MENSAGEM DO PRESIDENTE Projetando o nosso futuro

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MENSAGEM DO PRESIDENTE Projetando o nosso futuro"

Transcrição

1 2015

2 MENSAGEM DO PRESIDENTE Projetando o nosso futuro É com grande satisfação que apresentamos a Previsão Orçamentária para o exercício de 2015 do Sindicato dos Corretores de Seguros no Estado de São Paulo (Sincor-SP). Esse material envolveu, de maneira inédita, o trabalho conjunto de todos os departamentos que compõem esta entidade, sugerindo os investimentos necessários em cada área de atuação, como também projeções de melhorias para sempre oferecermos o melhor serviço ao nosso cliente, que é o corretor de seguros. Além de contemplar as aplicações fixas no que diz respeito à receita de pessoal, estrutura, impostos, produtos de comunicação, entre outros, exibimos também os valores a serem investidos em ações mercadológicas para divulgar, de maneira intensa e planejada, a nossa categoria para o consumidor. Queremos construir um Sindicato que, embora não vise o lucro, seja superavitário em suas atividades, com processos mais profissionalizados e promovendo a reestruturação interna, pois entendemos que assim o sistema como um todo terá resultados nunca antes vistos. Forte abraço, Alexandre Camillo Presidente do Sincor-SP

3 PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA ANUAL 2015 Com fulcro no disposto no Art. 30, primeiro, apresentamos a Previsão Orçamentária Anual válida para o exercício de Cumpre-nos destacar que o presente planejamento foi elaborado tendo por base os projetos sociais e institucionais traçados pela diretoria eleita, sendo estruturada a planificação executiva e, com esta, a valoração necessária para a adequação financeira, com base nas receitas oriundas de contribuições sindicais, sociais, cursos e certificações digitais. PREMISSAS UTILIZADAS 1. RECEITAS 1.1 Contribuição Sindical Sob esta rubrica, consideramos a base contributiva atual, com previsão de reajuste equivalente a 6% (seis por cento), correspondente à previsão de inflação anual. O valor lançado corresponde aos 60% (sessenta por cento) do total arrecadado, destinado ao Sindicato, bem como previsão de inadimplência de 30% (trinta por cento) 1.2 Contribuição Social Reajuste dos valores de contribuição pela recomposição da expectativa inflacionária e estimativa de expansão da base contributiva com aumento do número de associados e próatividade quanto à cobrança de contribuições em atraso 1.3 Jornal dos Corretores de Seguros JCS Previsão de receitas relativa a verbas decorrentes de vendas de anúncios, conforme meta projetada pelo departamento de Comunicação 1.4 Receita de Cursos Projetado reajuste médio de 12% (doze por cento) sobre o valor cobrado atualmente, objetivando promover cursos autossustentáveis e melhoria contínua da qualidade dos instrutores e material disponibilizado aos alunos 1.5 Certificação Digital - Autorizações de Registro Receita projetada de acordo com plano de metas divulgado pela AC Sincor 1.6 Convênio DPVAT Corresponde à verba oriunda de repasses de valores promovidos pela Seguradora Líder, conforme convênio, e pela Centauro, com base no atendimento à população em todo o Estado e volume de processos concluídos nas unidades de atendimento 1.7 Outras Receitas Verba oriunda das recuperações de arrecadações participativas de corretores de seguros 1.8 Aluguel de Espaço em Regionais/ Mailing Projetado de acordo com novas diretrizes da atual gestão quanto a um melhor aproveitamento dos espaços e dados das Casas dos Corretores de Seguros, com previsão de reajustes sobre os valores atualmente cobrados, adaptando à realidade de mercado 1.9 Receitas de Eventos Diversos Meta estimada a ser atingida em patrocínios nos eventos a serem realizados

4 2. DESPESAS 2.1 Certificação Digital - Autorização de Registros Projeção das despesas programadas para manutenção e funcionamento do departamento de Certificação Digital, tendo por base o plano de metas traçado para o exercício. O valor expresso inclui Central de Verificação e Encontro com Regionais, bem como armazenamento de dossiês e cursos 2.2 Publicidade e Propaganda Com o encerramento do contrato de painéis em estradas, estimada a verba para investimentos em novas campanhas publicitárias, visando divulgar à população em geral a importância do corretor de seguros 2.3 Contribuições Associativas Contribuições à FESESP e FENACOR 2.4 Jornal dos Corretores de Seguros Despesas com impressão e colocação do Jornal dos Corretores de Seguros na internet 2.5 Assessoria Contábil e Auditoria Projeção dos valores contratados junto às empresas de contabilidade e auditoria 2.6 Assessoria de Comunicação e Marketing Assessoria nas áreas, incluindo campanhas publicitárias para atrair novos sócios 2.7 Consultoria Técnica e Organizacional Relativo aos serviços de Assessoria Técnica, Administrativa e Organizacional durante o exercício de Assessoria de Imprensa Promoção de relacionamento com a mídia, indicação de pautas, oportunidades de entrevistas, realização de coletivas de imprensa Assessoria Jurídica Referente aos contratos de assessoria na área jurídica preventiva, com análises de contratos e orientações, bem como atuações em processos no contencioso que envolvam, exclusivamente, demandas da entidade 2.10 Utilidades e Serviços Despesas com Regionais Consideradas as despesas fixas com as 29 unidades, tais como condomínio, aluguéis, despesas de material de escritório, entre outros (não incluída despesas com a Regional Centro, que está localizada na Sede) 2.11 Eventos 30 unidades Projeção de despesas considerando 5 (cinco) encontros em cada Casa do Corretor de Seguros 2.12 Reuniões de Diretoria Previsão de despesas e reembolsos relativos às reuniões de diretoria e suplentes 2.13 Correios e Malotes Contempla todas as despesas de envio de correspondências e também do Jornal dos Corretores de Seguros 2.14 Serviços As despesas de serviços foram projetadas com base no plano de metas traçado para o exercício, tendo por parâmetro ainda os contratos firmados para manutenção e limpeza, lastreados nos atuais gastos, com projeção da média da inflação.

5 2.15 Outras Despesas Provisão para outras despesas não classificáveis nos demais itens, inclusive eventuais pagamentos a serem realizados relativos ao contencioso judicial 2.16 Cursos - Capital e Interior Projeção de despesas relativas à efetivação de diversos cursos, incluindo nesse montante as realizações na Capital e no Interior 2.17 Eventos Diversos Incluso neste item a realização dos eventos programados para 2015, entre os quais: Dia da Mulher, Grande Encontro realizado no interior, Fóruns descentralizados e Confraternizações de Final do Ano (inclusive regionais) 2.18 XVII CONEC Projeção das despesas iniciais referente à realização do XVII CONEC, em especial quanto à reserva dos locais de realização 2.19 Despesas com Pessoal Projeção das despesas relativas à Folha de Pagamento dos funcionários da sede e regionais, bem como respectivos encargos (INSS/ FGTS/ PIS), assistência médica/ odontológica, vale transporte, vale refeição, entre outras. Considerada previsão de reajuste equivalente a 8% (oito por cento) decorrente de coletivo, com seus respectivos reflexos 2.20 Despesas Bancárias Projeção referente a despesas de manutenção das contas junto ao Credicor-SP, Bradesco e CEF, que será reduzida ao total de três contas bancárias, bem como despesas com a cobrança de boletos bancários 3. DISPONÍVEL Projeção do valor disponível em saldo de caixa de 31/12/2014 e aplicações financeiras. Ressalta-se que, atualmente, os valores disponíveis encontram-se aplicados, com resgates conforme a necessidade para pagamento de títulos 4. INVESTIMENTOS 4.1 Aquisição de Móveis e Utensílios Aquisição de móveis e utensílios em reposição àqueles já existentes, porém obsoletos 4.2 Hardware e Software Previsão de atualização/substituição do ERP desenvolvido em 2010, para maior confiabilidade e recursos; atualização do Portal do Sincor-SP, com acesso via APP (IOs e Android); instalação de TVs, micros e câmeras nas salas de reuniões e auditório para suporte a vídeo conferências; e aquisição de equipamentos móveis (ultrabook e notebooks) 4.3 Instalações e Reformas Despesas com reformas e adaptações de layout 4.4 Casa do Corretor de Seguros Investimento condicional, a ser realizado de acordo com a disponibilidade de recursos. Nesse custo, está previsto a instalação de 04 (quatro) Casas do Corretor de Seguros, com melhor possibilidade de utilização dos espaços pelos corretores de seguros associados, bem como aluguel dos auditórios para outros eventos

6 PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA 2015 DETALHAMENTO DE VALORES 1 - Descrição 1 - Receitas Próprias ORÇAMENTO 2015 Contribuição Sindical Contribuição Social Jornal dos Corretores de Seguros Receitas de Cursos Subtotal 1.1 (Entradas) Receitas Variáveis Certificação Digital Autorização de Registro Convênio Seguradora Líder Convênio Centauro - DPVAT Aluguel - Espaço de Regionais - Mailing Eventos Diversos Outras Receitas Subtotal 1.2 (Entradas) Total Geral (Entrada) Despesas Administração de "variáveis" Certificação Digital Autorização de Registro Publicidade e Propaganda Fesesp - Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico Contribuição Associativa Fenacor Jornal dos Corretores de Seguros Subtotal (Saídas) Serviços Terceirizados Assessoria Contábil Auditoria Assessoria de Comunicação e Marketing Consultoria Organizacional Assessoria de Imprensa Assessoria Jurídica Subtotal (Saídas)

7 2.3 - Utilidade Serviços Artigos, Expediente e Gráfica Condomínio Conservação/ Reparos Copa/ Limpeza Correio e Malotes Despesas com Regionais Eventos - 30 unidades Ouvidoria, Disque Sincor e Ética Energia Elétrica Internet - Provedores Materiais de Informática - Eletrônicos Diversos Reuniões de Diretoria Seguro de Vida e outros seguros Telefone Verba de Representação Social Outras Despesas Subtotal (Saídas) Eventos e Cursos Cursos - Capital e Interior Eventos Diversos XVII Conec Cultura do Seguro Subtotal (Saídas) Despesas com Pessoal Salários º Salário Férias INSS s/ Folha de Pagamento FGTS s/ Folha de Pagamento Indenização Trabalhista PIS s/ Folha de Pagamento Seguro Saúde e Odontologia Vale Refeição Vale Transporte Auxílio Creche/ Cursos 590 Subtotal (Saídas)

8 2.6 - Despesas Financeiras Despesas Bancárias Subtotal (Saídas) Despesas Tributárias Impostos Municipais Subtotal (Saídas) Total Geral (Saídas) A - Saldo (1-2) = Receitas de Capital Aplicações Diversas Disponível no dia 1º Subtotal (Entradas) B - Saldo ( ) Investimentos Aquisição de Móveis e Utensílios Hardware e Software Casa do Corretor Instalações e Reformas Total (Saídas) C - Saldo

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente Mensagem do Presidente Transparência e resultados A previsão orçamentária do Sincor-SP para 2016 comprova a relevância da transparência nas contas, para que possamos, em benefício da categoria, manter

Leia mais

4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 CNPJ: 83.594.788/0001-39 Período: 01/01/2011 a 31/12/2011

4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 CNPJ: 83.594.788/0001-39 Período: 01/01/2011 a 31/12/2011 4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 RECEITA OPERACIONAL 22.561.107,38 RECEITA DE MENSALIDADE DE ASSOCIADOS 1.353.124,41 Mensalidades 1.343.952,41 Anuidade

Leia mais

Comparativo da Despesa Liquidada. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto. Materiais Elétricos e de Telefonia

Comparativo da Despesa Liquidada. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto. Materiais Elétricos e de Telefonia Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado de Sergipe CNPJ: 14.817.219/0001-92 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.148.289,97 885.632,24 DESPESA CORRENTE 948.289,97 685.632,24 PESSOAL

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Rio Grande do Norte CNPJ: 14.829.126/0001-88 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.819.026,06 1.569.128,55 DESPESA CORRENTE 1.082.835,00 832.937,49

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Rio Grande do Norte CNPJ: 14.829.126/0001-88 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.819.026,06 102.069,64 491.340,38 1.327.685,68 DESPESA CORRENTE

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ RECEITAS 1 - O Orçamento do Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro para o exercício financeiro de 2013, estima a receita em R$ 16.122.900,00 e fixa sua despesa em igual importância. 2 - A

Leia mais

CONAUP- CONTABILIDADE AUDITORIA E PERÍCIA CONTÁBIL LTDA

CONAUP- CONTABILIDADE AUDITORIA E PERÍCIA CONTÁBIL LTDA CONAUP- CONTABILIDADE AUDITORIA E PERÍCIA CONTÁBIL LTDA Praça João Lisboa n.º 177 Sala 203 São Luís -MA Telefone: (98) 3235-5793 Inscrição Municipal: CNPJ: 04.951.704/0001-09 5091000-8 Cliente: Associação

Leia mais

Comparativo de Despesas Abril/2015

Comparativo de Despesas Abril/2015 Click to edit Master text styles Second level Third level Fourth level» Fifth level Comparativo de s Abril/2015 Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CNPJ: 14.702.767/0001-77 Comparativo da Liquidada

Leia mais

+ BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES

+ BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES + BENEFÍCIOS PARA SUA ENTIDADE CONHEÇA NOSSAS SOLUÇÕES CDL CARTÕES +FACILIDADE Com o objetivo de oferecer soluções para facilitar a vida dos associados e seus funcionários, a FCDL-MG se uniu à Valle Express,

Leia mais

CRF/PE. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco CNPJ: 09.822.982/0001-71. Página:1/6

CRF/PE. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco CNPJ: 09.822.982/0001-71. Página:1/6 Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco CNPJ: 09.822.982/0001-71 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 6.366.25 1.102.995,57 2.609.238,49 3.757.011,51 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESAS CORRENTES

Leia mais

CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO BRASÍLIA RÁDIO CENTER NOTAS EXPLICATIVAS DA PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA

CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO BRASÍLIA RÁDIO CENTER NOTAS EXPLICATIVAS DA PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO BRASÍLIA RÁDIO CENTER NOTAS EXPLICATIVAS DA PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA PERÍODO: JANEIRO A DEZEMBRO DE 2013 Srs(as). Condôminos(as), A proposta orçamentária foi elaborada levando-se em

Leia mais

ESTIMATIVA DE CUSTOS - APOIO SEDE AABG E SEDE COMITÊ

ESTIMATIVA DE CUSTOS - APOIO SEDE AABG E SEDE COMITÊ ESTIMATIVA DE CUSTOS - APOIO SEDE AABG E SEDE COMITÊ Item ESPECIFICAÇÃO REMUNERAÇÃO CUSTOS (R$) MENSAL R$ R$ A partir do 2º ano 1 RECURSOS HUMANOS SEDE AABG ARGA HORÁRIA MENSA HORAS 349.232,99 364.948,47

Leia mais

A MANTOVANI tem investido constantemente em instalações e qualificação pessoal, visando sempre uma excelência no atendimento ao cliente.

A MANTOVANI tem investido constantemente em instalações e qualificação pessoal, visando sempre uma excelência no atendimento ao cliente. A MANTOVANI conta com instalações próprias e modernas, equipamentos de informática de última geração em todos os seus departamentos, desde o saguão de recepção até o auditório para treinamento e palestras.

Leia mais

1- Saldo estimado em aplicações de fevereiro 2011 a junho 2012 534000 mil reais, mais 6 mil de

1- Saldo estimado em aplicações de fevereiro 2011 a junho 2012 534000 mil reais, mais 6 mil de INFORMAÇÕES GERAIS 1- Saldo estimado em aplicações de fevereiro 2011 a junho 2012 534000 mil reais, mais 6 mil de adiantamento a funcionários, TOTALIZANDO, ENTRE DISPONIBILIDADES E CRÉDITOS, O VALOR DE

Leia mais

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios Vitória, 25 de Junho de 2012. A Selecta, empresa de Recrutamento e Seleção, divulga as vagas de emprego em aberto, com destaque para: Vendedor Externo, Assistente de Crédito e Cobrança, Auxiliar Administrativo,

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação por Tempo de Serviço. Programa de Alimentação ao Trabalhador - Pat

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação por Tempo de Serviço. Programa de Alimentação ao Trabalhador - Pat Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Pará CNPJ: 14.974.293/0001-12 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 922.380,03 665.569,81 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESA CORRENTE 541.961,33 188.309,60

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 Pág. : 1 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 6.075.000,00 385.244,45 3.028.821,45 49,86 3.046.178,55 6.2.1.1 CONTRIBUIÇÕES 4.949.000,00 295.008,08

Leia mais

Proposta Orçamentária Exercício 2015

Proposta Orçamentária Exercício 2015 Página : 1 1.0.00.00 - RECEITAS CORRENTES 1.954.000,00 1.1.00.00 - RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES 1.540.663,00 1.1.01.00 - ANUIDADE 1.540.663,00 1.1.01.01 - ANUIDADE DO EXERCICIO 1.035.137,00 1.1.01.01.01 -

Leia mais

SEGS - SISTEMA DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO SINDICAL Procedimento

SEGS - SISTEMA DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO SINDICAL Procedimento SEGS - SISTEMA DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO SINDICAL Procedimento PR.06 REALIZAÇÃO DE SERVIÇOS 07/08/2012 14 1/5 1. OBJETIVO Executar os serviços sindicais de acordo com os padrões de qualidade estabelecidos

Leia mais

GRANDE ORIENTE DO BRASIL - ESPÍRITO SANTO. Fl. 01 ORÇAMENTO 2015

GRANDE ORIENTE DO BRASIL - ESPÍRITO SANTO. Fl. 01 ORÇAMENTO 2015 Fl. 01 ORÇAMENTO 2015 Fl. 02 PODER EXECUTIVO GRÃO MESTRE ESTADUAL - Américo Pereira da Rocha GRÃO-MESTRE ESTADUAL ADJUNTO - Naeme José de Sá SECRETARIA ESTADUAL DE GABINETE SECRETARIA ESTADUAL DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2002 e de 2001 e parecer dos auditores independentes

GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2002 e de 2001 e parecer dos auditores independentes GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2002 e de 2001 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes 21 de março de 2003

Leia mais

A conta Caixa apresentava saldo de R$1.529,28 em 31 de dezembro de 2010.

A conta Caixa apresentava saldo de R$1.529,28 em 31 de dezembro de 2010. São Paulo, 07 de fevereiro de 2011. A Associação Alphaville Residencial 11 Avenida Yojiro Takaoka, 6.720 06540-001 Santana de Parnaíba - SP Att. Srs. Diretores Prezados Senhores: Conforme nossa proposta

Leia mais

Prestação de Contas Segundo e Terceiro Trimestre 2012

Prestação de Contas Segundo e Terceiro Trimestre 2012 Introdução: O terceiro trimestre de se encerou com saldo em conta movimento na ordem de R$ 45.931,93 (quarenta e cinco mil novecentos e trinta e um reais e noventa e três centavos) e em aplicação financeira

Leia mais

Conta Descrição Fixada + Alterações...Realizada... 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 5.300.000,00 364.180,63 2.350.309,73 44,35 2.949.

Conta Descrição Fixada + Alterações...Realizada... 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 5.300.000,00 364.180,63 2.350.309,73 44,35 2.949. COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 Pág. : 1 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 5.300.000,00 364.180,63 2.350.309,73 44,35 2.949.690,27 6.2.1.1 CONTRIBUIÇÕES 4.370.000,00 324.736,22

Leia mais

Agência de Propaganda

Agência de Propaganda Agência de Propaganda Um assinante do Consultor Municipal fez a seguinte consulta: As empresas de propaganda e marketing são consideradas agências? E qual seria a base de cálculo do ISS? Por ser um assunto

Leia mais

GRANDE ORIENTE DO BRASIL - ESPÍRITO SANTO. Fl. 01 ORÇAMENTO 2016

GRANDE ORIENTE DO BRASIL - ESPÍRITO SANTO. Fl. 01 ORÇAMENTO 2016 Fl. 01 ORÇAMENTO 2016 Fl. 02 PODER EXECUTIVO GRÃO MESTRE ESTADUAL - Americo Pereira da Rocha GRÃO-MESTRE ESTADUAL ADJUNTO - Helio Soares da Luz Sodré SECRETARIA ESTADUAL DE GABINETE SECRETARIA ESTADUAL

Leia mais

RESUMO DOS PROGRAMAS POR TIPO

RESUMO DOS PROGRAMAS POR TIPO Tipo: 1 - Finalístico Programa: 5140 - ESPAÇO ABERTO Objetivo: PROMOVER A INTEGRAÇÃO ENTRE O PODER PÚBLICO MUNICIPAL E OS MUNÍCIPES EM CONJUNTO COM OS DEMAIS ORGÃOS QUE COMPÕE A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL.

Leia mais

CARTA TÉCNICA. Orientação para elaboração de Orçamento

CARTA TÉCNICA. Orientação para elaboração de Orçamento CARTA TÉCNICA Orientação para elaboração de Orçamento ENTIDADES QUE PODEM REALIZAR A SOLICITAÇÃO: Todas as entidades conveniadas ou não. FINALIDADE: Orientar entidades na elaboração de orçamentos. CONTATO:

Leia mais

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM DECRETO nº 1098, de 12 de fevereiro de 2009 Dispõe sobre alocação, denominação e atribuições dos órgãos que compõem a estrutura organizacional do Gabinete da Prefeita e dá outras providências. A PREFEITA

Leia mais

3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 15.506, de 31 de julho de 1991; Decreto nº 15.813, de 24 de abril de 1992; Lei nº 15.738, de

Leia mais

CRF/PB. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia da Paraíba CNPJ: 08.338.774/0001-39. Página:1/6

CRF/PB. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia da Paraíba CNPJ: 08.338.774/0001-39. Página:1/6 Conselho Regional de Farmácia da Paraíba CNPJ: 08.338.774/0001-39 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 4.500.00 3.539.976,99 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESAS CORRENTES 3.533.00 955.295,01 955.295,01

Leia mais

SEBRAEtec Diferenciação

SEBRAEtec Diferenciação SEBRAEtec Diferenciação REGULAMENTO Investir em inovação tecnológica é fundamental para a competitividade das micro e pequenas empresas gaúchas. 2 2014 Mais recursos para as MPEs representam mais desenvolvimento

Leia mais

PORTARIA Nº 008, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014.

PORTARIA Nº 008, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 008, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. Aprova o regulamento de utilização do auditório e das salas de treinamentos da GRANFPOLIS. O PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO DA GRANDE FLORIANÓPOLIS

Leia mais

CRF/PR. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia do Paraná CNPJ: 76.693.886/0001-68. Página:1/6. Funções.

CRF/PR. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia do Paraná CNPJ: 76.693.886/0001-68. Página:1/6. Funções. Conselho Regional de Farmácia do Paraná CNPJ: 76.693.886/0001-68 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 14.028.00 12.940.689,80 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESAS CORRENTES 13.375.00 1.082.192,20 1.082.192,20

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARAIBA Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2012

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARAIBA Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2012 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2012 Pág. : 1 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 2.600.000,00 238.142,92 1.067.781,32 41,07 1.532.218,68 6.2.1.1 CONTRIBUIÇÕES 2.172.925,79 205.317,79

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS DO EXERCÍCIO 2013

PRESTAÇÃO DE CONTAS DO EXERCÍCIO 2013 CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ PRESTAÇÃO DE CONTAS DO EXERCÍCIO 2013 Prestação de Contas do Exercício de 2013 CRM-PR Saldo do exercício de 2012 R$ 5.487.745,60 Arrecadação no exercício de 2013

Leia mais

O ORÇAMENTO PÚBLICO MUNICIPAL E OS RECURSOS PARA A INFÂNCIA. Exemplo prático

O ORÇAMENTO PÚBLICO MUNICIPAL E OS RECURSOS PARA A INFÂNCIA. Exemplo prático O ORÇAMENTO PÚBLICO MUNICIPAL E OS RECURSOS PARA A INFÂNCIA Exemplo prático Incluir no PPA as ações do plano Proteção Integral, que envolve programas de interesse da INFÂNCIA Um município quer implantar

Leia mais

Por isso a Estrela do Mar executa, com esmero, serviços contábeis, administrativos, consultoria jurídica, cobranças e contratação de pessoal.

Por isso a Estrela do Mar executa, com esmero, serviços contábeis, administrativos, consultoria jurídica, cobranças e contratação de pessoal. Nossa Empresa Criada em, a Estrela do Mar administra condomínios baseada em diretrizes humanas e modernas. Trata, de forma diferenciada, questões administrativas, contábeis e jurídicas, para maior tranqüilidade

Leia mais

Legalização de Empresa (Plano Platinum) MEI (Micro Empreendedor Individual) Plano Platinum. Contabilidade (Plano Silver) Valor com desconto

Legalização de Empresa (Plano Platinum) MEI (Micro Empreendedor Individual) Plano Platinum. Contabilidade (Plano Silver) Valor com desconto Descrição Prazo Valor Integral Valor com desconto Legalização de Empresa (Plano Platinum) Até 30 dias corridos 1.200 850,00 Abertura Completa de sua empresa: Contrato Social, CNPJ, Alvará, Inscrição Estadual).

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do Exercício: 2014 CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 4ª REGIAO AVENIDA AMAZONAS, 298-15º ANDAR BELO HORIZONTE-MG Telefone: (31) 3207-5000 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Período: 01/10/2014

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do Exercício: 2014 CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 4ª REGIAO AVENIDA AMAZONAS, 298-15º ANDAR BELO HORIZONTE-MG Telefone: (31) 3207-5000 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Período: 01/06/2014

Leia mais

Ministério da Previdência Social Redução de Gastos Julho - 2015 DESPESA 2012 2013 2014 2015 2016 DATAPREV DESPESA 2012 2013 2014 EXEC 1º SEM PROJEÇÃO Diárias e Passagens 562.609.894 587.443.620 609.750.166

Leia mais

2004 - Assistência Médica e Odontológica aos Servidores Civis, Empregados, Militares e seus Dependentes

2004 - Assistência Médica e Odontológica aos Servidores Civis, Empregados, Militares e seus Dependentes Programa 2123 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério do Esporte Número de Ações 10 Tipo: Operações Especiais 09HB - Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o Custeio do Regime

Leia mais

MBA Executivo UFPE. Disciplina: Ambiente de Negócios. Setembro/2011 Prof. Bosco Torres SHOPPING CENTERS

MBA Executivo UFPE. Disciplina: Ambiente de Negócios. Setembro/2011 Prof. Bosco Torres SHOPPING CENTERS MBA Executivo UFPE Disciplina: Ambiente de Negócios Setembro/2011 Prof. Bosco Torres SHOPPING CENTERS Fonte: MATTAR, Fauze Najib. Administração de Varejo. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011 Prof. Bosco Torres

Leia mais

Condomínio Vivendas Bela Vista DEMONSTRATIVO DE RECEITAS E DESPESAS

Condomínio Vivendas Bela Vista DEMONSTRATIVO DE RECEITAS E DESPESAS Pág: 1/5 Janeiro / 2008 - Período: 01/01/2008 a 31/01/2008 RECEITAS/HISTÓRICO RECEITAS ORDINÁRIAS Taxa Condominial Ordinária - Ref: 09/07 Taxa Condominial Ordinária - Ref: 10/07 Taxa Condominial Ordinária

Leia mais

CONTADOR (A) (Cód.713)

CONTADOR (A) (Cód.713) CONTADOR (A) (Cód.713) Para trabalhar em empresa de médio porte prestadora de serviços Atividades a serem desenvolvidas: Atuar como responsável na legalização da empresa, elaboração de contrato social,

Leia mais

Tutorial Módulo Financeiro

Tutorial Módulo Financeiro Tutorial Módulo Financeiro Definição o módulo Financeiro, do Sistema GI, destina-se ao registro das movimentações financeiras que ocorrem na igreja, sejam elas de receitas confirmadas (dízimos, ofertas,

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31/12/2014 e 31/12/2013

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31/12/2014 e 31/12/2013 Registro no Cartório de Títulos e Documentos em 02/10/1934. Sob o nº 1.152, Livro "A" nº 6. BALANÇO PATRIMONIAL EM 31/12/2014 e 31/12/2013 2014 2013 Variação ATIVO ATIVO CIRCULANTE Caixa - - - Banco do

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS ESTADO DA BAHIA _ LEI Nº 429/07 Cria a Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Teixeira de Freitas, Estado da Bahia. Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil

Ordem dos Advogados do Brasil EXCELENTÍSSIMOS SENHORES: PRESIDENTE, DIRETORES E MEMBROS DO EGRÉGIO CONSELHO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, SECÇÃO DE SÃO PAULO. Para os devidos fins, apresentamos as Demonstrações Contábeis referentes

Leia mais

GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2003 e de 2002 e parecer dos auditores independentes

GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2003 e de 2002 e parecer dos auditores independentes GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2003 e de 2002 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes Aos Administradores

Leia mais

GESTÃO DO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA ASPECTOS LEGAIS, ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS

GESTÃO DO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA ASPECTOS LEGAIS, ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS GESTÃO DO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA ASPECTOS LEGAIS, ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS ILUMEXPO 2014 3ª Exposição e Fórum de Gestão de Iluminação Pública Luciana Hamada Junho 2014 IBAM, MUNICÍPIO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Questionário de entrevista com o Franqueador

Questionário de entrevista com o Franqueador Questionário de entrevista com o Franqueador O objetivo deste questionário é ajudar o empreendedor a elucidar questões sobre o Franqueador, seus planos de crescimento e as diretrizes para uma parceria

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMOVEIS - 4ª REGIÃO RUA CARIJOS 244 10º ANDAR EDIFICIO WALMAP BELO HORIZONTE-MG Telefone: (31) 3271-6044 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do : 2014 : 01/01/2014

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO PARA 2012

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO PARA 2012 PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO PARA 2012 O planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas às implicações futuras de decisões presentes (Peter Drucker) 2 I. SUMARIO II. APRESENTAÇÃO III. BASE ESTRATÉGICA

Leia mais

1. Estruturação da Matriz Orçamentária. O Gerenciamento Matricial de Despesas por Carlos Alexandre Sá

1. Estruturação da Matriz Orçamentária. O Gerenciamento Matricial de Despesas por Carlos Alexandre Sá O Gerenciamento Matricial de Despesas por Carlos Alexandre Sá Nos processos tradicionais, quando um executivo prepara o orçamento do departamento sob sua responsabilidade, age como somente o seu centro

Leia mais

CONTER. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40. Página:1/5

CONTER. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40. Página:1/5 Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 6.780.80 2.392.725,12 2.392.725,12 4.388.074,88 VENCIMENTOS E VANTAGENS

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA DO AMAPÁ- CAU AP PLANO DE AÇÃO EXERCÍCIO 2013

CONSELHO DE ARQUITETURA DO AMAPÁ- CAU AP PLANO DE AÇÃO EXERCÍCIO 2013 CONSELHO DE ARQUITETURA DO AMAPÁ- CAU AP PLANO DE AÇÃO EXERCÍCIO 2013 Unidade Operacional: Comissão de Administração e Finanças Responsável: Arq. Sr. Eumenides de Almeida Mascarenhas Projeto/ Atividade:

Leia mais

Orientações para o Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural

Orientações para o Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural Orientações para o Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural 1. Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural no bioma Amazônia... 2 2. Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DELEGADOS POLÍCIA ESTADO SÃO PAULO BALANCO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 CIRCULANTE DISPONÍVEL Caixa 7.

ASSOCIAÇÃO DELEGADOS POLÍCIA ESTADO SÃO PAULO BALANCO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 CIRCULANTE DISPONÍVEL Caixa 7. ASSOCIAÇÃO DELEGADOS POLÍCIA ESTADO SÃO PAULO BALANCO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 CIRCULANTE DISPONÍVEL Caixa 7.998,47 BANCOS C/MOVIMENTO Nossa Caixa - Nosso Banco 587,31 Banespa -

Leia mais

CRP/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76. Página:1/5

CRP/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76. Página:1/5 Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76 Comparativo da Paga 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 10.218.906,43 571.837,92 3.904.353,83 6.314.552,60 6.2.2.1.1.01

Leia mais

ORÇAMENTO / AFBDMG CORRETORA - ANO 2016 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS COM MEMÓRIA DE CÁLCULOS

ORÇAMENTO / AFBDMG CORRETORA - ANO 2016 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS COM MEMÓRIA DE CÁLCULOS 1 RECEITAS DA CORRETORA 1.1 COMISSÃO S/SEGUROS - CATIVOS Referente à comissão recebida da apólice de seguro de vida em grupo mantida junto a Bradesco Seguros Vida e Previdência 1.557,23 PERÍODO Média de

Leia mais

Realizado JAN/DEZ 2013: R$ 183.317 mil

Realizado JAN/DEZ 2013: R$ 183.317 mil FONTES E USOS - Visão Sintética DE TERCEIROS Disponibilidade Anterior Fluxo do Exercício PRÓPRIOS Disponibilidade Anterior Receitas do Exercício T O T A L FONTES DE RECURSOS 12.766 17.549 137,5 37,5 4.783

Leia mais

Comparativo da Despesa Empenhada

Comparativo da Despesa Empenhada Conselho Federal de Psicologia CNPJ: 00.393.272/0001-07 Comparativo da Empenhada Período: 01/01/2014 a 31/12/2014 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 22.971.460,84 6.546.770,91 6.2.2.1.1.01 - CRÉDITO

Leia mais

5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais

5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais 5 Apresentação do método de avaliação de desempenho aplicado ao Programa TV Digital para as Áreas Rurais 5.1 A Rede Globo A Rede Globo é uma das maiores redes de televisão do mundo, com milhões de espectadores

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 3 O QUE É PLANEJAMENTO DE VENDAS E OPERAÇÕES?

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 3 O QUE É PLANEJAMENTO DE VENDAS E OPERAÇÕES? PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 3 O QUE É PLANEJAMENTO DE VENDAS E OPERAÇÕES? Índice 1. O que é planejamento de...3 1.1. Resultados do planejamento de vendas e operações (PVO)...

Leia mais

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI

Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Módulo 12 Gerenciamento Financeiro Módulo 12 Gerenciamento Financeiro para Serviços de TI Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a

Leia mais

Balancete. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06. Créditos. Conta. Página:1/24

Balancete. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06. Créditos. Conta. Página:1/24 Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06 Balancete Período: 01/05/2015 a 31/05/2015 Conta Anterior Débitos Créditos 1 - ATIVO 660.339,65D 383.449,46 379.045,53 664.743,58D

Leia mais

CREFITO/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20.

CREFITO/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 6.425.208,00 2.742.999,95 2.742.999,95 3.682.208,05 CRÉDITO

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA I Prestação de Serviço de Assessoria de Comunicação

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA I Prestação de Serviço de Assessoria de Comunicação ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA I Prestação de Serviço de Assessoria de Comunicação 1. DA JUSTIFICATIVA O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina CAU/SC, por sua criação recente e característica

Leia mais

Relatório Controle Interno 2º. Quadrimestre 2015

Relatório Controle Interno 2º. Quadrimestre 2015 Relatório Controle Interno 2º. Quadrimestre 2015 1. APRESENTAÇÃO Nos termos do artigo 74 da Constituição Federal, artigo 59 da Lei Complementar nº. 59, artigos 63 a 66 da Lei Complementar nº. 33, de 28

Leia mais

DEMONSTRATIVO FINANCEIRO - JANEIRO 2013

DEMONSTRATIVO FINANCEIRO - JANEIRO 2013 DEMONSTRATIVO FINANCEIRO - JANEIRO 2013 SALDO INICIAL TOTAL EM 31/12/2012 268.063,35 DESPESAS 290.766,92 SALDO INICIAL EM BANCO 263.178,39 DESPESAS ASSEJUS 290.766,92 DESPESAS COM PESSOAL 59.853,97 BANCO

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho PUBLICIDADE IT. 40 09 1 / 4 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para a execução das atividades de publicidade do Crea GO. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA PO. 08 Avaliação da satisfação do cliente 3. PROCEDIMENTOS

Leia mais

Demonstrações Financeiras. Confederação Brasileira de Remo. em 31 de dezembro de 2012. Com relatório dos Auditores Independentes

Demonstrações Financeiras. Confederação Brasileira de Remo. em 31 de dezembro de 2012. Com relatório dos Auditores Independentes Demonstrações Financeiras Confederação Brasileira de Remo em 31 de dezembro de 2012. Com relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras ÍNDICE I. Relatório dos Auditores Independentes

Leia mais

de 2014, sinalizava 0,00 382.137,00 26% 37% 36% Saldo Líquido R$ Receitas R$ Períodoo 23.228,84 O baixo valor Fundos R$ Custeio Codepama Reserva

de 2014, sinalizava 0,00 382.137,00 26% 37% 36% Saldo Líquido R$ Receitas R$ Períodoo 23.228,84 O baixo valor Fundos R$ Custeio Codepama Reserva RELATÓRIO FINANCEIRO DEE 2014 Apresentamos a situação financeira do Condomínio Retiro do Chalé de 2014. 1. Situação ao Final de 2013 A situação financeira ao final de 2013, apresentada saldo total de R$

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO FINANCEIRA VICE-DIRETORIA ADMINISTRATIVA

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO FINANCEIRA VICE-DIRETORIA ADMINISTRATIVA POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO FINANCEIRA VICE-DIRETORIA ADMINISTRATIVA ABRIL 2011 1 1. APRESENTAÇÃO A expansão das atividades de ensino e melhoramento da infraestrutura física ofertada tem exigido da Faculdade

Leia mais

GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006 e de 2005 e parecer dos auditores independentes

GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006 e de 2005 e parecer dos auditores independentes GIFE - Grupo de Institutos, Fundações e Empresas Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006 e de 2005 e parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes Aos Administradores

Leia mais

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS

PAINEL DE INDICADORES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS PAINEL DE ES ESTRATÉGICOS DO TRE-RS 2014 SOCIEDADE: Prestar serviços de excelência 1 Índice de respostas a contatos dirigidos à Ouvidoria Mede o percentual de contatos dirigidos à Ouvidoria que receberam

Leia mais

Comparativo da Despesa Empenhada

Comparativo da Despesa Empenhada Conselho Federal de Psicologia CNPJ: 00.393.272/0001-07 Comparativo da Empenhada Período: 01/01/2013 a 31/12/2013 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 23.529.630,47 354.627,97 6.2.2.1.1.01 - CRÉDITO

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do Exercício: 2013 CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 4A REGIAO AVENIDA AMAZONAS, 298-15º ANDAR BELO HORIZONTE-MG Telefone: (31) 3207-5000 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Período: 01/01/2013

Leia mais

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2014

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2014 Programa 2123 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério do Esporte 00M1 - Benefícios Assistenciais decorrentes do Auxílio-Funeral e Natalidade Tipo: Operações Especiais Número de Ações 11 Despesas

Leia mais

Edital 03.2014 TERMO DE REFERÊNCIA 01

Edital 03.2014 TERMO DE REFERÊNCIA 01 Edital 03.2014 TERMO DE REFERÊNCIA 01 ELABORAÇÃO DE PLANOS DE SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA PARA EMPREENDIMENTOS ECONÔMICOS SOLIDÁRIOS ORGANIZADOS EM REDES DE COOPERAÇÃO NOS TERRITÓRIOS DA MATA SUL/PE, MATA

Leia mais

Guia de Recursos e Funcionalidades

Guia de Recursos e Funcionalidades Guia de Recursos e Funcionalidades Sobre o Treasy O Treasy é uma solução completa para Planejamento e Controladoria, com o melhor custo x benefício do mercado. Confira alguns dos recursos disponíveis para

Leia mais

MC Coutinho Advocacia e Assessoria - QND 14 Lote 11 Sala 104 - Taguatinga Norte / DF Fone: (61) 3354-1575 (61) 3263-5362 Web Site:

MC Coutinho Advocacia e Assessoria - QND 14 Lote 11 Sala 104 - Taguatinga Norte / DF Fone: (61) 3354-1575 (61) 3263-5362 Web Site: APRESENTAÇÃO O Escritório MC Marins Coutinho é hoje referência em Direito Trabalhista e Sindical. A especialização em tais áreas do direito social faz parte de sua estratégia de diferenciação e excelência

Leia mais

ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO - SAMAS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE CULTURA REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS

ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO - SAMAS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE CULTURA REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ASSOCIAÇÃO AMIGOS DO MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO - SAMAS - ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE CULTURA REGULAMENTO DE COMPRAS E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS Capitulo I - Objetivo. Artigo 1º - O presente regulamento

Leia mais

1.1.2.07.001 Empréstimos a empregados 1.1.2.07.002 Empréstimos a terceiros 1.1.2.08 Tributos a Compensar 1.1.2.08.001 IR Retido na Fonte a Compensar

1.1.2.07.001 Empréstimos a empregados 1.1.2.07.002 Empréstimos a terceiros 1.1.2.08 Tributos a Compensar 1.1.2.08.001 IR Retido na Fonte a Compensar A seguir um modelo de Plano de Contas que poderá ser utilizado por empresas comerciais, industriais e prestadoras de serviços, com as devidas adaptações: 1 Ativo 1.1 Ativo Circulante 1.1.1 Disponível 1.1.1.01

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA. TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA CONS FIN 04 01 Vaga 1. IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Consultoria Financeira de conciliação das informações repassadas pelos

Leia mais

Prestação de Contas Exercício 2013. Sisma/MT

Prestação de Contas Exercício 2013. Sisma/MT Prestação de Contas Exercício 2013 Sisma/MT SINDICATO DOS SERV. DA SAÚDE E MEIO AMB. ESTADO DE MATO GROSSO CNPJ: 03.094.349/0001-28 SINDICATO DOS SERV. DA SAÚDE E MEIO AMB. ESTADO DE MATO GROSSO CNPJ:

Leia mais

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens Aprenda a Trabalhar com Telemensagens 2 Incluindo dicas de Cestas, Flores, Presentes e Internet Do Iniciante ao Profissional www.as2.com.br 1 Aprenda a Trabalhar com Telemensagens FASCÍCULO 2 Adquira o

Leia mais

Diário :18 Folha: 222 Descrição Classificação Conta Exercício Atual

Diário :18 Folha: 222 Descrição Classificação Conta Exercício Atual Diário :18 Folha: 222 R E C E I T A S OUTRAS RECEITAS OPERACIONAIS OUTRAS RECEITAS RECEITAS DE ALUGUEIS RECEITA DE LOCAÇÃO 3-2-09-01-03 9 500,00C =RECEITAS DE ALUGUEIS ********500,00C =OUTRAS RECEITAS

Leia mais

a) Notas explicativas às demonstrações contábeis 1 Constituição, objetivo social e contexto operacional

a) Notas explicativas às demonstrações contábeis 1 Constituição, objetivo social e contexto operacional a) Notas explicativas às demonstrações contábeis 1 Constituição, objetivo social e contexto operacional O Conselho Regional de Administração de São Paulo, vinculado ao Conselho Federal de Administração,

Leia mais

Francisco Paulo Pimenta Maria Tereza de Araújo Serra

Francisco Paulo Pimenta Maria Tereza de Araújo Serra TEXTO: FINANCIAMENTO (MECANISMOS E INSTRUMENTOS) Diretrizes Orçamentárias, Plano Integrado e Orçamento Público da União, Estados, Distrito Federal e Municípios: conhecer para exigir, exigir para incluir,

Leia mais

SIND-UFLA SIND. TEC. ADM. EDUC. INSTIUIÇÕES FED. DE ENSINO DE LAVRAS BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 A T I V O

SIND-UFLA SIND. TEC. ADM. EDUC. INSTIUIÇÕES FED. DE ENSINO DE LAVRAS BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 A T I V O SIND-UFLA SIND. TEC. ADM. EDUC. INSTIUIÇÕES FED. DE ENSINO DE BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 ATIVO CIRCULANTE A T I V O DISPONIVEL Banco c/ Movimento 10.043,15 10.043,15 OUTROS CRÉDITOS Adiantamentos

Leia mais

Realizar pesquisas de satisfação da comunidade frente aos serviços prestados e torná-las públicas

Realizar pesquisas de satisfação da comunidade frente aos serviços prestados e torná-las públicas PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE GESTÃO PÚBLICA - "A SANTA MARIA QUE QUEREMOS" Visão: Que em 2020 Santa Maria seja um município que preste Serviços de Qualidade a seus cidadãos, com base

Leia mais

Soluções inteligentes para quem exige qualidade máxima.

Soluções inteligentes para quem exige qualidade máxima. Soluções inteligentes para quem exige qualidade máxima. QualityMax Serviços e Tecnologia Com a QualityMax Serviços e Tecnologia, o cliente deixa de ter problemas graças às soluções modernas e aderentes

Leia mais

O que é o PLHIS? Quais são os beneficiários do PLHIS? Quais são as exigências do PLHIS?

O que é o PLHIS? Quais são os beneficiários do PLHIS? Quais são as exigências do PLHIS? O que é o PLHIS? Quais são os beneficiários do PLHIS? Quais são as exigências do PLHIS? Planejamento Planejamento é uma das condições para a prática profissional dos Assistente Social (BARBOSA, 1991).

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL OBRIGATORIEDADE

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL OBRIGATORIEDADE FUNDAMENTAÇÃO LEGAL Os artigos 578 e 579 da CLT preveem que as contribuições devidas aos sindicatos, pelos que participem das categorias econômicas ou profissionais ou das profissões liberais representadas

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Habitação. CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Representação de Apoio ao Desenvolvimento Urbano

MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Habitação. CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Representação de Apoio ao Desenvolvimento Urbano MINISTÉRIO DAS CIDADES Secretaria Nacional de Habitação CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Representação de Apoio ao Desenvolvimento Urbano SNHIS / FNHIS - Lei nº 11.124/05 REQUISITOS PARA ADESÃO DOS MUNICÍPIOS AO

Leia mais