Ao trabalhar pesadamente no

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ao trabalhar pesadamente no"

Transcrição

1 Tivoli e Linux: Gerenciamento de Infraestrutura de Redes e Servidores A multiplicidade do Tivoli Há tempos a IBM vem investindo pesadamente em Linux, não apenas no desenvolvimento de aplicações e na inclusão desse sistema operacional em suas soluções em ambientes distribuídos, como também no ambiente do mainframe. A suíte Tivoli é um excelente exemplo do que já foi feito nessas três linhas de investimentos. por Marcos Alves e Roberto Nozaki ANÁLISE Davide Guglielmo Ao trabalhar pesadamente no desenvolvimento de soluções e ferramentas para Linux, tanto em ambientes distribuídos quanto em mainframes, a IBM entende que é possível combinar a escalabilidade e a confiabilidade dos servidores de mainframe com a flexibilidade e os padrões abertos de Linux. Na IBM isto se reflete em uma linha chamada zlinux, ou o Linux que roda no mainframe. Mas, independentemente da plataforma, o investimento é intenso também no gerenciamento de infraestruturas de servidores e redes baseadas em Linux. Dentro da IBM, a iniciativa de ITSM (IT Service Management) engloba a família Tivoli de produtos, que vem sendo ampliada através de dois grandes caminhos: 1 Desenvolvimento interno: a IBM investe bilhões por ano em pesquisa e desenvolvimento, e detém o recorde de registro de patentes, ano após ano (foram nos EUA, em 2006); 2 Aquisições de empresas também focadas em gerenciamento, como Candle, Cyanea, Micromuse. Nessas ocasiões são incorporados os cérebros dessas companhias, o que redunda em evolução dos produtos da própria IBM. Esses fatores resultam em um leque bastante amplo de produtos, que, no caso específico do Tivoli em ambiente Linux, contam com ferramentas para controle de autenticação e autorização, becape, entre outros, passando por gerenciamento dos próprios servidores e aplicações e redes, e culminando no gerenciamento de linhas de serviço (veja no quadro 1). Este artigo se concentra nas soluções Tivoli para as seguintes áreas: 1 Gerenciamento de servidores e aplicações: Tivoli Monitoring e ITCAM; 2 Gerenciamento de redes: Tivoli Network Manager (ex-netcool/ Precision); 3 Gerenciamento de eventos: Tivoli Netcool/OMNIbus; 4 CMDB. Servidores e aplicações Dentro da família Tivoli, o ITM (IBM Tivoli Monitoring) é o responsável pelo gerenciamento de servidores e aplicações em rede, nas diversas plataformas do ambiente distribuído em que atua (Linux, outros Unix, Windows). No mainframe, a família mantém o nome OMEGAMON, herdado quando a IBM adquiriu a empresa Candle, em O ITM 6.1 no ambiente distribuído também é fruto desta incorporação, e possui monitores para recursos do sistema operacional (como uso de CPU, memória, disco, processos), aplicações (como SAP, Siebel, Lotus Domino, Exchange) e bancos de dados (DB2, Oracle, MS-SQL, Sybase). Os dados coletados a partir destas monitorações são armazenados Linux Magazine #71 Outubro de

2 ANÁLISE Tivoli Quadro 1: Produtos IBM Tivoli para gerenciamento em Linux IBM Tivoli Access Manager for e-business Atua como coordenador central das funções de autenticação e autorização para aplicações (sejam elas web ou não). IBM Tivoli Access Manager for Operating Systems Protege os recursos de aplicações e sistemas operacionais endereçando vulnerabilidades relacionadas com o uso de contas de superusuário em ambientes UNIX/Linux. IBM Tivoli Composite Application Manager for Response Time Tracking Uma solução para gerenciamento de transações fim-a-fim capaz de, proativamente, reconhecer, isolar e resolver problemas de tempo de resposta para usuários finais. IBM Tivoli Configuration Manager Solução integrada para distribuição de software e para inventário de configurações de software e hardware nas empresas. IBM Tivoli Enterprise Console Correlaciona eventos de servidores, redes e e-business, para rapidamente identificar a causa raiz de problemas em ambiente de TI. IBM Tivoli Monitoring Gerencia de forma pró-ativa a saúde e a disponibilidade da infraestrutura de TI, fim-afim, através de ambientes distribuídos e no mainframe. IBM Tivoli Monitoring Express Uma versão light do IBM Tivoli Monitoring, voltada para pequenas e médias empresas. IBM Tivoli Monitoring for Microsoft.NET Monitora e garante disponibilidade e desempenho ao ambiente.net da Microsoft. IBM Tivoli Network Manager Gerencia recursos de redes nas camadas OSI 2 e 3 da rede. IBM Tivoli OMEGAMON XE for Linux on zseries Gerencia o desempenho e a disponibilidade do sistema operacional Linux nas plataformas mainframe e distribuídas (OS/390, zseries e Intel). IBM Tivoli OMEGAMON XE for WebSphere Application Server for Linux on zseries Um monitor especializado em WebSphere para Linux. IBM Tivoli Risk Manager Simplifica em um único console os eventos e alertas gerados por diversos produtos antes desconectados, para gerenciar incidentes de segurança e vulnerabilidades. IBM Tivoli Service Level Advisor Viabiliza o gerenciamento de nível de Serviço, para que seja possível alinhar os serviços entregues pela sua empresa com as necessidades de seus clientes. IBM Tivoli Storage Manager Automatiza funções de becape e restauração de becape, suportando uma ampla gama de plataformas e dispositivos de armazenamento. IBM Tivoli Storage Manager for Databases Protege bancos de dados Informix, Oracle e Microsoft SQL. IBM Tivoli System Automation for Multiplatforms Provê solução de alta disponibilidade para aplicações e middlewares de missão crítica em Linux, AIX e plataformas zlinux. IBM Tivoli Workload Scheduler Automatiza e controla o fluxo de trabalho por meio de toda infraestrutura de TI da empresa. pelo ITM em um banco de dados, e podem ser visualizados em tempo real através do console web do TEP (Tivoli Enterprise Portal) ou, por meio do acesso a históricos, através do TDW (Tivoli Data Warehouse). Um exemplo do console do TEP é mostrado na figura 1. Este console também é utilizado para definir thresholds (valor mínimo de um parâmetro utilizado para ativar um dispositivo ou ação) de monitoração, assim como ações automáticas a serem executadas quando um threshold é ultrapassado. Para exemplificar, definimos que, quando um determinado disco de um certo servidor atingir 80% de utilização, a ação automática executada será a remoção dos arquivos no diretório temporário. Além disso, caso a utilização ultrapasse 90%, o pager do analista de suporte é acionado e um ticket é automaticamente aberto no sistema de help desk da empresa. Com isso, ganha-se em pró-atividade e evita-se, posteriormente, maiores dores de cabeça, já que, em geral, o problema tem conse quências mais sérias e custa mais caro para ser diagnosticado e resolvido, sobretudo quando uma aplicação importante pára de funcionar por falta de espaço em disco. No caso de recursos para os quais não existe um monitor out-of-the-box, é possível ainda utilizar o agente universal do ITM, bastante customizável e capaz de capturar seus dados via API, arquivos de log, ODBC, HTTP, SNMP, scripts, sockets, portas TCP, entre outras opções. Os dados capturados dessa forma podem também ser monitorados para disparar ações corretivas, ou visualizados em relatórios no TEP e no TDW. Usuários podem criar e compartilhar monitores ou scripts para customização do agente universal no site da IBM/ OPAL [1]. Mas, para haver um gerenciamento efetivo da saúde de uma aplicação, 58

3 Tivoli ANÁLISE Figura 1 Console do TEP (Tivoli Enterprise Portal). não basta gerenciar os recursos dos quais ela depende. É necessário, de alguma forma, gerenciar também a experiência do usuário, inclusive com testes fim-a-fim simulando um usuário real. Para atender a esta necessidade, a Tivoli conta com a família ITCAM (IBM Tivoli Composite Application Management). Por definição, aplicações compostas são todas aquelas que permeiam mais de um ambiente ou Figura 2 O ITNM mostrando a causa raiz de um problema de rede. sistema operacional, ou que se utilizam de múltiplos recursos existentes na infraestrutura da empresa, como servidores web, bancos de dados, servidores de aplicações ou mesmo o mainframe. Há módulos ITCAM prontos para gerenciar servidores de aplicação WebSphere ou outros servidores J2EE, como WebLogic, JBoss, Oracle, SAP NetWeaver e Tomcat. Esse gerenciador permite que se faça monitoramento e diagnósticos detalhados destes servidores, e pode utilizar a mesma infraestrutura do TEP, que atua como console unificado para as funções de monitoração. O ITCAM possui também monitores no mainframe para CICS e IMS, uma configuração muito comum em aplicações bancárias. Para prover a capacidade de gerenciamento fim-a-fim, há também o ITCAM para RTT (Response Time Tracking), que nos permite monitorar o tempo de resposta a partir da máquina do usuário final, seja de forma robótica (um teste é executado periodicamente, independentemente de haver alguém usando a máquina ou por amostras reais (à medida que um usuário real efetua as transações). É possível gravar uma transação para agendar sua reprodução nos testes, e podem ser monitoradas tanto aplicações com interface web como aplicações Windows. Podemos definir thresholds ideais para os tempo de respostas, e solicitar a geração de alarmes quando estes tempos estiverem fora do desempenho desejado. E mais: os dados coletados das transações do usuário podem ser usados pela equipe de desenvolvimento para localizar os gargalos da aplicação. Gerenciamento de Redes Até cerca de um ano e meio atrás, a ferramenta para descoberta e gerenciamento de redes da Tivoli em ambiente distribuído era o NetView, que por sua vez foi desenvolvido a partir de uma versão mais antiga do HP/OpenView. Com a aquisição da Micromuse, em fevereiro de 2006, a IBM incorporou o produto Netcool/ Precision, que agora é o carro-chefe da IBM para este tipo de gerenciamento, e passou a se chamar IBM Tivoli Network Manager (ITNM). É neste produto que o time de de- Linux Magazine #71 Outubro de

4 ANÁLISE Tivoli Figura 3: Imagem do status da rede e eventos no Netcool/WebTop. senvolvimento está focado, ficando o NetView voltado para ambientes menores e menos complexos. O caminho natural é que novos usuários comecem diretamente com o ITNM, e que os antigos usuários de NetView migrem pouco a pouco seus ambientes para ITNM. É bastante comum utilizarmos o ITNM rodando em Linux, desde simples provas de conceito, onde demonstramos as funcionalidades da ferramenta, até a implementação de grandes projetos, com literalmente centenas de milhares de elementos sendo gerenciados. O ITNM é um produto de concepção mais moderna que seus antecessores, e foi amadurecido em ambientes extremamente exigentes: empresas de telecomunicações no mundo todo, que o utilizam para monitorar redes altamente complexas. A IBM percebeu que as características do ITNM seriam úteis não apenas neste tipo de empresa, mas também em qualquer empresa de TI que tivesse de gerenciar múltiplas tecnologias de rede, com centenas de milhares de elementos. O ITNM é capaz de descobrir e monitorar redes nos níveis 2 e 3 da camada OSI (enlace e rede), suportando tecnologias como MPLS, OSPF, SNMPv1/2/3, ATM, Frame Relay, CDP, HSRP, VLAN e NAT estático. Um ponto forte desta ferramenta é a escalabilidade: com apenas um servidor de ITNM, pode-se gerenciar até elementos (considerando como elemento uma interface de rede, uma VLAN ou um servidor, por exemplo). E uma arquitetura de ITNM pode combinar mais servidores ITNM, monitorando mais elementos ainda. Uma vez descobertos os elementos de rede, o ITNM utiliza algoritmos pré-definidos para estabelecer a relação entre estes objetos, alimentando um banco de dados interno com a topologia da rede. Isto permite mapear quem está ligado a quem, e de que forma (seja como um caminho único por um roteador ou por caminhos redundantes). Este mapeamento da topologia permite ao ITNM fazer algo além em relação a outras ferramentas similares: a análise de causa raiz (RCA, em inglês). Um exemplo disso pode ser visto na figura 2. Em um primeiro momento, todos os dispositivos afetados são mostrados como eventos críticos (ficariam em vermelho na lista de eventos e no mapa de topologia). Em alguns segundos, porém, o ITNM detecta que diversos elementos estão inacessíveis em função da falha em um dispositivo do qual todos dependem. Imediatamente, apenas o dispositivo causador do problema permanece na cor vermelha, e os demais são mostrados na cor púrpura, indicando-os como sintomas de uma causa em comum. Assim, a operação da rede pode atuar diretamente no problema real, em vez de procurar entre inúmeros problemas. Uma característica que os fãs do Linux provavelmente vão apreciar é o ITNM ser uma ferramenta bastante aberta, e portanto altamente configurável. Modificando os scripts shell e Perl que fazem parte do produto, é possível configurar desde o discovery (caso você possua elementos incomuns em sua rede), até a forma como os elementos serão costurados na topologia, além da maneira como os elementos serão monitorados. Os DBs que contêm todas estas informações e parâmetros são abertos, podendo ser visualizados e até mesmo refinados pelos administradores mais experientes. Gerenciamento de eventos A coleta, consolidação e correlação dos eventos de falha é efetuada pelos produtos Netcool/OMNIbus, também incorporados com a aquisição da Micromuse. Assim como o ITNM, estes produtos amadureceram no ambiente de empresas de telecomunicações, sendo muito comum observá-los nos NOCs (sigla em inglês para Centro de Operações de Redes) destas operadoras. De fato, a totalidade das vinte maiores empresas deste ramo no mundo projetam consoles do Netcool em seus telões, nas mesas dos operadores da rede e também dos executivos. Hoje o seu uso não se restringe às empresas de telecomunicação, estando também presente em bancos, órgãos de defesa e indústrias. O Netcool/WebTop acrescenta ao OMNIbus a funcionalidade de visualização de eventos, mapas e gráficos via web, exemplificada na figura 3. O OMNIbus captura os eventos de falhas utilizando suas mais de 300 probes softwares especializados em coletar eventos das mais variadas fontes, como: arquivos de log, bancos de dados, elementos 60

5 Tivoli ANÁLISE de rede que enviam traps SNMP, PABX, portas seriais, ou até mesmo outros gerenciadores de rede. As probes são desenvolvidas em parceria com os próprios fabricantes dos equipamentos monitorados e possuem arquivos de regras que permitem selecionar quais eventos serão enviados para o Netcool, através de filtros (expressões regulares). Uma vez coletados, os eventos são concentrados no ObjectServer, peça central do OMNIbus, onde são eliminadas as duplicidades (mesmo tipo de problema para o mesmo elemento). O ObjectServer é um banco de dados residente em memória, construído para tratar grandes volumes de eventos (dezenas de milhões de eventos por dia) com alta performance e escalabilidade. O ObjectServer automaticamente correlaciona eventos de problema com eventos que indicam a resolução do mesmo problema. Por exemplo, quando da chegada de um evento de Node Up para um dispositivo para o qual havia sido gerado um Node Down anteriormente, ambos os eventos são marcados como resolvidos e eliminados da lista dos operadores. Esta automação é genérica e pode ser aplicada a qualquer par de eventos problema/resolução, bastando configurar as probes (o que já é feito por padrão nas probes padrão). Assim, os operadores da rede podem se concentrar apenas nos eventos que ainda requerem sua atenção. Como o ObjectServer é um banco de dados relacional, basta ter um bom conhecimento de SQL para criar ou adaptar as automações. Projetos de Netcool em ambientes complexos são geralmente rápidos por não exigirem conhecimentos específicos de programação em alguma linguagem obscura. Outras automações (como a execução de scripts) podem ser disparadas por tempo ou pela chegada de eventos definidos pelo administrador, minimizando a necessidade de intervenções manuais por parte dos operadores da rede. CMDB Você já se deparou com uma solicitação de mudança, como fazer um upgrade em um roteador ou em um servidor, ou tirar o cabo de rede do switch para liberação de um ponto para uma instalação emergencial? E você então prontamente atende à solicitação, mas de repente o telefone do departamento não para de tocar, com reclamações sobre uma filial que parou de funcionar, ou uma aplicação ou um serviço que estão com problemas depois daquela mudança? Imagine como seria se você possuísse uma forma de, antes da mudança, saber que o roteador X está ligado às redes A, B e C ou que o Servidor Y é responsável por autenticar todos os usuários do serviço de Internet Banking. É sobre esta abordagem que a IBM vem investindo fortemente em uma ferramenta capaz de realizar um discovery dos componentes de rede, sejam roteadores, switches, servidores, links, sistemas operacionais e aplicações ou banco de dados, Web, correio eletrônico, Figura 4 Imagem da topologia de uma aplicação. CRM, ferramentas de gestão etc. e montar um mapa de relacionamento entre estes componentes. Ou seja, descobrir quais componentes de rede estão ligados a um determinado roteador, ou em quais portas do switches estão conectados os servidores, ou em qual servidor a aplicação X está sendo executada e a quais outros servidores ou aplicações a mesma aplicação se conecta, ou, ainda, em relação a quais ela possui uma dependência. Essa ferramenta deve ser totalmente aderente ao ITIL (Information Technology Infrastructure Library), que define as melhores práticas para a implementação de um CMDB (Configuration Manager Database), que é uma base de dados com todas as informações sobre os relacionamentos e dependências do seu ambiente de TI. Desta forma, todas as vezes em que existir uma alteração no ambiente, esta base deverá ser consultada para que se saiba exatamente o impacto desta mudança. A ferramenta capaz de montar este CMDB chama-se IBM Tivoli Application Depedency Discovery Manager, ou ITADDM, fruto da aquisição pela IBM Software Group da empresa Collation em novembro de Linux Magazine #71 Outubro de

6 ANÁLISE Tivoli Como funciona? O ITADDM é uma ferramenta não intrusiva, ou seja, não necessita de agentes instalados nos componentes para que estes sejam descobertos. Para tal, a ferramenta dispõe de quatro recursos que são chamados de sensors: SNMP, sockets, scripts e usuário e senha da aplicação ou componente. Todas estas informações são configuradas para uso da ferramenta por meio de um módulo chamado Access List, com acesso permitido apenas para o administrador do ITADDM. Depois da definição da Access List deve ser definido o escopo que, no caso do ITADDM, pode ser uma faixa de endereços IP, subrrede, ou um único IP. Uma vez definido o escopo, podese iniciar o processo de discovery dos componentes, que será realizado utilizando os sensors, seja via GET SNMP, porta Sockets, scripts onde se pode definir assinaturas para que seja identificado um determinado componente (muito utilizado em caso de aplicações customizadas) e usuário e senha para acesso às informações do componente que pode ser: um sistema operacional, um banco de dados, um servidor web, roteador ou switch. Após o processo de descoberta, o ITADDM armazena os componentes encontrados bem como os relacionamentos e as dependências entre eles em um banco de dados DB2. É possível consultar estas informações através de sua interface gráfica via browser (via Internet Explorer ou Firefox). Na interface do ITADDM as informações sobre relacionamento e dependências são apresentadas em três níveis: Infraestrutura, Aplicações e Negócios (figura 4). É provida uma visão completa de como cada nível influencia ou é influenciado pelos componentes de cada um dos três níveis, permitindo comparações entre os componentes e das mudanças (lógicas ou físicas) de um determinado componente em um período de tempo. Portanto, o ITADDM é uma ferramenta que responde à seguinte pergunta: Quais são as aplicações e serviços afetados se o componente parar ou tiver sua configuração alterada?. Com relação ao sistema operacional, o ITADDM é bem democrático, podendo ser executado em diversas plataformas, incluindo Linux em ambiente distribuído e mainframe (RedHat e Suse Linux Enterprise Server). Vale ressaltar que o ITADDM não está só essa ferramenta tem integração total com o Tivoli Service Desk, podendo, assim, ser implementado o CCMDB (Change and Configuration Management Database). Mais informações Outro ponto importante é que o ITADDM pode ser integrado com outros fornecedores de Service Desk, preenchendo uma grande lacuna que é descobrir as dependências e relacionamentos de todos os componentes de TI. Conclusão A família de produtos Tivoli é uma plataforma aberta, que permite que os administradores das ferramentas as adaptem para atender as necessidades de suas empresas. Administradores Linux, habituados a ter este nível de controle nos seus sistemas operacionais, podem certamente se beneficiar desta combinação de melhores práticas e flexibilidade existente nas ferramentas de gerenciamento de infraestrutura do Tivoli. n [1] OPAL (IBM Tivoli Open Process Automation Library): [2] Linux na IBM: [3] Soluções para gerenciamento de Linux da IBM: ibm.com/software/tivoli/solutions/linux/products.html/ [4] Tivoli Information Center (contém produtos para Linux e outros sistemas operacionais): developerworks/wikis/display/tivolidoccentral/home/ Sobre os autores Marcos Alves é especialista em TI e membro do IBM Tivoli World Wide SWAT Team. Possui certificação ITIL. Há 16 anos trabalha na área de Informática e há 9 anos trabalha com ferramentas de gerência de TI. Atualmente é membro do time de Software Advanced Technology da IBM Tivoli Software. Roberto Nozaki é especialista em TI no time de SWG da IBM Brasil. Trabalha há mais de 20 anos na área de TI e há 12 com soluções de gerência de redes, servidores e aplicações. É certificado em ITIL Foundations, ITM e Netcool/OMNIbus. Gostou do artigo? Queremos ouvir sua opinião. Fale conosco em Este artigo no nosso site: 62

7 Inclua em seu currículo a principal certificação Linux no mundo LPI. Em tempos de crise, soluções de código aberto como o Linux se destacam na adoção por empresas de todos os tamanhos, como solução ideal para aumentar eficiência nos negócios e reduzir custos. Atualmente há no mercado uma carência por profissionais certificados para atender a essa demanda crescente. Aproveite essa oportunidade e inclua em seu Inscrições e mais informações: Tel (11) R Linux Professional Institute

Foglight A solução ideal para o gerenciamento de aplicações e serviços SAP

Foglight A solução ideal para o gerenciamento de aplicações e serviços SAP Parceria: Foglight A solução ideal para o gerenciamento de aplicações e serviços SAP Uma nova visão no Gerenciamento da Aplicação INDICE 1. Parceria Union e Quest Software... 3 2. Foglight Gerenciando

Leia mais

Estudo de Caso 22. Figura 4 Console da TEC*. *Alguns dados foram removidos atendendo a política de segurança da informação da empresa.

Estudo de Caso 22. Figura 4 Console da TEC*. *Alguns dados foram removidos atendendo a política de segurança da informação da empresa. 2 Estudo de Caso O gerenciamento de serviços é um fator crítico para a organização em análise, os processos devem garantir os acordos de níveis de serviços estabelecidos com os clientes. Destarte, a atividade

Leia mais

C o m p o s i t e A p p l i c a t i o n M a n a g e m e n t

C o m p o s i t e A p p l i c a t i o n M a n a g e m e n t EUGENIOf@br.ibm.com IT Specialist Pre Sales Support (55 11) 2132-7793 C o m p o s i t e A p p l i c a t i o n M a n a g e m e n t 2005 IBM Corporation Tendências da Infra-Estrutura Complexidade Alterações

Leia mais

Benefícios estratégicos para sua organização. Características especiais. Benefícios. Gestão organizada e controle sobre as solicitações de suporte.

Benefícios estratégicos para sua organização. Características especiais. Benefícios. Gestão organizada e controle sobre as solicitações de suporte. Otimize a gestão de suporte e serviço e administre eficientemente estes procedimentos dentro e fora da sua organização, aumentando seu nível de produtividade. Benefícios Gestão organizada e controle sobre

Leia mais

Symantec Discovery. Controle seu software e hardware e monitore a conformidade com as licenças em toda a infra-estrutura de TI de várias plataformas

Symantec Discovery. Controle seu software e hardware e monitore a conformidade com as licenças em toda a infra-estrutura de TI de várias plataformas Symantec Discovery Controle seu software e hardware e monitore a conformidade com as licenças em toda a infra-estrutura de TI de várias plataformas VISÃO GERAL O Symantec Discovery ajuda a garantir a resiliência

Leia mais

Gerenciador de portas de Switch (es)

Gerenciador de portas de Switch (es) Benefícios para os Negócios Controle Automatizado de Acesso a Portas de Switch(es) de Rede e Hosts Finais A capacidade de planejamento ao acompanhar portas livres, em uso e definidas por usuário. Encontre

Leia mais

Gerenciador de Mudanças automatizadas

Gerenciador de Mudanças automatizadas Benefícios para os Negócios Minimizando a dependência em processos manuais e reduzindo risco de erro humano Reduz o tempo, esforço e risco de erro humano que existem ao mudar a configuração em dispositivos

Leia mais

A partir do XMon é possível:

A partir do XMon é possível: Monitoramento XMon É uma ferramenta para gerenciar o seu ambiente de TI de forma centralizada e constante, obtendo informações precisas da performance de todos os seus ativos e previna possíveis problemas

Leia mais

SolarWinds Kiwi Syslog Server

SolarWinds Kiwi Syslog Server SolarWinds Kiwi Syslog Server Monitoramento de syslog fácil de usar e econômico O Kiwi Syslog Server oferece aos administradores de TI o software de gerenciamento mais econômico do setor. Fácil de instalar

Leia mais

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) Conceitos Básicos e Implementação Pref. Mun. Vitória 2007 Analista de Suporte 120 A ITIL (information technology infrastructure library) visa documentar as melhores práticas na gerência, no suporte e na

Leia mais

LEIA ISTO PRIMEIRO. IBM Tivoli Configuration Manager, Versão 4.2.1

LEIA ISTO PRIMEIRO. IBM Tivoli Configuration Manager, Versão 4.2.1 LEIA ISTO PRIMEIRO IBM Tivoli, Versão 4.2.1 O IBM Tivoli, Versão 4.2.1, é uma solução para controlar a distribuição de software e o inventário de gerenciamento de recursos em um ambiente multiplataformas.

Leia mais

Gerenciamento de Redes

Gerenciamento de Redes Gerenciamento de Redes As redes de computadores atuais são compostas por uma grande variedade de dispositivos que devem se comunicar e compartilhar recursos. Na maioria dos casos, a eficiência dos serviços

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

IBM Software Demos Tivoli Business Service Management

IBM Software Demos Tivoli Business Service Management Independentemente do setor, do mercado, do tamanho ou da complexidade, as organizações de hoje precisam oferecer serviços completos. Cada vez mais, as empresas dependem da infra-estrutura tecnológica para

Leia mais

Visão geral. Ter agentes localizados permite automação para: Detectar alterações granulares nos dados

Visão geral. Ter agentes localizados permite automação para: Detectar alterações granulares nos dados FOLHA DE PRODUTOS Agentes do CA Workload Automation Agentes do CA Workload Automation para implementações Sistemas operacionais, ERP, banco de dados, serviços de aplicativos e serviços Web Os Agentes do

Leia mais

Portfólio de Serviços Dominit 2016

Portfólio de Serviços Dominit 2016 Portfólio de Serviços Dominit 2016 A Dominit é uma empresa nacional que atua como integradora de soluções de tecnologia da informação. Temos como diferencial a proposta de parceria para nossos clientes

Leia mais

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907 Uma ferramenta de inventario que automatiza o cadastro de ativos informáticos em detalhe e reporta qualquer troca de hardware ou software mediante a geração de alarmes. Beneficios Informação atualizada

Leia mais

Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP

Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP Soluções Inteligentes para regulamentações e negócios em aplicações SAP Uma nova visão no Gerenciamento da Aplicação INDICE 1. A Union IT... 3 2. A importância de gerenciar dinamicamente infra-estrutura,

Leia mais

CA ARCserve Backup PERGUNTAS MAIS FREQUENTES: ARCSERVE BACKUP R12.5

CA ARCserve Backup PERGUNTAS MAIS FREQUENTES: ARCSERVE BACKUP R12.5 PERGUNTAS MAIS FREQUENTES: ARCSERVE BACKUP R12.5 CA ARCserve Backup Este documento aborda as perguntas mais freqüentes sobre o CA ARCserve Backup r12.5. Para detalhes adicionais sobre os novos recursos

Leia mais

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView Sistema de Gerenciamento DmView O DmView é o Sistema de Gerência desenvolvido para supervisionar e configurar os equipamentos DATACOM, disponibilizando funções para gerência de supervisão, falhas, configuração,

Leia mais

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Belo Horizonte, 06 de Maio de 2010 A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Referente: CONSULTA PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO DE GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE

Leia mais

Rotina de Discovery e Inventário

Rotina de Discovery e Inventário 16/08/2013 Rotina de Discovery e Inventário Fornece orientações necessárias para testar a rotina de Discovery e Inventário. Versão 1.0 01/12/2014 Visão Resumida Data Criação 01/12/2014 Versão Documento

Leia mais

Gerenciando TI - do físico ao virtual para o cloud. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved.

Gerenciando TI - do físico ao virtual para o cloud. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved. Gerenciando TI - do físico ao virtual para o cloud Guilherme Azevedo EMC Ionix 1 O trajeto do data center virtualizado Desafios de gerenciamento Exigências essenciais Gerenciar entre domínios Adotar a

Leia mais

Segurança + Conformidade. Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda

Segurança + Conformidade. Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda Segurança + Conformidade Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda Segurança e Conformidade via Software-as-a-Service (SaaS) Hoje em dia, é essencial para as empresas administrarem riscos de segurança

Leia mais

Como manter uma rede com qualidade de serviço? Gerência de Rede. Visão Geral da Gerência de Redes. Importância de gerência de Redes. Cont.

Como manter uma rede com qualidade de serviço? Gerência de Rede. Visão Geral da Gerência de Redes. Importância de gerência de Redes. Cont. Gerência de Rede A importância estratégica crescente das redes envolve: Aplicações indispensáveis à organização Quanto mais complexo o ambiente maior o risco de coisas erradas acontecerem. Como manter

Leia mais

Gestão de Armazenamento

Gestão de Armazenamento Gestão de Armazenamento 1. Introdução As organizações estão se deparando com o desafio de gerenciar com eficiência uma quantidade extraordinária de dados comerciais gerados por aplicativos e transações

Leia mais

AVDS Vulnerability Management System

AVDS Vulnerability Management System DATA: Agosto, 2012 AVDS Vulnerability Management System White Paper Brazil Introdução Beyond Security tem o prazer de apresentar a nossa solução para Gestão Automática de Vulnerabilidade na núvem. Como

Leia mais

Excelência em Metodologia de Helpdesk

Excelência em Metodologia de Helpdesk Excelência em Metodologia de Helpdesk O IntraDesk foi desenvolvido com base nas melhores práticas conhecidas de Helpdesk, indicadas por organizações como o Gartner Group e o Helpdesk Institute, que, aliadas

Leia mais

NetMRI. Reduzir riscos e melhorar a eficiência da área de TI através de Configuração de rede automática e Gestão de mudança(s)

NetMRI. Reduzir riscos e melhorar a eficiência da área de TI através de Configuração de rede automática e Gestão de mudança(s) Benefícios para os Negócios Detecte e automatize mudanças de rede, e veja quem mudou o que, quando e onde, e monitore qual o impacto na condição e estabilidade da rede. Reduza as suposições com total descoberta,

Leia mais

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One.

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Neste tópico, responderemos à pergunta: O que é o Business One? Definiremos o SAP Business One e discutiremos as opções e as plataformas disponíveis para executar

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Sobre a OpServices Fabricante de software focada no gerenciamento de ambientes de TI e Telecom e processos de negócios. Mais de 12 anos de experiência no monitoramento de indicadores de infraestrutura;

Leia mais

Microsoft System Center Operations Manager 2007

Microsoft System Center Operations Manager 2007 Microsoft System Center Operations Manager 2007 Visão Geral Microsoft Corporation Publicado: 18 de dezembro de 2006 Atualizado: 5 de abril de 2007 Sumário Executivo O System Center Operations Manager 2007

Leia mais

CA Nimsoft Monitor para servidores

CA Nimsoft Monitor para servidores DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Setembro de 2012 CA Nimsoft Monitor para servidores agility made possible CA Nimsoft para monitoramento de servidores sumário CA Nimsoft Monitor para servidores 3 visão geral da solução

Leia mais

CA Configuration Automation

CA Configuration Automation FOLHA DE PRODUTOS: CA Configuration Automation CA Configuration Automation agility made possible O CA Configuration Automation foi desenvolvido para ajudar a reduzir os custos e melhorar a eficiência da

Leia mais

Manual do Usuário Centro de Serviços Gerenciados

Manual do Usuário Centro de Serviços Gerenciados Manual do Usuário Centro de Serviços Gerenciados Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 ACESSO AO SISTEMA HP SERVICE MANAGER... 3 3 REGISTROS DE SOLICITAÇÕES DE ATENDIMENTO... 4 3.1 ABRINDO UM CHAMADO 4 3.2 ACOMPANHANDO

Leia mais

OptiView. Total integração Total controle Total Network SuperVision. Solução de Análise de Rede. Ninguém melhor que os. Engenheiros de Rede e a Fluke

OptiView. Total integração Total controle Total Network SuperVision. Solução de Análise de Rede. Ninguém melhor que os. Engenheiros de Rede e a Fluke Ninguém melhor que os OptiView Solução de Análise de Rede Total integração Total controle Total Network SuperVision Engenheiros de Rede e a Fluke Networks para saber o valor de uma solução integrada. Nossa

Leia mais

MSc Eliton Smith elitonsmith@gmail.com. Gerenciamento e Administração de Redes

MSc Eliton Smith elitonsmith@gmail.com. Gerenciamento e Administração de Redes MSc Eliton Smith elitonsmith@gmail.com Gerenciamento e Administração de Redes 2 Gerência de Redes ou Gerenciamento de Redes É o controle de qualquer objeto passível de ser monitorado numa estrutura de

Leia mais

IMPORTANTE: Todos os pedidos devem ser recebidos até: 10 de abril de 2005

IMPORTANTE: Todos os pedidos devem ser recebidos até: 10 de abril de 2005 HP 690 East Middlefield Road Mt. View, CA 94043, EUA Resposta de Clientes N.º (650) 960-5040 System Handle ou Referência de Conta de Suporte: Identificação de Contrato de Serviço: IMPORTANTE: Todos os

Leia mais

INVGATE IT MANAGEMENT

INVGATE IT MANAGEMENT INVGATE IT MANAGEMENT Liderando la vanguardia IT Falar da origem da InvGate é falar das necessidades do mercado IT. Porque uma organização especializada em desenvolver IT Management Software é uma organização

Leia mais

Endpoint Security Platform

Endpoint Security Platform AKER Endpoint Security Platform Proteção de endpoints dentro e fora da empresa Ataques virtuais a redes corporativas têm se tornado cada vez mais comuns. Sob constante ameaça, as empresas passaram a utilizar

Leia mais

Symantec NetBackup 7.1 Clients and Agents Complete protection for your information-driven enterprise

Symantec NetBackup 7.1 Clients and Agents Complete protection for your information-driven enterprise Complete protection for your information-driven enterprise Visão geral O Symantec NetBackup oferece uma seleção simples e abrangente de clientes e agentes inovadores para otimizar a performance e a eficiência

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Cogent DataHub v7.0. A próxima geração em soluções para troca de dados em tempo real

Cogent DataHub v7.0. A próxima geração em soluções para troca de dados em tempo real Cogent DataHub v7.0 A próxima geração em soluções para troca de dados em tempo real Cogent é reconhecida como uma líder no segmento de soluções de middleware no domínio do tempo real. E, com a introdução

Leia mais

IBM System Storage. Projeta suas informações de negócios importantes com soluções de segurança de informações da IBM

IBM System Storage. Projeta suas informações de negócios importantes com soluções de segurança de informações da IBM IBM System Storage Projeta suas informações de negócios importantes com soluções de segurança de informações da IBM As organizações sempre se esforçaram para gerenciar o crescimento exponencial de informações

Leia mais

5º Semestre. AULA 02 Introdução a Gerência de Redes (Arquitetura e Áreas de Gerenciamento)

5º Semestre. AULA 02 Introdução a Gerência de Redes (Arquitetura e Áreas de Gerenciamento) Disciplina: Gerência de Redes Professor: Jéferson Mendonça de Limas 5º Semestre AULA 02 Introdução a Gerência de Redes (Arquitetura e Áreas de Gerenciamento) 2014/1 Agenda de Hoje Evolução da Gerência

Leia mais

Funcionalidades da ferramenta zabbix

Funcionalidades da ferramenta zabbix Funcionalidades da ferramenta zabbix Jordan S. Romano¹, Eduardo M. Monks¹ ¹Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS (FATEC PELOTAS) Rua Gonçalves Chaves,

Leia mais

Positivo Network Manager 4

Positivo Network Manager 4 Positivo Network Manager 4 O gerenciamento eficiente de informações e de tecnologia da informação (TI) é um fator reconhecidamente crítico na maioria das organizações. As informações e as tecnologias que

Leia mais

TACTIUM IP com Integração à plataforma n-iplace. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM IP Guia de Funcionalidades com n-iplace

TACTIUM IP com Integração à plataforma n-iplace. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM IP Guia de Funcionalidades com n-iplace Tactium Tactium IP IP TACTIUM IP com Integração à plataforma n-iplace Guia de Funcionalidades 1 Independência de localização e redução de custos: o TACTIUM IP transforma em realidade a possibilidade de

Leia mais

Gerenciamento de Redes de Computadores. Introdução ao Gerenciamento de Redes

Gerenciamento de Redes de Computadores. Introdução ao Gerenciamento de Redes Introdução ao Gerenciamento de Redes O que é Gerenciamento de Redes? O gerenciamento de rede inclui a disponibilização, a integração e a coordenação de elementos de hardware, software e humanos, para monitorar,

Leia mais

CA Network Automation

CA Network Automation FOLHA DE PRODUTOS: CA Network Automation agility made possible CA Network Automation Ajude a reduzir o risco e aprimore a eficiência da TI automatizando o gerenciamento de mudança e da configuração de

Leia mais

Apresentação. Treinamento OTRS Help Desk

Apresentação. Treinamento OTRS Help Desk Apresentação Treinamento OTRS Help Desk Sumário Apresentação... 3 Arquitetura... 3 Funcionalidades básicas do sistema...4 Interface Web... 4 Interface de E-mail...4 Ticket... 4 Sistema... 5 Apresentação

Leia mais

Gerência de Redes. Profa. Márcia Salomão Homci mhomci@hotmail.com

Gerência de Redes. Profa. Márcia Salomão Homci mhomci@hotmail.com Gerência de Redes Profa. Márcia Salomão Homci mhomci@hotmail.com Plano de Aula Histórico Introdução Gerenciamento de Redes: O que é Gerenciamento de Redes? O que deve ser gerenciado Projeto de Gerenciamento

Leia mais

CA ARCserve Backup. Visão geral

CA ARCserve Backup. Visão geral INFORME DE PRODUTO: CA ARCSERVE BACKUP R12.5 CA ARCserve Backup CA ARCSERVE BACKUP, O PRODUTO DE ALTA PERFORMANCE, LÍDER DA INDÚSTRIA DE PROTEÇÃO DE DADOS, COMBINA TECNOLOGIA INOVADORA DE ELIMINAÇÃO DE

Leia mais

INTERNET HOST CONNECTOR

INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR IHC: INTEGRAÇÃO TOTAL COM PRESERVAÇÃO DE INVESTIMENTOS Ao longo das últimas décadas, as organizações investiram milhões de reais em sistemas e aplicativos

Leia mais

utilização da rede através da eliminação de dados duplicados integrada e tecnologia de archiving.

utilização da rede através da eliminação de dados duplicados integrada e tecnologia de archiving. Business Server Backup e recuperação abrangentes criados para a pequena empresa em crescimento Visão geral O Symantec Backup Exec 2010 for Windows Small Business Server é a solução de proteção de dados

Leia mais

CA Infrastructure Management Resolvendo os problemas mais complexos de TI

CA Infrastructure Management Resolvendo os problemas mais complexos de TI CA Infrastructure Management Resolvendo os problemas mais complexos de TI As empresas são confrontadas com iniciativas críticas de TI 1. Transformação das Atividades de TI Reestruturar e consolidar os

Leia mais

Projeto de Redes Físico e Lógico. Prof. MSc. Jeferson Bussula Pinheiro

Projeto de Redes Físico e Lógico. Prof. MSc. Jeferson Bussula Pinheiro Projeto de Redes Físico e Lógico Prof. MSc. Jeferson Bussula Pinheiro Gerência de redes ou gerenciamento de redes. É o controle de qualquer objeto passível de ser monitorado numa estrutura de recursos

Leia mais

Gerência de Redes NOC

Gerência de Redes NOC Gerência de Redes NOC Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os conceitos fundamentais, assim como os elementos relacionados a um dos principais componentes

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

ITIL - Information Technology Infraestructure Library

ITIL - Information Technology Infraestructure Library ITIL Biblioteca de infra estrutura de TI (do Inglês, Information Technology Infraestructure Library) e ISO/IEC 20.000 ITIL - Information Technology Infraestructure Library Foi criado no fim dos anos 80

Leia mais

Controle e Monitoramento Inteligente dos processos e regras de negócios utilizando a Plataforma Zabbix

Controle e Monitoramento Inteligente dos processos e regras de negócios utilizando a Plataforma Zabbix 1/7 Controle e Monitoramento Inteligente dos processos e regras de negócios utilizando a Plataforma Zabbix Navegue: 1/7 > www.alertasecurity.com.br +55 11 3105.8655 2/7 PERFIL ALERTA SECURITY SOLUTIONS

Leia mais

Positivo Network Manager v.2.0.10

Positivo Network Manager v.2.0.10 Positivo Network Manager v.2.0.10 O Positivo Network Manager é um sistema de gerenciamento remoto de desktops desenvolvido pela própria Positivo Informática. Foi especialmente projetado para trabalhar

Leia mais

Monitoramento Inteligente:

Monitoramento Inteligente: Ebook Exclusivo Monitoramento Inteligente: Melhore a eficiência operacional, automatize processos e aumente a produtividade. E s pec i a li s ta em S e rv i ços G e r e n c i a do s Segurança de de Perímetro

Leia mais

Novell ZENworks 10 Asset Management SP2

Novell ZENworks 10 Asset Management SP2 Guia de Introdução do Novell ZENworks 10 Asset Management SP2 10.2 27 de maio de 2009 www.novell.com Guia de Introdução do ZENworks 10 Asset Management Informações Legais A Novell, Inc. não faz representações

Leia mais

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia

Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia P ORTFÓ FÓLIO Apresentação do Portfólio da ITWV Soluções Inteligentes em Tecnologia versão 1.1 ÍNDICE 1. A EMPRESA... 3 2. BI (BUSINESS INTELLIGENCE)... 5 3. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS... 6 3.1. PRODUTOS

Leia mais

Server & Application Monitor

Server & Application Monitor Server & Application Monitor monitoramento de aplicativos e servidores sem agentes O SolarWinds Server & Application Monitor oferece informações preditivas para identificar problemas de desempenho de aplicativos.

Leia mais

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANEXO TR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL REQUISITOS MÍNIMOS DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DOS PROFISSIONAIS QUE DEVERÃO COMPOR AS EQUIPES TÉCNICAS PREVISTAS NESSA CONTRATAÇÃO PARA AMBOS OS LOTES. QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM

Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 6 ERP Enterprise Resource Planning Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Leia mais

TACTIUM IP com Integração à plataforma Dígitro EasyCall. Guia de Funcionalidades. Tactium IP IP

TACTIUM IP com Integração à plataforma Dígitro EasyCall. Guia de Funcionalidades. Tactium IP IP IP TACTIUM IP com Integração à plataforma Dígitro EasyCall Guia de Funcionalidades 1 Independência de localização e redução de custos: o TACTIUM IP transforma em realidade a possibilidade de uso dos recursos

Leia mais

Symantec NetBackup 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões

Symantec NetBackup 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões Symantec 7 O que há de novo e tabela de comparação de versões O 7 permite a padronização das operações de backup e recuperação em ambientes físicos e virtuais com menos recursos e menos riscos, pois oferece

Leia mais

O que há aqui dentro, o que há lá fora

O que há aqui dentro, o que há lá fora Soluções em Gerenciamento Out-of-band REDES O que há aqui dentro, o que há lá fora Neste artigo, as abordagens tradicionais de monitoramento, manutenção e restauração de ativos de TI são questionadas;

Leia mais

Contrato de Suporte End.: Telefones:

Contrato de Suporte End.: Telefones: Contrato de Suporte Contrato de Suporte Desafios das empresas no que se refere à infraestrutura de TI Possuir uma infraestrutura de TI que atenda as necessidades da empresa Obter disponibilidade dos recursos

Leia mais

CPD Informática otimiza gestão de serviços de TI com soluções CA Technologies

CPD Informática otimiza gestão de serviços de TI com soluções CA Technologies CUSTOMER SUCCESS STORY CPD Informática otimiza gestão de serviços de TI com soluções CA Technologies EMPRESA A CPD Informática atua com a venda de soluções, serviços, planejamento e gestão de TI, contribuindo

Leia mais

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI CUSTOMER SUCCESS STORY Março 2014 AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI PERFIL DO CLIENTE Indústria: Manufatura Empresa: AT&S Funcionários: 7.500 Faturamento: 542 milhões

Leia mais

Introdução. O que é Serviços de Terminal

Introdução. O que é Serviços de Terminal Introdução Microsoft Terminal Services e Citrix MetaFrame tornaram-se a indústria padrões para fornecer acesso de cliente thin para rede de área local (LAN), com base aplicações. Com o lançamento do MAS

Leia mais

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica

BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica BANCO POSTAL - Plataforma Tecnológica 1. Arquitetura da Aplicação 1.1. O Banco Postal utiliza uma arquitetura cliente/servidor WEB em n camadas: 1.1.1. Camada de Apresentação estações de atendimento, nas

Leia mais

Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20

Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20 Avaliação da plataforma de armazenamento multiprotocolo EMC Celerra NS20 Relatório elaborado sob contrato com a EMC Corporation Introdução A EMC Corporation contratou a Demartek para realizar uma avaliação

Leia mais

Infracontrol versão 1.0

Infracontrol versão 1.0 Infracontrol versão 1.0 ¹Rafael Victória Chevarria ¹Tecnologia em Redes de Computadores - Faculdade de Tecnologia SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) Rua Gonçalves Chaves 602-A Centro 96015-560

Leia mais

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br 2 A Biblioteca ITIL: Information Technology Infrastructure Library v2 Fornece um conjunto amplo,

Leia mais

O CA ARCserve r16.5 fornece melhor proteção geral em comparação com o StorageCraft

O CA ARCserve r16.5 fornece melhor proteção geral em comparação com o StorageCraft O fornece melhor proteção geral em comparação com o Em junho de 2013 a CA Technologies solicitou um relatório competitivo de análise realizado pelo Network Testing Labs (NTL) comparando o e o referentes

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Aviso de Isenção de Responsabilidade e Direitos Autorais As informações contidas neste documento representam a visão atual da Microsoft

Leia mais

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 2014 Innova Soluções Tecnológicas Este documento contém 28 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2014. Impresso

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

Manual de Transferência de Arquivos

Manual de Transferência de Arquivos O Manual de Transferência de Arquivos apresenta a ferramenta WebEDI que será utilizada entre FGC/IMS e as Instituições Financeiras para troca de arquivos. Manual de Transferência de Arquivos WebEDI Versão

Leia mais

Otimização de recursos de TI

Otimização de recursos de TI Otimização de recursos de TI Maurício Affonso da Conceição Executivo de Unidade de Negócio, IBM Brasil mauaff@br.ibm.com 2005 IBM Corporation Agenda Systems Sales Estratégias de Otimização de Recursos

Leia mais

Tactium IP. Tactium IP. Produtividade para seu Contact Center.

Tactium IP. Tactium IP. Produtividade para seu Contact Center. TACTIUM IP com Integração à plataforma Asterisk Vocalix Guia de Funcionalidades 1 Independência de localização e redução de custos: o TACTIUM IP transforma em realidade a possibilidade de uso dos recursos

Leia mais

Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009

Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga. Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009 Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes de carga Um artigo técnico da Oracle Junho de 2009 Identificação rápida de gargalos Uma forma mais eficiente de realizar testes

Leia mais

Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved.

Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved. Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB Guilherme Azevedo EMC Ionix 1 ITIL V3 - Abordagem do ciclo de vida do serviço Estratégia do Serviço Gerenciamento de Serviços como uma ferramenta

Leia mais

SMARTPLANT ENTERPRISE FOR OWNER OPERATORS

SMARTPLANT ENTERPRISE FOR OWNER OPERATORS SMARTPLANT ENTERPRISE FOR OWNER OPERATORS ALAVANCANDO A BASE DE PROJETOS DE ENGENHARIA DURANTE TODO O CICLO DE VIDA DA PLANTA BUSINESS CASE OWNER OPERATORS se deparam, atualmente, com uma incrível demanda

Leia mais

Apresentação do produto Versão Premium 9.0 (GMPE)

Apresentação do produto Versão Premium 9.0 (GMPE) Apresentação do produto Versão Premium 9.0 (GMPE) Qual a importância que o relacionamento com os clientes tem para a sua empresa? Goldmine CRM é para as empresas que atribuem importância máxima à manutenção

Leia mais

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade III GOVERNANÇA DE TI

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade III GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Unidade III GOVERNANÇA DE TI Information Technology Infrastructure Library ITIL Criado pelo governo do Reino Unido, tem como objetivo a criação de um guia com as melhores práticas

Leia mais

IBM WebSphere Business Monitor

IBM WebSphere Business Monitor Obtenha visibilidade em tempo real do desempenho dos processos de negócios IBM WebSphere Business Monitor Fornece aos usuários de negócios uma visão abrangente e em tempo real do desempenho dos processos

Leia mais

Consultoria em TI PARA LIBERDADE, NÃO TEM PORQUÊ. TEM SOLICON.

Consultoria em TI PARA LIBERDADE, NÃO TEM PORQUÊ. TEM SOLICON. Consultoria em TI PARA LIBERDADE, NÃO TEM PORQUÊ. TEM SOLICON. Portifólio Missão Atender as necessidades de nossos clientes e garantir o retorno de seus investimentos, implementando os melhores serviços

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Uma poderosa ferramenta de monitoramento Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Abril de 2008 O que é? Características Requisitos Componentes Visual O que é?

Leia mais

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura maneiras

Leia mais

DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD

DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD ARMAZENAMENTO DE DADOS MODULAR ARMAZENAMENTO DE DADOS DELL POWERVAULT SÉRIE MD Simplificação da TI O Dell série MD pode simplificar a TI, otimizando sua arquitetura de armazenamento de dados e garantindo

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais