A inconstitucionalidade do artigo 20.º do regime anexo ao Decreto-Lei n.º 269/98

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A inconstitucionalidade do artigo 20.º do regime anexo ao Decreto-Lei n.º 269/98"

Transcrição

1 A inconstitucionalidade do artigo 20.º do regime anexo ao Decreto-Lei n.º 269/98 Por Nuno Montez da Silveira* PALAVRAS-CHAVE: obrigações pecuniárias, taxa de justiça, notificação, AECOP Uma das questões mais discutidas na jurisprudência nacional relacionada com o regime da acção especial para cumprimento de obrigações pecuniárias (AECOP), diz respeito às consequências do não pagamento atempado da taxa de justiça e do envio do comprovativo do seu pagamento aquando da distribuição da acção nos tribunais comuns por oposição ou por frustração da notificação do requerido, nos casos em que o requerente tenha indicado que pretende que a injunção seja apresentada à distribuição. Oriundo provavelmente da aparente simplicidade do regime e das diversas alterações efectuadas ao longo dos anos, a verdade é que foram sobretudo os tribunais de primeira instância os que aplicaram soluções diferentes à mesma realidade, pondo evidentemente em causa a segurança jurídica e a decisão justa do litígio. Muitos foram os que admitiram o recurso ao n.º 5 do artigo 145.º do CPC, outros preferiram recorrer ao n.º 3 e ss do artigo 486.º -A do mesmo (numeração anterior à reforma de 2013), mas uma grande parte ordenava, sem mais, o desentranhamento da injunção, pondo um fim ao processo. Na primeira versão do regime anexo ao Decreto-Lei n.º 269/98, o pagamento da taxa de justiça em virtude da distribuição do processo, dava-se a final, com dedução da taxa paga pelo requerente aquando da interposição da Injunção. Dizia o antigo n.º 2 do artigo 19.º que se o procedimento seguir como acção, só são devidas custas a final, atendendo-se na conta ao valor da importância paga nos termos do número anterior.

2 Esta versão, mais simples apresentava vantagens. Desde logo, não originava a discussão que mais tarde veio a ocorrer de se saber até quando é que o pagamento era permitido, pois era claro na lei que o momento correcto era o do final do processo. Por outro lado, permitia sempre, ou quase sempre, uma análise jurisprudencial do litígio, na medida em que, ao contrário do que acontecia recentemente, nunca uma oposição era desentranhada por falta do pagamento da taxa de justiça. Todavia, o procedimento mudou e nos termos do Regulamento das Custas Processuais (na redacção anterior à reforma de 2012), se o procedimento de injunção seguisse como acção declarativa especial, era devida taxa de justiça pelo autor e pelo réu, a pagar no prazo de 10 dias a contar da data da distribuição. Assim, o prazo de 10 dias para pagamento da taxa de justiça, contava-se, tal como hoje, a partir da data da distribuição, não lhe acrescendo qualquer prazo de dilação postal, conforme preceituado no artigo 4.º do diploma preambular. Tal prazo deve ser considerado como processual, fixado por lei e, porque é contínuo, suspende-se apenas durante as férias judiciais. Caindo o prazo em fim-de-semana ou dia em que os tribunais estejam fechados, transfere-se para o dia útil imediatamente seguinte. Esta solução, que tem as suas origens nas alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 32/2003, de 17 de Fevereiro, veio alterar substancialmente o regime original e criar alguns problemas interpretativos, mormente, relativamente ao actual artigo 20.º do regime anexo que afirma que na falta de junção do documento comprovativo do pagamento da taxa de justiça, é desentranhada a respectiva peça processual. Contrariamente à versão que, desde a instituição do pagamento da taxa de justiça aquando da distribuição, distinguia o pagamento pela apresentação do requerimento de injunção do pagamento da taxa de justiça devida pela transmutação, o preceito não faz qualquer distinção. E mais, deixou de haver na nova lei remissões expressas para o cálculo e liquidação nos termos

3 do Código das Custas Judiciais (agora Regulamento das Custas Processuais 1 ) e aplicação das normas do CPC relativas à contestação 2. Assim sendo, colocavam-se as seguintes questões: o novo artigo dizia respeito ao pagamento nos casos em que é intentada a acção declarativa especial prevista nos artigos 1.º a 5.º do regime anexo, por ocasião da apresentação da injunção, ou à taxa devida pela distribuição como acção declarativa? Ou em ambos os casos? A isto acresce o facto de ter deixado de constar do corpo do regime da AECOP a obrigatoriedade de se proceder ao pagamento no prazo de 10 dias após a distribuição, conforme previa o antigo artigo 19.º, n.º 6, passando essa matéria a estar regulada no artigo 7.º n.º 4, no âmbito da 1.ª versão do Regulamento das Custas Processuais, do seguinte modo: [n]os processos de injunção, se o procedimento seguir como acção, é devido o pagamento da taxa de justiça pelo autor e pelo réu, no prazo de 10 dias a contar da data da distribuição, nos termos gerais do presente Regulamento, descontando-se, no caso do autor, o valor pago nos termos do disposto no número anterior. Neste aspecto, a alteração ao Regulamento das Custas Processuais operada pela Lei nº 7/2012, de 13 de Fevereiro, veio manter a mesma solução. Existiam duas perspectivas. A primeira, defendia que o novo artigo aplicava-se à injunção transmutada em acção. Utilizando o argumento sistemático, considerava-se que o facto de o artigo se situar após a regulamentação do requerimento de injunção propriamente dito, da oposição, da desistência do pedido e da efectivação da distribuição apontava nesse sentido. A apoiar esta interpretação está o argumento literal, já que se procede a uma referência legal a peça processual e não a requerimento de injunção, tal como aparece no resto do diploma. E por último, defendiam ainda que a sanção para a não apresentação ou pagamento da taxa inicial, nos casos em que 1 N.º 6 do artigo 19.º. do Decreto-lei n.º 269/98 na redacção dada pela Lei n.º 67-A/2007, de 31/12. 2 N.º 7 do artigo 19.º do mesmo diploma.

4 não era feita informaticamente, já se encontrava prevista na alínea f) do artigo 11.º do regime anexo, havendo, pois, uma recusa. A segunda perspectiva defendia que o artigo 20.º do regime em análise se cingia ao procedimento de injunção, ou seja, não se reportava à acção declarativa de condenação especial em que aquele procedimento se houvesse transmutado. Esta parece ser a posição defendida tanto por SALVADOR DA COSTA 3, como pelo Tribunal da Relação de Coimbra 4. Escreve aquele autor que o seu âmbito objectivo de aplicação cinge-se ao procedimento de injunção, ou seja, não se reporta à acção declarativa de condenação em que aquele procedimento se haja transmutado 5, explicando que o desentranhamento da respectiva peça processual diz respeito ao requerimento de injunção, em consonância com a solução do regime geral, contante dos arts. 552.º, n.º 3 e 558.º, alínea f) do CPC. O Tribunal da Relação de Coimbra não divisa nenhum fundamento para que o opoente em procedimento de injunção tenha um tratamento jurídico diferente daquele que desfruta qualquer réu em qualquer processo judicial a que seja aplicável o regime previsto no CPC, considerando, por isso, que um regime que previsse que a falta de pagamento de taxa de justiça determinava o imediato e irremediável desentranhamento da oposição e, desse modo, diferenciasse o opoente nos procedimento de injunção do réu nas mesmas circunstâncias em qualquer processo subordinado às regras do processo civil, estaria a violar de forma intolerável o princípio constitucional da igualdade. Razões pelas quais conclui aquele Tribunal que o argumento sistemático (...) soçobra perante a teleologia subjacente à nova redacção do artigo 20.º e a articulação dos artigos 7.º, n.º4 e 13.º, n.º1, do Regulamento das Custas Processuais com os artigos 150.º-A e 486.º-A, estes do CPC, na medida em que é também esta a solução melhor conforme com a Constituição portuguesa. 3 Ob. cit., pág Acórdão do Tribunal da Relação de Coimbra de 17 de Maio de 2011, Processo n.º /10.0YIPRT.C1, disponível em 5 Ob. cit., pág. 294.

5 O Tribunal Constitucional veio recentemente pôr fim à problemática. No seu acórdão n.º 760/2013 de 22 de Novembro de 2013, veio declarar a inconstitucionalidade, com força obrigatória geral, do artigo 20.º do regime anexo ao Decreto-Lei n.º 269/98, de 1 de Setembro, quando interpretado no sentido de que o não pagamento da taxa de justiça devida pelo réu, na sequência da notificação da distribuição do procedimento de injunção em tribunal judicial para continuar a ser tramitado como acção declarativa especial, constitui causa de desentranhamento liminar da oposição à injunção sem se conceder ao réu as opções previstas no artigo 486.º-A do Código de Processo Civil, por violação do princípio da equitatividade, estabelecido no artigo 20.º, n.º 4, da Constituição. Decisão que aplaudimos. 002/2013

Resumo para efeitos do artigo 6.º, da Lei 144/2015, de 8 de Setembro:

Resumo para efeitos do artigo 6.º, da Lei 144/2015, de 8 de Setembro: Resumo para efeitos do artigo 6.º, da Lei 144/2015, de 8 de Setembro: Nos termos do artigo 304.º do Código Civil, não pode ser repetida a prestação realizada espontaneamente em cumprimento de uma obrigação

Leia mais

Impacto das alterações ao Código do Trabalho na vida das Organizações

Impacto das alterações ao Código do Trabalho na vida das Organizações Impacto das alterações ao Código do Trabalho na vida das Organizações ÍNDICE 01 Acórdão n.º 602/2013, de 20 de Setembro, do Tribunal Constitucional Consequências 02 Lei n.º 69/2013, de 30 de Agosto Compensações

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 236/IX ENQUADRAMENTO DE PESSOAL DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA RELATIVO À EVENTUALIDADE DE DESEMPREGO. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 236/IX ENQUADRAMENTO DE PESSOAL DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA RELATIVO À EVENTUALIDADE DE DESEMPREGO. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 236/IX ENQUADRAMENTO DE PESSOAL DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA RELATIVO À EVENTUALIDADE DE DESEMPREGO Exposição de motivos O Tribunal Constitucional (TC), mediante iniciativa do Provedor

Leia mais

Guia da Segurança Social: Como vão funcionar os descontos para quem tem recibos verdes

Guia da Segurança Social: Como vão funcionar os descontos para quem tem recibos verdes Guia da Segurança Social: Como vão funcionar os descontos para quem tem recibos verdes *Fonte: Dinheiro vivo Desde a entrada em vigor do Código Contributivo (Lei n.º 110/2009, de 16 de Setembro), em 1

Leia mais

Miguel Catela ORDEM DOS ENGENHEIROS LISBOA 3 DE FEVEREIRO 2011

Miguel Catela ORDEM DOS ENGENHEIROS LISBOA 3 DE FEVEREIRO 2011 ORDEM DOS ENGENHEIROS LISBOA 3 DE FEVEREIRO 2011 1)Pouco tempo decorrido desde 29 de Janeiro de 2008 2)Não abrange os sectores excluídos Artigo 11, nº1 Caso de Espanha Lei nº30/2007, de 30 de Outubro Ley

Leia mais

Artigo 1.º Objeto Artigo 2.º Alteração ao Código Civil

Artigo 1.º Objeto Artigo 2.º Alteração ao Código Civil Projeto de Lei n.º 149 /XIII Regulação das responsabilidades parentais por mútuo acordo junto das Conservatórias do Registo Civil em caso de dissolução de uniões de facto e casos similares EXPOSIÇÃO DE

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 685/XII/4.ª

PROJECTO DE LEI N.º 685/XII/4.ª PROJECTO DE LEI N.º 685/XII/4.ª Altera o Código de Processo Penal, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 78/87, de 17 de Fevereiro, eliminando a possibilidade de julgamentos em processo sumário para crimes puníveis

Leia mais

DECRETO N.º 378/X. Artigo 1.º Objecto

DECRETO N.º 378/X. Artigo 1.º Objecto DECRETO N.º 378/X Estabelece medidas de protecção de menores, em cumprimento do artigo 5.º da Convenção do Conselho da Europa contra a exploração sexual e o abuso sexual de crianças e procede à segunda

Leia mais

Contraordenações Rodoviárias Advogados

Contraordenações Rodoviárias Advogados Francisco Marques Vieira Santa Maria da Feira 18 de setembro de 2015 Contraordenações Rodoviárias Advogados Defesa do Arguido Impugnação Judicial Recurso 2 Dinâmica do Processo Fiscalização Auto de notícia

Leia mais

SATAPOCAL -FICHA DE APOIO TÉCNICO Nº 8 /2007/RC

SATAPOCAL -FICHA DE APOIO TÉCNICO Nº 8 /2007/RC FAT revista em Março de 2008 1. QUESTÃO E SUA RESOLUÇÃO 1.1. QUESTÃO COLOCADA Deve o IVA ser incluído nos movimentos contabilísticos a efectuar nas fases de cabimento, compromisso e pagamento para registar

Leia mais

Coimbra - Juízos Cíveis de Coimbra ,00 (Sete Mil Trezentos e Oitenta e Um Euros) Un. Orgânica: 2º Juízo Cível

Coimbra - Juízos Cíveis de Coimbra ,00 (Sete Mil Trezentos e Oitenta e Um Euros) Un. Orgânica: 2º Juízo Cível REFª: 4149729 REQUERIMENTO EXECUTIVO TRIBUNAL COMPETENTE, TÍTULO EXECUTIVO E FACTOS Finalidade: Tribunal Competente: Forma: Especie: Valor da Execução: Nº Processo: Objecto da Execução: Título Executivo:

Leia mais

Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril

Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril Altera o Código de Processo Civil, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 44129, de 28 de Dezembro de 1961, designadamente procedendo à introdução da regra de competência territorial

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO. Recurso Ordinário

RECURSO ORDINÁRIO. Recurso Ordinário RECURSO ORDINÁRIO Conceito: Os recursos ordinários são os recursos cabíveis para impugnar decisões havidas nos casos previstos no art. 1.027 do CPC. Apesar de serem julgados pelo Supremo Tribunal Federal

Leia mais

Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS

Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE

Leia mais

MUNICIPIO DE VIMIOSO CÂMARA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO

MUNICIPIO DE VIMIOSO CÂMARA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO CONCURSO PÚBLICO Fornecimento de Serviços e Materiais para a Gestão Activa de Espaços Naturais no Parque Ibérico de Natureza e Aventura de Vimioso - Concepção de Projectos de Arquitectura e Especialidades,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº SJU-01.A/2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº SJU-01.A/2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº SJU-01.A/2015 Data: 20/09/2015 Versão: Original 01 SISTEMA ADMINISTRATIVO SJU - SISTEMA JURÍDICO 02 ASSUNTO SJU 01.A PROCESSOS JUDICIAIS CÍVEIS (JUSTIÇA COMUM CÍVEL E JUIZADO ESPECIAL

Leia mais

CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO

CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO 1 POR UM NOVO SISTEMA JUDICIÁRIO NO SÉCULO XXI Oradores: www.crjd-angola.com CRJDANGOLA Dra. Florbela Rocha Araújo Dr. Osvaldo Estevão Luacuti Dr. Pedro Joaquim Gola CÓDIGO

Leia mais

Artigo 12.º. b) Operações que envolvam entidades não residentes em território português;

Artigo 12.º. b) Operações que envolvam entidades não residentes em território português; Regime Complementar do Procedimento de Inspeção Tributária Artigo 12.º 1 2 3 - O disposto nos números anteriores compreende, relativamente aos grandes contribuintes, a decisão antecipada, sobre a qualificação

Leia mais

Projecto de regulamentação sobre política de investimento e composição e avaliação dos activos dos fundos de pensões

Projecto de regulamentação sobre política de investimento e composição e avaliação dos activos dos fundos de pensões RESULTADOS DA CONSULTA PÚBLICA N. o 5/2007 Projecto de regulamentação sobre política de investimento e composição e avaliação dos activos dos fundos de pensões 28 de Junho de 2007 O Instituto de Seguros

Leia mais

Lei n.º 2/92. De 6 de Abril (*) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. ARTIGO 1º - Objecto. ARTIGO 2º - Modalidade

Lei n.º 2/92. De 6 de Abril (*) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. ARTIGO 1º - Objecto. ARTIGO 2º - Modalidade Lei n.º 2/92 De 6 de Abril (*) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1º - Objecto A presente lei estabelece as condições de atribuição, aquisição, perda e requisição da Nacionalidade Guineense. ARTIGO 2º

Leia mais

Ex. m.ºs Senhores Subdirectores- Gerais Directores de Serviços Directores de Finanças Representantes da Fazenda Pública. Assunto:

Ex. m.ºs Senhores Subdirectores- Gerais Directores de Serviços Directores de Finanças Representantes da Fazenda Pública. Assunto: Classificação: 000.01.09 DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DO IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLECTIVAS Ofício n.º: Processo: Entrada Geral: N.º Identificação Fiscal (NIF): Sua Ref.ª: Técnico: João Sousa Cód.

Leia mais

5455/02 PB/cdc DG H II PT

5455/02 PB/cdc DG H II PT CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 28 de Janeiro de 2002 (OR. en) 5455/02 EUROPOL 5 ACTOS LEGISLATIVOS E OUTROS INSTRUMENTOS Assunto: Iniciativa do Reino da Bélgica e do Reino da Espanha tendo em vista

Leia mais

INCIDENTE de ESCUSA Nº 252/11.0YRPRT I RELATÓRIO

INCIDENTE de ESCUSA Nº 252/11.0YRPRT I RELATÓRIO INCIDENTE de ESCUSA Nº 252/11.0YRPRT I RELATÓRIO A) B, Juiz de Direito em exercício de funções no 1º Juízo do Tribunal de Trabalho de Vila Nova de Gaia, veio requerer «pedido de escusa» de intervenção

Leia mais

Orientações de Gestão

Orientações de Gestão 2016 Orientações de Gestão Centro Hospitalar Póvoa de Varzim Vila do Conde, EPE Póvoa do Varzim, 25 de Fevereiro de 2016 Orientação de Gestão n.º 1/2016 PROCEDIMENTOS A ADOTAR NA VERIFICAÇÃO DO CUMPRIMENTO

Leia mais

PORTARIA N.º 4 /05. de 17 de Janeiro

PORTARIA N.º 4 /05. de 17 de Janeiro MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E PLANEAMENTO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA N.º 4 /05 de 17 de Janeiro As alterações introduzidas no Orçamento do Estado para 2005 para vigorarem a partir de 1 de Janeiro, nomeadamente,

Leia mais

NORMA DE GESTÃO N.º 4/NORTE2020/ Rev 1

NORMA DE GESTÃO N.º 4/NORTE2020/ Rev 1 NORMA DE GESTÃO N.º 4/NORTE2020/2015 1 Rev 1 [Operações públicas FEDER] 1 Não aplicável a operações enquadradas no Sistema de Incentivos às Empresas e a operações cofinanciadas pelo FSE. CONTROLO DO DOCUMENTO

Leia mais

DESPACHO. Em anexo é republicado o Regulamento nº 10/2012 com a nova redação, agora como Regulamento nº 10/2013. O PRESIDENTE DA ESTeSL

DESPACHO. Em anexo é republicado o Regulamento nº 10/2012 com a nova redação, agora como Regulamento nº 10/2013. O PRESIDENTE DA ESTeSL DESPACHO N.º 12/2013 Data: 2013/03/08 Para conhecimento de: Pessoal Docente, Discente e não Docente ASSUNTO: Alteração ao Regulamento nº 10/2012. A recente revisão do Regulamento do Ciclo de Estudos Conducente

Leia mais

Departamento Municipal Jurídico e de Contencioso Divisão Municipal de Estudos e Assessoria Jurídica

Departamento Municipal Jurídico e de Contencioso Divisão Municipal de Estudos e Assessoria Jurídica Manuela Gomes Directora do Departamento Municipal Jurídico e de Contencioso Concordo inteiramente com a presente Informação e proponho o seu envio ao Sr. Director da DMFP, Dr. José Branco. À consideração

Leia mais

Altera a Lei Geral Tributária, o Código de Procedimento e de Processo Tributário e o Regime Geral das Infracções Tributárias

Altera a Lei Geral Tributária, o Código de Procedimento e de Processo Tributário e o Regime Geral das Infracções Tributárias DECRETO N.º 139/X Altera a Lei Geral Tributária, o Código de Procedimento e de Processo Tributário e o Regime Geral das Infracções Tributárias A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c)

Leia mais

PARECER N.º 255/CITE/2016

PARECER N.º 255/CITE/2016 PARECER N.º 255/CITE/2016 Assunto: Parecer prévio à intenção de recusa de autorização de trabalho em regime de horário flexível a trabalhadora com responsabilidades familiares, nos termos do n.º 5 do artigo

Leia mais

Portaria n.º 1098/2008

Portaria n.º 1098/2008 Portaria n.º 1098/2008 (Com as alterações introduzidas pela Portaria n.º 1254/2009 e pela Portaria n.º 479/2010) SUMÁRIO Aprova as taxas relativas a actos e serviços prestados no âmbito da propriedade

Leia mais

Processo n.º 178/2008 Data do acórdão: S U M Á R I O

Processo n.º 178/2008 Data do acórdão: S U M Á R I O Processo n.º 178/2008 Data do acórdão: 2008-05-08 Assuntos: - art.º 1200.º do Código de Processo Civil - divórcio - revisão formal S U M Á R I O Caso no exame dos autos não tenha detectado nenhuma desconformidade

Leia mais

Processo n.º 527/2007 Data do acórdão: S U M Á R I O

Processo n.º 527/2007 Data do acórdão: S U M Á R I O Processo n.º 527/2007 Data do acórdão: 2008-01-31 Assuntos: - art.º 1200.º do Código de Processo Civil - divórcio - conservatória do registo civil - revisão formal S U M Á R I O Caso no exame dos autos

Leia mais

MATRÍCULAS/INSCRIÇÕES 2015/2016 3º CICLO DE ESTUDOS EM CRIMINOLOGIA 1º ANO/1ªVEZ. PRAZO DE MATRÍCULA Até 12 de agosto de 2015

MATRÍCULAS/INSCRIÇÕES 2015/2016 3º CICLO DE ESTUDOS EM CRIMINOLOGIA 1º ANO/1ªVEZ. PRAZO DE MATRÍCULA Até 12 de agosto de 2015 MATRÍCULAS/INSCRIÇÕES 2015/2016 3º CICLO DE ESTUDOS EM CRIMINOLOGIA 1º ANO/1ªVEZ PRAZO DE MATRÍCULA Até 12 de agosto de 2015 As matrículas/inscrições no ano letivo de 2015/2016 serão eletrónicas (via e-mail).

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 154/XI ELIMINA AS RESTRIÇÕES DE ACESSO AO PROVEDOR DE JUSTIÇA POR PARTE DOS ELEMENTOS DAS FORÇAS ARMADAS

PROJECTO DE LEI N.º 154/XI ELIMINA AS RESTRIÇÕES DE ACESSO AO PROVEDOR DE JUSTIÇA POR PARTE DOS ELEMENTOS DAS FORÇAS ARMADAS Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 154/XI ELIMINA AS RESTRIÇÕES DE ACESSO AO PROVEDOR DE JUSTIÇA POR PARTE DOS ELEMENTOS DAS FORÇAS ARMADAS Exposição de motivos O Provedor de Justiça tem por função

Leia mais

PARECER N.º 83/CITE/2009. Assunto: Queixa apresentada nesta Comissão pela trabalhadora Dispensas para amamentação Processo n.

PARECER N.º 83/CITE/2009. Assunto: Queixa apresentada nesta Comissão pela trabalhadora Dispensas para amamentação Processo n. PARECER N.º 83/CITE/2009 Assunto: Queixa apresentada nesta Comissão pela trabalhadora Dispensas para amamentação Processo n.º 57 QX/2009 I OBJECTO 1.1. A Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS N.ºN.º/MÊS/08

NORMA DE PROCEDIMENTOS N.ºN.º/MÊS/08 NORMA DE PROCEDIMENTOS N.ºN.º/MÊS/08 AM/09 FEVEREIRO/2009 TRAMITAÇÃO DOS PROCESSOS DE PARECER SOBRE A EMISSÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS VOLÁTEIS (COV) ÍNDICE: 1. APRESENTAÇÃO 2. LEGISLAÇÃO DE ENQUADRAMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DE VENDA E CONDIÇÕES DE OCUPAÇÃO DE LOTES DE TERRENO NA ZONA INDUSTRIAL DE OVAR, 2ª FASE

REGULAMENTO DE VENDA E CONDIÇÕES DE OCUPAÇÃO DE LOTES DE TERRENO NA ZONA INDUSTRIAL DE OVAR, 2ª FASE REGULAMENTO DE VENDA E CONDIÇÕES DE OCUPAÇÃO DE LOTES DE TERRENO NA ZONA INDUSTRIAL DE OVAR, 2ª FASE O presente regulamento contém um conjunto de normas que regulam a venda e condições de ocupação dos

Leia mais

GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO

GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO REDUÇÃO DE TAXA CONTRIBUTIVA APOIO À REDUÇÃO DA PRECARIEDADE NO EMPREGO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO

Leia mais

Ora, regem os artigos 21.º e 25.º da LOE o seguinte:

Ora, regem os artigos 21.º e 25.º da LOE o seguinte: Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça n.º353/2012, que: a) Declara a inconstitucionalidade, com força obrigatória geral, das normas constantes dos artigos 21.º e 25.º da Lei n.º 64-B/2011, de 30 de dezembro

Leia mais

COMPENSAÇÃO DEVIDA PELA CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO LEI N.º 69/2013, DE 30 DE AGOSTO

COMPENSAÇÃO DEVIDA PELA CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO LEI N.º 69/2013, DE 30 DE AGOSTO PÓS-TROIKA O QUE MUDOU NOS DESPEDIMENTOS? Autora: Sofia Pamplona, Associada na TELLES. COMPENSAÇÃO DEVIDA PELA CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO LEI N.º 69/2013, DE 30 DE AGOSTO 1 CONTRATO DE TRABALHO CELEBRADO

Leia mais

REGULAMENTO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 1º CICLO MANUAIS ESCOLARES

REGULAMENTO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 1º CICLO MANUAIS ESCOLARES REGULAMENTO AÇÃO SOCIAL ESCOLAR 1º CICLO MANUAIS ESCOLARES Divisão de Educação e Promoção Social Ano Letivo 2014/2015 Regulamento Municipal para atribuição de Auxílios Económicos relativos a manuais escolares,

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES - GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES - GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES - GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL Nº Conta: Nº Contribuinte: Data: 2 6 / 1 1 / 2 0 1 2 A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação

Leia mais

C Â M A R A M U N I C I P A L D E B A R C E L O S

C Â M A R A M U N I C I P A L D E B A R C E L O S O presente regulamento visa dar cumprimento ao disposto no artigo 5.º do REGULAMENTO INTERNO DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO do MUNICIPIO DE BARCELOS. Pretende-se estabelecer as prescrições mínimas

Leia mais

Título de Emissão de Gases com Efeito de Estufa

Título de Emissão de Gases com Efeito de Estufa Título de Emissão de Gases com Efeito de Estufa TE GEE.273.01 II Nos termos do Decreto-Lei n.º 233/2004, de 14 de Dezembro, com as alterações introduzidas pelos Decretos-Lei n.º 243-A/2004, de 31 de Dezembro,

Leia mais

ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO

ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO A CÂMARA MUNICIPAL DE ALENQUER Praça Luís de Camões -2580-318 ALENQUER - Telef. 263730900. Fax 263 711 504. e-mau: aerai6~cm-a eflaue.dt ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO r Proposta

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO OFICINA DO NOVO CPC EMBARGOS DE DECLARAÇÃO Artigos 1.022 a 1.026 do Código de Processo Civil 1. Conceito Os embargos declaratórios são opostos contra qualquer decisão que contenha obscuridade, omissão,

Leia mais

Anexo I Modelo de declaração

Anexo I Modelo de declaração Anexo I Modelo de declaração [a que se refere a alínea a) do n.º 1 do Artigo 57.º] 1.... (nome, número de documento de identificação e morada), na qualidade de representante legal de (1)...(firma, número

Leia mais

PARECER Nº 68/PP/2013-P CONCLUSÕES:

PARECER Nº 68/PP/2013-P CONCLUSÕES: 1 PARECER Nº 68/PP/2013-P CONCLUSÕES: 1. Um Advogado que tenha sido nomeado patrono oficioso de um menor num processo judicial de promoção e protecção de crianças e jovens em perigo, requerido pelo Ministério

Leia mais

RECOMENDAÇÃO N.º 5-A/2008 [artigo 20.º, n.º 1, alínea a), da Lei n.º 9/91, de 9 de Abril] I INTRODUÇÃO

RECOMENDAÇÃO N.º 5-A/2008 [artigo 20.º, n.º 1, alínea a), da Lei n.º 9/91, de 9 de Abril] I INTRODUÇÃO Número: 5/A/2008 Data: 03.07.2008 Entidade visada: Director Regional do Orçamento e Tesouro Assunto: Recursos Humanos. Compensação por caducidade de contrato de trabalho a termo resolutivo incerto. Processo:

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 CAPÍTULO I A PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL... 15 1. Breve reconstrução histórica... 15 1.1. Do Procurador dos Feitos da Coroa, da Fazenda e do Fisco ao Procurador

Leia mais

1.2. São os seguintes os factos essenciais alegados pela requerente:

1.2. São os seguintes os factos essenciais alegados pela requerente: Processo n.º 1547/2015 Requerente: Maria Requerida: SA 1. Relatório 1.1. A requerente, alegando anomalias no funcionamento de computador portátil que comprou à requerida, pede que esta seja condenada a

Leia mais

Licenciamento de Limpeza e Desobstrução de Linhas de Água

Licenciamento de Limpeza e Desobstrução de Linhas de Água NORMA DE PROCEDIMENTOS Junho de 2005 10 / AM Tramitação dos processos de Licenciamento de Limpeza e Desobstrução de Linhas de Água 1. Apresentação 2. Legislação de enquadramento 3. Tramitação dos processos

Leia mais

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal CADERNO DE ENCARGOS Cessão da Exploração do Estabelecimento de Bebidas Bar das Piscinas Municipais Descobertas de Cuba I PARTE CLÁUSULAS GERAIS Artº. 1º Âmbito de aplicação

Leia mais

Instrução n. o 9/2016 BO n. o

Instrução n. o 9/2016 BO n. o Instrução n. o 9/2016 BO n. o 7 15-07-2016 Temas Supervisão Normas Prudenciais Índice Texto da Instrução Texto da Instrução Assunto: Autorização para a utilização de modelos internos para cálculo dos requisitos

Leia mais

Após, em resposta ao recurso interposto em 1ª instância, a requerida reprisou, nos mesmos termos, os argumentos apresentados na decisão anterior:

Após, em resposta ao recurso interposto em 1ª instância, a requerida reprisou, nos mesmos termos, os argumentos apresentados na decisão anterior: Em atenção a resposta apresentada em 25/05/2016, protocolo n 16853.002592/2016-79, o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação vem diante deste Ministério da Fazenda, com todo acatamento e respeito,

Leia mais

Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Deliberação 2/DJ/2011

Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Deliberação 2/DJ/2011 Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social Deliberação 2/DJ/2011 Requerimento do jornalista António Palmeiro relativo a um despacho judicial de indeferimento da consulta de um

Leia mais

O Contencioso Administrativo

O Contencioso Administrativo O Contencioso Administrativo INA 9. O processo executivo João Tiago Silveira Setembro de 2016 a. Aspetos comuns: obrigatoriedade de decisões judiciais Obrigatoriedade das decisões dos tribunais administrativos

Leia mais

PROVA ESCRITA NACIONAL DO EXAME FINAL DE AVALIAÇÃO E AGREGAÇÃO (RNE)

PROVA ESCRITA NACIONAL DO EXAME FINAL DE AVALIAÇÃO E AGREGAÇÃO (RNE) ORDEM DOS ADVOGADOS CNEF / CNA Comissão Nacional de Estágio e Formação / Comissão Nacional de Avaliação PROVA ESCRTA NACONAL DO EXAME FNAL DE AVALAÇÃO E AGREGAÇÃO (RNE) GRELHAS DE CORRECÇÃO ÁREAS OPCONAS

Leia mais

INSTRUÇÕES AUTUAÇÃO DE RECURSOS

INSTRUÇÕES AUTUAÇÃO DE RECURSOS INSTRUÇÕES AUTUAÇÃO DE RECURSOS Versão PJE Data Responsável 1.11.0.3 21/03/2016 Núcleo de Suporte aos Usuários do PJe 1 P á g i n a 1. Introdução A correta autuação dos recursos, quando da remessa do processo

Leia mais

Sumários de Acórdãos do

Sumários de Acórdãos do 2013 Sumários de Acórdãos do Tribunal Constitucional Direito do Trabalho Centro Informático 2014 ADVERTÊNCIA O texto aqui apresentado foi disponibilizado antes da publicação, pelo que pode não coincidir

Leia mais

Freguesia de Penela da Beira

Freguesia de Penela da Beira EDITAL Alexandre Rui Lopes Escudeiro, Presidente da Junta de Freguesia de Penela da Beira: Torna público que esta Junta de Freguesia em reunião extraordinária de 17 de Setembro de 2010, aprovou o seguinte

Leia mais

REGULAMENTO DAS CUSTAS PROCESSUAIS. Dec-Lei nº 34/2008, de 26 de Fevereiro Alt. Pelo Dec-Lei nº 181/2008, de 28 Agosto

REGULAMENTO DAS CUSTAS PROCESSUAIS. Dec-Lei nº 34/2008, de 26 de Fevereiro Alt. Pelo Dec-Lei nº 181/2008, de 28 Agosto 1 REGULAMENTO DAS CUSTAS PROCESSUAIS Alcanena, 12 de Março de 2010 Dec-Lei nº 34/2008, de 26 de Fevereiro Alt. Pelo Dec-Lei nº 181/2008, de 28 Agosto Edgar Valles 2 Regulamento das custas processuais Entrada

Leia mais

Imposto do selo especial sobre a transmissão de bens imóveis destinados a habitação

Imposto do selo especial sobre a transmissão de bens imóveis destinados a habitação Imposto do selo especial sobre a transmissão de bens imóveis destinados a habitação Grupo de Trabalho para a Promoção do Desenvolvimento Sustentável do Mercado Imobiliário Objectivo da criação do imposto

Leia mais

Licenciamento de Exploração de Massas Minerais (Pedreiras)

Licenciamento de Exploração de Massas Minerais (Pedreiras) NORMA DE PROCEDIMENTOS Outubro de 2012 13 / AM Tramitação dos processos de Licenciamento de Exploração de Massas Minerais (Pedreiras) 1. Apresentação 2. Legislação de enquadramento 3. Tramitação dos processos

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA RECURSOS ESPECIAL E EXTRAORDINÁRIO

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA RECURSOS ESPECIAL E EXTRAORDINÁRIO RECURSOS ESPECIAL E EXTRAORDINÁRIO O Recurso Especial é interposto contra acórdão que desrespeita matéria infraconstitucional. O Recurso Extraordinário, contra acórdão que violar a Constituição Federal.

Leia mais

Despacho n.º B/99

Despacho n.º B/99 ENTIDADE REGULADORA DO SECTOR ELÉCTRICO Despacho n.º 21496-B/99 O Decreto-lei n.º 195/99, de 8 de Junho, estabelece o regime aplicável às cauções nos contratos de fornecimento aos consumidores dos serviços

Leia mais

I CONGRESSO INTERNACIONAL CBMA DE ARBITRAGEM ARBITRAGEM ENVOLVENDO A ACTIVIDADE PÚBLICA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A EXPERIÊNCIA PORTUGUESA

I CONGRESSO INTERNACIONAL CBMA DE ARBITRAGEM ARBITRAGEM ENVOLVENDO A ACTIVIDADE PÚBLICA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A EXPERIÊNCIA PORTUGUESA I CONGRESSO INTERNACIONAL CBMA DE ARBITRAGEM ARBITRAGEM ENVOLVENDO A ACTIVIDADE PÚBLICA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A EXPERIÊNCIA PORTUGUESA Pedro Leite Alves Jardim, Sampaio, Magalhães e Silva e Associados

Leia mais

REGULAMENTO DE JÚRIS, CONSULTA DE PROVAS, RECLAMAÇÕES E RECURSOS

REGULAMENTO DE JÚRIS, CONSULTA DE PROVAS, RECLAMAÇÕES E RECURSOS REGULAMENTO DE JÚRIS, CONSULTA DE PROVAS, RECLAMAÇÕES E RECURSOS Conselho Científico (Deliberação CC-46/2008, de 27 de junho) 20 03 2012 01 Art.º 1º (JÚRIS DE EXAMES) 1- Os júris das provas finais de avaliação

Leia mais

Convite para apresentação de proposta ao abrigo do Acordo Quadro ANCP

Convite para apresentação de proposta ao abrigo do Acordo Quadro ANCP «Empresa» «Morada1» «Cod_Postal» «Localidade» Nossa referência Assunto: Convite para apresentação de proposta ao abrigo do Acordo Quadro ANCP Aquisição de serviços de dados acesso à internet e conectividade

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Pará

Tribunal de Contas do Estado do Pará PREJULGADO nº. 10 - de 23.11.1995 A C Ó R D Ã O Nº. 22.664 (Processo nº. 95/55567-3) EMENTA: É de ser concedido o registro do benefício da pensão, correspondente à totalidade dos proventos do servidor

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 77, DE 2016 Dispõe sobre a substituição processual pelo sindicato da categoria profissional. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º O sindicato da categoria profissional,

Leia mais

Portaria n.º 879-A/2010, de 29 de Novembro, Série II, n.º231

Portaria n.º 879-A/2010, de 29 de Novembro, Série II, n.º231 Aprova os modelos oficiais do recibo designado de recibo verde electrónico A generalização da utilização das tecnologias da informação e da comunicação nos procedimentos administrativos é reconhecida internacionalmente

Leia mais

Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização Serviço de Estrangeiros e Fronteiras Regulamento de Assistência Jurídica Capítulo I Disposições gerais e preliminares Artigo 1.º 1. O presente Regulamento visa regular o direito à assistência jurídica dos Associados do SCIF. 2. O SCIF garante,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7a TURMA REEXAME NECESSÁRIO EM DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. ECT. NÃO CONHECIMENTO. A sentença proferida contra a ECT não está sujeita ao duplo grau de jurisdição, porquanto referida empresa não integra

Leia mais

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO Eneida Cornel * A Emenda Constitucional nº 45/2004 trouxe mudanças profundas de competência dos órgãos do Poder Judiciário, especificamente

Leia mais

Estatísticas trimestrais sobre ações cíveis ( )

Estatísticas trimestrais sobre ações cíveis ( ) 78,3% 95,7% 96,9% 112,6% 127,4% 248.737 262.192 254.893 241.544 242.638 Fevereiro de 216 Boletim n.º 26 DESTAQUE ESTATÍSTICO TRIMESTRAL 3º Trimestres de Estatísticas trimestrais sobre ações cíveis (-)

Leia mais

IVA na importação. Tânia Carvalhais Pereira. Assistente da UCP e jurista do CAAD

IVA na importação. Tânia Carvalhais Pereira. Assistente da UCP e jurista do CAAD IVA na importação Tânia Carvalhais Pereira Assistente da UCP e jurista do CAAD Importação de bens Entrada em território nacional de: a) bens originários ou procedentes de países terceiros e que não se

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE APARECIDA DE GOIÂNIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE APARECIDA DE GOIÂNIA PROCESSO Nº : 5854-46.2015.4.01.3504 CLASSE 51209 : CÍVEL/PREVID / OUTROS/JEF AUTOR(A) : ANA MARIA ALVES CINTRA ABDÃO RÉU : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL SENTENÇA (Tipo A) Dispensando o relatório,

Leia mais

Parte Especial CURSOS. Código Processo Civil Parte Especial. VIZAM CONSULTORIA ASSESSORIA E PESQUISA Rua México, 21 8º Andar, Centro - RJ

Parte Especial CURSOS. Código Processo Civil Parte Especial. VIZAM CONSULTORIA ASSESSORIA E PESQUISA Rua México, 21 8º Andar, Centro - RJ CURSOS VIZAM CONSULTORIA ASSESSORIA E PESQUISA Rua México, 21 8º Andar, Centro - RJ A VIZAM Consultoria [www.vizam.com.br], empresa de consultoria em relações institucionais, vai promover um curso exclusivo,

Leia mais

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 2 de dezembro de Série. Número 188

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 2 de dezembro de Série. Número 188 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 2 de dezembro de 2015 Série 2.º Suplemento Sumário ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA MADEIRA Decreto Legislativo Regional n.º 9/2015/M Adapta à Região Autónoma

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL. (ao abrigo do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 133/2009, de 2 de Junho)

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL. (ao abrigo do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 133/2009, de 2 de Junho) FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL (ao abrigo do artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 133/2009, de 2 de Junho) A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1.

Leia mais

Tribunal de Contas. Procº nº 1567/02. ACORDÃO nº 72 /02AGO13/1ªS/SS. Acordam os juízes do Tribunal de Contas em Subsecção da 1ª Secção:

Tribunal de Contas. Procº nº 1567/02. ACORDÃO nº 72 /02AGO13/1ªS/SS. Acordam os juízes do Tribunal de Contas em Subsecção da 1ª Secção: Mantido pelo Acórdão nº 34/02, 10/02/02, proferido no recurso nº 21/02 Procº nº 1567/02 ACORDÃO nº 72 /02AGO13/1ªS/SS Acordam os juízes do Tribunal de Contas em Subsecção da 1ª Secção: 1. O Presidente

Leia mais

Contrato n.º 12/2015. É celebrado o presente contrato que se regerá pelo disposto nas cláusulas seguintes: Cláusula 1ª. Objeto do Contrato

Contrato n.º 12/2015. É celebrado o presente contrato que se regerá pelo disposto nas cláusulas seguintes: Cláusula 1ª. Objeto do Contrato CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA AS ATIVIDADES PRÁTICAS DOS ALUNOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE JOVENS DE PANIFICAÇÃO E PASTELARIA E DO CURSO PROFISSIONAL DE RESTAURAÇÃO DO AGRUPAMENTO

Leia mais

Calendário: 02/10 II. Princípios do Direito Processual Tributário

Calendário: 02/10 II. Princípios do Direito Processual Tributário Mestrado: Forense Disciplina: Processo Tributário Docente: Carla Castelo Trindade (ccastelotrindade@gmail.com) Ano lectivo: 2014-2015 Semestre: 1º 18/09 Apresentação 25/09 I. Introdução Calendário: 02/10

Leia mais

PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL

PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL 25ª Sessão DA REFORMA DOS RECURSOS EM PROCESSO CIVIL Carla de Sousa Advogada 1º Curso de Estágio 2011 1 Enquadramento legal DL nº 303/2007 de 24 de Agosto Rectificado pela: Declaração

Leia mais

PARECER N.º 448/CITE/2014

PARECER N.º 448/CITE/2014 PARECER N.º 448/CITE/2014 Assunto: Parecer prévio ao despedimento de trabalhadora lactante por facto imputável à trabalhadora, nos termos do n.º 1 e da alínea a) do n.º 3 do artigo 63.º do Código do Trabalho,

Leia mais

As novas regras de tributação de rendimentos de capitais, mais-valias e de tributação do património

As novas regras de tributação de rendimentos de capitais, mais-valias e de tributação do património As novas regras de tributação de rendimentos de capitais, mais-valias e de tributação do património Foi hoje publicada a Lei n.º 55-A/2012, de 29 de Outubro, a qual vem agravar a tributação dos rendimentos

Leia mais

Sindicato dos Oficiais de Justiça

Sindicato dos Oficiais de Justiça Sindicato dos Oficiais de Justiça Alterações: - Declaração de Rectificação n.º 22/2008, de 24 de Abril - Lei n.º 43/2008, de 27 de Agosto - Decreto-Lei n.º 181/2008, de 28 de Agosto - Lei n.º 64-A/2008,

Leia mais

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 2013

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 2013 CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 2013 Paulo Pimenta 5 de Setembro de 2013 Etapas por que passou a reforma do processo civil - 1ª Comissão (Dezembro 2009 / Novembro 2010) - 2ª Comissão (Setembro 2011 / Dezembro

Leia mais

REGIME GERAL DAS TAXAS DAS AUTARQUIAS LOCAIS. CAPÍTULO I Princípios gerais

REGIME GERAL DAS TAXAS DAS AUTARQUIAS LOCAIS. CAPÍTULO I Princípios gerais REGIME GERAL DAS TAXAS DAS AUTARQUIAS LOCAIS CAPÍTULO I Princípios gerais Artigo 1.º Âmbito 1 A presente lei regula as relações jurídico-tributárias geradoras da obrigação de pagamento de taxas às autarquias

Leia mais

S.R. DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EQUIPAMENTOS, S.R. DA SAÚDE, S.R. DO AMBIENTE E DO MAR Portaria n.º 74/2009 de 14 de Setembro de 2009

S.R. DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EQUIPAMENTOS, S.R. DA SAÚDE, S.R. DO AMBIENTE E DO MAR Portaria n.º 74/2009 de 14 de Setembro de 2009 S.R. DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EQUIPAMENTOS, S.R. DA SAÚDE, S.R. DO AMBIENTE E DO MAR Portaria n.º 74/2009 de 14 de Setembro de 2009 O Plano Estratégico de Gestão de Resíduos da Região Autónoma dos Açores,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE OEIRAS. Regulamento Municipal para o Programa de Turismo Sénior

CÂMARA MUNICIPAL DE OEIRAS. Regulamento Municipal para o Programa de Turismo Sénior CÂMARA MUNICIPAL DE OEIRAS Regulamento Municipal para o Programa de Turismo Sénior Preâmbulo Considerando a necessidade de apoiar as pessoas idosas, proporcionando-lhes momentos lúdicos, de lazer e de

Leia mais

Práticas Processuais: Direito Civil

Práticas Processuais: Direito Civil Práticas Processuais: Direito Civil Curso de Formação Contínua Objetivo: A criação do curso procura dar resposta à necessidade de complementar a formação académica dos participantes com as noções elementares

Leia mais

2012:Ano em Revista Ano em Revista. Contencioso e Arbitragem

2012:Ano em Revista Ano em Revista. Contencioso e Arbitragem 2012:Ano em Revista 2012 Ano em Revista Contencioso e Arbitragem 0 Grupo de Contencioso e Arbitragem A Macedo Vitorino & Associados foi constituída em 1996, concentrando a sua actividade na assessoria

Leia mais

22 de julho de 2016 Número 128

22 de julho de 2016 Número 128 22 de julho de 2016 3 SECRETARIA REGIONAL DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Despacho n.º 301/2016 Em execução do disposto no Código do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) assim

Leia mais

Legislação. Resumo: Despacho que aprova as tabelas de retenção de IRS na fonte para vigorarem durante o ano de 2016 na Região Autónoma da Madeira.

Legislação. Resumo: Despacho que aprova as tabelas de retenção de IRS na fonte para vigorarem durante o ano de 2016 na Região Autónoma da Madeira. MOD. 4.3 Classificação: 0 6 0. 0 1. 0 1 Segurança: P úbl i c a Processo: Direção de Serviços de Comunicação e Apoio ao Contribuinte Legislação Diploma Despacho n.º 1/2016/M, de 26 de janeiro Estado: vigente

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO 2.º Ano Turma A. Frequência (Coincidências)

DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO 2.º Ano Turma A. Frequência (Coincidências) FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO 2.º Ano Turma A Frequência (Coincidências) Regente: Prof. Doutor Carlos Blanco de Morais I Responda sucintamente a apenas duas das seguintes

Leia mais

EDITAL. 2. Vagas. 1/5 Pólo Maria Fernanda Resende. Serviços Centrais Avenida do Brasil, 53-B LISBOA Tel.: / Fax:

EDITAL. 2. Vagas. 1/5 Pólo Maria Fernanda Resende. Serviços Centrais Avenida do Brasil, 53-B LISBOA Tel.: / Fax: Concurso Especial dos Estudantes Aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do Curso de Licenciatura em Enfermagem da ESEL dos maiores de 23 anos.

Leia mais

Legislação. Publicação: Diário da República n.º 90/2016, 1º Suplemento, Série II de , páginas (2) a (5)

Legislação. Publicação: Diário da República n.º 90/2016, 1º Suplemento, Série II de , páginas (2) a (5) Classificação: 060.01.01 Segurança: Pública Processo: Direção de Serviços de Comunicação e Apoio ao Contribuinte Legislação Diploma - Despacho n.º 6201-A/2016, de 10 de maio Estado: vigente Resumo: Despacho

Leia mais