FICHA DE TRABALHO Nº2

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FICHA DE TRABALHO Nº2"

Transcrição

1 FICHA DE TRABALHO Nº2 NÚCLEO GERADOR 4- Contexto Privado Validação: Nome: turma: 2- Alteração de hábitos Caso após a análise do seu orçamento sinta a necessidade de começar a poupar, e não conseguindo colocar em prática os exemplos anteriores, poderá optar pelos seguintes: utilize um mealheiro e estipule uma quantia diária para colocar de lado; distribuir o que poupa por três mealheiros para objetivos a curto, médio e longo prazo é também uma opção. evite as compras por impulso, pense durante 24 h se precisa mesmo de gastar esse dinheiro; poupe na alimentação tomando o pequeno almoço em casa e sempre que possível almoce em casa ou leve marmita; aproveite todos os cupões, promoções ou descontos diretos que os supermercados fazem, mas leve um lista de compras; poupe na eletricidade, isole portas e janelas, use vidros duplos, escolha eletrodomésticos eficiente e lâmpadas economizadores, poupe na água evitando usar a água corrente, use redutores de fluxo, etc poupe no gás poupe nas comunicações: compare na anacom os produtos dos vários operadores; poupe nos seguros: aconselhe-se com várias seguradoras ou mesmo com um mediador; poupe nos créditos: aconselhe-se em diversas entidades e compare condições; verifique se tem objetos em segunda mão que pode vender; Depois constitua um fundo de reserva para uma emergência, e poderá começar por um fundo que se aproxime de seis meses das suas despesas mensais. Tarefa: Do seu orçamento seleccione despesas onde poderá poupar e indique a percentagem de poupança anual: 6

2 Se houver necessidade disso invente dinheiro, veja os exemplos seguintes: Curso de Educação e Formação de Adultos (nível secundário) Crédito Quando pensamos em contrair um crédito devemos estar alerta para a prestação não se aproximar de 1/3 do nosso salário, o que corresponde a uma taxa de esforço de 33%. O crédito consiste na cedência temporária de uma determinada quantia tendo como contrapartida os juros. O acordo estabelecido entre o detentor do capital (mutuante) e o beneficiário do crédito (mutuário) é feito por meio de um contrato: o contrato de mútuo (empréstimo). Esse empréstimo pressupões que o montante cedido seja devolvido ao seu proprietário nas condições acordadas, assim como os juros devidos lhe devem ser pagos nas datas combinadas. Quanto á duração Quanto ao beneficiário Quanto à sua origem Quanto à finalidade Tipos de crédito Curto prazo : período de crédito inferior a um ano Médio prazo: período de crédito entre 1 e 5 anos Longo prazo: período de crédito superior a 5 anos Privado: o beneficiário é um indivíduo ou uma empresa particular Público: o beneficiário é o Estado Interno : instituição em território nacional Externo: instituição em território estrangeiro Crédito à produção: às empresas Crédito ao consumo : às famílias 7

3 Atenção aos termos Spread- corresponde à margem de lucro que o banco obtém com a concessão de um crédito e é uma das componentes da taxa de juro que é aplicada aos clientes que façam um crédito TAE taxa anual efetiva, reflete o custo total do empréstimo ( taxa de juro+ spread+ seguros e outros custos) TAEG - um valor expresso em percentagem, que engloba despesas de cobrança de reembolsos e pagamentos de juros, impostos, comissões e seguros obrigatórios e demais encargos com o crédito; distingue-se da TAE (Taxa Anual Efectiva) ao incorporar os impostos ligados ao crédito e por se aplicar somente a operações de crédito ao consumo. Taxa Euribor (aplicada nos empréstimos a habitação)- é uma das principais taxas de referência do mercado monetário da zona euro. Indica a taxa de juros média dos empréstimos interbancários sem garantia da zona euro. Tarefa: Pesquise outros exemplos de multiplicação e dinheiro 8

4 FICHA DE TRABALHO Nº3 NÚCLEO GERADOR 4- Contexto Privado Validação: Nome: turma: Produtos de investimento A parte do rendimento disponível que considerar aplicar em poupança pode ser utilizada de várias formas. Investir não é apenas para ricos pois trata-se de assumir riscos, no entanto investir é sinónimo de poupar se soubermos escolher o produto certo. idade Percentagem a poupar Produto mais indicado anos 10 a 15% 30 a 39 anos 15 a 20 % 40 a 49 anos 20 a 30% Colocação financeira Consiste na aplicação da poupança em produtos financeiros disponíveis por intermédio de instituições financeiras. A seleção do produto mais adequado deve ter em consideração: o risco a rentabilidade a liquidez se o título é facilmente convertido em moeda a fiscalidade se há benefícios fiscais e qual o tipo de tributação que incide sobre os rendimentos daí derivados. Depósitos a prazo são produtos financeiros no qual um investidor põe dinheiro numa instituição, sendo que no final é restituído o valor depositado mais os juros vencidos. A taxa de juro é uma taxa anual e há uma parte que vai diretamente para o estado, por via da aplicação do IRS.Em Portugal essa taxa é de 25%. Assim se a taxa for de 4% anual o investidor apenas recebe 3%. Certificados de aforro e do tesouro Estão associados à dívida do país e podem ser adquiridos por particulares, gerando juros. O seu risco é muito reduzido pois estão associados à falência do país que emite os certificados. Fundos de investimento 9 Valores mobiliários que pertencem a um grupo grande de pessoas e são geridos e comercializados por sociedades específicas.

5 Ações São parcelas de capital de uma empresa e ao serem adquiridas permitem ficar proprietário de uma parte da empresa. Os ganhos ou perdas só são efetivos na altura da venda. O risco é elevado e obriga a ter algum conhecimento dos mercados, estando sujeito a possíveis volatilidades. PPR-Plano de poupança reforma têm o inconveniente de serem caros na su mobilização; são menos flexíveis e se os resgatar terá de devolver benefícios fiscais; rendem menos do que a inflação; Entesouramento Esta aplicação não tem como objetivo a rentabilização do património, pode ser e obras de arte, joias, etc Investimento Desta forma canaliza-se a poupança para a atividade produtiva e forma a possibilitar a sua manutenção ou o aumento da sua capacidade Tarefa Selecione os investimentos que poderia fazer com o seu fundo de emergência e indique as vantagens e desvantagens de constituir esse investimento. Se possível consulte o seu banco para encontrar a taxa de juro desse investimento e numa tabela em excel apresente o que poderia receber ao longo de 3 anos. 1 0

Preçário CCAM DE MAFRA CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-set-2017

Preçário CCAM DE MAFRA CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-set-2017 Preçário CCAM DE MAFRA CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Mafra, CRL contém o Folheto de Comissões e

Leia mais

Preçário CCAM DE MAFRA CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-ago-2017

Preçário CCAM DE MAFRA CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-ago-2017 Preçário CCAM DE MAFRA CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Mafra, CRL contém o Folheto de Comissões e

Leia mais

Preçário CCAM DE MAFRA CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 03-out-2016

Preçário CCAM DE MAFRA CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 03-out-2016 Preçário CCAM DE MAFRA CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Mafra, CRL contém o Folheto de Comissões e

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO

Leia mais

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17 Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17 O Preçário completo do Banco Invest, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor:

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 20-jul-16 O Preçário completo do Banco Privado Atlântico Europa, S.A., contém o Folheto

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

Tabela de Taxas de Juro. Anexo II. Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional. Entrada em vigor: 01 de Junho de 2017

Tabela de Taxas de Juro. Anexo II. Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional. Entrada em vigor: 01 de Junho de 2017 Anexo II Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional Entrada em vigor: 01 de Junho de 2017 Preçário pode ser consultado nas Agências e locais de atendimento ao público do Banco Keve

Leia mais

ÁREA DE FORMAÇÃO: POUPAR E INVESTIR NOÇÕES BÁSICAS SOBRE APLICAÇÃO DE POUPANÇA

ÁREA DE FORMAÇÃO: POUPAR E INVESTIR NOÇÕES BÁSICAS SOBRE APLICAÇÃO DE POUPANÇA ÁREA DE FORMAÇÃO: POUPAR E INVESTIR NOÇÕES BÁSICAS SOBRE APLICAÇÃO DE Índice A importância da poupança Remuneração e risco Principais tipos de riscos Princípios básicos da aplicação da poupança Produtos

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO Linhas de Crédito e Contas Correntes

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO Linhas de Crédito e Contas Correntes 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes Entrada em vigor: 07-Julho-2016 Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Nominal (TAN) (TAE) Crédito de Curto Prazo em Conta Corrente Crédito de Curto Prazo / Cheques

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

Obrigações de Caixa BPI-CAY CS Euro 4.5% Plus II

Obrigações de Caixa BPI-CAY CS Euro 4.5% Plus II Obrigações de Caixa BPI-CAY CS Euro 4.5% Plus II 2005-2007 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado (ICAE) Junho de 2005 1. CARACTERIZAÇÃO DO ICAE OBJECTO DE INVESTIMENTO: EMITENTE: RISCO DE PERDA

Leia mais

FOLHETO TAXAS DE JURO

FOLHETO TAXAS DE JURO FOLHETO TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes (Empresas, OIF, Sector Público e Outros Institucionais) Banco Interatlântico. BO nº 21 de 12/04/2013 - IIª Série Site: www.bi.cv *e-mail: bi@bi.cv

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 17.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo CONTAS DE DEPÓSITO 19.1. Depósitos à ordem 19.2. Depósitos a prazo Outros clientes

Leia mais

Taxa Anual Efectiva (TAE) Spread Base 1,25% a 2,75% 8,266%

Taxa Anual Efectiva (TAE) Spread Base 1,25% a 2,75% 8,266% Entrada em vigor: 09-dezembro-2016 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes Taxa Anual Nominal (TAN) (TAE) Empréstimos a taxa variável Crédito de Curto Prazo em Conta Corrente Crédito de Curto Prazo

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

Previdência Privada. A tabela a seguir apresenta algumas diferenças entre o FAPI e PGBL.

Previdência Privada. A tabela a seguir apresenta algumas diferenças entre o FAPI e PGBL. Previdência Privada Modalidades de Previdência Privada Aberta 1) FAPI Fundo de Aposentadoria Programada Individual Inspirado no IRA Individual Retirement Account, dos Estados Unidos, onde o contribuinte

Leia mais

STANDARD BANK DE ANGOLA

STANDARD BANK DE ANGOLA PREÇÁRIO STANDARD BANK DE ANGOLA Banco ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 03/0 /2017 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público do Sandard Bank

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 18.3. Crédito automóvel 20.1. Linhas de crédito e contas correntes 18.7. Outros créditos a

Leia mais

O Treinamento Mais Completo Sobre o Tesouro Direto Tesouro Direto Descomplicado. Clique Aqui

O Treinamento Mais Completo Sobre o Tesouro Direto Tesouro Direto Descomplicado. Clique Aqui Índice Sumário 5 investimentos seguros para 2017... 3 Mesmo com projeção de queda da Selic, especialistas continuam indicando a renda fixa para este ano. Veja quais são as melhores opções... 3 TESOURO

Leia mais

Preçário. Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-jul-2017

Preçário. Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-jul-2017 Preçário Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público do Banco Português de Gestão

Leia mais

BANCO DE FOMENTO ANGOLA

BANCO DE FOMENTO ANGOLA PREÇÁRIO BANCO DE FOMENTO ANGOLA Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO Data de entrada em vigor: 25/11/2016 O Preçário pode ser consultado nos balcões do Banco de Fomento Angola e no

Leia mais

Gestão de Finanças Pessoais. Suzy Sukie Maia Barroso Silva Fábio Augusto Guimarães Teixeira

Gestão de Finanças Pessoais. Suzy Sukie Maia Barroso Silva Fábio Augusto Guimarães Teixeira Gestão de Finanças Pessoais Suzy Sukie Maia Barroso Silva Fábio Augusto Guimarães Teixeira AVISO Apresentação disponibilizada pelo Banco Central do Brasil para ações de educação financeira alinhadas às

Leia mais

O PLANEJAMENTO DO BRASILEIRO PARA A APOSENTADORIA

O PLANEJAMENTO DO BRASILEIRO PARA A APOSENTADORIA O PLANEJAMENTO DO BRASILEIRO PARA A APOSENTADORIA Julho 2016 Formas de preparo do brasileiro para aposentadoria: 74,1% INSS pela empresa que trabalha ou de forma autônoma Poupança Imóveis 19,2% 31,1% 6,2%

Leia mais

Tabela de Taxas de Juro

Tabela de Taxas de Juro BANCO ANGOLANO DE INVESTIMENTOS, SA. Preçário Banco Angolano de Investimentos, S.A. (Instituição Financeira Bancária) ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 12 de Maio 2017 O Preçário

Leia mais

Tabela de Taxas de Juro

Tabela de Taxas de Juro BANCO ANGOLANO DE INVESTIMENTOS, SA. Preçário Banco Angolano de Investimentos, S.A. (Instituição Financeira Bancária) ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 21 de Agosto 2017 O Preçário

Leia mais

Controle financeiro pessoal em épocas de crise. Dicas práticas para melhorar o controle financeiro pessoal

Controle financeiro pessoal em épocas de crise. Dicas práticas para melhorar o controle financeiro pessoal Controle financeiro pessoal em épocas de crise Atualmente quase todos os dias somos impactados por notícias de que a crise está complicada e piorando o controle financeiro pessoal e familiar da maioria

Leia mais

Educação Financeira ETEC Araçatuba Maio de 2010

Educação Financeira ETEC Araçatuba Maio de 2010 Educação Financeira ETEC Araçatuba Maio de 2010 O Planejamento Financeiro Pessoal te ajudará a... monitorar sua situação financeira; criar um quadro visual de gastos; reduzir os gastos por impulso; gastar

Leia mais

Preçário BNP PARIBAS LEASE GROUP, SA SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BNP PARIBAS LEASE GROUP, SA SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BNP PARIBAS LEASE GROUP, SA SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo [do(a) designação da instituição], contém o Folheto

Leia mais

10 Dicas GRÁTIS Para Controlar Seu Orçamento

10 Dicas GRÁTIS Para Controlar Seu Orçamento 10 Dicas GRÁTIS Para Controlar Seu Orçamento Fizemos uma seleção de dicas muito importantes para que você aprenda a controlar o seu orçamento e mantenha a sua vida econômica em dia. Seguindo à risca as

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RENDA FIXA REFERENCIADO DI / Informações referentes a Agosto de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RENDA FIXA REFERENCIADO DI / Informações referentes a Agosto de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RENDA FIXA REFERENCIADO DI 22.918.180/0001-28 Informações referentes a Agosto de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Preçário ABANCA CORPORACIÓN BANCARIA, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL

Preçário ABANCA CORPORACIÓN BANCARIA, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL Preçário ABANCA CORPORACIÓN BANCARIA, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL Sucursal de Instituição de Crédito com sede no estrangeiro (autorizada noutro estado membro da Comunidade Europeia) Consulte o FOLHETO

Leia mais

Oinvestidornovato.com. 1. Comece com planejamento Identifique os seus objetivos Escolha uma boa corretora 8

Oinvestidornovato.com. 1. Comece com planejamento Identifique os seus objetivos Escolha uma boa corretora 8 Índice 1. Comece com planejamento 3 2. Identifique os seus objetivos..6 3. Escolha uma boa corretora 8 4. Saiba onde investir quando tem muitas escolhas 10 5. Estude! Invista em você 12 1. Comece com planejamento

Leia mais

Gestão Capítulo 6: Avaliação de projectos de investimento

Gestão Capítulo 6: Avaliação de projectos de investimento Gestão Capítulo 6: Avaliação de projectos de investimento Inflação aumento generalizado do nível de preço medida a posteriori (1,5% valor da inflação) Preço corrente etiqueta dos produtos sem inflação

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI EMPRESAS RENDA FIXA REFERENCIADO DI 23.964.465/0001-68 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Preçário CAIXA DE CREDITO AGRICOLA MUTUO DE BOMBARRAL,CRL CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário CAIXA DE CREDITO AGRICOLA MUTUO DE BOMBARRAL,CRL CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário CAIXA DE CREDITO AGRICOLA MUTUO DE BOMBARRAL,CRL CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01 de janeiro de 2017 O Preçário completo da CCAM

Leia mais

Como fazer o IRS? 10 MARÇO DE 2012

Como fazer o IRS? 10 MARÇO DE 2012 Como fazer o IRS? 10 MARÇO DE 2012 Incidência do IRS O IRS incide sobre os rendimentos obtidos por pessoas singulares RESIDENTES São tributados pela globalidade dos rendimentos obtidos (em Portugal e

Leia mais

Crédito à Habitação. Contratar, reembolsar e renegociar. Fernanda Matias João Ramiro Santos Departamento de Supervisão Comportamental 2 dezembro 2014

Crédito à Habitação. Contratar, reembolsar e renegociar. Fernanda Matias João Ramiro Santos Departamento de Supervisão Comportamental 2 dezembro 2014 Crédito à Habitação Contratar, reembolsar e renegociar Fernanda Matias João Ramiro Santos Departamento de Supervisão Comportamental 2 dezembro 2014 Encontro Nacional de Centros de Informação Autárquica

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF 23.682.485/0001-46 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

Curso Profissional de Técnico Apoio à Gestão Desportiva GPPD Módulo 6 Gestão Orçamental

Curso Profissional de Técnico Apoio à Gestão Desportiva GPPD Módulo 6 Gestão Orçamental DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALGARVE Jardins de Infância: Guia; Vale Parra. Escolas de 1º ciclo: nº1 de Albufeira; Sesmarias; Vale Parra; EB da Guia. EB23 D. Martim Fernandes Sede: ES de Albufeira.

Leia mais

Preçário CAIXA DE CREDITO AGRICOLA MUTUO DE BOMBARRAL,CRL CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário CAIXA DE CREDITO AGRICOLA MUTUO DE BOMBARRAL,CRL CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário CAIXA DE CREDITO AGRICOLA MUTUO DE BOMBARRAL,CRL CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01 de Junho de 2017 O Preçário completo da CCAM

Leia mais

RENDA FIXA. acionista.com.br

RENDA FIXA. acionista.com.br RENDA FIXA acionista.com.br Fevereiro/2017 Renda Fixa São títulos que pagam, em períodos definidos, uma certa remuneração, que pode ser determinada no momento da aplicação ou no momento do resgate (no

Leia mais

Preçário BANCO MILLENNIUM ATLÂNTICO, S.A. INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA. TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 04 de Outubro 2016

Preçário BANCO MILLENNIUM ATLÂNTICO, S.A. INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA. TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 04 de Outubro 2016 Preçário BANCO MILLENNIUM ATLÂNTICO, S.A. INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 04 de Outubro 2016 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

TÉCNICO DO TESOURO DO ESTADO TTE 2001

TÉCNICO DO TESOURO DO ESTADO TTE 2001 TÉCNICO DO TESOURO DO ESTADO TTE 2001 01) Um navio, em velocidade normal de cruzeiro, leva 2 horas para se deslocar em uma distância de 160 km. A distância que o navio alcançará em 5 horas, na mesma velocidade,

Leia mais

Conta D.O. Completa. Visa Electron Cartões de Crédito (Contacto, Classic e Premier) Transferências Electrónicas Interbancárias

Conta D.O. Completa. Visa Electron Cartões de Crédito (Contacto, Classic e Premier) Transferências Electrónicas Interbancárias ANEXO I O Crédito Agrícola apresenta através da presente proposta de protocolo as condições preferenciais, em produtos e serviços, para os membros, filhos dos membros e colaboradores da APG e resulta da

Leia mais

Gráfico 1: Taxas de juro dos depósitos de curto prazo das IFM e uma taxa de juro de mercado equivalente

Gráfico 1: Taxas de juro dos depósitos de curto prazo das IFM e uma taxa de juro de mercado equivalente - 5 - Gráfico 1: Taxas de juro dos depósitos de curto prazo das IFM e uma taxa de juro de 2.5 1.5 0.5 à ordem das famílias com prazo até 1 ano das famílias com pré-aviso até 3 meses das famílias à ordem

Leia mais

GUIA DO UTILIZADOR CARTÕES - SÓCIO DA SELEÇÃO NACIONAL 01 VANTAGENS DO CARTÃO

GUIA DO UTILIZADOR CARTÕES - SÓCIO DA SELEÇÃO NACIONAL 01 VANTAGENS DO CARTÃO GUIA DO UTILIZADOR CARTÕES - SÓCIO DA SELEÇÃO NACIONAL BEM-VINDO À SELEÇÃO NACIONAL Agora que recebeu o seu cartão de sócio da Seleção Nacional é oficial: É só da equipa de todos nós. É este cartão de

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável 1. Conta - corrente 2. Empréstimo MLP Taxa Anual Nominal (TAN) 4,75 a 10,25 6,50 a 10,25 Taxa Anual Efectiva (TAE) Outras condições

Leia mais

Preçário BANCO MILLENNIUM ATLÂNTICO, S.A. INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA. TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 03 de Janeiro 2017

Preçário BANCO MILLENNIUM ATLÂNTICO, S.A. INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA. TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 03 de Janeiro 2017 Preçário BANCO MILLENNIUM ATLÂNTICO, S.A. INSTITUIÇÃO FINANCEIRA BANCÁRIA TABELA DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público do Banco Millennium

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa anual nominal (TAN) Taxa anual efetiva (TAE) CH Taxa Indexada - Euribor 12M Euribor 12 m + spread 1,75% a 5,8% 2,730% 13 a

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI II RENDA FIXA REFERENCIADO DI / Informações referentes a Agosto de 2017

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI II RENDA FIXA REFERENCIADO DI / Informações referentes a Agosto de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI II RENDA FIXA REFERENCIADO DI 20.977.554/0001-50 Informações referentes a Agosto de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa anual nominal (TAN) Taxa anual efetiva (TAE) CH Taxa Indexada - Euribor 12M Euribor 12 m + spread 1,75% a 5,8% 2,753% 13 a

Leia mais

Tabela de Taxas de Juro

Tabela de Taxas de Juro BANCO ANGOLANO DE INVESTIMENTOS, SA. Preçário Banco Angolano de Investimentos, S.A. (Instituição Financeira Bancária) ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 12 de Maio 2017 O Preçário

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável 1. Conta - corrente 2. Empréstimo MLP Taxa Anual Nominal (TAN) 4,75 p.p. a 10,25 p.p. 6,50 p.p. a 10,25 p.p. Taxa Anual Efectiva (TAE)

Leia mais

por 1 Roberto Indech

por 1 Roberto Indech por Roberto 1 Indech ÍNDICE Introdução 3 LCI e LCA 5 Tesouro Direto 9 CDB 15 LC 19 Debêntures 22 Letras financeiras 25 Poupança 28 Introdução O que é renda fixa? Investir em Renda Fixa é o mesmo que emprestar

Leia mais

AS 10 PEGADINHAS DOS BANCOS QUE PREJUDICAM O INVESTIDOR

AS 10 PEGADINHAS DOS BANCOS QUE PREJUDICAM O INVESTIDOR AS 10 PEGADINHAS DOS BANCOS QUE PREJUDICAM O INVESTIDOR Dificilmente você consegue ficar 100% longe dos principais bancos do país, explica Paulo Figueiredo, diretor de operações da assessoria de investimentos

Leia mais

A área de finanças é recheada de termos que precisam ser conhecidos por aqueles que desejam se aventurar no ramo dos investimentos.

A área de finanças é recheada de termos que precisam ser conhecidos por aqueles que desejam se aventurar no ramo dos investimentos. Zig Zag dos Investimentos 1 A área de finanças é recheada de termos que precisam ser conhecidos por aqueles que desejam se aventurar no ramo dos investimentos. Este artigo tem como objetivo apresentar

Leia mais

MATERIAL BÁSICO GESTÃO FINANCEIRA PESSOAL

MATERIAL BÁSICO GESTÃO FINANCEIRA PESSOAL MATERIAL BÁSICO GESTÃO FINANCEIRA PESSOAL Rua do Paraíso, 760 / Rua Oliveira Melo, 474 +55 11 3937 9900 / 3738 7000 www.sigmasolucoes.com.br INTRODUÇÃO A maneira como lidamos com o dinheiro, é herança

Leia mais

O LADO MONETÁRIO DA ECONOMIA

O LADO MONETÁRIO DA ECONOMIA O LADO MONETÁRIO DA ECONOMIA 1 MOEDA: instrumento ou objeto aceito pela coletividade para intermediar as transações econômicas, para pagamentos de bens e serviços. Moeda Mercadoria: antigamente, as transações

Leia mais

Spread 5,500% a 15,750% Nota (1a) 2. Linha Millennium Garantia Prazo: sem termo definido Eónia ou Euribor/ Libor a 1, 3, 6 e

Spread 5,500% a 15,750% Nota (1a) 2. Linha Millennium Garantia Prazo: sem termo definido Eónia ou Euribor/ Libor a 1, 3, 6 e 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Taxa Anual Nominal (TAN) Empréstimos a taxa variável (as contas correntes incluem as Contas Correntes com Gestão de Cheques e as Contas Correntes Iva on Time).

Leia mais

STANDARD BANK ANGOLA

STANDARD BANK ANGOLA PREÇÁRIO STANDARD BANK ANGOLA Banco ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 01/10/2016 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público do Sandard Bank e

Leia mais

Anexo à Instrução nº 15/98 CLASSE 2 APLICAÇÕES

Anexo à Instrução nº 15/98 CLASSE 2 APLICAÇÕES Anexo à Instrução nº 15/98 CLASSE 2 APLICAÇÕES Nesta classe estão incluídos todos os valores representativos do conjunto da actividade creditícia, as aplicações em títulos que não sejam imobilizações financeiras

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SELECT ADVANCED RENDA FIXA REFERENCIADO DI FIC FI 26.507.128/0001-30 Informações referentes a Agosto de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

NOTAS AUXILIARES DE PREENCHIMENTO

NOTAS AUXILIARES DE PREENCHIMENTO Anexo à Instrução nº 23/2004 NOTAS AUXILIARES DE PREENCHIMENTO Tendo em vista facilitar o preenchimento dos modelos de reporte da situação analítica, prestam-se os seguintes esclarecimentos: 1. Os itens

Leia mais

BANCO DE FOMENTO ANGOLA

BANCO DE FOMENTO ANGOLA PREÇÁRIO BANCO DE FOMENTO ANGOLA Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO Data de entrada em vigor: 19/04/2016 O Preçário pode ser consultado nos balcões do Banco de Fomento Angola e no

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER SELECT YIELD PREMIUM REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 20.977.663/0001-78 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações

Leia mais

Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO

Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - INSTITUICAO FINANCEIRA DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes Entrada em vigor: 07-junho-2016 Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Nominal (TAN) (TAE) Crédito de Curto Prazo em Conta Corrente Crédito de Curto Prazo / Cheques

Leia mais

Plano CV Prevdata. Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar

Plano CV Prevdata. Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar Plano CV Prevdata Conheça mais sobre o seu Plano de Previdência Complementar A entidade Nossos números Patrimônio de R$ 1,1 bilhão (dez/2016) 2 planos de benefícios e plano de gestão administrativa 36

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Conta Depósitos à Ordem Particulares Clientes Particulares, maiores de 18 anos Depósito à Ordem. Esta conta pode ser movimentada através

Leia mais

Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - SOCIEDADE FINANCEIRA DE CREDITO, SA SOCIEDADES FINANCEIRAS DE CRÉDITO

Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - SOCIEDADE FINANCEIRA DE CREDITO, SA SOCIEDADES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - SOCIEDADE FINANCEIRA DE SOCIEDADES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário

Leia mais

ECONOMIZAR, POUPAR E INVESTIR

ECONOMIZAR, POUPAR E INVESTIR Dia Mundial da Poupança 2016 ECONOMIZAR, POUPAR E INVESTIR O sobre-endividamento, os rendimentos, as despesas e a poupança dos consumidores Economizar, poupar e investir: três etapas para uma boa saúde

Leia mais

CONTAS COM SALDO DEVEDOR (Euros)

CONTAS COM SALDO DEVEDOR (Euros) Anexo à Instrução nº 15/98 Modelo I INSTITUIÇÃO SITUAÇÃO ANALÍTICA DO MÊS DE CONTAS COM SALDO DEVEDOR (Euros) 10 CAIXA 11 DEPÓSITOS À ORDEM NO BANCO DE PORTUGAL 12 DISPONIBILIDADES SOBRE INSTITUIÇÕES.DE

Leia mais

Estatísticas sobre o endividamento das famílias

Estatísticas sobre o endividamento das famílias Estatísticas sobre o endividamento das famílias Filipa Lima 26 de março de 2015 Conselho Superior de Estatística Reunião Conjunta SPES e SPEE Estatísticas sobre o endividamento das famílias ESQUEMA DA

Leia mais

Vantagens do Financiamento

Vantagens do Financiamento I M Ó V E I S C O M E R C I A I S N O S E U A Vantagens do Financiamento I M Ó V E I S C O M E R C I A I S N O S E U A Vantagens do uso do financiamento em investimentos U m a a l t e r n a t i v a m u

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FI IMA-B 5 TOP RENDA FIXA LONGO PRAZO 18.599.673/0001-75 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 2.1. Crédito à habitação e s conexos Crédito Habitação Valor Anual iniciais 1. Comissão de Dossier 260,00 2. Comissão de Formalização Contratual Modalidade de Estrangeiros não Residentes Em % Euros (Mín/Máx)

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável 1. Conta - corrente 2. Empréstimo MLP Eur a 3,6 e 12 meses + Spread de 4,00 a 10,25 Eur a 3, 6 e 12 meses + Spread de 5,50 a 10,25

Leia mais

(Fonte: Valor Econômico dia ). Boletim 818/2015 Ano VII 24/08/2015

(Fonte: Valor Econômico dia ). Boletim 818/2015 Ano VII 24/08/2015 (Fonte: Valor Econômico dia 24-08-2015). Boletim 818/2015 Ano VII 24/08/2015 Demissão é oportunidade para sacar o FGTS e buscar mais rendimento Inflação se aproxima de 10%, enquanto fundo rende apenas

Leia mais

Preçário. VW Bank GmbH - Sucursal Portugal SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário. VW Bank GmbH - Sucursal Portugal SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário VW Bank GmbH - Sucursal Portugal SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Jan-2017 O Preçário completo do VW Bank GmbH

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS RF DINÂMICO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LP CNPJ/MF: Informações referentes a Maio de 2017 Esta lâmina contém

Leia mais

Conselho da CIP para a Construção e o Imobiliário

Conselho da CIP para a Construção e o Imobiliário Conselho da CIP para a Construção e o Imobiliário 8.novembro.2012 Tributação sobre o Património Imobiliário Tributação sobre o Património Lei n.º 55-A/2012, de 29 de outubro, cria uma nova taxa em sede

Leia mais

Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - SOCIEDADE FINANCEIRA DE CREDITO, SA SOCIEDADES FINANCEIRAS DE CRÉDITO

Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - SOCIEDADE FINANCEIRA DE CREDITO, SA SOCIEDADES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Preçário MERCEDES-BENZ FINANCIAL SERVICES PORTUGAL - SOCIEDADE FINANCEIRA DE SOCIEDADES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI PRIORITY REFERENCIADO DI / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI PRIORITY REFERENCIADO DI / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI PRIORITY REFERENCIADO DI 00.856.755/0001-92 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

FOLHETO TAXAS DE JURO

FOLHETO TAXAS DE JURO FOLHETO TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes (Empresas, OIF, Sector Público e Outros Institucionais) Banco Interatlântico Nos termos do Aviso do BCV nº 1/2013. BO nº 21 de 12/04/2013 - IIª

Leia mais

PPR ÚNICO - 3ª Série. Ficha de Produto. Plano Poupança Reforma

PPR ÚNICO - 3ª Série. Ficha de Produto. Plano Poupança Reforma Plano Poupança Reforma Tipo de Cliente Particulares, Profissionais Liberais e Empresas. Descrição O PPR Único - 3ª Série é um Plano de Poupança Reforma, que se destina a fomentar poupanças para constituição

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS DINÂMICO RF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS DINÂMICO RF FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O CNPJ/MF: Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o BNP PARIBAS DINÂMICO RF FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

Preçário ABANCA CORPORACIÓN BANCARIA, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL

Preçário ABANCA CORPORACIÓN BANCARIA, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL Preçário ABANCA CORPORACIÓN BANCARIA, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL Sucursal de Instituição de Crédito com sede no estrangeiro (autorizada noutro estado membro da Comunidade Europeia) Consulte o FOLHETO

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO (DRE)

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO (DRE) 1 de 5 31/01/2015 14:52 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO (DRE) O artigo 187 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976 (Lei das Sociedades por Ações) estipula a Demonstração do Resultado do Exercício.

Leia mais

Obrigações de Caixa BPI CS Rendimento 2% Mais

Obrigações de Caixa BPI CS Rendimento 2% Mais Obrigações de Caixa BPI CS Rendimento 2% Mais 2005-2010 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado (ICAE) Junho de 2005 1. CARACTERIZAÇÃO DO ICAE OBJECTO DE INVESTIMENTO : EMITENTE: RISCO DE PERDA DO

Leia mais

O que é a Poupança? A ) Acto de gastar dinheiro na compra de um determinado bem. B ) As moedas e notas que escondes da Família;

O que é a Poupança? A ) Acto de gastar dinheiro na compra de um determinado bem. B ) As moedas e notas que escondes da Família; Questão 1 O que é a Poupança? A ) Acto de gastar dinheiro na compra de um determinado bem. B ) As moedas e notas que escondes da Família; C ) Considerando como o aforro que pode ser usado em investimentos

Leia mais

Apostila Mercado de Capitais Uninove. Parte VI Os Títulos do Mercado de Capitais Os Títulos Públicos

Apostila Mercado de Capitais Uninove. Parte VI Os Títulos do Mercado de Capitais Os Títulos Públicos Apostila Mercado de Capitais Uninove Parte VI Os Títulos do Mercado de Capitais Os Títulos Públicos Classificações dos Títulos A classificação mais natural que temos da classificação de títulos é justamente

Leia mais

Tesouro Direto: entenda por que ele vem tomando o lugar da poupança

Tesouro Direto: entenda por que ele vem tomando o lugar da poupança Veículo: Exame Data: 21/06/16 Tesouro Direto: entenda por que ele vem tomando o lugar da poupança Cada vez mais investidores estão migrando da poupança para o Tesouro Direto. Entenda por que os títulos

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI TOTAL 30 MULTIMERCADO / Informações referentes a Março de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI TOTAL 30 MULTIMERCADO / Informações referentes a Março de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI TOTAL 30 MULTIMERCADO 14.504.451/0001-70 Informações referentes a Março de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o

Leia mais

1º TESTE INTERMÉDIO DE INTRODUÇÃO AOS MERCADOS FINANCEIROS

1º TESTE INTERMÉDIO DE INTRODUÇÃO AOS MERCADOS FINANCEIROS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA 1º TESTE INTERMÉDIO DE INTRODUÇÃO AOS MERCADOS FINANCEIROS ANO LECTIVO 2008/2009 ÉPOCA NORMAL Duração: 1,5 horas Já com a tolerância Atenção: Não se esqueça de indicar

Leia mais

Acções. Amortização. Autofinanciamento. Bens

Acções. Amortização. Autofinanciamento. Bens Palavra Acções Significado Títulos que representam uma parte ou fracção de uma sociedade anónima e que dão ao seu proprietário o direito à parcela correspondente de votos, lucros líquidos e activos da

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD PREMIUM DI CRÉDITO PRIVADO / Informações referentes a Junho de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD PREMIUM DI CRÉDITO PRIVADO / Informações referentes a Junho de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD PREMIUM DI CRÉDITO PRIVADO 09.300.207/0001-56 Informações referentes a Junho de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

Plano Nacional de Formação Financeira Edição Conselho Nacional de Supervisores Financeiros

Plano Nacional de Formação Financeira  Edição Conselho Nacional de Supervisores Financeiros Plano Nacional de Formação Financeira www.todoscontam.pt Edição Conselho Nacional de Supervisores Financeiros Design, distribuição e impressão Banco de Portugal Unidade de Imagem e Design Gráfico Lisboa,

Leia mais