SICOP Sistema de Inovação, Controlo e Optimização de Produtos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SICOP Sistema de Inovação, Controlo e Optimização de Produtos"

Transcrição

1 SICOP Sistema de Inovação, Controlo e Optimização de Produtos Célia Alves, Liliana Monteiro, Fernanda Barbosa, Ana Borges, Jorge Barbosa* Resumo De modo a facilitar e estandardizar o ciclo de desenvolvimento, produção e comercialização de produtos cerâmicos, foi desenvolvida uma aplicação informática que a partir de um workflow, também especificado e desenvolvido no âmbito deste trabalho, permitisse ter um controlo rigoroso e sempre actual das fases de desenvolvimento envolvidas bem como permitir aos vários agentes intervenientes neste processo a sua intervenção de uma modo mais fácil e participativo. Para facilitar essa participação e interacção a aplicação desenvolvida foi baseada numa interface Web de utilização fácil e que também mercê desta opção permite interagir remotamente com a aplicação a partir de qualquer computador de um dos vários departamentos da empresa envolvidos no processo desde que dotados de uma ligação via Internet. Palavras Chave Desenvolvimento de Produto, Aplicações Web. 1 INTRODUÇÃO Ocontrolo do ciclo de desenvolvimento de produtos é sempre um processo moroso e bastante interactivo que requer uma gestão criteriosa de prazos e opções que por vezes não é fácil dada a dificuldade de se estabelecer um workflow adequado e adaptado a práticas empresariais que baseadas em hábitos adquiridos se enraizaram na cultura empresarial. Por outro lado a competitividade empresarial e a necessidade de mais rápidos e constantes alterações e actualizações dos produtos produzidos pelas empresas não se coadunam com tais práticas, obrigando à utilização de ferramentas informáticas que possibilitam mais fáceis e flexíveis alterações nas linhas de produção. Produtos, que além de proporcionar mais e melhor informação sobre o processo de criação dos produtos fabricados pela empresa, permite também uma fácil e correcta gestão por parte dos seus utilizadores no que diz respeito ao workflow de desenvolvimento e produção. Fig. 1 Logótipo da Aplicação Neste sentido foi desenvolvida uma aplicação informática, SICOP Sistema de Inovação, Controlo e Optimização de *Estes autores estão ligados ao Instituto Superior de Engenharia Instituto Politécnico de Coimbra, Coimbra, Portugal. Fig. 2 Página Inicial e Controlo de Acesso A aplicação também permite à empresa manter registos de toda a informação sobre as fichas de produtos de uma forma organizada e estruturada possibilitando em simultâneo divulgar essa informação aos intervenientes no processo de desenvolvi

2 ALVES, MONTEIRO E AL: SICOP SISTEMA DE INOVAÇÃO, CONTROLO E INOVAÇÃO DE PRODUTOS mento, produção e comercialização. O acesso à informação é reservado somente aos intervenientes neste processo e para isso restringe-se o acesso, sendo portanto necessário possuir um par utilizador/palavra-chave. O acesso à informação restrita está hierarquizado em seis perfis de acesso, uns referentes a tipos diferentes de utilizadores que podem editar e alterar informação, como por exemplo: administradores do site, funcionários dos departamentos e outros utilizadores, designados por visitantes, e que apesar de serem funcionários dos departamentos envolvidos no processo apenas podem consultar a informação e não editá-la. O sistema é constituído essencialmente por dois componentes: a base de dados relacional, que funciona como repositório de toda a informação relacionada com o sistema, e a aplicação que fornece ao utilizador uma forma simples de interagir com essa base de dados. A aplicação desenvolvida permite pois responder a todos os quesitos solicitados pela empresa e que foram objecto de uma análise e especificação feitas em colaboração estreita com os vários departamentos da empresa envolvidos neste processo de desenvolvimento. Foi desenvolvida, em parceria, entre uma instituição de ensino superior, o Instituto Superior de Engenharia de Coimbra e uma empresa de fabrico e comercialização de cerâmica a Umbelino Monteiro, S.A., uma empresa subsidiária do grupo belga Etex Group Company. 2.ESPECIFICAÇÃO A empresa prima pela qualidade dos seus produtos e mercê de uma política de controlo de qualidade tem obtido uma muito boa aceitação nos mercados onde exerce a sua actividade sendo considerada uma referência na produção de telhas cerâmicas de alta qualidade. Nesse sentido a produção de novos produtos ou a actualização dos já existentes deve-se pautar por elevados padrões de qualidade de forma a manter essa credibilidade e inclusive possibilitar o aumento da sua cota de mercado e expansão para novos mercados em especial mercê da sua recente integração num grupo multinacional de grande dimensão e reconhecida qualidade. 2.1 FUNCIONALIDADES Pretendeu-se assim desenvolver uma aplicação que respondesse aos seguintes quesitos: Manter, através de utilizadores com privilégios de edição de partes da informação, registos de toda a informação relacionada com o ciclo de criação dos produtos. Possibilitar a visualização de informação diversa relacionada com o desenvolvimento do produto a utilizadores registados mas que apenas podem visualizar certas partes da informação. Definir fases de desenvolvimento do produto, possibilitando a inserção de características a que os produtos devem obedecer tais como inserir complementos de informação os quais podem ser imagens, especificações técnicas ou outras que podem ser consultadas pelos vários intervenientes; De um modo similar ao indicado no ponto anterior, possibilitar essas funcionalidades na fase de produção de versões de teste dos produtos; Permitir extrair ilações relacionadas com as melhores opções de fabrico e manter um registo das várias tentativas de produção de protótipos efectuadas, de modo a conseguir-se reproduzir a posteriori essas produções de teste; Manter o registo de todos os intervenientes no processo, fazendo o trace das actividades desenvolvidas por cada um e as alterações efectuadas ou propostas ao produto; Os projectos serão feitos por fases, sendo cada fase elaborada e concluída por determinados perfis; Possibilitar guardar os projectos iniciais dos produtos e os projectos com as alterações (ou - 2 -

3 IASK PROCEEDINGS seja armazenar todos os projectos relativos a um determinado produto), bem como dar a possibilidades de serem criados projectos que não terão de passar por todas as fases; Existirem alertas para relembrar os utilizadores que determinada fase terá de ser concluída num determinado número de dias estabelecidos aquando do lançamento do projecto de produção; Existir um histórico, de forma a identificar quem introduziu as informações sobre determinada análise do projecto; Permitir pesquisas por: projecto, tipo de produto, artigo, tipo de constituição. Funcionário do Departamento Comercial, Produção, Marketing, Qualidade ou da Logística: Pode inserir e alterar fichas de produtos em fases de análise pertencentes ao seu departamento; Pode eliminar e suspender fichas de produtos desde que o projecto esteja finalizado no caso da eliminação, ou ainda numa fase de avaliação; Pode visualizar todos os dados da base de dados, só podendo alterar dados das fases de análise relativas ao seu departamento; Visitante: Utilizador registado que pode visualizar todos os dados da base de dados, mas que só pode visualizar os dados, não os podendo alterar. 2.3 ESCALONAMENTO DAS FASES Através da aplicação é possível definir as várias fases de desenvolvimento do produto. Essas fases são inseridas aquando da construção de um workflow de desenvolvimento de produto podendo em determinadas situações serem alteradas. Essas fases são mostradas na figura 4. Fig. 3 Perfis e Gestão de Utilizadores 2.2 PERFIS DE ACESSO Durante o processo de análise verificou-se que era necessário criar vários perfis de utilizador que podem interagir com o sistema. A interface para Gestão destes perfis e utilizadores é mostrada na figura 3. Os perfis de utilizador criados, de acordo com as permissões de interacção com o sistema, foram: Administrador: Pode inserir, alterar e eliminar registos; Pode visualizar todos os dados da base de dados; Pode atribuir e retirar permissões a outros; Criar novos utilizadores Fig. 4 Análises a Efectuar A aplicação controla as fases de desenvolvimento, não permitindo que se progrida sem que as fases marcadas como tal possam ser iniciadas sem que as fases anteriores estejam concluídas. Utilizou-se um código de cores que permite uma leitura gráfica rápida e simples dessas fases de desenvolvimento e do estado de - 3 -

4 ALVES, MONTEIRO E AL: SICOP SISTEMA DE INOVAÇÃO, CONTROLO E INOVAÇÃO DE PRODUTOS cada uma dessas fases. Na figura 5 dá-se um exemplo da definição das várias fases de um projecto de produção de um novo produto. 3 IMPLEMENTAÇÃO De forma a responder às especificações definidas pela empresa e atrás enunciadas, mas que em simultâneo permitisse uma utilização prática da aplicação por parte de utilizadores que não tivessem necessariamente muitos conhecimentos de informática, e em simultâneo possibilitasse o acesso à informação a partir dos mais diversos departamentos da empresa e inclusive do exterior, optou-se por desenvolver uma aplicação Web a qual poderia ser acedida a partir de um simples browser. 3.1 Tecnologias Utilizadas Fig. 5 Fases de Projecto de Produção Existem várias dependências e sequências nas várias fases de desenvolvimento do produto e como tal a aplicação tem de controlar esse aspecto e não deixar que se salte ou se omita alguma dessas fases ou que sejam executadas fora da ordem correcta e pré-estabelecida. Na figura 6, apresenta-se o diagrama de dependências das diversas análises do projecto. A aplicação foi desenvolvida recorrendo-se à utilização de HTML, CSS, JavaScript, para a estruturação das páginas e interfaces com o utilizador e de ASP.NET 3.5 para a construção dos scripts de servidor. Como sistema de gestão de bases de dados foi utilizado o SQL Server 2005 tendose recorrido ao PowerDesigner para desenhar a base de dados. Estas tecnologias foram utilizadas numa perspectiva de se utilizar, por um lado, tecnologias consideradas adequadas para a concretização deste tipo de aplicação e por outro lado utilizar-se software já existente na empresa e em utilização noutras aplicações de modo a minimizar custos de implementação. 3.2 Interface de Utilizador Atendendo aos possíveis utilizadores da aplicação, construiu-se uma interface que se procurou ser de manipulação fácil e simples e que de certo modo seguisse o modus operandi seguido habitualmente na empresa aquando da concepção de produtos. Isto era feito sem o recurso a nenhuma aplicação informática pelo que foi necessário fazer algumas adaptações e redefinições do processo. Fig.6 Diagrama de Dependências Fig.7 Escolha de Análises - 4 -

5 IASK PROCEEDINGS Em, estreita colaboração com a empresa, estabeleceu-se um workflow de desenvolvimento de produto e reproduziu-se o mesmo através da aplicação desenvolvida.. Na figura 7 reproduz-se a interface de lançamento de um novo projecto onde como exemplo se mostram as análises que são possíveis de fazer para um produto. Nas figuras 8 e 9 mostra-se o modo de inserção desta informação. Fig. 10 Definição da Análise Técnica Fig. 8 Registo da Constituição de Produtos 3.3 Históricos Também era necessário registar as análises técnicas que se efectuavam aquando do desenvolvimento de produtos bem como registar as várias tarefas efectuadas. Toda esta informação é também registada e nas figuras 10 e 11 dão-se exemplos do registo deste tipo de informação. Era importante para a empresa que se mantivesse históricos de vária ordem. Fig. 11 Registo de Tarefas Efectuadas 3.4 Pesquisas e Relatórios Fig. 9 Informação Fabrico de Amostras Por exemplo, as várias tentativas de produção de protótipos deviam ficar registadas de modo a poder reproduzir mais tarde essas opções ou lembrar as opções de fabrico já tentadas. Assim, era importante registar-se a constituição dos produtos, não só finais mas as várias opções desenvolvidas ainda na fase de ensaio como também a inserção da informação referente ao fabrico de amostras. A necessidade de se consultar informação anteriormente registada quer do produto em produção quer de outros produtos já desenvolvidos e que poderiam fornecer informação útil ao produto ora em desenvolvimento, levou ao desenvolvimento de várias rotinas de pesquisa de informação de que se mostra um exemplo na figura 12. A aplicação também produz diversos relatórios nomeadamente sobre as características técnicas dos produtos desenvolvidos como se mostra na figura

6 ALVES, MONTEIRO E AL: SICOP SISTEMA DE INOVAÇÃO, CONTROLO E INOVAÇÃO DE PRODUTOS Fig. 12 Pesquisa de Informação 4 CONCLUSÕES A gestão do processo de desenvolvimento de produtos é de um modo geral uma tarefa complexa e muito sujeita a falhas que podem levar a ciclos de desenvolvimento mais prolongados do que o desejado o que pode levar a perdas de oportunidade comerciais significativas. Outra das implicações que um mau processo de desenvolvimento pode ter é levar a más opções de produção o que pode comcominamtemente levar a custos de produção bastante mais elevados do que os possíveis com a consequente aumento do preço de venda desses produtos e como tal uma pior aceitação do produto pelo mercado. A aplicação desenvolvida assiste de uma forma correcta e fácil de utilizar o ciclo de desenvolvimento de produtos por parte da empresa parceira neste projecto. Na fase actual de utilização da aplicação, já foi possível constatar muitas mais-valias obtidas com a utilização desta ferramenta. Fig. 13 Relatório Análise Características Técnicas do Produto Desenvolvido Célia Alves e Liliana Monteiro são estudantes graduados do Departamento de Engenharia Informática e de Sistemas do Instituto Superior de Engenharia do Instituto Politécnico de Coimbra. Fernanda Barbosa é Professora Adjunta do Departamento de Engenharia Informática e de Sistemas do Instituto Superior de Engenharia do Instituto Politécnico de Coimbra. Possui o Mestrado em Ciências da Computação. Ana Borges é Professora Adjunta do Departamento de Engenharia Informática e de Sistemas do Instituto Superior de Engenharia do Instituto Politécnico de Coimbra. Possui o Mestrado em Engenharia Informática e o Doutoramento em Engenharia Informática. Jorge Barbosa é Professor Adjunto do Departamento de Engenharia Informática e de Sistemas do Instituto Superior de Engenharia do Instituto Politécnico de Coimbra. Possui o Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores e o Doutoramento em Engenharia Electrotécnica e de Computadores. É Presidente da Comissão Científica do DEIS/ISEC

7 ERROR: undefined OFFENDING COMMAND: f ~ STACK:

SGAV Software de Gestão de Actividade de Vendedores

SGAV Software de Gestão de Actividade de Vendedores SGAV Software de Gestão de Actividade de Vendedores Luís Morgado, Pedro Sousa, Ana Borges, Fernanda Barbosa, Jorge Barbosa Resumo Descreve-se uma aplicação desenvolvida para o controlo, gestão e actividade

Leia mais

Base de Dados para Administrações de Condomínios

Base de Dados para Administrações de Condomínios Base de Dados para Administrações de Condomínios José Pedro Gaiolas de Sousa Pinto: ei03069@fe.up.pt Marco António Sousa Nunes Fernandes Silva: ei03121@fe.up.pt Pedro Miguel Rosário Alves: alves.pedro@fe.up.pt

Leia mais

PERIVER PLATAFORMA SOFTWARE REQUIREMENT SPECIFICATION. Periver_SoftwareRequirementSpecification_2008-03-31_v1.0.doc. Versão 1.0

PERIVER PLATAFORMA SOFTWARE REQUIREMENT SPECIFICATION. Periver_SoftwareRequirementSpecification_2008-03-31_v1.0.doc. Versão 1.0 PLATAFORMA Versão 1.0 31 de Março de 2008 TABELA DE REVISÕES Versão Autores Descrição da Versão Aprovadores Data António Rocha Cristina Rodrigues André Ligeiro V0.1r Dinis Monteiro Versão inicial António

Leia mais

PHC dteamcontrol Externo

PHC dteamcontrol Externo PHC dteamcontrol Externo A gestão remota de projectos e de informação A solução via Internet que permite aos seus Clientes participarem nos projectos em que estão envolvidos, interagindo na optimização

Leia mais

Office 2010 e SharePoint 2010: Produtividade Empresarial no Seu Melhor. Folha de Factos

Office 2010 e SharePoint 2010: Produtividade Empresarial no Seu Melhor. Folha de Factos Office 2010 e SharePoint 2010: Produtividade Empresarial no Seu Melhor Folha de Factos A informação contida neste documento representa a visão actual da Microsoft Corporation sobre os assuntos discutidos,

Leia mais

Direcção Regional de Educação do Algarve

Direcção Regional de Educação do Algarve MÓDULO 1 Folha de Cálculo 1. Introdução à folha de cálculo 1.1. Personalização da folha de cálculo 1.2. Estrutura geral de uma folha de cálculo 1.3. O ambiente de da folha de cálculo 2. Criação de uma

Leia mais

Desenvolvimento de uma Aplicação WEB para monitorização de BD Oracle

Desenvolvimento de uma Aplicação WEB para monitorização de BD Oracle Desenvolvimento de uma Aplicação WEB para monitorização de BD Oracle Luís Filipe Borges Pinto Resumo: Este projecto consiste na implementação de uma aplicação WEB para monitorização

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas Conceito As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas PÁG 02 Actualmente, face à crescente necessidade de integração dos processos de negócio, as empresas enfrentam o desafio de inovar e expandir

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

PHC dteamcontrol Interno

PHC dteamcontrol Interno O módulo PHC dteamcontrol Interno permite acompanhar a gestão de todos os projectos abertos em que um utilizador se encontra envolvido. PHC dteamcontrol Interno A solução via Internet que permite acompanhar

Leia mais

PHC dteamcontrol Interno

PHC dteamcontrol Interno PHC dteamcontrol Interno A gestão remota de projectos em aberto A solução via Internet que permite acompanhar os projectos em aberto em que o utilizador se encontra envolvido, gerir eficazmente o seu tempo

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade PHC dcrm DESCRITIVO O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente

Leia mais

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO DOMINE A 110% ACCESS 2010 A VISTA BACKSTAGE Assim que é activado o Access, é visualizado o ecrã principal de acesso na nova vista Backstage. Após aceder ao Access 2010, no canto superior esquerdo do Friso,

Leia mais

PHC ControlDoc BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez de encontrar um documento

PHC ControlDoc BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez de encontrar um documento Com o ControlDoc pode arquivar digitalmente todo o tipo de ficheiros (Imagens, Word, Excel, PDF, etc.) e relacioná-los com os dados existentes nas restantes aplicações. PHC ControlDoc Reduza os custos

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente o potencial da força

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. SISTEMAS DE GESTÃO DE BASE DE DADOS Microsoft Access TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. SISTEMAS DE GESTÃO DE BASE DE DADOS Microsoft Access TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Microsoft Access TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CONCEITOS BÁSICOS 1 Necessidade das base de dados Permite guardar dados dos mais variados tipos; Permite

Leia mais

GUIA PARA COMPRA ONLINE

GUIA PARA COMPRA ONLINE GUIA PARA COMPRA ONLINE www.tipsal.pt QUEM SOMOS A TIPSAL - Técnicas Industriais de Protecção e Segurança, Lda foi fundada em 1980. Somos uma empresa de capitais exclusivamente nacionais com sede social

Leia mais

GereComSaber. Disciplina de Desenvolvimento de Sistemas de Software. Sistema de Gestão de Serviços em Condomínios

GereComSaber. Disciplina de Desenvolvimento de Sistemas de Software. Sistema de Gestão de Serviços em Condomínios Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática 3ºAno Disciplina de Desenvolvimento de Sistemas de Software Ano Lectivo de 2009/2010 GereComSaber Sistema de

Leia mais

Software de gestão em tecnologia Web

Software de gestão em tecnologia Web Software de gestão em tecnologia Web As Aplicações de Gestão desenvolvidas em Tecnologia Web pela Mr.Net garantem elevados níveis de desempenho, disponibilidade, segurança e redução de custos. A Mr.Net

Leia mais

A solução de mobilidade que lhe permite aceder via Internet à gestão g comercial e facturação ç da sua empresa.

A solução de mobilidade que lhe permite aceder via Internet à gestão g comercial e facturação ç da sua empresa. Descritivo completo dnegócio 3 A solução de mobilidade que lhe permite aceder via Internet à gestão g comercial e facturação ç da sua empresa. Benefícios Consultar, alterar ou introduzir novos clientes;

Leia mais

Relatório de Estágio

Relatório de Estágio Instituto Politécnico da Guarda Curso de Especialização Tecnológica Desenvolvimento de Produtos de Multimédia Relatório de Estágio Sentido Comum Anabela Simão Rocha 1 Instituto Politécnico da Guarda Curso

Leia mais

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

PHC Mensagens SMS. Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHCMensagens SMS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso: ganhe

Leia mais

O aumento da força de vendas da empresa

O aumento da força de vendas da empresa PHC dcrm O aumento da força de vendas da empresa O enfoque total na actividade do cliente, através do acesso remoto à informação comercial, aumentando assim a capacidade de resposta aos potenciais negócios

Leia mais

» apresentação. WORKFLOW que significa?

» apresentação. WORKFLOW que significa? » apresentação WORKFLOW que significa? WORKFLOW não é mais que uma solução que permite sistematizar de forma consistente os processos ou fluxos de trabalho e informação de uma empresa, de forma a torná-los

Leia mais

Gestão de projectos na Web

Gestão de projectos na Web Gestão de projectos na Web Relatório de desenho de alto nível Versão 1.0, 5 de Maio de 2003 Telmo Pedro Gomes Amaral (mee02013@fe.up.pt) (Grupo 15) Aplicações na Web Mestrado em Engenharia Electrotécnica

Leia mais

TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ACCESS 2010 Conceitos Básicos Ficha Informativa Professor : Vanda Pereira módulo didáctico Conceitos Básicos Necessidade das base de dados Permite guardar dados

Leia mais

Rock In Rio - Lisboa

Rock In Rio - Lisboa Curso de Engenharia Informática Industrial Rock In Rio - Lisboa Elaborado por: Ano Lectivo: 2004/05 Tiago Costa N.º 4917 Turma: C Gustavo Graça Patrício N.º 4757 Turma: C Docente: Professora Maria Estalagem

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS (GRUPO INFORMÁTICA) Ano Letivo de 2014/2015 MÓDULO 1 FOLHA DE CÁLCULO

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS (GRUPO INFORMÁTICA) Ano Letivo de 2014/2015 MÓDULO 1 FOLHA DE CÁLCULO Ensino Regular Diurno Disciplina: T.I.C. Professores: Margarida Afonso Curso Profissional - Técnico de Auxiliar de Saúde Ano: 10.º Turma(s): TAS MÓDULO 1 FOLHA DE CÁLCULO OBJECTIVOS Indicar as principais

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS Planificação Anual da Disciplina de TIC Módulos 1,2,3-10.ºD CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA Ano Letivo 2015-2016 Manual adotado:

Leia mais

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade.

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Descritivo completo PHC dcrm Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Benefícios Acesso aos contactos

Leia mais

PONTNews Solução Comercial de e-marketing

PONTNews Solução Comercial de e-marketing PONTNews Solução Comercial de e-marketing Dossier de Produto DP010.03 02/01/2009 A Pontual A Pontual é uma empresa de capitais 100% nacionais, cuja principal actividade é implementação de Sistemas de Informação

Leia mais

Trabalhos Práticos. Programação II Curso: Engª Electrotécnica - Electrónica e Computadores

Trabalhos Práticos. Programação II Curso: Engª Electrotécnica - Electrónica e Computadores Trabalhos Práticos Programação II Curso: Engª Electrotécnica - Electrónica e Computadores 1. Objectivos 2. Calendarização 3. Normas 3.1 Relatório 3.2 Avaliação 4. Propostas Na disciplina de Programação

Leia mais

Procedimentos para a gestão da Intranet ECUM

Procedimentos para a gestão da Intranet ECUM Procedimentos para a gestão da Intranet ECUM Introdução 3 Grupos de Utilizadores 5 Gestão de perfis 6 Zona de "Documentos Reservados" 9 Inserir novos documentos 11 Alterar/Remover documentos 14 Zona de

Leia mais

PHC ControlDoc CS. ππ Empresas e organizações que desejem acabar com a circulação de papel BENEFÍCIOS SOLUCÃO DESTINATÁRIOS

PHC ControlDoc CS. ππ Empresas e organizações que desejem acabar com a circulação de papel BENEFÍCIOS SOLUCÃO DESTINATÁRIOS Com o PHC ControlDoc pode arquivar digitalmente todo o tipo de ficheiros (Imagens, Word, Excel, PDF, etc.) e relacioná-los com os dados existentes nas restantes aplicações. PHC ControlDoc CS Reduza os

Leia mais

PHC ControlDoc CS BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez na pesquisa de documentos. _Segurança detalhada no acesso aos documentos

PHC ControlDoc CS BENEFÍCIOS. _Fim do papel a circular na empresa. _Rapidez na pesquisa de documentos. _Segurança detalhada no acesso aos documentos Com o PHC ControlDoc pode arquivar digitalmente todo o tipo de ficheiros (Imagens, Word, Excel, PDF, etc.) e relacioná-los com os dados existentes nas restantes aplicações. PHC ControlDoc CS Reduza os

Leia mais

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 O Departamento de Informática (DI) da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) procura criar e estreitar

Leia mais

geas www.sensocomum.pt

geas www.sensocomum.pt geas Como uma aplicação online pode facilitar a gestão da minha associação + fácil fichas de sócio online + rápido consulta de cotas + controlo histórico de alteração dados Com uma ferramenta disponível

Leia mais

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas & 1 Índice 2 Introdução...3 3 A Plataforma de Curricula DeGóis...3 3.1 É utilizada porque...3 3.2 Com a utilização do DeGóis ganho...4 3.1

Leia mais

Escola Secundária de Camarate

Escola Secundária de Camarate Escola Secundária de Camarate Ano Lectivo 2014/2015 Planificação da Disciplina de Tecnologias da Informação e Comunicação Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde e Técnico de Restauração e Bar

Leia mais

A gestão comercial e financeira através da Internet

A gestão comercial e financeira através da Internet PHC dgestão A gestão comercial e financeira através da Internet A solução de mobilidade que permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos, documentos de facturação, encomendas, compras,

Leia mais

A solução ideal para criar um site público e dinâmico â com um visual profissional, sem necessidade de conhecimentos em HTML.

A solução ideal para criar um site público e dinâmico â com um visual profissional, sem necessidade de conhecimentos em HTML. Descritivo completo PHC dportal A solução ideal para criar um site público e dinâmico â com um visual profissional, sem necessidade de conhecimentos em HTML. Benefícios Actualização e manutenção simples

Leia mais

PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO

PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO ÍNDICE 11. PRESSUPOSTO BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO 25 NO ALENTEJO pág. 11.1. Um sistema regional de inovação orientado para a competitividade

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP SENDYS - Copyright 2007 SENDYS é uma marca proprietária da Readsystem, Lda. 2 Universo

Leia mais

Negócios à Sua dimensão

Negócios à Sua dimensão Negócios à Sua dimensão O seu Software de Gestão acompanha-o? O ArtSOFT pode ser a solução de gestão da sua empresa. O ArtSOFT Profissional permite o controlo total sobre a gestão da sua empresa, assegura

Leia mais

Construção de um WebSite. Luís Ceia

Construção de um WebSite. Luís Ceia Construção de um WebSite Para a construção de um WebSite convém ter-se uma planificação cuidada. Para tal podemos considerar seis etapas fundamentais: 1. Planeamento 2. Desenvolvimento de Conteúdos 3.

Leia mais

Criação de Páginas Web - MS Word 2000

Criação de Páginas Web - MS Word 2000 Gestão Comercial e da Produção Informática I 2003/04 Ficha de Trabalho N.º 9 Criação de Páginas Web - MS Word 2000 1. Criação de uma página Web (HTML): Escreva o seu texto e introduza as imagens pretendidas

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2015 / 2016

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2015 / 2016 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LECTIVO 2015 / 2016 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO Técnico de Eletrotecnia e Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos / 2015/2018 DISCIPLINA: Tecnologias da Informação e Comunicação

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

OFICIAL DA ORDEM MILITAR DE CRISTO MEDALHA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E BONS SERVIÇOS. Circular n.º 029/2014 PORTAL FPT Abertura aos atletas

OFICIAL DA ORDEM MILITAR DE CRISTO MEDALHA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E BONS SERVIÇOS. Circular n.º 029/2014 PORTAL FPT Abertura aos atletas Circular n.º 029/2014 PORTAL FPT Abertura aos atletas Exmo. Sr. Presidente, Após muitos meses de desenvolvimento e melhorias contínuas na nova plataforma informática onde se inclui o amplamente divulgado

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

A SÈTIMA. O nosso principal objectivo

A SÈTIMA. O nosso principal objectivo 03 A SÈTIMA A SÉTIMA produz soluções de software maioritariamente com recurso à WEB, de modo a dar suporte ao crescimento tecnológico que é já a maior realidade do século XXI. Esta aposta deve-se ao facto

Leia mais

Proposta de Estágio Ano letivo 2011 / 2012 Tema: SISMS - sistema integrado de suporte e monitorização para serviços comerciais

Proposta de Estágio Ano letivo 2011 / 2012 Tema: SISMS - sistema integrado de suporte e monitorização para serviços comerciais Proposta de Estágio Ano letivo 2011 / 2012 Tema: SISMS - sistema integrado de suporte e monitorização para serviços comerciais A Load Interactive A Load-Interactive Lda. é uma start-up tecnológica que

Leia mais

Diagrama de entidades relacionamentos (abordado anteriormente) Diagrama de Fluxo de Dados (DFD)

Diagrama de entidades relacionamentos (abordado anteriormente) Diagrama de Fluxo de Dados (DFD) Diagrama de entidades relacionamentos (abordado anteriormente) Prod_Forn N N 1 Stock 1 1 N Prod_Enc N 1 N 1 Fornecedor Movimento Encomenda Diagrama de Fluxo de Dados (DFD) Ferramenta de modelação gráfica,

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

O módulo dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre.

O módulo dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre. Descritivo completo PHC dmanager A solução ideal para monitorizar via Internet as áreas comercial e financeira da empresa e controlar as suas vendas, clientes e fornecedores, encomendas e stocks. Benefícios

Leia mais

PHC InterOp CS. O aumento da produtividade da área financeira

PHC InterOp CS. O aumento da produtividade da área financeira PHC InterOp CS O aumento da produtividade da área financeira A solução para o aumento significativo da produtividade da área financeira, através da execução simplificada e rápida de tarefas e operações

Leia mais

Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano

Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano ÍNDICE PASSAGEM DE DADOS / FECHO DE ANO... 1 Objectivo da função... 1 Antes de efectuar a Passagem de dados / Fecho de Ano... 1 Cópia de segurança da base de

Leia mais

Índice 1 INTRODUÇÃO...2 2 PESQUISA DE ENTIDADES...8 3 CRIAÇÃO DE ENTIDADES...12 4 DEPENDÊNCIAS...17 5 BANCOS, SEGURADORAS E CONSERVATÓRIAS...

Índice 1 INTRODUÇÃO...2 2 PESQUISA DE ENTIDADES...8 3 CRIAÇÃO DE ENTIDADES...12 4 DEPENDÊNCIAS...17 5 BANCOS, SEGURADORAS E CONSERVATÓRIAS... Índice 1 INTRODUÇÃO...2 1.1 JANELA ÚNICA DE ENTIDADES...3 1.2 PERMISSÕES POR UTILIZADOR...4 1.3 RESTRIÇÕES À VISUALIZAÇÃO/MANIPULAÇÃO...6 2 PESQUISA DE ENTIDADES...8 2.1 CRITÉRIOS DE PESQUISA...8 2.2 LISTA

Leia mais

Manual do GesFiliais

Manual do GesFiliais Manual do GesFiliais Introdução... 3 Arquitectura e Interligação dos elementos do sistema... 4 Configuração do GesPOS Back-Office... 7 Utilização do GesFiliais... 12 Outros modos de utilização do GesFiliais...

Leia mais

Manual de Utilizador. Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais. Escola Superior de Tecnologia. Instituto Politécnico de Castelo Branco

Manual de Utilizador. Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais. Escola Superior de Tecnologia. Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior de Tecnologia Instituto Politécnico de Castelo Branco Departamento de Informática Curso de Engenharia Informática Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais Ano Lectivo de 2005/2006

Leia mais

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação

A versão básica disponibiliza a informação criada no Microsoft Navision em unidades de informação O Business Analytics for Microsoft Business Solutions Navision ajuda-o a ter maior controlo do seu negócio, tomar rapidamente melhores decisões e equipar os seus funcionários para que estes possam contribuir

Leia mais

Gestão de Equipas de Vendas

Gestão de Equipas de Vendas Gestão de Equipas de Vendas Análise Comercial Business Intelligence Gestão de Desempenho Atinjo os meus objectivos comerciais? Quais os vendedores com melhor desempenho? A função comercial é o motor de

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal. Projecto Final

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal. Projecto Final Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Tecnologia de Setúbal Departamento de Sistemas e Informática Projecto Final Computação na Internet Ano Lectivo 2002/2003 Portal de Jogos Executado por:

Leia mais

Enunciado de apresentação do projecto

Enunciado de apresentação do projecto Engenharia de Software Sistemas Distribuídos 2 o Semestre de 2009/2010 Enunciado de apresentação do projecto FEARSe Índice 1 Introdução... 2 2 Cenário de Enquadramento... 2 2.1 Requisitos funcionais...

Leia mais

Engenharia de Software Sistemas Distribuídos

Engenharia de Software Sistemas Distribuídos Engenharia de Software Sistemas Distribuídos 2 o Semestre de 2007/2008 Requisitos para a 1 a entrega Loja Virtual 1 Introdução O enunciado base do projecto conjunto das disciplinas de Engenharia de Software

Leia mais

PHC dcontroldoc Interno e Externo

PHC dcontroldoc Interno e Externo PHC dcontroldoc Interno e Externo DESCRITIVO Com o PHC dcontroldoc o utilizador tem a possibilidade de aceder a diversos tipos de ficheiros (Imagens, Word, Excel, PDF) a partir de um local com acesso à

Leia mais

Desenvolvimento de Sistemas de Software

Desenvolvimento de Sistemas de Software Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática Desenvolvimento de Sistemas de Software Ano Lectivo de 2009/10 João Fernandes, João Gonçalves, José Pereira,

Leia mais

PHC dintranet. A gestão eficiente dos colaboradores da empresa

PHC dintranet. A gestão eficiente dos colaboradores da empresa PHC dintranet A gestão eficiente dos colaboradores da empresa A solução ideal para a empresa do futuro, que necessita de comunicar de modo eficaz com os seus colaboradores, por forma a aumentar a sua produtividade.

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC 10º C. Planificação de. Curso Profissional de Técnico de Secretariado

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC 10º C. Planificação de. Curso Profissional de Técnico de Secretariado Escola Básica e Secundária de Velas Planificação de TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC Curso Profissional de Técnico de Secretariado 10º C MÓDULO 1 FOLHA DE CÁLCULO Microsoft Excel Conteúdos

Leia mais

Arquitecturas de Software Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores

Arquitecturas de Software Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Arquitecturas de Software Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores Primeiro Teste 21 de Outubro de 2006, 9:00H 10:30H Nome: Número:

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo das Soluções de Gestão SENDYS 2 Universo das Soluções de Gestão SENDYS Financeira Recursos Humanos Operações & Logística

Leia mais

PHC dmanager. O controlo remoto constante da empresa

PHC dmanager. O controlo remoto constante da empresa Descritivo PHC dmanager PHC PHC dmanager O controlo remoto constante da empresa A solução ideal para monitorizar via Internet as áreas comercial e financeira da empresa e controlar as suas vendas, clientes

Leia mais

GUIA DE CURSO. Tecnologia em Sistemas de Informação. Tecnologia em Desenvolvimento Web. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

GUIA DE CURSO. Tecnologia em Sistemas de Informação. Tecnologia em Desenvolvimento Web. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas PIM PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO COM O MERCADO GUIA DE CURSO Tecnologia em Sistemas de Informação Tecnologia em Desenvolvimento Web Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Tecnologia em Sistemas

Leia mais

Mobile Business. Your sales on the move.

Mobile Business. Your sales on the move. Pág/02 O PRIMAVERA é um produto destinado a empresas que utilizem processos de auto-venda e/ou pré-venda com Equipas de Vendas que necessitem de um conjunto de informação e funcionalidades avançadas, disponíveis

Leia mais

Relatório de Estágio

Relatório de Estágio ÍNDICE 1. Descrição da empresa 2. Descrição do problema 2.1 Subcontratação da produção 2.2 Relacionamento da empresa 2.3 Dois departamentos de qualidade 2.4 Inspecções actualmente efectuadas 2.5 Não conformidades

Leia mais

GereComSaber. Desenvolvimento de Sistemas de Software. Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática

GereComSaber. Desenvolvimento de Sistemas de Software. Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática Universidade do Minho Conselho de Cursos de Engenharia Licenciatura em Engenharia Informática Desenvolvimento de Sistemas de Software Ano Lectivo de 2009/10 GereComSaber Ana Duarte, André Guedes, Eduardo

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE A EQUIPA DO PTE 2009/2010 Índice 1. Entrar na plataforma Moodle 3 2. Editar o Perfil 3 3. Configurar disciplina 4 3.1. Alterar definições 4 3.2. Inscrever alunos

Leia mais

A PARO QUIA WEB. Inscrições Online PAROQUIANO

A PARO QUIA WEB. Inscrições Online PAROQUIANO A PARO QUIA WEB Inscrições Online PAROQUIANO Manual do processo de Inscrições Online nomeadamente de: Baptismo, Processo de Casamentos e inscrições na Catequese. Índice Introdução... 2 Registo... 3 Registo

Leia mais

PHC dteamcontrol Externo

PHC dteamcontrol Externo PHC dteamcontrol Externo A gestão remota de projetos e de informação A solução via Internet que permite aos seus Clientes participarem nos projetos em que estão envolvidos, interagindo na otimização dos

Leia mais

Ajuda: Pesquisa Web na base de dados Digitarq

Ajuda: Pesquisa Web na base de dados Digitarq Ajuda: Pesquisa Web na base de dados Digitarq A pesquisa Web nos oferece duas principais possibilidades, a saber: 1) Pesquisa simples e 2) Pesquisa avançada 1) Pesquisa simples O interface da pesquisa

Leia mais

A solução para consultar e introduzir documentos, imagens e outros ficheiros a partir de um local com acesso à Internet.

A solução para consultar e introduzir documentos, imagens e outros ficheiros a partir de um local com acesso à Internet. dcontroldoc Interno e Externo Descritivo completo A solução para consultar e introduzir documentos, imagens e outros ficheiros a partir de um local com acesso à Internet. Benefícios Facilidade em pesquisar

Leia mais

PHC dsuporte Interno. ππ Reportar o fecho de pedidos. remotamente ππ Consulta da agenda do técnico. ππ Equipamentos e Instalações

PHC dsuporte Interno. ππ Reportar o fecho de pedidos. remotamente ππ Consulta da agenda do técnico. ππ Equipamentos e Instalações PHC dsuporte Interno DESCRITIVO O módulo PHC dsuporte Interno é uma ferramenta essencial para o técnico gerir o seu dia-a-dia, que permite desempenhar um melhor serviço aos clientes, aumentar o know-how

Leia mais

3 ao Quadrado - Agenda Web

3 ao Quadrado - Agenda Web 3 ao Quadrado - Agenda Web Relatório de Gestão de Projectos de Software - Grupo A - LEIC 2001/2002 http://gnomo.fe.up.pt/gps01a João Montenegro - ei97023@fe.up.pt André Teixeira - ei97024@fe.up.pt Carlos

Leia mais

PHC dsuporte Externo. ππ Aumentar a satisfação dos seus clientes. ππ Aumentar a velocidade de resposta dos pedidos

PHC dsuporte Externo. ππ Aumentar a satisfação dos seus clientes. ππ Aumentar a velocidade de resposta dos pedidos PHC dsuporte Externo DESCRITIVO O módulo PHC dsuporte Externo permite prestar assistência técnica pós-venda, aumentar de forma significativa a eficiência e a qualidade do serviço, o que resulta na maior

Leia mais

Trabalho de Desenvolvimento de Sistemas de Software GereComSaber 1ª Fase

Trabalho de Desenvolvimento de Sistemas de Software GereComSaber 1ª Fase Trabalho de Desenvolvimento de Sistemas de Software GereComSaber 1ª Fase Paulo Rui Lopes Pereira da Silva nº 47049 Luana Georgia Lopes Telha nº 49379 Luis Miguel Ferreira Rosa nº 51784 1 Índice 1. INTRODUÇÃO...3

Leia mais

PHC dsuporte Interno BENEFÍCIOS. _Help-Desk e suporte pósvenda

PHC dsuporte Interno BENEFÍCIOS. _Help-Desk e suporte pósvenda PHC dsuporte Interno DESCRITIVO O módulo PHC dsuporte Interno é uma ferramenta essencial para o técnico gerir o seu dia-a-dia, que permite desempenhar um melhor serviço aos clientes, aumentar o know-how

Leia mais

Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida

Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida Utilizar o Microsoft Offi ce OneNote 2003: Iniciação rápida Utilizar a iniciação ao OneNote 1 O MICROSOFT OFFICE ONENOTE 2003 OPTIMIZA A PRODUTIVIDADE AO PERMITIR QUE OS UTILIZADORES CAPTEM, ORGANIZEM

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE EDUCAÇÃO MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMÁTICA EDUCACIONAL Internet e Educação Ensaio: A Web 2.0 como ferramenta pedagógica

Leia mais

Junte-se a uma empresa sólida no nosso mercado, assumindo a função de Programador Web.

Junte-se a uma empresa sólida no nosso mercado, assumindo a função de Programador Web. Programador Web (m/f) Junte-se a uma empresa sólida no nosso mercado, assumindo a função de Programador Web. Integrado na equipa de desenvolvimento será responsável pelo desenvolvimento de aplicações web.

Leia mais

MÓDULO 1 - Folha de Cálculo

MÓDULO 1 - Folha de Cálculo ANUAL ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso Profissional de Técnico de Apoio à Gestão Desportiva Curso Profissional de Técnico de Restauração Cozinha - Pastelaria Disciplina de Tecnologias da Informação e Comunicação

Leia mais

PHC dpessoal. ππ Gestão de Funcionários. ππ Registo de faltas e horas

PHC dpessoal. ππ Gestão de Funcionários. ππ Registo de faltas e horas PHC dpessoal DESCRITIVO Com o PHC dpessoal o funcionário tem acesso a visualizar e a introduzir diversos dados relacionados com as suas faltas, férias, despesas ou outros assuntos relativos ao Departamento

Leia mais

Rentabilize a sua assistência pós-venda e, em simultâneo, surpreenda os seus clientes com o seu profissionalismo

Rentabilize a sua assistência pós-venda e, em simultâneo, surpreenda os seus clientes com o seu profissionalismo PHC Suporte CS DESCRITIVO O PHC Suporte CS permite a qualquer empresa com assistência a clientes pós-venda, gerir todo o seu parque instalado, a actividade de suporte ao público e a performance e produtividade

Leia mais

A gestão completa dos seus recursos humanos

A gestão completa dos seus recursos humanos PHC Recursos Humanos CS DESCRITIVO Optimize a selecção e recrutamento, proceda à correcta descrição de funções, execute as avaliações de desempenho e avalie as acções de formação. PHC Recursos Humanos

Leia mais

Apresentação de Solução

Apresentação de Solução Apresentação de Solução Solução: Gestão de Altas Hospitalares Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros,

Leia mais

E- Marketing - Estratégia e Plano

E- Marketing - Estratégia e Plano E- Marketing - Estratégia e Plano dossier 2 http://negocios.maiadigital.pt Indíce 1 E-MARKETING ESTRATÉGIA E PLANO 2 VANTAGENS DE UM PLANO DE MARKETING 3 FASES DO PLANO DE E-MARKETING 4 ESTRATÉGIAS DE

Leia mais

Engenharia de Software Sistemas Distribuídos. 2º Semestre, 2007/2008. Departamento Engenharia Informática. Enunciado do projecto: Loja Virtual

Engenharia de Software Sistemas Distribuídos. 2º Semestre, 2007/2008. Departamento Engenharia Informática. Enunciado do projecto: Loja Virtual Engenharia de Software Sistemas Distribuídos 2º Semestre, 2007/2008 Departamento Engenharia Informática Enunciado do projecto: Loja Virtual Fevereiro de 2008 Índice Índice...2 Índice de Figuras...3 1 Introdução...4

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais