ANEXO I CARGOS DA ÁREA DE ATIVIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA PREFEITURA DE BELO HORIZONTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO I CARGOS DA ÁREA DE ATIVIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA PREFEITURA DE BELO HORIZONTE"

Transcrição

1 LEI Nº xxxx DE 2016 Institui o Plano de Carreira dos Servidores da Área de Atividades de Assistência Social da Prefeitura de Belo Horizonte, estabelece a respectiva Tabela de Vencimentos e dá outras providências. O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Esta Lei institui o Plano de Carreira dos Servidores da Área de Atividades de Assistência Social da Prefeitura de Belo Horizonte. Art. 2º - O número dos cargos públicos que integram o Plano de Carreira dos Servidores da Área de Atividades de Assistência Social é o constante do Anexo I, sendo os respectivos níveis de escolaridade e as áreas de atuação os constantes do Anexo II desta Lei. ANEXO I CARGOS DA ÁREA DE ATIVIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DA PREFEITURA DE BELO HORIZONTE Área Números de Cargos Psicologia 339-6= 333 Serviço Social 414-6= 408 Letras/Português 4-1=3 Historia 9-1=8 Geografia11/geógrafo =5 Biblioteconomia 66-63=3 Cooperativismo Ciências Econômicas =0 Ciências Contábeis 24-23=1 Administração 53-47=6 Arquitetura 1 Filosofia 8-5=3 Pedagogia 11-6=5 Ciências Sociais Educação Física 31-20= =0 Educador Social 30 Fonte: Decreto /12 (inclusos o número de cargos lotados na secretaria de Políticas Sociais e excluídos o número de cargos lotados na secretaria de planejamento), dados das secretarias informados pela GERT em 25/11/2016.

2 ANEXO II DESCRIÇÃO DOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO DA ÁREA DE ATIVIDADES DE ASISTÊNCIA SOCIAL DA PREFEITURA DE BELO HORIZONTE I - PSICOLOGO II ASSISTENTE SOCIAL III - LETRÓLOGO HABILITAÇÃO: Ensino Superior completo, em nível de bacharelado ou licenciatura, nas áreas a serem definidas IV HISTORIADOR V GEOGRAFO VI BIBLIOTECÁRIO VII - COOPERATIVISTA

3 VIII CONTADOR IX ADMINISTRADOR X ARQUITETO XI FILOSOFO XII PEDAGOGO XIIII SOCIOLOGO XIV EDUCADOR SOCIAL

4 HABILITAÇÃO: Ensino médio completo, em nível técnico (?), nas áreas a serem definidas no regulamento desta Lei. CARGA HORÁRIA: 8 (seis) horas diárias. Questões: 6 horas para todas as formações? Educador com nível médio técnico em que? Entraria outras formações superiores? e de nível médio? Art. 3º - O vencimento-base dos cargos que integram o Plano de Carreira dos Servidores da Área de Atividades de Assistência Social é o constante do Anexo III.

5 ANEXO III TABELA DE VENCIMENTOS-BASE DOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO DE NÍVEL SUPERIOR COM JORNADA DE 6 HORAS DIÁRIAS CLASSES E D C B A Tabela de Vencimentos-base dos cargos de provimento efetivo dos cargos de nível superior com jornada de 6 horas diárias NIVEIS DE VENCIMENTOS-BASE , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,16 CRITÉRIO NIVEIS 3% CLASSES 15% Observação: Vencimento A1 referente ao vencimento do Analista a partir de dezembro de 2016 conforme lei /15

6 TABELA DE VENCIMENTOS-BASE DOS CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO DE NÍVEL MÉDIO COM JORNADA DE 8 HORAS DIÁRIAS CLASSES E D C B A Tabela de Vencimentos-base dos cargos de provimento efetivo dos cargos de nível médio com jornada de 8 horas diárias NIVEIS , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,84 CRITÉRIO NIVEIS 3% CLASSES 15% Observação: Vencimento A1 referente ao vencimento do Analista a partir de dezembro de 2016 conforme lei /15

7 Da opção pelo Plano de Carreira Art. 4º - Poderão optar por este Plano de Carreira os servidores oriundos dos cargos de Analistas de Políticas públicas e Educador social integrantes da lei 8690/03, que estejam lotados na Secretaria de Políticas Sociais e suas adjuntas, assim como, os servidores lotados nas secretarias regionais e os servidores cedidos em outros órgãos ou licenciados. Parágrafo primeiro: Os servidores que optarem por este Plano de Carreira serão posicionados nos níveis deste Plano de Carreira tendo como base o tempo de efetivo exercício na prefeitura de Belo Horizonte. Parágrafo segundo: Os servidores que optarem por este Plano de Carreira serão posicionados nas classes deste Plano de Carreira tendo como base a titulação oriunda de sua progressão funcional por escolaridade que não será submetida a nova avaliação. Art. 5º - O servidor da lei 8690/03 terá 6 (seis) meses para se manifestar sobre a opção por esta lei a partir da data de publicação da mesma. Do Ingresso na Carreira Art. 5º - O ingresso no Plano de Carreira que trata esta lei ocorrerá mediante concurso público, resguardado os casos mencionados no artigo 4 desta lei. 1º - Considera-se: I - nível: a posição do servidor público no escalonamento horizontal desta Carreira; II - classe: a posição do servidor público no escalonamento vertical desta Carreira, segmentado em letras, com os mesmos requisitos de capacitação e a mesma natureza, complexidade, atribuições e responsabilidades. 2 - O concurso público previsto no caput deste artigo será de caráter eliminatório e classificatório e poderá conter as seguintes etapas sucessivas, conforme dispuser o regulamento: I - provas ou provas e títulos; II - prova de aptidão psicológica e/ou psicotécnica; III - curso específico de formação profissional. 3 - O concurso público referido no caput deste artigo é destinado ao provimento das vagas respectivas existentes no quadro de pessoal da Secretaria Municipal de Políticas Sociais, suas Secretarias Adjuntas e as Secretarias Regionais. Da Progressão funcional Art. 6 - Para os fins desta Lei, entende-se por progressão funcional a evolução horizontal do servidor público para o nível de vencimento-base imediatamente superior dentro de uma mesma classe, cada uma contendo 15 (quinze) níveis, conforme as Tabelas do Anexo III desta Lei.

8 1 - A progressão funcional decorrerá da aprovação do servidor público em procedimento avaliatório específico, cujos requisitos e condições serão fixados em regulamento especifico definido pelo Conselho de Administração de Pessoal - CONAP respeitados os seguintes conceitos: I- avaliação de desempenho periódica: mensuração do desempenho do servidor no cumprimento das atribuições de seu cargo público; 1º - O servidor da Área de Atividades de Assistência Social da PBH será submetido à avaliação de desempenho prevista no inciso III do art. 91 da Lei nº 7.169/96. II- ciclo avaliatório de desempenho: conjunto das avaliações de desempenho periódicas realizadas ao longo de cada um dos períodos mínimos definidos no 2 deste artigo para os fins de sua progressão funcional. III- III - não ter faltado, sem justificativa, a mais de 5 (cinco) dias do interstício correspondente ao procedimento de avaliação de desempenho para fins de progressão funcional em curso e/ou nesse interregno não sofrer punição disciplinar de qualquer natureza aplicada pela Corregedoria Geral do Município em decorrência de decisão proferida em procedimento administrativo disciplinar; 2 - Para os fins da progressão funcional, o servidor público estável será submetido a procedimento avaliatório específico, devendo cumprir os seguintes tempos de serviço em seu cargo público: Nível de vencimento-base em que estiver posicionado o servidor público Níveis 2 a 4 Níveis 5 a 9 Níveis 10 a 15 Tempo de efetivo exercício de cada ciclo avaliatório de desempenho, necessário para a progressão funcional 730 (setecentos e trinta) dias 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias (um mil e noventa e cinco) dias Da Promoção funcional Art. 6 - Para os fins desta Lei, promoção é a evolução vertical do servidor público da classe em que estiver posicionado para a classe subseqüente e para o nível de vencimento-base cujo valor seja igual ou maior ao do nível imediatamente superior ao atribuído ao servidor na classe antecedente. 1 - A promoção na Carreira disciplinada por esta Lei é segmentada em classes, correspondentes às letras 'A' a 'E', cada uma composta por 15 (quinze) níveis de vencimentosbase da progressão funcional, conforme as Tabelas do Anexo III desta Lei. 2 - Para concorrer à promoção o integrante deste Plano de Carreira deverá preencher, cumulativamente, os seguintes requisitos: I - encontrar-se em efetivo exercício das atribuições do cargo;

9 II - ter sido aprovado na última avaliação de desempenho periódica e no último ciclo avaliatório a que tiver se submetido para os fins de sua progressão funcional; 3 - o servidor fará jus a classes na Tabela de Vencimentos por conclusão de curso de nível de escolaridade superior ao exigido para o seu cargo de provimento efetivo, desde que a ele diretamente relacionado, conforme dispuser o CONAP, nos seguintes limites: I - curso de doutorado, com tese aprovada - 1 (uma) classe; II - curso de mestrado, com dissertação aprovada - 1 (uma) classe; III - curso de especialização, sendo 1 (uma) classe por curso, relacionado com as áreas de Assistência Social, a serem definidos pelo CONAP, no limite de até 3 (três) classes; IV curso de graduação, sendo 2 (duas) classes por curso, no limite de 1; Parágrafo Único: O curso de graduação será computado apenas para os cargos de nível médio; IV Formação Complementar, com apresentação de Certificados constando carga horária, no limite de até 2 (duas) Classes; Parágrafo primeiro: Compreende-se como formação complementar: Seminários, palestras, oficinas, congressos, cursos de formação continuada, cursos de capacitação profissional, cursos de formação relacionados à política de assistência social, curso disponibilizados pela secretaria de Políticas Sociais e suas adjuntas. Parágrafo segundo: A carga horária exigida para que o servidor ascenda de uma classe a outra por formação complementar será de 360 horas para cada classe. Parágrafo terceiro: O servidor poderá apresentar anualmente até 100 horas de formação complementar para que o tempo seja computado em sua pasta funcional, ao atingir as 360 horas necessárias para a ascensão o mesmo abrirá processo administrativo solicitando a alteração de classe. Parágrafo quarto: A gestão municipal terá que disponibilizar 100 horas de formação complementar anual a todos os servidores. Parágrafo quinto: O servidor poderá computar até 100 horas de formação livre em cada classe por formação complementar. Das gratificações Art.7 - Fica instituída a Gratificação Por Execução de atividades meio, parcela pecuniária mensal no valor equivalente a 5% (cinco por cento) do vencimento base atribuído aos ocupantes do Plano de Carreira da Área de Atividades de Assistência Social que estejam em efetivo exercício de suas atribuições e que, executem atividades técnicas no âmbito da Política de Assistência Social em unidades administrativas. Art.8 - Fica instituída a Gratificação Por Execução de atividades fins, parcela pecuniária mensal no valor equivalente a 15% (quinze por cento) do vencimento base atribuído aos ocupantes do Plano de Carreira da Área de Atividades de Assistência Social que estejam em efetivo exercício de suas atribuições e que, executem atividades de atendimento ao público da Política de Assistência Social nos equipamentos administrativos.

10 Art.9 - Fica instituída a Gratificação Por Execução de atividades fins de campo, parcela pecuniária mensal no valor equivalente a 20% (vinte por cento) do vencimento base atribuído aos ocupantes do Plano de Carreira da Área de Atividades de Assistência Social que estejam em efetivo exercício de suas atribuições e que, executem atividades de atendimento ao público da Política de Assistência Social em campo. Art.10 - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.

NOVO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES MÉDICOS DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE

NOVO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES MÉDICOS DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE NOVO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES MÉDICOS DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE LEI Nº 10.948, DE 13 DE JULHO DE 2016 (Originária do Projeto de Lei n.º 1.908/2016, da autoria do Executivo) Objetivo da lei

Leia mais

Art. 3º A Carreira dos Profissionais do Serviço de Trânsito é composta por 03 (três) cargos:

Art. 3º A Carreira dos Profissionais do Serviço de Trânsito é composta por 03 (três) cargos: EI N 8.912, DE 27 DE JUNHO DE 2008. Autor: Poder Executivo Reestrutura a Carreira dos Profissionais do Serviço de Trânsito do Estado de Mato Grosso do Departamento Estadual de Trânsito - DETRAN/MT, e dá

Leia mais

LEI N o 18802, de 31 de março 2010

LEI N o 18802, de 31 de março 2010 LEI N o 18802, de 31 de março 2010 Reajusta os valores das tabelas de vencimento básico das carreiras do Poder Executivo que menciona e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, O

Leia mais

DECRETO /2016 REGULAMENTAÇÃO DA EVOLUÇÃO FUNCIONAL

DECRETO /2016 REGULAMENTAÇÃO DA EVOLUÇÃO FUNCIONAL DECRETO 56.795/2016 REGULAMENTAÇÃO DA EVOLUÇÃO FUNCIONAL Regulamenta o desenvolvimento dos integrantes do Quadro dos Profissionais Técnicos da Guarda Civil Metropolitana QTG na carreira, por meio da promoção

Leia mais

LEI N , DE 25 DE AGOSTO DE 2008 O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

LEI N , DE 25 DE AGOSTO DE 2008 O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI N. 2.021, DE 25 DE AGOSTO DE 2008 Institui o Plano de Carreira e Remuneração dos profissionais de nível superior ocupantes dos cargos de engenheiro, tecnólogo, arquiteto, geógrafo, geólogo, médico

Leia mais

DECRETO Nº , DE 8 DE MAIO DE 2006.

DECRETO Nº , DE 8 DE MAIO DE 2006. DECRETO Nº 44.291, DE 8 DE MAIO DE 2006. Dispõe sobre a promoção por escolaridade adicional de que trata o art. 22 da Lei nº 15.293, de 5 de agosto de 2004, para os servidores das carreiras dos Profissionais

Leia mais

Institui as carreiras do Grupo de Atividades de Saúde do Poder Executivo.

Institui as carreiras do Grupo de Atividades de Saúde do Poder Executivo. Norma: LEI 15462 2005 Data: 13/01/2005 Institui as carreiras do Grupo de Atividades de Saúde do Poder Executivo. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS O Povo do Estado de Minas Gerais, por seus representantes,

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS LEI COMPLEMENTAR Nº 79, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS LEI COMPLEMENTAR Nº 79, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O Autor: Poder Executivo LEI COMPLEMENTAR Nº 79, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O. 13.12.00. Dispõe sobre o subsídio dos integrantes do Grupo TAF - Tributação, Arrecadação e Fiscalização. O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

Documento apreciado e aprovado pelo CAEX como lavrado em Ata. 1

Documento apreciado e aprovado pelo CAEX como lavrado em Ata. 1 RESOLUÇÃO DO CONSELHO ACADÊMICO DE EXTENSÃO REGULAMENTO PARA OS CURSOS DE EXTENSÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO CAPÍTULO I CARACTERIZAÇÃO Art.1º - Os Cursos

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 1.217, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013

LEI COMPLEMENTAR Nº 1.217, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013 LEI COMPLEMENTAR Nº 1.217, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2013 Altera a Lei Complementar nº 1.111, de 25 de maio de 2010, que institui o Plano de Cargos e Carreiras dos servidores do Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL 1 LEI Nº 5.351, DE 4 DE JUNHO DE 2014 (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Dispõe sobre a criação da carreira Socioeducativa no Quadro de Pessoal do Distrito Federal e dá outras providências. O GOVERNADOR

Leia mais

BHTRANS Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte

BHTRANS Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte BHTRANS Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte Evolução na Carreira A forma de evolução na carreira de cada categoria funcional, indicando critérios percentuais, interstícios, teto possível

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTAL DO PARANÁ GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTAL DO PARANÁ GABINETE DO PREFEITO _ LEI N 1162,12 DE ABRIL DE 2011. SÚMULA: Altera a Lei 653/06 A CÂMARA MUNICIPAL DE PONTAL DO PARANÁ, ESTADO DO PARANÁ, APROVOU E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: Art. 1. O art. 8 da Lei

Leia mais

Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial

Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial LEI N 991 DE 6 DE MAIO DE 2015. Reajusta os valores constantes dos anexos I a VII da Lei nº 153, de 01 de outubro de 1996, e suas alterações,

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS (DGP)

DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS (DGP) DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS (DGP) DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO E PROJETOS ESPECIAIS- (DDPE) COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL (CODEPE) Lei nº 11.091, 12 de janeiro de 2005. Dispõe sobre a

Leia mais

b) aos demais aplicar-se-á, para fins de cálculo das aposentadorias e pensões, o disposto na Lei n o , de 18 de junho de 2004.

b) aos demais aplicar-se-á, para fins de cálculo das aposentadorias e pensões, o disposto na Lei n o , de 18 de junho de 2004. LEI Nº 12.277, DE 30 DE JUNHO DE 2010. Dispõe sobre a instituição do Adicional por Participação em Missão no Exterior, a remuneração dos cargos de Atividades Técnicas da Fiscalização Federal Agropecuária

Leia mais

Lei Complementar Municipal Nº , de 28 de maio de 2014.

Lei Complementar Municipal Nº , de 28 de maio de 2014. Lei Complementar Municipal Nº. 1.463, de 28 de maio de 2014. Da nova redação a artigos que menciona e dá outras providências. O Povo do Município de Águas Formosas, Estado de Minas Gerais, por seus representantes

Leia mais

LEI Nº , DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006

LEI Nº , DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006 CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação LEI Nº 11.416, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre as Carreiras dos Servidores do Poder Judiciário da União; revoga as Leis nºs 9.421, de 24

Leia mais

TIRA DÚVIDAS SOBRE O PCCV DOS MÉDICOS PBH/HOB

TIRA DÚVIDAS SOBRE O PCCV DOS MÉDICOS PBH/HOB TIRA DÚVIDAS SOBRE O PCCV DOS MÉDICOS PBH/HOB 1- Como ficam as férias-prêmio com o novo Plano? A lei n.º 10.948/2016 que reestrutura a carreira dos servidores médicos não faz referência às férias-prêmio.

Leia mais

ANEXO V RESOLUÇÃO PGJ N.º 04, DE 17 DE JANEIRO DE 2012

ANEXO V RESOLUÇÃO PGJ N.º 04, DE 17 DE JANEIRO DE 2012 1 ANEXO V RESOLUÇÃO PGJ N.º 04, DE 17 DE JANEIRO DE 2012 Regulamenta a remoção de servidores ocupantes dos cargos efetivos dos Quadros Permanente e Especial dos Serviços Auxiliares do Ministério Público

Leia mais

Comentários sobre a LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE Na pratica a lei trouxe pouco benefício, exceto os aumentos.

Comentários sobre a LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE Na pratica a lei trouxe pouco benefício, exceto os aumentos. Comentários sobre a LEI Nº 12.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 Na pratica a lei trouxe pouco benefício, exceto os aumentos. Demais vantagens como Reconhecimento de Saberes e Competências RSC que permite

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ. FAÇO saber que o Poder Legislativo do Estado decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I

O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ. FAÇO saber que o Poder Legislativo do Estado decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I LEI ORDINÁRIA Nº 5.673 DE 1 DE AGOSTO DE 2007 Dispõe sobre o Plano de Cargos e Salários do Quadro Efetivo de Pessoal do Tribunal de Contas do Estado do Piauí. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ FAÇO saber

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 430, DE 1º DE JULHO DE 2010

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 430, DE 1º DE JULHO DE 2010 RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 430, DE 1º DE JULHO DE 2010 Institui o Plano de Cargos, Salários e Carreiras dos servidores da Controladoria Geral do Estado do Rio Grande do Norte, e dá outras

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE SEROPÉDICA, Estado do Rio de Janeiro, faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono a seguinte Lei.

O PREFEITO MUNICIPAL DE SEROPÉDICA, Estado do Rio de Janeiro, faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono a seguinte Lei. De 14 de dezembro de 2005 LEI N 316/05 Dispõe sobre o Plano de Carreiras e Remuneração dos Profissionais da Educação do Município de Seropédica. O PREFEITO MUNICIPAL DE SEROPÉDICA, Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

PROJETO CARREIRA POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - PPGG QUADRO COMPARATIVO: PROPOSTA DO GDF X PROPOSTA SINDIRETA E ASSOCIAÇÕES

PROJETO CARREIRA POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - PPGG QUADRO COMPARATIVO: PROPOSTA DO GDF X PROPOSTA SINDIRETA E ASSOCIAÇÕES PROJETO CARREIRA POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - PPGG QUADRO COMPARATIVO: PROPOSTA DO GDF X PROPOSTA SINDIRETA E ASSOCIAÇÕES PROPOSTA GDF - CARREIRA PPGG PROPOSTA SINDIRETA - CARREIRA PPGG

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE COLOMBO GABINETE DA PREFEITA LEI Nº 1349/2014

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE COLOMBO GABINETE DA PREFEITA LEI Nº 1349/2014 ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE COLOMBO GABINETE DA PREFEITA LEI Nº 1349/2014 Dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores do Quadro Geral da Administração Direta e Indireta

Leia mais

EDITAL/FMC Nº 01/2016 RETIFICAÇÃO DO INÍCIO DAS INSCRIÇÕES

EDITAL/FMC Nº 01/2016 RETIFICAÇÃO DO INÍCIO DAS INSCRIÇÕES EDITAL/FMC Nº /26 RETIFICAÇÃO DO INÍCIO DAS INSCRIÇÕES O Presidente da Fundação Municipal de Cultura, no uso de suas atribuições, comunica as alterações no Edital Nº /26, publicado no Diário Oficial do

Leia mais

C O N C U R S O P Ú B L I C O. Cargos, Vagas Oferecidas, Carga Horária e Salário Base

C O N C U R S O P Ú B L I C O. Cargos, Vagas Oferecidas, Carga Horária e Salário Base Cargos, Vagas Oferecidas, Carga Horária e Salário Base LOCALIDADE: PREFEITURA MUNICIPAL DE CAUCAIA CE 1 Agente de Suporte a Fiscalização Ensino Médio completo e CNH 20 1 60 Analista de Planejamento e Gestão

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento visa normatizar as Atividades Complementares do Curso de História. Parágrafo único As Atividades Complementares

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 634/2010

RESOLUÇÃO Nº 634/2010 Publicação: 19/05/2010 DJE: 18/05/2010 RESOLUÇÃO Nº 634/2010 Regulamenta a concessão do Adicional de Desempenho, ADE, aos servidores efetivos dos Quadros de Pessoal da Secretaria do Tribunal de Justiça

Leia mais

Art. 1º - Aprovar as normas que regulamentam os critérios para Promoção e Progressão na Carreira do Magistério Superior.

Art. 1º - Aprovar as normas que regulamentam os critérios para Promoção e Progressão na Carreira do Magistério Superior. Dispõe sobre Normas e Critérios para Promoção e Progressão na Carreira do Magistério Superior. O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso de suas atribuições, de acordo com o

Leia mais

LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012

LEI Nº , DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 CÂMARA DOS DEPUTADOS Centro de Documentação e Informação LEI Nº 12.772, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2012 Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal; sobre a Carreira do Magistério

Leia mais

SÍNTESE DA PROPOSTA DO PCCV O TEXTO DA LEI DEVE SER ELABORADO DEPOIS DE PACTUADO SEU CONTEÚDO

SÍNTESE DA PROPOSTA DO PCCV O TEXTO DA LEI DEVE SER ELABORADO DEPOIS DE PACTUADO SEU CONTEÚDO SÍNTESE DA PROPOSTA DO PCCV O TEXTO DA LEI DEVE SER ELABORADO DEPOIS DE PACTUADO SEU CONTEÚDO 1) Carreira formada pelo cargo de Segurança Municipal sub-dividido EM Guarda Municipal, Guarda Municipal Supervisor

Leia mais

Procuradoria Geral do Município

Procuradoria Geral do Município LEI Nº 2.461, DE 09 DE ABRIL DE 2012. Institui o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos dos Auditores Fiscais da Fazenda Municipal - PCAFM, carreira específica conforme dispõe os incisos XVIII e XXII,

Leia mais

LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003. O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003. O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003 Institui o Plano de Carreira dos Servidores da Área de Atividades de Administração Geral da Prefeitura de Belo Horizonte, estabelece a respectiva Tabela de Vencimentos

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

PROJETO DE LEI CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES PROJETO DE LEI Cria a Carreira de Analista Executivo no âmbito do Poder Executivo e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 o Fica criada, no

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSELHO DIRETOR Nº 021/10 (Processo nºª 9062/08)

RESOLUÇÃO CONSELHO DIRETOR Nº 021/10 (Processo nºª 9062/08) RESOLUÇÃO CONSELHO DIRETOR Nº 021/10 (Processo nºª 9062/08) Dispõe sobre a Estruturação do Plano de Classificação de Cargos e Carreiras do corpo técnico-administrativo da Fundação Santo André, estabelece

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS FAFIBE

FACULDADES INTEGRADAS FAFIBE FACULDADES INTEGRADAS FAFIBE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2010 Agosto de 2009 As Faculdades Integradas Fafibe, tendo como Mantenedora a Associação de Educação e Cultura do Norte Paulista, faz saber aos

Leia mais

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA

DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA DESIGNAÇÃO / NOMEAÇÃO PARA FUNÇÃO DE CHEFIA Cód.: DFG Nº: 44 Versão: 10 Data: 13/07/2016 DEFINIÇÃO Ato de investidura do servidor no exercício de função de confiança integrante do quadro de chefias da

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED RESOLUÇÃO N.º 1.434/2016 GS/SEED Dispõe sobre a pontuação dos eventos de formação e/ou qualificação profissional e produção do professor da Rede Estadual de Educação Básica do Estado do Paraná. O Secretário

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DISPOSIÇÃO PRELIMINAR

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DISPOSIÇÃO PRELIMINAR LEI 14.695 / 2003 Data: 30/07/2003 Cria a Superintendência de Coordenação da Guarda Penitenciária, a Diretoria de Inteligência Penitenciária e a carreira de Agente de Segurança Penitenciário e dá outras

Leia mais

lei complementar 1.158, de

lei complementar 1.158, de Página 1 de 11 LEI COMPLEMENTAR Nº 1.158, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2011 Dispõe sobre a reclassificação dos vencimentos e salários dos servidores integrantes das classes regidas pela Lei Complementar nº 1.080,

Leia mais

LEI N 873 / 2008 DE 04 DE ABRIL DE O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais,

LEI N 873 / 2008 DE 04 DE ABRIL DE O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE CAMAÇARI, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições legais, LEI N 873 / 2008 DE 04 DE ABRIL DE 2008 Institui o Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos dos Servidores do Magistério Público do Município de Camaçari, e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

Faço saber a todos os habitantes deste Estado que a Assembleia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber a todos os habitantes deste Estado que a Assembleia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 16.861, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2015 Disciplina a admissão de pessoal por prazo determinado no âmbito do Magistério Público Estadual, para atender à necessidade temporária de excepcional interesse

Leia mais

Prefeitura Municipal de Acaiaca

Prefeitura Municipal de Acaiaca LEI COMPLEMENTAR N 06/2013 Transforma empregos em cargos públicos e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ACAIACA Faço saber que a Câmara Municipal de Acaiaca aprovou, e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ UNOCHAPECÓ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ UNOCHAPECÓ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA REGIONAL DE CHAPECÓ UNOCHAPECÓ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE

Leia mais

PORTARIA Nº 524, DE 15 DE AGOSTO DE 2002

PORTARIA Nº 524, DE 15 DE AGOSTO DE 2002 PORTARIA Nº 524, DE 15 DE AGOSTO DE 2002 Dispõe sobre a regulamentação da Gratificação de Desempenho de Atividade do Ciclo de Gestão - GCG. O SECRETÁRIO EXECUTIVO DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº. 119 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010.

LEI COMPLEMENTAR Nº. 119 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010. LEI COMPLEMENTAR Nº. 119 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010. Estabelece e regulamenta a atribuição de adicionais e a concessão de gratificações gerais aos servidores públicos da Administração Direta, Autárquica

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Reorganiza as atribuições gerais e as classes dos cargos da Carreira Policial Federal, fixa a remuneração e dá outras providências.

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº1148, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011

LEI COMPLEMENTAR Nº1148, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 1 São Paulo, 121 (176) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I sexta-feira, 16 de setembro de 2011 LEI COMPLEMENTAR Nº1148, DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 Altera a Lei complementar nº 1.044, de 13 de maio

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO:

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Lei Complementar nº 1.125, de 1º de julho de 2010 Cria o Quadro de Pessoal da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de do Estado de São Paulo QP-ARTESP e dá providências correlatas. O GOVERNADOR

Leia mais

RESOLUÇÃO N 027, DE 25 DE OUTUBRO DE 2013

RESOLUÇÃO N 027, DE 25 DE OUTUBRO DE 2013 RESOLUÇÃO N 027, DE 25 DE OUTUBRO DE 2013 Aprova os procedimentos para avaliação de desempenho dos servidores docentes para fins de progressão e promoção na carreira, conforme o disposto na Lei nº 12.772/2012

Leia mais

...SINPOL...SINPAP...APO...ADEPOL... PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016

...SINPOL...SINPAP...APO...ADEPOL... PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016 ...SINPOL...SINPAP...APO...ADEPOL... PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016 Dispõe sobre a promoção na carreira da Polícia Civil e da outras providencias. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, faz

Leia mais

ANTEPROJETO DE LEI COMPLEMENTAR

ANTEPROJETO DE LEI COMPLEMENTAR ANTEPROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Institui o Plano de Carreiras, de Empregos Públicos e Sistema Retribuitório dos servidores do Centro Estadual de Educação Tecnológica "Paula Souza" - CEETEPS, e dá outras

Leia mais

Artigo 1º - O inciso II do artigo 6º e o caput do artigo 50, ambos da Lei Municipal 1468/2011, passam a vigorar com as seguintes alterações:

Artigo 1º - O inciso II do artigo 6º e o caput do artigo 50, ambos da Lei Municipal 1468/2011, passam a vigorar com as seguintes alterações: , de Corumbataí, Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal de Corumbataí aprovou e ele sanciona e promulga a seguinte: L E I Nº 1. 4 7 5 de 24 de novembro

Leia mais

PROGRESSÃO/PROMOÇÃO DOCENTE. Lei nº , de 28 de dezembro de2012.

PROGRESSÃO/PROMOÇÃO DOCENTE. Lei nº , de 28 de dezembro de2012. PROGRESSÃO/PROMOÇÃO DOCENTE Lei nº 12.772, de 28 de dezembro de2012. FONAITec Foz do Iguaçu/PR 05 a 08 de junho de 2016 Base legal: Lei nº 12.772, de 28 de dezembro de2012. Arts. 12 e 14 da Lei nº 12.772/2012.

Leia mais

GOVERNO DE SERGIPE LEI Nº DE 12 DE ABRIL DE Faço saber que a Assembleia Legislativa do Estado aprovou e que eu sanciono a seguinte

GOVERNO DE SERGIPE LEI Nº DE 12 DE ABRIL DE Faço saber que a Assembleia Legislativa do Estado aprovou e que eu sanciono a seguinte GOVERNO DE SERGIPE LEI Nº. 8.101 DE 12 DE ABRIL DE 2016 O GOVERNADOR DO ESTADO DE SERGIPE, Altera e acrescenta dispositivos da Lei nº 5.853, de 20 de março de 2006, que dispõe sobre a criação do Instituto

Leia mais

LEI Nº 384/2003, DE 11 DE JUNHO DE INDICE TITULO I. Disposições preliminares 01 TITULO II. Do servidor do magistério publico municipal 02

LEI Nº 384/2003, DE 11 DE JUNHO DE INDICE TITULO I. Disposições preliminares 01 TITULO II. Do servidor do magistério publico municipal 02 LEI Nº 384/2003, DE 11 DE JUNHO DE 2003. INDICE TITULO I Disposições preliminares 01 TITULO II Do servidor do magistério publico municipal 02 TITULO III Do provimento 04 TITULO IV Da movimentação da carreira

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 11.091, DE 12 DE JANEIRO DE 2005. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação,

Leia mais

MUNICÍPIO DE JUAZEIRO ESTADO DA BAHIA LEI Nº 2.131/2010

MUNICÍPIO DE JUAZEIRO ESTADO DA BAHIA LEI Nº 2.131/2010 Página 1 de 6 LEI Nº 2.131/2010 Estrutura a Gratificação de Produtividade Fiscal atribuída aos titulares dos cargos de Fiscal de Obras, Fiscal de Posturas, Fiscal Sanitário e Fiscal de Transporte do Município

Leia mais

LEI Nº 4.249, DE 17 DE DEZEMBRO DE Art. 2º - Considera-se necessidade temporária de. I - assistência a situações de emergência e de

LEI Nº 4.249, DE 17 DE DEZEMBRO DE Art. 2º - Considera-se necessidade temporária de. I - assistência a situações de emergência e de LEI Nº 4.249, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2002. Dispõe sobre a contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, nos termos do inciso IX do artigo 37 da

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS Artigo 1º - O presente Regulamento baseia-se na obrigatoriedade do cumprimento das horas destinadas

Leia mais

CONSELHO SUPERIOR. RESOLVE editar o Regulamento de promoções relativo às Carreiras da Advocacia- Geral da União, nos termos seguintes: CAPÍTULO I

CONSELHO SUPERIOR. RESOLVE editar o Regulamento de promoções relativo às Carreiras da Advocacia- Geral da União, nos termos seguintes: CAPÍTULO I CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N o 11, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2008 Dispõe sobre o Regulamento de promoções relativas às Carreiras da Advocacia-Geral da União. O CONSELHO SUPERIOR DA ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO,

Leia mais

PORTARIA Nº 13, DE 17 DE JANEIRO DE ANEXO II SUGESTÃO DE ESTRUTURA PARA PROPOSTA DE TRABALHO A SER DESENVOLVIDA POR SERVIDORES READAPTADOS

PORTARIA Nº 13, DE 17 DE JANEIRO DE ANEXO II SUGESTÃO DE ESTRUTURA PARA PROPOSTA DE TRABALHO A SER DESENVOLVIDA POR SERVIDORES READAPTADOS PORTARIA Nº 13, DE 17 DE JANEIRO DE 2017. Acrescenta os anexos II, III e IV à Portaria nº12, de 13 de janeiro de 2017. O SECRETÁRIO DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL, no uso de suas atribuições

Leia mais

CONCURSOS PÚBLICOS DA FPE ANEXO 1 DO EDITAL DE CONCURSOS Nº 01/2012

CONCURSOS PÚBLICOS DA FPE ANEXO 1 DO EDITAL DE CONCURSOS Nº 01/2012 CONCURSOS PÚBLICOS DA FPE ANEXO 1 DO EDITAL DE CONCURSOS Nº 01/2012 QUADRO DEMONSTRATIVO DOS NÚMEROS DOS CONCURSOS, DOS EMPREGOS, DOS SALÁRIOS, DA CARGA HORÁRIA, DAS VAGAS, DAS VAGAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA,

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016 PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N. /2016 Dispõe sobre a promoção na carreira da Polícia Civil e da outras providencias. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, faz saber que a Assembléia Legislativa

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO LEI Nº 1.017,DE 15 DE MAIO DE 1992. Dispõe sobre o Plano de Cargos e Vencimentos dos Funcionários do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Porto Velho IPAM e dá outras providências.

Leia mais

ANEXO III - REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADÊMICAS AAC. Título I Das Condições Gerais

ANEXO III - REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADÊMICAS AAC. Título I Das Condições Gerais ANEXO III - REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADÊMICAS AAC Título I Das Condições Gerais Capítulo I Do Objetivo das Atividades Complementares Art. 1 As atividades complementares têm por objetivo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA SEETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA ANEXO I Modelo de Curriculum Vitae (Preenchimento obrigatório neste modelo) 1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. 1 Nome: 1. 2 Filiação: Nome do pai Nome da mãe 1. 3 Data de nascimento:

Leia mais

Procuradoria Geral do Município

Procuradoria Geral do Município LEI Nº 2.492, DE 21 DE JUNHO DE 2012. Institui o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos PCCV dos servidores da Autarquia Educacional do Vale do São Francisco - AEVSF, em exercício na FACAPE - Faculdade

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI COMPLEMENTAR Nº 31 O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Faço saber que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei: TITULO I Das Disposições Preliminares Art. 1º - Fica criada

Leia mais

São Paulo, 6 de junho de 2013.

São Paulo, 6 de junho de 2013. São Paulo, 6 de junho de 2013. Ofício nº 1.604/2013-JUR. Protocolo MP nº 23.939/11 Senhor Presidente: Cumprimentando cordialmente Vossa Excelência, tenho a honra de encaminhar para apreciação dessa augusta

Leia mais

LEI Nº 712/2007. O PREFEITO MUNICIPAL DE SERRINHA, ESTADO DA AHIA, faz saber que o plenário aprovou e eu sanciono e mando publicar a seguinte lei:

LEI Nº 712/2007. O PREFEITO MUNICIPAL DE SERRINHA, ESTADO DA AHIA, faz saber que o plenário aprovou e eu sanciono e mando publicar a seguinte lei: LEI Nº 712/2007 Dispõe sobre o Estatuto da Guarda Civil Municipal de Serrinha, e dá outras providencias. O PREFEITO MUNICIPAL DE SERRINHA, ESTADO DA AHIA, faz saber que o plenário aprovou e eu sanciono

Leia mais

Curso: Administração

Curso: Administração REGULAMENTO ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES Curso: Administração Nova Serrana Fevereiro de 2017 Credenciada pelo MEC conforme Portaria 2.923 de 14/12/2001 DOU 2 de 18/12/2001 Seção 1 página 27. Recredenciamento

Leia mais

PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO PÚBLICO DO DF

PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO PÚBLICO DO DF PLANO DE CARREIRA DO MAGISTÉRIO PÚBLICO DO DF LEI Nº 5.105, DE 03 DE MAIO DE 2013 Apresentação Conhecer para avançar É com grande satisfação que o Sinpro-DF apresenta esta cartilha, que contém a íntegra

Leia mais

PROPOSTA DE PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: MAGISTÉRIO E FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS.

PROPOSTA DE PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: MAGISTÉRIO E FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS. PROPOSTA DE PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO: MAGISTÉRIO E FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS. Seção 1 Disposições Preliminares Art. 1º- Fica criado o Plano Unificado de

Leia mais

Prefeitura Municipal de Conceição da Feira-BA

Prefeitura Municipal de Conceição da Feira-BA ANO. 2014 DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DA FEIRA - BAHIA 1 A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. PORTARIAS NºS 138/139/140/141/142/143/144/2014

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2009

RESOLUÇÃO Nº 01/2009 RESOLUÇÃO Nº 01/2009 Estabelece critérios para aprovação de solicitação de capacitação, treinamento e qualificação dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação, Menores do convênio da Cruz Vermelha

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 7 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 11.091, DE 12 DE JANEIRO DE 2005. Dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos

Leia mais

PROMOÇÃO DE DOCENTE. É a passagem do servidor do último nível de uma classe da Carreira de Magistério para outra subsequente.

PROMOÇÃO DE DOCENTE. É a passagem do servidor do último nível de uma classe da Carreira de Magistério para outra subsequente. DEFINIÇÃO PROMOÇÃO DE DOCENTE Cód.: PVD Nº: 94 Versão: 5 Data: 12/01/2014 É a passagem do servidor do último nível de uma classe da Carreira de Magistério para outra subsequente. REQUISITOS BÁSICOS 1.

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça RESOLUÇÃO Nº 13, DE 21 DE MARÇO DE 2006 Dispõe sobre a aplicação do teto remuneratório constitucional e do subsídio mensal dos membros da magistratura. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ATIVIDADES COMPLEMENTARES RESOLUÇÃO Nº117, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2015. O COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA DA FACULDADE DE ENGENHARIAS, ARQUITETURA E URBANISMO E GEOGRAFIA da Fundação Universidade Federal de

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL 1 CÂMARA LEGSLATA DO DSTRTO FEDERAL Texto atualizado apenas para consulta. LE Nº 5.187, DE 25 DE SETEMBRO DE 2013 (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Reestrutura a tabela de vencimentos da carreira Atividades

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO Art. 1 - O presente Regulamento baseia-se na obrigatoriedade do cumprimento das horas destinadas às

Leia mais

Propostas aprovadas pela categoria nas plenárias e assembléia e não incluídas no PL 001/2012

Propostas aprovadas pela categoria nas plenárias e assembléia e não incluídas no PL 001/2012 Suprimir do item II anos finais JUSTIFICATIVA: Não existe atuação nos anos finais do ensino regular (sexto ao nono ano) no Município de Diadema. Acrescentar item como fundamento da Lei: Definição das diretrizes

Leia mais

RESOLUÇÃO SME Nº. 05/2009. A Secretária Municipal de Educação, no uso de suas atribuições legais, CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares

RESOLUÇÃO SME Nº. 05/2009. A Secretária Municipal de Educação, no uso de suas atribuições legais, CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares RESOLUÇÃO SME Nº. 05/2009 A Secretária Municipal de Educação, no uso de suas atribuições legais, Regulamenta os artigos 23 e 24 da Lei Complementar nº. 138/01 que tratam das substituições nos impedimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO REITORIA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO REITORIA RESOLUÇÃO UNESP N º 59, de 10 de julho de 2014. Regulamenta os Cursos de Extensão Universitária ministrados na UNESP. A Vice-Reitora no exercício da Reitoria da Universidade Estadual Paulista "Júlio de

Leia mais

DECRETO Nº , DE 1º DE JUNHO DE 2009 Regulamenta a evolução funcional dos integrantes das carreiras do Quadro de Apoio à Educação, do Quadro dos

DECRETO Nº , DE 1º DE JUNHO DE 2009 Regulamenta a evolução funcional dos integrantes das carreiras do Quadro de Apoio à Educação, do Quadro dos DECRETO Nº 5.48, DE 1º DE JUNHO DE 29 Regulamenta a evolução funcional dos integrantes das carreiras do Quadro de Apoio à Educação, do Quadro dos Profissionais. GILBERTO KASSAB, Prefeito do Município de

Leia mais

PREFEITURA DE JUIZ DE FORA

PREFEITURA DE JUIZ DE FORA PREFEITURA DE JUIZ DE FORA P R I M E I R O T E R M O D E R E T I F I C A Ç Ã O D O E D I T A L D E A B E R T U R A D E C O N C U R S O P Ú B L I C O N º 0 2 / 2 0 6 O Exmo. Sr. Bruno Siqueira, Prefeito

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI N. 1.704, DE 26 DE JANEIRO DE 2006 Estabelece pisos salariais para os novos cargos criados nesta lei, concede reajuste salarial aos servidores públicos civis, militares, ativos, inativos e pensionistas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL DECRETO Nº 85.487, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1980 Dispõe sobre a carreira do magistério nas instituição federais autárquicas e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe

Leia mais

Ensino Fundamental (EMEFs), subordinadas administrativamente á Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

Ensino Fundamental (EMEFs), subordinadas administrativamente á Secretaria Municipal de Educação e Cultura. 1/6 LEI COMPLEMENTAR Nº 32/97 DISPÕE SOBRE: "CRIAÇÃO DE ESCOLAS MUNICIPAIS DE ENSINO FUNDAMENTAL, CRIAÇÃO E ALTERAÇÃO DE CARGOS, CRIAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO COLETIVO, AUTORIZA A CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 10/2014 Cria norma para progressão funcional do cargo de professor das categorias Assistente e Adjunto. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso da competência que lhe

Leia mais

DECRETO Nº 6.114, DE 15 DE MAIO DE

DECRETO Nº 6.114, DE 15 DE MAIO DE DECRETO Nº 6.114, DE 15 DE MAIO DE 2007. Regulamenta o pagamento da Gratificação por Encargo de Curso ou Concurso de que trata o art. 76-A da Lei n o 8.112, de 11 de dezembro de 1990. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA,

Leia mais

Lei Complementar de Setembro de 2008

Lei Complementar de Setembro de 2008 Lei Complementar 123-09 de Setembro de 2008 Publicado no Diário Oficial nº. 7802 de 9 de Setembro de 2008 Súmula: Institui o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos do Quadro dos Funcionários da Educação

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Natividade - RJ Gabinete do Prefeito

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Natividade - RJ Gabinete do Prefeito - RJ 1 - RJ LEI N.º 233/2002 Dispõe sobre o Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público Municipal de Natividade e dá outras providências. Faço saber que a Câmara Municipal de Natividade aprovou

Leia mais

ANEXO III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA. Do Objetivo das Atividades Complementares

ANEXO III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA. Do Objetivo das Atividades Complementares ANEXO III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE PSICOLOGIA Do Objetivo das Atividades Complementares Artigo 1º - O objetivo das Atividades Complementares é o enriquecimento da

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES. Curso: Pedagogia. Nova Serrana Outubro de 2015

REGULAMENTO ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES. Curso: Pedagogia. Nova Serrana Outubro de 2015 REGULAMENTO ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES Curso: Pedagogia Nova Serrana Outubro de 2015 Curso de Pedagogia - Licenciatura: Autorizado conforme Portaria 601 de 29/10/2014 DOU 210 de 30/10/2014 Seção

Leia mais

RETIFICAÇÃO/RATIFICAÇÃO Nº 01 CONCURSO PÚBLICO PMB 01/2013

RETIFICAÇÃO/RATIFICAÇÃO Nº 01 CONCURSO PÚBLICO PMB 01/2013 RETIFICAÇÃO/RATIFICAÇÃO Nº 01 CONCURSO PÚBLICO PMB 01/2013 A Prefeitura Municipal de Barueri torna público a presente Retificação do Edital do Concurso Público PMB 01/2013, publicado 23 de março de 2013,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil LEI Nº 17.691, DE 04 DE JULHO DE 2012. Introduz alterações nas Leis nºs 15.397, de 22 de setembro de 2005, e 16.901, de 26 de janeiro de 2010,

Leia mais