TEMA:- DESAFIOS PARA O ACESSO UNIVERSAL E INCLUSIVO O CUSTO DA FOME NO ESTUDO DE ÁFRICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TEMA:- DESAFIOS PARA O ACESSO UNIVERSAL E INCLUSIVO O CUSTO DA FOME NO ESTUDO DE ÁFRICA"

Transcrição

1 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Adis Abeba, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telefone: Fax: Website: PRIMEIRA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO SOBRE A SAÚDE, POPULAÇÃO E CONTROLE DE DROGAS (STC-HPDC-1) DE ABRIL DE 2015 ADIS ABEBA, ETIÓPIA SA /67/9/10 STC/EXP/HP/XII(I) TEMA:- DESAFIOS PARA O ACESSO UNIVERSAL E INCLUSIVO O CUSTO DA FOME NO ESTUDO DE ÁFRICA

2 O CUSTO DA FOME NO ESTUDO DE ÁFRICA ACTUALIZAÇÃO DO PROGRESSO DA IMPLEMENTAÇÃO Fevereiro de

3 Custo de Fome em África 1. Historial O Estudo do Custo da Fome em África (COHA) é um projecto liderado pela Comissão da União Africana (CUA) e pela Agência de Coordenação e Planificação da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África (NEPAD) e apoiado pela Comissão Económica das Nações Unidas para África (CEA), e o Programa Mundial de Alimentação (PMA). O COHA é uma iniciativa de todo o continente, no âmbito da Estratégia Nutricional Revista da Região Africana ( ), os objectivos da Força Africana de Trabalho do Desenvolvimento Alimentar e Nutricional (ATFFND) e os princípios do 3 pilar da UA/NEPAD do Programa Abrangente de Desenvolvimento Agrícola da África (CAADP). O estudo será implementado em vários países do continente e tem por objectivo estimar os impactos económicos e sociais da desnutrição infantil em África. O Estudo do Custo da Fome foi originalmente realizado em 2004, na América Latina e nas Caraíbas (ALC) com o apoio da Comissão Económica para a América Latina e Caraíbas (ECLAC) e do PMA. Com base nas experiências de sucesso e dos resultados gerados a partir de ALC, do PMA e da Comissão Económica das Nações Unidas para a África (UNECA) colaboraram com a Comissão da União Africana (CUA) para adaptar o estudo para o contexto Africano. Em Março de 2012, os Ministros Africanos das Finanças, Planificação e Desenvolvimento Económico, que se reuniram em Adis Abeba, durante a 4ª conferência conjunta da UA e da CEA dos Ministros das Finanças, Planificação e Desenvolvimento Económico emitiram uma declaração sobre COHA (Resolução 898), confirmando a importância do estudo, bem como a recomendar a expansão para além da fase piloto. No mesmo ano, em Dezembro de 2012, no Malawi, a Força Africana de Trabalho de Desenvolvimento Alimentar e Nutricional, na sua 4 a reunião anual, aprovou a metodologia do estudo adaptada no contexto Africano. O estudo do COHA foi originalmente proposto para ser realizado em 12 países, nomeadamente, Botswana, Burkina Faso, Camarões, Egípto, Etiópia, Gana, Quénia, Malawi, Mauritânia, Ruanda, Suazilândia e Uganda em três fases. No entanto, após a declaração de Malabo, em Junho de 2014, que exortou aos Estados Membros a intensificarem a implementação do estudo, outros países avançaram no sentido de manifestar interesse em participar no estudo. Estes incluem o Chade, Congo Brazzaville, República Democrática do Congo, Lesoto, Madagáscar, Moçambique, Namíbia, Nigéria e Somália. A maioria dos países apresentou o seu interesse com financiamento para cobrir o custo ao nível nacional do estudo. O PMA, que proporcionou apoio financeiro para cobrir o custo ao nível nacional na primeira e segunda fase de países, continuará a fazê-lo no Chade, Lesoto, Congo Brazzaville e 2

4 na Somália. REACH em Moçambique, a UNICEF na Nigéria e o Banco Mundial na RDC comprometeram-se a apoiar financeiramente o estudo. 2. Actualizar o Estado da Implementação Primeira Fase: Estudo concluído nos países da primeira fase Egípto, Etiópia, Suazilândia e Uganda. A implementação do estudo, nos países da primeira fase - Egípto, Etiópia, Uganda e Suazilândia - foi concluída em 2013, com o lançamento dos relatórios nacionais nos respectivos países. Além disso, o primeiro relatório regional, uma compilação dos quatro relatórios de países em um só, foi igualmente lançado num evento paralelo realizado durante a 7ª Conferência conjunta da UA e CEA dos Ministros das Finanças e Desenvolvimento Económico em Abuja, em Março de A actualização do progresso da execução foi igualmente apresentada na reunião do Comité de Peritos antes da conferência dos Ministros. Segunda Fase. Os países da segunda fase incluem - Burkina Faso, Gana, Malawi e Ruanda. A implementação do estudo do COHA nos países da segunda fase começou em 2013 e, actualmente encontra-se quase na fase de conclusão. O estudo foi concluído em Ruanda com o relatório nacional lançado em Fevereiro de O estudo foi igualmente concluído em Burkina Faso e Malawi durante o terceiro de No entanto, os lançamentos oficiais dos relatórios dos países estão suspendidos até que a estabilidade seja mantida em Burkina Faso e o estado de emergência devido à inundação recente seja levantada no Malawi. A execução do estudo em Gana teve de ser adiada por quase nove meses até o lançamento das mais recentes DHS (2014). O relatório está neste momento a ser elaborado pela equipe regional, após os resultados preliminares do estudo validado em Dezembro do ano passado. Países segunda fase Burkina Faso Gana Malawi da Actualização do Estado Implementação completa. A data de lançamento do relatório está ainda por ser proposto por NIT. O lançamento está provisoriamente proposto para Abril de Validação das constatações de estudo foi realizada em Dezembro de A Equipe Regional está neste momento a trabalhar no relatório do país. A implementação está completa. O lançamento do COH no relatório de Malawi foi mais uma vez adiado, e desta vez foi por causa da situação actual de emergência devido as recentes inundações. Uma nova data acaba de ser proposta pelo Governo de Malawi para 29 de 3

5 Abril de Ruanda Implementação completa e o relatório lançado em Fevereiro de Terceira Fase. Os países da Terceira fase incluem Botswana, Camarões, Quénia e Mauritânia. A preparação está em curso para a implantação do estudo no Segundo de Esta fase irá igualmente incluir países adicionais que expressaram interesse de fazer parte no estudo. O Chade tornou-se o primeiro país do grupo a iniciar o estudo em Dezembro de Eventos de COHA em Eventos Concluídos: Informe dos Doadores sobre a Nutrição Uma reunião de doadores sobre Nutrição foi realizada no dia 13 de Janeiro de 2015, em Nairobi, no Quénia no Escritório Regional do Banco Africano de Desenvolvimento. O briefing foi organizado pela Comissão da União Africana, em colaboração com o Escritório de África do Programa Mundial de Alimentação, o Escritório Regional do PMA para a África Oriental e Central, a Comissão Económica das Nações Unidas para a África, a Fundação Rockefeller e o Banco Africano de Desenvolvimento. Os resultados do estudo do COHA foram utilizados para orientar as discussões e para demonstrar uma forte evidência sobre a necessidade de aumentar o investimento em nutrição. O briefing facilitou o diálogo entre as agências da ONU, doadores e instituições internacionais e aumentou a consciencialização sobre o estudo, ao mesmo tempo, destacando as lacunas críticas de financiamento para completar o estudo em países-chave. Além disso, as recomendações foram feitas aos parceiros de implementação no sentido de mudarem do foco no apoio aos países por forma a traduzir os compromissos em acção concreta. As intervenções podem ser resumidas em três categorias seguintes: 1) o grupo de parceiros que se comprometeu em apoiar o estudo directamente, incluindo a Fundação do Fundo de Investimento da Criança (CIFF), a União Europeia, o Banco Africano de Desenvolvimento; 2) o grupo de parceiros que pretendem cooperar na sua execução, incluindo a UNICEF, FNUAP, ONUSIDA e a OMS; e 3) parceiros que se comprometeram em apoiar o trabalho de advocacia numa tentativa de aumentar o apoio internacional à COHA incluindo a Fundação Rockefeller e o BAD. O relatório completo do briefing pode ser acedido através da ligação de dropbox abaixo. https://www.dropbox.com/s/2v8j3pa6ry8e0l8/donors%27%20briefing%20report%20- %20Nairobi%20-%2017%20Jan.pdf?dl=0 4

6 3.2 Eventos planificados: 1. Chade 26 de Fevereiro de Um Seminário para formação do NIT no modelo do COHA e para validar os dados recolhidos pelo NIT antes do processamento. 2. Segundo de O COHA iniciou nos países da terceira fase. Para além do Chade, os países da terceira fase consistirão na Mauritânia, Quénia, Madagáscar, Lesoto e República Democrática do Congo. 3. Abril de COHA/nutrição na Conferência de Ministros de Saúde, População e Controle de Drogas. Adis Abeba 4. Julho de O segundo relatório "regional" do COHA, uma compilação dos resultados dos países da segunda fase (Burkina Faso, Gana, Malawi e Ruanda) propõe-se que seja lançado durante o evento do Financiamento para o Desenvolvimento, que será realizado em Adis Abeba, em Julho de Segundo/Terceiro de Informe do COHA/nutrição aos Embaixadores Africanos residentes em Adis Abeba. 6. Terceiro/Quarto de Informe do COHA/nutrição aos Embaixadores Africanos residentes em Nova Iorque. 7. Terceiro/Quarto de Informe do COHA/nutrição aos Ministros Africanos da Saúde e das Finanças, em Boston, na reunião anual do Banco Africano de Desenvolvimento com os Ministros. 8. Terceiro/Quarto de Informe do COHA/nutrição na 70ª Assembleia Geral da ONU em Nova Iorque. 5

7 Tabela 1. Resumo do Estado dos Países da Terceira Fase Países da Terceira/Quarta Fase Estado Actual Financiamento Início do COHA Observações Botswana Camarões Quénia Mauritânia Originalmente nos primeiros 12 países Originalmente nos primeiros 12 países Originalmente nos primeiros 12 países Originalmente nos primeiros 12 países País num processo de estabelecer o NIT. Estabeleceu-se NIT Reestabelecida a Comunicação com o Ministério de Saúde. O Ministério de Saúde deve responder a carta enviada pela CUA em Janeiro de 2015 Debates foram realizados para o relançamento do COHA com o Escritório Nacional do PMA. Debates adicionais a Sem Financiamento Sem Financiamento Apresentou se uma proposta de financiamento para o CIFF em Fevereiro de 2015 O PMA e UNICEF irão apoiar Improvável lançamento segundo Improvável lançamento segundo Provável lançamento Segundo Provável lançamento Segundo no no no no O PMA não tem presença no país. Este revelou-se difícil para facilitar o processo de formação de NIT. A NEPAD está a intervir para facilitar este processo. A UNICEF indicou que o Escritório Nacional tem falta de pessoal e, portanto, não poderia ser capaz de apoiar nesta matéria O Escritório Nacional do PMA ainda não está em condições para financiar o COHA. O PMA ADD em comunicação com o Escritório Nacional do PMA nos Camarões. A UNICEF será abordada para um possível financiamento. CIFF demonstrou interesse de apoiar o estudo de Quénia. A Mauritânia tinha implementado o estudo através da contratação de um consultor. A validação das conclusões preliminares foi realizada em Outubro de A revisão das 6

8 serem realizados com o Escritório Nacional do PMA e UNICEF sobre o caminho a seguir Chade Novo país COHA lançado em Dezembro de 2014 RDC Novo país O Governo ainda tem que escrever para a CUA a expressar o seu interesse Lesoto Novo país A CUA escreveu a acusar a recepção de NV do governo do Lesoto. Agora o governo está no processo de estabelecer NIT Madagáscar Novo país A CUA escreveu a acusar a recepção de NV do governo de Lesoto O governo está agora no O PMA está a apoiar O Mundial apoiar Banco irá PMA irá apoiar UNICEF apoiar irá O estudo já foi lançado em Dezembro de 2014 Provável lançamento no Segundo Provável lançamento no Segundo Provável lançamento Segundo no conclusões da equipe regional, no entanto, indicou que o estudo havia sido realizado utilizando o modelo de ECLAC e não o modelo revisto no contexto de África. A teleconferência foi realizada entre o Escritório Nacional do PMA e da equipe regional para um possível relançamento do estudo, sob a liderança da CUA/NEPAD. O Escritório Nacional aceitou a sugestão e indicou que o escritório estaria pronto para dar início do estudo, em Agosto de A Equipa Regional deve ter ainda mais debate para poder planear. A Equipa Regional tem de debater ainda mais para planificação. A Equipa Regional tem de debater ainda mais para planear. 7

9 processo de estabelecer o NIT Moçambique Novo país O governo ainda está por escrever para a CUA expressando o seu interesse. A espera da conclusão das eleições Nigéria Novo país A comunicação entre as equipas regionais e o escritório nacional da UNICEF ainda não se estabeleceram. Namíbia Novo país A Comunicação entre a equipa regional e o escritório nacional do PMA ainda não está estabelecida Somália Novo país O PMA ADD está em comunicação com o PMA da Somália REACH apoiar irá A UNICEF expressou interesse O PMA expressou interesse O PMA irá apoiar Terceiro/Quarto de 2015 Por confirmar Por confirmar Terceiro/Quarto de 2015 A Equipa Regional tem de debater ainda mais para planear A Equipa Regional tem de debater ainda mais para planear A Equipa Regional tem de debater ainda mais para planear A Equipa Regional está a explorar a disponibilidade de dados suficientes para realizar o estudo 8

10 Tabela 2. Eventos de Advocacia do COHA No. Eventos Objectivos Resultados 1. Pequeno Almoço de Trabalho para os Ministros de Finanças e de Desenvolvimento Económico, Março de 2013, Abidjan. 2. Comunicado para os Embaixadores Africanos sobre os resultados do estudo do COHA nos países da primeira fase 3. Comunicado sobre os resultados do estudo do COHA nos países da primeira fase, para o comité de peritos. 7ª conferência Conjunta da UA e CEA dos Ministros Africanos das Finanças, Planificação e Desenvolvimento Económico. Março de 2014, Abuja 4. Debate do Painel de Alto Nível sobre a Eliminação da Desnutrição para o Desenvolvimento Inclusivo, realizado nas margens da 7ª conferência Conjunta da UA e CEA dos Ministros Africanos das Finanças, Planificação e - Apresentar os resultados dos quatro países-piloto para os ministros de países participantes. - Envolver os ministros dos países pilotos do estudo e divulgação dos resultados - Renovar o interesse no estudo do COHA em antecipação da implantação nos próximos seis países - Discutir as possibilidades de quadros de políticas regionais para a nutrição - Apresentar resultados do estudo dos países da primeira fase aos Embaixadores Africanos - Apresentar os resultados do estudo dos países da primeira fase ao comité de peritos. - Destacar o progresso e os resultados do estudo do Custo da Fome; - Elaborar nas implicações políticas do estudo; os passos a seguir e o apoio aos países que estão a avançar; - Debater como é que as acções sobre a eliminação da desnutrição se liga com as - Usado a oportunidade para envolver Ministros das Finanças e Planificação Económico no estudo do COHA; - Apresentados os resultados esperados do estudo dos quatro países-piloto na liderança até ao lançamento dos relatórios de país. - Levantada a consciencialização sobre a gravidade dos impactos da subnutrição infantil - Divulgados os resultados do estudo - Actualizado o comité de peritos da 7ª CAMEF sobre o progresso do projecto e utilizada a oportunidade para divulgar os resultados do estudo - Resultados do estudo amplamente divulgados pelos órgãos de comunicação social. - Criado o entendimento comum sobre a eliminação da desnutrição em África, onde uma maior coerência oferece benefícios significativos. 9

11 Desenvolvimento Económico. Março de 2014, Abuja 5. Reunião de pequeno-almoço organizada pelo Pioneiro da Nutrição Africana, a Sua Majestade o Rei Letsie III à margem da 23ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana, sob o tema "Fortalecimento da Advocacia para o Melhoramento da Nutrição e Desenvolvimento Inclusivo." Junho de 2014, Adis Abeba iniciativas mais amplas de nutrição, tais como SUN e REACH; - Elaborar nas áreas prioritárias em que é necessária uma acção global, coerente e coordenada para eliminar a desnutrição no continente; - Aproximar as entidades nacionais, regionais e globais em apoio ao objectivo de África para reduzir a desnutrição infantil para 10% até ao ano de 2025; e - Proporcionar uma plataforma para evidenciar e comunicar o compromisso da África no sentido de priorizar uma abordagem coordenada para a nutrição infantil - defender e sensibilizar os decisores políticos da África ao mais alto nível, para obterem o seu compromisso de investir mais em nutrição. - Para reflexão sobre as áreas prioritárias onde é necessária uma acção global, coerente e coordenada para eliminar a desnutrição no continente; - Para obter o compromisso dos intervenientes nacionais, regionais e globais em apoio à meta de África para reduzir a desnutrição infantil para 10% até o ano de 2025; e - Proporcionar uma plataforma para provar e comunicar o compromisso da África na priorização duma abordagem coordenada para a nutrição, em especial, a nutrição - Reafirmado o compromisso das partes interessadas nacionais, regionais e globais para a eliminação da desnutrição em África. - Obtido o compromisso de alto nível sobre o investimento nutricional; - Feita a inauguração de "voz" de Alto nível para a segurança nutricional; - Criada a sensibilização pública generalizada através da comunicação social e de alavancagem no apoio à segurança nutricional. - Edificado o entendimento comum sobre a eliminação da desnutrição em África, onde uma maior coerência oferece benefícios significativos. - Reafirmado o compromisso dos intervenientes nacionais, regionais e globais em prol da eliminação da Desnutrição em África. 10

12 6. Comunicado dos Doadores sobre a nutrição. Janeiro de 2015, Nairobi infantil. - Dar um informe aos parceiros sobre o Custo da Fome no estudo da África em progresso e significado; - Mobilizar apoio e financiamento dos meios necessários para a execução do estudo nos países da terceira fase; - Dar um informe aos parceiros das considerações sobre as possibilidades de abordar desnutrição infantil na África Oriental e Central; e - Reforçar as parcerias no sentido de advogar para a nutrição. - Facilitado o diálogo entre as agências da ONU, doadores e instituições internacionais - Levantada a consciência e o financiamento para a continuidade do projecto 11

RELATÓRIO SOBRE A ELEIÇÃO DOS DEZ (10) MEMBROS DO CONSELHO DE PAZ E SEGURANÇA DA UNIÃO AFRICANA

RELATÓRIO SOBRE A ELEIÇÃO DOS DEZ (10) MEMBROS DO CONSELHO DE PAZ E SEGURANÇA DA UNIÃO AFRICANA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis-Abeba (ETHIOPIE) P. O. Box 3243 Téléphone (251-11) 5517 700 Fax : 551 78 44 Website : www.africa-union.org CONSELHO EXECUTIVO Décima Segunda Sessão Ordinária

Leia mais

DOCUMENTO SÍNTESE UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA

DOCUMENTO SÍNTESE UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA IE13255 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11) 5182402 Fax: (251-11) 5182400 Website: www.au.int CONFERÊNCIA DA CUA/AFCAC/AFRAA DE TRANSPORTES

Leia mais

Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana

Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana Temos uma abordagem singular

Leia mais

Seguimento da última Conferência dos Ministros Africanos de Economia e Finanças (CAMEF II)

Seguimento da última Conferência dos Ministros Africanos de Economia e Finanças (CAMEF II) Distr.: Geral Data: 10 de Março 2008 COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA Terceira Sessão de CAMEF Primeira Reunião Conjunta Anual da Conferência da UA de Ministros de Economia e Finanças e Conferência da CEA de

Leia mais

O Ministério da Saúde da República Federativa do Brasil (doravante denominado Ministério da Saúde)

O Ministério da Saúde da República Federativa do Brasil (doravante denominado Ministério da Saúde) MEMORANDUM DE ENTENDIMENTO ENTRE O MINISTÉRIO DA SAÚDE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL E O SECRETARIADO DO PROGRAMA CONJUNTO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE HIV/AIDS (UNAIDS) PARA CONSTITUIÇÃO DO CENTRO INTERNACIONAL

Leia mais

Adis Abeba, 4 e 5 de Abril de 2016

Adis Abeba, 4 e 5 de Abril de 2016 EA16863 88/88/9/10 Nações Unidas Conselho Económico e Social Comissão Económica para África Conferência dos Ministros Africanos de Finanças, Planeamento e Desenvolvimento Económico Quadragésima Nona Sessão

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CULTURA E TURISMO INSTITUTO NACIONAL DO TURISMO TERMOS DE REFERÊNCIA

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CULTURA E TURISMO INSTITUTO NACIONAL DO TURISMO TERMOS DE REFERÊNCIA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CULTURA E TURISMO INSTITUTO NACIONAL DO TURISMO TERMOS DE REFERÊNCIA Título da Posição: TECNICO DE PROMOÇÃO TURÍSTICA Duração: Local: Instituição: RENOVAÇÃO DEPENDENDO

Leia mais

SEGUNDA SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO EM JUVENTUDE, CULTURA E DESPORTOS de Junho de 2016 Adis Abeba, Etiópia TEMA

SEGUNDA SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO EM JUVENTUDE, CULTURA E DESPORTOS de Junho de 2016 Adis Abeba, Etiópia TEMA Pág.1 SA17361 92/22/12 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 Fax: +251 115 182 072 Website: www.au.intwww.africa-youth.org SEGUNDA

Leia mais

Nove áreas temáticas do programa

Nove áreas temáticas do programa Nove áreas temáticas do programa Com base no Plano de Ação FLEGT da União Europeia, a gerência do programa estabeleceu nove áreas temáticas apoiadas pelo programa. Sob cada tema, há uma lista indicativa

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone Cables: OAU, ADDIS ABABA

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone Cables: OAU, ADDIS ABABA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 700 Cables: OAU, ADDIS ABABA EX.CL/92 (V) RELATÓRIO DA REUNIÃO DOS PERITOS GOVERNAMENTAIS SOBRE OS DOCUMENTOS

Leia mais

PROJETO DE RELATÓRIO

PROJETO DE RELATÓRIO Parlamento Europeu 2014-2019 Comissão dos Direitos da Mulher e da Igualdade dos Géneros 15.12.2016 2017/0000(INI) PROJETO DE RELATÓRIO que contém uma proposta de recomendação do Parlamento Europeu ao Conselho

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO, DO ANO DE 2005

PLANO DE ACÇÃO, DO ANO DE 2005 PLANO DE ACÇÃO, DO ANO DE 2005 O ano de 2005 é o último ano de vigência do I Plano Estratégico para o Desenvolvimento da. Assim sendo, este Plano de Acção constitui, de certa forma, o encerrar de um ciclo

Leia mais

Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome

Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome - 06-23-2016 Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome por Por Dentro da África - quinta-feira, junho 23,

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO PROFISSIONAL

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO PROFISSIONAL REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO PROFISSIONAL Síntese do Workshop Nacional sobre o Projecto de Centros de Excelência do Ensino Superior para África

Leia mais

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE COPATROCINADOR UNAIDS 2015 OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE COPATROCINADORES UNAIDS 2015 O QUE É A OMS? As novas orientações consolidadas de tratamento da OMS representam mais um salto adiante para uma

Leia mais

DECLARAÇÃO FINAL DA II REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DOS MINISTROS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

DECLARAÇÃO FINAL DA II REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DOS MINISTROS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA DECLARAÇÃO FINAL DA II REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DOS MINISTROS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Os Ministros responsáveis pela Ciência e Tecnologia da República de Angola,

Leia mais

Ministério da Integração Nacional

Ministério da Integração Nacional Protocolo Conjunto para Proteção Integral a Crianças e Adolescentes, Pessoas Idosas e Pessoas com Deficiência em Situação de Riscos e Desastres Portaria Interministerial Nº 02 de 06 de Dezembro de 2012

Leia mais

SESSÃO ESPECIAL DA COMISSÃO DE TRABALHO E ASSUNTOS SOCIAIS DA UNIÃO AFRICANA WINDHOEK, NAMÍBIA 23-25 DE ABRIL DE 2014 DOCUMENTO SÍNTESE

SESSÃO ESPECIAL DA COMISSÃO DE TRABALHO E ASSUNTOS SOCIAIS DA UNIÃO AFRICANA WINDHOEK, NAMÍBIA 23-25 DE ABRIL DE 2014 DOCUMENTO SÍNTESE SA11658 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 251 11-551 7700 Fax: 251 11-551 7844 website : www.africa- union.org SESSÃO ESPECIAL DA COMISSÃO DE

Leia mais

Sexagésima primeira sessão Yamoussoukro, Côte d Ivoire, 29 de Agosto 2 de Setembro de 2011

Sexagésima primeira sessão Yamoussoukro, Côte d Ivoire, 29 de Agosto 2 de Setembro de 2011 4 de Julho de 2011 COMITÉ REGIONAL AFRICANO ORIGINAL: INGLÊS Sexagésima primeira sessão Yamoussoukro, Côte d Ivoire, 29 de Agosto 2 de Setembro de 2011 Ponto 16 da ordem do dia provisória RELATÓRIO DOS

Leia mais

Ana Dias Lourenço. Formação básica em Economia e formação complementar em Gestão de Projectos e Análise e Avaliação de Projectos.

Ana Dias Lourenço. Formação básica em Economia e formação complementar em Gestão de Projectos e Análise e Avaliação de Projectos. Ana Dias Lourenço Ana Afonso Dias Lourenço formou--se em Economia na Universidade de Angola e fez a sua formação complementar na área de Gestão de Projectos e Análise e Avaliação de Projectos. Entre outros

Leia mais

Parceria global quer erradicar o casamento precoce na África

Parceria global quer erradicar o casamento precoce na África Parceria global quer erradicar o casamento precoce na África por Por Dentro da África - segunda-feira, novembro 09, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/parceria-global-quer-erradicar-o-casamento-precoce-na-africa

Leia mais

2.ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO PARA JUVENTUDE, CULTURA E DESPORTO 13 17 DE JUNHO DE 2016 ADIS ABEBA, ETIÓPIA

2.ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO PARA JUVENTUDE, CULTURA E DESPORTO 13 17 DE JUNHO DE 2016 ADIS ABEBA, ETIÓPIA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 Fax: +251 115182072 Website: www.au.int SA17218 76/76/9/10 2.ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO

Leia mais

A Cooperação na Área do Trabalho Infantil nos Estados membros da CPLP

A Cooperação na Área do Trabalho Infantil nos Estados membros da CPLP A Cooperação na Área do Trabalho Infantil nos Estados membros da CPLP Documento de Projecto Âmbito geográfico: Estados membros da CPLP. Data de início das actividades: 15 de Fevereiro de 2007. Entidades

Leia mais

PARANAPANEMA EM FOCO

PARANAPANEMA EM FOCO Encontro Ampliado do PIRH Nos dias 15 e 16 de fevereiro, acontece no Hotel Sumatra, em Londrina (PR), o primeiro Encontro Ampliado do Plano Integrado de Recursos Hídricos (PIRH) da Unidade de Gestão dos

Leia mais

O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)?

O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)? O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)? O Liderança para a Mudança é um programa de aprendizagem activa para o desenvolvimento dos enfermeiros como líderes e gestores efectivos num ambiente

Leia mais

RELATÓRIO DA PRESIDENTE DA CUA SOBRE ACTIVIDADES RELACIONADAS COM A SAÚDE

RELATÓRIO DA PRESIDENTE DA CUA SOBRE ACTIVIDADES RELACIONADAS COM A SAÚDE SA9430 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P.O. Box 3243 Telephone: 5517 700 Fax: 5517844 www.africa-union.org CONFERÊNCIA DA UA DOS MINISTROS DA SAÚDE (CAMH6) Sexta Sessão

Leia mais

OS INVESTIMENTOS EM ÁGUA E SANEAMENTO EM CURSO NO SUMBE P/COORDENAÇÃO DO PROJECTO ENG.º CARLOS FONSECA

OS INVESTIMENTOS EM ÁGUA E SANEAMENTO EM CURSO NO SUMBE P/COORDENAÇÃO DO PROJECTO ENG.º CARLOS FONSECA OS INVESTIMENTOS EM ÁGUA E SANEAMENTO EM CURSO NO SUMBE WORKSHOP CONSULTA PÚBLICA SOBRE EIA DO PROJECTO SUMBE SUMBE, 22 DE MARÇO DE 2013 P/COORDENAÇÃO DO PROJECTO ENG.º CARLOS FONSECA 1 1. OBJECTIVOS DO

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 Fax: 517844

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 Fax: 517844 SA11715 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 Fax: 517844 MECANISMO REVISTO DE ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO, MONITORIZAÇÃO E AVALIAÇÃO DO PLANO

Leia mais

DISCURSO DE S.E. O EMBAIXADOR JEAN-BAPTISTE NATAMA, DIRECTOR DO GABINETE DA PRESIDENTE DA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA NO SIMPÓSIO SOBRE INVESTIMENTO

DISCURSO DE S.E. O EMBAIXADOR JEAN-BAPTISTE NATAMA, DIRECTOR DO GABINETE DA PRESIDENTE DA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA NO SIMPÓSIO SOBRE INVESTIMENTO AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Adis Abeba, Ethiopia P. O. Box 3243 Telefone: 5517 700 Fax: 5517844 Website: www. Africa-union.org DISCURSO DE S.E. O EMBAIXADOR JEAN-BAPTISTE NATAMA, DIRECTOR

Leia mais

Estratégia da ONUSIDA para : Acelerar o financiamento para pôr fim à SIDA

Estratégia da ONUSIDA para : Acelerar o financiamento para pôr fim à SIDA Estratégia da ONUSIDA para 2016-2020: Acelerar o financiamento para pôr fim à SIDA www.itcilo.org INTRODUÇÃO Estratégia global orientar e apoiar a resposta à SIDA, a nível global e assente em princípios

Leia mais

Gestão dos Projectos Bartolomeu Soto

Gestão dos Projectos Bartolomeu Soto Banco Mundial Governo de Moçambique Gestão dos Projectos Bartolomeu Soto Revisão do Desempenho da Carteira de Projectos (CPPR) 18 de Setembro de 2009 Assuntos Críticos a Considerar Desafios e Recomendações

Leia mais

Programa Nacional de Juventude

Programa Nacional de Juventude Programa Nacional de Juventude O Programa Nacional de Juventude, que hoje se apresenta, tem o seu enquadramento no Programa do XVII Governo Constitucional e nas Grandes Opções do Plano, e acolhe as prioridades

Leia mais

Banda Larga - Definià à o Tecnica

Banda Larga - Definià à o Tecnica Banda Larga - Definià à o Tecnica O que e Banda Larga? (Broadband) Banda Larga refere-se à telecomunicação que fornece múltiplos canais de dados por cima de um meio de comunicações único, tipicamente usando

Leia mais

TEMA: - DESAFIOS PARA O ACESSO INCLUSIVO E UNIVERSAL NOTA DE INFORMAÇÃO SOBRE A RESPOSTA AO ÉBOLA

TEMA: - DESAFIOS PARA O ACESSO INCLUSIVO E UNIVERSAL NOTA DE INFORMAÇÃO SOBRE A RESPOSTA AO ÉBOLA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 Fax: +251 115 182 072 Website: www.au.intwww.africa-youth.org PRIMEIRA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO

Leia mais

PROGRAMA PARLAMENTO DOS JOVENS

PROGRAMA PARLAMENTO DOS JOVENS PROGRAMA PARLAMENTO DOS JOVENS PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA, A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES, A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, O

Leia mais

Regulamento das Bolsas PARSUK Xperience 2014

Regulamento das Bolsas PARSUK Xperience 2014 Regulamento das Bolsas PARSUK Xperience 2014 1. Parte 1 Objectivos, valor e designação das bolsas 1.1. O programa PARSUK Xperience pretende dar a oportunidade a alunos de licenciatura ou mestrado em Portugal

Leia mais

Horizonte Eduardo Maldonado Coordenador dos Ponto de Contato Nacional PT

Horizonte Eduardo Maldonado Coordenador dos Ponto de Contato Nacional PT Eduardo Maldonado Coordenador dos Ponto de Contato Nacional PT H2020 (2014-2020) Três prioridades que se reforçam mutuamente ~79M 7% para o SME Instrument Projetos de uma única PME (ou consórcio de PMEs)

Leia mais

PROPOSTA. Termos de Referência

PROPOSTA. Termos de Referência lierpw ~Nulo do f ~ioga llamado Pranwenel PROPOSTA Termos de Referência Título: Revisão e Actualização do Manual do Formador da formação Pedagógica de Formadores Data limite para apresentação da proposta

Leia mais

1º Festival de Receitas do Campo. Relatório de ações 1

1º Festival de Receitas do Campo. Relatório de ações 1 1º Festival de Receitas do Campo Relatório de ações 1 OBJETIVO Resgatar e divulgar a identidade da Família Rural através da Culinária Rural, demonstrando que os hábitos alimentares pertencem ao patrimônio

Leia mais

A Cooperação Portuguesa

A Cooperação Portuguesa FICHA TEMÁTICA A Cooperação Portuguesa Março de 2015 Política de Cooperação para o Desenvolvimento A Cooperação para o Desenvolvimento é um vetor chave da política externa portuguesa, que assenta num consenso

Leia mais

POLÍTICAS DE INFRA-ESTRUTURAS DE TRANSPORTES EM PAÍSES DA CPLP CASO DE MOÇAMBIQUE

POLÍTICAS DE INFRA-ESTRUTURAS DE TRANSPORTES EM PAÍSES DA CPLP CASO DE MOÇAMBIQUE POLÍTICAS DE INFRA-ESTRUTURAS DE TRANSPORTES EM PAÍSES DA CPLP CASO DE MOÇAMBIQUE Titulo da Comunicação, Título da Comunicação Nome do Orador Empresa/Instituição Rede de Estradas Classificadas (DM. 03/2005)

Leia mais

Moçambique. informação de negócios. Oportunidades e Dificuldades do Mercado

Moçambique. informação de negócios. Oportunidades e Dificuldades do Mercado Moçambique informação de negócios Oportunidades e Dificuldades do Mercado Outubro 2008 Índice 1. Oportunidades 03 1.1 Tecnologias de Informação e Comunicação 03 1.2 Formação Profissional 03 1.3 Produtos

Leia mais

C. PLANO DE AÇÃO PARA O REFORÇO DAS ESTATÍSTICAS VITAIS E DE SAÚDE

C. PLANO DE AÇÃO PARA O REFORÇO DAS ESTATÍSTICAS VITAIS E DE SAÚDE - 13 - Anexo C C. PLANO DE AÇÃO PARA O REFORÇO DAS ESTATÍSTICAS VITAIS E DE SAÚDE Introdução 39. A finalidade deste documento é informar aos Órgãos Diretivos da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS)

Leia mais

Recomendações & Apoio GPPQ

Recomendações & Apoio GPPQ Recomendações & Apoio GPPQ Juliana Monteiro GPPQ/FCT Juliana.monteiro@fct.pt Em poucas palavras.. OFERTA ALERTA Alerta Pode fazer a diferença! Oferta É a razão pelo que o GPPQ existe! Missão GPPQ Promoção

Leia mais

Eficiência Hídrica para Edifícios e Espaços Públicos O Caminho para a Gestão Sustentável da Água POVT FEDER

Eficiência Hídrica para Edifícios e Espaços Públicos O Caminho para a Gestão Sustentável da Água POVT FEDER Seminário Final do Projeto Aveiro, 30/05/2012 Eficiência Hídrica para Edifícios e Espaços Públicos O Caminho para a Gestão Sustentável da Água POVT-09-142-FEDER-000022 Victor M. Ferreira 1 O desafio Em

Leia mais

1 Proposta técnica e financeira

1 Proposta técnica e financeira Concurso estudo de base PRODEM Especificações técnicas pela compilação da proposta Estabelecer um estudo de base de qualidade é uma tarefa importante para o PRODEM. Incentivamos, portanto, empresas de

Leia mais

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 PMA PROGRAMA MUNDIAL DE ALIMENTOS

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 PMA PROGRAMA MUNDIAL DE ALIMENTOS COPATROCINADOR UNAIDS 2015 PMA PROGRAMA MUNDIAL DE ALIMENTOS COPATROCINADORES UNAIDS 2015 PMA O QUE É O PROGRAMA MUNDIAL DE ALIMENTOS? As pessoas que vivem com HIV têm direito à alimentação e boa nutrição.

Leia mais

Fórum Concelhio Para a Promoção da Saúde

Fórum Concelhio Para a Promoção da Saúde Fórum Concelhio Para a Promoção da Saúde CASCAIS SAUDÁVEL 1. Contexto SÓCIO-POLÍTICO: Saúde na ordem do dia Envelhecimento da população Sustentabilidade do SNS Transferência de competências para as Autarquias

Leia mais

OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto (Modelo I)

OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto (Modelo I) OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto (Modelo I) Tarefa AMPES/OMIS: (código e descrição) Informações preenchidas pela OPAS/OMS

Leia mais

Medida de apoio à inovação

Medida de apoio à inovação Medida de apoio à inovação Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020 Maria Pedro Silva Organização: Apoio Institucional: Grupos Crescimento Valor Acrescentado Rentabilidade Económica Inovação Capacitação

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades 2014 / 2015 APAEA Índice 1. NOTA INTRODUTÓRIA... 1 2. RELAÇÃO COM OS PAIS/ENCARREGADOS DE EDUCACAÇÃO E SOCIOS... 2 3. REPRESENTAÇÃO NOS ORGÃOS DO AGRUPAMENTO... 3 4. MELHORIA

Leia mais

Concursos de Principais alterações face a João Carreira

Concursos de Principais alterações face a João Carreira Concursos de 2014 Principais alterações face a 2013 João Carreira Que novos concursos são lançados hoje? São lançados 6 concursos: 2 Concursos de 2014: Principais alterações face a 2013 TIPOLOGIAS DE PROJETO:

Leia mais

Tema: "Protecção Social para o Desenvolvimento Inclusivo" CAMPANHA PARA ELIMINAÇÃO DO CASAMENTO INFANTIL EM ÁFRICA: APELO PARA ACÇÃO

Tema: Protecção Social para o Desenvolvimento Inclusivo CAMPANHA PARA ELIMINAÇÃO DO CASAMENTO INFANTIL EM ÁFRICA: APELO PARA ACÇÃO SA14350 61/9/12 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE PRIMEIRA SESSÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO SOBRE O DESENVOLVIMENTO SOCIAL, TRABALHO E DESEMPREGO (STC-SDLE-1) ADIS ABEBA, ETIÓPIA 20-24 DE ABRIL DE 2015

Leia mais

SOLUÇÕES DE CIBERSAÚDE NA REGIÃO AFRICANA: CONTEXTO ACTUAL E PERSPECTIVAS. Relatório do Director Regional ÍNDICE. Parágrafos ANTECEDENTES...

SOLUÇÕES DE CIBERSAÚDE NA REGIÃO AFRICANA: CONTEXTO ACTUAL E PERSPECTIVAS. Relatório do Director Regional ÍNDICE. Parágrafos ANTECEDENTES... 23 de Junho de 2010 COMITÉ REGIONAL AFRICANO ORIGINAL: INGLÊS Sexagésima sessão Malabo, Guiné Equatorial, 30 de Agosto-3 de Setembro de 2010 Ponto 7.3 da ordem do dia provisória SOLUÇÕES DE CIBERSAÚDE

Leia mais

Evento EDIFÍCIOS BALANÇO. Rumo ao Impacte Nulo da Construção e Reabilitação nas Cidades. 22 Novembro Museu das Comunicações.

Evento EDIFÍCIOS BALANÇO. Rumo ao Impacte Nulo da Construção e Reabilitação nas Cidades. 22 Novembro Museu das Comunicações. Evento EDIFÍCIOS BALANÇO Rumo ao Impacte Nulo da Construção e Reabilitação nas Cidades PARTICIPE 22 Novembro 2011 Museu das Comunicações Lisboa ORGANIZAÇÃO UMA PUBLICAÇÃO APOIO APRESENTAÇÃO A conferência

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO DA REDE SOCIAL DE LISBOA ANO DE 2010 PRORROGAÇÃO PARA Aprovado em sede de CLAS a 04 de Julho de 2011

PLANO DE ACÇÃO DA REDE SOCIAL DE LISBOA ANO DE 2010 PRORROGAÇÃO PARA Aprovado em sede de CLAS a 04 de Julho de 2011 PLANO DE ACÇÃO DA REDE SOCIAL DE LISBOA ANO DE 2010 PRORROGAÇÃO PARA 2011 Aprovado em sede de CLAS a 04 de Julho de 2011 PLANO DE ACÇÃO PARA 2010 PRORROGAÇÃO PARA 2011 OBJECTIVO ESTRATÉGICO OBJECTIVO ESPECÍFICO

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DAS RECOMENDAÇÕES. N Recomendação Estado de Implementação Desafios. Comissão da União Africana

ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DAS RECOMENDAÇÕES. N Recomendação Estado de Implementação Desafios. Comissão da União Africana Comissão da União Africana 1. Solicitar à CUA para que organize, enquanto aguardar-se pela implementação plena das decisões pertinentes sobre a operacionalização dos Comités Técnicos Especializados (CTE),

Leia mais

CONSULTORIA PARA AUSCULTAÇÃO SOBRE A FORMALIZAÇÃO DO ROSC E ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DO ROSC PARA O PERÍODO 2012-2015 TERMOS DE REFERÊNCIA

CONSULTORIA PARA AUSCULTAÇÃO SOBRE A FORMALIZAÇÃO DO ROSC E ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DO ROSC PARA O PERÍODO 2012-2015 TERMOS DE REFERÊNCIA CONSULTORIA PARA AUSCULTAÇÃO SOBRE A FORMALIZAÇÃO DO ROSC E ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DO ROSC PARA O PERÍODO 2012-2015 TERMOS DE REFERÊNCIA 1. Âmbito da Consultoria No âmbito das actividades realizadas

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO DE MADRID SOBRE O ENVELHECIMENTO - MIPPA

PLANO DE ACÇÃO DE MADRID SOBRE O ENVELHECIMENTO - MIPPA ONU - ACÇÃO DIREITOS HUMANOS E O ENVELHECIMENTO Lisboa, 12 de ABRIL 2012 PLANO DE ACÇÃO DE MADRID SOBRE O ENVELHECIMENTO - MIPPA ODETE SEVERINO População mundial Outubro 2011: 7 bilhões de Pessoas 893

Leia mais

UNIÃO AFRICANA P.O. Box: 3243, Addis Ababa, Ethiopia, Tel.:(251-11) Fax: (251-11)

UNIÃO AFRICANA P.O. Box: 3243, Addis Ababa, Ethiopia, Tel.:(251-11) Fax: (251-11) AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA P.O. Box: 3243, Addis Ababa, Ethiopia, Tel.:(251-11) 551 38 22 Fax: (251-11) 551 93 21 Email: situationroom@africa-union.org CONSELHO EXECUTIVO Décima-oitava

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 251-115-517 700 Ext. 255 Website: www.africa-union.org

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 251-115-517 700 Ext. 255 Website: www.africa-union.org AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 251-115-517 700 Ext. 255 Website: www.africa-union.org CONFERÊNCIA DA UNIÃO Décima-Nona Sessão Ordinária 15-16

Leia mais

A CONTRIBUIÇÃO DOS SISTEMAS INTELIGENTES DE TRANSPORTES PARA A INCLUSÃO SOCIAL

A CONTRIBUIÇÃO DOS SISTEMAS INTELIGENTES DE TRANSPORTES PARA A INCLUSÃO SOCIAL A CONTRIBUIÇÃO DOS SISTEMAS INTELIGENTES DE TRANSPORTES PARA A INCLUSÃO SOCIAL Rui D. Camolino Lisboa, 9 de Julho 2008 1 AGENDA Projecto MATISSE Conclusões do Projecto A Contribuição da Associação ITS

Leia mais

MECANISMOS DE RESPONSABILIZAÇÃO PARA AVALIAR A IMPLEMENTAÇÃO DAS DECLARAÇÕES E DE OUTROS COMPROMISSOS ASSUMIDOS PELOS MINISTROS AFRICANOS DA SAÚDE

MECANISMOS DE RESPONSABILIZAÇÃO PARA AVALIAR A IMPLEMENTAÇÃO DAS DECLARAÇÕES E DE OUTROS COMPROMISSOS ASSUMIDOS PELOS MINISTROS AFRICANOS DA SAÚDE AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA 1 st African Ministers of Health meeting jointly convened by the AUC and WHO 1 ère réunion des ministres africains de la Santé organisée conjointement par la

Leia mais

Iniciativa de Alfabetização para 0 Empoderamento

Iniciativa de Alfabetização para 0 Empoderamento Iniciativa de Alfabetização para 0 Empoderamento 2006-2015 O que é LIFE? A Iniciativa de Alfabetização para o Empoderamento (LIFE - Literacy Initiative for Empowerment) foi concebida como um marco estratégico

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Cooperação Internacional com os países Africanos

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Cooperação Internacional com os países Africanos MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Cooperação Internacional com os países Africanos Setembro/2012 DIRETRIZES DA POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA 1. Baseada em valores clássicos: promoção

Leia mais

LINHAS DE ORIENTAÇÃO PARA A CARTA DE BURRA

LINHAS DE ORIENTAÇÃO PARA A CARTA DE BURRA Pág. 1 de 5 LINHAS DE ORIENTAÇÃO PARA A CARTA DE BURRA PROCEDIMENTOS As novas linhas de orientação para acompanharem a Carta de Burra revista (1999) estarão disponíveis em breve. As seguintes linhas de

Leia mais

Plano Metropolitano de Habitação. Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas

Plano Metropolitano de Habitação. Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas Apresentado pelo representante do Ministério das Cidades Histórico Aprovado pelo Conselho de Desenvolvimento

Leia mais

Participar no Horizonte 2020

Participar no Horizonte 2020 Gabinete de Promoção dos Programa Quadro ID&I Participar no Horizonte 2020 Elisabete Pires NCP ICT, FET e Administração pública Castelo Branco 06/04/2016 GPPQ Criado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia

Leia mais

Propriedade, Prestação de Contas e Sustentabilidade na Resposta de VIH/SIDA, Tuberculose e Malária em África: Passado, Presente e o Futuro

Propriedade, Prestação de Contas e Sustentabilidade na Resposta de VIH/SIDA, Tuberculose e Malária em África: Passado, Presente e o Futuro SA10179 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA CIMEIRA ESPECIAL DA UNIÃO AFRICANA SOBRE O VIH/SIDA, TUBERCULOSE E MALÁRIA 12-16 DE JULHO DE 2013 ABUJA, NIGÉRIA Tema: Propriedade, Prestação de Contas

Leia mais

Desenvolvimento Industrial em. Moçambique. African Iron&Steel Conference, de 23 de Juhno de 2015, Hotel Avenida, Maputo, Moçambique

Desenvolvimento Industrial em. Moçambique. African Iron&Steel Conference, de 23 de Juhno de 2015, Hotel Avenida, Maputo, Moçambique República de Moçambique African Iron&Steel Conference, de 23 de Juhno de 2015, Hotel Avenida, Maputo, Moçambique Direcção Nacional da Industria Desenvolvimento Industrial em Moçambique Eng. Mateus Matusse

Leia mais

AIDE-MÉMOIRE CONFERÊNCIA DA UA DE MINISTROS AFRICANOS DA INDÚSTRIA 20ª SESSÃO ORDINÁRIA DE JUNHO DE 2013 NAIROBI, REPÚBLICA DO QUÉNIA

AIDE-MÉMOIRE CONFERÊNCIA DA UA DE MINISTROS AFRICANOS DA INDÚSTRIA 20ª SESSÃO ORDINÁRIA DE JUNHO DE 2013 NAIROBI, REPÚBLICA DO QUÉNIA TI9666 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 700 Fax: +251-1-517844 CONFERÊNCIA DA UA DE MINISTROS AFRICANOS DA INDÚSTRIA 20ª SESSÃO ORDINÁRIA

Leia mais

Custos de Produção de Milho. Joao Mutondo, CEPPAG-UEM ReNAPRI

Custos de Produção de Milho. Joao Mutondo, CEPPAG-UEM ReNAPRI Custos de Produção de Milho Joao Mutondo, CEPPAG-UEM ReNAPRI Outline 1. Descrição de ReNAPRI 2. Produção de milho em Moçambique 3. Metodologia de Agribenchmark 4. Resultados: benchmarking custos de produção

Leia mais

Adis Abeba, Etiópia. CONSELHO EXECUTIVO Vigésima Primeira Sessão Ordinária 9-13 de Julho 2012 EX.CL/723 (XXI) UNIÃO AFRICANA.

Adis Abeba, Etiópia. CONSELHO EXECUTIVO Vigésima Primeira Sessão Ordinária 9-13 de Julho 2012 EX.CL/723 (XXI) UNIÃO AFRICANA. AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Adis Abeba, Ethiopia P. O. Box 3243 Telefone: 5517 700 Fax: 5517844 Website: www. Africa-union.org CONSELHO EXECUTIVO Vigésima Primeira Sessão Ordinária 9-13

Leia mais

O projecto Potencial C inclui ainda um número limitado de actividades a decorrer fora do país. Objectivos:

O projecto Potencial C inclui ainda um número limitado de actividades a decorrer fora do país. Objectivos: O projecto Potencial C é uma iniciativa da Agência INOVA e é constituído por um conjunto integrado e abrangente de actividades que, ao longo de 24 meses, procurará estimular a criação de empresas no âmbito

Leia mais

MEDIAÇÃO DA APRENDIZAGEM PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATO DE EXPERIÊNCIA

MEDIAÇÃO DA APRENDIZAGEM PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATO DE EXPERIÊNCIA MEDIAÇÃO DA APRENDIZAGEM PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE RELATO DE EXPERIÊNCIA Gisele Cristina Tertuliano RESUMO Este artigo é um relato de experiência sobre o processo de aprendizagem de aprendizagem para

Leia mais

Na União Europeia e países europeus (I):

Na União Europeia e países europeus (I): O princípio da CPD diz-nos que as políticas nos vários setores devem contribuir ativamente para os objetivos de luta contra a pobreza e de promoção do desenvolvimento ou, pelo menos, não prejudicarem esses

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO PARA A COORDENAÇÃO DA ACÇÃO AMBIENTAL

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO PARA A COORDENAÇÃO DA ACÇÃO AMBIENTAL REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------- MINISTÉRIO PARA A COORDENAÇÃO DA ACÇÃO AMBIENTAL Intervenção de Sua Excelência Ministra para a Coordenação da Acção Ambiental por ocasião da assinatura do Memorando de

Leia mais

Adaptação com Base na Comunidade Lista de Controlo do Plano de Implementação do Projecto

Adaptação com Base na Comunidade Lista de Controlo do Plano de Implementação do Projecto Adaptação com Base na Comunidade Lista de Controlo do Plano de Implementação do Projecto Contexto do Projecto Contexto Ambiental Descrever as calamidades climáticas presentes (eventos e condições) afectando

Leia mais

JORNAL DA CONSTRUÇÃO. Lisboa, 28 de Maio de 2007

JORNAL DA CONSTRUÇÃO. Lisboa, 28 de Maio de 2007 JORNAL DA CONSTRUÇÃO Lisboa, 28 de Maio de 2007 1. LISBOA OCIDENTAL, SRU (ENQUADRAMENTO) O Município de Lisboa criou a Sociedade de Reabilitação Urbana Lisboa Ocidental, SRU, em Julho de 2004. A Empresa,

Leia mais

Membros da MIGA. Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. Data de afiliação

Membros da MIGA. Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. Data de afiliação Membros da MIGA Agência Multilateral de Garantia de Investimentos Membro Data de afiliação África do Sul 10 de março de 1994 Albânia 15 de outubro de 1991 Alemanha 12 de abril de 1988 Angola 19 de setembro

Leia mais

Modelo de Desenvolvimento, Quadro de Monitorização e Economia Azul

Modelo de Desenvolvimento, Quadro de Monitorização e Economia Azul Modelo de Desenvolvimento, Quadro de Monitorização e Economia Azul Meios de Financiamento Nacionais e Europeus e Integração das Políticas de Desenvolvimento Par$lha de Informação A promoção de um ambiente

Leia mais

VI Seminário de Políticas de Gestão da Qualidade

VI Seminário de Políticas de Gestão da Qualidade VI Seminário de Políticas de Gestão da Qualidade do Solo e das Águas Subterrâneas aesas - 24 e 25 de setembro de 2008 Eng.º Giuseppe Michelino CETESB Departamento de Tecnologia do Solo, Águas Subterrâneas

Leia mais

PROJECTO DE RELATÓRIO DA SESSÃO MINISTERIAL

PROJECTO DE RELATÓRIO DA SESSÃO MINISTERIAL AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 517 700 Fax: 5130 36 website: www. www.au.int PRIMEIRA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO (CTE) DE COMUNICAÇÕES

Leia mais

Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Guarulhos

Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Guarulhos Conselho Municipal de Alimentação Escolar de Guarulhos Na cidade de Guarulhos o Conselho de Alimentação Escolar (CAE), foi criado pela Lei Municipal n n 5.647 de 15 de Fevereiro de 2001 e Regulamentado

Leia mais

Considerando o interesse de medir com regularidade os conteúdos da Web em português de forma a ter uma informação precisa sobre a sua evolução;

Considerando o interesse de medir com regularidade os conteúdos da Web em português de forma a ter uma informação precisa sobre a sua evolução; MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE O MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR DA REPÚBLICA PORTUGUESA E O MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL em matéria de reforço

Leia mais

Participação social é método de governar. Secretaria-Geral da Presidência da República

Participação social é método de governar. Secretaria-Geral da Presidência da República OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Foram definidos para dar respostas aos principais problemas mundiais levantados nas conferências sociais que a ONU promoveu na década de 90: Criança (NY/90);

Leia mais

Relatório Final da Consulta sobre o Desenvolvimento do Sistema Político. Maio de 2012

Relatório Final da Consulta sobre o Desenvolvimento do Sistema Político. Maio de 2012 Relatório Final da Consulta sobre o Desenvolvimento do Sistema Político Maio de 2012 1 1. Aspecto geral sobre o trabalho de consulta 2. Alterações à metodologia para a constituição da Assembleia Legislativa

Leia mais

Direitos das Minorias

Direitos das Minorias Direitos das Minorias Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Direitos das Minorias Nos Estados em que existam minorias étnicas, religiosas ou linguísticas, as pessoas pertencentes a essas minorias

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE RECURSOS HÍDRICOS

PLANO ESTADUAL DE RECURSOS HÍDRICOS GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE CONSELHO DE RECURSOS HÍDRICOS DEPARTAMENTO DE RECURSOS HÍDRICOS PLANO ESTADUAL DE RECURSOS HÍDRICOS RIO GRANDE DO SUL www.sema.rs.gov.br

Leia mais

Delimitações, Planos de Uso da Terra e Desenvolvimento Local. Paul De Wit Nampula 9-11 Março 2010

Delimitações, Planos de Uso da Terra e Desenvolvimento Local. Paul De Wit Nampula 9-11 Março 2010 Delimitações, Planos de Uso da Terra e Desenvolvimento Local Paul De Wit Nampula 9-11 Março 2010 Estrutura da Apresentação Cenários de investimento e desenvolvimento O quadro de Moçambique Uma estratégia

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA. Apoio à Livre Circulação das Pessoas e Migração na África Ocidental:

TERMOS DE REFERÊNCIA. Apoio à Livre Circulação das Pessoas e Migração na África Ocidental: TERMOS DE REFERÊNCIA Apoio à Livre Circulação das Pessoas e Migração na África Ocidental: Consultoria para a elaboração de um perfil migratório nacional e a facilitação de um seminário sobre sobre a migração

Leia mais

21ª OTI - RIPSA RIPSA NO ESTADO 28 DE OUTUBRO DE 2010.

21ª OTI - RIPSA RIPSA NO ESTADO 28 DE OUTUBRO DE 2010. 21ª OTI - RIPSA RIPSA NO ESTADO 28 DE OUTUBRO DE 2010. 1 A INICIATIVA RIPSA NO ESTADO Pacto pela Saúde novos desafios aos gestores, profissionais de saúde e controle social. Informações - qualidade e disponibilização

Leia mais

CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA ÁRABE-PORTUGUESA

CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA ÁRABE-PORTUGUESA PATROCINADORES CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA ÁRABE-PORTUGUESA A Câmara de Comércio e Indústria Árabe-Portuguesa (CCIAP), Associação sem fins lucrativos/entidade de Utilidade Pública, tem como objectivo

Leia mais

REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO FERNANDO NAMORA DE CONDEIXA-A-NOVA

REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA C/ 3º CICLO FERNANDO NAMORA DE CONDEIXA-A-NOVA CÓDIGO DA ESCOLA 404457 CONTRIBUINTE Nº: 600074129 RUA LONGJUMEAU 3150-122 CONDEIXA-A-NOVA Telf.: 239940200 Fax: 239941090 Email: info@eps-condeixa-a-nova.rcts.pt REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR

Leia mais

Consultoria para planeamento do processo de regulação das profissões no sector de Hotelaria, Restauração e Turismo

Consultoria para planeamento do processo de regulação das profissões no sector de Hotelaria, Restauração e Turismo Termos de Referência Consultoria para planeamento do processo de regulação das profissões no sector de Hotelaria, Restauração e Turismo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) Tipo de

Leia mais

Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência no Estado de São Paulo. Roberto Agune GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência no Estado de São Paulo. Roberto Agune GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência no Estado de São Paulo Roberto Agune ragune@sp.gov.br GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO dados do governo devem servir além do próprio governo, devem

Leia mais

Tema: Protecção Social para o Desenvolvimento Inclusivo

Tema: Protecção Social para o Desenvolvimento Inclusivo AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 Fax: +251 115 182 072 Website: www.au.intwww.africa-youth.org PRIMEIRA SESSÃO DO COMITÉ TÉCNICO

Leia mais

ESTATUTOS DO CONSELHO ECONÓMICO, SOCIAL E CULTURAL DA UNIÃO AFRICANA

ESTATUTOS DO CONSELHO ECONÓMICO, SOCIAL E CULTURAL DA UNIÃO AFRICANA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 251-1-517 700 Cables: OAU, ADDIS ABABA ESTATUTOS DO CONSELHO ECONÓMICO, SOCIAL E CULTURAL DA UNIÃO AFRICANA Pág.

Leia mais

Termo de Referência Plano de Negócios Coalizão Cidades pela Água Capítulo Curitiba. A. Contexto

Termo de Referência Plano de Negócios Coalizão Cidades pela Água Capítulo Curitiba. A. Contexto A. Contexto Termo de Referência Plano de Negócios Coalizão Cidades pela Água Capítulo Curitiba A The Nature Conservancy (TNC) é uma organização sem fins lucrativos, que tem como missão preservar as terras

Leia mais

REDE MUNDIAL DE ALERTA E RESPOSTA A SURTOS (GOARN)

REDE MUNDIAL DE ALERTA E RESPOSTA A SURTOS (GOARN) EPIDEMIC ALERT & RESPONSE REDE MUNDIAL DE ALERTA E RESPOSTA A SURTOS (GOARN) Estrutura da Rede Documento de Trabalho Departamento de Monitoramento e Resposta a Doenças Transmissíveis Alerta e Resposta

Leia mais