a matrícula e a rematrícula dos cursos de Engenharia da Universidade Positivo (UP). O CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR (CAS), órgão da administração superior da

Leia mais

Seminário de Avaliação do Curso de Engenharia de Telecomunicações do IFSC

Seminário de Avaliação do Curso de Engenharia de Telecomunicações do IFSC Seminário de Avaliação do Curso de Engenharia de Telecomunicações do IFSC NDE do Curso de Engenharia de Telecomunicações. Prof. Marcos Moecke Prof. Eraldo Silveira e Silva Prof. Elen Macedo Lobato Merlin

Leia mais

Controle das Disciplinas dos Cursos do PCS. Versão

Controle das Disciplinas dos Cursos do PCS. Versão Controle das Disciplinas dos Cursos do PCS Versão 26-11-2013 Observações 1. Esta tabela tem a finalidade de apresentar as disciplinas e os períodos em que são ministradas nos 3 cursos do PCS (Engenharia

Leia mais

Considerando o disposto no Estatuto e Regimento Geral da UFCG;

Considerando o disposto no Estatuto e Regimento Geral da UFCG; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 14/2010 Altera a estrutura curricular do Curso de Graduação em Engenharia de

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : LICENCIATURA EM FILOSOFIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 140 Optativos: 20.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : LICENCIATURA EM FILOSOFIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 140 Optativos: 20. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:23:01 Curso : LICENCIATURA

Leia mais

DISCIPLINA Turmas DIA TURNO Períodos SALA ÁLGEBRA II LM11 2 N ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EC11 EP11 6 N ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

DISCIPLINA Turmas DIA TURNO Períodos SALA ÁLGEBRA II LM11 2 N ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EC11 EP11 6 N ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO ÁLGEBRA II LM11 2 N 1234 1202 ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EC11 EP11 6 N 1234 1202 ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EQ11 2 T 1234 2209 ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EE11 EP12 LF11 2 M 45 1203 ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO EE11

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO INSTITUC IONAIS CH TEÓRICA

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO INSTITUC IONAIS CH TEÓRICA FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

Ementário das disciplinas do curso de Engenharia da Computação. - Núcleo Básico -

Ementário das disciplinas do curso de Engenharia da Computação. - Núcleo Básico - Ementário das disciplinas do curso de Engenharia da Computação Currículo 6 Criado pelo CDI em 30/05/2016 - Núcleo Básico - NB 019 - Cálculo I CH Teórica 160 CH Prática 00 CH Total 160 cr 8 Funções. Limites.

Leia mais

Organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância

Organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância Organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância A organização Curricular do curso de Licenciatura em Física modalidade a distância, tem duração de oito períodos. É apresentada

Leia mais

6. Matriz curricular Núcleo de conhecimentos básicos

6. Matriz curricular Núcleo de conhecimentos básicos 6. Matriz curricular A matriz curricular foi desenvolvida buscando atender às metas de reformulação do Projeto Pedagógico e ao perfil desejado do egresso em Engenharia de Produção do campus de Sorocaba,

Leia mais

IV- PERFIL DO CURSO E REPRESENTAÇÃO GRÁFICA

IV- PERFIL DO CURSO E REPRESENTAÇÃO GRÁFICA IV- PERFIL DO CURSO E REPRESENTAÇÃO GRÁFICA A concepção de educação pautada numa visão crítica, de forma que a articulação da dimensão profissional com a dimensão sócio-política vai se concretizando em

Leia mais

SEGUNDO PERÍODO HORAS AULAS TERCEIRO PERÍODO

SEGUNDO PERÍODO HORAS AULAS TERCEIRO PERÍODO FACULDADE DE ENGENHARIA CIVIL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 11, de 11 de março de 2002) PRIMEIRO PERÍODO CÓDIGO DISCIPLINA CRÉDITO

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA ENGENHARIA ELETRÔNICA

TABELA DE EQUIVALÊNCIA ENGENHARIA ELETRÔNICA Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Ponta Grossa Coordenação de Eletrônica PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ TABELA DE EQUIVALÊNCIA ENGENHARIA ELETRÔNICA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA RESOLUÇÃO N o 09/2016, DO CONSELHO DE GRADUAÇÃO Aprova alteração do Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia de, Bacharelado, Campus Patos de Minas, e dá outras providências. O CONSELHO DE

Leia mais