Trabalho e Educação 68 horas. Universidade Estadual de Ponta Grossa Curso de Pedagogia 4º ano Professora Gisele Masson

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Trabalho e Educação 68 horas. Universidade Estadual de Ponta Grossa Curso de Pedagogia 4º ano Professora Gisele Masson"

Transcrição

1 Trabalho e Educação 68 horas Universidade Estadual de Ponta Grossa Curso de Pedagogia 4º ano Professora Gisele Masson

2 EMENTA DA DISCIPLINA - Trabalho como fundamento do ser social. - Trabalho nas diferentes sociedades. - A organização da sociedade capitalista pelo trabalho e suas implicações na educação. - Processo de reestruturação produtiva (acumulação flexível) e suas repercussões na educação brasileira. - A organização do trabalho na sociedade capitalista e suas implicações no trabalho escolar.

3 UNIDADE 1 TRABALHO COMO FUNDAMENTO DO SER SOCIAL

4 UNIDADE 1 TRABALHO COMO FUNDAMENTO DO SER SOCIAL -Afunçãodotrabalhonasociedade. - Elementos essenciais do trabalho no sentido ontológico: prévia-ideação, objetivação e generalização. - Diferenças e relações entre trabalho e educação na perspectiva ontológica.

5 UNIDADE 2 TRABALHO NAS DIFERENTES SOCIEDADES

6 UNIDADE 2 TRABALHO NAS DIFERENTES SOCIEDADES - O trabalho na sociedade primitiva - O trabalho nas sociedades escravistas - O trabalho na sociedade feudal

7 UNIDADE 3 A ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CAPITALISTA PELO TRABALHO E SUAS IMPLICAÇÕES NA EDUCAÇÃO

8 UNIDADE 3 A ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CAPITALISTA PELO TRABALHO E SUAS IMPLICAÇÕES NA EDUCAÇÃO - O trabalho na sociedade capitalista: relação entre capital e trabalho; trabalho assalariado; mercadoria; propriedade privada; luta de classes. - A organização do trabalho na sociedade capitalista e suas influências na educação (em geral), em especial na instituição escola.

9 UNIDADE 4 PROCESSO DE REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA (ACUMULAÇÃO FLEXÍVEL) E SUAS REPERCUSSÕES NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA

10 UNIDADE 4 PROCESSO DE REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA (ACUMULAÇÃO FLEXÍVEL) E SUAS REPERCUSSÕES NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA - Taylorismo. -Fordismo. - Reestruturação produtiva no mundo: influências do Toyotismo. - Especificidades da reestruturação produtiva no Brasil. - Influências da reestruturação produtiva na educação brasileira.

11 UNIDADE 5 A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO NA SOCIEDADE CAPITALISTA E SUAS IMPLICAÇÕES NO TRABALHO ESCOLAR

12 UNIDADE 5 A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO NA SOCIEDADE CAPITALISTA E SUAS IMPLICAÇÕES NO TRABALHO ESCOLAR - Implicações da organização do trabalho, na atualidade, na atividade educativa escolar. - Limites e possibilidades da educação na sociedade capitalista.

13 METODOLOGIA - Aulas expositivas -Debates - Leitura crítica de textos - Trabalhos individuais e em grupo -Exibição e análise de filmes

14 REFERÊNCIAS ALVES, G. Trabalho e subjetividade: o espírito do toyotismona era do capitalismo manipulatório. São Paulo: Boitempo, ANTUNES, R. Adeus ao trabalho:ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do mundo do trabalho. São Paulo: Cortez; Campinas, SP: Editora da Universidade Estadual de Campinas, (Org.). A dialética do trabalho: Escritos de Marx e Engels. São Paulo: Expressão Popular, Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, O continente do labor. São Paulo: Boitempo, BATISTA, E. L.; NOVAES, H. Trabalho, educação e reprodução social: as contradições do capital no século XXI. Bauru, SP: Canal 6, BERTOLDO, E.; MOREIRA, L. A. L.; JIMENEZ, S. (Orgs.). Trabalho, educação e formação humana frente à necessidade histórica da revolução. São Paulo: Instituto Lukács, GOUNET, T. Fordismo e toyotismo na civilização do automóvel. São Paulo: Boitempo, GRAMSCI, A. Americanismo e fordismo. In:. Cadernos do Cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001, vol. 4. HARVEY, D. Do Fordismoà Acumulação Flexível. In:. A condição pós-moderna.são Paulo: Edições Loyola, 1992.

15 LESSA, S. Para compreender a ontologia de Lukács. 3. ed. Ijuí: Unijuí, Trabalho e proletariado no capitalismo contemporâneo. São Paulo: Cortez, LUKÁCS, G. Prolegômenos para uma ontologia do ser social. São Paulo: Boitempo, Para uma ontologia do ser social I. São Paulo: Boitempo, MAGALHÃES, B.; BERTOLDO, E.(Orgs.). Trabalho, Educação e Formação Humana. Maceió: EDUFAL/PPGE/CEDU, MARX, K. O capital: crítica da economia política. São Paulo: Abril Cultural, 1983, Vol. 1, Tomo 1.. Contribuição à crítica da economia política. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, Manuscritos econômico-filosóficos. São Paulo: Boitempo, MASSON, G.; DARCOLETO, C. A. S. A importância da centralidade do trabalho na educação como mediação para uma nova forma de sociabilidade. Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 24, n. 2, p , mai-ago MASSON, G. Trabalho, educação e reprodução em Lukács. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Salvador, v. 7, n. 2, p , dez NETTO, J. P.; BRAZ, M. Economia Política: uma introdução crítica. São Paulo: Cortez, SANTOS NETO, A. B. Trabalho e Tempo de Trabalho na perspectiva marxiana. São Paulo: Instituto Lukács, TONET, I. Educação contra o capital. Maceió: EDUFAL, 2007.

16 Créditos das fotos: Sebastião Salgado, Livro Trabalhadores.

PLANO DE ENSINO ETIM DADOS DA DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO ETIM DADOS DA DISCIPLINA PLANO DE ENSINO ETIM Nome da Disciplina: Sociologia IV Curso: Período: 4º ano Carga Horária: 2 a/s - 40 h/a 33 h/r Docente Responsável: DADOS DA DISCIPLINA EMENTA Significado do mundo do trabalho na construção

Leia mais

PLANO DE CURSO. 1. Apresentar a emergência da teoria social de Marx e da tradição sociológica, discutindo os traços pertinentes destas duas vertentes.

PLANO DE CURSO. 1. Apresentar a emergência da teoria social de Marx e da tradição sociológica, discutindo os traços pertinentes destas duas vertentes. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL CURSO DE MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL Disciplina: Teorias Sociais

Leia mais

A PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO DO PROFESSOR DE EDUCAÇAO FÍSICA: NECESSIDADES PARA ALÉM DA SOCIEDADE DO CAPITAL

A PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO DO PROFESSOR DE EDUCAÇAO FÍSICA: NECESSIDADES PARA ALÉM DA SOCIEDADE DO CAPITAL A PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO DO PROFESSOR DE EDUCAÇAO FÍSICA: NECESSIDADES PARA ALÉM DA SOCIEDADE DO CAPITAL FERREIRA, Raissa Louany Cunha raialou@hotmail.com SILVA, Elizandra Garcia UFAM elizandragarcia@hotmail.com

Leia mais

Referências bibliográficas

Referências bibliográficas Referências bibliográficas Élidi Cristina Tinti SciELO Books / SciELO Livros / SciELO Libros TINTI, ÉC. Referências bibliográficas. In: Capitalismo, trabalho e formação profissional: dilemas do trabalho

Leia mais

O TRABALHO NA DIALÉTICA MARXISTA: UMA PERSPECTIVA ONTOLÓGICA.

O TRABALHO NA DIALÉTICA MARXISTA: UMA PERSPECTIVA ONTOLÓGICA. O TRABALHO NA DIALÉTICA MARXISTA: UMA PERSPECTIVA ONTOLÓGICA. SANTOS, Sayarah Carol Mesquita UFAL sayarahcarol@hotmail.com INTRODUÇÃO Colocamo-nos a fim de compreender o trabalho na dialética marxista,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA CONCEPÇÃO ONTOLÓGICA PARA A TEORIA DO ESTADO

A IMPORTÂNCIA DA CONCEPÇÃO ONTOLÓGICA PARA A TEORIA DO ESTADO A IMPORTÂNCIA DA CONCEPÇÃO ONTOLÓGICA PARA A TEORIA DO ESTADO Maria Edna Bertoldo UFAL edna_bertoldo@hotmail.com Mário André Pacifico UFAL macp_crvg@hotmail.com RESUMO O objetivo desse artigo é analisar

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 COMUNICAÇÃO SOCIAL HAB: JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO 041.3101.0 SOCIOLOGIA MODERNA 1ª 02 34 1º/2009 PROFESSOR (A) OBJETIVOS ANDRÉ

Leia mais

Disciplina: Tendências Teórico-Metodológicas do Serviço Social na Contemporaneidade

Disciplina: Tendências Teórico-Metodológicas do Serviço Social na Contemporaneidade Disciplina: Tendências Teórico-Metodológicas do Serviço Social na Contemporaneidade Código: SSO- Semestre: 2013.1 Créditos: 04 - Carga Horária: 60 hs Horário 6ª feira 08:20 11:50hs. Professores: Hélder

Leia mais

DESAFIOS DOS ESTUDOS CURRICULARES CRÍTICOS:

DESAFIOS DOS ESTUDOS CURRICULARES CRÍTICOS: DESAFIOS DOS ESTUDOS CURRICULARES CRÍTICOS: RETOMADA DOS DIÁLOGOS COM OS MARXISMOS NO SÉCULO XXI Christiane Caetano M. Fernandes PPGEdu/UFMS DESAFIOS DOS ESTUDOS CURRICULARES CRÍTICOS: RETOMADA DOS DIÁLOGOS

Leia mais

5 Referências Bibliográficas

5 Referências Bibliográficas 74 5 Referências Bibliográficas ANTUNES, Ricardo. Os Sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 1999.. A Dialética do Trabalho. São Paulo: Expressão Popular,

Leia mais

ECONOMIA POLÍTICA MATERIAL PREPARADO PARA A DISCIPLINA DE ECONOMIA POLÍTICA, PROFESSORA CAMILA MANDUCA.

ECONOMIA POLÍTICA MATERIAL PREPARADO PARA A DISCIPLINA DE ECONOMIA POLÍTICA, PROFESSORA CAMILA MANDUCA. ECONOMIA POLÍTICA AULA BASEADA NO CAPÍTULO 3 PRODUÇÃO DE MERCADORIAS E MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA, DO LIVRO ECONOMIA POLÍTICA- UMA INTRODUÇÃO CRÍTICA, DE JOSÉ PAULO NETTO E MARCELO BRAZ MATERIAL PREPARADO

Leia mais

CONTEÚDOS EXIN SERVIÇO SOCIAL

CONTEÚDOS EXIN SERVIÇO SOCIAL CONTEÚDOS EXIN 2016.2 4MA E 4NA DISCIPLINA CONTEÚDO DISCIPLINAS CUMULATIVAS -Etapas do processo de trabalho: Elementos constitutivos. - O significado do Serviço Social na divisão social e técnica do trabalho;

Leia mais

COORDENADOR DO PROJETO / CURSO ASSINATURA

COORDENADOR DO PROJETO / CURSO ASSINATURA DE DISCIPLINA Políticas educacionais na contemporaneidade C. HORÁRIA CRÉDITOS D I S T R I B U I Ç Ã O D E C A R G A H O R Á R I A TOTAL A educação escolar como setor de atuação do Estado. Sistemas de ensino,

Leia mais

DISCIPLINA: TRABALHO E SOCIEDADE

DISCIPLINA: TRABALHO E SOCIEDADE DISCIPLINA: TRABALHO E SOCIEDADE Universidade Federal de Alagoas Instituto de Ciências Sociais / Curso de Ciências Sociais Programa de Pós-Graduação em Sociologia Disciplina eletiva: Trabalho e Sociedade

Leia mais

INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h

INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA Disciplina: INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h Professor: Prof. Dr. Sergio B. F. Tavolaro sergiotavolaro@unb.br

Leia mais

Isadora Barreto Paiva Josefa Jackline Rabelo Susana Vasconcelos Jimenez

Isadora Barreto Paiva Josefa Jackline Rabelo Susana Vasconcelos Jimenez A EMANCIPAÇÃO HUMANA: UM PARALELO ENTRE O CONCEITO DEFENDIDO PELA PEDAGOGIA RADICAL DE GIROUX E MCLAREN VERSUS A SUA REAL POSSIBILIDADE SOBRE AS BASES DA TEORIA DE MARX E LUKÁCS 1 Isadora Barreto Paiva

Leia mais

INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS QUE REGULAMENTAM O CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DE MAGISTÉRIO SUPERIOR. Campus do Mucuri

INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS QUE REGULAMENTAM O CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DE MAGISTÉRIO SUPERIOR. Campus do Mucuri INSTRUÇÕES ESPECÍFICAS QUE REGULAMENTAM O CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DE MAGISTÉRIO SUPERIOR Campus do Mucuri CATEGORIA FUNCIONAL: Professor Ensino Superior. CLASSE: Professor Classe A Assistente A

Leia mais

O TRABALHO E A ORIGEM DO HOMEM EM SOCIEDADE: UMA ANÁLISE ATRAVÉS DA FILOSOFIA DE MARX E LUKÁCS

O TRABALHO E A ORIGEM DO HOMEM EM SOCIEDADE: UMA ANÁLISE ATRAVÉS DA FILOSOFIA DE MARX E LUKÁCS 79 Ângelo Antônio Macedo Leite O TRABALHO E A ORIGEM DO HOMEM EM SOCIEDADE: UMA ANÁLISE ATRAVÉS DA FILOSOFIA DE MARX E LUKÁCS Ângelo Antônio Macêdo Leite 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS Na perspectiva lukácsiana,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA: DESAFIOS À EDUCAÇÃO

TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA: DESAFIOS À EDUCAÇÃO TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA: DESAFIOS À EDUCAÇÃO MARCOCCIA, Patrícia Correia de Paula Marcoccia UEPG pa.tyleo12@gmailcom PEREIRA, Maria de Fátima Rodrigues UTP maria.pereira@utp.br RESUMO:

Leia mais

Educação e ensino na obra de Marx e Engels 1 Education and training in the work of Marx and Engels

Educação e ensino na obra de Marx e Engels 1 Education and training in the work of Marx and Engels Resenha Educação e ensino na obra de Marx e Engels 1 Education and training in the work of Marx and Engels José Claudinei LOMBARDI (AUTOR) 2 Cláudio Rodrigues da SILVA 3 O livro Educação e ensino na obra

Leia mais

ECONOMIA POLÍTICA MATERIAL PREPARADO PARA A DISCIPLINA DE ECONOMIA POLÍTICA, PROFESSORA CAMILA MANDUCA.

ECONOMIA POLÍTICA MATERIAL PREPARADO PARA A DISCIPLINA DE ECONOMIA POLÍTICA, PROFESSORA CAMILA MANDUCA. ECONOMIA POLÍTICA AULA BASEADA NO CAPÍTULO 2 CATEGORIAS DA CRÍTICA DA ECONOMIA POLÍTICA, DO LIVRO ECONOMIA POLÍTICA- UMA INTRODUÇÃO CRÍTICA, DE JOSÉ PAULO NETTO E MARCELO BRAZ MATERIAL PREPARADO PARA A

Leia mais

PROCESSO DE TRABALHO E REPRODUÇÃO SOCIAL: MARCO TEÓRICO E COMPREENSÕES NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO

PROCESSO DE TRABALHO E REPRODUÇÃO SOCIAL: MARCO TEÓRICO E COMPREENSÕES NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO PROCESSO DE TRABALHO E REPRODUÇÃO SOCIAL: MARCO TEÓRICO E COMPREENSÕES NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Gabriela Nogueira Eduardo Alessandra Gomes de Sousa E-mail: gabrielanogueira02@hotmail.com Graduandas do

Leia mais

PARA ALÉM DO IDEALISMO E DA TEORIA CRÍTICO-REPRODUTIVISTA: ANÁLISE MARXISTA DOS LIMITES DA EDUCAÇÃO ESCOLAR NA ORDEM DO CAPITAL

PARA ALÉM DO IDEALISMO E DA TEORIA CRÍTICO-REPRODUTIVISTA: ANÁLISE MARXISTA DOS LIMITES DA EDUCAÇÃO ESCOLAR NA ORDEM DO CAPITAL PARA ALÉM DO IDEALISMO E DA TEORIA CRÍTICO-REPRODUTIVISTA: ANÁLISE MARXISTA DOS LIMITES DA EDUCAÇÃO ESCOLAR NA ORDEM DO CAPITAL SILVA, Renalvo Cavalcante Instituto Federal de Alagoas renalvo.pedagogoifal@gmail.com

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FE-191 Seminário I: Leituras Marxistas, Turma C Leituras da obra de Marx e Engels 1 º Semestre de 2011 Prof. Dr. José Claudinei

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA CÓDIGO: CHF217 DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA I CARGA HORÁRIA: 60H EMENTA:

Leia mais

MAIS-VALIA ABSOLUTA E MAIS-VALIA RELATIVA

MAIS-VALIA ABSOLUTA E MAIS-VALIA RELATIVA MAIS-VALIA ABSOLUTA E MAIS-VALIA RELATIVA DRª GISELE MASSON PPGE - UEPG Slides produzidos a partir de trechos da obra referenciada. PROCESSO DE E PRODUÇÃO DE VALOR (p. 220, cap.v) OBJETO DE 10 quilos de

Leia mais

Disciplina: EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO

Disciplina: EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO Disciplina: EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Programa Preliminar Profas. Dras. Eunice

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE ENSINO CIÊNCIAS JURÍDICAS E ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL ANEXO I.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE ENSINO CIÊNCIAS JURÍDICAS E ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL ANEXO I. Plano de Ensino Universidade Federal do Espírito Santo Campus: Goiabeiras Curso: Serviço Social Departamento Responsável: Serviço Social Data de Aprovação (Art. nº 91): Docente responsável: Fabiola Xavier

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 1º 1. Identificação Código 1.1. Disciplina: FUNDAMENTOS DE SOCIOLOGIA 0560076 1.2.

Leia mais

Imperialismo. Estudo dos Capítulos 9 e 10 da obra Economia Política: uma introdução Crítica para o Curso de Economia Política

Imperialismo. Estudo dos Capítulos 9 e 10 da obra Economia Política: uma introdução Crítica para o Curso de Economia Política uma introdução Crítica para o Curso de Economia Política Rosa Luxemburgo Vladimir Lênin Nikolai Bukharin capitalismo mobilidade e transformação atividade econômica desenvolvimento das forças produtivas

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO 2010

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO 2010 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO 2010 Programa: Pós-Graduação stricto sensu em Educação/PPGE Área de Concentração: Sociedade,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS - FAFICH DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - COM

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS - FAFICH DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - COM Disciplina: Teorias da Comunicação Código: COM663 Turma: Carga horária: 60 horas/aula Créditos: 04 (quatro) Classificação: OB Curso: Comunicação Social Pré-requisito: COM027 Período Letivo: 2017/1 Aulas:

Leia mais

Teorias socialistas. Capítulo 26. Socialismo aparece como uma reação às péssimas condições dos trabalhadores SOCIALISMO UTÓPICO ROBERT OWEN

Teorias socialistas. Capítulo 26. Socialismo aparece como uma reação às péssimas condições dos trabalhadores SOCIALISMO UTÓPICO ROBERT OWEN Capítulo 26 Socialismo aparece como uma reação às péssimas condições dos trabalhadores A partir de 1848, o proletariado procurava expressar sua própria ideologia As novas teorias exigiam a igualdade real,

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 2S/ FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS

PLANO DE ENSINO - 2S/ FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS PLANO DE ENSINO - 2S/2010 - FACULDADE DE GESTÃO E NEGÓCIOS CURSO: CIÊNCIAS ECONÔMICAS TURNO: NOTURNO DISCIPLINA: DESENVOLVIMENTO SÓCIO ECONÔMICO SEMESTRE: 4º N DE CRÉDITOS: 04 CARGA HORÁRIA: 68 HS/AULAS

Leia mais

Bibliografia Utilizada

Bibliografia Utilizada Bibliografia Utilizada ALTHUSSER, Louis. Pour Marx. Paris: François Maspero, 1965. ANDERSON, Perry. Considerações sobre o marxismo ocidental. São Paulo: Editora Brasiliense, 1976.. O fim da história: de

Leia mais

1.4 OS PRESSUPOSTOS TEÓRICO-FILOSÓFICOS E A NOVA PAUTA HERMENTÊNTICA DO DIREITO DO TRABALHO CONTEMPORÂNEO. A

1.4 OS PRESSUPOSTOS TEÓRICO-FILOSÓFICOS E A NOVA PAUTA HERMENTÊNTICA DO DIREITO DO TRABALHO CONTEMPORÂNEO. A DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO CONHECIMENTO JURÍDICO- TRABALHISTA PROFESSOR: Prof. Dr. Everaldo Gaspar Lopes de Andrade CARGA HORÁRIA: 04 créditos 60h/aula 1. EMENTA 1. A HISTÓRIA DO TRABALHO HUMANO. DO APOGEU

Leia mais

AS NOVAS FACES DO CAPITALISMO NO SÉCULO XXI E O MOVIMENTO SINDICAL NO BRASIL

AS NOVAS FACES DO CAPITALISMO NO SÉCULO XXI E O MOVIMENTO SINDICAL NO BRASIL AS NOVAS FACES DO CAPITALISMO NO SÉCULO XXI E O MOVIMENTO SINDICAL NO BRASIL OS SINDICATOS EXISTIRÃO ATÉ O FIM DO SÉCULO XXI? A Centralidade do Trabalho no Marxismo Clássico Objetivos: Apresentar teorização

Leia mais

TEORIA DO CONHECIMENTO E EPISTEMOLOGIA NA PESQUISA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

TEORIA DO CONHECIMENTO E EPISTEMOLOGIA NA PESQUISA EM EDUCAÇÃO FÍSICA 1 TEORIA DO CONHECIMENTO E EPISTEMOLOGIA NA PESQUISA EM EDUCAÇÃO FÍSICA Allan Smith Lima LEPEL-UFPA/ESMAC-PA allan_smith_lima@hotmail.com Gabriel Pereira Paes Neto LEPEL-UFPA/ESMAC-PA/SEDUC-PA gabrieledfisica@hotmail.com

Leia mais

NOTAS APROXIMATIVAS SOBRE A CENTRALIDADE DO TRABALHO NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA

NOTAS APROXIMATIVAS SOBRE A CENTRALIDADE DO TRABALHO NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA NOTAS APROXIMATIVAS SOBRE A CENTRALIDADE DO TRABALHO NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA Lucilene Alves Pereira 1 Kênia Raísse Borges Lima 2 Francisca Alves Pereira 3 Maria Aparecida Nunes 4 RESUMO Este estudo

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO 2º ANO

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO 2º ANO PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR : HISTÓRIA Curso: TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA INTEGRADO Série/Período: 2º ANO Carga Horária: 40 h/a (33 h/r) Docente Responsável:

Leia mais

Introdução. Curso de Economia Política. A Guerra do Fogo Jean Jacques Annaud, 1981

Introdução. Curso de Economia Política. A Guerra do Fogo Jean Jacques Annaud, 1981 Estudo da obra : uma introdução crítica Netto e Braz, 2006 Introdução : da origem à crítica marxiana Capítulo 1 Trabalho, sociedade e valor Capítulo 2 Categorias (da Crítica) da Exibição do filme 28 de

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Flávia de Mattos Motta

PLANO DE ENSINO. Flávia de Mattos Motta Universidade do Estado de Santa Catarina UDESCCentro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: Departamento de Ciências Humanas ANO/SEMESTRE 2013.2 CURSO: Pedagogia FASE: 2ª

Leia mais

Parte 1. Capítulo 1 - O trabalho como fundamento do ser social e a educação como práxis social. Gisele Masson

Parte 1. Capítulo 1 - O trabalho como fundamento do ser social e a educação como práxis social. Gisele Masson Parte 1 Capítulo 1 - O trabalho como fundamento do ser social e a educação como práxis social Gisele Masson SciELO Books / SciELO Livros / SciELO Libros MASSON, G. O trabalho como fundamento do ser social

Leia mais

Ricardo Antunes. Os Sentidos do Trabalho: Ensaio sobre a afirmação e negação do trabalho. Coimbra: CES/Almedina, 2013

Ricardo Antunes. Os Sentidos do Trabalho: Ensaio sobre a afirmação e negação do trabalho. Coimbra: CES/Almedina, 2013 Configurações Revista de sociologia 12 2013 EPISTEMOLOGIAS DO SUL: Contextos de Investigação Ricardo Antunes. Os Sentidos do Trabalho: Ensaio sobre a afirmação e negação do trabalho. Coimbra: CES/Almedina,

Leia mais

AS DETERMINAÇÕES DO TRABALHO NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA

AS DETERMINAÇÕES DO TRABALHO NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA AS DETERMINAÇÕES DO TRABALHO NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA Amanda Larissa Magalhães Ferreira 1 Luciene de Barros Correia Teotônio 2 Sanney Karoliny Calixto Barbosa 3 Albani de Barros 4 Serviço Social

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina GEO233 Geografia Econômica

Programa Analítico de Disciplina GEO233 Geografia Econômica 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Geografia - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal 4 0

Leia mais

Trabalho e socialismo Trabalho vivo e trabalho objetivado. Para esclarecer uma confusão de conceito que teve consequências trágicas.

Trabalho e socialismo Trabalho vivo e trabalho objetivado. Para esclarecer uma confusão de conceito que teve consequências trágicas. Trabalho e socialismo Trabalho vivo e trabalho objetivado Para esclarecer uma confusão de conceito que teve consequências trágicas. 1 Do trabalho, segundo Marx Há uma frase de Marx nos Manuscritos de 1861-63

Leia mais

Como nasceram os Grundrisse 21

Como nasceram os Grundrisse 21 SUMÁRIO Prefácio 15 PARTE I Introdução 19 CAPÍTULO 1 Como nasceram os Grundrisse 21 CAPÍTULO 2 A estrutura da obra de Marx 27 I. O plano estrutural inicial e suas modificações 27 II. Quando e em que medida

Leia mais

A sociologia de Marx. A sociologia de Marx Monitor: Pedro Ribeiro 24/05/2014. Material de apoio para Monitoria

A sociologia de Marx. A sociologia de Marx Monitor: Pedro Ribeiro 24/05/2014. Material de apoio para Monitoria 1. (Uel) O marxismo contribuiu para a discussão da relação entre indivíduo e sociedade. Diferente de Émile Durkheim e Max Weber, Marx considerava que não se pode pensar a relação indivíduo sociedade separadamente

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO- GT 21 / SINDICATO E AÇÕE COLETIVAS (COORD. José Ricardo Ramalho /UFRJ e Marco Aurélio Santana/UNIRIO)

GRUPO DE TRABALHO- GT 21 / SINDICATO E AÇÕE COLETIVAS (COORD. José Ricardo Ramalho /UFRJ e Marco Aurélio Santana/UNIRIO) 1 XI CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA 1 A 5 DE SETEMBRO DE 2003, UNICAMP, CAMPINAS SP GRUPO DE TRABALHO- GT 21 / SINDICATO E AÇÕE COLETIVAS (COORD. José Ricardo Ramalho /UFRJ e Marco Aurélio Santana/UNIRIO)

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Componente Curricular: SB0055-SOCIOLOGIA

Leia mais

FICHA DE DISCIPLINA EMENTA JUSTIFICATIVAS

FICHA DE DISCIPLINA EMENTA JUSTIFICATIVAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO LINHA DE PESQUISA ESTADO, POLÍTICAS E GESTÃO EM EDUCAÇÃO PROFA. DRA. MARIA VIEIRA SILVA FICHA DE DISCIPLINA

Leia mais

EMENTA OBJETIVOS DE ENSINO

EMENTA OBJETIVOS DE ENSINO Sociologia I PLANO DE DISCIPLINA COMPONENTE CURRICULAR: Sociologia I CURSO: Técnico em Segurança do Trabalho (Integrado) SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 67 h (80 aulas) DOCENTE: EMENTA A introdução ao pensamento

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E DA EDUCAÇÃO FAED

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E DA EDUCAÇÃO FAED PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: História ANO/SEMESTRE: 2012/02 CURSO: História FASE: 8ª S 45 DISCIPLINA: Economia e Sociedade TURNO: vespertino CARGA HORÁRIA: 72 horas CRÉDITOS: 4 PROFESSOR(A): Antero Maximiliano

Leia mais

MATERIALISMO HISTÓRICO (Marx e Engels)

MATERIALISMO HISTÓRICO (Marx e Engels) MATERIALISMO HISTÓRICO (Marx e Engels) ...as mudanças sociais que se passam no decorrer da história de uma sociedade não são determinadas por ideias ou valores. Na verdade, essas mudanças são influenciadas

Leia mais

V Curso de Economia Política

V Curso de Economia Política V Curso de Economia Política A crítica do capital e as contradições da sociedade burguesa Salvador 16 de abril de 2011 Sumário 1. Economia Política Clássica 2. Trabalho e Formação do Ser Social 3. Transição

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR HISTÓRIA 85 PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA Curso:Técnico em Agroindústria Integrado ao Ensino Médio Série/Período: 2º Ano Carga Horária: 40 h/a (33 h/r) Docente

Leia mais

TRABALHO E SER SOCIAL: UMA REFLEXÃO ONTOLÓGICA DO TRABALHO NA RELAÇÃO HOMEM X NATUREZA

TRABALHO E SER SOCIAL: UMA REFLEXÃO ONTOLÓGICA DO TRABALHO NA RELAÇÃO HOMEM X NATUREZA 78 TRABALHO E SER SOCIAL: UMA REFLEXÃO ONTOLÓGICA DO TRABALHO NA RELAÇÃO HOMEM X NATUREZA WORK AND BE SOCIAL: AN ONTOLOGICAL REFLECTION OF THE WORK PROCESS IN MAN X NATURE Ana Karina da Silva Alves 1 Ruth

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Filosofia da Educação Código da Disciplina: EDU 408 CURSO: Pedagogia Semestre de oferta: 2016/2 Faculdade Responsável: Pedagogia Programa em vigência a partir de: 2016

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina CIS211 Sociologia Contemporânea II

Programa Analítico de Disciplina CIS211 Sociologia Contemporânea II 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Ciências Sociais - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues Sociologia Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: matheus.bortoleto@cnecuberaba.edu.br Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Em tempos de humanidade desumanizada, de desordem sangrenta, nada deve

Leia mais

P L A N O DE C U R S O DISCIPLINA SOCIOLOGIA I. CARGA HORÁRIA TU: 50 horas TC: 30 horas Total: 80 horas. Professora Doutora Márcia Maria de Oliveira

P L A N O DE C U R S O DISCIPLINA SOCIOLOGIA I. CARGA HORÁRIA TU: 50 horas TC: 30 horas Total: 80 horas. Professora Doutora Márcia Maria de Oliveira Curso: LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO CÓDIGO DRP30156 P L A N O DE C U R S O DISCIPLINA SOCIOLOGIA I HABILITAÇÃO: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS PERÍODO 3 CRÉDITOS 06 CARGA HORÁRIA TU: 50 horas TC: 30 horas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2015 1º 1. Identificação Código 1.1. Disciplina: SOCIOLOGIA I 0560055 1.2. Unidade:

Leia mais

PLANO DE ENSINO Dados da Unidade Curricular

PLANO DE ENSINO Dados da Unidade Curricular PLANO DE ENSINO Dados da Unidade Curricular Unidade Curricular: Sociologia e Filosofia V Curso: CTI em Mecânica Módulo: V Semestre: 2017-2 Forma/Nível: (X) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante (

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA O conceito de ciência. Ciência e outras formas de saber. A constituição histórica das ciências humanas. Teoria do conhecimento. O objeto do conhecimento. A linguagem científica. Ciência, ética

Leia mais

PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA E O PAPEL DO ENSINO DE BIOLOGIA NA FORMAÇÃO DA CONCEPÇÃO DE MUNDO

PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA E O PAPEL DO ENSINO DE BIOLOGIA NA FORMAÇÃO DA CONCEPÇÃO DE MUNDO PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA E O PAPEL DO ENSINO DE BIOLOGIA NA FORMAÇÃO DA CONCEPÇÃO DE MUNDO PEREIRA, Lucas Monteiro UNESP lucasmontp@gmail.com CAMPOS, Luciana M. Lunardi UNESP camposml@ibb.unesp.br Introdução

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL (Currículo iniciado em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL (Currículo iniciado em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL (Currículo iniciado em 2015) ANTROPOLOGIA 68 h/a 3210 A relação dialética entre o material e o simbólico na construção das identidades sociais e da

Leia mais

Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz KARL MARX. Tiago Barbosa Diniz

Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz KARL MARX. Tiago Barbosa Diniz Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz KARL MARX Tiago Barbosa Diniz Piracicaba, 29 de abril de 2016 CONTEXTO HISTÓRICO Início da Segunda fase da Revolução Industrial

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Fundamentos e Metodologia nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental II Código da Disciplina: EDU 325 Curso: Pedagogia Semestre de oferta da disciplina: 5º Faculdade responsável:

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CÓDIGO: EDU260 DISCIPLINA: ENSINO DA GEOGRAFIA CARGA HORÁRIA: 90h EMENTA: Geografia: conceitos

Leia mais

Benedito Silva Neto Disciplina de Teorias e experiências comparadas de desenvolvimento Universidade Federal da Fronteira Sul campus Cerro Largo

Benedito Silva Neto Disciplina de Teorias e experiências comparadas de desenvolvimento Universidade Federal da Fronteira Sul campus Cerro Largo Benedito Silva Neto Disciplina de Teorias e experiências comparadas de desenvolvimento Universidade Federal da Fronteira Sul campus Cerro Largo 2017: Centenário da Revolução Russa! Introdução Aspectos

Leia mais

CRISE CAPITALISTA: trabalho, questão social e serviço social em debate

CRISE CAPITALISTA: trabalho, questão social e serviço social em debate CRISE CAPITALISTA: trabalho, questão social e serviço social em debate Maria Angelina B. de Carvalho de Almeida Camargo Natureza do trabalho: Reflexão teórica EIXO I: TRABALHO, QUESTÃO SOCIAL E SERVIÇO

Leia mais

AS RELAÇÕES CONSTITUTIVAS DO SER SOCIAL

AS RELAÇÕES CONSTITUTIVAS DO SER SOCIAL AS RELAÇÕES CONSTITUTIVAS DO SER SOCIAL BASTOS, Rachel Benta Messias Faculdade de Educação rachelbenta@hotmail.com Os seres humanos produzem ações para garantir a produção e a reprodução da vida. A ação

Leia mais

5 Referências bibliográficas

5 Referências bibliográficas 180 5 Referências bibliográficas ADLER, Laure. Nos passos de Hannah Arendt. 3 ed. Rio de Janeiro, São Paulo: Record, 2007. AGUIAR, Odílio Alves. O lugar da política na civilização tecnológica. In: VAZ,

Leia mais

KARL MARX E A EDUCAÇÃO. Ana Amélia, Fernando, Letícia, Mauro, Vinícius Prof. Neusa Chaves Sociologia da Educação-2016/2

KARL MARX E A EDUCAÇÃO. Ana Amélia, Fernando, Letícia, Mauro, Vinícius Prof. Neusa Chaves Sociologia da Educação-2016/2 KARL MARX E A EDUCAÇÃO Ana Amélia, Fernando, Letícia, Mauro, Vinícius Prof. Neusa Chaves Sociologia da Educação-2016/2 BIOGRAFIA Karl Heinrich Marx (1818-1883), nasceu em Trier, Alemanha e morreu em Londres.

Leia mais

ABSTRACT. Vol. II. Trad. de Regis Barbosa e Flávio R. Kothe. São Paulo: Nova Cultural,

ABSTRACT. Vol. II. Trad. de Regis Barbosa e Flávio R. Kothe. São Paulo: Nova Cultural, NOVAS FORMAS DE EXPLORAÇÃO DO TRABALHO? Considerações acerca da relação entre o trabalho realizado na grande indústria e o trabalho realizado nos departamentos externos das fábricas 1 Kamilla Karinne de

Leia mais

ATIVIDADES EDUCATIVAS EMANCIPADORAS

ATIVIDADES EDUCATIVAS EMANCIPADORAS ATIVIDADES EDUCATIVAS EMANCIPADORAS Ivo Tonet* Introdução No livro Educação, cidadania e emancipação humana, afirmei que não seria viável pretender organizar, hoje, a educação (escolar) no sentido de conferir-lhe

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO 2007 Programa: Pós-Graduação stricto sensu em Educação/PPGE Área de Concentração: Sociedade,

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA PERSPECTIVA CRÍTICA DIANTE DE UM MOMENTO DE CRISE ESTRUTURAL.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA PERSPECTIVA CRÍTICA DIANTE DE UM MOMENTO DE CRISE ESTRUTURAL. EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UMA PERSPECTIVA CRÍTICA DIANTE DE UM MOMENTO DE CRISE ESTRUTURAL. Beatriz Pimenta de Oliveira¹ Bianca Pimenta de Oliveira² A educação ambiental no Brasil consiste em um campo de conhecimento

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 COMUNICAÇÃO SOCIAL HAB: JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO 250.3102.3 GEOGRAFIA HUMANA E ECONÔMICA PROFESSOR (A) OBJETIVOS 1ª 02 34

Leia mais

Democracia no Mundo do Trabalho intervenção no XIII Plenário do Conselho. É uma honra estar aqui com vocês. Fiquei muito estimulado com a idéia de

Democracia no Mundo do Trabalho intervenção no XIII Plenário do Conselho. É uma honra estar aqui com vocês. Fiquei muito estimulado com a idéia de 1 Democracia no Mundo do Trabalho intervenção no XIII Plenário do Conselho Federal de Psicologia 1 Sérgio Lessa Doutor em Ciências Humanas pela Unicamp e professor do Departamento de Filosofia da Universidade

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO

Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: Departamento de Geografia ANO/SEMESTRE: 2014.2 CURSO: Geografia FASE: 6ª DISCIPLINA:

Leia mais

Curso: Filosofia da Educação. PLANO DE CURSO Disciplina: Fundamentos Epistemológicos e Ontológicos para uma Interdisciplinaridade na Educação

Curso: Filosofia da Educação. PLANO DE CURSO Disciplina: Fundamentos Epistemológicos e Ontológicos para uma Interdisciplinaridade na Educação Curso: Filosofia da Educação PLANO DE CURSO Disciplina: Fundamentos Epistemológicos e Ontológicos para uma Interdisciplinaridade na Educação Carga horária total: 40 (quarenta) horas-aula Horário(s): das

Leia mais

Trabalho e subjetividade o espírito do toyotismo na era do capitalismo manipulatório

Trabalho e subjetividade o espírito do toyotismo na era do capitalismo manipulatório Trabalho e subjetividade o espírito do toyotismo na era do capitalismo manipulatório 481 Alves, Giovanni. Trabalho e subjetividade o espírito do toyotismo na era do capitalismo manipulatório. São Paulo:

Leia mais

LUKÁCS, MARX E A EDUCAÇÃO

LUKÁCS, MARX E A EDUCAÇÃO 1 LUKÁCS, MARX E A EDUCAÇÃO Ivo Tonet Introdução Inúmeros foram os estudos que se debruçaram sobre a problemática da educação tendo como pressuposto teórico-metodológico o referencial marxista. Sabemos,

Leia mais

PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO

PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO Refere-se ao surgimento de novas formas de trabalho a partir de um processo de mudanças estruturais no capitalismo, que procura garantir competitividade às empresas por meio da

Leia mais

DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Professor: César Ricardo Simoni Santos 1º semestre de 2015 Carga horária total: 60 Créditos-aula: 04 OBJETIVOS

DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Professor: César Ricardo Simoni Santos 1º semestre de 2015 Carga horária total: 60 Créditos-aula: 04 OBJETIVOS FLG 605 - GEOGRAFIA HUMANA GERAL E DO BRASIL DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Professor: César Ricardo Simoni Santos 1º semestre de 2015 Carga horária total: 60 Créditos-aula: 04 OBJETIVOS O objetivo mais geral

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO Curso: Pedagogia a Distância Departamento: Departamento de Pedagogia a Distância Disciplina:

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: Filosofia PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: Filosofia PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: Filosofia Código: DIR-112 Pré-requisito: Filosofia Geral Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

A FORMAÇÃO DO TRABALHADOR NO CONTEXTO DARECONFIGURAÇÃO DO TRABALHO, DA PRODUÇÃO E DOS MECANISMOS DE MEDIAÇÃO DO CONFLITO DE CLASSE

A FORMAÇÃO DO TRABALHADOR NO CONTEXTO DARECONFIGURAÇÃO DO TRABALHO, DA PRODUÇÃO E DOS MECANISMOS DE MEDIAÇÃO DO CONFLITO DE CLASSE A FORMAÇÃO DO TRABALHADOR NO CONTEXTO DARECONFIGURAÇÃO DO TRABALHO, DA PRODUÇÃO E DOS MECANISMOS DE MEDIAÇÃO DO CONFLITO DE CLASSE JOSÉ DOS SANTOS SOUZA 1 Resumo O artigo aborda o contexto atual da política

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Componente Curricular: DSB2029-ECONOMIA

Leia mais

Palavras-chave: Sociedade do capital; trabalho; professor de educação física.

Palavras-chave: Sociedade do capital; trabalho; professor de educação física. O TRABALHO DO PROFESSOR DE EDUCAÇAO FÍSICA; NECESSIDADES PARA ALÉM DA SOCIEDADE DO CAPITAL Kellen de Almeida Santos 1 Raissa Louany Cunha Ferreira Samara Ferreira Borges Elizandra Garcia da Silva 2 O tema

Leia mais

SOCIALISMO. Educação igual para todos. História da Educação. Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa

SOCIALISMO. Educação igual para todos. História da Educação. Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa SOCIALISMO Educação igual para todos Prof. Manoel dos Passos da Silva Costa 1 Do movimento popular pela democratização do ensino forma-se o pensamento pedagógico socialista. PLATÃO (427-347 a.c.) República:

Leia mais

OS FUNDAMENTOS DO TRABALHO EM MARX: CONSIDERAÇÕES ACERCA DO TRABALHO PRODUTIVO E DO TRABALHO IMPRODUTIVO

OS FUNDAMENTOS DO TRABALHO EM MARX: CONSIDERAÇÕES ACERCA DO TRABALHO PRODUTIVO E DO TRABALHO IMPRODUTIVO OS FUNDAMENTOS DO TRABALHO EM MARX: CONSIDERAÇÕES ACERCA DO TRABALHO PRODUTIVO E DO TRABALHO IMPRODUTIVO Juliana Carla da Silva Gois 1 Resumo O objetivo desse artigo é expor os fundamentos ontológicos

Leia mais

Marx e o Marxismo 2015: Insurreições, passado e presente Universidade Federal Fluminense Niterói RJ de 24/08/2015 a 28/08/2015

Marx e o Marxismo 2015: Insurreições, passado e presente Universidade Federal Fluminense Niterói RJ de 24/08/2015 a 28/08/2015 Marx e o Marxismo 2015: Insurreições, passado e presente Universidade Federal Fluminense Niterói RJ de 24/08/2015 a 28/08/2015 TÍTULO DO TRABALHO FUNDAMENTOS ONTOLÓGICOS PARA A COMPREENSÃO DA RELAÇÃO ENTRE

Leia mais

PLANO DE ENSINO. CH Total: 60 horas - Obrigatória)

PLANO DE ENSINO. CH Total: 60 horas - Obrigatória) UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO SEMINÁRIOS DE PESQUISA EM TRABALHO, SOCIEDADE E EDUCAÇÃO II PLANO DE ENSINO Disciplina: SEMINÁRIOS DE PESQUISA

Leia mais

7. Referências Bibliográficas

7. Referências Bibliográficas 7. Referências Bibliográficas ABRANCHES, S.H. e outros. Política Social e Combate à Pobreza. RJ: Ed. Zahar, 1997. ANTUNES, Ricardo. Adeus ao Trabalho? Ensaio sobre as Metamorfoses e a Centralidade no Mundo

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ECONOMIA POLÍTICA

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ECONOMIA POLÍTICA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ECONOMIA POLÍTICA Disciplina: Economia Política I Professor: João Machado Borges Neto Horário: 3ª Feira - 16:00h 19:00h

Leia mais

EDUCAÇÃO INTEGRAL, PEDAGOGIA HISTÓRICO CRÍTICA E MARXISMO

EDUCAÇÃO INTEGRAL, PEDAGOGIA HISTÓRICO CRÍTICA E MARXISMO EDUCAÇÃO INTEGRAL, PEDAGOGIA HISTÓRICO CRÍTICA E MARXISMO Introdução Gonçalves, Elaine Cristina S. Melo (Unicamp) elaynemellog@hotmail.com Essa pesquisa de mestrado, que se encontra em fase inicial, pretende

Leia mais