Resistor e resistência

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resistor e resistência"

Transcrição

1 LEIS DE OHM

2 Resistor e resistência O resistor é um dispositivo cujas principais funções são: dificultar a passagem da corrente elétrica e transformar energia elétrica em energia térmica por efeito Joule.

3 Resistor e resistência A resistência é a dificuldade que o resistor apresenta à passagem da corrente elétrica. Unidade de resistência elétrica é chamada ohm e é abreviado pela letra grega ômega Ω. A resistência de 1,0 Ω é equivalente a 1,0 V/A.

4 Resistor e resistência O valor da resistência de um dado resistor é escrito no seu exterior ou é feito por um código de cores: as duas primeiras cores representam os dois primeiros dígitos no valor da resistência. a terceira cor representa a potência de 10 que o valor deve ser multiplicado. e a quarta cor é a tolerância no erro de fabricação.

5 COR NÚMERO MULTIPLICADOR TOLERÂNCIA (%) Preto 0 1 Marrom Vermelho Laranja Amarelo Verde Azul Violeta Cinza Branco Ouro Prata Sem cor 20

6 Resistor e resistência Por exemplo, um resistor cujas quatro cores são vermelho, verde, laranja e ouro % Têm uma resistência de Ω ou 25 kω, com uma tolerância de 5%.

7 Leis de Ohm Físico e matemático alemão que viveu entre os anos de 1789 e 1854 e realizou experiências com fios condutores de diferentes espessuras e comprimentos.

8 Leis de Ohm Verificou com as experiências que: a resistência elétrica do condutor era proporcional ao seu comprimento do fio e inversamente proporcional à área da secção transversal. existem resistores nos quais a variação da corrente elétrica é proporcional à variação da diferença de potencial (ddp).

9 Leis de Ohm A partir de suas observações, definiu o conceito de resistência elétrica. Em 1827, publicou o resultado daquele que se tornou o seu mais importante trabalho - O circuito galvânico examinado matematicamente. Para aprofundar acesse: re/folclore255.htm

10 1 Lei de Ohm Esse trabalho definiu o que conhecemos hoje como a Lei de Ohm: A intensidade da corrente elétrica que percorre um condutor é diretamente proporcional à diferença de potencial e inversamente proporcional à resistência elétrica do circuito.

11 1 Lei de Ohm Resistor Ôhmico São resistores que obedecem a Lei de Ohm Resistor não Ôhmico São resistores que não obedecem a Lei de Ohm

12 Exemplo 01 Um resistor ôhmico é percorrido por uma corrente elétrica de intensidade 5,0 A, quando submetido a uma d.d.p. de 100 V. Determine: a) a resistência elétrica do resistor; b) a intensidade de corrente que percorre o resistor quando submetido a uma d.d.p. de 250 V; c) a d.d.p. a que deve ser submetido para que a corrente que o percorre tenha intensidade 2,0 A.

13 Exemplo 01 a) Como se trata de um resistor ôhmico, podemos calcular sua resistência elétrica aplicando a Lei de Ohm: U = R. i R = U i Sendo U = 100 V e i = 5 A, vem: R = R = 20

14 Exemplo 01 b) A resistência de um resistor ôhmico é uma constante, admitindo desprezível a variação de temperatura. Assim, a d.d.p. e a intensidade de corrente são diretamente proporcionais (Lei de Ohm): Sendo U = 250 V e R = 20, vem: U = R. i i = U R i = 12,5 A i =

15 Exemplo 01 c) Sendo i = 2 A e R = 20, a d.d.p. U será dada por: U = R. i U = U = 40 V

16 Exemplo 02 O gráfico da figura mostra como varia a d.d.p. U nos terminais de um resistor ôhmico em função da intensidade de corrente que o atravessa. Determine: a) a resistência elétrica do resistor; b) a intensidade de corrente que atravessa o resistor quando ele é submetido à d.d.p. 51 V.

17 Exemplo 02 a) No gráfico, a tangente do ângulo de inclinação da reta fornece numericamente a resistência elétrica do resistor. Assim: tg = C.O C. A. tg = 9. 0,6 C.O. = 9 Logo: R = tg = 15 C.A. = 0,6

18 Exemplo 02 b) Sendo U = 51 V e R = 15, aplicando a Lei de Ohm, obtemos a correspondente intensidade de corrente: U = R. i i = U R i = 3,4 A i = 51 15

19 2 Lei de Ohm A partir de suas experiências com fios condutores de diferentes espessuras e comprimentos, Ohm verificou que: A resistência elétrica do condutor era proporcional ao seu comprimento do fio e inversamente proporcional à área da secção transversal.

20 2 Lei de Ohm

21 2 Lei de Ohm A resistividade de um material depende da temperatura, aumentando quando se aquece um condutor, na maior parte dos casos.

22 2 Lei de Ohm O aumento da resistividade e da resistência elétrica dos metais com a temperatura deve-se explica-se pelo aumento da agitação térmica dos átomos que constituem o metal. Veja algumas exceções: Grafite onde o efeito é compensado e superado pelo aumento da quantidade de elétrons livres. Algumas ligas metálicas onde esses dois efeitos praticamente se equilibram.

23 Material A 20 C (.mm 2 /m) ( C -1 ) Prata 0,0159 0,0040 Cobre 0,0170 0,0040 Alumínio 0,0270 0,0036 Ferro 0,0970 0,0050 Platina 0,0980 0,0039 Chumbo 0,2100 0,0042 Tungstênio 0,0550 0,0048 Mercúrio 0,9500 0,0009 Constantana 0,49 menor que 10-5 Manganina 0,48 menor que 10-5 Nicromo 1,12 0,00017 Grafite 0,4 a 0, a

24 Reostato O reostato é um dispositivo que apresenta resistência variável. Os reostatos podem ser usados para: ajustar as características de geradores elétricos; reduzir a intensidade de iluminação; controlar a velocidade de motores elétricos.

25 Reostato Tipos de reostato Reostato de cursor Reostato de pontos

26 Exemplo 03 Um fio metálico é feito de um material cuja resistividade é 0,20.mm 2 /m e tem secção transversal de área 0,10 mm 2. Determine a resistência desse fio por metro de comprimento. São dados = 0,20 mm 2 /m, A = 0,1 mm 2 e L = 1m R = L A R = 0,2. 1 0,1 R = 2

27 Referências Brasil escola. Disponível em: Acessado em: 01/09/2013. Efeito Joule. Disponível em: Acessado em: 01/09/2013. Seara da Ciência UFC. Disponível em: Acessado em: 01/09/2013.

28 Referências BioMania. Disponível em: d=2676. Acessado em: 01/09/2013. CALÇADA, Caio Sérgio; SAMPAIO, José Luiz. Física Clássica Eletricidade. Ed. Atual. São Paulo, 1985.

29 Acesse o blog e divirta!!!

AULA 02 PRIMEIRA LEI DE OHM APOSTILA 1 FSC-C

AULA 02 PRIMEIRA LEI DE OHM APOSTILA 1 FSC-C AULA 02 PRIMEIRA LEI DE OHM APOSTILA 1 FSC-C DIFERENÇA DE POTENCIAL (DDP) CRIAR UMA DIFERENÇA ENTRE DOIS PONTOS. NUM DOS PONTOS HÁ EXCESSO E NO OUTRO FALTA DE ELETRONS QUANTO MAIOR A DIFERENÇA, MAIOR VAI

Leia mais

ELETRICIDADE CAPÍTULO 2 ELEMENTOS DOS CIRCUITOS ELÉTRICOS

ELETRICIDADE CAPÍTULO 2 ELEMENTOS DOS CIRCUITOS ELÉTRICOS ELETRICIDADE CAPÍTULO 2 ELEMENTOS DOS CIRCUITOS ELÉTRICOS 2.1 - INTRODUÇÃO - EXISTEM CINCO ELEMENTOS BÁSICOS IDEAIS QUE SÃO UTILIZADOS EM CIRCUITOS ELÉTRICOS. - ELEMENTOS ATIVOS (GERAM ENERGIA ELÉTRICA)

Leia mais

Eletrodinâmica REVISÃO ENEM CORRENTE ELÉTRICA

Eletrodinâmica REVISÃO ENEM CORRENTE ELÉTRICA REVISÃO ENEM Eletrodinâmica CORRENTE ELÉTRICA Corrente elétrica em um condutor é o movimento ordenado de suas cargas livres devido a ação de um campo elétrico estabelecido no seu interior pela aplicação

Leia mais

Apostila de Física 26 Resistores

Apostila de Física 26 Resistores Apostila de Física 26 Resistores 1.0 Definições Efeito térmico ou efeito joule: Transformação de energia elétrica em energia térmica. Choque dos elétrons livres contra os átomos dos condutores. Causa elevação

Leia mais

1 - Eletricidade Estática

1 - Eletricidade Estática 5 1 - Eletricidade Estática 1.1 O Átomo Tudo que ocupa lugar no espaço é matéria. A matéria é constituída por partículas muito pequenas chamada de átomos. Os átomos por sua vez são constituídos por partículas

Leia mais

Força Elétrica. A Lei de Coulomb estabelece que duas cargas elétricas pontuais se atraem ou repelem com uma força cuja intensidade é:

Força Elétrica. A Lei de Coulomb estabelece que duas cargas elétricas pontuais se atraem ou repelem com uma força cuja intensidade é: Eletricidade Força Elétrica A Lei de Coulomb estabelece que duas cargas elétricas pontuais se atraem ou repelem com uma força cuja intensidade é: Campo Eléctrico O campo eléctrico é uma medida da ação

Leia mais

PRIMEIRA E SEGUNDA LEIS DE OHM

PRIMEIRA E SEGUNDA LEIS DE OHM PRIMEIRA E SEGUNDA LEIS DE OHM Introdução No início do século XIX, Georg Simon Ohm verificou experimentalmente que, para alguns condutores, a relação entre a tensão aplicada (V) e a corrente elétrica (I)

Leia mais

Resistência elétrica de uma barra (prismática ou cilíndrica) de área A e comprimento L

Resistência elétrica de uma barra (prismática ou cilíndrica) de área A e comprimento L Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Exatas Departamento de Física Física III Prof. Dr. Ricardo uiz Viana Referências bibliográficas: H. 28-4, 29-4, 29-6 S. 26-4, 27-2 T. 22-2 ula Resistores

Leia mais

Capítulo 7: Associação de Resistores

Capítulo 7: Associação de Resistores Capítulo 7: Associação de Resistores Os resistores podem ser associados basicamente de dois modos distintos: em série e em paralelo. Ambos os modos de associação podem estar presentes: temos um associação

Leia mais

Exercícios 6 1. real 2. Resp: 3. o sentido convencional Resp: 4. Resp: 5. (a) (b) (c) Resp: (b) (c) Resp:

Exercícios 6 1. real 2. Resp: 3. o sentido convencional Resp: 4. Resp: 5. (a) (b) (c) Resp: (b) (c) Resp: Exercícios 6 1. A corrente elétrica real através de um fio metálico é constituída pelo movimento de: a) Cargas positivas do maior para o menor potencial. b) Cargas positivas. c) Elétrons livres no sentido

Leia mais

Energia e fenómenos elétricos

Energia e fenómenos elétricos Energia e fenómenos elétricos 1. Associa o número do item da coluna I à letra identificativa do elemento da coluna II. Estabelece a correspondência correta entre as grandezas elétricas e os seus significados.

Leia mais

(A) 0,6. (B) 6,0. (C) 6, (D) 6,0.10². (E) 6,0.10³.

(A) 0,6. (B) 6,0. (C) 6, (D) 6,0.10². (E) 6,0.10³. ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A Escola que a gente quer é a Escola que a gente faz! NATUREZA DA ATIVIDADE: EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO - ELETRODINÂMICA DISCIPLINA: FÍSICA ASSUNTO: ESTUDO DOS RESISTORES LEIS DE

Leia mais

AULA 03 Exercícios Lista 01 Lista 02 Lista 03 Resolução de exercícios em sala

AULA 03 Exercícios Lista 01 Lista 02 Lista 03 Resolução de exercícios em sala AULA 03 Exercícios Lista 01 Lista 02 Lista 03 Resolução de exercícios em sala AULA 04 Tensão e Corrente alternada Ondas senoidais Ondas quadradas Ondas triangulares Frequência e período Amplitude e valor

Leia mais

Cap. 3 Resistência Elétrica e Lei de Ohm

Cap. 3 Resistência Elétrica e Lei de Ohm Cap. 3 Resistência Elétrica e Lei de Ohm Instituto Federal Sul-rio-grandense Curso Técnico em Eletromecânica Disciplina de Eletricidade Básica Prof. Rodrigo Souza 3.1 Resistência Elétrica Resistência Elétrica

Leia mais

Etapa 1: Questões relativas aos resultados Lei de Ohm. 1.1 A partir dos dados tabelados, calcule o valor médio da resistência do resistor.

Etapa 1: Questões relativas aos resultados Lei de Ohm. 1.1 A partir dos dados tabelados, calcule o valor médio da resistência do resistor. Respostas Questões relativas ao resultado Etapa 1: Questões relativas aos resultados Lei de Ohm 1.1 A partir dos dados tabelados, calcule o valor médio da resistência do resistor. Resposta: O valor encontrado

Leia mais

RESISTOR É O ELEMENTO DE CIRCUITO CUJA ÚNICA FUNÇÃO É CONVERTER A ENERGIA ELÉTRICA EM CALOR.

RESISTOR É O ELEMENTO DE CIRCUITO CUJA ÚNICA FUNÇÃO É CONVERTER A ENERGIA ELÉTRICA EM CALOR. Resistores A existência de uma estrutura cristalina nos condutores que a corrente elétrica percorre faz com que pelo menos uma parte da energia elétrica se transforme em energia na forma de calor, as partículas

Leia mais

Como o gráfico de V x i é uma reta, os dois condutores obedecem à Lei de Ohm, isto é, possuem resistência elétrica constante. tg A = RA.

Como o gráfico de V x i é uma reta, os dois condutores obedecem à Lei de Ohm, isto é, possuem resistência elétrica constante. tg A = RA. primorando os Conhecimentos de Eletricidade ista 6 eis de Ohm Prof.: Célio Normando 1. (PUC-MG/2001) Uma tensão de 12 volts aplicada a uma resistência de 3,0Ω produzirá uma corrente de: a) 36 c) 4,0 b)

Leia mais

ELETRICIDADE. Eletrodinâmica. Eletrostática. Eletromagnetismo

ELETRICIDADE. Eletrodinâmica. Eletrostática. Eletromagnetismo ELETRICIDADE Eletrodinâmica Eletrostática Eletromagnetismo Átomo Núcleo Prótons carga positiva (+e). Nêutrons carga neutra. Eletrosfera Eletrons carga negativa (-e). Carga Elétrica Elementar e = 1,6 x

Leia mais

Circuitos elétricos e Grandezas elétricas

Circuitos elétricos e Grandezas elétricas Energia AQUECIMENTO ILUMINAÇÃO ENERGIA ELÉTRICA COMUNICAÇÕES TRANSPORTES Energia e correntes elétricas Distribuição da energia elétrica As linhas de alta tensão permitem o transporte da energia elétrica

Leia mais

Aula 8.2 Conteúdo: Associação de resistores em paralelo, potência elétrica de uma associação em paralelo de resistores. INTERATIVIDADE FINAL

Aula 8.2 Conteúdo: Associação de resistores em paralelo, potência elétrica de uma associação em paralelo de resistores. INTERATIVIDADE FINAL Aula 8.2 Conteúdo: Associação de resistores em paralelo, potência elétrica de uma associação em paralelo de resistores. Habilidades: Diferenciar as formas de associação de resistores, bem como determinar

Leia mais

Cap. 5 - Corrente, Resistência e Força Eletromotriz

Cap. 5 - Corrente, Resistência e Força Eletromotriz Universidade Federal do Rio de Janeiro Instituto de Física Física III 2014/2 Cap. 5 - Corrente, Resistência e Força Eletromotriz Prof. Elvis Soares Nesse capítulo, estudaremos a definição de corrente,

Leia mais

Capítulo 02. Resistores. 1. Conceito. 2. Resistência Elétrica

Capítulo 02. Resistores. 1. Conceito. 2. Resistência Elétrica 1. Conceito Resistor é todo dispositivo elétrico que transforma exclusivamente energia elétrica em energia térmica. Simbolicamente é representado por: Assim, podemos classificar: 1. Condutor ideal Os portadores

Leia mais

CIRCUITO ELÉTRICO. Um circuito elétrico é um caminho ou itinerário para a corrente elétrica. CORRENTE ELÉTRICA

CIRCUITO ELÉTRICO. Um circuito elétrico é um caminho ou itinerário para a corrente elétrica. CORRENTE ELÉTRICA CIRCUITO ELÉTRICO Um circuito elétrico é um caminho ou itinerário para a corrente elétrica. CORRENTE ELÉTRICA A corrente elétrica é um fluxo de eletrões que transportam energia elétrica. COMPONENTES DE

Leia mais

No circuito em questão, temos a resistência interna da fonte, a resistência da carga e a resistência do fio.

No circuito em questão, temos a resistência interna da fonte, a resistência da carga e a resistência do fio. Os resistores são provavelmente os componentes mais utilizados em todos os tipos de circuitos eletrônicos, desde pequenos circuitos eletrônicos, como rádios, gravadores, etc. até computadores mais sofisticados.

Leia mais

Um circuito DC é aquele cuja alimentação parte de uma fonte DC (do inglês Direct Current), ou em português, CC (corrente contínua).

Um circuito DC é aquele cuja alimentação parte de uma fonte DC (do inglês Direct Current), ou em português, CC (corrente contínua). Um circuito DC é aquele cuja alimentação parte de uma fonte DC (do inglês Direct Current), ou em português, CC (corrente contínua). Como vimo anteriormente, para que haja fluxo de corrente pelo circuito,

Leia mais

CIRCUITOS ELETRICOS I: RESISTORES, GERADOR E 1ª LEI DE OHM CIÊNCIAS DA NATUREZA: FÍSICA PROFESSOR: DONIZETE MELO Página 1

CIRCUITOS ELETRICOS I: RESISTORES, GERADOR E 1ª LEI DE OHM CIÊNCIAS DA NATUREZA: FÍSICA PROFESSOR: DONIZETE MELO Página 1 Diretoria Regional de Ensino de Araguaína Colégio Estadual Campos Brasil Tocantins - Brasil Um circuito elétrico pode ser definido como uma interligação de componentes básicos formando pelo menos um caminho

Leia mais

Prof. Fábio de Oliveira Borges

Prof. Fábio de Oliveira Borges Corrente Elétrica Prof. Fábio de Oliveira Borges Curso de Física II Instituto de Física, Universidade Federal Fluminense Niterói, Rio de Janeiro, Brasil http://cursos.if.uff.br/fisica2-0116/ Corrente elétrica

Leia mais

Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm

Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm Corrente elétrica Num condutor metálico em equilíbrio eletrostático, o movimento dos elétrons livres é desordenado. Em destaque, a representação de

Leia mais

Corrente elétrica. A corrente elétrica é um movimento ordenado de cargas elementares.

Corrente elétrica. A corrente elétrica é um movimento ordenado de cargas elementares. Corrente elétrica A corrente elétrica é um movimento ordenado de cargas elementares. A corrente elétrica pode ser um simples jato de partículas no vácuo, como acontece num cinescópio de TV, em que um feixe

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 3º ANO PROF. FELIPE KELLER ELETROSTÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 3º ANO PROF. FELIPE KELLER ELETROSTÁTICA LISTA DE EXERCÍCIOS 01 3º ANO PROF. FELIPE KELLER ELETROSTÁTICA 1 (UNIFESP) Um condutor é percorrido por uma corrente elétrica de intensidade i = 800 ma. Conhecida a carga 19 elétrica elementar, e = 1,6

Leia mais

2º Experimento 1ª Parte: Lei de Ohm

2º Experimento 1ª Parte: Lei de Ohm 2º Experimento 1ª Parte: Lei de Ohm 1. Objetivos: Verificar a lei de Ohm. Determinar a resistência elétrica através dos valores de tensão e corrente. 2. Teoria: No século passado, George Ohm enunciou:

Leia mais

Professora Bruna CADERNO 3. Capítulo 11 Intensidade da Corrente Elétrica. Página - 228

Professora Bruna CADERNO 3. Capítulo 11 Intensidade da Corrente Elétrica. Página - 228 CADERNO 3 Capítulo 11 Intensidade da Corrente Elétrica Página - 228 INTENSIDADE DA CORRENTE ELÉTRICA Agora que aprendemos o que é uma corrente elétrica, aprenderemos como determinar a sua intensidade,

Leia mais

H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1

H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1 H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1 Técnico em Eletromecânica - Agosto o de 2009 Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1 Eletrostática: CONTEÚDO Átomo-Lei

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Técnico Integrado em Informática. Resposta: Resposta:

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Técnico Integrado em Informática. Resposta: Resposta: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE 4ª Lista de Exercícios Eletricidade Instrumental Técnico Integrado em Informática Aluno (a): Ano/Série: Matrícula: Professor:

Leia mais

U = U 1 + U 2 + U 3. I = i 1 = i 2 = i 3. R eq = R 1 + R 2 + R 3. R eq = resistência equivalente (Ω) U = ddp da associação (V)

U = U 1 + U 2 + U 3. I = i 1 = i 2 = i 3. R eq = R 1 + R 2 + R 3. R eq = resistência equivalente (Ω) U = ddp da associação (V) Acesse. www.professorarnon.com Eletricidade Básica. Associação de Resistências em Série Vários resistores estão associados em série quando são ligados um em seguida do outro, de modo a serem percorridos

Leia mais

V = R. I R = L / A. CLASSIFICACAO MATERIAL [.m] Metais

V = R. I R = L / A. CLASSIFICACAO MATERIAL [.m] Metais LEI DE OHM A Lei de Ohm diz que a corrente elétrica que passa por um material é diretamente proporcional a tensão V nele aplicado, e esta constante de proporcionalidade chama-se resistência elétrica. De

Leia mais

Experimento Prático N o 4

Experimento Prático N o 4 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Departamento de Engenharia Área de Eletricidade Experimento Prático N o Eletricidade para Engenharia Lei de Ohm e Potência Elétrica L A B O R A T Ó R I O D E E L E T R I

Leia mais

Médio. Física. Exercícios de Revisão I

Médio. Física. Exercícios de Revisão I Nome: n o : Médio E nsino: S érie: T urma: Data: 3 a Prof(a): Ivo Física Exercícios de Revisão I Exercícios referentes aos capítulos 5 e 6 (livro 3). As resoluções dos exercícios (1 a 7) devem ser fundamentadas

Leia mais

Aula 3 - Eletrodinâmica Prof. Marcio Kimpara

Aula 3 - Eletrodinâmica Prof. Marcio Kimpara ELETRICIDADE Aula 3 - Eletrodinâmica Prof. Marcio Kimpara Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Prof. Marcio Kimpara 2 Eletrodinâmica Na eletrodinâmica, estudaremos o movimento das cargas elétricas

Leia mais

RESISTORES ELÉTRICOS

RESISTORES ELÉTRICOS RESISTORES ELÉTRICOS São dispositivos utilizados para limitar a passagem da corrente elétrica nos circuitos São feitos com material condutor de alta resistividade elétrica Transformam a energia elétrica

Leia mais

1. Um feixe permamente de partículas alfa (q = +2e) deslocando-se com energia cinética constante de 20MeV transporta uma corrente de 0, 25µA.

1. Um feixe permamente de partículas alfa (q = +2e) deslocando-se com energia cinética constante de 20MeV transporta uma corrente de 0, 25µA. 1. Um feixe permamente de partículas alfa (q = +2e) deslocando-se com energia cinética constante de 20MeV transporta uma corrente de 0, 25µA. (a) Se o feixe estiver dirigido perpendicularmente a uma superfície

Leia mais

CONDUTORES E ISOLANTES

CONDUTORES E ISOLANTES ELETRICIDADE CONDUTORES E ISOLANTES O FÍSICO INGLÊS STEPHEN GRAY PERCEBEU QUE ALGUNS FIOS CONDUZIAM BEM A ELETRICIDADE E CHAMOU-OS DE CONDUTORES E, AOS QUE NÃO CONDUZIAM OU CONDUZIAM MAL A ELETRICIDADE,

Leia mais

LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL Experiência 1: Medidas Elétricas. Realização de medidas elétricas de tensão e corrente em circuitos resistivos.

LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL Experiência 1: Medidas Elétricas. Realização de medidas elétricas de tensão e corrente em circuitos resistivos. 1 1. Objetivos Realização de medidas elétricas de tensão e corrente em circuitos resistivos. 2. Conceito 2.1 Matriz de contatos Uma grande parte dos circuitos eletrônicos, especialmente os digitais, quando

Leia mais

Eletricidade e magnetismo

Eletricidade e magnetismo Eletricidade e magnetismo Circuitos elétricos Prof. Luís Perna 014/15 Corrente elétrica Qual a condição para que haja corrente elétrica entre dois condutores A e B? Que tipo de corrente elétrica se verifica?

Leia mais

Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm

Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm Corrente elétrica, potência, resistores e leis de Ohm Corrente elétrica Num condutor metálico em equilíbrio eletrostático, o movimento dos elétrons livres é desordenado. Em destaque, a representação de

Leia mais

Resistência elétrica e lei de Ohm. Maria do Anjo Albuquerque

Resistência elétrica e lei de Ohm. Maria do Anjo Albuquerque Resistência elétrica e lei de Ohm O que é a resistência elétrica? É uma grandeza física que caracteriza os condutores elétricos; Representa-se pela letra R; Traduz a oposição que um condutor oferece à

Leia mais

FÍSICA (ELETROMAGNETISMO) CORRENTE ELÉTRICA E RESISTÊNCIA

FÍSICA (ELETROMAGNETISMO) CORRENTE ELÉTRICA E RESISTÊNCIA FÍSICA (ELETROMAGNETISMO) CORRENTE ELÉTRICA E RESISTÊNCIA FÍSICA (Eletromagnetismo) Nos capítulos anteriores estudamos as propriedades de cargas em repouso, assunto da eletrostática. A partir deste capítulo

Leia mais

PR1 FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Corrente Elétrica e Leis de Ôhm

PR1 FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Corrente Elétrica e Leis de Ôhm PR1 FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Corrente Elétrica e Leis de Ôhm 1. (Uerj 2016) Aceleradores de partículas são ambientes onde partículas eletricamente

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ELETRICIDADE

EXERCÍCIOS DE ELETRICIDADE EXERCÍCIOS DE ELETRICIDADE Revisão de Eletricidade (Física) do Ensino Médio A - Corrente e Tensão Elétrica 1. Numa seção reta de um condutor de eletricidade, passam 12 C a cada minuto. Nesse condutor,

Leia mais

INTRODUÇÃO A ELETRICIADE BÁSICA

INTRODUÇÃO A ELETRICIADE BÁSICA 1 INTRODUÇÃO A ELETRICIADE BÁSICA Na eletricidade básica existem três grandezas fundamentais que são a tensão elétrica, a corrente elétrica, a resistência elétrica. Para estuda-las utilizaremos o conceito

Leia mais

wlad 2. O gráfico abaixo apresenta a medida da variação de potencial em função da corrente que passa em um circuito elétrico.

wlad 2. O gráfico abaixo apresenta a medida da variação de potencial em função da corrente que passa em um circuito elétrico. 1. Suponha um fio cilíndrico de comprimento L, resistividade ρ 1 e raio da seção transversal circular R. Um engenheiro eletricista, na tentativa de criar um fio cilíndrico menor em dimensões físicas, mas

Leia mais

em série e aplica à associação uma ddp de 220V. O que é 0,5A. Calcule a resistência elétrica R L da lâmpa- acontece com as lâmpadas? da.

em série e aplica à associação uma ddp de 220V. O que é 0,5A. Calcule a resistência elétrica R L da lâmpa- acontece com as lâmpadas? da. FÍSIC - ELETICIDDE - SSOCIÇÃO DE ESISTOES S ESPOSTS ESTÃO NO FINL DOS EXECÍCIOS.. Um resistor de e um resistor de são associados 9. Um resistor de resistência elétrica tem dissipação em série e à associação

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Leis de Ôhm e Resistores

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Leis de Ôhm e Resistores Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Leis de Ôhm e Resistores 1. (Unicamp 2013) O carro elétrico é uma alternativa aos veículos com motor

Leia mais

Resistência elétrica

Resistência elétrica Resistência elétrica 1 7.1. Quando uma corrente percorre um receptor elétrico (um fio metálico, uma válvula, motor, por exemplo), há transformação de ia elétrica em outras formas de energia. O receptor

Leia mais

NOME: N O : TURMA: PROFESSOR: Glênon Dutra

NOME: N O : TURMA: PROFESSOR: Glênon Dutra Circuitos Elétricos DISCIPLINA: Física NOME: N O : TURMA: PROFESSOR: Glênon Dutra DATA: NOTA: ASS: - Circuito Simples: Esquema: Bateria: Corrente elétrica i Resistência: i = corrente elétrica V = d.d.p.

Leia mais

4. Variando-se a ddp aplicada a um condutor e medindo-se as intensidades de corrente, obtêm-se os resultados da tabela abaixo:

4. Variando-se a ddp aplicada a um condutor e medindo-se as intensidades de corrente, obtêm-se os resultados da tabela abaixo: AS RESPOSTAS ESTÃO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. 1. Um resistor tem resistência igual a 50Ω, sob ddp U = 60V. Calcule a intensidade de corrente que o atravessa. 2. Um resistor ôhmico, quando submetido a uma

Leia mais

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 17 ELETRODINÂMICA: CORRENTE ELÉTRICA, RESISTORES E LEI DE OHM

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 17 ELETRODINÂMICA: CORRENTE ELÉTRICA, RESISTORES E LEI DE OHM FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 17 ELETRODINÂMICA: CORRENTE ELÉTRICA, RESISTORES E LEI DE OHM A B FALTA DE CARGAS NEGATIVAS EXCESSO DE CARGAS NEGATIVAS A V A + - B V B U = V A - V B E A B U = V A - V B A + - B

Leia mais

Eletrodinânica - Exercícios

Eletrodinânica - Exercícios Eletrodinânica - Exercícios Professor Walescko 13 de outubro de 2005 Sumário 1 Exercícios 1 2 Vestibulares UFRGS 7 3. O gráfico representa a corrente elétrica i em função da diferença de potencial V aplicada

Leia mais

Eletricidade Aula 2. Circuitos elétricos e suas propriedades

Eletricidade Aula 2. Circuitos elétricos e suas propriedades Eletricidade Aula 2 Circuitos elétricos e suas propriedades O Resistor Podemos construir um componente que possua um valor desejado de resistência o resistor. Os resistores podem ser construídos para ter

Leia mais

Resumo de Eletrodinâmica

Resumo de Eletrodinâmica Resumo de Eletrodinâmica i = Corrente Elétrica (A) Δq = quantidade de carga elétrica no fio em movimento (C = coulomb) milicoulomb: microcoulomb: nanocoulomb: n = número de elétrons e = carga elementar

Leia mais

Roteiros de Práticas Laboratoriais Curso Engenharia Elétrica 5º Período Materiais Elétricos. Concepção Professor Eng. Alexandre Dezem Bertozzi, Esp

Roteiros de Práticas Laboratoriais Curso Engenharia Elétrica 5º Período Materiais Elétricos. Concepção Professor Eng. Alexandre Dezem Bertozzi, Esp Roteiros de Práticas Laboratoriais Curso Engenharia Elétrica 5º Período Materiais Elétricos Concepção Professor Eng. Alexandre Dezem Bertozzi, Esp ATIVIDADE EXPERIMENTAL Laboratório de Eletricidade e Eletrônica

Leia mais

Tópico 01: Estudo de circuitos em corrente contínua (CC) Profa.: Ana Vitória de Almeida Macêdo

Tópico 01: Estudo de circuitos em corrente contínua (CC) Profa.: Ana Vitória de Almeida Macêdo Disciplina Eletrotécnica Tópico 01: Estudo de circuitos em corrente contínua (CC) Profa.: Ana Vitória de Almeida Macêdo Conceitos básicos Eletricidade Eletrostática Eletrodinâmica Cargas elétricas em repouso

Leia mais

INSTITUTO SÃO JOSÉ - RSE LISTA PREPARATÓRIA PARA PROVA DO TERCEIRO TRIMESTRE

INSTITUTO SÃO JOSÉ - RSE LISTA PREPARATÓRIA PARA PROVA DO TERCEIRO TRIMESTRE 1. (Unesp) Mediante estímulo, 2 10 íons de K atravessam a membrana de uma célula nervosa em 1,0 milisegundo. Calcule a intensidade dessa corrente elétrica, sabendo-se que a carga elementar é 1,6 10 ª C.

Leia mais

Prof. Ricardo Brauer Vigoderis, D.S. website:

Prof. Ricardo Brauer Vigoderis, D.S.   website: UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS ENERGIA NA AGRICULTURA Prof. Ricardo Brauer Vigoderis, D.S. Email: vigoderis@yahoo.com.br website: www.vigoderis.tk Pode ser gerada

Leia mais

Física C Extensivo V. 4

Física C Extensivo V. 4 GBITO Física C Extensivo V. Exercícios 0) F. lei de Ohm se refere a um tipo de resistor com resistência constante cuja resistência não depende nem da tensão aplicada nem da corrente elétrica. F. penas

Leia mais

H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1

H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1 H1- Compreender as grandezas relacionadas com o campo de conhecimento em eletricidade. Aula 1 Técnico em Eletromecânica - Julho de 2010 Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1 Eletrostática: CONTEÚDO Átomo-Lei

Leia mais

Física C Extensivo V. 4

Física C Extensivo V. 4 GBITO Física C Extensivo V. Exercícios 0) F. lei de Ohm se refere a um tipo de resistor com resistência constante cuja resistência não depende nem da tensão aplicada nem da corrente elétrica. F. penas

Leia mais

SIMULADO DE CORRENTE ELÉTRICA

SIMULADO DE CORRENTE ELÉTRICA SIMULADO DE CORRENTE ELÉTRICA 1 T.1 (MACK) Dois fios, A e B, constituídos por massas iguais do mesmo cobre, são submetidos à mesma diferença de potencial e mantidos à mesma temperatura. O fio A tem o dobro

Leia mais

QUESTÕES DE FÍSICA A RESUMO BIMESTRAL AULA 25 A 32

QUESTÕES DE FÍSICA A RESUMO BIMESTRAL AULA 25 A 32 Processo Avaliativo AVP - 3º Bimestre/2016 Disciplina: Física 2ª série EM A Data: Nome do aluno Nº Turma Atividade Avaliativa: entregar a resolução de todas as questões. ATENÇÃO: Esta lista é o trabalho

Leia mais

2 bimestre - Volume 3, Capítulo 6

2 bimestre - Volume 3, Capítulo 6 Página 1 de 6 2 bimestre - Volume 3, Capítulo 6 Testes propostos 2º bimestre 1. (UFC-CE) Um pássaro pousa em um dos fios de uma linha de transmissão de energia elétrica. O fio conduz uma corrente elétrica

Leia mais

Universidade Federal do Paraná - Curso de Engenharia Elétrica Laboratório de Engenharia Elétrica V TE067

Universidade Federal do Paraná - Curso de Engenharia Elétrica Laboratório de Engenharia Elétrica V TE067 Universidade Federal do Paraná - Curso de Engenharia Elétrica Laboratório de Engenharia Elétrica V TE067 Resistores Fixos de Película de Carbono ou Película Metálica Prof. Dr. Ewaldo L. M. Mehl, UFPR,

Leia mais

3ª Ficha. Corrente, resistência e circuitos de corrente contínua

3ª Ficha. Corrente, resistência e circuitos de corrente contínua 3ª Ficha Corrente, resistência e circuitos de corrente contínua 1- Um condutor eléctrico projectado para transportar corrente elevadas possui um comprimento de 14.0 m e uma secção recta circular com diâmetro

Leia mais

Professora Florence. (CASTELVECCHI, 2009, p. 59).

Professora Florence. (CASTELVECCHI, 2009, p. 59). TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Ao construir a primeira bateria, no fim de 1799, quando não era conhecida a existência de átomos, íons ou elétrons, Alexandre Volta tentava replicar os órgãos que produzem

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1º SEMESTRE 3º ANO

LISTA DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1º SEMESTRE 3º ANO Maceió - Alagoas FÍSICA TIO BUBA LISTA DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1º SEMESTRE 3º ANO Professor(a): JOÃO CARLO ( BUBA) 01) O campo elétrico gerado em P, por uma carga puntiforme positiva de valor +Q a uma

Leia mais

I = corrente elétrica medida em Ampères (A) t = tempo em segundos

I = corrente elétrica medida em Ampères (A) t = tempo em segundos Eletrodinâmica ELETRODINÂMICA: Carga Elétrica: Q = n.e Corrente Elétrica: I = Q / t Q = carga elétrica medida em Coulombs (C) n = número de elétrons ou prótons e = carga de um elétron = 1,6 10-19 Coulombs

Leia mais

Corrente elétrica. GRANDE revolução tecnológica. Definição de corrente Controle do movimento de cargas

Corrente elétrica. GRANDE revolução tecnológica. Definição de corrente Controle do movimento de cargas Definição de corrente Controle do movimento de cargas corrente elétrica{ GANDE revolução tecnológica fi eletrotécnica, eletrônica e microeletrônica (diversidade de aplicações!!) Ex. motores elétricos,

Leia mais

Resistência Elétrica e Lei de Ohm

Resistência Elétrica e Lei de Ohm Capítulo 3 Resistência Elétrica e Lei de Ohm 3.1 Resistência Elétrica A energia elétrica que chega em nossas residências é transportada por fios constituídos de materiais bons condutores e mesmo assim,

Leia mais

0.1 Introdução Conceitos básicos

0.1 Introdução Conceitos básicos Laboratório de Eletricidade S.J.Troise Exp. 0 - Laboratório de eletricidade 0.1 Introdução Conceitos básicos O modelo aceito modernamente para o átomo apresenta o aspecto de uma esfera central chamada

Leia mais

Transformações da energia elétrica. Maria do Anjo Albuquerque

Transformações da energia elétrica. Maria do Anjo Albuquerque Transformações da energia elétrica A passagem da corrente elétrica nos condutores produz efeitos cuja aplicabilidade prática É IMPORTANTÍSSIMA. Identifica os efeitos magnéticos, químicos e térmico que

Leia mais

INTRODUÇÃO AOS CIRCUITOS ELÉTRICOS

INTRODUÇÃO AOS CIRCUITOS ELÉTRICOS INTRODUÇÃO AOS CIRCUITOS ELÉTRICOS Circuito Elétrico Está associado à: Presença de corrente elétrica: agente que transfere energia da fonte (pilha) para o aparelho (lâmpada). O que é necessário para se

Leia mais

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 3º ANO DO ENSINO MÉDIO Professoras: Bleidiana e Rose 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA DE FÍSICA

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 3º ANO DO ENSINO MÉDIO Professoras: Bleidiana e Rose 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA DE FÍSICA COLÉGIO MAISTA - PATOS DE MINAS 3º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professoras: Bleidiana e ose 1ª ECUPEAÇÃO AUTÔNOMA DE FÍSICA OTEIO DE ESTUDO - QUESTÕES Estudante: Turma: Data: / / OTEIO DE ESTUDO Capítulo

Leia mais

Aluno: Disciplina: FÍSICA. Data: ELETROSTÁTICA

Aluno: Disciplina: FÍSICA. Data: ELETROSTÁTICA LISTA DE EXERCÍCIOS ELETRICIDADE ENSINO MÉDIO Aluno: Série: 3 a Professor: EDUARDO Disciplina: FÍSICA Data: ELETROSTÁTICA 1) (Unicamp-SP) Duas cargas elétricas Q 1 e Q 2 atraem-se quando colocadas próximas

Leia mais

Recuperação de Física Giovanni

Recuperação de Física Giovanni Nome: nº Ano: LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA Recuperação de Física Giovanni 1 - Uma corrente elétrica com intensidade de 8,0 A percorre um condutor metálico. A carga elementar é e = 1,6.10-19 C. Determine

Leia mais

U = R.I. Prof.: Geraldo Barbosa Filho AULA 06 CORRENTE ELÉTRICA E RESISTORES 1- CORRENTE ELÉTRICA

U = R.I. Prof.: Geraldo Barbosa Filho AULA 06 CORRENTE ELÉTRICA E RESISTORES 1- CORRENTE ELÉTRICA AULA 06 CORRENTE ELÉTRICA E RESISTORES 1- CORRENTE ELÉTRICA Movimento ordenado dos portadores de carga elétrica. 2- INTENSIDADE DE CORRENTE É a razão entre a quantidade de carga elétrica que atravessa

Leia mais

4. A eletrosfera de um átomo estável de ferro contém 26 elétrons. Determinar a carga elétrica de sua eletrosfera. Resp.: 4,1652.

4. A eletrosfera de um átomo estável de ferro contém 26 elétrons. Determinar a carga elétrica de sua eletrosfera. Resp.: 4,1652. 1 Eletricidade ndustrial Prof. Vernetti Lista de exercícios 1 1. Estrutura da matéria e carga elétrica 1. Segundo o modelo de Bohr da estrutura atômica dos elementos, os elétrons de um átomo ocupam determinados

Leia mais

1.1. Resistor fixo de carvão e resistor fixo de fio. 1.2. Resistor de fio com derivação - ajustável

1.1. Resistor fixo de carvão e resistor fixo de fio. 1.2. Resistor de fio com derivação - ajustável Resistores 1. Introdução 2. Codigo de cores 3. Associação 4. Associação série 5. Associação paralela 6. Associação mista 7. Observações 8. Circuito em série 9. Circuito em paralelo 10. Exercícios 11. Referências

Leia mais

RESISTORES. 1.Resistencia elétrica e Resistores

RESISTORES. 1.Resistencia elétrica e Resistores RESISTORES 1.Resistencia elétrica e Resistores Vimos que, quando se estabelece uma ddp entre os terminais de um condutor,o mesmo é percorrido por uma corrente elétrica. Agora pense bem, o que acontece

Leia mais

Potência e Energia Elétrica

Potência e Energia Elétrica Potência e Energia Elétrica Para qualquer máquina, em particular, para os aparelhos elétricos, definimos potência como a taxa de transformação ou conversão de energia na forma de calor outra forma de energia,

Leia mais

Resistor Parte 2. Resistores com 5 faixas coloridas. Vanderlei Alves S. da Silva

Resistor Parte 2. Resistores com 5 faixas coloridas. Vanderlei Alves S. da Silva Resistor Parte 2 Vanderlei Alves S. da Silva Nesta segunda parte sobre resistores vamos aprender a interpretar o código de cores em resistores que trazem cinco cores para apresentar o valor de sua resistência

Leia mais

Turma: _3º ANO FG e TI

Turma: _3º ANO FG e TI COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2012 Disciplina: FÍSICA Ano: 2012 Professor (a): Marcos Vinicius Turma: _3º ANO FG e TI Caro aluno, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

Série de exercícios para estudo

Série de exercícios para estudo 1. (Cesgranrio 90) No circuito, cada resistência é igual a 1,0 k ², e o gerador é uma pilha de 1,5 V. A corrente total estabelecida pelo gerador é: a) 1,0 ma; b) 2,0 ma; c) 3,0 ma; d) 4,0 ma; e) 5,0 ma.

Leia mais

Ohmímetro, Amperímetro e Voltímetro

Ohmímetro, Amperímetro e Voltímetro PONTIFÍCI UNIERSIDDE CTÓLIC DE GOIÁS ESCOL DE ENGENHRI Engenharia de Controle e utomação (Mecatrônica) Exper. 1 Ohmímetro, mperímetro e oltímetro Objetivo Realizar medidas de resistência, tensão e corrente

Leia mais

Prof. Ulisses. Recuperação 2º ano. Conteúdo: Leis de Ohms, resistores e associação de resistores.

Prof. Ulisses. Recuperação 2º ano. Conteúdo: Leis de Ohms, resistores e associação de resistores. Prof. Ulisses Recuperação 2º ano Conteúdo: Leis de Ohms, resistores e associação de resistores. 01- A diferença de potencial entre os extremos de uma associação em série de dois resistores de resistências

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ELETRICIDADE BÁSICA Exercícios Eletricidade Básica

EXERCÍCIOS DE ELETRICIDADE BÁSICA Exercícios Eletricidade Básica EXERCÍCIOS DE ELETRICIDADE BÁSICA Exercícios Eletricidade Básica Q1) Qual o valor de energia convertida por um ferro de passar roupas, de 600W, ligado por 2min? ( 2min=120s E=P*t=600*120= 72000J ) Q2)

Leia mais

02/10/2013. Ewaldo Luiz de Mattos Mehl. Departamento de Engenharia Elétrica

02/10/2013. Ewaldo Luiz de Mattos Mehl. Departamento de Engenharia Elétrica Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Departamento de Engenharia Elétrica mehl@ufpr.br 1 genda: Materiais condutores Elétrons livres Natureza da corrente elétrica nos metais Corrente elétrica Densidade da corrente

Leia mais

(definição de corrente)

(definição de corrente) 26-1 O que é física? Nos últimos capítulos discutimos eletrostática, ou seja, a física das cargas estacionárias. Neste capítulo e no que se segue vamos discutir correntes elétricas, isto é as cargas em

Leia mais

ELETRICIDADE APLICADA RESUMO DE AULAS PARA A 1ª PROVA

ELETRICIDADE APLICADA RESUMO DE AULAS PARA A 1ª PROVA ELETRICIDADE APLICADA RESUMO DE AULAS PARA A 1ª PROVA Eletricidade Aplicada I 1ª Aula Apresentação CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO P 1, P 2 = Prova de teoria (0 10) P lab = Prova de laboratório (0-10) Rel = Somatória

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades Caro educando, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça a lista de exercícios com atenção, ela norteará os seus estudos. Utilize o livro didático adotado pela escola como fonte de estudo. Se

Leia mais

Capítulo II. Elementos de Circuitos

Capítulo II. Elementos de Circuitos Capítulo II Elementos de Circuitos.1 Introdução O objetivo da engenharia é projetar e produzir dispositivos que atendam às necessidades humanas. Para tanto, é necessário que se conheçam os componentes

Leia mais

Lista de exercícios. Eletrodinâmica parte 1 Prof. Willian Rederde. a) QR/V b) QV/R c)qv/2πr d)2πrq/v e)2πqrv

Lista de exercícios. Eletrodinâmica parte 1 Prof. Willian Rederde. a) QR/V b) QV/R c)qv/2πr d)2πrq/v e)2πqrv Lista de exercícios Eletrodinâmica parte 1 Prof. Willian Rederde 1) (PUC-SP) A corrente elétrica através de um fio metálico é constituída pelo movimento de: a) cargas positivas no sentido da corrente b)

Leia mais