A UERGS E O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A UERGS E O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS"

Transcrição

1 A UERGS E O PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS O Prgrama Ciência sem Frnteiras, lançad n dia 26 de julh de 2011, é um prgrama d Gvern Federal que busca prmver a cnslidaçã, a expansã e a internacinalizaçã da ciência e tecnlgia, da invaçã e da cmpetitividade brasileira pr mei d intercâmbi de aluns de graduaçã e pós-graduaçã e da mbilidade internacinal. O prjet prevê a cncessã de até 75 mil blsas em quatr ans. A iniciativa é frut de esfrç cnjunt ds Ministéris da Ciência e Tecnlgia (MCT) e d Ministéri da Educaçã (MEC), pr mei de suas respectivas instituições de fment CNPq e Capes, e Secretarias de Ensin Superir e de Ensin Tecnlógic d MEC. O Prgrama tem pr bjetiv prmver, de maneira acelerada, desenvlviment tecnlógic e estimular s prcesss de invaçã n Brasil pr mei da mbilidade internacinal dcente, discente de graduaçã e pósgraduaçã, de pós-dutrands e pesquisadres brasileirs, estimuland a inserçã das pesquisas feitas nas instituições brasileiras às melhres experiências internacinais. O prjet prevê a utilizaçã de até 75 mil blsas em quatr ans para prmver intercâmbi, de frma que aluns de graduaçã e pós-graduaçã façam estági n exterir cm a finalidade de manter cntat cm sistemas educacinais cmpetitivs em relaçã à tecnlgia e invaçã. Além diss, busca atrair pesquisadres d exterir que queiram se fixar n Brasil u estabelecer parcerias cm s pesquisadres brasileirs nas áreas priritárias definidas n Prgrama, bem cm criar prtunidade para que pesquisadres de empresas recebam treinament especializad n exterir.

2 UERGS E O PROGRAMA CIENCIA SEM FRONTEIRAS PARA ESTUDANTES O prgrama prevê um cnjunt de blsas destinadas a inserir aluns de graduaçã e pós-graduaçã em instituições altamente qualificadas n exterir nas quais cmpletarã a sua frmaçã em cntat cm ambiente de cmpetitividade, empreendedrism e invaçã. O prgrama é dirigid as aluns de graduaçã de melhr desempenh acadêmic, caracterizad pr critéris de excelência cm a nta n Exame Nacinal d Ensin Médi (Enem), premiaçã em prgramas de iniciaçã científica e tecnlógica, limpíadas e cncurss temátics, bem cm a excelência de sua universidade de rigem. BOLSA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR (SWG) PARA ESTUDANTES DA UERGS Graduaçã Sanduíche n Exterir - SWG é uma blsa dirigida a aluns de graduaçã para estágis de seis meses a um an, send de seis a nve meses em atividades acadêmicas e restante em labratóris de pesquisa, empresas u centrs de P&D. As instituições de destin devem estar entre as melhres d mund nas suas respectivas áreas d cnheciment. Os benefícis cmpreendem passagens, auxíli instalaçã, segur saúde se país de destin nã ferecer assistência gratuita, além das mensalidades para manutençã. Serã elegíveis s estudantes cm bm aprveitament acadêmic e engajads em prgramas de iniciaçã científica u tecnlógica, bem cm aluns premiads em limpíadas de matemática u ciências, feiras científicas e atividades similares, de mérit recnhecid.

3 De imediat fram distribuídas duas (02) ctas de blsas para a UERGS, instituiçã participante d Prgrama Institucinal de Blsas de Iniciaçã Científica - PIBIC e Prgrama Institucinal de Blsas de Iniciaçã em Desenvlviment Tecnlógic e Invaçã PIBITI. PROCESSO DE SELEÇÃO Primeiramente, a UERGS slicita um cadastr prévi de tds s aluns interessads em cncrrer às blsas sanduíche de graduaçã. A Pró-Reitria de Pesquisa e Pós-Graduaçã realizará prcesss seletivs (editais) entre s candidats elegíveis, que pririzem desempenh acadêmic, a qualidade da instituiçã de destin na área e cnheciment d idima d país n qual será realizad estági. Nesta etapa, ações afirmativas pderã ser incluídas cm critéris adicinais. A aprvaçã final caberá a CNPq. Abaix tems um link cm uma lista de universidades estrangeiras de elevada qualidade acadêmica credenciadas para participar d prgrama. As instituições e agências de fment, bem cm universidades brasileiras participantes d prgrama, estabelecerã s acrds de cperaçã e cnvênis necessáris para recnheciment mútu das atividades acadêmicas realizadas. TEMAS E ÁREAS DE INTERES ERESSE SE Engenharias e demais áreas tecnlógicas; Ciências Exatas e da Terra: Física, Química, Bilgia e Geciências Ciências Bimédicas e da Saúde; Cmputaçã e tecnlgias da infrmaçã;

4 Tecnlgia Aerespacial; Fármacs; Prduçã Agrícla Sustentável; Petróle, Gás e Carvã Mineral; Energias Renváveis; Tecnlgia Mineral; Bitecnlgia; Nantecnlgia e Nvs materiais; Tecnlgias de Prevençã e Mitigaçã de Desastres Naturais; Bidiversidade e Biprspecçã; Ciências d Mar; Indústria criativa; Nvas Tecnlgias de Engenharia Cnstrutiva; Frmaçã de Tecnólgs. Os estudantes e pós-dutres d Prgrama Ciências sem Frnteiras terã seu treinament nas melhres instituições dispníveis, priritariamente entre as 30 mais bem classificadas ns rankings internacinais para cada grande área d cnheciment. Tais instituições serã caracterizadas pela excelência na prduçã científica e na frmaçã de recurss humans para mercad de trabalh, pdend ser e universidades, instituts de pesquisa e centrs de tecnlgia. Cm exempls de rankings internacinais pr área d cnheciment pde-se citar Times Higher Educatin e QS Wrld University. Adicinalmente às universidades, Prgrama Ciência sem Frnteiras pderá buscar parcerias cm s melhres instituts de pesquisa básica, aplicada e tecnlógica d mund, para receber aluns brasileirs, em prgramas de dutrad sanduíche u plen e pós-dutrament.

5 FAQ PARA ESTUDANTES 1) Cm faç para me inscrever n prgrama? Aluns de graduaçã serã selecinads pela instituiçã nde estudam via prcess seletiv intern u através de chamadas públicas divulgadas pel CNPq u pela CAPES. Estudantes de pós-graduaçã e pesquisadres deverã participar das chamadas públicas para as diversas mdalidades de blsa. As chamadas serã divulgadas n prtal d prgrama (www.cienciasemfrnteiras.cnpq.br), d CNPq (www.cnpq.br) u da CAPES (www.capes.gv.br). 2) Os estudantes e pesquisadres beneficiads pel prgrama só pderã trabalhar dentr das áreas priritárias d CsF? Sim. Tds s blsistas d prgrama terã brigatriamente que desenvlver atividades dentr das áreas priritárias d CNPq. 3) O CNPq vai pagar as mensalidades e as taxas ds estudantes n exterir? O CNPq nã pagará mensalidades e taxas. Ns acrds, alun e sua Instituiçã devem buscar isençã de taxas cm as Universidades u dirigentes das instituições n exterir. O CNPq busca bter api da iniciativa privada para pagament das taxas em situações específicas. 4) Ainda nã cncluí a graduaçã, pss participar d prgrama? Sim. O nível inicial d CsF é de graduaçã. Neste nível, alun deverá estar matriculad em curs de graduaçã n Brasil e pderá pleitear a blsa Graduaçã Sanduíche n Exterir (SWG) para fazer um estági de 6 a 12 meses n exterir. 5) Cm será cntrnada a barreira d idima?

6 As instituições de ensin superir brasileiras estã send estimuladas a ferecer curss intensivs de língua estrangeira para s ptenciais candidats à blsa que tenham dificuldade n idima utilizad na instituiçã de destin. O ensin superir em alguns países (cm Alemanha, China e Créia) é ttal u parcialmente realizad em língua inglesa, pssibilitand a candidatura de estudantes e pesquisadres cm dmíni de língua inglesa para esses países. A CAPES irá ferecer curss de inglês à distância de alta qualidade para s estudantes brasileirs já aceits n prgrama. O acess a curss de curta duraçã também pderá ser negciad, cnfrme a necessidade. N sentid de facilitar a vinda de estudantes e pesquisadres d exterir para Brasil, as Embaixadas e Cnsulads brasileirs estudam a pssibilidade de prmver Curss de Prtuguês n exterir. Grups lcais ajudarã na inserçã de estrangeirs, facilitand a superaçã da barreira d idima nesses cass. 6) Quais sã s critéris para p cncrrer às blsas de Graduaçã Sanduiche n Exterir (SWG)? Serã elegíveis s estudantes cm bm aprveitament acadêmic, assim cm s participantes ds prgramas de Iniciaçã Científica. Os aluns premiads em Olimpíadas de Matemática u Ciências, Feiras Científicas e atividades similares, de mérit recnhecid, também sã elegíveis a participar d prgrama. De imediat, serã distribuídas ctas de blsas para as instituições participantes ds prgramas PIBIC e PIBITI, bem cm a grups de pesquisas em rede cm s INCT. O alun deverá estar participand de algum prjet de pesquisa cm blsista u vluntári na Universidade, desde que prjet esteja devidamente cadastrad na Pró-Reitria de Pesquisa e Pós- Graduaçã da UERGS.

7 7) O prgrama cntempla alguma mdalidade de blsa para Mestrad n exterir? Nã, CNPq nã cncede blsas de Mestrad n Exterir. 8) O CNPq ficará respnsável pelas negciações para clcaçã ds estudantes n exterir e pela identificaçã das instituições estrangeiras para desenvlviment de prjets cnjunts? O CNPq está em cntat cm várias instituições n exterir para estimular intercâmbi relacinad cm Prgrama Ciência sem Frnteiras - CsF, mas a negciaçã para a estadia ds aluns e pesquisadres cabe as pesquisadres e instituições brasileiras. Sã eles s respnsáveis primáris pela identificaçã de prtunidades de clabraçã. O interessad deve prmver um cntat cm as instituições estrangeiras uma vez que elas terã a última palavra sbre quem irã receber. N cas ds aluns de graduaçã, esta negciaçã será em grande parte feita pelas instituições de ensin superir brasileiras. O CNPq irá prmver, ainda este an, chamadas específicas para instituições de excelência cm as quais estabeleceu acrds e nesses cass, haverá mecanisms facilitads de clcaçã. 9) ) As áreas de Ciências Humanas e Sciais nã estã cntempladas n prgrama. Cm pss participar? A relaçã das áreas priritárias d CsF está dispnível n prtal d prgrama (www.cienciasemfrnteiras.cnpq.br). As demais áreas, inclusive as Ciências Humanas e Sciais, cntinuam send atendidas nrmalmente pel CNPq, dentr d seu calendári anual. 10) ) Quand serã lançadas as chamadas d prgrama? As primeiras ctas de blsas para estudantes de graduaçã já fram cncedidas pel CNPq às instituições participantes ds prgramas PIBIC/PIBITI e prcess de seleçã será realizad pelas próprias

8 instituições. As mdalidades de blsa para estudantes e pesquisadres brasileirs realizarem atividades n exterir terã chamadas divulgadas ainda n segund semestre. Essas mdalidades incluem Dutrad Sanduíche n Exterir (SWE), Dutrad Plen (GDE), Pós Dutrad (PDE) e Estági Sênir (ESN). As mdalidades de blsa para cientistas radicads n exterir, Jvens Talents (BJT) e Pesquisadr Visitante Especial (PVE), terã chamada divulgada também n segund semestre. Pesquisadres ligads às empresas pderã participar de qualquer dessas chamadas. LINKS UTEIS - Crdenaçã de Aperfeiçament de Pessal de Nível Superir (CAPES) - - Cnselh Nacinal de Desenvlviment Cientific e Tecnlógic (CNPq) - - Relaçã das Universidades mais bem Classificadas ns Rankings Internacinais -

Seminário Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUCRS 20 a 22 de Outubro de 2014. Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Seminário Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUCRS 20 a 22 de Outubro de 2014. Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Seminári Pntificia Universidade Católica d Ri Grande d Sul PUCRS 20 a 22 de Outubr de 2014 Ministéri da Ciência, Tecnlgia e Invaçã ÍNDICE Cm funcina CNPq? Sistema de Avaliaçã Prjets e Blsas. Platafrmas

Leia mais

Ciência sem Fronteiras : O Programa Brasileiro de Mobilidade Científica no CNPq/MCT

Ciência sem Fronteiras : O Programa Brasileiro de Mobilidade Científica no CNPq/MCT Ciência sem Fronteiras : O Programa Brasileiro de Mobilidade Científica no CNPq/MCT Objetivos Avanço da ciência brasileira em tecnologia, inovação e competitividade, através da expansão da mobilidade internacional:

Leia mais

1ª EDIÇÃO. Regulamento

1ª EDIÇÃO. Regulamento 1ª EDIÇÃO Regulament 1. OBJETIVO O Prêmi BRASILIDADE é uma iniciativa d Serviç de Api às Micr e Pequenas Empresas n Estad d Ri de Janeir SEBRAE/RJ, idealizad pr Izabella Figueired Braunschweiger e cm a

Leia mais

Os valores solicitados para transporte e seguro saúde deverão ser comprovados por um orçamento integral fornecido por uma agência de viagem.

Os valores solicitados para transporte e seguro saúde deverão ser comprovados por um orçamento integral fornecido por uma agência de viagem. Aluns de Pós-Graduaçã de Instituições Estrangeiras Visa apiar visitas de n máxim 30 dias, de dutrands de instituições estrangeiras, qualificads, e prcedentes de Centrs de Excelência para estudarem, pesquisarem

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS MARIA THEREZA E PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE

FACULDADES INTEGRADAS MARIA THEREZA E PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE FACULDADES INTEGRADAS MARIA THEREZA E PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE O PROGRAMA: Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU COORDENAÇÃO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE A Universidade

Leia mais

PROGRAMAS/PROJECTOS. Indicador de Avaliaçã o. Programa /Projecto Objectivo Resultado

PROGRAMAS/PROJECTOS. Indicador de Avaliaçã o. Programa /Projecto Objectivo Resultado PROGRAMAS/PROJECTOS Prgrama /Prject Objectiv Resultad Indicadr de 1. Prgrama - Inserçã de Jvens na Vida Activa em particular s Candidats a Primeir Empreg Prmçã da inserçã de jvens n mercad de trabalh e

Leia mais

RESOLUÇÃO COMPLEMENTAR N o 01/2007 De 8 de novembro de 2007 Reedita as Normas para Reconhecimento de Títulos de Pós-Graduação, revogando a

RESOLUÇÃO COMPLEMENTAR N o 01/2007 De 8 de novembro de 2007 Reedita as Normas para Reconhecimento de Títulos de Pós-Graduação, revogando a RESOLUÇÃO COMPLEMENTAR N 01/2007 De 8 de nvembr de 2007 Reedita as Nrmas para Recnheciment de Títuls de Pós-Graduaçã, revgand a Resluçã Cmplementar n 02/93, de 25 de junh de 1993. O CONSELHO DE ENSINO,

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPQ/IFTM MODALIDADE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPQ/IFTM MODALIDADE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq/IFTM PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPQ/IFTM MODALIDADE

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE ENSINO E ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE ENSINO E ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE ENSINO E ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS CHAMADA PÚBLICA PROEN BOLSAS SANDUÍCHE NA GRADUAÇÃO Nº 01/2011

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS Cidade Universitária de Limeira DIRETRIZES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO DOS CURSOS DE GESTÃO 1 Sumári I. O Estági em Gestã...3 II. O Estági curricular...4 III. Acmpanhament e avaliaçã...5 IV. Mdels de Plan de Atividades e de Relatóri...5

Leia mais

Gestor de Inovação e Empreendedorismo (m/f) GIE /15 P

Gestor de Inovação e Empreendedorismo (m/f) GIE /15 P A Pessas e Sistemas, empresa de Cnsultria na área da Gestã e ds Recurss Humans e cm atividade nas áreas de Recrutament e Seleçã, Frmaçã e Cnsultria, prcura para a Câmara Municipal de Amarante - Agência

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO DE INICIAÇÃO PROFISSIONAL Intrduçã O presente Regulament cnstitui um dcument intern d curs de Ciências Cntábeis e tem pr bjetiv reger as atividades relativas a Estági de Iniciaçã

Leia mais

1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013

1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013 1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013 Ciência sem Fronteiras é um programa do Governo Federal que busca promover a consolidação, expansão

Leia mais

Edital Simplificado de Seleção de Monitoria 2015.1

Edital Simplificado de Seleção de Monitoria 2015.1 Institut Federal de Educaçã, Ciência e Tecnlgia d Ri de Janeir Edital Simplificad de Seleçã de Mnitria 2015.1 A Direçã Geral d IFRJ/, cmunica, pel presente Edital, que estarã abertas as inscrições para

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG) Edital N o 01 SWG/UNICENTRO/CNPq A Universidade Estadual do Centro-Oeste, por meio da Coordenação Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras, com base no Termo de Concessão 800773/2011-0 do Programa

Leia mais

b)por meio do Coordenador do Programa Ciência sem Fronteiras em sua instituição de ensino superior, para verificar as normas de seleção.

b)por meio do Coordenador do Programa Ciência sem Fronteiras em sua instituição de ensino superior, para verificar as normas de seleção. ESTUDANTES 1) Como faço para me inscrever no programa? Alunos de graduação terão duas opções: a)através das chamadas públicas divulgadas pelo CNPq ou pela CAPES, disponíveis no portal do programa Ciência

Leia mais

Plano de Gestão Chapa 2

Plano de Gestão Chapa 2 Plan de Gestã Chapa 2 CONSOLIDAR E FORTALECER OS PILARES DA UNIVERSIDADE, O ENSINO, A PESQUISA E A EXTENSÃO, COM AÇÕES QUE VISEM À MELHORIA DO APRENDIZADO E AS CONDIÇÕES DE TRABALHO, EM TODOS OS CURSOS

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ EDITAL Nº 02/2011-PPG PROCESSO DE SELEÇÃO DE BOLSAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CsF CNPq/ A, tendo como base o Programa Ciência sem Fronteiras e a Resolução

Leia mais

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS FGV DIREITO RIO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA ESCOLA DE DIREITO DO RIO DE JANEIRO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO CONTINUADA 2º semestre / 2012 O Prgrama de Educaçã Cntinuada da trna públic, para cnheciment

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteira

Programa Ciência sem Fronteira Programa Ciência sem Fronteira Graduação Sanduíche Pró-reitoria de Pesquisa Coesão interna para inserção externa Bolsas no país e exterior: número de bolsas-ano concedidas pelas agências federais, 2003-2009

Leia mais

Seminário Internacional Portugal - Brasil

Seminário Internacional Portugal - Brasil UM PROGRAMA ESPECIAL DE MOBILIDADE INTERNACIONAL EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO Gustavo Santos ast.porto@itamaraty.gov.br Setor de Cooperação Científica Superior Consulado-Geral do Brasil no Porto Seminário

Leia mais

REP REGISTO DOS PROFISSIONAIS DO EXERCICIO

REP REGISTO DOS PROFISSIONAIS DO EXERCICIO REP REGISTO DOS PROFISSIONAIS DO EXERCICIO Um prject eurpeu em clabraçã cm a EHFA Eurpean Health and Fitness Assciatin, cm sede em Bruxelas Regist ds Prfissinais Intrduçã Estams numa fase em que a Tutela

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016

PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016 PROGRAMA DE AÇÃO PARA O ANO 2016 Tend presente a Missã da Federaçã Prtuguesa de Autism: Defesa incndicinal ds direits das pessas cm Perturbações d Espectr d Autism e suas famílias u representantes. Representaçã

Leia mais

O projeto Key for Schools PORTUGAL

O projeto Key for Schools PORTUGAL O prjet Key fr Schls PORTUGAL O teste Key fr Schls O teste Key fr Schls é cncebid para aplicaçã em cntext esclar e está de acrd cm Quadr Eurpeu Cmum de Referência para as Línguas O teste Key fr Schls permite

Leia mais

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Perguntas frequentes sobre Ciência Sem Fronteiras- Alunos do Grupo Tiradentes (UNIT, FITS e FACIPE) Sumário O que é o Programa Ciência Sem Fronteiras?...

Leia mais

REUNIÃO COM OS COORDENADORES INSTITUCIONAIS DO PROGRAMA. Brasília, 07 de outubro de 2014.

REUNIÃO COM OS COORDENADORES INSTITUCIONAIS DO PROGRAMA. Brasília, 07 de outubro de 2014. REUNIÃO COM OS COORDENADORES INSTITUCIONAIS DO PROGRAMA Brasília, 07 de outubro de 2014. O Programa Ciência sem Fronteiras busca a consolidação e expansão da ciência, tecnologia, inovação e competitividade

Leia mais

REGULAMENTO 2015 BOLSA DE ESTUDO PARA COREIA DO SUL DENTRO DO MARCO DE COOPERAÇÃO ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E SEUL

REGULAMENTO 2015 BOLSA DE ESTUDO PARA COREIA DO SUL DENTRO DO MARCO DE COOPERAÇÃO ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E SEUL REGULAMENTO 2015 BOLSA DE ESTUDO PARA COREIA DO SUL DENTRO DO MARCO DE COOPERAÇÃO ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E SEUL SECRETARIA MUNICIPAL DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS E FEDERATIVAS DA PREFEITURA DE SÃO

Leia mais

INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES. Excelência na Formação através da Experiência e Aplicação MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO

INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES. Excelência na Formação através da Experiência e Aplicação MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO E IEES I EDUCAÇÃO DE SAÚDE INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES Excelência na Frmaçã através da Experiência e Aplicaçã MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO 1.CARGA HORÁRIA 32 Hras 2.DATA E LOCAL

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES e CNPq)

PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES e CNPq) Edital IF Farroupilha/PRPPGI/nº 09/2011 CsF - CAPES e CNPq Santa Maria, 6 de outubro de 2011. PROCESSO SELETIVO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO PARA PARTICIPAREM DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES e CNPq)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE JUIZ DE FORA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE JUIZ DE FORA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE JUIZ DE FORA PROGRAMA NACIONAL DE REORIENTAÇÃO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM SAÚDE PRÓ-SAÚDE PROJETO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA

Leia mais

Edital Ciência Sem Fronteiras: CNPq

Edital Ciência Sem Fronteiras: CNPq Edital Ciência Sem Fronteiras: CNPq A Coordenação Central de Cooperação Internacional (CCCI) da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) faz saber que estão abertas as inscrições para

Leia mais

VERSÃO ATUALIZADA EM 07/08/2015 > Alteração no cronograma (Art. 6º e Art. 12º).

VERSÃO ATUALIZADA EM 07/08/2015 > Alteração no cronograma (Art. 6º e Art. 12º). VERSÃO ATUALIZADA EM 07/08/2015 > Alteraçã n crngrama (Art. 6º e Art. 12º). APRESENTAÇÃO Idealizad e instituíd pela Assciaçã Nacinal de Entidades Prmtras de Empreendiments Invadres (Anprtec), em parceria

Leia mais

Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e- mail:propesp@furg.br

Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e- mail:propesp@furg.br As Pró-reitorias de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESP) e de Graduação (PROGRAD), no uso de suas atribuições, tornam público o edital de seleção interna para o Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação

Leia mais

FUNDAÇÃO CHAMPAGNAT RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014

FUNDAÇÃO CHAMPAGNAT RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014 FUNDAÇÃO CHAMPAGNAT RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014 Març 2015 FUNDAÇÃO CHAMPAGNAT MORADA Estrada de Benfica, nº 372 - Lisba Tel./Fax. 217780073 Email funda_champagnat@maristascmpstela.rg Índice I. Intrduçã.1

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE LAMEGO EDITAL EDITAL CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS (CTeSP) 2015 CONDIÇÕES DE ACESSO 1. Pdem candidatar-se a acess de um Curs Técnic Superir Prfissinal (CTeSP) da ESTGL tds s que estiverem

Leia mais

EDITAL Nº 025 / 2015 SELEÇÃO DE SUPERVISOR DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

EDITAL Nº 025 / 2015 SELEÇÃO DE SUPERVISOR DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG Pró-Reitria de Graduaçã Rua Gabriel Mnteir da Silva, 700 - Alfenas/MG - CEP 37130-000 Fne: (35) 3299-1329 Fax: (35) 3299-1078 grad@unifal-mg.edu.br

Leia mais

METAS DE COMPREENSÃO:

METAS DE COMPREENSÃO: 1. TÓPICO GERADOR: Vivend n sécul XXI e pensand n futur. 2. METAS DE COMPREENSÃO: Essa atividade deverá ter cm meta que s aluns cmpreendam: cm se cnstrói saber científic; cm as áreas d saber estã inter-relacinadas

Leia mais

DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS

DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS DIRETORIA DE UNIDADE COORDENAÇÃO DE CURSOS PROJETO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (X) PROJETO DE PESQUISA PROJETO DE EXTENSÃO Acadêmic ; Scial PROJETO DE INTERDISCIPLINARIDADE

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq)

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) EDITAL PROPEPG Nº 06 de 04 de Junho de 2013 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação vêm através deste Edital, divulgar no âmbito da Instituição

Leia mais

Programa Ciência Sem Fronteiras (CsF) Palestra de apresentação do programa

Programa Ciência Sem Fronteiras (CsF) Palestra de apresentação do programa Programa Ciência Sem Fronteiras (CsF) Palestra de apresentação do programa D.Sc. Emílio G. F. Mercuri Departamento de Engenharia Ambiental (DEA) Curso de Graduação em Engenharia Ambiental (CGEA) Universidade

Leia mais

REGULAMENTO DE POLÍTICA DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DOS SERVIDORES DA FETLSVC - RS

REGULAMENTO DE POLÍTICA DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DOS SERVIDORES DA FETLSVC - RS REGULAMENTO DE POLÍTICA DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DOS SERVIDORES DA FETLSVC - RS Julh 2007 INTRODUÇÃO As amplas, prfundas e rápidas transfrmações pr que passa a nssa sciedade prvcaram, frçsamente,

Leia mais

FORMULÁRIO COLETA CAPES DISCENTE 2013

FORMULÁRIO COLETA CAPES DISCENTE 2013 FORMULÁRIO COLETA CAPES DISCENTE 2013 Este frmulári deve ser preenchid pr tds s aluns matriculads n Mestrad em Atençã à Saúde n an de 2013. Os dads servirã para atualizar, n Cleta Capes, as atividades

Leia mais

CHAMADA INTERNA 40/2011 PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq - UFSM

CHAMADA INTERNA 40/2011 PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq - UFSM Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Pró-Reitoria de Graduação Secretaria de Apoio Internacional CHAMADA INTERNA 40/ PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA

Leia mais

Ministério da Justiça. Orientações para a preparação dos Policiais que atuam na Região

Ministério da Justiça. Orientações para a preparação dos Policiais que atuam na Região Ministéri da Justiça Departament da Plícia Federal Academia Nacinal de Plícia Secretaria Nacinal de Segurança Pública Departament de Pesquisa, Análise da Infrmaçã e Desenvlviment Humanan Orientações para

Leia mais

Projetos, Programas e Portfólios

Projetos, Programas e Portfólios Prjets, Prgramas e Prtfólis pr Juliana Klb em julianaklb.cm Prjet Segund PMBOK (2008): um prjet é um esfrç temprári empreendid para criar um nv prdut, serviç u resultad exclusiv. Esta definiçã, apesar

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS O Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n.

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 118/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos de

Leia mais

Túnel da Ciência São Paulo - 2014

Túnel da Ciência São Paulo - 2014 Túnel da Ciência Sã Paul - 2014 1. O que é? A realizaçã, em Sã Paul, da mair e mais interativa expsiçã d mund na área de educaçã para as Ciências: Túnel da Ciência. A expsiçã será exibida de 30/01/2014

Leia mais

WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL

WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL WORKSHOPS SOBRE AS POSSIBILIDADES DE COOPERAÇÃO / CONCENTRAÇÃO NO SECTOR AUXILIAR NAVAL ÍNDICE I. Apresentaçã e bjectivs d wrkshp II. III. Resultads ds inquérits Ambiente cmpetitiv Negóci Suprte Prcesss

Leia mais

Relatório com Recomendações de Ligação do Sector Empresarial e Universitário Português ao dos PALOP

Relatório com Recomendações de Ligação do Sector Empresarial e Universitário Português ao dos PALOP Estud sbre Envlviment d Setr TICE Prtuguês n Desenvlviment da Sciedade de Infrmaçã ns Outubr de 2013 - Versã Preliminar - Relatóri cm Recmendações de Ligaçã d Sectr Empresarial e Universitári Prtuguês

Leia mais

Avaliação da pós-graduação strictu sensu no brasil.

Avaliação da pós-graduação strictu sensu no brasil. XXVII Cngres de la Asciación Latinamericana de Scilgía. Asciación Latinamericana de Scilgía, Buens Aires, 2009. Avaliaçã da pós-graduaçã strictu sensu n brasil. Gustav Javier Castr Silva y Centr Universitári

Leia mais

Dados sobre investimento da FAPESP revelam articulação entre geração do conhecimento e sua aplicação

Dados sobre investimento da FAPESP revelam articulação entre geração do conhecimento e sua aplicação POLÍTICA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA Dads sbre investiment da FAPESP revelam articulaçã entre geraçã d cnheciment e sua aplicaçã A ESP investiu, n an 2000, R$ 550,7 milhões fment à atividade científica e

Leia mais

Pós-graduação. em Negócios e Marketing de Moda

Pós-graduação. em Negócios e Marketing de Moda Pós-graduaçã em Negócis e Marketing de Mda Pós-graduaçã em Negócis e Marketing de Mda Intrduçã A Faculdade Santa Marcelina é recnhecida nacinalmente pel seu pineirism pr lançar a primeira graduaçã de mda

Leia mais

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017

Florianópolis, 25 de janeiro de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 Flrianóplis, 25 de janeir de 2016 EDITAL PARA CANDIDATURA À SEDE DO 6º ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA CIVIL 2017 1) Cnsiderações Gerais: A Federaçã Nacinal ds Estudantes de Engenharia Civil

Leia mais

Guia de Instruções para Inscrições no Programa Ciência Sem Fronteiras

Guia de Instruções para Inscrições no Programa Ciência Sem Fronteiras Guia de Instruções para Inscrições no Programa Ciência Sem Fronteiras A Coordenadoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão do Centro Universitário de Sete Lagoas UNIFEMM, no uso de suas atribuições, divulga

Leia mais

EDITAL Nº 01/NIC/ 2014

EDITAL Nº 01/NIC/ 2014 Núcle de Intercâmbi e Cperaçã Institucinal EDITAL Nº 01/NIC/ 2014 Seleçã de acadêmics para Intercâmbi n primeir semestre de 2015 d Prgrama de Blsas Iber-Americanas Santander Universidades 2014 A Universidade

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS PARA DISCENTES NOS PROJETOS DE EXTENSÃO DA FACULDADE ASCES EM 2015.2

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS PARA DISCENTES NOS PROJETOS DE EXTENSÃO DA FACULDADE ASCES EM 2015.2 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS PARA DISCENTES NOS PROJETOS DE EXTENSÃO DA FACULDADE ASCES EM 2015.2 A Faculdade ASCES, através d Núcle de Extensã e Atividades Cmplementares,

Leia mais

EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CSF/IFRS/CNPq. Bolsas de Graduação Sanduíche no Exterior SWG CNPq

EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CSF/IFRS/CNPq. Bolsas de Graduação Sanduíche no Exterior SWG CNPq EDITAL PROPI/PROEN/PROEX Nº 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CSF/IFRS/CNPq Bolsas de Graduação Sanduíche no Exterior SWG CNPq As Pró-Reitorias de Pesquisa e Inovação, de Ensino e de Extensão do

Leia mais

EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq

EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq EDITAL Nº 035-2011/PROPP/UEMS Programa - CsF-SWG /CNPq SELEÇÃO DE ALUNOS AO PROGRAMA INSTITUCIONAL CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS BOLSAS SANDUÍCHE NA GRADUAÇÃO CsF-SWG /CNPq 1. OBJETO A Pró-Reitora de Pesquisa

Leia mais

EDITAL INTERNO Nº 06/2014

EDITAL INTERNO Nº 06/2014 EDITAL INTERNO Nº 06/2014 HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES DOS CANDIDATOS DO IFRJ PARA SELEÇÃO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - BOLSA DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE A Pró-Reitora de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação

Leia mais

Objetivos do Programa

Objetivos do Programa UM PROGRAMA ESPECIAL DE MOBILIDADE INTERNACIONAL EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO Objetivos do Programa Oferecer 100 mil bolsas de estudo no exterior para que nossos mais talentosos estudantes de graduação,

Leia mais

Dúvidas Frequentes sobre o programa Ciência Sem Fronteiras. Coordenação Institucional do programa Ciência sem Fronteiras na UFRJ

Dúvidas Frequentes sobre o programa Ciência Sem Fronteiras. Coordenação Institucional do programa Ciência sem Fronteiras na UFRJ Dúvidas Frequentes sobre o programa Ciência Sem Fronteiras Coordenação Institucional do programa Ciência sem Fronteiras na UFRJ Texto: Paulo Henrique Schau Guerra Colaboração: Erika Noel Ribas Dantas,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

ORIENTAÇÕES AOS CANDIDATOS CONTEMPLADOS NO

ORIENTAÇÕES AOS CANDIDATOS CONTEMPLADOS NO ORIENTAÇÕES AOS CANDIDATOS CONTEMPLADOS NO Prezad(a) Alun(a) A mbilidade acadêmica internacinal é uma prtunidade valisa para seu cresciment individual, acadêmic e prfissinal. Nã permita que a falta de

Leia mais

EDITAL UnC 137/2011 I DISPOSIÇÕES GERAIS:

EDITAL UnC 137/2011 I DISPOSIÇÕES GERAIS: EDITAL UnC 137/2011 Dispõe sobre a Concessão de cotas de bolsa na modalidade Graduação Sanduíche no Exterior SWG do Programa Ciência sem Fronteiras do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e

Leia mais

PROGRAMA REGIONAL MATH-AmSud 3a CHAMADA DE PROPOSTAS Ano 2010

PROGRAMA REGIONAL MATH-AmSud 3a CHAMADA DE PROPOSTAS Ano 2010 1. O prgrama reginal MATH-AmSud PROGRAMA REGIONAL MATH-AmSud 3a CHAMADA DE PROPOSTAS An 2010 O Prgrama reginal MATH-AmSud é uma iniciativa da cperaçã francesa e suas cntrapartes da Argentina, Brasil, Chile,

Leia mais

PLANEJAMENTO - 2012 GESTÃO 2012-2015

PLANEJAMENTO - 2012 GESTÃO 2012-2015 Institut Federal de Educaçã, Ciência e Tecnlgia Catarinense Câmpus Santa Rsa d Sul PLANEJAMENTO - 2012 GESTÃO 2012-2015 Institut Federal de Educaçã, Ciência e Tecnlgia Catarinense Câmpus Santa Rsa d Sul

Leia mais

LETRAMENTOS ACADÊMICOS

LETRAMENTOS ACADÊMICOS 110. CONEX Apresentaçã Oral Resum Expandid ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das pções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA

Leia mais

Seminário de Acompanhamento SNPG. Área 21. APCNs. André F Rodacki Marcia Soares Keske Rinaldo R J Guirro

Seminário de Acompanhamento SNPG. Área 21. APCNs. André F Rodacki Marcia Soares Keske Rinaldo R J Guirro Seminári de Acmpanhament SNPG Área 21 APCNs André F Rdacki Marcia Sares Keske Rinald R J Guirr Áreas de Avaliaçã - CAPES Clégi de Humanidades Ciências Humanas Ciências Sciais Aplicadas Linguística, Letras

Leia mais

LII RECyT/REUNIÃO ESPECIALIZADA DE CIÊNCIA TECNOLOGIA DO MERCOSUL/WORKSHOP RECyT E AGÊNCIAS DE FOMENTO. Brasília, Brasil, 17 de junho de 2015.

LII RECyT/REUNIÃO ESPECIALIZADA DE CIÊNCIA TECNOLOGIA DO MERCOSUL/WORKSHOP RECyT E AGÊNCIAS DE FOMENTO. Brasília, Brasil, 17 de junho de 2015. LII RECyT/REUNIÃO ESPECIALIZADA DE CIÊNCIA TECNOLOGIA DO MERCOSUL/WORKSHOP RECyT E AGÊNCIAS DE FOMENTO Brasília, Brasil, 17 de junh de 2015. Reuniu-se na cidade de Brasília, n dia 17 de junh de 2015 s

Leia mais

Anglo American. Biodiversidade Brasil

Anglo American. Biodiversidade Brasil Angl American Bidiversidade Brasil GRUPO ANGLO AMERICAN A Angl American é um ds maires grups de mineraçã e recurss naturais d mund, cmprmetida em perar de frma sustentável e respnsável. Um ds Princípis

Leia mais

Oferecer oportunidade de estudo e estágio a discentes brasileiros em universidades de excelência;

Oferecer oportunidade de estudo e estágio a discentes brasileiros em universidades de excelência; UM PROGRAMA ESPECIAL DE MOBILIDADE INTERNACIONAL EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO Objetivos do Programa Oferecer oportunidade de estudo e estágio a discentes brasileiros em universidades de excelência;

Leia mais

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios.

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios. Prêmi Data Pint de Criatividade e Invaçã - 2011 N an em que cmpleta 15 ans de atuaçã n mercad de treinament em infrmática, a Data Pint ferece à cmunidade a prtunidade de participar d Prêmi Data Pint de

Leia mais

MAGDA FERREIRA DA FONTE

MAGDA FERREIRA DA FONTE MAGDA FERREIRA DA FONTE CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS Nme E-mail Nacinalidade Magda Ferreira da Fnte magda.fnte@reitria.ulisba.pt Prtuguesa FORMAÇÃO ACADÉMICA Nvembr de 2014 Estudante de Dutrament na

Leia mais

táxis compartilhados Shared-transport / Shared-taxi

táxis compartilhados Shared-transport / Shared-taxi Benefícis ds serviçs de transprte de táxis cmpartilhads Shared-transprt / Shared-taxi Reuniã de Especialistas sbre Transprte Urban Sustentável: Mdernizand e Trnand Eclógicas as Frtas de Táxis nas Cidades

Leia mais

Dados Gerais. Código / Nome do Curso. 196 / Escola de Gestores- Curso de Especialização em Gestão Escolar. Gestão Educacional

Dados Gerais. Código / Nome do Curso. 196 / Escola de Gestores- Curso de Especialização em Gestão Escolar. Gestão Educacional Códig / Nme d Curs Status Códig - Área Subárea Especialida Dads Gerais 196 / Escla Gestres- Curs Especializaçã em Gestã Esclar Ativ 49 / Educaçã Gestã Educacinal Gestã Esclar Nivel d Curs Especializaçã

Leia mais

SÍNTESE DA PROPOSTA. CHAPA - UFRB: Excelência e Diversidade

SÍNTESE DA PROPOSTA. CHAPA - UFRB: Excelência e Diversidade Universidade Federal d Recôncav da Bahia SÍNTESE DA PROPOSTA DE PROGRAMA DE GESTÃO À REITORIA DA UFRB (2015-2019) DA CHAPA - UFRB: Excelência e Diversidade Prfa. Dra. Ana Rita Santiag (Reitra) Prf. Dr.

Leia mais

EDITAL AREX 2013. Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche no Exterior para segundo semestre de 2014

EDITAL AREX 2013. Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche no Exterior para segundo semestre de 2014 EDITAL AREX 2013 Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche no Exterior para segundo semestre de 2014 A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES e o Conselho

Leia mais

Centro de Referência: Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Centro de Referência: Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centr de Referência: Universidade Federal d Ri Grande d Nrte Edital para Seleçã de Preceptres de internat, estágis e residência em saúde. EDITAL 01/2015 A Universidade Federal d Ri Grande d Nrte, pr mei

Leia mais

Programa de Rádio. Ritmo Económico. Angola!Open!Policy!Initiative

Programa de Rádio. Ritmo Económico. Angola!Open!Policy!Initiative Prgrama de Rádi Ritm Ecnómic AnglaOpenPlicyInitiative 1 Rádi: Kairós da Igreja Metdista de Angla Nme d Prgrama: Ritm Ecnómic Géner: Talk shw Educativ Data da primeira ediçã: (pr definir) Apresentadres:

Leia mais

PRÊMIO DE INCENTIVO À EDUCAÇÃO

PRÊMIO DE INCENTIVO À EDUCAÇÃO PRÊMIO DE INCENTIVO À EDUCAÇÃO 1. OBJETIVO O Prêmi de Incentiv à Educaçã é uma iniciativa das empresas d Pl Industrial, através d Cmitê de Fment Industrial de Camaçari - COFIC. Tem pr bjetiv estimular,

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras

Programa Ciência sem Fronteiras Programa Ciência sem Fronteiras Apresentação Este GUIA foi elaborado pela Diretoria de Relações Internacionais (DRI), Pró-Reitoria de Graduação (PRG) e Pró- Reitoria de Pesquisa (PRP) da UFLA para orientar

Leia mais

EDITAL SWG 01/2011 - Bolsas Sanduíche na Graduação

EDITAL SWG 01/2011 - Bolsas Sanduíche na Graduação EDITAL SWG 01/2011 - Bolsas Sanduíche na Graduação O programa Ciência sem Fronteiras, CNPq, busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade

Leia mais

MASTERCOMP ESCOLA DE INFORMÁTICA

MASTERCOMP ESCOLA DE INFORMÁTICA www.mastercmp.net 1 www.mastercmp.net www.mastercmp.net INFORMAÇO ES ADICIONAIS DO CURSO DE PROMODEL E MS PROJECT Prgramaçã: Carga hrária: 32 Hras Lcal: Sã Sebastiã d Paraís MG Prgramas usads n curs: MS

Leia mais

Salvador, Bahia Sexta-feira 19 de Julho de 2013 Ano XCVII N o 21.187 EDITAL Nº 073/2013

Salvador, Bahia Sexta-feira 19 de Julho de 2013 Ano XCVII N o 21.187 EDITAL Nº 073/2013 Salvadr, Bahia Sexta-feira 19 de Julh de 2013 An XCVII N 21.187 EDITAL Nº 073/2013 FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA SELEÇÃO DE DIVULGADORES DO PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2014 DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA

Leia mais

Juliana Kumbartzki Ferreira csf@contato.ufsc.br www.sinter.ufsc.br Telefone: 3721-8739

Juliana Kumbartzki Ferreira csf@contato.ufsc.br www.sinter.ufsc.br Telefone: 3721-8739 Juliana Kumbartzki Ferreira csf@contato.ufsc.br www.sinter.ufsc.br Telefone: 3721-8739 Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO

Faculdade de Tecnologia SENAI Florianópolis e Faculdade de Tecnologia SENAI Jaraguá do Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Faculdade de Tecnlgia SENAI Flrianóplis e Faculdade de Tecnlgia SENAI Jaraguá d Sul EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduaçã Lat Sensu em Gestã da Segurança da Infrmaçã em Redes de Cmputadres A Faculdade

Leia mais

Estratégias do CNPq para a Pesquisa e Inovação

Estratégias do CNPq para a Pesquisa e Inovação Estratégias do CNPq para a Pesquisa e Inovação Dr. Glaucius Oliva Presidente CNPq Publicações Matrículas no Ensino Superior Docentes com Doutorado Orçamento - MCTI Orçamento - CNPq Orçamento - Capes Orçamento

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 01/2014

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 01/2014 UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ASSESSORIA DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 01/2014 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE, ATRAVÉS DO PROGRAMA

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011

Programa Ciência sem Fronteiras. Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011 Programa Ciência sem Fronteiras Graduação Sanduíche nos EUA Chamada Pública CAPES nº 01/2011 A CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, vinculada ao Ministério da Educação,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO EDITAL N 045/2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROCESSO

Leia mais

é a introdução de algo novo, que atua como um vetor para o desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida

é a introdução de algo novo, que atua como um vetor para o desenvolvimento humano e melhoria da qualidade de vida O que é invaçã? Para a atividade humana: é a intrduçã de alg nv, que atua cm um vetr para desenvlviment human e melhria da qualidade de vida Para as empresas: invar significa intrduzir alg nv u mdificar

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 1. DISPOSIÇÕES GERAIS

EDITAL Nº 01/2014 1. DISPOSIÇÕES GERAIS CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE BELO HORIZONTE Coordenação de Pesquisa e Extensão Coordenação Institucional-Programa Ciência sem Fronteiras EDITAL Nº 01/2014 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA GRADUAÇÃO

Leia mais

Regulamento da Feira de Ciência

Regulamento da Feira de Ciência Regulament da Feira de Ciência A Feira A Feira de Ciência é um é um prject rganizad pel Núcle de Física d Institut Superir Técnic (NFIST). Esta actividade cnsiste em desenvlver um prject científic pr um

Leia mais

EDITAL Nº 006/2011-PRPI

EDITAL Nº 006/2011-PRPI EDITAL Nº 006/2011-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação e a Coordenadora de Relações Internacionais Pró-reitoria de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE,

Leia mais

COORDENAÇÃO GERAL DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS. Edital Complementar nº 003/2012

COORDENAÇÃO GERAL DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS. Edital Complementar nº 003/2012 COORDENAÇÃO GERAL DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS Edital Complementar nº 003/2012 A Coordenação Geral de Relações Institucionais e Internacionais, no uso de suas atribuições legais, torna público

Leia mais

EDITAL 001/2013 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE PRÉ-SELEÇÃO INTERNA

EDITAL 001/2013 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE PRÉ-SELEÇÃO INTERNA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO INSTITUCIONAL DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS EDITAL

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche (SWG) nos EUA (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/IIE nº 102/2011) A Pró-Reitora de Graduação da PUCRS faz saber

Leia mais