Gestão da Produção Logística

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão da Produção Logística"

Transcrição

1 UNIESP Campus Butantã Gestão da Produção Logística LOGÍSTICA EMPRESARIAL SUPPLY CHAIN MANAGEMENT GESTÃO DE DEPÓSITOS OPERADOR LOGÍSTICO ORGANIZAÇÃO PAULISTANA EDUCACIONAL E CULTURAL FACULDADE DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS GERENCIAIS DE SÃO PAULO Rubens Vieira da Silva

2 ( 3PL Third Party Logistics) Reconhecimento da logística como fonte de vantagem competitiva Crescimento da prestação de serviços de logística Plano de negócio independente com ampla gama de serviços de qualidade a um custo menor

3 Terceirização das operações de: Frete Estocagem Preparação de pedido Entrega final

4 : objetivos Preencher duas necessidades: Aumentar os níveis de serviço, mediante a: Flexibilidade Gestão de estoques Reduzir custos

5 Modelo que combina: Serviços físicos: Armazém Serviços gerenciais: Transporte

6 Classificação de provedores (Dornier et al : 2000) Alto Serviços logísticos contratuais físicos Transportador contratual exclusivo Armazenagem exclusiva Logística conceitual integrada Armazenagem e transporte integrados Gestão integrada de transportadores Competência e custo Serviços físicos Serviços básicos Serviços logísticos contratuais de gestão Transporte comum Armazém comum Gestão de transporte Gestão de armazém Gestão de importação e exportação Baixo Baixo Serviços de Gestão Alto Complexidade e custo

7 O uso dos provedores de serviço 3PL pode permitir: Atingir novos mercados Reduzir os riscos de investimento financeiro associados a ativos logísticos como: Veículos Armazéns Coordenar produtores e distribuidores sob visão logística Acesso a novas tecnologias como: Tecnologias de dados e telecomunicações Operações sofisticadas de armazéns

8 Riscos na terceirização da Logística Estratégico A empresa de serviço 3PL pode oferecer o mesmo serviço ao concorrente de fabricante, com o objetivo de cobrir os custos do investimento Comercial A imagem do fabricante irá inevitavelmente estar associada a uma empresa de serviços Gerencial Os custos e o nível de qualidade do serviço fornecido devem ser visíveis para o produtor e ao provedor logístico

9 A decisão de quando terceirizar os serviços logísticos está fundada em quatro dimensões: Necessidade da empresa Valores tangíveis Comprometimento gerencial Capacidade do operador logístico Logística é uma competência básica? Há vantagens mensuráveis?

10 Operador Logístico (3PL) e a Figura do 4PL Os provedores de serviços 3PL e 4 PL permitem: 3 PL = Terceirização na prestação de serviços logísticos 4 PL = Auditoria logística

11 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DORNIER, Philippe-Pierre et alli. Logística e operações globais. São Paulo: Atlas, 2000, 721 p. FIGUEIREDO, Kleber Fossati et alli. Logística e gerenciamento da cadeia de suprimentos. Planejamento do fluxo de produtos e dos recursos. São Paulo: Atlas, 2003, 483 p. NOVAES, Antonio Carlos. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição. Estratégia, operação e avaliação. 3.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007, 400 p. REZENDE Antonio Carlos et alli. Atualidades na logística. v.3. São Paulo: IMAM, 2005, 381 p. PERIÓDICO: Revista MUNDO LOGÍSTICA Edição nº 27 = Março-Abril Tema Central: Auditoria em Operações Logísticas. Edição nº 35 = Julho-Agosto Tema Central: Terceirização Logística

Gestão da Produção Logística

Gestão da Produção Logística UNIESP Campus Butantã Gestão da Produção Logística LOGÍSTICA EMPRESARIAL SUPPLY CHAIN MANAGEMENT FACULDADE DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS GERENCIAIS DE SÃO PAULO Rubens Vieira da Silva LOGÍSTICA EMPRESARIAL LOGÍSTICA

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Logística Empresarial Profª Esp. Mônica Suely Guimarães de Araujo Conceito Logística são os processos da cadeia de suprimentos (supply chain) que planejam, estruturam e controlam, de forma eficiente e

Leia mais

6 Análise e Expectativas Contratantes X Contratados

6 Análise e Expectativas Contratantes X Contratados 6 Análise e Expectativas Contratantes X Contratados Este capítulo oferece a análise e as expectativas das empresas contratantes e contratadas com base nas informações adquiridas na pesquisa de campo objeto

Leia mais

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 03: Logística Empresarial e Competitividade - Evolução da Supply Chain Conflito Marketing X Logística O aluno deverá ser capaz de: Conhecer os níveis de serviço

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais. da Cadeia de Suprimento ao ERP e ao CRM

Sistemas de Informações Gerenciais. da Cadeia de Suprimento ao ERP e ao CRM Sistemas de Informações Gerenciais da Cadeia de Suprimento ao ERP e ao CRM Empresa digital 2 Sistema Integrado de Gestão e-commerce e empresas parceiras Compras BACK OFFICE FRONT OFFICE SCM - Supply Chain

Leia mais

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 01: Gestão das Cadeias de Suprimentos

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 01: Gestão das Cadeias de Suprimentos GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 01: Gestão das Cadeias de Suprimentos Objetivos O aluno deverá ser capaz de: Entender os principais conceitos de Cadeia de Suprimentos Conhecer a origem da Cadeia

Leia mais

Gestão da Produção Logística

Gestão da Produção Logística UNIESP Campus Butantã Gestão da Produção Logística LOGÍSTICA EMPRESARIAL SUPPLY CHAIN MANAGEMENT GESTÃO DE DEPÓSITOS ORGANIZAÇÃO PAULISTANA EDUCACIONAL E CULTURAL FACULDADE DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS GERENCIAIS

Leia mais

Cap. 1. Logística Empresarial e Redes Logísticas -Introdução. Redes Logísticas. Antonio Martins Lima Filho

Cap. 1. Logística Empresarial e Redes Logísticas -Introdução. Redes Logísticas. Antonio Martins Lima Filho Cap. 1 Logística Empresarial e Redes Logísticas -Introdução Conteúdo deste Resumo Indicações Bibliográficas 1.2 Conceito de Redes Logísticas Bibliografia da disciplina Indicações bibliográficas para este

Leia mais

INTRODUÇÃO À LOGISTICA

INTRODUÇÃO À LOGISTICA INTRODUÇÃO À LOGISTICA Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc VAMOS NOS CONHECER Danillo Tourinho Sancho da Silva, M.Sc Bacharel em Administração, UNEB Especialista em Gestão da Produção e Logística, SENAI

Leia mais

Cadeia de Suprimentos. Aula 1. Contextualização. O que é Supply Chain Management? Prof. Luciano José Pires

Cadeia de Suprimentos. Aula 1. Contextualização. O que é Supply Chain Management? Prof. Luciano José Pires Cadeia de Suprimentos Aula 1 Contextualização Prof. Luciano José Pires O que é Supply Chain Management? Atual e futuro A Logística é uma das atividades econômicas mais antigas e também um dos conceitos

Leia mais

6 Referências Bibliográficas

6 Referências Bibliográficas 85 6 Referências Bibliográficas ABML, disponível em: http://www.abml.org.br/website/downloads/conceitodooperadorlogistico.p df - acesso em 28/04/07. AFRICK, J. M.; CALKINS, C.S.; Does asset ownership mean

Leia mais

LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO GESTÃO DE LOGÍSTICA

LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO GESTÃO DE LOGÍSTICA LOGÍSTICA DE DISTRIBUIÇÃO GESTÃO DE LOGÍSTICA PERGUNTA O que entendo por Logística? E qual sua importância para as empresas no cenário atual? Porque estudar Logística? EVOLUÇÃO Logística Uma função essencial

Leia mais

GESTÃO DE LOGÍSTICA WMS

GESTÃO DE LOGÍSTICA WMS GESTÃO DE LOGÍSTICA WMS TENHA A SOLUÇÃO IDEAL PARA CONTROLE E GESTÃO DO SEU ARMAZÉM COM O WMS DA SENIOR Controle a movimentação e armazenagem para obter maior produtividade, redução de custos e tempo nos

Leia mais

H E A D - O F F I C E : B R A N C H - O F F I C E

H E A D - O F F I C E : B R A N C H - O F F I C E Nossa história Fundada em 1994 Soluções rápidas e eficientes para comércio exterior, tais como: desembaraço aduaneiro, gestão de operações internacionais e agenciamento de cargas. 1994 1999 B R AN C H

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Professor(es) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 02 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Logística A 1640162 1.2

Leia mais

Vantagens da reconfiguração da operação logística

Vantagens da reconfiguração da operação logística Vantagens da reconfiguração da operação logística Irê Silva Lima (Ulbra) ireslima@terra.com.br Resumo O trabalho aborda fatores que influenciam as empresas a mudarem seus conceitos em relação à forma de

Leia mais

Programa Operações Logísticas e Supply Chain ESPM/SENAI-MS. Manual do Curso

Programa Operações Logísticas e Supply Chain ESPM/SENAI-MS. Manual do Curso Programa Operações Logísticas e Supply Chain ESPM/SENAI-MS Manual do Curso São Paulo Educação Executiva 2017 Apresentação Oferece aos profissionais, que atuam nas indústrias e serviços, visão ampla de

Leia mais

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Administração

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Administração Disciplina: Administração de Materiais e Logística C.H. Teórica: 60 PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM CURSO: Administração Período Letivo: Série: Periodo: 2 sem/2011 6ª Série Não definido C.H. Outras: 20

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais

Sistemas de Informação Gerenciais Sistemas de Informação Gerenciais Seção 2.2 Sistemas Empresariais: ERP SCM 1 Sistema empresarial Constitui uma estrutura centralizada para uma organização e garante que as informações possam ser compartilhadas

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração Graduação Executiva- Campus Mossoró) 6ª SÉRIE

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração Graduação Executiva- Campus Mossoró) 6ª SÉRIE DISCIPLINAS DA SÉRIE DISCIPLINAS DAS SÉRIES ANTERIORES ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.2 Administração Graduação Executiva- Campus Mossoró) 6ª SÉRIE GESTÃO ESTRATEGICA GESTÃO FINANCEIRA AVANÇADA LOGISTICA

Leia mais

FAMEBLU Engenharia Civil

FAMEBLU Engenharia Civil Disciplina LOGÍSTICA EMPRESARIAL FAMEBLU Engenharia Civil Aula 6: Cadeia de Abastecimento Logística Interna na Construção Civil Supply Chain Management Professor: Eng. Daniel Funchal, Esp. Cadeia de Abastecimento

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DO RELACIONAMENTO COM OPERADORES DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS AVANÇADOS NA INDÚSTRIA MECÂNICA PESADA

DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DO RELACIONAMENTO COM OPERADORES DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS AVANÇADOS NA INDÚSTRIA MECÂNICA PESADA DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DO RELACIONAMENTO COM OPERADORES DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS AVANÇADOS NA INDÚSTRIA MECÂNICA PESADA Priscila de Carvalho Silva 1, Vilma da Silva Santos 2, Edson Aparecida de Araújo

Leia mais

CADEIA DE VALOR E LOGÍSTICA A LOGISTICA PARA AS EMPRESAS CADEIA DE VALOR 09/02/2016 ESTRATÉGIA COMPETITIVA. (Alves Filho, 99)

CADEIA DE VALOR E LOGÍSTICA A LOGISTICA PARA AS EMPRESAS CADEIA DE VALOR 09/02/2016 ESTRATÉGIA COMPETITIVA. (Alves Filho, 99) CADEIA DE VALOR E LOGÍSTICA Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc A LOGISTICA PARA AS EMPRESAS CADEIA DE VALOR ESTRATÉGIA COMPETITIVA é o conjunto de planos, políticas, programas e ações desenvolvidos

Leia mais

ARTIGO COM APRESENTAÇÃO BANNER - OUTROS TEMAS RELACIONADOS A TEMÁTICA DO EVENTO A TERCEIRIZAÇÃO NA LOGÍSTICA

ARTIGO COM APRESENTAÇÃO BANNER - OUTROS TEMAS RELACIONADOS A TEMÁTICA DO EVENTO A TERCEIRIZAÇÃO NA LOGÍSTICA ARTIGO COM APRESENTAÇÃO BANNER - OUTROS TEMAS RELACIONADOS A TEMÁTICA DO EVENTO A TERCEIRIZAÇÃO NA LOGÍSTICA RENATA CARDOSO, ANA PAULA PINHEIRO CAUNETO, ISRAEL IASBIK, JOSÉ DAMATO NETO Renata Cardoso Leitão

Leia mais

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 07: Tecnologia da Informação

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 07: Tecnologia da Informação GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 07: Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Ao final dessa aula o aluno deverá conhecer: Informações e cadeia de suprimentos; Níveis da cadeia de suprimentos

Leia mais

Gerenciamento de Depósitos. Capítulo 12 Bowersox

Gerenciamento de Depósitos. Capítulo 12 Bowersox Gerenciamento de Depósitos Capítulo 12 Bowersox Gerenciamento de Depósitos Estoque local de processamento Agrega custos Serviços preparação para entrega Break Bulk e Cross-docking Redução dos custos de

Leia mais

LOGÍSTICA NA CADEIA DE PETRÓLEO

LOGÍSTICA NA CADEIA DE PETRÓLEO LOGÍSTICA NA CADEIA DE PETRÓLEO PMI/POLI/USP Engenharia de Petróleo Dr. Regina Meyer Branski reginabranski@gmail.com Perguntas Comuns Quantas vezes você foi a uma loja comprar um produto através de um

Leia mais

MÓDULO III - Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM LOGÍSTICA

MÓDULO III - Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM LOGÍSTICA III.1 GESTÃO DE TRANSPORTES Função: Transporte 1. Analisar a infraestrutura dos sistemas de transporte do país. 2. Selecionar o modal de transporte para atendimento dos usuários de acordo com as especificidades

Leia mais

Logística. Módulo 1. Agenda da Teleaula. Prof. José Valentin Iglesias Pascual. O Marketing na Logística e Análise dos Mercados

Logística. Módulo 1. Agenda da Teleaula. Prof. José Valentin Iglesias Pascual. O Marketing na Logística e Análise dos Mercados Logística Prof. José Valentin Iglesias Pascual O na Logística e Análise dos Mercados Módulo 1 Cadeia de Abastecimento Filosofia Matemática Aplicada O na Logística e Análise dos Mercados Agenda da Teleaula

Leia mais

Gestão Estratégica da Informação

Gestão Estratégica da Informação Gestão Estratégica da Informação Agosto/2015 Prof. Ms. Marcel Oda Novo Ambiente de Negócios Competição global Mais e mais qualidade requerida Achatamento de hierarquia nas empresas Velocidade mudanças

Leia mais

2 A Logística História da Logística

2 A Logística História da Logística 2 A Logística 2.1. História da Logística Segundo Neves (2005), a origem da palavra logística vem do grego LOGISTIKOS, do qual o latim LOGISTICUS é derivado, ambos significando cálculo e raciocínio no sentido

Leia mais

Administração do Transporte 2008

Administração do Transporte 2008 Administração do Transporte 2008 A cadeia de suprimento começa com o cliente e sua necessidade de obter o produto. O próximo estágio dessa cadeia de suprimento é uma loja que o cliente procura. Por exemplo:

Leia mais

pós-graduação lato sensu MBA em Logística Empresarial

pós-graduação lato sensu MBA em Logística Empresarial pós-graduação lato sensu MBA em Logística Empresarial 4ª turma Contexto atual, Competências e Mercado As organizações atuando em um mercado globalizado, cada vez mais dinâmico e competitivo exigem: Profissionais

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Prof. Marcelo Mello Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Gerenciamento de serviços Nas aulas anteriores estudamos: 1) Importância dos serviços; 2) Diferença entre produtos x serviços; 3) Composto de Marketing

Leia mais

Unidade I PLANEJAMENTO E OPERAÇÃO. Prof. Clesio Landini Jr.

Unidade I PLANEJAMENTO E OPERAÇÃO. Prof. Clesio Landini Jr. Unidade I PLANEJAMENTO E OPERAÇÃO POR CATEGORIA DE PRODUTO Prof. Clesio Landini Jr. Planejamento e operação por categoria de produto Fabricante> Distribuidor> Cliente Fazer os produtos e serviços chegarem

Leia mais

AULA 2/4 ASSUNTOS ABORDADOS: Gestão da cadeia de suprimentos. Gestão de estoques. 04/05/ :30 12:00

AULA 2/4 ASSUNTOS ABORDADOS: Gestão da cadeia de suprimentos. Gestão de estoques. 04/05/ :30 12:00 AULA 2/4 ASSUNTOS ABORDADOS: Gestão da cadeia de suprimentos. Gestão de estoques. 04/05/2013 10:30 12:00 Assunto: Gestão da cadeia de suprimentos. Consiste em gerenciar estrategicamente diferentes fluxos

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.2 Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE DISCIPLINAS DA SÉRIE GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA GESTÃO DE PESSOAS DIREITO EMPRESARIAL E TRABALHISTA CONTABILIDADE Os recursos

Leia mais

Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP

Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP AULA 10 Supply Chain Management (SCM) Prof. Dr. Joshua Onome Imoniana

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 246 aprovado pela portaria Cetec nº 181 de 26/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

Outplant Definições: GRUPO DOW. Esta localização pode ser Público ou Privada. É fora dos limites do terrenos das Fábricas e Complexos Industriais.

Outplant Definições: GRUPO DOW. Esta localização pode ser Público ou Privada. É fora dos limites do terrenos das Fábricas e Complexos Industriais. GRUPO DOW Outplant Definições: Esta localização pode ser Público ou Privada. É fora dos limites do terrenos das Fábricas e Complexos Industriais. Tem seu próprio código de Planta no SAP/ECC. Ponto de embarque

Leia mais

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 02: Cadeias de Valor

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 02: Cadeias de Valor GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 02: Cadeias de Valor Objetivos O aluno deverá ser capaz de: Entender a visão cíclica de uma Cadeia de Suprimentos. Conhecer os ciclos de processos de uma Cadeia

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais

Sistemas de Informação Gerenciais Sistemas de Informação Gerenciais Seção 1.2 Conceitos e perspectivas em SI Seção 1.3 Classificação dos SI 1 EMPRESA E TECNOLOGIA 2 Contexto Já perceberam que as empresas no mundo moderno estão relacionadas

Leia mais

1. Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior:

1. Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior: LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA APTOS AO REGISTRO NO CRA-GO 1. Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior: 1.1. Tecnologia em Exportação e Importação; 1.2. Tecnologia em Gerência de Comércio Exterior;

Leia mais

EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SEUS IMPACTOS NA LOGÍSTICA

EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SEUS IMPACTOS NA LOGÍSTICA EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SEUS IMPACTOS NA LOGÍSTICA Camila Nicola Boeri Di Domenico 1 André Luís Di Domenico 2 Resumo: Neste artigo é feita uma análise sobre a evolução das tecnologias da

Leia mais

Tópicos Especiais em Engenharia de Produção

Tópicos Especiais em Engenharia de Produção Tópicos Especiais em Engenharia de Produção Tema (desde 2015) Gestão da Cadeia de Suprimentos Supply Chain Management Prof. Valério Salomon www.feg.unesp.br/salomon Os profissionais mais bem pagos do momento

Leia mais

Contextualização sobre Cadeia de Valor

Contextualização sobre Cadeia de Valor Contextualização sobre Cadeia de Valor Oficina 6 Mecanismos para Implantar a Responsabilidade Social Empresarial na Cadeia de Valor São Paulo, 30 de maio de 2008. O que é Cadeia de Valor? Projeto / design

Leia mais

A p r e s e n t a ç ã o

A p r e s e n t a ç ã o A p r e s e n t a ç ã o Dando continuidade à coleção "Panorama Logístico" - conjunto de relatórios que trazem resultados detalhados de pesquisas desenvolvidas pelo Centro de Estudos em Logística - apresentamos

Leia mais

COMPETIÇÃO DE PRODUÇÃO SEMANA DE ENGENHARIA 2017 / 2 BEER GAME 2.0

COMPETIÇÃO DE PRODUÇÃO SEMANA DE ENGENHARIA 2017 / 2 BEER GAME 2.0 COMPETIÇÃO DE PRODUÇÃO SEMANA DE ENGENHARIA 2017 / 2 BEER GAME 2.0 APRESENTAÇÃO Com a competitividade atual dos mercados as empresas estão buscando otimizar as suas operações com o objetivo de reduzir

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAL I STA 04041

ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAL I STA 04041 Departamento de Administração ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAL I STA 04041 Prof. Aurélio Lamare Soares Murta DECISÕES DE TRANSPORTES SUMÁRIO 1. Introdução 2. Seleção de Alternativas de Transporte 3. Terceirização

Leia mais

Oracle Value Chain Execution Reinventado a Excelência em Logística

Oracle Value Chain Execution Reinventado a Excelência em Logística Oracle Value Chain Execution Reinventado a Excelência em Logística Apresentação do Oracle Value Chain Execution Sua rede de logística está mudando constantemente e está mais complexa do que nunca. A necessidade

Leia mais

ESTUDO DO PROCESSO DE TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS NO SETOR DE MÁRMORE E GRANITO NO ES

ESTUDO DO PROCESSO DE TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS NO SETOR DE MÁRMORE E GRANITO NO ES ESTUDO DO PROCESSO DE TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS NO SETOR DE MÁRMORE E GRANITO NO ES Débora Athayde Herkenhoff Liana Almeida de Figueiredo Faculdades Integradas Espírito Santenses - FAESA RESUMO

Leia mais

Como a Logística interfere no seu dia-a-dia? 12/02/2016. Módulo III Logística e Vantagem Competitiva. LOGÍSTICA E VANTAGEM COMPETITIVA Conceituação

Como a Logística interfere no seu dia-a-dia? 12/02/2016. Módulo III Logística e Vantagem Competitiva. LOGÍSTICA E VANTAGEM COMPETITIVA Conceituação Módulo III Logística e Vantagem Competitiva Danillo Tourinho S. da Silva, M.Sc. LOGÍSTICA E VANTAGEM COMPETITIVA Conceituação Como a Logística interfere no seu dia-a-dia? 1 Conceito de Logistica Logística

Leia mais

Gestão de Custos Logísticos

Gestão de Custos Logísticos Treinamento Presencial: Gestão de Custos Logísticos Data: 11 de Maio de 2016 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP Procurement Business School Quem somos: Procurement Business School é a mais completa

Leia mais

APLICAÇÃO DE ecr EFFICIENT CONSUMER RESPONSE À REDE SUBWAY COM BASE NA LOGISTICA DE SUPRIMENTO

APLICAÇÃO DE ecr EFFICIENT CONSUMER RESPONSE À REDE SUBWAY COM BASE NA LOGISTICA DE SUPRIMENTO UNIVERSIDADE DE BRASILIA DEPARTAMENTO DE ADMINISTAÇÃO LOGISTICA EMPRESARIAL APLICAÇÃO DE ecr EFFICIENT CONSUMER RESPONSE À REDE SUBWAY COM BASE NA LOGISTICA DE SUPRIMENTO GRUPO 19Z ARTHUR BIOCALTI ILO

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: TECNOLOGIA EM LOGISTICA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: TECNOLOGIA EM LOGISTICA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001308 - TECNOLOGIA EM LOGISTICA Nivel: Superior Area Profissional: GESTAO DA ADMINISTRACAO Area de Atuacao: LOGISTICA/GESTAO Planejar,

Leia mais

INTEGRAÇÃO FINANCEIRA NA CADEIA DE SUPRIMENTOS SUPPLY CHAIN FINANCE. Vanessa Saavedra

INTEGRAÇÃO FINANCEIRA NA CADEIA DE SUPRIMENTOS SUPPLY CHAIN FINANCE. Vanessa Saavedra INTEGRAÇÃO FINANCEIRA NA CADEIA DE SUPRIMENTOS SUPPLY CHAIN FINANCE Vanessa Saavedra Este artigo é parte do resultado alcançado por meio da pesquisa de Supply Chain Finance (SCF), que tem como tema Integração

Leia mais

16/02/2010. MSe. Paulo Cesar C. Rodrigues Mestre em Engenharia de Produção

16/02/2010. MSe. Paulo Cesar C. Rodrigues Mestre em Engenharia de Produção MSe. Paulo Cesar C. Rodrigues paulo.rodrigues@usc.br Mestre em Engenharia de Produção A logística integrada envolve o gerenciamento de informações, transporte, estoque, armazenamento, manuseio de materiais

Leia mais

Disciplina: Curso: Período: Semestre: ADM02028 LOGISTICA Graduação em Adminstração 6º Nenhum

Disciplina: Curso: Período: Semestre: ADM02028 LOGISTICA Graduação em Adminstração 6º Nenhum MINI-CV DOS PROFESSORES ELABORADORES Professor Elaborador: Carga Horária: Horário das Aulas: Mini-CV do Professor Elaborador: Professor da FGV/EBAPE. Doutor em Engenharia Oceânica, com ênfase em Transportes

Leia mais

Engenharia de Produção Logística Empresarial e Cadeia de Suprimentos Cadeia de Suprimentos Edelvino Razzolini Filho

Engenharia de Produção Logística Empresarial e Cadeia de Suprimentos Cadeia de Suprimentos Edelvino Razzolini Filho Projeto Curso Disciplina Tema Professor Coordenadora Pós-graduação Engenharia de Produção Logística Empresarial e Cadeia de Suprimentos Cadeia de Suprimentos Edelvino Razzolini Filho Luizete Fabris Introdução

Leia mais

Capítulo 01 Principais Versões do Ecossistema

Capítulo 01 Principais Versões do Ecossistema Capítulo 01 Principais Versões do Ecossistema Principais Versões do Ecossistema Além da versão ECC, o ecossistema da companhia possui outras 23 versões. Para cada tipo e tamanho de negócio existe uma solução

Leia mais

Prof. Altair da Silva. Unidade I CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO,

Prof. Altair da Silva. Unidade I CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO, Prof. Altair da Silva Unidade I CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO, ESTRATÉGIAS E LOCALIZAÇÃO Introdução Ante de iniciar o assunto propriamente dito sobre o que é CD Centro de Distribuição, vamos primeiramente entender

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Etec Plano de curso n 288 aprovado pela portaria CETEC No. 733 de 10/09/2015 Etec MARIA CRISTINA MEDEIROS Código: 141 Município: Ribeirão Pires Eixo Tecnológico:

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

Gestão da Produção e Logística

Gestão da Produção e Logística Gestão da Produção e Logística Prof. Ms. Francisco Carlos Merlo Introdução à Logística Introdução à Logística 1. Introdução Não há nada mais difícil de controlar, mais perigoso de conduzir, ou mais incerto

Leia mais

FAMEBLU Engenharia Civil

FAMEBLU Engenharia Civil Disciplina LOGÍSTICA EMPRESARIAL FAMEBLU Engenharia Civil Aula 5: Revisão Geral Professor: Eng. Daniel Funchal, Esp. Estratégia Corporativa Estratégia corporativa é o processo essencial dentro das organizações,

Leia mais

Logística E gerenciamento da cadeia de abastecimento

Logística E gerenciamento da cadeia de abastecimento Logística E gerenciamento da cadeia de abastecimento Conceitos básicos Logística e Varejo Entendendo a cadeia de abastecimento integrada OBJETIVOS Os conceitos, definições e importância da cadeia de abastecimento;

Leia mais

Programa Operações Logísticas e Supply Chain MANUAL DO CURSO

Programa Operações Logísticas e Supply Chain MANUAL DO CURSO Programa Operações Logísticas e Supply Chain MANUAL DO CURSO ESPM/Senai-MS - 2017 Apresentação Oferece aos profissionais, que atuam nas indústrias e serviços, visão ampla de questões e desafios à gestão

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Lista de Exercícios 02. Luiz Leão

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Lista de Exercícios 02. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Exercício 01 Conceitue e-business e quais o seu principal objetivo? Exercício 01 Resposta Conceitue e-business e quais o seu principal objetivo? É todo

Leia mais

Logística Internacional

Logística Internacional PLANO DE ENSINO 2014.2 Logística Internacional Semestre: 4º Carga Horária: 47 h Ementa Introdução aos conceitos e aplicação prática do fluxo de funcionamento da Logística Internacional abrangendo as diferentes

Leia mais

FAMEBLU Engenharia Civil

FAMEBLU Engenharia Civil Disciplina LOGÍSTICA EMPRESARIAL FAMEBLU Engenharia Civil Aula 4: Atividades da Logística Professor: Eng. Daniel Funchal, Esp. ATIVIDADES PRIMÁRIAS As atividades primárias da Logística são as seguintes:

Leia mais

03/05/2010 SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO CLIENTE FABRICANTE FOR RNECEDOR. Fluxo Reverso Devolução ou Reciclagem. FLUXO DOMINANTE DE PRODUTOS E SERVIÇOS

03/05/2010 SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO CLIENTE FABRICANTE FOR RNECEDOR. Fluxo Reverso Devolução ou Reciclagem. FLUXO DOMINANTE DE PRODUTOS E SERVIÇOS FOR RNECEDOR FABRICANTE SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO CLIENTE Fornecimento físico Planejamento e controle de produção Distribuição física FLUXO DOMINANTE DE PRODUTOS E SERVIÇOS FLUXO DOMINANTE DE DEMANDA E DE

Leia mais

Uma Abordagem Introdutória ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS

Uma Abordagem Introdutória ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS Uma Abordagem Introdutória ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS CRONOGRAMA 3 BIMESTRE Estoque. Compras/Armazenamento. Movimentação de Materiais. Transporte/Seguro. ESTOQUES Composição de materiais MP s, materiais

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade II DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade II DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade II DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Centro de Distribuição - CD Centro de Distribuição - CD Centro de Distribuição (CD) é um armazém cuja operação é realizar a gestão dos estoques

Leia mais

Centros de Distribuição e Movimentação Física: (ler capítulo 9 do livro Administração de Materiais, de Paulo Sérgio Gonçalves, Ed.

Centros de Distribuição e Movimentação Física: (ler capítulo 9 do livro Administração de Materiais, de Paulo Sérgio Gonçalves, Ed. Nesta aula você verá: O que é um centro de distribuição; As principais funções de um centro de distribuição; Os equipamentos destinados à movimentação, à armazenagem e à transporte de materiais; Sistemas

Leia mais

2. A Logística e a Indústria do Petróleo 2.1. Conceituação da Logística

2. A Logística e a Indústria do Petróleo 2.1. Conceituação da Logística 2. A Logística e a Indústria do Petróleo 2.1. Conceituação da Logística As funções logísticas, embora não tradicionalmente conceituadas como nos dias de hoje, têm importância nas atividades econômicas

Leia mais

Módulo 5 Fortalecimento de Vínculos Comerciais. Criação de vínculos comerciais verticais e horizontais. cadeia e estratégia.

Módulo 5 Fortalecimento de Vínculos Comerciais. Criação de vínculos comerciais verticais e horizontais. cadeia e estratégia. Módulo 5 Fortalecimento de Vínculos Comerciais Criação de vínculos comerciais verticais e horizontais Módulos Delimitação do projeto Análise da cadeia e estratégia Implementação Monitoria 0 Decisão sobre

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Art. 2º Esta Resolução entra em vigor nesta data, alterando as Resoluções CONSEACC/BP 22/2014, 7 e 25/2016.

R E S O L U Ç Ã O. Art. 2º Esta Resolução entra em vigor nesta data, alterando as Resoluções CONSEACC/BP 22/2014, 7 e 25/2016. RESOLUÇÃO CONSEACC/BP /07 ALTERA O QUADRO DE EQUIVALÊNCIAS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA, CURRÍCULOS E, DO CAMPUS BRAGANÇA PAULISTA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF. A Presidente do Conselho

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso Superior de Tecnologia em Logística Campus: Nova Iguaçu Missão O Curso Superior de Tecnologia em Logística da Universidade Estácio de Sá tem por missão a formação de gestores

Leia mais

FATEC ZONA SUL Faculdade de Tecnologia da Zona Sul São Paulo/SP

FATEC ZONA SUL Faculdade de Tecnologia da Zona Sul São Paulo/SP FATEC ZONA SUL Faculdade de Tecnologia da Zona Sul São Paulo/SP Curso Superior de Tecnologia em Gestão Empresarial Disciplina: Negócios Internacionais Aula 02 1 Conceitos e Princípios Aula 02 2 Pessoa

Leia mais

Sumário. PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos. Capítulo 2. Capítulo 1

Sumário. PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos. Capítulo 2. Capítulo 1 Sumário PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos Capítulo 1 Cadeias de suprimentos no século xxi... 2 A revolução da cadeia de suprimentos... 4 Integração gera valor... 6 Modelo geral de cadeia

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Apresentação do Plano de Ensino. Luiz Leão

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Apresentação do Plano de Ensino. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Quem sou eu? Site: http://www.luizleao.com Introdução Para aprender a Gerir, Conceber, Desenvolver, Testar, avaliar a qualidade, avaliar a segurança,

Leia mais

Programa de Investimentos em Logística Portuária e apoio da simulação dinâmica via PortoSim. Michel de Norman. Belge Consultoria.

Programa de Investimentos em Logística Portuária e apoio da simulação dinâmica via PortoSim. Michel de Norman. Belge Consultoria. Programa de Investimentos em Logística Portuária e apoio da simulação dinâmica via PortoSim Belge Consultoria Michel de Norman Realização: Royal Palm Plaza Campinas/SP 05 de Setembro de 2013 Agenda Portos

Leia mais

Gestão da cadeia de suprimentos. GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 12: Distribuição Física AULA 13: DISTRIBUIÇÃO FÍSICA

Gestão da cadeia de suprimentos. GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 12: Distribuição Física AULA 13: DISTRIBUIÇÃO FÍSICA GST0045 GESTÃO DA ADEIA DE SUPRIMENTO Aula 12: Distribuição Física AULA 13: DISTRIBUIÇÃO FÍSIA Distribuição Física Ao final desta aula o aluno deverá ser capaz de: Entender os conceitos de distribuição

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Ciências Contábeis - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Ciências Contábeis - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE DISCIPLINAS DA SÉRIE ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.2 Ciências Contábeis - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA II DIREITO TRIBUTARIO LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA ORÇAMENTO PUBLICO TEORIA

Leia mais

Gestão da cadeia de suprimentos. GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 15: Embalagens AULA 15: EMBALAGENS

Gestão da cadeia de suprimentos. GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 15: Embalagens AULA 15: EMBALAGENS GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 15: Embalagens Embalagens Ao final da aula o aluno deverá: Conhecer a definição de embalagens. Saber os conceitos de unitização de carga. Conhecer elementos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA:ADM 02181 - TÓPICOS ESPECIAIS EM ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS PROFESSOR(A): DANIELLA

Leia mais

Formação Analista em Comércio Exterior

Formação Analista em Comércio Exterior Formação Analista em Comércio Exterior Objetivo: Habilitar os participantes para exercer a profissão de Analista em Comércio Exterior e trabalhar com a análise das operações, planejamento, coordenação

Leia mais

STT Logística e Transportes. Lucas Assirati beth.stt.eesc.usp.br/~la

STT Logística e Transportes. Lucas Assirati beth.stt.eesc.usp.br/~la STT0610 - Logística e s Lucas Assirati assirati@usp.br beth.stt.eesc.usp.br/~la 10/mar 17/mar 24/mar 31/mar 07/abr 28/abr Introdução Conceitos, importância, estrutura e tendências Sistemas de transportes:

Leia mais

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Maio 2014 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Missão Oferecer soluções educacionais para elevar a competitividade e a sustentabilidade do setor de

Leia mais

MBA SUPPLY CHAIN MANAGEMENT &LOGÍSTICA INTEGRADA A visão estratégica & econômico-financeiro

MBA SUPPLY CHAIN MANAGEMENT &LOGÍSTICA INTEGRADA A visão estratégica & econômico-financeiro MBA SUPPLY CHAIN MANAGEMENT &LOGÍSTICA INTEGRADA A visão estratégica & econômico-financeiro Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisa Contábeis, Atuariais

Leia mais

Etec Gustavo Teixeira

Etec Gustavo Teixeira ETEC GUSTAVO TEIXEIRA SÃO PEDRO Etec Gustavo Teixeira PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO N 236/03/2016 de 27/06/2016. Processo n /2016 AVISO

Leia mais

PRANA SIGNIFICA ENERGIA VITAL. FOCADOS NISSO, NOS EMPENHAMOS PARA SER A ENERGIA PROPULSORA DA SUA RELAÇÃO COM O COMÉRCIO INTERNACIONAL CONECTANDO

PRANA SIGNIFICA ENERGIA VITAL. FOCADOS NISSO, NOS EMPENHAMOS PARA SER A ENERGIA PROPULSORA DA SUA RELAÇÃO COM O COMÉRCIO INTERNACIONAL CONECTANDO PRANA SIGNIFICA ENERGIA VITAL. FOCADOS NISSO, NOS EMPENHAMOS PARA SER A ENERGIA PROPULSORA DA SUA RELAÇÃO COM O COMÉRCIO INTERNACIONAL CONECTANDO SEUS NEGÓCIOS COM O MUNDO. QUEM SOMOS SOMOS UMA EMPRESA

Leia mais

Administração e Finanças. E-commerce Empresa-Empresa. E-commerce Empresa-Empresa. E-commerce Empresa-Empresa. Markeplace e Marketspace.

Administração e Finanças. E-commerce Empresa-Empresa. E-commerce Empresa-Empresa. E-commerce Empresa-Empresa. Markeplace e Marketspace. Administração e Finanças [7] Uniban Notas de Aula Aplicações de Comércio Eletrônico (e-commerce applications) Prof. Amorim Material adicional às aulas presenciais: Complemente com as anotações manuscritas

Leia mais

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OPERAÇÕES DE ARMAZENAGEM E DISTRIBUIÇÃO FÍSICA. Prof. Dr. Daniel Caetano

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OPERAÇÕES DE ARMAZENAGEM E DISTRIBUIÇÃO FÍSICA. Prof. Dr. Daniel Caetano GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OPERAÇÕES DE ARMAZENAGEM E DISTRIBUIÇÃO FÍSICA Prof. Dr. Daniel Caetano 2016-1 Objetivos Conhecer mais sobre os armazéns e as operações de armazenagens Compreender o conceito

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO / E.E. ESTERINA PLACCO (EXTENSAO) Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Nível

Leia mais

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSO: ADMINISTRAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO Equações do primeiro e segundo graus com problemas. Problemas aplicando sistemas; sistemas com três incógnitas

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Portos. (Extensão EE Padre Bartolomeu de Gusmão)

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Portos. (Extensão EE Padre Bartolomeu de Gusmão) Habilitação: Portos (Extensão EE Padre Bartolomeu de Gusmão) Aviso: Este catálogo pode ter sofrido alterações. A versão oficial encontra-se para consulta na Unidade Escolar. Gerado em 24/06/2016 Pág. 2/7

Leia mais

Sistemas de Informação na Empresa

Sistemas de Informação na Empresa Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 04 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

LOGÍSTICA SETOR AUTOMOTIVO. Paulo Roberto Guedes Diretor Presidente da Veloce Logística S.A.

LOGÍSTICA SETOR AUTOMOTIVO. Paulo Roberto Guedes Diretor Presidente da Veloce Logística S.A. LOGÍSTICA NO SETOR AUTOMOTIVO Paulo Roberto Guedes Diretor Presidente da Veloce Logística S.A. É FATO QUE A LOGÍSTICA TEM ESTADO NO TOPO DAS DISCUSSÕES DE EMPRESÁRIOS E GOVERNANTES EM TODO O MUNDO, INCLUSIVE

Leia mais

Aplicativos Integrados. Profa. Dra. Ellen Francine Barbosa PAE Lívia Castro Degrossi

Aplicativos Integrados. Profa. Dra. Ellen Francine Barbosa PAE Lívia Castro Degrossi Aplicativos Integrados Profa. Dra. Ellen Francine Barbosa PAE Lívia Castro Degrossi Aplicativos Integrados ERP (Enterprise Resource Planning) CRM (Consumer Relationship Management) SCM (Supply Chain Management)

Leia mais