Grande área: Multidisciplinar. Área: Interdisciplinar. Programa: Neurociência & Cognição MESTRADO ACADÊMICO DOUTORADO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Grande área: Multidisciplinar. Área: Interdisciplinar. Programa: Neurociência & Cognição MESTRADO ACADÊMICO DOUTORADO"

Transcrição

1 Grande área: Multidisciplinar Área: Interdisciplinar Programa: Neurociência & Cognição MESTRADO ACADÊMICO DOUTORADO

2 Novas áreas estratégicas Neuroeconomia: como a mente interage com o ambiente externo para gerar comportamento econômico. Ergonomia cognitiva: entendimento das interações entre o ser humano e outros elementos de um sistema. Neuroeducação ão: estudos sobre a memória, linguagem e outros temas da neurociência cognitiva para elaborar melhores estratégias de ensino e aprendizagem.

3 Grande Área: Multidisciplinar Área: Interdisciplinar Programa: Neurociência e Cognção Área de Concentração: Neurociência e Cognção Neurociência de Sistemas Ciências Cognitivas Modelagem Matemática e Computacional

4 Neurociência de Sistemas Neurociência de sistemas é a área que reúne as disciplinas que estudam o sistema nervoso, normal e patológico, durante o desenvolvimento, vida adulta e envelhecimento, correlacionando-as as com a teoria da informação, semiótica e lingüí üística, e demais áreas do conhecimento que explicam o processo de percepção, memória, aprendizagem, comportamento.

5 Ciências Cognitivas A ciência da cognição, ou o seu conjunto, formado pelas ciências cognitivas é normalmente definida como o estudo científico da mente e da inteligência. Dentro desta linha de pesquisa são alvos primários rios de investigação temas como tomada de decisão, sistemas cognitivos artificiais e naturais, linguagem e raciocínio. Ainda, as ciências cognitivas fornecem subsídios teóricos para novas disciplinas como neuroeconomia e ergonomia cognitiva.

6 Modelagem Matemática e Computacional Os princípios pios complexos de assimilação, transformação, armazenamento de informações e produção de comportamentos podem ser analisados formalmente pela modelagem matemática tica e computacional.. Métodos M de análise provenientes de diversas áreas, como a mecânica estatística, stica, sistemas dinâmicos e física f quântica têm mostrado grande valia na modelagem dos diversos níveis n de organização encontrados no sistema nervoso ou em sistemas cognitivos.

7 Estrutura do curso Mestrado acadêmico Créditos ditos: : 120 (72+48) OBS: Não é necessário apresentar projeto de pesquisa no processo de seleção ão. Doutorado Créditos ditos: : 180 (108+72) Em ambos os casos, é sugerido que o candidato tenha um orientador e um co-orientador orientador de áreas distintas.

8 Disciplinas Disciplinas obrigatórias Neurociência Ciência cognitiva Métodos quantitativos em neurociência e cognição

9 Disciplinas Exemplo de disciplina eletiva Funções cognitivas superiores O objetivo desta disciplina é apresentar ao aluno fundamentos e metodologias para o estudo de funções cognitivas de alto nível. Representação; lógica normativa e descritiva; raciocínio e linguagem; tomada de decisão e neuroeconomia; criatividade e resolução de problemas; estados de alerta e consciência; modulação de funções cognitivas superiores por emoção; implicações para a ergonomia cognitiva.

10 Projetos de pesquisa Exemplo: Cognição visual e atenção A função visual é o principal meio do ser humano de obter informações sobre o mundo externo, evidenciando sua importância como objeto de estudo. O objetivo deste projeto de pesquisa é o de abordar a visão como um processo modulado e limitado pelos recursos atencionais.. Serão desenvolvidas metodologias para identificar os mecanismos que controlam a atenção, a visão, a relação entre os dois fenômenos e a forma com que esta relação afeta funções cognitivas. Os resultados serão utilizados no desenvolvimento de modelos computacionais destes processos e em melhoramento da ergonomia de sistemas de interface homemmáquina.

11 Docentes permanentes 20 docentes Alexandre Kihara (Cognição - CMCC) Cristiane Salum (Cognição - CMCC) Daniel Carrettiero (Biologia - CCNH) David Martins (Computação CMCC) Elizabeth Teodorov (Cognição - CMCC) Fúlvio Mendes (Biologia CCNH) João Sato (Cognição CMCC) Karina Borelli (Cognição - CMCC) Leia Bagesteiro (Bioengenharia - CECS) Marcelo Reyes (Cognição - CMCC) Maria Camila Almeida (Biologia - CCNH) Paula Tiba (Cognição - CMCC) Peter Claessens (Cognição - CMCC) Rafael Vilela (Matemática - CMCC) Ronaldo Prati (Computação CMCC) Raphael de Camargo (Computação - CMCC) Ruth Santos-Galduróz (Cognição - CMCC) Tatiana Ferreira (Cognição - CMCC) Tiago Pereira (Matemática - CMCC) Yossi Zana (Cognição - CMCC)

12 Outros programas do comitê interdisciplinar

Comunicado MMC 030/2010 Belo Horizonte, 30 de novembro de 2010 OFERTA DE DISCIPLI AS PARA O 1º SEMESTRE DE 2011

Comunicado MMC 030/2010 Belo Horizonte, 30 de novembro de 2010 OFERTA DE DISCIPLI AS PARA O 1º SEMESTRE DE 2011 Comunicado MMC 030/2010 Belo Horizonte, 30 de novembro de 2010 OFERTA DE DISCIPLI AS PARA O 1º SEMESTRE DE 2011 º DISCIPLI A TIPO CH CR DOCE TE DIA HORÁRIO 1. Álgebra Linear OB 45 3 Fausto de Camargo Júnior

Leia mais

Ano lectivo 2011/12 MIPSI. 1.º Ciclo 1.º ano novo plano de estudos. 1º Semestre

Ano lectivo 2011/12 MIPSI. 1.º Ciclo 1.º ano novo plano de estudos. 1º Semestre Ano lectivo 2011/12 MIPSI 1.º Ciclo 1.º ano novo plano de estudos Grandes ideias da Psicologia (Armando Machado) Introdução às Neurociências (Escola de Medicina) Métodos de Investigação em Psicologia -

Leia mais

A Pós-Graduação em Ensino de Física no IF-UFRJ. Carlos E. Aguiar

A Pós-Graduação em Ensino de Física no IF-UFRJ. Carlos E. Aguiar A Pós-Graduação em Ensino de Física no IF-UFRJ Carlos E. Aguiar IF-UFRJ, 25/10/2007 A Física no Vestibular da UFRJ Média na prova específica de Física em 2006: 1,9 (em 10) 20% dos candidatos tiveram nota

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 2017 FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO CICLO BÁSICO. 1º Período

MATRIZ CURRICULAR 2017 FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO CICLO BÁSICO. 1º Período PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE PSICOLOGIA MATRIZ CURRICULAR 2017 FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO CICLO BÁSICO 1º Período Teórica Prática Semipresen cial 01 Anatomia Humana 40 40-80 02 História da Psicologia 80

Leia mais

Concurso de Docentes Edital Nº

Concurso de Docentes Edital Nº Programa de provas para o Concurso de Docentes Edital Nº 424/14 UFPR Campus Avançado em Jandaia do Sul Rua Dr. João Maximiano, nº 426, Vila Operária Jandaia do Sul/PR CEP: 86900-000 Telefone: (43) 3432-4627

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO E DOUTORADO - DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA:

ESTRUTURA CURRICULAR DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO E DOUTORADO - DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA: ESTRUTURA CURRICULAR DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO E DOUTORADO - DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA: Os cursos de Mestrado e Doutorado do PPGP/UFSC compreendem um conjunto

Leia mais

CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso Ciência da Computação Condições de Oferta do Curso

CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso Ciência da Computação Condições de Oferta do Curso CONEP UFSJ Parecer N o 066/2009 Aprovado em 02/12/2009 ANEXO A: ORIENTAÇÕES PARA OFERTA E CADASTRO DO CURSO CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC BOLETIM DE SERVIÇO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC BOLETIM DE SERVIÇO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC BOLETIM DE SERVIÇO Nº 480-28 de julho de 2015 Universidade Federal do ABC Reitor: Prof. Klaus Werner Capelle Vice-Reitor: Prof. Dácio Roberto Matheus Chefe de Gabinete:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DESIGN

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DESIGN MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DESIGN (Vigência a partir do segundo semestre de 2007) Fase Cód. Disciplinas Pré- Requisito Créditos Carga Horária 01 Integração ao Ensino Superior 1 18 02 Oficinas de Integração

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PLANO DE TRABALHO INDIVIDUAL ATIVIDADES EM DESENVOLVIMENTO ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PLANO DE TRABALHO INDIVIDUAL ATIVIDADES EM DESENVOLVIMENTO ENSINO Alexandre Amorim dos Reis Design 2009.2 Efetivo Doutor DI 321353-6-01 Projeto de Graduação em II 8ª QUANTIDADE CURSO/ P&D de Soluções Ergonômicas para o Design de Simuladores de Vôo em Ambiente Imersivo

Leia mais

CURSO DE DESIGN - BACHARELADO

CURSO DE DESIGN - BACHARELADO CURSO DE - BACHARELADO Currículo Novo - 2009/01 Duração: 2 800 horas - 174 créditos - 8 semestres ICET INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS 04334 FILOSOFIA HISTÓRIA DA ARTE E DA TECNOLOGIA I 25094

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS UNIDADE VALENÇA 3 0 PERÍODO CARGA HORÁRIA SEMESTRAL

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS UNIDADE VALENÇA 3 0 PERÍODO CARGA HORÁRIA SEMESTRAL ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS UNIDADE VALENÇA 1 0 PERÍODO GEAL 1101 Cálculo Diferencial e Integral I - - GEAL 1102 Biologia Geral 2 0 0 2 36 - - GEAL 1103 Química Experimental

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 Período Atividade Acadêmica Caráter Cr CH Pré-requisito Código Denominação 1º MAT154 Cálculo I Disciplina de Formação

Leia mais

O Curso de Mestrado Profissional em Ensino de Física da UFRJ

O Curso de Mestrado Profissional em Ensino de Física da UFRJ O Curso de Mestrado Profissional em Ensino de Física da UFRJ Carlos E. Aguiar Instituto de Física - UFRJ VIII ENLIF, UFRJ, out/2010 O Ensino de Ciências no Brasil e no Mundo PISA 2003 Ensino de Física

Leia mais

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS F U T U R O T E N D Ê N C I A S I N O V A Ç Ã O Uma instituição do grupo CURSO 2 OBJETIVOS O curso objetiva a formação de docentes capacitados para atuar no ensino

Leia mais

6. MATRIZ CURRICULAR 6.1. Núcleos de conhecimento estruturais do curso e respectivos componentes curriculares

6. MATRIZ CURRICULAR 6.1. Núcleos de conhecimento estruturais do curso e respectivos componentes curriculares 6. MATRIZ CURRICULAR 6.1. Núcleos de conhecimento estruturais do curso e respectivos componentes curriculares O perfil de profissional a ser formado pelo Curso de Graduação em da UFSCar/Sorocaba baseia-se

Leia mais

FRAN 2º Semestre 2016

FRAN 2º Semestre 2016 FRAN 2º Semestre 2016 PROFESSORES FORMAÇÃO ACADÊMICA TITULAÇÃO Tempo de Registro 01 - Adriano Moreno Jardim Mestre em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional UNOESTE Especialização em Gestão Ambiental

Leia mais

Profª Maúcha Sifuentes dos Santos

Profª Maúcha Sifuentes dos Santos Desenvolvimento cognitivo Profª Maúcha Sifuentes dos Santos Desenvolvimento cognitivo: o que é? Desenvolvimento cognitivo: mudanças na capacidade mental (aprendizagem, memória, raciocínio, pensamento e

Leia mais

PROFESSORES-ORIENTADORES

PROFESSORES-ORIENTADORES ICI 222 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE (Arquivologia) Aida Varela Varela Redes e Educação a distância Teorias cognitivas e sua aplicabilidade na CI, em Biblioteconomia e Arquivologia Teorias de aprendizagem

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MODELAGEM COMPUTACIONAL E TECNOLOGIA INDUSTRIAL

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MODELAGEM COMPUTACIONAL E TECNOLOGIA INDUSTRIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MODELAGEM COMPUTACIONAL E TECNOLOGIA INDUSTRIAL EDITAL 002/2016 - VAGAS RESIDUAIS - DOUTORADO O Diretor do Departamento Regional do Serviço

Leia mais

O Mestrado em Ensino de Física do IF-UFRJ

O Mestrado em Ensino de Física do IF-UFRJ O Mestrado em Ensino de Física do IF-UFRJ Um balanço dos três últimos anos Carlos Eduardo Aguiar Instituto de Física - UFRJ Março 2013 Sumário O Mestrado em Ensino de Física do IF-UFRJ Avaliações trienais

Leia mais

O QUE É E POR QUE ESTUDAR IHC?

O QUE É E POR QUE ESTUDAR IHC? O QUE É E POR QUE ESTUDAR IHC? É o conjunto de processos, diálogos, e ações através dos quais o usuário humano interage com um computador. "A interação homem-computador é uma disciplina que diz respeito

Leia mais

CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA ORDEM-DO-DIA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA A REALIZAR-SE EM 17 DE DEZEMBRO DE 2014.

CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA ORDEM-DO-DIA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA A REALIZAR-SE EM 17 DE DEZEMBRO DE 2014. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA ORDEM-DO-DIA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA A REALIZAR-SE EM 17 DE DEZEMBRO DE 2014. PROCESSO

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : FISICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 200 Optativos: 0. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : FISICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 200 Optativos: 0. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:15:09 Curso : FISICA VAGAS

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES Situação Legal: Reconhecido Integralização: Mínimo 5 anos / Máximo 8 anos Carga Horária: 2.820h (188 créditos)

Leia mais

Relatório final dos trabalhos da comissão eleitoral. Homologação das inscrições para eleição das coordenações dos cursos vinculados ao CMCC.

Relatório final dos trabalhos da comissão eleitoral. Homologação das inscrições para eleição das coordenações dos cursos vinculados ao CMCC. Relatório final dos trabalhos da comissão eleitoral Homologação das inscrições para eleição das coordenações dos cursos vinculados ao CMCC. A comissão deliberou o resultado a seguir: 1. Relação das inscrições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 05/07/2017 Currículo de Cursos Hora: 17:30:22

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 05/07/2017 Currículo de Cursos Hora: 17:30:22 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 05/07/2017 Currículo de Cursos Hora: 17:30:22 Curso: Nível: Grau Conferido: Turno: Tipo: Modalidade: Funcionamento: Documento de Autorização: Engenharia da

Leia mais

METODOLOGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM. Contextualização. Capítulo 3: Contextualização de Objetos de Aprendizagem

METODOLOGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM. Contextualização. Capítulo 3: Contextualização de Objetos de Aprendizagem Contextualização Capítulo 3: Contextualização de Objetos de Aprendizagem Autoria: Juliana Cristina Braga; Rita Ponchio. Esta unidade inicia com a definição de contextualização, seguida pela discussão da

Leia mais

CRONOGRAMA DAS AULAS JUNHO 2013 JULHO Dia/turno. Módulo. Horário do início da aula. CH p/dia

CRONOGRAMA DAS AULAS JUNHO 2013 JULHO Dia/turno. Módulo. Horário do início da aula. CH p/dia CRONOGRAMA DAS AULAS JUNHO 2013 Dia/turno CH p/dia Horário do início da aula Módulo 28 (sexta) 28 (sexta) 1 h AULA INAUGURAL: A língua e o sujeito na história do conhecimento sobre a linguagem (Profa.

Leia mais

INTERAÇÕES ENTRE AS LINGUAGENS ENVOLVIDAS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA MEDIADO PELO GEOGEBRA

INTERAÇÕES ENTRE AS LINGUAGENS ENVOLVIDAS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA MEDIADO PELO GEOGEBRA INTERAÇÕES ENTRE AS LINGUAGENS ENVOLVIDAS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA MEDIADO PELO GEOGEBRA Evandro dos Santos Paiva Feio paivamat@yahoo.com.br Luciano Augusto da Silva Melo luciano.melo10@gmail.com

Leia mais

FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA (FACCAMP) COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MINERAÇÃO E CIÊNCIA DOS DADOS

FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA (FACCAMP) COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MINERAÇÃO E CIÊNCIA DOS DADOS FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA (FACCAMP) COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM MINERAÇÃO E CIÊNCIA DOS DADOS PROJETO PEDAGÓGICO CAMPO LIMPO PAULISTA 2015 1. Público

Leia mais

Descrição do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Políticas Públicas

Descrição do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Políticas Públicas Descrição do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Políticas Públicas O Programa de Pós-Graduação em Gestão de Políticas Públicas tem caráter multidisciplinar, integrando em suas disciplinas diversos

Leia mais

HORÁRIO - EXAME ESPECIAL 1º Semestre de Dias 01, 03 e 04 de julho de Disciplinas Institucionais de Exatas

HORÁRIO - EXAME ESPECIAL 1º Semestre de Dias 01, 03 e 04 de julho de Disciplinas Institucionais de Exatas INSTRUÇÕES: 1- O aluno com provas com choque de horário de períodos diferentes deverá comunicar aos professores, para que um dos professores aplique a prova do outro. 2 - A data e o horário de cada avaliação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º CINF0012- FUNDAMENTOS DA GESTÃO DA INFORMAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 CONCEITOS FUNDAMENTAIS EM GESTÃO DA INFORMAÇÃO. CINF0013- INTRODUÇÃO À ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 FUNDAMENTOS

Leia mais

Lista preliminar de disciplinas previstas para *

Lista preliminar de disciplinas previstas para * Lista preliminar de disciplinas previstas para 2015.2* 03/03/2015 *Arquivo somente para referência, a oferta poderá sofrer alterações. BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Disciplina de Opção Limitada

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Currículo 6 Aprovado pelo CDI em 30/05/16 - Carga Horária - Carga Horária Núcleo Básico 1.280h Carga Horária Núcleo Profissionalizante

Leia mais

Reunião de boas vindas

Reunião de boas vindas Reunião de boas vindas Coordenação Programa de Pós-graduação em Sistemas e Computação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Ciências Exatas e da Terra Departamento de Informática e Matemáica

Leia mais

Apresentação da Neurociência Computacional

Apresentação da Neurociência Computacional Apresentação da Neurociência Computacional O objetivo principal da neurociência computacional é explicar como os sinais elétricos e químicos nas células e redes de células interconectadas do cérebro são

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA:

CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA: 1 CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA: MESTRADO E DOUTORADO 1. CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA O

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA DE PETRÓLEO Campus: NITERÓI Missão O Curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnica

Leia mais

1º PERÍODO Carga horária Teórica Prática Total

1º PERÍODO Carga horária Teórica Prática Total MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ESTRUTURA CURRICULAR 2008/1

Leia mais

CURSO: ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO EMENTAS º PERÍODO CURSO: ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO EMENTAS - 2016.2 2º PERÍODO DISCIPLINA: CÁLCULO I DISCIPLINA: FÍSICA I Estudo do centro de Massa e Momento Linear. Estudo da Rotação. Estudo de Rolamento, Torque

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : QUÍMICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 191 Optativos: 10. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : QUÍMICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 191 Optativos: 10. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:17:31 Curso : QUÍMICA VAGAS

Leia mais

O mal-estar na Liderança: inovações perdidas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

O mal-estar na Liderança: inovações perdidas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

PROCESSAMENTO DA LINGUAGEM E FUNÇÕES COGNITIVAS NA LÍNGUA DE SINAIS ATÍPICA

PROCESSAMENTO DA LINGUAGEM E FUNÇÕES COGNITIVAS NA LÍNGUA DE SINAIS ATÍPICA PROCESSAMENTO DA LINGUAGEM E FUNÇÕES COGNITIVAS NA LÍNGUA DE SINAIS ATÍPICA Prof. Dr. Felipe Venâncio Barbosa Departamento de LinguísKca da FFLCH Universidade de São Paulo COGNIÇÃO, LINGUAGEM, LÍNGUA,

Leia mais

GRADE CURRICULAR E CORPO DOCENTE. Fase 1 Carga horária total: 360h

GRADE CURRICULAR E CORPO DOCENTE. Fase 1 Carga horária total: 360h Ciência da Computação CÂMPUS LAGES Instrumentos Regulatórios (Resolução CEPE e CONSUP ou Portaria de reconhecimento do curso pelo MEC) RESOLUÇÃO CEPE/IFSC Nº 39, DE 13 DE AGOSTO DE 2014. RESOLUÇÃO CONSUP/IFSC

Leia mais

Padrão Acadêmico Discente do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação

Padrão Acadêmico Discente do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação COPPE/UFRJ Padrão Acadêmico Discente do Programa de Engenharia de Sistemas e Computação Profa. Susana Scheimberg de Makler Sub-Coordenadora Acadêmica OBS: As normas que não constam nesse documento seguem

Leia mais

Inteligência Artificial. Conceitos Gerais

Inteligência Artificial. Conceitos Gerais Inteligência Artificial Conceitos Gerais Inteligência Artificial - IA IA é um campo de estudo multidisciplinar e interdisciplinar, que se apóia no conhecimento e evolução de outras áreas do conhecimento.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO SELEÇÃO 2017 RESULTADO PRELIMINAR FINAL DA SELEÇÃO DE MESTRADO E DOUTORADO 2017

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO SELEÇÃO 2017 RESULTADO PRELIMINAR FINAL DA SELEÇÃO DE MESTRADO E DOUTORADO 2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO SELEÇÃO 2017 RESULTADO PRELIMINAR FINAL DA SELEÇÃO DE MESTRADO E DOUTORADO 2017 COTISTAS Nº CPF NÍVEL LINHA GRUPO COTA NOTA STATUS

Leia mais

Inteligência Artificial. Prof. Ilaim Costa Jr.

Inteligência Artificial. Prof. Ilaim Costa Jr. Inteligência Artificial Prof. Ilaim Costa Jr. 4) Ciência da Computação 4) Ciência da Computação Exemplos de Aplicação da IA Matemática: demonstração

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. 1º Período

MATRIZ CURRICULAR CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. 1º Período FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 / Fone:

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (POSJOR)

Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (POSJOR) Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (POSJOR) Ementário - Doutorado Eixo de Disciplinas Comuns Metodologia de Pesquisa em Jornalismo M e D Obrigatória 60 horas 04 Conhecimento e campo científico. Campo

Leia mais

RELATORIA DE PROJETO PEDAGÓGICO. CURSO: Engenharia Biomédica. RELATOR: Marcelo Salvador Caetano; RELATORA ORIGINAL: Paula Ayako Tiba

RELATORIA DE PROJETO PEDAGÓGICO. CURSO: Engenharia Biomédica. RELATOR: Marcelo Salvador Caetano; RELATORA ORIGINAL: Paula Ayako Tiba RELATORIA DE PROJETO PEDAGÓGICO CURSO: Engenharia Biomédica RELATOR: Marcelo Salvador Caetano; RELATORA ORIGINAL: Paula Ayako Tiba Na tabela abaixo, retomo os tópicos que foram indicados pela relatora

Leia mais

Linha de Pesquisa 2: FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUAS

Linha de Pesquisa 2: FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUAS Linha de Pesquisa 2: FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUAS Esta linha de pesquisa objetiva o exame dos processos de construção do conhecimento docente do professor de línguas, com ênfase no papel da linguagem

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/ PPGPI ESTRUTURA CURRICULAR DO MESTRADO ACADÊMICO

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/ PPGPI ESTRUTURA CURRICULAR DO MESTRADO ACADÊMICO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2015 - PPGPI Estabelece a Estrutura Curricular do Curso de Doutorado e Mestrado do PPGPI, conforme Resolução nº 62/2014/CONEPE. ESTRUTURA CURRICULAR DO MESTRADO ACADÊMICO I -

Leia mais

projecto de arquitectura 1

projecto de arquitectura 1 Instituto superior técnico mestrado integrado em arquitectura ano lectivo 2011.12 projecto de arquitectura 1 docentes: Teresa Heitor (resp) Alexandra Alegre Vitor C. Araújo Pedro Snow articulação com plano

Leia mais

Calendário exames Finalistas 2015/2016 (versão ) Design de Jogos Digitais

Calendário exames Finalistas 2015/2016 (versão ) Design de Jogos Digitais Design de Jogos Digitais Desenho Matemática para Jogos /09 09:0 Narrativa Não-Linear Programação I 9/09 09:0 Semiótica Animação D Design D 4/09 09:0 Imagem Programação II /09 09:0 Teoria dos Jogos 0/09

Leia mais

Pessoal docente e supervisão pedagógica

Pessoal docente e supervisão pedagógica 13.1 - Pessoal docente e supervisão pedagógica Listagem dos professores de efetivo exercício no Curso, com suas respectivas titulações e regime de trabalho, além da referência ao Supervisor Pedagógico

Leia mais

Tabela de Pré-Requisitos. Interdisciplinar 36 Não há

Tabela de Pré-Requisitos. Interdisciplinar 36 Não há Nome da UC Categoria CH Total Pré-Requisitos Álgebra Linear Eletiva 72 Geometria Analítica Álgebra Linear Computacional Eletiva 72 Cálculo Numérico Álgebra Linear II Eletiva 72 Álgebra Linear Algoritmos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E AMBIENTAIS CAMPUS CEDETEG, GUARAPUAVA, PR

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E AMBIENTAIS CAMPUS CEDETEG, GUARAPUAVA, PR EDITAL nº 05/2017-PPGA/UNICENTRO ABERTURA DE MATRÍCULA PARA VAGAS REMANESCENTES NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM AGRONOMIA MESTRADO E DOUTORADO, ÁREA DE CONCENTRAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL,

Leia mais

Informações Gerais. Fonte: UFF/PROPLAN

Informações Gerais. Fonte: UFF/PROPLAN Edição 2015 Informações Gerais Fundada em 18/12/1960 5 Estrelas no Exame Nacional de Avaliação de Desempenho (ENADE/MEC) 52.558 alunos em 129 cursos de Graduação 6.305 alunos em 77 cursos de Pós-Graduação

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Licenciatura em Matemática Missão O Curso de Licenciatura em Matemática tem por missão a formação de docentes com um novo perfil fundamentado na conexão de dois eixos,

Leia mais

Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01

Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01 Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01 Douglas Farias Cordeiro Universidade Federal de Goiás 06 de julho de 2015 Mini-currículo Professor do curso Gestão da Informação Formação: Graduação

Leia mais

Ementário do Curso de Design de Moda - Matriz

Ementário do Curso de Design de Moda - Matriz Ementário do Curso de Design de Moda - Matriz 2011.1 Disciplina: INTRODUÇÃO AO DESIGN DE MODA (60h) Terminologias e conceitos da área. Descrição dos conceitos da área. Contextualização e processo de moda.

Leia mais

DISCIPLINAS DO PROGRAMA QUADRO DE DISCIPLINAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSOS DE DESENVOLVIMENTO HUMANO E SAÚDE

DISCIPLINAS DO PROGRAMA QUADRO DE DISCIPLINAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROCESSOS DE DESENVOLVIMENTO HUMANO E SAÚDE Universidade de Brasília-UnB Instituto de Psicologia - IP Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento PED Coordenação do Programa de Pós-Graduação: Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde

Leia mais

O novo Mestrado em Engenharia Informática da FCT/UNL FCT/UNL. Departamento de Informática (2007/2008)

O novo Mestrado em Engenharia Informática da FCT/UNL FCT/UNL. Departamento de Informática (2007/2008) O novo Mestrado em Engenharia Informática da FCT/UNL (2007/2008) Departamento de Informática FCT/UNL Contexto Processo de Bolonha Novo enquadramento legal Novo paradigma de 3 ciclos de estudos Redefinição

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular CICLO GERAL OU CICLO BÁSICO DE011- DESENHO A MAO LIVRE 1 OBRIGATÓRIO 1 0 60 60 2 DESENVOLVIMENTO DO TRAÇADO INDIVIDUAL, SEM UTILIZAÇÃO DE INSTRUMENTO DE DESENHO, EM PRÁTICAS EXECUTADAS A LÁPIS NO PAPEL

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação. Plano de Ensino 1º Quadrimestre de 2012

Pró-Reitoria de Graduação. Plano de Ensino 1º Quadrimestre de 2012 Caracterização da disciplina Código da NHT1058- Nome da disciplina: Morfofisiologia Humana 1 disciplina: 15 Créditos (T-P-I): (4-2-4) Carga horária: 72 horas prática: Câmpus: Santo André Código da Turma:

Leia mais

LICENCIATURA EM FÍSICA (INTEGRAL)

LICENCIATURA EM FÍSICA (INTEGRAL) 1 LICENCIATURA EM FÍSICA (INTEGRAL) CURRÍCULO 2008/1 PRIMEIRO PERÍODO 08.111-6 Geometria Analítica Não tem 04 08.221-0 Cálculo Diferencial e Integral 1 Não tem 09.110-3 Física Experimental A Não tem 04

Leia mais

Síntese. Modelo Livre

Síntese. Modelo Livre Síntese Modelo Livre A Universidade Federal do ABC (UFABC) começou do zero e, por conseqüência, com infinitas possibilidades de construir um novo modelo de ensino superior. Esse degrau de liberdade permitiu

Leia mais

O Quadro 2 apresenta a formação acadêmica de cada docente e respectiva vinculação às linhas de pesquisa e projetos de atuação.

O Quadro 2 apresenta a formação acadêmica de cada docente e respectiva vinculação às linhas de pesquisa e projetos de atuação. CORPO DOCENTE Corpo docente e vinculação institucional O presente curso conta com um total de 27 docentes e cinco instituições colaboradoras, cuja vinculação está descrita no Quadro 9. Instituição responsável

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria

Leia mais

FÍSICA. COORDENADOR Helder Soares Moreira

FÍSICA. COORDENADOR Helder Soares Moreira FÍSICA COORDENADOR Helder Soares Moreira hmoreira@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 235 Bacharelado ATUAÇÃO O curso de graduação em Física oferece ao estudante a oportunidade de obter ampla formação

Leia mais

GRADE CURRICULAR DO BACHARELADO INTERDISCIPLINAREM ARTES E DESIGN

GRADE CURRICULAR DO BACHARELADO INTERDISCIPLINAREM ARTES E DESIGN GRADE CURRICULAR DO BACHARELADO INTERDISCIPLINAREM ARTES E DESIGN http://www.ufjf.br/biad/ ESTRUTURA CURRICULAR DO 1º CICLO Bacharelado interdisciplinar em Artes e Design 3 anos Componentes curriculares

Leia mais

Curso: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Curriculo: /13 DISCIPLINAS EM OFERTA 1ºº Semestre de NOTURNO

Curso: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Curriculo: /13 DISCIPLINAS EM OFERTA 1ºº Semestre de NOTURNO GR02447 GR01158 GR01163 GR02445 GR01185 GR02516 1º PERÍODO Carga Horária Docentes Álgebra Linear 72.00 Thiago André Guimarães Cálculo Básico 72.00 André Luiz Emidio de Abreu Dinâmica Das Ideias Sociais

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação FÍSICA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Alexandre Tadeu Gomes de Carvalho

UFV Catálogo de Graduação FÍSICA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Alexandre Tadeu Gomes de Carvalho UFV Catálogo de Graduação 2012 163 FÍSICA Bacharelado e Licenciatura COORDENADOR Alexandre Tadeu Gomes de Carvalho atadeu@ufv.br 164 Currículos dos Cursos UFV Bacharelado ATUAÇÃO O curso de graduação em

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM QUÍMICA

CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM QUÍMICA CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM QUÍMICA 1 Perfil do Curso O curso de Licenciatura em Química do IF SERTÃO-PE Campus Floresta destina-se a formação de professores para a educação básica, o ensino médio e

Leia mais

João Roberto de T. Quadros, Rafael Castaneda, Myrna Amorim, Guilherme Herzog, Eduardo Ogasawara CEFET/RJ CEFET/RJ

João Roberto de T. Quadros, Rafael Castaneda, Myrna Amorim, Guilherme Herzog, Eduardo Ogasawara CEFET/RJ CEFET/RJ João Roberto de T. Quadros, Rafael Castaneda, Myrna Amorim, Guilherme Herzog, Eduardo Ogasawara CEFET/RJ CEFET/RJ Agenda Aspectos relacionados à programação Escola de Informá2ca do CEFET/RJ Uso da tecnologia

Leia mais

Universidade Federal do ABC (UFABC)

Universidade Federal do ABC (UFABC) Bacharelado Interdisciplinar e Sistema Universitário Universidade Federal do ABC (UFABC) Expansão das universidades federais - 2006 Políticas afirmativas: ação de inclusão social com reserva de vagas para

Leia mais

Disciplinas isoladas para o 1º semestre de 2017

Disciplinas isoladas para o 1º semestre de 2017 Curso: Engenharia de Telecomunicações Disciplinas isoladas para o 1º semestre de 017 Período Sigla P5 EE 01 Disciplina Circuitos Elétricos II créditos Pré e có-requisitos NB 003 - Cálculo III (PRÉ) EE

Leia mais

QUADRO DE VAGAS PARA SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE 2011/2

QUADRO DE VAGAS PARA SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE 2011/2 QUADRO DE VAGAS PARA SISTEMA CONTINUADO DE AVALIAÇÃO DOCENTE 2011/2 CAMPUS VAGA(S) CURSO(S) DISCIPLINA(S) C/H PERFIL ANÁPOLIS 1 AGRONOMIA Introdução à Ciência dos Solos (4h) Agrometeorologia e climatologia

Leia mais

Áreas disciplinares da Universidade de Lisboa homologadas pelo Senhor Reitor, nos termos do Despacho Interno R , de 19 de março

Áreas disciplinares da Universidade de Lisboa homologadas pelo Senhor Reitor, nos termos do Despacho Interno R , de 19 de março da Universidade de Lisboa Faculdade de Belas-Artes Belas-Artes - Arte e Multimédia Belas-Artes - Ciências da Arte e do Património Belas-Artes - Desenho Belas-Artes - Design de Comunicação Belas-Artes -

Leia mais

REGULAMENTO ACADÉMICO. XIII. Ponderações e Cálculo da Média Final REG-001/V00

REGULAMENTO ACADÉMICO. XIII. Ponderações e Cálculo da Média Final REG-001/V00 XIII. Ponderações e Cálculo da Média Final I - LICENCIATURAS GESTÃO DA SEGURANÇA E PROTECÇÃO CIVIL Ciência do Fogo - Metodologia das Ciências Sociais Ciência dos Materiais - Optativas Direito da Protecção

Leia mais

A Matemática como Serviço a Ciência da Computação. Prof. Dr. Carlos Eduardo de Barros Paes Coordenador do Curso de Ciência da Computação

A Matemática como Serviço a Ciência da Computação. Prof. Dr. Carlos Eduardo de Barros Paes Coordenador do Curso de Ciência da Computação A Matemática como Serviço a Ciência da Computação Prof. Dr. Carlos Eduardo de Barros Paes Coordenador do Curso de Ciência da Computação A Matemática e Ciência da Computação A Matemática faz parte do DNA

Leia mais

6. QUADRIMESTRE IDEAL 7. NÍVEL Graduação 8. Nº. MÁXIMO DE ALUNOS POR TURMA TEORIA: 60 LABORATÓRIO: 30

6. QUADRIMESTRE IDEAL 7. NÍVEL Graduação 8. Nº. MÁXIMO DE ALUNOS POR TURMA TEORIA: 60 LABORATÓRIO: 30 Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166 1. CÓDIGO E NOME DA DISCIPLINA MC5001 - SISTEMAS MULTIAGENTES

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DISCIPLINAS OFERECIDAS

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DISCIPLINAS OFERECIDAS INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DISCIPLINAS OFERECIDAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELETRÔNICA E COMPUTAÇÃO PG/EEC PERÍODO / ANO: 1 o / 2015 ÁREA:

Leia mais

Planejamento para os Três Quadrimestres de 2015

Planejamento para os Três Quadrimestres de 2015 Planejamento para os Três s de 2015 Antes de analisar os horários, saiba como o planejamento é elaborado: 1) A coordenação de curso recebe os horários das disciplinas do BC&T da Direção de Centro. Os horários

Leia mais

PROJETO INTERDISCIPLINAR PARA 2º SEMESTRE DE 2016

PROJETO INTERDISCIPLINAR PARA 2º SEMESTRE DE 2016 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS CAPIVARI CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PROJETO INTERDISCIPLINAR PARA 2º SEMESTRE DE 2016 Alexandre

Leia mais

USO DE INFOGRÁFICOS COMO MECANISMO DE MELHORAMENTO DO APRENDIZADO

USO DE INFOGRÁFICOS COMO MECANISMO DE MELHORAMENTO DO APRENDIZADO USO DE INFOGRÁFICOS COMO MECANISMO DE MELHORAMENTO DO APRENDIZADO RIBEIRO, Wanessa Cristina Parreira 1 ; MEDEIROS, Pryscilla Romão de 2 ; GOULART, Reane Franco 3 RESUMO: Este documento tem a finalidade

Leia mais

GABARITO PROVA INTEGRADORA - ICA - NOITE

GABARITO PROVA INTEGRADORA - ICA - NOITE GABARITO PROVA INTEGRADORA - ICA - NOITE Análise Crítica da Mídia 1932 1 C 1932 2 A 1932 3 A 1932 4 A 1932 5 C Animação 1937 1 E 1937 2 B 1937 3 C 1937 4 D 1937 5 C 1937 6 D Comunicação e Sociedade 1949

Leia mais

Engenharia Semiótica: Uma Alternativa Teórica para Explicar e Fundamentar a Inserção de IHC na Ciência da Computação. Clarisse Sieckenius de Souza

Engenharia Semiótica: Uma Alternativa Teórica para Explicar e Fundamentar a Inserção de IHC na Ciência da Computação. Clarisse Sieckenius de Souza Engenharia Semiótica: Uma Alternativa Teórica para Explicar e Fundamentar a Inserção de IHC na Ciência da Computação Clarisse Sieckenius de Souza Departamento de Informática, PUC Rio clarisse@inf.puc rio.br

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2302N - Bacharelado em Design. Ênfase. Disciplina B - Metodologia Científica

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2302N - Bacharelado em Design. Ênfase. Disciplina B - Metodologia Científica Curso 2302N - Bacharelado em Design Ênfase Identificação Disciplina 0003622B - Metodologia Científica Docente(s) Ana Beatriz Pereira de Andrade Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

RESOLUÇÃO. Parágrafo único. O novo currículo será o 0006-LS e entrará em vigor no 1º semestre letivo de 2018.

RESOLUÇÃO. Parágrafo único. O novo currículo será o 0006-LS e entrará em vigor no 1º semestre letivo de 2018. RESOLUÇÃO CONSEPE 30/2017 ALTERA MATRIZ CURRICULAR, BEM COMO, EMENTAS E OBJETIVOS DO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA: CLÍNICA E INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF E APROVA

Leia mais

PERCURSO CURRÍCULAR PPGBM

PERCURSO CURRÍCULAR PPGBM UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GENÉTICA E BIOLOGIA MOLECULAR PERCURSO CURRÍCULAR PPGBM INFORMAÇÕES GERAIS PERCURSO CURRÍCULAR: ALUNOS ANTERIORES

Leia mais

VAGA COORDENAÇÃO DE DESEMPENHO E PLANEJAMENTO ACADÊMICO - VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO ANEXO I - EDITAL DE VAGAS DISCIPLINA CURSO

VAGA COORDENAÇÃO DE DESEMPENHO E PLANEJAMENTO ACADÊMICO - VICE REITORIA DE GRADUAÇÃO ANEXO I - EDITAL DE VAGAS DISCIPLINA CURSO ANEXO I - EDITAL DE S 1 2 3 4 5 6 ADMINISTRAÇÃO GST0134 GESTÃO DA QUALIDADE CAMPOS DOS GOYTACAZES ADMINISTRAÇÃO CCA0049 PESQUISA DE MERCADO CAMPOS DOS GOYTACAZES PSICOLOGIA SDE0190 TERAPIA EXISTENCIAL

Leia mais

Interdisciplinaridade na UFABC: Um Outro Caminho para a Formação Superior. Prof. Leonardo José Steil

Interdisciplinaridade na UFABC: Um Outro Caminho para a Formação Superior. Prof. Leonardo José Steil Interdisciplinaridade na UFABC: Um Outro Caminho para a Formação Superior Prof. Leonardo José Steil steil@ufabc.edu.br 31.08.2017 Interdisciplinaridade Método (JAPIASSÚ) Atitude (FAZENDA) Interdisciplinaridade

Leia mais

Percepção Humana na Visualização de Grandes Volumes de Dados: Estudo, Aplicação e Avaliação

Percepção Humana na Visualização de Grandes Volumes de Dados: Estudo, Aplicação e Avaliação Universidade do Porto Faculdade de Engenharia Mestrado em Tecnologia Multimédia Introdução à Investigação Percepção Humana na Visualização de Grandes Volumes de Dados: Dulclerci Sternadt Alexandre (Licenciada

Leia mais

Desvendando o futuro: Matemática Computacional

Desvendando o futuro: Matemática Computacional Desvendando o futuro: Matemática Computacional L. Felipe Bueno lfelipebueno@gmail.com Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) São José dos Campos 11/03/15 Resumo O que é Matemática Computacional Habilidades

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Félix

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA ELÉTRICA. COORDENADOR Leonardo Bonato Félix 264 ENGENHARIA ELÉTRICA COORDENADOR Leonardo Bonato Félix leobonato@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 265 Engenheiro Eletricista ATUAÇÃO O curso de Engenharia Elétrica da UFV oferece a seus estudantes

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas e Automação Departamento de Engenharia - Universidade Federal de Lavras

Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas e Automação Departamento de Engenharia - Universidade Federal de Lavras Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas e Automação Histórico Início 2007 com foco em modelagem biológica (Engenharias IV Capes) e característica multidisciplinar com professores da área de

Leia mais