Quando estamos falando sobre Cifras para Acordes, a Cifra quando encontrada sozinha, entende-se que é um Acorde Maior. Exemplo:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Quando estamos falando sobre Cifras para Acordes, a Cifra quando encontrada sozinha, entende-se que é um Acorde Maior. Exemplo:"

Transcrição

1 Cifras para Acordes Nesta aula iremos falar sobre a Nomenclatura das Cifras para Acordes e Sinais de Alteração. Aproveite e assista, pois é um conhecimento básico que você utilizará para sempre durante sua vida como músico! Cifras para Acordes O objetivo desta aula é ensinar a Nomenclatura das Cifras para Acordes. Com este conhecimento o você poderá ler qualquer Cifra e pronunciar os acordes da forma correta. Antes de começarmos é importante que você entenda a diferença entre Notas e Acordes. Acordes é um conjunto de no mínimo 3 Notas com intervalos de Terças. Nota é a emissão de um único som. Portanto, ao tocar um Acorde você tocará um conjunto de Notas, e nota musical é a emissão de um único som. A grosso modo, Acorde é um conjunto de sons, e Nota é 1 único som. Não esqueça isso! Acordes Maiores Quando estamos falando sobre Cifras para Acordes, a Cifra quando encontrada sozinha, entende-se que é um Acorde Maior. Exemplo: C = Dó Maior D = Ré Maior E = Mi Maior F = Fá Maior G = Sol Maior A = Lá Maior B = Si Maior Acordes Menores O Acordes Menores são representados pela letra "m" minúscula. Exemplo: Cm = Dó Menor Dm = Ré Menor Em = Mi Menor Fm = Fá Menor Gm = Sol Menor Am = Lá Menor Bm = Si Menor Acordes com 7 (Sétima) 1 / 5

2 Quando o acorde contém números, deve-se pronunciar cada número em Ordinal. Por exemplo, acordes com o número 7, pronuncia-se "com sétima". Exemplo: C7 = Dó com Sétima D7 = Ré com Sétima E7 = Mi com Sétima F7 = Fá com Sétima G7 = Sol com Sétima A7 = Lá com Sétima B7 = Si com Sétima Outros Números também Utilizados em Acordes 4 = Quarta 5- = Quinta Diminuta ou Quinta Menor. Os 2 nomes estão corretos. 5+ = Quinta aumentada 6 = Sexta 9 = Nona 11 = Décima Primeira 13 = Décima Terceira Exemplos da aplicação destes números na prática: C4 = Dó com Quarta. Dm(13) = Ré Menor com Décima Terceira. Ebm9 = Mi Menor com Nona Fm(11) = Fá Menor com Décima Primeira G#6 = Sol Sustenido com Sexta A7 = Lá com Sétima Bm7(5-) = Si Menor com Sétima e Quinta Diminuta Acordes com 7M (Sétima Maior) Somente os acordes com 7M (Sétima Maior) precisam ser especificados com a letra M (maiúsculo) quando a 7 (Sétima) for maior, pois por questões harmônicas somente a 7 (Sétima) quando encontrada sozinha entende-se que ela é Bemol. Exemplos: C7M = Dó com Sétima Maior D7M = Ré com Sétima Maior E7M = Mi com Sétima Maior F7M = Fá com Sétima Maior G7M = Sol com Sétima Maior A7M = Lá com Sétima Maior B7M = Si com Sétima Maior 2 / 5

3 Existem outras 2 formas de representar Acordes com Sétima Maior, que são: 7+ ou maj7. Todos os exemplos abaixo são acordes com Sétima Maior: C7+ ou Cmaj7 D7+ ou Dmaj7 E7+ ou Emaj7 F7+ ou Fmaj7 G7+ ou Fmaj7 A7+ ou Amaj7 Acordes Diminutos Acordes Diminutos são representados pelo símbolo ( º ). Exemplo: Cº = Dó Diminuto Dº = Ré Diminuto Eº = Mi Diminuto Fº = Fá Diminuto Gº = Sol Diminuto Aº = Lá Diminuto Bº = Si Diminuto Também são utilizados para representar acordes diminutos a abreviação "dim" e as cifras já conhecidas "m(5-) ", exemplo: Cm(5-) = Dó Diminuto Ddim = Ré Diminuto E(dim) = Mi Diminuto Fm(b5) = Fá Diminuto Gdim = Sol Diminuto A#(dim) = Lá Sustenido Diminuto Bbm(b5) = Si Bemol Diminuto Acordes Meio Diminutos Acordes Meio Diminutos são representados pelo símbolo "ø". Exemplo: Cø = Dó Meio Diminuto Dø = Ré Meio Diminuto Eø = Mi Meio Diminuto Fø = Fá Meio Diminuto Gø = Sol Meio Diminuto Aø = Lá Meio Diminuto Bø = Si Meio Diminuto 3 / 5

4 Outra forma de representar acordes Meio Diminutos é utilizando as cifras m7(5-). Exemplo: Cm7(5-) = Dó Meio Diminuto Dm7(b5) = Ré Meio Diminuto Em7(5-) = Mi Meio Diminuto Fm7(b5) = Fá Meio Diminuto Gm7(5-) = Sol Meio Diminuto Am7(b5) = Lá Meio Diminuto Bm7(5-) = Si Meio Diminuto Essas forma de representar acordes Meio Diminutos é muito utilizada na internet, pois este símbolo ( ø ) não tem nos teclados de computadores. Então a forma mais prática de escrever um acorde Meio Diminuto no computador é utilizando as cifras m7(5-). Acordes Suspensos Acordes Suspensos são representados pela abreviação "sus". Exemplo: Csus4 = Dó com Quarta Suspensa Dsus2 = Ré com Segunda Suspensa Esus4 = Mi com Quarta Suspensa Fsus2 = Fá com Segunda Suspensa Gsus4 = Sol com Quarta Suspensa Asus2 = Lá com Segunda Suspensa Bsus4 = Si com Quarta Suspensa Acordes Adicionados Acordes Adicionados são representados pela abreviação "add". Exemplo: Cadd9 = Dó com Nona Adicionada Dadd2 = Ré com Segunda Adicionada Eadd4 = Mi com Quarta Adicionada Fadd2 = Fá com Segunda Adicionada Gadd4 = Sol com Quarta Adicionada Aadd2 = Lá com Segunda Adicionada Badd4 = Si com Quarta Adicionada Acordes Invertidos São representados com uma " / " seguida de uma Cifra representando uma nota. Exemplo: C/G = Dó com Baixo em Sol D/A = Ré com Baixo em Lá E/B = Mi com Baixo em Si 4 / 5

5 Powered by TCPDF ( Cifras de Cavaquinho F/C = Fá com Baixo em Dó G/D = Sol com Baixo em Ré A/E = Lá com Baixo em Mi B/F# = Si com Baixo em Fá Sustenido Conheceu e Aprendeu como Pronunciar os Nomes dos Acordes? Esta aula não tem como objetivo explicar o porquê de um acorde ser suspenso, adicionado, diminuto e etc. Esta aula é apenas para aprender sobre os principais Sinais de Alteração e os Nomes das Cifras para Acordes. Em artigos futuros estarei explicando cada categoria de acordes e também sobre Formação de Acordes. Espero que tenha ficado claro as explicações, qualquer dúvida basta postar nos comentários que responderei. 5 / 5

Notas do acorde M b b M. 1 - b3-5 - b7

Notas do acorde M b b M. 1 - b3-5 - b7 Categorias dos acordes com 4 notas Aula 1 Um bom conhecimento da formação e das características de cada tipologia de tétrade é indispensável. Para simplificar o estudo, vamos organizar esses acordes em

Leia mais

Acordes para Teclado e Piano by Ernandes

Acordes para Teclado e Piano by Ernandes Acordes para Teclado e Piano by Ernandes As notas abaixo formam a escala de C, com sua representação na pauta do piano: Os acordes cifrados são formados por três ou mais notas tocadas ao mesmo tempo ou

Leia mais

Harmonia Musical. Prof. Juarez Barcellos. Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos!

Harmonia Musical. Prof. Juarez Barcellos. Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Harmonia Musical Prof. Juarez Barcellos Licença Creative Commons Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Em 2002, comecei a dar aulas particulares nas Em 2002, comecei a dar aulas

Leia mais

Prof. Juarez Barcellos

Prof. Juarez Barcellos Intervalos Intervalo é a distância existente entre duas notas. (harmônico ou melódico) Acorde é um grupo de notas que soam simultaneamente formando a base harmônica da música. (intervalo harmônico) Um

Leia mais

Marcelo Morales Torcato. Arranjos Musicais. 1ª Edição. Pauliceia Marcelo Morales Torcato Marcelo Torca Início em Arranjos Musicais 1

Marcelo Morales Torcato. Arranjos Musicais. 1ª Edição. Pauliceia Marcelo Morales Torcato Marcelo Torca Início em Arranjos Musicais 1 Marcelo Morales Torcato Arranjos Musicais 1ª Edição Pauliceia Marcelo Morales Torcato 2009 Marcelo Torca Início em Arranjos Musicais 1 Pauliceia, agosto de 2009. Marcelo Torca Início em Arranjos Musicais

Leia mais

Caderno de Acordes Prof. Juarez Barcellos

Caderno de Acordes Prof. Juarez Barcellos Caderno de Acordes Prof. Juarez Barcellos Licença Creative Commons Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Em 2002, comecei a dar aulas particulares nas Em 2002, comecei a dar aulas

Leia mais

Juarez Barcellos OS ACORDES MAIS USADOS NO VIOLÃO

Juarez Barcellos OS ACORDES MAIS USADOS NO VIOLÃO Juarez Barcellos OS ACORDES MAIS USADOS NO VIOLÃO EDIÇÃO 2015 ACORDES MAIORES EM TRÍADES TRÊS NOTAS Estes são os desenhos de acordes maiores mais usados de maneira geral. São tríades (acordes com três

Leia mais

CICATRIZES (Am) PAULO CESAR PINHEIRO e MILTINHO (MILTON LIMA DOS SANTOS) 1 Am (Am F7 F#7 G7) C7M Amor, que nunca cicatriza Bm7(b5) E7 Am D#º Dm ao menos ameniza a dor E7 Am D#º Dm E7 Am (Am F7 F#7 G7)

Leia mais

VIOLÃO POPULAR EXPLICANDO TUDO PELAS CIFRAS. Autor: MR. DIRSOM

VIOLÃO POPULAR EXPLICANDO TUDO PELAS CIFRAS. Autor: MR. DIRSOM VIOLÃO POPULAR EXPLICANDO TUDO PELAS CIFRAS Autor: MR. DIRSOM 1. O QUE SÃO CIFRAS 1.1. CIFRA DE ACORDES CONCEITO A Cifra é um símbolo usado para representar um acorde de uma forma prática. A Cifra é composta

Leia mais

CURSO DE CAMPO HARMÔNICO

CURSO DE CAMPO HARMÔNICO CURSO DE CAMPO HARMÔNICO APOSTILA CH-1 CAMPO HARMÔNICO COMO TIRAR MÚSICA DE OUVIDO Daniel Darezzo / Cezar Romero Belo Horizonte/MG Juiz de Fora/MG 2015 www.violaoparainiciantes.com Página 1 CURSO DE CAMPO

Leia mais

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO MARIO SALES SANTOS TREINOS COM TRÊS DEDOS E OS PRIMEIROS ACORDES PARA TOCAR AS PRIMEIRAS MÚSICAS São Paulo 2013 SUMARIO OBJETIVO DA AULA... 02 TREINOS A SEREM EXECUTADOS...

Leia mais

Teoria Musical. Prof. Rodrigo Faleiros. Prof. Rodrigo Faleiros. blog: rodfaleiros.wordpress.com

Teoria Musical. Prof. Rodrigo Faleiros. Prof. Rodrigo Faleiros.   blog: rodfaleiros.wordpress.com Teoria Musical Prof. Rodrigo Faleiros Prof. Rodrigo Faleiros e-mail: rodfaleiros@gmail.com blog: rodfaleiros.wordpress.com 2 Aula 1 Ritmo Ritmo é a sucessão de tempos fortes e fracos que se alternam com

Leia mais

CAMPO HARMÔNICO MAIOR

CAMPO HARMÔNICO MAIOR CAMPO HARMÔNICO MAIOR CENTROS TONAIS CAMPO HARMÔNICO MAIOR Todas as músicas que você escuta habitualmente, utilizam algum tipo de centro tonal (campo harmônico), estes campos são as famílias de acordes

Leia mais

1.1. CIFRA DE ACORDES CIFRA DE ACORDES CIFRA DE ACORDES

1.1. CIFRA DE ACORDES CIFRA DE ACORDES CIFRA DE ACORDES VIOLÃO 1. O QUE SÃO CIFRAS 1.1. CIFRA DE ACORDES CIFRA DE ACORDES CIFRA DE ACORDES A Cifra é um símbolo usado para representar um acorde de uma forma prática. A Cifra é composta de letras, números e sinais.

Leia mais

VIOLÃO 7 CORDAS CURSO BÁSICO

VIOLÃO 7 CORDAS CURSO BÁSICO VIOLÃO 7 CORDAS CURSO BÁSICO NOTAS MUSICAIS: Existem sete notas musicais: DÓ, RÉ, MI, FÁ, SOL, LÁ, SI. De uma nota para a outra, seguindo a seqüência natural, existe um tom de distância, exceto de MI para

Leia mais

Tríades. Teoria Musical. Formação acordes I. Tríades. Assista a aula completa em: http://youtu.be/zw7v4tma8j4

Tríades. Teoria Musical. Formação acordes I. Tríades. Assista a aula completa em: http://youtu.be/zw7v4tma8j4 Teoria Musical Formação acordes I Tríades Assista a aula completa em: http://youtu.be/zw7v4tma8j4 1 Fórmula para Tríades Maiores: Fundamental 3ª Maior 5ª Justa C Dó Mi Sol Terça maior Fórmula para Tríades

Leia mais

Guitarra ACORDE MAIOR COM QUINTA AUMENTADA. Dó com quinta aumentada. Ré com quinta aumentada. Profª Tiago Silveira

Guitarra ACORDE MAIOR COM QUINTA AUMENTADA. Dó com quinta aumentada. Ré com quinta aumentada. Profª Tiago Silveira Guitarra Profª Tiago Silveira ACORDE MAIOR COM QUINTA AUMENTADA Dó com quinta aumentada Ré com quinta aumentada Mi com quinta aumentada Fá com quinta aumentada Sol com quinta aumentada Lá com quinta aumentada

Leia mais

INTERVALO MUSICAL. Nota.: Os intervalos são contados em semitom, que é o menor intervalo entre duas notas, no sistema musical ocidental.

INTERVALO MUSICAL. Nota.: Os intervalos são contados em semitom, que é o menor intervalo entre duas notas, no sistema musical ocidental. 1 Definição: INTERVALO MUSICAL Intervalo é a distância entre duas notas. São numerados segundo a ordem natural das notas musicais. Ex: Do, Re, Mi, Fa, Sol, La, Si, Do... Como as notas musicais sâo teoricamente

Leia mais

Ensaio Musical Prof. Juarez Barcellos

Ensaio Musical Prof. Juarez Barcellos Ensaio Musical Prof. Juarez Barcellos CURSO DE MÚSICA PARA VIOLÃO Módulo IV juarezbarcellos.com Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem. Glória en excelsis

Leia mais

Apostila de Violão e Guitarra

Apostila de Violão e Guitarra Apostila de Violão e Guitarra Criação e edição: MIGUEL URTADO Distribuição: CÂNONE MUSICAL CÂNONE MUSICAL *Mais sobre música!!!* www.canone.com.br Belo Horizonte Brasil 2010 ----**---- Para reproduzir

Leia mais

Prof. Juarez Barcellos

Prof. Juarez Barcellos Acordes Elementares Acordes maiores e menores (terça maior ou menor) em tríade (três notas) no estado fundamental (sem inversão) (Para acordes maiores basta dizer o nome da nota tônica e fica subentendido

Leia mais

Intr. Dadd9 A4/E Gadd9 A4 Dadd9 A4/E Gadd9 G/A A7/9. Vem Espírito Santo, Deus de força e poder batizar este povo,

Intr. Dadd9 A4/E Gadd9 A4 Dadd9 A4/E Gadd9 G/A A7/9. Vem Espírito Santo, Deus de força e poder batizar este povo, Deus de Força e Poder Luiz Carvalho Tom: D Intr. Dadd9 A4/E Gadd9 A4 Dadd9 A4/E Gadd9 G/A A7/9 Dadd9 A4 Bm7 Aadd9 Em7 D/F# Vem Espírito Santo, Deus de força e poder batizar este povo, G A4 (G A) Fogo abrasador

Leia mais

Œ Œ. & bb b. b b b. n n n. b b b b b. & bb b. & bb b b b. n n b b b. & b b b b b. CD Seu nome é amor Suely Façanha. Pe. Almeida Suely Façanha

Œ Œ. & bb b. b b b. n n n. b b b b b. & bb b. & bb b b b. n n b b b. & b b b b b. CD Seu nome é amor Suely Façanha. Pe. Almeida Suely Façanha 5 b b Eb b b /B b só vozes Seu nome é amor Œ Œ F m7 Db 7M B b G 7 10 intro C7M m7 Bb 7 Bb / b 1 C7M m7 b 7M B b 7 b b 22 b b b b 30 B Eb Muitos sofrem b /E b F m7 Db Bb 7 Eb b F m7 Db Bb 7 b 7M Mais o

Leia mais

Acordes naturais maiores e menores - cifras para violão e guitarra - VERSÃO DE AVALIAÇÃO - VENDA PROIBIDA. Índice!

Acordes naturais maiores e menores - cifras para violão e guitarra - VERSÃO DE AVALIAÇÃO - VENDA PROIBIDA. Índice! Acordes naturais maiores e menores - cifras para violão e guitarra - VERSÃO DE AVALIAÇÃO - VENDA PROIBIDA Índice Versão de avaliação 4 Como interpretar os diagramas (cifras) 8 Para que serve isso? 9 Formação

Leia mais

NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música?

NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música? NOTAÇÃO MUSICAL: Como se escreve música? A música é uma linguagem sonora como a fala. Assim como representamos a fala por meio de símbolos do alfabeto, podemos representar graficamente a música por meio

Leia mais

Escala Maior Natural

Escala Maior Natural EXERCÍCIOS PARA FIXAÇÃO - ESCALAS 1. Escreva a Escala Maior nas tonalidades relacionadas abaixo. Siga o modelo com a seqüência de tons e semitons acrescentando acidentes (# ou b) quando necessário para

Leia mais

Para responder à questão 1, ouça atentamente o trecho musical I.

Para responder à questão 1, ouça atentamente o trecho musical I. Nas questões de 1 a 10, responda de acordo com o comando de cada uma delas. As questões 1 e 8 exigem respostas a serem construídas; a questão 2 é de associação. A resposta a essa questão deverá ser transcrita

Leia mais

Acordes, sua estrutura e cifragem

Acordes, sua estrutura e cifragem Por Turi Collura Acordes, sua estrutura e cifragem O acorde é composto por um grupo de notas que soam simultaneamente. É uma unidade sonora, formada de, no mínimo 3 sons (certamente, podemos ter harmonias

Leia mais

Ensaio Musical Prof. Juarez Barcellos

Ensaio Musical Prof. Juarez Barcellos Ensaio Musical Prof. Juarez Barcellos CURSO DE MÚSICA PARA VIOLÃO Módulo I juarezbarcellos.com Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem. Glória en excelsis

Leia mais

MÚSICA. 1ª QUESTÃO A tonalidade relativa de Mi Bemol Maior é. A) Sol Menor. B) Ré Sustenido Maior. C) Dó Menor. D) Dó Maior. E) Mi Bemol Menor.

MÚSICA. 1ª QUESTÃO A tonalidade relativa de Mi Bemol Maior é. A) Sol Menor. B) Ré Sustenido Maior. C) Dó Menor. D) Dó Maior. E) Mi Bemol Menor. MÚSICA 1ª QUESTÃO A tonalidade relativa de Mi Bemol Maior é A) Sol Menor. B) Ré Sustenido Maior. C) Dó Menor. D) Dó Maior. E) Mi Bemol Menor. 2ª QUESTÃO A tonalidade de Si Maior tem, em sua armadura convencional,

Leia mais

01. Assinale CORRETAMENTE a alternativa que corresponde às possibilidades de tonalidades apresentadas na sequência a seguir.

01. Assinale CORRETAMENTE a alternativa que corresponde às possibilidades de tonalidades apresentadas na sequência a seguir. 01. Assinale CORRETAMENTE a alternativa que corresponde às possibilidades de tonalidades apresentadas na sequência a seguir. Mi menor, Ré b maior, Sol maior Mi Maior, Ré bemol Maior, Lá Maior Sol# Maior,

Leia mais

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO MARIO SALES SANTOS ESCALAS E ACORDES São Paulo 2013 SUMARIO ALTURA MUSICAL... 02 INTERVALO... 02 POSIÇÃO DAS NOTAS MUSICAIS... 02 ESCALA MAIOR... 03 MONTAGEM DE ACORDES...

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS INTERVALOS MUSICAIS. Ex.

CLASSIFICAÇÃO DOS INTERVALOS MUSICAIS. Ex. LIÇÃO - 01 INTERVALO MUSICAL As notas musicais indicam as diferentes alturas do som. Assim sendo, entre estas diferentes alturas sonoras, obviamente, cria-se uma distância entre elas, a qual chamamos de

Leia mais

Marcelo Morales Torcato. Jogos de Música. 1ª Edição. Pauliceia Marcelo Morales Torcato Jogos de Música. 1

Marcelo Morales Torcato. Jogos de Música. 1ª Edição. Pauliceia Marcelo Morales Torcato Jogos de Música.  1 Marcelo Morales Torcato Jogos de Música 1ª Edição Pauliceia Marcelo Morales Torcato 2009 Jogos de Música. 1 Índice. 1. Jogo das Figuras pág. 03 2. Jogo de Cartas pág. 05 3. Jogo do Intervalo pág. 08 4.

Leia mais

Intervalo é a diferença de altura entre sons. Na pauta musical é a diferença de altura entre notas musicais.

Intervalo é a diferença de altura entre sons. Na pauta musical é a diferença de altura entre notas musicais. INTERVALO S INTERVALOS Intervalo é a diferença de altura entre sons. Na pauta musical é a diferença de altura entre notas musicais. INTERVALO UNÍSSONO Quando duas notas têm a mesma altura e são simultâneas,

Leia mais

Para responder à questão 1, ouça atentamente o trecho musical I.

Para responder à questão 1, ouça atentamente o trecho musical I. Nas questões de 1 a 10, responda de acordo com o comando de cada uma delas. As questões 1, 3 e 8 exigem respostas a serem construídas; as questões 2, 7, 9 e 10 são de associação. As respostas a essas questões

Leia mais

Para se entender a explicação que se segue, alguns conhecimentos são indispensáveis:

Para se entender a explicação que se segue, alguns conhecimentos são indispensáveis: FORMAÇÃO DE ACORDES 1. Introdução Para se entender a explicação que se segue, alguns conhecimentos são indispensáveis: a) Notação de Cifras: Notação mundialmente usada para representar as notas musicais

Leia mais

27 Acordes Substitutos Diatônicos - Conteúdo

27 Acordes Substitutos Diatônicos - Conteúdo Introdução Princípio Geral de Substituição de Acordes Tonalidades Maiores: Acordes Substitutos da Tônica Tonalidades Maiores: Acordes Substitutos da Subdominante Tonalidades Maiores: Acordes Substitutos

Leia mais

Caderno de Técnica e Prática Musical Prof. Juarez Barcellos

Caderno de Técnica e Prática Musical Prof. Juarez Barcellos Caderno de Técnica e Prática Musical Prof. Juarez Barcellos Licença Creative Commons Violonistas, músicos, alunos, amigos e companhia, bem vindos! Em 2002, comecei a dar aulas particulares nas Em 2002,

Leia mais

DESDE O PRINCÍPIO Jorge Camargo, Jorge Rehder e Guilherme Kerr Neto

DESDE O PRINCÍPIO Jorge Camargo, Jorge Rehder e Guilherme Kerr Neto DESDE O PRINCÍPIO Jorge Camargo, Jorge Rehder e Guilherme Kerr Neto Intro: Gm Gm7M(4) Gm7 G 7 4 Gm Cm7 A 7 4 (b5) Aº F6 Dm7 G7(#5) G7 Cm(add9) Ab7(9) Bb/F F 7 4 F7 Bb Am7 D7 Gm Gm/F Eb7M C7/E F F7/Eb Desde

Leia mais

ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO...

ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO... Índice ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO... 4 O TECLADO... 4 TIPOS DE TECLADOS... 4 Sintetizadores... 4 Teclados com acompanhamento automático... 4 Workstations... 4 Pianos digitais...

Leia mais

ETEC de Artes Professor César Albino 2016 ACORDES I; ACORDES BÁSICOS

ETEC de Artes Professor César Albino 2016 ACORDES I; ACORDES BÁSICOS ETEC de Artes Professor César Alino 2016 ACORDES I; ACORDES BÁSICOS César Alino 1 1.1- ormação dos acordes Um acorde ásico do tipo tríade equivale asicamente à soreposição de duas terças, geralmente cominação

Leia mais

Apostila - Estruturação e Linguagem Musical I (2011) PARTE II TEORIA MUSICAL

Apostila - Estruturação e Linguagem Musical I (2011) PARTE II TEORIA MUSICAL PARTE II TEORIA MUSICAL 75 HARMONIA: produção e estudo das relações de tensão e relaxamento entre as notas. "Tensão" e "relaxamento" são termos abstratos que sempre acabam surgindo na literatura sobre

Leia mais

NOITE DOS MASCARADOS (F) F6 E7/G# A7(b9) A7 Em7(b5) A7(b13) Dm7 Quem é você, adivinhe, se gos...ta de mim Dm/C Bm7(b5) E7(b13) Am7 Am/G F#º Hoje os dois mascara...dos procuram os seus namorados E7(b13)

Leia mais

CURSO BÁSICO DE VIOLÃO

CURSO BÁSICO DE VIOLÃO 1 1 EDIÇÃO DO LIVRO Este arquivo foi produzido no Brasil em 2006 no formato ODT (OpenDocumentText), no OpenOffice e exportado no mesmo aplicativo para PDF. A edição mais atualizada está disponível gratuitamente

Leia mais

1ª situação: Quando a nota mais alta (aguda) do intervalo pertence à escala de referência:

1ª situação: Quando a nota mais alta (aguda) do intervalo pertence à escala de referência: APRENDA MÚSICA Vol II 1. Intervalos Neste volume do curso de música iremos aprender as tétrades que são acordes formados por quatro notas. Para isso usaremos uma nomenclatura de intervalos que será apresentada

Leia mais

Diagramas de acordes para violão e guitarra

Diagramas de acordes para violão e guitarra 1 ! Bruno Grunig - Acordes de violão! 2 Diagramas de acordes para violão e guitarra Ano - 2013 Edição I Autor: Bruno Grünig (todos os direitos reservados) Capa: Bruno Grünig É proibida a reprodução completa

Leia mais

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2013 E MÓDULO III DO PISM TRIÊNIO PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA BACHARELADO EM MÚSICA

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2013 E MÓDULO III DO PISM TRIÊNIO PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA BACHARELADO EM MÚSICA A questão 01 é acompanhada de um exemplo musical gravado, que será repetido 4 vezes, com um silêncio de 30 segundos entre cada repetição; um som de aviso (quatro toques ) aparecerá antes do extrato musical

Leia mais

Baticum (C) MARURICIO CARRILHO E PAULO CESAR PINHEIRO 1 C Ebº B7(b9) Aquela cabocla Da boca rasgada E7M Eb7(b13) Abm Abm/Gb Da cara pintada Como grão do urucum Fm7(b5) Bb7 Eb6 A7(9) Aquela diaba Do beiço

Leia mais

TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA

TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA THE 2010 MÚSICA CONQUISTE ESTA VITÓRIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE Centro de Humanidades Coordenação do Curso de Bacharelado e Licenciatura em Música THE 2010

Leia mais

trecho musical ì í î ï ð

trecho musical ì í î ï ð Nas questões de 1 a 10, responda de acordo com o comando de cada uma delas. As questões 1, 4, 6, 7 e 9 exigem respostas a serem construídas; as questões 2 e 8 são de associação. As respostas a essas questões

Leia mais

TESTE ESPECÍFICO - PROVA ESCRITA Processo Seletivo UFAL Curso INSTRUÇÕES GERAIS

TESTE ESPECÍFICO - PROVA ESCRITA Processo Seletivo UFAL Curso INSTRUÇÕES GERAIS Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes - ICHCA TESTE ESPECÍFICO - PROVA ESCRITA Processo Seletivo

Leia mais

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Apostila de Iniciação ao Violão e Guitarra Miigueell do Prrado Urrttado São Carlos SP, 23 de fevereiro de 2006. Contatos: miguelurtado@yahoo.com.br miguelurtado@polvo.ufscar.br Proibido reprodução do material

Leia mais

FÓRMULA VIOLÃO EXPRESS

FÓRMULA VIOLÃO EXPRESS Direitos Autorais Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Gratuito Fórmula Violão Express. Parartestes Alongamento dodo ViolãoViolão

Leia mais

F C G Am Meu coração se alegra com cantos e palmas celebro F C Bb C Dm Ao Deus Uno Santo e Trino, vivendo bem a fé que professo.

F C G Am Meu coração se alegra com cantos e palmas celebro F C Bb C Dm Ao Deus Uno Santo e Trino, vivendo bem a fé que professo. DIA DO SENHOR (Letra e Música André Cruz) Faixa 1 Intro: : Am G F G : Am G Am F G Hoje é o dia do senhor Am G Am F G Quero celebrar com a Igreja Am G Am F G Bom é adentrar pelos teus átrios Am G Am Pois

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE CONCURSO VESTIBULAR 2010 E MÓDULO III DO PISM - TRIÊNIO 2007/2009

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE CONCURSO VESTIBULAR 2010 E MÓDULO III DO PISM - TRIÊNIO 2007/2009 PROVA DE PERCEPÇÃO E TEORIA (HABILIDADE ESPECÍFICA IAD/UFJF 2010) Parte I: PERCEPÇÃO Instruções: Cada uma das questões de 1 a 5 é acompanhada de um exemplo musical gravado; cada exemplo musical será repetido

Leia mais

Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, COMUNICAÇÃO E ARTES ICHCA

Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, COMUNICAÇÃO E ARTES ICHCA CADERNO DE QUESTÕES Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, COMUNICAÇÃO E ARTES ICHCA TESTE ESPECÍFICO PROVA ESCRITA Processo

Leia mais

4. COMO TRANSPOR AS CIFRAS NO VIOLÃO

4. COMO TRANSPOR AS CIFRAS NO VIOLÃO 4. COMO TRANSPOR AS CIFRAS NO VIOLÃO 4.1. Como Fazer A transposição de cifras no braço do violão deslocando o acorde para a direita ou para a esquerda é muito fácil. Basta conhecer as notas das cordas

Leia mais

Como Tocar Cavaquinho

Como Tocar Cavaquinho Como Tocar Cavaquinho Conteúdo Introdução... 4 O Objetivo... 4 Música... 5 O Cavaquinho... 5 Início... 6 Conhecendo As Cifras... 6 (Tríade)... 7 Escalas... 7 Mão Esquerda... 11 Mão Direita... 12 Conhecendo

Leia mais

MÉTODO DE GUITARRA ACORDES E ESCALAS PARA GUITARRA. 3ª Edição

MÉTODO DE GUITARRA ACORDES E ESCALAS PARA GUITARRA. 3ª Edição MÉTODO DE GUITARRA ACORDES E ESCALAS PARA GUITARRA 3ª Edição Diagramas para mais de 1400 acordes Acordes básicos, escalas e teoria dos modos Modelos para 8 escalas e 7 modos "Jam Session" com progressões

Leia mais

FÓRMULA VIOLÃO EXPRESS. Direitos Autorais

FÓRMULA VIOLÃO EXPRESS. Direitos Autorais Direitos Autorais Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Gratuito Fórmula Violão Express. Partes SEJA BEM do Violão VINDO Seja

Leia mais

001. Prova de Conhecimento e Habilidade em Música

001. Prova de Conhecimento e Habilidade em Música vestibular 2014 001. Prova de Conhecimento e Habilidade em Música presencial Confira seus dados impressos neste caderno. Esta prova contém 30 questões objetivas e terá duração total de 2 horas. Para cada

Leia mais

Apostila de Ensino Teclado (Módulo I)

Apostila de Ensino Teclado (Módulo I) Apostila de Ensino Teclado (Módulo I) Edição 2015 APRESENTAÇÃO Esta apostila reúne uma compilação de estudos embasados nas devidas referências bibliográficas, notações complementares e exercícios práticos

Leia mais

HARMONIA. A à Z. Por: Fábio Leão

HARMONIA. A à Z. Por: Fábio Leão HARMONIA DE A à Z Por: Fábio Leão 1 Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição -Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil. Para ver uma cópia desta licença, visite:

Leia mais

IGREJA CRISTÃ MARANATA. Apostila De Teclado. Comissão de ensino Vale do Aço

IGREJA CRISTÃ MARANATA. Apostila De Teclado. Comissão de ensino Vale do Aço IGREJA CRISTÃ MARANATA Apostila De Teclado Comissão de ensino Vale do Aço Introdução O Teclado é um dos instrumentos mais utilizados hoje em dia, por sua grande flexibilidade e diversificação. Com um simples

Leia mais

Curso Básico de Música

Curso Básico de Música Curso Básico de Música Betel Brasileiro - Juazeirinho Instrutores: Alex Junior e Nilson Barbosa Contatos: (83)9333-4185 Facebook Page: www.facebook.com/musicadicas 1 Dicas Se você deseja ser um bom músico

Leia mais

Apostila de Ensino Teoria Musical Noções Gerais

Apostila de Ensino Teoria Musical Noções Gerais Apostila de Ensino Teoria Musical Noções Gerais Edição 2016 APRESENTAÇÃO Esta apostila reúne uma compilação de estudos embasados nas devidas referências bibliográficas, notações complementares e exercícios

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - COORDENAÇÃO DE CONCURSO VESTIBULAR PROCESSO SELETIVO SERIADO - 2008 MÚSICA INSTRUÇÕES - Ao receber este caderno de prova verifique se contém

Leia mais

ACLAME AO SENHOR. A9 E Meu Jesus, salvador. E D/F# E/G# Ao som de teu nome. F#m7 E D Outro igual não há

ACLAME AO SENHOR. A9 E Meu Jesus, salvador. E D/F# E/G# Ao som de teu nome. F#m7 E D Outro igual não há A VITORIA C Am F Dm7 A vitória é daquele que o contemplar F/G G7/13 C B Ao Cordeiro Cristo Leão da tribo de Judá Am Am/G F Dm7 Que foi morto e com seu sangue pode então comprar F/G C G # Homens que com

Leia mais

FORMAÇÃO E ESTRUTURAS DOS ACORDES; ESCALAS:

FORMAÇÃO E ESTRUTURAS DOS ACORDES; ESCALAS: FORMAÇÃO E ESTRUTURAS DOS ACORDES; ESCALAS: CROMÁTICA, DIATÔNICA, NATURAL, GREGAS, MELÓDICAS, HARMÔNICAS, DIMINUTAS, PENTATÔNICAS. SINAIS COMUNS E SÍMBOLOS MUSICAIS NOÇÕES DE IMPROVISAÇÃO: RITÍMICA, BASE

Leia mais

Início em Arranjos Musicais

Início em Arranjos Musicais Marcelo Morales Torcato Início em Arranjos Musicais 1ª. Edição Pauliceia Marcelo Morales Torcato 2009 PRIMEIRA AULA. As notas musicais são sete: dó; ré; mi; fá; sol; lá; si. Também podem ser representadas

Leia mais

Índice. Curso Prático de Guitarra

Índice. Curso Prático de Guitarra Índice Introdução... 01 Notas no seu Instrumento... 02 Escala Cromática Diatônica... 04 Relatividade entre Acordes... 05 Harmonia... 06 Formação de Dissonâncias... 07 Conhecendo melhor os Intervalos...

Leia mais

Página 1 de 18. CANTO PRA VIVER WWW.CANTOPRAVIVER.COM 2568-6544 cantopraviver@cantopraviver.com

Página 1 de 18. CANTO PRA VIVER WWW.CANTOPRAVIVER.COM 2568-6544 cantopraviver@cantopraviver.com Página 1 de 18 Página 2 de 18 APOSTILA PERCEPÇÃO HARMÔNICA BÁSICO A OFICINA DE PERCEPÇÃO HARMÔNICA SERÁ TRABALHADA EM DOIS NÍVEIS (MÓDULOS): MÓDULO A ==> Serão passadas noções de teoria musical, intervalos,

Leia mais

Sistemas de Notação para Violão - Conteúdo

Sistemas de Notação para Violão - Conteúdo Introdução Representação gráfica do braço do violão Cifragem cordal Tablatura moderna Partitura para violão Notação numérica Introdução Ao longo do tempo, a Música tem sido transmitida de geração em geração

Leia mais

Prova de Aptidão Musical

Prova de Aptidão Musical Vestibular 2010 Prova de Aptidão Musical Curso de Licenciatura em Música 1. o Caderno Questões Objetivas 18.12.2009 Escreva seu nome e número da carteira na capa e na última folha deste caderno. Esta prova

Leia mais

- PROVA TEÓRICA - LICENCIATURA EM MÚSICA

- PROVA TEÓRICA - LICENCIATURA EM MÚSICA Realização: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ EDITAL 20/2016 COPESE COORDENADORIA PERMANENTE DE SELEÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ - PROVA TEÓRICA - LICENCIATURA EM MÚSICA DATA: 04/12/2016

Leia mais

Sapato Velho (acústico)

Sapato Velho (acústico) Page 1 of 8 Home ig Último Segundo Economia Esporte TV ig Gente Delas ASSINE E-mail Acesso Internet Suporte Antivírus SAC login cifras e tablaturas entrevistas notícias dicionário de acordes fórum Digite

Leia mais

Gramática e Teoria Musical

Gramática e Teoria Musical . Gramática e Teoria Musical June 7, 2015 Chapter 1 Introdução Esta apostila é o resultado dos estudos e da experiência de ensino dos professores do XXXX, a partir de onde pudemos constatar a deficiência

Leia mais

Bb Am7 Bb DERREPENTE UMA TRISTEZA, BATEU NO MEU CORAÇÃO. C C7sus4 O QUE QUE EU VOU FAZER, O QUE É QUE EU VOU FAZER

Bb Am7 Bb DERREPENTE UMA TRISTEZA, BATEU NO MEU CORAÇÃO. C C7sus4 O QUE QUE EU VOU FAZER, O QUE É QUE EU VOU FAZER AMIGO (Emerson ertoluz e Adib Fraxe ) F Dm7 b TAVA TUDO MUITO LINDO, PARECIA CARNAVAL C ERA FESTA NA CIDADE F Dm7 b MUITO AMOR NO CORAÇÃO, SINTONIA DE CASAL C ERA SÓ FELICIDADE b b DERREPENTE UMA TRISTEZA,

Leia mais

Uno e Trino LETRA: Paulo Roberto MÚSICA: Almeida Neto

Uno e Trino LETRA: Paulo Roberto MÚSICA: Almeida Neto Uno e Trino LETRA: Paulo Roberto MÚSICA: Almeida Neto INTRODUÇÃO: Cm7 Fsus Dm7(9) G7(5+) D#7+ Dm7(9) C7+ G7(5+) Cm7 Fsus Bb7+ Gm7 O Pai não espera de braços cruzados Cm7 B7(9#) Bb7+ G7(5+) Ele corre ao

Leia mais

CADERNO DE PROVA (Manhã)

CADERNO DE PROVA (Manhã) Universidade do Estado de Santa Catarina Vestibular 2013.1 CADERNO DE PROVA (Manhã) Conhecimentos Musicais 30 questões NOME DO(A) CANDIDATO(A) Instruções Para fazer a prova você usará: este caderno de

Leia mais

Paz Real 4 4 Intr.: Gsus9 G A/G Gsus9 Gsus9(6) G7M Dsus9 %

Paz Real 4 4 Intr.: Gsus9 G A/G Gsus9 Gsus9(6) G7M Dsus9 % Paz Real Intr.: Gsus9 G A/G Gsus9 Gsus9(6) G7M Dsus9 % D A/D G/D D A/D G/D O mundo precisa de paz, paz real que é Jesus Em7(11) F#m7(11) Gsus9 % Novo amor, nova fé, que arranque do peito Asus A alegria

Leia mais

INSTRUTOR Zeh Blackie. CURSO DE GUITARRA Nível Básico. 13º Passo

INSTRUTOR Zeh Blackie. CURSO DE GUITARRA Nível Básico. 13º Passo INSTRUTOR Zeh Blackie CURSO DE GUITARRA Nível Básico 13º Passo Copyright -Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada destes materiais, no todo ou em parte, constitui violação do direitos

Leia mais

AMOSTRA ATENÇÃO: SUMÁRIO. Introdução...1. Notação musical...3. Teoria musical...13. Harmonia...30. Escalas...44. Dicionário de acordes...

AMOSTRA ATENÇÃO: SUMÁRIO. Introdução...1. Notação musical...3. Teoria musical...13. Harmonia...30. Escalas...44. Dicionário de acordes... AMOSTRA ATENÇÃO: ESTE DOCUMENTO SE TRATA APENAS DE UMA AMOSTRA. AS PÁGINAS AQUI EXPOSTAS SÃO PÁGINAS ALEATÓRIAS DA APOSTILA, MESCLADAS DO APRENDIZADO ADULTO COM O APRENDIZADO INFANTIL, COM EFEITO APENAS

Leia mais

TIPO A TEORIA MUSICAL. As questões 01 a 03 referem-se ao trecho musical a seguir, de Lulli:

TIPO A TEORIA MUSICAL. As questões 01 a 03 referem-se ao trecho musical a seguir, de Lulli: 1 TEORIA MUSICAL As questões 01 a 03 referem-se ao trecho musical a seguir, de Lulli: 1. Observe o trecho musical acima e responda: 0-0) A tonalidade predominante deste trecho musical é Si bemol Maior.

Leia mais

APRENDA A TOCAR VIOLÃO EM 5 PASSOS!

APRENDA A TOCAR VIOLÃO EM 5 PASSOS! APRENDA A TOCAR VIOLÃO EM 5 PASSOS! por estrategiaeexcelencia, em 01.07.11 APRENDA A TOCAR VIOLÃO EM 5 AULAS MÉTODO SIMPLES E PRÁTICO POR MARCOS F.SILVA INTRODUÇÃO Antes de mais nada, quero explicar que

Leia mais

A G D/F# O meu Deus é o meu escudo, é minha força e proteção G A G D Não temerei, não temere...i. (2x)

A G D/F# O meu Deus é o meu escudo, é minha força e proteção G A G D Não temerei, não temere...i. (2x) EM QUEM COLOQUEI MINHA FÉ Leonardo Biondo Intro: E % % % A % G D A % G D A G A G Eu sei que o tempo, que o pensamento G4 G Podem gerar em mim o medo, D A (notas da convenção: G A A B D E G A) Mas sei em

Leia mais

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI TECLADO

GRADE CURRICULAR CAVALLIERI TECLADO MÓDULO I 1º Semestre 1.1 Apresentação do instrumento - Conhecimento das características e possibilidades de uso com seus recursos sonoros e eletrônicos e diferenças entre o teclado e o piano. 1.2 Postura,

Leia mais

Apostila Básica de Violão

Apostila Básica de Violão Apostila Básica de Violão Resumos para aulas MARANATA O Senhor Jesus Vem! Sumário Introdução... 2 Estrutura musical... 3 Cifras... 4 Acordes e Escalas... 4 Conhecendo o violão... 5 Enfim a prática!...

Leia mais

Tétrades; Um Estudo de Harmonia

Tétrades; Um Estudo de Harmonia Adriano de Carvalho Batista Tétrades; Um Estudo de Harmonia Aplicado à Guitarra Elétrica Dissertação apresentada ao Curso de Mestrado em Música do Instituto de Artes da UNICAMP como requisito parcial para

Leia mais

NELSON FARIA HARMONIA. Um estudo das possibilidades para guitarra Solo (Chord Melody) Chord Melody

NELSON FARIA HARMONIA. Um estudo das possibilidades para guitarra Solo (Chord Melody) Chord Melody NELSON FARIA HARMONIA Um estudo das possibilidades para guitarra Solo (Chord Melody) Foto:Nelsinho Faria Chord Melody Edição e distribuição exclusiva: www.nossamusica.com - Nossa Música Prod. Mus. Ltda.

Leia mais

A TEMPESTADE É BRISA

A TEMPESTADE É BRISA Intro: / G / Am C / G C G / A TEMPESTADE É BRISA Am C G C G Am C G C G O, o, o, o, Jesus, O, o, o, o, Jesus Am C G As ondas bravas do mar, um barco quer virar Am C G O vento forte a soprar, onde Jesus

Leia mais

CD TEMPO DE VIVER. E F#m A Bsus 4 Teu sorriso tem algo a me dizer E F#m 7 A A/C# Bsus 4 Só o amor me dirá por quê

CD TEMPO DE VIVER. E F#m A Bsus 4 Teu sorriso tem algo a me dizer E F#m 7 A A/C# Bsus 4 Só o amor me dirá por quê CD TEMPO DE VIVER Tempo de viver Nicodemos Costa, Leonardo Biondo, Cristiano Pinheiro Intro: E F#m A A/C# Bsus 4 E F#m D (omit3) (add2) A/C# E F#m A A/C# Bsus 4 E F#m G#m 7 A (omit3) (add2) E F#m A Bsus

Leia mais

PROVA ESCRITA. 2. Tendo como referencia as escalas maiores abaixo,

PROVA ESCRITA. 2. Tendo como referencia as escalas maiores abaixo, PROVA ESCRITA 1. De acordo com o trecho musical abaixo assinale a alternativa que corresponde as notas escritas em suas devidas alturas, segundo a escala geral. A) Lá3-Sol3-Fá3-Fá4-Sol4-Lá4-Si2-Dó3-Lá2-Sol2-Lá3-Si3-Dó3.

Leia mais

COMUNIDADE DA VILA IGREJA PRESBITERIANA. Som da Vila. Cifras e Fichas Técnicas

COMUNIDADE DA VILA IGREJA PRESBITERIANA. Som da Vila. Cifras e Fichas Técnicas COMUNIDADE DA VILA IGREJA PRESBITERIANA Som da Vila Cifras e Fichas Técnicas Músicas 1. Nosso Louvor... 3 2. És... 4 3. Toda Honra, Glória e Louvor... 5 4. Agora e Sempre... 6 5. Àquele que pode... 7 6.

Leia mais

Princípios básicos de violão - Bruno Grunig 2. Princípios básicos de violão. para iniciantes

Princípios básicos de violão - Bruno Grunig  2. Princípios básicos de violão. para iniciantes Princípios básicos de violão - Bruno Grunig http://videoauladeviolao.com.br 2 Princípios básicos de violão para iniciantes Esta é uma apostila com alguns princípios básicos para estudo de violão, não se

Leia mais

APOSTILA DE VIOLÃO POPULAR SOL MAIOR. Escola de Música O SEU FUTURO COMEÇA AQUI.

APOSTILA DE VIOLÃO POPULAR SOL MAIOR. Escola de Música O SEU FUTURO COMEÇA AQUI. MÚSICA APOSTILA DE VIOLÃO POPULAR O SEU FUTURO COMEÇA AQUI. NA musicaemsolmaior SUÇA Comunicação APOSTILA DE VIOLÃO POPULAR Professor Gesiel Rocha INTRODUÇÃO História do violão Uma casca de tartaruga

Leia mais

Otaniel Ricardo. Nomenclatura (Partes do Violão) Afinacão (Padrão e outras) Teoria Geral (Escalas/Acordes) Exercícios (Dedilhado)

Otaniel Ricardo. Nomenclatura (Partes do Violão) Afinacão (Padrão e outras) Teoria Geral (Escalas/Acordes) Exercícios (Dedilhado) , METODO violão Nomenclatura (artes do Violão) finacão (adrão e outras) Teoria Geral (Escalas/cordes) Exercícios (Dedilhado) Gráfico de cordes (M; m; M7+; M7; m7) VOLUME 1 Otaniel Ricardo www.otaniel.cjb.net

Leia mais

Plano de Ensino usual

Plano de Ensino usual Plano de Ensino usual Aulas de Música Instrumental Este plano de ensino será o roteiro das aulas de como ocorrerão e quais serão os conteúdos abordados em cada aula e também os acordos para que ocorra

Leia mais

Cavalete: Serve para prender as cordas, deixando-as esticadas.

Cavalete: Serve para prender as cordas, deixando-as esticadas. VIOLÃO Escala Pentatônica Primeiros passos para tocar violão Para se tornar um bom músico, primeiramente você precisa conhecer bem o seu instrumento, então vamos lá? Segue abaixo um resumo para você

Leia mais