Captação de Recursos via Nota Fiscal Paulista. Maisa Signor Relações Institucionais

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Captação de Recursos via Nota Fiscal Paulista. Maisa Signor Relações Institucionais"

Transcrição

1 Captação de Recursos via Nota Fiscal Paulista Maisa Signor Relações Institucionais

2 O que é Nota Fiscal Paulista Nota Fiscal Paulista é um programa criado em 2007 pelo governo do Estado de São Paulo para combater a sonegação e aumentar a arrecadação do Estado; É a denominação dada aos documentos fiscais que podem ser eletrônicos ou manuais, emitidos por pessoa jurídica legalmente constituída, que sejam obrigadas a fornecer documentos fiscais, tipo nota fiscal ou cupom fiscal; De acordo com a legislação atual, no ato da compra, o cidadão informa o seu CPF ou CNPJ. O número vai para a Secretaria da Fazenda (SEFAZ) e ficam gravados a quantidade e o valor das compras. Até 30% do ICMS recolhido pelo estabelecimento volta ao comprador em créditos ou abatimentos no IPVA, em valores acima de R$25,00; Além disso, são sorteados prêmios através de sorteio dos cupons obtidos a cada R$100,00 de compra efetiva pelo consumidor.

3 Como as Organizações podem participar Além de ganhar créditos no Programa da Nota Fiscal Paulista por meio das próprias aquisições (compras), a entidade de assistência social ou da área da saúde poderá se beneficiar das seguintes formas: Receber notas e cupons fiscais sem a identificação do consumidor e cadastrá-las no sistema da Nota Fiscal Paulista por meio de seus usuários cadastradores ; Receber a doação de documentos fiscais por meio do sistema da Nota Fiscal Paulista, cadastrados por consumidores a favor da entidade social; Participar dos Sorteios a serem realizados mensalmente. A entidade NÃO deverá orientar os consumidores a fornecerem o CNPJ dela no momento da compra, pois tal procedimento contraria a legislação.

4 Como as Organizações podem participar Quando recebo? Os créditos não são devolvidos imediatamente. A liberação é feita duas vezes por ano, em abril (créditos do 2º semestre do ano anterior) e outubro (referentes ao 1º semestre do ano atual). Onde recebo? O consumidor ou entidade cadastrada tem o dinheiro depositado em sua conta corrente. A conta é indicada no momento em que o usuário solicita o crédito em conta corrente. Se não tiver feito o cadastro, o dinheiro vai acumulando, vinculado ao CPF ou CNPJ. O prazo para esse acúmulo é de cinco anos. Se nesse período o usuário não fizer o registro, perde os créditos. As transferências de crédito só podem ser feitas a partir de R$ 25,00. PRÊMIOS A cada R$ 100 em compras, o consumidor ou entidade tem direito a um bilhete eletrônico para participar dos sorteios mensais do programa. O valor de R$ 100 é cumulativo e pode ser obtido em diferentes compras e estabelecimentos.é preciso aderir ao regulamento do sorteio para concorrer.

5 Como as Organizações podem participar A entidade deverá providenciar o seu acesso ao sistema da Nota Fiscal Paulista na forma de CONSUMIDORA PESSOA JURÍDICA. Caso a entidade esteja cadastrada no Cadastro de Contribuintes do ICMS, deverá acessar o sistema como CONTRIBUINTE, utilizando login e senha do Posto Fiscal Eletrônico; O cadastro dos documentos fiscais sem a identificação do CPF, recebidos de consumidores, deverá ser realizado por pessoa física credenciada pela entidade no próprio sistema da Nota Fiscal Paulista como usuário cadastrador.

6 Como as Organizações podem participar Deverão ser paulistas sem fins lucrativos e estar devidamente cadastradas e ativas em suas respectivas secretarias de atuação: Assistência Social, Defesa e Proteção Animal, Educação ou Saúde; Deverão possuir o Certificado de Regularidade Cadastral de Entidade CRCE liberado: Deverão estar previamente cadastradas na Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social, na forma e condições por esta estabelecidas.

7 O Sistema Pró-Social No Sistema Pró-Social todas as informações relacionadas às ações sociais são integradas através do cadastramento único de programas, projetos e ações sociais, das instituições envolvidas e dos beneficiários (e suas famílias) das diversas ações sociais em execução no Estado. No módulo de cadastro único de Instituições, as entidades que desenvolvem ações sociais no Estado são cadastradas pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, constituindo um banco de dados com informações padronizadas sobre essas instituições:

8 Como cadastrar uma entidade

9 Como cadastrar uma entidade A documentação necessária para incluir as entidades e organizações de Assistência Social, no Sistema Pró-Social, encontra-se especificada na Resolução SEDS nº 002, de 23/01/2013, publicada no Diário Oficial do Estado em 24/01/2013; Os formulários, modelo de ofício de requerimento de inclusão pela entidade, orientações para o preenchimento do formulário e os endereços das DRADS (Diretorias Regionais de Assistência e Desenvolvimento Social estão disponíveis no site do Sistema Pró-Social:

10 Resumindo: Nota Fiscal Paulista: Programa do Governo de São Paulo para combater a sonegação de impostos e aumentar a arrecadação do Estado que pode beneficiar instituições paulistas sem fins lucrativos através dos créditos gerados pelos cupons ou notas fiscais sem identificação do consumidor; Ser paulista e estar devidamente registrada nas respectivas Secretarias de atuação; Possuir Certificado de Regularidade Cadastral de Entidade CRCE; Efetuar cadastro no Pró-Social e registro na Secretaria de Desenvolvimento Social / DRADS; Ter acesso ao Sistema da Nota Fiscal Paulista no site da Secretaria da Fazenda.

11 Case de Campanha

12 O Instituto da Oportunidade Social Mais informações: O IOS Instituto da Oportunidade Social é uma associação sem fins lucrativos, qualificada como OSCIP, fundada em 1998, que capacita gratuitamente jovens da rede pública de ensino e pessoas com deficiência para o mundo do trabalho, monitorando e apoiando a empregabilidade e contribuindo para a formação de cidadãos mais produtivos e conscientes. Missão Buscar, apoiar e monitorar a empregabilidade de jovens e pessoas com deficiência que tenham menor acesso às oportunidades do mercado de trabalho. Capacitação em Tecnologia da Informação e Gestão Administrativa Principal mantenedora

13 Na prática! 1. Planeje a sua Campanha 2. Envolva os seus stakeholders 3. Estabeleça parcerias 4. Monitore o desempenho 5. Preste contas do resultado

14 Planejando sua Campanha Faça um checklist com todas as etapas que envolvem a campanha, prazos e pessoas responsáveis. Estabeleça metas! Ex.: Tipo de urna, peças de comunicação, meios de divulgação, como e onde arrecadar, controle da arrecadação, quem vai digitar, etc.

15 Exemplo de peças de Comunicação

16 Engajando seus stakeholders Faça uma lista de todos os seus públicos de interesse com potencial para participar da campanha e convide-os a entrar nessa com você, de acordo com o perfil de cada um. Ex.: Beneficiários e familiares, associados, colaboradores, conselho e diretoria, parceiros, patrocinadores, comunidade do entorno. Seja objetivo e oriente cada forma de participação. Por que participar? Como participar? Quando participar?

17 Exemplo de Engajamento

18 Como cadastrar os documentos doados Para cadastrar os documentos fiscais (notas e cupons fiscais) recebidos de consumidores sem identificação, ou seja, sem o CPF, a entidade deverá cadastrar os usuários que realizarão este procedimento, chamados de usuários cadastradores. O usuário deverá estar previamente cadastrado e ativo no site da Nota Fiscal Paulista, como CONSUMIDOR PESSOA FÍSICA; Clicar em Entidades e em Cadastrar usuários ; Informar o CPF do cadastrador e clicar em Verificar Status do Usuário ; O sistema informará o nome do usuário e o seu status no sistema da Nota Fiscal Paulista; Se o sistema informar que o usuário se encontra inativo ou pendente, será necessário que o usuário regularize seu acesso ao site da Nota Fiscal Paulista. Caso esteja inativo, o usuário deverá providenciar o seu cadastro no site. Caso esteja pendente, deverá providenciar o desbloqueio de sua senha para ter acesso ao sistema; Por último, clicar em Salvar Usuário ; Em seguida, aparecerá a mensagem Usuário inserido com sucesso.

19 Como cadastrar os documentos doados A digitação dos documentos doados é feita apenas pelos Usuários Cadastrados ; A entidade social poderá cadastrar quantos usuários cadastradores desejar.

20 Firmando Parcerias Formalize parcerias para arrecadação das notas fiscais com empresas e estabelecimentos da sua comunidade. Mobilize recursos para alavancar a Campanha e ofereça contrapartidas!

21 Exemplo de Parceria Logo no Site da Instituição Kit Campanha 1 banner + 1 cartaz + 1 urna R$ 200,00

22 Estabelecimentos participantes Alguns tipos de serviços não participam do programa estadual, como os de fornecimento de energia elétrica, gás canalizado e serviços de comunicação (contas de concessionárias), pois funcionam sob regime antecipado de recolhimento dos impostos, creditando a favor do governo antecipadamente. Pelo regime de substituição tributária, os produtos são tributados nas primeiras etapas da cadeia produtiva e não no estabelecimento que faz a venda ao consumidor final. Nesses casos, sem o recolhimento na loja, não há ressarcimento de créditos ao cliente. Estabelecimentos que mais geram créditos Estabelecimentos que menos geram créditos Loja de Roupas e Calçados Joalherias Lojas de Acessórios Restaurantes, bares e lanchonetes (exceto bebidas alcoólicas) Lojas de cama, mesa e banho Petshops (exceto rações) Óticas Lojas de Móveis (exceto eletrodomésticos e eletroeletrônicos) Farmácias Postos de Combustíveis Supermercados Concessionárias de veículos e autopeças Material de construção Lojas de brinquedos Papelaria Lojas de Instrumentos musicais e CD Lojas de colchões

23 Acompanhando o desempenho Acompanhe mensalmente o desenvolvimento da Campanha através do Sistema da NF Paulista. Faça download da listagem de notas e comunique os resultados parcialmente atingidos.

24 Prestando contas do resultado Divulgue o resultado da campanha para todos os envolvidos. Além de prestar contas, aumenta a credibilidade e atrai novos participantes. Nº de participantes Qtde. de cupons arrecadados Qtde. de cupons digitados R$ arrecadado com os créditos R$ arrecadado com os sorteios O que vamos fazer com esse dinheiro!

25 Captação de Recursos via Nota Fiscal Paulista Obrigada! Contato: Maisa Signor Relações Institucionais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual da Entidade Social

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual da Entidade Social GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA Nota Fiscal Paulista Manual da Entidade Social V.2 28.07.2009 Índice Analítico 1. Considerações Gerais 3 1.1 Definição 3 1.2

Leia mais

Receita Estadual. Programa Nota Paraná

Receita Estadual. Programa Nota Paraná Receita Estadual Programa Nota Paraná 20/JULHO/2015 Programa Nota Paraná Agenda Programa Nota Paraná Visão geral O Programa na perspectiva do consumidor O Programa na perspectiva do comerciante Programa

Leia mais

Apresentação Nota Fiscal Paulista 29/10/08

Apresentação Nota Fiscal Paulista 29/10/08 Apresentação Nota Fiscal Paulista 29/10/08 OBJETIVO Incentivar os adquirentes de mercadorias, bens e serviços de transporte interestadual e intermunicipal a exigir do fornecedor a entrega de documento

Leia mais

NOTAS FISCAL PAULISTA

NOTAS FISCAL PAULISTA NOTAS FISCAL PAULISTA 1. O que é Nota Fiscal Paulista? É um projeto de estimulo à cidadania fiscal no Estado de São Paulo, que tem por objetivo estimular os consumidores a exigirem a entrega do documento

Leia mais

COMO RESGATAR CRÉDITOS DE NOTA FISCAL PAULISTA PARA PESSOAS JURÍDICAS

COMO RESGATAR CRÉDITOS DE NOTA FISCAL PAULISTA PARA PESSOAS JURÍDICAS COMO RESGATAR CRÉDITOS DE NOTA FISCAL PAULISTA PARA PESSOAS JURÍDICAS Quem fará jus ao crédito? Pessoas jurídicas também podem se beneficiar. Neste caso, estão excluídas somente as que recaem nas seguintes

Leia mais

Programa de Estímulo. à Ciudadania Fiscal do Estado de São Paulo Projeto Nota Fiscal Paulista

Programa de Estímulo. à Ciudadania Fiscal do Estado de São Paulo Projeto Nota Fiscal Paulista Programa de Estímulo à Ciudadania Fiscal do Estado de São Paulo Projeto Nota Fiscal Paulista PROGRAMA NOTA FISCAL PAULISTA Objetivo; Benefícios; Como funciona; Como utilizar os créditos; Participação das

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual da Entidade Social. (Assistência Social e da Área da Saúde) V.6

Nota Fiscal Paulista. Manual da Entidade Social. (Assistência Social e da Área da Saúde) V.6 Nota Fiscal Paulista Manual da Entidade Social (Assistência Social e da Área da Saúde) V.6 Índice Analítico 1. Considerações Gerais 3 1.1 Definição 3 1.2 Participação das Entidades 1.3 Entidades de Assistência

Leia mais

Manual. Transmitindo arquivo da Nota Fiscal Gaúcha. www.atualy.com.br

Manual. Transmitindo arquivo da Nota Fiscal Gaúcha. www.atualy.com.br Manual Transmitindo arquivo da Nota Fiscal Gaúcha www.atualy.com.br ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE A NOTA FISCAL GAÚCHA 1- O que é a Nota Fiscal Gaúcha? Nota Fiscal Gaúcha é um programa que, por meio da distribuição

Leia mais

Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Estado de São Paulo

Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Estado de São Paulo Programa de stímulo à Cidadania Fiscal do stado de São Paulo Versão 2.0 Índice Analítico 1.0 Nota Fiscal Paulista Conceitos Básicos 3 1.1 Definição 3 1.2 Benefícios do Programa 3 1.3 Objetivos do Programa

Leia mais

30/08/2012 (Orientação) Nota fiscal gaúcha

30/08/2012 (Orientação) Nota fiscal gaúcha 30/08/2012 (Orientação) Nota fiscal gaúcha 1. Considerações 1.1. Relação de Versões Publicadas 2. Sobre a Nota Fiscal Gaúcha 2.1. O Programa Nota Fiscal Gaúcha 2.2. Benefícios 2.2.1. Às empresas 2.2.2.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual do Consumidor

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual do Consumidor GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA Nota Fiscal Paulista Manual do Consumidor Versão 1.2 28/12/2007 Índice Analítico 1. Considerações Gerais 2 1.1 Definição 2 1.2

Leia mais

O que é o Programa Nota Fiscal Gaúcha?

O que é o Programa Nota Fiscal Gaúcha? O que é o Programa Nota Fiscal Gaúcha? Nota Fiscal Gaúcha é um programa que, por meio da distribuição de prêmios, visa incentivar os cidadãos e cidadãs a solicitar a inclusão do CPF na emissão do documento

Leia mais

NOTA FISCAL PAULISTA. com a cópia do contrato social e do documento de identificação no Posto Fiscal da jurisdição do seu estabelecimento.

NOTA FISCAL PAULISTA. com a cópia do contrato social e do documento de identificação no Posto Fiscal da jurisdição do seu estabelecimento. NOTA FISCAL PAULISTA 1. O PROGRAMA NOTA FISCAL PAULISTA 1.1 O que é a Nota Fiscal Paulista? A Nota Fiscal Paulista é um programa de estímulo à cidadania fiscal do governo do Estado de São Paulo que concede

Leia mais

Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Estado de São Paulo

Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Estado de São Paulo Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Estado de São Paulo 25/08/08 OBJETIVO Incentivar os adquirentes de mercadorias, bens e serviços de transporte interestadual e intermunicipal a exigir do fornecedor

Leia mais

DECRETO Nº 36.084, DE 24 DE JULHO DE

DECRETO Nº 36.084, DE 24 DE JULHO DE DECRETO Nº 36.084, DE 24 DE JULHO DE 2015 Publicado no DOE de 24.07.2015, Poder Executivo, p. 1 REGULAMENTA a Lei nº 4.174, de 2015, que institui o Programa Estadual de Cidadania Fiscal. O GOVERNADOR DO

Leia mais

Manual. Transmitindo arquivo da Nota Fiscal Gaúcha. www.atualy.com.br

Manual. Transmitindo arquivo da Nota Fiscal Gaúcha. www.atualy.com.br Manual Transmitindo arquivo da Nota Fiscal Gaúcha www.atualy.com.br ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE A NOTA FISCAL GAÚCHA 1- O que é a Nota Fiscal Gaúcha? Nota Fiscal Gaúcha é um programa que, por meio da distribuição

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO. Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO. Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS CSGII - COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO Nota Fiscal Alagoana Manual do Consumidor Versão 1.0 07/11/2008 Índice Analítico 1. Considerações Gerais...

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão 1.0 23/07/2009 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

1º O acesso ao Sistema deverá ser feito por meio de Senha Web ou certificado digital.

1º O acesso ao Sistema deverá ser feito por meio de Senha Web ou certificado digital. ÍNTEGRA DA INSTRUÇÃO NORMATIVA O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FINANÇAS, no uso de suas atribuições legais, considerando o disposto nos artigos 113 e 114 do Decreto n 53.151, de 17 de maio de 2012, RESOLVE:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual do Consumidor

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual do Consumidor GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA Nota Fiscal Paulista Manual do Consumidor Versão 2.2 20/08/2009 Índice Analítico 1. Considerações Gerais 3 1.1 Definição 3 1.2

Leia mais

COMO SE TORNAR UM PARCEIRO DO CORPO CIDADÃO? Junte-se a nós!

COMO SE TORNAR UM PARCEIRO DO CORPO CIDADÃO? Junte-se a nós! COMO SE TORNAR UM PARCEIRO DO CORPO CIDADÃO? O Corpo Cidadão utiliza diversos mecanismos de incentivo fiscal, fontes de financiamento, parcerias, doações, programas de voluntariado e cria ações de marketing

Leia mais

NOTA FISCAL GAÚCHA - Manual de Participação das Empresas

NOTA FISCAL GAÚCHA - Manual de Participação das Empresas NOTA FISCAL GAÚCHA - Manual de Participação das Empresas Versão 1.1 Publicada em 27/novembro/2012 Sumário 1. SOBRE O MANUAL... 4 1.1. Objetivo deste manual... 4 1.2. Relação de Versões Publicadas... 4

Leia mais

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como emissor de NF-e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Versão: 24/05/2010 Passos e Orientações para solicitação de credenciamento como

Leia mais

ECF - Equipamento Emissor de Cupom Fiscal

ECF - Equipamento Emissor de Cupom Fiscal ECF - Equipamento Emissor de Cupom Fiscal INTRODUÇÃO Um dos objetivos do uso de equipamento Emissor de Cupom Fiscal - ECF é a automação comercial. O ECF é, sem dúvida, um instrumento importante nesse processo.

Leia mais

Programa Nota Paraná. Julho/2015

Programa Nota Paraná. Julho/2015 Julho/2015 Agenda Lei 18.451/15 Funcionamento do Programa Processo de Cálculo dos Créditos Processo de Cadastro de Participante Processo de Sorteio de Prêmios Processo de Utilização dos Créditos Processo

Leia mais

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço VALPARAÍSO DE GOIÁS quarta-feira, 28 de outubro de 2014 Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez

Leia mais

Indice. O que é NFSe?... 5

Indice. O que é NFSe?... 5 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

Nota Fiscal Paranaense

Nota Fiscal Paranaense Nota Fiscal Paranaense Introdução A Nota Fiscal Paranaense ou Nota Paraná é um programa de cidadania fiscal do Estado do Paraná que visa contribuir com a formalização das operações de venda no comércio

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais

Nota Legal Rondoniense

Nota Legal Rondoniense Nota Legal Rondoniense Manual do Consumidor Versão 1.0 01/12/2011 Nota Legal Rondoniense Manual do Consumidor Versão 1.0 1 Índice Analítico 1. Considerações Gerais... 3 1.1. Definição... 3 1.2. Documentos

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos DUB-ICMS do Rio de Janeiro

Parecer Consultoria Tributária Segmentos DUB-ICMS do Rio de Janeiro DUB-ICMS do Rio de Janeiro 27/12/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares...

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ MANUAL DO USUÁRIO ACESSO AO SISTEMA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ MANUAL DO USUÁRIO ACESSO AO SISTEMA O ISS-e é um sistema completo de gestão do ISS do Município de Maringá, composto pelos módulos de: - NFS-e (Nota Fiscal de Serviços Eletrônica) - DMS-e (Declaração Mensal de Serviços Eletrônica) - AIDF-e

Leia mais

ParticiPar SEMGaStar

ParticiPar SEMGaStar Participar SEMGASTAR Parte do seu imposto de renda pode transformar sonhos em realidade Você sabia que seu Imposto de Renda pode ajudar muitas crianças e jovens? Foi pensando neste mecanismo que a Rede

Leia mais

cidadãos entidades sociais empresas

cidadãos entidades sociais empresas Nota Fiscal Gaúcha Nota Fiscal Gaúcha é um programa que, por meio da distribuição de prêmios, visa incentivar os cidadãos e cidadãs a solicitar a inclusão do CPF na emissão do documento fiscal no ato de

Leia mais

O Participante somente receberá pontos relativos a transações realizadas após a confirmação do seu cadastro.

O Participante somente receberá pontos relativos a transações realizadas após a confirmação do seu cadastro. I - NOME DO PROGRAMA KOP CLUB II - SOBRE O PROGRAMA O Kop Club tem como objetivo reconhecer e presentear os clientes Kopenhagen, por meio da troca de pontos gerados por compras nas Lojas Kopenhagen. Além

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA

MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA 1 Índice DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais,

Leia mais

Nota Fiscal Paranaense

Nota Fiscal Paranaense Nota Fiscal Paranaense Introdução A Nota Fiscal Paranaense ou Nota Paraná é um programa de cidadania fiscal do Estado do Paraná que visa contribuir com a formalização das operações de venda no comércio

Leia mais

DECLARAÇÃO DE SERVIÇOS PRESTADOS

DECLARAÇÃO DE SERVIÇOS PRESTADOS DECLARAÇÃO DE SERVIÇOS PRESTADOS RESUMO DA DECLARAÇÃO NA ESCRITA FISCAL Menu: Declaração de Serviços/Prestados/Homologados Tela de Declaração de Serviços prestados no FISCAL WEB (ISSQN por homologação)

Leia mais

Help de NFSe. Credenciamento

Help de NFSe. Credenciamento Prestador 2 1 Help de NFSe Credenciamento Se for prestador do município, substituto ou empresas de outros municípios clique na opção credenciar Para acessar a tela de credenciamento do contador, clique

Leia mais

MONTE CARMELO MINAS GERAIS

MONTE CARMELO MINAS GERAIS MONTE CARMELO MINAS GERAIS Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez Alterando a senha eletrônica

Leia mais

Regulamenta o Programa de Cidadania Fiscal, instituído pela Lei nº 1.767, de 12 de maio de 2014, e dá outras providências.

Regulamenta o Programa de Cidadania Fiscal, instituído pela Lei nº 1.767, de 12 de maio de 2014, e dá outras providências. DECRETO Nº 046, DE 13 DE JUNHO DE 2014. Regulamenta o Programa de Cidadania Fiscal, instituído pela Lei nº 1.767, de 12 de maio de 2014, e dá outras providências. Adriano Xavier Pivetta, Prefeito Municipal

Leia mais

NFS-e. Nota Legal Porto Alegre

NFS-e. Nota Legal Porto Alegre NFS-e Nota Legal Porto Alegre APRESENTAÇÃO DA NFS-e A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica é um documento digital, gerado e armazenado eletronicamente pela prefeitura e que substitui as tradicionais notas

Leia mais

a) O que é o Nota Legal

a) O que é o Nota Legal SAIBA MAIS 1 SUMÁRIO O que é o Nota Legal Quais os benefícios para o consumidor Documentos Fiscais Abrangidos Quem pode participar Como participar Como cadastrar Como funciona Modalidades de Crédito 2

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema

Manual de Utilização do Sistema Manual de Utilização do Sistema 2013 Nota Control Nota Cuiabana Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II Apresentação 1 Menu Home 2 Menu Cadastro 3 Menu Já sou cadastrado 4 Menu

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema

Manual de Utilização do Sistema Manual de Utilização do Sistema 2015 Nota Control Nota Premiada Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II Apresentação 1 Menu Home 2 Menu Cadastro 3 Menu Entrar 4 Menu Sorteio Realizados

Leia mais

FINS LUCRATIVOS? VOCÊ JÁ PAROU PARA PENSAR NOS GASTOS E RENDIMENTOS DE UMA ORGANIZAÇÃO SEM. A Casa de David

FINS LUCRATIVOS? VOCÊ JÁ PAROU PARA PENSAR NOS GASTOS E RENDIMENTOS DE UMA ORGANIZAÇÃO SEM. A Casa de David VOCÊ JÁ PAROU PARA PENSAR NOS GASTOS E RENDIMENTOS DE UMA ORGANIZAÇÃO SEM FINS LUCRATIVOS? A Casa de David apresenta os seus e justifica porque você deve ajudá-la com o projeto Para disponibilizar abrigamento

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SICONV SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIO PORTAL DOS CONVÊNIOS PROPONENTE - CONVENENTE

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SICONV SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIO PORTAL DOS CONVÊNIOS PROPONENTE - CONVENENTE ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO SICONV SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIO PORTAL DOS CONVÊNIOS PROPONENTE - CONVENENTE 1 APRESENTAÇÃO Convênios são acordos firmados por entidades públicas de qualquer espécie,

Leia mais

CARTA TÉCNICA. Nome do Credenciamento: PRONON Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica

CARTA TÉCNICA. Nome do Credenciamento: PRONON Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica CARTA TÉCNICA Nome do Credenciamento: PRONON Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica ENTIDADES QUE PODEM SE CREDENCIAR: - Entidades beneficentes de assistência social (certificadas como entidades

Leia mais

Termo de adesão ao programa Maxximo Fidelidade e Regulamento

Termo de adesão ao programa Maxximo Fidelidade e Regulamento Termo de adesão ao programa Maxximo Fidelidade e Regulamento O presente Instrumento é celebrado entre MAXXIMO FIDELIDADE Ltda., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob o n. 09.016.557/0001-95,

Leia mais

MANUAL COM PASSO-A-PASSO. PARA CADASTRO DE EMISSOR DE NF-E (on-line)

MANUAL COM PASSO-A-PASSO. PARA CADASTRO DE EMISSOR DE NF-E (on-line) MANUAL COM PASSO-A-PASSO PARA CADASTRO DE EMISSOR DE NF-E (on-line) Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais Versão: Dezembro/2010 Conteúdo CADASTRO EMISSOR NF-e ONLINE...2 LIBERAÇÃO DO AMBIENTE

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual da Declaração Eletrônica de Serviços de Instituições Financeiras (DES-IF) Todos os dados e valores apresentados neste manual são ficticios. Qualquer dúvida consulte a legislação vigente. Página

Leia mais

Manual da DEVEC. Declaração do Valor de Aquisição da Energia Elétrica em Ambiente de Contratação Livre

Manual da DEVEC. Declaração do Valor de Aquisição da Energia Elétrica em Ambiente de Contratação Livre Manual da DEVEC Declaração do Valor de Aquisição da Energia Elétrica em Ambiente de Contratação Livre Versão 11/01/2010 ÍNDICE 1. Avisos importantes...03 2. Objetivo do Sistema...03 3. Usuários do Sistema...04

Leia mais

MANUAL NF PAULISTA CEPA

MANUAL NF PAULISTA CEPA MANUAL NF PAULISTA CEPA APRESENTAÇÃO O Projeto Nota Fiscal Paulista SEARA nasceu da vontade de ajudar nossos irmãos que recorrem ao Hospital SEARA (Serviço Espírita de Assistência e Recuperação de Americana).

Leia mais

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço Manual de Utilização Sistema Recibo Provisório de Serviço Versão 1.0 17/08/2011 Sumário Introdução... 5 1. Primeiro Acesso... 7 2. Funções do e-rps... 8 2.1 Menu Superior... 8 2.1.1 Arquivo......8 2.1.2

Leia mais

Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L

Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L Art. 260. Os contribuintes poderão efetuar doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente nacional, distrital, estaduais

Leia mais

TERCEIRO SETOR, CULTURA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

TERCEIRO SETOR, CULTURA E RESPONSABILIDADE SOCIAL TERCEIRO SETOR, CULTURA E RESPONSABILIDADE SOCIAL 06/05/2013 ATENÇÃO I: De acordo com a Portaria n.º 252/2012 do Ministério da Justiça (MJ), as prestações de contas das entidades qualificadas e tituladas

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO QUEM INDICA AMIGO É

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO QUEM INDICA AMIGO É REGULAMENTO DA PROMOÇÃO QUEM INDICA AMIGO É 1. DA REALIZADORA 1.1 Este instrumento tem como objetivo regulamentar as condições para participação dos Clientes Claro HDTV na Promoção Quem indica Amigo é,

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e Manual do Usuário Prestador Introdução Este manual tem como objetivo apresentar a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) que será utilizado pelos contribuintes

Leia mais

MANUAL DO CLIENTE. 2014 versão l. (Direitos reservados)

MANUAL DO CLIENTE. 2014 versão l. (Direitos reservados) MANUAL DO CLIENTE 2014 versão l (Direitos reservados) 1 Anotações: 2 MANUAL DO CLIENTE Número do Manual: Cliente: CNPJ: Recebido em: / / Entregue por: Caro cliente Este manual tem a finalidade de instruí-lo

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica do Tomador/Intermediário de Serviços - NFTS

Nota Fiscal Eletrônica do Tomador/Intermediário de Serviços - NFTS Nota Fiscal Eletrônica do Tomador/Intermediário de Serviços - NFTS Instituída pela Lei nº 15.406, de 08 de julho de 2011, que altera a Lei nº 13.476/2002. Set/2011 OBJETIVO É declarar os serviços tomados

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e Informações Gerais 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência

Leia mais

CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS

CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS OS INCENTIVOS FISCAIS Incentivos fiscais são instrumentos utilizados pelo governo para estimular atividades específicas, por prazo determinado (projetos). Existem

Leia mais

O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? Como posso emitir meu Certificado de Registro Cadastral CRC homologado?

O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? Como posso emitir meu Certificado de Registro Cadastral CRC homologado? O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? O Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado CADFOR é o registro cadastral de interessados em fornecer produtos, serviço e/ou obras para

Leia mais

REGIME ESPECIAL DE TRIBUTAÇÃO

REGIME ESPECIAL DE TRIBUTAÇÃO REGIME ESPECIAL DE TRIBUTAÇÃO Definição Regime Especial de Tributação (RET) é um processo administrativo por meio do qual a SEF concede, em caráter individual, tratamento especial ao contribuinte, considerando

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaboticabal

Prefeitura Municipal de Jaboticabal LEI Nº 4.730, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2015 Institui o "Programa Nota Fiscal Jaboticabalense" com o objetivo de estimular a cidadania fiscal e incentivar o Programa de Arrecadação Tributária do Município e

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Orientação Contribuinte NF e (versão de testes) 1 Objetivos do Projeto: O Projeto NF-e teve como objetivo a implantação de um modelo nacional de documento fiscal eletrônico visando

Leia mais

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES.

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Portaria

Leia mais

Secretaria da Fazenda TO Diretoria de Informática

Secretaria da Fazenda TO Diretoria de Informática Secretaria da Fazenda TO Diretoria de Informática Abril de 2006 Introdução O portal da Secretaria da Fazenda do Estado do Tocantins está disponível no endereço www.sefaz.to.gov.br e oferece diversos serviços

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO CAPÃO DO LEÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DO CAPÃO DO LEÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL LEI 666/98 INSTITUI PROGRAMA DE INCENTIVO A EMISSÃO DE NOTAS FISCAIS, PROJETO MÃOS DADAS MUNICIPAL, E AUTORIZA A AQUISIÇÃO DE PRÉMIOS PARA SORTEIO ENTRE PORTADORES DE CAUTELAS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

A Maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas.

A Maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas. A Maior plataforma de relacionamento da América Latina entre consumidores e empresas. Consumidores Empresas Pesquisar Reclamar Comparar Responder Replicar Resolver O ReclameAQUI é um elo de ligação entre

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

Orientações para o. Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado. Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro

Orientações para o. Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado. Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro Orientações para o Controle de Convênios Alexandre Lages Cavalcante Controlador Geral do Estado Juliana Barros da Cruz Oliveira Superintendente de Controle Financeiro Maio/2010 Devolução de recursos de

Leia mais

Obrigatoriedade do ECF

Obrigatoriedade do ECF EQUIPAMENTO EMISSOR DE CUPOM FISCAL ECF CONCEITO ECF é o equipamento de automação comercial com capacidade para emitir documentos fiscais e realizar controles de natureza fiscal, referentes a operações

Leia mais

SEFAZ-MA. São Luís-Ma. 2.008

SEFAZ-MA. São Luís-Ma. 2.008 SEFAZ-MA SIISTEMA DE NOTA FIISCAL AVULSA NFA MANUAL PARA O AGENTE FIISCAL São Luís-Ma. 2.008 1 INTRODUÇÃO A Nota Fiscal Avulsa foi criada para substituir a Nota Fiscal Avulsa emitida através do Siat. Ela

Leia mais

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo.

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Material de apoio Material de apoio Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Informações Gerais O sistema CNES/MJ

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento do Imposto sobre

Leia mais

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CADASTRO DOS CONTADORES... 3 REGISTRAR COMO SAGE ID... 5 CRIAR CONVITE PARA O CLIENTE... 8

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CADASTRO DOS CONTADORES... 3 REGISTRAR COMO SAGE ID... 5 CRIAR CONVITE PARA O CLIENTE... 8 Índice 1. 2. 3. 4. 5. 5.1. 5.2. 6. 6.1. 6.2. 7. APRESENTAÇÃO... 1 CADASTRO DOS CONTADORES... 3 REGISTRAR COMO SAGE ID... 5 CRIAR CONVITE PARA O CLIENTE... 8 CONVITE ENVIADO PARA O CLIENTE... 10 Se o seu

Leia mais

Cadastramento de Proponente

Cadastramento de Proponente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Cadastramento de Proponente

Leia mais

Guia para Boas Práticas

Guia para Boas Práticas Responsabilidade Social Guia para Boas Práticas O destino certo para seu imposto Leis de Incentivo Fiscal As Leis de Incentivo Fiscal são fruto da renúncia fiscal das autoridades públicas federais, estaduais

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social - CEBAS - 1 -

MANUAL DO USUÁRIO. Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social - CEBAS - 1 - Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social - CEBAS - 1 - Ministério da Educação Secretaria Executiva Secretaria de Educação Básica - SEB Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI Secretaria

Leia mais

Manual do Sistema. SMARSA WEB Atendimento de Processos

Manual do Sistema. SMARSA WEB Atendimento de Processos Manual do Sistema SMARSA WEB Atendimento de Processos Módulo Atendimento ÍNDICE INTRODUÇÃO...1 OBJETIVOS...1 BEM VINDO AO SISTEMA SMARSA WEB MÓDULO ATENDIMENTO...2 TELA DE LOGIN...2 COMO UTILIZAR?... 2

Leia mais

QUEM PODE HABILITAR-SE NO SICONV?

QUEM PODE HABILITAR-SE NO SICONV? O QUE É SICONV? Criado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o SICONV Sistema de Convênio, tem como uma das finalidades, facilitar as apresentações de projetos aos programas ofertados pelo

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DECRETO Nº 30.989, DE 31 DE JULHO DE 2015. D.O.E.: 03/09/15 ALTERADO PELO DECRETO Nº 31.064/15. Regulamenta a Lei nº 10.279, de 10 de julho de 2015, que institui o Programa de Estímulo à Cidadania Tributária

Leia mais

Programa Segundo Tempo. Funcionamento de Núcleo de Esporte Educacional. Manual de Orientação de Cadastramento On-Line

Programa Segundo Tempo. Funcionamento de Núcleo de Esporte Educacional. Manual de Orientação de Cadastramento On-Line Programa Segundo Tempo Funcionamento de Núcleo de Esporte Educacional Manual de Orientação de Cadastramento On-Line SNEED-SE/SPOA/CGMI/ME Índice Introdução... 3 Apresentação de Pleitos... 4 Apresentação

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

Guia operação site www.atu.com.br

Guia operação site www.atu.com.br Guia operação site www.atu.com.br OBS: as telas no site bem como no sistema de gestão poderão sofrer alguma alteração, com base nos exemplos ilustrativos deste manual. 1. Objetivo Este guia tem como objetivo

Leia mais

Eletrônica Município do Rio de Janeiro NFS-e - Nota Carioca. www.notacarioca.rio.gov.br

Eletrônica Município do Rio de Janeiro NFS-e - Nota Carioca. www.notacarioca.rio.gov.br Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Município do Rio de Janeiro NFS-e - Nota Carioca www.notacarioca.rio.gov.br Objetivo Apresentar na prática os procedimentos para acesso e manuseio do sistema da Nota

Leia mais

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00 FICHA DE ADESÃO Por esta Ficha de adesão, solicito meu ingresso como associado da ABRIMPE ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INCENTIVO E MELHORIA EM PROJETOS EMPRESARIAIS, EMPREENDEDORISMO E EDUCACIONAL, comprometendo-me

Leia mais

MANUAL DO CIDADÃO MÓDULO NFSe SEFAM

MANUAL DO CIDADÃO MÓDULO NFSe SEFAM MANUAL DO CIDADÃO MÓDULO NFSe SEFAM Índice Introdução 3 Legislação 4 A quem se destina o Módulo Cidadão SEFAM NFSe 5 Configuração Mínima para acesso ao SEFAM NFSe 6 Como ter acesso ao produto SEFAM NFSe

Leia mais

MANUAL DO CONTRIBUINTE SISTEMA DE INCENTIVO A PROJETOS:

MANUAL DO CONTRIBUINTE SISTEMA DE INCENTIVO A PROJETOS: GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria de Estado dos Negócios da Fazenda MANUAL DO CONTRIBUINTE SISTEMA DE INCENTIVO A PROJETOS: PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL PAC PROGRAMA DE INCENTIVO AO ESPORTE - PIE

Leia mais

PROGRAMA IMOBILIG - MANUAL DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS

PROGRAMA IMOBILIG - MANUAL DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS PROGRAMA IMOBILIG - MANUAL DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS Sumário 1. Objetivo... 3 2. Premissas básicas... 3 3. Compromissos da CEEE-D... 3 4. Compromissos da Imobiliária... 3 5. Serviços disponíveis através

Leia mais

LEI Nº 1.265 DE 25 DE JUNHO DE 2014

LEI Nº 1.265 DE 25 DE JUNHO DE 2014 Dispõe sobre a campanha de fiscalização e melhoria da arrecadação de tributos, mediante o sorteio de prêmios e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE JACOBINA-BA, no uso de suas atribuições

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Manual do Sistema

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Manual do Sistema 1 Índice Apresentação... 3 Entrada no sistema... 4 Manual da NFe de Serviços Módulo Tomador... 5 Consultar RPS Recibo Provisório de Serviços... 6 Verificar a Autenticidade de Nota Fiscal...7 Geração de

Leia mais

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador

Help de NFSe. 2011 E&L Produções de Software LTDA. Contador Contador 2 1 Credenciamento Se for prestador do município, substituto ou empresas de outros municípios clique na opção credenciar Para acessar a tela de credenciamento do contador, clique na opção Contador

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Acompanhamento e Fiscalização

Leia mais

Vincular Equipamento SAT

Vincular Equipamento SAT P á g i n a 1 Bem vindo ao Passo a Passo do Sistema de Gestão e Retaguarda do SAT-CF-e de SP para Vincular Equipamento SAT Atualizado em: 27/11/2014 Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais

Leia mais

REGULAMENTO DO FASCAR CLUB - PROGRAMA DE FIDELIDADE FASCAR

REGULAMENTO DO FASCAR CLUB - PROGRAMA DE FIDELIDADE FASCAR REGULAMENTO DO FASCAR CLUB - PROGRAMA DE FIDELIDADE FASCAR 1. OBJETO 1.1. O Programa Fidelidade FASCAR CLUB consiste em um Programa de relacionamento com clientes da FASCAR, denominação doravante de Indústria

Leia mais