MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA"

Transcrição

1 MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA

2 2

3 MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA ÍNDICE EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS página 5 SEÇÃO A Diretrizes sobre Marcas, Imagem e Reputação da POLISHOP página 6 SEÇÃO B - Diretrizes sobre Internet e Oportunidade de Negócios página 9 SEÇÃO C Desenvolvimento do Negócio página 11 SEÇÃO D Disposições Gerais página 14 SEÇÃO E Sanções página 15 3

4 4

5 MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS A POLISHOP tem como premissa maior a promoção de igualdade de chances entre todos os Empreendedores Independentes, permitindo que o sucesso de cada um dependa exclusivamente de seu esforço e empenho. O presente Manual garante ao Empreendedor Independente a boa prática em suas atividades, em conformidade com as leis aplicáveis, ao bom senso e aos costumes. Para se tornar um Empreendedor Independente, o requerente deve obedecer o presente Manual, ao Manual de Procedimentos e Contrato de Cadastramento, bem como a todas as demais modificações e emendas feitas pela POLISHOP nesses materiais, de tempos em tempos e de acordo com seu exclusivo critério. A obediência às regras do presente Manual assegura a preservação do negócio POLISHOP COM.VC e protege os Empreendedores. Por esta razão, a POLISHOP não aceitará conduta em desconformidade às regras aqui previstas, aplicando, a seu exclusivo critério, as sanções estabelecidas por meio deste Manual. A POLISHOP reserva-se o direito de criar modificações e/ou emendas ao presente Manual, de tempos em tempos e de acordo com seu exclusivo critério, devendo comunicar os Empreendedores Independentes de tais modificações e/ou emendas. A POLISHOP é empresa associada à ABEVD Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas. O presente Manual, o Manual de Procedimentos e o Contrato de Cadastramento obedecem aos Códigos de Ética daquela Associação. No caso do Empreendedor Independente desejar sanar dúvidas sobre as regras que serão indicadas abaixo ou desejar apresentar material para prévia aprovação da POLISHOP, a equipe POLISHOP COM.VC retornará ao Empreendedor Independente dentro de 72 (setenta e duas) horas contadas a partir do contato. 5

6 SEÇÃO A - DIRETRIZES SOBRE MARCAS, IMAGEM E REPUTAÇÃO DA POLISHOP Marca é um nome, símbolo ou sinal gráfico de propriedade exclusiva cujo direito de utilização cabe exclusivamente ao seu titular. Por exemplo, as marcas POLISHOP são de titularidade exclusiva da POLISHOP e só podem ser utilizadas por terceiros mediante autorização. Às marcas POLISHOP são atribuídos o conceito de solidez, inovação e originalidade, entre outros. Ao participar do programa POLISHOP COM.VC, o Empreendedor Independente carrega esses conceitos em seu trabalho. Com o intuito de preservar os conceitos de solidez, inovação e originalidade e, consequentemente, conservar a integridade do programa POLISHOP_ COM. VC, o Empreendedor Independente deverá observar as seguintes regras: 1. As marcas POLISHOP não podem ser obtidas de qualquer outra fonte, exceto a própria POLISHOP através do material de apoio que for disponibilizado no My Office ou vídeos disponibilizados pela POLISHOP nos sites e 2. Os Empreendedores Independentes só poderão utilizar o material de papelaria e material gráfico disponibilizado pela POLISHOP no My Office. 3. Os Empreendedores Independentes não poderão alterar as marcas ou logotipos POLISHOP. São exemplos de alteração: modificar cor, fonte, tamanho, layout etc. 4. Os Empreendedores Independentes devem reportar de imediato à POLISHOP na hipótese de tomarem conhecimento de notícias ou mensagens negativas sobre a POLISHOP, não devendo responder ou se posicionar sob nenhuma forma diante de tais notícias ou mensagens. 5. Os Empreendedores Independentes não poderão utilizar ou participar de ambientes ou redes sociais para reivindicar, solicitar atendimento, solucionar dúvidas ou sugerir críticas ao negócio POLISHOP COM.VC. 6

7 MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA O único canal de atendimento aos Empreendedores Independentes, via endereços de indicados no Manual de Procedimentos. 6. Os Empreendedores Independentes reconhecem que violações a estas regras podem ter consequências graves para o negócio POLISHOP_ COM. VC e para a POLISHOP e que na ocorrência de violações, a POLISHOP procederá à rescisão do contrato com o Empreendedor Independente. Com base no acima exposto, seguem orientações específicas às atividades do Empreendedor Independente: 7. Anúncios de Produtos Para o anúncio de produtos, os Empreendedores Independentes não poderão utilizar textos, imagens ou vídeos que não sejam as disponibilizadas no site da POLISHOP através do material que for disponibilizado no My Office ou vídeos disponibilizados pela POLISHOP nos sites e sendo proibida a edição de vídeos. 8. Oportunidade de Negócios Para o anúncio de oportunidades de negócios, os Empreendedores Independentes deverão utilizar os textos, imagens ou vídeos disponibilizados no site da POLISHOP através do material que for disponibilizado no My Office ou vídeos disponibilizados pela POLISHOP nos sites e sendo proibida a edição de vídeos e devendo ser obedecidas as demais limitações indicadas no presente Manual. Na hipótese dos Empreendedores Independentes desejarem criar anúncios de oportunidades com material diferente do estabelecido aqui, deverão obter autorização prévia e escrita do Departamento de Normas do POLISHOP COM.VC. 9. Uso de palavra chaves em site de buscas - Os Empreendedores Independentes não poderão adquirir palavras-chave relacionadas à POLISHOP em sites de busca (ex: Google Adwords). 10. Venda de produtos ou anúncio da oportunidade de negócios em site de compras ou de relacionamentos - Para o anúncio de produtos, oportunidade de negócio ou divulgação de suas lojas virtuais, os Empreendedores Independentes não poderão utilizar sites de compra coletiva ou de leilões na internet, tais como, Mercado Livre, Groupon, Peixe Urbano, Facebook, TodaOferta etc. Tal proibição se justifica pelo fato de que vendas sob esse formato enfraquecem os relacionamentos pessoais 7

8 que os Empreendedores Independentes devem desenvolver com seus clientes e a imagem que a POLISHOP construiu perante o mercado. 11. Venda de produtos em sites próprios - Para o anúncio de produtos, os Empreendedores Independentes não poderão utilizar outro ambiente de venda que não seja a loja virtual disponibilizada pela POLISHOP (www. polishop.com.vc/seuid) 12. Uso de marcas de terceiros - Para o anúncio de oportunidade de negócios, os Empreendedores Independentes não poderão utilizar textos, imagens ou marcas de terceiros. 13. Veiculação de publicidade em mídias - As marcas POLISHOP ou a menção específica a quaisquer produtos ou imagens de produtos da POLISHOP não poderão ser utilizadas pelos Empreendedores Independentes em quaisquer anúncios na mídia, sejam impressos, em áudio ou vídeo, tais como, jornais, revistas, rádio e televisão, tais como propagandas no Facebook, Fan Pages, Post no Instagram, Tweeter e outras redes sociais. 14. Registros de domínios para sites - Os Empreendedores Independentes não podem utilizar marcas da POLISHOP ou nomes de produtos comercializados pela POLISHOP em nomes de domínios -URL`s (ex: títulos de quaisquer páginas dentro de sites da internet browsers (ex: oportunidadepolishop), títulos de anúncios chamadas de anúncios (ex: produtospolishop) e/ou Metatags associados ao negócio POLISHOP COM.VC conjunto de códigos indicados para otimizar ranking de páginas em sistemas de buscas na internet. 15. Associação das marcas e produtos POLISHOP Os Empreendedores Independentes não poderão associar as marcas POLISHOP ou de produtos POLISHOP a produtos e/ou serviços que não sejam comercializados pela POLISHOP. 16. Utilização de aplicativos para dispositivos móveis Os Empreendedores Independentes não poderão criar aplicativos para dispositivos móveis para anúncio de produtos ou de oportunidades de negócios. 17. Menção à POLISHOP: Os Empreendedores Independentes não poderão fazer algo ou agir de forma que prejudique a imagem e/ou a reputação da POLISHOP nas tarefas inerentes ao negócio POLISHOP COM.VC. 8

9 MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA SEÇÃO B - DIRETRIZES SOBRE INTERNET E Oportunidade de Negócios Ciente da constante presença da internet em nosso cotidiano e ciente de que o negócio POLISHOP COM.VC envolve comunicação pessoal, a POLISHOP adotou critérios para regulamentar os anúncios de Oportunidades de Negócios, conforme segue: 1. Os Empreendedores Independentes devem verificar os fatos e informações que pretendem publicar online para assegurar que as informações sejam verdadeiras e corretas. 2. Os Empreendedores Independentes são exclusivamente responsáveis por todo o conteúdo nos anúncios de Oportunidades de Negócios que disponibilizarem online. Dessa forma, a POLISHOP deverá ser reembolsada de todas as despesas, incluindo honorários advocatícios, oriundas de eventuais ações judiciais ou extrajudiciais interpostas em face da POLISHOP. 3. Os Empreendedores Independentes não poderão exigir que os demais Empreendedores Independentes de sua rede comprem ou adquiram materiais de marketing ou de apoio ao desenvolvimento do negócio. A POLISHOP preserva a igualdade de chances entre os Empreendedores Independentes e garante que o sucesso depende exclusivamente do empenho e dedicação de cada um, portanto, essas práticas são repudiadas pela POLISHOP. Com base no acima exposto, seguem orientações específicas às atividades do Empreendedor Independente: 4. Declaração de ganho e apresentação do Plano de bonificação - Os Empreendedores Independentes não podem promover Oportunidades de Negócios utilizando-se de afirmações e/ou fazendo estimativas de ganhos de terceiros como indicativos de sucesso, exceto se forem utilizadas informações previamente disponibilizadas pela POLISHOP Os Empreendedores Independentes não podem utilizar-se do envio de para um grande número de pessoas, sem que tenha havido solicitação por parte do receptor do . Essa prática é denominada SPAM e é repudiada pela POLISHOP. 9

10 6. Redirecionamento de marketing - O redirecionamento de marketing da Polishop é uma prática que gera reclamações de SPAM devido ao uso de base de s não conhecidas e desconhecidas pela Polishop e por essa razão não é autorizado. 7. Aliciamento de pessoas e outros empreendedores - Os Empreendedores Independentes, durante o período que vigorar o Contrato de Cadastramento ao negócio POLISHOP COM.VC ou após 01 (um) ano da rescisão, não poderão aliciar os demais Empreendedores Independentes que fazem ou fizeram parte de sua rede upline e/ou dowline para ingressarem em outro negócio multinível. Essa prática é conhecida como marketing predatório. A POLISHOP considerará prática de marketing predatório qualquer forma de promoção ou divulgação de outra empresa de marketing multinível utilizada pelos Empreendedores Independentes com o fim de invocar pessoas para participar de outro negócio, tais como, My Office, s, redes sociais etc, de outra empresa. 8. Nomenclatura do negócio - A POLISHOP não disponibiliza franquias. Por esta razão, os Empreendedores Independentes não poderão afirmar ou sugerir que o negócio POLISHOP COM.VC disponibiliza franquias ao apresentarem a Oportunidade de Negócios. Os Empreendedores Independentes devem se apresentar em conformidade com o previsto no presente Manual, no Manual de Procedimentos e no Contrato de Cadastramento. 9. Compra de palavra-chave POLISHOP em sites de busca: Os Empreendedores Independentes não podem usar quaisquer estratégias ludibriosas a fim de otimizar uma posição ou classificação nos sites de busca. Exemplo: compra da palavra-chave POLISHOP em sites de busca. 10

11 MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA SEÇÃO C - DIRETRIZES SOBRE DESENVOLVIMENTO DO NEGÓCIO A POLISHOP é uma empresa multicanal e o negócio POLISHOP_ COM.VC é um canal de vendas extremamente importante, mas que de forma alguma concorre com os demais canais da empresa. Visando a manutenção da perfeita convivência existente entre os seus canais de venda, bem como a preservação do negócio POLISHOP COM.VC, a POLISHOP criou regras para serem seguidas pelos Empreendedores Independentes, conforme seguem: 1. Os Empreendedores Independentes devem evitar que os negócios pessoais ou outros negócios constituam conflito de interesse com os negócios gerados no POLISHOP COM.VC. 2. Os Empreendedores Independentes não podem utilizar argumentos de venda que depreciem qualquer prática comercial da POLISHOP. Exemplo: alegação de que possuem preços mais convidativos que os praticados pela POLISHOP. 3. Os Empreendedores Independentes não podem utilizar outro ambiente de venda que não seja a sua própria loja virtual. 4. Os Empreendedores Independentes não podem agir em detrimento da reputação e da imagem da POLISHOP, de seus produtos e marcas para a venda de produtos. 5. Os Empreendedores Independentes não poderão empreender vendas utilizando como método a pressão ou qualquer forma de coerção, devendo sempre conduzir-se de maneira cordial e respeitosa para com seus clientes. 6. Todas as informações prestadas sobre os produtos POLISHOP devem ser completas e verdadeiras, o que inclui instruções sobre a utilização dos produtos e precauções especificadas no Manual, rótulos ou em qualquer outra publicação que os acompanhe. 11

12 7. Os Empreendedores Independentes não podem vender, comercializar ou utilizar informações de clientes seus, da POLISHOP ou de outros Empreendedores Independentes, exceto quando a utilização de tais informações seja necessária à venda de produtos relacionada ao negócio POLISHOP COM.VC. 8. Os Empreendedores Independentes não poderão criar seus ID s utilizando-se de nomes, apelidos ou nomenclaturas que sejam contrárias à moral, boa-fé e bons costumes, sob pena de não aprovação por parte da POLISHOP COM.VC. 9. Os Empreendedores Independentes deverão orientar e zelar pelos seus patrocinados, sejam eles convidados pelos próprios Empreendedores Independentes ou indicados pelo POLISHOP COM.VC para participarem de sua rede dowline. Com base no acima exposto, seguem orientações específicas às atividades do Empreendedor Independente: 10. Informações comerciais ou contato com fornecedores e parceiros comerciais da Polishop - Os Empreendedores Independentes não podem contatar direta ou indiretamente os fornecedores e parceiros comerciais da POLISHOP, a fim de obtenção de benefícios ou informações privilegiadas sobre o negócio. 11. Apresentação a terceiros - Os Empreendedores Independentes não podem comunicar-se com terceiros, seja via correio eletrônico ou qualquer outro meio de comunicação, induzindo-os de que estes estão se comunicando diretamente com a POLISHOP. Sempre que dirigir-se a terceiros, apresente-se como EMPREENDEDOR INDEPENDENTE POLISHOP. 12. Uso das lojas físicas Polishop para apresentação dos produtos - Os Empreendedores Independentes não podem se valer do atendimento dos funcionários das lojas físicas da POLISHOP para apresentar os benefícios dos produtos ou mesmo para divulgação dos produtos aos seus clientes. 12

13 MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA 13. Abordagem de clientes - Os Empreendedores Independentes não podem abordar clientes nas dependências das lojas físicas ou nas proximidades. 14. Aliciamento de funcionários - Os Empreendedores Independentes não podem aliciar os funcionários POLISHOP, inclusive funcionários de Lojas, funcionários administrativos e operacionais da empresa para ingressarem na sua rede. 15. Participação de funcionários Não poderão participar do negócio POLISHOP COM.VC funcionários, empregados ou prepostos, parentes de funcionários, empregados ou prepostos que participem do quadro de colaboradores da POLISHOP. Essa proibição tem como intenção resguardar a igualdade de chances entre os Empreendedores Independentes. 16. Exibição, participação em Feiras e show room - Os Empreendedores Independentes não podem vender ou expor à venda os produtos POLISHOP em qualquer estabelecimento varejista, tais como lojas, mercados abertos ou fechados, feiras, quiosques, estandes em shopping centers, eventos de qualquer natureza ou em outro local que a POLISHOP, a seu exclusivo critério, julgar prejudicial ao negócio. 13

14 SEÇÃO D DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Os Empreendedores Independentes se obrigam a proteger e manter a confidencialidade de toda e qualquer informação que tiver acesso por conta da sua participação no negócio POLISHOP COM.VC, incluindo, mas não se limitando a, (a) informações relativas aos Produtos; (b) preços dos Produtos; (c) listas de empreendedores e clientes da POLISHOP; (d) dados de clientes; (e) negócios e métodos de operação da POLISHOP; (f) Política de Bonificação; (g) quaisquer outras informações relacionadas à atividade da POLISHOP. Em caso de não cumprimento das obrigações de confidencialidade acima, a POLISHOP poderá adotar as medidas que julgar necessárias para proteger as Informações Confidencias, sem prejuízo do direito de pedir indenização por quaisquer perdas e danos. 2. Quando da solicitação pela POLISHOP ou no término deste Contrato por qualquer motivo, o que ocorrer primeiro, o Empreendedor Independente devolverá à POLISHOP, no prazo de 10 (dez) dias corridos contados da data da rescisão, toda e qualquer Informação Confidencial que estiver em sua posse, inclusive cópias. 3. A obrigação de proteger as Informações Confidenciais deverão persistir mesmo com o encerramento do Contrato de Cadastramento. 14

15 SEÇÃO E - SANÇÕES MANUAL DE ÉTICA E CONDUTA Os Empreendedores Independentes reconhecem que a prática de qualquer uma das infrações acima indicadas, bem como ao Manual de Procedimentos, Contrato de Cadastramento e demais modificações e emendas feitas pela POLISHOP nesses materiais, dão direito à POLISHOP de aplicar as sanções abaixo previstas, em conjunto ou isoladamente, ressalvado o direito da POLISHOP de aplicar a rescisão imediata do Contrato de Cadastramento com o Empreendedor Independente infrator: 1. advertência por escrito; 2. exclusão do Empreendedor Independente dos eventos corporativos da Polishop; 3. bloqueio do Empreendedor Independente ao My-Office e ao acesso às lojas virtuais até que o Empreendedor Independente ajuste sua conduta e repare a POLISHOP de eventuais prejuízos sofridos. O bloqueio do Empreendedor Independente implicará a suspensão de todos os seus direitos, tais como os privilégios de compra. 4. rescisão do contrato de Cadastramento do Empreendedor Independente; Imediatamente à rescisão do Contrato de Cadastramento, o Empreendedor Independente, sob pena de sofrer as sanções previstas em lei, deverá remover e cessar permanentemente o uso das marcas POLISHOP e deixar de apresentar-se como Empreendedor Independente. Obs.: A POLISHOP poderá considerar o Patrocinador do infrator também responsável(is) pelas infrações no caso das investigações promovidas pela POLISHOP revelarem que aquele Patrocinador tinha conhecimento das infrações, de alguma forma beneficiou-se da prática dessas infrações ou mesmo se teve conhecimento das mesmas e nada fez para cessá-las ou trazer o fato à ciência da POLISHOP. 15

16 I

Conduta e Ética MANUAL DE CONDUTA E ÉTICA DO MICROFRANQUEADO BBOM+

Conduta e Ética MANUAL DE CONDUTA E ÉTICA DO MICROFRANQUEADO BBOM+ Conduta e Ética MANUAL DE CONDUTA E ÉTICA DO MICROFRANQUEADO BBOM+ GRUPO EMBRASYSTEM ÍNDICE SEÇÃO A - DIRETRIZES SOBRE MARCA, IMAGEM E REPUTAÇÃO DA BBOM+. SEÇÃO B - ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS ÀS ATIVIDADES

Leia mais

Termo de Uso A AGENDA SUSTENTABILIDADE única e exclusiva proprietária do domínio www.agenda SUSTENTABILIDADE.com.br, doravante denominado AGENDA SUSTENTABILIDADE, estabelece o presente TERMO DE USO para

Leia mais

Écom muito prazer que divulgo nosso Código de Ética e Conduta.

Écom muito prazer que divulgo nosso Código de Ética e Conduta. Código de Ética e Conduta Carta do Presidente Écom muito prazer que divulgo nosso Código de Ética e Conduta. Procuramos refletir todos os princípios éticos e padrões de conduta emanados pela nossa fundadora

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta O Código de Ética e Conduta do ESA - Externato Santo Antônio estabelece o comportamento esperado de todos aqueles que trabalham na, para e com a instituição, e tem por objetivo

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CADASTRAMENTO DE CONSULTOR(A) E CONDIÇÕES DE VENDA DIRETA

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CADASTRAMENTO DE CONSULTOR(A) E CONDIÇÕES DE VENDA DIRETA INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CADASTRAMENTO DE CONSULTOR(A) E CONDIÇÕES DE VENDA DIRETA Pelo presente instrumento particular de contrato de cadastramento de CONSULTOR(A) e condições de venda direta,

Leia mais

CONTRATO DE FRANQUIA COMERCIAL POR MEIO ELETRÔNICO

CONTRATO DE FRANQUIA COMERCIAL POR MEIO ELETRÔNICO CONTRATO DE FRANQUIA COMERCIAL POR MEIO ELETRÔNICO Pelo presente instrumento particular de Contrato de Franquia Comercial, que fazem entre si,de um lado FRANQUEADO, e de outro lado PRONTOTEL -sob o CNPJ

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS O presente contrato estabelece condições para os relacionamentos comerciais derivados da contratação do uso da Loja virtual sistema denominado LOJA EFICAZ, constituída

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA E CREDENCIAMENTO DE PARTICIPANTE ATIVO.

CONTRATO DE COMPRA E VENDA E CREDENCIAMENTO DE PARTICIPANTE ATIVO. CONTRATO DE COMPRA E VENDA E CREDENCIAMENTO DE PARTICIPANTE ATIVO. De um lado, a empresa: CENTER CORP. GESTÃO E NEGÓCIOS LTDA; com Matriz situada a Rua Rio Grande do Sul 904/201 Poços de Caldas / MG. CEP

Leia mais

Anunciante(s): são as empresas que fazem Anúncios Publicitários.

Anunciante(s): são as empresas que fazem Anúncios Publicitários. Termos de Uso Este Termo de Uso tem por objetivo informar as responsabilidades, deveres e obrigações que todo Usuário assume ao acessar o Site. O Usuário deve ler com atenção os termos abaixo antes de

Leia mais

Regulamento do Concurso Cultural denominado #DiadosnamoradosPaineiras

Regulamento do Concurso Cultural denominado #DiadosnamoradosPaineiras Regulamento do Concurso Cultural denominado #DiadosnamoradosPaineiras O concurso cultural denominado #DiadosnamoradosPaineiras é promovido por CONDOMÍNIO PAINEIRAS CENTER, com endereço na Av. 09 de julho,

Leia mais

Engenharia e Consultoria CÓDIGO DE ÉTICA

Engenharia e Consultoria CÓDIGO DE ÉTICA CÓDIGO DE ÉTICA SUMÁRIO APRESENTAÇÃO COLABORADORES Princípios éticos funcionais Emprego e Ambiente de trabalho Conflito de interesses Segredos e informações comerciais SEGURANÇA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE

Leia mais

Regulamento CONCURSO CULTURAL MAIS AMOR, POR FAVOR - MFVC

Regulamento CONCURSO CULTURAL MAIS AMOR, POR FAVOR - MFVC Regulamento CONCURSO CULTURAL MAIS AMOR, POR FAVOR - MFVC REGULAMENTO Qualquer casal, residente e domiciliado no Brasil, pode participar do Concurso, que tem caráter exclusivamente cultural ( Concurso

Leia mais

TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR

TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR TERMOS DE USO DO SITE WWW.DAYCOVALINVESTE.COM.BR Este site é de propriedade do Banco Daycoval S/A e foi desenvolvido com a finalidade de disponibilizar informações para sua correta utilização e reserva-se

Leia mais

Termos e Condições de uso do sistema PAGUEVELOZ

Termos e Condições de uso do sistema PAGUEVELOZ Termos e Condições de uso do sistema PAGUEVELOZ Este documento constitui um contrato de adesão ("Contrato") entre o proponente ("USUÁRIO"), qualificado na ficha de cadastro online e a PAGUEVELOZ Serviços

Leia mais

Termos e Condições de Uso

Termos e Condições de Uso Termos e Condições de Uso Por este instrumento, BUMERANGGUE EMPREENDIMENTOS LTDA., pessoa jurídica de direito privado, estabelecida na Rua Hildete Lomanto, 341, andar 01 Salas 04 e 05, Centro, Juazeiro,

Leia mais

DE ÉTICA E MANUAL DISCIPLINA

DE ÉTICA E MANUAL DISCIPLINA DE ÉTICA E MANUAL DISCIPLINA 2 www.upessencia.com.br MANUAL DE ÉTICA E DISCIPLINA ÍNDICE INTRODUÇÃO 1 MONTAGEM, ARTICULAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DA REDE DE NEGÓCIOS 2. IDENTIFICAÇÃO 3. EXPLICAÇÃO E DEMONSTRAÇÃO

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A.

CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. O presente Código de Conduta da Multiplan Empreendimentos Imobiliários S.A. (a Companhia ), visa cumprir com as disposições do Regulamento

Leia mais

REGULAMENTOS PARA INTERNET, PEDIDOS POR CORREIO E GERAÇÃO DE CONTATOS (LEADS) NO BRASIL. Em vigor a partir 1 de novembro de 2003

REGULAMENTOS PARA INTERNET, PEDIDOS POR CORREIO E GERAÇÃO DE CONTATOS (LEADS) NO BRASIL. Em vigor a partir 1 de novembro de 2003 REGULAMENTOS PARA INTERNET, PEDIDOS POR CORREIO E GERAÇÃO DE CONTATOS (LEADS) NO BRASIL Em vigor a partir 1 de novembro de 2003 Estes regulamentos aplicam-se aos sites da web, programas de pedido pelo

Leia mais

Regulamento - Concurso Cultural: "Sua foto no Shopping 25 pode se transformar em um Iphone 5 ".

Regulamento - Concurso Cultural: Sua foto no Shopping 25 pode se transformar em um Iphone 5 . Regulamento - Concurso Cultural: "Sua foto no Shopping 25 pode se transformar em um Iphone 5 ". 1. CONCURSO. Este é um CONCURSO de caráter exclusivamente cultural, sem qualquer modalidade de sorteio ou

Leia mais

2. PÚBLICO ALVO PRÉ-REQUISITOS. Página 1 de 6

2. PÚBLICO ALVO PRÉ-REQUISITOS. Página 1 de 6 O presente Regulamento rege o Edital e Processo de Seleção da Turma 2015 da BERRINI VENTURES, primeira aceleradora de empresas do setor de Saúde do Brasil. Criada com a experiência da Live Healthcare Media

Leia mais

Termos do Serviço. 1. Aceitação dos Termos do Serviço. Bem-vindo a TapToLogin.

Termos do Serviço. 1. Aceitação dos Termos do Serviço. Bem-vindo a TapToLogin. Termos do Serviço 1. Aceitação dos Termos do Serviço Bem-vindo a TapToLogin. A RD2Buzz Brasil Consultoria e Internet Ltda (RD2Buzz). fornece a você ("Usuário ) o aplicativo TapToLogin, sujeito aos Termos

Leia mais

Termos de Uso Bem-vindo ao website da TAHE Brasil (o Site ).

Termos de Uso Bem-vindo ao website da TAHE Brasil (o Site ). Termos de Uso Bem-vindo ao website da TAHE Brasil (o Site ). A TAHE BRASIL,oferece os conteúdos e serviços neste Site, cuja utilização está sujeita aos presentes Termos e Condições de Uso, à nossa Política

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL "BANRISUL 10 ANOS NO GRE-NAL"

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL BANRISUL 10 ANOS NO GRE-NAL REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL "BANRISUL 10 ANOS NO GRE-NAL" O concurso cultural denominado "BANRISUL 10 ANOS NO GRE-NAL" ("Concurso") é promovido pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul)

Leia mais

Não existe sucesso ou felicidade sem o exercício pleno da cidadania e da ética global.

Não existe sucesso ou felicidade sem o exercício pleno da cidadania e da ética global. Código de Ética C 2 O conteúdo deste documento é destinado apenas a visualização, sendo expressamente proibido o uso não autorizado, reprodução, cópia, distribuição, publicação ou modificação por terceiros

Leia mais

TERMO DE USO. 1.1. Os termos em letra maiúscula utilizados no presente Termo terão os seguintes significados:

TERMO DE USO. 1.1. Os termos em letra maiúscula utilizados no presente Termo terão os seguintes significados: TERMO DE USO Este Termo de Uso ( Termo ) é celebrado entre a [TECVIDYA], sociedade empresária, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 14.469.128/0001-03, com sede na cidade e Estado do Rio de Janeiro, à rua intendente

Leia mais

3º CONCURSO CULTURAL DE INTELIGÊNCIA DIGITAL 2013

3º CONCURSO CULTURAL DE INTELIGÊNCIA DIGITAL 2013 3º CONCURSO CULTURAL DE INTELIGÊNCIA DIGITAL 2013 Desde 1995 a Web Consult vem crescendo e tornando-se referência no meio de comunicação mais revolucionária dos últimos tempos, a internet, buscando sempre

Leia mais

ÁLAMO ENGENHARIA POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMÁTICA

ÁLAMO ENGENHARIA POLÍTICA DE SEGURANÇA DE INFORMÁTICA ELABORAÇÃO / REVISÃO APROVAÇÃO Marcelo Costa 16/05/2013 Fernando Matias 16/05/2013 NOME DATA NOME DATA Introdução: A segurança é um dos assuntos mais importantes dentre as preocupações de nossa empresa.

Leia mais

Código de Conduta Ética Setorial do Profissional de Compras - Organização Bradesco

Código de Conduta Ética Setorial do Profissional de Compras - Organização Bradesco Código de Conduta Ética Setorial do Profissional de Compras - Organização Bradesco Caros Colaboradores, A Organização Bradesco busca constantemente os mais altos padrões de comportamento ético e está comprometida

Leia mais

CONTRATO DE PARCERIA DE VENDA DIRETA

CONTRATO DE PARCERIA DE VENDA DIRETA CONTRATO DE PARCERIA DE VENDA DIRETA Pelo presente Instrumento Particular, tendo de um lado a empresa DX COMMERCE DO BRASIL EIRELI-ME, empresa estabelecida na cidade e comarca de Leme, Estado de São Paulo,

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA e NORMAS DE CONDUTA REVOLUTYON

CÓDIGO DE ÉTICA e NORMAS DE CONDUTA REVOLUTYON CÓDIGO DE ÉTICA e NORMAS DE CONDUTA REVOLUTYON A Revolutyon é uma Empresa regida por uma escala de valores, que se orgulha da qualidade e do caráter de todos os seus Membros. O presente Código de Ética

Leia mais

As palavras grafadas neste instrumento com letras maiúsculas terão o significado que a elas é atribuído de acordo com o estabelecido abaixo:

As palavras grafadas neste instrumento com letras maiúsculas terão o significado que a elas é atribuído de acordo com o estabelecido abaixo: Termo e Condições de Uso Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, entidade associativa sem fins lucrativos, CNPJ 04.481.317/0001-48, situada à Rua Bela Cintra, 756, 9 andar, conjunto 91, CEP 041415-000,

Leia mais

Circular de Oferta 5102/ sto Ago

Circular de Oferta 5102/ sto Ago Circular de Oferta Agosto / 2015 Índice Introdução 03 Quem Somos 04 Como funciona o negócio 05 Vantagens de ser constituir uma agência 06 Produtos e serviços 07 Ferramentas de apoio 08 Atividades desempenhadas

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

1º PRÊMIO DE ARTIGOS CIENTIFICOS DO DESAFIO UNIVERSITÁRIO EMPREENDEDOR

1º PRÊMIO DE ARTIGOS CIENTIFICOS DO DESAFIO UNIVERSITÁRIO EMPREENDEDOR 1º PRÊMIO DE ARTIGOS CIENTIFICOS DO DESAFIO UNIVERSITÁRIO EMPREENDEDOR O presente Regulamento tem por objeto regular as relações entre o SEBRAE e os participantes do 1º Prêmio de Artigos Científicos do

Leia mais

C Da Nome D Empr PRO idade epar ta esa tamen T OC to OL O DE ENTRE GA Estado RG A C ssina ar go tur a CÓDIGO DE ÉTICA

C Da Nome D Empr PRO idade epar ta esa tamen T OC to OL O DE ENTRE GA Estado RG A C ssina ar go tur a CÓDIGO DE ÉTICA CÓDIGO DE ÉTICA Prezados, O Código de Ética apresenta os princípios éticos que devem orientar as decisões e a conduta dos funcionários do Ultra e parceiros da companhia. Além de expressar os compromissos

Leia mais

Gestão Legal no Varejo

Gestão Legal no Varejo SEMINÁRIO GVCEV: Gestão Legal no Varejo Aspectos Práticos da Gestão de Propriedade Intelectual Antonio Carlos Siqueira da Silva A PROPRIEDADE INTELECTUAL ESTÁ PRESENTE NO COTIDIANO DO VAREJO! Gestão de

Leia mais

CÓDIGO DE AUTO-REGULAMENTAÇÃO FRANCHISING

CÓDIGO DE AUTO-REGULAMENTAÇÃO FRANCHISING CÓDIGO DE AUTO-REGULAMENTAÇÃO DO FRANCHISING PREFÁCIO OBJETIVO E PRINCÍPIOS GERAIS DEFINIÇÕES Franchising ou Sistema de Franquia Franquia Master Franquia Franqueador Franqueado Fornecedor do Sistema de

Leia mais

6. Do Resultado do Concurso Cultural Que detalhes transformam o seu verão?

6. Do Resultado do Concurso Cultural Que detalhes transformam o seu verão? O presente Concurso Cultural é realizado pela EMBRAED Empresa Brasileira de Edificações Ltda., pessoa jurídica de direito privado, com sede na Av. Brasil, 3313 sala 09, Centro, Balneário Camboriú - SC,

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA. Contrato/Unidade/Seção: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INDICE DE REVISÕES

POLÍTICA DE SEGURANÇA. Contrato/Unidade/Seção: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INDICE DE REVISÕES Título: Data: Contrato/Unidade/Seção: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 de 6 INDICE DE REVISÕES REVISÃO DESCRIÇÃO DAS ALTERAÇÕES E/OU PÁGINAS ALTERADAS 0 Primeira Edição da Instrução de Trabalho. 1 Nova nomenclatura

Leia mais

CONSIDERANDO I - Clausula 1 - CADASTRAMENTO ELETRÔNICO E ACEITAÇÃO:

CONSIDERANDO I - Clausula 1 - CADASTRAMENTO ELETRÔNICO E ACEITAÇÃO: INSTRUMENTO PARTICULAR DE CREDENCIAMENTO PARA REVENDA DE PRODUTOS SYNC POR MEIO DE LOJA VIRTUAL As partes qualificadas tem entre si justo e acordado a celebração do presente Termo de Distribuição ('Termo')

Leia mais

Princípios de Conduta e Ética

Princípios de Conduta e Ética Princípios de Conduta e Ética Índice 2 Visão, Missão e Valores da Alpargatas 4 Apresentação 6 O que são princípios éticos A quem eles se aplicam O Comitê de Ética da Alpargatas 8 Compromisso com nosso

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO 1 TERMOS E CONDIÇÕES DE USO 1. A plataforma on-line 2study, disponibilizada a você, doravante usuário, por meio do endereço: http://2study.com.br/, é desenvolvida e provida pela LCA Consulting LTDA, pessoa

Leia mais

Guia Herbalife BOAS PRÁTICAS NA INTERNET

Guia Herbalife BOAS PRÁTICAS NA INTERNET Guia Herbalife BOAS PRÁTICAS NA INTERNET :: Índice O mundo ficou pequeno... 03 O que a Internet representa... 05 Vários caminhos levam a um só lugar: a informação... 06 Reputação positiva na Internet...

Leia mais

GAROTA VIP EDIÇÃO 2012

GAROTA VIP EDIÇÃO 2012 GAROTA VIP EDIÇÃO 2012 Regulamento para participação no quadro Garota VIP APRESENTAÇÃO Garota VIP é um quadro do Portal VIP Social que evidência a beleza feminina do Vale do Rio Tijucas. Modelos com idades

Leia mais

TERMO DE ADESÃO VARILUX ESPECIALISTA 2015

TERMO DE ADESÃO VARILUX ESPECIALISTA 2015 TERMO DE ADESÃO VARILUX ESPECIALISTA 2015 1. DEFINIÇÕES: 1.1. PROGRAMA VARILUX ESPECIALISTA ( PROGRAMA ): programa de relacionamento que visa estimular a venda, pelas ÓPTICAS, dos produtos de fabricação

Leia mais

TERMOS DE USO DO CLASSIFICADOS DO JORNAL SMC EM FOCO

TERMOS DE USO DO CLASSIFICADOS DO JORNAL SMC EM FOCO TERMOS DE USO DO CLASSIFICADOS DO JORNAL SMC EM FOCO Para os fins deste documento, devem ser consideradas as seguintes definições e descrições para seu melhor entendimento: - Classificados do Jornal SMC

Leia mais

MYBIKES, única e exclusiva proprietária dos domínios que utilizam a marca MYBIKES, como: "http://www.mybikes.com.br", e doravante denominada

MYBIKES, única e exclusiva proprietária dos domínios que utilizam a marca MYBIKES, como: http://www.mybikes.com.br, e doravante denominada MYBIKES, única e exclusiva proprietária dos domínios que utilizam a marca MYBIKES, como: "http://www.mybikes.com.br", e doravante denominada unicamente de, estabelece o presente instrumento, denominado

Leia mais

COPA CRIATIVA IBMR REGULAMENTO

COPA CRIATIVA IBMR REGULAMENTO A Copa Criativa IBMR visa premiar a criação de camisas personalizadas pelos alunos do curso de Publicidade e Propaganda, tendo como tema a Copa do Mundo, o IBMR e seus alunos. 1. PARTICIPAÇÃO 1.1. Podem

Leia mais

ERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site

ERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site TERMOS & CONDIÇÕES Ao aceder a este site, ou a qualquer conteúdo do mesmo, o utilizador toma conhecimento e estabelece um acordo com a SDEA Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores, EPER

Leia mais

Termo de uso. - Permitir que internautas visualizem todo o conteúdo do site, sem a necessidade de fazer cadastro;

Termo de uso. - Permitir que internautas visualizem todo o conteúdo do site, sem a necessidade de fazer cadastro; Termo de uso O website denominado WEBREFORMA, endereço eletrônico www.webreforma.com.br trata-se de um serviço interativo oferecido por meio de página eletrônica na internet, que destina-se a: - Cadastrar

Leia mais

Ivan Drummond Filho C.E.O. International Health Care Offshore CNPJ 07.527.778/0001-00. Sobre o Código

Ivan Drummond Filho C.E.O. International Health Care Offshore CNPJ 07.527.778/0001-00. Sobre o Código Página 1 de 8 International Health Care Offshore CNPJ 07.527.778/0001-00 Sobre o Código As relações interpessoais devem seguir as normas de respeito individual e coletivo sempre considerando o bem estar

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BASEADO NA NORMA ABNT 21:204.01-010 A Política de segurança da informação, na FK EQUIPAMENTOS, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de serviços, sistemas e

Leia mais

Política de uso do portal e canais do Grupo Hospital Casa nas redes sociais.

Política de uso do portal e canais do Grupo Hospital Casa nas redes sociais. Política de uso do portal e canais do Grupo Hospital Casa nas redes sociais. O objetivo desta política é estabelecer as diretrizes de participação nos canais digitais do Grupo hospital casa nas redes sociais

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL "O AMOR DO HOMEM PELO CAMPO"

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL O AMOR DO HOMEM PELO CAMPO REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL "O AMOR DO HOMEM PELO CAMPO" 1. Objeto e Prazo 1.1. O Concurso Cultural O Amor do Homem pelo Campo será promovido pelo Canal Rural Produções Ltda., inscrito no CNPJ sob

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA SEDE SOCIAL DA ASSOCIAÇÃO RECREATIVA MERCÚRIO

REGULAMENTO INTERNO DA SEDE SOCIAL DA ASSOCIAÇÃO RECREATIVA MERCÚRIO REGULAMENTO INTERNO DA SEDE SOCIAL DA ASSOCIAÇÃO ASPECTOS LEGAIS RECREATIVA MERCÚRIO DA SEDE SOCIAL Artigo 1º. A Sede Social da Associação Recreativa Mercúrio é uma unidade de lazer, entretenimento, esporte

Leia mais

TERMOS DE USO DO SITE DE ENVIO DE FOTOS DO GRUPO CCR

TERMOS DE USO DO SITE DE ENVIO DE FOTOS DO GRUPO CCR TERMOS DE USO DO SITE DE ENVIO DE FOTOS DO GRUPO CCR ATENÇÃO: LEIA ATENTAMENTE OS TERMOS E CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO DESTE SITE PARA ENVIO DE FOTOS DO GRUPO CCR (TERMOS DE USO). O PRESENTE TERMO DE USO IMPORTARÁ

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. Os princípios éticos que orientam nossa atuação também fundamentam nossa imagem de empresa sólida e confiável.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA. Os princípios éticos que orientam nossa atuação também fundamentam nossa imagem de empresa sólida e confiável. CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA 1. Introdução Os princípios éticos que orientam nossa atuação também fundamentam nossa imagem de empresa sólida e confiável. Este Código de Ética e Conduta da UTC Participações

Leia mais

TERMOS DE USO. Segue abaixo os termos que deverão ser aceitos para criação e ativação de sua Loja Virtual, Hospedagem ou Revenda.

TERMOS DE USO. Segue abaixo os termos que deverão ser aceitos para criação e ativação de sua Loja Virtual, Hospedagem ou Revenda. TERMOS DE USO Segue abaixo os termos que deverão ser aceitos para criação e ativação de sua Loja Virtual, Hospedagem ou Revenda. TERMOS E USOS: Estes Termos e Usos (doravante denominados Termos e Usos

Leia mais

Código de Conduta Fevereiro de 2014

Código de Conduta Fevereiro de 2014 Código de Conduta Fevereiro de 2014 Índice 1. Sobre o Código...03 2. Relações com Clientes... 04 3. Relações com os Acionistas... 04 3.1. Informações Privilegiadas... 05 4. Responsabilidades dos Integrantes...

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN 1 Introdução A EVEN conduz seus negócios de acordo com os altos padrões éticos e morais estabelecidos em seu Código de Conduta, não tolerando qualquer forma de corrupção e suborno.

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA 07/2014

CÓDIGO DE CONDUTA 07/2014 CÓDIGO DE CONDUTA 07/2014 CÓDIGO DE CONDUTA 07/2014 ÍNDICE ÍNDICE 1. Sobre o Código... 04 2. Relações com Clientes.... 05 3. Relações com os Acionistas... 05 3.1. Informações Privilegiadas... 05 4. Responsabilidades

Leia mais

CONTRATO DE PARCERIA PARA VENDA DE PRAZO DETERMINADO NUTRYER COMÉRCIO DE PRODUTOS NATURAIS & ESTÉTICA LTDA. - ME,

CONTRATO DE PARCERIA PARA VENDA DE PRAZO DETERMINADO NUTRYER COMÉRCIO DE PRODUTOS NATURAIS & ESTÉTICA LTDA. - ME, CONTRATO DE PARCERIA PARA VENDA DE PRAZO DETERMINADO NUTRYER COMÉRCIO DE PRODUTOS NATURAIS & ESTÉTICA LTDA. - ME, As partes abaixo identificadas têm, entre si, justo e acertado o presente Contrato de Parceria

Leia mais

A missão da Itapoços é transformar, através da prestação de serviços de qualidade, água em prosperidade e desenvolvimento sustentável, contribuindo

A missão da Itapoços é transformar, através da prestação de serviços de qualidade, água em prosperidade e desenvolvimento sustentável, contribuindo ITAPOÇOS POÇOS ARTESIANOS DE ITABIRA NASCIMENTO LTDA Introdução A missão da Itapoços é transformar, através da prestação de serviços de qualidade, água em prosperidade e desenvolvimento sustentável, contribuindo

Leia mais

LUX R ACORDO PARA DISTRIBUIDOR INDEPENDENTE P E R F U M E S

LUX R ACORDO PARA DISTRIBUIDOR INDEPENDENTE P E R F U M E S 1ª VIA ID DO DISTRIBUIDOR (SEU ID) NOME QUEM INDICOU SEU NOME/ RAZÃO SOCIAL RG: CPF/ CNPJ ACORDO PARA DISTRIBUIDOR INPENNTE COM ESSE ACORDO ASSINADO SEJO TORNAR-ME UM DISTRIBUIDOR INPENNTE DOS PRODUTOS

Leia mais

Contrato de Franquia

Contrato de Franquia Contrato de Franquia 2013 R u a C a l d a s J u n i o r, 2 0 c o n j. 7 6. C e n t r o - P o r t o A l e g r e - RS CONTRATO DE FRANQUIA IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES FRANQUEADORA: (Nome da Empresa

Leia mais

CONTRATO SITE EXPRESS

CONTRATO SITE EXPRESS CONTRATO SITE EXPRESS De um lado, M&T Logística e Tecnologia Ltda, sediada na cidade de Belo Horizonte/MG na, denominada CONTRATADA e de outro lado, pessoa física ou jurídica, neste denominada CONTRATANTE,

Leia mais

A COMPLETA INSTALAÇÃO DESTE SOFTWARE IMPLICA NA IMEDIATA ACEITAÇÃO DE TODOS OS SEUS TERMOS E CONDIÇÕES.

A COMPLETA INSTALAÇÃO DESTE SOFTWARE IMPLICA NA IMEDIATA ACEITAÇÃO DE TODOS OS SEUS TERMOS E CONDIÇÕES. SIGMA SISTEMA GERENCIAL DE MANUTENÇÃO CONTRATO DE LICENÇA DE USO E GARANTIA A COMPLETA INSTALAÇÃO DESTE SOFTWARE IMPLICA NA IMEDIATA ACEITAÇÃO DE TODOS OS SEUS TERMOS E CONDIÇÕES. 1.0. INDENTIFICAÇÃO DO

Leia mais

Hospedagem de Sites. Discurso difamatório distribuído através da Internet pode resultar em responsabilidade civil para o difamador.

Hospedagem de Sites. Discurso difamatório distribuído através da Internet pode resultar em responsabilidade civil para o difamador. Hospedagem de Sites 1. CONTEÚDO 1.1. CONTEÚDO NÃO PERMITIDO NOS SITES HOSPEDADOS Todos os serviços prestados pela Smart Host Web podem ser utilizados para fins legais. Transmissão, armazenamento ou apresentação

Leia mais

Código de Ética, Conduta e Relacionamento

Código de Ética, Conduta e Relacionamento As normas éticas possuem como pressuposto as normas morais. A ética estabelece normas de conduta as quais são destinadas a regular os atos humanos tendentes à consecução dos fins a que se propõe. O não

Leia mais

PORTARIA 028/2006 REGULAMENTA O USO DA REDE DE COMPUTADORES DA FESP E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

PORTARIA 028/2006 REGULAMENTA O USO DA REDE DE COMPUTADORES DA FESP E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. PORTARIA 028/2006 REGULAMENTA O USO DA REDE DE COMPUTADORES DA FESP E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Presidente do Conselho Curador da FESP, no uso de suas atribuições, faz regulamentar o uso da rede de computadores

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE CONTEÚDO ON-LINE

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE CONTEÚDO ON-LINE CONTRATO DE FORNECIMENTO DE CONTEÚDO ON-LINE A EDITORA GAZETA DO POVO S.A., pessoa jurídica de direito privado com sede em Curitiba, Estado do Paraná, na Praça Carlos Gomes, nº. 04, CEP 80.010-140, devidamente

Leia mais

Política de privacidade V2

Política de privacidade V2 Política de privacidade V2 Para os fins desta Política de Privacidade, as palavras grifadas em maiúsculo terão os seguintes significados: V2 é uma loja virtual disponibilizada na Internet para comercialização

Leia mais

Prezado usuário, ao se cadastrar no SITE www.e-closet.com.br você está de acordo com presente Contrato de Adesão.

Prezado usuário, ao se cadastrar no SITE www.e-closet.com.br você está de acordo com presente Contrato de Adesão. E-CLOSET Prezado usuário, ao se cadastrar no SITE www.e-closet.com.br você está de acordo com presente Contrato de Adesão. O presente CONTRATO DE ADESÃO ao site E-CLOSET, empresa com razão social INTERNET

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL SOU NATURALMENTE BONITA COM AS UNHAS FORTES

REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL SOU NATURALMENTE BONITA COM AS UNHAS FORTES REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL SOU NATURALMENTE BONITA COM AS UNHAS FORTES REGULAMENTO DO CONCURSO CULTURAL SOU NATURALMENTE BONITA COM AS UNHAS FORTES : O presente Concurso Cultural é realizado pela

Leia mais

Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online

Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online Estes são os termos que determinarão o nosso relacionamento Este contrato refere-se ao sistema Diário de Obras Online, abrangendo qualquer uma de suas versões

Leia mais

TERMOS DE USO SIMULA & APROVA

TERMOS DE USO SIMULA & APROVA TERMOS DE USO SIMULA & APROVA LEIA ATENTAMENTE: AO ACESSAR NOSSO SITE OU TORNAR-SE UM USUÁRIO CADASTRADO, VOCÊ CONCORDA INTEGRALMENTE COM AS CONDIÇÕES AQUI DISPOSTAS, BEM COMO COM AS DEMAIS POLÍTICAS OU

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TRANS-MUX (EXPLORAÇÃO INDUSTRIAL DE LINHA DEDICADA EILD) ANEXO 3 TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TRANS-MUX (EXPLORAÇÃO INDUSTRIAL DE LINHA DEDICADA EILD) ANEXO 3 TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO TRANS-MUX (EXPLORAÇÃO INDUSTRIAL DE LINHA DEDICADA EILD) ANEXO 3 TERMO DE COMPROMISSO DE CONFIDENCIALIDADE 1. OBJETIVO Este Anexo ao Contrato de Prestação de Serviço TRANS-MUX

Leia mais

CAPÍTULO I - DA PROMOÇÃO E OBJETIVOS

CAPÍTULO I - DA PROMOÇÃO E OBJETIVOS CAPÍTULO I - DA PROMOÇÃO E OBJETIVOS Art. 1 A Eleição do Gol Mais Bonito da Copa Rede Amazônica de Futsal 2016 é parte integrante das atividades da COPA REDE AMAZÔNICA DE FUTSAL 2016, evento realizado

Leia mais

TERMO DE USO DO PORTAL SEU PET COM SOBRENOME

TERMO DE USO DO PORTAL SEU PET COM SOBRENOME TERMO DE USO DO PORTAL SEU PET COM SOBRENOME O respectivo Termo de Uso tem como objetivo regrar a utilização pelos usuários do Portal SEU PET COM SOBRENOME, localizado pelo endereço eletrônico http://www.seupetcomsobrenome.com.br,

Leia mais

Contrato do Programa de Parceiros PayPal

Contrato do Programa de Parceiros PayPal Contrato do Programa de Parceiros PayPal Este Contrato do Programa de Parceiros PayPal e seus Anexos ( Contrato ) é um contrato entre você, entidade ou pessoa nomeada no formulário de inscrição como Parceiro

Leia mais

TERMOS GERAIS DE LICENÇA DE REVENDA LUNDY

TERMOS GERAIS DE LICENÇA DE REVENDA LUNDY TERMOS GERAIS DE LICENÇA DE REVENDA LUNDY Por este documento, denominado de TERMOS GERAIS DE LICENÇA DE REVENDA LUNDY, doravante referido simplesmente como TERMOS GERAIS, a LUNDY COMERCIAL LTDA., pessoa

Leia mais

Termos e Condições de Uso

Termos e Condições de Uso Termos e Condições de Uso Por favor, antes de realizar o cadastro como revendedor(a), leia atentamente os Termos e Condições de Uso. Ao preencher e enviar o formulário de cadastro de Revendedor através

Leia mais

SUMÁRIO DO CONTRATO: ESTADÃO IMPRESSO, ESTADÃO DIGITAL, ESTADÃO IMPRESSO + DIGITAL; E PRODUTOS ESTADÃO DIGITAL

SUMÁRIO DO CONTRATO: ESTADÃO IMPRESSO, ESTADÃO DIGITAL, ESTADÃO IMPRESSO + DIGITAL; E PRODUTOS ESTADÃO DIGITAL SUMÁRIO DO CONTRATO: ESTADÃO IMPRESSO, ESTADÃO DIGITAL, ESTADÃO IMPRESSO + DIGITAL; E PRODUTOS ESTADÃO DIGITAL I. SUMÁRIO DO CONTRATO APENAS PARA CONTRATAÇÃO DE ESTADÃO IMPRESSO A Assinatura do Estadão

Leia mais

POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DE COMPUTADORES E REDES - PUR

POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DE COMPUTADORES E REDES - PUR 1. INTRODUÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO DO PLANALTO DE ARAXÁ POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DE COMPUTADORES E REDES - PUR Este documento pretende descrever como deverá ser o uso apropriado dos recursos de computação

Leia mais

c. Promover o comportamento ético no ambiente em que atuamos.

c. Promover o comportamento ético no ambiente em que atuamos. Introdução O Código de Ética e Conduta foi aprovado em reunião do Conselho de Administração em 03/08/2015. É um documento que resume as principais políticas e diretrizes que definem as regras orientadoras

Leia mais

Política de Segurança da Informação FRAM Capital DTVM S.A.

Política de Segurança da Informação FRAM Capital DTVM S.A. Política de Segurança da Informação FRAM Capital DTVM S.A. Este Manual foi desenvolvido e é atualizado pela área de Tecnologia da Informação da FRAM CAPITAL DTVM. As informações aqui contidas estão sujeitas

Leia mais

IV Regulamento do DICQ para Acreditação do Sistema de Gestão da Qualidade de Laboratórios Clínicos e seus anexos

IV Regulamento do DICQ para Acreditação do Sistema de Gestão da Qualidade de Laboratórios Clínicos e seus anexos IV Regulamento do DICQ para Acreditação do Sistema de Gestão da Qualidade de Laboratórios Clínicos e seus anexos 1 - Objetivo Estabelecer o Regulamento para a Acreditação do Sistema de Gestão da Qualidade

Leia mais

PROMOÇÃO SEMEANDO BEM ESTAR REGULAMENTO GERAL- MARÇO/2011 DISPOSIÇÕES GERAIS

PROMOÇÃO SEMEANDO BEM ESTAR REGULAMENTO GERAL- MARÇO/2011 DISPOSIÇÕES GERAIS PROMOÇÃO SEMEANDO BEM ESTAR REGULAMENTO GERAL- MARÇO/2011 DISPOSIÇÕES GERAIS Cláusula 1ª: O CEBEM - Centro do Bem Estar e Qualidade de Vida, na pessoa do seu proprietário e fundador, comunica a todos os

Leia mais

CONTRATO DE HOSPEDAGEM E DESENVOLVIMENTO DE WEB SITE

CONTRATO DE HOSPEDAGEM E DESENVOLVIMENTO DE WEB SITE CONTRATO DE HOSPEDAGEM E DESENVOLVIMENTO DE WEB SITE PREAMBULO PARTES: CONTRATADA: SISTEMAS GERAIS DA INFORMAÇÃO inscrita no CNPJ sob nº 12.777.502/0001-02; doravante designada simplesmente CONTRATADA.

Leia mais

1. Do Concurso. 2. Da Mecânica

1. Do Concurso. 2. Da Mecânica Regulamento do Concurso Recreativo 1. Do Concurso 1.1. O Concurso Recreativo Game 8 Anos Folha Vitória", promovido pela Televisão Vitória SA / Folha Vitória CNPJ sob o nº 27.419.100/0001-03, com sede na

Leia mais

Código de Conduta 08/2014

Código de Conduta 08/2014 Código de Conduta 08/2014 Índice 1. Sobre o Código... 4 2. Relações com Clientes... 5 3. Relações com Acionistas... 5 3.1. Informações Privilegiadas... 6 4. Responsabilidades dos Integrantes...7 4.1. Oportunidade

Leia mais

Código de Conduta. Diretrizes e Padrões de Integridade e Transparência

Código de Conduta. Diretrizes e Padrões de Integridade e Transparência Código de Conduta Diretrizes e Padrões de Integridade e Transparência Sumário Carta da Presidência 3 1. Introdução 2. Implementação deste Código de Conduta 3. Cumprimento deste Código de Conduta 4. Reporte

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA RESPONSABILIDADE DA EMPRESA

CÓDIGO DE ÉTICA RESPONSABILIDADE DA EMPRESA A Alvarez & Muniz Engenheiros Associados Ltda. vêm através deste Código de Ética valorizar a conduta correta de seus colaboradores e tentar reprimir ações ilícitas e comportamentos danosos que possam dificultar

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2011

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2011 Minuta PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2011 Altera a Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990 (Código de Defesa do Consumidor), para dispor sobre o comércio eletrônico. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art.

Leia mais

Código de Ética. 31 de março

Código de Ética. 31 de março Código de Ética 31 de março 2015 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 4 2. MISSÃO, VISÃO E VALORES DA CETIP... 4 3. PÚBLICO-ALVO... 4 4. REGRAS E PRINCÍPIOS NORTEADORES DAS ATIVIDADES... 4 4.1. RELACIONAMENTO INTERNO...

Leia mais

NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DA REDE SETUR

NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DA REDE SETUR NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DA REDE SETUR GETAD/TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1-OBJETIVO Esta norma estabelece os critérios e procedimentos relacionados à utilização da REDE SETUR por todos os servidores, estagiários

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA UTILIZAÇÃO DO KOMERCI

CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA UTILIZAÇÃO DO KOMERCI CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA UTILIZAÇÃO DO KOMERCI Por este instrumento, a pessoa jurídica ou a pessoa física qualificada na respectiva Proposta de Credenciamento e Adesão de Estabelecimentos ao SISTEMA

Leia mais

O site www.grey.com é operado e de propriedade do Grupo Grey.

O site www.grey.com é operado e de propriedade do Grupo Grey. Termos e Condições O site www.grey.com é operado e de propriedade do Grupo Grey. Ao acessar este site, você concorda em cumprir estes termos e condições. Leia atentamente. CASO NÃO CONCORDE EM CUMPRIR

Leia mais