F.A.Q. (Frequently Asked Questions) Perguntas Mais Frequentes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "F.A.Q. (Frequently Asked Questions) Perguntas Mais Frequentes"

Transcrição

1 F.A.Q. (Frequently Asked Questions) Perguntas Mais Frequentes

2 Sumário FOLHA...3 CONTABILIDADE...8 ESCRITA FISCAL...11 GERAL...14 ADMINISTRAR...19 ATUALIZAR...20 AUDITORIA...21 HONORÁRIOS...22 LALUR...23 PATRIMÔNIO...24 PROTOCOLO...26 REGISTRO

3 FOLHA Como procedo para gerar uma GFIP sem movimento? GFIP sem movimento deverá ser gerada diretamente através do programa do SEFIP, pois o mesmo não aceita importações de arquivos sem movimentação. Como informo no sistema que houve desligamento de um contribuinte da empresa? Acesse o menu Processos sub-menu Afastamentos ; informe o código do contribuinte, clique em Novo, informe o motivo Demitido - 08 e sua respectiva data. Assim, a partir dessa data não será mais calculada a folha para o contribuinte. Estou importando o arquivo da GFIP, porém apareceu uma inconsistência: "Alíquota FAP inválida - o valor deve estar entre 0,5 e 2,0". Atualmente o SEFIP não está atualizado para suportar os novos percentuais do FAP, portanto deverá ser ignorada a guia do SEFIP e considerada a do sistema. O FAP deverá ser informado manualmente nas ferramentas do SEFIP. Gostaria que no recibo da folha mensal fossem discriminadas as Horas de Repouso Remunerado que o funcionário teve no mês. Como faço? Acesse o menu Controle sub-menu Parâmetros no campo Discriminar DSR ; informe Sim e selecione as categorias (horista, mensalista, diarista ou todas) para as quais serão discriminadas as horas de repouso remunerado no recibo de pagamento. Como o sistema efetua o cálculo das Horas de Repouso Remunerado (evento 10)? É compreendido como dia de Repouso domingos e feriados, assim, o cálculo feito pelo sistema é o (Salário do funcionário / 30 dias) * Quantidade de dias de descanso dentro do mês. 3

4 Como o sistema efetua o cálculo das horas de Repouso Remunerado sobre as Horas Extras (evento código 250)? O cálculo realizado pelo sistema compreenderá a seguinte operação: (Valor das Horas Extras no mês * Quantidade de domingos e feriados) / Dias restantes no mês. Foi feita uma alteração salarial incorretamente, como excluí-la? Acesse o menu Processos sub-menu Alteração Salarial sub-menu Individual ; clique no botão Consultar à direita; informe o período da alteração; clique em Listar ; selecione a alteração que você deseja excluir; e, clique no botão Excluir. Como procedo para lançar uma compensação de INSS? Acesse o menu Processos sub-menu Informações do INSS sub-menu Compensações ; clique no botão 'Novo Lanc...'; informe a competência em que será compensado o valor; no campo 'Operação', informe 'Soma no saldo'; no campo 'Tipo de lançamento', informe 'compensar 100%'; informe a competência de origem deste valor; uma descrição a que se refere; e, informe o valor gravando o mesmo, dessa forma ao calcular a folha o valor será compensado. Ao consultar o Termo de Rescisão, a referência quanto aos dias de direito do funcionário (Campo 30) está demonstrando valor maior, ou seja, dias a mais do que o funcionário tem direito. Esta situação ocorre quando há eventos que não são padrões do sistema com a classificação Salários, portanto, verifique os eventos que fazem parte da rescisão do funcionário, pois há classificações informadas incorretamente. Onde insiro os códigos e percentuais para geração da Sefip e guia INSS? Acesse o menu Arquivo sub-menu Serviços, no quadro 'Parâmetros do INSS, insira os respectivos códigos e percentuais conforme regime da empresa. 4

5 As tabelas atualizadas do IRRF e do INSS são atualizadas automaticamente ou tenho que modifica-las manualmente? As tabelas de IRRF e de INSS deverão ser atualizadas manualmente de acordo com as novas vigências. Para isso acesse o menu Arquivo sub-menu Tabelas, selecione a respectiva tabela que deseja cadastrar, clique em 'Novo', insira a competência a partir da qual essa está em vigor e os respectivos valores. Como faço a transferência de um funcionário da Matriz para a Filial (e/ou vice versa) de uma empresa? Acesse o menu Processos sub-menu Rescisões sub-menu Individual ; informe o código do funcionário; informe a data da transferência e do pagamento, o motivo será o 6 Transferência do empregado sem ônus para a mesma empresa ; clique em calcular; e, no meio do cálculo aparecerá uma tela para escolher a empresa para a qual o funcionário será transferido. Para definir as novas informações cadastrais (código, serviço, cargo, departamento, centro de custo, sindicato e horário) na nova empresa. OBS.: Se as empresas em questão não forem Matriz Filial, o procedimento será idêntico, porém, o motivo da rescisão será o de código 27. Para um funcionário cuja rescisão não atingiu o valor mínimo de recolhimento do IR, o sistema está descontando o evento de IRRF. De onde o sistema está puxando essa base? Verifique que conforme a legislação do Imposto de Renda, seu fato gerador é o pagamento, portanto, o sistema somará tudo que foi pago dentro do mês para a base de cálculo (valor da folha mensal do mês anterior + rescisão). Calculei a folha do mês 01/20XX e tenho empregados com IRRF, porém ao emitir a guia, o valor da mesma difere do valor do extrato da folha. A guia de IRRF deve ser emitida com a competência do pagamento da mesma, pois o fato gerador de IR é o pagamento, ou seja, a guia referente à Folha do mês 01/20XX deve ser emitida com a competência do seu pagamento, 02/20XX. 5

6 Como faço a integração da Folha de Pagamento com a Contabilidade? 1º Acesse o menu Controle sub-menu Parâmetros na guia Contabilidade ; informe Sim na opção Gera lançamentos contábeis, caso queira separar os lançamentos, selecione o modo como deverão ser segregado e a empresa na qual serão gerados os lançamentos será a própria empresa (caso ela não seja filial); 2º Após informar nos parâmetros que a empresa gera lançamentos contábeis, irá abrir o menu Arquivo sub-menu Configurar Integração, entre no mesmo para definir as contas para as quais serão gerados os lançamentos e os eventos que serão utilizados (a configuração da integração pode ser copiada de outra empresa que já esteja configurada, basta clicar no botão Copiar localizado na parte inferior direita da tela da configuração da integração, selecionar quais configurações e para quais empresas o usuário deseja replicar e clicar em Copiar ); e, 3º Feita a configuração da Integração, acesse o menu Processos sub-menu Integração Contábil para gerar a mesma. Como faço para não ser calculado FGTS para uma empregada doméstica? No cadastro do funcionário, no menu Arquivo sub-menu Empregados na guia Profissionais, no campo Informações de FGTS, informe Não para o campo Optante. Assim não calculará o FGTS para o funcionário. Quando gero a Gfip, aparece a mensagem: Erro abrindo arquivo 'C:\Caixa\Sefip\Sefip.re'. Esse erro ocorre quando o caminho informado na Pasta destino da Gfip é um diretório inválido ou inexistente. Informe um caminho válido ou crie dentro do Disco Local C: uma pasta com o nome de Caixa e dentro da mesma crie a pasta Sefip. Depois de criado o diretório informe na Pasta Destino: C:\Caixa\Sefip. OBS: O caminho descrito acima é o padrão do sistema, podendo o mesmo ser alterado conforme necessidades do Usuário. OBS 2: Deverá ser feito o mesmo procedimento para outros tipos de informativos que necessitam ser exportados, como CAGED, DIRF, RAIS entre outros. 6

7 Como proceder para gerar uma GFIP de 13º? Após ter efetuado o cálculo do 13º salário no sistema, acesse o menu Relatórios sub-menu Informativos sub-menu Mensais sub-menu GFIP ; informe a competência 12/20XX; selecione o código de recolhimento conforme a atividade da empresa; no tipo da folha, selecione a opção 13º Integral ; no campo da Modalidade, selecione 1 Declaração ao FGTS e à Previdência ; informe o caminho; e, clique em Ok. Qual a diferença do calculo das Médias em Horas e das Médias em Valor? Médias em horas: são calculadas quando os eventos variáveis são lançados em horas ao longo dos períodos, tais como horas extras, adicional noturno, etc. Médias em valor: são calculadas quando os eventos variáveis são lançados em valor, tais como comissões, gratificações, etc. Qual a função da opção Ajustar cálculo do 13º em dezembro disponível no menu Controle sub-menu Parâmetros na guia 13º salário? Qual é o comportamento do sistema se estiver marcada a opção? Se esta opção estiver selecionada, a diferença do 13º salário referente a competência de dezembro será paga juntamente com a folha de dezembro, caso contrário, o sistema irá calcular na folha de janeiro do ano seguinte. Como emitir uma GFIP para informar um registro de novo empregado para recolhimento somente deste novo empregado em atraso com competência já apresentada do SEFIP e recolhida? Deve ser emitido um arquivo com todos os funcionários, exceto o empregado em questão, na modalidade 9 (através do menu Relatórios sub-menu Informativos sub-menu Mensais sub-menu GFIP ), importar esse arquivo no SEFIP, sem executar. Após esse procedimento, gerar um novo arquivo apenas para o funcionário em questão, na modalidade 0, informando a data do pagamento em atraso, e importar no SEFIP e Executar. 7

8 CONTABILIDADE Como gerar o SPED Contábil? Primeiramente, acesse o menu Controle sub-menu Parâmetros, na guia Geral marque a opção Gera informativo SPED ; feito isso vá para a guia SPED e selecione a Forma de Escrituração Contábil que será gerada. Após informar ao sistema que a empresa gerará o SPED, será necessário vincular as contas do Plano Referencial da Receita com o Plano de Contas da empresa, através do menu Arquivo sub-menu Contas ; selecione conta a conta (analítica) que irá para o SPED e na guia Plano Referencial vincule à conta do Plano Referencial equivalente a essa. Agora, para gerar o arquivo será acessado o menu Relatórios sub-menu Informativos selecione SPED Contábil ; clique no botão Outros Dados e marque os relatórios que deverão ser gerados bem como os parâmetros do SPED; grave essas configurações; informe o período que serão gerados os dados; informe o caminho e clique em Ok. Tenho um histórico que uso para lançamentos de cheques, a descrição do histórico é 'Cheque' e complemento manualmente com o número do cheque no momento do lançamento. Quando tento fazer lançamentos de vários débitos para vários créditos com o histórico de cheques, após gravar, o complemento que informei manualmente some, ficando somente a descrição inicial do histórico. O que devo fazer para manter o histórico? Existem alguns históricos que, no momento do lançamento contábil, necessitam ser complementados com algumas variáveis. Nesse caso, você poderá fazer uso do caractere # (sustenido) nos pontos onde será necessária a inclusão desta variável, por exemplo: Cheque nº. # emitido em #. Depois, você informa o código do histórico e pressiona a tecla Enter. O cursor já se posicionará no ponto onde foi incluído o # (sustenido) para que você informe o número do cheque. Pressione a tecla Enter para passar para o próximo # (sustenido), e assim sucessivamente. 8

9 Como procedo para fazer o zeramento das contas? Acesse o menu Controle sub-menu Parâmetros guia Zeramento e configure as contas que farão parte do zeramento (resultado do exercício corrente, lucro e prejuízo). Feito isso, acesse o menu Utilitários sub-menu Zeramento informe a data e o histórico e gere o lançamentos que irão zerar as contas. Como faço para realizar o Balanço de Abertura? Acesse o menu Movimentos sub-menu Lançamentos em lote, selecione o tipo Vários débitos para vários créditos e lance as contas que farão parte do balanço (saldo das contas em 31/12 do exercício anterior). Ao tentar gravar o lançamento de uma nota fiscal, ocorreu a seguinte mensagem: Você está tentando fazer um lançamento contábil com a data anterior a Data início dos lançamentos definida nos Parâmetros da Contabilidade da empresa, não sendo permitido gravar a nota. Para alterar a data inicial dos lançamentos, você deverá acessar no módulo Domínio Contabilidade, o menu Controle sub-menu Parâmetros guia Geral e no campo Data início dos lançamentos informe uma data anterior a da nota (caso você esteja no módulo Escrita Fiscal, poderá ir diretamente para a Contabilidade, acessando o menu Controle sub-menu Contabilidade não sendo necessário fechar a tela do lançamento). Estou tentando alterar um lançamento e está aparecendo a mensagem Você não pode alterar lançamento de outro sistema. OBS: Esse é um lançamento da Escrita Fiscal. Para alterar lançamentos referentes a outros sistemas, deverás acessar o menu Controle sub-menu Parâmetros guia Opções e marcar o campo Altera lançamentos de outros sistemas. Feito isso, será possível alterar lançamentos contábeis de todos os outros módulos. 9

10 Preciso excluir o zeramento que foi feito incorretamente. Como proceder? Acesse o menu Utilitários sub-menu Exclusão sub-menu Lançamentos em Lote e no campo Origem, selecione Zeramento ; selecione a data inicial e final dos lançamentos de zeramento (31/12/20XX à 31/12/20XX) e clique em OK. Estou emitindo um balancete e mesmo marcando a opção Emitir resumo no final não está saindo o resumo do balancete. O que está errado? Antes de emitir o balancete, deverás configurá-lo para que saia o resumo. Acesse o menu Relatórios sub-menu Balancete e clique no botão Resumo..., onde irás configurar as contas que farão parte do resumo, após marque a opção Emitir resumo no final e ao emitir o balancete sairá o resumo com as contas que foram informadas (Ativo, Passivo, Custos e Despesas e Receitas). Cadastrei novas contas, e ao emitir o relatório cadastral das contas essas contas que foram recentemente criadas não estão aparecendo no plano. Antes de emitir o relatório, verifique se a data base das contas está com data posterior à da criação das contas novas (sugere-se sempre informar a data atual no momento da emissão do relatório, pois assim, sempre emitirá as contas recém criadas). Estou gerando o balanço e está sendo emitida mensagem de ativo diferente do passivo, sendo que os dois valores no balanço são iguais. O que está incorreto? Verifique no menu Controle sub-menu Parâmetros, na guia 'Natureza das Contas' se estão estruturadas da seguinte forma (ou equivalente a isso): Ativo Devedora Ativo Passivo Credora Passivo Contas de Resultado - Custos e Despesas Devedora Contas de Resultado Contas de Resultado - Receitas Credora Contas de Resultado Contas de Apuração Qualquer Outros 10

11 ESCRITA FISCAL Como procedo para lançar uma devolução de venda? Deverá ser criado um acumulador de devolução marcando em Incide sobre o Faturamento, a Receita Bruta e Devolução, na guia Impostos deverá conter os mesmo impostos do acumulador de vendas e deverá ser lançado como nota de entrada (caso a empresa seja do Simples Nacional, será preciso informar o anexo, seção e tabela que será calculada a devolução também). Como faço para lançar notas com parcelas? No menu Controle sub-menu Parâmetros guia Personaliza marque a opção Controlar contas a pagar e receber, feito isso, acesse o menu "Arquivo" opção "acumuladores, edite o acumulador que será utilizado para lançamento das notas a prazo, acesse a guia "Notas" marque a opção Gerar parcelas nas notas e grave a alteração. Em seguida ao efetuar um lançamento de nota, em que for utilizado este acumulador, o sistema irá disponibilizar na tela da nota a guia "Parcelas", no qual poderão ser informadas a respectivas parcelas. Em uma empresa de Lucro Presumido pago trimestralmente IRPJ e CSOC, porém, o sistema está calculando incorretamente ambos impostos mensalmente. Verifique no menu Controle sub-menu Parâmetros guia Apuração sub-guia Federal, no campo Enquadramento se está informado corretamente o regime da empresa (Lucro Presumido, no caso) e reapure o período. Após a importação de arquivos de notas fiscais em XML, percebi que não foram gerados os lançamentos contábeis dessas notas? Como proceder? Primeiramente, verifique no menu Controle sub-menu Parâmetros guia Contabilidade, se está marcada a opção Gera lançamentos contábeis e se os parâmetros dos lançamentos estão corretos. Após acesse o menu Arquivo submenu Acumuladores, na guia contabilidade e vincule as contas corretas nos respectivos lançamentos. Feito isso, vá no menu Utilitários sub-menu Regerar, informe o período e a operação das notas em questão e regere os lançamentos. 11

12 Estou apurando uma empresa que tem ICMS e aparece a mensagem de que o índice do imposto não está cadastrado. Acesse o menu Arquivo sub-menu Tabelas sub-menu Índices ; selecione o índice UPF/PR e cadastre as cotações diárias e médias desde 01/01 do ano corrente. Verifique também, no menu Arquivo sub-menu Impostos no cadastro do imposto de código 1, na guia Vencimento se o Indexador para atualização monetária esta como UPF/PR. Como configuro os históricos da Escrita Fiscal? Acessando o menu Arquivo sub-menu Configuração de Históricos e adicione as variáveis disponíveis na ordem que deverão sair no histórico. OBS.: Existe a possibilidade de replicar as configurações já realizadas em outra empresa, simplificando a configuração. Para tanto, acesse o menu Arquivo submenu Configuração de Históricos na empresa Origem das configurações e clique no botão Replicar... ; selecione os dados que serão replicados; selecione a(s) empresa(s) Destino dos dados e clique no botão Avançar ; em seguida, grave a replicação e pronto, os cadastros estarão replicados. Ao realizar a importação do arquivo da DCTF gerado pelo sistema, ocorre o erro com a seguinte descrição: 'Código de receita (com variação) não pertence à Tabela de Códigos do sistema. Inclua o código na Tabela de Códigos para efetuar a importação'; no registro: '00005'; Tipo de registro 'R10 - Débitos/Créditos - Nº Msg: '; Campo: 'Campo 07'. Verifique no menu 'Arquivo sub-menu Impostos' (no cadastro dos impostos PIS, COFINS, CSOC e IRPJ-LP); na guia de Recolhimentos, se o código está preenchido corretamente com o respectivo código de variação. 12

13 Após realizar a importação de uma nota fiscal eletrônica através do Portal da NF-e, ao importar outra nota em seguida esta é trazida com os mesmos dados da primeira nota importada. Este erro ocorre, pois o Internet Explorer está configurado para atualizar a página automaticamente. Para resolver o problema acesse no Internet Explorer o menu Ferramentas sub-menu Opções da internet ; clique no botão Configurações do quadro Histórico ; e, marque a opção Sempre que eu visitar a página da Web. 13

14 GERAL Ao acessar o sistema está sendo gerada a mensagem de que o Erro 100 O Motor do banco de dados não está sendo executado. Este erro ocorre quando o terminal perde o contato com o banco de dados. Isso pode ser atribuído a diversos fatores, para corrigi-lo verifique os seguintes itens: 1º Rede: Tente acessar os locais de rede dos terminais, caso não estejam acessíveis terás de verificar com o suporte de máquinas se o computador em questão está conectado à rede de computadores do local; 2º Conexão: Caso a rede esteja funcionando perfeitamente, verifique a configuração de conexão do sistema, para isso acesse qualquer ícone do sistema, após clique nas reticências e configure a conexão, a mesma deve encontrar-se da seguinte maneira: Nome da conexão: Contabil Banco de Dados: Adaptive Server Anywhere 9.0 Tipo de Conexão: Remota Conexão do: Usuário ou Sistema Servidor: srvcontabil Porta: (em branco) Nome do Banco: Contabil Arquivo do banco: (em branco) Linha/Comando: (em branco) 3º Firewall: Caso a rede esteja funcionando e a conexão esteja configurada corretamente, verifique se o Firewall do Windows está bloqueando o acesso, para isso, vá no 'Painel de Controle sub-menu Firewall do Windows', na guia exceções, clique em 'Adicionar Programa item Procurar', procure no diretório 'C:\Arquivos de programas\sybase\adaptive Server Anywhere 9.0\Win32' o item 'dbsrv9' e clique em ok para concluir. 4º Fonte de Dados: Se os procedimentos acima não surtiram efeito, partiremos para a última alternativa para este caso. Assim, acesse o 'Painel de 14

15 Controle sub-menu Ferramentas Administrativas sub-menu Fonte de Dados (ODBC) guia Fonte de Dados do Usuário ou do Sistema (poderá estar tanto em um como no outro)' e selecione a fonte de dados 'Contabil'; clique no botão 'Configurar' e acesse a guia 'Rede'; nesta, marque a opção TCP/IP e digite o seguinte comando: HOST='IP do Servidor'*. Feito isso, clique nos botões 'Ok' e feche as telas do Painel de Controle. Dessa forma, será possível acessar o sistema. * Deverás informar o endereço de IP do servidor, por exemplo, Quando entro no sistema aparece a mensagem O caminho informado para localizar novas versões não existe. Como faço para não aparecer mais essa mensagem? Acesse com o usuário GERENTE em qualquer módulo do sistema o menu Utilitários sub-menu Configurar Atualizações e informe um caminho correto, pois o diretório que está sendo informado no momento, não existe mais. Ao tentar executar uma atualização do sistema está aparecendo a mensagem: Um erro ocorreu ao tentar substituir um arquivo existente. DeleteFile falhou; código 5. Acesse negado., não sendo possível concluir. Este erro ocorre, pois você está tentando executar uma atualização do sistema com outro módulo aberto, sendo que para a correta instalação do aplicativo todos os módulos do sistema deverão estar fechados. Neste caso, basta fechar o sistema e clicar no botão Repetir para concluir a instalação (caso não visualize nenhum dos nossos programas em aberto e ao clicar no Repetir o problema persistir, clique em Anular, reinicie o micro e realize a atualização novamente). Como altero o fechamento de uma empresa? Na Folha e Escrita Fiscal: - Acesse o menu Controle sub-menu Fechamento e informe o fechamento de uma competência anterior à desejada; Na Contabilidade: - Acesse o menu Controle sub-menu Fechamento e informe a data inicial e final que serão feitos os lançamentos, existe a opção para quando houver lançamentos fora do período informado, o usuário deverá escolher qual opção lhe convém. 15

16 Cadastrei uma empresa em determinado módulo e essa empresa não está disponível nos outros módulos. Acesse o menu Controle sub-menu Empresas ; procure a empresa que desejares acessar; clique no botão Sistemas e confira quais os módulos que foram marcados para a empresa usar, bastando selecionar os desejados e gravar. Preciso instalar o sistema em um terminal que foi formatado. No terminal que foi formatado, acesse a rede, e através da rede entre no micro em que são baixadas as atualizações no seguinte diretório: 'C:\Atual'. Dentro dessa pasta, haverá pastas com os nomes dos módulos, e respectivamente dentro delas as pastas com as versões. Para o Domínio Contábil, acesse a pasta Contábil e execute o arquivo 'Atualiza.exe.' localizado na pasta da versão atual do sistema, seguido do último arquivo de correção da respectiva versão. Para o Domínio Folha, acesse a pasta Folha e execute o arquivo 'Atualiza.exe.' localizado na pasta da versão atual do sistema, seguido do último arquivo de correção da respectiva versão. Para os utilitários, execute o arquivo 'Instala.exe' localizado na pasta 'Dtools', sua última versão é a 7.10, no fim da instalação do Dtools será necessário reiniciar seu micro. Caso não tenha a pasta atual, será necessário fazer o download dos arquivos no seguintes endereços e instalá-lo conforme explicado acima: Feito isso, o sistema estará instalado, porém ainda faltam as configurações da conexão. Para configurá-la clique no ícone de qualquer módulo do sistema localizado na desktop, clique nas reticências localizadas ao lado da conexão (conectar em) e clique no botão configurar, a configuração deverá ser feita da 16

17 seguinte Nome da conexão: Contabil Banco de Dados: Adaptive Server Anywhere 9.0 Tipo de Conexão: Remota Conexão do: Usuário ou Sistema maneira: Servidor: srvcontabil Porta: (em branco) Nome do Banco: Contábil Arquivo do banco: (em branco) Linha/Comando: (em branco) Como faço para importar um relatório.bgr que me foi enviado? Módulo Folha 1º Salve o relatório anexo em qualquer lugar de seu computador (preferencialmente em um local de fácil acesso); 2º Acesse o menu 'Relatórios sub-menu Gerenciador de Relatórios botão Novo e clique em Importar'; 3º Abrirá o módulo utilitário 'Gerador de Relatórios', neste, clique nas reticências, procure onde foi salvo o arquivo no 1º passo e clique em ok para concluir a importação; 4º Feche o utilitário 'Gerador de Relatórios' e o 'Gerenciador de Relatórios'; e 5º Acesse novamente o menu 'Relatórios sub-menu Gerenciador de Relatórios' e o relatório que fora importado estará disponível. Módulo Contábil 1º Salve o relatório anexo em qualquer lugar de seu computador (preferencialmente em um local de fácil acesso); 2º Acesse o menu 'Relatórios sub-menu Gerenciador de Relatórios botão Gerador...; 3º Abrirá o utilitário 'Gerador de Relatórios', neste, acesse o menu 'Utilitários botão Importar...'; 17

18 4º Procure onde foi salvo o arquivo no 1º passo e clique em ok para concluir a importação; 5º Feche o utilitário 'Gerador de Relatórios' e o 'Gerenciador de Relatórios'; e 6º Acesse novamente o menu 'Relatórios sub-menu Gerenciador de Relatórios' e o relatório que fora importado estará disponível. Fiz a atualização do sistema e quando vou acessá-lo pede a senha de liberação. O que devo fazer? Basta clicar no botão Internet, localizado no canto inferior esquerdo da tela, para ser liberada nova senha de liberação. 18

19 ADMINISTRAR 1 Quando fico um tempo sem trabalhar no sistema, aparece uma nova tela referente ao tempo ocioso. Isso ocorre por que foi definido no módulo Domínio Administrar* que seria controlado o tempo ocioso, ou seja, após X minutos (tempo que foi definido para entrar em modo de ociosidade) o tempo que não estiver sendo trabalhado no sistema, contará como tempo ocioso. O controle de tempo efetuado pelo Domínio Administrar baseia-se no tempo em que o usuário permanece conectado a um dos módulos do Domínio Contábil, bem como a empresa ativa durante essa conexão. Em alguns casos, o usuário poderá conectar-se ao sistema, mas não utilizá-lo por um determinado período, nesses casos, você poderá configurar o tempo gasto, acessando o menu Controle submenu Parâmetros. Preciso de um relatório onde consta a quantidade de lançamentos que foram gerados para determinada empresa em um determinado período. Acesse o menu Relatórios sub-menu Tarefas Realizadas e faça as devidas configurações conforme necessário. Esse relatório emite uma relação dos lançamentos, contábeis e fiscais, realizados por todos os usuários do sistema. 1 Domínio Administrar Módulo disponível no Domínio Contábil Plus, e tem por funções: administrar o tempo gasto com cada cliente cadastrado no sistema; administrar o tempo gasto de cada usuário no sistema; administrar o tempo gasto com cada módulo do sistema. É uma ferramenta valiosa para aumentar a produtividade e a eficiência de seu escritório. O módulo emite relatórios e gráficos para acompanhar o tempo de trabalho em cada módulo do sistema, cliente ou usuário. Também possui relatórios e gráficos para análises do custo/benefício em relação ao cliente. 19

20 ATUALIZAR 2 Como procedo para calcular impostos em atraso? O cálculo de impostos em atraso deverá ser realizado através do módulo Domínio Atualizar, acessando o menu Processos sub-menu Cálculo de Impostos em Atraso, selecione o imposto (caso esses impostos estejam calculados no módulo Escrita Fiscal ou no módulo Domínio Folha, você poderá importar os valores para que sejam calculados conforme os dias em atraso, clicando no botão Importar... ) e informe os dados referentes ao cálculo e clique no botão Calcular. OBS: Para que o sistema efetue corretamente o cálculo dos impostos em atraso, é necessário que os índices e a SELIC estejam cadastrados corretamente. Para cadastrar o índice da SELIC, acesse Arquivo sub-menu SELIC. 2 Domínio Atualizar Módulo disponível no Domínio Contábil Plus e tem por funções: efetuar processos para cálculos de impostos atrasados a serem pagos; emitir relatórios do Atualizar. 20

21 AUDITORIA 3 Preciso de um relatório onde seja discriminado o que cada usuário fez no sistema durante determinado período de tempo. Essa função está disponível no módulo Domínio Auditoria*, para emitir um relatório conforme solicitado acima, deverás ter iniciada uma auditoria no banco de dados. Após iniciada, será possível emitir relatórios no período de tempo em que a auditoria ficou (ou está ativa) em Relatórios sub-menu Auditoria e faça as seleções conforme for necessário. Como procedo para iniciar uma auditoria? É preciso deixar o módulo Domínio Auditoria aberto enquanto o banco é auditado? Para iniciar uma auditoria, acesse o menu Processos sub-menu Iniciar/Parar Auditoria. Você poderá filtrar os módulos, empresas e usuários que serão auditidas, feito isso clique no botão Iniciar. Não é necessário deixar aberto o módulo para continuar a realizar o processo de auditoria, esta só irá ser parada quando o usuário acessar novamente o menu Processos sub-menu Iniciar/Parar Auditoria e clicar no botão Parar. 3 Domínio Auditoria Módulo disponível no Domínio Contábil Plus, é uma ferramenta valiosa para gerenciar as inclusões, exclusões e alterações feitas nos principais cadastros e movimentos do sistema. Esse módulo emite relatórios que demonstram quais os usuários, a data, a hora e em qual empresa foi efetuada a alteração, inclusão ou exclusão. 21

22 HONORÁRIOS 4 Onde consulto e emito os documentos de cobrança de Honorários para meus clientes? Esta ação deverá ser realizada através do módulo Domínio Novo Honorários. Para consultar e emitir os documentos de cobrança, acesse o menu Relatórios sub-menu Documentos de Cobrança, selecione a competência e o modelo e clique em ok, é possível fazer seleção de empresas (clientes no caso) clicando no botão Seleção.... Preciso estornar um faturamento que foi feito erroneamente. Como procedo? Acesse o menu Utilitários sub-menu Estornar Faturamento, clique no botão Buscar, selecione qual faturamento você deseja estornar e clique em Estornar. Quando vou faturar é emitida mensagem 'Não existem lançamentos e/ou contratos para faturar na competência informada. Isso ocorre quando o período já foi faturado, ou quando está se faturando um mês seguinte ao que não foi faturado ainda, ou seja, deve ser faturado mês a mês sem que seja deixado intervalo de meses a faturar. 4 Domínio Novo Honorários - Módulo disponível no Domínio Contábil Plus. Foi desenvolvido para controlar os contratos de prestação de serviço, gerar o faturamento e emitir notas fiscais, bloquetos e recibos de pagamento. Tem como objetivo oferecer, através de relatórios e gráficos, todo o controle financeiro do escritório. 22

Neste bip. Férias Coletivas. Você Sabia? Edição 53 Janeiro de 2015

Neste bip. Férias Coletivas. Você Sabia? Edição 53 Janeiro de 2015 Neste bip Férias Coletivas... 1 Configurar Tarefas Automáticas... 2 Pedido de Rescisão e Interrupção do Aviso Prévio... 3 Cadastro NIS em Lote... 3 Erro ao Gerar a Depreciação de Um Período... 5 Férias

Leia mais

Neste bip. Como converter o arquivo CAGED para acerto. Você Sabia? Edição 52 Dezembro de 2014

Neste bip. Como converter o arquivo CAGED para acerto. Você Sabia? Edição 52 Dezembro de 2014 Neste bip Como converter o arquivo CAGED para acerto... 1 Novo modo de alterar senha de operador... 2 Novo recurso no lançamento [+ planilha]... 2 13 parcela final e SEFIP... 3 Como converter o arquivo

Leia mais

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2011 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas poderá ter

Leia mais

Domínio Registro. Teclas de atalho para ajudar na utilização do Sistema e cadastros em todos dos Módulos. Menu Controle

Domínio Registro. Teclas de atalho para ajudar na utilização do Sistema e cadastros em todos dos Módulos. Menu Controle Domínio Registro O Domínio Registro foi desenvolvido para gerenciar todos os processos referentes à abertura e fechamento de empresas, permite a confecção de contratos, alterações e distratos sociais,

Leia mais

Configuração para Contabilização Automática. Neste bip. Você Sabia? Edição 57 Maio de 2015

Configuração para Contabilização Automática. Neste bip. Você Sabia? Edição 57 Maio de 2015 Neste bip Configuração para Contabilização Automática... 1 Vale Transporte... 2 Como Programar Reajuste Salarial... 3 Contabilização da Folha... 4 Configuração para Contabilização Automática O cadastro

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Versão 8.2C-03. Versão da Apostila de Novidades: 2

Versão 8.2C-03. Versão da Apostila de Novidades: 2 Versão 8.2C-03 Versão da Apostila de Novidades: 2 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais

Contribuição Sindical dos empregados. Neste bip. Você sabia? edição 19 Março de 2012

Contribuição Sindical dos empregados. Neste bip. Você sabia? edição 19 Março de 2012 Neste bip Contribuição Sindical dos empregados... 1 Alterações no Aviso Prévio conforme Circular MTE 10/2011... 2 Formas de contabilização da Escrita Fiscal... 3 Importação de Notas Fiscais de Serviço...

Leia mais

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2013 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.0A-01 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Configuração de Acumuladores

Configuração de Acumuladores Configuração de Acumuladores Os acumuladores são cadastro usados pelo Módulo Domínio Sistemas Fiscal para permitir a totalização dos valores lançados nos movimentos de entradas, saídas, serviços, outras

Leia mais

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL

PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL PARAMETRIZACAO MODULO ESCRITA FISCAL Primeiro passo: importar impostos, para isso proceda da seguinte maneira: entre na empresa EXEMPLO, no menu Arquivos clique em Impostos, logo após, do lado direito

Leia mais

Neste bip. EFD Contribuições. Você sabia? Prazo final para entrega dos arquivos ECD e FCONT. edição 22 Junho de 2012

Neste bip. EFD Contribuições. Você sabia? Prazo final para entrega dos arquivos ECD e FCONT. edição 22 Junho de 2012 Neste bip EFD Contribuições... 1 Prazo final para entrega dos arquivos ECD e FCONT... 1 Configuração da Demonstração do Fluxo de Caixa... Configuração do Plano de Contas de acordo com a Lei 11.638/07...

Leia mais

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades Versão 8.2A-01 Versão Final da Apostila de Novidades Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Manual Operacional Versão 2.2

Manual Operacional Versão 2.2 1 Manual Operacional Versão 2.2 2 SUMÁRIO 1) Assistente de configuração 4 2) Módulo Geral 9 2.1) Administradora 9 2.2) Empresa 9 2.3) Grupo de Empresa 12 2.4) Responsável 13 2.5) CEP 13 2.6) Configurações

Leia mais

Neste bip. Prisão do Empregado e os reflexos no Contrato de Trabalho. Você Sabia? edição 26 Outubro de 2012

Neste bip. Prisão do Empregado e os reflexos no Contrato de Trabalho. Você Sabia? edição 26 Outubro de 2012 Neste bip Prisão do Empregado e os reflexos no Contrato de Trabalho... Novo Documento para Cadastro de Trabalhador... 2 Tomador de Serviços... 2 Lançamento de Créditos Anteriores - EFD Contribuições...

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido)

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Parametrizar a empresa como Lucro Presumido. 1 - Regime de Competência Qual o Regime de apuração adotado? 2 - Regime de Caixa Qual será a forma

Leia mais

Neste bip. Adiantamento Salarial. Você Sabia? Edição 60 Agosto de 2015. Reajuste de Adiantamento de Salário

Neste bip. Adiantamento Salarial. Você Sabia? Edição 60 Agosto de 2015. Reajuste de Adiantamento de Salário Neste bip Adiantamento e Reajuste de Adiantamento de Salário... Configurações de plano de saúde... 1 Erro de INVALID CONVERSION na geração do registro de saídas... Transferência de Funcionários... 3 Você

Leia mais

Neste bip. Arquivos XML. Você Sabia? edição 36 Agosto de 2013

Neste bip. Arquivos XML. Você Sabia? edição 36 Agosto de 2013 Neste bip Arquivos XML... 1 Quais Demonstrações Contábeis devo apresentar? 2 Contabilização da folha... 3 Atenção ao salário família... 4 Conferência das compensações de INSS... 4 Workshop online... 5

Leia mais

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 1 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 5.1 Digitações dos Sócios...2 5.1.1 Campo CPF...2 5.1.1.a Campo Saldo Anterior...3 5.1.1.b Campo Saldo...3 5.1.1.c Campo Isento...3 5.1.1.d Campo Tributado...3

Leia mais

Neste bip. Configuração dos Códigos do Simples Nacional. Você Sabia? edição 37 Setembro de 2013

Neste bip. Configuração dos Códigos do Simples Nacional. Você Sabia? edição 37 Setembro de 2013 Neste bip Configuração dos Códigos do Simples Nacional... 1 Manter uma Cópia Local do Backup enviado ao Servidor Priori... Segurança no Sistema Contábil... 2 Férias Proporcionais no Regime Parcial... 3

Leia mais

Nova versão do Rumo. Neste bip. Você sabia? edição 16 Dezembro de 2011

Nova versão do Rumo. Neste bip. Você sabia? edição 16 Dezembro de 2011 Neste bip Nova versão do Rumo... 1 Assistente para configuração da integração contábil... 2 Férias coletivas... 3 Nova Logo da Priori... 3 Mensagem de Natal e Ano Novo... 4 Confira o conteúdo das edições

Leia mais

Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06

Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06 Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Tópicos: Acessar o módulo Domínio Contabilidade:

Tópicos: Acessar o módulo Domínio Contabilidade: Tópicos: *acessar o modulo domínio contabilidade; *definir parâmetros *cadastrar plano de contas, históricos, entre outros *efetuar lançamentos contábeis *conciliação bancária e conciliação cliente/fornecedor

Leia mais

Neste bip. Você Sabia? Validação da Chave da Nota Fiscal Eletrônica. edição 25 Setembro de 2012

Neste bip. Você Sabia? Validação da Chave da Nota Fiscal Eletrônica. edição 25 Setembro de 2012 Neste bip Validação da Chave da Nota Fiscal Eletrônica... 1 Importação de Conhecimentos de Transporte Eletrônicos... 2 Demonstrações Contábeis Obrigatórias para Pequenas e Médias Empresas (NBC TG 1000)...

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL

ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL ECF ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL Geração da ECF para empresas optantes pelo Lucro Presumido Informações importantes A Escrituração Contábil Fiscal é uma nova obrigação acessória, cuja primeira entrega

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

Prefeitura de Rio Verde GO. SEFAZ - Secretaria da Fazenda. DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas

Prefeitura de Rio Verde GO. SEFAZ - Secretaria da Fazenda. DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas Prefeitura de Rio Verde GO SEFAZ - Secretaria da Fazenda DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas DMS e Notas Fiscais Eletrônicas Rio Verde, GO, setembro 2009 1 Sumário INTRODUÇÃO... 03 LEGISLAÇÃO...

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice I. Acesso ao Cadastro... 2 II. Seleção de Filtros... 3 III. Cadastro...

Leia mais

Neste bip. Importação de dados Fiscais para o Rumo. Você Sabia? edição 28 Dezembro de 2012

Neste bip. Importação de dados Fiscais para o Rumo. Você Sabia? edição 28 Dezembro de 2012 Neste bip Importação de dados Fiscais para o Rumo... 1 Controle de contas a pagar e a receber... 2 Quando calcular o 13 salário complementar?... 2 Férias Coletivas... 3 MEI - Afastamento por licença maternidade...

Leia mais

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13 Visão Empresa de Contabilidade Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

INDICE DO MÓDULO DE TREINAMENTO DA FOLHA DE PAGAMENTO PEGASUS FOR WINDOWS 2.0

INDICE DO MÓDULO DE TREINAMENTO DA FOLHA DE PAGAMENTO PEGASUS FOR WINDOWS 2.0 INDICE DO MÓDULO DE TREINAMENTO DA FOLHA DE PAGAMENTO PEGASUS FOR WINDOWS 2.0 I Acesso ao Sistema 1 - Como acessar o sistema 2 - Username e Password II Visão Geral 1 - Tela Principal 2 - Cadastros 3 -

Leia mais

Lembrando que a empresa deve estar devidamente cadastrada com o Regime de Lucro Real ou Lucro Presumido e obrigada ao Sped.

Lembrando que a empresa deve estar devidamente cadastrada com o Regime de Lucro Real ou Lucro Presumido e obrigada ao Sped. ATIVIDADE IMOBILÁRIA Como configurar no sistema? Lembrando que a empresa deve estar devidamente cadastrada com o Regime de Lucro Real ou Lucro Presumido e obrigada ao Sped. Para iniciar as configurações,

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

MANUAL DE CADASTRO DOS CLIENTES DA EMPRESA CONTÁBIL

MANUAL DE CADASTRO DOS CLIENTES DA EMPRESA CONTÁBIL MANUAL DE CADASTRO DOS CLIENTES DA EMPRESA CONTÁBIL IMPORTANTE Prezado Cliente, Atendimento On-Line (Via Internet). Estivemos trabalhando no desenvolvimento de uma ferramenta de atendimento que permitisse

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62...

Índice ...48...48. Módulo Empresa... Módulo Fiscal... ...8...8. Módulo Folha...28. Módulo Contabil... Integração Contabil...62... 1 2 Índice Módulo Empresa......4...4 Módulo Fiscal......8...8 Módulo Folha......28 Módulo Contabil......48...48 Integração Contabil......62...62 3 4 5 1. Cadastro de empresa Antes de iniciar os trabalhos

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

Manual Prático de Acesso Novo Hamburgo/RS. ISS.Net Emissor de Nota Fiscal Eletrônica

Manual Prático de Acesso Novo Hamburgo/RS. ISS.Net Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Novo Hamburgo/RS ISS.Net Emissor de Nota Fiscal Eletrônica SUMÁRIO Página LOGIN AO SISTEMA...3 EMITIR NOTA FISCAL ELETRÔNICA...7 CONSULTAR NOTA FISCAL ELETRÔNICA...12 CONSULTAR SOLICITAÇÕES DE CANCELAMENTO

Leia mais

1. Contabilização dos Lançamentos Fiscais

1. Contabilização dos Lançamentos Fiscais 1 2 1. Contabilização dos Lançamentos Fiscais 1.1. Cadastro de Códigos Contábeis Para que os lançamentos sejam integralizados é necessário o preenchimento do código contabil de integração. Siga as instruções

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66

PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66 PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66 Sumário 1. Nota Fiscal Eletrônica São Paulo... 3 2. Motivo da baixa... 9 3. Contrato Endereço para cobrança... 12 4. Vistoria... 13 5. Contas a pagar Controle de

Leia mais

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont Atualizado em Maio/2008 Pág 1/36 Para integrar os dados do sistema Efiscal com o sistema Telecont, efetue os procedimentos abaixo: CADASTRO DE EMPRESAS ABA BÁSICO Acesse menu Arquivos Empresas Usuárias

Leia mais

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira.

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira. AUDITORIA FINANCEIRA Processo de uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA Sistema Nota Fiscal Eletrônica Sil Tecnologia LTDA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 4 1. CONHECENDO OS COMANDOS DO SISTEMA 5 1.1 Tela Inicial do Sistema 5 1.2 Navegador de registros 6 1.3 Filtro de Registros 6 2. TELA

Leia mais

SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx. Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E.

SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx. Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E. SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E. Tela de Acesso insira sua Senha Menu Rápido Aba de Cadastro Menu Estender

Leia mais

Neste bip. Participação nos Lucros e Resultados. Você Sabia? Rescisão Complementar. Edição 54 Fevereiro de 2015

Neste bip. Participação nos Lucros e Resultados. Você Sabia? Rescisão Complementar. Edição 54 Fevereiro de 2015 Neste bip Participação nos Lucros e Resultados... Rescisão Complementar... 1 DIRF 2015... 2 Novas Alterações Trabalhistas e Previdenciárias... 3 EFD ICMS-IPI... 4 Nova Tabela de INSS e Salário Família...

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1. APRESENTAÇÃO...4 1 2. ACESSO AO APLICATIVO...5 3. GERAÇÃO DE NFS-e...6 3.1. Preenchimento dos dados para emissão da NFS-e...6

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA

MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA NOÇÕES GERAIS MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA Para melhor compreender o ambiente de trabalho do sistema GONDOLA, é necessário que sejam apresentadas algumas noções gerais, antes de se aprofundar em cada módulo

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Módulo Calculo de Imposto em Atraso. Versão: Windows

MANUAL DO USUÁRIO. Módulo Calculo de Imposto em Atraso. Versão: Windows MANUAL DO USUÁRIO Módulo Calculo de Imposto em Atraso Versão: Windows Sumário Menu Arquivos Empresas... 05 Tipo de Empresa... 07 Ramo de Atividade... 08 Sócios... 08 Sindicato Patronal... 09 Dados do Escritório...

Leia mais

APOSTILA PARA O CURSO WFISCAL

APOSTILA PARA O CURSO WFISCAL TREINAMENTO Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares para

Leia mais

Treinamento Sistema Folha Union Módulo III

Treinamento Sistema Folha Union Módulo III FOLHA DE PAGAMENTO MÓDULO III - MOVIMENTOS Folha Union> Vale transporte> Geração de movimento de Vale transporte Para que o sistema calcule o valor do vale transporte para o mês de referência é necessário

Leia mais

Tabela Comparativa de funcionalidades

Tabela Comparativa de funcionalidades Sage Sage Gestão Contábil A evolução A do do escritório Tabela Comparativa de funcionalidades Sage Folha de Pagamento A disponibilidade da funcionalidade dependerá da modalidade do pacote 1 Gerenciador

Leia mais

Duvidas XDental 2015

Duvidas XDental 2015 Duvidas XDental 2015 Criação da requisição 1.Após aprovar um orçamento com alguma especialidade de prótese, clique em relató rios clínicos para criar uma requisição. Secione a especialidade de prótese

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

Aqui seus Resultados Aparecem

Aqui seus Resultados Aparecem Aqui seus Resultados Aparecem 2 Evolution Folha de Pagamento Cálculo automático de INSS, IRRF, FGTS, Controle de período aquisitivo de férias e faltas não insalubridade, periculosidade, pensão alimentícia,

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Inscrição 1

2013 GVDASA Sistemas Inscrição 1 2013 GVDASA Sistemas Inscrição 1 2013 GVDASA Sistemas Inscrição 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Veja abaixo como duplicar as informações da empresa modelo para as empresas.

Veja abaixo como duplicar as informações da empresa modelo para as empresas. 1 1. Duplicação das informações da empresa modelo Juntamente com a instalação da empresa modelo encaminhamos anexada a empresa modelo, que contem cadastros que podem ser utilizados nas empresas a serem

Leia mais

Versão 8.2C-01. Versão Final da Apostila de Novidades

Versão 8.2C-01. Versão Final da Apostila de Novidades Versão 8.2C-01 Versão Final da Apostila de Novidades Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

APOSTILA PARA O CURSO WCOBRANÇA COBRANÇA FÁCIL ALTERDATA

APOSTILA PARA O CURSO WCOBRANÇA COBRANÇA FÁCIL ALTERDATA Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil. Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares para tornar

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo III

Treinamento Sistema Condominium Módulo III Financeiro (Lançamentos Despesas e Saldos) Nesse módulo iremos apresentar os principais recursos da área contábil do sistema. Contábil> Lançamentos Nessa tela é possível lançar as despesas dos condomínios,

Leia mais

Treinamento Sistema Folha Union Módulo III

Treinamento Sistema Folha Union Módulo III FOLHA DE PAGAMENTO MÓDULO III - MOVIMENTOS Folha Union> Vale transporte> Cadastro de tarifas Valor - Insira o valor atual e a data de vigência. Cadastre ou altere os tipos de transportes utilizados de

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

Partindo do Exercício Anterior sobre contabilidade 1. Feito mais lançamentos 2. Zeramento 3. Emitido Balanço

Partindo do Exercício Anterior sobre contabilidade 1. Feito mais lançamentos 2. Zeramento 3. Emitido Balanço SPED Contábil Partindo do Exercício Anterior sobre contabilidade 1. Feito mais lançamentos 2. Zeramento 3. Emitido Balanço Conciliação Plano de Contas da empresa com Plano de Contas Referencial Menu controle

Leia mais

Menu Processos. - Folha de Pagamento Mensal - Adiantamento (vale) - 13º Salário Parcela Final - 13º Salário Adiantamento

Menu Processos. - Folha de Pagamento Mensal - Adiantamento (vale) - 13º Salário Parcela Final - 13º Salário Adiantamento Digitação de Holerith Processo da Folha de Pagamento Este item é responsável pela criação de sua folha de pagamento. A Digitação de Holerith permite o manuseio completo das mais diferentes situações. Esta

Leia mais

ROTEIRO BÁSICO PARA GERAR FOLHA DE PAGAMENTO

ROTEIRO BÁSICO PARA GERAR FOLHA DE PAGAMENTO ROTEIRO BÁSICO PARA GERAR FOLHA DE PAGAMENTO Nas páginas seguintes, você terá uma visão geral dos recursos disponíveis e das funções que o Persona pode automatizar. Sem entrar em detalhes, você saberá

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Wfolha 13 Salário

MANUAL DO SISTEMA. Wfolha 13 Salário MANUAL DO SISTEMA Wfolha 13 Salário SulProg Sistemas 1 INTRODUÇÃO Este manual foi desenvolvido a fim de facilitar e esclarecer dúvidas sobre os procedimentos referente ao 13 salário. SulProg Sistemas 2

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e SUMÁRIO 1. INSTALAÇÃO 2. CADASTROS 2.1. CADASTRO DE USUÁRIO 2.2. CADASTRO DE MODALIDADE 2.3. CADASTRO DE PRODUTO 3. OPERAÇÃO 3.1. VENDA 3.2. CANCELAMENTO

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

Sistema de Folha de Pag amento SISfol

Sistema de Folha de Pag amento SISfol Sistema de Folha de Pag amento SISfol APOSTILA SISFOL CONTEÚDO DA APOSTILA CADASTRO GRUPOS E USUARIOS CADASTRO DE EMPRESA CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS CADASTRO DE EVENTOS PROGRAMAÇÃO DE EVENTOS CADASTRO DE

Leia mais

Foram criadas três empresas padrões que podem ser importadas na criação de novas siglas no SIGER, sendo uma para cada forma de tributação.

Foram criadas três empresas padrões que podem ser importadas na criação de novas siglas no SIGER, sendo uma para cada forma de tributação. Foram implementadas no módulo de Contabilidade do ERP SIGER, a partir da versão 15.30a, melhorias que visam agilizar e facilitar principalmente o trabalho dos Escritórios Contábeis e também poderá ser

Leia mais

Corregedoria-Geral de Justiça. Serviço Notarial e de Registro. Manual do Sistema SISNOR CARTÓRIO

Corregedoria-Geral de Justiça. Serviço Notarial e de Registro. Manual do Sistema SISNOR CARTÓRIO Corregedoria-Geral de Justiça Serviço Notarial e de Registro Manual do Sistema SISNOR CARTÓRIO Atualizado em 29/04/2015 CONTEÚDO APRESENTAÇÃO... 4 CAPÍTULO 1 DOWNLOAD DO SISNOR CARTÓRIO... 5 CAPÍTULO 2

Leia mais

Manual Prático 13º Salário

Manual Prático 13º Salário Manual Prático 13º Salário 1/36 Índice 1. ROTINAS 13 SALÁRIO DOS SISTEMAS EBS... 4 1.1. Definições... 4 2. CONFIGURAÇÕES DE EVENTOS... 6 3. 1 PARCELA... 9 4. 2 PARCELA... 11 5. INFORMAÇÃO DE VALORES EXTRAS...

Leia mais

ETEP TÉCNICO EM CONTABILIDADE MÓDULO 3 INFORMÁTICA 3 2012 PÓS MÉDIO

ETEP TÉCNICO EM CONTABILIDADE MÓDULO 3 INFORMÁTICA 3 2012 PÓS MÉDIO 2012 TÉCNICO EM CONTABILIDADE MÓDULO 3 INFORMÁTICA 3 PÓS MÉDIO 1 AULA 1 Verificação de Erros cometidos no Domínio Escrita Fiscal Para verificar o que já foi realizado no domínio escrita fiscal (e também

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A

Cordilheira Escrita Fiscal 2.109A LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO

NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO NOVO MÓDULO PATRIMÔNIO 1 PARÂMETROS 1.1 Aba Geral 1. No quadro Período, no campo: Observação: Após ser efetuado o cálculo de qualquer período, o campo Inicial, não poderá mais ser alterado. Inicial, informe

Leia mais

TUTORIAL // MÓDULO PRESTADORES BENNER WEB MÓDULO PRESTADORES

TUTORIAL // MÓDULO PRESTADORES BENNER WEB MÓDULO PRESTADORES BENNER WEB MÓDULO PRESTADORES 1 Sumário Procedimento inicial para acessar o sistema na WEB... 3 Módulo Prestadores... 3 1. ÍCONES E FUNÇÕES... 4 2. CADASTRO DE PRESTADORES... 5 Cadastrar o prestador de

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo V

Treinamento Sistema Condominium Módulo V Módulo V Prestação de Contas Condomínio> Prestação de Contas Em Prestação de Contas Serão impressos todos os relatórios que irão compor sua Pasta mensal. Estão disponíveis diversos modelos para balancete,

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

Dicas de importação na RAIS. Neste bip. Você Sabia? edição 30 Fevereiro de 2013

Dicas de importação na RAIS. Neste bip. Você Sabia? edição 30 Fevereiro de 2013 Neste bip Dicas sobre RAIS... 1 Contribuição Patronal para RAIS... 2 Rumodoc - Ajuda no sistema Rumo... 2 Fechamento contábil... 2 Dispensa da entrega da DACON... 3 Dicas de importação na RAIS Já era um

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

Guia Prático do Usuário

Guia Prático do Usuário Guia Prático do Usuário 3. O que esse Manual aborda Esse manual é um guia prático de utilização do sistema, ele aborda noções gerais sobre gerenciamento de sua empresa além de ter informações detalhando

Leia mais

Infor-Pag. Importa lançamentos de outros Sistemas (Ponto Eletrônico, Convênios,...).

Infor-Pag. Importa lançamentos de outros Sistemas (Ponto Eletrônico, Convênios,...). Cálculos Infor-Pag CLT, Estagiários, Autônomos e Pró-Labore. Geral ou por Centro de Custos. Recálculo. Com o mesmo código de evento pode-se ter 3 tipos de movimento; Normal, diferença ou estorno. Permite

Leia mais

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015

jfinanç as Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 jfinanças Pessoal Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFINANÇAS PESSOAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfinanças Pessoal...

Leia mais

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA...

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... Portal de Vendas Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 1.1. Guia Portal de Vendas... 7 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 8 5.

Leia mais