2.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013"

Transcrição

1 sala n.º máscara Prova de Habilidades Específicas - Arquitetura e Urbanismo 2.ª Certificação de Habilidade Específica de Este caderno é constituído de quatro questões. Caso o caderno de prova esteja incompleto ou tenha qualquer defeito, solicite ao fiscal de sala mais próximo que tome as providências cabíveis. Nas questões de 1a 4, faça o que se pede no comando de cada uma delas. 2 Quando autorizado pelo chefe de sala, no momento da identificação, escreva, no espaço apropriado abaixo, com a sua caligrafia usual, a seguinte frase: De todas as coisas humanas, a única que tem o fim em si mesma é a arte. 3 Não serão prestadas informações a respeito das questões além das contidas neste caderno de prova. 4 Na duração da prova, está incluído o tempo destinado à identificação, que será feita no decorrer da prova. 5 Durante a prova, não se levante nem se comunique com outros candidatos. 6 Não será avaliada resposta elaborada em local indevido. 7 Não destaque nenhuma folha deste caderno. 8 É vedado o uso de material de consulta bem como o empréstimo de material no decorrer da prova, mesmo que se trate de material de candidato que já tenha terminado a prova. 9 É vedada a utilização de régua, esquadro, compasso etc. Utilize somente caneta preta, lápis preto de desenho, lápis de cor, borracha e material fornecido pelo Cespe/UnB. 10 Ao término da prova, chame o fiscal de sala mais próximo e devolva-lhe este caderno. Após esse procedimento, deixe o local de prova. 11 A desobediência a qualquer uma destas instruções poderá implicar a anulação da sua prova. 12 Este caderno de prova é o único documento válido para a avaliação e não poderá ser levado em hipótese alguma. 13 Informação sobre datas referentes à Certificação de Habilidade Específica poderá ser obtida no edital que rege o evento, disponível no sítio Nome: máscara Inscrição: Assinatura:

2 QUESTÃO 1 DESENHO DE OBSERVAÇÃO Desenhe, em cada um dos espaços reservados na coluna B, uma de suas mãos como se estivesse tocando o instrumento musical correspondente mostrado na coluna A. Na avaliação do seu desenho, serão considerados a proporção, a qualidade do traço e o enquadramento do desenho no espaço dado. Atenção: não desenhe os instrumentos, procure ocupar ao máximo os espaços dados e não use lápis de cor! coluna A coluna B (valor da questão: 0,5 ponto) UnB / CESPE 2.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013 / Arquitetura e Urbanismo (valor da questão: 0,5 ponto) 1 (valor da questão: 0,5 ponto)

3 QUESTÃO 2 DESENHO DE MEMÓRIA A famosa porta-bandeira Vilma Nascimento, conhecida como o Cisne da Passarela, comparou a evolução do casal de mestre-sala e porta-bandeira, personagens dos desfiles das escolas de samba, com o voleio de um beija-flor em torno de uma rosa. Ele (mestre-sala) se aproxima, toca e sai. Volta a se aproximar, beija e sai [...] E a rosa (porta-bandeira), ao sabor do vento das asas do pássaro, não permanece passiva, ela também dança. Inspirando-se no texto, complete a cena abaixo desenhando, no primeiro plano, um casal de mestre-sala e porta-bandeira, sendo captado pela lente do fotógrafo. Na avaliação do seu desenho, serão considerados a proporção, a qualidade do traço e o enquadramento do desenho no espaço dado. Atenção: não use lápis de cor! 2 (valor da questão: 1,5 ponto)

4 QUESTÃO 3 DESENHO DE IMAGINAÇÃO 3.1) Com base no processo de abstração mostrado abaixo, faça, no espaço reservado da página seguinte, uma composição abstrata, geométrica e colorida, tomando como base a foto do Cordão do Bola Preta o mais antigo bloco do carnaval carioca (1918), mostrada na página seguinte. A referida composição deverá apresentar um nível de abstração semelhante ao da imagem número 3. Na avaliação da sua composição, serão considerados o acerto do exercício, a criatividade, o enquadramento do desenho no espaço dado e a harmonia das cores Processo de abstração Pablo Picasso, Cabeça de Arlequim espaço para rascunho 3

5 Cordão do Bola Preta, Atenção: procure ocupar todo o espaço abaixo e use lápis de cor. 4

6 3.2) Inspirando-se na cena colhida no carnaval de Veneza, cubra os rostos mostrados abaixo com máscaras e adereços coloridos. Na avaliação da sua composição, serão considerados o acerto dos exercícios, a criatividade, o enquadramento dos desenhos nos espaços dados e a harmonia de cores. Atenção: use lápis de cor. 5

7 QUESTÃO 4 RACIOCÍNIO ESPACIAL 4.1) Considerando um observador de 1,70 m situado no ponto A, desenhe a cena de carnaval vista por ele. Na avaliação do seu desenho, serão considerados o acerto do exercício e a proporção. A UnB / CESPE 2.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013 / Arquitetura e Urbanismo Atenção: procure ocupar o máximo do espaço disponível e não use lápis de cor. 6

8 4.2) Com base na perspectiva mostrada abaixo, desenhe, no espaço reservado, a vista superior do grande arco, que delimita o final do desfile das escolas no Sambódromo do Rio de Janeiro, projetado por Oscar Niemeyer em Na avaliação do seu desenho, serão considerados o acerto do exercício e a proporção. Perspectiva da Praça da Apoteose Vista Superior 7

9 4.3) Tomando como base o exemplo abaixo, em que são demonstradas as três projeções e a decomposição do cavaquinho, complete o que falta nos três exercícios das páginas seguintes. Na avaliação dos seus desenhos, serão considerados o acerto do exercício e a proporção. Exemplo: Cavaquinho Perspectiva vista frontal vista lateral vista superior Projeções braço cravelho ( 4) tampo fundo corda ( 4) lateral Decomposição 8

10 4.3.1) Agogô Perspectiva vista frontal vista lateral 4.3.2) Chocalho vista superior Projeções Perspectiva Decomposição 9

11 4.3.3) Repique Perspectiva Decomposição 10

12

1.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013

1.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013 sala n.º máscara Prova de Habilidades Específicas - Arquitetura e Urbanismo 1.ª Certificação de Habilidade Específica de 2013 1 Este caderno é constituído de quatro questões. Caso o caderno de prova esteja

Leia mais

2.ª Certificação de Habilidade Específica de 2014

2.ª Certificação de Habilidade Específica de 2014 sala n.º Prova de Habilidades Específicas - Arquitetura e Urbanismo 2.ª Certificação de Habilidade Específica de 2014 1 Este caderno é constituído de quatro questões. Caso o caderno de prova esteja incompleto

Leia mais

2.ª Certificação. Arquitetura e Urbanismo Prova de Habilidades Específicas. Específica de Habilidade LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO

2.ª Certificação. Arquitetura e Urbanismo Prova de Habilidades Específicas. Específica de Habilidade LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO Quando autorizado pelo chefe de sala, no momento da identificação, escreva, no espaço apropriado abaixo, com a sua caligrafia usual, a seguinte frase: 2 Na duração da prova, está incluído o tempo destinado

Leia mais

DESENHO DE OBSERVAÇÃO

DESENHO DE OBSERVAÇÃO QUESTÃO 1 DESENHO DE OBSERVAÇÃO Tendo como motivação as imagens abaixo, desenhe, no espaço reservado da página seguinte, o que está apresentado à sua frente, buscando, sobretudo, registrar o movimento.

Leia mais

EDUCAÇÃO ARTÍSTICA: MÚSICA LICENCIATURA

EDUCAÇÃO ARTÍSTICA: MÚSICA LICENCIATURA assinatura do(a) candidato(a) Admissão para Portador de Diploma de Curso Superior. a DCS/0 EDUCAÇÃO ARTÍSTICA: MÚSICA LICENCIATURA Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Confira atentamente

Leia mais

SOLDADO DE 3ª CLASSE

SOLDADO DE 3ª CLASSE CONCURSO PÚBLICO 006-2016 CBM/GO - SEGPLAN CARGO SOLDADO DE 3ª CLASSE PROVA B Prezado(a) Candidato(a), 1. Ao receber este caderno, confira se ele contém as questões objetivas com 50 (cinquenta) itens,

Leia mais

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 CIÊNCIAS ECONÔMICAS

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 CIÊNCIAS ECONÔMICAS assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 Confira atentamente se

Leia mais

1. o DESENHO INDUSTRIAL (BACHARELADO) TESTE ESCRITO-PRÁTICO PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS. 3. a ETAPA

1. o DESENHO INDUSTRIAL (BACHARELADO) TESTE ESCRITO-PRÁTICO PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS. 3. a ETAPA U N I V E R S I D A D E D E B R A S Í L I A UnB CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS CESPE 1. o Vestibular 2002 Programa de Avaliação Seriada Subprograma 1999 3. a ETAPA PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS

Leia mais

Desenho Industrial (Bacharelado)

Desenho Industrial (Bacharelado) SIM MÁSCARA Internet:. CANDIDATO AUSENTE Não serão prestadas informações a respeito das questões além daquelas contidas neste caderno. Na duração do teste, está incluído o tempo destinado

Leia mais

1. o Vestibular 2002 PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS ARQUITETURA E URBANISMO. Programa de Avaliação Seriada Subprograma 1999 3.

1. o Vestibular 2002 PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS ARQUITETURA E URBANISMO. Programa de Avaliação Seriada Subprograma 1999 3. PROVA DE HABILIDADES ESPECÍFICAS 1. o Vestibular 2002 ARQUITETURA E URBANISMO Programa de Avaliação Seriada Subprograma 1999 3. a Etapa SALA N. o DE CONTROLE RESULTADO FINAL NOME INSCRIÇÃO Assinatura:

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO Aplicação: 10/3/2002

CONCURSO PÚBLICO Aplicação: 10/3/2002 CONCURSO PÚBLICO Aplicação: 10/3/2002 CARGO: CONSULTOR LEGISLATIVO ÁREA 17 PRONUNCIAMENTOS CADERNO DE PROVA: SEGUNDA ETAPA PARTE II SENADO FEDERAL Concurso Público Aplicação: 10/3/2002 CARGO: CONSULTOR

Leia mais

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 FILOSOFIA

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 FILOSOFIA assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa. a Transferência Facultativa/00 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Confira atentamente se os dados

Leia mais

FUVEST 2002

FUVEST 2002 FUVEST 2002 www.aescolaide.com.br FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO FACULDADE DE SÃO PAULO PROVAS DE HABILIDADE ESPECÍFICAS 10 de janeiro de 2002 das 14h às 18h PROVA DE GEOMETRIA Observações gerais

Leia mais

Atividade de Ciências Verificação Corrente I 2º Bimestre de 2016

Atividade de Ciências Verificação Corrente I 2º Bimestre de 2016 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CENTRO DE ORIENTAÇÃO E SUPERVISÃO AO ENSINO ASSISTENCIAL COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II Atividade de Ciências Verificação Corrente I 2º Bimestre de 2016 Nomes

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS 1. Nos termos do subitem do Edital, as instruções constantes nos Cadernos de Questões das Provas Objetiva e Dissertativa, na

ORIENTAÇÕES GERAIS 1. Nos termos do subitem do Edital, as instruções constantes nos Cadernos de Questões das Provas Objetiva e Dissertativa, na CONCURSO PÚBLICO Edital n. 01/2009 ANALISTA DE GESTÃO E ASSISTÊNCIA À SAÚDE-AGAS NÍVEL III GRAU A ARQUITETURA / ARQUITETURA HOSPITALAR Código 501 CADERNO 1 PROVA DISSERTATIVA ATENÇÃO Leia as instruções

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos CERTIFICAÇÃO EM HABILIDADES ESPECÍFICAS/2013-1 Edital Nº 02/2013

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N. 69/2016 ANEXO V PROGRAMAS DAS PROVAS PARA OS CURSOS QUE EXIGEM

Leia mais

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora)

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora) Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Prova 62/2.ª Fase/2014 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura do Aluno CC

Leia mais

060. Prova discursiva. Analista de Tecnologia da Informação. (Sistemas)

060. Prova discursiva. Analista de Tecnologia da Informação. (Sistemas) Concurso Público 060. Prova discursiva Analista de Tecnologia da Informação (Sistemas) Assinatura do Candidato Confira seu nome e número de inscrição impressos na capa deste caderno. Quando for permitido

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTARÉM / PA

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTARÉM / PA GRUPO MAGISTÉRIO CONCURSO PÚBLICO Cargo 122 - PROFESSOR DE CIÊNCIAS (5a a 8a Série) INSTRUÇÕES ESPECIAIS 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. Você está recebendo o seu Caderno de Questões, contendo 40 questões objetivas

Leia mais

Admissão para Portador de Diploma de Curso Superior. 1. a DCS/2011 CIÊNCIAS SOCIAIS

Admissão para Portador de Diploma de Curso Superior. 1. a DCS/2011 CIÊNCIAS SOCIAIS assinatura do(a) candidato(a) Admissão para Portador de Diploma de Curso Superior. a DCS/0 Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Confira atentamente se os dados pessoais transcritos

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos CERTIFICAÇÃO EM HABILIDADES ESPECÍFICAS 2013-2 24 de novembro

Leia mais

2º dia. 5 O verso da capa e as páginas em branco deste Caderno servirão para rascunho.

2º dia. 5 O verso da capa e as páginas em branco deste Caderno servirão para rascunho. 2º dia 1 Na parte inferior desta capa, preencha todos os espaços destinados à sua identificação. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar, escrever mensagem, etc., será automaticamente

Leia mais

CADERNO 1 REDAÇÃO. ATENÇÃO Leia as instruções deste Caderno. Elas fazem parte da sua prova

CADERNO 1 REDAÇÃO. ATENÇÃO Leia as instruções deste Caderno. Elas fazem parte da sua prova CONCURSO PÚBLICO Edital 02/2012 CADERNO 1 REDAÇÃO ATENÇÃO Leia as instruções deste Caderno. Elas fazem parte da sua prova 1. Este caderno contém as instruções para a Prova de Redação em Língua Portuguesa

Leia mais

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora)

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora) Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Prova 62/1.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura do Aluno CC

Leia mais

Avaliação Teórica I Seleção Final 2016 Olimpíadas Internacionais de Física 12 de Abril 2016

Avaliação Teórica I Seleção Final 2016 Olimpíadas Internacionais de Física 12 de Abril 2016 Caderno de Questões Teoria I Instruções 1. Este caderno de questões contém OITO folhas, incluindo esta com as instruções. Confira antes de começar a resolver a prova. 2. A prova é composta por QUATRO questões.

Leia mais

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DE RIBEIRÃO PRETO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES PROCESSO SELETIVO DOUTORADO - TURMA 20 VERSÃO

Leia mais

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (com recurso à calculadora)

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (com recurso à calculadora) PROVA FINAL DO 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Matemática/Prova 62/2.ª Chamada/2012 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome completo Documento de identificação CC n.º ou BI

Leia mais

Edital Nº. 08/2009-DIGPE 13 de dezembro de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA

Edital Nº. 08/2009-DIGPE 13 de dezembro de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Caderno de Provas MATEMÁTICA Edital Nº. 08/2009-DIGPE 13 de dezembro de 2009 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Use apenas caneta esferográfica azul ou preta. Escreva o seu nome completo e o número

Leia mais

Respostas e rascunhos deverão ser redigidos com a Caneta entregue pelo Fiscal. Em nenhuma hipótese se avaliará resposta escrita com grafite.

Respostas e rascunhos deverão ser redigidos com a Caneta entregue pelo Fiscal. Em nenhuma hipótese se avaliará resposta escrita com grafite. 4º dia 1 Na parte inferior desta capa, preencha todos os espaços destinados à sua identificação. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar, escrever mensagem, etc., será automaticamente

Leia mais

Prova de Teoria Musical e Percepção melódica e rítmica

Prova de Teoria Musical e Percepção melódica e rítmica UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Escola Técnica de Artes - ETA Prova de Teoria Musical e Percepção Melódica e Rítmica Curso Técnico em Música (Canto Erudito, Canto Popular,

Leia mais

Instruções para a Prova de MATEMÁTICA APLICADA:

Instruções para a Prova de MATEMÁTICA APLICADA: Instruções para a Prova de : Confira se seu nome e RG estão corretos. Não se esqueça de assinar a capa deste caderno, no local indicado, com caneta azul ou preta. A duração total do Módulo Discursivo é

Leia mais

Dicas para fazer esboços da natureza. adriaans.com/on- painting/

Dicas para fazer esboços da natureza.  adriaans.com/on- painting/ Dicas para fazer esboços da natureza. http://www.pieter- adriaans.com/on- painting/ geral Sempre Obrigue- se a trabalhar para e na natureza. Nunca copiar imagens, especialmente desenhos de outros. Estudá-

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011

PROCESSO SELETIVO 2011 PROCESSO SELETIVO 2011 Data da Prova: 05/12/2010 Início: 14h00 Duração: 5 horas Caderno de Questões Nome do candidato: Nº de inscrição: Antes de iniciar a prova, leia atentamente as seguintes instruções:

Leia mais

Escola Princípius da Vida Júnior Ensino Fundamental.

Escola Princípius da Vida Júnior Ensino Fundamental. 1 ano. 02 caixas de massa de modelar (macia). 02 cadernos de linguagem 96 folhas (capa capa 02 cadernos de linguagem 48 folhas (capa 01 régua de madeira. 02 cadernos de linguagem 96 folhas (capa 2 ano.

Leia mais

PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM

PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM Caderno de Questões PREFE ITURA MUNICIPAL DE GUAJ ARÁ MIRIM realização S18 - Médico Clínico Geral AT E N Ç Ã O 1. O caderno de questões contém 20 questões de múltipla-escolha, conforme distribuição abaixo,

Leia mais

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (com recurso à calculadora)

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (com recurso à calculadora) PROVA FINAL DO 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Matemática/Prova 62/1.ª Chamada/2013 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome completo Documento de identificação CC n.º ou BI n.º

Leia mais

MEDICINA VETERINÁRIA

MEDICINA VETERINÁRIA assinatura do(a) candidato(a) Admissão para Portador de Diploma de Curso Superior. a DCS/0 Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Confira atentamente se os dados pessoais transcritos

Leia mais

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora)

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora) Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Prova 62/Época Especial/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura do Aluno

Leia mais

REDAÇÃO Prova de 2 a Etapa

REDAÇÃO Prova de 2 a Etapa REDAÇÃO Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém duas questões, e é composto de doze páginas, numeradas de 3 a 11. Antes

Leia mais

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S CONCURSO PÚBLICO 5 / NOVEMBRO / 01 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO PARA OUTORGA DE DELEGAÇÕES DE NOTAS E DE REGISTRO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL 0/011 C A D E R N O

Leia mais

LISTA DE MATERIAL 1º ANO CURRICULAR

LISTA DE MATERIAL 1º ANO CURRICULAR LISTA DE MATERIAL 1º ANO CURRICULAR 3 Colas líquidas UHU (médias) 2 Colas de baton UHU (grande) 1 Apara- lápis com caixa grande 2 Lápis de carvão nº 2 1 Borracha branca macia 1 Tesoura metálica de bicos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2010

PROCESSO SELETIVO 2010 SOCIEDADE TÉCNICA EDUCACIONAL DA LAPA PROCESSO SELETIVO 2010 MANUAL DO CANDIDATO FAÇA AQUI SUA HISTÓRIA LAPA-PR FAEL FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA PROCESSO SELETIVO 2010 Curso de Licenciatura em Pedagogia

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA. 2º Ciclo do Ensino Básico / 6º Ano

INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA. 2º Ciclo do Ensino Básico / 6º Ano INFORMAÇÃO PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA Matemática Prova 52 / 1ª FASE 2º Ciclo do Ensino Básico / 6º Ano Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro 2014 1. Introdução O presente documento visa divulgar as

Leia mais

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Direções Regionais de Educação. AE/ENA com 2.º ciclo CIREP FERLAP CONFAP

Informação n.º Data: Para: Direção-Geral da Educação. Direções Regionais de Educação. AE/ENA com 2.º ciclo CIREP FERLAP CONFAP Prova Final de Ciclo de Matemática Prova 62 2013 2.º Ciclo do Ensino Básico Para: Direção-Geral da Educação Inspeção-Geral da Educação e Ciência Direções Regionais de Educação Secretaria Regional da Educação

Leia mais

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Módulo I Aula 02 Material de desenho técnico O conhecimento dos materiais utilizados em desenho técnico e os cuidados a serem tomados com ele são fundamentais

Leia mais

LETRAS PORTUGUÊS (BACHARELADO/ LICENCIATURA)

LETRAS PORTUGUÊS (BACHARELADO/ LICENCIATURA) assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa. a Transferência Facultativa/0 LETRAS PORTUGUÊS (BACHARELADO/ LICENCIATURA) Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES

Leia mais

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 QUÍMICA (NOTURNO)

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 QUÍMICA (NOTURNO) assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa. a Transferência Facultativa/00 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Confira atentamente se os dados

Leia mais

ÁFRICA Caderno de atividades

ÁFRICA Caderno de atividades TURMA: ÁFRICA Caderno de atividades Grupo: GEOMORFOLOGIA Integrantes do grupo: NOME: Nº NOME: Nº NOME: Nº NOME: Nº NOME: Nº Data de início da elaboração do mapa: / / Data de conclusão da elaboração do

Leia mais

Desenho Industrial. quem sou eu? quem é você? quem somos nós? 2ª Certificação de Habilidade Específica de 2010 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO

Desenho Industrial. quem sou eu? quem é você? quem somos nós? 2ª Certificação de Habilidade Específica de 2010 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO UnB/CESPE - Centro de Seleção e Promoção de Eventos 2. a Certificação de Habilidade Específica de 2011 Desenho Industrial 1 2 CANDIDATO AUSENTE SIM LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO MÁSCARA Neste caderno

Leia mais

Para responder à questão 1, ouça atentamente o trecho musical I.

Para responder à questão 1, ouça atentamente o trecho musical I. Nas questões de 1 a 9, responda de acordo com o comando de cada uma delas. As questões 1, 3 e 8 exigem respostas a serem construídas pelo próprio candidato; as questões 2, 7 e 9 são de associação ou complementação.

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico Edital Nº

Leia mais

Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Matemática 2016 Prova 62 2.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 2º. Ciclo

Leia mais

Nota PROVA DISCURSIVA PROVA DISCURSIVA

Nota PROVA DISCURSIVA PROVA DISCURSIVA ESAF Missão: Desenvolver pessoas para o aperfeiçoamento da gestão das finanças públicas e a promoção da cidadania. PROVA DISCURSIVA Concurso Público - (Edital ESAF n. 18, de 07/3/2014) Cargo: Auditor-Fiscal

Leia mais

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (com recurso à calculadora)

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (com recurso à calculadora) PROVA FINAL DO 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Matemática/Prova 62/1.ª Chamada/2012 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome completo Documento de identificação CC n.º ou BI

Leia mais

Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, COMUNICAÇÃO E ARTES ICHCA

Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, COMUNICAÇÃO E ARTES ICHCA CADERNO DE QUESTÕES Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS, COMUNICAÇÃO E ARTES ICHCA TESTE ESPECÍFICO PROVA ESCRITA Processo

Leia mais

Caderno de Resultados - 3ª Fase Prova Experimental Para alunos do 2º ano. Instruções Leia atentamente antes do início do procedimento experimental.

Caderno de Resultados - 3ª Fase Prova Experimental Para alunos do 2º ano. Instruções Leia atentamente antes do início do procedimento experimental. NOTA FINAL Caderno de Resultados - 3ª Fase Prova Experimental Para alunos do 2º ano Instruções Leia atentamente antes do início do procedimento experimental. 1. Este caderno contém CINCO folhas, incluindo

Leia mais

CURSO de MATEMÁTICA (Niterói) - Gabarito

CURSO de MATEMÁTICA (Niterói) - Gabarito PROAC / COSEAC. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ACADÊMICOS COSEAC-COORDENADORIA DE SELEÇÃO TRANSFERÊNCIA o semestre letivo de 007 e 1 o semestre letivo de 008 CURSO de MATEMÁTICA

Leia mais

Site:

Site: CENTRO MUNICIPAL DE MÚSICA PROFESSORA WALDA TISO VEIGA Rua Presidente Arthur Bernardes, 639 Centro - CEP 37.130-000 Alfenas-MG Tel.: (35) 3698-2008 E-mail: centromusical@alfenas.mg.gov.br Site: www.conservatoriowaldatiso.art.br

Leia mais

IBE 1 - Campinas INSTRUÇÕES DA PROVA

IBE 1 - Campinas INSTRUÇÕES DA PROVA Assinatura: Nº Questão: 5 INSTRUÇÕES DA PROVA A prova é individual e intransferível, confira os seus dados. Responda dentro da área reservada ao aluno. Não escreva fora das margens ou atrás da folha. Textos

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico Edital Nº

Leia mais

LETRAS JAPONÊS (LICENCIATURA)

LETRAS JAPONÊS (LICENCIATURA) assinatura do(a) candidato(a) Admissão para Portador de Diploma de Curso Superior. a DCS/0 LETRAS JAPONÊS (LICENCIATURA) Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Confira atentamente se

Leia mais

Informação Prova Final a Nível de Escola

Informação Prova Final a Nível de Escola Informação Prova Final a Nível de Escola Prova Final de Ciclo de Matemática Prova 82 2015 3º Ciclo do Ensino Básico Objeto de avaliação A prova tem por referência o Programa de Matemática do Ensino Básico,

Leia mais

1. Introdução. 2. Objeto de avaliação

1. Introdução. 2. Objeto de avaliação AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA Código 150502 Informação - Prova Final a nível de Escola Matemática Prova 82 2016 9º Ano / 3.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho Normativo n.º 1-G/2016 art.º

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES 1.1 O Simulado da OAB compreenderá a aplicação de prova objetiva e de prova práticoprofissional realizada em duas datas distintas.

1 DAS DISPOSIÇÕES 1.1 O Simulado da OAB compreenderá a aplicação de prova objetiva e de prova práticoprofissional realizada em duas datas distintas. SIMULADO OAB/SC UNIVILLE 2016.1 EDITAL DE ABERTURA A comissão organizadora do Simulado da OAB/UNIVILLE, nos termos dispostos no FAEG, torna público as disposições contidas neste Edital. 1 DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

DIREITO PENAL PROVA ESCRITA CADERNO 1

DIREITO PENAL PROVA ESCRITA CADERNO 1 JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Edital n. 01/2009 DIREITO PENAL PROVA ESCRITA CADERNO 1 ATENÇÃO Leia as instruções deste Caderno. Elas fazem parte da sua prova 1. Este caderno contém

Leia mais

Caderno de Prova PR01. Educação Infantil. prova dissertativa. Professor de. Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação

Caderno de Prova PR01. Educação Infantil. prova dissertativa. Professor de. Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação Edital n o 001/2009 Caderno de Prova prova dissertativa PR01 Professor de Educação Infantil Dia: 8 de novembro de 2009 Horário: das

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/ PREFEITURA MUNICIPAL DE CONCEIÇÃO DO ARAGUAIA. REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 27 de Setembro de 2009

CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/ PREFEITURA MUNICIPAL DE CONCEIÇÃO DO ARAGUAIA. REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 27 de Setembro de 2009 CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/2009 - PREFEITURA MUNICIPAL DE CONCEIÇÃO DO ARAGUAIA REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 27 de Setembro de 2009 NÍVEL ALFABETIZADO Cargos: (AGENTE DE SERVIÇOS URBANOS; AUXILIAR

Leia mais

NÍVEL ALFABETIZADO VIGIA

NÍVEL ALFABETIZADO VIGIA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO DOMINGOS DO ARAGUAIA CONCURSO PÚBLICO - PROVA OBJETIVA: 07 de setembro de 2015 NÍVEL ALFABETIZADO VIGIA Nome do Candidato: Nº de Inscrição: Assinatura INSTRUÇÕES AO CANDIDATO

Leia mais

RESIDÊNCIA MÉDICA Concurso de Admissão Prova Escrita Dissertativa (16/11/2014) NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA COREME / FCM / COMVEST

RESIDÊNCIA MÉDICA Concurso de Admissão Prova Escrita Dissertativa (16/11/2014) NEUROFISIOLOGIA CLÍNICA COREME / FCM / COMVEST NOME INSCRIÇÃO SALA LUGAR DOCUMENTO DATA DE NASC PROVA ESCRITA Neurofisiologia Clínica ESPECIALIDADE ASSINATURA DO CANDIDATO LOTE SEQ UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS Faculdade de Ciências Médicas RESIDÊNCIA

Leia mais

NÃO ESCREVA NESTE ESPAÇO

NÃO ESCREVA NESTE ESPAÇO Concurso Público de Provas e Títulos 002. Prova escrita subjetiva teórica Assinatura do Candidato Defensor Público Você recebeu este caderno contendo 5 questões dissertativas. Confira seu nome e número

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 2014 PROVA TIPO 1 Cargo de Nível Médio: Código: 03 REVISOR DE TEXTO EM BRAILLE 2014 Universidade Federal de Alagoas (Edital nº 025/2014)

Leia mais

MÚSICA PROVA DE PERCEPÇÃO MUSICAL. 1 a Etapa CADERNO

MÚSICA PROVA DE PERCEPÇÃO MUSICAL. 1 a Etapa CADERNO MÚSICA PROVA DE PERCEPÇÃO MUSICAL 1 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. CADERNO 1 Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Antes de começar a fazer esta prova, Verifique se este Caderno de Prova

Leia mais

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ENGENHARIA) 2 a FASE

PROVA DISCURSIVA - PROFISSIONAL BÁSICO (FORMAÇÃO DE ENGENHARIA) 2 a FASE 24 BNDES EDITAL N o N 02/2011 o 01/2012 - () 2 a FASE LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você recebeu do fiscal o seguinte material: a) este CADERNO DE QUESTÕES, com os enunciados das 5 (cinco)

Leia mais

Jundiaí, 02 de Maio de Informações sobre o processo seletivo do Colégio de Música Cristão referente ao 2º semestre de 2015.

Jundiaí, 02 de Maio de Informações sobre o processo seletivo do Colégio de Música Cristão referente ao 2º semestre de 2015. Jundiaí, 02 de Maio de 2015 Informações sobre o processo seletivo do Colégio de Música Cristão referente ao 2º semestre de 2015. A todos os candidatos dos cursos de instrumento, canto, áudio tetro, filmagem

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2017 APTIDÃO MUSICAL CURSO DE EDUCAÇÃO MUSICAL, TÉCNICO EM CANTO E INSTRUMENTO MUSICAL.

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2017 APTIDÃO MUSICAL CURSO DE EDUCAÇÃO MUSICAL, TÉCNICO EM CANTO E INSTRUMENTO MUSICAL. CONSERVATÓRIO ESTADUAL DE MÚSICA "MAESTRO MARCILIANO BRAGA Criado pelo Decreto nº 24331 publicado no Minas Gerais de 23/03/1985 Praça João Pessoa, 137 Tel.: (35) 3221-1371 Varginha CEP 37014-200 Minas

Leia mais

Michele David da Cruz. Desenho Técnico. 1ª Edição.

Michele David da Cruz. Desenho Técnico. 1ª Edição. Michele David da Cruz Desenho Técnico 1ª Edição www.editoraerica.com.br 1 Sumário Capítulo 1 - Aplicação e Classificação de Desenhos Técnicos... 11 1.1 Aplicação de desenhos técnicos... 11 1.2 Classificação...

Leia mais

19 julho e 09 setembro 13. Sala G.3.4 Universidade Lusófona, Campo Grande, 376, Lisboa

19 julho e 09 setembro 13. Sala G.3.4 Universidade Lusófona, Campo Grande, 376, Lisboa CONCURSO DE DESENHO Departamento de Arquitetura da ECATI (CET de Desenho; Pós-Graduação em Revitalização e Gestão de Núcleos Históricos; Mestrado Integrado em Arquitetura) Paixão pelo Desenho, Arquitetura-Desenhada

Leia mais

» INTRODUÇÃO. Realização de Provas e Exames JNE/2015 Alunos com Necessidades Educativas Especiais, da

» INTRODUÇÃO. Realização de Provas e Exames JNE/2015 Alunos com Necessidades Educativas Especiais, da INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA MATEMÁTICA PROVA 52 2015 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO Este documento foi construído de acordo com a Informação

Leia mais

Levando em consideração a descrição das reações, responda aos subitens que seguem.

Levando em consideração a descrição das reações, responda aos subitens que seguem. Prova Discursiva - 2º dia Química Le i a a te n ta m e n te a s i n s tr uç õ e s : 1ð Preencha integralmente, na parte inferior desta capa, o espaço próprio para Identificação do Candidato. Você será

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2010

PROCESSO SELETIVO 2010 PROCESSO SELETIVO 2010 Prova: 06/12/2009 Início: 14h00 Duração: 4 horas Caderno de Questões Nome do(a) candidato(a): Nº de inscrição: ATENÇÃO: Antes de iniciar a prova, leia atentamente as instruções a

Leia mais

Prova Final de Matemática

Prova Final de Matemática PROVA FINAL DO 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Matemática/Prova 62/1.ª Chamada/2012 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome completo Documento de identificação CC n.º ou BI

Leia mais

ARTES PLÁSTICAS LICENCIATURA

ARTES PLÁSTICAS LICENCIATURA assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 1. a Transferência Facultativa/2011 ARTES PLÁSTICAS LICENCIATURA Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 Confira

Leia mais

Caderno de Prova. Professor de Educação Física. Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação

Caderno de Prova. Professor de Educação Física. Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação Concurso Público Edital 00/ http://educa.fepese.org.br Caderno de Prova outubro de outubro das 5 às 8 h h de duração* questões S5

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL EDITAL 05/2015

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL EDITAL 05/2015 Este caderno contém o Tema da Redação, conforme o conteúdo programático estabelecido no Edital 05/2015. Use como rascunho o modelo reproduzido ao final deste caderno. Ao receber a FOLHA DEFINITIVA DE REDAÇÃO

Leia mais

UFT/COPESE Vestibular

UFT/COPESE Vestibular QUESTÃO 01 João Filgueiras Lima (1932-2014), apelidado Lelé, foi um arquiteto que participou como protagonista no movimento moderno da arquitetura brasileira. Atuou em diversos projetos, em diferentes

Leia mais

COMBUSTÍVEL DO SUCESSO,

COMBUSTÍVEL DO SUCESSO, O Reitor da Universidade do oeste de Santa Catarina Unoesc, Prof. Aristides Cimadon, no uso de suas atribuições, torna público o Concurso Fotográfico denominado O COMBUSTÍVEL DO SUCESSO, evento relativo

Leia mais

CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS VOLTA REDONDA - Gabarito

CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS VOLTA REDONDA - Gabarito . UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2010 e 1 o semestre letivo de 2011 CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS VOLTA REDONDA - Gabarito INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Verifique se este

Leia mais

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES

Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva INSTRUÇÕES Políticas e Práticas de Comunicação e Saúde Pesquisador em Saúde Pública Prova Discursiva 1. Você recebeu do fiscal o seguinte material: INSTRUÇÕES a) Este Caderno de Questões contendo o enunciado das

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 12.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) PROVA 706/7 Págs. Duração da prova: 150 minutos 2007 1.ª FASE PROVA PRÁTICA DE DESENHO A V.S.F.F.

Leia mais

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (com recurso à calculadora)

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (com recurso à calculadora) PROVA FINAL DO 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Matemática/Prova 62/2.ª Chamada/2012 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro A PREENCHER PELO ESTUDANTE Nome completo Documento de identificação CC n.º ou BI

Leia mais

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S CONCURSO PÚBLICO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS C A D E R N O D E P R O V A S CADERNO 3 ESPECIALIDADE: ANALISTA DE SISTEMAS/ÁREA III (SUPORTE TÉCNICO) PROVA: CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Leia mais

EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano

EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano 2016/2017 Projecto 1: IDENTIFICAÇÂO DA CAPA INDIVIDUAL Objetivo Geral: Com o recurso de uma foto do estudante e uma imagem de gosto pessoal através da técnica da colagem resultará

Leia mais

Instruções. Física. Interpretar as questões faz parte da avaliação; portanto, não adianta pedir esclarecimentos aos Fiscais.

Instruções. Física. Interpretar as questões faz parte da avaliação; portanto, não adianta pedir esclarecimentos aos Fiscais. 1 2 Instruções Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

A prova é constituída por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno 2), sendo permitido o uso de calculadora apenas no Caderno 1.

A prova é constituída por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno 2), sendo permitido o uso de calculadora apenas no Caderno 1. INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA MATEMÁTICA Prova 82 2015 3º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova final a

Leia mais

AGRONOMIA. Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

AGRONOMIA. Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 Confira atentamente se

Leia mais

... RIO DE JANEIRO, 14 DE DEZEMBRO DE 2008

... RIO DE JANEIRO, 14 DE DEZEMBRO DE 2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II DIRETORIA-GERAL SECRETARIA DE ENSINO EXAME DE SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CANDIDATOS À MATRÍCULA NO PROVA DE MATEMÁTICA 2009 UNIDADE ESCOLAR NOME DO(A) CANDIDATO(A):......

Leia mais

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora)

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora) Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Prova 62/2.ª Fase/2014 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura do Aluno CC

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1 o SEMESTRE 2013

PROCESSO SELETIVO 1 o SEMESTRE 2013 PROCESSO SELETIVO 1 o SEMESTRE 2013 CADERNO 1 PROVA DE REDAÇÃO ATENÇÃO Leia as instruções deste Caderno. Elas fazem parte da sua prova 1. Este caderno contém as instruções para a Prova de Redação em Língua

Leia mais