PORTUGAL FOOTBALL SCHOOL. Capacitar e qualificar os agentes desportivos com vista à promoção e ao desenvolvimento do Futebol em Portugal

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PORTUGAL FOOTBALL SCHOOL. Capacitar e qualificar os agentes desportivos com vista à promoção e ao desenvolvimento do Futebol em Portugal"

Transcrição

1

2 PORTUGAL FOOTBALL SCHOOL Capacitar e qualificar os agentes desportivos com vista à promoção e ao desenvolvimento do Futebol em Portugal

3 TREINADORES ARBITRAGEM ÁRBITROS OBSERVADORES PRAIA FORMAÇÃO CONTÍNUA

4 UNIDADE DE I&D DA FPF TREINADORES ARBITRAGEM E SÓCIOS JOGADORES MEDIA, E SOCIEDADE SAÚDE E PERFORMANCE INSTALAÇÕES DESPORTIVAS INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ÁRBITROS PROGRAMA NACIONAL ÉTICA NO FORMAÇÃO CARREIRA DUAL MÉDICOS FORMAÇÃO CONTÍNUA E PÓS GRADUADA OBSERVADORES SECRETÁRIOS GERAIS INTEGRAÇÃO NA SOCIEDADE VIOLÊNCIA NO ENFERMEIROS 2º E 3º CICLOS DE ESTUDOS SUPERIORES PRAIA COORDENADORES TÉCNICOS MATCH FIXING FAMÍLIA E O PRATICANTE FISIOTERAPEUTAS PRAIA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA FORMAÇÃO CONTÍNUA TEAM MANAGER CURSOS TEMÁTICOS PARA MEDIA EXECUTIVE TALKS

5 OBJETIVOS > Criar um programa nacional de formação para os diversos agentes; > Estabelecer parcerias com Instituições de Ensino Superior para a obtenção de certificação formativa; > Implementar programas de formação contínua e pós-graduada em parceria com essas instituições; > Disponibilizar o ensino à distância para os cursos de formação; > Fomentar o desenvolvimento de atividade científica de investigação.

6 UNIDADE DE I&D DA FPF TREINADORES ARBITRAGEM E SÓCIOS JOGADORES MEDIA, E SOCIEDADE SAÚDE E PERFORMANCE INSTALAÇÕES DESPORTIVAS INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ÁRBITROS PROGRAMA NACIONAL ÉTICA NO FORMAÇÃO CARREIRA DUAL MÉDICOS FORMAÇÃO CONTÍNUA E PÓS GRADUADA OBSERVADORES SECRETÁRIOS GERAIS INTEGRAÇÃO NA SOCIEDADE VIOLÊNCIA NO ENFERMEIROS 2º E 3º CICLOS DE ESTUDOS SUPERIORES PRAIA COORDENADORES TÉCNICOS MATCH FIXING FAMÍLIA E O PRATICANTE FISIOTERAPEUTAS PRAIA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA FORMAÇÃO CONTÍNUA TEAM MANAGER CURSOS TEMÁTICOS PARA MEDIA EXECUTIVE TALKS

7 UNIDADE DE I&D DA FPF TREINADORES ARBITRAGEM E SÓCIOS JOGADORES MEDIA, E SOCIEDADE SAÚDE E PERFORMANCE INSTALAÇÕES DESPORTIVAS INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ÁRBITROS PROGRAMA NACIONAL FORMAÇÃO CARREIRA DUAL ÉTICA NO MÉDICOS FORMAÇÃO CONTÍNUA E PÓS GRADUADA OBSERVADORES SECRETÁRIOS GERAIS INTEGRAÇÃO NA SOCIEDADE VIOLÊNCIA NO ENFERMEIROS 2º E 3º CICLOS DE ESTUDOS SUPERIORES PRAIA COORDENADORES TÉCNICOS MATCH FIXING FAMÍLIA E O PRATICANTE FISIOTERAPEUTAS PRAIA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA FORMAÇÃO CONTÍNUA TEAM MANAGER CURSOS TEMÁTICOS PARA MEDIA EXECUTIVE TALKS

8 PROGRAMA NACIONAL DE E SÓCIOS PROGRAMA NACIONAL FORMAÇÃO OBJETIVOS > Desenvolver conhecimentos e competências adequados ao exercício de funções dirigentes e que favoreçam a capacidade de inovação, qualidade e competitividade dos clubes > Até 2020, todos os clubes licenciados devem ter nos seus quadros pelo menos um dirigente com aprovação neste curso de formação SECRETÁRIOS GERAIS COORDENADORES TÉCNICOS TEAM MANAGER DESTINATÁRIOS > Dirigentes de clubes participantes em provas distritais, nacionais e profissionais MODELO DE ENSINO > Presencial e à distância (video-conferência) CALENDARIZAÇÃO > Junho de 2017

9 E SÓCIOS MÓDULOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PROGRAMA NACIONAL FORMAÇÃO SECRETÁRIOS GERAIS COORDENADORES TÉCNICOS TEAM MANAGER > Módulo 1. Organização e Gestão > Módulo 2. Planeamento > Módulo 3. Liderança > Módulo 4. Pessoas e Media > Módulo 5. Direito do Desporto > Módulo 6. Financeiro > Módulo 7. Marketing e Comunicação > Módulo 8. Arbitragem > Módulo 9. Dísciplina > Módulo 10. Família, Ética e Violência

10 UNIDADE DE I&D DA FPF TREINADORES ARBITRAGEM E SÓCIOS JOGADORES MEDIA, E SOCIEDADE SAÚDE E PERFORMANCE INSTALAÇÕES DESPORTIVAS INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ÁRBITROS PROGRAMA NACIONAL FORMAÇÃO CARREIRA DUAL ÉTICA NO MÉDICOS FORMAÇÃO CONTÍNUA E PÓS GRADUADA OBSERVADORES SECRETÁRIOS GERAIS INTEGRAÇÃO NA SOCIEDADE VIOLÊNCIA NO ENFERMEIROS 2º E 3º CICLOS DE ESTUDOS SUPERIORES PRAIA COORDENADORES TÉCNICOS MATCH FIXING FAMÍLIA E O PRATICANTE FISIOTERAPEUTAS PRAIA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA FORMAÇÃO CONTÍNUA TEAM MANAGER CURSOS TEMÁTICOS PARA MEDIA EXECUTIVE TALKS

11 PROGRAMA DE CARREIRA DUAL PROGRAMAS DE INTEGRAÇÃO NA SOCIEDADE JOGADORES CARREIRA DUAL INTEGRAÇÃO NA SOCIEDADE MATCH FIXING OBJETIVO > Elaborar e implementar um programa de carreira dual direcionado para o futebolista e um programa de integração na sociedade DESTINATÁRIOS > Jogadores em atividade, jogadores em fase de término ou após o término da carreira Desportiva CALENDARIZAÇÃO > A iniciar no 2º semestre de 2017

12 UNIDADE DE I&D DA FPF TREINADORES ARBITRAGEM E SÓCIOS JOGADORES MEDIA, E SOCIEDADE SAÚDE E PERFORMANCE INSTALAÇÕES DESPORTIVAS INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ÁRBITROS PROGRAMA NACIONAL ÉTICA NO FORMAÇÃO CARREIRA DUAL MÉDICOS FORMAÇÃO CONTÍNUA E PÓS GRADUADA OBSERVADORES SECRETÁRIOS GERAIS INTEGRAÇÃO NA SOCIEDADE VIOLÊNCIA NO ENFERMEIROS 2º E 3º CICLOS DE ESTUDOS SUPERIORES PRAIA COORDENADORES TÉCNICOS MATCH FIXING FAMÍLIA E O PRATICANTE FISIOTERAPEUTAS PRAIA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA FORMAÇÃO CONTÍNUA TEAM MANAGER CURSOS TEMÁTICOS PARA MEDIA EXECUTIVE TALKS

13 MEDIA, E SOCIEDADE OBJETIVOS SEMINÁRIOS E SOCIEDADE CURSOS TEMÁTICOS PARA OS MEDIA CURSOS TEMÁTICOS PARA MEDIA VIOLÊNCIA NO FAMÍLIA E O PRATICANTE ÉTICA NO > Promover os princípios éticos inerentes à prática desportiva, a aquisição de comportamentos que incentivem à não violência, e o conhecimento do papel que a família poderá desempenhar na promoção da prática desportiva dos seus filhos. > Desenvolver conhecimentos e competências em áreas específicas da arbitragem, disciplina, metodologia de treino e análise do jogo DESTINATÁRIOS > Agentes desportivos e população em geral > Jornalistas e comentadores desportivos CALENDARIZAÇÃO > 2º semestre de 2017 TEMÁTICAS A ABORDAR EXECUTIVE TALKS > Ética no desporto > Violência no desporto > Papel da família na prática desportiva > Arbitragem > Disciplina > Metodologia do treino de futebol > Observação e análise do jogo

14 UNIDADE DE I&D DA FPF TREINADORES ARBITRAGEM E SÓCIOS JOGADORES MEDIA, E SOCIEDADE SAÚDE E PERFORMANCE INSTALAÇÕES DESPORTIVAS INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ÁRBITROS PROGRAMA NACIONAL ÉTICA NO FORMAÇÃO CARREIRA DUAL MÉDICOS FORMAÇÃO CONTÍNUA E PÓS GRADUADA OBSERVADORES SECRETÁRIOS GERAIS INTEGRAÇÃO NA SOCIEDADE VIOLÊNCIA NO ENFERMEIROS 2º E 3º CICLOS DE ESTUDOS SUPERIORES PRAIA COORDENADORES TÉCNICOS MATCH FIXING FAMÍLIA E O PRATICANTE FISIOTERAPEUTAS PRAIA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA FORMAÇÃO CONTÍNUA TEAM MANAGER CURSOS TEMÁTICOS PARA MEDIA EXECUTIVE TALKS

15 FORMAÇÃO EM MEDICINA DO FORMAÇÃO EM MEDICINA E REABILITAÇÃO NO SAÚDE E PERFORMANCE MÉDICOS ENFERMEIROS FISIOTERAPEUTAS OBJETIVO > Desenvolver conhecimentos e competências em áreas específicas da emergência médica, da avaliação e tratamento de lesões e doenças, do antidoping e do funcionamento de um departamento médico DESTINATÁRIOS > Médicos > Enfermeiros e Fisioterapeutas MODELO DE ENSINO > Presencial e à distância (video-conferência) CALENDARIZAÇÃO > Outubro de 2017 a Julho de 2018

16 UNIDADE DE I&D DA FPF TREINADORES ARBITRAGEM E SÓCIOS JOGADORES MEDIA, E SOCIEDADE SAÚDE E PERFORMANCE INSTALAÇÕES DESPORTIVAS INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ÁRBITROS PROGRAMA NACIONAL ÉTICA NO FORMAÇÃO CARREIRA DUAL MÉDICOS FORMAÇÃO CONTÍNUA E PÓS GRADUADA OBSERVADORES SECRETÁRIOS GERAIS INTEGRAÇÃO NA SOCIEDADE VIOLÊNCIA NO ENFERMEIROS 2º E 3º CICLOS DE ESTUDOS SUPERIORES PRAIA COORDENADORES TÉCNICOS MATCH FIXING FAMÍLIA E O PRATICANTE FISIOTERAPEUTAS PRAIA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA FORMAÇÃO CONTÍNUA TEAM MANAGER CURSOS TEMÁTICOS PARA MEDIA EXECUTIVE TALKS

17 TREINADORES > Pós-graduação em futebol de alto rendimento - Universidade de Lisboa ÁRBITROS INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO > Optimização da tomada de decisão do árbitro - Instituto Politécnico da Guarda - Universidade da Beira Interior JOGADORES FORMAÇÃO CONTÍNUA E PÓS GRADUADA > O pós-carreira desportiva - Universidade da Beira Interior > Saúde articular e funcional em ex-futebolistas - Universidade de Lisboa 2º E 3º CICLOS DE ESTUDOS SUPERIORES INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA SAÚDE E PERFORMANCE > Observatório das lesões no futebol e futsal > EUROFIT - Universidade de Lisboa > Football fitness - Instituto Universitário da Maia > Futebol e Diabetes - Universidade do Porto > Suplementos, sono e variabilidade da frequência cardíaca no futebol feminino - Universidade do Porto INSTALAÇÕES DESPORTIVAS > Cartas dos campos de futebol, futsal e futebol praia

18 FIFA JOÃO HAVELANGE RESEARCH SCHOLARSHIP 2017 INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO FORMAÇÃO CONTÍNUA E PÓS GRADUADA 2º E 3º CICLOS DE ESTUDOS SUPERIORES INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA > Autonomic cardiac function and sleep responses to training and match load of elite female football players - Universidade do Porto UEFA RESEARCH GRANT PROGRAMME 2017 > FOOTEDUCA: Profiling the career of Portuguese Football Players to implement an educational support program A two-step project - Universidade da Beira Interior > Does elite football athletes with history of hamstring tear injury have an altered muscle load sharing strategy in response to a fatigue protocol? - Universidade de Lisboa > The role of sociocultural environment in shaping creative behaviour in football players - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro > Influence of sleep and training load on salivary stress biomarkers in adult elite female football players Universidade do Porto > Football mediatisation process and the role of media and communications in the structure of a sports club - Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

19 PARA MAIS INFORMAÇÕES:

XII. congresso. ISMAI 25 anos. maio PROGRAMA "BONUM STUDIUM OPTIMUS LABOR"

XII. congresso. ISMAI 25 anos. maio PROGRAMA BONUM STUDIUM OPTIMUS LABOR XII 16. 17. maio congresso i n t e r n a c i o n a l d e f u t e b o l 2016 ISMAI 25 anos "BONUM STUDIUM OPTIMUS LABOR" PROGRAMA 16.05. PROGRAMA 9:00 9:30 RECEÇÃO AOS PARTICIPANTES - ESTÁDIO MUNICIPAL

Leia mais

Curriculum Vitae IDENTIFICAÇÃO. José Emanuel Alves Baleizão Janeiro. Nascimento 14/01/1982. Cartão do Cidadão válido até 06/03/2018

Curriculum Vitae IDENTIFICAÇÃO. José Emanuel Alves Baleizão Janeiro. Nascimento 14/01/1982. Cartão do Cidadão válido até 06/03/2018 Curriculum Vitae IDENTIFICAÇÃO Nome José Emanuel Alves Baleizão Janeiro Nascimento 14/01/1982 Naturalidade Ponte de Sor Cartão do Cidadão 12200947 válido até 06/03/2018 Contactos 966526861/934199641/916408545

Leia mais

Oferta Formativa Pós- Graduada Curso Pós-Graduado de Especialização em Educação

Oferta Formativa Pós- Graduada Curso Pós-Graduado de Especialização em Educação Instituto de Oferta Formativa Pós- Graduada Curso Pós-Graduado de Especialização em Educação Especialização: Tecnologias e Metodologias da Programação no Ensino Básico 16 17 Edição Instituto de Educação

Leia mais

Curso de atualização em doenças parasitárias: da clínica ao diagnóstico e terapêutica

Curso de atualização em doenças parasitárias: da clínica ao diagnóstico e terapêutica Curso de atualização em doenças parasitárias: da clínica ao diagnóstico e terapêutica INFORMAÇÃO GERAL:! 1.1. Designação: Curso de atualização em doenças parasitárias: da clínica ao diagnóstico e terapêutica

Leia mais

ÁREAS DE FORMAÇÃO Área formativa 1: Gestão Desportiva

ÁREAS DE FORMAÇÃO Área formativa 1: Gestão Desportiva ÁREAS DE FORMAÇÃO Área formativa 1: Gestão Desportiva Planeamento e Gestão de Projectos Marketing do Desporto Financiamento Fiscalidade Administração e Gestão de um Clube desportivo Gestão de Instalações

Leia mais

FERNANDO GOMES COMPROMISSOS 2016/2020

FERNANDO GOMES COMPROMISSOS 2016/2020 7 CREDIBILIDADE: TRANSPARÊNCIA E INTEGRIDADE 13 TECNOLOGIA NO FUTEBOL 15 SELEÇÕES NACIONAIS 17 FORMAÇÃO 19 REFORMA NA GOVERNAÇÃO 21 COMPROMISSO COM A SUSTENTABILIDADE 25 INCREMENTO NA PRÁTICA 29 PROMOÇÃO

Leia mais

GESTÃO MESTRADO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO. REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos OBJETIVOS DO CURSO

GESTÃO MESTRADO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO. REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos OBJETIVOS DO CURSO MESTRADO GESTÃO DESENVOLVE CONNOSCO AS TUAS COMPETÊNCIAS EM GESTÃO REGIME PÓS-LABORAL DURAÇÃO 3 semestres N.º DE ECTS 90 créditos O mestrado em Gestão é uma oferta formativa da ESTG, para o ano letivo

Leia mais

SAÚDE MENTAL, PESQUISAS E PROGRAMAS

SAÚDE MENTAL, PESQUISAS E PROGRAMAS Seminário Motivações para o Início e o Fim do Consumo de Drogas: uma análise das comunidades virtuais relacionadas ao tema SAÚDE MENTAL, PESQUISAS E PROGRAMAS Arthur Guerra de Andrade Coordenação da Área

Leia mais

Imagens do (Ensino) Português no Estrangeiro

Imagens do (Ensino) Português no Estrangeiro Estugarda, 25-27 de março de 2013 Imagens do (Ensino) Português no Estrangeiro [da investigação à intervenção] Sílvia Melo Pfeifer Coordenação de Ensino Português na Alemanha [Instituto Camões / Embaixada

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA CLÍNICA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA CLÍNICA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA CLÍNICA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Psicologia Clínica 3. Ciclo

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 17:00

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 17:00 NUTRIçãO E SUPLEMENTAçãO NO DESPORTO (SET 2016) LISBOA A nutrição é um dos fatores com maior peso na saúde e, aliada à atividade física, contribui para a manutenção de um peso e composição corporal adequados,

Leia mais

Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém

Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém Planeamento estratégico de sistemas de informação de Departamento de Informática e Métodos Quantitativos Licenciatura em Informática - 3º Ano Sistemas

Leia mais

Programa da Qualidade Política Geral

Programa da Qualidade Política Geral O Hospital Pulido Valente definiu como MISSÂO: Programa da Qualidade Política Geral 1. O Hospital é o estabelecimento de referência para a população envolvente, para as especialidades de que dispõe, desenvolvendo

Leia mais

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS //

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS // Pós-Graduação Segurança Alimentar 45 ECTS // www.esb.ucp.pt Nesta pós-graduação estudam-se os perigos, riscos, metodologias e legislação com que a segurança alimentar é confrontada na atualidade, numa

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PEDAGOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PEDAGOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular PEDAGOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Seminário Rugby Juvenil

Seminário Rugby Juvenil Seminário Rugby Juvenil Lisboa, 29 Outubro 2005 Escola de Rugby Projecto Operacional Formar e competir, sem formação todos os projectos futuros serão postos em causa. Sem competição não poderá haver progresso

Leia mais

PROPOSTA DE MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE A UNYLEYA - EDUCAÇÃO EFORMAÇÃO A DISTÂNCIA, SA E O INSTITUTO NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO, I.P.

PROPOSTA DE MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE A UNYLEYA - EDUCAÇÃO EFORMAÇÃO A DISTÂNCIA, SA E O INSTITUTO NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO, I.P. , ~.> ~.) I INSTITUTO NACIONAL -l.l.í!sj DE ADMINISTRAÇÃO. I-p. PROPOSTA DE MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE A UNYLEYA - EDUCAÇÃO EFORMAÇÃO A DISTÂNCIA, SA E O INSTITUTO NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO, I.P.

Leia mais

JOGO (OUT 2016) - PORTO

JOGO (OUT 2016) - PORTO OBSERVAçãO, ANáLISE E INTERPRETAçãO DO JOGO (OUT 2016) - PORTO Neste curso completo de 24 horas, perceba como observar, analisar e interpretar o jogo e o jogador de futebol, assim como identificar talentos,

Leia mais

Instituto Nacional de Saúde Pública (INASA)

Instituto Nacional de Saúde Pública (INASA) Instituto Nacional de Saúde Pública (INASA) Augusto Paulo Silva Helsinki (KTL), June 2007 Definição República da Guiné-Bissau Instituição técnico-científica subordinada ao Ministério da Saúde Pública (MINSAP),

Leia mais

Promover condições de empregabilidade das pessoas com deficiências e incapacidades, visando a consagração do direito de exercício pleno da cidadania.

Promover condições de empregabilidade das pessoas com deficiências e incapacidades, visando a consagração do direito de exercício pleno da cidadania. Formação Profissional para Pessoas ou Grupos com Necessidades Especiais Práticas do Centro de Reabilitação Profissional da CERCIPENICHE Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de

Leia mais

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo DESDE 1990 O ISCET Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo é um estabelecimento de ensino superior politécnico, criado em 25 de

Leia mais

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 17:00

MODELO FORMATIVO. DATA DE INíCIO / FIM / HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 17:00 NUTRIçãO E SUPLEMENTAçãO NO DESPORTO (OUT 2015) PORTO A nutrição é um dos fatores com maior peso na saúde e, aliada à atividade física, contribui para a manutenção de um peso e composição corporal adequados,

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA. Centro de Audiovisuais e-learning. Projecto e-iscte

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA. Centro de Audiovisuais e-learning. Projecto e-iscte Projecto e-iscte Liliana Silva @@@ João Monteiro @@@ Rui Marinheiro liliana.silva@iscte.pt; joao.monteiro@iscte.pt; rui.marinheiro@iscte.pt 26 de Setembro de 2006 1 1. Campus ISCTE INSTITUTO SUPERIOR DE

Leia mais

COMO CHEGAR De metro: estação Saldanha (linha amarela ou vermelha), ou estação S. Sebastião (linha Azul ou vermelha)

COMO CHEGAR De metro: estação Saldanha (linha amarela ou vermelha), ou estação S. Sebastião (linha Azul ou vermelha) NUTRIçãO E SUPLEMENTAçãO NO DESPORTO (MAR 2016) LISBOA A nutrição é um dos fatores com maior peso na saúde e, aliada à atividade física, contribui para a manutenção de um peso e composição corporal adequados,

Leia mais

BEIRA MAR ATLÉTICO TICO CLUBE DE ALMADA - CLUBE DE ALMADA. Projecto de Formação de Futebol.

BEIRA MAR ATLÉTICO TICO CLUBE DE ALMADA - CLUBE DE ALMADA. Projecto de Formação de Futebol. BEIRA MAR ATLÉTICO TICO CLUBE DE ALMADA Projecto de Formação de Futebol Porquê um Projecto de Formação de Futebol? Aproximar o Clube da comunidade local; Proporcionar a prática desportiva orientada; Desenvolver

Leia mais

Curso de Especialização em Gestão de Recursos Humanos

Curso de Especialização em Gestão de Recursos Humanos Curso de Especialização em Gestão de Recursos Humanos Índice Designação do Curso... 2 Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 2 Objetivo Geral... 2 Objetivos Específicos...

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Fundamentos e Temas Actuais de Gestão MESTRADO Gestão ANO E SEMESTRE ANO

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

A ARTICULAÇÃO ENTRE OS SISTEMAS DE INCENTIVOS E A INOVAÇÃO NAS EMPRESAS

A ARTICULAÇÃO ENTRE OS SISTEMAS DE INCENTIVOS E A INOVAÇÃO NAS EMPRESAS 2012 MAR 06 A ARTICULAÇÃO ENTRE OS SISTEMAS DE INCENTIVOS E A INOVAÇÃO NAS EMPRESAS JOSÉ CARLOS CALDEIRA Administrador executivo PÓLO PRODUTECH Director INESC Porto (jcc@inescporto.pt) INDÚSTRIA TRANFORMADORA

Leia mais

Evento EDIFÍCIOS BALANÇO. Rumo ao Impacte Nulo da Construção e Reabilitação nas Cidades. 22 Novembro Museu das Comunicações.

Evento EDIFÍCIOS BALANÇO. Rumo ao Impacte Nulo da Construção e Reabilitação nas Cidades. 22 Novembro Museu das Comunicações. Evento EDIFÍCIOS BALANÇO Rumo ao Impacte Nulo da Construção e Reabilitação nas Cidades PARTICIPE 22 Novembro 2011 Museu das Comunicações Lisboa ORGANIZAÇÃO UMA PUBLICAÇÃO APOIO APRESENTAÇÃO A conferência

Leia mais

Serra do Saber. Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Serra do Saber. Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores Fundamentação Este curso apresenta de uma forma clara e recorrendo a uma metodologia teórico-prática, os conhecimentos necessários para a formação de formadores

Leia mais

Regulamento. Interno

Regulamento. Interno CENTRO CULTURAL DESPORTIVO DE SANTA EULÁLIA DEPARTAMENTO DE FUTEBOL DE FORMAÇÃO Regulamento Interno Época 2016-2017 1- INTRODUÇÃO Serve este Regulamento Interno como instrumento de orientação definindo

Leia mais

Novo Modelo de Formação

Novo Modelo de Formação Novo Modelo de Formação Conhecimento Melhoria Aperfeiçoamento Fomentar e favorecer a aquisição de conhecimentos Melhoria da qualidade de intervenção dos treinadores Promover o aperfeiçoamento qualitativo

Leia mais

Plano anual de atividades

Plano anual de atividades Plano anual de atividades Ano lectivo: 2014-2015 A Direção Pedagógica da Escola Profissional de Tecnologia e Eletrónica ESTEL, perseguindo o seu objetivo fundamental de contribuir para a educação, formação

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS 2008/2009

PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS 2008/2009 DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO NORTE CENTRO DE ÁREA EDUCATIVA DE VILA REAL Cod. 345696 AGRUPAMENTO VERTICAL DO BAIXO BARROSO PLANO DE ACTIVIDADES DA BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS

Leia mais

O Kit da Produtividade componente de valorização da oferta nacional prevista no projecto promovido pela AEP designado Compro o que é Nosso"

O Kit da Produtividade componente de valorização da oferta nacional prevista no projecto promovido pela AEP designado Compro o que é Nosso A elaboração do Kit da Produtividade é uma iniciativa da AEP, em co-produção com o IAPMEI, visando o desenvolvimento de uma campanha de melhoria da competitividade das empresas portuguesas O Kit da Produtividade

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA PLANO DE ATIVIDADES 2012 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA DESENVOLVIMENTO DA PRÁTICA DESPORTIVA ALTO RENDIMENTO E SELEÇÕES NACIONAIS FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS MARKETING, COMUNICAÇÃO & IMAGEM 1.-

Leia mais

EDIFÍCIOS BALANÇO. Rumo ao Impacte Nulo da Construção e Reabilitação nas Cidades. 22 Novembro Museu das Comunicações. Lisboa.

EDIFÍCIOS BALANÇO. Rumo ao Impacte Nulo da Construção e Reabilitação nas Cidades. 22 Novembro Museu das Comunicações. Lisboa. Evento EDIFÍCIOS BALANÇO Rumo ao Impacte Nulo da Construção e Reabilitação nas Cidades PARTICIPE 22 Novembro 2011 Museu das Comunicações Lisboa ORGANIZAÇÃO UMA PUBLICAÇÃO APOIO APRESENTAÇÃO A conferência

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONSULTA PSICOLÓGICA E EXAME PSICOLÓGICO Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONSULTA PSICOLÓGICA E EXAME PSICOLÓGICO Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular CONSULTA PSICOLÓGICA E EXAME PSICOLÓGICO Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Psicologia Clínica 3. Ciclo

Leia mais

Critérios de Avaliação dos CEF Curso de Operador Informático 2012/2013

Critérios de Avaliação dos CEF Curso de Operador Informático 2012/2013 Critérios de Avaliação dos CEF Curso de Operador Informático Língua Portuguesa 2012/2013 ATITUDES Formação para a cidadania. Apresentação dos materiais necessários, cumprimento de tarefas propostas, assiduidade,

Leia mais

Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo - MAPA DE PESSOAL

Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo - MAPA DE PESSOAL Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo - MAPA DE PESSOAL Postos de trabalho Atribuições / Competências/ Atividades Cargo/carreira/ Categoria Atribuições/Atividades Área de formação académica e/ou

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE XADREZ DE PONTA GROSSA AXPG

ASSOCIAÇÃO DE XADREZ DE PONTA GROSSA AXPG O Circuito Municipal de Xadrez 2016 é uma realização da parceria entre a Associação de Xadrez de Ponta Grossa (),Clube Ponta Lagoa e Fundação Municipal de Esportes (FUNDESP). Capitulo I DOS OBJETIVOS Art.

Leia mais

Projecto de Enfermagem para o Prestador de Cuidados

Projecto de Enfermagem para o Prestador de Cuidados Unidade de Cuidados na Comunidade-1º Ano de Vida Projecto de Enfermagem para o Prestador de Cuidados Dilma Pereira Raquel Azevedo Enfermeiras Especialistas em Enfermagem Comunitária Projecto de Enfermagem

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional

Plano de Desenvolvimento Institucional Plano de Desenvolvimento Institucional Âmbito de atuação Missão Visão Elementos Duráveis Princípios Elementos Mutáveis (periodicamente) Análise Ambiental Objetivos Estratégicos Metas Planos de Ação PDI

Leia mais

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO REFERENCIAL DE FORMAÇÃO Características Gerais Área de Educação e Formação Curso Profissional Saída Profissional Nível de Formação Modalidade de Formação Legislação Duração Certificação Equivalência Escolar

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE E SEGURANÇA ALIMENTAR

GESTÃO DA QUALIDADE E SEGURANÇA ALIMENTAR 2016>2017 mestrado GESTÃO DA QUALIDADE E SEGURANÇA ALIMENTAR regime blearning 1 APRESENTAÇÃO REGIME O curso de mestrado em Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar em regime de Educação a Distância (EaD)

Leia mais

CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADE EM IPSS E PRIVADOS (4ª edição)

CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADE EM IPSS E PRIVADOS (4ª edição) CURSO DE GESTÃO DA QUALIDADE EM IPSS E PRIVADOS (4ª edição) A necessidade de renovar as práticas e as metodologias de intervenção social com vista a aumentar a eficácia e a eficiência do trabalho com os

Leia mais

ACÇÃO DE FORMAÇÃO EM NEGOCIAÇÃO, CONCILIAÇÃO E ARBITRAGEM

ACÇÃO DE FORMAÇÃO EM NEGOCIAÇÃO, CONCILIAÇÃO E ARBITRAGEM ACÇÃO DE FORMAÇÃO EM NEGOCIAÇÃO, CONCILIAÇÃO E ARBITRAGEM OBJECTIVO GERAL DA ACÇÃO Proporcionar uma experiência e vivência prática da resolução de conflitos, desenvolvendo competências que permitam detectar,

Leia mais

Descrição do Curso de Verão

Descrição do Curso de Verão Descrição do Curso de Verão Portugal - 1 de 7 - Introdução O BEST Board of European Students of Technology é uma associação sem fins lucrativos, políticos ou religiosos que reúne estudantes de Engenharia,

Leia mais

Apresentação Trainees PT

Apresentação Trainees PT Apresentação Trainees PT Maria João Figueiredo Human Resources Business Partner ISEP 08.06.2009 Este documento é propriedade intelectual da PT e fica proibida a sua utilização ou propagação sem expressa

Leia mais

DESPACHO. ASSUNTO: Calendários Académicos e Calendários de Exames para cursos de 2º ciclo - Mestrados, biénio 2012/2014 e ano letivo

DESPACHO. ASSUNTO: Calendários Académicos e Calendários de Exames para cursos de 2º ciclo - Mestrados, biénio 2012/2014 e ano letivo DESPACHO N.º 17 /2013 Data: 2013/04/10 Para conhecimento de: Pessoal Docente, Discente e não Docente ASSUNTO: Calendários Académicos e Calendários de Exames para cursos de 2º ciclo - Mestrados, biénio

Leia mais

ACORDO DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO

ACORDO DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO ACORDO DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DA JUVENTUDE E DO DESPORTO ----- ENTRE ----- A REPÚBLICA DE ANGOLA, A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, A REPÚBLICA DE CABO VERDE, A REPÚBLICA DA GUINÉ-BISSAU, A REPÚBLICA

Leia mais

Faculdade Católica Nossa Senhora das Neves PLANO DE DISCIPLINA

Faculdade Católica Nossa Senhora das Neves PLANO DE DISCIPLINA Faculdade Católica Nossa Senhora das Neves PLANO DE DISCIPLINA 1. Dados do curso/disciplina Curso: Administração Semestre: 2010.2 Disciplina: Comportamento Organizacional Carga horária: 72 horas/aula (36

Leia mais

Grupo de Pesquisa em Tecnologias, Informações e Informática em Saúde e Enfermagem - GIATE

Grupo de Pesquisa em Tecnologias, Informações e Informática em Saúde e Enfermagem - GIATE Grupo de Pesquisa em Tecnologias, Informações e Informática em Saúde e Enfermagem - GIATE REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE E FINALIDADES: Art.1º - O Grupo Pesquisa em Tecnologias, Informações

Leia mais

Curso de Especialização em Gestão Desportiva

Curso de Especialização em Gestão Desportiva Curso de Especialização em Gestão Desportiva Equipamentos e instalações desportivas Módulo 2 Calendário Dia 29 Mai Dia 4 Jun Dia 5 Jun 14-16h 16-18h 18-20h Normativas referentes às características das

Leia mais

Caderno de Cursos 2016/2017

Caderno de Cursos 2016/2017 Caderno de Cursos 2016/2017 No quadro infra constam informações sobre os cursos oferecidos por cada uma das Escolas*, o valor de mercado, o preço APEX e o número de vagas disponíveis. GMP - General Management

Leia mais

Prazo Normal - entre e Prazo Tardio - entre e Inscrição Normal ( ) 99.00

Prazo Normal - entre e Prazo Tardio - entre e Inscrição Normal ( ) 99.00 TREINO PARA PERDA DE MASSA GORDA (OUT 2016) - PORTO A perda de peso é uma das principais razões para as pessoas se inscreverem num ginásio ou iniciarem a prática de exercício físico, pelo que cabe ao profissional

Leia mais

Edital 2016/17 Terceira fase de candidaturas

Edital 2016/17 Terceira fase de candidaturas Edital 2016/17 Terceira fase de candidaturas Candidaturas à 4ª edição do Programa Doutoral Estudos de Comunicação: Tecnologia, Cultura e Sociedade. Funcionamento do 1º semestre: ULHT (Lisboa) Funcionamento

Leia mais

Promoção da Etiquetagem Energética de Produtos - PEEP. Enquadramento e Objetivos

Promoção da Etiquetagem Energética de Produtos - PEEP. Enquadramento e Objetivos Promoção da Etiquetagem Energética de Produtos - PEEP Enquadramento e Objetivos ITeCons Missão do ITeCons Dinamizar a transf. de tecnologia entre a Universidade, a Indústria e a Sociedade Prestar apoio

Leia mais

Plano de Atividades de 2015 do Centro de Relações Laborais

Plano de Atividades de 2015 do Centro de Relações Laborais Plano de Atividades de 2015 do Centro de Relações Laborais A. ENQUADRAMENTO GERAL 1. O CRL foi criado, no seguimento de acordos de concertação social, para apoio técnico à negociação coletiva. É um organismo

Leia mais

DEFINIÇÃO DE COMPETÊNCIAS

DEFINIÇÃO DE COMPETÊNCIAS REGULAMENTO NOTA JUSTIFICATIVA A promoção e generalização da prática desportiva junto da população é um fator essencial de melhoria da qualidade de vida e de formação pessoal, social e desportiva. Neste

Leia mais

RETENÇÃO DE TALENTO Através da gestão das competências. Ingresso Janeiro Informações: (51)

RETENÇÃO DE TALENTO Através da gestão das competências. Ingresso Janeiro Informações: (51) RETENÇÃO DE TALENTO Através da gestão das competências Ingresso Janeiro 2016 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias RETENÇÃO DE TALENTO através da gestão das competências A retenção de

Leia mais

COACHING DESPORTIVO APLICADO ÀS

COACHING DESPORTIVO APLICADO ÀS Formação COACHING DESPORTIVO APLICADO ÀS - A Liderança do Desporto para as Organizações - Luanda Lisboa Fev. 2015 Em parceria com Apresentação Alcançar elevados níveis de desempenho e obter o máximo de

Leia mais

Normas. Departamento de Cultura, Juventude e Desporto Divisão de Desporto e Juventude Núcleo de Actividades Desportivas

Normas. Departamento de Cultura, Juventude e Desporto Divisão de Desporto e Juventude Núcleo de Actividades Desportivas Normas Departamento de Cultura, Juventude e Desporto Núcleo de Actividades Desportivas Índice 1 Organização... 3 2 Calendarização e Local de Realização dos Jogos... 3 3 Inscrição... 3 3.1 Período de Inscrição...

Leia mais

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES/AS

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES/AS Entidade Formadora: Questão de Igualdade Entidade Promotora: Edufoco FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES/AS Apresentação do curso e condições de frequência Certificado de Autorização de Funcionamento

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular Empreendedorismo Social e Empregabilidade Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Curso Livre Online. Gestão de Parques e Reservas Naturais e Culturais. Plano Modular. Centro Português de Geo-História e Pré-História

Curso Livre Online. Gestão de Parques e Reservas Naturais e Culturais. Plano Modular. Centro Português de Geo-História e Pré-História Curso Livre Online Gestão de Parques e Reservas Naturais e Culturais Plano Modular Centro Português de Geo-História e Pré-História Apresentação da entidade organizadora Centro Português de Geo História

Leia mais

Tendo a Direção da Associação de Futebol de Lisboa assumido realizar, desde a primeira hora

Tendo a Direção da Associação de Futebol de Lisboa assumido realizar, desde a primeira hora NOTA EXPLICATIVA 1. Introdução: Tendo a Direção da Associação de Futebol de Lisboa assumido realizar, desde a primeira hora do seu mandato, uma reorganização dos campeonatos organizados por si, na vertente

Leia mais

TRATAMENTO DE FERIDAS E VIABILIDADE TECIDULAR (MAR 2016) PORTO

TRATAMENTO DE FERIDAS E VIABILIDADE TECIDULAR (MAR 2016) PORTO TRATAMENTO DE FERIDAS E VIABILIDADE TECIDULAR (MAR 2016) PORTO A gestão e tratamento de feridas é um processo complexo e exige a intervenção de uma equipa multidisciplinar. É essencial que os profissionais

Leia mais

Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (Nível I)

Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (Nível I) Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (Nível I) LISBOA 22-24 Out. 2015 PORTO 29-31 Out. 2015 LOULÉ 5-7 Nov. 2015 Mais de 350 www.coachingdesportivo.pt pessoas formadas!! Apresentação O Coaching

Leia mais

CURSO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO COM O CLIENTE

CURSO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO COM O CLIENTE CURSO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO COM O CLIENTE ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris

Leia mais

Fórum Concelhio Para a Promoção da Saúde

Fórum Concelhio Para a Promoção da Saúde Fórum Concelhio Para a Promoção da Saúde CASCAIS SAUDÁVEL 1. Contexto SÓCIO-POLÍTICO: Saúde na ordem do dia Envelhecimento da população Sustentabilidade do SNS Transferência de competências para as Autarquias

Leia mais

DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO

DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO Apresentação do Projecto Escola E.B 2,3 Passos José OBJECTIVOS GERAIS Fomentar a integração dos alunos no contexto escolar, promovendo o sucesso educativo Agir preventiva

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

Curso Online Turismo e Musealização de Sítios Arqueológicos

Curso Online Turismo e Musealização de Sítios Arqueológicos Curso Online Turismo e Musealização de Sítios Arqueológicos PLANO MODULAR Apresentação da entidade organizadora Centro Português de Geo História e Pré-História (CPGP) Formado em outubro de 1993, constituiu-se

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROTOTIPAGEM Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROTOTIPAGEM Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular PROTOTIPAGEM Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Design 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular PROTOTIPAGEM (L5020) 5.

Leia mais

Curso de COACHING ESPORTIVO e TREINO MENTAL (I)

Curso de COACHING ESPORTIVO e TREINO MENTAL (I) Curso de COACHING ESPORTIVO e TREINO MENTAL (I) Curitiba - PR 31 de Julho, 1 e 2 de Agosto 2015 Apresentação O Coaching Esportivo perfila-se, cada vez mais, como uma atividade complementar ao desenvolvimento

Leia mais

XIII Encontro Nacional do Árbitro Jovem 2014

XIII Encontro Nacional do Árbitro Jovem 2014 XIII Encontro Nacional do Árbitro Jovem 2014 Batalha - 17, 18 e 19 de Outubro de 2014 PROGRAMA 17 de Outubro ( sexta-feira ) 18:00 Receção aos participantes e acompanhantes. Distribuição dos Kit`s de equipamentos

Leia mais

Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (I)

Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (I) Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (I) Rio de Janeiro 29, 30 e 31 Agosto 2014 Belo Horizonte 5, 6 e 7 Setembro 2014 Apresentação O Coaching Desportivo perfila-se, cada vez mais, como uma atividade

Leia mais

VIII PRÉ-TEMPORADA PARA ÁRBITROS CENTRAIS E ÁRBITROS ASSISTENTES EDIÇÃO 2012 JUSTIFICATIVA

VIII PRÉ-TEMPORADA PARA ÁRBITROS CENTRAIS E ÁRBITROS ASSISTENTES EDIÇÃO 2012 JUSTIFICATIVA A arbitragem exige concentração, controle emocional, pleno domínio das regras do jogo, condicionamento físico, bom posicionamento em campo, firmeza nas decisões e, acima de tudo, imparcialidade e entusiasmo.

Leia mais

Plano Anual de Atividades. Resposta Social: ERPI

Plano Anual de Atividades. Resposta Social: ERPI 2015 CENTRO SOCIAL DA SÉ CATEDRAL DO PORTO Plano Anual de Atividades Resposta Social: ERPI Porto, 2015 Introdução O presente Plano de Atividades tem como objetivo principal implementar um conjunto de ações

Leia mais

SERVIÇO DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E.

SERVIÇO DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E. Actividades Avaliação psicológica / psico-pedagógica; Intervenção psicoterapêutica; Aconselhamento psicológico; Intervenção em crise;

Leia mais

Principais funções do Gestor e do Coordenador de Formação. Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo!

Principais funções do Gestor e do Coordenador de Formação. Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo! Principais funções do Gestor e do Coordenador de Formação Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo! ENQUADRAMENTO A formação profissional surge como um dos instrumentos indispensáveis para o

Leia mais

BIBLIOGRAFIA 6. BIBLIOGRAFIA

BIBLIOGRAFIA 6. BIBLIOGRAFIA 6. BIBLIOGRAFIA Bento, J. (1991). Desporto, Saúde; Vida. Em Defesa do Desporto. Cultura Física. Livros Horizonte, Lisboa.. Branco, P. (1994). O Município e o Desporto: Contributo para a Definição de um

Leia mais

Medida de apoio à inovação

Medida de apoio à inovação Medida de apoio à inovação Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020 Maria Pedro Silva Organização: Apoio Institucional: Grupos Crescimento Valor Acrescentado Rentabilidade Económica Inovação Capacitação

Leia mais

NOVOS HÁBITOS SUSTENTÁVEIS SEMINÁRIO MINISTÉRIO DO AMBIENTE

NOVOS HÁBITOS SUSTENTÁVEIS SEMINÁRIO MINISTÉRIO DO AMBIENTE NOVOS HÁBITOS SUSTENTÁVEIS SEMINÁRIO MINISTÉRIO DO AMBIENTE Luanda 3 de Fevereiro de 2014 2 Novos Hábitos Sustentáveis Quem deve PARTICIPAR? Adquirir Competências. Partilhar Experiências. Decisores, Directores

Leia mais

Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho

Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Muitos são os desafios encontrados

Leia mais

Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (I)

Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (I) Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (I) Praia da Vitória Ilha Terceira Apoios: 6, 7 e 8 Junho 2014 Modelo O curso de Coaching Desportivo e Treino Mental (Nível I), insere-se num modelo progressivo

Leia mais

Modelo de Desenvolvimento, Quadro de Monitorização e Economia Azul

Modelo de Desenvolvimento, Quadro de Monitorização e Economia Azul Modelo de Desenvolvimento, Quadro de Monitorização e Economia Azul Meios de Financiamento Nacionais e Europeus e Integração das Políticas de Desenvolvimento Par$lha de Informação A promoção de um ambiente

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E ACREDITAÇÃO

EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E ACREDITAÇÃO EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO E ACREDITAÇÃO 18 de Novembro 2016 ENQUADRAMENTO Hospital gerido em regime de Parceria Público-Privada, prestador de cuidados de saúde diferenciados, integrado na rede do SNS

Leia mais

LIDERAR COMO UM TREINADOR

LIDERAR COMO UM TREINADOR info@bizpoint.pt 21 828 09 57 www.bizpoint.pt LIDERAR COMO UM TREINADOR - A Liderança do Desporto para as Organizações - VALOR PROMOCIONAL até 15 Junho Lisboa 7 e 8 Julho 2015 Organização: Apresentação

Leia mais

PLANO MUNICIPAL PARA A INTEGRAÇÃO DE IMIGRANTES DE CASCAIS Plenário CLAS

PLANO MUNICIPAL PARA A INTEGRAÇÃO DE IMIGRANTES DE CASCAIS Plenário CLAS PLANO MUNICIPAL PARA A INTEGRAÇÃO DE IMIGRANTES DE CASCAIS Plenário CLAS 25.03.2015 Titulo da apresentação 00 mês 2014 Equipa de construção do Plano 1º Módulo Cascais e a Imigração: retrato da realidade

Leia mais

Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (Nível I)

Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (Nível I) Curso de COACHING DESPORTIVO e TREINO MENTAL (Nível I) FUNCHAL 23-25 Abril 2015 Apresentação O Coaching Desportivo perfila-se, cada vez mais, como uma atividade complementar ao desenvolvimento de competências

Leia mais

O Ibmec Online se reinventando tendo a Blackboard como parceiro estratégico

O Ibmec Online se reinventando tendo a Blackboard como parceiro estratégico O Ibmec Online se reinventando tendo a Blackboard como parceiro estratégico 1 Do começo aos dias de hoje A história do Grupo Ibmec Criação e Desenvolvimento Nasce o Ibmec-RJ, como Instituto para Pesquisa

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E MARKETING ESPORTIVO Pres Ed. Física ALIMENTOS FUNCIONAIS E NUTRIGENÔMICA: IMPLICAÇÕES PRÁTICAS NA NUTRIÇÃO CLÍNICA E ESPORTIVA

ADMINISTRAÇÃO E MARKETING ESPORTIVO Pres Ed. Física ALIMENTOS FUNCIONAIS E NUTRIGENÔMICA: IMPLICAÇÕES PRÁTICAS NA NUTRIÇÃO CLÍNICA E ESPORTIVA Curso Modalida de Área ADMINISTRAÇÃO E MARKETING ESPORTIVO Pres Ed. Física ALIMENTOS FUNCIONAIS E NUTRIGENÔMICA: IMPLICAÇÕES PRÁTICAS NA NUTRIÇÃO CLÍNICA E ESPORTIVA Pres Nutrição ANÁLISES E PROJETOS DE

Leia mais

Universidade de Évora Universidade de Aveiro. Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias

Universidade de Évora Universidade de Aveiro. Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias Universidade de Évora Universidade de Aveiro Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias Edital Abertura do Mestrado Gestão e Poĺıticas Ambientais Ano Letivo 2015/2016 1. O Curso

Leia mais

sua prática profissional!

sua prática profissional! EXERCíCIOS CORRETIVOS (JUL 2016) - PORTOA utilização de testes din assimetrias de cada in desenvolva competência sua prática profissional! FORMADOR ROGéRIO PEREIRA Rogério Pereira é Fisioterapeuta e docente

Leia mais

Regulamento do Circuito Smashtour 2012

Regulamento do Circuito Smashtour 2012 REGULAMENTO CIRCUITO SMASHTOUR 2012 Regulamento do Circuito Smashtour 2012 1 - O Circuito será disputado em três fases, com um mínimo de 19 provas Mínimo de 1 e máximo de 4 por Associação Regional (Algarve,

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR 1.OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM 1. CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS. GFUC previsto

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR 1.OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM 1. CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS. GFUC previsto Curso Comunicação e relações Públicas Ano letivo 2015-16 Unidade Curricular Psicossociologia das Organizações ECTS 5 Regime Obrigatório Ano 2º Semestre 2º sem. Horas de trabalho globais Docente (s) Isabel

Leia mais

Faculdade Pernambucana de Saúde PSICOLOGIA. Detalhamento da Matriz Curricular

Faculdade Pernambucana de Saúde PSICOLOGIA. Detalhamento da Matriz Curricular Faculdade Pernambucana de Saúde PSICOLOGIA Detalhamento da Matriz Curricular Eixo Temático Módulo Carga Horária Código subjetividade: o sujeito o seu meio e a cultura O Homem como ser Social 70 PSI01-01

Leia mais