Incontinência urinária afecta 20% dos portugueses

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Incontinência urinária afecta 20% dos portugueses"

Transcrição

1 Página Web 1 de Incontinência urinária afecta 20% dos portugueses 2008/03/10 17:52 Apenas 4,9 por cento estão diagnosticados Um em cada cinco portugueses com mais de 40 anos sofre de incontinência urinária, sendo as mulheres as principais afectadas, mas apenas cinco por cento dos doentes estão diagnosticados, revela um estudo da Faculdade de Medicina do Porto, informa a Lusa. «Digamos que a incontinência urinária é um icebergue em termos de saúde pública, onde só uma pequena ponta é visível para o Serviço Nacional de Saúde. Aflige 20 por cento da população acima dos 40 anos e só quatro a seis por cento dos doentes procuraram o médico e tiveram o seu problema diagnosticado», disse o presidente da Associação Portuguesa de Neuro-Urologia e Uro-Ginecologia (APNUG), Paulo Dinis. De acordo com o estudo epidemiológico sobre a prevalência e tratamento da incontinência urinária em Portugal, realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, no âmbito do Dia da Incontinência Urinária, que se celebra a 14 de Março, apenas 4,9 por cento dos doentes foram diagnosticados pelo médico. Mulheres são as mais afectadas «Estima-se que 22,2 por cento da população feminina e 9,2 por cento da população masculina seja afectada pela incontinência urinária. A percentagem de doentes que recorrem ao médico comparada com a percentagem dos que se auto-medicam ou auto-protegem é de apenas 10 por cento, o que é grave, visto que hoje dispomos de armas terapêuticas capazes de curar ou controlar a maior parte das situações», explicou Paulo Dinis. Apesar de a incontinência urinária ser transversal a ambos os sexos e a todas as idades, as mulheres ente os 60 e os 79 anos (26 por cento) e os homens com mais de 79 anos (21,6 por cento) são os mais afectados. Copyright Meios Media Capital Agência Financeira PortugalDiário Rádio Clube Português TVI Meios associados Imprensa: AS Cinco Días El País Rádio: Cadena SER Los 40 TV: Cuatro Plus

2 CLIPPING Meia Hora Data: Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: FOTO Cores:4 Cores Pág:6 INCONTINÊNCIA URINÁRIA AFECTA 20% DA POPULAÇÃO Nº de série: 18/0/ Pág: 1 de 1

3 MIi.HEKKS KNTKI. OS 60 E OS 79 ANOS SAO AS MAIS AFECTADAS K SÓ CINCO POR CENTO SÃO DIAGNOSTICADOS Um mal chamado incontinência Um estudo sobre a incontinência feito urinária pela Universidade do Porto indica que só cinco por cento dos doentes são diagnosticados por um médico. A doença aflige cerca de 20 por cento da população portuguesa acima dos 40 anos. Um em cada cinco portugueses com mais de 40 anos sofre de incontinência urinária, sendo as mulheres as principais afectadas, mas apenas cinco por cento dos doentes estão diagnosticados, revela um estudo da Faculdade de Medicina do Porto. "Digamos que a incontinência urinária é um icebergue em termos de saúde pública, onde só uma pequena ponta é visível para o Serviço Nacional de Saúde. Aflige 20 por cento da população acima dos 40 anos e só quatro a seis por cento dos doentes procuraram o médico e tiveram o seu problema diagnosticado", disse o presidente da Associação Portuguesa de Neuro-Urologia e Uro-Ginecologia, Paulo Dinis. De acordo com o estudo epidemiológico sobre a prevalência e tratamento da incontinência urinária em Portugal, realizado pela Faculdade de Medicina do Porto, no âmbito do Dia da Incontinência l Trinaria, que se celebra quinta-feira, apenas 4,9 por cento dos doentes foram diagnosticados pelo médico. "Estima-se que 22,2 por cento da população feminina e 9,2 por cento da população masculina seja afectada pela incontinência urinária. A percentagem de doentes que recorrem ao médico comparada com a percentagem dos que se Dia da Incontinência Urinária quinta-feira celebra-se automedicam ou autoprotegem é de apenas 1 0 por cento, o que é grave, visto que.. 'incontinentes Várias Para marcar Incontinência apresenta-se iniciativas o Dia da Urinária, hoje a primeira Associação de Doentes com Disfunção da Bexiga em Portugal e durante uma semana de sensibilização. há uma campanha A incontinência de esforço é o tipo mais frequente entre as mulheres imperiosidade homens (56,4%). (39,9%) e a de entre os hoje dispomos de armas terapêuticas capazes de curar ou controlar a maior parte das situações", explicou Paulo Dinis. Apesar de a incontinência urinária ser transversal a ambos os sexos e a todas as idades, as mulheres entre os 60 e os 79 anos (26 por cento) e os homens com mais de 79 anos (2 1,6 por cento) são os mais afectados. "Temos de disseminar informação à população para que a inconti-

4 nência não seja vista como uma desgraça que vem associada ao envelhecimento, porqtie não o é. Apesar de afectar muita gente, é uma situação controlável e que atinge, entre os 40 e os 59 anos, 1 8,2 por cento das mulheres e 4,4 por cento dos homens". As despesas associadas ao tratamento desta patologia são muito elevadas, chegando a superar as despesas do tratamento do cancro da mama. No entanto, com o controlo da doença através de medicação e através da cirurgia as taxas de cura rondam os % por cento. "Muitas vezes os custos são apenas suportados pelo cidadão, que por ignorância ou por vergonha paga as fraldas e o penso do seu bolso, quando poderia recorrer ao sistema de saúde público. Temos um trabalho muito grande de divulgação e de consciencialização a tazer, quer na sociedade, quer nos colegas da medicina familiar e hospitalar", sublinha. A incontinência urinária resulta da incapacidade em armazenar e controlar a saída da urina e as principais causas que contribuem para este problema são as disfunções do aparelho urinário associadas à idade, a gravidez e a obesidade crónica.

5

6

7

8

9

10

11 CLIPPING Data: Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: Cores:P/B Pág:17 NASCE AMANHÃ A PRIMEIRA ASSOCIAÇÃO DOS DOENTES CO [...] Nº de série: 18/0/ Pág: 1 de 1

12 CienciaPT - Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação Um quinto da população sofre de incontinência urinária 14-Mar-2008 Quase 20 por cento da população com mais de 40 anos sofre de incontinência urinária, demonstra um estudo elaborado pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e apresentado esta semana, em Lisboa. Este trabalho, solicitado à FMUP pela Associação Portuguesa de Urologia e pela Associação Portuguesa de Neuro-Urologia e Neuro-Ginecologia, teve como objectivos quantificar a prevalência da incontinência entre os portugueses, avaliar o número de casos que estão já diagnosticados e perceber que tipo de tratamento é prescrito a estes doentes. Para isso, foram efectuadas entrevistas no território de Portugal Continental. Dentro do género feminino, a faixa etária mais afectada por esta patologia é a dos 60 aos 79 anos de idade, cuja prevalência ultrapassa os 25 por cento. No entanto, contrariando o estereótipo de que a incontinência está associada a uma idade bastante avançada, o estudo permitiu comprovar que mais de 18 por cento das mulheres com idades compreendidas entre os 40 e os 59 anos activas sofre deste problema. Nos homens, os mais afectados são os mais velhos. Nos indivíduos com idades superiores a 80 anos a prevalência chega aos 21,6 por cento. O estudo epidemiológico demonstrou que, dos indivíduos que apresentavam sintomas de incontinência, apenas 4,9 por cento tinham declaração de diagnóstico (6,1 por cento no caso das mulheres e 3 por cento no caso dos homens). Segundo os especialistas, a pouca importância atribuída à patologia, considerada um problema normal da idade, e o constrangimento em reportá-la podem estar na base da diferença entre a prevalência da incontinência e o número de diagnósticos. De acordo com a FMUP, dos indivíduos seguidos pelo médico, 71 por cento efectuou algum tipo de tratamento, sendo que a terapêutica farmacológica foi a mais utilizada (76,3 por cento dos casos). 25 por cento dos doentes foram sujeitos a cirurgia e 12 por cento socorreram-se de outro tipo de tratamento (fisioterapia). A incontinência urinária é um importante problema de saúde devido à sua alta prevalência, ao impacto que tem na qualidade de vida dos doentes afectados e aos custos que acarreta. A Organização Mundial de Saúde identificou esta patologia como um problema major de saúde pública (afecta mais de 200 milhões de pessoas em todo o mundo). Assim, os especialistas sublinham a necessidade de sensibilizar a população para a importância de tratar esta doença. Notese que a incontinência urinária tem tratamento em 85 por cento dos casos, pelo que é essencial quebrar o tabu e a vergonha ligada a este problema e incentivar os doentes a consultar o médico. Os resultados permitiram concluir que cerca de um em cada cinco portugueses com idade igual ou superior a 40 anos já teve sintomas de incontinência urinária. A patologia afecta sobretudo as mulheres (21,4 por cento contra 7,6 por cento dos homens). {mosgoogle} Produzido em Joomla! Criado em: 14 March, 2008, 12:09

13 CLIPPING Data: Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: FOTO Cores:4 Cores Pág:17 INCONTINÊNCIA URINÁRIA AFECTA MAIS MULHERES Nº de série: 18/0/ Pág: 1 de 1

14 CLIPPING Data: Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: Cores:P/B Pág:13 INCONTINÊNCIA AFECTA UM MILHÃO DE PORTUGUESES» U [...] Nº de série: 18/0/ Pág: 1 de 1

15 CLIPPING Data: Tipo de publicação:jornal Regional Diário Secção: FOTO Cores:4 Cores Pág:11 MULHERES SÃO AS MAIS AFECTADAS» UM EM CADA CINCO [...] Nº de série: 18/0/ Pág: 1 de 2

16 CLIPPING Data: Tipo de publicação:jornal Regional Diário Secção: FOTO Cores:4 Cores Pág:11 MULHERES SÃO AS MAIS AFECTADAS» UM EM CADA CINCO [...] Nº de série: 18/0/ Pág: 2 de 2

17 CLIPPING Data: Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: Cores:P/B Pág:44 ESTUDO» INCONTINÊNCIA É MAIS GRAVE NAS MULHERES Nº de série: 18/0/ Pág: 1 de 1

Questionário "inédito" avalia controlo da asma

Questionário inédito avalia controlo da asma Questionário inédito avalia controlo da asma e da rinite http://www.ionline.pt/interior/index.php?p=news-print&idnota=64849 Page 1 of 1 Imprimir Questionário "inédito" avalia controlo da asma e da rinite

Leia mais

INCONTINÊNCIA URINÁRIA

INCONTINÊNCIA URINÁRIA INCONTINÊNCIA URINÁRIA O que é a incontinência urinária? A incontinência urinária (IU) é uma situação patológica que resulta da incapacidade em armazenar e controlar a saída da urina. É caraterizada por

Leia mais

Nos termos da alínea a) do nº 2 do artigo 2º do Decreto Regulamentar nº 14/2012, de 26 de janeiro, emite-se a Norma seguinte:

Nos termos da alínea a) do nº 2 do artigo 2º do Decreto Regulamentar nº 14/2012, de 26 de janeiro, emite-se a Norma seguinte: NORMA NÚMERO: 013/2016 DATA: 28/10/2016 ATUALIZAÇÃO 03/03/2017 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: Regras de Prescrição de Dispositivos Médicos na Retenção/Incontinência em Idade Pediátrica e no

Leia mais

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?article=322084&visual=26&tema=1

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?article=322084&visual=26&tema=1 Página Web 1 de 2 http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?article=322084&visual=26&tema=1 24-01-2008 Nacional Sono: "Deitar cedo e cedo erguer" é uma máxima cada vez mais válida para uma vida saudável - investigador

Leia mais

Nos termos da alínea a) do nº 2 do artigo 2º do Decreto Regulamentar nº 14/2012, de 26 de janeiro, emite-se a Norma seguinte:

Nos termos da alínea a) do nº 2 do artigo 2º do Decreto Regulamentar nº 14/2012, de 26 de janeiro, emite-se a Norma seguinte: NORMA NÚMERO: 013/2016 DATA: 28/10/2016 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: Regras de Prescrição de Dispositivos Médicos na Retenção/Incontinência em Idade Pediátrica e no Adulto Dispositivos médicos,

Leia mais

12 as JORNADAS DE UROLOGIA DO NORTE EM MEDICINA FAMILIAR

12 as JORNADAS DE UROLOGIA DO NORTE EM MEDICINA FAMILIAR 12 as JORNADAS DE UROLOGIA DO NORTE EM MEDICINA FAMILIAR Porto, Hotel Ipanema Porto, 5 e 6 de Novembro de 2015 A Patologia Urológica e Sexual à Luz das Guidelines PRESIDENTE Prof. Doutor Mário Reis COORDENADOR

Leia mais

ESPERANÇAS DE VIDA SEM INCAPACIDADES FÍSICAS DE LONGA DURAÇÃO

ESPERANÇAS DE VIDA SEM INCAPACIDADES FÍSICAS DE LONGA DURAÇÃO Informação à Comunicação Social 22 de Setembro de 2000 ESPERANÇAS DE VIDA SEM INCAPACIDADES FÍSICAS DE LONGA DURAÇÃO Nas últimas décadas tem-se assistido a um aumento significativo na esperança de vida

Leia mais

13 as JORNADAS DE UROLOGIA DO NORTE EM MEDICINA FAMILIAR

13 as JORNADAS DE UROLOGIA DO NORTE EM MEDICINA FAMILIAR 13 as JORNADAS DE UROLOGIA DO NORTE EM MEDICINA FAMILIAR Porto, Hotel Ipanema Porto, 4 e 5 de Novembro de 2016 Saúde e Doença em Urologia PRESIDENTE Prof. Doutor Mário Reis COORDENADOR PARA A MEDICINA

Leia mais

ELEIÇÕES / PROGRAMA ELEITORAL LISTA B

ELEIÇÕES / PROGRAMA ELEITORAL LISTA B ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE DOENTES DE PARKINSON ELEIÇÕES / 2012-2014 PROGRAMA ELEITORAL LISTA B Todos juntos somos fortes Não há nada a temer Ao meu lado há um amigo Que é preciso proteger Chico Buarque

Leia mais

Página Web 1 de 2 http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?article=307422&visual=26&tema=1 27-11-2007 Nacional Investigadores querem descobrir cura para disfunção eréctil nos diabéticos A descoberta de uma

Leia mais

IMPLICAÇÕES DA CLASSE DE ÍNDICE DE MASSA CORPORAL E OBESIDADE ABDOMINAL NO RISCO E GRAVIDADE DA HIPERTENSÃO ARTERIAL EM PORTUGAL

IMPLICAÇÕES DA CLASSE DE ÍNDICE DE MASSA CORPORAL E OBESIDADE ABDOMINAL NO RISCO E GRAVIDADE DA HIPERTENSÃO ARTERIAL EM PORTUGAL CONGRESSO PORTUGUÊS DE CARDIOLOGIA IMPLICAÇÕES DA CLASSE DE ÍNDICE DE MASSA CORPORAL E OBESIDADE ABDOMINAL NO RISCO E GRAVIDADE DA HIPERTENSÃO ARTERIAL EM PORTUGAL Susana Martins, Nuno Cortez-Dias, Adriana

Leia mais

CLIPPING. Data: Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: Cores:P/B Pág:23

CLIPPING. Data: Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: Cores:P/B Pág:23 Data:2007-02-05 Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: Cores:P/B Pág:23 DIFERENÇAS CEREBRAIS ENTRE HOMENS E MULHERES AIND [...] Nº de série: 18/0/5904792 Pág: 1 de 1 Data:2007-02-04 Tipo de

Leia mais

DIABETES: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR (NOV 2016) - PORTO

DIABETES: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR (NOV 2016) - PORTO DIABETES: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR (NOV 2016) - PORTO A Diabetes Mellitus é uma doença crónica, cujos índices de incidência e prevalência aumentam a cada ano. Para poderem prestar cuidados de saúde globais

Leia mais

Quanto mais cedo for feito o diagnóstico de uma determinada doença, maiores serão as probabilidades de tratar a doença e atrasar a sua evolução

Quanto mais cedo for feito o diagnóstico de uma determinada doença, maiores serão as probabilidades de tratar a doença e atrasar a sua evolução Quanto mais cedo for feito o diagnóstico de uma determinada doença, maiores serão as probabilidades de tratar a doença e atrasar a sua evolução É a identificação atempada de uma determinada doença mesmo

Leia mais

DIA MUNDIAL DO CANCRO: 4/2/2015 ONCOLOGIA NA RAM - RELATÓRIO INFOGRÁFICO

DIA MUNDIAL DO CANCRO: 4/2/2015 ONCOLOGIA NA RAM - RELATÓRIO INFOGRÁFICO 1. CARACTERIZAÇÃO DA MORTALIDADE 1.1 Principais causas de morte, 2010-2013, RAM 1.2 Taxa de mortalidade padronizada (/100.000 hab), Região (RAM, RAA e Portugal), 2009 a 2012 Fonte: Estatísticas da Saúde,

Leia mais

A todas as pessoas anónimas que contribuem para melhorar o dia-a-dia da nossa sociedade

A todas as pessoas anónimas que contribuem para melhorar o dia-a-dia da nossa sociedade VIVER SEM DOR Dossier de Imprensa da Fundação Grünenthal A todas as pessoas anónimas que contribuem para melhorar o dia-a-dia da nossa sociedade OBRIGADO A Fundação Grünenthal dedica-se há mais de dez

Leia mais

CURSO DE UROLOGIA PEDIÁTRICA. Associação Portuguesa de Urologia

CURSO DE UROLOGIA PEDIÁTRICA. Associação Portuguesa de Urologia CURSO DE UROLOGIA PEDIÁTRICA Associação Portuguesa de Urologia Nunca é demais lembrar Enurese Definição International Children s Continence Society 1997 Micção activa, completa e involuntária num momento

Leia mais

REGISTO NACIONAL DE AN MALIAS CONGÉNITAS O RENAC Resumo

REGISTO NACIONAL DE AN MALIAS CONGÉNITAS O RENAC Resumo REGISTO NACIONAL DE AN MALIAS CONGÉNITAS O RENAC 2-21 Resumo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP Lisboa, 28 de novembro de 214 O REGISTO NACIONAL DE ANOMALIAS CONGÉNITAS MATERIAIS E MÉTODOS

Leia mais

I Inquérito Nacional sobre Asma INASma

I Inquérito Nacional sobre Asma INASma I Inquérito Nacional sobre Asma INASma Sumário do Inquérito Nacional de Controlo da Asma Direcção Geral de Saúde Dezembro 2010 I Inquérito Nacional sobre Asma Direcção geral de saúde / Comissão de Acompanhamento

Leia mais

Endometriose: Diagnóstico e Tratamento

Endometriose: Diagnóstico e Tratamento Endometriose: Diagnóstico e Tratamento Alysson Zanatta Diretor de Comunicação, Associação de Ginecologia e Obstetrícia do Distrito Federal Doutor em Medicina, Faculdade de Medicina da Universidade de São

Leia mais

Estudo de prevalência da hipertensão arterial, excesso de peso e obesidade no concelho de Vizela em

Estudo de prevalência da hipertensão arterial, excesso de peso e obesidade no concelho de Vizela em Estudo de prevalência da hipertensão arterial, excesso de peso e obesidade no concelho de Vizela em 2007-2010 Guimarães A. Unidade de Saúde Familiar Physis, Vizela, Portugal Resumo Este estudo teve como

Leia mais

Verónica Gómez, Milene Fernandes, Violeta Alarcão, Cristiana Areias, Diana Souto, Elisa Lopes, Paulo Nicola, Evangelista Rocha

Verónica Gómez, Milene Fernandes, Violeta Alarcão, Cristiana Areias, Diana Souto, Elisa Lopes, Paulo Nicola, Evangelista Rocha Controlo e Adesão à Terapêutica Anti-hipertensora em Hipertensos Adultos e Idosos nos Cuidados de Saúde Primários da Região de Lisboa resultados preliminares do estudo DIMATCH-HTA Verónica Gómez, Milene

Leia mais

A fase inicial do câncer de próstata apresenta uma evolução silenciosa e não causa sintomas, mas alguns sinais merecem atenção:

A fase inicial do câncer de próstata apresenta uma evolução silenciosa e não causa sintomas, mas alguns sinais merecem atenção: Novembro Azul O movimento mundialmente conhecido como Novembro Azul ou Movember visa conscientizar os homens sobre a importância da prevenção do câncer de próstata e tem o bigode como símbolo adotado para

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO PROJETO DE LEI Nº 302/2005 Cria o Dia do Médico Urologista e institui a Semana de Prevenção e Combate às Doenças Urológicas e de Promoção e Fomento da Saúde Sexual Masculina e dá outras providências. AUTOR:

Leia mais

CLIPPING. Data: Tipo de publicação:revista Especializada Mensal Secção: FOTO Cores:4 Cores Pág:94

CLIPPING. Data: Tipo de publicação:revista Especializada Mensal Secção: FOTO Cores:4 Cores Pág:94 Data:2007-04-01 Tipo de publicação:revista Especializada Mensal Secção: FOTO Cores:4 Cores Pág:94 ESPECIAL I ROBÓTICA» O ESPÍRITO DE EQUIPA Nº de série: 18/0/5948626 Pág: 1 de 3 Data:2007-04-01 Tipo de

Leia mais

740 mil euros para cientistas do Porto

740 mil euros para cientistas do Porto 740 mil euros para cientistas do Porto BOLSAS TRÊS INVESTIGADORES da Faculdade de Medicina do Porto ganharam bolsas da Harvard Medicai School no total de 740 mil euros para desenvolverem estudos na área

Leia mais

É uma situação muito ruim. É uma mutilação que ninguém vê. Mas a opção à cirurgia é

É uma situação muito ruim. É uma mutilação que ninguém vê. Mas a opção à cirurgia é Câncer de próstata: \"É uma mutilação, mas a opção à cirurgia é morrer\" Nesta segunda-feira (17), Dia Mundial do Combate ao Câncer da Próstata, médicos e pacientes falam sobre a importância do diagnóstico

Leia mais

Diabetes Continua a aumentar no distrito - Retrato da Diabetes no distrito 19-Nov-2008

Diabetes Continua a aumentar no distrito - Retrato da Diabetes no distrito 19-Nov-2008 Diabetes Continua a aumentar no distrito - Retrato da Diabetes no distrito 19-Nov-2008 16000 - É o número total de diabéticos existentes no distrito de Viseu. 80 - Cerca de 80 por cento da população do

Leia mais

ATLAS DO PLANO NACIONAL DE SAÚDE

ATLAS DO PLANO NACIONAL DE SAÚDE ATLAS DO PLANO NACIONAL DE SAÚDE 06 Como se Nasce, Vive e Morre 090 06. Como se Nasce, Vive e Morre? Atlas do Plano Nacional de Saúde Como se Nasce, Vive e Morre? Considerações Gerais A Esperança de Vida

Leia mais

CLIPPING. Data: Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: FOTO Cores:P/B Pág:28

CLIPPING. Data: Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: FOTO Cores:P/B Pág:28 Data:2006-03-09 Tipo de publicação:jornal Nacional Diário Secção: FOTO Cores:P/B Pág:28 MATEMÁTICA MARCA PONTOS NO BASQUETEBOL Nº de série: 18/3/5579781 Pág: 1 de 2 Data:2006-03-09 Tipo de publicação:jornal

Leia mais

Ana Luisa Monteiro Fisioterapeuta, Prática Privada

Ana Luisa Monteiro Fisioterapeuta, Prática Privada 1 Ana Luisa Monteiro (mailto:monteiro.analuisa@gmail.com) Fisioterapeuta, Prática Privada Elisabete Nave Leal (mailto:elisabete.nave.leal@estesl.ipl.pt) Docente Escola Superior de Tecnologia da Saúde de

Leia mais

Sondagem Aximage: Feriados Nacionais

Sondagem Aximage: Feriados Nacionais Sondagem Aximage: Feriados Nacionais Metodologia 1 FICHA TÉCNICA DESTINADA A PUBLICAÇÃO E ELABORADA DE ACORDO COM UM MODELO PROPOSTO À ERC PARA A IMPRENSA FICHA TÉCNICA Universo: indivíduos inscritos nos

Leia mais

XXIII Jornadas ROR-SUL. 15, 16 e 17 Fevereiro 2016 Lisboa

XXIII Jornadas ROR-SUL. 15, 16 e 17 Fevereiro 2016 Lisboa XXIII Jornadas ROR-SUL 15, 16 e 17 Fevereiro 2016 Lisboa SUDCAN Sobrevivência de Cancro em Países Europeus de Língua Latina Luísa Glória SUDCAN Sobrevivência indicador global de avaliação de qualidade

Leia mais

ÍNDICE DE SAÚDE SUSTENTÁVEL ª Conferência Abbvie/TSF/DN 7 de Março de 2017

ÍNDICE DE SAÚDE SUSTENTÁVEL ª Conferência Abbvie/TSF/DN 7 de Março de 2017 ÍNDICE DE SAÚDE SUSTENTÁVEL 2016 6ª Conferência Abbvie/TSF/DN 7 de Março de 2017 1 Índice 1. Enquadramento Projeto Saúde Sustentável - Passado, Presente e Futuro 2. Metodologia e Resultados do Estudo 2016

Leia mais

EVOLUÇÃO DA TN EM PORTUGAL DESDE MEADOS DO SÉCULO XX

EVOLUÇÃO DA TN EM PORTUGAL DESDE MEADOS DO SÉCULO XX EVOLUÇÃO DA TN EM PORTUGAL DESDE MEADOS DO SÉCULO XX A tendência do número de nascimentos em Portugal neste período é de um decréscimo. O período de 1975 a 1977 contraria esta evolução devido a fatores

Leia mais

Impacto do Grau de Controlo da Asma na Utilização de Cuidados de Saúde em Portugal

Impacto do Grau de Controlo da Asma na Utilização de Cuidados de Saúde em Portugal Unidade de Epidemiologia Instituto de Medicina Preventiva Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa Impacto do Grau de Controlo da Asma na Utilização de Cuidados de Saúde em Portugal Violeta Alarcão,

Leia mais

PRINCIPAIS AGRAVOS UROLÓGICOS FORUM POLÍTICAS PUBLICAS E SAÚDE DO HOMEM/2014

PRINCIPAIS AGRAVOS UROLÓGICOS FORUM POLÍTICAS PUBLICAS E SAÚDE DO HOMEM/2014 PRINCIPAIS AGRAVOS UROLÓGICOS FORUM POLÍTICAS PUBLICAS E SAÚDE DO HOMEM/2014 CARLOS CORRADI CHEFE SERV. UROLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL MINAS GERAIS PRESIDENTE SOCIEDADE BRASILEIRA DE UROLOGIA 2014-2015

Leia mais

Os desafios da oncologia: a sociedade, o sistema, o doente. Gabriela Sousa Oncologia Médica IPO Coimbra

Os desafios da oncologia: a sociedade, o sistema, o doente. Gabriela Sousa Oncologia Médica IPO Coimbra Os desafios da oncologia: a sociedade, o sistema, o doente Gabriela Sousa Oncologia Médica IPO Coimbra Na União Europeia, e tendo como base apenas o envelhecimento da população, é previsto um aumento dos

Leia mais

INFORMAÇÃO PARA O PÚBLICO

INFORMAÇÃO PARA O PÚBLICO INFORMAÇÃO PARA O PÚBLICO O TESTE PSA e o carcinoma da próstata Esta INFORMAÇÃO é sobre o teste de antígeno específico da próstata, ou "PSA". O teste de PSA é um exame de sangue para ajudar a detectar

Leia mais

Novo Hospital de Proximidade de Lamego

Novo Hospital de Proximidade de Lamego Novo Hospital de Proximidade de Lamego 1 CONCEITO O hospital de proximidade é um conceito inovador, em desenvolvimento na Europa, cujo objectivo é aproximar a prestação de cuidados de saúde diferenciados

Leia mais

Medidas de Ocorrência de Doenças: Morbidade

Medidas de Ocorrência de Doenças: Morbidade Ribeirão Preto, 2016 DISCIPLINA EPIDEMIOLOGIA Medidas de Ocorrência de Doenças: Morbidade Luiz Henrique Arroyo ROTEIRO DA AULA Conceitos básicos da epidemiologia o Epidemia, Endemia o Pandemia, Surto o

Leia mais

Mário Pereira António Tavares Unidade de Vigilância Epidemiológica Departamento de Saúde Pública ARSLVT, IP Turcifal, 11 de Março -2010

Mário Pereira António Tavares Unidade de Vigilância Epidemiológica Departamento de Saúde Pública ARSLVT, IP Turcifal, 11 de Março -2010 Mário Pereira António Tavares Unidade de Vigilância Epidemiológica Departamento de Saúde Pública ARSLVT, IP Turcifal, 11 de Março -2010 Conteúdos O Território NUTS III A População Indicadores sócio-económicos

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES NOTAS DE UMA PARCERIA

ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES NOTAS DE UMA PARCERIA ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES V 4 APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES b) Âmbito da Associação A Myos Associação Nacional

Leia mais

Gestão Integrada da Doença

Gestão Integrada da Doença Gestão Integrada da Doença Anabela Coelho Candeias Chefe de Divisão de Gestão Integrada da Doença & Inovação Departamento da Qualidade na Saúde anabelacandeias@dgs.pt Modelo Global ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO:

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Uroginecologia Código: Fisio 216 Pré-requisito: ------- Período

Leia mais

Consumo de drogas leves provoca problemas vasculares

Consumo de drogas leves provoca problemas vasculares Página Web 1 de 2 http://sol.sapo.pt/common/print.aspx Droga Consumo de drogas leves provoca problemas vasculares O uso de drogas leves, como o haxixe, causa graves problemas vasculares, podendo conduzir

Leia mais

DIA MUNDIAL DA SIDA ANOS DE VIH/SIDA NA RAM

DIA MUNDIAL DA SIDA ANOS DE VIH/SIDA NA RAM 1. EVOLUÇÃO DOS CASOS PELO ANO DO DIAGNÓSTICO E ESTADIO INICIAL DA INFEÇÃO, RAM, 1987-2013 PA: 255 (45 %); SIDA: 164 (29 %); CRS: 145 (26 %); IAG: 3 (1%). TOTAL: 567 2. N.º DE CASOS POR GRUPO ETÁRIO E

Leia mais

Notícias ao Minuto Online

Notícias ao Minuto Online Notícias ao Minuto Online ID: 63846691 04-04-2016 Visitas diárias: 99136 Âmbito: Informação Geral OCS: Notícias ao Minuto Online Programa de bolsas distingue reciclagem de medicamentos para a sida http://www.noticiasaominuto.com/pais/565855/programa-de-bolsas-distinguereciclagem-de-medicamentos-para-a-sida

Leia mais

O CIDADÃO E O DOENTE PERANTE AS DOENÇAS RESPIRATORIAS PAPEL DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL

O CIDADÃO E O DOENTE PERANTE AS DOENÇAS RESPIRATORIAS PAPEL DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL O CIDADÃO E O DOENTE PERANTE AS DOENÇAS RESPIRATORIAS PAPEL DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL Maria Conceição Gomes, Pneumologista Coordenadora do CDP da Alameda Consultora da DGS Secretaria-Geral ANTDR,

Leia mais

Direcção-Geral da Saúde

Direcção-Geral da Saúde Direcção-Geral da Saúde PATOLOGIAS A INTEGRAR, PRIORITARIAMENTE, EM PROJECTOS DA GESTÃO INTEGRADA DA DOENÇA DIVISÃO GESTÃO INTEGRADA DA DOENÇA LISBOA ABRIL 2008 1. INTRODUÇÃO Os sistemas de saúde encontram-se

Leia mais

Programa de apoio psico-educativo para pessoas idosas com demência e suas famílias

Programa de apoio psico-educativo para pessoas idosas com demência e suas famílias Programa de apoio psico-educativo para pessoas idosas com demência e suas famílias Sara Guerra, Álvaro Mendes, Daniela Figueiredo, Liliana Sousa Mundialmente 2000:mais de 25 milhões de pessoas com demência.

Leia mais

! "#!! " #! $! % &!!

! #!!  #! $! % &!! ! "#!! "#! $!%&!! FICHA TÉCNICA Título de Longa Duração e Manutenção de Santa Maria Maior Autores/Editores Adília da Silva Fernandes; Carlos Pires Magalhães; Maria Augusta Pereira da Mata; Maria Helena

Leia mais

PRESERVE OS ANTIBIÓTICOS Campanha de sensibilização do cidadão

PRESERVE OS ANTIBIÓTICOS Campanha de sensibilização do cidadão PRESERVE OS ANTIBIÓTICOS Campanha de sensibilização do cidadão Dossier de Imprensa Lisboa 28 de Setembro de 2011 2 Índice Sobre o G.I.S (Grupo de Infecção e Sepsis) 2 Sobre os antibióticos 3 Quando tomar

Leia mais

Fígado gordo reúne técnicos de várias áreas

Fígado gordo reúne técnicos de várias áreas ID: 69989832 15-06-2017 Tiragem: 12000 Fígado gordo reúne técnicos de várias áreas Pág: 5 Área: 16,19 x 19,49 cm² 111 O Projecto Europeu mtfoie GRAS, liderado pelo Centro de Neurociências e Biologia Celular

Leia mais

Eleições Legislativas 2009

Eleições Legislativas 2009 Sondagem Aximage: Eleições Legislativas 2009 Metodologia 1 FICHA TÉCNICA DESTINADA A PUBLICAÇÃO E ELABORADA DE ACORDO COM UM MODELO PROPOSTO À ERC PARA A IMPRENSA FICHA TÉCNICA Universo: indivíduos inscritos

Leia mais

25 de Maio Dia Internacional da Tiróide

25 de Maio Dia Internacional da Tiróide 25 de Maio Dia Internacional da Tiróide No dia 25 de Maio, o Ipatimup, em conjunto com outras entidades, vai celebrar o Dia Mundial da Tiróide. Apareça e poderá averiguar a saúde da sua tiróide, ouvir

Leia mais

Roadshow Bragança A PT perto de si Clipping de Media (29 de Janeiro a 07 de Fevereiro de 2005)

Roadshow Bragança A PT perto de si Clipping de Media (29 de Janeiro a 07 de Fevereiro de 2005) Roadshow Bragança A PT perto de si Clipping de Media (29 de Janeiro a 07 de Fevereiro de 2005) Meio: Jornal de Notícias Data: 07 de Fevereiro de 2005 Pág.: 2 Meio: Público Data: 06 de Fevereiro de 2005

Leia mais

TRABALHANDO A PREVENÇÃO DOS CÂNCERES DE MAMA, COLO DO ÚTERO E PRÓSTATA COM OS TRABALHADORES DA AGECOLD.

TRABALHANDO A PREVENÇÃO DOS CÂNCERES DE MAMA, COLO DO ÚTERO E PRÓSTATA COM OS TRABALHADORES DA AGECOLD. TRABALHANDO A PREVENÇÃO DOS CÂNCERES DE MAMA, COLO DO ÚTERO E PRÓSTATA COM OS TRABALHADORES DA AGECOLD. Jane Teixeira dos Santos¹; Arino Sales do Amaral². 1Estudante do Curso de Enfermagem da UEMS, Unidade

Leia mais

Programa de apoio psico-educativo para pessoas idosas com demência e suas famílias

Programa de apoio psico-educativo para pessoas idosas com demência e suas famílias Programa de apoio psico-educativo para pessoas idosas com demência e suas famílias Sara Guerra, Álvaro Mendes, Daniela Figueiredo, Liliana Sousa Mundialmente 2000: mais de 25 milhões de pessoas com demência.

Leia mais

CONTRIBUTO PARA A SAÚDE PÚBLICA

CONTRIBUTO PARA A SAÚDE PÚBLICA CONTRIBUTO PARA A SAÚDE PÚBLICA REDUÇÃO DA MORBILIDADE E MORTALIDADE Os programas de vacinação têm tido um impacto significativo sobre a redução da mortalidade e morbilidade de inúmeras doenças infecciosas

Leia mais

Avaliação do Risco Cardiovascular

Avaliação do Risco Cardiovascular NUNO CORTEZ-DIAS, SUSANA MARTINS, ADRIANA BELO, MANUELA FIUZA 20 Abril 2009 Objectivos Avaliação do Risco Cardiovascular Padrões de Tratamento Impacto Clínico Síndrome Metabólica HTA Diabetes Mellitus

Leia mais

Nos primeiros lugares das dores de cabeça da Urologia

Nos primeiros lugares das dores de cabeça da Urologia N i i l d d d b d Nos primeiros lugares das dores de cabeça da Urologia Câncer de próstata :malignidade mais diagnosticada em homens Incontinência urinária afeta diretamente qualidade de vida Cirurgia:

Leia mais

E.S.S.A ESCOLA SECUNDÁRIA DE SANTO ANDRÉ BARREIRO QUINTA DA LOMBA

E.S.S.A ESCOLA SECUNDÁRIA DE SANTO ANDRÉ BARREIRO QUINTA DA LOMBA E.S.S.A ESCOLA SECUNDÁRIA DE SANTO ANDRÉ QUINTA DA LOMBA BARREIRO A ACTIVIDADE FÍSICA e AQUISIÇÃO DE UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL PROJECTO DE ESCOLA EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE HÁBITOS DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

Leia mais

Rua do Platão nº. 147 Zambujal São Domingos de Rana Tel Fax

Rua do Platão nº. 147 Zambujal São Domingos de Rana Tel Fax Rua do Platão nº. 147 Zambujal 2785 698 São Domingos de Rana Tel. 214 549 200 Fax. 214 549 208 E-mail: anea@anea.org.pt PONTO DE VISTA DE UMA ASSOCIAÇÃO DE DOENTES A ESPONDILITE ANQUILOSANTE, O QUE É?

Leia mais

Uma observação sobre a utilização de cuidados preventivos pela mulher

Uma observação sobre a utilização de cuidados preventivos pela mulher Uma observação sobre a utilização de cuidados preventivos pela mulher Branco MJ, Paixão E, Vicente LF. Uma observação sobre a utilização de cuidados preventivos pela mulher. Lisboa: Instituto Nacional

Leia mais

LUTA CONTRA A DOPAGEM - DADOS ESTATÍSTICOS CONSELHO NACIONAL ANTIDOPAGEM

LUTA CONTRA A DOPAGEM - DADOS ESTATÍSTICOS CONSELHO NACIONAL ANTIDOPAGEM LUTA CONTRA A DOPAGEM - DADOS ESTATÍSTICOS 2006 - CONSELHO NACIONAL ANTIDOPAGEM Conselho Nacional AntiDopagem NÚMERO DE AMOSTRAS RECOLHIDAS DE 1976 A 2006 ANO 2006 2004 2002 2000 1998 1996 1994 1992 1990

Leia mais

1º Encontro HIPOCOAGULAÇÃO. Realidade na UCSP de Delães. (ACES do AVE III V.N. Famalicão) Auditório do Hospital de Magalhães Lemos, EPE.

1º Encontro HIPOCOAGULAÇÃO. Realidade na UCSP de Delães. (ACES do AVE III V.N. Famalicão) Auditório do Hospital de Magalhães Lemos, EPE. 1º Encontro HIPOCOAGULAÇÃO Realidade na UCSP de Delães (ACES do AVE III V.N. Famalicão) Auditório do Hospital de Magalhães Lemos, EPE 6 Abril 2011 HIPOCOAGULAÇÃO - Realidade Portuguesa EM PORTUGAL Doenças

Leia mais

Medicamentos: Hospitais devem mais de mil milhões, prazos de pagamento superiores a um ano

Medicamentos: Hospitais devem mais de mil milhões, prazos de pagamento superiores a um ano Medicamentos: Hospitais devem mais de mil milhões, prazos de pagamento superiores a um ano *** Serviço áudio e vídeo disponível em www.lusa.pt *** *** Ana Rute Peixinho, jornalista da agência Lusa ***

Leia mais

Sociedade de Senologia: novo presidente quer acolher profissionais não médicos ligados ao cancro da mama

Sociedade de Senologia: novo presidente quer acolher profissionais não médicos ligados ao cancro da mama 2016-03-24 11:20:18 http://justnews.pt/noticias/sociedade-de-senologia-novo-presidente-quer-acolher-profissionais-nao-medicos-ligados-aocancro-da-m Sociedade de Senologia: novo presidente quer acolher

Leia mais

Caracterização dos usuários com incontinência urinária atendidos na região Leste-Nordeste de saúde de Porto Alegre

Caracterização dos usuários com incontinência urinária atendidos na região Leste-Nordeste de saúde de Porto Alegre Caracterização dos usuários com incontinência urinária atendidos na região Leste-Nordeste de saúde de Porto Alegre Alessandra Garcia de Figueiredo Agostini Sandra Maria Cezar Leal Silvana Mara Janning

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 35. Entende-se por comportamento endêmico de uma doença quando:

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 35. Entende-se por comportamento endêmico de uma doença quando: 8 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 35 QUESTÃO 17 Entende-se por comportamento endêmico de uma doença quando: a) apresenta uma variação sazonal bem definida. b) ocorre em grande número de países

Leia mais

VALOR VIDA. Produto: ZDVI1 NOVO ALTERAÇÃO. Mod. K281/001 - Junho Pág. 1/5

VALOR VIDA. Produto: ZDVI1 NOVO ALTERAÇÃO. Mod. K281/001 - Junho Pág. 1/5 VALOR VIDA Produto: ZDVI1 NOVO ALTERAÇÃO Tipo de Prémio: Nivelado Anual Renovável: Pág. 1/5 PRIMEIRO SEGURADO - Preencher apenas se diferente do Tomador do Seguro SEGUNDO SEGURADO - Preencher apenas se

Leia mais

O Risco de morrer por doença crónica em Portugal de 1980 a 2012: tendência e padrões de sazonalidade

O Risco de morrer por doença crónica em Portugal de 1980 a 2012: tendência e padrões de sazonalidade O Risco de morrer por doença crónica em Portugal de 198 a 212: tendência e padrões de sazonalidade Baltazar Nunes Departamento de Epidemiologia Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge IV Congresso

Leia mais

Portugal Apto Para o Trabalho

Portugal Apto Para o Trabalho Para o Trabalho Doenças Reumáticas: Produtividade, Empregabilidade e Saúde Social www.portugalapto.pt Lisboa, Dezembro de 2016 1/36 Outline 1 Introdução 2 Resultados Sugestões para alteração das condições

Leia mais

PROGRAMA DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO A BARNABÉS - ANO LETIVO 2017/2018 -

PROGRAMA DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO A BARNABÉS - ANO LETIVO 2017/2018 - PROGRAMA DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO A BARNABÉS - ANO LETIVO 2017/2018 - Descrição do programa A Acreditar é uma instituição que se destina a apoiar crianças e adolescentes com cancro e respetivas

Leia mais

ÍNDICE DE INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS NO LAR DO IDOSO SÃO VICENTE DE PAULA, SÃO LUIZ GONZAGA, RS. 1

ÍNDICE DE INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS NO LAR DO IDOSO SÃO VICENTE DE PAULA, SÃO LUIZ GONZAGA, RS. 1 ÍNDICE DE INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS NO LAR DO IDOSO SÃO VICENTE DE PAULA, SÃO LUIZ GONZAGA, RS. 1 Marzane Bolzan Morais De Oliveira 2, Iara Oliveira Guerin 3, Leandra Brinck

Leia mais

Unidade Vértebro-Medular CHLC HSJ. Enf.ª Elisabete Dias Enf.º Paulo Salvado

Unidade Vértebro-Medular CHLC HSJ. Enf.ª Elisabete Dias Enf.º Paulo Salvado Unidade Vértebro-Medular CHLC HSJ Enf.ª Elisabete Dias Enf.º Paulo Salvado Tópicos Dar a conhecer a génese do projeto; Mostrar o percurso efetuado ; Apresentar os resultados e as conclusões obtidas; Apresentar

Leia mais

Fátima Monteiro Enfermeira Obstetra (Parteira) responsável pelo Centro de Apoio á Maternidade

Fátima Monteiro Enfermeira Obstetra (Parteira) responsável pelo Centro de Apoio á Maternidade Colaboradores Fátima Monteiro Enfermeira Obstetra (Parteira) responsável pelo Centro de Apoio á Maternidade ü Pós Graduação em Gestão de Recursos Humanos pela Escola de Economia e Gestão da Universidade

Leia mais

Briefing. Boletim Epidemiológico 2011

Briefing. Boletim Epidemiológico 2011 Briefing Boletim Epidemiológico 2011 1. HIV Estimativa de infectados pelo HIV (2006): 630.000 Prevalência da infecção (15 a 49 anos): 0,61 % Fem. 0,41% Masc. 0,82% 2. Números gerais da aids * Casos acumulados

Leia mais

Notícias ao Minuto Online

Notícias ao Minuto Online Notícias ao Minuto Online ID: 66384132 07-10-2016 Visitas diárias: 217940 Âmbito: Informação Geral OCS: Notícias ao Minuto Online Plataforma de investigadores tem 2,5 milhões para terapias para cancro

Leia mais

Com a linha dos Cuidados Bordamos a Saúde

Com a linha dos Cuidados Bordamos a Saúde Com a linha dos Cuidados Espere o melhor de nós Queremos tratá-lo com respeito. Queremos que tenha acesso a cuidados de saúde de qualidade. Compreendemos que queira recusar um acto médico ou que queira

Leia mais

O Valor das Farmácias Rede de Saúde de Proximidade Benefícios económicos da campanha Controlar a diabetes está na sua mão. Um Case Study.

O Valor das Farmácias Rede de Saúde de Proximidade Benefícios económicos da campanha Controlar a diabetes está na sua mão. Um Case Study. BANCO ESPIRITO SANTO Research Sectorial CENTRO DE ESTUDOS E AVALIAÇÃO EM SAÚDE O Valor d Farmáci Rede de Saúde de Proximidade Benefícios económicos da campanha Controlar a diabetes está na sua mão. Um

Leia mais

Diagnóstico de Saúde Lourinhã. Lourinhã 15 de Maio de 2017

Diagnóstico de Saúde Lourinhã. Lourinhã 15 de Maio de 2017 Diagnóstico de Saúde Lourinhã Lourinhã 15 de Maio de 2017 A população do Concelho Homens Mulheres 2 Pirâmide etária da população residente em Lourinhã Fonte: INE, Últimos dados de 2013 A população do Concelho

Leia mais

DEFICIÊNCIA DE ALFA1 ANTITRIPSINA

DEFICIÊNCIA DE ALFA1 ANTITRIPSINA DEFICIÊNCIA DE ALFA1 ANTITRIPSINA 1. A situação 2. O que é a Alfa1 3. Como se herda 4. O diagnóstico 5. O tratamento 6. Doentes Alfa 7. A associação A situação A Deficiência de alfa1 antitripsina (Alfa1)

Leia mais

Carga e Custos da Doença Atribuível ao Tabagismo em Portugal

Carga e Custos da Doença Atribuível ao Tabagismo em Portugal Carga e Custos da Doença Atribuível ao Tabagismo em Portugal Miguel Gouveia Centro de Estudos Aplicados, FCEE, Universidade Católica Portuguesa Margarida Borges, Luís dos Santos Pinheiro, João Costa, Sérgio

Leia mais

Investigadores. premiados. no pénis diabético. Os diabéticos têm uma probabilidade. acrescida de sofrer de disfunção eréctil, devido

Investigadores. premiados. no pénis diabético. Os diabéticos têm uma probabilidade. acrescida de sofrer de disfunção eréctil, devido portuenses Investigadores premiados Um grupo de investigadores portugueses anunciou que vai dar início a um projecto pioneiro para testar se as células da medula óssea podem regenerar os vasos sanguíneos

Leia mais

Relatório Anual de Actividades de 2006

Relatório Anual de Actividades de 2006 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE REPARTIÇÃO DE DOENÇAS NÃO TRANSMISSÍVEIS PROGRAMA DE REGISTO DE CANCRO DE BASE POPULACIONAL BEIRA Introdução Relatório Anual de Actividades

Leia mais

5. MORTALIDADE E MORBILIDADE GERAL

5. MORTALIDADE E MORBILIDADE GERAL 5. MORTALIDADE E MORBILIDADE GERAL 5.1. Introdução A criação de sistemas de informação que permitam a recolha sistemática de dados de morbilidade e mortalidade é indispensável para o estudo e vigilância

Leia mais

Lisboa 2012 FICHA DE CANDIDATURA

Lisboa 2012 FICHA DE CANDIDATURA Lisboa 2012 Refª: 047 Reajustar Grupo de Trabalho dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária (BIP/ZIP) Rua Nova do Almada, nº 2-3º Andar 1100-060 Lisboa Telefone: 21 322 73 60 Email - bip.zip@cm-lisboa.pt

Leia mais

Incontinência Urinária. É possível evitar e tratar.

Incontinência Urinária. É possível evitar e tratar. Incontinência Urinária É possível evitar e tratar. incontinência urinária o QuE É incontinência urinária? É a perda de urina em quantidade e frequência suficientes para acarretar problemas sociais ou higiênicos.

Leia mais

UTILIZAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PELAS FAMÍLIAS 2001

UTILIZAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PELAS FAMÍLIAS 2001 Informação à Comunicação Social 15 de Março de 22 UTILIZAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PELAS FAMÍLIAS 21 No terceiro trimestre de 21, cerca de um quarto das famílias portuguesas - 24%

Leia mais

Impacte da Lei de Prevenção do Tabagismo* na população de Portugal Continental

Impacte da Lei de Prevenção do Tabagismo* na população de Portugal Continental Impacte da Lei de Prevenção do Tabagismo* na população de Portugal Continental * Lei n.º 37/2007, de 14 de Agosto Direcção-Geral da Saúde com a colaboração do INSA Acompanhamento estatístico e epidemiológico

Leia mais

2 MATERIAIS E MÉTODOS

2 MATERIAIS E MÉTODOS 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 OCORRÊNCIA DE INTOXICAÇÕES MEDICAMENTOSAS NO ANO DE 2009 EM MARINGÁ PR Patrícia Fernanda Premero 1 ; Tanimaria da Silva Lira Ballani 2 ; Silvana Lorenzi

Leia mais

Rita Nicolau Ausenda Machado José Marinho Falcão. Departamento de Epidemiologia

Rita Nicolau Ausenda Machado José Marinho Falcão. Departamento de Epidemiologia Distribuição da Mortalidade e dos Internamentos Hospitalares por Doenças do Aparelho Circulatório em Portugal Continental: Agregação Geográfica e Determinantes Rita Nicolau Ausenda Machado José Marinho

Leia mais

PROTOCOLO DE PROCRIAÇÃO MEDICAMENTE ASSISTIDA UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL DO CHP VERTENTE DA SAUDE DA MULHER, MATERNA E NEONATAL

PROTOCOLO DE PROCRIAÇÃO MEDICAMENTE ASSISTIDA UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL DO CHP VERTENTE DA SAUDE DA MULHER, MATERNA E NEONATAL PROTOCOLO DE PROCRIAÇÃO MEDICAMENTE ASSISTIDA UNIDADE COORDENADORA FUNCIONAL DO CHP VERTENTE DA SAUDE DA MULHER, MATERNA E NEONATAL Protocolo de articulação de procriação medicamente assistida elaborado

Leia mais

A CRISE FINANCEIRA NORTE-AMERICANA

A CRISE FINANCEIRA NORTE-AMERICANA A CRISE FINANCEIRA NORTE-AMERICANA Dihego Pansini de Souza A crise financeira norte-americana está repercutindo em todo mundo. Tal crise não pode ser considerada apenas norte-americana, mas sim, global.

Leia mais

A SITUAÇÃO SOBRE OS CASAMENTOS PREMATUROS EM MOÇAMBIQUE E A LEGISLAÇÃO RELACIONADA. Maputo, Dezembro de 2015

A SITUAÇÃO SOBRE OS CASAMENTOS PREMATUROS EM MOÇAMBIQUE E A LEGISLAÇÃO RELACIONADA. Maputo, Dezembro de 2015 MINISTÉRIO DO GÉNERO, CRIANÇA E ACÇÃO SOCIAL A SITUAÇÃO SOBRE OS CASAMENTOS PREMATUROS EM MOÇAMBIQUE E A LEGISLAÇÃO RELACIONADA Maputo, Dezembro de 2015 ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO 1. Introdução; 2. Situação

Leia mais

Mortes por câncer aumentaram 31% no Brasil em 15 anos, afirma OMS

Mortes por câncer aumentaram 31% no Brasil em 15 anos, afirma OMS Mortes por câncer aumentaram 31% no Brasil em 15 anos, afirma OMS No início do século, 152 mil brasileiros morriam por ano da doença. Ao final de 2015, essa taxa chegou a 223,4 mil O número de mortes no

Leia mais