Complexo Thera São Paulo - SP Lançado em Dezembro/10. Apresentação da Companhia Abril 2011

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Complexo Thera São Paulo - SP Lançado em Dezembro/10. Apresentação da Companhia Abril 2011"

Transcrição

1 Complexo Thera São Paulo - SP Lançado em Dezembro/10 Apresentação da Companhia Abril 2011

2 Agenda Visão Geral do Setor Imobiliário no Brasil Visão Geral da Empresa Dados operacionais Cyrela e Living Living Segmentos econômico e super econômico Dados Financeiros Anexos

3 Le Jardin Curitiba - PR Lançado em dezembro/10 Visão Geral do Setor Imobiliário no Brasil

4 Setor Imobiliário tem Fortes Fundamentos O setor imobiliário está preparado para se beneficiar do ambiente favorável Elevada demanda por imóveis residenciais Baixa oferta de unidades 1. População e famílias Em milhões Ano Famílias População Pessoas por família 3. Déficit habitacional crescente (1) Expandindo o mercado habitacional (milhões de imóveis habitacionais) 5,4 6,7 5, ,3 189,1 3,1 2017E 75,6 211, ,8 2030E 95,5 233,6 2, (2) 2. Evolução da renda mensal Em milhões de famílias E Até R$ ,7 29,1 De R$ a R$ ,2 60,4 Mais de R$ ,4 5,9 Taxa de crescimento (%, aa) a.a.) -0,4% 3,9% 7,1% Total 60,3 95,5 2,0% 4. Número de mudanças de domicílio por pessoa Baixo número de mudanças quando comparado a outros países Brasil 1,8x México 4,0x G x A Cyrela está posicionada para se beneficiar do ambiente positivo o do mercado imobiliário brasileiro (1) Considera excesso de demanda sobre a oferta. (2) 2008: considera nova metodologia. Fonte: IBGE, Banco Central do Brasil, Ministério das Cidades, Fundaçāo Pinheiro, FactSet, Bloomberg, Fundação Getulio Vargas e Wall Street Research. 4

5 Preço dos imóveis Em 12 meses e em 24 meses, até setembro de 2010, o Brasil ficou em primeiro lugar na lista dos países com a maior valorização imobiliária. Valorização imobiliária 12 meses Valorização imobiliária 24 meses África do Sul 5,1% Indonésia 5,1% Noruega 6,7% Áustria 67% 6,7% Finlândia 7,3% China (Xangai) 7,0% Taiwan 7,4% Finlândia 7,8% Austrália 11,5% Noruega 10,8% Israel 16,4% Taiwan 17,5% Hong Kong 20,6% Austrália 18,9% Cingapura 22,9% Hong Kong 24,5% Letônia 24,6% Israel 33,1% Brasil 33,5% Brasil 46,4% 4% BAIRRO / CIDADE PREÇO do m 2 de área PREÇO de apto. 150 m 2 PREÇO do m 2 de área PREÇO de apto. 150 m 2 útil (R$) (R$ milhões) útil (R$) (R$ milhões) Leblon (orla) Rio de Janeiro 20 mil 3,0 Avenida Beira Mar Norte Florianópolis 9 mil 1,3 Jardim Europa São Paulo 12,5 mil 1,9 Meirelles (Avenida Beira Mar) Fortaleza 8 mil 1,2 Setor Nororeste Brasília 12 mil 1,8 Clube Espanhol Salvador 7,5 mil 1,1 Vila Nova Conceição São Paulo 9,5 mil 1,4 Batel, Ecoville Curitiba 4,5 mil 0,7 5

6 Setor Imobiliário e o Ciclo Econômico INCC: Materiais x Mão de Obra Rendimento Médio Nominal vs. Custo de Construção 15,2% ,9% 82% 8,2% 7,7% 7,8% 10,4% 7,5% ,3% ,2% 5,4% 5,7% 6,0% 5,5% 5,0% ,5% Jan-05 Apr-05 Jul-05 Oct-05 Jan-06 Apr-06 Jul-06 Oct-06 Jan-07 Apr-07 Jul-07 Oct-07 Jan-08 Apr-08 Jul-08 Oct-08 Jan-09 Apr-09 Jul-09 Oct-09 Jan-10 Apr-10 Jul-10 Oct-10 *2010, 2011 E 2012 são perspectivas INCC Materiais Mão de Obra Rendimento Médio Nonimal Acumulado pelo INCC Mao de Obra De 2005 a 2009 as contratações no setor de construção somaram 722 mil De janeiro a junho 2010 somam-se 230 mil novas contratações líquidas no setor O rendimento médio que em janeiro de 2005 era de R$ 699,90, terminou junho de 2010 em R$ 1.227,40. Crescimento nominal de 75% Fonte: MCM Consultores 6

7 Poupança e Sistema Hipotecário Brasileiro Uses Usos Fontes 52% Hipotecas de 65% Propriedades até R$ Hipotecas Individuais Empréstimos para Construção e Empréstimos para Construção 13% Propriedades com preço superior a R$ % Depósitos Compulsórios 100% Depósitos da Poupança Empréstimos até R$ Custo de TR + 6,17% a.a. Média mensal Ou média dos últimos 12 meses (o mais baixo) 253,6 Poupança (R$ bilhões) 18 % 299,9 5% Uso Livre dez/09 dez/10 Fonte: Santander 7

8 Análise de Financiamento (SBPE) Taxa de crescimento Anual Gargalo Cenário Crescimento dos Crescimento Crédito Ano Financiamentos Poupança Disponível 1 50% 25% aug % 20% dez % 20% jan % 0% mar Cenário 2 Com crescimento anual de 40% nos financiamentos e 20% na poupança, o recursos disponíveis para financiamentos deverá se esgotar em aproximadamente 2 anos Exigibilidade da Poupança para financiamentos imobiliários (65% exigibilidade) 174,8 146,3 124,9 104,0 83,1 87, Dez Crédito Imobiliário Disponível 28,1 34,5 43,6 59,7 87,4 131,4 Source: Brazilian Central Bank, Company projections Dez

9 Luzes da Mooca São Paulo - SP Lançado em novembro/10 Visão Geral da Empresa

10 Cyrela Brazil Realty Lançamentos (bilhões) R$ 1,2 R$ 2,9 R$ 5,4 R$ 5,5 R$ 5,7 R$ 7,6 Vendas contratadas (bilhões) Banco de terrenos (M2) R$ 1,0 R$ 1,9 R$ 4,4 R$ 5,1 R$ 5,2 R$ 6,2 3,0 mi 4,9 mi 8,8 mi 11,2 mi 12,6 mi 13.7 mi Unidades Lançadas Living ,7 mil 11,1 mil 16,1 mil 15,3 mil Margem bruta 48,5% 42,2% 41,2% 38,0% 34,5% 31,4% Margem EBITDA* 27,1% 22,3% 22,9% 16,5% 22,3% 16,5% Margem líquida* 23,2% 21,7% 24,7% 9,8% 17,8% 12,3% Número de cidades Funcionários Corretores e equipe * Ajustado para despesas com IPO e para Lei /2007 de 2008 em diante. 10

11 Cyrela no mercado de capitais Composição Acionária (Fevereiro de 2011) Outros 54,5% Black Rock Inc. 5,3% Carmignac Gestion 7,8% Performance das ações - Grupo 32,4% dez-05 dcontrolador mar-06 jun-06 j set-06 dez-06 mar-07 jun-07 j set-07 dez-07 mar-08 jun-08 j set-08 dez-08 mar-09 jun-09 j set-09 dez-09 mar-10 jun-10 j set-10 dez-10 mar-11 Cyrela Ibovespa Free Float: 67,4% Dividendos Pagos Data de pagamento Proventos Ordinária CYRE3 Dividend yield (R$/ação) 11/5/2010(-) Dividendos Pagos 0,4703 2,24% 11/5/2009(-) Dividendos Pagos 0,1854 0,87% 16/5/2008(-) Dividendos Pagos 0,0410 0,19% 25/9/2007(-) Dividendos pagos 0,1687 0,80% 10/5/2007(-) Dividendos pagos 0,0852 0,40% Crescimento de 154% no último ano Obs: Dados ajustado por proventos inclusive dividendos 11

12 Revisão de Guidance Projeção de lançamentos e Vendas de 2011 e 2012 Lançamentos (R$ bilhões) Vendas (R$ bilhões) ,6 a 8,5 8,7 a 9,8 6,9 a 7,7 8,0 a 8,9 % Cyrela > 78% > 80% Participação Living Margens sobre receita líquida de 2011 e 2012 Living i - Lançamento Em % ,0 a 3,5 39% a 41% Margem bruta 27% a 31% 31% a 35% ,7 a 4,5 43% a 46% Margem EBITDA 15% a 19% 18% a 22% 12

13 Getúlio Vargas Prime Offices Porto Alegre - RS Lançado em dezembro/2010 Dados Operacionais Cyrela e Living

14 Lançamentos e Vendas Cyrela e Living Lançamentos de 2010 atingiram 110,3% do ponto mínimo do guidance e vendas atingiram 99,5% Lançamentos Vendas 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% 9% 8% 5% 100% 82% 60% 55% 42% 24% 21% 48% 15% 18% 1T 2T 3T 4T 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% 16% 10% 9% 65% 40% 23% 26% 25% 88% 57% 55% 49% 94% 100% 1T 2T 3T 4T

15 Lançamentos e Vendas Cyrela e Living 56 empreendimentos lançados no 4T10 e 108 empreendimentos em ,7 mil unidades vendidas no 4T10 e 23,5 mil vendidas em 2010 Lançamentos (R$ milhões) Vendas (R$ milhões) CAGR = 44,4% CAGR = 43,3% 7.609, , , , , , , , , , , , , , , , ,0 755, , , , , , , Cyrela Parceiros Cyrela Parceiros * Considerando o ponto médio do guidance de vendas médio por mês 15

16 Estoque a Valor de Mercado Estoque em 31/12/2010: R$ 4,9 bi (100%) e R$ 3,9 bi (%CBR) 8,5 meses de vendas* Vendas contratadas relativas a vendas e estoques Vendas sobre oferta 66,8% 61,5% 62,4% 60,7% 73,3% 56,1% 52,4% 37,8% 43,4% 37,6% 36,5% 21,2% 55,1% 1.940,9 728, , ,5 839,8 702, ,0 638,4 566,1 481,9 524,0 296,5 349,4 414,1 296,4 269,6 185,5 315, ,9 616, , ,5 828, , , ,9 863, ,4 781,5 445,1 284,2 676,5 580, ,4 539, ,1 37,6% 25,4% 35,7% 26,2% 34,4% 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 4T10 4T09 1T10 2T10 3T10 4T10 12M Vendas de Lançamentos do Trimestre Vendas de Estoques % Vendas de Estoque * Em meses de venda com base na média mensal do ponto médio do guidance 16

17 Estoque de Terrenos R$ 43,4 bilhões de VGV potencial (R$ 36,6 bilhões %CBR) 42 novos terrenos adquiridos no 4T10 com VGV de R$ 3,9 bilhões 79% do banco de terrenos adquirido por meio de permuta Terrenos por Segmento Living 25,1% 245 projetos com 177 mil unidades Todos os terrenos para lançamento de 2011 já estão comprados MAP 74,9% Evolução do Estoque de Terrenos (VGV potencial R$ bilhões) Terrenos por Região 39,2 (7,6) 10,3 1,5 43,4 RJ 36% São Paulo 29% Sudeste Outros 2% Sul 7% Terrenos ao final de 2009 Lançados 2010 Comprados 2010 Atualização Valor Terreno Terrenos ao final de 2010 Centro-Oeste 4% Norte 6% Nordeste 16% 17

18 Acréscimo do Custo de Obra Impacto no Resultado Acréscimo de Custo 5% R$ 3,2 bi Obras com acréscimo no Custo R$ 533,6 MM R$ 533,6 MM Cyrela 9M10 35% R$ 162,8 MM* Impacto no Resultado R$ 75,8 MM Base de Custo no Orçamento** Terceiros 65% 65% 4T10 R$ 370,8 MM* R$ 244,3 MM 70% do acréscimo de custo está concentrado em 30 obras * Inclui Loteamentos ** Base de Custo em Dez/09 de R$ 10,2 bi. 10 obras representam 40% dos acréscimos Cronograma de entrega de obras com acréscimo de custo 70,4% 29,6%

19 Participação Cyrela em Empreendimentos Evolução do % de Participação Cyrela nos Projetos 2012E 2011EE > 80% > 78% 78% 79% % % 66% % 0% 20% 40% 60% 80% 100% 19

20 Crescimento Orgânico nas obras Adequação da estratégia de crescimento orgânico nas obras, com a diminuição na contratação de terceiros Participação Cyrela na gestão de Obras (Construção) e 2011E > 70% % % % 34% % % 0% 20% 40% 60% 80% 100% 20

21 Unidades Entregues e Repasse unidades entregues em 2010 em 71 empreendimentos Unidades Repassadas por Segmento R$ 4,1 bilhões de VGV das unidades entregues Entregas Living: unidades em 27 empreendimentos e VGV de R$ 945,6 milhões canteiros de obras ao final de 2010, sendo 90 de empreendimentos Living E MAP Living Total 138 empreendimentos serão repassados sendo 90 da Living. 21

22 Vitória Maguary Belém - PA Lançado em novembro/10 Living Segmentos Econômico e Super Econômico

23 Performance Living 2006: Cyrela entrou no segmento de baixa renda através de parcerias 2009: Living inicia desenvolvimento Lançamentos Living (R$ Milhões) tecnológico próprio ,0 * Governo Federal cria Programa Minha Casa, * 3.000,0 Minha Vida ,5 Aceleração de crescimento orgânico da plataforma 883, , ,6 2010: CAGR 92,3% entre 2006 e , E 2012E 68,3% 68,1% 69,3% 73,3% 75,7% >80% E >80% E 2011 e 2012: Expectativa de crescimento, com aumento do % Participação Living nos projetos * Considerando pontos mínimos dos guidances % Participação Living nos Projetos 23

24 Lançamentos Living Living: 29,3% dos lançamentos e 29,2% do VGV vendido em mil unidades lançadas em 2010, sendo 52% dentro do programa MCMV Lançamentos (R$ milhões) Vendas (R$ milhões) CAGR = 126,5% CAGR = 153,3% + 23,5% 2.231,5 + 4,5% 1.804, , , , ,6 883, , , ,8 641,1 919, , ,2 84,8 602,1 43,8 442, Living Parceiros Living Parceiros 24

25 Terrenos Living VGV potencial de R$ 10,9 bilhões (100%) e R$ 9,2 bilhões (% Living) 23 terrenos adquiridos no 4T10 VGV de R$ 1,9 bi 71% do banco de terrenos foi pago por meio de permuta Preço médio da unidade R$ 127,3 mil Evolução do Estoque de Terrenos (VGV potencial R$ bilhões) 5,5 0,1 10,9 Terrenos por Região RJ 26% 7,5 (2,2) Sudeste Outros 4% São Paulo 31% Sul 13% Centro Oeste 9% Norte 11% Nordeste 6% Terrenos ao final de 2009 Lançados 2010 Comprados 2010 Atualização Valor Terreno Terrenos ao final de

26 Programa Minha Casa, Minha Vida Living no MCMV (BB / CAIXA) TOTAL Das quais: Submetidas Aprovadas para venda Em contratação t Contratadas Living - Repassadas Total Do total de unidades repassadas pela Living, foram dentro do MCMV e dentro do SFH No último trimestre t de 2010, foram repassadas unidades. 26

27 Maior capacidade de compra (Affordability) real (%) Taxa de juros Prestação mensal 2005 (R$) Prazo do financiamento (anos) % % % % % % % % % % % Salários mínimos necessários 2005 (mensais) real (%) Taxa de juros Prazo do financiamento (anos) % % % % % % % % % % % Modelo de Financiamento: Valor Unitário: i Percentual Financiado: 80% Comprometimento da renda: 30% Prestação mensal 2010 (R$) Salários mínimos necessários 2010 (mensais) Ta axa de juros rea al (%) Prazo do financiamento (anos) % % % % % % % % % % % Taxa de juros re eal (%) Prazo do financiamento (anos) % % % % % % % % % % % Modelo de Financiamento: Valor Unitário: Percentual Financiado: 80% Comprometimento da renda: 30% 27

28 Mirai Offices Belém - PA Launched in Oct/2010 Dados Financeiros

29 Destaques Financeiros (R$ milhões) Receita Líquida - (milhões) + 19,6% 4.890,1 EBITDA - (milhões) 911,3-11,3% 808, , ,4 390,5 461,0 689, , ,3 248,5 157,8 22,9% 22,3% 22,9% 16,2% 22,3% 16,5% Receita em Backlog - (milhões) Lucro Líquido - (milhões) 34,4% 34,3% -17,7% 31,1% 729, , , ,2 422,1 600,3 242,3 277, M ,8 18,6% 21,7% 24,7% 9,8% 17,8% 12,3% Receita Líquida a Apropriar Margem Bruta a Apropriar

30 Contas a Receber Cronograma de Recebíveis R$ milhões Recebíveis x Custo a Incorrer (R$ milhões) ,5% 42,1% Construídas: IGP-M + 12%a.a ,2% Em Construção: INCC Após ,2% Cronogram do Custo a Incorrer (Ref. unidades vendidas - R$ milhões Unidades construídas Unidades em construção Custo de Construção a Incorrer - vendidas , ,9 Demais Anos 294,8 30

31 Liquidez Dívidas (R$ milhões) Saldo em 31/12/2010 Vencimento Custo SFH 1.947, a 2014 TR + ~10,4% a.a. Debêntures 1ª emissão (Cyre 11) 500,0 2012, 2013, 2014 CDI + 0,48% a.a. Debêntures 2ª emissão (Cyre 12 e 22) 61,9 2018* CDI + 0,65% a.a. Debêntures 3 ª emissão (Cyre 13) 350, CDI + 0,81% a.a. Debêntures 4 ª emissão (Cyre 14) 300, % do CDI Bradesco (stand-by) e outros 202,5 Nov/2010, Nov/2011, Nov/2012, Nov/2013 CDI + 0,81% a.a. Empréstimos US$ 30 milhões 50,0 Jun/2012 Libor + 4,3% a.a. Total da Dívida com SFH 3.412,1 Total da Dívida sem SFH 1.464,4 Dívida Líquida com SFH = 2,8 Caixa e Disponibilidades (1.154,6) EBITDA LTM Dívida Líquida com SFH 2.257,5 Dívida Líquida sem SFH 309,8 Dívida Líquida sem SFH EBITDA LTM = 0,4 * Repactuação de taxas em jan/11 31

32 Vendas a reconhecer R$ milhões Vendas a apropriar no inicio do período 1.597, , , ,0 Vendas liquidas registradas no período 4.515, , , ,2 Receitas apropriadas no período (2.030,3) (2.930,8) (4.192,3) (5.976,5) Impostos (3,65%) (149,0) (187,0) (190,7) Vendas Líquidas a apropriar no final do período 3.933, , ,4 (215,9) 6.136,2 Custo de unidades vendidas a apropriar (2.604,7) (3.217,2) (3.300,8) (4.079,0) Despesas Comerciais (26,3) (37,6) (14,7) (22,9) Lucro bruto a apropriar 1.327, , , ,3 Percentagem do lucro bruto 33,8% 34,8% 34,4% 31,1% 32

33 Host Paraiso São Paulo - SP Lançado em agosto/10 Anexos

34 História da Cyrela a emissão pública de debêntures no montante de R$ 300,0 milhões Cyrela Follow-on II 3 a emissão de debêntures no valor de R$ 350 milhões Incorporação da Goldsztein Participações pela Cyrela 2 a emissão pública de debêntures no montante de R$ 499,5 milhões 2007 A Cyrela realizou a primeira emissão de debêntures no montante de R$ 500,0 milhões Cisão da Cyrela Commercial Properties (CCP) 2006 Cyrela Follow-on I Incorporação da Brazil Realty pela Cyrela Vancouver e a criação da Cyrela Brazil Realty Empreendimentos e Participações i S.A (CBR) Primeira Oferta Pública de Ações (IPO) Reunião das subsidiárias do Grupo Cyrela na Cyrela Vancouver 2000 Início da parceria firmada com a RJZ Engenharia, no Rio de Janeiro 1996 Brazil Realty faz oferta pública de ações (IPO) 1994 Constituição da Brazil Realty, uma joint Venture com a empresa Argentina IRSA Criação da Cyrela Construtora e da Seller (equipe própria de vendas) Constituição da Cyrela em São Paulo, SP 34

35 Expansão Geográfica Presença em 67 cidades em 17 estados do Brasil, Buenos Aires, na Argentina e Montevidéu no Uruguai Living tem presença em 12 estados e 47 cidades RR AP RR AP RR AP AM PA MA CE RN AM PA MA CE RN AM PA MA CE RN AC RO TO PI BA P B PE AL SE AC RO TO PI BA P B PE AL SE AC RO TO PI BA PB PE AL SE MT MT MT GO DF GO DF GO DF MS M G ES MS M G ES MS MG ES SP R J SP R J SP RJ PR PR PR SC SC SC RS RS RS Buenos Aires + + %dopibdo Brasil 47,9% 80,5% 90,5% (1) (1) Considera os dados de 2007, os mais recentes. Fonte: Empresa e IBGE. 35

36 Cyrela Brazil Realty Incorporação e Construção Joint Ventures e Parcerias Vendas Serviços 36

37 Jogos Olímpicos de 2016 Banco de terrenos estrategicamente posicionado no Rio de Janeiro Barra da Tijuca - RJ A dinâmica dos Jogos Olímpicos beneficiará os empreendimentos da Cyrela devido às suas localizações Cidade Jardim Centro Metropolitano R$ 14 bilhões de VGV no Rio de Janeiro, dos quais, quase 90% situados na Barra da Tijuca Futuras Instalações Olimpíadas 2016 Gleba F Península A Barra da Tijuca foi escolhida como a localização para o Novo Centro de Treinamento Olímpico e para a Nova Vila Olímpica. Essas instalações e as melhorias para a região permanecerão após os Jogos Olímpicos Até 2016, mais de R$ 100 bilhões de investimentos são esperados para o projeto A construção civil do setor é esperada para dar conta de aproximadamente 10% dos investimentos O governo local anunciou R$ 11,4 bilhões em investimentos em infra-estrutura de transportes para facilitar o acesso à região Cyrela é a incorporadora melhor posicionada para os jogos Olímpicos de 2016 Fonte: Projeto Oficial dos Jogos Olímpicos do Rio

38 Típico Projeto da Cyrela (sem permuta) Lançamento Construção Entrega Término dos pagamentos 6M - 18M Pré lançamento Construção 0M 6M 12M 18M 24M 30M 36M Até 100M Pré-vendas % Custos do orçamento % 38% 54% 73% 100% 100% Receitas Recebimento (acumuladas) Hipóteses para esse exemplo: Vendas potenciais: R$ 100 milhões Considerando margem bruta de 35% (custo do terreno 15% e construção 50%) Não inclui as receitas financeiras derivadas do financiamento ao cliente 38

39 Típico Projeto da Living (sem permuta) Ciclo operacional mais curto: 24 meses Lançamento Construção Entrega Financiamento (Repasse) 0-6 meses Pré-Lançamento Construção 0M 6M 12M 18M 24M Até 28M Vendas contratadas (acumulado) % Custo de construção % 34% 81% 100% 100% Receita (acumulado) Recebimentos (acumulado) 100 Hipóteses para esse exemplo: Vendas potenciais: R$ 100 milhões Considerando margem bruta de 30% (custo do terreno 10% e construção 60%) O cliente foi totalmente financiado pelos bancos após a entrega das chave 39

40 Típico Projeto da Living no MCMV Lançamento Construção Financiamento Entrega 0 6 meses Pré-lançamento Construção 0M 4M 8M 12M 16M Até 20M Produto Engenharia Ambiente Corporativo da Living Projetos simples, padronizados e de fácil execução, focados no segmento de baixa renda. Padronização de: Aquisição de terras Desenvolvimento Imobiliário Vendas Construção Relacionamento com o consumidor Preços de R$ a R$ Unidades de 45m² a 75m² Uso do conceito Lean Construction (construção enxuta) Linha de montagem Redução de desperdícios dí e custos Melhora nos métodos de construção de casas populares Aumento da produtividade e da qualidade durante a execução do trabalho Satisfação do consumidor elevada P d fi id l d t ( ã por m²) 15% de expectativa de redução de custos P d R$ R$ Preço definido pelo produto (não Serviço ao cliente desde a aquisição até a entrega, através de um único canal de comunicação: a Central de Serviço ao Cliente Força de vendas treinada internamente Disponibilidade de financiamento através da Caixa Econômica Federal Fonte: Companhia 40

41 Contate RI Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1.455, 3º andar São Paulo - SP Brasil CEP Relações com Investidores Fone: (55 11) com Este comunicado contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento da Cyrela Brazil Realty. Estas são apenas projeções e, como tal, baseiam-se exclusivamente nas expectativas da administração da Cyrela Brazil Realty em relação ao futuro do negócio e seu contínuo acesso a capitais para financiar o plano de negócios da Companhia. Tais considerações futuras dependem, substancialmente, de mudanças nas condições de mercado, regras governamentais, pressões da concorrência, do desempenho do setor e da economia brasileira, entre outros fatores, além dos riscos apresentados nos documentos de divulgação arquivados pela Cyrela Brazil Realty e estão, portanto, sujeitas a mudança sem aviso prévio. 41

Apresentação da Companhia. Grand Lider Olympus Belo Horizonte - MG

Apresentação da Companhia. Grand Lider Olympus Belo Horizonte - MG Apresentação da Companhia Grand Lider Olympus Belo Horizonte - MG Agenda Visão Geral do Setor Imobiliário no Brasil Visão Geral da Empresa Visão para o futuro: Plano revisado da Cyrela Dados operacionais

Leia mais

Apresentação dos Resultados de 2T07. 15 de agosto de 2007

Apresentação dos Resultados de 2T07. 15 de agosto de 2007 Apresentação dos Resultados de 2T07 15 de agosto de 2007 1 Equipe da Cyrela Brazil Realty Diretor Presidente Elie Horn Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Luis Largman Diretor de Controle

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados Resultados do 2T09 Teleconferência de Resultados Destaques do 2T09 2 Destaques do 2T09 em linha com a estratégia geral da Companhia Nossas conquistas do 2T09 são refletidas nos resultados da Companhia

Leia mais

CONFERÊNCIA BTG PACTUAL SÃO PAULO FEVEREIRO, 2015

CONFERÊNCIA BTG PACTUAL SÃO PAULO FEVEREIRO, 2015 CONFERÊNCIA BTG PACTUAL SÃO PAULO FEVEREIRO, 2015 RESULTADO OPERACIONAL LANÇAMENTOS CYRELA R$ 2.260 milhões no 4T14 vs. R$ 2.695 milhões no 4T13. R$ 5.848 milhões em 2014 vs. R$ 6.646 milhões em 2013.

Leia mais

Wave Rio de Janeiro - RJ Lançado emsetembro/2011. Apresentação Institucional Novembro 2011

Wave Rio de Janeiro - RJ Lançado emsetembro/2011. Apresentação Institucional Novembro 2011 Wave Rio de Janeiro - RJ Lançado emsetembro/2011 Apresentação Institucional Novembro 2011 Agenda Cyrela em resumo Setor Imobiliário Brasileiro Atividades recentes da Cyrela Indicadores Operacional e Financeiro

Leia mais

Abertura e Destaques 4T09 e 2009

Abertura e Destaques 4T09 e 2009 25 de Março de 2010 Abertura e Destaques 4T09 e 2009 Comentário de Abertura CEO Ricardo Valadares Gontijo Breve Histórico IPO Mercado em 2009: Programa Minha Casa, Minha Vida Estratégia Crescimento da

Leia mais

Blanc São Paulo - SP Lançado em março/11 RESULTADOS 1T11

Blanc São Paulo - SP Lançado em março/11 RESULTADOS 1T11 Blanc São Paulo - SP Lançado em março/11 RESULTADOS 1T11 13 de maio de 2011 Le Champ São Paulo - SP Lançado em março/11 Resultados do 1T11 Introdução Elie Horn Resultado Operacional Cyrela Ubirajara Freitas

Leia mais

Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09. Agosto/2009

Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09. Agosto/2009 Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09 Agosto/2009 Destaques 2T09 & 1S09 DESTAQUES OPERACIONAIS 2T09 VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS PRO RATA PDG REALTY DE R$710 MILHÕES, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE

Leia mais

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010 Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL Outubro de 2010 Aviso Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas

Leia mais

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010 Apresentação dos resultados do & Março/2010 Destaques & DESTAQUES OPERACIONAIS DO E VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS ATINGIRAM R$753 MILHÕES NO E R$2,67 BILHÕES EM, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE 47% EM RELAÇÃO

Leia mais

Resultados do 1T09. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008

Resultados do 1T09. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008 Resultados do 1T09 Teleconferência de Resultados Lançamentos de 2008 Felice (Nova Lima-MG) Beach Park Wellness Resort (Aquiraz-CE) ViVer Zona Sul (Porto Alegre-RS) Viver São J. Pinhais (São J. Pinhais-PR)

Leia mais

Reunião APIMEC com Analistas e Investidores

Reunião APIMEC com Analistas e Investidores Vivae Residencial Clube (Living) Rio de Janeiro - RJ Julho 2008 Reunião APIMEC com Analistas e Investidores Dezembro de 2008 Agenda 1. Visão Geral Luis Largman Financeiro e RI 2. Vendas Gilson Hochman

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Cyrela gera caixa operacional de R$ 60 milhões (1)

Cyrela gera caixa operacional de R$ 60 milhões (1) Release de Resultados - 3T11 9M11 Cyrela gera caixa operacional de R$ 60 milhões (1) São Paulo, 09 de novembro de 2011 - A Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações ( CBR ou Companhia ou

Leia mais

Apresentação da Companhia Março 2010

Apresentação da Companhia Março 2010 Ile St Louis Acqua Verde Barra Prime Office São Luis - MA Curitiba - PR Rio de Janeiro - RJ Agosto 2009 Dezembro 2008 Novembro 2008 Apresentação da Companhia Março 2010 Urban Concept Offices Porto Alegre

Leia mais

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011 Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011 Agosto, 2011 2 Destaques Operacionais DESTAQUES OPERACIONAIS DO 2T11 & 1S11 2T11 LANÇAMENTOS PRO RATA PDG ALCANÇARAM R$2,05 BILHÕES NO 2T11, REPRESENTANDO

Leia mais

Release de Resultados - 4T11 2011

Release de Resultados - 4T11 2011 Release de Resultados - 4T11 2011 Cyrela gera caixa operacional de R$ 130 milhões (1) no 4T11 São Paulo, 26 de março de 2012 - A Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações ( CBR ou Companhia

Leia mais

2T14 & 1S14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS

2T14 & 1S14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS & APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS INFORMAÇÃO IMPORTANTE Este documento conte m considerac o es futuras referentes a s perspectivas do nego cio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e a s perspectivas

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Av. Paulista -SP Eco s Natureza Clube- SP UP Residence Macaé (RJ) Porto Pinheiros- SP Terraço Empresarial Jd Sul - SP Set Cabral -Curitiba Connect Campos de Goytacazes(RJ) In

Leia mais

1T14. Apresentação de Resultados

1T14. Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados INFORMAÇÃO IMPORTANTE Este documento conte m considerac o es futuras referentes a s perspectivas do nego cio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e a s perspectivas

Leia mais

DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09

DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09 Divulgação de Resultados 3T09 DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09 - VENDAS CONTRATADAS DE R$242,7 MILHÕES NO 3T09, COM VSO 45% - - EBITDA DE R$35,0 MILHÕES, COM 31,1% DE MARGEM EBITDA

Leia mais

3T12 PRÉVIA OPERACIONAL COMUNICADO AO MERCADO DIRECIONAL ALCANÇA RECORDE DE R$ 543 MILHÕES DE LANÇAMENTOS E R$ 558 MILHÕES DE VENDAS NO 3T12.

3T12 PRÉVIA OPERACIONAL COMUNICADO AO MERCADO DIRECIONAL ALCANÇA RECORDE DE R$ 543 MILHÕES DE LANÇAMENTOS E R$ 558 MILHÕES DE VENDAS NO 3T12. Belo Horizonte, 02 de outubro de 2012 - A Direcional Engenharia S.A., uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares de grande porte e

Leia mais

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na Goldfarb

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na Goldfarb PDG Realty aumenta para 70% sua participação na Goldfarb Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor de Relações com Investidores João Mallet Gerente de Relações com Investidores Telefone: (21) 3504

Leia mais

CEO Conference Março 2009

CEO Conference Março 2009 CEO Conference Março 2009 Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações materiais

Leia mais

Helbor Empreendimentos

Helbor Empreendimentos Helbor Empreendimentos Aviso Legal Esta apresentação pode conter certas afirmações que expressam expectativas, crenças e previsões da administração da Helbor sobre eventos ou resultados futuros. Tais afirmações

Leia mais

Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011. Novembro, 2011

Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011. Novembro, 2011 Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011 Novembro, 2011 2 Destaques & Eventos Recentes PDG é eleita melhor empresa da América Latina no Institutional Investor Awards 2011; Extensão do contrato

Leia mais

PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 4T13

PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 4T13 Lançamentos consolidados atingem R$ 1,6 bilhão no trimestre, uma expansão de 9% ante o 4T12 Vendas Líquidas alcançam R$ 1,3 bilhão, reportando uma evolução de 45% em comparação ao ano anterior PARA DIVULGAÇÃO

Leia mais

Direcional Engenharia S.A.

Direcional Engenharia S.A. 1 Direcional Engenharia S.A. Relatório da Administração Exercício encerrado em 31 / 12 / 2007 Para a Direcional Engenharia S.A., o ano de 2007 foi marcado por recordes e fortes mudanças: registramos marcas

Leia mais

Ile St Louis São Luis MA Lançado em agosto de 2009. Apresentação da Companhia Dezembro de 2009

Ile St Louis São Luis MA Lançado em agosto de 2009. Apresentação da Companhia Dezembro de 2009 Ile St Louis São Luis MA Lançado em agosto de 2009 Apresentação da Companhia p ç p Dezembro de 2009 Auge São Paulo SP Lançado em setembro de 2009 Agenda Visão Geral da Empresa Visão Geral do Setor Imobiliário

Leia mais

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores Resultados 3T10 e 9M10 12/11/2010 > Relações com Investidores 1 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 2009 Brasil 2009 Brokers Brasil Todos Brokers os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

Encontro Nacional ABC e FNSHDU Diretoria de Crédito Imobiliário

Encontro Nacional ABC e FNSHDU Diretoria de Crédito Imobiliário Encontro Nacional ABC e FNSHDU Diretoria de Crédito Imobiliário As perspectivas do mercado Relevância do CI no desenvolvimento do país Mercado - RS bilhões * PIB - R$ bilhões (***) Crédito Imobiliário

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 0 1. Visão Geral Setor de Ensino Superior no Brasil Visão Geral Estratégia Empresarial Destaques Financeiros

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS

RESULTADOS BRASIL BROKERS RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2010 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro,

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho 2009 Apoio Corporativo Áreas de Atuação Companhias Abertas 65,5% Incorporação 5,8% Aço 28,4% Energia Geração & Distribuição 68 anos de operação; Liderança em diversos mercados;

Leia mais

PDG Realty Apresentação Corporativa

PDG Realty Apresentação Corporativa PDG Realty Apresentação Corporativa AGENDA QUEM SOMOS; VISÃO GERAL; DIVERSIFICAÇÃO GEOGRÁFICA; RESULTADOS; EXPOSIÇÃO AO SEGMENTO ECONÔMICO; PROGRAMA "MINHA CASA MINHA VIDA; CONTATOS. 2 AGENDA QUEM SOMOS;

Leia mais

4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados. 13 de Fevereiro de 2008

4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados. 13 de Fevereiro de 2008 4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados 13 de Fevereiro de 2008 Aviso Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Discussão dos Resultados 1T10. 07 de Maio de 2010

Discussão dos Resultados 1T10. 07 de Maio de 2010 Discussão dos Resultados 1T10 07 de Maio de 2010 0 Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005. Praça Capital - Campinas

Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005. Praça Capital - Campinas Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005 Praça Capital - Campinas 1 Setor imobiliário Oportunidade de investimento Fator de Risco Crédito Renda Tendência Crescimento da oferta Crescimento

Leia mais

R$ 4,4 bilhões de Vendas Contratadas R$ 422 milhões de Lucro Líquido Cyrela tem o melhor ano de sua história

R$ 4,4 bilhões de Vendas Contratadas R$ 422 milhões de Lucro Líquido Cyrela tem o melhor ano de sua história R$ 4,4 bilhões de Vendas Contratadas R$ 422 milhões de Lucro Líquido Cyrela tem o melhor ano de sua história Divulgação de Resultados 2007 São Paulo, 13 de março de 2008 - A Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Agenda Dinâmica do Setor Imobiliário Estrutura Societária Modelo de Negócio Diferenciado Diversificação Geográfica e de Mercado Histórico de Resultado Operacional Futuros Projetos

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2010 2010 Brasil 2010 Brokers Brasil Brokers Todos os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

QUEM SOMOS Brasil Brokers

QUEM SOMOS Brasil Brokers QUEM SOMOS Um dos maiores e mais completos grupos de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 25 imobiliárias líderes em 12 estados, o grupo conta com mais de 14 mil corretores associados

Leia mais

Prévia Operacional 3T14

Prévia Operacional 3T14 Estoque Concluído: 5 do estoque total, um dos menores patamares do setor Estoque MCMV: 22 do estoque total, queda de 11 p.p frente ao 2T14 Repasse/Desligamento: R$179 MM, 37 acima do 2T14 São Paulo, 15

Leia mais

Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP

Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015 Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Mercado Imobiliário Brasileiro - VGL 2011-7% 2012 13% 2013 R$ 85,6 bilhões R$ 79,7 bilhões R$ 90,4 bilhões

Leia mais

Apresentação dos resultados do 3T09 & 9M09. Novembro/2009

Apresentação dos resultados do 3T09 & 9M09. Novembro/2009 Apresentação dos resultados do & 9M09 Novembro/2009 Destaques & 9M09 DESTAQUES OPERACIONAIS VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS PRO RATA PDG REALTY DE R$788 MILHÕES, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE 76% EM RELAÇÃO

Leia mais

Resultados 2T13 e 1S13

Resultados 2T13 e 1S13 Resultados 2T13 e 1S13 Relações com Investidores RSID3: R$ 2,87 por ação OTC: RSRZY Total de ações: 428.473.420 Valor de mercado: R$ 1,3 bilhão Teleconferência 15 de Agosto de 2013 Em Português com Tradução

Leia mais

Setor de Incorporadoras no Brasil. Junho, 2012

Setor de Incorporadoras no Brasil. Junho, 2012 Setor de Incorporadoras no Brasil Junho, 2012 Agenda Mercado Imobiliário Brasileiro - 2011 Desempenho das Incorporadoras Listadas Fundamentos do Setor 2 Mercado Imobiliário Brasileiro - 2011 VGV Lançado

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

Release de Resultados 4T06

Release de Resultados 4T06 Release de Resultados 4T06 Em 2006, Lançamentos aumentaram 118% e Vendas Contratadas subiram 69% O EBITDA Ajustado subiu 66% e o Lucro Líquido Ajustado aumentou 35% em 2006 Rio de Janeiro, 14 de Março

Leia mais

4T09. Release. Resultados. Cyrela tem lucro líquido de R$ 729 milhões em 2009, 2,6 vezes mais que em 2008. Destaques. Mensagem da Administração

4T09. Release. Resultados. Cyrela tem lucro líquido de R$ 729 milhões em 2009, 2,6 vezes mais que em 2008. Destaques. Mensagem da Administração Release 4T09 Resultados Cyrela tem lucro líquido de R$ 729 milhões em 2009, 2,6 vezes mais que em 2008 CYRE3 (25/03/2010) Nº. de Ações: 422.400.942 Valor de mercado: R$ 8.980,2 milhões US$ 4.964,2 milhões

Leia mais

Reunião APIMEC com Analistas e Investidores. Novembro de 2007

Reunião APIMEC com Analistas e Investidores. Novembro de 2007 Reunião APIMEC com Analistas e Investidores Novembro de 2007 Agenda 1. Visão Geral Luis Largman Dir. Financeiro e RI 2. Incorporação em SP Ubirajara Freitas Dir. Incorporação SP 3. Living Antônio Guedes

Leia mais

Apresentação 4T11 & 2011. Abril, 2012

Apresentação 4T11 & 2011. Abril, 2012 Apresentação Resultados 4T11 & 2011 Abril, 2012 Destaques & Eventos Recentes Balanço do ano de 2011 Processo de integração da Agre: SAP; Revisão orçamentária; Processo contábil de combinação de negócios

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

4T12. Divulgação de Resultados

4T12. Divulgação de Resultados Divulgação de Resultados Belo Horizonte, 25 de março de 2013 - A Direcional Engenharia S.A., uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares

Leia mais

Apresentação para Investidores 1S10

Apresentação para Investidores 1S10 Apresentação para Investidores 1S10 1 Agenda 1. Visão Geral e Desempenho Consolidado 2. Livraria Saraiva 3. Editora Saraiva 2 Governança Corporativa Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa Primeira

Leia mais

Divulgação dos Resultados 1T15

Divulgação dos Resultados 1T15 Divulgação dos Resultados 1T15 Sumário Resultado Itens Patrimoniais Índices Financeiros e Estruturais Guidance 2 Resultado Margem Financeira (em e %) * 1T15 / 1T14 1T15 / 4T14 1T15 / 1T14 21,1% 5,4% 21,1%

Leia mais

FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO

FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO INFORMAÇÕES INICIAIS - Eduardo G. Quiza Skype: eduardoquiza quiza@invespark.com.br (41) 3250-8500 - Real Estate: Fundamentos para análise de Investimentos. Elsevier, 2010. 2 MBA

Leia mais

Apresentação dos Resultados 3T06

Apresentação dos Resultados 3T06 Apresentação dos Resultados 3T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Webcast 2T12 Agosto 2012

Webcast 2T12 Agosto 2012 Webcast 2T12 Agosto 2012 Apresentação da Administração Apresentadores Sílvio Ernesto Zarzur Diretor Presidente Flávio Ernesto Zarzur Diretor Vice-Presidente A. Emílio C. Fugazza Diretor Financeiro e de

Leia mais

Número de operações: 93

Número de operações: 93 APIMEC Maio de 2010 PRESENÇA GEOGRÁFICA 2 Número de operações: 93 Principais cidades São Paulo Rio de Janeiro Belo Horizonte Recife Brasília Manaus Curitiba Florianópolis Porto Alegre Guarulhos Ponta Grossa

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

Webcast 2T14 Agosto 2014

Webcast 2T14 Agosto 2014 Webcast 2T14 Agosto 2014 Apresentação da Administração Apresentadores Currículos Marcelo Ernesto Zarzur Diretor Presidente e Diretor Técnico Silvio Ernesto Zarzur Diretor Vice-Presidente e de Incorporação

Leia mais

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Panorama do Mercado Imobiliário Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Município de São Paulo Lançamentos Residenciais Mun. de São Paulo Mil Unidades Média = 31,7 22,6 24,9 25,7 39,0 34,5 31,6 38,2

Leia mais

Prévia Operacional 1º Trimestre de 2015

Prévia Operacional 1º Trimestre de 2015 PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 1T15 No 1T15, lançamentos consolidados atingem R$313,6 milhões, com vendas brutas de R$604,5 milhões. Encerrando o 1T15 com vendas líquidas de R$423,3 milhões. PARA DIVULGAÇÃO

Leia mais

Webcast 4T14 Março 2015

Webcast 4T14 Março 2015 Webcast 4T14 Março 2015 Apresentação da Administração Apresentadores Currículos Marcelo Ernesto Zarzur Diretor Presidente e Diretor Técnico Silvio Ernesto Zarzur Diretor Vice-Presidente e de Incorporação

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - DIRECIONAL ENGENHARIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2011 - DIRECIONAL ENGENHARIA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

Circular CAIXA nº 684, de 07 de agosto de 2015

Circular CAIXA nº 684, de 07 de agosto de 2015 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Vice-Presidência de Fundos de Governo e Loterias Diretoria Executiva de Fundos de Governo Superintendência Nacional de Fundo de Garantia Gerência Nacional do Ativo do FGTS Circular

Leia mais

Brookfield Incorporações S.A. Resultados do 4T11 14 de março de 2012

Brookfield Incorporações S.A. Resultados do 4T11 14 de março de 2012 Brookfield Incorporações S.A. Resultados do 4T11 14 de março de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações sobre o futuro que estão sujeitas a riscos e incertezas. Estas são apenas projeções

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

COMUNICADO AO MERCADO

COMUNICADO AO MERCADO Belo Horizonte, 04 de abril de 2012 - A Direcional Engenharia S.A., uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares de grande porte e atuação

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

OU DEFENDEMOS OU PERDEMOS

OU DEFENDEMOS OU PERDEMOS OU DEFENDEMOS OU PERDEMOS Criação: Lei 5.107/66 - Atual Lei 8.036/90-50 ANOS EM 2016 Objetivo: Constituir um pecúlio para o trabalhador quando de sua aposentadoria ou por ocasião da rescisão do contrato

Leia mais

Destaques do Resultado Consolidado

Destaques do Resultado Consolidado Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essas

Leia mais

AQUISIÇÃO DA DEVELOPER Maio 2008

AQUISIÇÃO DA DEVELOPER Maio 2008 AQUISIÇÃO DA DEVELOPER Maio 2008 Aviso Esta apresentação foi preparada com o propósito exclusivo de informar sobre os objetivos e estrutura da transação realizada entre JHSF Participações S.A. ("JHSF")

Leia mais

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico Resultados 2T10 Villa Flora Segmento Econômico 1 Resultados 2T10 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Rio de Janeiro, 10 de março de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

Cyrela tem o maior trimestre de Vendas da sua história com aumento de 150% em relação ao 3T06 e aumento de 188% no Lucro Líquido

Cyrela tem o maior trimestre de Vendas da sua história com aumento de 150% em relação ao 3T06 e aumento de 188% no Lucro Líquido Cyrela tem o maior trimestre de Vendas da sua história com aumento de 150% em relação ao 3T06 e aumento de 188% no Lucro Líquido VGV lançado aumentou em 132% no 3T07 e a Companhia revisa Guidance para

Leia mais

Webcast 1T14 Maio 2014

Webcast 1T14 Maio 2014 Webcast 1T14 Maio 2014 Apresentação da Administração Apresentadores Currículos Marcelo Ernesto Zarzur Diretor Presidente e Diretor Técnico Silvio Ernesto Zarzur Diretor Vice-Presidente e de Incorporação

Leia mais

Financiamento ao Agronegócio. Internacionalização da Agroindústria

Financiamento ao Agronegócio. Internacionalização da Agroindústria Financiamento ao Agronegócio Internacionalização da Agroindústria BRF Visão Geral BRF Principais Key Brands Marcas Dados Financeiros 3 Uma das maiores empresas de alimentos do Brasil e do mundo 7 a maior

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

Resultados do 1T06 Teleconferência

Resultados do 1T06 Teleconferência Resultados do 1T06 Teleconferência 0 Considerações Iniciais AVISO - INFORMAÇÕES E PROJEÇÕES O material exibido é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da Rossi Residencial S.A. na data

Leia mais

Agora, gostaríamos de passar a palavra ao Sr. Marcos Levy, Diretor Presidente, que iniciará a apresentação. Por favor, Sr. Levy, pode prosseguir.

Agora, gostaríamos de passar a palavra ao Sr. Marcos Levy, Diretor Presidente, que iniciará a apresentação. Por favor, Sr. Levy, pode prosseguir. Operadora: Bom dia e obrigada por aguardarem. Sejam bem vindos à teleconferência da Brascan para a discussão dos resultados referentes ao 1T07. Estão presentes hoje conosco o senhor Marcos Levy, Diretor

Leia mais

Aquisição dos Negócios Imobiliários operados pela empresa LPS Piccoloto Consultoria de Imóveis S.A. 12 de março de 2012

Aquisição dos Negócios Imobiliários operados pela empresa LPS Piccoloto Consultoria de Imóveis S.A. 12 de março de 2012 Aquisição dos Negócios Imobiliários operados pela empresa LPS Piccoloto Consultoria de Imóveis S.A. 12 de março de 2012 1 Aviso importante Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

FII Caixa Incorporação

FII Caixa Incorporação Apresentação Junho de 205 FII Caixa Incorporação Atualização das atividades do FII Caixa Incorporação Agenda Seção Seção 2 Seção 3 Seção 4 Seção 5 Seção 6 Sumário Executivo Evolução do Fundo Benefícios

Leia mais

MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011

MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011 MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011 1 MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO: O Mercado de títulos de capitalização vem mantendo crescimentos fortes e retornos robustos. Nesse período o volume de vendas atingiu

Leia mais

Fatores críticos no projeto de alvenaria estrutural. MSc. Eng. Claudio Oliveira Silva

Fatores críticos no projeto de alvenaria estrutural. MSc. Eng. Claudio Oliveira Silva Fatores críticos no projeto de alvenaria estrutural MSc. Eng. Claudio Oliveira Silva 1 Fatores Elevada demanda estruturais por imóveis projetam residenciais crescimento do mercado imobiliário nos próximos

Leia mais

Divulgação de Resultados de 2007

Divulgação de Resultados de 2007 Divulgação de Resultados de 2007 Lançamentos totais de R$ 773,5 milhões em 2007 Rio de Janeiro, 12 de março de 2008 A CR2 Empreendimentos Imobiliários S.A. (Bovespa: CRDE3), anuncia os resultados do quarto

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010 Apresentação Corporativa Novembro de 2010 Estácio: Breve Histórico Crescimento orgânico Consolidação para liderança nacional IPO Companhia listada Turn around e preparação para o crescimento futuro # de

Leia mais

RB CAPITAL DESENVOLVIMENTO RESIDENCIAL II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII

RB CAPITAL DESENVOLVIMENTO RESIDENCIAL II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII RB CAPITAL DESENVOLVIMENTO RESIDENCIAL II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII Agenda Introdução RB Capital RB Capital Desenvolvimento Residencial Resumo das Atividades Carteira de Investimentos Chamadas

Leia mais

A Cyrela Brazil Realty Anuncia crescimento de 99,7% nas Vendas Contratadas e 92,1% nos Lançamentos, em relação aos 9M05.

A Cyrela Brazil Realty Anuncia crescimento de 99,7% nas Vendas Contratadas e 92,1% nos Lançamentos, em relação aos 9M05. A Cyrela Brazil Realty Anuncia crescimento de 99,7% nas Vendas Contratadas e 92,1% nos Lançamentos, em relação aos 9M05. Lucro Líquido no período de R$ 161,7 milhões; Estoque de Terrenos totaliza 5,9 milhões

Leia mais