Questão 1. alternativa D. 94 percent of its hydroelectric potential and the United States uses over 77 percent, she said. (Forbes, July 27, 2004)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Questão 1. alternativa D. 94 percent of its hydroelectric potential and the United States uses over 77 percent, she said. (Forbes, July 27, 2004)"

Transcrição

1 As questões de números 01 a 06 referem-se ao TEXTO 1. TEXTO 1 Brazil to Announce Electric Sector Rules President Luiz Inácio Lula da Silva will soon issue a decree providing a much needed regulatory framework for Brazil s electric sector, the country s mines and energy minister said Tuesday. Dilma Rousseff said Silva would sign the decree by next week. The framework has been eagerly awaited by electricity companies who have been reluctant to invest in Brazil because of lack of clear rules. "The decree puts expansion (of generating capacity) at its center and creates a market that is extremely competitive," said Rousseff, who declined to offer further details until the decree is published. She said the framework should allow work to go forward on some 45 stalled projects for electric generation facilities, which have been held up by environmental concerns or a lack of financing. In 2002, Brazil had to resort to energy rationing because a lack of rainfall left the country s hydroelectric dams well below capacity. About 95 percent of Brazil s electricity comes from hydroelectric dams. The government of President Fernando Henrique Cardoso responded by implementing an emergency plan to expand the country s electrical generation capacity, mainly through thermoelectric plants that do not depend on rainfall. But on Tuesday, Rousseff said the emphasis on thermoelectricity was misplaced because it would be hard to find enough gas to run those plants for the 10 days or so every year when they would be needed. She said Brazil s future remained in hydroelectric generation, pointing out that the country uses only 24 percent of its hydroelectric potential. By comparison, France uses about 94 percent of its hydroelectric potential and the United States uses over 77 percent, she said. (Forbes, July 27, 2004) Questão 1 The electric sector decree mentioned in the text a) will provide a framework for state control of mines and energy. b) favors international electricity investors. c) still lacks clear rules for the energy sector. d) will foster investments by electricity companies. e) was signed and issued by Dilma Rousseff in August alternativa D Tradução completa do texto: Brasil Deve Anunciar Regras para o Setor Elétrico O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinará brevemente um decreto que criará um conjunto de leis reguladoras essenciais para o setor elétrico do Brasil, disse na terça-feira a ministra de Minas e Energia daquele país. Dilma Rousseff afirmou que Lula assinaria o decreto até a próxima semana. O conjunto de leis vem sendo ansiosamente aguardado pelas companhias de eletricidade, que estão relutantes em investir no Brasil devido à falta de regras claras. "O decreto tem no seu ponto central a expansão (da capacidade geradora) e cria um mercado que é extremamente competitivo", diz Rousseff, que se recusou a fornecer maiores detalhes até que o decreto seja publicado. Ela afirmou que o conjunto de leis permitirá que prossigam os trabalhos de cerca de 45 projetos para a criação de usinas elétricas paralisados devido a preocupações com o meio ambiente ou à falta de financiamento. Em 2002, o Brasil teve que recorrer ao racionamento de energia, pois uma escassez de chuvas deixou as represas das hidroelétricas do país bem abaixo de sua capacidade. Cerca de 95% da eletricidade do Brasil vem de represas hidroelétricas. O governo do presidente Fernando Henrique Cardoso reagiu implementando um plano

2 inglês 2 de emergência para expandir a capacidade de geração elétrica do país, principalmente através de usinas termoelétricas, que não dependam de chuvas. Mas na terça-feira, Rousseff disse que a ênfase na termoeletricidade foi equivocada, pois seria difícil encontrar gás suficiente para alimentar essas usinas durante mais ou menos dez dias, todos os anos, quando fossem necessárias. Ela disse que o futuro do Brasil permanecia na geração hidroelétrica, ressaltando que o país usa apenas 24% de sua capacidade hidroelétrica. Por comparação, a França usa 94% de seu potencial hidroelétrico e os EUA mais de 77%, ela afirmou. Questão 2 The decree should create an energy market that will a) be competitive for retailers but not for consumers. b) cover 24% of the Brazilian territory. c) decline in some regions due to decentralized production. d) generate unfair competition among national and international investors. e) fulfill the aim of expanding the energy generating capacity. Questão 3 alternativa E In Brazil, a) the 2002 energy rationing covered 95% of energy plants. b) most electricity is generated by hydroelectric dams. c) almost all hydroelectric potential has been used. d) there are 45 thermoelectric projects that should be restarted. e) only 5% of energy is consumed in the north region, where major dams are located. alternativa B Questão 4 Dilma Rousseff a) clearly prefers hydroelectric dams rather than thermoelectricity. b) criticized the decree because it does not encompass mines and thermoelectricity. c) thinks that gas is an energy alternative to be considered. d) will only implement the 45 projects that are environmentally safe. e) said that lack of financing is the main obstacle for expanding hydroelectric dams. Questão 5 alternativa A The government of Fernando Henrique Cardoso a) developed and expanded electricity generated by hydroelectric dams. b) concentrated 95% of total energy investment on hydroelectricity. c) had to ration energy due to unfavorable climate that affected the dams. d) implemented a diversification policy, which leveled electricity demand. e) started a regulatory framework that now will be implemented by Ms. Rousseff. Questão 6 alternativa C Brazilian hydroelectric potential is a) overused like in France and the US. b) underused unlike in France. c) overestimated just like in other countries. d) underestimated because there is still 24% to be used. e) being gradually increased until it reaches 94%.

3 inglês 3 alternativa B As questões de números 07 a 10 referem-se ao TEXTO 2. TEXTO 2 community to turn creative industries into instruments of leverage for developing countries. Now, the Minister wishes to establish the International Forum of Creative Industries, with headquarters in Brazil, to discuss the implementation of strategies in this area. (Brazzil Magazine, August 27, 2004) Brazil Wants Culture as Basic Human Right Brazil s Minister of Culture, Gilberto Gil, challenged the 35 member countries of the Organization of American States (OAS) to include culture on the list of basic policies to promote economic development and foster social inclusion. At the second OAS Ministers meeting, which ended on August 24, in Mexico, Gil emphasized: Government policies for culture can no longer be secondary, fragile, peripheral. They represent the social and infrastructure policies of the 21 st century. According to the Minister, it is necessary to expand the notion of culture as a vital dimension of citizenship, social inclusion, and quality of life, the notion of culture as an obligation of the State. Gil reminded the other ministers present that the development process is not completed, if it is not given cultural underpinnings, if it does not incorporate wider access by the population to the means of production and dissemination of cultural materials. Earlier this month, the Culture Minister talked about creativity as a basis of the production process during the First Evaluation Meeting of the XI United Nations Conference on Trade and Development (UNCTAD) in Geneva. For Gil, the so-called creative industries should have a distinct policy. In his view, cultural goods and services cannot be treated in the same way as their commercial counterparts, because they contain specific values for sovereignty and the preservation of cultures. At the XI UNCTAD, which took place this year in São Paulo, the Minister launched a proposal calling for a global policy of free circulation of cultural goods and products. Gil s idea is to mobilize the international Questão 7 According to the information presented in the article, Gilberto Gil a) went to an UNCTAD meeting in Mexico, where he presented a project involving culture. b) said in Geneva that creativity is fundamental for all industries, no matter what their focus is. c) said that the development process should turn culture into a profitable good. d) put forward the idea that creative industries should be treated the same way as other industries. e) believes the idea that culture should include the notion of citizenship, social inclusion and quality of life. alternativa E Tradução completa do texto: O Brasil Quer a Cultura como Direito Humano Básico O ministro da Cultura do Brasil, Gilberto Gil, desafiou os 35 países membros da OEA a incluir a cultura na lista de políticas básicas para promover o desenvolvimento econômico e fomentar a inclusão social. Na segunda reunião de ministros da OEA, que terminou no dia 24 de agosto, no México, Gil enfatizou: "As políticas governamentais para a cultura não podem mais ser secundárias, frágeis e periféricas. Elas representam as políticas sociais e de infra-estrutura do século XXI". De acordo com o ministro, é preciso expandir a noção de cultura como uma dimensão vital da cidadania, inclusão social e qualidade de vida, "a noção de cultura como obrigação do Estado". Gil lembrou aos demais ministros presentes que o processo de desenvolvimento "não estará completo, se não houver

4 inglês 4 um alicerce cultural, se não incorporar acesso mais amplo pela população aos meios de produção e disseminação dos materiais culturais". No início deste mês, o ministro da Cultura falou da criatividade como base do processo de produção durante o Primeiro Encontro de Avaliação da XI Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), em Genebra. Para Gil, as chamadas "indústrias criativas" deveriam ter uma política distinta. Na sua visão, bens e serviços culturais não podem ser tratados do mesmo modo que seus equivalentes comerciais, pois contêm valores específicos para a soberania e preservação das culturas. Na XI UNCTAD, que se realizou neste ano em São Paulo, o ministro lançou uma proposta de política global para a livre-circulação de bens e produtos culturais. A idéia de Gil é mobilizar a comunidade internacional para a transformação de indústrias criativas em instrumentos para alavancar países em desenvolvimento. No momento, o ministro pretende instituir o Fórum Internacional de Indústrias Criativas, com sede no Brasil, para discutir a implementação de estratégias nessa área. Questão 8 According to Gil, a) government policies for culture are secondary, fragile and peripheral at present and he wants this to change. b) the other culture ministers of the 35 OAS member countries will also subscribe his culture project. c) cultural goods include values such as international acceptance of peripheral cultures. d) there should be a wider market for globalized cultural goods. e) creative industries should not interfere with federal police. Questão 9 alternativa A A proposal for a global policy of free circulation of cultural goods and products a) was agreed at the International Forum of Creative Industries. b) will be developed at the XI UNCTAD. c) was launched in São Paulo. d) was approved in Geneva. e) was turned down at the OAS. Questão 10 alternativa C The quotation from the first paragraph of the text...if it is not given cultural underpinnings... means a) so that it should be granted cultural support. b) when the development process is not included in the cultural area. c) although it is granted cultural support. d) further, the development process isn t given basic structure. e) unless the development process is given cultural underpinnings. alternativa E As questões de números 11 a 15 referem-se ao TEXTO 3. TEXTO 3 Poor Nations Flex Trade Muscles After five decades of being bullied or ignored in multilateral trade talks, the world s poorer nations yesterday enjoyed the first real confirmation that the balance of power has shifted a little in their direction. The agreement in Geneva to kick-start the so-called Doha Round was seen by many developing nations as a delayed vindication of the tough stand they took in trade talks in Cancun, Mexico, last September. Before Cancun, the post-war trading system had spent decades opening markets to the exports of rich nations while leaving in place huge barriers and distortions in the agricultural markets that are disproportionately important

5 inglês 5 to poorer countries. The result is that tariffs imposed on goods produced by the poor defined by the World Bank as people earning less than $US2 ($2.85) a day are twice as high as those on the more sophisticated products made by people who are not poor. At the Cancun meeting of the 147-nation World Trade Organization, a new Group of 20 developing nations, led by Brazil, South Africa, India and China, used for the first time the clout that comes with the WTO s reliance on consensus, which in effect gives each member a power of veto. When the developing nations insisted on more reform of farm trade, and rejected the so-called Singapore issues being pushed by countries such as Japan covering rich country concerns such as facilitating foreign investment the traditional trade powers were furious. The Cancun meeting broke up in disarray with European Union trade commissioner Pascal Lamy warning darkly that the medieval structure of the WTO meant there might be little future for a rules-based multilateral system. (The Australian, August 2, 2004) Questão 11 The poorer nations a) have been ignored in Doha as well as in Cancun. b) have endured tough trade barriers after Cancun meeting. c) should increase the earning of their population to $2.85 a day. d) may acquire some power after the agreement in Geneva. e) are paying twice as high tariffs for the World Bank. alternativa D Tradução completa do texto: Nações Pobres Mostram sua Força Após serem intimidadas ou ignoradas em conversações comerciais multilaterais por cinco décadas, as nações mais pobres do mundo se deleitaram ontem com a primeira confirmação real de que o equilíbrio do poder tende um pouco em sua direção. O acordo em Genebra para dar o pontapé inicial na assim chamada Rodada de Doha foi visto por muitas nações em desenvolvimento como uma revanche tardia da situação difícil em que elas ficaram nas conversações comerciais em Cancún, no México, em setembro passado. Antes de Cancún, o sistema comercial do pós-guerra havia passado décadas abrindo mercados para as exportações das nações ricas, enquanto deixava no lugar barreiras enormes e distorções nos mercados agrícolas que são extremamente importantes para os países pobres. O resultado é que as tarifas impostas sobre os artigos produzidos pelos países pobres definidos pelo Banco Mundial como nações onde se ganha menos do que $US 2 ($ 2.85) por dia são duas vezes maiores do que aquelas impostas sobre produtos mais sofisticados feitos pelos que não são pobres. No encontro das 147 nações da Organização Mundial do Comércio, em Cancún, um novo "grupo dos 20" de países em desenvolvimento, liderados por Brasil, África do Sul, Índia e China, usou pela primeira vez a influência que vem com a necessidade e consenso da OMC, que em efeito dá a cada membro poder de veto. Quando as nações em desenvolvimento insistiram em mais reformas para o comércio agrícola, e rejeitaram os assim chamados temas de Cingapura que vêm sendo promovidos por países como o Japão proteger os interesses dos países ricos tais como facilitar o investimento estrangeiro as tradicionais potências comerciais ficaram furiosas. O encontro em Cancún terminou em confusão, com o delegado comercial da União Européia, Pascal Lamy, alertando sombriamente que, com a estrutura medieval da OMC, haveria pouco futuro para um sistema multilateral baseado em regras. Questão 12 According to the information presented in the text, a) Japan backs the "Group of 20" concerns. b) the "Group of 20" consists of developing nations, including Brazil. c) WTO is composed of 147 rich nations and 20 developing nations. d) Singapore issues were rejected by Japan and by developing countries. e) the traditional trade powers include Brazil, South Africa, India and China.

6 inglês 6 Questão 13 alternativa B The developing nations a) are against farm trade. b) insist that tariffs on sophisticated products should be lower. c) wish to reform the barriers and distortions in farm trade. d) delayed discussions on trade in Cancun. e) agree that their production system is medieval, just like the WTO structure. alternativa C Questão 14 The expression such as in...concerns such as facilitating foreign investment... (paragraph 3) introduces a) an example. b) a cause. c) an obstacle. d) a generalization. e) an alternative. alternativa A Such as = tais como Questão 15 The word those in...are twice as high as those on the more sophisticated products... (paragraph 2) refers to a) sophisticated products. b) goods. c) people. d) tariffs. e) the poor. alternativa D

CPV o cursinho que mais aprova na fgv

CPV o cursinho que mais aprova na fgv 22 fgv - 05/12/2004 CPV o cursinho que mais aprova na fgv GEOGRAFIA 61. Em lugar de ser um obstáculo à globalização, a regionalização pode ser vista como um processo por meio do qual a globalização recria

Leia mais

As questões de números 01 a 06 referem-se ao TEXTO 1. TEXTO 1 Brazil to Announce Electric Sector Rules

As questões de números 01 a 06 referem-se ao TEXTO 1. TEXTO 1 Brazil to Announce Electric Sector Rules As questões de números 01 a 06 referem-se ao TEXTO 1. TEXTO 1 Brazil to Announce Electric Sector Rules President Luiz Inácio Lula da Silva will soon issue a decree providing a much needed regulatory framework

Leia mais

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya)

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) Processo de exportação de perecíveis aos EUA (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) World Production of Tropical Fruit World production of tropical

Leia mais

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br Preposições na língua inglesa geralmente vem antes de substantivos (algumas vezes também na frente de verbos no gerúndio). Algumas vezes é algo difícil de se entender para os alunos de Inglês pois a tradução

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 75/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 75/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Teoria Económica Clássica e Neoclássica

Teoria Económica Clássica e Neoclássica Teoria Económica Clássica e Neoclássica Nuno Martins Universidade dos Açores Jornadas de Estatística Regional 29 de Novembro, Angra do Heroísmo, Portugal Definição de ciência económica Teoria clássica:

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014 TEXTO Brazil Leads Decline Among World's Biggest Companies THE losses OF São Paulo's stock market AND THE decline OF Brazil's real made Brazilian companies THE biggest losers among THE world's major companies,

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 70/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 70/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 67/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 67/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies)

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies) IMPACT INVESTING WE STARTED... A Venture Capital Fund Focused on Impact Investing Suport: Financial TA Criterias to select a company: Social Impact Profitabilty Scalability Investment Thesis (Ed, HC,

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 74/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 74/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

Workshop 2 Changes in Automotive Industry: New Markets Different Technologies?

Workshop 2 Changes in Automotive Industry: New Markets Different Technologies? Organization: Cooperation: Workshop 2 Changes in Automotive Industry: New Markets Different Technologies? Volkswagen do Brasil Cologne, August 25 th, 2008 Volkswagen do Brasil Present in Brazil since 1953

Leia mais

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS 01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS OBS1: Adaptação didática (TRADUÇÃO PARA PORTUGUÊS) realizada pelo Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos. OBS2: Textos extraídos do site: http://www.englishclub.com

Leia mais

Interface between IP limitations and contracts

Interface between IP limitations and contracts Interface between IP limitations and contracts Global Congress on Intellectual Property and the Public Interest Copyright Exceptions Workshop December 16, 9-12:30 Denis Borges Barbosa The issue Clause

Leia mais

Brazil: Wind Energy Opportunities

Brazil: Wind Energy Opportunities Brazil: Wind Energy Opportunities Anne McIvor, Cleantech Investor BWEC 2012 2-3 April - São Paulo Brazilian Wind Energy The Brazilian Wind States BAHIA BAHIA: Projects Focus on semi-arido (semi-desert)

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão: 26 30 41 A questão 26 do código 02, que corresponde à questão 30 do código 04 e à questão 41 do código 06 Nº de Inscrição: 2033285 2041257 2030195 2033529 2032517 2080361 2120179 2120586 2037160

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo

PRESS RELEASE. Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo PRESS RELEASE 8 de Dezembro de 2009 Mecanismos fiscais aos Business Angels sucedem-se um pouco por todo o mundo FNABA representou Portugal, em Pequim (China), na First Global Conference da World Business

Leia mais

Inglês 22 Passive Voice

Inglês 22 Passive Voice Inglês 22 Passive Voice A voz passiva é muito utilizada em inglês. Por sorte, ela não é difícil de entender. Observe como ela é organizada. To be + Participle = Passive Usando-se então o verbo to be, em

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA Coimbra, May 2013. Carlos Souza & Cristina Silva

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA Coimbra, May 2013. Carlos Souza & Cristina Silva ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA Coimbra, May 2013 Carlos Souza & Cristina Silva Population: 10,6 million. According to INE (National Institute of Statistics) it is estimated that more than 2 million

Leia mais

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Os principais modelos Modelo europeu tradicional: diferenciação no secundário entre vertentes acadêmicas e técnico-profissionais

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water André Rauen Leonardo Ribeiro Rodnei Fagundes Dias Taiana Fortunato Araujo Taynah Lopes de Souza Inmetro / Brasil

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Adcley Souza (adcley.souza@hotmail.com) Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric

Leia mais

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL JOÃO CRESTANA President of Secovi SP and CBIC National Commission of Construction Industry SIZE OF BRAZIL Population distribution by gender, according to age group BRAZIL 2010

Leia mais

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016

Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Prova de Seleção Mestrado LINGUA INGLESA 15/02/2016 Instruções aos candidatos: (1) Preencher somente o número de inscrição em todas as folhas. (2) Usar caneta preta ou azul. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Leia mais

Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos.

Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos. Hi, students! Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos. Além disso, tenho uma super novidade para vocês: minha página no facebook!

Leia mais

ISAMARA SEABRA O FINANCIAMENTO DAS PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS NO BRASIL

ISAMARA SEABRA O FINANCIAMENTO DAS PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS NO BRASIL UniCEUB Centro Universitário de Brasília Instituto CEUB de Pesquisa e Desenvolvimento Programa de Mestrado em Direito ISAMARA SEABRA O FINANCIAMENTO DAS PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS NO BRASIL BRASÍLIA -

Leia mais

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Parte 16 - Pedidos de Anexo I: Instruções para o modelo de documento justificativo de pedido de Versão 1.0 Página 1 de 7 Instruções Na IUCLID, por cada informação

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 39/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 39/2013 Parte integrante da Aula 05 do meu Curso de Inglês em Exercícios para AFT do site Canal dos Concursos (www.canaldosconcursos.com.br) Aulas em PDF Olá a todos, Antes de passarmos para a resolução da prova

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD 1) Gabarito oficial definitivo - Questão 1 A) Quando o candidato redigiu: The users can have control of their data and they determine what data they want to reveal, rather than be forced. Quando o candidato

Leia mais

INTERNATIONAL CRIMINAL COURT. Article 98 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119

INTERNATIONAL CRIMINAL COURT. Article 98 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119 INTERNATIONAL CRIMINAL COURT Article 98 Agreement between the UNITED STATES OF AMERICA and CAPE VERDE Signed at Washington April 16, 2004 NOTE BY THE

Leia mais

Direitos Exclusivos de Comercialização e Dados de

Direitos Exclusivos de Comercialização e Dados de FDLI Estados Unidos e Brasil: Navegando nas Novas Fronteiras dos Medicamentos, Instrumentos Médicos e Regulamentação 10 e 11 de Setembro de 2012 São Paulo, Brasil Direitos Exclusivos de Comercialização

Leia mais

GHG missions in sugar cane ethanol production and avoided CO2

GHG missions in sugar cane ethanol production and avoided CO2 Biocombustíveis GHG missions in sugar cane ethanol production and avoided CO2 Balance of CO2 capture by sugar cane: D = C + E + F + G (3) Net avoided CO2 by sugar cane ethanol = H + H A B - C (4) A B C

Leia mais

PAINEL: Visões e Perspectivas Gabriel Antonio Marão

PAINEL: Visões e Perspectivas Gabriel Antonio Marão SEMINÁRIO: INTERNET DAS COISAS: OPORTUNIDADES E PERSPECTIVAS DA NOVA REVOLUÇÃO DIGITAL PARA O BRASIL Agenda 1 2 3 4 5 O QUE É IOT IOT NO MUNDO IOT NO BRASIL FÓRUM BRASILEIRO DE IoT ATIVIDADES VISÕES E

Leia mais

Cerimónia de Entrega do CERR no Instituto de Seguros de Portugal

Cerimónia de Entrega do CERR no Instituto de Seguros de Portugal The future debate on occupational pensions in continental Europe will no longer solely depend on the economic efficiency values of these pensions but on their role in social protection model Yves Stevens,

Leia mais

Reach. Reach. A legislação européia que alcança a todos, inclusive você. The European legislation that reaches everyone, including you

Reach. Reach. A legislação européia que alcança a todos, inclusive você. The European legislation that reaches everyone, including you Reach A legislação européia que alcança a todos, inclusive você Reach The European legislation that reaches everyone, including you São Paulo, 24 de Novembro de 2011 08:45h Invitation Programa 8.45 ABERTURA

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO RELAÇÕES INTERNACIONAIS Movimentos de Capitais Estrangeiro no Brasil Investimento Estrangeiro Direto e sua relação

Leia mais

In this lesson we will review essential material that was presented in Story Time Basic

In this lesson we will review essential material that was presented in Story Time Basic Portuguese Lesson 1 Welcome to Lesson 1 of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM. Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 23/2012

WWW.ADINOEL.COM. Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 23/2012 TEXTO Obama in Chicago for NATO Summit President Barack Obama is in his home town of Chicago, Illinois, where he will host leaders of the 28 trans-atlantic allies for the NATO summit beginning Sunday.

Leia mais

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS SÍNTESE DA AULA DE INGLÊS ENSINO MÉDIO I VOCABULÁRIO IMPORTANTE: 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS II - PERSONAL PRONOUNS

Leia mais

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE?

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE? Visitor, is this is very important contact with you. I m Gilberto Martins Loureiro, Piraí s Senior Age Council President, Rio de Janeiro State, Brazil. Our city have 26.600 habitants we have 3.458 senior

Leia mais

What is Bullying? Bullying is the intimidation or mistreating of weaker people. This definition includes three important components:1.

What is Bullying? Bullying is the intimidation or mistreating of weaker people. This definition includes three important components:1. weaker people. This definition includes three important components:1. Bullying is aggressive behavior that involves unwanted, negative actions. 2. Bullying involves a pattern of behavior repeated over

Leia mais

The Brazil United States Consumer Product Safety Conference Brazil United States Joint Press Statement June 10, 2011 Rio de Janeiro, Brazil Common Interests Ensuring a high level of consumer product safety

Leia mais

2. HUMAN RESOURCES 2. RECURSOS HUMANOS 1 RECRUTAMENTO E SELECÇÃO 1 RECRUITMENT AND SELECTION 2 QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES

2. HUMAN RESOURCES 2. RECURSOS HUMANOS 1 RECRUTAMENTO E SELECÇÃO 1 RECRUITMENT AND SELECTION 2 QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES RECURSOS HUMANOS HUMAN RESOURCES . RECURSOS HUMANOS RECRUTAMENTO E SELECÇÃO. HUMAN RESOURCES RECRUITMENT AND SELECTION O recrutamento e a situação contratual, no ano em análise, e face ao anterior, caracterizaram-se

Leia mais

SEE Workshop 2: Design Support for SMEs & Public Sector

SEE Workshop 2: Design Support for SMEs & Public Sector SEE Workshop 2: Design Support for SMEs & Public Sector Brussels, 12 December 2012 Session 1: Attitudes to Design and Raising Awareness of Design Raising Awareness of a Region s Design Sector Paredes Centre

Leia mais

Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Departamento de História Programa de Pós-Graduação em História Econômica

Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Departamento de História Programa de Pós-Graduação em História Econômica Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Departamento de História Programa de Pós-Graduação em História Econômica A Política Econômica Externa do Governo Castelo Branco

Leia mais

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011 Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas Comitê de Comércio Exterior Brasília Julho de 2011 BALANÇA BRASILEIRA DE COMÉRCIO EXTERIOR DE BENS E SERVIÇOS* US$ Bilhões BRAZILIAN FOREIGN TRADE IN GOODS

Leia mais

ELEnA European Local ENergy Assistance

ELEnA European Local ENergy Assistance ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública ELEnA European Local ENergy Assistance Lisboa, 6/03/2015 Desafios 1 Conhecimento: a) Edifícios/equipamentos; b) Capacidade técnica; c)

Leia mais

DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Maracanãzinho Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr. Rio de Janeiro/RJ Brasil

DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Maracanãzinho Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr. Rio de Janeiro/RJ Brasil DATE July 04 th and 05 th, 2009. VENUE Ginásio Gilberto Cardoso Rua Professor Eurico Rabelo, S/Nr Rio de Janeiro RJ Brazil ORGANIZER Confederação Brasileira de Judô Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro

Leia mais

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho GUIÃO A 1º Momento Intervenientes e Tempos Descrição das actividades Good morning / afternoon / evening, A and B. For about three minutes, I would like

Leia mais

WP8 Quality and Management/Governance National study Portuguese version 2012

WP8 Quality and Management/Governance National study Portuguese version 2012 With the support of the Lifelong Learning Programme of the European Union Identifying Barriers in Promoting the European Standards and Guidelines for Quality Assurance at Institutional Level IBAR Agreement

Leia mais

A. Situação / Situation

A. Situação / Situation A. Situação / Situation A Assembleia Mundial da Saúde (OMS) aprova em 1969 o Regulamento Sanitário Internacional, revisto pela quarta vez em 2005. Esta última versão entrou em vigor no plano internacional

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

Gerenciamento de projetos SMART GRID

Gerenciamento de projetos SMART GRID Gerenciamento de projetos SMART GRID OBJETIVO Em razão da (o): Grandiosidade e complexidade dos projetos SMART GRID Contexto econômico local e global vs. QUALIDADE dos serviços públicos. p Exigências de

Leia mais

ECONOMIA E AGRONEGÓCIO: A IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO SETOR SUCROALCOOLEIRO

ECONOMIA E AGRONEGÓCIO: A IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO SETOR SUCROALCOOLEIRO ECONOMIA E AGRONEGÓCIO: A IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO SETOR SUCROALCOOLEIRO 61 Ana Caroline Veiga Universidade do Oeste Paulista, Curso de Administração, Presidente Prudente, SP. Email:

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

Descrição das actividades

Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Em Acção Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião D 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

ANTECEDENTES DA RIO + 10

ANTECEDENTES DA RIO + 10 ANTECEDENTES DA RIO + 10 RIO + 5 - evento organizado pela ONG Conselho da Terra, foi realizado no Rio de Janeiro de 13 e 19/3/1997 e teve forte participação empresarial e a presença de apenas 50 ONGs.Como

Leia mais

Saulo de Souza Ladeira. Técnica, território e ensino a distância: Articulações histórico-teóricas. Dissertação de Mestrado

Saulo de Souza Ladeira. Técnica, território e ensino a distância: Articulações histórico-teóricas. Dissertação de Mestrado Saulo de Souza Ladeira Técnica, território e ensino a distância: Articulações histórico-teóricas Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Geografia da PUC-Rio como

Leia mais

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410

APRESENTAÇÃO. ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 APRESENTAÇÃO ABNT CB-3 Comitê Brasileiro de Eletricidade Comissão de Estudo CE 03:064.01 Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR 5410 Instalações elétricas de baixa tensão NBR 5410:1997 NBR 5410:2004

Leia mais

Perguntas & Respostas

Perguntas & Respostas Perguntas & Respostas 17 de Abril de 2008 Versão Portuguesa 1. O que é uma Certidão Permanente?...4 2. Como posso ter acesso a uma Certidão Permanente?...4 3. Onde posso pedir uma Certidão Permanente?...4

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

Inglês 11 The Present Perfect.

Inglês 11 The Present Perfect. Inglês 11 The Present Perfect. O Present Perfect é um tempo verbal em inglês que mostra uma ação que ocorreu no passado, mas os efeitos estão no presente. My grandfather has recovered from his illness.

Leia mais

Inglês 17 Past Perfect

Inglês 17 Past Perfect Inglês 17 Past Perfect O Past Perfect é um tempo verbal utilizado quando temos duas ações que ocorreram no passado, porém uma delas ocorreu antes da outra. When you called, she had just received the bad

Leia mais

Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência no Estado de São Paulo Dentro do MoU (Memorando de Entendimento) que o Governo do Estado tem com o Reino Unido estão sendo promovidos vários

Leia mais

Definição de competitividade

Definição de competitividade TRIBUTAÇÃO E COMPETITIVIDADE VII Jornadas do IPCA 25.11.2006 Claudia Dias Soares Universidade Católica Portuguesa Definição de competitividade EC 2004: a sustained rise in the standards of living of a

Leia mais

Fontes energéticas alternativas e o panorama energético do estado da Bahia

Fontes energéticas alternativas e o panorama energético do estado da Bahia Fontes energéticas alternativas e o panorama energético do estado da Bahia entrevista ÉRIKA GARCEZ DA ROCHA MARCELO SILVA DE CARVALHO DELFINO doi: 10.7724/caititu.2013.v1.n1.d11 Alternative energy sources

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO BRASIL CONTEXTO HISTÓRICO E CONTEMPORANEIDADE RESUMO

EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO BRASIL CONTEXTO HISTÓRICO E CONTEMPORANEIDADE RESUMO EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO BRASIL CONTEXTO HISTÓRICO E CONTEMPORANEIDADE Maricélia Tomáz de Souto 1 (mariceliatomaz@gmail.com) Beatriz da Silva Lima 1 (beatrizslima7@gmail.com) Erica Domingos Pereira 1 (ericadp.domingos@gmail.com)

Leia mais

IMMIGRATION Canada. Study Permit. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMM 5849 E (04-2015)

IMMIGRATION Canada. Study Permit. São Paulo Visa Office Instructions. Table of Contents. For the following country: Brazil IMM 5849 E (04-2015) IMMIGRATION Canada Table of Contents Document Checklist Study Permit (disponible en Portuguese) Study Permit São Paulo Visa Office Instructions For the following country: Brazil This application is made

Leia mais

Organização Mundial do Comércio: Possibilidades e Limites

Organização Mundial do Comércio: Possibilidades e Limites Organização Mundial do Comércio: Possibilidades e Limites Análise Integração Regional / Economia e Comércio Bernardo Erhardt de Andrade Guaracy 15 de outubro de 2003 Organização Mundial do Comércio: Possibilidades

Leia mais

LÍNGUA INGLESA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Reading - Typographic Marks

LÍNGUA INGLESA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Reading - Typographic Marks Conteúdo: Reading - Typographic Marks Habilidades: Utilizar as Marcas Tipográficas para facilitar a compreensão e também chamar a atenção do leitor. Typographic Marks O que são marcas tipográficas? As

Leia mais

BRASIL Perspectivas para o Comércio Exterior

BRASIL Perspectivas para o Comércio Exterior BRASIL Perspectivas para o Comércio Exterior Welber Barral Junho 2012 Brasil: Acordos Internacionais Multilateral Agreements World Trade Organization Agreements. Regional and Bilateral Agreements MERCOSUR

Leia mais

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them?

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them? GUIÃO A Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Chocolate Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios

Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA Capital Humano e Capital Social: Construir Capacidades para o Desenvolvimento dos Territórios Sandra Sofia Brito da Silva Dissertação

Leia mais

LISTA DE TABELAS. Tabela 2.1 - Evolução da produção de Energia em Manaus 24 Tabela 2.2 - Consumo médio de energia em dez municípios do

LISTA DE TABELAS. Tabela 2.1 - Evolução da produção de Energia em Manaus 24 Tabela 2.2 - Consumo médio de energia em dez municípios do I LISTA DE FIGURAS FIGURA 2.1 - Ruína do Forte da Barra 6 FIGURA 2.2 - Ponte de Ferro da Sete de Setembro 14 FIGURA 2.3 - Usina Térmica de Manaus 1 (UTM 1) Aparecida 20 FIGURA 2.4 - Usina térmica de Manaus

Leia mais

ANO I Abertura Opening Os primeiros movimentos do jogo Há um ano, três advogados vindos de renomados escritórios de advocacia, onde exerciam funções de destaque, se reuniram em torno de uma idéia:

Leia mais

SERVIÇOS DADOS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL

SERVIÇOS DADOS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL SERVIÇOS DADOS DO COMÉRCIO INTERNACIONAL 2014 e 1º Semestre de 2015 SERVICES DATA OF INTERNATIONAL TRADE 2014 and 1º Semester of 2015 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Ministério do Desenvolvimento, Indústria

Leia mais

make a decision ANÁLISE EXEMPLO decide/choose

make a decision ANÁLISE EXEMPLO decide/choose make a decision decide/choose A expressão make a decision significa tomar uma decisão. O verbo make é utilizado aqui porque a decisão não existe ainda, ou seja, não é algo que será executado, mas sim algo

Leia mais

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development?

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Emerson Murphy-Hill Thomas Zimmermann and Nachiappan Nagappan Guilherme H. Assis Abstract

Leia mais

Portugal Hub Logístico Global

Portugal Hub Logístico Global Portugal Hub Logístico Global Intervenção de Ricardo Félix 10/11/2009 Logistema - Consultores em Logística Portugal Hub Logístico Global - Agenda Portugal Logístico O conceito e a oportunidade Plataformas

Leia mais

NOTA: Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web. 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening )

NOTA: Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web. 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening ) Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web Barueri, / / 2009 Trimestre: 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening ) NOTA: ACTIVITY ONE: Put the verses in order according to what

Leia mais

FDLI s Brazil Conference

FDLI s Brazil Conference Programa Alimentos Seguros: uma experiência brasileira Food Safety Program: a Brazilian experience FDLI s Brazil Conference Zeide Lúcia Gusmão, MSc. National Coordinator PAS SENAI Nacional Department São

Leia mais

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks Intellectual Property IFAC Formatting Guidelines Translated Handbooks AUTHORIZED TRANSLATIONS OF HANDBOOKS PUBLISHED BY IFAC Formatting Guidelines for Use of Trademarks/Logos and Related Acknowledgements

Leia mais

O COMÉRCIO INTERNACIONAL COMO FONTE GERADORA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL DO PAÍS

O COMÉRCIO INTERNACIONAL COMO FONTE GERADORA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL DO PAÍS O COMÉRCIO INTERNACIONAL COMO FONTE GERADORA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL DO PAÍS RIGHETTI, Renato César. Discente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais -FAEG renato_righetti@hotmail.com

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Inglês 6º Ano de Escolaridade Prova 06 / 2.ª Fase 7 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. 2014 Prova 06/ 2.ª F.

Leia mais

Conteúdo Programático Anual

Conteúdo Programático Anual INGLÊS 1º BIMESTRE 5ª série (6º ano) Capítulo 01 (Unit 1) What s your name? What; Is; My, you; This; Saudações e despedidas. Capítulo 2 (Unit 2) Who s that? Who; This, that; My, your, his, her; Is (afirmativo,

Leia mais

Gestão de Benefícios 1

Gestão de Benefícios 1 Gestão de Benefícios 1 Payment process of Bolsa Família Benefit granting The Municipalities register poor families Following quality analysis, registries are activated for benefit granting Based on its

Leia mais

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO

PROVA COMENTADA E RESOLVIDA PELOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO COMENTÁRIO GERAL DOS PROFESSORES DO CURSO POSITIVO Uma prova, para avaliar tantos candidatos deve ser sempre bem dosada como foi a deste ano. Houve tanto questões de interpretação (6) como de gramática

Leia mais

Lição 40: deve, não deve, não deveria

Lição 40: deve, não deve, não deveria Lesson 40: must, must not, should not Lição 40: deve, não deve, não deveria Reading (Leituras) You must answer all the questions. ( Você deve responder a todas as We must obey the law. ( Nós devemos obedecer

Leia mais

INTERNATIONAL COFFEE AGREEMENT 2007 CONCLUDED IN LONDON, 28 SEPTEMBER 2007 ADJUSTMENTS TO THE PORTUGUESE TEXT OF THE AGREEMENT

INTERNATIONAL COFFEE AGREEMENT 2007 CONCLUDED IN LONDON, 28 SEPTEMBER 2007 ADJUSTMENTS TO THE PORTUGUESE TEXT OF THE AGREEMENT DN 14/08/ICA 2007 International Coffee Organization Organización Internacional del Café Organização Internacional do Café Organisation Internationale du Café 29 May 2008 Depositary Notification E INTERNATIONAL

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM. Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 61/2013. TEXTO In Ten Years of Bolsa Família, Federal Expenses with Assistance Triple

WWW.ADINOEL.COM. Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 61/2013. TEXTO In Ten Years of Bolsa Família, Federal Expenses with Assistance Triple TEXTO In Ten Years of Bolsa Família, Federal Expenses with Assistance Triple In the ten years of the Bolsa Familia program, completed on Sunday, the biggest change in the federal government's budget was

Leia mais