Problemas ao gerar SEFIP x Soluções

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Problemas ao gerar SEFIP x Soluções"

Transcrição

1 Problemas ao gerar SEFIP x Soluções 1. Orientações cadastrais Empresas usuárias Departamentos SEFIP com o código 115 ou SEFIP com o código 150 ou SEFIP com o código 155 ou Funcionários Problemas ao gerar o arquivo SEFIP na Folha O arquivo não foi gerado, tente novamente O Sistema trava ao gerar o arquivo SEFIP Dicas Os valores devidos à Previdência Social não estão batendo com a Folha de pagamento Não está sendo calculada a Contribuição Social de 0,5% ou está sendo calculada, mas não é devida Inconsistências mais comuns durante a validação do arquivo SEFIP x Soluções... 8 Registro Tipo 00 - Informações do Responsável CNPJ do Responsável inválido CEI do Responsável inválido CPF do Responsável inválido Nome do Responsável inválido Nome para Contato com o Responsável inválido Nome do Logradouro inválido Nome do Bairro inválido Nome da Cidade inválido... 9 Registro Tipo 10 - Informações da Empresa CNPJ da Empresa inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente CEI da Empresa inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente Nome da Empresa inválido Nome do Logradouro inválido Nome do Bairro inválido Nome da Cidade inválido Telefone para contato com a Empresa inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente Código DDD da Empresa inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente Registro não esperado. Consulte o manual para verificar a hierarquia Alíquota RAT inválida Simples inválido Código FPAS inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente Código de Outras Entidades incompatível com FPAS Código de Terceiros inválido Código de Pagamento GPS inválido Código de Pagamento GPS incompatível com informações indicados Registro Tipo 20 - Informações da Empresa CNPJ do Tomador inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente CEI do Tomador inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente

2 Nome do Tomador inválido Nome do Logradouro inválido Nome do Bairro inválido Nome da Cidade inválido Registro não esperado. Consulte o manual para verificar a hierarquia Registro Tipo 30 - Registro do Trabalhador Registro não esperado. Consulte o manual para verificar a hierarquia PIS/PASEP/CI inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente CBO inválido Registro do Trabalhador duplicado Remuneração sem 13º Salário inválida. Verifique se o campo está preenchido corretamente Remuneração 13º Salário inválida. Verifique se o campo está preenchido corretamente Base de Cálculo 13º Salário Previdência Social - Referente à competência do movimento deve ser informada para trabalhadores com movimentação definitiva (exceto rescisão por justa causa por iniciativa do empregador) dentro do mês de competência Base de Cálculo 13º Salário Previdência - Referente à competência do movimento não deve ser informada quando houver afastamento definitivo com menos de 15 dias trabalhados no ano Data de Admissão do Trabalhador não classificada Base de Cálculo 13º Salário - Referente à competência do Movimento, inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente Remuneração sem 13º Salário deve ser informada para Categoria indicada Para Categoria indicada deve ser informada Remuneração sem 13º ou Remuneração 13º Salário Registro não esperado. Consulte o Manual para verificar a hierarquia PIS/PASEP/CI inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente Não deve ser informado mais de um afastamento definitivo para o mesmo trabalhador Registro de Movimentação do Trabalhador duplicado Registro do Trabalhador duplicado Empresas contendo, exclusivamente, informações de alteração cadastral e/ou endereço (registro 13 e 14), devem ser informados no código de recolhimento Não há informações para gerar as guias

3 1. Orientações cadastrais 1.1. Empresas usuárias O Cadastro da empresa deve estar com todos os campos preenchidos de forma correta. Não utilize caracteres especiais no preenchimento (ponto, vírgula, barra, hífen, acentuação...), a primeira posição em branco, dois espaços entre as palavras ou três caracteres iguais e consecutivos. O preenchimento dos códigos e percentuais deve ser compatível com o Tipo e Atividade da Empresa, pois o SEFIP validará todas as informações e se estiverem incorretas ou incompatíveis, serão geradas inconsistências. Para saber quais os códigos e percentuais corretos para a Empresa em questão, consulte a Previdência Social, o Manual do SEFIP disponível no site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.com.br), ou o Boletim Trabalhista do qual for assinante Departamentos O Cadastro de Departamentos deve estar com todos os campos preenchidos de forma correta. Não utilize caracteres especiais no preenchimento (ponto, vírgula, barra, hífen, acentuação...), a primeira posição em branco, dois espaços entre as palavras ou três caracteres iguais e consecutivos. O preenchimento dos códigos e percentuais (quando necessários) devem ser compatíveis com o Tipo e Atividade do Tomador/Obra, pois o SEFIP validará todas as informações e, se estiverem incorretas ou incompatíveis, serão geradas inconsistências. Para saber quais os códigos e percentuais corretos para os Tomadores/Obras em questão, consulte a Previdência Social, o Manual do SEFIP disponível no site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.com.br), ou o Boletim Trabalhista do qual for assinante SEFIP com o código 115 ou 905 Neste caso, os Departamentos cadastrados são somente para separação interna da Empresa, ou seja, para que a Folha de Pagamento e outros Relatórios possam sair separados. Os Departamentos devem estar cadastrados somente com o campo "Local" preenchido. 3

4 SEFIP com o código 150 ou 907 Neste caso, os Departamentos cadastrados são externos, ou seja, Tomadores de Serviços (que não são Obras de Construção Civil Empreitada Total ou Obra Própria). Os Departamentos (inclusive o Departamento Administrativo), devem estar cadastrados com os campos "Local", "Endereço", "Cidade", "C.N.P.J." ou "C.E.I." (nunca os dois), "Insc. Est.", "Estado" e "C.E.P." preenchidos. Os Dados para G.P.S. devem ficar em branco SEFIP com o código 155 ou 908 Neste caso, os Departamentos cadastrados são externos e trata-se de Obras de Construção Civil Empreitada Total ou Obra Própria. Os Departamentos devem estar cadastrados com todos os campos preenchidos: "Local", "Endereço", "Cidade", "C.N.P.J." ou "C.E.I." (nunca os dois), "Insc. Est.", "Estado", "C.E.P.", "Código G.P.S.", "%Terceiros", "% S.A.T." e "INSS Empresa". Para o Departamento Administrativo, pode-se optar por gerar junto com as Obras ou separado. Para gerar junto com as Obras, todos os campos devem ser preenchidos. Para gerar separado, o Administrativo deve estar cadastrado somente com o campo "Local" preenchido. 4

5 1.3. Funcionários O Cadastro de funcionários deve estar com todos os campos preenchidos de forma correta. Não utilize caracteres especiais no preenchimento (ponto, vírgula, barra, hífen, acentuação...), a primeira posição em branco, dois espaços entre as palavras ou três caracteres iguais e consecutivos. O preenchimento dos códigos deve ser compatível com a função e situação do empregado, pois o SEFIP validará todas as informações e se estiverem incorretas ou incompatíveis, serão geradas inconsistências. Para saber quais os códigos corretos para cada funcionário, consulte a Previdência Social, o Manual do SEFIP disponível no site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.com.br), ou o Boletim Trabalhista do qual for assinante. 2. Problemas ao gerar o arquivo SEFIP na Folha 2.1. O arquivo não foi gerado, tente novamente 1) Existem erros cadastrais na folha. Na maioria das vezes, trata-se de erros no preenchimento dos cadastros de Departamentos, ou informações incompatíveis no cadastro da Empresa, ou cadastro de Funcionários. Exemplos: a) Está fazendo SEFIP com código de recolhimento 115 ou 905 e tem Departamentos cadastrados com os campos de endereço, CNPJ e dados de GPS preenchidos. Sendo que deveria estar preenchido somente o campo "Local", conforme explicado no item SEFIP com código 115 ou 905. b) Está fazendo SEFIP com código de recolhimento 150 ou 907 e não tem os campos de endereço e CNPJ ou CEI preenchidos, ou tem os campos preenchidos, mas também estão preenchidos os dados da GPS. Sendo que deveriam estar preenchidos os campos de endereço e CNPJ ou CEI. c) Está fazendo SEFIP com código de recolhimento 155 ou 908 e não tem todos campos preenchidos. Sendo que deveriam estar preenchidos todos campos: endereço completo, CNPJ ou CEI e Dados da GPS. d) Não tem cadastro de Departamentos, mas no cadastro de Funcionários está com o campo "Depto./Setor/Seção", preenchido com algum número. e) Os Departamentos estão todos preenchidos de forma correta, mas no cadastro de Funcionários o campo "Depto./Setor/Seção", os funcionários não estão alocados corretamente em 5

6 seus devidos Departamentos. f) Está fazendo SEFIP com Código 905, mas todos os funcionários foram demitidos em meses anteriores. No caso, o SEFIP deveria ser feito com o Código 906, por Entrada de dados no SEFIP (não por validação na Folha). Obs.: o SEFIP só será gerado com Código 905, no mês em que ocorrer a última demissão. g) Preencheu todos os campos do cadastro de Departamentos, pois o SEFIP é de Obra de Construção Civil. A Obra possui CEI, mas preencheu código de GPS 2100 (para CNPJ) em vez de 2208 (para CEI). h) Não tem digitação para a Empresa que está gerando o arquivo SEFIP. 1) Confira o cadastro da Empresa, Departamentos e Funcionários. Identifique o que está incorreto, acerte e gere novamente o arquivo SEFIP O Sistema trava ao gerar o arquivo SEFIP 1) Existem divergências no cadastro de Afastamentos. Exemplos: a) Tem um Retorno de afastamento cadastrado, mas não tem o Afastamento. b) Tem afastamento cadastrado indevidamente, para funcionários que não foram afastados. Obs.: Todos os Afastamentos e Retornos devem estar cadastrados corretamente, mesmo se o Afastamento ou Retorno não tiver ocorrido no mês da geração do arquivo SEFIP. 1) Entre no Menu Arquivos - Afastamento, acesse a tela Pesquisa e confira todo o cadastro de Afastamentos e Retornos de funcionários. Identifique o que está incorreto, acerte e gere novamente o arquivo SEFIP. 3. Dicas 3.1. Os valores devidos à Previdência Social não estão batendo com a Folha de pagamento. 1) Os códigos ou percentuais do cadastro da Empresa estão incorretos. 2) Os cadastros dos funcionários estão preenchidos com o campo "Ocorrência GFIP" incorreto. 3) Existem divergências entre valores pagos aos funcionários ou Eventos com incidências incorretas. 1,2,3) No Sistema da Folha: Entre no Menu Relatórios - Folha de Pagto. (Prov./Descontos) - 6

7 Relatório, selecione SIM para o campo "Imprime Resumo da GPS" e imprima o Resumo da Folha que sairá com o Resumo da GPS. No Sistema do SEFP: Entre no Menu Relatórios - Fechamento - Analítico GPS e imprima o relatório. Depois compare nos dois Resumos (o emitido no Sistema da Folha e o emitido no Sistema SEFIP), o valor da parte de Segurados, Empresa, Terceiros (ou Outras Entidades), Deduções e Líquido. Se a diferença for na parte dos Segurados, emita a RE no Sistema SEFIP e confira as Bases e Valores descontados, de funcionário por funcionário, com a Folha de pagamento. Identifique o(s) funcionário(s) que está dando a diferença, acerte e gere novamente o arquivo SEFIP. No caso de baterem as Bases e não os Valores descontados, confira a Tabela de INSS da Folha, no Menu Arquivos - Tabelas, as duas colunas de alíquotas (Sem CPMF e Com CPMF) devem estar preenchidas). No cadastro da Empresa e no cadastro de Funcionários, o campo "CPMF" deve estar marcado. Se a diferença for na parte da Empresa, confira os Códigos e Percentuais do cadastro da Empresa. Se tiver Pró-labores e Autônomos, verifique se está preenchido no cadastro da Empresa o INSS Empregador e no cadastro do funcionário na tela "Outros", o "Nº Inscr. Guia INSS" (número do carnê do INSS ou na falta deste, o número do PIS), pois se não estiver preenchido, o Pró-labore ou Autônomo não será exportado. Verifique também se o campo "Ocorrência GFIP" está preenchido corretamente no cadastro dos Funcionários. No caso em que o Contribuinte Individual (Pró-labore e/ou Autônomo), tem duplo vínculo empregatício e não for recolher o INSS de acordo com a IN 87, informar o Código 5, no campo Ocorrência GFIP na tela Outros, do cadastro de Funcionários. Se a diferença for na parte de Terceiros (Outras Entidades), verifique o Código de terceiros no cadastro da Empresa e o Percentual de Terceiros correspondente, acerte e gere novamente o arquivo SEFIP. Para saber qual o Código e Percentual correto para a Empresa em questão, consulte a Previdência Social, o Manual do SEFIP disponível no site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.com.br) ou o Boletim Trabalhista do qual for assinante Não está sendo calculada a Contribuição Social de 0,5% ou está sendo calculada, mas não é devida. 1) O campo "Opção de FGTS" no cadastro da Empresa está incorreto. 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias, acesse a tela Folhamatic e altere o campo "Opção de FGTS" para 1 (calcula Contribuição Social), 2 (não calcula Contribuição Social), 3 (calcula Contribuição Social), 4 (calcula Contribuição Social), 5 (não calcula Contribuição Social) ou 6 (não calcula Contribuição Social). 1 - Para Não Optante do Simples 2 - Para Optante do Simples com Faturamento anual superior a R$ , Para Optante do Simples com Faturamento anual superior a R$ , Para Não Optante do Simples - Produtor rural pessoa física (FPAS CEI) 5 - Não Optante Empresa com Liminar para não Recolhimento da Contribuição Social. 6 - Optante Faturamento anual superior a R$ ,00. Empresa com Liminar para não Recolhimento da Contribuição Social. 7

8 4. Inconsistências mais comuns durante a validação do arquivo SEFIP x Soluções Registro Tipo 00 - Informações do Responsável Todas as inconsistências que ocorrerem no SEFIP e começarem com o número 00, se referem às informações do Responsável pela geração do SEFIP, preenchidas na Folha, no Menu Diversos SEFIP (em Disquete) CNPJ do Responsável inválido CEI do Responsável inválido CPF do Responsável inválido Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) O campo"tipo de Identificação" foi preenchido de forma incorreta. Por exemplo, foi informado 1 (CNPJ), mas o número que está no campo "Número de Inscrição" não é um CNPJ e sim um CEI ou CPF ou o contrário. Ou realmente o número do CNPJ, CEI ou CPF está incorreto. Veja abaixo, exemplo de erro: No campo "Tipo de Identificação" foi selecionado 2 (CEI) e o campo "Número de Inscrição" foi preenchido com um número que não é CEI e sim CNPJ. 1) Entre no Menu Diversos - SEFIP (em Disquete) e identifique o campo que está preenchido errado. Faça a correção e gere novamente o arquivo SEFIP. 8

9 Nome do Responsável inválido Nome para Contato com o Responsável inválido Nome do Logradouro inválido Nome do Bairro inválido Nome da Cidade inválido O campo está vazio, contém caracteres especiais, a primeira posição não é válida, existe mais de um espaço entre as palavras ou existem três ou mais caracteres iguais e consecutivos. 1) Os campos foram preenchidos de forma incorreta. Veja abaixo, exemplo de erros cadastrais: O campo "Nome da Empresa", foi preenchido com dois espaços entre as palavras Folhamatic Sistemas. O campo "Contato da Empresa" está preenchido com um espaço no início. O campo "Endereço" foi preenchido com caracteres especiais. O campo "Bairro" foi preenchido com três letras iguais e consecutivas. 1) Entre no Menu Diversos - SEFIP (em Disquete) e identifique o campo que está preenchido errado. Faça a correção e gere novamente o arquivo SEFIP. Registro Tipo 10 - Informações da Empresa Todas as inconsistências que ocorrerem no SEFIP e começarem com o número 10, se referem às informações da Empresa a qual está gerando o SEFIP, preenchidas na Folha no Menu Arquivos - Empresas usuárias. 9

10 CNPJ da Empresa inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) O número do CNPJ do cadastro da Empresa está incorreto. 1) Confirme o número do CNPJ e preencha corretamente o campo "CNPJ", que fica na tela "Básico" do cadastro da empresa CEI da Empresa inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) O número do CEI do cadastro da Empresa está incorreto. Não está preenchido no campo certo (por exemplo: está preenchido no campo do "CNPJ") ou está preenchido com caracteres especiais (ponto, barra, hífen...). 1) Confirme o número do CEI e preencha somente com os números (devem sobrar espaços em branco no final do número) no campo "CEI", que fica na tela "Folhamatic" do cadastro da empresa. Se a empresa tiver CEI, o campo "CNPJ" deve ficar em branco Nome da Empresa inválido Nome do Logradouro inválido Nome do Bairro inválido Nome da Cidade inválido O campo está vazio, contém caracteres especiais, a primeira posição não é válida, existe mais de um espaço entre as palavras ou existem três ou mais caracteres iguais consecutivos. 1) Os campos foram preenchidos de forma incorreta. Veja abaixo, exemplo de erros cadastrais: O campo "Nome" foi preenchido com dois espaços entre as palavras Folhamatic Sistemas. O campo "Endereço" foi preenchido com caracteres especiais (ponto). O campo "Bairro" foi preenchido com três caracteres iguais e consecutivos. O campo "Cidade" foi preenchido com um espaço no início. 10

11 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias e identifique o campo que está preenchido errado. Faça a correção e gere novamente o arquivo SEFIP Telefone para contato com a Empresa inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) O campo "Fone" foi preenchido de forma incorreta. 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias e na Tela Básico informe corretamente o número do telefone da empresa, no campo "Fone" e gere novamente o arquivo SEFIP Código DDD da Empresa inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) O campo "Fone" foi preenchido com o DDD incorretamente. 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias e na Tela Básico informe corretamente o número do telefone da empresa, no campo "Fone" e gere novamente o arquivo SEFIP Registro não esperado. Consulte o manual para verificar a hierarquia. 1) O arquivo está sendo gerado em Fila e existe alguma empresa na Fila que está com problemas cadastrais, não tem digitação ou funcionários ou teria que ser feita com outro Código de recolhimento. 1) Anote a empresa em que deu o erro no SEFIP. Vá ao Prompt do Ms-Dos, acesse a unidade onde o arquivo da Folha foi gerado e dê o comando: EDIT SEFIP.RE Será aberto o arquivo SEFIP pelo Editor de textos do DOS. Localize a Empresa que deu o 11

12 erro. A Empresa que deu o erro, NÃO é a que está com problema. A Empresa que está com problema, é a que está imediatamente acima, no arquivo editado da que deu o erro. Exemplo: Deu o erro na empresa 4, mas que está com problema é a empresa 3: Empresa 0001 Empresa 0002 Empresa 0003 (A que está acima) Empresa 0004 (Deu erro) Alíquota RAT inválida. 1) A alíquota do R.A.T. está incorreta. 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias e na Tela Folhamatic informe corretamente o percentual do R.A.T. no campo "% R.A.T.". Para saber qual o Percentual correto para a Empresa em questão, consulte a Previdência Social, o Manual do SEFIP disponível no site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.com.br), ou o Boletim Trabalhista do qual for assinante Simples inválido. 1) Os dados do cadastro da Empresa estão incompatíveis. 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias e na Tela Folhamatic informe corretamente o campo Simples Código FPAS inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) Código incorreto. 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias e na Tela Folhamatic informe corretamente o código de FPAS no campo "F.P.A.S.". Para saber qual o Código correto para a Empresa em questão, consulte a Previdência Social, o Manual do SEFIP disponível no site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.com.br) ou o Boletim Trabalhista do qual for assinante Código de Outras Entidades incompatível com FPAS. 1) Código incorreto. 12

13 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias e na Tela Folhamatic informe corretamente o código de Outras Entidades no campo "% Terceiros". Para saber qual o Código correto para a Empresa em questão, consulte a Previdência Social, o Manual do SEFIP disponível no site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.com.br), ou o Boletim Trabalhista do qual for assinante Código de Terceiros inválido. 1) Código incorreto ou preenchimento faltando dígito (Exemplo: o código 115 deve estar preenchido como 0115). 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias e na Tela Folhamatic informe corretamente o código de Terceiros no campo "Cód. Terceiros". Para saber qual o Código correto para a Empresa em questão, consulte a Previdência Social, o Manual do SEFIP disponível no site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.com.br) ou o Boletim Trabalhista do qual for assinante Código de Pagamento GPS inválido. 1) Código incorreto. 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias e na Tela Folhamatic informe corretamente o código de GPS no campo "Cód. Pagto. GPS". Para saber qual o Código correto para a Empresa em questão, consulte a Previdência Social, o Manual do SEFIP disponível no site da Caixa (www.caixa.com.br), ou o Boletim Trabalhista do qual for assinante Código de Pagamento GPS incompatível com informações indicados. 1) Os dados informados no Cadastro da empresa não estão compatíveis. Exemplos: a) A Empresa não é Optante do Simples e está com campo "Opção de FGTS" = 2 (que é para Empresa Optante do Simples) ou é Optante do Simples e está com o campo "Opção de FGTS" = 1 (que é para Empresa não Optante do Simples). b) A empresa é Optante do Simples e está com código de GPS 2100, sendo que o correto seria 2003, etc. 1) Entre no Menu Arquivos - Empresas usuárias e na Tela Folhamatic informe corretamente todos os códigos. 13

14 Para saber qual os Códigos corretos para a Empresa em questão, consulte a Previdência Social, o Manual do SEFIP disponível no site da Caixa Econômica Federal (www.caixa.com.br), ou o Boletim Trabalhista do qual for assinante. Veja abaixo os campos que devem ser conferidos. 1 - Para Não Optante do Simples 2 - Para Optante do Simples com Faturamento anual até R$ , Para Optante do Simples com Faturamento anual superior a R$ , Para Não Optante do Simples - Produtor rural pessoa física (FPAS CEI) 5 - Não Optante Empresa com Liminar para não Recolhimento da Contribuição Social. 6 - Optante Faturamento anual superior a R$ ,00. Empresa com Liminar para não Recolhimento da Contribuição Social. Registro Tipo 20 - Informações da Empresa Todas as inconsistências que ocorrerem no SEFIP e começarem com o número 20, se referem às informações dos Tomadores de Serviços da Empresa a qual está gerando o SEFIP, preenchidas na Folha no Menu Arquivos - Departamentos CNPJ do Tomador inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) O número do CNPJ do cadastro de Departamentos está incorreto. 1) Entre no Menu Arquivos - Departamentos e informe corretamente o número do CNPJ no campo "C.N.P.J". 14

15 CEI do Tomador inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) O número do CEI do cadastro de Departamentos está incorreto, com caracteres especiais (ponto, barra, hífen...) ou está preenchido no campo "C.N.P.J." 1) Entre no Menu Arquivos - Departamentos e informe corretamente o número do CEI no campo "C.E.I.". Preencha somente os números (sem separadores) e com os espaços em branco no final Nome do Tomador inválido Nome do Logradouro inválido Nome do Bairro inválido Nome da Cidade inválido O campo está vazio, contém caracteres especiais, a primeira posição não é válida, existe mais de um espaço entre as palavras ou existem 3 ou mais caractes iguais consecutivos. 1) Os campos foram preenchidos de forma incorreta. Veja abaixo, exemplo de erros cadastrais: O campo "Local" foi preenchido com um espaço no início. O campo "Endereço" foi preenchido com caracteres especiais (vírgula). O campo "Cidade" foi preenchido com dois espaços entre as palavras "Do Tomador". 1) Entre no Menu Arquivos - Departamentos e identifique o campo que está preenchido errado. Faça a correção e gere novamente o arquivo SEFIP. 15

16 Registro não esperado. Consulte o manual para verificar a hierarquia. 1) O arquivo está sendo gerado em Fila e existe alguma empresa na Fila que está com problemas cadastrais, não tem digitação ou funcionários, ou teria que ser feita com outro Código de recolhimento. 1) Anote a empresa em que deu o erro no SEFIP. Vá ao Prompt do Ms-Dos, acesse a unidade onde o arquivo da Folha foi gerado e dê o comando: EDIT SEFIP.RE Será aberto o arquivo SEFIP pelo Editor de textos do DOS. Localize a Empresa que deu o erro. A Empresa que deu o erro, NÃO é a que está com problema. A Empresa que está com problema é a que está imediatamente acima, no arquivo editado, da que deu o erro. Exemplo: Deu o erro na empresa 4, mas que está com problema é a empresa 3: Empresa 0001 Empresa 0002 Empresa 0003 (A que está acima) Empresa 0004 (Deu erro) Registro Tipo 30 - Registro do Trabalhador Registro não esperado. Consulte o manual para verificar a hierarquia. 1) O arquivo está sendo gerado em Fila e existe alguma empresa na Fila que está com problemas cadastrais, não tem digitação ou funcionários ou teria que ser feita com outro Código de recolhimento. 1) Anote a empresa em que deu o erro no SEFIP. Vá ao Prompt do Ms-Dos, acesse a unidade onde o arquivo da Folha foi gerado e dê o comando: EDIT SEFIP.RE Será aberto o arquivo SEFIP pelo Editor de textos do DOS. Localize a Empresa que deu o erro. A Empresa que deu o erro, NÃO é a que está com problema. A Empresa que está com problema é a que está imediatamente acima, no arquivo editado, da que deu o erro. Exemplo: Deu o erro na empresa 4, mas que está com problema é a empresa 3: Empresa 0001 Empresa 0002 Empresa 0003 (A que está acima) Empresa 0004 (Deu erro) 16

17 PIS/PASEP/CI inválido. Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) O número do PIS do cadastro de Funcionário ou Nº de Inscr. Guia INSS (Número do carnê) de Pró-labores ou Autônomos, está incorreto ou não está preenchido. 1) Entre no Menu Arquivos - Funcionários e na tela "Documentos", informe corretamente o número do PIS do funcionário ou na tela "Outros" Informe corretamente o Nº de Inscr. Guia INSS (Número do carnê) CBO inválido. 1) O número do CBO do cadastro do Funcionário está incorreto. 1) Entre no Menu Arquivos - Funcionários e na tela "Dados", preencha corretamente o número do CBO do funcionário no campo "CBO 2002" Registro do Trabalhador duplicado 1) Tem dois números de PIS iguais para funcionário diferentes ou duas matrículas de INSS iguais para Pró-labores ou Autônomos diferentes. 2) Tem dois Afastamentos (por desligamento da empresa) cadastrados no cadastro de Afastamento. A Rescisão do funcionário, foi gravada duas vezes com datas ou códigos diferentes. 1) Entre no Menu Arquivos - Funcionários, acesse a tela "Documentos" e confira o campo "PIS" dos funcionários e na tela "Outros", confira o campo "Nº Inscr. Guia INSS" de Pró-labores e Autônomos. Identifique o número que está duplicado, acerte e gere novamente o arquivo SEFIP. 2) Entre no Menu Arquivos - Afastamento, acesse a tela Pesquisa, procure o nome do funcionário, exclua o Afastamento errado e gere novamente o arquivo SEFIP Remuneração sem 13º Salário inválida. Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) Foram descontados em Rescisão, valores referentes à Faltas maior que o valor do Saldo de salários ou foram descontados valores que superaram o valor do Saldo de salários. 1) Na Rescisão, lance as Faltas no valor igual ao saldo de salários e outros adicionais (adicional noturno, horas extras...) e crie um evento de desconto sem incidências para descontar o valor que superar o saldo de salários e adicionais. 17

18 Remuneração 13º Salário inválida. Verifique se o campo está preenchido corretamente. 1) O valor do 13º Salário proporcional na Rescisão não foi informado ou está dando valor negativo. Por exemplo, quando o funcionário é dispensado após o dia 20 de Dezembro e já recebeu todo o 13º Salário ou quando é feito o adiantamento da 1ª parcela do 13º Salário para o empregado e o mesmo é demitido após poucos meses, de forma que o valor do adiantamento da 1ª parcela fique maior que o valor devido (proporcional aos meses que tem direito). 1) Se o empregado foi demitido depois do dia 20 de Dezembro e já tinha recebido todo o 13º Salário, o valor referente a este 13º já foi pago. Porém, é necessário informar esse valor para o SEFIP. Lance o Evento 1270 com o valor referente ao 13º Salário na "Digitação de holeriths", processe a Folha de pagamento e gere novamente o arquivo SEFIP. Depois que fizer o SEFIP, exclua o Evento 1270 da "Digitação de holeriths" e processe novamente a Folha de pagamento. Para a GRFC, informe manualmente, no campo 26 (Mês da Rescisão), o valor do 13º Salário já pago ao funcionários, antes da demissão. Se estiver dando negativo, em virtude de algum adiantamento de 1ª Parcela do 13º Salário ter sido maior que o valor proporcional devido, altere o valor do desconto do adiantamento de forma que fique menor que o valor do 13º Proporcional. É necessário informar pelo menos R$ 0,01. Se não conseguir identificar o que está ocasionando o problema, vá ao Prompt do Ms-Dos, acesse a unidade onde o arquivo da Folha foi gerado e dê o comando: EDIT SEFIP.RE Procure no arquivo, a linha onde está o nome do funcionário e localize um Sinal de Menos (-). Apague o Sinal de Menos (-) e coloque um Zero (0) no lugar. Dê ALT+A - Salvar e depois ALT+A - Sair. Entre no Sistema SEFIP e faça a Validação do arquivo. Quando terminar a Validação e der a mensagem dizendo que o arquivo foi validado e pedindo para dar "Ok", NÃO dê "Ok", dê "ESC". Vá ao Menu Arquivo - Modo de Operação - Entrada de Dados e acesse o Menu Movimento, dê ALT+R (se o SEFIP for feito por Departamentos ou Obras, dê primeiro ALT+T para acessar o Tomador e depois ALT+R), para acessar o Trabalhador e informe o valor do 13º Salário nos campos Remunerações "13º Salário" e Base de Cálculo 13º Salário Previdência Social: "Referente à Competência do Movimento". 18

19 Base de Cálculo 13º Salário Previdência Social - Referente à competência do movimento deve ser informada para trabalhadores com movimentação definitiva (exceto rescisão por justa causa por iniciativa do empregador) dentro do mês de competência. 1) Tem dois Afastamentos (por desligamento da empresa) cadastrados no cadastro de Afastamento. A Rescisão do funcionário foi gravada duas vezes com datas ou códigos diferentes ou não foi informado 13º Salário proporcional para funcionários que têm direito. 2) Está fazendo recolhimento de competências em atraso e tem funcionário que foram dispensados nas competências seguintes. 1) Entre no Menu Arquivos - Afastamento, acesse a tela Pesquisa, procure o nome do funcionário, exclua o Afastamento errado, se houver e gere novamente o arquivo SEFIP. Verifique se foi pago o 13º Salário proporcional para o funcionário. 2) Se estiver gerando o SEFIP em atraso e tiver funcionários demitidos em competências seguintes, entre no Menu Arquivos - Funcionários e na tela "Dados", desmarque o campo "Demitido", na tela "Ident. Adm.", altere o campo "Tipo de Movto.", para o código de funcionário ativo e exclua a "Data da Rescisão" e a "Causa da Rescisão". Feitas essas alterações, gere novamente o arquivo SEFIP. Depois que fizer o SEFIP, altere novamente os cadastros retornando as informações anteriores. Se não conseguir identificar o que está ocasionando o problema, entre no Sistema SEFIP e faça a Validação do arquivo. Quando terminar a Validação e der a mensagem dizendo que o arquivo foi validado e pedindo para dar "Ok", NÃO dê "Ok", dê "ESC". Vá ao Menu Arquivo - Modo de Operação - Entrada de Dados e acesse o Menu Movimento, dê ALT+R (se o SEFIP for feito por Departamentos ou Obras, dê primeiro ALT+T para acessar o Tomador e depois ALT+R), para acessar o Trabalhador e informe o valor do 13º Salário no campo Base de Cálculo 13º Salário Previdência Social: "Referente à Competência do Movimento". 19

20 Base de Cálculo 13º Salário Previdência - Referente à competência do movimento não deve ser informada quando houver afastamento definitivo com menos de 15 dias trabalhados no ano. 1) O empregado foi demitido com menos de 15 dias trabalhados e foi pago 13º Salário para ele (indevidamente, pois funcionários que tem menos de 15 dias trabalhados não têm direito a receber o 13º Salário proporcional). 1) Exclua o 13º Salário pago na Rescisão, processe a Folha e gere novamente o arquivo SEFIP. Depois que fizer o SEFIP, informe novamente o 13º Salário na Folha. Se preferir, entre no Sistema SEFIP e faça a Validação do arquivo. Quando terminar a Validação e der a mensagem dizendo que o arquivo foi validado e pedindo para dar "Ok", NÃO dê "Ok", dê "ESC". Vá ao Menu Arquivo - Modo de Operação - Entrada de Dados e acesse o Menu Movimento, dê ALT+R (se o SEFIP for feito por Departamentos ou Obras, dê primeiro ALT+T para acessar o Tomador e depois ALT+R), para acessar o Trabalhador e zere o valor do 13º Salário no campo Base de Cálculo 13º Salário Previdência Social: "Referente à Competência do Movimento" Data de Admissão do Trabalhador não classificada. 1) Tem funcionários que foram Demitidos e Admitidos no mesmo mês. 2) Tem dois funcionários com o mesmo número de PIS ou Pró-labores e Autônomos com o mesmo Nº Inscr. Guia INSS. 1) A Legislação determina um intervalo mínimo entre a Demissão e a Readmissão do funcionário na mesma Empresa. Ligue na Caixa Econômica Federal e verifique qual o procedimento deve ser adotado para este caso. 2) Entre no Menu Arquivos - Funcionários, acesse a tela "Documentos" e confira o campo "PIS" 20

1. Cadastro de Empresas

1. Cadastro de Empresas Empregado Doméstico 1. Cadastro de Empresas... 2 1.1. Tela Básico... 2 1.2. Tela Folhamatic... 3 2. Cadastro de Funcionários... 3 2.1. Tela Dados... 4 2.2. Tela Ident. Adm.... 5 2.3. Tela Documentos...

Leia mais

1. Cadastro de Empresas

1. Cadastro de Empresas Religioso 1. Cadastro de Empresas... 2 1.1. Tela Básico... 2 1.2. Tela Folhamatic... 3 2. Eventos... 3 3. Cadastro de Funcionários... 4 3.1. Tela Dados... 5 3.2. Tela Ident. Adm.... 6 3.3. Tela Outros...

Leia mais

Folha por Obra/Salário Construção Civil - Empreitada Total ou Obra Própria

Folha por Obra/Salário Construção Civil - Empreitada Total ou Obra Própria Folha por Obra/Salário Construção Civil - Empreitada Total ou Obra Própria 1. Empresas usuárias... 2 1.1. Cadastro de empresas... 2 2.1. Cadastro de funcionários... 3 3. Departamentos... 4 3.1. Cadastro

Leia mais

Sistema Folhamatic Apostila de Treinamento Presencial

Sistema Folhamatic Apostila de Treinamento Presencial Sistema Folhamatic Apostila de Treinamento Presencial Autor: Equipe Treinamento Índice Central Folhamatic...4 Atualizador Automático... 4 Auto Backup... 4 Talkmatic Suporte Online... 4 Backup / Retorno

Leia mais

Gestão de Pessoas - Windows

Gestão de Pessoas - Windows P á g i n a 1 Gestão de Pessoas - Windows Módulo Administração de Pessoal (Rubi) Processo: 13º Salário Senior Sistemas S.A Rua São Paulo, 825 - Bairro Victor Konder - CEP 89012.001 - Blumenau/SC Fone:

Leia mais

LEIAUTE DE FOLHA DE PAGAMENTO GRRF. Manual de Especificação

LEIAUTE DE FOLHA DE PAGAMENTO GRRF. Manual de Especificação Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS GRRF LEIAUTE DE FOLHA DE PAGAMENTO GRRF Manual de Especificação Leiaute de Folha de Pagamento GRRF VERSÃO 2.0.4 Manual de Especificações 1 INTRODUÇÃO Sobre a GRRF

Leia mais

Índice 1.Orientações Gerais...2 1.1.O que é GFIP...2 1.2.Quais as vantagens de utilizar o SEFIP?...2 1.3.Prazo de Entrega...2 1.4.Transmissão...

Índice 1.Orientações Gerais...2 1.1.O que é GFIP...2 1.2.Quais as vantagens de utilizar o SEFIP?...2 1.3.Prazo de Entrega...2 1.4.Transmissão... Índice 1.Orientações Gerais...2 1.1.O que é GFIP...2 1.2.Quais as vantagens de utilizar o SEFIP?...2 1.3.Prazo de Entrega...2 1.4.Transmissão...2 1.5.O que deverá ser informado na SEFIP...3 1.6. Ausência

Leia mais

1. Cadastro de Funcionários

1. Cadastro de Funcionários Autônomo 1. Cadastro de Funcionários... 2 1.1. Tela Dados... 2 1.2. Tela Ident. Adm.... 3 1.3. Tela Outros... 4 2. Eventos dos Autônomos... 5 3. Digitação... 6 4. Autônomo Transportador (Carreteiro)...

Leia mais

Manual de Procedimentos Sistemas Integrados Wsolução Módulo WFolha Geração do Arquivo da RAIS/2012

Manual de Procedimentos Sistemas Integrados Wsolução Módulo WFolha Geração do Arquivo da RAIS/2012 Indice Introdução...2 Conferindo os cadastros...2 Parâmetros Empresa...2 Cadastro de eventos...3 Centros de Custo (Obras)...3 Sindicatos...3 Funcionários...5 Gerando o arquivo para Rais...5 Outras informações

Leia mais

Menu Arquivos. Empresas Usuárias Informações relacionadas ao cadastro de empresas

Menu Arquivos. Empresas Usuárias Informações relacionadas ao cadastro de empresas Empresas Usuárias Informações relacionadas ao cadastro de empresas O cadastramento de empresas é um item indispensável para o funcionamento do sistema; o mesmo deverá ser gravado apenas uma vez para a

Leia mais

Gestão de Pessoas - 4w

Gestão de Pessoas - 4w Gestão de Pessoas - 4w Modulo Administração de Pessoal (Rubi) Processo: 13º Salário Senior Sistemas S.A Rua São Paulo, 825 - Bairro Victor Konder - CEP 89012.001 - Blumenau/SC Fone: (047) 3221-3300 www.senior.com.br

Leia mais

RAIS 2014 Relação Anual de. Informações Sociais

RAIS 2014 Relação Anual de. Informações Sociais RAIS 2014 Relação Anual de Informações Sociais Copyright 2013 1 Definição: Relação Anual de Informação Social: Todo estabelecimento deve fornecer ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), por meio da

Leia mais

Veja abaixo como duplicar as informações da empresa modelo para as empresas.

Veja abaixo como duplicar as informações da empresa modelo para as empresas. 1 1. Duplicação das informações da empresa modelo Juntamente com a instalação da empresa modelo encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas a serem

Leia mais

Data Versão Descrição Autor <23/08/2012> 2.0.0 Lista de Erros e Alertas 2.0 Gustavo Arguelho

Data Versão Descrição Autor <23/08/2012> 2.0.0 Lista de Erros e Alertas 2.0 Gustavo Arguelho 1. Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 2.0.0 Lista de Erros e Alertas 2.0 Gustavo Arguelho ELOTECH INFORMÁTICA E SISTEMAS LTDA Página 1 de 5 LISTA DE ERROS E ALERTAS GERADOS PELO

Leia mais

RSN Administrar FGTS/RJ

RSN Administrar FGTS/RJ RSN Administrar FGTS/RJ Índice Legislação Vigente Evolução Procedimental Percentuais Guias em utilização recolhimento regular SEFIP 8.4 - Importação de Folha e Entrada de dados SEFIP 8.4 - Dados do Movimento

Leia mais

RELAÇÃO DE ERROS E ALERTAS As tabelas a seguir, relacionam os erros e alertas adotados pelo Sistema de Notas Fiscais Eletrônicas NFS-e.

RELAÇÃO DE ERROS E ALERTAS As tabelas a seguir, relacionam os erros e alertas adotados pelo Sistema de Notas Fiscais Eletrônicas NFS-e. RELAÇÃO DE ERROS E ALERTAS As tabelas a seguir, relacionam os erros e alertas adotados pelo Sistema de Notas Fiscais Eletrônicas NFS-e. RELAÇÃO DE ERROS Novos erros para suporte às regras dos municípios,

Leia mais

Para facilitar o entendimento do processo de geração da RAIS 2010 nos Sistemas Cordilheira, a equipe de Suporte Técnico da EBS Sistemas

Para facilitar o entendimento do processo de geração da RAIS 2010 nos Sistemas Cordilheira, a equipe de Suporte Técnico da EBS Sistemas Para facilitar o entendimento do processo de geração da RAIS 2010 nos Sistemas Cordilheira, a equipe de Suporte Técnico da EBS Sistemas disponibilizou este pequeno manual que contém dicas importantes sobre

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Wfolha 13 Salário

MANUAL DO SISTEMA. Wfolha 13 Salário MANUAL DO SISTEMA Wfolha 13 Salário SulProg Sistemas 1 INTRODUÇÃO Este manual foi desenvolvido a fim de facilitar e esclarecer dúvidas sobre os procedimentos referente ao 13 salário. SulProg Sistemas 2

Leia mais

HISTÓRICO DAS VERSÕES DO SEFIP E DAS TABELAS AUXILIARES DO INSS

HISTÓRICO DAS VERSÕES DO SEFIP E DAS TABELAS AUXILIARES DO INSS HISTÓRICO DAS VERSÕES DO SEFIP E DAS TABELAS AUXILIARES DO INSS Os indicativos (número e data) da Versão SEFIP, Tabelas do INSS e Tabela de Índices do FGTS podem ser visualizados no Menu Principal do SEFIP,

Leia mais

Menu Processos. - Folha de Pagamento Mensal - Adiantamento (vale) - 13º Salário Parcela Final - 13º Salário Adiantamento

Menu Processos. - Folha de Pagamento Mensal - Adiantamento (vale) - 13º Salário Parcela Final - 13º Salário Adiantamento Digitação de Holerith Processo da Folha de Pagamento Este item é responsável pela criação de sua folha de pagamento. A Digitação de Holerith permite o manuseio completo das mais diferentes situações. Esta

Leia mais

Perguntas e Respostas do esocial Empregador Doméstico

Perguntas e Respostas do esocial Empregador Doméstico Perguntas e Respostas do esocial Empregador Doméstico Versão 2.0 21/10/2015 Alterações em relação à versão anterior Alterado: itens 11, 13, 22, 29, 30, 33, 34, 40, 45, 47 e 50 Incluído: itens 12, 14, 15,

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Apresentamos nos capítulos abaixo as orientações para a utilização do sistema:

APRESENTAÇÃO. Apresentamos nos capítulos abaixo as orientações para a utilização do sistema: Manual de Preenchimento Aplicativo Cliente - GRRF Versão 2.0.2 APRESENTAÇÃO O Sistema GRRF Guia de Recolhimento Rescisório do FGTS foi elaborado com o propósito de agilizar o processamento dos recolhimentos

Leia mais

Manual para DIRF. Manual de Procedimentos - WFOLHA

Manual para DIRF. Manual de Procedimentos - WFOLHA Para gerar o arquivo da DIRF, existem algumas informações importantes a serem revisadas antes de qualquer processo. Desta forma dividimos o manual em sequencias as quais estão explicadas a diante: Prazo:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LEOPOLDO SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e Manual de Acesso e Utilização do Aplicativo On-Line Versão 1.0.2 Abril/2011 ÍNDICE ÍNDICE...2

Leia mais

Manual de Integração Contábil Folha Phoenix

Manual de Integração Contábil Folha Phoenix Manual de Integração Contábil Folha Phoenix Para iniciar a parametrização da Folha Phoenix com a finalidade da integração para o Contábil Phoenix ou Contábil de Terceiros, será necessário primeiro definir

Leia mais

Manual Prático 13º Salário

Manual Prático 13º Salário Manual Prático 13º Salário 1/36 Índice 1. ROTINAS 13 SALÁRIO DOS SISTEMAS EBS... 4 1.1. Definições... 4 2. CONFIGURAÇÕES DE EVENTOS... 6 3. 1 PARCELA... 9 4. 2 PARCELA... 11 5. INFORMAÇÃO DE VALORES EXTRAS...

Leia mais

Nesta versão, foram disponibilizadas as alterações cadastrais relacionadas ao esocial.

Nesta versão, foram disponibilizadas as alterações cadastrais relacionadas ao esocial. LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Instruções Folha de Pagamento Rotina 21 Instruções RAIS

Instruções Folha de Pagamento Rotina 21 Instruções RAIS Instruções Folha de Pagamento Rotina 21 Instruções RAIS Informações Iniciais (Portaria Nº 7, de 3 Janeiro de 2012) o O prazo para a entrega da declaração da RAIS inicia-se no dia 17 de janeiro de 2012

Leia mais

Módulo de Rescisão. Passaremos a explicar abaixo os campos da tela do cálculo da rescisão:

Módulo de Rescisão. Passaremos a explicar abaixo os campos da tela do cálculo da rescisão: Módulo de Rescisão Para calcular a rescisão, é necessário informar para quem se deseja calcular (Código, Divisão, Tomador), depois informar tipo de dispensa, data de aviso prévio, data de pagamento, dias

Leia mais

GPS Guia da Previdência Social

GPS Guia da Previdência Social GPS Guia da Previdência Social O preenchimento desta guia precisa de um conhecimento da legislação pois alguns campos dependem de cálculos a serem feitos e estes cálculos são em cima de valores encontrados

Leia mais

Como gerar DIRF. Prazo de entrega: Até as 20:00 hs (horário de Brasília) de 24 de fevereiro de 2006

Como gerar DIRF. Prazo de entrega: Até as 20:00 hs (horário de Brasília) de 24 de fevereiro de 2006 Como gerar DIRF 1. Geração do Arquivo...2 1.0. Novidades no Sistema...3 1.1. Pagamento 5º Dia Útil... 3 1.2. Pagamento Dentro do mês... 3 1.3. Preenchimento das Informações para Geração do Arquivo...3

Leia mais

Adiantamento: Informa o percentual de adiantamento porventura existente na empresa para os funcionários, valor será calculado sobre o salário base.

Adiantamento: Informa o percentual de adiantamento porventura existente na empresa para os funcionários, valor será calculado sobre o salário base. 20.1 Parâmetros Habilitação de Empresas 20. MANUAL DE SISTEMA DE FOLHA DE PAGAMENTO Rotina destinada a habilitar as empresas que vão utilizar o sistema, onde serão informados todos os dados necessários

Leia mais

? Como contribuir para Previdência Social e para o

? Como contribuir para Previdência Social e para o EXPORTAÇÃO? Como contribuir para Previdência Social e para o SENAR SENAR PERNAMBUCO Atualização Agosto de 2013 ATUALIZAÇÃO 2013 Alterações introduzidas pela IN/RFB Nº 971, de 13 de novembro 2009 Apresentação

Leia mais

SUMÁRIO SISTEMA FOLHAMATIC GERENCIADOR DE DEPARTAMENTO PESSOAL

SUMÁRIO SISTEMA FOLHAMATIC GERENCIADOR DE DEPARTAMENTO PESSOAL SUMÁRIO SISTEMA FOLHAMATIC GERENCIADOR DE DEPARTAMENTO PESSOAL 1. Menu Arquivos 1. Empresas Usuárias 01 1.1. Dados da Empresa 01 1.1.1. Código 01 1.1.2. Razão Social 01 1.1.3. Endereço 01 1.1.4. CEP 02

Leia mais

APLICAÇÕES WEB GUIA DO USUÁRIO

APLICAÇÕES WEB GUIA DO USUÁRIO Parte:...................................... Gabarito Assunto:............................ Atualização: Original........................ Página: 1 SIA 7.5 - Sistema Integrado de Arrecadação APLICAÇÕES

Leia mais

VERSÃO 1.0.1 (09/2010)

VERSÃO 1.0.1 (09/2010) VERSÃO 1.0.1 (09/2010) 1. APRESENTAÇÃO... 4 2. CONCEITO... 4 3. BENEFÍCIOS... 4 4. ACESSO AO SISTEMA... 5 4.1 ACESSANDO O SISTEMA DA NFS-E PELA PRIMEIRA VEZ... 5 4.2 ACESSANDO A ÁREA EXCLUSIVA DE PRESTADOR...

Leia mais

Desoneração da Folha AC Pessoal

Desoneração da Folha AC Pessoal Desoneração da Folha AC Pessoal É uma medida governamental voltada para o crescimento da produção: o governo está eliminando a atual contribuição previdenciária sobre a folha e adotando uma nova contribuição

Leia mais

INFORMATIVO GFIP/SEFIP

INFORMATIVO GFIP/SEFIP INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSS Diretoria de Receitas Previdenciárias DIREP Coordenação Geral de Arrecadação CGA Divisão de Declarações Previdenciárias INFORMATIVO GFIP/SEFIP Nº 001 JUNHO/2003

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO... 3 2. CONCEITO... 3 3. BENEFÍCIOS... 3 4. ACESSO AO SISTEMA... 4 5. MANUTENÇÃO... 6

1. APRESENTAÇÃO... 3 2. CONCEITO... 3 3. BENEFÍCIOS... 3 4. ACESSO AO SISTEMA... 4 5. MANUTENÇÃO... 6 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. CONCEITO... 3 3. BENEFÍCIOS... 3 4. ACESSO AO SISTEMA... 4 4.1 ACESSANDO O SISTEMA DA NFS-E PELA PRIMEIRA VEZ... 4 4.2 ACESSANDO A ÁREA EXCLUSIVA DE PRESTADOR... 5 5. MANUTENÇÃO...

Leia mais

GFIP - GUIA DE RECOLHIMENTO DO FGTS E INFORMAÇÕES À PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO PARA O EMPREGADOR DOMÉSTICO

GFIP - GUIA DE RECOLHIMENTO DO FGTS E INFORMAÇÕES À PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO PARA O EMPREGADOR DOMÉSTICO GFIP - GUIA DE RECOLHIMENTO DO FGTS E INFORMAÇÕES À PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO PARA O EMPREGADOR DOMÉSTICO CAMPO 02 RAZÃO SOCIAL/NOME DO EMPREGADOR Indicar o nome do empregador CAMPO

Leia mais

Como gerar DIRF. Prazo de entrega: Até as 20:00 hs (horário de Brasília) de 16 de fevereiro de 2007

Como gerar DIRF. Prazo de entrega: Até as 20:00 hs (horário de Brasília) de 16 de fevereiro de 2007 Como gerar DIRF Prazo de entrega: Até as 20:00 hs (horário de Brasília) de 16 de fevereiro de 2007... 1 Informações Importantes:... 2 Novas informações:... 2 1. Geração do Arquivo...3 1.1. Pagamento 5º

Leia mais

Menu Diversos. S E F I P (em disquete) Exportação de dados para o programa SEFIP

Menu Diversos. S E F I P (em disquete) Exportação de dados para o programa SEFIP S E F I P (em disquete) Exportação de dados para o programa SEFIP Esta rotina exporta informações para o programa Sefip. Todas as informações serão exportadas e nenhum dado deverá ser preenchido manualmente.

Leia mais

Menu Relatórios. Folha Pagto ( Prov / Desctos.) Emissão da Folha de Pagamento. Folha Pagto (Meio Magnético)

Menu Relatórios. Folha Pagto ( Prov / Desctos.) Emissão da Folha de Pagamento. Folha Pagto (Meio Magnético) Folha Pagto ( Prov / Desctos.) Emissão da Folha de Pagamento Esta opção é responsável pela emissão da Folha de Pagamento dos funcionários com movimentação. A impressão poderá ser configurada com separações

Leia mais

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 1 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 5.1 Digitações dos Sócios...2 5.1.1 Campo CPF...2 5.1.1.a Campo Saldo Anterior...3 5.1.1.b Campo Saldo...3 5.1.1.c Campo Isento...3 5.1.1.d Campo Tributado...3

Leia mais

NFS-E ON-LINE NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO

NFS-E ON-LINE NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE Versão 1.0.5 Dezembro/2012 ÍNDICE 1.

Leia mais

LANÇAMENTO DE PROCESSOS

LANÇAMENTO DE PROCESSOS LANÇAMENTO DE PROCESSOS Objetivo: Demonstrar como funciona o novo Menu Lançamentos de Processos - criado dentro da aba esocial Grupo Movimentos Menu Lançamento de Processos - que permite o cadastro (inclusão

Leia mais

Manual da Rescisão Complementar

Manual da Rescisão Complementar Manual da Rescisão Complementar Atualizado em Abril/2009 Pág 1/16 Sumário Rescisão Complementar... 2 Reajuste salarial para funcionários demitidos... 3 Novos Campos cadastro de Sindicato... 4 Recálculo

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTO DA ROTINA DA RESCISÃO COMPLEMENTAR

MANUAL DE PROCEDIMENTO DA ROTINA DA RESCISÃO COMPLEMENTAR MANUAL DE PROCEDIMENTO DA ROTINA DA RESCISÃO COMPLEMENTAR INTRODUÇÃO Trata-se de um recurso exclusivo para atender a necessidade de cálculos complementares de verbas rescisórias decorrentes de reajustes

Leia mais

MANUAL DA GFIP/SEFIP PARA USUÁRIOS DO SEFIP 8

MANUAL DA GFIP/SEFIP PARA USUÁRIOS DO SEFIP 8 PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DA RECEITA PREVIDENCIÁRIA MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO MANUAL DA GFIP/SEFIP PARA USUÁRIOS DO SEFIP 8 ORIENTAÇÃO PARA PRESTAÇÃO DAS INFORMAÇÕES Atualização: 12/2006 AVISO

Leia mais

DELEGACIA DA RECEITA PREVIDENCIÁRIA VITÓRIA/ES. Novo Modelo da GFIP - Janeiro/2006 VITÓRIA, ES, JANEIRO/2006

DELEGACIA DA RECEITA PREVIDENCIÁRIA VITÓRIA/ES. Novo Modelo da GFIP - Janeiro/2006 VITÓRIA, ES, JANEIRO/2006 DELEGACIA DA RECEITA PREVIDENCIÁRIA VITÓRIA/ES Novo Modelo da GFIP - Janeiro/2006 Novo Modelo da GFIP 1 VITÓRIA, ES, JANEIRO/2006 Novo Modelo da GFIP I - INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE A GFIP 1 - GFIP - Guia

Leia mais

APOSTILA PARA O CURSO WDP DEPARTAMENTO DE PESSOAL

APOSTILA PARA O CURSO WDP DEPARTAMENTO DE PESSOAL Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares para tornar nossos

Leia mais

ROTEIRO BÁSICO PARA GERAR FOLHA DE PAGAMENTO

ROTEIRO BÁSICO PARA GERAR FOLHA DE PAGAMENTO ROTEIRO BÁSICO PARA GERAR FOLHA DE PAGAMENTO Nas páginas seguintes, você terá uma visão geral dos recursos disponíveis e das funções que o Persona pode automatizar. Sem entrar em detalhes, você saberá

Leia mais

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DA RECEITA PREVIDENCIÁRIA CAXIAS DO SUL/RS, DEZEMBRO/2005.

MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DA RECEITA PREVIDENCIÁRIA CAXIAS DO SUL/RS, DEZEMBRO/2005. MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DA RECEITA PREVIDENCIÁRIA CAXIAS DO SUL/RS, DEZEMBRO/2005. 2 Disponível a partir da competência Novembro/2005. Obrigatório a partir de 01/02/2006 e para a competência

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 Enviar Lote de RPS Síncrono 3 Geração de NFS-e 3 Cancelamento de NFS-e 3 Substituição de NFS-e 4 Consulta de NFS-e por RPS 4 Consulta de NFS-e Serviços Prestados

Leia mais

Procedimentos - 13º Salário Logix

Procedimentos - 13º Salário Logix Procedimentos - 13º Salário Logix 1 ÍNDICE 1. Parâmetros... 3 1.1. RHU3330 - Empresas - Cálculo/Movimento Folha...3 1.2. RHU0050 Manutenção Eventos...5 1.3. RHU0030 - Categoria Salarial...6 1.4. RHU0150

Leia mais

Treinamentos no produto AdmRH

Treinamentos no produto AdmRH Treinamentos no produto AdmRH Guia do Aluno Versão 1.0 CGI - Consultoria Gaúcha de Informática Ltda Fone: (54) 3342-3422 www.cgiinformatica.com.br cgi@webcgi.com.br Rua Duque de Caxias, 181 Conj. 301/309

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PREVIDÊNCIA SOCIAL/SENAR PRODUTOR RURAL PESSOA JURÍDICA. Receita Federal do Brasil

CONTRIBUIÇÃO PREVIDÊNCIA SOCIAL/SENAR PRODUTOR RURAL PESSOA JURÍDICA. Receita Federal do Brasil CONTRIBUIÇÃO PREVIDÊNCIA SOCIAL/SENAR Receita Federal do Brasil SEFIP/GFIP? Como declarar no SEFIP/GFIP a Receita da Comercialização Rural Versão 8.4 SENAR Previdência Rural CONTRIBUIÇÃO PREVIDÊNCIA SOCIAL/SENAR

Leia mais

Anexo II - Regras de Validação - Manual de Orientação do esocial Versão 2.0. Regras de Validação

Anexo II - Regras de Validação - Manual de Orientação do esocial Versão 2.0. Regras de Validação Nome da Regra REGRA_ADESAO_ANTECIPADA REGRA_ADMISSAO_ANTERIOR_INICIO_ESOCIAL REGRA_ADMISSAO_POSTERIOR_INICIO_ATIVIDADES REGRA_ADMISSAO_POSTERIOR_INICIO_ESOCIAL REGRA_ADMISSAO_RETIFICA_DT_ADM Regras de

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO. RAIS Relação Anual de Informações Sociais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO. RAIS Relação Anual de Informações Sociais MANUAL DE ORIENTAÇÃO RAIS Relação Anual de Informações Sociais Geração e Importação do Arquivo Ano-Base 2012 e Genérica 1976 a 2011 1 COMUNICADO IMPORTANTE A partir desta versão 3.64.0 do sistema Folha

Leia mais

Prefeitura de Rio Verde GO. SEFAZ - Secretaria da Fazenda. DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas

Prefeitura de Rio Verde GO. SEFAZ - Secretaria da Fazenda. DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas Prefeitura de Rio Verde GO SEFAZ - Secretaria da Fazenda DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas DMS e Notas Fiscais Eletrônicas Rio Verde, GO, setembro 2009 1 Sumário INTRODUÇÃO... 03 LEGISLAÇÃO...

Leia mais

Manual Prático de Acesso Novo Hamburgo/RS. ISS.Net Emissor de Nota Fiscal Eletrônica

Manual Prático de Acesso Novo Hamburgo/RS. ISS.Net Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Novo Hamburgo/RS ISS.Net Emissor de Nota Fiscal Eletrônica SUMÁRIO Página LOGIN AO SISTEMA...3 EMITIR NOTA FISCAL ELETRÔNICA...7 CONSULTAR NOTA FISCAL ELETRÔNICA...12 CONSULTAR SOLICITAÇÕES DE CANCELAMENTO

Leia mais

DIRF. Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte DIRF 2014. Ano Base:2013. Copyright 2013 1

DIRF. Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte DIRF 2014. Ano Base:2013. Copyright 2013 1 DIRF Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte DIRF 2014 Ano Base:2013 Copyright 2013 1 O que é DIRF? Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte: É a declaração feita pela FONTE PAGADORA [Empresa],

Leia mais

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo:

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: Não gere toda a movimentação de uma vez. O ideal e aconselhável

Leia mais

VARGAS CONTABILIDADE atendimento@vargascontabilidaders.com.br ORIENTAÇÃO

VARGAS CONTABILIDADE atendimento@vargascontabilidaders.com.br ORIENTAÇÃO VARGAS CONTABILIDADE atendimento@vargascontabilidaders.com.br ORIENTAÇÃO PREVIDÊNCIA SOCIAL Décimo Terceiro Salário Nesta orientação, vamos apresentar como deve ser preenchida a declaração do SEFIP Sistema

Leia mais

FOLHA DE PAGAMENTO. Índice

FOLHA DE PAGAMENTO. Índice FOLHA DE PAGAMENTO Índice Instalando a Folha de Pagamento Abertura e Tela de Senha Configuração de Aparência Colocando seus Logotipos em relatórios Calendário/ Mudança de Período Para Lançamentos da Folha

Leia mais

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1. APRESENTAÇÃO...4 1 2. ACESSO AO APLICATIVO...5 3. GERAÇÃO DE NFS-e...6 3.1. Preenchimento dos dados para emissão da NFS-e...6

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ÍNDICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 Enviar Lote de RPS Síncrono 3 Geração de NFS-e 3 Cancelamento de NFS-e 3 Substituição de NFS-e Consulta

Leia mais

Clique aqui para começar. Cartilha do Empregador Doméstico para emissão da GRF Guia de Recolhimento do FGTS

Clique aqui para começar. Cartilha do Empregador Doméstico para emissão da GRF Guia de Recolhimento do FGTS Clique aqui para começar Cartilha do Empregador Doméstico para emissão da GRF Guia de Recolhimento do FGTS Informações adicionais Você poderá navegar livremente na cartilha utilizando os botões localizados

Leia mais

Manual de Integração Web Service. Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO

Manual de Integração Web Service. Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO Manual de Integração Web Service Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização

Leia mais

Layout de integração de Notas Fiscais Eletrônicas de Serviço versão 1.1 (Abr./2015)

Layout de integração de Notas Fiscais Eletrônicas de Serviço versão 1.1 (Abr./2015) Layout de integração de Notas Fiscais Eletrônicas de Serviço versão 1.1 (Abr./2015) Envio/Geração de NFS-e 1 Informações do lote 1 1 1 1 A Tipo de registro (deve ser "1") 2 2 5 4 A Constante NFSe 3 6 7

Leia mais

EXACTUS SOFTWARE LTDA

EXACTUS SOFTWARE LTDA Instruções para Geração do 13º Salário EXACTUS SOFTWARE LTDA SISTEMA - WINNER Edição 2009 Página 1 de 24 Londrina Paraná Edição 10/2009 COPYRIGHT Todos os direitos são reservados à Exactus Software Ltda.

Leia mais

2 PASSO: Depois de acessado um dos endereços acima, clicar em Serviços Eletrônicos.

2 PASSO: Depois de acessado um dos endereços acima, clicar em Serviços Eletrônicos. GUIA PARA PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO TRANSMISSÃO POR DOAÇÃO 1 PASSO: Acesse o sistema ITCMD: 1) Clique no link ITCMD existente no Posto Fiscal Eletrônico, cujo endereço eletrônico é http://pfe.fazenda.sp.gov.br/

Leia mais

7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3

7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3 1 7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3 7.1 Guia de Recolhimento Gare/ICMS...3 7.1.a Campo Data de Vencimento... 3 7.1.b Campo Código Receita... 3 7.1.c Campos: Contribuinte, Endereço, Inscrição

Leia mais

Prefeitura Municipal de Barra Mansa

Prefeitura Municipal de Barra Mansa Prefeitura Municipal de Barra Mansa Manual de Envio de RPS em Lote (Arquivo TXT Versão 3.0) Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

Manual de Integração Web Service. Prefeitura de Ituiutaba/MG

Manual de Integração Web Service. Prefeitura de Ituiutaba/MG Manual de Integração Web Service Prefeitura de Ituiutaba/MG 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização do Web Service disponibilizado

Leia mais

TIRA DÚVIDAS GFIP/SEFIP

TIRA DÚVIDAS GFIP/SEFIP PREVIDÊNCIA SOCIAL Ministério da Previdência Social - MPS Instituto Nacional do Seguro Social - INSS Diretoria de Receita Previdenciária DIREP Divisão de Gerenciamento de Declarações - DIGEDEC TIRA DÚVIDAS

Leia mais

1. Configurações iniciais...5 1.1 Duplicação da empresa modelo...5 1.2. Parâmetros da empresa...5

1. Configurações iniciais...5 1.1 Duplicação da empresa modelo...5 1.2. Parâmetros da empresa...5 1 2 Índice 1. Configurações iniciais...5 1.1 Duplicação da empresa modelo...5 1.2. Parâmetros da empresa...5 2. Cadastros...7 2.1 Menu CADASTRO / DIVERSOS...7 2.1.1 Cadastro da Tabela de Parâmetros...7

Leia mais

Legislação. Lei Complementar n 150/2015. Art. 7, parágrafo único, da Constituição Federal

Legislação. Lei Complementar n 150/2015. Art. 7, parágrafo único, da Constituição Federal Simples Doméstico Legislação Lei Complementar n 150/2015 Art. 7, parágrafo único, da Constituição Federal Quem é empregado doméstico? Art. 1 o da LC n 150/2015 Ao empregado doméstico, assim considerado

Leia mais

DEPARTAMENTO PESSOAL

DEPARTAMENTO PESSOAL DEPARTAMENTO PESSOAL DÚVIDAS MAIS FREQUENTES 1 1. Documentos necessários para admissão Para o processo de admissão, o novo funcionário deverá apresentar a relação de documentos abaixo: *Carteira de Trabalho

Leia mais

Módulo Recursos Humanos

Módulo Recursos Humanos Módulo Recursos Humanos Folha de Pagamento Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Recursos Humanos Folha de Pagamento. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas

Leia mais

DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO

DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO 1 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO Objetivo: Atender a Lei 12.546/2011 (Confira as principais alterações legais no fim deste tutorial). Benefícios: Conceder benefícios adicionais para as empresas de setores

Leia mais

Manual de Integração Web Service

Manual de Integração Web Service Manual de Integração Web Service Prefeitura de São Simão/MG 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização do Web Service disponibilizado

Leia mais

Neste bip. Prisão do Empregado e os reflexos no Contrato de Trabalho. Você Sabia? edição 26 Outubro de 2012

Neste bip. Prisão do Empregado e os reflexos no Contrato de Trabalho. Você Sabia? edição 26 Outubro de 2012 Neste bip Prisão do Empregado e os reflexos no Contrato de Trabalho... Novo Documento para Cadastro de Trabalhador... 2 Tomador de Serviços... 2 Lançamento de Créditos Anteriores - EFD Contribuições...

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 CORDILHEIRA RECURSOS HUMANOS 2.93A 1- Adequada a rotina Módulos\ Férias\ Férias Normais para calcular as férias em dobro quando

Leia mais

Versão 2.2 (04/2012)

Versão 2.2 (04/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 4 CONCEITO... 4 BENEFÍCIOS... 4 REQUISITOS TÉCNICOS... 4 PANORAMA DO SISTEMA... 5 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA UTILIZAR A NFS-E... 6 SENHA DE ACESSO... 10 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO...

Leia mais

Desoneração de Folha no Persona Gold

Desoneração de Folha no Persona Gold Desoneração de Folha no Persona Gold O que é a desoneração de Folha de Pagamento? A desoneração da folha de pagamento é constituída de duas medidas complementares. Em primeiro lugar, o governo está eliminando

Leia mais

MANUAL ITCMD - DOAÇÃO

MANUAL ITCMD - DOAÇÃO MANUAL ITCMD - DOAÇÃO ACESSO AO SISTEMA ITCMD 2 CRIAÇÃO E PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO 2 1º PASSO: ESCOLHA DO TIPO DE DECLARAÇÃO 2 2º PASSO: AJUDA INICIAL 3 3º PASSO: CADASTRAMENTO DE SENHA 3 4º PASSO:

Leia mais

Infor-Pag. Importa lançamentos de outros Sistemas (Ponto Eletrônico, Convênios,...).

Infor-Pag. Importa lançamentos de outros Sistemas (Ponto Eletrônico, Convênios,...). Cálculos Infor-Pag CLT, Estagiários, Autônomos e Pró-Labore. Geral ou por Centro de Custos. Recálculo. Com o mesmo código de evento pode-se ter 3 tipos de movimento; Normal, diferença ou estorno. Permite

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Envio de RPS, Declaração de Notas Recebidas e Declaração de Materiais (REMAS) em Lote (Arquivo TXT Versão 3.1) Página 2 de 38 Índice ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ESPECIFICAÇÕES... 4 3. LAYOUT

Leia mais

MANUAL DA GFIP/SEFIP PARA USUÁRIOS DO SEFIP 8.4

MANUAL DA GFIP/SEFIP PARA USUÁRIOS DO SEFIP 8.4 MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO MANUAL DA GFIP/SEFIP PARA USUÁRIOS DO SEFIP 8.4 ORIENTAÇÃO PARA PRESTAÇÃO DAS INFORMAÇÕES Atualização: 10/2008 AVISO IMPORTANTE NO FECHAMENTO, O SEFIP

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 Cordilheira Recursos Humanos CRH 2.85A As rotinas de Retiradas de Pró-labore e Autônomos tiveram diversas alterações, com o objetivo

Leia mais

Instruções Folha de Pagamento Rotina 19 13º Salário

Instruções Folha de Pagamento Rotina 19 13º Salário Instruções Folha de Pagamento Rotina 19 13º Salário Instruções Iniciais Antes de iniciar a geração do 13º salário é necessário verificar com atenção as dicas iniciais. Efetue a parametrização da Tabela

Leia mais

NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX

NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 INSTRUÇÕES INICIAIS... 3 CADASTROS... 4 CADASTRO DAS EMPRESAS... 4 CADASTRO DOS CLIENTES... 4 CADASTRO DE SOFTWARE HOUSE... 5 Histórico de Versão do

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL DO SEFIP PLATAFORMA GRÁFICA

ROTEIRO OPERACIONAL DO SEFIP PLATAFORMA GRÁFICA ROTEIRO OPERACIONAL DO SEFIP PLATAFORMA GRÁFICA ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...4 2. REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SEFIP...5 3. INICIANDO O SEFIP...7 4. IMPORTAÇÃO DE ARQUIVO DE FOLHA...8 4.1 IMPORTAÇÃO DO ARQUIVO

Leia mais

Implementações da Versão 08/2014 da Folha de Pagamento

Implementações da Versão 08/2014 da Folha de Pagamento Implementações da Versão 08/2014 da Folha de Pagamento 1º Nova Orientação para o envio das informações do CAGED, ou seja: A admissão do trabalhador em percepção do Seguro-Desemprego somente deve ser enviada

Leia mais

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62...

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62... 1 2 Índice Módulo Empresa......4...4 Módulo Fiscal......8...8 Módulo Folha......28 Módulo Contabil......48...48 Integração Contabil......62...62 3 4 5 1. Cadastro de empresa Antes de iniciar os trabalhos

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Envio de RPS/DSR-e em Lote (Arquivo TXT Versão 3)

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Envio de RPS/DSR-e em Lote (Arquivo TXT Versão 3) Manual de Envio de RPS/DSR-e em Lote (Arquivo TXT Versão 3) Página 2 de 33 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ESPECIFICAÇÕES... 4 3. LAYOUT DO ARQUIVO... 6 3.1. INSTRUÇÕES GERAIS... 6 3.2. REGISTRO TIPO 10 CABEÇALHO...

Leia mais

Versão 2.3 (01/2013)

Versão 2.3 (01/2013) Versão 2.3 (01/2013) Sumário INTRODUÇÃO... 4 CONCEITO... 4 BENEFÍCIOS... 4 REQUISITOS TÉCNICOS... 4 INFORMAÇÃO AO USUÁRIO... 4 PANORAMA DO SISTEMA... 5 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA UTILIZAR A NFS-E... 6

Leia mais