Best Trading Pro. Market Rules. Alfredo Sousa 21 Nov 2013 Lisboa Copyright 2013 Banco Best

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Best Trading Pro. Market Rules. Alfredo Sousa 21 Nov 2013 Lisboa - 0 - Copyright 2013 Banco Best"

Transcrição

1 Best Trading Pro Alfredo Sousa 21 Nov 2013 Lisboa Market Rules Copyright 2013 Banco Best - 0 -

2 AVISO O presente documento foi preparado pelo Banco BEST com o objectivo de informar os leitores sobre as principais características dos produtos derivados aqui apresentados, não especificando todos os possíveis riscos ou características dos mesmos. Este documento tem também o objectivo de suporte e deverá ser lido em conjunto com o seminário realizado pelo banco, considerando-se incompleto sem este. Este documento é meramente informativo, não sendo uma recomendação de investimento, uma solicitação de compra ou venda de quaisquer produtos derivados ou de participação em qualquer estratégia de negociação particular. Qualquer gráfico, cotação indicativa de preços ou análise aqui abrangida foi preparada com base em parâmetros que reproduzem o julgamento ou escolha do banco, e portanto, não é dada nenhuma garantia quanto a precisão de qualquer cotação, gráfico ou análise. Os dados incluídos no presente documento referem-se ao passado e não são indicadores confiáveis de resultados futuros. Toda a informação presente neste documento reflecte as condições prevalecentes no mercado e a opinião do banco à data de realização do respectivo documento, encontrando-se sujeito a alteração sem aviso prévio. Recomenda-se aos potenciais investidores que se informem devidamente, antes de investirem em qualquer produto derivado, sobre a natureza destes e sobre os riscos a que estarão expostos. Os produtos derivados aqui apresentados, são investimentos com elevado risco e encontram-se sujeitos a riscos gerais de mercados e do activo subjacente, tais como: risco de taxas de juro, risco de taxas de câmbio, risco de preço, risco de crédito, risco político, risco de empresa e de valor temporal. Os produtos derivados devido à alavancagem inerente são sujeitos a riscos de investimento, incluindo a possibilidade de perda superior ao total do capital investido. As características específicas de cada produto derivado são definidas por cada market maker e estas podem variar devido ao activo subjacente ou ao mercado onde se encontra inserido. Copyright 2013 Banco Best 1

3 Best Trading Pro Market Rules 1. Regulação nacional 2. Regulação por bolsa 3. Regulação por instrumento 4. Mercados não regulamentados (OTC) 5. Outras Entidades 6. Tipos de ordens 7. Estratégias 8. Negociar no Best Trading Pro Copyright 2013 Banco Best 2

4 1. Regulação Nacional A Legislação nacional é aprovada pelos governos dos países onde as bolsas estão sediadas (ou por acordos transfronteiriços) e é aplicada pelas entidades criadas para o efeito (Reguladores). Copyright 2013 Banco Best 3

5 1. Regulação Nacional Exemplo português onde o regulador de mercados (CMVM) possui um código aprovado pela Assembleia da Republica Portuguesa. O Banco de Portugal regula a actividade bancária e os produtos não regulados pela CMVM. Copyright 2013 Banco Best 4

6 2. Regulação por bolsa Cada bolsa cria regras para o mercado que gere, de acordo com a regulamentação da entidade onde está sediada. Copyright 2013 Banco Best 5

7 2. Regulação por Bolsa / Acções..:: Best Trading Pro - Market Rules Na NYSE Euronext existem regras harmonizadas (comuns às diversas bolsas) e regras não-harmonizadas (especificas de cada bolsa/instrumento) Copyright 2013 Banco Best 6

8 2. Regulação por Bolsa / Acções..:: Best Trading Pro - Market Rules O site da NYSE Euronext é a referencia para se poder obter os detalhes e valores oficiais da negociação feita na mesma, não incluindo os outros mecanismos de negociação, MTF, etc. https://europeanequities.nyx.com/en/regulation/organization-of-trading Copyright 2013 Banco Best 7

9 2. Regulação por Bolsa / Acções Exemplo dos detalhes do BES na NYSE Euronext:..:: Best Trading Pro - Market Rules Copyright 2013 Banco Best 8

10 2. Regulação por Bolsa / Acções..:: Best Trading Pro - Market Rules Exemplo de diferenças entre NYSE Euronext e um MTF. Copyright 2013 Banco Best 9

11 2. NYSE Euronext/ Acções Consequencia dos eventos técnicos sobre ordens introduzidas na NYSE Euronext. Copyright 2013 Banco Best 10

12 2. NYSE Euronext/ Acções Sendo a NYSE Euronext uma bolsa transfronteiriça, onde há que aplicar regulamentação nacional de cada um dos países, tendo para isso criado diversos grupos de países e de tipos de instrumentos. Copyright 2013 Banco Best 11

13 2. NYSE Euronext/ Acções Lisboa Particularidades do mercado Português Nova versão do Anexo a Instrução da Euronext 4-01 Manual de Negociação para os Mercados a contado da Euronext Esta nova versão do Anexo revoga e substitui a versão actualmente em vigor e que foi publicada no PAR_ _07540_EUR Em vigor a partir de: 01/11/2013 https://europeanequities.nyx.com/sites/europeanequities.nyx.com/files/par_ _07709_eur.pdf Código Descrição C Continuo CA Leilão Fecho DA Duas Chamadas TAL Neg. Preço Fecho Col A Limite Estático Col C Limite Dinamico Static Col Limites Estaticos Auto Interrupção Autom. Co Limites Copyright 2013 Banco Best 12

14 3. Regulação por instrumento / Acções Operações executadas via: - Mercado regulado - MTF Multilateral Trading Facility (MIFID) - Internalização - ATS (Alternative Trading System) USA Crossing Network *Pipeline *Liquidnet * ITG Posit, etc Dark Pools *Instinet *ITG *Turquoise, etc Copyright 2013 Banco Best 13

15 2. Regulação por instrumento / Acções Operações executadas via diversos mecanismos cria um problema de dispersão, levando por vezes a interpretações incorrectas, bem como perdas de liquidez no mercado primário (exemplo na EDP): Copyright 2013 Banco Best 14

16 3. Regulação por instrumento / Acções Exemplos de MTFs (Turquoise, BATS, TradeGate, etc) Copyright 2013 Banco Best 15

17 3. Mercados nos EUA/ Acções..:: Best Trading Pro - Market Rules BATS Exchange (BATS) BATS Y-Exchange (BYX) BOX Options Exchange LLC (BOX) C2 Options Exchange (C2) Chicago Board Options Exchange (CBOE) Chicago Stock Exchange (CHX) EDGA Exchange (EDGA) EDGX Exchange (EDGX) International Securities Exchange (ISE) Miami International Securities Exchange LLC (MIAX) NASDAQ OMX BX (BX) Formerly Boston Stock Exchange (BSE) NASDAQ OMX PHLX (Phlx) NASDAQ Stock Market (NASDAQ) National Stock Exchange (NSX) New York Stock Exchange (NYSE) NYSE MKT (NYSEMKT) Formerly NYSE Amex (NYSEAmex) NYSE Arca (NYSEArca) Topaz Exchange (Topaz) Copyright 2013 Banco Best 16

18 3. Mercados de Futuros / Opções..:: Best Trading Pro - Market Rules Da mesma forma como há regulamentação para mercados de acções, assim também há para mercados de futuros e opções, tendo abaixo alguns exemplos. Copyright 2013 Banco Best 17

19 3. Mercados de Futuros / Opções..:: Best Trading Pro - Market Rules Tipos Contratos de Opções Cadeia de Contratos de Opções em Bolsa Exemplo de quadro de negociação de opções E-Mini S&P500 da CME. Copyright 2013 Banco Best 18

20 3. Mercados de Futuros / Opções..:: Best Trading Pro - Market Rules Exemplos de contratos de opções sobre o mesmo instrumento teórico, mas com características diferentes devido à especificidade de cada bolsa, neste caso a CME e CBOE. Copyright 2013 Banco Best 19

21 3. Mercados de Futuros / Opções..:: Best Trading Pro - Market Rules Exemplos de contratos de futuros sobre o mesmo instrumento teórico, mas com características diferentes devido à especificidade de cada bolsa, neste caso a CME e SGX. Copyright 2013 Banco Best 20

22 4. Mercados não regulamentados EUA/ Acções OTC Exemplos de situações onde os poderes da FINRA são aplicados, nestes casos no cancelamento de negócios e na suspensão de negociação.. Copyright 2013 Banco Best 21

23 4. Mercados não regulamentados EUA/ Acções OTC Detalhe da comunicação onde é chamada à atenção que as regras da SEC no NASDAQ não são replicadas nos produtos negociados via OTCBB. Copyright 2013 Banco Best 22

24 4. Mercados não regulamentados OTC / CFDs / Forex - A negociação de produtos derivados OTC implica o conhecimento e aceitação das regras particulares dos criadores de mercado (Market-makers) sendo que da mesma forma que no caso das acções OTCBB no mercado americano, podem variar relativamente à regras dos activos subjacentes. - Essas regras são aprovadas pelas entidades reguladoras dos países de origem do Market-Maker e da entidade que disponibiliza o produto, caso sejam diferentes. - Exemplo no Banco Best para a negociação de CFDs e Forex onde o acordo com o Market Maker Saxobank (accionista do Banco Best) remete para a regulação Dinamarquesa e Portuguesa nestes dois tipos de instrumentos. Copyright 2013 Banco Best 23

25 4. Mercados não regulamentados OTC / CFDs - A negociação de CFDs pressupõe especular sobre a variação do preço do activo subjacente, não ficando o investidor com uma posição no activo mas sim no produto derivado, que reage da mesma forma que o activo subjacente. - No caso de posições curtas de CFDs, as mesmas são possíveis devido à existência de um mercado de empréstimo de títulos (securities lending) que disponibiliza acções para empréstimo numa base diária. - A inexistência de títulos para empréstimo impossibilita a abertura ou manutenção de posições curtas, podendo exigir fechos compulsivos numa base diária. Copyright 2013 Banco Best 24

26 5. Outras entidades Abaixo indicamos outras entidades que directa ou indirectamente influenciam a regulação dos mercados, tanto regulamentados como OTC. Copyright 2013 Banco Best 25

27 6. Tipos de ordens Mercado Ordens de compra/venda sem preço definido, executadas ao melhor preço, sem garantia valor mas em situações normais, garante a execução. Copyright 2013 Banco Best 26

28 6. Tipos de ordens Limite Ordens de compra/venda a um preço limitado, sempre igual ou melhor que o actual (não garante a execução total ou parcial). Tipo de ordens ideais para activos pouco líquidos ou para quando o mercado está fechado. Copyright 2013 Banco Best 27

29 6. Tipos de ordens Ordens Stop Stop Ordens de compra/venda, normalmente utilizadas para limitar perdas, executadas ao mercado, sem garantia de preço, em situações normais garante a execução. Stop Limite Ordens de compra/venda, normalmente utilizadas para limitar perdas, disparadas ao preço da Stop mas limitadas ao preço Stop, não garantem a execução mas em caso de execução garante o preço. Ordens Stop Limite Trailing Stop Ordens de compra venda, normalmente utilizadas para limitar perdas, disparam ao preço da Stop e não garantem o preço mas garantem a execução em situações normais. Ao contrário da Stop normal, a Trailing Stop é dinâmica, movendo o preço da Stop em função do movimento do preço do activo de acordo com a distancia e step (salto) indicado. Ordens Trailing Stop Copyright 2013 Banco Best 28

30 6. Tipos de ordens Algo..:: Best Trading Pro - Market Rules Iceberg - As ordens Iceberg são somente enviadas para a bolsa primária onde a quantidade especificada é visivel a cada momento. Como a ordem total é enviada para a bolsa, esta não perde a prioridade de execução. Ordens Reload perdem a prioridade mas participam em múltiplas bolsas. Exemplo: Vender acções a 5.15, e não mostrar mais do que acções de cada vez VWAP Descrição: Este tipo de estratégia executa a ordem num determinado período de tempo, tentando igualar ou bater o Volume Weighted Average Price desse intervalo. A ordem é executada proporcionalmente com o volume de mercado esperado para o activo. De notar que VWAP não é garantia de preço médio ponderado por volume efectivo, ou seja, não é garantido que o preço médio da execução seja exactamente igual ao VWAP no mercado. Dado que a ordem VWAP é executada de acordo com o volume de mercado esperado a estratégia não deverá ser usada em sessões de bolsa com um volume de mercado significativamente diferente do volume histórico normal, como por exemplo dias de anúncio de resultados. Exemplo: Comprar 50,000 com preço limite EUR 21. Não representar mais do que 15% do volume de mercado total (incluindo venues alternativas). Não participar em dark pools Copyright 2013 Banco Best 29

31 6. Tipos de ordens Algo..:: Best Trading Pro - Market Rules With Volume - A estratégia With Volume negoceia em proporção com a actividade do mercado, apontando à participação de uma percentagem especificada pelo investidor do volume total negociado. A estratégia é útil quando o investidor pretende controlar directamente a sua percentagem de participação e/ou estar mais envolvido quando o instrumento negoceia mais. Como a estratégia negoceia em proporção com o volume actual do mercado, é mais aconselhável para instrumentos em que o volume varie consideravelmente de um dia para outro. Examplo: Comprar acções com um limite de 2. Ordem em execução, negoceia cerca de 30% do volume total negociado e cancela quantidades remanescentes no final do dia. Pre-Market Limit - A estratégia Pre-market Limit permite ao investidor transaccionar CFD s sobre acções norte-americanas durante o pre-market. Caso uma ordem não seja totalmente satisfeita durante o pre-market a quantidade remanescente será passada para o mercado a continuo. Exemplo: Comprar 5000 CFDs sobre Citigroup com preço limite a 43 USD (em preço da acção) Copyright 2013 Banco Best 30

32 6. Tipos de ordens Algo..:: Best Trading Pro - Market Rules Night Hawk - A estratégia Night Hawk executa as ordens na plataforma de dark liquidity do Nomura, NX, e noutras dark pool venues. A ordem é apenas cruzada em dark venues e nunca é enviada para uma bolsa visível ou Multilateral Trading Facility (MTF) o que significa que tanto saída de informação ou movimentos adversos de preços são limitados. Exemplo: Transaccionar até10,000,000 de acções executando em dark venues e sem enviar a ordem para o mercado. Implementation Shortfall (IS) - A estratégia Implementation Shortfall (IS) aponta a uma optimização da hora de negociação, para minimizar a combinação de impacto de preço e o risco de um potencial movimento de preço. A optimização leva em consideração o mercado em que se negoceia, características especificas do instrumento e o tamanho da ordem. A ordem é encaminhada para o mercado em linha com o perfil de volume expectável. Exemplo: Comprar acções usando um calendário que balanceia risco e impacto, usando um nível de urgência neutral. Aplica-se um limite de 14. Copyright 2013 Banco Best 31

33 6. Tipos de ordens Algo..:: Best Trading Pro - Market Rules Reload - A estratégia Reload executa a ordem em tranches, as quais vão ter uma dimensão pré-definida, entrando numa nova tranche, cada vez que a anterior é preenchida. A estratégia coloca ordens limite ao preço e quantidades definidas. Se aparecer uma contraparte disponível no livro de ordens, a ordem vai ser preenchida na quantidade disponibilizada por esta, deixando a quantidade remanescente pendente no livro de ordens. Caso contrário, a ordem vai ficar a aguardar execução no livro de ordens até que seja totalmente preenchida. No momento em que essa quantidade seja totalmente executada, a próxima ordem, com a quantidade pré-definida, é enviada. A estratégia Reload vai ser lançada quer nos mercados principais, quer nos secundários/alternativos. Embora estas ordens sejam muito semelhantes às ordens Iceberg, existem algumas diferenças importantes: A estratégia Reload corresponde a um algoritmo que simula uma ordem Iceberg. A estratégia funciona através de tranches, e cada tranche é colocada sucessivamente a um preço limite pré-definido até a totalidade da ordem ser preenchida. As ordens Iceberg são enviadas apenas para o mercado principal, onde apenas a quantidade definida é mostrada num dado momento do tempo. Uma vez que a totalidade da ordem é enviada para a bolsa, não existe perda de prioridade. As ordens Reload perdem prioridade, mas participam em várias bolsas. Importante: As ordens Reload não estão disponíveis para os mercados norte-americanos, na medida em que estas são utilizadas nas Multilateral Trading Facilities (MTFs), como as Chi-X, BATS e Turquoise, as quais estão disponíveis apenas na Europa. Exemplo: Vender acções, colocando ordens de acções a 5,15 EUR. Cancelar a quantidade por executar no final do dia. Copyright 2013 Banco Best 32

34 6. Tipos de ordens Algo por Mercado Copyright 2013 Banco Best 33

35 7. Estratégias Day Trading (intraday)..:: Best Trading Pro - Market Rules - Limitar perdas diariamente. - Especializar em apenas 1/2 instrumentos. - Usar apenas instrumentos muito líquidos. - Definir valores de ganhos/perdas rígidos (Essencial). - Nunca ir contra a tendência. - Evitar fazer preço médio. - Fechar o dia sem posição abertas/por liquidar. - Nunca deixar ordens por executar no final do dia. - Ter sempre backup tecnológico. - Não alavancar os ganhos. - Escolher estudos de análise técnica/gráfica e respeitar os mesmos. - Evitar situações de pânico e emocionais. - Day-trading é uma profissão, exige dedicação total. Copyright 2013 Banco Best

36 7. Estratégias Long Term (investor) - Diversificar carteira (+5 instrumentos, vários tipos, diferentes países, sectores e moedas). - Escolher instrumentos pouco voláteis (Beta próximo de 1). - Definir objectivos de retorno com prazos definidos. - Fazer bastante research de mercado, várias entidades, essencialmente análise fundamental. - Procurar activos de rendimento histórico confirmado. - Proteger (hedging) as posições (tipo ou moeda) em alturas de mercado contrário às nossas posições. - Evitar sectores/paises/moedas problemáticas. - Controlar a carteira pelo menos 1x por dia, devido a possíveis eventos técnicos, alterações regulamentares, etc. Copyright 2013 Banco Best 35

37 7. Estratégias Acções Stock Picking - Existem diversas metodologias para escolher activos, sendo os mais conhecidos a análise técnica ou análise fundamental. Abaixo indicamos outros exemplos explicados no Investopedia. 1. Stock-Picking Strategies: Introduction 2. Stock-Picking Strategies: Fundamental Analysis 3. Stock-Picking Strategies: Qualitative Analysis 4. Stock-Picking Strategies: Value Investing 5. Stock-Picking Strategies: Growth Investing 6. Stock-Picking Strategies: GARP Investing 7. Stock-Picking Strategies: Income Investing 8. Stock-Picking Strategies: CAN SLIM 9. Stock-Picking Strategies: Dogs of the Dow 10.Stock-Picking Strategies: Technical Analysis 11.Stock-Picking Strategies: Conclusion Fonte : Investopedia : Copyright 2013 Banco Best 36

38 7. Estratégias Futuros / CFDs* / Forex Spread..:: Best Trading Pro - Market Rules - Negociar um activo, p.exe uma acção com Beta de 1, e vender o derivado (CFD* ou futuro) aproveitando variações ao spread médio histórico, tendo assim uma posição sem risco de mercado mas apenas tentando aproveitar alterações pontuais de variações à média. Ex: Comprar acções DTE (Deutsche Telekom) e vender futuros do DAX Acção Var % Quant Futuro Var % Valor ponto Data DTE DAX Set Nov % % Resultado Diferença *CFDs têm custo de financiamento que tem de ser deduzido ao resultado da operação, As posições curtas podem ser cancelados devido a condições de mercado. Copyright 2013 Banco Best 37

39 7. Estratégias Futuros Spread (Cont) - Informação sobre Beta e outros indicadores podem ser obtidos nos sites das entidades gestoras dos indices. Ex: DAX Indices. Copyright 2013 Banco Best 38

40 7. Estratégias Futuros Spread (Cont) - Informação gráfica pode ser feita em terminais especializados, Bloomberg em baixo Copyright 2013 Banco Best 39

41 7. Estratégias Futuros Spread (Cont)..:: Best Trading Pro - Market Rules - Informação gráfica pode ser feita em terminais especializados, ou na plataforma Best Trading Pro usando Spread e Correlações. Copyright 2013 Banco Best 40

42 7. Estratégias Opções..:: Best Trading Pro - Market Rules Sendo as opções um instrumento derivado em que se pode obter mais valias tanto nas subidas como quedas de mercado, existem variadíssimas estratégias descritas que podem ser verificadas p.exe no site da CME Group. Exemplos de Estratégias com Opções Short Futures Short Butterfly Long Synthetic Futures Long Iron Butterfly Short Synthetic Futures Short Iron Butterfly Long Risk Reversal Long Straddle Short Risk Reversal Short Straddle Long Call Long Strangle Short Call Short Strangle Long Put Ratio Call Spread Short Put Ratio Put Spread Bull Spread Call Ratio Backspread Bear Spread Put Ratio Backspread Long Butterfly Box or Conversion Copyright 2013 Banco Best 41

43 8. Negociar no Best Trading Pro..:: Best Trading Pro - Market Rules Condições de Negociação Antes de se negociar algum instrumento é essencial consultar as condições particulares de cada um, dentro do Menu Conta / Condições de Negociação. Copyright 2013 Banco Best 42

44 8. Negociar no Best Trading Pro..:: Best Trading Pro - Market Rules Eventos Corporativos Sempre que há lugar a eventos corporativos opcionais, é necessário decidir durante a janela temporal qual a nossa intenção para que a mesma seja implementada. Copyright 2013 Banco Best 43

45 QUESTÕES? Copyright 2013 Banco Best

46 BEST TRADING PRO O presente documento foi preparado pelo Banco BEST com o objectivo de informar os leitores sobre as principais características dos produtos derivados aqui apresentados, não especificando todos os possíveis riscos ou características dos mesmos. Este documento tem também o objectivo de suporte e deverá ser lido em conjunto com o seminário realizado pelo banco, considerando-se incompleto sem este. Este documento é meramente informativo, não sendo uma recomendação de investimento, uma solicitação de compra ou venda de quaisquer produtos derivados ou de participação em qualquer estratégia de negociação particular. Qualquer gráfico, cotação indicativa de preços ou análise aqui abrangida foi preparada com base em parâmetros que reproduzem o julgamento ou escolha do banco, e portanto, não é dada nenhuma garantia quanto a precisão de qualquer cotação, gráfico ou análise. Os dados incluídos no presente documento referem-se ao passado e não são indicadores confiáveis de resultados futuros. Toda a informação presente neste documento reflecte as condições prevalecentes no mercado e a opinião do banco à data de realização do respectivo documento, encontrando-se sujeito a alteração sem aviso prévio. Recomenda-se aos potenciais investidores que se informem devidamente, antes de investirem em qualquer produto derivado, sobre a natureza destes e sobre os riscos a que estarão expostos. Os produtos derivados aqui apresentados, são investimentos com elevado risco e encontram-se sujeitos a riscos gerais de mercados e do activo subjacente, tais como: risco de taxas de juro, risco de taxas de câmbio, risco de preço, risco de crédito, risco político, risco de empresa e de valor temporal. Os produtos derivados devido à alavancagem inerente são sujeitos a riscos de investimento, incluindo a possibilidade de perda superior ao total do capital investido. As características específicas de cada produto derivado são definidas por cada market maker e estas podem variar devido ao activo subjacente ou ao mercado onde se encontra inserido. Copyright 2013 Banco Best 45

Best Trading Pro. Como Investir em Acções e Indices. Alfredo Sousa 28 Out 2014 Lisboa - 0 - Copyright 2014 Banco Best

Best Trading Pro. Como Investir em Acções e Indices. Alfredo Sousa 28 Out 2014 Lisboa - 0 - Copyright 2014 Banco Best Best Trading Pro Alfredo Sousa 28 Out 2014 Lisboa Como Investir em Acções e Indices Copyright 2014 Banco Best - 0 - AVISO O presente documento foi preparado pelo Banco BEST com o objectivo de informar

Leia mais

Best Trading Pro. 23 Abril 2013

Best Trading Pro. 23 Abril 2013 Best Trading Pro 23 Abril 2013 Copyright 2013 Banco Best BEST Trading Pro Uma verdadeira sala de mercados numa única plataforma Plataforma BTP: toda a oferta à sua medida Negociação on-line de 17.000 activos

Leia mais

Contracts for Diogo F. Oliveira. Difference (CFDs)

Contracts for Diogo F. Oliveira. Difference (CFDs) Contracts for Diogo F. Oliveira Difference (CFDs) AVISO O presente documento foi preparado pelo Banco BEST com o objectivo de informar os leitores sobre as principais características dos produtos derivados

Leia mais

Banco Best 2010. Best Trading Pro CFDs 11 de Fevereiro de 2010

Banco Best 2010. Best Trading Pro CFDs 11 de Fevereiro de 2010 Banco Best 2010 Best Trading Pro CFDs 11 de Fevereiro de 2010 O Banco Best O BANCO BEST O BEST numa só frase: Personal Investments Worldwide 3 O BANCO BEST O BEST cobre toda a gama de produtos e serviços

Leia mais

Contratos Diferenciais CFDs: Contracts For Difference

Contratos Diferenciais CFDs: Contracts For Difference Contratos Diferenciais CFDs: Contracts For Difference PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO ADVERTÊNCIA AO INVESTIDOR Risco de perda súbita total, superior ou parcial do capital investido Remuneração não garantida

Leia mais

Forex. 2013, Março. O Mercado Cambial

Forex. 2013, Março. O Mercado Cambial Forex 2013, Março O Mercado Cambial AVISO O presente documento foi preparado pelo Banco BEST com o objectivo de informar os leitores sobre as principais características dos produtos derivados aqui apresentados,

Leia mais

Banco Best 2009. Best Trading Pro Opções de Forex Eduardo Ricou, 13 de Abril de 2010

Banco Best 2009. Best Trading Pro Opções de Forex Eduardo Ricou, 13 de Abril de 2010 Banco Best 2009 Best Trading Pro Opções de Forex Eduardo Ricou, 13 de Abril de 2010 Banco Best Best Trading Pro Aviso O presente documento foi preparado pelo Banco BEST com o objectivo de informar os leitores

Leia mais

O que são CFDs? CFDS Uma abordagem prática

O que são CFDs? CFDS Uma abordagem prática O que são CFDs? Um CFD (Contract for difference) é um instrumento financeiro negociado fora de mercados regulamentados que proporciona, aos investidores, uma forma mais eficiente de negociação em acções.

Leia mais

Academia de Warrants. 1. Introdução ao mundo dos Warrants

Academia de Warrants. 1. Introdução ao mundo dos Warrants Academia de Warrants 1. Introdução ao mundo dos Warrants 1. Introdução ao mundo dos Warrants Sumário Executivo 1. Definição 2. Tipos de Warrants 3. Motivos para investir em Warrants 4. O Emitente 5. Como

Leia mais

Conceitos básicos de negociação em CFDs

Conceitos básicos de negociação em CFDs Conceitos básicos de negociação em CFDs N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling www.facebook.com/gobulling Advertências Específicas ao Investidor: Pode implicar a perda

Leia mais

Mercado Ca C mbia i l - Fo F re r x

Mercado Ca C mbia i l - Fo F re r x Mercado Cambial - Forex AVISO O presente documento foi preparado pelo Banco BEST com o objectivo de informar os leitores sobre as principais características dos produtos derivados aqui apresentados, não

Leia mais

Conceitos básicos de negociação em Futuros

Conceitos básicos de negociação em Futuros Conceitos básicos de negociação em Futuros N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling www.facebook.com/gobulling Advertências Específicas ao Investidor: Pode implicar

Leia mais

Academia de Warrants. 2. Warrants (Plain Vanilla)

Academia de Warrants. 2. Warrants (Plain Vanilla) Academia de Warrants 2. Warrants (Plain Vanilla) 1. Warrants (Plain Vanilla) Sumário Executivo 1. Definição 2. Motivos para investir em Warrants 3. Valorização de Warrants 4. Estratégias 1 1. Warrants

Leia mais

Objectivo. Ephi-ciência Financeira. Introdução aos Produtos Derivados. Definição e Carcterização de Opções Tipos de Opções Princípios de Avaliação

Objectivo. Ephi-ciência Financeira. Introdução aos Produtos Derivados. Definição e Carcterização de Opções Tipos de Opções Princípios de Avaliação Introdução aos Produtos Derivados Objectivo Definição e Carcterização de Opções Tipos de Opções Princípios de Avaliação João Cantiga Esteves Senior Partner ACTIVOS FINANCEIROS DERIVADOS Introdução às Opções

Leia mais

Academia de Warrants. 6. Factor Certificates

Academia de Warrants. 6. Factor Certificates Academia de Warrants 6. Factor Certificates Factor Certificates - Sumário Executivo 1. Introdução 2. Definição 3. Exemplos 4. Mecanismo de protecção 5. Como negociar Academia de Warrants 6. Factor Certificates

Leia mais

Futuros PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Futuros PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Futuros PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO ADVERTÊNCIA AO INVESTIDOR Risco de perda súbita total, superior ou parcial do capital investido Remuneração não garantida Existência de comissões Possibilidade de exigência

Leia mais

/ Warrants: uma definição /

/ Warrants: uma definição / Warrants www.warrants.commerzbank.com Warrants: uma definição Os warrants são valores mobiliários associados a activos como acções, índices ou taxas de câmbio que amplificam os movimentos DE preço dos

Leia mais

Mercados e Investimentos Financeiros. Introdução aos mercados acionistas. DOCENTE : Luís Fernandes Rodrigues

Mercados e Investimentos Financeiros. Introdução aos mercados acionistas. DOCENTE : Luís Fernandes Rodrigues Introdução aos mercados acionistas DOCENTE : Luís Fernandes Rodrigues O Mercado Financeiro O Mercado Monetário Interbancário (MMI) é um mercado organizado, onde as instituições participantes trocam entre

Leia mais

turbo warrants manual /////// www warrants commerzbank com ///////////////////////////////////////////////////////////////////// Warrants Estruturados Turbo warrants Turbo Warrants Acelere os seus investimentos

Leia mais

Introdução. Tipos de Futuros. O que são Futuros?

Introdução. Tipos de Futuros. O que são Futuros? Introdução O que são Futuros? São instrumentos financeiros derivados, negociados em bolsa, que obrigam ao seu comprador/vendedor comprar/vender uma determinada quantidade de um activo numa determinada

Leia mais

Módulo 2. Organização e Funcionamento de Mercados de Derivados

Módulo 2. Organização e Funcionamento de Mercados de Derivados Módulo 2 Organização e Funcionamento de Mercados de Derivados Organização e Funcionamento de Mercados de Derivados Mercados organizados e de balcão Bolsas de Derivados Principais Características Padronização

Leia mais

Academia de Warrants. 3. Turbo Warrants

Academia de Warrants. 3. Turbo Warrants Academia de Warrants 3. Turbo Warrants Sumário Executivo 1. Definição 2. Tipos de Warrants 3. Turbo Warrants 4. Como negociar - Direct Trade 1/281 Sumário Executivo 1. Definição 2. Tipos de Warrants 3.

Leia mais

N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling www.facebook.com/gobulling

N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling www.facebook.com/gobulling Conceitos básicos de negociação em Forex N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling www.facebook.com/gobulling Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações

Leia mais

ANEXO VII POLÍTICA DE EXECUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ORDENS

ANEXO VII POLÍTICA DE EXECUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ORDENS ANEXO VII POLÍTICA DE EXECUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ORDENS O presente documento constitui a política de execução e transmissão de ordens da Caixa Económica Montepio Geral (doravante designada por CEMG), refletindo

Leia mais

Preçário Geral - Banco Carregosa. Canal de Negócio - GoBulling WEB (1) Canal de Negócio - GoBulling PRO

Preçário Geral - Banco Carregosa. Canal de Negócio - GoBulling WEB (1) Canal de Negócio - GoBulling PRO Geral Banco Carregosa Canal de Negócio GoBulling WEB (1) Mercado Regulamentado Acções Comissão de Corretagem Máxima Despesas de Liquidação (Por Ordem) Por Negócio (1) Comissão de Corretagem Zero mercados

Leia mais

Conceitos básicos de negociação em Forex

Conceitos básicos de negociação em Forex Conceitos básicos de negociação em Forex A GoBulling é uma marca do Banco Carregosa. EM 2012 O BANCO CARREGOSA É ELEITO O MELHOR EM BANCA PRIVADA EM PORTUGAL www.facebook.com/gobulling Produtos Financeiros

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO (RECTIFICAÇÃO) BES CRESCIMENTO OUTUBRO 2009 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

DOCUMENTO INFORMATIVO (RECTIFICAÇÃO) BES CRESCIMENTO OUTUBRO 2009 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO (RECTIFICAÇÃO) BES CRESCIMENTO OUTUBRO 2009 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Advertências ao investidor: 100% do capital investido garantido na maturidade Remuneração não garantida Possibilidade

Leia mais

As Novas Formas Organizadas de Negociação de Instrumentos Financeiros

As Novas Formas Organizadas de Negociação de Instrumentos Financeiros Comissão do Mercado de Valores Mobiliários Consulta Pública sobre os Anteprojectos de Transposição da Directiva dos Mercados de Instrumentos Financeiros (DMIF) As Novas Formas Organizadas de Negociação

Leia mais

POLÍTICAS DE EXECUÇÃO DE ORDENS E DE GESTÃO DE CONFLITOS DE INTERESSE

POLÍTICAS DE EXECUÇÃO DE ORDENS E DE GESTÃO DE CONFLITOS DE INTERESSE POLÍTICAS DE EXECUÇÃO DE ORDENS E DE GESTÃO DE CONFLITOS DE INTERESSE Política de execução nas melhores condições da Orey Financial, Instituição Financeira de Crédito, S.A., de ora em diante a Sociedade.

Leia mais

O investidor deve assumir um papel activo na recolha de informação que lhe permita tomar decisões de investimento fundamentadas.

O investidor deve assumir um papel activo na recolha de informação que lhe permita tomar decisões de investimento fundamentadas. O presente documento visa fornecer-lhe informações simples e práticas sobre como deve investir de forma responsável. Independentemente da protecção conferida pela legislação aos investidores não profissionais,

Leia mais

Prospeto Informativo Depósito Indexado Geo Diversificado BBVA

Prospeto Informativo Depósito Indexado Geo Diversificado BBVA Prospeto Informativo Depósito Indexado Geo Diversificado BBVA Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de risco Depósito Indexado Geo Diversificado

Leia mais

Academia de Warrants. 5. ETFs

Academia de Warrants. 5. ETFs Academia de Warrants 5. ETFs ETFs - Sumário Executivo 1. Definição 2. Comparação ETF Fundo Activo 3. ComStage 4. Como negociar 1 1/28 ETFs - Sumário Executivo 1. Definição 2. Comparação ETF Fundo activo

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Contraparte: Saxo Bank. O Saxo Bank

Leia mais

Activo subjacente: activo que serve de base a outros instrumentos financeiros, como sejam os futuros, as opções e os warrants autónomos.

Activo subjacente: activo que serve de base a outros instrumentos financeiros, como sejam os futuros, as opções e os warrants autónomos. GLOSSÁRIO Activo subjacente: activo que serve de base a outros instrumentos financeiros, como sejam os futuros, as opções e os warrants autónomos. Assembleia geral: órgão das sociedades anónimas em que

Leia mais

PROGRAMA EQUITY FIRST PRODUCT SUMÁRIO. Citibank International plc

PROGRAMA EQUITY FIRST PRODUCT SUMÁRIO. Citibank International plc PROGRAMA EQUITY FIRST PRODUCT SUMÁRIO Citibank International plc Valores Mobiliários auto-call Escalator até 50.000.000 euros associados aos Índices EURO STOXX 50 SM, Nikkei 225 e S&P 500 com vencimento

Leia mais

Informações Adicionais sobre Serviços de Investimento. Ordens e Política de Execução de Ordens

Informações Adicionais sobre Serviços de Investimento. Ordens e Política de Execução de Ordens Informações Adicionais sobre Serviços de Investimento Ordens e Política de Execução de Ordens Introdução Nas Informações Adicionais sobre Serviços, a DEGIRO fornece uma descrição detalhada dos acordos

Leia mais

Objectivo. Ephi-ciência Financeira Tópicos Avançados sobre Opções -III. Definição e Carcterização de Opções Tipos de Opções Princípios de Avaliação

Objectivo. Ephi-ciência Financeira Tópicos Avançados sobre Opções -III. Definição e Carcterização de Opções Tipos de Opções Princípios de Avaliação Tópicos Avançados sobre Opções -III Objectivo Definição e Carcterização de Opções Tipos de Opções Princípios de Avaliação João Cantiga Esteves Senior Partner 1 ACTIVOS FINANCEIROS DERIVADOS MODELO BLACK-SCHOLES

Leia mais

INVESTIMENTO ACTIVO MAIS OBRIGAÇÕES

INVESTIMENTO ACTIVO MAIS OBRIGAÇÕES Breve Descrição do Produto O é um produto financeiro complexo composto por 50% do investimento num Depósito a Prazo a 180 dias, não renovável, com uma taxa de juro de 4% (TANB Taxa Anual Nominal Bruta),

Leia mais

Processo de Decisão. Determinada perspectiva sobre um subjacente. Perspectiva sobre o movimento do subjacente. Escolher o tipo de produto.

Processo de Decisão. Determinada perspectiva sobre um subjacente. Perspectiva sobre o movimento do subjacente. Escolher o tipo de produto. Processo de Decisão Determinada perspectiva sobre um subjacente Perspectiva sobre o movimento do subjacente Escolher o tipo de produto Warrant Inline À escolha Certificados Turbo 1 1. Subjacentes Sumário

Leia mais

CFDs sobre acções CFDs sobre Índices. CFD s. Contracts for Difference

CFDs sobre acções CFDs sobre Índices. CFD s. Contracts for Difference CFDs sobre acções CFDs sobre Índices CFD s Contracts for Difference Introdução Caracteristicas O que são? 1 Vantagens 1 Alavancagem Flexibilidade Outras vantagens 2 Exposição mínima Inexistência de Liquidação

Leia mais

Preçário para Investidores não qualificados nos termos da instrução nº1/2006 da CMVM

Preçário para Investidores não qualificados nos termos da instrução nº1/2006 da CMVM Preçário para Investidores não qualificados nos termos da instrução nº1/2006 da CMVM Clientes utilizadores de meios electrónicos Caixadirecta Invest 15 de Outubro de 2010 Aviso nos termos da instrução

Leia mais

Valores Mobiliários Estruturados Factor Certificates

Valores Mobiliários Estruturados Factor Certificates Produto Financeiro Complexo Valores Mobiliários Estruturados Factor Certificates Uma nova forma de alavancar os seus investimentos Informações sobre o Produto Não dispensa a consulta do Documento Informativo

Leia mais

CONTRATOS DERIVATIVOS. Opções sobre Futuro BVMF de Standard & Poor s (S&P 500)

CONTRATOS DERIVATIVOS. Opções sobre Futuro BVMF de Standard & Poor s (S&P 500) CONTRATOS DERIVATIVOS Opções sobre Futuro BVMF de Standard & Poor s (S&P 500) Opções sobre Futuro de S&P 500 Diversifique o seu portfólio com derivativos que possuem exposição no mercado financeiro internacional

Leia mais

Relatório e Contas CARREGOSA TECHNICAL TRADING FUNDO ESPECIAL DE INVESTIMENTO ABERTO NÃO HARMONIZADO PERÍODO FINDO EM 30 DE JUNHO DE

Relatório e Contas CARREGOSA TECHNICAL TRADING FUNDO ESPECIAL DE INVESTIMENTO ABERTO NÃO HARMONIZADO PERÍODO FINDO EM 30 DE JUNHO DE Relatório e Contas CARREGOSA TECHNICAL TRADING FUNDO ESPECIAL DE INVESTIMENTO ABERTO NÃO HARMONIZADO PERÍODO FINDO EM 30 DE JUNHO DE 2011 Índice 1 Relatório de Gestão... 3 Enquadramento Geral da actividade

Leia mais

O investimento em instrumentos financeiros tem sempre associado uma rendibilidade potencial e um risco implícito.

O investimento em instrumentos financeiros tem sempre associado uma rendibilidade potencial e um risco implícito. INFORMAÇÕES GERAIS. O investimento em instrumentos financeiros tem sempre associado uma rendibilidade potencial e um risco implícito. A rendibilidade é a taxa de rendimento gerado pelo investimento durante

Leia mais

Conceitos básicos de negociação em Ações

Conceitos básicos de negociação em Ações Conceitos básicos de negociação em Ações N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling www.facebook.com/gobulling Ação: título representativo de uma fração do capital social

Leia mais

Conceitos Básicos Tipos de Warrants e Exemplos. N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling

Conceitos Básicos Tipos de Warrants e Exemplos. N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling Conceitos Básicos Tipos de Warrants e Exemplos N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling Produto Financeiro Complexo Um investimento responsável exige que conheça as

Leia mais

Prospecto Informativo Invest Sectores Essenciais Junho 2015

Prospecto Informativo Invest Sectores Essenciais Junho 2015 Prospecto Informativo Invest Sectores Essenciais Junho 2015 Junho de 2015 Designação: Invest Sectores Essenciais Junho 2015 Classificação: Caracterização do Depósito: Produto financeiro complexo Depósito

Leia mais

DMA Acesso Directo ao Mercado Manual do utilizador

DMA Acesso Directo ao Mercado Manual do utilizador DMA Acesso Directo ao Mercado Manual do utilizador Manual do utilizador Conteúdos Conteúdos 01 Uma introdução à negociação com DMA 02 Início O que é o DMA Vantagens do DMA Activação do DMA Permissões &

Leia mais

ebook - Forex para Iniciantes

ebook - Forex para Iniciantes Mercado financeiro Na economia, o mercado financeiro é um mecanismo que permite a compra e venda (comércio) de valores mobiliários (por exemplo ações e obrigações), mercadorias (como pedras preciosas ou

Leia mais

ETFs. Produtos de Investimentos Estruturados. José da Silva Pires / Commerzbank

ETFs. Produtos de Investimentos Estruturados. José da Silva Pires / Commerzbank ETFs Produtos de Investimentos Estruturados ETFs Ideias geniais são frequentemente muito simples fósforo (em grego o que traz luz ) - 1669 1993, os primeiros ETF s negociados na American Stock Exchange

Leia mais

OPORTUNIDADES ÚNICAS. O CME Group e a BM&FBovespa uniram-se para oferecer acesso global a dois dos mercados mais dinâmicos do mundo

OPORTUNIDADES ÚNICAS. O CME Group e a BM&FBovespa uniram-se para oferecer acesso global a dois dos mercados mais dinâmicos do mundo OPORTUNIDADES ÚNICAS O CME Group e a BM&FBovespa uniram-se para oferecer acesso global a dois dos mercados mais dinâmicos do mundo Panorama da parceria do CME Group com a BM&FBOVESPA Conectando mercados

Leia mais

ESTRATÉGIAS COMPROVADAS para negociar opções no mercado de futuros do CME Group

ESTRATÉGIAS COMPROVADAS para negociar opções no mercado de futuros do CME Group 25 ESTRTÉGIS COMPROVDS para negociar opções no mercado de futuros do CME Group TITLE UM MUNDO DE OPÇÕES EM UM PLTFORM PODEROS. Com mais de 3,4 bilhões de contratos avaliados em mais de US$1 quatrilhão

Leia mais

. MERCADOS MOBILIÁRIOS

. MERCADOS MOBILIÁRIOS . MERCADOS 5.. M DE VALORES MOBILIÁRIOS 5. Mercados de Valores Mobiliários O QUE SÃO OS MERCADOS DE VALORES MOBILIÁRIOS? Os mercados de valores mobiliários são um espaço ou uma organização que se destina

Leia mais

O valor da remuneração do Depósito Indexado não poderá ser inferior a 0%. O Depósito garante na Data de Vencimento a totalidade do capital aplicado.

O valor da remuneração do Depósito Indexado não poderá ser inferior a 0%. O Depósito garante na Data de Vencimento a totalidade do capital aplicado. Designação Depósito Indexado PSI 20 Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de Risco Instrumentos ou variáveis subjacentes ou associados Perfil de cliente

Leia mais

Capítulo 3. Taxas de câmbio e mercados de divisas. Objectivos do capítulo

Capítulo 3. Taxas de câmbio e mercados de divisas. Objectivos do capítulo Capítulo 3 Taxas de câmbio e mercados de divisas Objectivos do capítulo A função das taxas de câmbio no comércio internacional; Como se determinam as taxas de câmbio? Preços e decisões dos agentes económicos

Leia mais

Módulo 4 - Especulação e Cobertura de Riscos com Futuros

Módulo 4 - Especulação e Cobertura de Riscos com Futuros Sumário Módulo 4 - Especulação e Cobertura de Riscos com Futuros ISEG Universidade Técnica de Lisboa 6 de Maio de 2005 Parte I Sumário Parte I: Arbitragem com Futuros Parte II: Especulação com Futuros

Leia mais

Informação Importante

Informação Importante Informação Importante Independentemente das condições de prestação de serviços bancários, de investimento, de recepção e transmissão de ordens por conta de outrem, cujos termos se encontram expressos nas

Leia mais

Os riscos do DUETO, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem.

Os riscos do DUETO, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem. Advertências ao Investidor Os riscos do, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem. Risco de perda total ou parcial do capital investido

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO Capital Garantido Brasil 2015 Notes ( Brasil 2015 Notes ) a emitir pelo Espirito Santo Investment p.l.c. ao abrigo do seu 2,500,000,000 Euro Medium Term

Leia mais

Banco Português de Investimento, S.A.

Banco Português de Investimento, S.A. 1 Banco Português de Investimento, S.A. TABELA GERAL DE REMUNERAÇÕES, COMISSÕES E DESPESAS PRODUTOS E SERVIÇOS Actualizada em 2008-07-16 7 VALORES MOBILIÁRIOS TRANSACÇÕES 1. Mercado a Contado a) Comissão

Leia mais

Euronext Lisbon 7,90 7,90 9,90 9,90. 0,60% (mínimo: 14,00) Ordens canceladas/limite temporal expirado isento isento isento isento

Euronext Lisbon 7,90 7,90 9,90 9,90. 0,60% (mínimo: 14,00) Ordens canceladas/limite temporal expirado isento isento isento isento Preçário Geral Títulos Na contratação de serviços de investimento em valores mobiliários, os investidores não qualificados devem analisar atentamente o preçário para calcular os encargos totais previsíveis

Leia mais

Manual de cálculo de risco de carteira de investimentos DEGIRO

Manual de cálculo de risco de carteira de investimentos DEGIRO Manual de cálculo de risco de carteira de s DEGIRO Conteúdo 1. Introdução... 4 2. Resumo da carteira de s... 5 2.1 Resumo de margem... 6 2.1.1 Valor da carteira... 6 2.1.2 Saldo contabilístico... 6 2.1.3

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. OPÇÕES SOBRE FOREX Contraparte:

Leia mais

Prospecto Informativo Depósito Dual China e México BBVA Novembro 2012

Prospecto Informativo Depósito Dual China e México BBVA Novembro 2012 Prospecto Informativo Depósito Dual China e México BBVA Novembro 2012 Designação Classificação Caracterização do Produto Depósito Dual China e México BBVA Produto financeiro complexo O Depósito Dual China

Leia mais

Bolsa Buzz. Sumário. Editorial. Actividade TRIMESTRAL FEVEREIRO 2010 O FOLHETO DOS INVESTIDORES INDIVIDUAIS. 1 EDITORIAL Novo Índice Ibérico

Bolsa Buzz. Sumário. Editorial. Actividade TRIMESTRAL FEVEREIRO 2010 O FOLHETO DOS INVESTIDORES INDIVIDUAIS. 1 EDITORIAL Novo Índice Ibérico Bolsa Buzz 08 O FOLHETO DOS INVESTIDORES INDIVIDUAIS TRIMESTRAL FEVEREIRO 2010 O essencial do mercado português Sumário 1 EDITORIAL Novo Índice Ibérico 2 TRADING FOCUS Mercado Europeu de ETFs continua

Leia mais

Preçário de Produtos Financeiros Entrada em vigor: 06 de Novembro de 2014

Preçário de Produtos Financeiros Entrada em vigor: 06 de Novembro de 2014 Entrada em vigor: 06 de Novembro de 2014 Banco L. J. Carregosa, S.A. Preçário Produtos Financeiros - Pág. 1/28 Índice 1. Canal de Negócio - GoBulling 1.1 Preçário de Clientes Internet 1.2 Preçário Especial

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Contraparte: Saxo Bank A/S, com

Leia mais

Turbos. Manual de investimento em produtos estruturados do tipo Turbo

Turbos. Manual de investimento em produtos estruturados do tipo Turbo Turbos Manual de investimento em produtos estruturados do tipo Turbo Índice Aplicação pequena grande efeito? 4 Good to know O que deve saber 6 Turbo Classic e Turbo Warrants 10 Turbo Unlimited 16 Turbo

Leia mais

Prospecto Informativo Invest Security (Ser. 13/1)

Prospecto Informativo Invest Security (Ser. 13/1) Prospecto Informativo Invest Security (Ser. 13/1) Setembro de 2013 Designação: Invest Security (Ser. 13/1) Classificação: Caracterização do Depósito: Garantia de Capital: Garantia de Remuneração: Factores

Leia mais

Depósito Indexado, denominado em Euros, pelo prazo de 6 meses (178 dias), não mobilizável antecipadamente.

Depósito Indexado, denominado em Euros, pelo prazo de 6 meses (178 dias), não mobilizável antecipadamente. Designação Classificação Depósito Indexado USD 6 meses Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito Indexado, denominado em Euros, pelo prazo de 6 meses (178 dias), não mobilizável antecipadamente.

Leia mais

www.contratofuturo.com

www.contratofuturo.com www.contratofuturo.com www.contratofuturo.com O que é o Índice Futuro Para falar de índice futuro, primeiro precisamos falar do ÍNDICE no presente, que é o Ibovespa. O famoso índice que serve para medir

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Valores Mobiliários Estruturados

Leia mais

Condições e Termos Particulares de Comercialização de Fundos da ComStage utilizados pelo Distribuidor Commerzbank Aktiengesellschaft em Portugal

Condições e Termos Particulares de Comercialização de Fundos da ComStage utilizados pelo Distribuidor Commerzbank Aktiengesellschaft em Portugal Condições e Termos Particulares de Comercialização de Fundos da ComStage utilizados pelo Distribuidor Commerzbank Aktiengesellschaft em Portugal Setembro 2014 I. Colocação e Comercialização em Portugal

Leia mais

ComStage ETFs Os ETFs do Commerzbank

ComStage ETFs Os ETFs do Commerzbank ComStage ETFs Os ETFs do Commerzbank Ideias geniais são frequentemente muito simples ComStage ETFs Corporates & Markets Achieving more together Conteúdo Ideias geniais são frequentemente muito simples

Leia mais

CONTRATOS DERIVATIVOS. Futuro BVMF de Standard & Poor s 500 (S&P 500)

CONTRATOS DERIVATIVOS. Futuro BVMF de Standard & Poor s 500 (S&P 500) CONTRATOS DERIVATIVOS Futuro BVMF de Standard & Poor s 500 (S&P 500) Futuro de S&P 500 Solução unificada para administração de risco ou alavancagem relativa a um portfólio diversificado de ações de primeira

Leia mais

Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI)

Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI) Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI) O presente documento fornece as informações fundamentais destinadas aos investidores sobre este Fundo. Não é material promocional. Estas informações

Leia mais

PROSPECTO DO OIC/FUNDO. BPI REESTRUTURAÇÕES Fundo de Investimento Aberto de Acções

PROSPECTO DO OIC/FUNDO. BPI REESTRUTURAÇÕES Fundo de Investimento Aberto de Acções PROSPECTO DO OIC/FUNDO OIC ABERTO BPI REESTRUTURAÇÕES Fundo de Investimento Aberto de Acções Fundo Harmonizado 3 de Março de 2015 1/22 A autorização do OIC pela CMVM baseia-se em critérios de legalidade,

Leia mais

Depósito Indexado, denominado em Euros, pelo prazo de 6 meses (191 dias), não mobilizável antecipadamente.

Depósito Indexado, denominado em Euros, pelo prazo de 6 meses (191 dias), não mobilizável antecipadamente. Designação Classificação Depósito Indexado EUR/USD No Touch Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito Indexado, denominado em Euros, pelo prazo de 6 meses (191 dias), não mobilizável antecipadamente.

Leia mais

O valor da remuneração do Depósito Indexado não poderá ser inferior a 0%. O Depósito garante na Data de Vencimento a totalidade do capital aplicado.

O valor da remuneração do Depósito Indexado não poderá ser inferior a 0%. O Depósito garante na Data de Vencimento a totalidade do capital aplicado. Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de Risco Instrumentos ou variáveis subjacentes ou associados Perfil de cliente recomendado Condições

Leia mais

MANUAL DE INVESTIMENTOS

MANUAL DE INVESTIMENTOS MANUAL DE INVESTIMENTOS Manual de utilização e dicas para que conheça melhor a área de Investimentos do site millenniumbcp.pt. 1 02 ÍNDICE 03 1 VANTAGENS DA ÁREA DE INVESTIMENTOS 04 2 ESTRUTURA 04 Homepage

Leia mais

Mercado Cambial. i ve seen, learnt and done things i can t forget. Características e Produtos. Ricardo Diz

Mercado Cambial. i ve seen, learnt and done things i can t forget. Características e Produtos. Ricardo Diz Mercado Cambial Características e Produtos Ricardo Diz i ve seen, learnt and done things i can t forget Conteúdo Mercado Cambial Operações Cambiais Tipos de Operações Cambiais Produtos Cambiais 2 Mercado

Leia mais

- Prospecto Informativo -

- Prospecto Informativo - - Prospecto Informativo - Designação Classificação Depósito Indexado Depósito Valor Energia USD (doravante referido por o Depósito ).. Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Factores

Leia mais

DE QUE FORMA OS CONHECIMENTOS

DE QUE FORMA OS CONHECIMENTOS COMISSÃO DO MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS COMISSÃO DO MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE QUE FORMA OS CONHECIMENTOS E A EXPERIÊNCIA DOS INVESTIDORES DETERMINAM O MODO COMO SÃO TRATADOS PELOS INTERMEDIÁRIOS

Leia mais

. INFORMAÇÃO E EMITENTES MOBILIÁRIOS

. INFORMAÇÃO E EMITENTES MOBILIÁRIOS . INFORMAÇÃO 4.. I E EMITENTES DE VALORES MOBILIÁRIOS 4. Informação e Emitentes de Valores Mobiliários O QUE É PRECISO SABER PARA INVESTIR EM VALORES MOBILIÁRIOS? A informação desempenha um papel fundamental

Leia mais

Condições e formulários de aceitação DEGIRO

Condições e formulários de aceitação DEGIRO Condições e formulários de aceitação DEGIRO 1/25 Endereço para onde pode enviar este formulário: Pode enviar este formulário devidamente preenchido por e-mail para: clientes@degiro.pt 2/25 Condições para

Leia mais

Bolsa Bolhas e Crashes. Adriano Alves Simões adriano.simoes@ist.utl.pt

Bolsa Bolhas e Crashes. Adriano Alves Simões adriano.simoes@ist.utl.pt Bolsa Bolhas e Crashes Adriano Alves Simões adriano.simoes@ist.utl.pt Perguntas Podem e devem fazer perguntas sempre que quiserem. Introdução: Um pouco de História O que é a Bolsa e como funciona? Estratégias

Leia mais

Os valores mobiliários que fazem parte de uma mesma emissão conferem aos seus titulares os mesmos direitos e deveres.

Os valores mobiliários que fazem parte de uma mesma emissão conferem aos seus titulares os mesmos direitos e deveres. VALORES MOBILIÁRIOS O QUE SÃO VALORES MOBILIÁRIOS? Valores mobiliários são documentos emitidos por empresas ou outras entidades, em grande quantidade, que representam direitos e deveres, podendo ser comprados

Leia mais

Invista no Mundo de A a Z! Matérias-Primas

Invista no Mundo de A a Z! Matérias-Primas Invista no Mundo de A a Z! Matérias-Primas Acesso Fácil aos Mercados de Matérias-Primas O ABN AMRO Bank N.V. é um subsidiary undertaking do The Royal Bank of Scotland Group plc. Todos os certificados são

Leia mais

Aviso n. o 006/2014-AMCM

Aviso n. o 006/2014-AMCM Aviso n. o 006/2014-AMCM ASSUNTO: UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS DERIVADOS NOS FUNDOS DE PENSÕES De acordo com o disposto no n. o 6 do aviso n. o 006/2013-AMCM, de 10 de Janeiro, os instrumentos derivados, tais

Leia mais

Bolsas de Valores. (Nivel II) (Nivel I) NYSE MKT (American Stock Exchange) 1,5 23 USD Apenas nível I

Bolsas de Valores. (Nivel II) (Nivel I) NYSE MKT (American Stock Exchange) 1,5 23 USD Apenas nível I Espanha Spanish Equities 4,5 23 14,5 47 EUR New York Stock Exchange 1,5 45 25 60 USD NASDAQ 1,5 23 15 76 USD Deverá estar subscrito ao nível I New York Stock Exchange (ARCA) 1,5 23 10 40 USD NYSE MKT (American

Leia mais

PROSPETO OIC/FUNDO FUNDO DE INVESTIMENTO MOBILIÁRIO ABERTO CAIXAGEST SELEÇÃO GLOBAL MODERADO. 10 de dezembro de 2015

PROSPETO OIC/FUNDO FUNDO DE INVESTIMENTO MOBILIÁRIO ABERTO CAIXAGEST SELEÇÃO GLOBAL MODERADO. 10 de dezembro de 2015 PROSPETO OIC/FUNDO FUNDO DE INVESTIMENTO MOBILIÁRIO ABERTO CAIXAGEST SELEÇÃO GLOBAL MODERADO 10 de dezembro de 2015 A autorização do Fundo pela CMVM baseia-se em critérios de legalidade, não envolvendo

Leia mais

Prospecto Informativo Invest Gestoras de Activos

Prospecto Informativo Invest Gestoras de Activos Prospecto Informativo Invest Gestoras de Activos Agosto de 2014 Designação: Classificação: Caracterização do Depósito: Garantia de Capital: Garantia de Remuneração: Factores de Risco: Invest Gestoras de

Leia mais

www.leandrostormer.com.br

www.leandrostormer.com.br 1 OPERANDO OPÇÕES: CONCEITOS E ESTRATÉGIAS I. Introdução: Em primeiro lugar gostaria de deixar claro que este é apenas um resumo, uma pequena introdução a uma forma diferente de operar no mercado financeiro,

Leia mais

INFORMAÇÕES FUNDAMENTAIS AO INVESTIDOR PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

INFORMAÇÕES FUNDAMENTAIS AO INVESTIDOR PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO INFORMAÇÕES FUNDAMENTAIS AO INVESTIDOR PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um Investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto aceitá-las CFD CONTRATO DIFERENCIAL OU CONTRACT

Leia mais

Índice REGULAMENTOS DA TELETRADE. Introdução...2. Margem de negociação...3. Tipos de aplicações/ordens...5. Envio e execução de ordens de mercado...

Índice REGULAMENTOS DA TELETRADE. Introdução...2. Margem de negociação...3. Tipos de aplicações/ordens...5. Envio e execução de ordens de mercado... Índice Introdução...2 Margem de negociação...3 Tipos de aplicações/ordens...5 Envio e execução de ordens de mercado...7 Ordem limitada...9 Autorização/registro... 13 Divisão... 14 Contratos futuros...

Leia mais

MERCADO DE CAPITAIS. Entrada em vigor: 18-Mar-2013. Valores Mobiliários

MERCADO DE CAPITAIS. Entrada em vigor: 18-Mar-2013. Valores Mobiliários Na contratação de serviços de investimento em valores mobiliários, os investidores não qualificados devem analisar atentamente o preçário para calcular os encargos totais previsíveis do investimento a

Leia mais

Os riscos do DUETO, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem.

Os riscos do DUETO, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem. Advertências ao Investidor Os riscos do, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem. Risco de perda total ou parcial do capital investido

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO

PROSPECTO SIMPLIFICADO Tipo e Duração Fundo Especial de Investimento (*) Aberto, constituido em Portugal. Iniciou a actividade em 18/04/2005, por tempo indeterminado. Entidade Gestora Consultores de Investimento Banco Depositário

Leia mais