PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS DE PESQUISA. Prof.ª Larissa da Silva Ferreira Alves TCC II

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS DE PESQUISA. Prof.ª Larissa da Silva Ferreira Alves TCC II"

Transcrição

1 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS DE PESQUISA Prof.ª Larissa da Silva Ferreira Alves TCC II

2 Necessidade de compreensão de que MÉTODO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS (METODOLOGIA)

3 ALVES, 2008.

4 MÉTODO NA GEOGRAFIA Método funcionalista e sistêmico: O espaço geográfico visto como um sistema/ geossistema Enquadram-se nesse tipo de sistema a totalidade das relações que compõem a realidade como um todo, desde uma célula, passando por bacias hidrográficas, as cidades, a economia, a sociedade, etc, numa relação simbiótica no tempo e no espaço, sendo diversas as concepções teóricas e conceitos desenvolvidos a partir da idéia de sistemas abertos, dando base à abordagem sistêmica, principalmente a partir de meados do século XX (VICENTE & PEREZ FILHO, 2003, p. 331); Noção de paisagem;

5 MÉTODO NA GEOGRAFIA Método dialético, materialismo histórico e humanista [...] a dinâmica social inscrita em um espaço que é, ao mesmo tempo, reprodutor de desigualdades e a condição de sua superação, o reflexo de uma ordem e um dos meios possíveis para transformar esta mesma ordem; Moraes (2005, p.131) ressalta a diversidade metodológica na Geografia Crítica esta apresenta um mosaico de orientações metodológicas bastante variado: estruturalista, existencialistas, analíticos, marxistas (em suas várias nuances), ecléticos etc. aqui a unidade se esvanece [...] como único traço comum, o discurso crítico.z parte da dialética social que o funda (GOMES, 1996, p. 297).

6 Possibilidades de metodologias de investigação com base em seus objetivos PESQUISAS EXPLORATÓRIAS Necessidade de ir a campo e desenvolver seus próprios métodos de avaliação; PESQUISAS DESCRITIVAS Objetiva a descrição de características de determinada população ou fenômeno; Utilizam-se de técnicas padronizadas de coletas de dados, tais como o questionário e observação do fato; Importante também é buscar a natureza motivadora de determinado fenômeno; PESQUISAS EXPLICATIVAS Identificar os fatores que determinam ou que contribuem para a ocorrência do fenômeno GIL, 2015.

7 PESQUISA POR LEVANTAMENTO DE DADOS Interrogação direta das pessoas cujo comportamento se deseja conhecer. Vantagens: conhecimento direto da realidade; economia e rapidez, quantificado. Limitações: ênfase nos aspectos perceptíveis, pouca profundidade no estrutural, limitada apreensão dos processos de mudanças; GIL, Possibilidades de metodologias de investigação com base em técnicas utilizadas PESQUISA BIBLIOGRÁFICA Livros, publicações de periódicos, impressos diversos PESQUISA DOCUMENTAL Assemelha-se a pesquisa bibliográfica, porém detida a documentos oficiais, governamentais etc;

8 Possibilidades de metodologias de investigação com base em técnicas utilizadas ESTUDO DE CAMPO Assemelha-se aode levantamento dedados, porém com maior profundidade ESTUDO DE CASO Análise sobre algo específico, fenômeno singular INSTRUMENTOS DE COLETA DE DADOS o que será utilizado para produzir os dados? A entrevista ou o questionário será mais ou menos estruturado? Como o instrumento será distribuído e aplicado? GIL, 2015.

9 Técnicas mais comumente utilizadas Técnica de observação direta: faz uso dos sentidos para captar aspectos da realidade; Técnica de entrevista: utiliza a conversação entre indivíduos, efetuada metodicamente. Pode também ser obtida através de questionários e/ou formulários; Técnica de testes: utiliza instrumentos padronizados com a finalidade de obtenção de dados específicos e quantitativos; Técnica de anamnese: caracteriza-se pela obtenção da história de vida de alguém, para um conhecimento mais aprofundado do objeto de estudo; oralidades;

10 Geografia humana: onde pesquisar Dados disponibilizados no IBGE: Perfil dos municípios brasileiros (pesquisa por interesses em dados de prefeituras municipais) Mapas de base (shapes) de divisões municipais, divisões entre setores censitários urbano e rural, divisão regional, REGIC, Redes e fluxos do território Pesquisa de informações básicas municipais Censo demográfico 2010 Datasus; PNUD (Atlas do Desenvolvimento Humano (IDH);

11 Temas em geografia humana Políticas públicas Geografia do voto Globalização Espaços agrários e urbanos Redes e fluxos Movimento pendular Migrações Epistemologia Dinâmica e espacialização de produtos e mercadorias Modos de produção e trabalho Ordenamento territorial Formação dos Estados-nação Espacialização de festejos Comportamentos culturais/ étnicos...

12 Geografia física Dados disponibilizados no IBGE: Mapas de base (shapes) para serem trabalhados em softwares de geoprocessamento: Topografia Recursos naturais Fauna, flora Uso da terra CPRM IDEMA / IBAMA / EMPARN Ministério do Meio Ambiente INPE USGS (Serviço geológico americano)

13 Geografia física Ao delimitar seu objeto de estudo, existe a premente necessidade de definição de quais elementos da paisagem serão analisados: Humanos? Culturais? (percepção) Ex: na análise de uma bacia hidrográfica, buscar compreender a relação entre os elementos físicos que compõem aquela paisagem, tais como geologia, geomorfologia, pedologia, biogeografia, climatologia, hidrografia; Ex. Análise geossistêmica: análise dos elementos físicos e suas relações. Como o clima define na formação de determinados tipos de solos e, consequentemente na formação geomorfológica da área?

14 Temas em geografia física Gestão de recursos naturais Impactos ambientais Resiliência Meio ambiente urbano Unidades de conservação Análises de impacto ambiental Educação ambiental Degradação ambiental Erosão Vulnerabilidade ambiental Riscos Monitoramento ambiental Exploração de recursos naturais Recuperação de áreas degradadas Análise de alterações ambientais Análises hídricas

15 Ensino de geografia DOIS PÓLOS DE ANÁLISE Professor e Aluno Educação: VISÃO POLARIZADA VISÃO UNIFICADA aluno-professor processo ensino -aprendizagem Existe ensino onde não há aprendizagem? De que forma melhor se aprende?

16 Ensino de geografia Aspectos da Formação Prática A prática profissional para a qual seus alunos estão sendo formados Relação Teoria Prática Prática como significação da teoria Docente Ponte entre a academia e a sociedade

17 Ensino de geografia Aspectos da Formação Pedagógica Mais que o saber dar aula Planejamento de: - Objetivos gerais e específicos da educação; - Caracterização da clientela; - Conhecimento do mercado de trabalho; - Objetivos do processo de ensino-aprendizagem; - Seleção dos conteúdos; - Atividades e recursos de ensino-aprendizagem; - Avaliação da aprendizagem; - Possibilidades de construção e reconstrução do conhecimento (pesquisa) na relação professor-aluno.

18 Referências ALVESFlamarion Dutra. Considerações sobre métodos e técnicas em geografia humana. In: DIALOGUS, Ribeirão Preto, v.4, n.1, GIL, Antonio C. Como classificar pesquisas. Disponível em: BORAR_PROJETOS_DE_PESQUISA_Copia Acesso em 07/04/2015.

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA LICENC. (Currículo iniciado em 2014)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA LICENC. (Currículo iniciado em 2014) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM GEOGRAFIA LICENC. (Currículo iniciado em 2014) BIOGEOGRAFIA 136 H/A 2902 Fundamentos da Biogeografia. Meio Abiótico e Biótico. Regiões Biogeográficas

Leia mais

6GEO052 CARTOGRAFIA Noção de Astronomia de Posição; Sistema de Referência Terrestre; Cartografia Sistemática; Cartometria.

6GEO052 CARTOGRAFIA Noção de Astronomia de Posição; Sistema de Referência Terrestre; Cartografia Sistemática; Cartometria. HABILITAÇÃO: BACHARELADO 1ª Série 6GEO052 CARTOGRAFIA Noção de Astronomia de Posição; Sistema de Referência Terrestre; Cartografia Sistemática; Cartometria. 6GEO054 CLIMATOLOGIA Bases teóricas da climatologia:

Leia mais

PROJETOS DE PESQUISA E CLASSIFICAÇÃO DOS TIPOS DE PESQUISAS

PROJETOS DE PESQUISA E CLASSIFICAÇÃO DOS TIPOS DE PESQUISAS METODOLOGIA CIENTÍFICA PROJETOS DE PESQUISA E CLASSIFICAÇÃO DOS TIPOS DE PESQUISAS 1 PROJETO DE PESQUISA CONCEITO PRODUTO MATERIAL DA ETAPA QUE ANTECEDE A PESQUISA PROPRIAMENTE DITA. ESTABELECE OS TERMOS

Leia mais

GEOGRAFIA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia

GEOGRAFIA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia GEOGRAFIA COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia eduardomaia@ufv.br 314 Currículos dos Cursos do CCH UFV Currículo do Curso de Geografia Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter um perfil

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV. GEOGRAFIA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Leonardo Civale

Currículos dos Cursos UFV. GEOGRAFIA Bacharelado e Licenciatura. COORDENADOR Leonardo Civale 150 Currículos dos Cursos UFV GEOGRAFIA Bacharelado e Licenciatura COORDENADOR Leonardo Civale civale@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 151 Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter

Leia mais

GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia

GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA. COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia GEOGRAFIA BACHARELADO E LICENCIATURA COORDENADOR Eduardo José Pereira Maia eduardomaia@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 333 Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter um perfil que o

Leia mais

Tipos e Métodos de Pesquisa Social. Metodologia de Pesquisa

Tipos e Métodos de Pesquisa Social. Metodologia de Pesquisa Tipos e Métodos de Pesquisa Social Metodologia de Pesquisa Processo de pesquisa Definir objetivos Analisar os Dados Apresentar Resultados Elaborar projeto de pesquisa Coletar os Dados Níveis de pesquisa

Leia mais

Currículo do Curso de Geografia

Currículo do Curso de Geografia Currículo do Curso de Geografia Bacharelado ATUAÇÃO O profissional de Geografia deve ter um perfil que o capacite a compreender os elementos e processos concernentes ao espaço natural e ao espaço construído,

Leia mais

O que é pesquisa? inquietações, ou para um problema;

O que é pesquisa? inquietações, ou para um problema; Metodologia da Pesquisa: A construção do conhecimento O que é pesquisa? 1. Pesquisar é procurar respostas para inquietações, ou para um problema; 2. Atividade básica das ciências na sua indagação e descoberta

Leia mais

Lista de Pontos para o Concurso de Professor Efetivo Edital 04

Lista de Pontos para o Concurso de Professor Efetivo Edital 04 Edital 04 DEPARTAMENTO DE DIREITO/CCSA MATÉRIA DE ENSINO: Filosofia do Direito e Hermenêutica. 1. O pensamento jurídico de Kant; 2. O pensamento jurídico de Hegel; 3. O pensamento jurídico de Bobbio; 4.

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2015 PROFESSORA: Daianny de Azevedo Lehn DISCIPLINA: Geografia ANO: 7º A

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2015 PROFESSORA: Daianny de Azevedo Lehn DISCIPLINA: Geografia ANO: 7º A PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2015 PROFESSORA: Daianny de Azevedo Lehn DISCIPLINA: Geografia ANO: 7º A ESTRUTURANTES: Dimensão econômica do espaço geográfico; Dimensão política do espaço Geográfico; Dimensão

Leia mais

Disciplina: Geografia Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de:

Disciplina: Geografia Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: O meio natural A Terra: estudos e representações CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO Disciplina: Geografia Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: Ensino Básico Ano letivo: 2016/2017

Leia mais

Disciplina: Ecossistemas Brasileiros Carga horária total: 90 H

Disciplina: Ecossistemas Brasileiros Carga horária total: 90 H Disciplina: Ecossistemas Brasileiros Carga horária total: 90 H PLANO DE CURSO I EMENTA Introdução a princípios, conceitos e fatores ecológicos; Definição de ecossistemas; Equilíbrio ecológico e sustentabilidade;

Leia mais

PERFIL DE APRENDIZAGENS 7ºANO

PERFIL DE APRENDIZAGENS 7ºANO 7ºANO No final do 7º ano, o aluno deverá ser capaz de: Compreender o objeto e o método da Geografia. Conhecer diferentes formas de representação da superfície terrestre. Compreender diferentes tipos de

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Carlos José Espíndola

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Carlos José Espíndola Habilitação: Bacharelado e Licenciatura em Geografia Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Curso reconhecido pelo Decreto Federal 46266 de 26/06/1959, publicado no Diário Oficial da União de

Leia mais

Gênese socioeconômica e histórico da Educação Ambiental. Prof.ª Drª Ana Maria Thielen Merck

Gênese socioeconômica e histórico da Educação Ambiental. Prof.ª Drª Ana Maria Thielen Merck Gênese socioeconômica e histórico da Educação Ambiental Prof.ª Drª Ana Maria Thielen Merck Situação socioeconômica das décadas 60 e 70 no mundo Divisão de blocos econômicos ( países desenvolvidos x não

Leia mais

RESOLUÇÃO N 032/ CONSEPE

RESOLUÇÃO N 032/ CONSEPE RESOLUÇÃO N 032/2011 - CONSEPE Altera pré-requisito da disciplina Proteção e Recuperação, da 8ª fase, do Curso de Engenharia do CAV/UDESC. O Reitor da Fundação - UDESC, no uso das prerrogativas que lhe

Leia mais

1º Período Conteúdos Habilidades Atividades desenvolvidas

1º Período Conteúdos Habilidades Atividades desenvolvidas 1º Período Conteúdos Habilidades Atividades desenvolvidas UNIDADE 1 O Planeta Terra Tema 1: O planeta onde vivemos; Tema 2: Conhecendo a Terra; Tema 3: Continentes e oceanos; Tema 4: Trabalhando com mapas..

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Geografia Trimestre: 1º

Leia mais

Obtenção de Parâmetros para Simulação Hidrológica na Bacia do Rio Japaratuba por meio de Geotecnologias

Obtenção de Parâmetros para Simulação Hidrológica na Bacia do Rio Japaratuba por meio de Geotecnologias 168 III Seminário de Iniciação Científica e Pós-Graduação da Embrapa Tabuleiros Costeiros Obtenção de Parâmetros para Simulação Hidrológica na Bacia do Rio Japaratuba por meio de Geotecnologias Rafael

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: IV CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA GEOGRAFIA NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Geografia:

Leia mais

RESUMO Panorama da silvicultura familiar no Planalto Sul de Santa Catarina.

RESUMO Panorama da silvicultura familiar no Planalto Sul de Santa Catarina. RESUMO FRACASSO, Rafael Monari. Panorama da silvicultura familiar no Planalto Sul de Santa Catarina. 2015. 202 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal Área: Produção Florestal) Universidade do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 82, DE 11 DE MAIO DE 2012 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, tendo em vista a decisão tomada em sua 257ª Reunião Extraordinária, realizada em 11 de maio de 2012, e considerando

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE GEOGRAFIA - ENSINO FUNDAMENTAL

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE GEOGRAFIA - ENSINO FUNDAMENTAL D1 Identificar diferentes tipos de representação da superfície terrestre (globo terrestre, maquetes, mapas, plantas, croquis). Identificar diferenças entre as representações do espaço geográfico. Comparar

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED. Curso de Geografia

Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Centro de Ciências Humanas e da Educação FAED. Curso de Geografia Curso de Geografia Reforma curricular do Projeto Pedagógico do Curso aprovada através da Resolução nº 002/2009 Consuni. MATRIZ CURRICULAR 092 1ª Fase Geografia Física 54 18 4 - Geografia Humana 54 18 4

Leia mais

FLG Pedologia. Mapeamento pedológico

FLG Pedologia. Mapeamento pedológico FLG 1254 - Pedologia Mapeamento pedológico Os mapas de solos São definidos como a aplicação sintética das informações pertinentes à formação e distribuição geográfica dos diferentes solos existentes em

Leia mais

DISCIPLINA DE GEOGRAFIA

DISCIPLINA DE GEOGRAFIA DISCIPLINA DE GEOGRAFIA OBJETIVOS: 1º ano Conhecer o ambiente de moradia e sua localização através de passeios, fotos e desenhos. Conhecer o ambiente de estudo e sua localização através de passeios, fotos,

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Geografia Trimestre: 1º

Leia mais

Geografia - 6º AO 9º ANO

Geografia - 6º AO 9º ANO 5ª Série / 6º Ano Eixos norteadores Temas Conteúdo Habilidades Competências A Geografia como uma - Definição de Geografia - Noções de tempo e -Compreender processos - Identificar diferentes formas de representação

Leia mais

Plano de Seminários TC I Prof. Marcos Procópio

Plano de Seminários TC I Prof. Marcos Procópio Plano de Seminários TC I 2015.2 Prof. Marcos Procópio Os 4 tipos de conhecimento. 1. Quais são? 2. Quais são seus respectivos papeis? 3. Dê exemplos. O que é e o que faz a ciência. 1. O que é ciência?

Leia mais

Profª Ana Claudia Ramos Sacramento

Profª Ana Claudia Ramos Sacramento Universidade do Estado do Rio de Janeiro Faculdade de Formação de Professores Coordenação de Pesquisa CPesq Projetos DGEO (Atualização em Julho de 2015) Profª Ana Claudia Ramos Sacramento Um estudo sobre

Leia mais

METODOLOGIAS DE PLANEJAMENTO E ORDENAMENTO TERRITORIAL. Prof. Marcos Aurelio Tarlombani da Silveira

METODOLOGIAS DE PLANEJAMENTO E ORDENAMENTO TERRITORIAL. Prof. Marcos Aurelio Tarlombani da Silveira METODOLOGIAS DE PLANEJAMENTO E ORDENAMENTO TERRITORIAL Prof. Marcos Aurelio Tarlombani da Silveira CONTEXTO A NOVA DINÂMICA TERRITORIAL O intenso processo de urbanização e a descentralização difusa de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA A energia e os fundamentos da vida. Os ciclos biogeoquímicos. Padrões de distribuição e organização dos seres vivos na superfície terrestre. Evolução e caracterização dos biomas terrestres; A

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DA LICENCIATURA INTEGRADA EM HISTÓRIA E GEOGRAFIA

MATRIZ CURRICULAR DA LICENCIATURA INTEGRADA EM HISTÓRIA E GEOGRAFIA MATRIZ CURRICULAR DA LICENCIATURA INTEGRADA EM HISTÓRIA E GEOGRAFIA O curso de Licenciatura Integrada e História e Geografia foi estruturado para ser finalizado em, no mínimo, 04 anos e meio e, no máximo,

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO. Relatório Perfil Curricular

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º GEOG0006- ESTATÍSTICA APLICADA À CIÊNCIA GEOGRÁFICA OBRIG 30 30 60 3.0 CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE; PROCEDIMENTOS ESTATÍSTICOS BÁSICOS ADEQUADOS A PESQUISAS RELACIONADAS

Leia mais

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE GEOGRAFIA

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE GEOGRAFIA Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE GEOGRAFIA ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Ensino de Geografia. OBJETIVO DO CURSO: Voltado para profissionais

Leia mais

Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa

Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa 2014. 1 Métodos e Técnicas do Trabalho Científico e da Pesquisa FACULDADE POLIS DAS ARTES Professor: Tiago Silva de Oliveira E-mail: psicotigl@yahoo.com.br Noturno/2014.1 Carga Horária 80h 1 Dia da Semana

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA PROFESSOR: Alexei Manso Correa Machado 1. EMENTA: A disciplina tem como objetivo apresentar aos alunos os fundamentos da construção do

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

H1. Conhecer o objetivo do estudo da Geografia para entender o espaço em que vive.

H1. Conhecer o objetivo do estudo da Geografia para entender o espaço em que vive. 2ª Geografia 4º Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade C1- CATEGORIAS DA GEOGRAFIA: Compreender a Geografia como ciência do espaço geográfico, reconhecendo-se, de forma crítica, como elemento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS JAGUARÃO CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO 2011-2 DISCIPLINA: Socialização das Experiências Docentes II JP0040 PROFESSOR: Ms. Patrícia Moura Pinho I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Carga Horária Teórica: 60h Carga Horária Prática: 15h II

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO. TÍTULO O FORTALECIMENTO DO CIRCUITO INFERIOR NA REGIÃO DO POTENGI: projeto ambiental para a feira livre de São Paulo do Potengi

PROJETO DE EXTENSÃO. TÍTULO O FORTALECIMENTO DO CIRCUITO INFERIOR NA REGIÃO DO POTENGI: projeto ambiental para a feira livre de São Paulo do Potengi PROJETO DE EXTENSÃO TÍTULO O FORTALECIMENTO DO CIRCUITO INFERIOR NA REGIÃO DO POTENGI: projeto ambiental para a feira livre de São Paulo do Potengi COORDENADOR: Thiago Augusto Nogueira de Queiroz RESUMO

Leia mais

POLLO FERREIRA ALVES SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO:

POLLO FERREIRA ALVES SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: P L A N O D E E N S I N O A N O D E 2 0 1 3 ÁREA / DISCIPLINA: Humanas / Geografía Professor(a): MARCO POLLO FERREIRA ALVES SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAL: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO: 1ª 02 COMPETÊNCIA GERAL:

Leia mais

A PESQUISA E SUAS CLASSIFICAÇÕES. Sâmia Araújo dos Santos Suelene S. Oliveira Nascimento

A PESQUISA E SUAS CLASSIFICAÇÕES. Sâmia Araújo dos Santos Suelene S. Oliveira Nascimento A PESQUISA E SUAS CLASSIFICAÇÕES Sâmia Araújo dos Santos Suelene S. Oliveira Nascimento PESQUISAS TEÓRICA PRÁTICA UNIVERSO GERAL DAS PESQUISAS ABORDAGEM OBJETIVOS PROCEDIMENTOS TÉCNICOS - Quantitativa

Leia mais

Miguel Dias. Como elaborar um projeto de pesquisa para TCC.

Miguel Dias. Como elaborar um projeto de pesquisa para TCC. Como elaborar um projeto de pesquisa para TCC. migdias@gmail.com www.migdias.weebly.com www.facebook.com/migueldias.pt Miguel Dias Bolsista PNPD/CAPES Universidade do Estado do Rio Grande do Norte O que

Leia mais

Plano de Seminários TC I Prof. Marcos Procópio

Plano de Seminários TC I Prof. Marcos Procópio Plano de Seminários TC I 2016.1 Prof. Marcos Procópio Os 4 tipos de conhecimento. 1. Quais são? 2. Quais são suas respectivas importâncias para a vida social? 3. Dê exemplos. O que é e o que faz a ciência.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS Ano letivo 2016/2017

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS Ano letivo 2016/2017 ESCOLA BÁSICA / MARTIM DE FREITAS Ano letivo 06/0 º Ano de Escolaridade I Período (6 aulas) (6 aulas) I ( aulas) DOMÍNIO: A TERRA, ESTUDOS E REPRESENTAÇÕES Unidade A Geografia e o Território -O objeto

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : GEOLOGIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 207 Optativos: 16. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : GEOLOGIA. CRÉDITOS Obrigatórios: 207 Optativos: 16. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:10:03 Curso : GEOLOGIA

Leia mais

Delineamento, Tipos de Pesquisa, Amostragem. Prof. Alejandro Martins

Delineamento, Tipos de Pesquisa, Amostragem. Prof. Alejandro Martins Delineamento, Tipos de Pesquisa, Amostragem Prof. Alejandro Martins DELINEAMENTO DA PESQUISA Conceituação Refere-se ao planejamento da pesquisa em sua dimensão mais ampla O elemento mais importante para

Leia mais

Metodologias de Pesquisa em Ciências: análises quantitativa e qualitativa

Metodologias de Pesquisa em Ciências: análises quantitativa e qualitativa Metodologias de Pesquisa em Ciências: análises quantitativa e qualitativa 2ª Edição MAKILIM NUNES BAPTISTA DINAEL CORRÊA DE CAMPOS SUMÁRIO PARTE I - CIÊNCIA E PESQUISA... 1 1 OS DILEMAS DO PRESENTE...

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA. COORDENADOR Fernando Alves Pinto

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA. COORDENADOR Fernando Alves Pinto 212 Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA COORDENADOR Fernando Alves Pinto ferpinto@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 213 Currículo do Curso de Engenharia de Agrimensura

Leia mais

ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA

ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E CARTOGRÁFICA COORDENADOR Fernando Alves Pinto ferpinto@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 193 Currículo do Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica Engenheiro Agrimensor

Leia mais

Metodologia Científica: METODOLOGIA EM PESQUISA 19/10/2015

Metodologia Científica: METODOLOGIA EM PESQUISA 19/10/2015 Metodologia Científica: METODOLOGIA EM PESQUISA Juliana Berg Pesquisa em Administração É um conjunto de abordagens, técnicas e processos utilizados pela ciência para formular e resolver problemas de aquisição

Leia mais

GRADE CURRICULAR ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA. Primeiro Período

GRADE CURRICULAR ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA. Primeiro Período GRADE CURRICULAR ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Primeiro Período Algoritmos e Programação 60 20 80 4 Obrigatória Desenho Técnico 20 20 40 2 Obrigatória Fundamentos de Cálculo 80-80 4 Obrigatória Geometria

Leia mais

Programação anual. 6.ºa n o

Programação anual. 6.ºa n o Programação anual 6.ºa n o 1. A melhor forma de entender o mundo 2. O planeta Terra no Universo 3. Cartografia: localizar e orientar 4. Cartografia e as diversas formas de representar o espaço 5. Atmosfera

Leia mais

Colégio de Nossa Senhora de Fátima - Leiria. Geografia 8º ano. Planificação a longo prazo. Filipe Miguel Botelho 2012/2013

Colégio de Nossa Senhora de Fátima - Leiria. Geografia 8º ano. Planificação a longo prazo. Filipe Miguel Botelho 2012/2013 Colégio de Nossa Senhora de Fátima - Leiria Geografia 8º ano Planificação a longo prazo Filipe Miguel Botelho 0/03 Planificação a longo prazo 8º ano - Geografia º Período Aulas º Período Aulas 3º Período

Leia mais

Monitoramento das alterações da cobertura vegetal e uso do solo na Bacia do Alto Paraguai Porção Brasileira Período de Análise: 2012 a 2014

Monitoramento das alterações da cobertura vegetal e uso do solo na Bacia do Alto Paraguai Porção Brasileira Período de Análise: 2012 a 2014 Monitoramento das alterações da cobertura vegetal e uso do solo na Bacia do Alto Paraguai Porção Brasileira Período de Análise: 2012 a 2014 1 Sumário Executivo Apresentação A Bacia Hidrográfica do Alto

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAS REGO- ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD Professor (a):rosi Magda Guimarães Disciplina:Geografia Ano:2015 Bimestre: 2º ano A 1º bimestre ESTRUTURANTES: :

Leia mais

A TEORIA DO CONFORTO NATURAL, A DINÂMICA DA NATUREZA TERRESTRE E O PARADIGMA DA GEOGRAFIA ARTICULADA AO CONHECIMENTO HUMANO

A TEORIA DO CONFORTO NATURAL, A DINÂMICA DA NATUREZA TERRESTRE E O PARADIGMA DA GEOGRAFIA ARTICULADA AO CONHECIMENTO HUMANO Ricardo Carlos Trindade FCT/ UNESP Universidade Estadual Paulista ricatri86@gmail.com A TEORIA DO CONFORTO NATURAL, A DINÂMICA DA NATUREZA TERRESTRE E O PARADIGMA DA GEOGRAFIA ARTICULADA AO CONHECIMENTO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA LICENCIATURA EM PEDAGOGIA EDC 284 DIDÁTICA DOCENTE: Amaleide Lima DISCENTES: Kleriston Fellipe Pinto da Conceição Marili Ribeiro Brito Rachel Nascimento da Rocha O planejamento

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Geografia Trimestre: 1º PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 1. Mundo contemporâneo: economia e geopolítica: - Processo de desenvolvimento do capitalismo - Geopolítica e economia do pós-segunda

Leia mais

Pesquisa Científica. Pesquisa Científica. Classificação das Pesquisas... Pesquisa Científica... Interpretar resultados. Realizar a pesquisa

Pesquisa Científica. Pesquisa Científica. Classificação das Pesquisas... Pesquisa Científica... Interpretar resultados. Realizar a pesquisa Pesquisa Científica Pesquisa Científica! Procedimento reflexivo sistemático, controlado e crítico, que permite descobrir novos fatos ou dados, relações ou leis, em qualquer campo do conhecimento.! É um

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo Mínimo para o Ensino Médio do estado do RIO DE JANEIRO. Geografia Leituras e Interação

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo Mínimo para o Ensino Médio do estado do RIO DE JANEIRO. Geografia Leituras e Interação Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo Mínimo para o Ensino Médio do estado do RIO DE JANEIRO Geografia Leituras e Interação 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta

Leia mais

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIOECONÓMICAS Geografia 8 ano Planificação

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIOECONÓMICAS Geografia 8 ano Planificação Competências a desenvolver Conteúdos Aulas previstas (continuação da matéria do 7º ano) Distinguir estado do tempo de clima. Definir clima; Identificar os principais elementos de clima. Identificar os

Leia mais

Níveis de Pesquisa. Delineamentos das Pesquisas. Métodos de Pesquisa. Ciência da Computação Sistemas de Informação

Níveis de Pesquisa. Delineamentos das Pesquisas. Métodos de Pesquisa. Ciência da Computação Sistemas de Informação Métodos de Pesquisa Ciência da Computação Sistemas de Informação Níveis de Pesquisa Os níveis de pesquisa variam de acordo com os objetivos a que a pesquisa se propõe. Podem ser assim classificados: Exploratória

Leia mais

SUMÁRIO Unidade 1: Cartografia Unidade 2: Geografia física e meio ambiente

SUMÁRIO Unidade 1: Cartografia Unidade 2: Geografia física e meio ambiente SUMÁRIO Unidade 1: Cartografia 1. Localização e orientação Forma e movimento da Terra Coordenadas geográficas Fusos horários Horário de verão 2. Os mapas Evolução dos mapas Escalas Representação do relevo

Leia mais

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas.

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas. Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também tem a missão de ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Para isso, oferecemos recomendações personalizadas de estudo, para

Leia mais

horário sala atribuída (GAE) atribuído (GAE) 2h00 14:00 CP h00 09:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP1-208

horário sala atribuída (GAE) atribuído (GAE) 2h00 14:00 CP h00 09:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP h00 11:00 CP1-208 Nome do Curso: Licenciatura Arqueologia Civilização Grega Introdução à Arqueologia Civilizações Antigas Arqueologia da Pré-História Recente e da proto-história Introdução à Informática Pré-História Arte

Leia mais

Bacharelado em Ciências Matemáticas e da Terra. Anexo B. Habilitações. Habilitação: Analista de Suporte à Decisão... B-2

Bacharelado em Ciências Matemáticas e da Terra. Anexo B. Habilitações. Habilitação: Analista de Suporte à Decisão... B-2 UFRJ Bacharelado em Ciências Matemáticas e da Terra Anexo B Habilitações Habilitação: Analista de Suporte à Decisão... B-2 Habilitação: Ciências da Terra e Patrimônio Natural... B-5 Habilitação: Sensoriamento

Leia mais

Planejamento Ambiental

Planejamento Ambiental Universidade de São Paulo PHD2344 Manejo de recursos Naturais Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Planejamento Ambiental Aula 2 Prof. Dr. Arisvaldo V. Méllo Júnior Enga. Carla Voltarelli da

Leia mais

1 DISCIPLINA: EMENTA:

1 DISCIPLINA: EMENTA: GEOGRAFIA EMENTAS 1 DISCIPLINA: Comunicação E Expressão EMENTA:. Leitura e compreensão de textos. Gêneros textuais. Linguagem verbal e não-verbal. Linguagem literária. Variação da língua, considerando

Leia mais

LINHA DE PESQUISA: DINÂMICAS DA NATUREZA

LINHA DE PESQUISA: DINÂMICAS DA NATUREZA Clima urbano e qualidade socioambiental Margarete Cristiane de Costa Trindade Amorim João Lima Sant Anna Neto Este projeto tem como objetivo identificar como se processa a produção do clima urbano em cidades

Leia mais

Os geógrafos utilizam as viagens, leituras, o estudo de estatísticas, mapas, para atualizar e aprofundar o conhecimento. A geografia precisa das

Os geógrafos utilizam as viagens, leituras, o estudo de estatísticas, mapas, para atualizar e aprofundar o conhecimento. A geografia precisa das Os geógrafos utilizam as viagens, leituras, o estudo de estatísticas, mapas, para atualizar e aprofundar o conhecimento. A geografia precisa das outras áreas do conhecimento:como a geologia, historia,

Leia mais

Edital 13/2013 PPGG/MGEO Processo de Seleção - Bolsista PNPD/CAPES 2013

Edital 13/2013 PPGG/MGEO Processo de Seleção - Bolsista PNPD/CAPES 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE PORTO NACIONAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA PPGG-MGEO Rua 03 Q.17 S/N Bloco VII Sala 12 Setor Jardim dos Ipês Porto Nacional - Tocantins

Leia mais

ANÁLISE E AGRUPAMENTO DAS PALAVRAS-CHAVE DAS DISSERTAÇÕES E TESES COM VISTAS À REESTRUTURAÇÃO DAS LINHAS DE PESQUISA E CONTEÚDOS DE DISCIPLINAS.

ANÁLISE E AGRUPAMENTO DAS PALAVRAS-CHAVE DAS DISSERTAÇÕES E TESES COM VISTAS À REESTRUTURAÇÃO DAS LINHAS DE PESQUISA E CONTEÚDOS DE DISCIPLINAS. ANÁLISE E AGRUPAMENTO DAS PALAVRAS-CHAVE DAS DISSERTAÇÕES E TESES COM VISTAS À REESTRUTURAÇÃO DAS LINHAS DE PESQUISA E CONTEÚDOS DE DISCIPLINAS. I. METODOLOGIA DE TRABALHO: OBJETIVO: pesquisar as palavras-chave

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2011 / 2012

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2011 / 2012 PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2011 / 2012 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO DISCIPLINA: Docente Técnico de Turismo Ambiental e Rural/2011-2014 Área de Integração Pedro Bandeira Simões N.º TOTAL DE MÓDULOS DE 1º/2º/3º

Leia mais

Campus de Marechal Cândido Rondon Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras Programa de Pós-Graduação em Geografia Nível Mestrado VIII SIMPGEO

Campus de Marechal Cândido Rondon Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras Programa de Pós-Graduação em Geografia Nível Mestrado VIII SIMPGEO VIII SIMPGEO 09 a 12 de novembro de 2016 As fronteiras da ciência geográfica: avanços e possibilidades Segunda Circular A Comissão Organizadora do VIII SIMPGEO tem a honra de convidá-lo para participar

Leia mais

INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA PROVA 344 INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 12º Ano de Escolaridade CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS SOCIOLOGIA ANO LECTIVO 2011/2012 Tipo de prova: Escrita Duração (em minutos): 90 TEMAS CONTEÚDOS

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Diálogo com os alunos. Análise e interpretação de fontes documentais (gráficos, mapas e imagens, fotografia, entre outras).

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS. Diálogo com os alunos. Análise e interpretação de fontes documentais (gráficos, mapas e imagens, fotografia, entre outras). ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: GEOGRAFIA ANO: 7º ANO 2013/2014 CONTEÚDOS A TERRA ESTUDOS E REPRESENTAÇÕES Paisagens

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 COMUNICAÇÃO SOCIAL HAB: JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO 250.3102.3 GEOGRAFIA HUMANA E ECONÔMICA PROFESSOR (A) OBJETIVOS 1ª 02 34

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL 1 Título: Localizando-se... 2 Autora: Adriana Regina Perez Rech 3 Docente: Lisiane Cristina Amplatz 4 Aplicativo utilizado: Geogebra 5 Disciplina: Matemática 6 Objetivos / Expectativas de aprendizagem:

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA: Geografia ÁREA DE ENSINO: FUNDAMENTAL I SÉRIE\ ANO: 4º ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA: Geografia ÁREA DE ENSINO: FUNDAMENTAL I SÉRIE\ ANO: 4º ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 - O PLANETA TERRA * Explorar o conhecimento sobre a Terra. *Conhecer a estrutura do planeta Terra e suas características. *Compreender que o planeta Terra é formado por oceanos e continentes.

Leia mais

Formação de Merendeiras: análise das formações pelos Cecanes. Lorena Chaves Nutricionista/RT COTAN/FNDE Cecane UnB Mestranda Unifesp

Formação de Merendeiras: análise das formações pelos Cecanes. Lorena Chaves Nutricionista/RT COTAN/FNDE Cecane UnB Mestranda Unifesp Formação de Merendeiras: análise das formações pelos Cecanes Lorena Chaves Nutricionista/RT COTAN/FNDE Cecane UnB Mestranda Unifesp Estrutura de apresentação Levantamento bibliográfico Projeto de pesquisa

Leia mais

CLIQUE AQUI PARA VER AS DIFERENTES MANEIRAS DE CLASSIFICAR OS TIPOS DE PESQUISA E OS RESPECTIVOS AUTORES AUTOR Triviños (1987) TIPOS DE PESQUISA Explo

CLIQUE AQUI PARA VER AS DIFERENTES MANEIRAS DE CLASSIFICAR OS TIPOS DE PESQUISA E OS RESPECTIVOS AUTORES AUTOR Triviños (1987) TIPOS DE PESQUISA Explo METODOLOGIA DE PESQUISA AULA 02: O PROCESSO DE PESQUISA TÓPICO 02: TIPOS DE PESQUISA Existem vários critérios para classificar os tipos de pesquisa, de acordo com o enfoque dos vários autores. QUANTO A

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de , DOU de PLANO DE CURSO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de , DOU de PLANO DE CURSO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11 Componente Curricular: Trabalho de Conclusão de Curso II Código: CH Total: 72 horas Pré-requisitos:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 16 DE SETEMBRO DE 2008

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N DE 16 DE SETEMBRO DE 2008 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.751 DE 16 DE SETEMBRO DE 2008 Aprova o Projeto Político Pedagógico dos Cursos de Bacharelado

Leia mais

Curso Técnico Subsequente em SANEAMENTO MATRIZ CURRICULAR. Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400 h

Curso Técnico Subsequente em SANEAMENTO MATRIZ CURRICULAR. Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400 h MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400 h Unidade Curricular C/H Semestral Pré-Requisito Desenho Básico 30 Desenho Técnico 30 Fundamentos Químicos e Biológicos 60 Geociências 30 Hidráulica

Leia mais

CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSOS

CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSOS CONTROLE ESTATÍSTICO DE PROCESSOS ANEXOS INTRODUÇÃO ANEXO 1 TABELA I Fator para estimar o desvio padrão ANEXO 2 TABELA II Valores padronizados para distribuição normal ANEXO 3 TABELA III Distribuição de

Leia mais

FACULDADE LEÃO SAMPAIO

FACULDADE LEÃO SAMPAIO PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES PARA O PERÍODO 2015.1 EDITAL 13/2014 O Diretor Presidente da Faculdade Leão Sampaio, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições para seleção

Leia mais

Estratégias de Observação na Investigação Sobre Práticas de Ensino e Avaliação de Docentes do Ensino Superior

Estratégias de Observação na Investigação Sobre Práticas de Ensino e Avaliação de Docentes do Ensino Superior Estratégias de Observação na Investigação Sobre Práticas de Ensino e Avaliação de Docentes do Ensino Superior Domingos Fernandes University of Lisboa Institute of Education dfernandes@ie.ulisboa.pt Sumário

Leia mais

Metodologia da Pesquisa

Metodologia da Pesquisa Metodologia da Pesquisa Apresentação Nome Área de atuação Tema de interesse para pesquisa O SABER CIENTÍFICO O SER HUMANO TEM UMA NECESSIDADE DE CONSTRUIR SABER POR SI SÓ. O PRINCIPAL OBJETIVO DA PESQUISA

Leia mais

MAPEAMENTO DO USO DA TERRA E DA EXPANSÃO URBANA EM ALFENAS, SUL DE MINAS GERAIS

MAPEAMENTO DO USO DA TERRA E DA EXPANSÃO URBANA EM ALFENAS, SUL DE MINAS GERAIS MAPEAMENTO DO USO DA TERRA E DA EXPANSÃO URBANA EM ALFENAS, SUL DE MINAS GERAIS BRENO FURTADO LIMA 1 e RÚBIA GOMES MORATO 2 brenogeo@yahoo.com.br, rubiagm@gmail.com 1 Bolsista de iniciação científica FAPEMIG

Leia mais

ATLAS ESCOLAR HISTÓRICO, GEOGRÁFICO, AMBIENTAL DE ITABUNA BAHIA: Sistema Pedológico

ATLAS ESCOLAR HISTÓRICO, GEOGRÁFICO, AMBIENTAL DE ITABUNA BAHIA: Sistema Pedológico ATLAS ESCOLAR HISTÓRICO, GEOGRÁFICO, AMBIENTAL DE ITABUNA BAHIA: Sistema Pedológico Ailto Rodrigues Damaceno Filho Discente do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ensino de Geografia (UESC/BA) Graduação

Leia mais

3 Metodologia Tipo de Pesquisa

3 Metodologia Tipo de Pesquisa 3 Metodologia 3.1. Tipo de Pesquisa Para a classificação desta pesquisa foi adotada a taxonomia proposta por Vergara (2000). Segundo esta classificação, as pesquisas podem ser classificadas quanto aos

Leia mais

Escola Básica do 2º e 3ºCiclo Dr. Alfredo Ferreira Nóbrega Júnior

Escola Básica do 2º e 3ºCiclo Dr. Alfredo Ferreira Nóbrega Júnior Escola Básica do 2º e 3ºCiclo Dr. Alfredo Ferreira Nóbrega Júnior Informação - Prova de Equivalência à Frequência de 3º ciclo - Geografia Disciplina (código: 18) Prova 2014/ 2015 9º Ano de Escolaridade

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2302N - Bacharelado em Design. Ênfase. Disciplina B - Metodologia Científica

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2302N - Bacharelado em Design. Ênfase. Disciplina B - Metodologia Científica Curso 2302N - Bacharelado em Design Ênfase Identificação Disciplina 0003622B - Metodologia Científica Docente(s) Ana Beatriz Pereira de Andrade Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

10º Ano Módulos 1, 2 e 3 Total de horas: 81 ou seja, 54 aulas de 90 minutos MÓDULOS/ CONTEÚDOS

10º Ano Módulos 1, 2 e 3 Total de horas: 81 ou seja, 54 aulas de 90 minutos MÓDULOS/ CONTEÚDOS 10º Ano Módulos 1, 2 e 3 Total de horas: 81 ou seja, 54 aulas de 90 minutos MÓDULOS/ CONTEÚDOS Módulo 1 O Quadro natural de O Relevo COMPETÊNCIAS A - Compreender as grandes características do relevo de

Leia mais

ETAPAS DA PESQUISA CIENTÍFICA (1)

ETAPAS DA PESQUISA CIENTÍFICA (1) ETAPAS DA PESQUISA CIENTÍFICA (1) Prof. Dr. Onofre Miranda (1) ZANELLA, L. C. H. Metodologia da Pesquisa. Florianópolis: SEaD:UFSC, 2006. OBJETIVO(S) GERAL Apresentar as etapas para desenvolvimento de

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ana Augusta Passos Rezende

UFV Catálogo de Graduação ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ana Augusta Passos Rezende UFV Catálogo de Graduação 2014 223 ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ana Augusta Passos Rezende ana.augusta@ufv.br 224 Currículos dos Cursos do CCE UFV Engenheiro Ambiental ATUAÇÃO O curso de Engenharia

Leia mais

O USO DA PESQUISA DOCUMENTAL NA ANÁLISE DE PROGRAMAS DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

O USO DA PESQUISA DOCUMENTAL NA ANÁLISE DE PROGRAMAS DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 1 O USO DA PESQUISA DOCUMENTAL NA ANÁLISE DE PROGRAMAS DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Ana Maria Bellé 1 Ana Paula Vieira 2 Lirane Elize Defante Ferreto Almeida 3 Mariana Aparecida Euflausino 4 Área de conhecimento:

Leia mais