Os Relógios. O relógio de Sol

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Os Relógios. O relógio de Sol"

Transcrição

1

2

3 Os Relógios Ó Tio João onde é que foi o primo Manuel? perguntava a ovelha Tété ao Tio João Nabiça foi à vila comprar um relógio de pulso porque o dele se partiu respondeu-lhe ele. Ora ainda bem que falámos nisto dizia a Tété toda sorridente lembras-te, Tio João de que ficaste de nos contar a história dos relógios, pois nós pouco sabemos e cá em casa o único que conhecemos e que dá horas logo de manhã, quando nasce o sol, é o galo Malaquias e parece que está cada vez menos certo. Deve ser da velhice. Pois respondeu o Tio João tenho-me esquecido dessa promessa mas, a seguir ao almoço, como o tempo está um bocado enevoado, vamos para dentro do celeiro e eu conto-vos o que sei sobre os relógios. Boa! Tio João. Boa! Vou já avisar o pessoal. E assim, a Tété, lá foi a correr avisar os nossos amiguinhos para a conversa da tarde. Ainda o almoço praticamente não tinha acabado e já o pessoal da quinta andava de volta do Tio João que já estava arrependido da promessa de tal maneira não o largavam. Bem, vamos lá então para eu contar a história dos relógios. E lá correu tudo para o celeiro porque o tempo estava enevoado e prometia chuva. O relógio de Sol Chamam-se relógios todos os instrumentos que servem para medir o tempo começou o Tio João. Parece que os homens começaram a medir o tempo há cerca de 5000 anos. O tempo era então medido com a ajuda do sol. Espetavam um pau no chão e conforme se deslocava a sombra do pau assim sabiam do tempo que ia passando. E foi assim também que nasceram os relógios de sol, já feitos em pedra e divididos em horas, que ainda hoje se encontram em muitos jardins.

4 Estes relógios do sol são muito antigos. A história conta-nos que apareceram nas terras da Judéia lugares muito longe de Portugal quando um rei chamado Acaz, mostrou ao seu povo a maravilha de um instrumento que media o tempo. E sabem há quanto tempo isto aconteceu? conta Tio João diziam todos pois foi muito antes do nascimento de Jesus Cristo, que já aconteceu há cerca de 2000 anos. Ena pá dessa gente já não conhecemos ninguém disse o papagaio Fagundes e toda a gente desatou a rir. O relógio de água Claro que quando não havia sol, não havia relógio e o homem precisou de inventar um outro instrumento que medisse o tempo e inventou a Clepsidra, também chamado relógio de água. Estes instrumentos funcionavam deixando passar água gota a gota de um recipiente para outro, através de um orificio muito pequenino que ficava situado na base do primeiro recipiente. Quando o outro recipiente ficava cheio tinha passado um certo tempo. Media-se assim o tempo a qulquer hora do dia ou da noite. Ampulheta A ampulheta, ou relógio de areia, surgiu na mesma época do relógio de água só que, ao invés de passar água, era areia fina que se escoava de um recipiente para o outro. Constitui-se a ampulheta por dois objectos de vidro em forma de pirâmide, ligados pelos vértices, havendo entre ambos um pequeno orifício de comunicação, pelo qual a areia escoa devido à acção da força da gravidade, do recipiente superior para o inferior. Uma vez transferida toda a areia para o bojo inferior, termina a medição do tempo; a ampulheta então é virada, iniciando-se novo ciclo de medição. A ampulheta, durante certa época, foi o relógio mais usado, pois era simples de transportar e oferecia grande facilidade no seu uso; porém só permitia contar períodos curtos de tempo. E o homem foi sempre descobrindo novas maneiras de construir relógios. Com o correr dos anos utilizaram-se Relógios de Fogo; Relógios de Corda com Nós; Relógios de Azeite; Relógios de Vela; Relógios Mecânicos. Relógios de pêndulo. E pouco a pouco, meus amigos, fomos chegando aos nossos

5 conhecidos relógios de pulso iguais ao que o primo Manuel foi comprar à vila. Como vêem não foi fácil o caminho. É verdade Tio João - respondiam todos. Os relógios modernos Em 1510, finalizava o Tio João - surge o primeiro relógio de bolso. Pelo registo da História, vemos que o homem necessitou de cerca de 2200 anos para chegar a construir um relógio que funcionasse com precisão. No entanto, em pouco mais de 300 anos, dá um passo gigantesco chegando a construir relógios que, pelo seu trabalho mecânico e pela elevada precisão, nos deixam fascinados, como são os relógios que recebem corda pela variação da temperatura; os que se movimentam pela energia acumulada, ao receberem luz natural ou artificial; os modernos relógios automáticos de pulso e os relógios elétricos de quartzo que permitem a medição do tempo com precisão até então desconhecida. São sem dúvida inúmeros os aperfeiçoamentos que ainda se podem esperar. E pronto cá têm o que eu sei da luta dos homens para saberem medir o tempo. Obrigado Tio João agradeciam todos muito entusiasmados e como de costume havia alguém que tinha que finalizar com uma piada de mau gosto: Ainda bem que alguém se preocupou com isso já viram o que era estarmos todos à espera que o Malaquias com a voz esganiçada desse as horas cada vez estão mais atrasadas. As amiguinhas dele, esses sacos com penas sem cabeça, que são as galinhas, já nem punham ovos! E acabou tudo como era habitual: O papagaio Fagundes a correr à frente do Malaquias e das galinhas, perante a risada geral.

6

7

8 Aqui está o Tio João, dentro do celeiro a contar-lhes a história dos relógios.a janela está aberta e ao longe vêem-se os belos campos cultivados. Pintem muito bem e com cuidado para todos ficarem contentes com as cores bonitas que vão colocar. Soluções

GJI 2 - Jardim de Infância da Figueira - 22 alunos de 4 e 5 anos - 19 de Maio

GJI 2 - Jardim de Infância da Figueira - 22 alunos de 4 e 5 anos - 19 de Maio GJI 2 - Jardim de Infância da Figueira - 22 alunos de 4 e 5 anos - 19 de Maio Monitora 1 Onde é que nós estamos? Alunos 1 Na Fábrica. Monitora 2 Mas em que espaço? Ora reparem à vossa volta. Alunos 2 Numa

Leia mais

DO PEIXE DO RIO NO ALANDROAL À FEIRA DO QUEIJO ALENTEJANO EM SERPA

DO PEIXE DO RIO NO ALANDROAL À FEIRA DO QUEIJO ALENTEJANO EM SERPA DO PEIXE DO RIO NO ALANDROAL À FEIRA DO QUEIJO ALENTEJANO EM SERPA O Fim-de-semana prometia uns dias de Sol, estava na altura de voltarmos a estrada, e procurar na Internet, um destino a contento da Família.

Leia mais

Muitos sofrem de baixa autoestima. Chamam isso de complexo inferioridade. A pessoa que sofre disso pensa que não tem muito valor.

Muitos sofrem de baixa autoestima. Chamam isso de complexo inferioridade. A pessoa que sofre disso pensa que não tem muito valor. (João 4:1-30) Muitos sofrem de baixa autoestima. Chamam isso de complexo inferioridade. A pessoa que sofre disso pensa que não tem muito valor. O que a gente percebe através desta passagem é que todo mundo

Leia mais

Nº 5 C Natal e Sagrada Família

Nº 5 C Natal e Sagrada Família Nº 5 C Natal e Sagrada Família Esta semana celebramos nascimento de Jesus, no dia de Natal e depois a festa da Sagrada Família. A Sagrada Família é composta por Maria, José e o Menino Jesus. A Sagrada

Leia mais

Eu conheço muito bem vozes de animais. E até sei imitar algumas como é o caso desta que estou a imitar e que vocês já viram qual é.

Eu conheço muito bem vozes de animais. E até sei imitar algumas como é o caso desta que estou a imitar e que vocês já viram qual é. Eu conheço muito bem vozes de animais. E até sei imitar algumas como é o caso desta que estou a imitar e que vocês já viram qual é. Então digam lá que vozes têm estes nossos amigos: Leão Burro Galinha

Leia mais

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI BONS Dias Com Maria Desperta a Luz que há em TI 2ª feira, dia 12 de dezembro de 2016 III Semana (11 de dezembro): ALEGRAR Ontem, a Igreja celebrou o domingo da alegria: Jesus está para chegar e só Ele

Leia mais

1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO.

1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO. 1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO. CENA 1/CASA DA /NOITE Dizia a lenda que em todo dia 1 de abril aparecia um espírito do mal que aterrorizava

Leia mais

JORNALINHO DO CAMPO. Madalena. Ana Miguel. Mariana. Cláudia. Ana Mafalda. Mafalda Inês

JORNALINHO DO CAMPO. Madalena. Ana Miguel. Mariana. Cláudia. Ana Mafalda. Mafalda Inês Ana Miguel Madalena Mariana Cláudia Mafalda Inês Ana Mafalda JORNALINHO DO CAMPO Junho / Julho 2009 Edição on-line nº 7 Carlos Caseiro (Autor) Sara Loureiro Correia (Revisão de textos) CAP - Confederação

Leia mais

Olhando o Aluno Deficiente na EJA

Olhando o Aluno Deficiente na EJA Olhando o Aluno Deficiente na EJA ConhecendoJoice e Paula Lúcia Maria Santos Tinós ltinos@ffclrp.usp.br Apresentando Joice e Paula Prazer... Eu sou a Joice Eu sou a (...), tenho 18 anos, gosto bastante

Leia mais

as pessoas do mundo. Ele fez isso porque nos ama Nome muito. Devemos ser gratos a ele por nos criar e cuidar de Classe

as pessoas do mundo. Ele fez isso porque nos ama Nome muito. Devemos ser gratos a ele por nos criar e cuidar de Classe Olá, amiguinho, É com muita alegria que vamos iniciar mais um período de estudos. E será muito interessante. Nós preparamos muita coisa legal e divertida para você fazer. A sua revista está cheia de histórias

Leia mais

Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor

Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor Escuta-me, Senhor. Como Zaqueu, quero procurar-te, nem que seja preciso deixar coisas que me enchem a casa e a carteira, mas não me dão a alegria que procuro.

Leia mais

Em dois mil anos...um dia em que ninguém creu. Slide 1 - Páscoa

Em dois mil anos...um dia em que ninguém creu. Slide 1 - Páscoa Em dois mil anos...um dia em que ninguém creu Slide 1 - Páscoa 05.04.2015 Um dia entre os dois mais incríveis dias: Um Sábado de silêncio Slide 2 - Páscoa 05.04.2015 Duas histórias de três dias Abraão

Leia mais

Colégio Mauricio Salles de Mello

Colégio Mauricio Salles de Mello Colégio Mauricio Salles de Mello Brasília, de de 20 Professor(a): Aluno(a): Ano: Turma: PLANO SEMANAL 3º ANO Semana de 27/09 a 17/10/2016 Toda criança tem direitos e deveres. Crianças têm de estudar, brincar,

Leia mais

A menina Gotinha de Água. Papiniano Carlos. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho

A menina Gotinha de Água. Papiniano Carlos. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho A menina Gotinha de Água Papiniano Carlos Fichas de leitura Criação intelectual: Fátima Patronilho Fichas de leitura Ficha 1 Lê até ao fim da página 9. Depois da leitura, responde às questões. 1. Qual

Leia mais

OS FILHOS DE CEVA Lição 66

OS FILHOS DE CEVA Lição 66 OS FILHOS DE CEVA Lição 66 1 1. Objetivos: Ensinar que os feiticeiros, ao verem o poder de Jesus, se arrependeram e queimaram os livros de feitiçaria. Isto queria dizer que nunca mais iam praticar a feitiçaria

Leia mais

A Professora de Horizontologia

A Professora de Horizontologia A Professora de Horizontologia Já tinha parado a chuva e Clara Luz estava louca que a Gota voltasse. Felizmente a Fada-Mãe veio com uma novidade: Minha filha, hoje vem uma professora nova. Você vai ter

Leia mais

QUEBRA-GELO EDIFICAÇÃO

QUEBRA-GELO EDIFICAÇÃO QUEBRA-GELO Sentados em círculo, cada criança deverá falar o nome de uma Uma das crianças deverá ficar sentada no centro do círculo e quando ela falar o nome de uma cidade, a criança que representa aquela

Leia mais

TEMOS QUE CRIAR ENRAIZAMENTO AOS PRINCÍPIOS.

TEMOS QUE CRIAR ENRAIZAMENTO AOS PRINCÍPIOS. Em João 6:66 vemos que um grupo de discípulos abandonam a Jesus. Todavia, o que me deixa curioso, é como alguém, sendo verdadeiramente convertido, consegue abandonar a Cristo? Ou pior; como aqueles discípulos

Leia mais

Nº 40 B Cristo Rei do Universo CRISTO REI

Nº 40 B Cristo Rei do Universo CRISTO REI Nº 40 B Cristo Rei do Universo 22.11.2015 CRISTO REI Hoje é a festa de Cristo-Rei, em que nos lembramos que Jesus Cristo é Rei de todo o Universo, junto com Deus Pai. Como Jesus disse a Pilatos, o Seu

Leia mais

Doutor Q.I. Ataca Novamente Matheus Porfirio

Doutor Q.I. Ataca Novamente Matheus Porfirio Doutor Q.I. Ataca Novamente Matheus Porfirio (Baseado no livro A Droga da Obediência) Editora Matheuslândia Depois do mistério da Droga da Obediência, os Karas já estavam prontos para uma nova aventura.

Leia mais

Lisboa Triathlon Half Ironman Distance 1.9 km swim 90 km bike 21.1 km run

Lisboa Triathlon Half Ironman Distance 1.9 km swim 90 km bike 21.1 km run Lisboa Triathlon Half Ironman Distance 1.9 km swim 90 km bike 21.1 km run Relato Pedro Caeiro: O Half Ironman para mim começou em janeiro com o início dos treinos de natação e ciclismo. Tinha acabado de

Leia mais

Fogo impõe silêncio, meditação e muita determinação. Incêndio na escola e no dormitório ativa espírito de grupo em toda Ecovila Piracanga

Fogo impõe silêncio, meditação e muita determinação. Incêndio na escola e no dormitório ativa espírito de grupo em toda Ecovila Piracanga Fogo impõe silêncio, meditação e muita determinação Incêndio na escola e no dormitório ativa espírito de grupo em toda Ecovila Piracanga Reinava a tranquilidade na tarde ensolarada de domingo em Piracanga

Leia mais

Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus,

Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, Nº 8 C Domingo II do Tempo Comum-20.1.13 Do Evangelho de hoje, retiramos vários ensinamentos para a nossa vida. Naquele casamento, onde estava Jesus, ia haver uma grande tristeza, porque o vinho se tinha

Leia mais

Ele ajudou-me muito, é um Santo, que Deus o tenha, a sua alma em eterno descanso.

Ele ajudou-me muito, é um Santo, que Deus o tenha, a sua alma em eterno descanso. ENTREVISTA C2: A entrevista começa com a pergunta: Como vão as coisas lá por casa. As coisas agora, vão melhor, porque estou no centro de dia, e lá sinto-me muito bem, mas passo a noite em casa da minha

Leia mais

da quando me chama de palito de fósforo e ri de um jeito tão irritante que me deixa louco da vida, com vontade de inventar apelidos horripilantes

da quando me chama de palito de fósforo e ri de um jeito tão irritante que me deixa louco da vida, com vontade de inventar apelidos horripilantes Chiquinho MIOLO 3/8/07 9:34 AM Page 14 Meu nome é Chiquinho Meu pai é alto e magro e se chama Chico. Meu avô é baixo e gordo e se chama Francisco. Eu me chamo Chiquinho e ainda não sei como sou. Já andei

Leia mais

A rapariga e o homem da lua

A rapariga e o homem da lua A rapariga e o homem da lua (conto tradicional do povo tchuktchi) Viveu outrora, entre o povo Tchuktchi, um homem que só tinha uma filha. A filha era a melhor das ajudas que o pai podia ter. Passava o

Leia mais

Preparado por Irene Lemos 1

Preparado por Irene Lemos 1 Preparado por Irene Lemos 1 Preparado por Irene Lemos 2 M e d i ç ã o d o T e m p o Uma das principais actividades do ser humano desde os primórdios da civilização foi a medição do tempo. A primeira divisão

Leia mais

Garoto extraordinário

Garoto extraordinário Garoto extraordinário (adequada para crianças de 6 a 8 anos) Texto: Lucas 2:40-52 Princípio: ser como Jesus Você vai precisar de um fantoche de cara engraçada, um adulto para manipular o fantoche atrás

Leia mais

No princípio Deus criou o céu e a terra

No princípio Deus criou o céu e a terra No princípio Deus criou o céu e a terra No início Deus criou céu e terra. Ele sempre pensou em todos nós e impulsionado pelo seu grande amor, Deus quis criar o mundo. Como um pai e uma mãe que preparam

Leia mais

Se Jesus voltará, como devo esperá-lo?

Se Jesus voltará, como devo esperá-lo? Se Jesus voltará, como devo esperá-lo? O que os apocalípticos dizem a respeito dos últimos dias? Sinônimo da época em que se aproxima a 2ª vinda de Jesus Cristo e o consequente fim do mundo. Período marcado

Leia mais

Primeira Estação Jesus é condenado à Morte

Primeira Estação Jesus é condenado à Morte Primeira Estação Jesus é condenado à Morte Várias pessoas falam ao mesmo tempo e no meio dessas vozes uma pessoa diz: Pessoa 1 - Vamos levar Jesus até Pilatos. Pessoa 2 - É Pilatos quem decide se ele morre

Leia mais

O LENHADOR E OS CAJUEIROS

O LENHADOR E OS CAJUEIROS O LENHADOR E OS CAJUEIROS Eduardo B. Córdula e Rafael T. Guerra Uma família de retirantes vinda de uma região castigada pela seca no alto sertão paraibano, onde nada nascia e a água era pouca e ruim, procurava

Leia mais

TONICO E TINOCO: O QUE FAZER COM O LIXO?

TONICO E TINOCO: O QUE FAZER COM O LIXO? TONICO E TINOCO: O QUE FAZER COM O LIXO? José Nascimento Jr. e Rafael T. Guerra Todos os dias, Tonico o galo da vizinha ficava em cima do muro, observando a natureza e, principalmente, seu reino, o galinheiro.

Leia mais

LUTAR PARA AS COISAS MUDAR

LUTAR PARA AS COISAS MUDAR 292 ANEXO O POVO É POETA Um dia a mulher gritou: Sou guerreira! E o eco de sua voz se fez ouvir Mais além das fronteiras. Sou mulher: mãe e guerreira! Meu limite não é mais o lar, Me chamam a rainha da

Leia mais

Cânticos de Acolhimento

Cânticos de Acolhimento 13 JUNTO AO MAR Junto ao mar, eu ouvi hoje, Senhor, Tua voz que me chamou e me pediu que me entregasse a meu irmão. Essa voz me transformou, a minha vida ela mudou e só penso agora, Senhor, em repetir-te:

Leia mais

Lei fundamental da hidrostática

Lei fundamental da hidrostática Sumário Unidade I MECÂNICA 3- de fluidos - Lei fundamental da hidrostática ou Lei de Stevin. - Vasos comunicantes Equilíbrio de dois líquidos não miscíveis. - Relação entre as pressões de dois pontos,

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta O SEMEADOR E A SEMENTE

Bíblia para crianças apresenta O SEMEADOR E A SEMENTE Bíblia para crianças apresenta O SEMEADOR E A SEMENTE Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: M. Maillot; Lazarus Adaptado por: E. Frischbutter; Sarah S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por:

Leia mais

Texto 1 Meia Palavra Não Basta

Texto 1 Meia Palavra Não Basta PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 3 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 Meia Palavra Não Basta

Leia mais

Nº19A Domingo IV da Quaresma

Nº19A Domingo IV da Quaresma Nº19A Domingo IV da Quaresma-30.3.2014 Viver na luz! Abri os olhos! Imagina alguém a viver sempre numa casa de janelas fechadas: sem ar, sem luz, sem ver ninguém, fechado em si próprio, impermeável a tudo.

Leia mais

Quando Gandhi Estudava Quando Gandhi estudava Direito na Universidade de Londres, havia um professor que não o suportava, mas Gandhi não baixava a

Quando Gandhi Estudava Quando Gandhi estudava Direito na Universidade de Londres, havia um professor que não o suportava, mas Gandhi não baixava a Piadas E Adivinhas Quando Gandhi Estudava Quando Gandhi estudava Direito na Universidade de Londres, havia um professor que não o suportava, mas Gandhi não baixava a cabeça. Um dia o professor estava comendo

Leia mais

CÉU, A BELA CASA DE DEUS

CÉU, A BELA CASA DE DEUS Bíblia para crianças apresenta CÉU, A BELA CASA DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Sarah S. Traduzido por: Judith Menga Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais

As Bandeiras JORNALINHO DO CAMPO. Outubro/Novembro 2009 Edição on-line nº 9 Carlos Caseiro (Autor) Sara Loureiro Correia (Revisão de textos)

As Bandeiras JORNALINHO DO CAMPO. Outubro/Novembro 2009 Edição on-line nº 9 Carlos Caseiro (Autor) Sara Loureiro Correia (Revisão de textos) As Bandeiras D esde que o primo Manuel tinha ido à cidade e comprado uma bandeira de Portugal que hasteava todos os domingos e dias de feriado, que a Tété andava muito admirada e até já comentara com os

Leia mais

Nº 28 A Ascensão do Senhor

Nº 28 A Ascensão do Senhor Nº 28 A Ascensão do Senhor - 1.6.2014 Ide por todo o mundo! Estarei sempre convosco! I de Ide Ide e anunciai a Boa Nova. Quando partilhais o que tendes com os outros, quando dais atenção a quem está sozinho

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

PREFÁCIO. Agradeço a DEUS, a minha família, aos meus pastores e a todos que acreditam no nosso sucesso. TEMA: NATAL

PREFÁCIO. Agradeço a DEUS, a minha família, aos meus pastores e a todos que acreditam no nosso sucesso. TEMA: NATAL BOM NATAL PREFÁCIO Agradeço a DEUS, a minha família, aos meus pastores e a todos que acreditam no nosso sucesso. TEMA: NATAL Que essa mensagem venha ser de grande valia para você caro leitor.que possamos

Leia mais

Que Nevão! Teresa Dangerfield

Que Nevão! Teresa Dangerfield Que Nevão! Teresa Dangerfield Que Nevão! Teresa Dangerfield Mamã, Mamã, está tudo branquinho lá fora! gritou o Tomás muito contente assim que se levantou e espreitou pela janela. Mariana, vem ver depressa!

Leia mais

Um ato de amor sonhador ao mundo

Um ato de amor sonhador ao mundo Um ato de amor sonhador ao mundo Este livro esta aberto para qualquer idade, pois relata uma historia de amor com a nossa sociedade, uma garotinha de 09 anos de idade busca fazer a diferença sempre dando

Leia mais

IQV, IDH, IDHM Pirâmide de Maslow

IQV, IDH, IDHM Pirâmide de Maslow IQV, IDH, IDHM Pirâmide de Maslow IQV, IDH, IDHM Pirâmide de Maslow Taxa de divórcios, Suicídio, Etc. Em nossa cultura atual os valores familiares estão sendo questionados e quebrados. Hoje a ênfase é

Leia mais

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola.

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessy Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessi era uma garota linda, tinha a pele escura como o chocolate, seus olhos eram pretos e brilhantes que pareciam duas lindas amoras, seu

Leia mais

Dicas Crie um estilo pessoal

Dicas Crie um estilo pessoal Introdução Esse mini ebook foi feito especialmente para você que deseja conquistar lindas mulheres. Nas próximas páginas será compartilhado dicas práticas para que você conquiste mulheres de forma mais

Leia mais

Vilson Caetano de Sousa Jr. (ORG.) Ilustração: Rodrigo Siqueira

Vilson Caetano de Sousa Jr. (ORG.) Ilustração: Rodrigo Siqueira Vilson Caetano de Sousa Jr. (ORG.) Ilustração: Rodrigo Siqueira 2014 Enseada Indústria Naval S.A Todos os direitos reservados Qualquer parte desta publicação pode ser reproduzida, desde que citada a fonte

Leia mais

A sanita mutante! Coleção. Os Mutantes. Já publicados A sanita mutante. A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante

A sanita mutante! Coleção. Os Mutantes. Já publicados A sanita mutante. A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante Coleção A sanita mutante! Os Mutantes Já publicados A sanita mutante A publicar Os óculos mutantes A esferográfica mutante O prego mutante Frutas mutantes Estrela mutante A irmã mutante Maio de 2016 20

Leia mais

Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum

Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum-8.11.2015 Vimos hoje como Jesus deu um grande elogio a uma pessoa pobre, a quem ninguém dava importância: a viúva que pôs na caixa das esmolas duas pequenas moedas. Como

Leia mais

Missa do Dia. «Todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus»

Missa do Dia. «Todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus» 80 TEMPO DO NATAL Missa do Dia LEITURA I Is 52, 7-10 «Todos os confins da terra verão a salvação do nosso Deus» Leitura do Livro de Isaías Como são belos sobre os montes os pés do mensageiro que anuncia

Leia mais

Apresentação dos resultados dos questionários

Apresentação dos resultados dos questionários Apresentação dos resultados dos questionários Algumas crianças do Colégio Penas Real responderam a um questionário sobre hábitos e opiniões relativamente a alguns assuntos relacionados com o ambiente.

Leia mais

Uma Aflição Imperial.

Uma Aflição Imperial. Uma Aflição Imperial. Amanda Silva C. Prefácio Uma aflição Imperial conta a história de uma garota chamada Anna que é diagnosticada com tipo raro de câncer leucemia sua mãe é paisagista e tem apenas um

Leia mais

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho.

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. ÍTULO 1 Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. Julinho sussurrou. Vou pensar no teu caso respondi -lhe,

Leia mais

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz 2 Autor: Vanessa Sueroz Publicação: Novembro/2013 Edição: 1 ISBN: 0 Categoria: Livro nacional Romance Juvenil Designer: Rodrigo Vilela Leitora Crítica: Ka Alencar Disponível para Prévia do livro Contato:

Leia mais

EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI

EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI EJA 3ª FASE PROF.ª GABRIELA ROCHA PROF.ª QUEILA POLTRONIERI ÁREA DO CONHECIMENTO Linguagens Matemática Ciências Humanas 2 TEMA 1º Bimestre Conhecendo a nossa história. 3 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 7

Leia mais

Teatro A História da Carochinha

Teatro A História da Carochinha Teatro A História da - O meu nome é, gosto muito de limpar. Arrumo a casa toda, sempre a cantar. Tenho uma vida pacata mas gostava de casar. Vestir um vestido branco e um marido arranjar. Mas preciso de

Leia mais

XVI Domingo do Tempo Comum

XVI Domingo do Tempo Comum XVI Domingo do Tempo Comum «Após o pecado, dais lugar ao arrependimento» Leitura do Livro da Sabedoria Sab 12, 13.16-19 Não há Deus, além de Vós, que tenha cuidado de todas as coisas; a ninguém tendes

Leia mais

Os Milagres de Jesus

Os Milagres de Jesus Os Milagres de Jesus Que difícil entender os milagres de Jesus. E, como vou explicar isso para as crianças? . A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.

Leia mais

Se você encontrasse um amigo em dificuldade, você o ajudaria? Leia o texto que narra a história de quatro animais que são verdadeiros amigos.

Se você encontrasse um amigo em dificuldade, você o ajudaria? Leia o texto que narra a história de quatro animais que são verdadeiros amigos. Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: Língua Por ortuguesa T Data: 11/8/2009 Se você encontrasse um amigo em dificuldade, você o ajudaria? Leia o texto que narra a história de quatro animais que são

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Terça-feira da 4ª Semana da Páscoa Concedei, ó

Leia mais

P O D E R D A S C O R E S

P O D E R D A S C O R E S O P O D E R D A S C O R E S Era uma vez uma bruxa chamada Grinalda. Era uma bruxa bondosa que gostava de ajudar as pessoas, independentemente da sua raça ou condição. Era conhecida como a bruxa mais meiga

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e São João dos Montes. BECRE Soeiro Pereira Gomes

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e São João dos Montes. BECRE Soeiro Pereira Gomes Após teres lido a obra de António Mota, Pedro Alecrim, assinala com uma cruz X, de acordo com a referida obra, a opção correta em cada uma das seguintes afirmações. 1 Pedro e alguns colegas fazem parte

Leia mais

Com Maria, ao encontro do sonho de Deus. Novena a Nossa Senhora, pelas vocações em Portugal

Com Maria, ao encontro do sonho de Deus. Novena a Nossa Senhora, pelas vocações em Portugal Com Maria, ao encontro do sonho de Deus. Novena a Nossa Senhora, pelas vocações em Portugal 18 de maio - Maria, pronta a servir com amor Hoje lembramos a simplicidade e generosidade de Maria, que logo

Leia mais

1. OUÇAM A PRIMAVERA!

1. OUÇAM A PRIMAVERA! 1. OUÇAM A PRIMAVERA! Na Mata dos Medos há uma pequena clareira dominada por um pinheiro-manso 1 muito alto. É o largo do Pinheiro Grande. Um pássaro que por lá passarou pôs-se a cantar e acordou o Ouriço,

Leia mais

SEMANA 19 DILÚVIO MEDITAÇÃO SALA AMARELA

SEMANA 19 DILÚVIO MEDITAÇÃO SALA AMARELA MEDITAÇÃO SALA AMARELA SEMANA 19 DILÚVIO Nome: Professor: Rebanho 1. Pois a palavra do Senhor é verdadeira; Ele é fiel em tudo o que faz. (Salmos 33:4) 2. Ele é o Senhor, o nosso Deus; seus decretos são

Leia mais

Queridos(as) alunos(as),

Queridos(as) alunos(as), Nome: Professora: 2º Ano: 2015 Queridos(as) alunos(as), Na nossa última semana de aula, assistimos ao filme UP! Altas Aventuras. Você deve ter gostado muito, não é? No filme, vimos que o Russel, que é

Leia mais

Resgatando A Espiritualidade Através Da Nossa História

Resgatando A Espiritualidade Através Da Nossa História Resgatando A Espiritualidade Através Da Nossa História No princípio... pois todo todos o homem pecaram é e estão pecador destituídos e o homem da todo glória é de pecador Deus Rom.3.23 Éden Dilúvio Babel

Leia mais

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 Integração entre Serviços e Benefícios VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 A desproteção e a vulnerabilidade são multidimensionais

Leia mais

O ZERO TORNA-SE IMPORTANTE

O ZERO TORNA-SE IMPORTANTE O ZERO TORNA-SE IMPORTANTE Há muito tempo, no País dos Números, só havia os algarismos 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9. Nem sempre os números eram muito simpáticos uns com os outros. Os números maiores gostavam

Leia mais

2ª-feira da 4ª Semana Tempo Comum 1ª Leitura 2Sm 15, ;16,5-13a

2ª-feira da 4ª Semana Tempo Comum 1ª Leitura 2Sm 15, ;16,5-13a 2ª-feira da 4ª Semana Tempo Comum 1ª Leitura 2Sm 15,13-14.30;16,5-13a Leitura do Segundo Livro de Samuel 15,13-14.30;16,5-13a Naqueles dias: 13Um mensageiro veio dizer a Davi: As simpatias de todo o Israel

Leia mais

A fé. Deus. acredita em. Porque é que. Se algumas pessoas não acreditam. nem toda a gente

A fé. Deus. acredita em. Porque é que. Se algumas pessoas não acreditam. nem toda a gente A fé Porque é que nem toda a gente acredita em Deus? A fé Se algumas pessoas não acreditam em Deus, é talvez porque ainda não encontraram crentes felizes que tivessem vontade de dar testemunho da sua fé.

Leia mais

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós.

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição 32 1 1. Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. 2. Lição Bíblica: Mateus 18.21-35 (Leitura bíblica para o professor e base bíblica

Leia mais

DANIEL NA COVA DOS LEÕES

DANIEL NA COVA DOS LEÕES Bíblia para crianças apresenta DANIEL NA COVA DOS LEÕES Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Jonathan Hay Adaptado por: Mary-Anne S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por: Bible for Children

Leia mais

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA A menina PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA menina alegre e muito curiosa. O que a diferenciava das outras crianças é que desde muito pequenina ela passava horas na Floresta do Sol conversando

Leia mais

Anexo 2.2- Entrevista G1.2

Anexo 2.2- Entrevista G1.2 Entrevistado: E1.2 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 53 anos Masculino Cabo-Verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: 4ª classe Imigrações prévias : -- Língua materna: Outras línguas: Agregado

Leia mais

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A PARÁBOLA DO SEMEADOR Volume 09 Escola: O que aconteceu com cada semente na parábola do semeador? Ligue a primeira coluna com a segunda: Nome : Professor (a): Data :

Leia mais

saltar e pregar partidas.

saltar e pregar partidas. MI G UE L VA L E DE AL M E IDA 26 A escola do arco-íris Como é costume dizer-se, "era uma vez"... Era uma vez uma escola chamada Escola do Arco-Íris. A professora Ana gostava muito das crianças e estas

Leia mais

Você é capaz de se lembrar como se conjuga os verbos? Lembra? É... eu também não gostava muito disso, sabia? Então vamos lembrar juntos:

Você é capaz de se lembrar como se conjuga os verbos? Lembra? É... eu também não gostava muito disso, sabia? Então vamos lembrar juntos: Bem, hoje gostaria de falar sobre algo que talvez você não goste nem um pouco: nossa querida Língua Portuguesa Ah, fala sério pastor! Vai dar aula de Português? Obviamente não! Vou apenas compartilhar

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: telefone: PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM Disciplina:

Nome: N.º: endereço: data: telefone:   PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM Disciplina: Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM 2012 Disciplina: MateMática Prova: desafio nota: QUESTÃO 11 Veja o que Marcelo descobriu, em um livro de história da matemática:

Leia mais

EDUCADORAS DEBORA E KATIA

EDUCADORAS DEBORA E KATIA EDUCADORAS DEBORA E KATIA FÉRIAS ESCOLARES 2011 Como é gostoso aprender cada dia mais, conhecer professores e novos amigos... Mas, quando chega às férias, tudo se torna bem mais gostoso, podemos dormir

Leia mais

Igreja - Uma face em construção Parte I: Lançando os fundamentos

Igreja - Uma face em construção Parte I: Lançando os fundamentos Parte I: Lançando os fundamentos 1. Obediência - mesmo em contexto de perigo 2. Nada há a fazer sem serem cheios do Espírito 3. Nem tudo entendemos - Nem tudo saberemos 4. Uma visão local precisa dar lugar

Leia mais

Sara Borges. Ilustrado por: João Horta

Sara Borges. Ilustrado por: João Horta Sara Borges Ilustrado por: João Horta Título: Dislexia Autor: Sara Borges Ilustração: João Horta 1º Edição: Novembro 2012 ISNB: 978-3-16-148410-0 Porto Editora Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto Eu

Leia mais

O Oleiro e o barro Jr.18:1-6

O Oleiro e o barro Jr.18:1-6 O Oleiro e o barro Jr.18:1-6 O Senhor Deus me disse: Desça até a casa onde fazem potes de barro, e lá eu lhe darei a minha mensagem. Então eu fui e encontrei o oleiro trabalhando com o barro sobre a roda

Leia mais

Autora: Sophia de Mello Breyner Andresen. Ilustrador: Júlio Resende. Nome: Data:

Autora: Sophia de Mello Breyner Andresen. Ilustrador: Júlio Resende. Nome: Data: Autora: Sophia de Mello Breyner Andresen Ilustrador: Júlio Resende Nome: Data: 1-Completa as frases para saberes como era a casa de que fala a história. Era uma vez uma pintada de com um à volta. 2 No

Leia mais

Porque tenho de tirar fotografias por dentro?

Porque tenho de tirar fotografias por dentro? Porque tenho de tirar fotografias por dentro? cufitas cufitas 2 Este livro pertence a: nome idade Para mais tarde recordares põe aqui a tua mão e com uma caneta desenha à volta Olá! Eu sou o Cufitas e

Leia mais

Conhecendo um pouco da História do Distrito de Jaiba

Conhecendo um pouco da História do Distrito de Jaiba Conhecendo um pouco da História do Distrito de Jaiba Geisiana Lima de Jesus Jessica Oliveira Simões Juliana Lima de Jesus "Conhecendo um pouco da historia do Distrito de Jaiba" Polo de Cultura Digital

Leia mais

JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas

JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas Série: Um Natal de Esperança (02/04). JESUS: A ESPERANÇA DO NATAL CHEGOU! Baseado em Lucas 1.26-38 Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele

Leia mais

A ENCARNAÇÃO DA GRAÇA

A ENCARNAÇÃO DA GRAÇA A ENCARNAÇÃO DA GRAÇA Um mundo sem graça, marcado por: Guerras, Violências, Pressão econômica Competição. Igrejas sem graça, marcadas por: Padrões de conduta que te aprovam, Não saberem lidar com a culpa,

Leia mais

É Quase Natal. Andam todos a brincar A correr, a saltar na floresta Mas não há tempo a perder Têm de preparar a festa

É Quase Natal. Andam todos a brincar A correr, a saltar na floresta Mas não há tempo a perder Têm de preparar a festa É Quase Natal No vale encantado Vive uma família especial São Bonecos de Neve E é quase Natal 2x Andam todos a brincar A correr, a saltar na floresta Mas não há tempo a perder Têm de preparar a festa Tanto

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta ISAÍAS VÊ O FUTURO

Bíblia para crianças. apresenta ISAÍAS VÊ O FUTURO Bíblia para crianças apresenta ISAÍAS VÊ O FUTURO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Jonathan Hay Adaptado por: Mary-Anne S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de

Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de Às vezes me parece que gosto dele, mas isso não é sempre. Algumas coisas em meu irmão me irritam muito. Quando ele sai, por exemplo, faz questão de sair sozinho. E me chama de pirralho, o que me dá raiva.

Leia mais

Brincando na água com segurança

Brincando na água com segurança CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Brincando na água com segurança Em caso de Emergência 193 NOSSA! COMO VOCÊS ESTÃO FELIZES! FOI O PRESENTE QUE VOCÊ GANHOU

Leia mais

Educação Difusa: a tradição oral

Educação Difusa: a tradição oral Educação Difusa: a tradição oral A educação existe onde não há escola e por toda parte podem haver redes e estruturas sociais de transferência de saber de uma geração a outra, onde ainda não foi sequer

Leia mais

COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION. O reizinho mandão

COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION. O reizinho mandão COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION Troca do livro Segunda-feira Curitiba, 5 de maio de 2014. Leia o texto abaixo: Lições de Língua Portuguesa, História e Vivência Religiosa- 4º ano Eu vou contar pra vocês

Leia mais

O chamado de Abraão e a experiência de Sara com Deus. Anésio Rodrigues

O chamado de Abraão e a experiência de Sara com Deus. Anésio Rodrigues O chamado de Abraão e a experiência de Sara com Deus Anésio Rodrigues Povo meu, escuta a minha instrução, presta atenção no que eu vou dizer. Vou falar em comparações, vou expor enigmas do passado. Salmos

Leia mais