TEMA:- DESAFIOS PARA O ACESSO UNIVERSAL E INCLUSIVO O CUSTO DA FOME NO ESTUDO DE ÁFRICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TEMA:- DESAFIOS PARA O ACESSO UNIVERSAL E INCLUSIVO O CUSTO DA FOME NO ESTUDO DE ÁFRICA"

Transcrição

1 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Adis Abeba, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telefone: Fax: Website: PRIMEIRA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO SOBRE A SAÚDE, POPULAÇÃO E CONTROLE DE DROGAS (STC-HPDC-1) DE ABRIL DE 2015 ADIS ABEBA, ETIÓPIA SA /67/9/10 STC/EXP/HP/XII(I) TEMA:- DESAFIOS PARA O ACESSO UNIVERSAL E INCLUSIVO O CUSTO DA FOME NO ESTUDO DE ÁFRICA

2 O CUSTO DA FOME NO ESTUDO DE ÁFRICA ACTUALIZAÇÃO DO PROGRESSO DA IMPLEMENTAÇÃO Fevereiro de

3 Custo de Fome em África 1. Historial O Estudo do Custo da Fome em África (COHA) é um projecto liderado pela Comissão da União Africana (CUA) e pela Agência de Coordenação e Planificação da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África (NEPAD) e apoiado pela Comissão Económica das Nações Unidas para África (CEA), e o Programa Mundial de Alimentação (PMA). O COHA é uma iniciativa de todo o continente, no âmbito da Estratégia Nutricional Revista da Região Africana ( ), os objectivos da Força Africana de Trabalho do Desenvolvimento Alimentar e Nutricional (ATFFND) e os princípios do 3 pilar da UA/NEPAD do Programa Abrangente de Desenvolvimento Agrícola da África (CAADP). O estudo será implementado em vários países do continente e tem por objectivo estimar os impactos económicos e sociais da desnutrição infantil em África. O Estudo do Custo da Fome foi originalmente realizado em 2004, na América Latina e nas Caraíbas (ALC) com o apoio da Comissão Económica para a América Latina e Caraíbas (ECLAC) e do PMA. Com base nas experiências de sucesso e dos resultados gerados a partir de ALC, do PMA e da Comissão Económica das Nações Unidas para a África (UNECA) colaboraram com a Comissão da União Africana (CUA) para adaptar o estudo para o contexto Africano. Em Março de 2012, os Ministros Africanos das Finanças, Planificação e Desenvolvimento Económico, que se reuniram em Adis Abeba, durante a 4ª conferência conjunta da UA e da CEA dos Ministros das Finanças, Planificação e Desenvolvimento Económico emitiram uma declaração sobre COHA (Resolução 898), confirmando a importância do estudo, bem como a recomendar a expansão para além da fase piloto. No mesmo ano, em Dezembro de 2012, no Malawi, a Força Africana de Trabalho de Desenvolvimento Alimentar e Nutricional, na sua 4 a reunião anual, aprovou a metodologia do estudo adaptada no contexto Africano. O estudo do COHA foi originalmente proposto para ser realizado em 12 países, nomeadamente, Botswana, Burkina Faso, Camarões, Egípto, Etiópia, Gana, Quénia, Malawi, Mauritânia, Ruanda, Suazilândia e Uganda em três fases. No entanto, após a declaração de Malabo, em Junho de 2014, que exortou aos Estados Membros a intensificarem a implementação do estudo, outros países avançaram no sentido de manifestar interesse em participar no estudo. Estes incluem o Chade, Congo Brazzaville, República Democrática do Congo, Lesoto, Madagáscar, Moçambique, Namíbia, Nigéria e Somália. A maioria dos países apresentou o seu interesse com financiamento para cobrir o custo ao nível nacional do estudo. O PMA, que proporcionou apoio financeiro para cobrir o custo ao nível nacional na primeira e segunda fase de países, continuará a fazê-lo no Chade, Lesoto, Congo Brazzaville e 2

4 na Somália. REACH em Moçambique, a UNICEF na Nigéria e o Banco Mundial na RDC comprometeram-se a apoiar financeiramente o estudo. 2. Actualizar o Estado da Implementação Primeira Fase: Estudo concluído nos países da primeira fase Egípto, Etiópia, Suazilândia e Uganda. A implementação do estudo, nos países da primeira fase - Egípto, Etiópia, Uganda e Suazilândia - foi concluída em 2013, com o lançamento dos relatórios nacionais nos respectivos países. Além disso, o primeiro relatório regional, uma compilação dos quatro relatórios de países em um só, foi igualmente lançado num evento paralelo realizado durante a 7ª Conferência conjunta da UA e CEA dos Ministros das Finanças e Desenvolvimento Económico em Abuja, em Março de A actualização do progresso da execução foi igualmente apresentada na reunião do Comité de Peritos antes da conferência dos Ministros. Segunda Fase. Os países da segunda fase incluem - Burkina Faso, Gana, Malawi e Ruanda. A implementação do estudo do COHA nos países da segunda fase começou em 2013 e, actualmente encontra-se quase na fase de conclusão. O estudo foi concluído em Ruanda com o relatório nacional lançado em Fevereiro de O estudo foi igualmente concluído em Burkina Faso e Malawi durante o terceiro de No entanto, os lançamentos oficiais dos relatórios dos países estão suspendidos até que a estabilidade seja mantida em Burkina Faso e o estado de emergência devido à inundação recente seja levantada no Malawi. A execução do estudo em Gana teve de ser adiada por quase nove meses até o lançamento das mais recentes DHS (2014). O relatório está neste momento a ser elaborado pela equipe regional, após os resultados preliminares do estudo validado em Dezembro do ano passado. Países segunda fase Burkina Faso Gana Malawi da Actualização do Estado Implementação completa. A data de lançamento do relatório está ainda por ser proposto por NIT. O lançamento está provisoriamente proposto para Abril de Validação das constatações de estudo foi realizada em Dezembro de A Equipe Regional está neste momento a trabalhar no relatório do país. A implementação está completa. O lançamento do COH no relatório de Malawi foi mais uma vez adiado, e desta vez foi por causa da situação actual de emergência devido as recentes inundações. Uma nova data acaba de ser proposta pelo Governo de Malawi para 29 de 3

5 Abril de Ruanda Implementação completa e o relatório lançado em Fevereiro de Terceira Fase. Os países da Terceira fase incluem Botswana, Camarões, Quénia e Mauritânia. A preparação está em curso para a implantação do estudo no Segundo de Esta fase irá igualmente incluir países adicionais que expressaram interesse de fazer parte no estudo. O Chade tornou-se o primeiro país do grupo a iniciar o estudo em Dezembro de Eventos de COHA em Eventos Concluídos: Informe dos Doadores sobre a Nutrição Uma reunião de doadores sobre Nutrição foi realizada no dia 13 de Janeiro de 2015, em Nairobi, no Quénia no Escritório Regional do Banco Africano de Desenvolvimento. O briefing foi organizado pela Comissão da União Africana, em colaboração com o Escritório de África do Programa Mundial de Alimentação, o Escritório Regional do PMA para a África Oriental e Central, a Comissão Económica das Nações Unidas para a África, a Fundação Rockefeller e o Banco Africano de Desenvolvimento. Os resultados do estudo do COHA foram utilizados para orientar as discussões e para demonstrar uma forte evidência sobre a necessidade de aumentar o investimento em nutrição. O briefing facilitou o diálogo entre as agências da ONU, doadores e instituições internacionais e aumentou a consciencialização sobre o estudo, ao mesmo tempo, destacando as lacunas críticas de financiamento para completar o estudo em países-chave. Além disso, as recomendações foram feitas aos parceiros de implementação no sentido de mudarem do foco no apoio aos países por forma a traduzir os compromissos em acção concreta. As intervenções podem ser resumidas em três categorias seguintes: 1) o grupo de parceiros que se comprometeu em apoiar o estudo directamente, incluindo a Fundação do Fundo de Investimento da Criança (CIFF), a União Europeia, o Banco Africano de Desenvolvimento; 2) o grupo de parceiros que pretendem cooperar na sua execução, incluindo a UNICEF, FNUAP, ONUSIDA e a OMS; e 3) parceiros que se comprometeram em apoiar o trabalho de advocacia numa tentativa de aumentar o apoio internacional à COHA incluindo a Fundação Rockefeller e o BAD. O relatório completo do briefing pode ser acedido através da ligação de dropbox abaixo. https://www.dropbox.com/s/2v8j3pa6ry8e0l8/donors%27%20briefing%20report%20- %20Nairobi%20-%2017%20Jan.pdf?dl=0 4

6 3.2 Eventos planificados: 1. Chade 26 de Fevereiro de Um Seminário para formação do NIT no modelo do COHA e para validar os dados recolhidos pelo NIT antes do processamento. 2. Segundo de O COHA iniciou nos países da terceira fase. Para além do Chade, os países da terceira fase consistirão na Mauritânia, Quénia, Madagáscar, Lesoto e República Democrática do Congo. 3. Abril de COHA/nutrição na Conferência de Ministros de Saúde, População e Controle de Drogas. Adis Abeba 4. Julho de O segundo relatório "regional" do COHA, uma compilação dos resultados dos países da segunda fase (Burkina Faso, Gana, Malawi e Ruanda) propõe-se que seja lançado durante o evento do Financiamento para o Desenvolvimento, que será realizado em Adis Abeba, em Julho de Segundo/Terceiro de Informe do COHA/nutrição aos Embaixadores Africanos residentes em Adis Abeba. 6. Terceiro/Quarto de Informe do COHA/nutrição aos Embaixadores Africanos residentes em Nova Iorque. 7. Terceiro/Quarto de Informe do COHA/nutrição aos Ministros Africanos da Saúde e das Finanças, em Boston, na reunião anual do Banco Africano de Desenvolvimento com os Ministros. 8. Terceiro/Quarto de Informe do COHA/nutrição na 70ª Assembleia Geral da ONU em Nova Iorque. 5

7 Tabela 1. Resumo do Estado dos Países da Terceira Fase Países da Terceira/Quarta Fase Estado Actual Financiamento Início do COHA Observações Botswana Camarões Quénia Mauritânia Originalmente nos primeiros 12 países Originalmente nos primeiros 12 países Originalmente nos primeiros 12 países Originalmente nos primeiros 12 países País num processo de estabelecer o NIT. Estabeleceu-se NIT Reestabelecida a Comunicação com o Ministério de Saúde. O Ministério de Saúde deve responder a carta enviada pela CUA em Janeiro de 2015 Debates foram realizados para o relançamento do COHA com o Escritório Nacional do PMA. Debates adicionais a Sem Financiamento Sem Financiamento Apresentou se uma proposta de financiamento para o CIFF em Fevereiro de 2015 O PMA e UNICEF irão apoiar Improvável lançamento segundo Improvável lançamento segundo Provável lançamento Segundo Provável lançamento Segundo no no no no O PMA não tem presença no país. Este revelou-se difícil para facilitar o processo de formação de NIT. A NEPAD está a intervir para facilitar este processo. A UNICEF indicou que o Escritório Nacional tem falta de pessoal e, portanto, não poderia ser capaz de apoiar nesta matéria O Escritório Nacional do PMA ainda não está em condições para financiar o COHA. O PMA ADD em comunicação com o Escritório Nacional do PMA nos Camarões. A UNICEF será abordada para um possível financiamento. CIFF demonstrou interesse de apoiar o estudo de Quénia. A Mauritânia tinha implementado o estudo através da contratação de um consultor. A validação das conclusões preliminares foi realizada em Outubro de A revisão das 6

8 serem realizados com o Escritório Nacional do PMA e UNICEF sobre o caminho a seguir Chade Novo país COHA lançado em Dezembro de 2014 RDC Novo país O Governo ainda tem que escrever para a CUA a expressar o seu interesse Lesoto Novo país A CUA escreveu a acusar a recepção de NV do governo do Lesoto. Agora o governo está no processo de estabelecer NIT Madagáscar Novo país A CUA escreveu a acusar a recepção de NV do governo de Lesoto O governo está agora no O PMA está a apoiar O Mundial apoiar Banco irá PMA irá apoiar UNICEF apoiar irá O estudo já foi lançado em Dezembro de 2014 Provável lançamento no Segundo Provável lançamento no Segundo Provável lançamento Segundo no conclusões da equipe regional, no entanto, indicou que o estudo havia sido realizado utilizando o modelo de ECLAC e não o modelo revisto no contexto de África. A teleconferência foi realizada entre o Escritório Nacional do PMA e da equipe regional para um possível relançamento do estudo, sob a liderança da CUA/NEPAD. O Escritório Nacional aceitou a sugestão e indicou que o escritório estaria pronto para dar início do estudo, em Agosto de A Equipa Regional deve ter ainda mais debate para poder planear. A Equipa Regional tem de debater ainda mais para planificação. A Equipa Regional tem de debater ainda mais para planear. 7

9 processo de estabelecer o NIT Moçambique Novo país O governo ainda está por escrever para a CUA expressando o seu interesse. A espera da conclusão das eleições Nigéria Novo país A comunicação entre as equipas regionais e o escritório nacional da UNICEF ainda não se estabeleceram. Namíbia Novo país A Comunicação entre a equipa regional e o escritório nacional do PMA ainda não está estabelecida Somália Novo país O PMA ADD está em comunicação com o PMA da Somália REACH apoiar irá A UNICEF expressou interesse O PMA expressou interesse O PMA irá apoiar Terceiro/Quarto de 2015 Por confirmar Por confirmar Terceiro/Quarto de 2015 A Equipa Regional tem de debater ainda mais para planear A Equipa Regional tem de debater ainda mais para planear A Equipa Regional tem de debater ainda mais para planear A Equipa Regional está a explorar a disponibilidade de dados suficientes para realizar o estudo 8

10 Tabela 2. Eventos de Advocacia do COHA No. Eventos Objectivos Resultados 1. Pequeno Almoço de Trabalho para os Ministros de Finanças e de Desenvolvimento Económico, Março de 2013, Abidjan. 2. Comunicado para os Embaixadores Africanos sobre os resultados do estudo do COHA nos países da primeira fase 3. Comunicado sobre os resultados do estudo do COHA nos países da primeira fase, para o comité de peritos. 7ª conferência Conjunta da UA e CEA dos Ministros Africanos das Finanças, Planificação e Desenvolvimento Económico. Março de 2014, Abuja 4. Debate do Painel de Alto Nível sobre a Eliminação da Desnutrição para o Desenvolvimento Inclusivo, realizado nas margens da 7ª conferência Conjunta da UA e CEA dos Ministros Africanos das Finanças, Planificação e - Apresentar os resultados dos quatro países-piloto para os ministros de países participantes. - Envolver os ministros dos países pilotos do estudo e divulgação dos resultados - Renovar o interesse no estudo do COHA em antecipação da implantação nos próximos seis países - Discutir as possibilidades de quadros de políticas regionais para a nutrição - Apresentar resultados do estudo dos países da primeira fase aos Embaixadores Africanos - Apresentar os resultados do estudo dos países da primeira fase ao comité de peritos. - Destacar o progresso e os resultados do estudo do Custo da Fome; - Elaborar nas implicações políticas do estudo; os passos a seguir e o apoio aos países que estão a avançar; - Debater como é que as acções sobre a eliminação da desnutrição se liga com as - Usado a oportunidade para envolver Ministros das Finanças e Planificação Económico no estudo do COHA; - Apresentados os resultados esperados do estudo dos quatro países-piloto na liderança até ao lançamento dos relatórios de país. - Levantada a consciencialização sobre a gravidade dos impactos da subnutrição infantil - Divulgados os resultados do estudo - Actualizado o comité de peritos da 7ª CAMEF sobre o progresso do projecto e utilizada a oportunidade para divulgar os resultados do estudo - Resultados do estudo amplamente divulgados pelos órgãos de comunicação social. - Criado o entendimento comum sobre a eliminação da desnutrição em África, onde uma maior coerência oferece benefícios significativos. 9

11 Desenvolvimento Económico. Março de 2014, Abuja 5. Reunião de pequeno-almoço organizada pelo Pioneiro da Nutrição Africana, a Sua Majestade o Rei Letsie III à margem da 23ª Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da União Africana, sob o tema "Fortalecimento da Advocacia para o Melhoramento da Nutrição e Desenvolvimento Inclusivo." Junho de 2014, Adis Abeba iniciativas mais amplas de nutrição, tais como SUN e REACH; - Elaborar nas áreas prioritárias em que é necessária uma acção global, coerente e coordenada para eliminar a desnutrição no continente; - Aproximar as entidades nacionais, regionais e globais em apoio ao objectivo de África para reduzir a desnutrição infantil para 10% até ao ano de 2025; e - Proporcionar uma plataforma para evidenciar e comunicar o compromisso da África no sentido de priorizar uma abordagem coordenada para a nutrição infantil - defender e sensibilizar os decisores políticos da África ao mais alto nível, para obterem o seu compromisso de investir mais em nutrição. - Para reflexão sobre as áreas prioritárias onde é necessária uma acção global, coerente e coordenada para eliminar a desnutrição no continente; - Para obter o compromisso dos intervenientes nacionais, regionais e globais em apoio à meta de África para reduzir a desnutrição infantil para 10% até o ano de 2025; e - Proporcionar uma plataforma para provar e comunicar o compromisso da África na priorização duma abordagem coordenada para a nutrição, em especial, a nutrição - Reafirmado o compromisso das partes interessadas nacionais, regionais e globais para a eliminação da desnutrição em África. - Obtido o compromisso de alto nível sobre o investimento nutricional; - Feita a inauguração de "voz" de Alto nível para a segurança nutricional; - Criada a sensibilização pública generalizada através da comunicação social e de alavancagem no apoio à segurança nutricional. - Edificado o entendimento comum sobre a eliminação da desnutrição em África, onde uma maior coerência oferece benefícios significativos. - Reafirmado o compromisso dos intervenientes nacionais, regionais e globais em prol da eliminação da Desnutrição em África. 10

12 6. Comunicado dos Doadores sobre a nutrição. Janeiro de 2015, Nairobi infantil. - Dar um informe aos parceiros sobre o Custo da Fome no estudo da África em progresso e significado; - Mobilizar apoio e financiamento dos meios necessários para a execução do estudo nos países da terceira fase; - Dar um informe aos parceiros das considerações sobre as possibilidades de abordar desnutrição infantil na África Oriental e Central; e - Reforçar as parcerias no sentido de advogar para a nutrição. - Facilitado o diálogo entre as agências da ONU, doadores e instituições internacionais - Levantada a consciência e o financiamento para a continuidade do projecto 11

RELATÓRIO SOBRE A ELEIÇÃO DOS DEZ (10) MEMBROS DO CONSELHO DE PAZ E SEGURANÇA DA UNIÃO AFRICANA

RELATÓRIO SOBRE A ELEIÇÃO DOS DEZ (10) MEMBROS DO CONSELHO DE PAZ E SEGURANÇA DA UNIÃO AFRICANA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis-Abeba (ETHIOPIE) P. O. Box 3243 Téléphone (251-11) 5517 700 Fax : 551 78 44 Website : www.africa-union.org CONSELHO EXECUTIVO Décima Segunda Sessão Ordinária

Leia mais

Declaração de Sharm El Sheikh de Lançamento da Zona de Comércio Livre Tripartida da COMESA-EAC-SADC

Declaração de Sharm El Sheikh de Lançamento da Zona de Comércio Livre Tripartida da COMESA-EAC-SADC Declaração de Sharm El Sheikh de Lançamento da Zona de Comércio Livre Tripartida da COMESA-EAC-SADC 1 DECLARAÇÃO PREÂMBULO NÓS, os Chefes de Estado e de Governo ou os Representantes devidamente Autorizados

Leia mais

PROJECTO DE NOTA DE CONCEITO

PROJECTO DE NOTA DE CONCEITO AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Tel: +251 11-551 7700 Fax: +251 11-551 7844 website: www. au.int 4 a SESSÃO DA CONFERÊNCIA DA UNIÃO AFRICANA DOS MINISTROS

Leia mais

PROJECTO PROVISÓRIO DO PROGRAMA DE TRABALHO. Tema: Materializar o Potencial de África como um Pólo de Crescimento Global

PROJECTO PROVISÓRIO DO PROGRAMA DE TRABALHO. Tema: Materializar o Potencial de África como um Pólo de Crescimento Global ` CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL DAS NAÇÕES UNIDAS COMISSÃO ECONÓMICA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA ÁFRICA Trigésima Primeira reunião do Comité de Peritos Reunião do Comité de Peritos da 5ª Reunião Anual Conjunta

Leia mais

Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana

Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura Fundo Fiduciário de Solidariedade Africana Temos uma abordagem singular

Leia mais

Adis Abeba, Etiópia de Março de 2011

Adis Abeba, Etiópia de Março de 2011 CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL DAS NAÇÕES UNIDAS COMISSÃO ECONÓMICA PARA ÁFRICA Décima-terceira reunião do Comité de Peritos Reunião do Comité de Peritos da 4ª Reunião Anual Conjunta da Conferência da UA

Leia mais

DOCUMENTO SÍNTESE UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA

DOCUMENTO SÍNTESE UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA IE13255 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11) 5182402 Fax: (251-11) 5182400 Website: www.au.int CONFERÊNCIA DA CUA/AFCAC/AFRAA DE TRANSPORTES

Leia mais

ORIGINAL: INGLÊS DECLARAÇÃO DE BRAZZAVILLE SOBRE A PREVENÇÃO E O CONTROLO DAS DOENÇAS NÃO TRANSMISSÍVEIS NA REGIÃO AFRICANA DA OMS

ORIGINAL: INGLÊS DECLARAÇÃO DE BRAZZAVILLE SOBRE A PREVENÇÃO E O CONTROLO DAS DOENÇAS NÃO TRANSMISSÍVEIS NA REGIÃO AFRICANA DA OMS ORIGINAL: INGLÊS DECLARAÇÃO DE BRAZZAVILLE SOBRE A PREVENÇÃO E O CONTROLO DAS DOENÇAS NÃO TRANSMISSÍVEIS NA REGIÃO AFRICANA DA OMS ORIGINAL: INGLÊS Nós, os Ministros da Saúde e Chefes de Delegação da Região

Leia mais

1. Orientações para os debates das Mesas-Redondas...3

1. Orientações para os debates das Mesas-Redondas...3 WORLD HEALTH ORGANIZATION REGIONAL OFFICE FOR AFRICA ORGANISATION MONDIALE DE LA SANTE BUREAU REGIONAL DE L AFRIQUE ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE ESCRITÓRIO REGIONAL AFRICANO COMITÉ REGIONAL AFRICANO Quinquagésima-primeira

Leia mais

Seguimento da última Conferência dos Ministros Africanos de Economia e Finanças (CAMEF II)

Seguimento da última Conferência dos Ministros Africanos de Economia e Finanças (CAMEF II) Distr.: Geral Data: 10 de Março 2008 COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA Terceira Sessão de CAMEF Primeira Reunião Conjunta Anual da Conferência da UA de Ministros de Economia e Finanças e Conferência da CEA de

Leia mais

1.3.Formação da Equipa de Qualidade Constituição definitiva. 1.4.Sensibilização para a Qualidade

1.3.Formação da Equipa de Qualidade Constituição definitiva. 1.4.Sensibilização para a Qualidade Implementação do Sistema de Gestão de Qualidade da Segurança Social Nível C 1.1.Reflexão sobre o que significa um processo de Qualidade Pertinência / Oportunidade para o CST IPSS Reunião Técnica 5 de Fevereiro

Leia mais

The Southern Africa Network for Biosciences (SANBio)

The Southern Africa Network for Biosciences (SANBio) The Southern Africa Network for Biosciences (SANBio) VISÃO GERAL A Rede da África Austral para Biociências (SANBio) é uma plataforma de partilha de pesquisa, desenvolvimento e inovação para colaboração

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA ASSEMBLEIA NACIONAL. 62ª Sessão do Comité Executivo da União Parlamentar Africana RELATÓRIO

REPÚBLICA DE ANGOLA ASSEMBLEIA NACIONAL. 62ª Sessão do Comité Executivo da União Parlamentar Africana RELATÓRIO REPÚBLICA DE ANGOLA ASSEMBLEIA NACIONAL 62ª Sessão do Comité Executivo da União Parlamentar Africana RELATÓRIO INTRODUÇÃO Em obediência ao despacho de missão número 0164/03/GPAN/2013, exarado por Sua Excelência

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CULTURA E TURISMO INSTITUTO NACIONAL DO TURISMO TERMOS DE REFERÊNCIA

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CULTURA E TURISMO INSTITUTO NACIONAL DO TURISMO TERMOS DE REFERÊNCIA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CULTURA E TURISMO INSTITUTO NACIONAL DO TURISMO TERMOS DE REFERÊNCIA Título da Posição: TECNICO DE PROMOÇÃO TURÍSTICA Duração: Local: Instituição: RENOVAÇÃO DEPENDENDO

Leia mais

Nove áreas temáticas do programa

Nove áreas temáticas do programa Nove áreas temáticas do programa Com base no Plano de Ação FLEGT da União Europeia, a gerência do programa estabeleceu nove áreas temáticas apoiadas pelo programa. Sob cada tema, há uma lista indicativa

Leia mais

ENCONTRO SOBRE O RECURSOS ZOOGENÉTICOS AFRICANOS DE DE ABRIL DE 2013, ABIDJAN, CÔTE D IVOIRE

ENCONTRO SOBRE O RECURSOS ZOOGENÉTICOS AFRICANOS DE DE ABRIL DE 2013, ABIDJAN, CÔTE D IVOIRE ENCONTRO SOBRE O RECURSOS ZOOGENÉTICOS AFRICANOS DE 14 15 DE ABRIL DE 2013, ABIDJAN, CÔTE D IVOIRE Por : Manuel MAIDI Abolia, Chefe do Departamento de Produção, Tecnologia e Industria Animal do ISV 1 -

Leia mais

Adis Abeba, 4 e 5 de Abril de 2016

Adis Abeba, 4 e 5 de Abril de 2016 EA16863 88/88/9/10 Nações Unidas Conselho Económico e Social Comissão Económica para África Conferência dos Ministros Africanos de Finanças, Planeamento e Desenvolvimento Económico Quadragésima Nona Sessão

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO PROFISSIONAL

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO PROFISSIONAL REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO PROFISSIONAL Síntese do Workshop Nacional sobre o Projecto de Centros de Excelência do Ensino Superior para África

Leia mais

CONSIDERANDO: A Declaração sobre VIH/SIDA assinada durante a Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, em Maputo em 2000;

CONSIDERANDO: A Declaração sobre VIH/SIDA assinada durante a Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, em Maputo em 2000; MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE O PROGRAMA CONJUNTO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE VIH/SIDA (ONUSIDA) E A COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) RELATIVO A APOIO PARA A REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES DE

Leia mais

Balanço dos Compromissos Políticos do Governo de Moçambique. Nova Aliança para a Segurança Alimentar e Nutricional Maputo, 10 e 11 de Abril de 2013

Balanço dos Compromissos Políticos do Governo de Moçambique. Nova Aliança para a Segurança Alimentar e Nutricional Maputo, 10 e 11 de Abril de 2013 Balanço dos Compromissos Políticos do Governo de Moçambique Nova Aliança para a Segurança Alimentar e Nutricional Maputo, 10 e 11 de Abril de 2013 1 1 ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

Leia mais

Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome

Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome - 06-23-2016 Exposição fotográfica: cinco anos de cooperação por um mundo sem fome por Por Dentro da África - quinta-feira, junho 23,

Leia mais

Sumário. Adis-Abeba (Etiópia) 28 e 29 de Março de 2011 NAÇÕES UNIDAS CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL COMISSÃO ECONÓMICA PARA ÁFRICA

Sumário. Adis-Abeba (Etiópia) 28 e 29 de Março de 2011 NAÇÕES UNIDAS CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL COMISSÃO ECONÓMICA PARA ÁFRICA NAÇÕES UNIDAS CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL COMISSÃO ECONÓMICA PARA ÁFRICA Quadragésima-quarta Sessão da Comissão Quarta reunião anual conjunta da Conferência dos Ministros de Economia e Finanças da União

Leia mais

Apoio Internacional ao Plano Nacional de Investimento do Sector Agrário (PNISA) e Nutrição. Junho de Matthew Brooke, Delegação da UE, Moçambique

Apoio Internacional ao Plano Nacional de Investimento do Sector Agrário (PNISA) e Nutrição. Junho de Matthew Brooke, Delegação da UE, Moçambique Apoio Internacional ao Plano Nacional de Investimento do Sector Agrário (PNISA) e Nutrição Junho de 2013 Matthew Brooke, Delegação da UE, Moçambique 1 Breve Historial Mais de 70%vivem da agricultura Pequenos

Leia mais

SEGUNDA SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO EM JUVENTUDE, CULTURA E DESPORTOS de Junho de 2016 Adis Abeba, Etiópia TEMA

SEGUNDA SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO EM JUVENTUDE, CULTURA E DESPORTOS de Junho de 2016 Adis Abeba, Etiópia TEMA Pág.1 SA17361 92/22/12 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 Fax: +251 115 182 072 Website: www.au.intwww.africa-youth.org SEGUNDA

Leia mais

O Ministério da Saúde da República Federativa do Brasil (doravante denominado Ministério da Saúde)

O Ministério da Saúde da República Federativa do Brasil (doravante denominado Ministério da Saúde) MEMORANDUM DE ENTENDIMENTO ENTRE O MINISTÉRIO DA SAÚDE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL E O SECRETARIADO DO PROGRAMA CONJUNTO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE HIV/AIDS (UNAIDS) PARA CONSTITUIÇÃO DO CENTRO INTERNACIONAL

Leia mais

SESSÃO ESPECIAL DA COMISSÃO DE TRABALHO E ASSUNTOS SOCIAIS DA UNIÃO AFRICANA WINDHOEK, NAMÍBIA 23-25 DE ABRIL DE 2014 DOCUMENTO SÍNTESE

SESSÃO ESPECIAL DA COMISSÃO DE TRABALHO E ASSUNTOS SOCIAIS DA UNIÃO AFRICANA WINDHOEK, NAMÍBIA 23-25 DE ABRIL DE 2014 DOCUMENTO SÍNTESE SA11658 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 251 11-551 7700 Fax: 251 11-551 7844 website : www.africa- union.org SESSÃO ESPECIAL DA COMISSÃO DE

Leia mais

Declaração de Ouagadougou sobre Cuidados de Saúde Primários e Sistemas de Saúde em África: Melhorar a Saúde em África no Novo Milénio

Declaração de Ouagadougou sobre Cuidados de Saúde Primários e Sistemas de Saúde em África: Melhorar a Saúde em África no Novo Milénio Declaração de Ouagadougou sobre Cuidados de Saúde Primários e Sistemas de Saúde em África: Melhorar a Saúde em África no Novo Milénio Uma declaração dos Estados-Membros da Região Africana da OMS Organização

Leia mais

Desafios e oportunidades da Graduação de PMA: O PNUD como Parceiro Estratégico no Processo de Graduação

Desafios e oportunidades da Graduação de PMA: O PNUD como Parceiro Estratégico no Processo de Graduação Desafios e oportunidades da Graduação de PMA: O PNUD como Parceiro Estratégico no Processo de Graduação Prof. Dr. Ayodele Odusola Economista-Chefe e Chefe da Equipa de Estratégia e Análise Escritório Regional

Leia mais

Delivering as One (DaO) Angola

Delivering as One (DaO) Angola Delivering as One (DaO) Angola RASCUNHO DE FICHA TÉCNICA PARA DISCUSSÃO Luanda, 13 setembro 2016 Que é Delivering as One? Delivering as one (DaO) ou Unidos na Acção é uma iniciativa das Nações Unidas que

Leia mais

Seminário Nacional sobre a Avaliação do Programa do FIDA em Moçambique nos últimos 10 anos

Seminário Nacional sobre a Avaliação do Programa do FIDA em Moçambique nos últimos 10 anos REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO Seminário Nacional sobre a Avaliação do Programa do FIDA em Moçambique nos últimos 10 anos Discurso de Abertura de Sua Excelência o

Leia mais

Sexagésima primeira sessão Yamoussoukro, Côte d Ivoire, 29 de Agosto 2 de Setembro de 2011

Sexagésima primeira sessão Yamoussoukro, Côte d Ivoire, 29 de Agosto 2 de Setembro de 2011 4 de Julho de 2011 COMITÉ REGIONAL AFRICANO ORIGINAL: INGLÊS Sexagésima primeira sessão Yamoussoukro, Côte d Ivoire, 29 de Agosto 2 de Setembro de 2011 Ponto 16 da ordem do dia provisória RELATÓRIO DOS

Leia mais

CAADP Moçambique. Até onde o processo avançou com o PNISA. Seminário sobre Crescimento e Transformação do Sector Agrário

CAADP Moçambique. Até onde o processo avançou com o PNISA. Seminário sobre Crescimento e Transformação do Sector Agrário CAADP Moçambique Até onde o processo avançou com o PNISA Seminário sobre Crescimento e Transformação do Sector Agrário Maputo, 09 de Dezembro de 2013 CAADP em Moçambique Estrutura I. Enquadramento/CAADP

Leia mais

Parceria global quer erradicar o casamento precoce na África

Parceria global quer erradicar o casamento precoce na África Parceria global quer erradicar o casamento precoce na África por Por Dentro da África - segunda-feira, novembro 09, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/parceria-global-quer-erradicar-o-casamento-precoce-na-africa

Leia mais

Relatório de Progresso sobre a Recomendação da 8ª Conferência de Ministros Responsáveis pelos Recursos Animais em África. 1. Histórico. 2.

Relatório de Progresso sobre a Recomendação da 8ª Conferência de Ministros Responsáveis pelos Recursos Animais em África. 1. Histórico. 2. Estabelecimento de um Mecanismo Integrado de Regional para a Prevenção e Controlo de Doenças Animais Transfronteiriças e Zoonoses em África (IRCM) Relatório de Progresso sobre a Recomendação da 8ª Conferência

Leia mais

Estratégias para as Compras Públicas Sustentáveis. Paula Trindade LNEG

Estratégias para as Compras Públicas Sustentáveis. Paula Trindade LNEG Estratégias para as Compras Públicas Sustentáveis Paula Trindade LNEG Conferência Compras Públicas Sustentáveis LNEG, 25 Março 2010 Muitas organizações têm experiências em compras sustentáveis! Mas sem

Leia mais

Mesa-redonda Internacional de Doadores. sobre a Guiné-Bissau. Intervenção do Embaixador Murade Murargy. Secretário Executivo da CPLP

Mesa-redonda Internacional de Doadores. sobre a Guiné-Bissau. Intervenção do Embaixador Murade Murargy. Secretário Executivo da CPLP Mesa-redonda Internacional de Doadores sobre a Guiné-Bissau Bruxelas, 25 de Março de 2015 Intervenção do Embaixador Murade Murargy Secretário Executivo da CPLP Eximo. Senhor Primeiro-ministro da República

Leia mais

Recenseamento Geral da População e Habitação (RGPH) 2014

Recenseamento Geral da População e Habitação (RGPH) 2014 Recenseamento Geral da População e Habitação (RGPH) 2014 Resultados Preliminares 16 de Outubro 2014 Estrutura da apresentação 1 2 Contexto Enquadramento metodológico a b Conceitos chave Processo de apuramento

Leia mais

Desenvolvimento financeiro e crescimento sustentado. Perspetivas Económicas Regionais para a África Subsariana. Abril de 2016

Desenvolvimento financeiro e crescimento sustentado. Perspetivas Económicas Regionais para a África Subsariana. Abril de 2016 Desenvolvimento financeiro e crescimento sustentado Perspetivas Económicas Regionais para a África Subsariana Abril de 2016 Perguntas essenciais 1. Como o setor financeiro da África Subsariana desenvolveu-se

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone Cables: OAU, ADDIS ABABA

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone Cables: OAU, ADDIS ABABA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 700 Cables: OAU, ADDIS ABABA EX.CL/92 (V) RELATÓRIO DA REUNIÃO DOS PERITOS GOVERNAMENTAIS SOBRE OS DOCUMENTOS

Leia mais

PJ 101/ março 2016 Original: inglês. Relatório do Comitê de Projetos sobre a reunião realizada em 9 de março de 2016

PJ 101/ março 2016 Original: inglês. Relatório do Comitê de Projetos sobre a reunião realizada em 9 de março de 2016 PJ 101/16 29 março 2016 Original: inglês P Relatório do Comitê de Projetos sobre a reunião realizada em 9 de março de 2016 Item 1: Adoção da ordem do dia... 2 Item 2: Eleição do Presidente e Vice-Presidente

Leia mais

2.ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO PARA JUVENTUDE, CULTURA E DESPORTO 13 17 DE JUNHO DE 2016 ADIS ABEBA, ETIÓPIA

2.ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO PARA JUVENTUDE, CULTURA E DESPORTO 13 17 DE JUNHO DE 2016 ADIS ABEBA, ETIÓPIA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 Fax: +251 115182072 Website: www.au.int SA17218 76/76/9/10 2.ª SESSÃO ORDINÁRIA DO COMITÉ TÉCNICO

Leia mais

Roteiro para divulgação de Beneficiários Reais

Roteiro para divulgação de Beneficiários Reais Comité Nacional de EITI Roteiro para divulgação de Beneficiários Reais -2020 OBJETIVO GERAL De acordo com as Normas de EITI de 2016, requisito 2.5 referente a "Beneficial Ownership" (Beneficiários Reais),

Leia mais

Plano de ação para 2017 da Plataforma de Intercâmbio de Conhecimentos Comité das Regiões Europeu

Plano de ação para 2017 da Plataforma de Intercâmbio de Conhecimentos Comité das Regiões Europeu Plano de ação para 2017 da Plataforma de Intercâmbio de Conhecimentos Comité das Regiões Europeu A Plataforma de Intercâmbio de Conhecimentos é uma forma de cooperação entre o Comité das Regiões Europeu

Leia mais

-Divulgar a fim de dar visibilidade ao inquérito e conseguir o feedback

-Divulgar a fim de dar visibilidade ao inquérito e conseguir o feedback Objectivos Gerais da Campanha de sensibilização A Campanha visará informar, divulgar e mobilizar as famílias cabo-verdianas para o Inquérito às Despesas e Receitas Familiares, a fim de conseguir informações

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA POLÍTICA E ESTRATÉGIAS REGIONAL DA INFORMAÇÃO SANITÁRIA NO ESPAÇO DA CEDEAO PARA O CONSULTOR PRINCIPAL

TERMOS DE REFERÊNCIA POLÍTICA E ESTRATÉGIAS REGIONAL DA INFORMAÇÃO SANITÁRIA NO ESPAÇO DA CEDEAO PARA O CONSULTOR PRINCIPAL TERMOS DE REFERÊNCIA POLÍTICA E ESTRATÉGIAS REGIONAL DA INFORMAÇÃO SANITÁRIA NO ESPAÇO DA CEDEAO PARA O CONSULTOR PRINCIPAL 1. CONTEXTO E JUSTIFICAÇÃO A informação sanitária tem uma importância crucial

Leia mais

Projecto Vitalidade XXI. FIPA Federação das Indústrias Agro-Alimentares. Conclusões do estudo. A Indústria Alimentar e os Estilos de Vida Saudáveis

Projecto Vitalidade XXI. FIPA Federação das Indústrias Agro-Alimentares. Conclusões do estudo. A Indústria Alimentar e os Estilos de Vida Saudáveis Projecto Vitalidade XXI FIPA Federação das Indústrias Agro-Alimentares Conclusões do estudo A Indústria Alimentar e os Estilos de Vida Saudáveis A Percepção das Partes Interessadas e Apresentação dos compromissos

Leia mais

Situação da Integração em África: Recentes acontecimentos e iniciativas, dificuldades enfrentadas e perspectivas

Situação da Integração em África: Recentes acontecimentos e iniciativas, dificuldades enfrentadas e perspectivas EA4420 CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL DAS NAÇÕES UNIDAS COMISSÃO ECONÓMICA PARA ÁFRICA Quadragésima-quarta sessão da Comissão Económica para África COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA Sexta sessão da CAMEF 4ª Reunião

Leia mais

PROJETO DE RELATÓRIO

PROJETO DE RELATÓRIO Parlamento Europeu 2014-2019 Comissão dos Direitos da Mulher e da Igualdade dos Géneros 15.12.2016 2017/0000(INI) PROJETO DE RELATÓRIO que contém uma proposta de recomendação do Parlamento Europeu ao Conselho

Leia mais

RELATÓRIO DA PRESIDENTE DA CUA SOBRE ACTIVIDADES RELACIONADAS COM A SAÚDE

RELATÓRIO DA PRESIDENTE DA CUA SOBRE ACTIVIDADES RELACIONADAS COM A SAÚDE SA9430 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P.O. Box 3243 Telephone: 5517 700 Fax: 5517844 www.africa-union.org CONFERÊNCIA DA UA DOS MINISTROS DA SAÚDE (CAMH6) Sexta Sessão

Leia mais

Situação do Desenvolvimento da Estatística em África

Situação do Desenvolvimento da Estatística em África United Nations Economic and Social Council African Union African Union E/ECA/COE/35/12 Distr.:General 23 March 2016 Original: English Comissão Económica para África Comité de Peritos 35ª Reunião União

Leia mais

RELATÓRIO DO PRESIDENTE DO COMITÉ DE ORIENTAÇÃO DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA NEPAD (HSGOC)

RELATÓRIO DO PRESIDENTE DO COMITÉ DE ORIENTAÇÃO DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA NEPAD (HSGOC) AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: 251-115-517 700 Ext. 255 Website: www.african-union.org CONFERÊNCIA DA UNIÃO Décima-oitava Sessão Ordinária

Leia mais

DECLARAÇÃO FINAL DA II REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DOS MINISTROS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

DECLARAÇÃO FINAL DA II REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DOS MINISTROS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA DECLARAÇÃO FINAL DA II REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DOS MINISTROS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Os Ministros responsáveis pela Ciência e Tecnologia da República de Angola,

Leia mais

A fiscalização legislativa orçamental e consequências na qualidade da democracia e governação actores objectivos e percepções

A fiscalização legislativa orçamental e consequências na qualidade da democracia e governação actores objectivos e percepções A fiscalização legislativa orçamental e consequências na qualidade da democracia e governação actores objectivos e percepções Elisabete Azevedo-Harman (PhD) Especialista Parlamentar Senior/ Pro PALOP TL

Leia mais

O NOSSO PORTO. O NOSSO FUTURO.

O NOSSO PORTO. O NOSSO FUTURO. www.portodecaio.ao O NOSSO PORTO. O NOSSO FUTURO. INTRODUÇÃO Bem-vindo ao projecto Porto de Caio, a porta de entrada para o comércio na África. A instalação portuária de classe mundial, parte integral

Leia mais

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE COPATROCINADOR UNAIDS 2015 OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE COPATROCINADORES UNAIDS 2015 O QUE É A OMS? As novas orientações consolidadas de tratamento da OMS representam mais um salto adiante para uma

Leia mais

CONVOCATÓRIA. Contato: Luara Lopes Etapas da Convocatória

CONVOCATÓRIA. Contato: Luara Lopes Etapas da Convocatória Contato: Luara Lopes alveslopes@un.org +55 21 99348 5642 www.eird.org/camp-10-15/ O Escritório das Nações Unidas para a Redução de Riscos de Desastres (UNISDR), por meio de seu Escritório Regional para

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 Fax: 517844

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 Fax: 517844 SA11715 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 Fax: 517844 MECANISMO REVISTO DE ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO, MONITORIZAÇÃO E AVALIAÇÃO DO PLANO

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA 2 CONSULTORES DE AVALIAÇÃO Avaliação do Projeto Piloto do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PRONAE) em Moçambique

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA 2 CONSULTORES DE AVALIAÇÃO Avaliação do Projeto Piloto do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PRONAE) em Moçambique REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO HUMANO TERMOS DE REFERÊNCIA PARA 2 CONSULTORES DE AVALIAÇÃO Avaliação do Projeto Piloto do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PRONAE)

Leia mais

Construção do Espaço Africano

Construção do Espaço Africano Construção do Espaço Africano Aula 1 Que imagem você tem quando se fala em África? Pense rápido! O modo como a África é vista ou a imagem que dela nos é dada para consumo constitui uma África dos quatro

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro Intervenção de Sua Excelência Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, na Reunião de Alto Nível do Comité

Leia mais

Apresentação de Angola na XII Reunião dos Ministros do Trabalho e dos Assuntos Sociais Os Desafios na Protecção Social para alcançar a Segurança

Apresentação de Angola na XII Reunião dos Ministros do Trabalho e dos Assuntos Sociais Os Desafios na Protecção Social para alcançar a Segurança Apresentação de Angola na XII Reunião dos Ministros do Trabalho e dos Assuntos Sociais Os Desafios na Protecção Social para alcançar a Segurança Alimentar e Nutricional Maputo, 25 de Abril de 2013 Constituição

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO, DO ANO DE 2005

PLANO DE ACÇÃO, DO ANO DE 2005 PLANO DE ACÇÃO, DO ANO DE 2005 O ano de 2005 é o último ano de vigência do I Plano Estratégico para o Desenvolvimento da. Assim sendo, este Plano de Acção constitui, de certa forma, o encerrar de um ciclo

Leia mais

Níveis de Desenvolvimento Global (Extremos da Distribuição dos Países - 10/10)

Níveis de Desenvolvimento Global (Extremos da Distribuição dos Países - 10/10) Níveis de Desenvolvimento Global (Extremos da Distribuição dos Países - 10/10) IDH País Pontuação Esperança de vida (anos) Média de anos de Anos de esperados RNBpc PPC em USD 2008 Posição no RNBpc menos

Leia mais

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 3 de Dezembro de 2008 (11.12) (OR. fr) 16775/08 RECH 411 COMPET 551

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 3 de Dezembro de 2008 (11.12) (OR. fr) 16775/08 RECH 411 COMPET 551 CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 3 de Dezembro de 2008 (11.12) (OR. fr) 16775/08 RECH 411 COMPET 551 RESULTADOS DOS TRABALHOS de: Conselho (Competitividade) de 1-2 de Dezembro de 2008 n.º doc. ant.:

Leia mais

Cairo, Egipto 2-5 June 2009 CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL DAS NAÇÕES UNIDAS COMISSÃO ECONÓMICA PARA ÁFRICA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA

Cairo, Egipto 2-5 June 2009 CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL DAS NAÇÕES UNIDAS COMISSÃO ECONÓMICA PARA ÁFRICA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL DAS NAÇÕES UNIDAS COMISSÃO ECONÓMICA PARA ÁFRICA Vigésima oitava reunião do Comité de Peritos Reunião do Comité de Peritos da 2ª Reunião Anual Conjunta da Conferência de Ministros

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DA VIGILÂNCIA ELECTRÓNICA NO CONTEXTO DA VIGILÂNCIA E RESPOSTA INTEGRADAS ÀS DOENÇAS NA REGIÃO AFRICANA DA OMS

IMPLEMENTAÇÃO DA VIGILÂNCIA ELECTRÓNICA NO CONTEXTO DA VIGILÂNCIA E RESPOSTA INTEGRADAS ÀS DOENÇAS NA REGIÃO AFRICANA DA OMS IMPLEMENTAÇÃO DA VIGILÂNCIA ELECTRÓNICA NO CONTEXTO DA VIGILÂNCIA E RESPOSTA INTEGRADAS ÀS DOENÇAS NA REGIÃO AFRICANA DA OMS Implementação da vigilância electrónica no contexto da Vigilância e Resposta

Leia mais

DISCURSO DE S.E. O EMBAIXADOR JEAN-BAPTISTE NATAMA, DIRECTOR DO GABINETE DA PRESIDENTE DA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA NO SIMPÓSIO SOBRE INVESTIMENTO

DISCURSO DE S.E. O EMBAIXADOR JEAN-BAPTISTE NATAMA, DIRECTOR DO GABINETE DA PRESIDENTE DA COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA NO SIMPÓSIO SOBRE INVESTIMENTO AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Adis Abeba, Ethiopia P. O. Box 3243 Telefone: 5517 700 Fax: 5517844 Website: www. Africa-union.org DISCURSO DE S.E. O EMBAIXADOR JEAN-BAPTISTE NATAMA, DIRECTOR

Leia mais

TEMA: - DESAFIOS PARA O ACESSO INCLUSIVO E UNIVERSAL NOTA DE INFORMAÇÃO SOBRE A RESPOSTA AO ÉBOLA

TEMA: - DESAFIOS PARA O ACESSO INCLUSIVO E UNIVERSAL NOTA DE INFORMAÇÃO SOBRE A RESPOSTA AO ÉBOLA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 Fax: +251 115 182 072 Website: www.au.intwww.africa-youth.org PRIMEIRA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO

Leia mais

A Cooperação Portuguesa

A Cooperação Portuguesa FICHA TEMÁTICA A Cooperação Portuguesa Março de 2015 Política de Cooperação para o Desenvolvimento A Cooperação para o Desenvolvimento é um vetor chave da política externa portuguesa, que assenta num consenso

Leia mais

Banda Larga - Definià à o Tecnica

Banda Larga - Definià à o Tecnica Banda Larga - Definià à o Tecnica O que e Banda Larga? (Broadband) Banda Larga refere-se à telecomunicação que fornece múltiplos canais de dados por cima de um meio de comunicações único, tipicamente usando

Leia mais

A Cooperação na Área do Trabalho Infantil nos Estados membros da CPLP

A Cooperação na Área do Trabalho Infantil nos Estados membros da CPLP A Cooperação na Área do Trabalho Infantil nos Estados membros da CPLP Documento de Projecto Âmbito geográfico: Estados membros da CPLP. Data de início das actividades: 15 de Fevereiro de 2007. Entidades

Leia mais

11-12 DE FEVEREIRO DE 2010 SEVILHA DECLARAÇÃO DO FÓRUM CONSULTIVO SOBRE INQUÉRITO PAN-EUROPEU SOBRE CONSUMO DE GÉNEROS ALIMENTÍCIOS

11-12 DE FEVEREIRO DE 2010 SEVILHA DECLARAÇÃO DO FÓRUM CONSULTIVO SOBRE INQUÉRITO PAN-EUROPEU SOBRE CONSUMO DE GÉNEROS ALIMENTÍCIOS 11-12 DE FEVEREIRO DE 2010 SEVILHA DECLARAÇÃO DO FÓRUM CONSULTIVO SOBRE INQUÉRITO PAN-EUROPEU SOBRE CONSUMO DE GÉNEROS ALIMENTÍCIOS O QUE ESTÁ NO MENU EUROPEU? INQUÉRITO PAN-EUROPEU SOBRE CONSUMO DE GÉNEROS

Leia mais

Estratégia da ONUSIDA para : Acelerar o financiamento para pôr fim à SIDA

Estratégia da ONUSIDA para : Acelerar o financiamento para pôr fim à SIDA Estratégia da ONUSIDA para 2016-2020: Acelerar o financiamento para pôr fim à SIDA www.itcilo.org INTRODUÇÃO Estratégia global orientar e apoiar a resposta à SIDA, a nível global e assente em princípios

Leia mais

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE A FISCALIDADE CONSTRUÇÃO DO ESTADO E DESENVOLVIMENTO DE CAPACIDADES EM ÁFRICA COMUNICADO DE PRETÓRIA

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE A FISCALIDADE CONSTRUÇÃO DO ESTADO E DESENVOLVIMENTO DE CAPACIDADES EM ÁFRICA COMUNICADO DE PRETÓRIA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE A FISCALIDADE CONSTRUÇÃO DO ESTADO E DESENVOLVIMENTO DE CAPACIDADES EM ÁFRICA COMUNICADO DE PRETÓRIA Ao longo dos últimos dois dias, nós, os Comissários Fiscais, Administradores

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE INVESTIGAÇÃO EM CANCRO PARA 2016

PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE INVESTIGAÇÃO EM CANCRO PARA 2016 PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE INVESTIGAÇÃO EM CANCRO PARA 2016 1. NOTA INTRODUTÓRIA 1.1.Missão A ASPIC, Associação Portuguesa de Investigação em Cancro, tem como objectivo

Leia mais

Critérios de Mérito. Critério Sub critério Descrição e regras de avaliação Pontuação CRITÉRIOS QUALITATIVOS

Critérios de Mérito. Critério Sub critério Descrição e regras de avaliação Pontuação CRITÉRIOS QUALITATIVOS Critérios de Selecção A fim de assegurar um nível mínimo de qualidade das candidaturas, os candidatos seleccionados têm de pontuar pelo menos 30 pontos nos critérios qualitativos, sob pena de exclusão.

Leia mais

INTRODUÇÃO. COMO FAZER O HACCP FUNCIONAR REALMENTE NA PRÁTICA* Sara Mortimore PREPARAÇÃO E PLANEAMENTO ETAPA 1 INTRODUÇÃO

INTRODUÇÃO. COMO FAZER O HACCP FUNCIONAR REALMENTE NA PRÁTICA* Sara Mortimore PREPARAÇÃO E PLANEAMENTO ETAPA 1 INTRODUÇÃO ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE COIMBRA MESTRADO EM ENGENHARIA ALIMENTAR SEGURANÇA ALIMENTAR INTRODUÇÃO Sistema de controlo simples e lógico COMO FAZER O FUNCIONAR REALMENTE NA PRÁTICA* Sara Mortimore Ana Santos,

Leia mais

UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P. O. Box 3243 Telephone: / Fax: website:

UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P. O. Box 3243 Telephone: / Fax: website: IE19025 33/34/12 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 / Fax: +251 11 5 517 844 website: www.au.int PRIMEIRA SESSÃO ORDINÁRIA DO

Leia mais

Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade para a Educação e Formação Profissionais (Quadro EQAVET)

Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade para a Educação e Formação Profissionais (Quadro EQAVET) Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade para a Educação e Formação Profissionais (Quadro EQAVET) O que é? Modelo para garantir a qualidade das escolas profissionais implementado em toda a

Leia mais

UNIÃO AFRICANA P.O. Box: 3243, Addis Ababa, Ethiopia, Tel.:(251-11) Fax: (251-11)

UNIÃO AFRICANA P.O. Box: 3243, Addis Ababa, Ethiopia, Tel.:(251-11) Fax: (251-11) AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA P.O. Box: 3243, Addis Ababa, Ethiopia, Tel.:(251-11) 551 38 22 Fax: (251-11) 551 93 21 Email: situationroom@africa-union.org CONSELHO EXECUTIVO Décima-oitava

Leia mais

MECANISMOS DE RESPONSABILIZAÇÃO PARA AVALIAR A IMPLEMENTAÇÃO DAS DECLARAÇÕES E DE OUTROS COMPROMISSOS ASSUMIDOS PELOS MINISTROS AFRICANOS DA SAÚDE

MECANISMOS DE RESPONSABILIZAÇÃO PARA AVALIAR A IMPLEMENTAÇÃO DAS DECLARAÇÕES E DE OUTROS COMPROMISSOS ASSUMIDOS PELOS MINISTROS AFRICANOS DA SAÚDE AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA 1 st African Ministers of Health meeting jointly convened by the AUC and WHO 1 ère réunion des ministres africains de la Santé organisée conjointement par la

Leia mais

Todos Eventos Conjuntos de África

Todos Eventos Conjuntos de África 1 União Africana Banco Africano de Desenvolvimento Comissão Económica da ONU para África Todos Eventos Conjuntos de África Conferência da UA dos Ministros da Energia (CEMA) Semana Africana da Energia 2012

Leia mais

O Sistema Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF)

O Sistema Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF) Seminário: O Sistema Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF) e a disponibilização de dados de biodiversidade da Guiné-Bissau O Sistema Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF) Rui Figueira

Leia mais

Estabelecer redes de instituições de investigação em saúde pública na Região Africana

Estabelecer redes de instituições de investigação em saúde pública na Região Africana Estabelecer redes de instituições de investigação em saúde pública na Região Africana Evento paralelo ao 63ºCR Relatório Índice Página Resumo 02 1. Antecedentes 03 2. Deliberações 05 3. Resumo dos debates

Leia mais

Ana Dias Lourenço. Formação básica em Economia e formação complementar em Gestão de Projectos e Análise e Avaliação de Projectos.

Ana Dias Lourenço. Formação básica em Economia e formação complementar em Gestão de Projectos e Análise e Avaliação de Projectos. Ana Dias Lourenço Ana Afonso Dias Lourenço formou--se em Economia na Universidade de Angola e fez a sua formação complementar na área de Gestão de Projectos e Análise e Avaliação de Projectos. Entre outros

Leia mais

II Assembleia da Plataforma Internacional de Orçamento Participativo

II Assembleia da Plataforma Internacional de Orçamento Participativo II Assembleia da Plataforma Internacional de Orçamento Participativo Orçamento Participativo A Experiência de Cabo Verde Dakar Senegal 10 de Fevereiro, de 2011 O Orçamento Participativo no Contexto Cabo-verdiano

Leia mais

Política de Escopo Geográfico de Certificação de Produtor para o Comércio Justo Fairtrade

Política de Escopo Geográfico de Certificação de Produtor para o Comércio Justo Fairtrade Política de Escopo Geográfico de Certificação de Produtor para o Comércio Justo Fairtrade 19.01.2015 Objetivo O objetivo do escopo geográfico da Fairtrade International é determinar em quais países as

Leia mais

Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola;

Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola; REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola;

Leia mais

INTRODUÇÃO. Escola. Comunidade/ Território Local

INTRODUÇÃO. Escola. Comunidade/ Território Local INTRODUÇÃO Este documento foi concetualizado como uma ferramenta para a construção de um território Educador, em que a educação e a formação podem acontecer dentro e fora da escola, através da promoção

Leia mais

Comissão Nacional de Ciência e Tecnologia Combate à Desertificação

Comissão Nacional de Ciência e Tecnologia Combate à Desertificação Comissão Nacional de Ciência e Tecnologia Combate à Desertificação Maria José Roxo O papel do Comité de Ciência e Tecnologia Estabelecido pelo artigo 24 da Convenção Mandato e termos de referência adoptados

Leia mais

Iniciativa de Alfabetização para 0 Empoderamento

Iniciativa de Alfabetização para 0 Empoderamento Iniciativa de Alfabetização para 0 Empoderamento 2006-2015 O que é LIFE? A Iniciativa de Alfabetização para o Empoderamento (LIFE - Literacy Initiative for Empowerment) foi concebida como um marco estratégico

Leia mais

CONSULTORIA PARA AUSCULTAÇÃO SOBRE A FORMALIZAÇÃO DO ROSC E ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DO ROSC PARA O PERÍODO 2012-2015 TERMOS DE REFERÊNCIA

CONSULTORIA PARA AUSCULTAÇÃO SOBRE A FORMALIZAÇÃO DO ROSC E ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DO ROSC PARA O PERÍODO 2012-2015 TERMOS DE REFERÊNCIA CONSULTORIA PARA AUSCULTAÇÃO SOBRE A FORMALIZAÇÃO DO ROSC E ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DO ROSC PARA O PERÍODO 2012-2015 TERMOS DE REFERÊNCIA 1. Âmbito da Consultoria No âmbito das actividades realizadas

Leia mais

Tema: "Protecção Social para o Desenvolvimento Inclusivo" CAMPANHA PARA ELIMINAÇÃO DO CASAMENTO INFANTIL EM ÁFRICA: APELO PARA ACÇÃO

Tema: Protecção Social para o Desenvolvimento Inclusivo CAMPANHA PARA ELIMINAÇÃO DO CASAMENTO INFANTIL EM ÁFRICA: APELO PARA ACÇÃO SA14350 61/9/12 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE PRIMEIRA SESSÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO SOBRE O DESENVOLVIMENTO SOCIAL, TRABALHO E DESEMPREGO (STC-SDLE-1) ADIS ABEBA, ETIÓPIA 20-24 DE ABRIL DE 2015

Leia mais

Projecto Jovens anos

Projecto Jovens anos Projecto Jovens 18-24 anos Introdução Os jovens 18/24 anos - constituem o grupo etário com maior índice de sinistralidade rodoviária. Na realidade, constituíram entre 2003 e 2007, 16.0% dos mortos e 18.7%

Leia mais

Gestão dos Projectos Bartolomeu Soto

Gestão dos Projectos Bartolomeu Soto Banco Mundial Governo de Moçambique Gestão dos Projectos Bartolomeu Soto Revisão do Desempenho da Carteira de Projectos (CPPR) 18 de Setembro de 2009 Assuntos Críticos a Considerar Desafios e Recomendações

Leia mais

Taller Salud en la Implementación de la Convención de Minamata sobre Mercurio Montevideo, 7-8 de Octubre de 2015 Ministério da Saúde

Taller Salud en la Implementación de la Convención de Minamata sobre Mercurio Montevideo, 7-8 de Octubre de 2015 Ministério da Saúde PROJETO MIA DESENVOLVIMENTO DA AVALIAÇÃO INICIAL DA CONVENÇÃO DE MINAMATA SOBRE MERCÚRIO NO BRASIL Taller Salud en la Implementación de la Convención de Minamata sobre Mercurio Montevideo, 7-8 de Octubre

Leia mais

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico 1º Ciclo Ao longo do 1º ciclo do Ensino Básico, todos os alunos devem desenvolver as competências gerais do Ensino Básico. Competências Gerais do Ensino Básico 1. Mobilizar saberes culturais, científicos

Leia mais

Programa Nacional de Juventude

Programa Nacional de Juventude Programa Nacional de Juventude O Programa Nacional de Juventude, que hoje se apresenta, tem o seu enquadramento no Programa do XVII Governo Constitucional e nas Grandes Opções do Plano, e acolhe as prioridades

Leia mais

Convite a candidaturas para subvenções do PREE

Convite a candidaturas para subvenções do PREE Convite a candidaturas para subvenções do PREE A fim de manter o ritmo da primeira fase do PREE e na expectativa de financiamentos substanciais da MAVA e da UEMOA para a implementação da segunda fase do

Leia mais

Nações Unidas União Africana

Nações Unidas União Africana Nações Unidas União Africana Conselho Económico e Social União Africana E/ECA/COE/35/6 Distr.: Gerall 17 de Fevereiro de 2016 Original: Inglês Comissão Económica para África Comité de Peritos Trigésima

Leia mais