À todo o vapor. Comportamento Seguro

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "À todo o vapor. Comportamento Seguro"

Transcrição

1 42 - outubro de ano IV À todo o vapor Metas de produção são as mais desafiadoras da história Comportamento Seguro SIPATs reforçam o tema nas unidades Mais segurança Treinamentos são destaques nas unidades Código de Ética Lideranças passam por reciclagem sobre o tema Pág. 7 Pág. 8

2 Editorial Crescimento sustentável e ético O crescimento sustentável de qualquer empresa depende do tripé: economia, meio ambiente e responsabilidade social. Áreas que envolvem diretamente os conceitos de Saúde, Segurança e Meio Ambiente. Reforçar estes conceitos é fundamental para fomentar o crescimento da Galvani. Por isso, o Grupo tem investido na realização da Campanha de SSMA, direcionada para todas as áreas por meio dos DDIs. Ela tem como objetivo, melhorar os processos internos e a qualidade de vida dos funcionários. Este mês, o tema que é o controle de riscos ambientais, contempla os três conceitos citados, tendo como foco a preven- A união de esferas governamentais, empresas privadas e outras organizações, dentre elas, o Instituto Lina Galvani (ILG), tornaram possível a realização da Campanha Áreas de Preservação Permanentes (APPs) 100% Legais, em Luís Eduardo Magalhães (BA). O projeto beneficiará diretamente os produtores rurais locais que pretendem adequar suas propriedades à legislação ambiental vigente. A prefeitura e o Instituto Lina Galvani, conjuntamente com a Conservação Internacional (CI) e a Monsanto, assumiram este compromisso no mês de agosto. A campanha conta também com o apoio da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), do Sindicato Rural de LEM e da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa). O ILG e a Secretaria de Meio Ambiente farão o diagnóstico e o monitoramento das áreas de APPs do munição, seja em casa ou no trabalho. A importância deste projeto é tão grande, que ele será estendido em 2012, dando prosseguimento à campanha. Ainda tratando de Saúde, Segurança e Meio Ambiente, teremos a realização das SIPATs e SIPATMINs, em novembro. Eventos importantes para a empresa, que estão cada vez mais bem organizados pelos cipeiros e seus colaboradores. Com uma programação repleta de palestras e atividades interessantes para os funcionários, o evento também será estendido para familiares e comunidades locais nas unidades. A expectativa dos organizadores é que o público presente supere as edições passadas. Quanto maior a participação, maior também será a conscientização de todos. Outro ponto fundamental para o bom andamento de nosso negócio, inclusive, uma das diretrizes da Galvani para 2011, é o cumprimento do Código de Ética. Para assegurá-lo, todas as lideranças passarão por um novo treinamento até novembro deste ano. A proposta é que eles assumam o compromisso do respeito à Ética em suas relações de trabalho e cobrem o mesmo de seus liderados. Luiz Antonio Bonagura Diretor-presidente Comemoração Ações marcam Dia da Árvore As árvores são essenciais à vida dos seres vivos. São responsáveis pela conservação das nascentes, manutenção da boa qualidade do ar e temperatura, além de proverem frutos e matéria prima. Dada esta importância, a Organização das Nações Unidas (ONU) declarou 2011, como o Ano Internacional das Florestas. E há ainda uma data para a comemoração do Dia da Árvore, 21 de setembro. Para marcar esta data, a Galvani realizou palestras e distribuiu cartilhas sobre a importância das árvores para os funcionários e estudantes de escolas em Campo Alegre de Lourdes (BA), nas comunidades de Angico dos Dias e Peixe (BA), Irecê (BA), Luís Eduardo Magalhães (BA), Maruim (SE) e Paulínia (SP). Para Diego, aluno do 3º ano do Ensino Fundamental da EMEF Professor Domingos de Araújo, de Paulínia, a apresentação foi muito boa. Eu gostei da palestra e pedi para o meu pai plantar uma árvore, disse. No dia foi reafirmado também o compromisso da empresa de realizar o plantio das árvores, por meio das ações registradas durante a campanha do Dia do Meio Ambiente. Comunicação Recuperação de APPs em LEM cípio, dando suporte aos produtores que queiram aderir ao programa. Será disponibilizada ainda, uma equipe de técnicos para diagnosticar e identificar quais metodologias serão utilizadas para a recuperação das áreas, caso a caso. Nas áreas onde o plantio de mudas for recomendado, o Parque Fioravante Galvani disponibilizará espécies nativas do Cerrado. Está previsto o fornecimento de 20 mil mudas doadas pelo parque, durante o primeiro ano de campanha. O projeto contará também com outras atividades, como a formação de Parque doará 20 mil mudas nativas para recuperação de APPs uma rede de coletores de sementes e o Festival das Sementes, uma ação de educação ambiental que será desenvolvida em duas escolas rurais locais. Mais informação nas comunidades Com o objetivo de divulgar melhor suas atividades e ações para as comunidades do entorno, a Galvani passou a produzir o informativo impresso Cultivar, na cidade de Luís Eduardo Magalhães (BA). Depois, foi a vez de estender a ação para Campo Alegre de Lourdes (BA), onde fica o povoado de Angico dos Dias. Lá, além do jornal, também há o programa de rádio Cultivar. Após a constatação de que a população nestes locais praticamente não conhece a atividade da Galvani, seus processos, controles ambientais e ações em benefício da comunidade, foi criado o jornal para levar periodicamente todas estas notícias à população. A intenção é oferecer informação às pessoas, ajudar a desmitificar nossa atividade e construir uma ima- gem positiva da empresa perante seus públicos, afirma Rodolfo Neto, Gerente de Comunicação. Com a decisão de levar a ação para Angico dos Dias foi possível verificar que o rádio seria ainda mais eficiente naquela localidade. Então, foi criado também o programa semanal Cultivar, que além de notícias da Galvani, leva ao ouvinte informações da região, prestação de serviços e música regional. São 30 minutos de programa, todas as terças-feiras, às 14 horas, por meio da Rádio Serra da Capivara (550 AM), localizada no município de São Raimundo Nonato (PI). 2 3

3 Capa Comportamento Seguro: leve para onde for Unidades já se preparam para as SIPATs e SIPATMINs, aguardando bons resultados Adotar uma postura segura, onde quer que você esteja. Esta é a mensagem e o tema que norteará a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT) nas unidades este ano. O objetivo é conscientizar os funcionários a sempre agirem pensando na segurança. Afinal, atitudes adequadas contribuem para a prevenção de acidentes, seja na empresa, na rua ou em casa. O grande destaque, dentre os temas abordados, será os cuidados no trajeto e no trânsito, já que muitos funcionários utilizam motos e carros no dia a dia. Para isso, as unidades de Lagamar (MG), Angico dos Dias (BA), Irecê (BA) e Paulínia (SP), já deram início ao trabalho de planejamento dos eventos que acontecerão em novembro (vide tabela na página ao lado). Vale lembrar que no CILEM, a SIPAT será realizada no início de Preparativos e expectativas Em Lagamar, os preparativos já estão adiantados. Na agenda da unidade estão previstas palestras com profissionais externos das áreas de saúde, segurança e meio ambiente. Os temas abordados serão primeiros socorros, prevenção contra perda auditiva, preservação ambiental, cuidados com a visão, atenção ao transito e o perfil do profissional do futuro. A abertura da SIPATMIN de Lagamar será feita pelo Coordenador da unidade, Roberto Pedrosa, e o encerramento pelo presidente da CIPAMIN, Jurandir Fernandes. Toda a programação da UMA será replicada para a comunidade. As palestras fora da empresa acontecerão na Câmara Municipal. A divulgação será feita nas rádios, escolas e por meio de propagandas volantes. Nosso objetivo é que os funcionários e a comunidade saiam sensibilizados com o assunto proposto. Esperamos superar o número de participantes do ano passado, tanto na unidade, como fora dela, afirma Jurandir. O evento contará ainda com a distribuição de camisetas e sorteio de brindes para os funcionários. No CIP, a programação também estará repleta de atividades. Foram convidados profissionais do SESI/SENAI, para a realização de palestras sobre saúde, e a Rota das Bandeiras para falar sobre cuidados no trânsito. O evento terá como foco, a prática do Como praticar o comportamento seguro? comportamento seguro em todos os lugares. Escolhemos essa abordagem, pois ela contempla a tratativa dos problemas atuais na unidade e fora dela também. Vários dos acidentes registrados estão relacionados a atitudes inseguras, principalmente, em trajetos. Seja no trânsito dentro e fora da empresa, afirma Wilson Camargos de Oliveira, presidente da CIPA, em Paulínia. A expectativa com o evento, segundo Wilson, é atingir o máximo de pessoas e conscientizálas da necessidade de colocar em prática todo o conhecimento que for repassado durante a SIPAT. Queremos ter como resultado este ano, uma redução considerável no número de acidentes, por meio da adoção de boas práticas de segurança e saú- 1. Pensar, sentir e agir, considerando sempre os riscos aos quais está exposto e as melhores formas de controlá-los. 2. Respeitar sempre as normas e procedimentos. 3. Realizar qualquer tarefa da forma mais segura, com foco na prevenção. 4. Alertar os demais colegas com relação à importância da segurança comportamental e sua prática no dia a dia. 5. Priorizar sempre a segurança e a saúde de todos no trabalho e fora dele, com uma postura firme e ética. de no dia a dia, enfatiza. Nas unidades de Angico dos Dias e Irecê estão sendo definidas ainda as palestras e atividades para o evento. Porém, o presidente da CIPAMIN da UMA, Jasiel Cardoso, avisa que a comissão já está em busca de algo diferenciado para este ano. Houve uma renovação na CIPAMIN na unidade. Mais de 70% dos integrantes são novos. Eles querem ajudar a inovar o evento. Vamos aproveitar para fazer algo diferenciado, comenta. Jasiel afirma também que a expectativa é ter um evento ainda melhor do que nos anos anteriores. Vamos receber as famílias dos funcionários e a comunidade dentro da empresa. Além disso, algumas instituições locais também serão convidadas, complementa Jasiel. Veja quando serão realizadas as SIPATs e SIPATMINs Unidade Data Tema CIP 7 a 11 Valorize a vida, viva com segurança UML 7 a 11 Comportamento seguro: leve para onde for UMA 21 a 25 Trabalho sem prevenção pode ser o fim de sua profissão UMI 21 a 25 Segurança se faz com educação 4 5

4 Segurança e Meio Ambiente, um laço que nunca deve ser desfeito Em casa, na rua ou no trabalho, sempre estamos expostos a vários riscos presentes no meio ambiente. Eles podem ser químicos, físicos e biológicos. Cabe a todos evitar a exposição à estes agentes e controlar os aspectos que possam originálos. A eliminação ou a redução da exposição às condições de risco e a melhoria dos ambientes de trabalho para a proteção da saúde do trabalhador, são desafios para a empresa e funcionários, afirma José Alberto Neves, Gerente de SSMA. É sobre este tema tão importante, que a campanha de SSMA de outubro trabalhará nos DDIs, com todos os funcionários. A ideia é mostrar que os temas Segurança, Saúde e Meio Ambiente estão interligados e precisam ser entendidos de forma integrada, já que sempre refletem um no outro. Além disso, a campanha alerta que a melhor forma de prevenção, no dia a dia, é evitar os riscos presentes no ambiente que nos rodeia, enfatiza Neves. A Galvani possui vários procedimentos e programas para gestão da saúde e segurança dos trabalhadores, sempre com foco em dois aspectos: os ambientais, como os químicos, biológicos e físicos; e os de manuseio, como resíduos sólidos, líquidos e gasosos. Às vezes são necessários Químicos Físicos Biológicos Tipos de riscos ambientais e seus agentes Tintas, vernizes, solventes, limpeza de peças com óleo diesel, poeiras minerais, escapamentos de veículos, entre outros. Ruído, calor, vibração. investimentos caros e complexos, mas, em muitos casos, medidas simples e pouco onerosas podem ser implantadas. Como, por exemplo, Como colaborar na prevenção? Os funcionários também possuem a responsabilidade de ajudar na prevenção contra os riscos ambientais, apoiando e participando das seguintes atividades da empresa: Elaboração dos Mapas de Riscos; Manuseio de lixo urbano, manutenção em galerias de esgotos, lixo hospitalar, seringas não descartáveis ou não esterilizadas, entre outros. promover melhorias nas atividades manuais, descartar o lixo corretamente, utilizar os EPIs necessários, entre outros, ressalta Neves. Levantamentos ambientais para elaboração do PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) e PCMSO (Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional); Campanhas de meio ambiente; Reuniões da CIPA; Presença nas SIPATs; Colaboração com a coleta seletiva de resíduos; Programas de controle de saúde; Exames periódicos Treinamento Reforço na segurança Com o objetivo de disseminar conhecimentos técnicos para a execução de trabalhos em Segurança, foram realizados treinamentos nas unidades de Irecê (BA), Lagamar (MG), Fortaleza (CE), Uberlândia (MG), Luís Eduardo Magalhães (BA) e Paulínia (SP). Ao todo, 121 funcionários foram treinados de agosto a setembro na empresa. Na UMI, as áreas de Beneficiamento, Manutenção, SSMA, Lavra, Secagem e Elétrica participaram de treinamentos da NR10 - Norma Regulamentadora de Segurança em Serviços e Instalações Elétricas; Trabalho em Altura; e Espaço Confinado. Na UPF também houve treinamento da NR10. Participantes do treinamento de Brigada de Incêndio em LEM No CILEM, os departamentos de SSMA, Produção de Fertilizantes, Produção de Sulfúrico, Manuseio, Manutenção e Administrativo, participaram do curso de Brigada de Incêndio. No CIP, foi ministrado o curso da NR 13 - Segurança na Operação de Caldeira, para funcionários da Manutenção, Instrumentação e Operação. Na UML, funcionários da Secagem e Expedição foram treinados na NR 33 - Espaço Confinado. E na UBE foi realizado o curso de Operador de Trator. >> Veja mais fotos em: Minha empresa > Nossas Mãos Vilmar Alves de Araújo BENEFICIAMENTO - UML Perfil Alcançar o que se almeja, caminhando passo a passo. Vilmar Alves de Araújo é a prova de que com estudo, esforço e trabalho, é possível ter o sucesso desejado. Atuando desde 2006 na unidade de Lagamar, Vilmar ingressou como Auxiliar de Operações, na área de Secagem, passando depois por outras atividades. Mas foi depois de se formar em Técnico de Mineração, que conquistou a vaga de Assistente Jr., na área de Beneficiamento da unidade. Durante o trabalho na Galvani fui me interessando por mineração e resolvi fazer o curso. Isto me abriu muitas portas e tive acesso ao conhecimento técnico de toda a parte operacional do processo de produção. Com os conhecimentos que adquiri, consegui me preparar para migrar de cargo e área dentro da empresa, comenta. Sobre o ambiente de trabalho e a relação com os colegas, Vilmar afirma que todos se ajudam bastante e há muita troca de ideias. Gosto de colaborar com sugestões e partilhar conhecimentos com o pessoal. Algo que é muito importante para a melhoria do trabalho no dia a dia, enfatiza. Nos finais de semana, Vilmar aproveita o tempo livre para disputar uma partida de futebol com os colegas, descansar em casa e curtir a família. Funcionário durante treinamento na UMI 6 7

5 Ética A responsabilidade de ser um exemplo Alinhado com a primeira diretriz da Galvani para 2011, que é assegurar o cumprimento do Código de Ética, teve início e será realizada até novembro uma reciclagem sobre o tema com todas as lideranças da empresa. O treinamento repassa os tópicos do código e aborda situações práticas ligadas ao assunto dentro do ambiente de trabalho. O objetivo é mostrar que a atitude ética de cada um, principalmente daqueles que ocupam cargos de liderança, fortalece os laços de respeito e credibilidade junto à equipe de trabalho e diante dos variados públicos da empresa, enfatiza Rodolfo Galvani Neto, Gerente de Comunicação. O treinamento reforça ainda a necessidade das chefias serem exemplos do que estabelece o Código e que exijam a mesma postura de seus li- Treinamento do Código de Ética em Irecê derados, para que estes valores permeiem toda a organização. Mudança Novo Gerente Geral em CILEM/UIM As unidades de CILEM e UIM têm, a partir deste mês, uma nova gerência geral. Antonio Carlos Santana assume o cargo de Gerente Geral das duas unidades, em substituição a Ronaldo Galvani Júnior, que terá novas atribuições dentro do Grupo, em Paulínia. Antonio é formado em Engenharia Química e tem pós-graduação em Gestão de Negócios. Com mais de 20 anos de atuação no segmento industrial, passou por diversas áreas de empresas do setor de mineração, como Magnesita e Cadam (Grupo Vale). Santana tem experiência em gerenciamento de controles industriais e produção, além de gestão de equipes. O que achou desta edição? Envie sua sugestão para pela Intranet ou telefone (19) Esta é uma publicação mensal para os funcionários da Galvani. Coordenação: Departamento de Comunicação Editoração: Fellows Marketing & Co. Redação: Daniela Mattiaso MTB: Impressão: Gráfica Eskenazi Tiragem: exemplares Colaboraram nesta edição: Ana Paula Ferraz (CIP) Nívia Viana (UMI) Maria Renilda de Castro (CIP) Mônica Bacchiega (CIP) Foto da capa: João Pacheco

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Atuando com responsabilidade para colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Compromisso com um futuro melhor. Com o nosso trabalho, somos parte da solução para uma agricultura mais sustentável.

Leia mais

Sistema de Gestão de SMS

Sistema de Gestão de SMS DESCRIÇÃO DA EMPRESA Nome SMART EXPRESS TRANSPORTES LTDA EPP CNPJ 12.103.225/0001-52 Insc.Est. 79.477.680 Atividade: transporte rodoviário de carga em geral Código: 206-2 Nº de funcionários (inclusive

Leia mais

Por um mundo melhor Semana do Meio Ambiente convida crianças e funcionários a repensar geração e destino do lixo

Por um mundo melhor Semana do Meio Ambiente convida crianças e funcionários a repensar geração e destino do lixo Nossas Mãos 26 junho de 2010 ano III Por um mundo melhor Semana do Meio Ambiente convida crianças e funcionários a repensar geração e destino do lixo página 2 UML: sugestão de funcionário gera economia

Leia mais

INTEGRAÇÃO - EHS MEIO AMBIENTE, SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO

INTEGRAÇÃO - EHS MEIO AMBIENTE, SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO INTEGRAÇÃO - EHS MEIO AMBIENTE, SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Sustentabilidade Para garantir um futuro próspero às próximas gerações, nós fomentamos a Sustentabilidade como um pilar fundamental para o

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

Desenvolvimento de pessoas

Desenvolvimento de pessoas 61 - maio de 2013 - ano VI Desenvolvimento de pessoas Qualificação das equipes é estratégica para o negócio Bahia Farm Show Edição 2013 supera expectativas Pág. 6 Café com Empresas ILG promove debate em

Leia mais

1º de Dezembro Dia Mundial de Lutra Contra a Aids. Una-se a esta causa! Diga não ao preconceito e a discriminação.

1º de Dezembro Dia Mundial de Lutra Contra a Aids. Una-se a esta causa! Diga não ao preconceito e a discriminação. 1º de Dezembro Dia Mundial de Lutra Contra a Aids. Una-se a esta causa! Diga não ao preconceito e a discriminação. Estaremos vivendo e aprendendo com a Aids, afastando a diferença, entendendo que a epidemia

Leia mais

MMX - Controladas e Coligadas

MMX - Controladas e Coligadas POLITICA CORPORATIVA PC. 1.16.01 Política de Meio Ambiente Emissão: 02/10/06 1 Objetivo: Estabelecer diretrizes visando proteger os recursos naturais e o meio ambiente em todas das unidades operacionais.

Leia mais

Sumário. I. Apresentação do Manual. II. A Prevenção de Acidentes com Crianças. III. Programa CRIANÇA SEGURA Pedestre

Sumário. I. Apresentação do Manual. II. A Prevenção de Acidentes com Crianças. III. Programa CRIANÇA SEGURA Pedestre Sumário I. Apresentação do Manual II. A Prevenção de Acidentes com Crianças III. Programa CRIANÇA SEGURA Pedestre IV. Como a Educação pode contribuir para a Prevenção de Acidentes no Trânsito V. Dados

Leia mais

Cronograma de Atividades CIPA GESTÃO 2012-2013

Cronograma de Atividades CIPA GESTÃO 2012-2013 Julho/2012 Cronograma de Atividades CIPA GESTÃO 2012-2013 Slogan: Segurança se faz com Educação MÊS Atividades * Reunião Ordinária e Posse da CIPA: 06/07/2012 * Implantação da Urna de Sugestões da CIPA.

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR

COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO CIPA MODELO CEMAR UMA CIPA DE SUCESSO! Autor José Eduardo Santos de Sousa COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR RESUMO O presente trabalho tem

Leia mais

GRUPO STARSEG GRUPO STARSEG. Assessoria e Consultoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente

GRUPO STARSEG GRUPO STARSEG. Assessoria e Consultoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente GRUPO STARSEG GRUPO STARSEG Assessoria e Consultoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente Rua Reverendo Martin Luther King, 161 Santo André - SP C.N.P.J: 05.667.311/0001-22 Tel: (011) 3461-8013 WWW.GRUPOSTARSEG.COM.BR

Leia mais

Carta à sociedade referente à participação no Plano de Investimentos do Brasil para o FIP

Carta à sociedade referente à participação no Plano de Investimentos do Brasil para o FIP Carta à sociedade referente à participação no Plano de Investimentos do Brasil para o FIP Prezado(a)s, Gostaríamos de agradecer por sua participação e pelas contribuições recebidas no âmbito da consulta

Leia mais

A SECRETARIA DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO, no uso de suas atribuições legais, e

A SECRETARIA DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO, no uso de suas atribuições legais, e PORTARIA SSST Nº 11, de 13/10/1994 "Publica a minuta do Projeto de Reformulação da Norma Regulamentadora nº 9 - Riscos Ambientais com o seguinte título: Programa de Proteção a Riscos Ambientais". A SECRETARIA

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

TNT Cargas e Encomendas Expressas

TNT Cargas e Encomendas Expressas TNT Cargas e Encomendas Expressas Introdução Ação: Programa Road Safety Período: outubro de 2011 - atual Responsável pela ação: Setor de Treinamento de Motoristas E-mail: emerson.lima@tntbrasil.com.br

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

Objetivo(s) de Desenvolvimento do Milênio trabalhado(s) pelo projeto: ODM 7 - Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente

Objetivo(s) de Desenvolvimento do Milênio trabalhado(s) pelo projeto: ODM 7 - Qualidade de vida e respeito ao meio ambiente PROJETO NÓS PODEMOS RANCHO ALEGRE - COLETA DE MATERIAIS RECICLÁVEIS. Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa:

Leia mais

PLANO DE RESPOSTAS PARA EMERGÊNCIAS DUKE ENERGY GERAÇÃO PARANAPANEMA

PLANO DE RESPOSTAS PARA EMERGÊNCIAS DUKE ENERGY GERAÇÃO PARANAPANEMA PLANO DE RESPOSTAS PARA EMERGÊNCIAS DUKE ENERGY GERAÇÃO PARANAPANEMA LIANE DILDA GERENTE DE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO HISTÓRICO Privatização - 28.07.1999 (DEI-EUA) EUA) Geração e Comercialização de

Leia mais

Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima quarta prova, que será realizada no dia 25 de Setembro de 2013.

Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima quarta prova, que será realizada no dia 25 de Setembro de 2013. 24ª APOSTILA 24ª APOSTILA SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE Caros Colegas, Neste momento, vocês estão recebendo a apostila que servirá de base para a vigésima quarta prova, que será realizada no dia 25 de Setembro

Leia mais

Retrospectiva. Área industrial Unidades alcançam resultados expressivos. SIG Com melhoria contínua unidades batem metas. 66 - janeiro de 2014 - ano VI

Retrospectiva. Área industrial Unidades alcançam resultados expressivos. SIG Com melhoria contínua unidades batem metas. 66 - janeiro de 2014 - ano VI 66 - janeiro de 2014 - ano VI Retrospectiva 2013 Área industrial Unidades alcançam resultados expressivos Pág. 3 SIG Com melhoria contínua unidades batem metas Pág. 4 Editorial Legados de 2013 Industrial

Leia mais

Projeto premiado com o 16 Prêmio de Excelência da Indústria Minero-metalúrgica Brasileira 13 de maio de 2014 - Hotel Ouro Minas - Belo Horizonte (MG)

Projeto premiado com o 16 Prêmio de Excelência da Indústria Minero-metalúrgica Brasileira 13 de maio de 2014 - Hotel Ouro Minas - Belo Horizonte (MG) Projeto premiado com o 16 Prêmio de Excelência da Indústria Minero-metalúrgica Brasileira 13 de maio de 2014 - Hotel Ouro Minas - Belo Horizonte (MG) o Tel. (11) 3895-8590 premiodeexcelencia@revistaminerios.com.br

Leia mais

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS.

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS. ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS 40 Relatório de Gestão 2014 B lanço Soci l ESF Estratégia de Saúde da Família Relatório de Gestão 2014 41 GESTÃO DE PESSOAS Gestão de Pessoas Com o

Leia mais

Por que ouvir a sua voz é tão importante?

Por que ouvir a sua voz é tão importante? RESULTADOS Por que ouvir a sua voz é tão importante? Visão Tokio Marine Ser escolhida pelos Corretores e Assessorias como a melhor Seguradora pela transparência, simplicidade e excelência em oferecer soluções,

Leia mais

SUSTENTABILIDADE 2014

SUSTENTABILIDADE 2014 SUSTENTABILIDADE 2014 Rutivo de no CONSTRUIR, PLANTAR E TRANSFORMAR Nosso objetivo vai além de ser responsável pelo processo construtivo de nossas obras, procuramos estimular e disseminar o conceito de

Leia mais

Responsabilidade Socioambiental

Responsabilidade Socioambiental Responsabilidade Socioambiental A Fecomércio-RS busca a sustentabilidade e o compromisso socioambiental das partes interessadas, por meio da melhoria contínua de serviços, processos e instalações, a partir

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

PGRSS PASSO A PASSO NATAL/RN NOV/2013

PGRSS PASSO A PASSO NATAL/RN NOV/2013 NATAL/RN NOV/2013 PLANO DE GERENCIAMENTO DE RSS Documento que aponta e descreve ações relativas ao manejo dos resíduos sólidos nos estabelecimentos assistenciais de saúde Considerando as Características

Leia mais

UHE SANTO ANTÔNIO DE JARI

UHE SANTO ANTÔNIO DE JARI UHE SANTO ANTÔNIO DE JARI PLANO DE TRABALHO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PCS Plano de Trabalho ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 2.1. Objetivos Específicos... 1 3. PÚBLICO ALVO... 2 4. METAS... 2 5.

Leia mais

Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar

Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar MANUAL DO AVALIADOR Parte I 1.1 Liderança Profissional habilitado ou com capacitação compatível. Organograma formalizado, atualizado e disponível. Planejamento

Leia mais

Conheça nossos Serviços

Conheça nossos Serviços BEM VINDO! Oferecemos completa Assessoria e Consultoria nos aspectos legais, técnicos e normativos relacionados à quaisquer serviços de SEGURANÇA, SAÚDE E MEDICINA DO TRABALHO. Conheça nossos Serviços

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

Clipping de notícias. Recife, 15 de setembro de 2015.

Clipping de notícias. Recife, 15 de setembro de 2015. Clipping de notícias Recife, 15 de setembro de 2015. Recife, 15 de setembro de 2015. Recife,15 de setembro de 2015. Recife,15 de setembro de 2015. Recife, 15 de setembro de 2015. 14/09/2015 ProRURAL DEBATE

Leia mais

Reciclando e Sensibilizando

Reciclando e Sensibilizando Reciclando e Sensibilizando Mostra Local de: Pato Branco Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Escola Municipal Bairro Planalto Cidade:

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO NORMA N-134.0002

POLÍTICA DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO NORMA N-134.0002 POLÍTICA DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO NORMA N-134.0002 POLÍTICA DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO Norma N-134.0002 Estabelece as diretrizes da política de segurança e saúde do trabalho na Celesc, definindo

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

Passo-a-passo para organizar Ações de Voluntariado

Passo-a-passo para organizar Ações de Voluntariado Passo-a-passo para organizar Ações de Voluntariado Um guia para dar mais autonomia aos grupos de voluntários e incentivar que organizem suas próprias ações. Grande parte das empresas estimulam que seus

Leia mais

Viva Rio lança trabalho socioambiental que contempla Nova Friburgo

Viva Rio lança trabalho socioambiental que contempla Nova Friburgo Início Notícias Viva Rio lança trabalho socioambiental que contempla Nova Friburgo Iniciativa é parte do projeto Rios da Serra. Sede provisória da organização é montada no Prado TERÇA FEIRA, 19 DE MAIO

Leia mais

AÇÕES MARÇO/2015 Patrocínio Apoi o :

AÇÕES MARÇO/2015 Patrocínio Apoi o : AÇÕES MARÇO/2015 RELATÓRIO No findar de janeiro, foi firmado entre Prefeitura Municipal de Bonito, através da SEMA - Secretaria de Meio Ambiente, com apoio do COMDEMA Conselho Municipal de Meio Ambiente

Leia mais

5º WORSHOP DO ALGODÃO AMPASUL NOÇÕES BÁSICAS DE SEGURANÇA DO TRABALHO RURAL

5º WORSHOP DO ALGODÃO AMPASUL NOÇÕES BÁSICAS DE SEGURANÇA DO TRABALHO RURAL 5º WORSHOP DO ALGODÃO AMPASUL NOÇÕES BÁSICAS DE SEGURANÇA DO TRABALHO RURAL Instituto Algodão Social Missão Promover aos associados do setor algodoeiro a responsabilidade social empresarial, a cidadania,

Leia mais

MANUAL INTEGRADO DOS SISTEMAS DO MEIO AMBIENTE E DE SAÚDE OCUPACIONAL E SEGURANÇA (EHS)

MANUAL INTEGRADO DOS SISTEMAS DO MEIO AMBIENTE E DE SAÚDE OCUPACIONAL E SEGURANÇA (EHS) 1/20 DO MEIO AMBIENTE E DE SAÚDE Emitido pelo Coordenador de EHS Luis Fernando Rocha Aguiar Aprovado pela Gerência da Usina de Itaúna Valério Toledo de Oliveira 2/20 Índice: 1 Objetivo e campo de aplicação

Leia mais

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social 54 - outubro de 2012 - ano V Responsabilidade Social Ações reforçam compromisso da empresa com as comunidades Oficina de educação ambiental em Lapão (BA) Gestão de Pessoas Papel do líder em destaque Pág.

Leia mais

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da - 1 - Prêmio CNSeg 2012 Empresa: Grupo Segurador BBMAPFRE Case: Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE Introdução A Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE foi concebida em 2009 para disseminar o conceito

Leia mais

PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCO AMBIENTAL - PPRA NR 09

PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCO AMBIENTAL - PPRA NR 09 PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCO AMBIENTAL - PPRA NR 09 Prof. Me. Vítor Hugo Magalhães Vono Engenheiro de Segurança do Trabalho Lei 6514 de 12/77 Capítulo V da CLT da Segurança e Medicina do Trabalho (art.

Leia mais

Secretaria Municipal de meio Ambiente

Secretaria Municipal de meio Ambiente PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL O presente Programa é um instrumento que visa à minimização de resíduos sólidos, tendo como escopo para tanto a educação ambiental voltada

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4 FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4 Competências a serem trabalhadas nesta aula Estabelecer os parâmetros e diretrizes necessários para garantir um padrão

Leia mais

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios

Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Desenvolvimento da agenda sustentabilidade & negócios Em 2013, a Duratex lançou sua Plataforma 2016, marco zero do planejamento estratégico de sustentabilidade da Companhia. A estratégia baseia-se em três

Leia mais

P Ú B L I C O I N T E R N O

P Ú B L I C O I N T E R N O Apresentação O Banrisul valoriza seus colaboradores por entender que estes são a essência do negócio. A promoção da qualidade de vida e da segurança dos funcionários é uma prática constante que comprova

Leia mais

SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO - SST No Brasil a Segurança e Medicina no Trabalho é regulamentada pela portaria 3214/78, atualmente com 36 Normas Regulamentadoras do Ministério

Leia mais

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional A união faz a força O dito popular encaixa-se como uma luva quando o assunto é associativismo o assunto em pauta no meio sindical. As principais confederações patronais do País estão investindo nessa bandeira

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO Programa de Educação Ambiental Interno Condicionante 57 LO 417/2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 05 3. REGULAMENTO APLICÁVEL 06 3.1. FEDERAL

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI PREFEITURA MUNICIPAL DE LONTRAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI DESPERTANDO AÇÕES SUSTENTÁVEIS LONTRAS 2013 1.TEMA A preservação

Leia mais

RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL

RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL RESUMO O HOMEM E O RIO: EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA A SUSTENTABILIDADE DO RIO PARAÍBA DO SUL UNITAU - Universidade de Taubaté CBH-PS Comitê de Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul Trabalho realizado

Leia mais

Procedimento de Segurança para Terceiros

Procedimento de Segurança para Terceiros Página 1 de 6 1. OBJETIVO Sistematizar as atividades dos prestadores de serviços, nos aspectos que impactam na segurança do trabalho de forma a atender à legislação, assim como, preservar a integridade

Leia mais

AVALIAÇÃO DA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL: ESTUDO DE CASO DA FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO

AVALIAÇÃO DA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL: ESTUDO DE CASO DA FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Colocar foto de autor AVALIAÇÃO DA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL: ESTUDO DE CASO DA FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO Autoras: Queiroz, Helena Maria Gomes Coelho, Michelle Queiroz Introdução Objetivo Geral:

Leia mais

cidade, envolvemos os cidadãos nas questões que afetam a vida de todos nós. Incentivamos a não

cidade, envolvemos os cidadãos nas questões que afetam a vida de todos nós. Incentivamos a não Eu pratico, e você? APRESENTAÇÃO Desde 2009, a RÁDIO ITATIAIA realiza, em parceria com empresas, um importante convite à sociedade mineira. Mais do que um projeto, o PRATIQUE GENTILEZA é uma convocação

Leia mais

Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. HOSPITAL...

Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. HOSPITAL... Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. Baseado na NR 32 Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde Portaria N 1.748 de 30 de Agosto de 2011. HOSPITAL... Validade

Leia mais

PROGRAMA DE SUSTENTABILIDADE NAS UNIDADES DE SAÚDE

PROGRAMA DE SUSTENTABILIDADE NAS UNIDADES DE SAÚDE PROGRAMA DE SUSTENTABILIDADE NAS UNIDADES DE SAÚDE 118 IABAS Relatório de Gestão Rio de Janeiro 2010/2011/2012 Programa de Sustentabilidade nas Unidades de Saúde O Programa de Sustentabilidade promove

Leia mais

COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA

COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA O órgão público federal que aderiu ao Projeto Esplanada Sustentável PES, será considerado sustentável no tema Coleta Seletiva Solidária (Decreto 5.940/06), se alcançar 90% das

Leia mais

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a participação juvenil na elaboração e acompanhamento das políticas públicas na área de cidadania, em nível municipal, estadual e nacional, promovendo

Leia mais

Mãos. Nossas. Multiplicam-se as ações ambientais na Galvani. página 2 páginas 4 e 5. Reflorestamento: Grupos de estudos

Mãos. Nossas. Multiplicam-se as ações ambientais na Galvani. página 2 páginas 4 e 5. Reflorestamento: Grupos de estudos Nossas Mãos 14 junho de 2009 ano II Multiplicam-se as ações ambientais na Galvani página 2 páginas 4 e 5 página 8 Valores: Galvani lança Código de Ética Reflorestamento: Grupos de estudos CIP fazem e UMA

Leia mais

ESCOPO DE FORNECIMENTO DOS DOCUMENTOS DO PROJETO 3RFOLLOWGOGREENER Pág. 1 de 6

ESCOPO DE FORNECIMENTO DOS DOCUMENTOS DO PROJETO 3RFOLLOWGOGREENER Pág. 1 de 6 3RFOLLOWGOGREENER Pág. 1 de 6 Projeto N o Data de entrada: 3RFollowGoGreener-001-10-2010 Data de saída: Título do Projeto: Programa 3RFollowGoGreener - Sistema Follow é composto por Modelos de Documentos

Leia mais

GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY. Oficina de Planejamento 2010-2012

GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY. Oficina de Planejamento 2010-2012 GASTRONOMIA SUSTENTÁVEL - PARATY Oficina de Planejamento 2010-2012 Paraty, agosto de 2010 Objetivo da oficina Elaborar o Direcionamento Estratégico da Gastronomia Sustentável de Paraty para os próximos

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA

CONSELHO FEDERAL DE FONOAUDIOLOGIA RESOLUÇÃO CFFa nº 467, de 24 de abril de 2015. Dispõe sobre as atribuições e competências relativas ao profissional fonoaudiólogo Especialista em Fonoaudiologia do Trabalho, e dá outras providências. O

Leia mais

Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS

Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS Sustentabilidade: Reflexões sobre a temática ambiental P R E F E I T O M U N I C I P A L E R V I N O W A C H H O L S V I C E - P R

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Site Correio Braziliense Data: 14/06/2012. Assunto: Rio+20

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Site Correio Braziliense Data: 14/06/2012. Assunto: Rio+20 Veículo: Site Correio Braziliense Data: 14/06/2012 Seção: Ser Sustentável Pág.: http://bit.ly/okj5q9 Assunto: Rio+20 Veículo: Site Correio Braziliense Data: 14/06/2012 Seção: Ser Sustentável Pág.: http://bit.ly/okj5q9

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Dados da empresa Razão Social: J&I Serviços Educacionais LTDA Nome Fantasia: Wizard Aparecidinha Data de fundação:

Leia mais

PROJETO Educação de Qualidade: direito de todo maranhense

PROJETO Educação de Qualidade: direito de todo maranhense PROJETO Educação de Qualidade: direito de todo maranhense 1. DISCRIMINAÇÃO DO PROJETO Título do Projeto Educação de Qualidade: direito de todo maranhense Início Janeiro de 2015 Período de Execução Término

Leia mais

P Ú B L I C O I N T E R N O

P Ú B L I C O I N T E R N O Apresentação O Banrisul valoriza seus colaboradores por entender que estes são a essência do negócio. A promoção da qualidade de vida e da segurança dos funcionários é uma prática constante que comprova

Leia mais

Iniciativas Futuro Verde" do Japão

Iniciativas Futuro Verde do Japão 1. Compreensão Básica Iniciativas Futuro Verde" do Japão 1. Nas condições atuais, em que o mundo está enfrentando diversos problemas, como o crescimento populacional, a urbanização desordenadas, a perda

Leia mais

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs?

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? QUATRO BARRAS 09/07/2007 Horário: das 13h às 17h30 Local: Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? Grupo 01:

Leia mais

a Resolução CONAMA nº 422/2010 de 23 de março de 2010, que estabelece diretrizes para as campanhas, ações e projetos de educação ambiental;

a Resolução CONAMA nº 422/2010 de 23 de março de 2010, que estabelece diretrizes para as campanhas, ações e projetos de educação ambiental; Portaria Normativa FF/DE N 156/2011 Assunto: Estabelece roteiros para elaboração de Plano Emergencial de Educação Ambiental e de Plano de Ação de Educação Ambiental para as Unidades de Conservação de Proteção

Leia mais

LP EMPREENDIMENTOS CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO LTDA

LP EMPREENDIMENTOS CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO LTDA PROGRAMA DE GESTÃO DE SMS Procedimento Operacional Os comentários e sugestões referentes a este documento devem ser encaminhados à Gerência de Operações, indicando o item a ser revisado, a proposta e a

Leia mais

GESTÃO DA PRODUÇÃO (GPd)

GESTÃO DA PRODUÇÃO (GPd) GESTÃO DA PRODUÇÃO (GPd) Antonio Keh Chuan Chou Gerente EHS GSC Latin America Sherwin Williams São Paulo, 22 de agosto de 2013 workshop AGENDA workshop Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho Operações

Leia mais

ORÉADES NÚCLEO DE GEOPROCESSAMENTO RELATÓRIO DE ATIVIDADES

ORÉADES NÚCLEO DE GEOPROCESSAMENTO RELATÓRIO DE ATIVIDADES ORÉADES NÚCLEO DE GEOPROCESSAMENTO PROJETO CARBONO NO CORREDOR DE BIODIVERSIDADE EMAS TAQUARI RELATÓRIO DE ATIVIDADES ASSENTEMENTOS SERRA DAS ARARAS, FORMIGUINHA E POUSO ALEGRE JULHO DE 2011 INTRODUÇÃO

Leia mais

SIPAT INTEGRADA CPFL ENERGIA

SIPAT INTEGRADA CPFL ENERGIA SIPAT INTEGRADA CPFL ENERGIA Autores: Allan Bueno dos Santos Frederico Prestupa Neto CPFL Energia Apoio Fidelidade: RESUMO As CIPA s (Comissões Interna de Prevenção de Acidentes) realizavam a SIPAT (Semana

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) A CONCERT Technologies S.A. prioriza a segurança de seus Colaboradores, Fornecedores,

Leia mais

TREINAMENTO, CONSCIENTIZAÇÃO E COMPETÊNCIA

TREINAMENTO, CONSCIENTIZAÇÃO E COMPETÊNCIA ESTALEIRO ENSEADA 1/5 TREINAMENTO, CONSCIENTIZAÇÃO E COMPETÊNCIA 1. Objetivo Este procedimento estabelece a sistemática de levantamento de competências, promoção da conscientização e treinamento. 2. Aplicação

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projeto Sala Verde

Mostra de Projetos 2011. Projeto Sala Verde Mostra de Projetos 2011 Projeto Sala Verde Mostra Local de: São José dos Pinhais Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais Nome da Instituição/Empresa: Pontifícia Universidade

Leia mais

Marcos Damas. www.bethaconsultoria.com.br. Prezados (as) Senhores (as),

Marcos Damas. www.bethaconsultoria.com.br. Prezados (as) Senhores (as), Prezados (as) Senhores (as), A BETHA CONSULTORIA EM SEGURANÇA DO TRABALHO é uma empresa especializada em assessoria e prestação de serviços na área de segurança e medicina do trabalho para os mais diversos

Leia mais

SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S. Objetivo: Instruir quanto ao campo de aplicação das NR s e direitos e obrigações das partes.

SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S. Objetivo: Instruir quanto ao campo de aplicação das NR s e direitos e obrigações das partes. SÚMULA DAS NORMAS REGULAMENTADORAS NR S NR-1 DISPOSIÇÕES GERAIS O campo de aplicação de todas as Normas Regulamentadoras de segurança e medicina do trabalho urbano, bem como os direitos e obrigações do

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa RESOLUÇÃO DE MESA N.º 806/2007. (publicada no DOE nº 236, de 13 de dezembro de 2007) Dispõe sobre o Programa de Gerenciamento

Leia mais

CIPA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE

CIPA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE CIPA COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTE OBJETIVO Prevenir acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção

Leia mais

Categoria Franqueador Sênior

Categoria Franqueador Sênior PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Sênior Dados da empresa Razão Social Cebrac - Consultoria e Franquia Ltda. Nome fantasia CEBRAC Data de fundação

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 22

PROVA ESPECÍFICA Cargo 22 13 PROVA ESPECÍFICA Cargo 22 QUESTÃO 31 Os Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, obedecendo ao Quadro II da NR- 4, subitem 4.4, com redação dada pela Portaria nº

Leia mais

Gestão do Conhecimento e Governo Como sensibilizar os órgãos governamentais para implementarem a GC

Gestão do Conhecimento e Governo Como sensibilizar os órgãos governamentais para implementarem a GC Gestão do Conhecimento e Governo Como sensibilizar os órgãos governamentais para implementarem a GC Elisabeth Gomes elisabeth.gomes@sbgc.org.br Diretora de relações com o governo - SBGC 2º Fórum de Gestão

Leia mais

(II Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, 2004)

(II Conferência Nacional de Segurança Alimentar Nutricional, 2004) 1 Segurança Alimentar e Nutricional Segurança alimentar é a realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA

Planos estratégicos de comunicação 2013/2014 Programa Áreas Protegidas da Amazônia - ARPA 1. Plano de Comunicação interna 1.1 Aspectos estruturantes 1.1.1 Objetivo O objetivo maior do plano de comunicação interna é fortalecer a gestão do Programa Arpa, a coesão entre parceiros e agentes diretamente

Leia mais

Treinamento de Crise: simulações para lidar com situações reais

Treinamento de Crise: simulações para lidar com situações reais POP 2008 Relações Públicas na Gestão de Crise Resumo Treinamento de Crise: simulações para lidar com situações reais Bayer CropScience Desafio Preparar executivos para agir de forma organizada, ágil e

Leia mais

Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar! 7ª edição - 2013

Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar! 7ª edição - 2013 Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar! 7ª edição - 2013 Tema: Trabalho e Migração: formas de combate ao trabalho escravo e ao tráfico de pessoas Caros(as) participantes, O programa Escravo,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTANHA ES SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTANHA ES SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE 0 PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTANHA ES SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE PRORAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PEA PLANO DE AÇÃO Montanha ES 2014 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 02 2. JUSTIFICATIVA... 03 3. OBJETIVO GERAL...

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social Junho/2014 Desenvolvimento Sustentável Social Econômico

Leia mais

EVENTOS 2009 ENCONTRO INTERNACIONAL SOBRE SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO. Ruth Goldberg. 04 de junho de 2009

EVENTOS 2009 ENCONTRO INTERNACIONAL SOBRE SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO. Ruth Goldberg. 04 de junho de 2009 Responsabilidade Social Empresarial em Empresas Construtoras case Even Ruth Goldberg 04 de junho de 2009 Alinhando conceitos: SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL E C O N Ô

Leia mais