SOJA PLUS. Relatório Contrapartida dos Produtores Rurais da Bahia R$ ,00. Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SOJA PLUS. Relatório Contrapartida dos Produtores Rurais da Bahia R$ ,00. Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira"

Transcrição

1 SOJA PLUS Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira Relatório Contrapartida dos Produtores Rurais da Bahia ,00

2 PERÍODO: jul.2014 a dez.2016 CONTRAPARTIDA PRODUTORES RURAIS ,00 Anexo Propriedade Município Contrapartida Período Valor Observação 1 Fazenda Alvorada Luis Eduardo Magalhães * Área de lavagem e manutenção das máquinas e equipamentos; * Abrigo para proteção do gás de cozinha. Mai. /jun ,00 2 Fazenda Irmãos Orita São Desidério * Lavanderia de EPI's; *Recarga dos extintores de incêndio e peças. Fev. 2016; Ago. /Set ,00 Lavanderia para lavagem dos EPI's, utilizados pelos funcionários que aplicam defensivos agrícolas. Realização da recarga dos extintores de incêndio e a aquisição de peças especificas para tal. 3 Fazenda Flor da Esperança São Desidério * Bacia de contenção do tanque de combustível. Mar ,00 4 Fazenda Sama Luis Eduardo Magalhães * Cobertura metálica para o tanque de combustível. Jan./fev ,00 5 Fazenda Decisão II Barreiras * Cobertura metálica para o tanque de combustível. Out ,00 6 Fazenda Serrana Correntina * Ponto de Abastecimento. Set. /Out ,00 Ponto de abastecimento: tanque de combustível, bomba de transferência, base de concreto para o tanque, bacia de contenção, canaletas e caixa de separação de óleo e água.

3 Fazenda Modelo Luis Eduardo Magalhães * Lavanderia de EPI's. Fazenda Novo Mundo Barreiras * Alojamento de funcionários. Fazenda Bela Vista Fazenda Campo Grande Fazenda Barros Cassal Formosa do Rio Preto Barreiras Luis Eduardo Magalhães * Ponto de apoio para os caminhoneiros. * Moradia para funcionário e escritório principal; * Escritório da balança e balança rodoviária. * Galpão para máquinas e implementos; Fazenda Tropeiro Velho Jaborandi * Escritório e balança rodoviária. Mai. /Jun Mar./Mai Jul Ago. /Set Ago. /Set Ago. /Set , , , , , ,00 Lavanderia para lavagem dos EPI's, utilizados pelos funcionários que aplicam defensivos agrícolas. O alojamento para funcionários ainda não foi finalizado, devido a falta de recursos pelo proprietário. Porém, até o momento foram gastos o valor citado ao lado, ,00 com materiais e mão de obra. O ponto de apoio para os caminhoneiros consiste em sanitários, chuveiros e um tanque para lavagem de roupas pessoais. Esta benfeitoria será usada pelos caminhoneiros que transportam a produção de soja e de insumos adquiridos. A moradia é a residência do gerente, juntamente com o escritório principal da fazenda, na mesma construção. O escritório da balança é utilizado apenas para os assuntos referentes aos caminhões que transportam a soja colhida e sua pesagem. No momento da visita, mostrado na foto em anexo, faltava fazer o piso de concreto do galpão de máquinas. A balança rodoviária é utilizada para pesar os caminhões

4 carregados com soja e outros insumos Fazenda Orquídeas Barreiras * Refeitório e área de vivência. Fazenda Orquídeas Barreiras * 8 moradias para funcionários. Fazenda Orquídeas Barreiras * Baias para reciclagem. Fazenda Orquídeas Barreiras * Caixas separadoras de água e óleo. Fazenda Orquídeas Barreiras * Lavanderia de EPI's. Jul. /Out Jul. /Out Jul. /Out Jul. /Out Jul. /Out , , , , ,00 O refeitório é composto pela cozinha, espaço para refeições e banheiros. A área de vivência também é utilizada para os Diálogos de Segurança Semanal, capacitação dos funcionários e reuniões da equipe técnica Foram construídas 8 (oito) moradias para funcionários, sendo 4 complexos de 2 casas geminadas cada. Foram criados mini depósitos (baias) para acondicionar os resíduos sólidos para reciclagem, lixo não reciclável, plástico, papel e metal. Foram construídas duas caixas separadoras de água e óleo, uma para o galpão de máquinas e implementos, e outra para as baias de reciclagem; A nova lavanderia de EPI conta com vestiário, piso de cerâmica, revestimento em parte das paredes, área coberta para secagem dos EPI's e abertura para passagem dos EPI's contaminados.

5 Fazenda Orquídeas Fazenda Orquídeas Barreiras Barreiras * Galpão de defensivos agrícolas e de embalagens vazias temporário. * Ponto de abastecimento das aeronaves. Fazenda Orquídeas Barreiras * Estação de tratamento de agrotóxicos Fazenda Orquídeas Barreiras * Cercamento do alojamento. Jul. /Out Jul. /Out Jul. /Out Jul. /Out , , , ,00 Este galpão armazena temporariamente parte dos produtos químicos utilizados nas aplicações aéreas, por isso ficam ao lado da área de abastecimento das aeronaves. Os demais produtos ao longo da safra, ficam armazenados em um outro galpão principal de defensivos agrícolas e embalagens vazias. Está área é utilizada para o abastecimento das aeronaves com combustível e com a calda de defensivos agrícolas para a aplicação aérea das lavouras. Estação de Tratamento de Agrotóxicos oriundos das aplicações aéreas, composta por reservatório de decantação, descontaminador de agrotóxicos por ozonização e tanque de contenção e evaporação. O ozônio é utilizado para a descontaminação maciça de agrotóxicos nas lavagens de aeronaves agrícolas. Apenas o descontaminador de agrotóxicos por ozonização custa ,00. Além da cerca ao redor de todo o alojamento, foi instalado um portão eletrônico impedindo o livre acesso de pessoas estranhas.

6 Fazenda Boa Esperança II Fazenda Boa Esperança II Fazenda Boa Esperança II Fazenda Boa Esperança II Fazenda Boa Esperança II Fazenda Boa Esperança II Riachão das Neves Riachão das Neves Riachão das Neves Riachão das Neves Riachão das Neves Riachão das Neves * Escritório e balança rodoviária. * Área de lavagem e manutenção das máquinas e equipamentos. * Banheiro feminino no refeitório. * Galpão de defensivos agrícolas. * Galpão de embalagens vazias de defensivos agrícolas. * Ponto de abastecimento de combustível. Abr. /Mai Abr. /Mai Abr. /Mai Abr. /Mai Abr. /Mai Abr. /Mai , , , , , ,00 Total das despesas: ,00 A balança rodoviária é utilizada para pesar os caminhões carregados com soja e outros insumos. O valor das contrapartidas realizadas pelos produtores rurais do Oeste da Bahia, foram bem maiores que a planejada no projeto. Aprovado por: Data & assinatura:

7 ANEXOS Fotos e Notas Fiscais

8 ANEXO 1 FAZENDA ALVORADA FOTO 01: Construção da área de lavagem e manutenção de máquinas e equipamentos. Piso impermeável Canaletas de contenção e condução da água FOTO 02: Detalhe do piso impermeável e das canaletas na área de lavagem e manutenção das máquinas e equipamentos.

9 Caixa de areia Caixa separadora de óleo Caixa coletora de óleo FOTO 03: Detalhe dos três tipos de caixas na área de lavagem e manutenção das máquinas e equipamentos. Recipiente de coleta de água residual FOTO 04: Detalhe do recipiente de coleta da água na área de lavagem e manutenção das máquinas e equipamentos.

10 FOTO 05: Abrigo para botijões de gás de cozinha, falta apenas instalar o portão de ferro com cadeado, que está sendo confeccionado.

11 ANEXO 2 FAZENDA IRMÃOS ORITA Lavanderia de EPI FOTO 06: Lavanderia de EPI. Vestiário e banheiro FOTO 07: Vestiário e banheiro com abertura para a lavanderia de EPI s, evitando contaminação.

12 FIGURA 01: Nota de venda nº 4541 recarga e peças para extintor de incêndio.

13 FIGURA 02: Nota de venda nº 4599 recarga e peças para extintor de incêndio.

14 ANEXO 3 FAZENDA FLOR DA ESPERANÇA FOTO 08: Bacia de contenção ao redor do tanque de combustível, piso e paredes impermeáveis. FOTO 09: Bacia de contenção ao redor do tanque de abastecimento de óleo diesel.

15 ANEXO 4 FAZENDA SAMA FOTO 10: Cobertura metálica sobre o tanque de abastecimento de óleo diesel.

16 ANEXO 5 FAZENDA DECISÃO II FOTO 11: Cobertura metálica sobre o tanque de abastecimento de combustível.

17 ANEXO 6 FAZENDA SERRANA FOTO 12: Ponto de abastecimento de combustível completo. FOTO 13: Ponto de abastecimento de combustível composto por tanque metálico, bomba de transferência, base de concreto, bacia de captação, canaletas e caixas de separação de água e óleo.

18 FOTO 14: Vista das caixas de separação de água e óleo (caixa de areia, caixa separadora de óleo, caixa coletora de óleo e caixa coletora de água residual.

19 ANEXO 7 FAZENDA MODELO Entrada da Lavanderia de EPI s FOTO 15: Lavanderia de equipamentos de proteção individual (EPI) dos funcionários que trabalham na aplicação de defensivos agrícolas. Entrada do vestiário FOTO 16: Lavanderia de EPI e vestiário.

20 c Abertura entre vestiário e o tanque para colocar os EPI s contaminados. FOTO 17: Vista do vestiário e do tanque para lavagem dos EPI s.

21 ANEXO 8 FAZENDA NOVO MUNDO FOTO 18: Vista do alojamento para funcionários em construção. FOTO 19: Vista lateral do alojamento para funcionários em construção.

22 Divisão dos chuveiros FOTO 20: Vista interna do banheiro do alojamento dos funcionários.

23 ANEXO 09 FAZENDA BELA VISTA FOTO 21: Vista do Ponto de Apoio para os caminhoneiros, composto de sanitários, chuveiros e um tanque para lavagem de roupas pessoais. FOTO 22: Vista da entrada para os sanitários e chuveiros.

24 ANEXO 10 FAZENDA CAMPO GRANDE FOTO 23: Vista da moradia de funcionário (gerente) e escritório principal em construção. FOTO 24: Vista da moradia de funcionário (gerente) e escritório principal prontos.

25 FOTO 25: Vista do escritório da balança e da balança rodoviária em construção. FOTO 26: Vista do escritório da balança e da balança rodoviária prontos.

26 ANEXO 11 FAZENDA BARROS CASSAL FOTO 27: Vista do galpão de máquinas e equipamentos em fase final de construção, faltando apenas o piso de concreto.

27 ANEXO 12 FAZENDA TROPEIRO VELHO Escritório Balança Rodoviária FOTO 28: Vista da balança rodoviária e do escritório em construção. FOTO 29: Vista da balança rodoviária e do escritório prontos.

28 ANEXO 13 FAZENDA ORQUÍDEAS FOTO 30: Vista da antiga área de vivência dos funcionários. Refeitório Área de Vivência FOTO 31: Vista do novo refeitório e da nova área de vivência.

29 FOTO 32: Vista do novo refeitório. FOTO 33: Vista da nova área de vivência, também é utilizada para os Diálogos de Segurança Semanal, capacitação dos funcionários e reuniões da equipe técnica.

30 ANEXO 14 FAZENDA ORQUÍDEAS FOTO 34: Vista das novas moradias de funcionários, quatro complexos de 2 casas geminadas cada, totalizando 8 residências. FOTO 35: Vista de duas moradias de funcionários.

31 ANEXO 15 FAZENDA ORQUÍDEAS Lixo não reciclável Plástico Papel Metal FOTO 36: Vista das baias (mini depósitos) que acondicionam os resíduos sólidos para reciclagem.

32 ANEXO 16 FAZENDA ORQUÍDEA FOTO 37: Vista da caixa separadora de água e óleo do galpão de máquinas e implementos da propriedade. FOTO 38: Vista da caixa separadora de água e óleo das baias de reciclagem.

33 ANEXO 17 FAZENDA ORQUÍDEA FOTO 39: Vista da antiga lavanderia de EPI s dos funcionários que aplicam defensivos agrícolas. Abertura entre vestiário e o tanque para colocar os EPI s contaminados. FOTO 40: Vista da nova lavanderia de EPI s, com piso de cerâmica.

34 FOTO 41: Vista da nova lavanderia de EPI s, detalhe da área de secagem. FOTO 42: Vista da nova lavanderia de EPI s, detalhe os armários individuais dos funcionários com cadeado.

35 ANEXO 18 FAZENDA ORQUÍDEA Depósito para os defensivos agrícolas. Depósito para as embalagens vazias. FOTO 43: Vista do galpão de defensivos agrícolas e de embalagens vazias temporário, para os produtos utilizados no preparo da calda para a aplicação aérea. FOTO 44: Vista lateral do galpão de defensivos agrícolas e de embalagens vazias temporário.

36 ANEXO 19 FAZENDA ORQUÍDEA Bomba de transferência Bacia de de contenção Bacia de contenção FOTO 45: Vista do ponto de abastecimento das aeronaves para a aplicação aérea, detalhe dos tanques de combustível com as demais estruturas. FOTO 46: Vista do ponto de abastecimento das aeronaves para a aplicação aérea, detalhe do piso impermeável.

37 ANEXO 20 FAZENDA ORQUÍDEA Tanque de contenção e evaporação Reservatório de decantação Descontaminador de Agrotóxicos FOTO 47: Vista da Estação de Tratamento de Agrotóxicos oriundos das aplicações aéreas, composta por reservatório de decantação, descontaminador de agrotóxicos por ozonização e tanque de contenção e evaporação. FOTO 48: Vista da Estação de Tratamento de Agrotóxicos oriundos das aplicações aéreas, detalhe o descontaminador de agrotóxicos que utiliza ozônio para a descontaminação maciça de agrotóxicos nas lavagens de aeronaves agrícolas.

38 ANEXO 21 FAZENDA ORQUÍDEA FOTO 49: Vista do alojamento de funcionário antes da cercamento. FOTO 50: Vista do alojamento de funcionário cercado e com o portão eletrônico na entrada.

39 ANEXO 22 FAZENDA BOA ESPERANÇA II FOTO 51: Vista do escritório e da balança rodoviária, na entrada da propriedade. FOTO 52: Vista do interior do escritório e do banheiro.

40 ANEXO 23 FAZENDA BOA ESPERANÇA II FOTO 51: Vista do interior do escritório e do banheiro. FOTO 51: Vista do interior do escritório e do banheiro. Caixa separadora de água e óleo Canaletas FOTO 53: Vista da área de lavagem de máquinas e equipamentos da propriedade. FOTO 54: Vista da área de lavagem de máquinas e equipamentos, detalhe a casinha do compressor.

41 ANEXO 24 FAZENDA BOA ESPERANÇA II FOTO 55: Vista do banheiro feminino construído no refeitório. FOTO 56: Vista interna do banheiro feminino do refeitório.

42 ANEXO 25 FAZENDA BOA ESPERANÇA II Ventilação FOTO 57: Vista do galpão de defensivos agrícolas, detalhe os tijolos para ventilação com tela. FOTO 58: Vista interna do galpão de defensivos agrícolas.

43 ANEXO 26 FAZENDA BOA ESPERANÇA II FOTO 59: Vista do galpão de embalagens vazias de defensivos agrícolas. FOTO 60: Vista do galpão de embalagens vazias, detalhe para calçada e para o extintor de incêndio.

44 ANEXO 27 FAZENDA BOA ESPERANÇA II Canaletas FOTO 61: Vista do ponto de abastecimento de combustível, detalhe da bacia de contenção, do extintor de incêndio e da bomba de transferência. FOTO 62: Vista do ponto de abastecimento de combustível, detalhe da escada de acesso à parte superior dos tanques.

CURSO DE CAPACITAÇÃO DOS MUNÍCIPIOS PARA GESTÃO AMBIENTAL

CURSO DE CAPACITAÇÃO DOS MUNÍCIPIOS PARA GESTÃO AMBIENTAL CURSO DE CAPACITAÇÃO DOS MUNÍCIPIOS PARA GESTÃO AMBIENTAL LICENCIAMENTO E FISCALIZAÇÃO DE POSTOS REVENDEDORES INEA DILAM GELRAM SELART NLPS LEGISLAÇÃO APLICADA Resolução CONAMA Nº 273/2000. Determina a

Leia mais

ROTEIRO DE INSPEÇÃO SANITÁRIA DE AMBIENTES E PROCESSOS DE TRABALHO EM POSTOS DE REVENDA DE COMBUSTÍVEIS A VAREJO PRCV Versão 06 de setembro de 2012

ROTEIRO DE INSPEÇÃO SANITÁRIA DE AMBIENTES E PROCESSOS DE TRABALHO EM POSTOS DE REVENDA DE COMBUSTÍVEIS A VAREJO PRCV Versão 06 de setembro de 2012 ROTEIRO DE INSPEÇÃO SANITÁRIA DE AMBIENTES E PROCESSOS DE TRABALHO EM POSTOS DE REVENDA DE COMBUSTÍVEIS A VAREJO PRCV Versão 06 de setembro de 2012 1. DADOS GERAIS DA EMPRESA Razão Social: Nome Fantasia:

Leia mais

Preservação da madeira

Preservação da madeira CONTROLE DA POLUIÇÃO NA INDÚSTRIA DE PRESERVAÇÃO DE MADEIRA FABRICIO GOMES GONÇALVES Preservação da madeira Instalações responsáveis pelo armazenamento da madeira e pela sua impregnação de preservativos,

Leia mais

ANEXO III - Memorial Descritivo

ANEXO III - Memorial Descritivo ANEXO III - Memorial Descritivo SOFT INN SÃO PAULO BUSINESS HOTEL O presente MEMORIAL DESCRITIVO descreve o imóvel e determina os detalhes de acabamento, o padrão e a qualidade dos materiais que serão

Leia mais

ENTENDA O QUE MUDOU COM A IMPLANTAÇÃO DO PONTO ECO. Adequação Física e estrutural

ENTENDA O QUE MUDOU COM A IMPLANTAÇÃO DO PONTO ECO. Adequação Física e estrutural ENTENDA O QUE MUDOU COM A IMPLANTAÇÃO DO PONTO ECO Adequação Física e estrutural A etapa mais demorada e com maior investimento de recursos é a adequação física e da estrutura da empresa. No Recreio da

Leia mais

ABNT NBR Área de Armazenamento de Recipientes Transportáveis de GLP

ABNT NBR Área de Armazenamento de Recipientes Transportáveis de GLP ABNT NBR 15514 Área de Armazenamento de Recipientes Transportáveis de GLP OBJETIVOS Ao final dessa lição os participantes serão capazes de: Definir termos técnicos associados ao tema; Conhecer condições

Leia mais

CONSTRUÇÕES RURAIS FASCÍCULO ABIOVE. Mais por você. Governo de Mato Grosso

CONSTRUÇÕES RURAIS FASCÍCULO ABIOVE. Mais por você. Governo de Mato Grosso CONSTRUÇÕES RURAIS FASCÍCULO 2-2013 Governo de Mato Grosso Mais por você ABIOVE O Soja Plus é um programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Propriedade Rural Brasileira, criado em 2011 por meio

Leia mais

MELHORIAS NA UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS FITOSSANITÁRIOS NA EMBRAPA SOJA

MELHORIAS NA UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS FITOSSANITÁRIOS NA EMBRAPA SOJA M in isté rio d a A g ric u ltu ra P e cu á ria e A b a st e cim e n to MELHORIAS NA UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS FITOSSANITÁRIOS NA EMBRAPA SOJA ALEXANDRE BRIGHENTI Embrapa Soja Londrina PR brighent@cnpso.embrapa.br

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBRA/LOCAL/IDENTIFICAÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBRA/LOCAL/IDENTIFICAÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBRA/LOCAL/IDENTIFICAÇÃO Obra: Construção de um Prédio Residencial Multifamiliar Local: Avenida Maria José Pinheiro Machado x Jorge Calixto nº 570 Planta aprovada nº 174/16 expedida

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

IGP-M registra variação de 0,51% em março

IGP-M registra variação de 0,51% em março Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-M registra variação de 0,51% em março O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,51%, em março. Em fevereiro, o índice variou 1,29%. Em março de 2015, a variação

Leia mais

Análise SWOT. Resíduos Sólidos Domiciliares e Comerciais

Análise SWOT. Resíduos Sólidos Domiciliares e Comerciais Análise SWOT Resíduos Sólidos Domiciliares e Comerciais Implantação de associação de catadores, melhorando a coleta seletiva. Disponibilização de quantidade maior de lixeiras na cidade. Geração de empregos

Leia mais

Casa na rua 3, n.361 Loteamento Praia de Itamambuca

Casa na rua 3, n.361 Loteamento Praia de Itamambuca 1. Apresentação Casa na rua 3, n.361 Loteamento Praia de Itamambuca Memorial Descritivo Casa a 350m da praia, com dois pavimentos, três suítes, mezanino, sala de estar, varanda social, lavabo, cozinha,

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

Anexo Procedimento de Instalação de Alojamento

Anexo Procedimento de Instalação de Alojamento Anexo 1.4-8 - Procedimento de Instalação de Alojamento Revisão 00 Data 02/02/2015 1 de 15 Elaborado por: Verificado por: Aprovado por: Eng. Segurança do Trabalho Gestão de QSMS Direção Indústria e Energia

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO Obra: Residencial Ana Beatriz Local: Rua Adolfo Cattani, 775 - São Carlos-SP 1 CONSTITUÍDO: - O terreno com 1.746,58 m² tem acesso ao pavimento térreo pela Rua Adolfo

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

TRILHA DO CONHECIMENTO Agronegócio

TRILHA DO CONHECIMENTO Agronegócio TRILHA DO CONHECIMENTO Agronegócio A GESTÃO AMBIENTAL NO AGRONEGÓCIO A utilização do GIS como ferramenta de apoio na SLC Agrícola Paula Silvério Eng. Ambiental HISTÓRIA DA SLC AGRÍCOLA VISÃO GERAL DA SLC

Leia mais

FACHADA DO CONDOMÍNIO (JUL/2016) VISTA AÉREA. Imagens meramente ilustrativas. Página 2

FACHADA DO CONDOMÍNIO (JUL/2016) VISTA AÉREA. Imagens meramente ilustrativas. Página 2 FACHADA DO CONDOMÍNIO (JUL/2016) VISTA AÉREA Imagens meramente ilustrativas Página 2 DADOS DO PROJETO - NOME COMERCIAL: DESCRIÇÃO: ENDEREÇO: Recanto do Outeiro Condomínio Residencial de 16 casas sobradas

Leia mais

A. MÉTODOS PARA APLICAÇÃO DE MATERIAL DESINFETANTE

A. MÉTODOS PARA APLICAÇÃO DE MATERIAL DESINFETANTE Agência Nacional de Vigilância Sanitária Portos, Aeroportos e Fronteiras Anexo XI PLANO DE LIMPEZA E DESINFECÇÃO EMBARCAÇÕES MÉTODO I A. MÉTODOS PARA APLICAÇÃO DE MATERIAL DESINFETANTE Técnica de Desinfecção

Leia mais

Memorial Descritivo. Prédio: Villaggio Sorrento Rua Domingos Crescêncio 965

Memorial Descritivo. Prédio: Villaggio Sorrento Rua Domingos Crescêncio 965 1. Descrição do prédio. Memorial Descritivo Prédio: Villaggio Sorrento Rua Domingos Crescêncio 965 O prédio a ser construído compõe-se de 16 pavimentos mais casa de máquinas, constituído de 56 (cinqüenta

Leia mais

PROGRAMA DE NECESSIDADES

PROGRAMA DE NECESSIDADES Área Total - Presidência Espera / Secretaria Sala da presidência Acesso ao setor 1 posto de trabalho; estar Presidência para 6 O ambiente de 1 mesa de trabalho, 1 reuniões deverá ser mesa de reunião para

Leia mais

CÓDIGO DE OBRAS E EDIFICAÇÕES ANEXO II FATOR DE SUSTENTABILIDADE

CÓDIGO DE OBRAS E EDIFICAÇÕES ANEXO II FATOR DE SUSTENTABILIDADE CÓDIGO DE OBRAS E EDIFICAÇÕES ANEXO II FATOR DE SUSTENTABILIDADE ITEM PONTOS I IMPLANTAÇÃO DO EDIFÍCIO MAX. 10 A) MOVIMENTAÇÃO DO SOLO Implantação do projeto adequada ao perfil natural do terreno, com

Leia mais

INFRAESTRUTURA DE LABORATÓRIOS DA EMBRAPA

INFRAESTRUTURA DE LABORATÓRIOS DA EMBRAPA INFRAESTRUTURA DE LABORATÓRIOS DA EMBRAPA Para atender os requisitos (BPL/ISO 17025) o projeto deve levar em conta: Dimensões. Detalhes construtivos. Localização/separação efetiva das diferentes atividades

Leia mais

Instalações Hidráulicas e o Projeto de Arquitetura 9ª edição

Instalações Hidráulicas e o Projeto de Arquitetura 9ª edição Instalações Hidráulicas e o Projeto de Arquitetura 9ª edição PARTE I INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS PREDIAIS 1 ÁGUA FRIA Entrada e fornecimento de água fria Compartimento que abriga o cavalete Medição de água

Leia mais

[DESTINAÇÃO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS]

[DESTINAÇÃO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS] ATERROS SANITÁRIOS [DESTINAÇÃO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS] 2013 O QUE SÃO OS RESÍDUOS SÓLIDOS? É O LIXO QUE PRODUZIMOS. NOSSO LIXO DE TODOS OS DIAS. E ESSES RESÍDUOS OU LIXO PODEM SER CLASSIFICADOS COMO:

Leia mais

Unidade de Medida A0010

Unidade de Medida A0010 Código de Identificação de Resíduos Tipo de Resíduo Descrição Unidade de Medida A0010 RESIDUO DE RESTAURANTE (RESTOS mġ DE ALIMENTOS) A0020 RESIDUO GERADO FORA PROCESSO mġ INDUSTRIAL (EMBALAGENS, ESCRI)

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE (PGRSS) ODONTOLOGIA O gerenciamento dos RSS constitui-se em um conjunto de procedimentos de gestão, planejados e implementados a partir de bases

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM GUARAPUAVA-PR

CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM GUARAPUAVA-PR CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM GUARAPUAVA-PR Foi realizado no dia 10 de julho de 2012 em Guarapuava (PR), o painel de custos de produção de grãos. A pesquisa faz parte do Projeto Campo Futuro da Confederação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE FEIRA COBERTA LOCAL: VILA CASA DE TÁBUA MEMORIAL DESCRITIVO SANTA MARIA DAS BARREIRAS 2015 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1- APRESENTAÇÃO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROPRIETÁRIO

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROPRIETÁRIO MEMORIAL DESCRITIVO DO PROPRIETÁRIO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE ACABAMENTOS Validação do Memorial Descritivo do Proprietário TORRE HOTEL Empreendimento Maxplaza Rua. Gen. Salustiano Canoas/RS Data : 19/04/2016

Leia mais

Plano de Gerenciamento de Resíduos. Jeniffer Guedes

Plano de Gerenciamento de Resíduos. Jeniffer Guedes Jeniffer Guedes PLURAL Indústria Gráfica Ltda Parque gráfico da PLURAL com 33.500m 2. Fundada em 1996. Atualmente a PLURAL emprega 841 profissionais. Composição Acionária 51% 49% 90 anos de história Jornal

Leia mais

Soja Plus. Gestão da Propriedade Faz a Diferença. Relatório de Realizações

Soja Plus. Gestão da Propriedade Faz a Diferença. Relatório de Realizações Soja Plus Gestão da Propriedade Faz a Diferença Relatório de Realizações 2) Resultados alcançados: melhoria da imagem do agronegócio brasileiro SOJA PLUS PROGRAMA BEM-SUCEDIDO DE GESTÃO SOCIAL, ECONÔMICA

Leia mais

INFORMAÇÕES DO EMPREENDIMENTO

INFORMAÇÕES DO EMPREENDIMENTO DESCRIÇÃO DO EMPREENDIMENTO Dados Gerais do Empreendimento: - Localização: Rua Ogê Fortkamp, Trindade, Florianópolis/SC; - Projeto aprovado nº 55.682 em 12/09/2007, substituído em 08/12/09, e alvará de

Leia mais

Memorial Descritivo. Rua Onze de Junho, São Vicente - SP

Memorial Descritivo. Rua Onze de Junho, São Vicente - SP Memorial Descritivo Rua Onze de Junho, 316 - São Vicente - SP GENERALIDADES Edifício Residencial de 11 pavimentos, sendo: Subsolo, Térreo, Mezanino 1, Mezanino 2, Mezanino 3, 1 Tipo, Tipo x 9, Inferior

Leia mais

LOCAÇÃO DE SERVIÇOS. SERVIÇOS PRELIMINARES Remoção de pintura - Caixa d água Remoção de pintura látex. Página 1 de 6

LOCAÇÃO DE SERVIÇOS. SERVIÇOS PRELIMINARES Remoção de pintura - Caixa d água Remoção de pintura látex. Página 1 de 6 ANEXO IV LOCAÇÃO DE SERVIÇOS SERVIÇOS PRELIMINARES Remoção de pintura - Caixa d água Remoção de pintura látex - toda área interna - área externa fundos lado externo e interno todo, todos rodapés externos.

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo

Universidade Federal do Espírito Santo Universidade Federal do Espírito Santo Pós-Graduação Gestão Ambiental Utilização de Águas de Chuvas em um Edifício Público - Revisado - Adriano Barbosa Freitas Flávia Piccoli Gena Baioco Ingrid Ananias

Leia mais

COMPOSIÇÕES REPRESENTATIVAS DO SERVIÇO DE EMBOÇO/MASSA ÚNICA INTERNA

COMPOSIÇÕES REPRESENTATIVAS DO SERVIÇO DE EMBOÇO/MASSA ÚNICA INTERNA SINAPI SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES REPRESENTATIVAS DO SERVIÇO DE EMBOÇO/MASSA ÚNICA INTERNA LOTE 1 Versão: 003 Vigência: 11/2014

Leia mais

Book Comercial. Construindo e transformando sonhos em realidade

Book Comercial. Construindo e transformando sonhos em realidade Book Comercial Construindo e transformando sonhos em realidade Aquisição de Terreno e Construção Produto Conceito A HOME INCORP, visando atender às necessidades e à satisfação do cliente no quesito habitação,

Leia mais

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016 Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado do Paraná Safra 2016/2017 Mar/16 0,6048 0,6048 0,6048 66,04 73,77 Abr 0,6232 0,6232 0,5927 64,72 72,29 Mai 0,5585 0,5878 0,5868

Leia mais

COORDENADORIA DE CONTROLE DE DOENÇAS CENTRO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA Portaria CVS - 12, de

COORDENADORIA DE CONTROLE DE DOENÇAS CENTRO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA Portaria CVS - 12, de COORDENADORIA DE CONTROLE DE DOENÇAS CENTRO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA Portaria CVS - 12, de 17-8-2009 Dispõe sobre a Norma Técnica que estabelece os critérios para instalação e funcionamento dos alojamentos

Leia mais

MSK FILTRO COALESCENTE

MSK FILTRO COALESCENTE FILTRO COALESCENTE MSK 1 - INTRODUÇÃO 1.1. - FINALIDADE DESTE MANUAL Este manual proporciona informações de funcionamento, instalação, operação e manutenção dos filtros MS-série K. Leia este manual atentamente

Leia mais

Rua Rui Frazao Soares, 81 - Ala Belize, Sala 204/205 - Barra da Tijuca - RJ Tel.: Pág.

Rua Rui Frazao Soares, 81 - Ala Belize, Sala 204/205 - Barra da Tijuca - RJ Tel.: Pág. Rio de Janeiro, 04 de Abril de 2016 Segunda Feira Tempo estável Continuidade no trabalho de escavação Sendo executado estruturas de canteiro tais como: banheiro, vestiário e depósito de cimento Arrumação

Leia mais

IGP-M registra variação de 0,33% em abril

IGP-M registra variação de 0,33% em abril Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-M registra variação de 0,33% em abril O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,33%, em abril. Em março, o índice variou 0,51%. Em abril de 2015, a variação foi

Leia mais

deseja refazer a cerca com duas voltas de arame liso ao redor de todo o pasto.

deseja refazer a cerca com duas voltas de arame liso ao redor de todo o pasto. Atividade extra Exercício 1 Uma fazenda tem um pasto em formato retangular, de 95m de comprimento por 65m de largura. O proprietário deseja refazer a cerca com duas voltas de arame liso ao redor de todo

Leia mais

DEPARTAMENTO DE OBRAS E GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS MUNICIPAIS FICHA TÉCNICA. Construção do refeitório e beneficiação da Escola 1º CEB S.

DEPARTAMENTO DE OBRAS E GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS MUNICIPAIS FICHA TÉCNICA. Construção do refeitório e beneficiação da Escola 1º CEB S. FICHA TÉCNICA 1. INTIFICAÇÃO Construção do refeitório e beneficiação da Escola 1º CEB S. João do Campo 2. LOCALIZAÇÃO Rua Bairro Alto Freguesia de São João do Campo 3. PROJECTO Projecto de Arquitectura:

Leia mais

Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno

Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno PPRA MANUAL PRÁTICO PARA ELABORAÇÃO FORMULÁRIO PARA RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS Esse Formulário deve ser aplicado

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE GINÁSIO POLIESPORTIVO LOCAL: SEDE DO MUNICÍPIO MEMORIAL DESCRITIVO SANTA MARIA DAS BARREIRAS 2015 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1- APRESENTAÇÃO

Leia mais

Acompanhamento realizado no primeiro dia de atividades e semestralmente 13.1 Se detectada necessidade, há encaminhamento para atendimento médico

Acompanhamento realizado no primeiro dia de atividades e semestralmente 13.1 Se detectada necessidade, há encaminhamento para atendimento médico MÓDULO SOE (SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO EXERCÍCIO) - JARDIM CAMBURI Coordenador: Robson Ribeiro Email: soe@correio1.vitoria.es.gov.br Telefone: (27) 3132-5070 Logradouro: Av Dante Michelini Bairro: Jardim

Leia mais

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,8 21-Jul-00 Real 0,6493 Sem frete - PIS/COFINS

Leia mais

COOPERFLORESTA realiza planejamento participativo da safra 2013

COOPERFLORESTA realiza planejamento participativo da safra 2013 COOPERFLORESTA realiza planejamento participativo da safra 2013 A Cooperativa de Produtores Florestais Comunitários COOPERFLORESTA realizou no dia 01/07, no alojamento da equipe técnica, no Cachoeira Xapuri/AC

Leia mais

CANTEIRO DE OBRAS: elementos de projeto

CANTEIRO DE OBRAS: elementos de projeto outubro/2001 AULA 11 CANTEIRO DE OBRAS: elementos de projeto PCC-2302: Gestão da Produção na Construção Civil II Profs. Silvio Melhado e Mercia Barros Assistentes de Ensino: Rita Medeiros; Janayna Aquino;

Leia mais

1. conhecimento. O processo de secagem é necessário como pré-tratamento de outros processos. Bloco desidratado (teor de água: 80%)

1. conhecimento. O processo de secagem é necessário como pré-tratamento de outros processos. Bloco desidratado (teor de água: 80%) 1. conhecimento O processo de secagem é necessário como pré-tratamento de outros processos Lodos concentrados (teor de água> 95%) Desidratação física Bloco desidratado (teor de água: 80%) Processo de secagem

Leia mais

DESCRIÇÃO DAS CONSTRUÇÕES (ÁREAS CONSTRUÍDAS) NO IFSULDEMINAS CÂMPUS MACHADO Término Nº de

DESCRIÇÃO DAS CONSTRUÇÕES (ÁREAS CONSTRUÍDAS) NO IFSULDEMINAS CÂMPUS MACHADO Término Nº de DESCRIÇÃO DAS CONSTRUÇÕES (ÁREAS CONSTRUÍDAS) NO IFSULDEMINAS CÂMPUS MACHADO Término Nº de Área Valor da Obra Valor do M² Nome da Obra Início da Obra Programado Obras Construída M² R$ R$ da Obra Descrição

Leia mais

1

1 1 12.07.11 Seguradoras, Corretores e resseguradores. 12.08.11 Reunião técnica 1: Levantamento dos problemas e sugestões. 16.09.11 Reunião técnica 2. Desenvolvimento das sugestões. 17.10.11 Reunião técnica

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MATERIAL ABRIGO DE GÁS DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 CÓDIGO ABR GLP Descrição de Equivalência Técnica Exigida Toda a instalação que utiliza o gás GLP em botijão

Leia mais

Levantamento de Custos de Produção de Cascavel PR

Levantamento de Custos de Produção de Cascavel PR Levantamento de Custos de Produção de Cascavel PR Os produtores de Cascavel se reuniram no dia 29/06, para realizar o levantamento de custos de produção de grãos para o projeto Campo Futuro, uma iniciativa

Leia mais

Alturas mensais de precipitação (mm)

Alturas mensais de precipitação (mm) Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos AGUASPARANÁ - Instituto das Águas do Paraná Sistema de Informações Hidrológicas - SIH Alturas mensais de precipitação (mm) Estação: Município: Tipo: Altitude:

Leia mais

CADERNO TÉCNICO. normas e especificações

CADERNO TÉCNICO. normas e especificações CADERNO TÉCNICO normas e especificações LOCALIZAÇÃO E CONTATO Av. Gabriel Garcia de Azevedo nº153, Jd. São Fernando, Pouso Alegre - MG. Telefones: 35 3422.5845 35 4102.1877 35 99259.1212 E-mail: atendimento@summithall.com.br

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DO SISTEMA DE TRATAMENTO DE ESGOTOS

RELATÓRIO ANUAL DO SISTEMA DE TRATAMENTO DE ESGOTOS RELATÓRIO ANUAL DO SISTEMA DE TRATAMENTO DE ESGOTOS - 2008 INTRODUÇÃO: O objetivo deste relatório é apresentar os resultados, do ano de 2008, de qualidade dos efluentes da estação de tratamento de esgotos

Leia mais

Sistema de Tratamento de Esgoto Sanitário. Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados)

Sistema de Tratamento de Esgoto Sanitário. Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Sistema de Tratamento de Esgoto Sanitário. Mostra Local de: Araruna Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Nome da Instituição/Empresa: Empresa Máquinas Agrícolas Jacto S/A,

Leia mais

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS O canteiro de obras Introdução Sistema de produção Em muitos casos de obras de construção e montagem o canteiro de obras pode ser comparado a uma fábrica

Leia mais

SECRETARIA ESTADUAL DA SAÚDE - RS NVES/DVS/CEVS ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS - INDÚSTRIAS DE COSMÉTICOS E SANEANTES -

SECRETARIA ESTADUAL DA SAÚDE - RS NVES/DVS/CEVS ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS - INDÚSTRIAS DE COSMÉTICOS E SANEANTES - ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS - INDÚSTRIAS DE COSMÉTICOS E SANEANTES - 1. LEGISLAÇÃO SANITÁRIA ESPECÍFICA - Lei Federal 6.360/76 e Decreto Estadual (DE) 23.430 de 24/10/1974; - Regulamento

Leia mais

Vivenda com 4 quartos, T2 anexo e piscina com uma vista linda do país, São Brás VILLA EM SÃO BRÁS DE ALPORTEL

Vivenda com 4 quartos, T2 anexo e piscina com uma vista linda do país, São Brás VILLA EM SÃO BRÁS DE ALPORTEL Vivenda com 4 quartos, T2 anexo e piscina com uma vista linda do país, São Brás VILLA EM SÃO BRÁS DE ALPORTEL ref. VM687 790.000 4 3 200 m2 6.723 m2 Utilização Tipo Cidade Freguesia Concelho Região Habitação

Leia mais

Observação: Telhados verdes ou com vedados com Betumem podem causar a coloração da água.

Observação: Telhados verdes ou com vedados com Betumem podem causar a coloração da água. A melhor qualidade de água O filtro de água de chuva PURAIN cuida da qualidade da água da sua cisterna. Os filtros PURAIN são destinados à filtração da água da chuva, coletada de telhados cerâmicos, metálicos,

Leia mais

abril/13 CNC -Divisão Econômica Rio de Janeiro Dezembro/2012

abril/13 CNC -Divisão Econômica Rio de Janeiro Dezembro/2012 abril/13 CNC -Divisão Econômica Rio de Janeiro Dezembro/2012 ÍNDICE DE CONFIANÇA DO EMPRESÁRIO DO COMÉRCIO Índice 127,6 126,9 126,5 Condições Atuais do Empresário do Comércio 102,2-1,1% -3,9% Economia

Leia mais

A qualidade que você já conhece na quantidade que você precisa.

A qualidade que você já conhece na quantidade que você precisa. A qualidade que você já conhece na quantidade que você precisa. Troca Inteligente, a solução prática para você alcançar grandes resultados. Armazenagem 3no Distribuidor Os lubrificantes são armazenados

Leia mais

www.sralojamentos.com.br Sumário Abaixo cada etapa da nossa apresentação Sobre Nós Nossa História Nossos Serviços Nossa Equipe Contato Sobre Nós A empresa Santa Rita Alojamentos, conta hoje com uma equipe

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE UMA QUADRA COBERTA.

CONSTRUÇÃO DE UMA QUADRA COBERTA. CONSTRUÇÃO DE UMA QUADRA COBERTA. MEMORIA DE CÁLCULO DOS QUANTITATIVOS SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA E SERV. URBANOS. LOCAL: WALFREDO GURGEL - Município de Caicó/RN PROJETO NÚMERO: 0313 1 IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

FORMULÁRIO DE CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO

FORMULÁRIO DE CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO FORMULÁRIO DE CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO É expressamente proibido qualquer tipo de intervenção em Área de Preservação Permanente. Deverá ser observada rigorosamente a formatação deste formulário,

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA SAÚDE AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA GUIA SANITÁRIO PARA NAVIOS DE CRUZEIRO - 2011 ANEXO V Modelo de Manual de Boas Práticas de Fabricação de Alimentos 1. IDENTIFICAÇÃO DA EMBARCAÇÃO: Nome: Bandeira Imo: Nome do oficial responsável: 2. RECURSOS

Leia mais

Remediação para Postos de Serviço

Remediação para Postos de Serviço Remediação para Postos de Serviço MODULO 3 Gestores e Técnicos Ambientais Processos de Remediação Projeto de Remediação Conteúdo Programático MODULO III Outros aspectos que devem ser considerados: Condição

Leia mais

DESCRIÇÕES PRELIMINARES

DESCRIÇÕES PRELIMINARES DESCRIÇÕES PRELIMINARES Conjunto Residencial composto por 2.122 unidades distribuídas em 05 módulos denominados: Jardim Royal, Jardim Royal 2 Módulo I, Jardim Royal 2 Módulo II, Jardim Royal 2 Módulo III

Leia mais

C R I T É R I O S D E M E D I Ç Ã O E E S T R U T U R A D E P R E Ç O S

C R I T É R I O S D E M E D I Ç Ã O E E S T R U T U R A D E P R E Ç O S CM: CM24/01 SUBGRUPO: 240100 MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO FOLHA: 1/1 240101 DESLOCAMENTO DE EQUIPAMENTOS E MATERIAIS km Será feita pelo produto da distância de transporte, em quilômetro (km), pela quantidade

Leia mais

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio s 1.0 Portaria 1.1 Limpeza da área 1.2 Destinação dos resíduos 1.3 Efluentes 2.0 Brigada de incêndio 2.1 Limpeza da área s 2.2 Destinação dos resíduos 3.0 Estação de tratamento de esgoto - ETE Tratamento

Leia mais

2. FUNCIONÁRIOS - CONTRATADOS POR TEMPO DETERMINADO Médico Clínico 1 Médico Pediatra 1 Médico Ginecologista 1

2. FUNCIONÁRIOS - CONTRATADOS POR TEMPO DETERMINADO Médico Clínico 1 Médico Pediatra 1 Médico Ginecologista 1 1. FUNCIONÁRIOS - EFETIVOS Médico Clínico 6 Médico Pediatra 2 Médico de Estratégia PSF 0 Psicólogo Clínico 30 horas 0 Psicólogo Clínico 40 horas 1 Cirurgião Dentista 4 Auxiliar de Saúde Bucal 4 Técnico

Leia mais

A Indústria da Madeira Preservada sob Pressão no Brasil

A Indústria da Madeira Preservada sob Pressão no Brasil A Indústria da Madeira Preservada sob Pressão no Brasil Preservação de madeiras Atividade Industrial regulamentada pela Portaria Interministerial 292 de 28/04/80 Instrução Normativa 05 de 20/10/92 e Portaria

Leia mais

INFORME SEMANAL DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA

INFORME SEMANAL DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA INFORME SEMANAL DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA 1. 1 minutos, uma vez por semana, em nome de sua saúde. Você sabia que com apenas 1 minutos por semana você pode afastar o perigo da dengue, chikungunya e

Leia mais

Case de Reciclagem de EPS na Argentina São Paulo, 14 de abril de 2016x Juan Cruz Pando Gerente de ventas Styropek Argentina

Case de Reciclagem de EPS na Argentina São Paulo, 14 de abril de 2016x Juan Cruz Pando Gerente de ventas Styropek Argentina Case de Reciclagem de EPS na Argentina São Paulo, 14 de abril de 2016x Juan Cruz Pando Gerente de ventas Styropek Argentina Quem somos? Empresa mexicana com receita de US$16 Bilhões Mais de 60.000 funcionários

Leia mais

DESCRIÇÃO PRELIMINAR

DESCRIÇÃO PRELIMINAR DESCRIÇÃO PRELIMINAR O prédio em construção tem 13 pavimentos, sendo 01 subsolo, 01 pilotis, 11 pavimentos tipo. O subsolo será composto de hall de elevadores, depósito, subestação/gerador, bicicletário,

Leia mais

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio 1.0 Portaria 1.1 Limpeza da área 1.2 Destinação dos resíduos 1.3 Efluente 2.0 Paiol 2.1 Limpeza da área 2.2 Destinação dos resíduos 3.0 Aterro sanitário 3.1 Organização da área 3.2 Pátio de estoque Acúmulo

Leia mais

FLEXÍVEIS Suportam deformações de amplitude variável, dependendo de seu reforço à tração.

FLEXÍVEIS Suportam deformações de amplitude variável, dependendo de seu reforço à tração. IMPERMEABILIZAÇÃO Têm a função de proteger a edificação contra patologias que poderão surgir como possível infiltração de água. Classificação RÍGIDAS Baixa capacidade de deformação FLEXÍVEIS Suportam deformações

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO OBRA: CONDOMÍNIO HOTEL SÃO CARLOS Local: Situado na Rua Conselheiro João Alfredo, n 455, Jardim Paraíso, CEP: 13.561-110 Zona 1, Ocupação Condicionada, São Carlos SP.

Leia mais

Em 2010, o Brasil produziu 60,8 milhões de toneladas de lixo sólido. Destes, quase 31 milhões vieram de resíduos de novas construções e de demolições.

Em 2010, o Brasil produziu 60,8 milhões de toneladas de lixo sólido. Destes, quase 31 milhões vieram de resíduos de novas construções e de demolições. Em 2010, o Brasil produziu 60,8 milhões de toneladas de lixo sólido. Destes, quase 31 milhões vieram de resíduos de novas construções e de demolições. (Fonte: Panorama de Resíduos Sólidos no Brasil, 2011/Abrelpe-

Leia mais

Atender às necessidades de sustentabilidade e moradia, possibilitando qualidade de vida para os futuros moradores do Condomínio Villagio da Serra.

Atender às necessidades de sustentabilidade e moradia, possibilitando qualidade de vida para os futuros moradores do Condomínio Villagio da Serra. O Empreendimento está caracterizado como Condomínio Residencial implantado em um lote com área de 1130m², sendo 7 (sete) casas do lado direito e 6 (seis) casas do lado esquerdo do lote. Cada casa contempla

Leia mais

Departamento Nacional do SENAI

Departamento Nacional do SENAI do SENAI Rede SENAI de Serviços Técnicos e Tecnológicos Sérgio Motta 16 de Agosto de 2011 O que é o SENAI - Criado em 1942 por iniciativa do empresariado do setor industrial; - Maior complexo de educação

Leia mais

MÉTODO EXECUTIVO ME 49

MÉTODO EXECUTIVO ME 49 Objetivo: FOLHA 1 de 7 O método tem como objetivo detalhar o processo de proteção estanque para piscina enterrada sujeita a pressão negativa, utilizando Argamassa e Membrana Polimérica, flexíveis, de modo

Leia mais

CAPACITAÇÃO DE MULTIPLICADORES. Fabio Abdala Gerente de Sustentabilidade

CAPACITAÇÃO DE MULTIPLICADORES. Fabio Abdala Gerente de Sustentabilidade CAPACITAÇÃO DE MULTIPLICADORES Fabio Abdala Gerente de Sustentabilidade 1 Agenda Apresentações Consumo consciente: do que se trata? Economize o Planeta: o que é? como usar? Ações para reduzir emissões:

Leia mais

Série 34 E 35 Relatório de Acompanhamento do CRI 31-jan-14

Série 34 E 35 Relatório de Acompanhamento do CRI 31-jan-14 31-jan-14 a - Juros 6.691.919,50 a - Juros 1.672.979,81 b - Amortização 3.757.333,97 b - Amortização 939.333,65 a - Saldo atual dos CRI Seniors (984.936.461,48) b - Saldo atual dos CRI Junior (246.234.105,79)

Leia mais

O Mercado Brasileiro de Álcool: Perspectivas. João Carlos de Figueiredo Ferraz Presidente da CRYSTALSEV

O Mercado Brasileiro de Álcool: Perspectivas. João Carlos de Figueiredo Ferraz Presidente da CRYSTALSEV O Mercado Brasileiro de Álcool: Perspectivas João Carlos de Figueiredo Ferraz Presidente da CRYSTALSEV 2º Seminário Internacional CANA & ENERGIA Agosto de 2002 Produção Mensal na Região Centro-Sul Álcool

Leia mais

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00045/

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00045/ 22202 - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA 135011 - EMBRAPA/CNPA RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00045/2012-000 1 - Itens da Licitação 1 - CIMENTO PORTLAND CIMENTO PORTLAND, MATERIAL CLINKER,

Leia mais

nº 08/2016 PMAS - Pense no Meio Ambiente SIRTEC Tema: PREO

nº 08/2016 PMAS - Pense no Meio Ambiente SIRTEC Tema: PREO nº 08/2016 PMAS - Pense no Meio Ambiente SIRTEC Tema: PREO POLÍTICA INTEGRADA DE SEGURANÇA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE POLÍTICA INTEGRADA Disponíveis nos murais e no site da empresa PRINCÍPIOS REQUISITOS LEGAIS:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO OBJETIVO

MEMORIAL DESCRITIVO OBJETIVO OBJETIVO O presente documento tem por objetivo apresentar o dimensionamento e o memorial descritivo para construção do canteiro 04 (Canteiro Industrial) de obras para a execução do projeto denominado Porto

Leia mais

Seg.em Ativ. com Máquinas Injetoras de Materias Plásticos 16 Aperfeiçoamento Sábado 8h às 17h 20/fev 27/fev

Seg.em Ativ. com Máquinas Injetoras de Materias Plásticos 16 Aperfeiçoamento Sábado 8h às 17h 20/fev 27/fev CURSOS CARGA HORÁRIA TIPO DIAS SEMANA HORÁRIO INICIO TÉRMINO VALOR Plástico Seg.em Ativ. com Máquinas Injetoras de Materias Plásticos 16 Aperfeiçoamento Sábado 8h às 17h 20/fev 27/fev Seg.em Ativ. com

Leia mais

12º Relatório de Monitoramento Socioambiental UHE Belo Monte

12º Relatório de Monitoramento Socioambiental UHE Belo Monte Foto 01: Oficina mecânica do CCBM, km 3 do Canal de Derivação, entre os BF-27 e BF-28, parcialmente desmobilizada. Segundo o responsável de momento pelo local, apenas serviços de borracharia e pequenos

Leia mais

REDUÇÃO. REDUZIDO! LAGOS. Moradia com character, T3 com piscina. Apenas 3 minutos da Praia. VILLA EM LAGOS THE ALGARVE PROPERTY SPECIALISTS

REDUÇÃO. REDUZIDO! LAGOS. Moradia com character, T3 com piscina. Apenas 3 minutos da Praia. VILLA EM LAGOS THE ALGARVE PROPERTY SPECIALISTS REDUÇÃO REDUZIDO! LAGOS. Moradia com character, T3 com piscina. Apenas 3 minutos da Praia. VILLA EM LAGOS ref. S2750 500.000 449.000 3 3 165 m2 400 m2 Localização + Cidade Freguesia Concelho Região Detalhes

Leia mais

Materializando Sonhos. Desde 1980

Materializando Sonhos. Desde 1980 Materializando Sonhos. Desde 1980 Caros do Recanto dos Pássaros: A Iguatemi Construções, com o mesmo respeito, correção e objetividade com que vem se manifestando, vem a público, comunicar o andamento

Leia mais

Funcionários Terceirizados

Funcionários Terceirizados 1. Faixa etária de pessoas atendidas: Todas as idades 2. Bairros Atendidos TODOS 3. Existem critérios para que o espaço seja usado: Sim 3.1 No caso de sim, quais esses critérios: PRÁTICA ESPORTIVA 4. São

Leia mais

DATA DA VISITA:05/02/2014. OBS.: No local da praça foi construída uma quadra de esportes.

DATA DA VISITA:05/02/2014. OBS.: No local da praça foi construída uma quadra de esportes. DATA DA VISITA:07/07/2014 DATA DA VISITA:05/02/2014 PRAÇA "CAPITÃO MANOEL ROBERTO VASCONCELOS" Responsável: Leonardo Amorim Gonçalves Endereço: Rua Filomeno Ribeiro e Rua Frei Antônio dos Mártires Bairro:

Leia mais