PROJETO BÁSICO ANEXO 1A. Especificações Técnicas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO BÁSICO ANEXO 1A. Especificações Técnicas"

Transcrição

1 25 PROJETO BÁSICO Especificações Técnicas 1. Objeto 1.1 Disposições gerais O objeto desta licitação é a prestação de serviços técnicos de infra-estrutura de informática por empresa especializada para os ambientes de Tecnologia de Informação utilizados pelo Banco Central, em Brasília e nas suas Gerências Administrativas Regionais, que compreendem a sustentação, a administração e o monitoramento da rede local e de longa distância, incluindo a infra-estutura de conectividade física e lógica; a administração de banco de dados; a sustentação, a administração, o monitoramento e a execução de processos, rotinas e aplicações necessários para manter em funcionamento, em regime 24x7, os ambientes de TI, compostos de parques computacionais das plataformas distribuída e de mainframes, e dos sistemas que são processados nesses ambientes; sustentação e a administração de softwares de servidores de aplicação, e a sustentação e a administração dos sistemas operacionais e softwares básicos utilizados nos equipamentos da plataforma distribuída e de mainframes, mediante ordens de serviços dimensionadas em UBCS, limitadas a UBCS anuais, sem garantia de consumo mínimo, na forma de serviços continuados e presenciais, pagos pelo resultado recebido e homologado como aderente às especificações das ordens de serviço, pelo prazo de 12 meses, renováveis por iguais períodos até o limite de 60 meses O processo licitatório será feito na modalidade Técnica (70%) e Preço (30%). Os participantes oferecerão os serviços listados no item À primeira colocada deste processo caberá a totalidade dos serviços a serem contratados Os critérios para pontuação técnica das empresas concorrentes no processo se encontram no Anexo 6 - Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica A participação de empresas do mesmo grupo econômico, para fins de pontuação técnica será admitida, dentro das normas legais Os serviços objeto deste edital serão quantificados e demandados através de Unidade Banco Central de Serviços UBCS. 2. Detalhamento do objeto 2.1 Métrica para mensuração dos serviços Unidade Banco Central de Serviços UBCS

2 A Unidade Banco Central de Serviços UBCS é a unidade básica para mensuração de serviços, sendo equivalente a prestação de serviços de um profissional no período de uma hora (1 homem-hora) Serão utilizadas diversas UBCS com diversos fatores de ponderação, denominadas UBCSP, conforme previsto na seguinte tabela: Unidade de Serviço UBCSP-A UBCSP-B UBCSP-C UBCSP-D UBCSP-E UBCSP-F Descrição Unidade utilizada para cotar Serviço de Sustentação, Monitoramento e Administração dos processos e ambiente de TI de baixa complexidade Unidade utilizada para cotar Serviço de Sustentação, Monitoramento e Administração dos processos e ambiente de TI de média complexidade Unidade utilizada para cotar Serviço de Sustentação, Monitoramento e Administração dos Processos e ambiente de TI de alta complexidade Unidade utilizada para cotar Serviço de Suporte Técnico de baixa complexidade Unidade utilizada para cotar Serviço de Suporte Técnico de média complexidade Unidade utilizada para cotar Serviço de Suporte Técnico de alta complexidade Fator de Ponderação 0,30 UBCS 0,40 UBCS 0,55 UBCS 0,80 UBCS 0,90 UBCS 1,00 UBCS UBCSP-G Unidade utilizada para cotar Serviço de Liderança Técnica 1,00 UBCS UBCSP-H Unidade utilizada para cotar Serviço de Consultoria Técnica de Informática. 1,40 UBCS A quantidade anual de serviços a serem demandados deve alcançar o máximo de (quarenta e cinco mil) UBCS, sem garantia de consumo mínimo. Assim, a contratada deve dimensionar adequada e tempestivamente sua capacidade de atendimento para fazer face à demanda dos serviços pelo Banco Central Como simples referência para a formação de preços, sem vincular de modo algum o Banco Central na quantidade de UBCS a ser demandada, a tabela abaixo apresenta o quantitativo e a distribuição de UBCS executados em 2007, que totalizou UBCS: 2007 Unidade de Serviço Ponderada Total de UBCSP Total de UBCS UBCSP-A UBCSP-B UBCSP-C UBCSP-D UBCSP-E UBCSP-F Total As UBCSP ausentes na tabela, ou não foram demandadas no exercício anterior, ou são referentes aos novos serviços.

3 Cerca de 15% (quinze por cento) da demanda constante no item foram executados fora do horário comercial, ou seja, das 22h às 7h, incluindo-se finais de semana e feriados. 2.2 Serviços e atividades Serviço de Sustentação, Monitoramento e Administração dos Processos e ambiente de TI - são serviços para a sustentação, monitoramento, administração e execução dos processos, rotinas e aplicações necessários para manter em funcionamento, em regime 24x7, os ambientes de TI, compostos de parques computacionais das plataformas distribuída e de mainframe localizados no Edifício Sede do Banco Central do Brasil e no seu site alternativo Os Serviços de Sustentação, Monitoramento e Administração dos Processos e Ambiente de TI de baixa complexidade compreendem no mínimo as seguintes atividades: i) Atendimento aos request das rotinas; ii) Execução das rotinas para emissão de relatórios; iii) Verificação de recepção e transmissão de arquivos de dados das instituições financeiras; iv) Execução, acompanhamento e aferição das rotinas e aplicações; v) Execução de rotinas de cópias de segurança (backup); vi) Monitoramento das consoles ; vii) Montagem de cartuchos; viii) Atendimento de chamadas e registro para solução dos incidentes apresentados; ix) Registro das chamadas de atendimento na ferramenta disponível no Banco Central de acordo com as recomendações da Information Technology Infrastructure Library (ITIL); x) Controle do cadastro da rede; xi) Suporte para os problemas de conexão ao sistema (ativação de linhas, testes de comunicação, etc.); xii) Monitoramento de todos os equipamentos servidores e de rede do ambiente de TI; xiii) Suporte a problemas de emulação e conexão na Rede; xiv) Suporte a problemas de conectividade de infra-estrutura de rede física e lógica, bem como, implementação dessas conectividades quando necessário; xv) Suporte à utilização dos serviços disponíveis na rede para o usuário; xvi) Suporte à utilização dos serviços de TI disponíveis para o usuário; xvii) Gerenciamento do pool de impressão Os Serviços de Sustentação, Monitoramento e Administração dos Processos e ambiente de TI de média complexidade compreendem no mínimo as seguintes atividades: i) Todas as atividades relativas ao item ; ii) Preparação, comando, distribuição e documentação das rotinas para processamento dos sistemas em produção, em desenvolvimento, e de usuários; iii) Manutenção da fitoteca principal e execução de rotinas de segurança; iv) Elaboração de formulários para impressoras; v) Atendimento aos request do sistema operacional; vi) Acompanhamento da execução dos processos, rotinas e aplicações de produção;

4 28 vii) Análise de soluções para solicitações não resolvidas pelos operadores; viii) Repasse para os mantenedores e demais áreas solucionadoras das chamadas não resolvidas no seu nível; ix) Controle do fluxo do atendimento prestado acompanhando a solicitação do início até a solução final; x) Abertura e acompanhamento do registro das ocorrências que causaram impacto no funcionamento dos serviços disponíveis Os Serviços de Sustentação, Monitoramento e Administração dos Processos e ambiente de TI de alta complexidade compreendem no mínimo as seguintes atividades: i) Todas as atividades relativas ao item ; ii) Acompanhamento do processo: a. de rotinas de virtualização e cópias (backup) de segurança de dados; b. de recuperação de cópia (backup) de segurança de dados; c. de produção e monitoramento dos equipamentos, ambiente e instalações; d. de Gerência de Configurações; e. de Gerência de Mudanças; f. de Gerência de Problemas; g. de monitoramento de sistemas corporativos; h. de monitoramento de equipamentos de comunicação de dados; i. de rotinas de manutenção da fitoteca e rotinas de segurança; iii) Acompanhamento e participação dos testes de contingência do CSI; iv) Ativação, desativação, monitoramento e execução de comandos e rotinas programadas: a. dos computadores (mainframe, médio porte e servidores da rede e seus periféricos); b. dos sistemas operacionais, monitores de transações, software básico, utilitários e gerenciadores de banco de dados; c. dos sistemas corporativos; v) Extração e apresentação periódica de relatórios sobre os serviços executados; vi) Acompanhamento e manutenção de todos os processos, rotinas e aplicações de produção; vii) Implementação de roteiros de serviços diários e de final de semana a serem utilizados; viii) Implementação de facilidades e instrumentos e desenvolvimento de ferramentas para auxílio nas atividades; ix) Acompanhamento da execução dos serviços e atuação das equipes alocadas para realização dos trabalhos; x) Acompanhamento e resolução dos problemas ocorridos nos sistemas em produção; xi) Acompanhamento dos problemas pendentes para que as medidas corretivas sejam providenciadas tempestivamente; xii) Adoção de procedimentos de acompanhamento, avaliação e performance dos equipamentos que compõem o ambiente de TI (equipamentos mainframes e servidores, dispositivos de rede local e de longa distância e seus periféricos);

5 Serviços de Suporte Técnico - são serviços de sustentação, administração e monitoramento da rede local e de longa distância, incluindo, softwares e sistemas operacionais dos dispositivos de rede e seus periféricos, e a infra-estrutura de conectividade física e lógica Os Serviços de Suporte Técnico de baixa complexidade compreendendo no mínimo as seguintes atividades: i) Instalação, customização, configuração e monitoramento do ambiente operacional (incluídos os sistemas operacionais e principais aplicativos básicos); ii) Suporte ao ambiente operacional e a equipamentos servidores; iii) Monitoramento de equipamentos servidores; iv) Monitoramento de rede local e de longa distância (LAN e WAN); v) Utilização de ferramentas de benchmarking, antivírus, análise de tráfego de rede, backup; vi) Customização de software, produtos e serviços disponíveis nas estações de trabalho; vii) Customização de hardware (equipamentos e componentes); viii) Elaboração de roteiros para instalação de software nas estações de trabalho; ix) Execução de configuração e instalação de software específicos em equipamentos servidores; x) Configuração dos software básicos (imagem) a ser instalada como padrão nas estações de trabalho; xi) Realização de testes para homologação de software para uso nas estações de trabalho, conforme os padrões e a política de segurança do Banco Central; xii) Realização de estudos e pesquisas em novas versões de software disponíveis nas estações de trabalho, a fim de verificar a sua utilização com segurança; xiii) Realização de testes para homologação de equipamentos e componentes em processo de aquisição, conforme os padrões e a política de segurança do Banco Central; xiv) Realização de testes em produtos destinados às estações de trabalho; xv) Suporte de problemas relacionados aos produtos e serviços disponíveis nas estações de trabalho do usuário e não solucionados pelas equipes de suporte de primeiro e segundo níveis Os Serviços de Suporte Técnico de média complexidade compreendendo no mínimo as seguintes atividades: i) Todas as atividades relativas ao item ; ii) Implementação em produção, instalação, customização e configuração do ambiente operacional (incluídos os sistemas operacionais e principais aplicativos básicos); iii) Instalação, customização e configuração de dispositivos de redes incluindo no mínimo: switches, roteadores, appliances, firewalls, proxies, antivírus e probes; iv) Supervisão e monitoramento do ambiente operacional: mainframes, seus periféricos, sistema operacional e demais softwares básicos, equipamentos de plataforma distribuída, seus periféricos, sistema operacional e demais softwares básicos, rede local e de longa distância, sistemas de armazenamentos, rede SAN e rede de fibra ótica em tecnologia DWDM e WDM;

6 30 v) Suporte avançado ao ambiente operacional: mainframes, seus periféricos, sistema operacional e demais softwares básicos, equipamentos de plataforma distribuída, seus periféricos, sistema operacional e demais softwares básicos, rede local e de longa distância, sistemas de armazenamentos, rede SAN e rede de fibra ótica em tecnologia DWDM e WDM; vi) Suporte avançado a soluções de segurança de tecnologia da informação voltadas para proteção de rede local e de longa distância incluindo no mínimo os elemento switches, roteadores, appliances, firewalls, proxies, antivírus e probes; vii) Suporte avançado a soluções de baseadas no mínimo no Microsoft Exchange Server 2003 e 2007 viii) Movimentação de dados e criação de objetos (files, tabelas, campos) em bancos de dados Adabas, DB2 em ambiente mainframe;; ix) Movimentação de dados e criação de objetos (files, tabelas, campos) em bancos de dados DB2 em ambiente AIX e Linux; x) Movimentação de dados e criação de objetos (files, tabelas, campos) em bancos de dados SQL Server; xi) Implementação de aplicativos e servidores em ambiente de produção Os Serviços de Suporte Técnico de alta complexidade compreendendo no mínimo as seguintes atividades i) Todas as atividades relativas ao item ; ii) Definição de ferramentas para desenho de infra-estrutura de redes, benchmarking, detecção e solução de problemas; iii) Definição de políticas de redes, segurança, cópia de segurança (backup) e ; iv) Elaboração de documentos gerenciais; v) Estudos para a definição de políticas de redes/segurança/cópia de segurança (backup)/ ; vi) Supervisão de equipes de suporte; vii) Administração de: a. bancos de dados Adabas, DB2 em ambiente mainframe; b. bancos de dados DB2 em ambiente AIX e Linux; c. bancos de dados SQL Server; d. servidores de aplicação Websphere, Weblogic e Microsoft IIS; e. monitor de transação CICS; f. MQ series em ambiente mainframe; g. redes de computadores (LAN e WAN); h. sistemas operacionais (MAINFRAMES, UNIX AIX, LINUX RED HAT E SUSE, E MS WINDOWS 2000 SERVER, MS WINDOWS SERVER 2003 e WINDOWS SERVER 2008); i. sistemas de armazenamento de dados (storage); j. redes SAN (storage area network); k. solução de baseada no mínimo em MS EXCHANGE SERVER 2003 e 2007; viii) Planejamento de capacidade.

7 Serviços de Liderança Técnica - são serviços de planejamento, supervisão e acompanhamento do trabalho dos profissionais da Contratada envolvidos na execução de cada Ordem de Serviço, sendo o responsável pelo cumprimento integral de todas as atividades nos prazos e qualidade exigidos, além da aderência aos padrões do Banco Central Os Serviços de Liderança Técnica compreendem no mínimo as seguintes atividades: i) Dimensionamento do prazo e alocação dos profissionais necessários para a execução da Ordem de Serviços; ii) Estimação do custo da Ordem de Serviço; iii) Realização dos serviços de liderança técnica segundo a metodologia do PMBok (Project Management Body of Knowledge) ou a metodologia de Gerenciamento de Projetos da Contratada; iv) Elaboração e apresentação das atividades desenvolvidas na Ordem de Serviços; Os Serviços de Consultoria Técnica de Informática compreendem no mínimo as seguintes atividades: i) Todas as atividades de suporte técnico, item caso a prestação de serviços se dê neste domínio de conhecimento composto de atividades de manutenção e sustentação da infra-estrutura de TI: da rede (dispositivos de rede e seus periféricos), equipamentos servidores (parque de mainframes e equipamentos da plataforma distribuída), de software que são executados no ambiente de TI (básicos, sistemas operacionais e específicos), banco de dados ou dos sistemas de informação. Podendo este serviço especializado estar focado em uma destas áreas. 2.3 Execução dos serviços Local de execução dos serviços Os serviços serão executados nas dependências do Banco Central do Brasil, em Brasília ou nas suas representações regionais, ou nas dependências da empresa contratada, cabendo ao Departamento de Tecnologia da Informação (Deinf) definir o melhor local para execução dos serviços, sem qualquer diferenciação no preço pago pelos mesmos Para os serviços executados nas dependências do Banco Central, fica a cargo deste providenciar os recursos necessários ao bom desempenho do serviço, tais como: local de trabalho, móveis e recursos computacionais (computadores, conexão à rede local e licenças de softwares) Para os serviços executados nas dependências da contratada, os recursos de hardware e software, assim como quaisquer outros necessários, são de responsabilidade da contratada, mesmo a interconexão com a rede de informática do Banco Central, e demais custos associados.

8 No caso de serviços a serem prestados fora da sede do Banco Central em Brasília, se houver necessidade de deslocamento de profissional da contratada, não representará qualquer custo adicional ao valor do serviço. O Banco Central pode demandar anualmente até 20 (vinte) deslocamentos no país com utilização máxima de até 100 (cem) estadas no total Forma de execução dos serviços (Ordem de serviço) Todos os serviços serão demandados por meio de Ordem de Serviço à contratada. Assim, somente por meio da ordem autorizada pelo servidor competente (solicitante), a contratada poderá executar o serviço A contratada designará Líderes Técnicos autorizados para receber e executar as Ordens de Serviço, inclusive para estimar o esforço necessário para sua realização Somente aos Líderes Técnicos serão encaminhados as Ordens de Serviço. A demanda de Ordem de Serviço obedecerá às necessidades do Banco Central. Dessa forma, a contratada, em função do volume total de serviço estimado, conforme o item , deve se preparar para atender às solicitações do Banco Central no prazo contratado As Ordens de Serviço serão emitidas e controladas por meio de sistema informatizado, ou em formulário próprio em papel, que conterá as informações de controle e de acompanhamento de execução e de recebimento Essas Ordens de Serviço devem descrever os serviços de forma detalhada, contendo necessariamente: a identificação do serviço, a complexidade (alta, média ou baixa), prazos, requisitos de qualidade, e responsável pelo pedido e pelo recebimento. Deve conter, ainda, pontos de controle a fim de o Banco Central exercer o seu acompanhamento, controle e fiscalização No prazo de até três dias úteis do recebimento da Ordem de Serviço, a contratada apresentará proposta de execução, indicando os serviços necessários e os quantitativos de UBCS para cada serviço requerido ou a quantidade de pontos de função. Para os casos em que o Banco Central julgar necessário maior prazo para apresentação da proposta de execução dos serviços, um novo prazo diferente poderá ser indicado no corpo da Ordem de Serviço O Banco Central analisará a proposta de execução. No caso de haver discordância em relação ao proposto, o contratante apresentará suas justificativas Somente após a aprovação da proposta de execução pelo Banco Central, a contratada poderá iniciar o trabalho A Contratada apresentará justificativa técnica para a revisão dos parâmetros da Ordem de Serviço endereçada ao solicitante, no caso de a descrição dos serviços solicitados estiver incompatível com o prazo, a complexidade ou os requisitos de produto apontados pelo solicitante.

9 Se a contratada não apresentar de imediato seu pedido de revisão, aceitará tacitamente as condições e termos da Ordem de Serviço não contestada O recebimento ou o pagamento da Ordem de Serviço não elide a contratada das responsabilidades em relação às garantias específicas associadas a cada produto desenvolvido e estabelecido na Ordem Parâmetros da Ordem de Serviço Toda Ordem de Serviço emitida deve: a) conter a identificação do serviço, com a definição e a especificação dos serviços a serem realizados; b) ser quantificada em UBCS no caso de não ser cabível a aplicação do primeiro; c) apontar as métricas utilizadas para avaliar o volume de serviços solicitados e realizados, com a indicação do valor máximo de UBCS aceitável e a metodologia utilizada para sua quantificação; d) estabelecer o cronograma de realização do serviço, incluídas todas as tarefas significativas e seus respectivos prazos e pontos de controle, inclusive indicando os prazos para o Banco Central receber o serviço de modo provisório e definitivo a partir da entrega pela contratada; e) determinar o local de execução; f) indicar os responsáveis por parte da contratada e do Banco Central (requisitante, gerente e fiscal); g) discriminar o valor global do custo dos serviços a serem executados, e, para o caso de haver pagamentos parciais deve-se: i) estabelecer o cronograma físico-financeiro; ii) discriminar o evento gerador, sempre após a efetiva execução de etapa do serviço, de pagamento, sendo de 70% do valor estimado o limite máximo para pagamento parcial acumulado e os 30% restantes somente após 90 (noventa) dias da emissão do Termo de Recebimento Definitivo emitido pelo fiscal do contrato; h) descrever outras informações julgadas necessárias Além dos itens acima, o Banco Central poderá, mediante informação prévia à contratada, atualizar os itens necessários para a Ordem de Serviço em razão de redefinição ou implantação de seus novos processos Nível de serviço O Banco Central poderá estabelecer na Ordem de Serviço definida no item o nível de serviço mínimo aceitável para a execução do serviço requisitado Recebimento do Serviço O solicitante apurará no recebimento do serviço se todas as condições estipuladas na Ordem de Serviço foram cumpridas, ainda que seja o caso de recebimento parcial, onde se verificarão somente os termos aplicáveis ao referido serviço; Aferição dos resultados:

10 Para o caso de haver recusa de recebimento pelo gestor solicitante, este deverá comunicar o fiscal do contrato apresentando as razões e fundamentos da recusa para que se possa apurar o cabimento de possível imposição de penalidade à contratada Prazo de atendimento A prestação do serviço deverá se iniciar no prazo máximo de 30 (trinta) dias corridos, contados da data da publicação do extrato de contrato, mediante a disponibilização de profissionais para a execução dos serviços listados no item 2.2. Nessa fase de iniciação do contrato, os serviços serão também gradualmente requisitados à contratada, de modo a permitir que seus profissionais se ambientem com os processos do Banco Central a fim de evitar solução de continuidade dos negócios do Banco O Banco Central, durante a vigência contratual, poderá recusar, motivadamente, a substituição, sem ônus de qualquer natureza, de profissional por outro que não seja capacitado para executar adequadamente o serviço demandado. Bem como, a qualquer tempo, o Banco poderá solicitar a substituição de profissionais que apresentem desempenho insatisfatório na execução das tarefas designadas à Contratada ou comportamento inadequado às regras de conduta vigentes na Autarquia. Em qualquer caso, a contratada deverá substituir, mediante solicitação e a critério do Banco Central, qualquer profissional no prazo máximo de 30 (trinta) dias, a contar da data da solicitação. Podendo o Banco, de imediato, impedir o acesso do profissional substituído às suas dependências No caso de a Contratada liberar o profissional, por qualquer motivo, como, por exemplo, rompimento do vínculo empregatício, férias, licenças etc., outro profissional equivalente deverá ser alocado pela contratada antes da data do afastamento do profissional liberado A contratada deverá disponibilizar, durante a vigência contratual, os profissionais necessários para a execução dos serviços dentro dos prazos abaixo estabelecidos: Quantidade de profissionais Prazo máximo (dias corridos) Até 3 30 De 4 a 7 35 De 8 a De 12 a A partir de O descumprimento durante a vigência contratual dos prazos para a disponibilização de profissionais pela contratada, levará a aplicação de penalidade, conforme definido no Anexo 12 Minuta de Contrato O prazo de início de atendimento a incidentes será o declarado pela contratada na declaração entregue para pontuação técnica no item 4.3 do Anexo 8, que, em caso de descumprimento, a sujeitará às sanções constantes no Anexo 12 Minuta de Contrato Horário de execução dos serviços Os serviços devem ser executados das 0h às 24h, todos os dias, incluindo finais de semana e feriados.

11 O Banco Central estima que 85% (oitenta e cinco por cento) da demanda de serviços serão executados nos dias úteis, no horário das 7h às 20h. Sendo estimados que 15% (quinze) por cento serão demandados para execução, incluindo o atendimento tempestivo a incidentes, nos dias não úteis e das 20h às 7h nos dias úteis Relatórios e documentação A empresa contratada deve disponibilizar, no prazo de 30 (trinta) dias, sistema com acesso web para o acompanhamento, em tempo real, dos atendimentos e das demandas do Banco Central. Além disso, deve ser customizável, com as seguintes funcionalidades: acompanhamento dos serviços contratados e suas respectivas Ordens de serviço, por meio de consultas, relatórios e gráficos, possibilitando a análise da situação e a comparação dos serviços realizados em relação ao previsto; acompanhamento dos custos dos serviços contratados e suas respectivas faturas, por meio de consultas, relatórios e gráficos, possibilitando a análise do custo realizado em relação ao previsto; relatórios gerenciais com informações de ocorrências de atendimento a demandas emergenciais e corretivas; base histórica com o comparativo entre estimativas e realizado de esforço, prazo, custo e níveis de serviço; com a integração com o a ferramenta utilizada no Banco Central A integração, que deve ser concluída no prazo de 60 (sessenta) dias, referida no item anterior engloba o registro, o acompanhamento e o fechamento de solicitações e de incidentes Após a emissão do Termo de Recebimento, parcial ou definitivo, deve o gestor demandante encaminhar ao Fiscal para sua inclusão no respectivo processo Mensalmente o gestor solicitante deve elaborar relatório padrão acerca das Ordens de Serviço por ele requerida e encaminhá-lo ao Fiscal. 3. Obrigações 3.1 A empresa contratada tem as seguintes obrigações: Detalhar e repassar, conforme orientação e interesse do Banco Central, todo o conhecimento técnico utilizado na implementação dos serviços, inclusive, na forma de seminários, aulas e wokshop, sem que isso represente qualquer custo adicional, seja de deslocamento, hospedagem, exceto o de instalações físicas que fica ao encargo do Banco Central providenciá-las Corrigir, sem custos adicionais, os defeitos ou as imperfeições dos serviços executados pela contratada, durante a vigência do contrato ou da garantia conforme item Erro! A origem da referência não foi encontrada. deste Anexo Seguir as instruções e observações efetuadas pelo fiscal do contrato, bem como, refazer, sem ônus, qualquer serviço não executado a contento Capacitar seus profissionais, às suas expensas, nas áreas de interesse dos serviços sempre que se fizer necessário, considerando as mudanças de plataforma tecnológica, e de acordo com as orientações do Banco Central, observando que a falta de capacitação é passível de

12 36 penalidade. Cada profissional deverá receber 80 (oitenta) horas de treinamento por ano, fora do horário comercial, conforme a especificação abaixo: a) 40 (quarenta) horas com conteúdo programático escolhido pela contratada; b) 40 (quarenta) horas com conteúdo programático escolhido pelo Banco Central Garantir a execução dos serviços sem interrupção, substituindo, em caso de necessidade e sem ônus para o Banco Central, quaisquer recursos que se façam necessários; Administrar, coordenar e avaliar, sob sua responsabilidade, os profissionais alocados aos serviços desta contratação, obrigando-se também por todos os tributos, impostos, encargos, incluindo todo e qualquer valor rescisório, além de todas as taxas que gravem seu ramo de atuação Substituir quaisquer profissionais alocados aos serviços desta contratação, cuja atuação, permanência ou comportamento forem julgados prejudiciais e inconvenientes à execução dos serviços ou às normas internas do Banco Central Responder por quaisquer prejuízos que profissionais alocados aos serviços desta contratação causarem ao Banco Central, ou a terceiros, decorrentes de ação ou omissão, procedendo imediatamente os reparos ou indenizações cabíveis e assumindo o ônus e responsabilidade decorrente Responsabilizar-se por todos os atos dos profissionais alocados aos serviços desta contratação relacionados ao manuseio de arquivos, sistemas computadorizados, software e equipamentos Comprovar, quando exigido pelo Banco Central, a qualificação dos profissionais alocados aos serviços desta contratação Permitir, quando o serviço contratado assim o exigir, que os profissionais alocados em sua execução sejam deslocados para outras unidades do Banco Central no país, sem qualquer custo adicional ao valor do serviço. Nessa situação, as despesas devem ser faturadas conjuntamente com os serviços prestados pelo profissional com os valores de diárias e passagens segundo as regras vigentes no Banco Central Alocar os recursos para execução dos serviços no prazo máximo estabelecidos no item , a contar da data da ciência da aprovação da Ordem de serviço Adequar e manter o nível de serviços de informática em sintonia com as alterações na plataforma tecnológica de informática, o que, quando previsto para ocorrer, será objeto de comunicação prévia pelo Banco Central Nomear representante administrativo para a coordenação dos serviços, o qual não representará custos de qualquer espécie para o Banco Central. Este representante deverá estar disponível de forma permanente ao contratante, nos dias úteis, no horário de 9h as 18h O representante administrativo será o responsável pela gestão administrativa de todos os recursos necessários à execução dos serviços contratados, e a ele serão direcionadas as demandas referentes à administração deste contrato. Sendo sua responsabilidade:

13 37 a) acompanhar a execução das Ordens de Serviço em andamento; b) assegurar-se da qualidade na execução das Ordens de Serviço; c) assegurar-se de que as determinações do Banco Central sejam disseminadas junto aos recursos alocados à execução das Ordens de Serviço, tanto quanto a empresa contratada, no que couber; d) informar ao Banco Central sobre problemas de qualquer natureza que possam impedir o andamento normal dos serviços; e) elaborar documentos referentes ao acompanhamento da execução das Ordens de Serviço; f) executar os procedimentos administrativos referentes aos recursos alocados para execução dos serviços contratados Esse representante administrativo deverá ter a sua indicação formalizada junto ao Banco Central e contar com a anuência deste, não devendo estar alocado a quaisquer serviços desta contratação A qualquer tempo, a seu critério, o Banco Central poderá solicitar à empresa contratada a substituição do representante administrativo Cumprir e garantir que seus profissionais estejam aderentes à Política de Segurança da Informação em TI do Banco Central Adaptar-se, inclusive capacitando seus profissionais, às suas próprias expensas e sem acarretar qualquer ônus ao Banco Central, às mudanças de Plataforma Tecnológica do Banco Central Elaborar o Plano de Transição (iniciação e encerramento) e de Gestão de Demanda, apresentado-os para aprovação do Banco Central do Brasil no prazo de 15 (quinze) dias após a assinatura do contrato Realizar a gestão da qualidade dos serviços, compreendendo: a) supervisão de todos os processos do trabalho, garantindo a qualidade dos serviços prestados e o cumprimento dos níveis mínimos de serviços estabelecidos pelo Banco Central do Brasil; b) elaboração de relatórios sobre os indicadores de nível de serviço; c) identificação e proposição de novas rotinas, processos e fluxos de trabalho, visando maior eficácia no serviço prestado; d) gerência do cumprimento de prazos e prioridades estabelecidos; e) gerência e acompanhamento do desempenho dos profissionais alocados para execução do serviço; f) elaboração e execução de plano de treinamento e capacitação contínua da equipe de profissionais, qual deverá ser submetido à prévia aprovação do Banco Central; g) realização, na periodicidade e de acordo com os critérios estabelecidos pelo Banco Central, de pesquisas de satisfação dos usuários com o serviço prestado; 3.2 Do Banco Central do Brasil

14 Proporcionar os recursos técnicos necessários para que a empresa contratada possa executar os serviços conforme as especificações acordadas, quando os serviços forem executados nas dependências do Banco Central Exercer permanente fiscalização na execução dos serviços, registrando ocorrências relacionadas com a execução do objeto contratado e determinando as medidas necessárias à regularização dos problemas observados Notificar a empresa contratada sobre quaisquer problemas observados na execução dos serviços, para que sejam adotadas as medidas necessárias Comunicar à empresa contratada sobre alterações na plataforma de tecnologia da informação. Esta comunicação será feita ao representante administrativo, cuja responsabilidade inclui disseminar esta informação junto à empresa contratada, que, ao seu turno, deverá providenciar capacitação de seus técnicos de forma tempestiva. 4. Direito de propriedade 4.1 Disposições gerais O Banco Central terá o direito de propriedade sobre todos os serviços desenvolvidos pela Contratada A contratada deverá entregar Banco Central do Brasil toda e qualquer documentação produzida decorrente da prestação de serviços, objeto desta licitação, bem como, cederá ao Banco, em caráter definitivo e irrevogável, o direito patrimonial e a propriedade intelectual dos resultados produzidos durante a vigência do contrato e eventuais aditivos, entendendo-se por resultados quaisquer estudos, relatórios, especificações, descrições técnicas, protótipos, dados, esquemas, plantas, desenhos, diagramas, fontes dos códigos dos programas em qualquer mídia, páginas na Intranet e Internet e documentação, em papel ou em qualquer forma ou mídia A contratada fica proibida de fazer publicidade de qualquer tipo sobre os serviços contratados Está a contratada, também, proibida de veicular e comercializar os produtos e as informações geradas, relativas ao objeto da prestação dos serviços. Como também não poderá divulgar de modo algum quaisquer informações a que tenha acesso em virtude dos trabalhos a serem executados ou de que tenha tomado conhecimento em decorrência da execução do objeto, sob pena de aplicação das sanções cabíveis, além do pagamento de indenização por perdas e danos. 5. Garantia dos serviços 5.1 Disposições gerais A garantia padrão para os serviços executados é o prazo mínimo de 12 (doze) meses, contado a partir do termo de recebimento definitivo do produto pelo Banco Central.

15 A emissão do Termo de Recebimento pelo Banco Central não elide a contratada da responsabilidade pela correção de todos os erros identificados dentro do prazo de garantia do serviço Dentro do período de garantia a contratada se obriga a efetuar qualquer manutenção de caráter corretivo, sem ônus para o Banco Central No caso de o problema ocorrer após o encerramento da vigência contratual, estando ainda no período de garantia do item 5.1.1, ainda assim a contratada realizará a manutenção necessária para a correção do problema sem ônus para o Banco Central. 6. Pagamento 6.1 Disposições gerais O pagamento dos serviços obedecerá estritamente ao cronograma de desembolso físicofinanceiro estabelecido na Ordem de Serviço, inclusive no tocante aos pagamentos parciais A data-base para o faturamento será todo dia vinte e cinco de cada mês, onde serão inclusas somente as faturas de Ordem de Serviço com termo de recebimento emitido, atestando que o serviço foi entregue adequadamente, ainda que de modo parcial. 7. Sigilo 7.1 Disposições gerais A contratada é integralmente responsável pela manutenção de sigilo sobre quaisquer dados, informações, códigos-fonte, artefatos, contidos em quaisquer documentos e em quaisquer mídias, de que venha a ter conhecimento durante a execução dos trabalhos, não podendo, sob qualquer pretexto e forma divulgar, reproduzir ou utilizar Deverá haver termo de responsabilidade e sigilo entre a contratada e os seus empregados e prestadores de serviços da contratada, estabelecendo o compromisso de não divulgar nenhum assunto tratado na prestação de serviços objeto da licitação Cada profissional a serviço da contratada deverá assinar termo declarando estar ciente de que a estrutura computacional do Banco Central do Brasil não poderá ser utilizada para fins particulares. O correio eletrônico fornecido pelo Banco Central, bem como a navegação em sítios da Internet ou acessadas a partir dos seus equipamentos poderão ser auditados. Além disso, o profissional da contratada deve assinar o Termo de Sigilo e Responsabilidade da política de segurança de TI do Banco Central..

16 40

PROJETO BÁSICO ANEXO 1A. Especificações Técnicas

PROJETO BÁSICO ANEXO 1A. Especificações Técnicas 25 PROJETO BÁSICO Especificações Técnicas 1. Objeto 1.1 Disposições gerais 1.1.1 O objeto desta licitação é a prestação de serviços técnicos de informática de desenvolvimento e sustentação de sistemas

Leia mais

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica 91 ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica Nº Processo 0801426905 Licitação Nº EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 04/2008 [Razão ou denominação social do licitante] [CNPJ] A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico em sistema de colaboração ZIMBRA. 2. DESCRIÇÃO GERAL DOS SERVIÇOS

Leia mais

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO 1. Introdução 1.1. Descrição do serviço Este documento disciplina a cessão de uso permanente da solução de software para Gestão

Leia mais

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO Este documento descreve os serviços que devem ser realizados para a Implantação da Solução de CRM (Customer Relationship Management), doravante chamada SOLUÇÃO, nos ambientes computacionais de testes,

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa.

Termo de Referência. Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa. Termo de Referência Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa. CGAD/COAR - Gerenciamento de Impressão Plataforma Baixa / RQ DSAO nº xxx/2009 1/8 Termo de Referência Aquisição

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008 CENTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008 Anexo II 1 DO OBJETO 1.1 - Prestação de serviços de suporte técnico assistido

Leia mais

2.2 - Prestação de Serviços de Suporte Técnico Assistido

2.2 - Prestação de Serviços de Suporte Técnico Assistido Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2011 1 DO OBJETO 1.1 - Contratação de empresa para o fornecimento de licenças de uso de software SAP, BusinessObjects Enterprise - BOE, com manutenção

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 033/2015 Termo de Referência 1. OBJETO Renovação de licenças de Solução Corporativa do Antivírus Avast, com serviço de suporte técnico e atualização de versão, manutenção

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

ANEXO II PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER

ANEXO II PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER 1. FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E HABILIDADES EXIGIDAS 1.1. PERFIL DE TÉCNICO EM INFORMÁTICA: 1.1.1.DESCRIÇÃO DO PERFIL: O profissional desempenhará

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC 001/2007 1 ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA ESTABELECE, RESPONSABILIDADES DIVERSAS, TIPOS E HORÁRIO DE COBERTURA DE SUPORTE, E DEMAIS RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA RELATIVAS

Leia mais

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016

MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS ADMINISTRAÇÃO 2013 2016 CONTRATO Nº 038/2014 MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS O MUNICÍPIO DE CÓRREGO DO BOM JESUS, Estado de Minas Gerais, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 18.677.633/0001-02,

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Ata de Registro de Preços para Subscrição de Software Sistema Operacional da Plataforma Linux.

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Ata de Registro de Preços para Subscrição de Software Sistema Operacional da Plataforma Linux. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Ata de Registro de Preços para Subscrição de Software Sistema Operacional da Plataforma Linux. DIT/GIS TR ARP Licenças de Software Sistema Operacional Linux.doc 1/ 6 TERMO DE

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA GERENCIA EXECUTIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 RELAÇÃO DE ITENS ASSUNTOS 1. OBJETIVO... 1 2. DO OBJETO... 2 3. DA JUSTIFICATIVA DO OBJETO... 2 4. DAS ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS... 2 5. DA PRESTAÇÃO

Leia mais

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONCESSÃO ADMINISTRATIVA PARA DESENVOLVIMENTO, IMPLANTAÇÃO, OPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E GERENCIAMENTO DA SOLUÇÃO GRP DO MUNICÍPIO

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para executar serviços de manutenção evolutiva, corretiva, adaptativa e normativa

Leia mais

ANEXO 7 MODELOS DE ATESTADOS E DECLARAÇÕES

ANEXO 7 MODELOS DE ATESTADOS E DECLARAÇÕES 77 ANEXO 7 MODELOS DE ATESTADOS E DECLARAÇÕES 1. Disposições Gerais A) As declarações devem estar em papel timbrado da licitante, contendo o nome, cargo ou função, dados de identificação (CPF e identidade),

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DO LICENCIAMENTO ATLASSIAN JIRA Outubro de 2013 1 1 OBJETO Prestação de Serviço de Manutenção da licença

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CAPÍTULO I DA DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SEUS FINS

DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CAPÍTULO I DA DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SEUS FINS DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CAPÍTULO I DA DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SEUS FINS Art. 1º A Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação da Universidade Federal

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL - TSE SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI ESCRITÓRIO DE PROJETOS EP PROJETO BÁSICO

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL - TSE SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI ESCRITÓRIO DE PROJETOS EP PROJETO BÁSICO PROJETO BÁSICO 1. OBJETO Contratação de serviços de atualização da Ferramenta Corporativa de Antivírus atualmente instalada na plataforma da Justiça Eleitoral, com 27.182 licenças para microcomputadores.

Leia mais

Termo de Referência. Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses.

Termo de Referência. Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses. Termo de Referência Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses. Termo de Referência [OBJETO] 1 Termo de Referência Serviço de envio de mensagens

Leia mais

PORTARIA Nº 7.965, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2015.

PORTARIA Nº 7.965, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2015. PORTARIA Nº 7.965, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2015. Atualiza o macroprocesso da fase de Gestão de Contratos de Tecnologia da Informação e Comunicações, instituído no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da

Leia mais

INTRODUÇÃO REQUISITOS TECNOLÓGICOS E DE AMBIENTE

INTRODUÇÃO REQUISITOS TECNOLÓGICOS E DE AMBIENTE INTRODUÇÃO Na intenção de realizar um novo sistema financeiro para a gestão de recursos de convênios celebrados pela Academia Brasileira de Ciências, o setor de informática juntamente com o setor financeiro

Leia mais

Plano de Sustentação (PSUS)

Plano de Sustentação (PSUS) Plano de Sustentação (PSUS) Contratação de serviços técnicos de suporte à infraestrutura de Tecnologia da Informação do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis Planejamento

Leia mais

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica 491 ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica Nº Processo 0801428311 Licitação Nº EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 09/2008 [Razão ou denominação social do licitante] [CNPJ] A. Fatores de Pontuação Técnica:

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 04/008 ANEXO PT. 08014905 ANEXO Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios Pontos Peso Pontos Ponderados (A) (B) (C) = (A)x(B)

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS Esclarecimento I PERGUNTA 1: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS 7.5.3. documentação técnica do fabricante dos componentes cotados, incluindo partes de manuais e catálogos, que comprovem o atendimento

Leia mais

Serviços do Prodasen. Estrutura de atendimento... 5. Central de Atendimento... 6. Gerente de Relacionamento... 7. Infra-estrutra de Rede...

Serviços do Prodasen. Estrutura de atendimento... 5. Central de Atendimento... 6. Gerente de Relacionamento... 7. Infra-estrutra de Rede... Serviços do Prodasen Estrutura de atendimento... 5 Central de Atendimento... 6 Gerente de Relacionamento... 7 Infra-estrutra de Rede... 9 Gestão de Equimentos... 9 Serviços de apoio... 10 Outros serviços...

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da Contratação de Serviços: 1.1 O presente Projeto Básico consiste na contratação de empresa para realizar pesquisas do perfil do turista do evento Natal Luz

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 13/06/2014 14:08:02 Endereço IP: 177.1.81.29 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO 28/2014 CONSULTORIA DE TERCEIRO NÍVEL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA:

EDITAL DE PREGÃO 28/2014 CONSULTORIA DE TERCEIRO NÍVEL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA: Página 1 de 9 EDITAL DE PREGÃO 28/2014 CONSULTORIA DE TERCEIRO NÍVEL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA: 1 OBJETIVO 1.1 Este Memorial Descritivo tem por objetivo estabelecer as diretrizes básicas para que a CONTRATADA

Leia mais

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica 449 ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios Pontos Peso Pontos Ponderados (A) (B) (C) = (A)x(B) 1. Qualidade 115 1 115 2. Compatibilidade 227 681.

Leia mais

1. Alterar os itens 1.3, 1.3.1, 1.5 e 1.5.1 e acrescentar item 1.3.2 da Cláusula Primeira do Contrato, com a seguinte redação:

1. Alterar os itens 1.3, 1.3.1, 1.5 e 1.5.1 e acrescentar item 1.3.2 da Cláusula Primeira do Contrato, com a seguinte redação: PRIMEIRO ADITIVO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E FORNECIMENTO DE INFRA-ESTRUTURA DE ACESSO A SERVIÇOS INTERNET DE BANDA ESTREITA DIAL PROVIDER Pelo presente instrumento particular, de um lado, na

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Física CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Física CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

PROJETO BÁSICO CALL CENTER

PROJETO BÁSICO CALL CENTER PROJETO BÁSICO CALL CENTER 1 Projeto Básico da Contratação de Serviços: 1.1 O presente Projeto Básico consiste na descrição dos serviços que serão prestados por empresa especializada em serviços de Call

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 4 Referência: Pregão Eletrônico n. 052/2010 Data: 19/11/2010 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de atendimento remoto e presencial a usuários de tecnologia

Leia mais

Projeto Básico - Prestação de Serviços

Projeto Básico - Prestação de Serviços Diretoria de Tecnologia Gerência de Fornecimento de TI Projeto Básico - Prestação de Serviços 1. Objeto: 1.1 Contratação de empresa para prestação de serviços especializados de escuta de gravações e monitoração

Leia mais

ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE

ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE ANEXO III TRANSAÇÕES SEM CARTÃO PRESENTE O presente Anexo III faz parte integrante do Contrato de Credenciamento ao Sistema Elavon ( CONTRATO ) registrado no 5º Oficial de Registro de Títulos e Documentos

Leia mais

EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT

EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IFAM Maio

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA

TERMOS DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO Para realização de suas atividades técnicas e administrativas a Agência Nacional de Telecomunicações Anatel utiliza-se de sistemas informatizados, sendo eles adquiridos no mercado ou desenvolvidos

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 30 DE ABRIL DE 2010.

AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 30 DE ABRIL DE 2010. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 40, DE 30 DE ABRIL DE 2010. Regulamenta a utilização dos serviços corporativos disponíveis na rede de computadores da ANAC. A DIRETORA-PRESIDENTE

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI Nº 002/2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI Nº 002/2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI Nº 002/2015 DISPÔE SOBRE AS NORMAS E PROCEDIMENTOS NO TOCANTE À AQUISIÇÃO, LOCAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE, HARDWARE, SUPRIMENTOS DE TECNOLOGIA

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE ARQUIVOS - EDI

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE ARQUIVOS - EDI 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TRANSFERÊNCIA ELETRÔNICA DE ARQUIVOS - EDI Contrato AJDG Nº 105/14 Das Partes: CONTRATANTE: O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da, órgão administrativo

Leia mais

RESOLUÇÃO N 24, DE 08 DE JUNHO DE 2015

RESOLUÇÃO N 24, DE 08 DE JUNHO DE 2015 RESOLUÇÃO N 24, DE 08 DE JUNHO DE 2015 Dispõe sobre recolhimento de alimentos e sua comunicação à Anvisa e aos consumidores. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso das

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Information Technology Infrastructure Library ou Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação A TI de antes (ou simplesmente informática ),

Leia mais

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. Regulamenta as atribuições e responsabilidades da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da contratação de serviços: 1.1 O presente Projeto Básico tem como objetivo a contratação de empresa para locação de impressoras, incluindo o fornecimento de

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

Contrato Comercial. Objetivo: Setup - Plataforma de E-commerce. Cliente... : Aos cuidados de... : Data de Emissão...

Contrato Comercial. Objetivo: Setup - Plataforma de E-commerce. Cliente... : Aos cuidados de... : Data de Emissão... Contrato Comercial Objetivo: Setup - Plataforma de E-commerce Cliente... : Aos cuidados de... : Data de Emissão... : Emitido por: 0 Contrato Comercial Pelo presente instrumento, firma-se o acordo comercial

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTO(S) ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 22/2015 - BNDES Prezado(a) Senhor(a), Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Sobre o item 18.1. A prestação do serviço

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ATUALIZAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO Pelo presente instrumento particular, as partes, de um lado, VARITUS BRASIL EIRELI, inscrita no CNPJ sob nº

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL CONTRATO

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL CONTRATO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 036/2015 CONVITE Nº 007/2015 CONTRATO CONTRATO QUE FAZEM ENTRE SI A CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE, COM RESULT ASSESSORIA EMPRESARIAL LTDA, PARA A CESSÃO DE USO, NA FORMA DE

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BASEADO NA NORMA ABNT 21:204.01-010 A Política de segurança da informação, na empresa Agiliza Promotora de Vendas, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de

Leia mais

MANUAL DE ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES

MANUAL DE ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS DO ESPÍRITO SANTO ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES DAS UNIDADES GESTORAS E OPERACIONAIS GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO MANUAL DE ATRIBUIÇÕES E

Leia mais

Contrato de Adesão. As partes, acima qualificadas, têm entre si justas e acordadas as seguintes cláusulas e condições:

Contrato de Adesão. As partes, acima qualificadas, têm entre si justas e acordadas as seguintes cláusulas e condições: A Contratada Fundação CPqD Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações, sediada na Rodovia Campinas/Mogi-Mirim (SP-340), Km 118,5, em Campinas SP, inscrita no CNPJ/MF sob o n.º 02.641.663/0001-10

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SETIC CAPÍTULO I CATEGORIA

REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SETIC CAPÍTULO I CATEGORIA REGIMENTO INTERNO DA SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO SETIC CAPÍTULO I CATEGORIA Art. 1º. A Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação SETIC é um Órgão Suplementar Superior

Leia mais

PROJETO BÁSICO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ACADÊMICOS NA ÁREA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

PROJETO BÁSICO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ACADÊMICOS NA ÁREA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA PROJETO BÁSICO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ACADÊMICOS NA ÁREA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA IMPLEMENTAÇÃO DE PROJETO DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATU SENSO EM EFICIÊNCIA ENERGÉTICA PARA COMPOR O PROGRAMA DE EFICIÊNCIA

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. TERMO DE REFERÊNCIA I DO OBJETO 1.1. Contratação de pessoa jurídica especializada para prestação de serviço de limpeza e desinfecção de caixa d água para subseção de Dourados/MS do Coren/MS, conforme as

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ÁREA DE TI

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ÁREA DE TI CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ÁREA DE TI Pelo presente instrumento particular, de um lado a CÂMARA MUNICIPAL DE CONSOLAÇÃO, pessoa jurídica de direito público, inscrita no CNPJ sob o nº 02.403.436/0001-57,

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA A B C D E OBJETO O presente Termo de Referência tem como objeto o fornecimento parcelado de combustíveis à frota dos veículos oficiais do Conselho Regional de Medicina do

Leia mais

Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento dos sistemas e demais aplicações informatizadas do TJAC.

Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento dos sistemas e demais aplicações informatizadas do TJAC. Código: MAP-DITEC-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerência de Sistemas Aprovado por: Diretoria de Tecnologia da Informação 1 OBJETIVO Estabelecer os procedimentos para o gerenciamento

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015. Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa

CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015. Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa CONTRATO ADMINISTRATIVO Nº 08/2015 Contrato celebrado entre a Câmara Municipal de São Simão e a Empresa PUBLICENTER INFORMÁTICA COMÉRCIO E LOCAÇÃO LTDA-ME CONTRATANTE: A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO SIMÃO,

Leia mais

Contrato de Suporte End.: Telefones:

Contrato de Suporte End.: Telefones: Contrato de Suporte Contrato de Suporte Desafios das empresas no que se refere à infraestrutura de TI Possuir uma infraestrutura de TI que atenda as necessidades da empresa Obter disponibilidade dos recursos

Leia mais

Sistema de Automação Comercial de Pedidos- Versão 1.1

Sistema de Automação Comercial de Pedidos- Versão 1.1 Termo de Abertura Sistema de Automação Comercial de Pedidos- Versão 1.1 Iteração 1.0- Release 1.0 Versão do Documento: 1.1 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011 1.0 Versão

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 13/2014 - BNDES ANEXO II MODELO DE PROPOSTA - RETIFICADO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 13/2014 BNDES LICITANTE: CNPJ:

PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 13/2014 - BNDES ANEXO II MODELO DE PROPOSTA - RETIFICADO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 13/2014 BNDES LICITANTE: CNPJ: PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 13/2014 - BNDES ANEXO II MODELO DE PROPOSTA - RETIFICADO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 13/2014 BNDES LICITANTE: CNPJ: ENDEREÇO: TELEFONE: ( ) FAX: ( ) E-MAIL: REPRESENTANTE LEGAL: NACIONALIDADE:

Leia mais

ISO 9001:2008 Recertificação do ciclo 3,5 ISO 9001 1º ano manutenção semestral 1 ISO 9001:2008 Reemissão do certificado com acreditação INMETRO -

ISO 9001:2008 Recertificação do ciclo 3,5 ISO 9001 1º ano manutenção semestral 1 ISO 9001:2008 Reemissão do certificado com acreditação INMETRO - TERMO DE CONTRATO: Nº 17/2011 CONTRATANTE: TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CONTRATADA: BSI BRASIL SISTEMAS DE GESTÃO LTDA. OBJETO DO CONTRATO: RECERTIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DO SISTEMA :2008

Leia mais

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. II - Nome do gerente do projeto, suas responsabilidades e sua autoridade

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. II - Nome do gerente do projeto, suas responsabilidades e sua autoridade PROJETO NOVAS FRONTEIRAS DECLARAÇÃO DE ESCOPO SCOPE STATEMENT Preparado por Rodrigo Mendes Lemos Gerente do Projeto Versão 3 Aprovado por Ricardo Viana Vargas Patrocinador 01/11/2010 I - Patrocinador Ricardo

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA I - DO OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA I - DO OBJETO I - DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1. Contratação de empresa para a prestação de serviço de fretamento de veículos, caminhões do tipo BAÚ, por horas de utilização, com motoristas e ajudantes, para atender

Leia mais

PORTARIA Nº 114, DE 19/9/2007

PORTARIA Nº 114, DE 19/9/2007 CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação PORTARIA Nº 114, DE 19/9/2007 Aprova normas para padronização, instalação e controle de programas de computador no âmbito da Câmara dos Deputados.

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA

TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA TERMO DE REFERÊNCIA SEGURO DE VIDA 1- Objeto da Licitação: Prestação de serviço para contratação de seguro de vida em grupo para os empregados da Empresa Municipal de Informática S.A - IplanRio, visando

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA. 5.1 Quantidade estimada para compra são de 2 (dois) nobreaks que funcionarão de forma redundante.

TERMO DE REFERENCIA. 5.1 Quantidade estimada para compra são de 2 (dois) nobreaks que funcionarão de forma redundante. TERMO DE REFERENCIA 1. OBJETO 1.1 Contratação de empresa especializada para fornecimento e manutenção de equipamento elétrico do tipo nobreak nas instalações da sala dos servidores da Companhia Docas do

Leia mais

PROPOSTA TÉCNICA/PLANILHA DE AVALIAÇÃO (com Alteração 01)

PROPOSTA TÉCNICA/PLANILHA DE AVALIAÇÃO (com Alteração 01) CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC Nº 001/2010 ANEXO II 1 PROPOSTA TÉCNICA/PLANILHA DE AVALIAÇÃO (com Alteração 01) I - Atestados, certidões e comprovantes I.1 Todos os documentos, atestados e certificados deverão

Leia mais

FACULDADE PROCESSUS Recredenciamento da Faculdade Processus - PORTARIA Nº- 1.394, DE 23/11/2012, D.O.U nº 227 de 26/11/2012, Seção 1 P. 17.

FACULDADE PROCESSUS Recredenciamento da Faculdade Processus - PORTARIA Nº- 1.394, DE 23/11/2012, D.O.U nº 227 de 26/11/2012, Seção 1 P. 17. REGULAMENTO INTERNO DO USO E ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS COMPUTACIONAIS E DA REDE DA FACULDADE PROCESSUS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Este ato tem como objetivo definir o uso e administração

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito privado com sede na Rua Sampaio Viana, 44 - Paraíso,

Leia mais

Artigo 1º - Aprovar revisão da Política de Segurança da PRODEB, que com esta se publica.

Artigo 1º - Aprovar revisão da Política de Segurança da PRODEB, que com esta se publica. Classificação: RESOLUÇÃO Código: RP.2007.077 Data de Emissão: 01/08/2007 O DIRETOR PRESIDENTE da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia - PRODEB, no uso de suas atribuições e considerando

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA e-crea

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA e-crea ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA e-crea 1. OBJETO: 1.1. Contratação de empresa para prestação de serviços de projeto, desenvolvimento e implantação do novo sistema de cadastros para o CREA-RS, denominado

Leia mais

CONTRATO DE TEF, COMODATO E/OU COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DE RECARGA

CONTRATO DE TEF, COMODATO E/OU COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DE RECARGA TENDENCIA COD CONTRATO DE TEF, COMODATO E/OU COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS DE RECARGA Pelo presente instrumento particular, de um lado TENDÊNCIA INFORMAÇÕES E SISTEMAS LTDA., com sede na Rua São Jorge, 103,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix, e, atualização de novas versões e das vulnerabilidades detectáveis.

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE LOCAÇÃO DE SISTEMA DE ENGENHARIA GERENCIADOR DE OBRAS ON LINE IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: Obra24horas Soluções Web para Engenharia Ltda., com sede na Rua Formosa, 75 1º andar

Leia mais

É desejável que o Proponente apresente sua proposta para ANS considerando a eficiência e conhecimento do seu produto/serviço.

É desejável que o Proponente apresente sua proposta para ANS considerando a eficiência e conhecimento do seu produto/serviço. 1 Dúvida: PROJETO BÁSICO Item 4.1.1.1.2 a) Entendemos que o Suporte aos usuários finais será realizado pelo PROPONENTE através de um intermédio da CONTRATANTE, que deverá abrir um chamado específico para

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais

ATO Nº 233/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 233/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 233/2013 Institui a Política de Gerenciamento de Serviços de Tecnologia da Informação (TI) no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito privado com sede na Rua Sampaio Viana, 44 - Paraíso,

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO MPT/PG 75/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO ELETRÔNICO MPT/PG 75/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO MPT/PG 75/2014 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO, JUSTIFICATIVA E CONCEITOS 1.1 OBJETO Registro de preços para contratação de empresa especializada no fornecimento de subscrições

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO DG DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO - DGA TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO

DIRETORIA DE GESTÃO DG DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO - DGA TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA Nº 010/2014 OBJETO Contratação de empresa especializada para execução dos serviços de instalação e fornecimento de vidros temperados incolor em imóveis da Eletrobrás Distribuição Rondônia,

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERNET

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERNET CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERNET Pelo presente Instrumento Particular o BANCO MÁXIMA S/A, com sede na cidade de Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, na Avenida Atlântica, 1130, 12º andar

Leia mais

Acordo de Nível de Serviço (SLA)

Acordo de Nível de Serviço (SLA) Faculdade de Tecnologia Acordo de Nível de Serviço (SLA) Alunos: Anderson Mota, André Luiz Misael Bezerra Rodrigo Damasceno. GTI 5 Noturno Governança de tecnologia da informação Prof. Marcelo Faustino

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO OS 002/DINFO/2014 29/10/2014. Art. 1º: Para fins de normatização da Política de Uso da Rede WIFI UERJ, com vistas a assegurar:

ORDEM DE SERVIÇO OS 002/DINFO/2014 29/10/2014. Art. 1º: Para fins de normatização da Política de Uso da Rede WIFI UERJ, com vistas a assegurar: A DIRETORIA DE INFORMÁTICA DINFO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO -UERJ, no uso de suas atribuições legais, estabelece: Art. 1º: Para fins de normatização da Política de Uso da Rede WIFI UERJ,

Leia mais

EDITAL FAPEMIG 16/2011

EDITAL FAPEMIG 16/2011 EDITAL FAPEMIG 16/2011 PROGRAMA ESTRUTURADOR REDE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA MESTRES E DOUTORES A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais FAPEMIG, atendendo à orientação

Leia mais

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS

EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS EXTRATO DO CONTRATO DE REPRESENTANTE DE SEGUROS CUMULADO COM CORRESPONDENTE DE MICROSSEGUROS SEGUROS TOKIO MARINE SEGURADORA S.A., inscrita no CNPJ sob o número 33.164.021/0001-00 pessoa jurídica de direito

Leia mais

TERMO DE ADESÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERMEDIAÇÃO

TERMO DE ADESÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERMEDIAÇÃO TERMO DE ADESÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERMEDIAÇÃO São partes deste Instrumento, VAIVOLTA.COM SERVIÇOS DE INTERNET SA, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 15.529.518/0001-94, com sede na Rua Frei Caneca,

Leia mais

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Visão geral do Serviço Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Os Serviços de gerenciamento de dispositivos distribuídos ajudam você a controlar ativos

Leia mais