AULA 5 COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AULA 5 COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO"

Transcrição

1 AULA 5 COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO

2 DA COMPETÊNCIA MATERIAL NA JUSTIÇA DO TRABALHO Objetivos da disciplina conteúdo programático 1. QUAL A DIFERENÇA ENTRE RELAÇÕES DE TRABALHO E RELAÇÕES DE EMPREGO? 2. A JUSTIÇA DO TRABALHO É COMPETENTE PARA PROCESSAR E JULGAR TODA E QUALQUER RELAÇÃO DE TRABALHO? 3. EXISTEM EXCEÇÕES PARA A COMPETÊNCIA MATERIAL NA JUSTIÇA DO TRABALHO DIANTE DAS RELAÇÕES DE TRABALHO?

3 COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO Art Compete à Justiça do Trabalho processar e julgar: I - as ações oriundas da relação de trabalho, abrangidos os entes de direito público externo e da administração pública direta e indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios; Competência Material/Pessoal a) Vinculação dos critérios em razão da matéria e em razão da pessoa b) Relação de Trabalho x Relação de emprego; c) Reforma do Judiciário e ampliação da competência da Justiça do Trabalho - verdadeira Justiça do Trabalho - reflexos institucionais d) análise da redação do artigo 114 da CF/88

4 REDAÇÃO ANTERIOR A EC 45/2004 Art Compete à Justiça do Trabalho conciliar e julgar os dissídios individuais e coletivos entre trabalhadores e empregadores, abrangidos os entes de direito público externo e da administração pública direta e indireta dos Municípios, do Distrito Federal, dos Estados e da União, e, na forma da lei, outras controvérsias decorrentes da relação de trabalho, bem como os litígios que tenham origem no cumprimento de suas próprias sentenças, inclusive coletivas.

5 RELAÇÃO DE TRABALHO (ART. 114, I DA CF/88. Relação de trabalho x Relação de Emprego; Empreitada (art. 652, a, III da CLT) Competência penal (ADI MC/DF);

6 RELAÇÃO DE TRABALHO ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Servidores públicos estatutários, Empregados públicos e Servidores temporários. Incompetência da Justiça do Trabalho para vínculos estatutários (ADI nº 3.395); Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte: IX - a lei estabelecerá os casos de contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público; Terceirização com a Administração Pública Súmula nº 331 do TST. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. LEGALIDADE V - Os entes integrantes da Administração Pública direta e indireta respondem subsidiariamente, nas mesmas condições do item IV, caso evidenciada a sua conduta culposa no cumprimento das obrigações da Lei n.º 8.666, de , especialmente na fiscalização do cumprimento das obrigações contratuais e legais da prestadora de serviço como empregadora. A aludida responsabilidade não decorre de mero inadimplemento das obrigações trabalhistas assumidas pela empresa regularmente contratada.

7 RELAÇÃO DE TRABALHO x RELAÇÃO DE CONSUMO Relação de consumo (Lei 8.078/90); Tomador de serviço-cliente; Prestação pessoal de trabalho (pessoa natural em prol de pessoa física); Enunciado 64/2007 da 1ª Jornada de Direito Material e Processual na Justiça do Trabalho. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO. PRESTAÇÃO DE SERVIÇO POR PESSOA FÍSICA. RELAÇÃO DE CONSUMO SUBJACENTE. IRRELEVÂNCIA. Havendo prestação de serviços por pessoa física a outrem, seja a que título for, já relação de trabalho, incidindo a competência da Justiça do Trabalho para os litígios dela oriundos (CF, art. 114, I) não importando qual o direito material que será utilizado na solução da lide (CLT, CDC, CC).

8 RELAÇÃO DE TRABALHO AUTÔNOMO Paciente x médico; cliente x motorista de taxi; cliente e arquiteto; cliente x corretor, etc... Advogado/ pessoa natural x cliente (Justiça do Trabalho); Relação de consumo x Relação de trabalho = dependência econômica do fornecedor. STJ SÚMULA Nº COMPETÊNCIA - PROCESSO E JULGAMENTO - AÇÃO DE COBRANÇA - PROFISSIONAL LIBERAL CONTRA CLIENTE. Compete à Justiça estadual processar e julgar a ação de cobrança ajuizada por profissional liberal contra cliente. ENUNCIADO 23 DA 1ª JORNADA DE DIREITO MATERIAL E PROCESSUAL DA JUSTIÇA DO TRABALHO. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO. AÇÃO DE COBRANÇA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. AUSÊNCIA DE RELAÇÃO DE CONSUMO. A Justiça do trabalho é competente para julgar ações de cobrança de honorários advocatícios, desde que ajuizada por advogado na condição de pessoa natural, eis que o labor do advogado não é prestado em relação de consumo, em virtude de lei de particularidades própria, e ainda que fosse, porque a relação consumerista, não afasta, por si só, o conceito de trabalho abarcado pelo art. 114 da CF/88.

9 II- as ações que envolvam exercício do direito de greve; SÚMULA VINCULANTE 23 A Justiça do Trabalho é competente para processar e julgar ação possessória ajuizada em decorrência do exercício do direito de greve pelos trabalhadores da iniciativa privada. SÚMULA Nº 189 DO TST. GREVE. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO. ABUSIVIDADE. A Justiça do Trabalho é competente para declarar a abusividade, ou não, da greve. III- as ações sobre representação sindical, entre sindicatos, entre sindicatos e trabalhadores, e entre sindicatos e empregadores; IV- os mandados de segurança, habeas corpus e habeas data, quando o ato questionado envolver matéria sujeita à sua jurisdição;

10 V- os conflitos de competência entre órgãos com jurisdição trabalhista, ressalvado o disposto no art. 102, I, o; CONFLITO OBSERVAÇÕES ÓRGÃO JULGADOR Conflito entre duas Varas do Trabalho Ambos subordinado ao TRT Conflito entre juiz do trabalho e juiz de direito investido da mesmo TRT jurisdição trabalhista (art. 808, a, CLT) Conflito entre duas Varas do Trabalho Subordinados a TRT s TST Conflito entre juiz do trabalho e juiz de direito investido da diferentes (art. 808, b, CLT jurisdição trabalhista Conflito entre dois TRT s TST (art. 808, b, CLT) Conflito entre órgãos de justiça diferentes como, por exemplo: STJ Conflito entre juiz do trabalho e juiz de direito (art. 105, I, d da Conflito entre juiz do trabalho e juiz federal CF/88) Conflito entre TRT e juiz federal Conflito entre TRT e juiz de direito Conflito envolvendo Tribunal Superior, como por exemplo: STF Conflito entre TST e TJ (art. 102, I, o, CLT) Conflito entre TST e TRF

11 VI - as ações de indenização por dano moral ou patrimonial, decorrentes da relação de trabalho; Pré-contrato, perdas e danos, perda de uma chance, dano moral, dano material, dano estético. Responsabilidade civil (art. 186, do C.C.) ao trabalhador ou seus dependentes em caso de morte. SÚMULA Nº TST - DANO MORAL - COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Nos termos do art. 114 da CF/1988, a Justiça do Trabalho é competente para dirimir controvérsias referentes à indenização por dano moral, quando decorrente da relação de trabalho, inclusive as oriundas de acidente de trabalho e doenças a ele equiparadas. (ex-oj nº DJ )

12 DANOS EM AÇÕES ACIDENTÁRIAS (SÚMULA VINCULANTE Nº 22 DO STF) STF SÚMULA VINCULANTE Nº 22 Competência - Processo e Julgamento - Indenização por Danos Morais e Patrimoniais Decorrentes de Acidente de Trabalho A Justiça do Trabalho é competente para processar e julgar as ações de indenização por danos morais e patrimoniais decorrentes de acidente de trabalho propostas por empregado contra empregador, inclusive aquelas que ainda não possuíam sentença de mérito em primeiro grau quando da promulgação da Emenda Constitucional nº 45/04.

13 VII - as ações relativas às penalidades administrativas impostas aos empregadores pelos órgãos de fiscalização das relações de trabalho; VIII- a execução, de ofício, das contribuições sociais previstas no art. 195, I, a, e II, e seus acréscimos legais, decorrentes das sentenças que proferir; SÚMULA Nº 368 DO TST. DESCONTOS PREVIDENCIÁRIOS E FISCAIS. COMPETÊNCIA. RESPONSABILIDADE PELO PAGAMENTO. FORMA DE CÁLCULO I - A Justiça do Trabalho é competente para determinar o recolhimento das contribuições fiscais. A competência da Justiça do Trabalho, quanto à execução das contribuições previdenciárias, limita-se às sentenças condenatórias em pecúnia que proferir e aos valores, objeto de acordo homologado, que integrem o salário de contribuição. II - É do empregador a responsabilidade pelo recolhimento das contribuições previdenciárias e fiscais, resultante de crédito do empregado oriundo de condenação judicial, devendo ser calculadas, em relação à incidência dos descontos fiscais, mês a mês, nos termos do art. 12-A da Lei nº 7.713, de 22/12/1988, com a redação dada pela Lei nº /2010. III - Em se tratando de descontos previdenciários, o critério de apuração encontra-se disciplinado no art. 276, 4º, do Decreto n º 3.048/1999 que regulamentou a Lei nº 8.212/1991 e determina que a contribuição do empregado, no caso de ações trabalhistas, seja calculada mês a mês, aplicando-se as alíquotas previstas no art. 198, observado o limite máximo do salário de contribuição.

14 IX- outras controvérsias decorrentes da relação de trabalho, na forma da lei. - cláusula de reserva - para alguns doutrinadores, trata-se de dispositvio desnecessário (Teixeira Filho) - pode tratar de questões relativas à relação de trabalho em sentido amplíssimo, incluindo as relações entre pessoas abstratas.

15 DISPOSITIVOS CONSTITUCIONAIS RELATIVOS AOS DISSÍDIOS COLETIVOS Artigo 114 2º Recusando-se qualquer das partes à negociação coletiva ou à arbitragem, é facultado às mesmas, de comum acordo, ajuizar dissídio coletivo de natureza econômica, podendo a Justiça do Trabalho decidir o conflito, respeitadas as disposições mínimas legais de proteção ao trabalho, bem como as convencionadas anteriormente. 3º Em caso de greve em atividade essencial, com possibilidade de lesão do interesse público, o Ministério Público do Trabalho poderá ajuizar dissídio coletivo, competindo à Justiça do Trabalho decidir o conflito.

16 SÚMULA 82 DO STJ. COMPETE A JUSTIÇA FEDERAL, EXCLUIDAS AS RECLAMAÇÕES TRABALHISTAS, PROCESSAR E JULGAR OS FEITOS RELATIVOS A MOVIMENTAÇÃO DO FGTS. SÚMULA Nº 454 DO TST. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO. EXECUÇÃO DE OFÍCIO. CONTRIBUIÇÃO SOCIAL REFERENTE AO SEGURO DE ACIDENTE DE TRABALHO (SAT). ARTS. 114, VIII, E 195, I, A, DA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA. (conversão da Orientação Jurisprudencial nº 414 da SBDI-1) Res. 194/2014, DEJT divulgado em 21, 22 e Compete à Justiça do Trabalho a execução, de ofício, da contribuição referente ao Seguro de Acidente de Trabalho (SAT), que tem natureza de contribuição para a seguridade social (arts. 114, VIII, e 195, I, a, da CF), pois se destina ao financiamento de benefícios relativos à incapacidade do empregado decorrente de infortúnio no trabalho (arts. 11 e 22 da Lei nº 8.212/1991).

17 SÚMULA Nº 300 DO TST. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO. CADASTRAMENTO NO PIS (mantida) - Res. 121/2003, DJ 19, 20 e Compete à Justiça do Trabalho processar e julgar ações ajuizadas por empregados em face de empregadores relativas ao cadastramento no Programa de Integração Social (PIS). SÚMULA Nº 389 DO TST. SEGURO-DESEMPREGO. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO. DIREITO À INDENIZAÇÃO POR NÃO LIBERAÇÃO DE GUIAS I - Inscreve-se na competência material da Justiça do Trabalho a lide entre empregado e empregador tendo por objeto indenização pelo não-fornecimento das guias do segurodesemprego. (ex-oj nº 210 da SBDI-1 - inserida em ) II - O não-fornecimento pelo empregador da guia necessária para o recebimento do seguro-desemprego dá origem ao direito à indenização. (ex-oj nº 211 da SBDI-1 - inserida em )

18 DA COMPETÊNCIA MATERIAL NA JUSTIÇA DO TRABALHO Objetivos da disciplina conteúdo programático 1. QUAL A DIFERENÇA ENTRE RELAÇÕES DE TRABALHO E RELAÇÕES DE EMPREGO? 2. A JUSTIÇA DO TRABALHO É COMPETENTE PARA PROCESSAR E JULGAR TODA E QUALQUER RELAÇÃO DE TRABALHO? 3. EXISTEM EXCEÇÕES PARA A COMPETÊNCIA MATERIAL NA JUSTIÇA DO TRABALHO DIANTE DAS RELAÇÕES DE TRABALHO?

5.6 Ações Trabalhistas Advindas da Relação de Emprego

5.6 Ações Trabalhistas Advindas da Relação de Emprego Dano moral individual o Competência Súmula nº 392 do TST - DANO MORAL. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO (conversão da Orientação Jurisprudencial nº 327 da SBDI-1) - Res. 129/2005, DJ 20, 22 e 25.04.2005

Leia mais

Processo do Trabalho I

Processo do Trabalho I Processo do Trabalho I»Aula 5 Jurisdição e Competência Parte 1 Introdução Jurisdição Competência Em razão da Matéria Competência Funcional Jurisdição e competência da Justiça a do Trabalho I Introdução

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO 01. Dentre os aspectos peculiares aos órgãos jurisdicionais trabalhistas no Brasil, não se encontra: I - Não existem Varas do Trabalho especializadas em determinadas matérias,

Leia mais

Ações oriundas da relação de emprego:

Ações oriundas da relação de emprego: UNIDADE II COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO 1. JURISDIÇÃO E COMPETÊNCIA: MATERIAL, PESSOAL, FUNCIONAL E TERRITORIAL. 2. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO PÓS EMENDA 45/2004: ART. 114 DA CF/88. 3. COMPETÊNCIA

Leia mais

NOVA COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO APÓS A EC 45/2004 CARLOS HENRIQUE BEZERRA LEITE

NOVA COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO APÓS A EC 45/2004 CARLOS HENRIQUE BEZERRA LEITE NOVA COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO APÓS A EC 45/2004 CARLOS HENRIQUE BEZERRA LEITE Mestre e Doutor em Direito. Desembargador Federal do Trabalho Professor de DPT e Direitos Humanos Sociais Metaindividuais

Leia mais

DA JUSTIÇA DO TRABALHO: COMPETÊNCIA

DA JUSTIÇA DO TRABALHO: COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO : AULA 02 - Introdução JURISDIÇÃO E Competência é a distribuição interna da atividade jurisdicional. Sabe-se que o Estado é o detentor do monopólio da justiça, somente a ele cabe dizer o

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS. Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado da União

TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS. Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado da União TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS Autor: Sidnei Di Bacco/Advogado da União LEI 8.666/1993 Art. 71. O contratado é responsável pelos encargos trabalhistas, previdenciários, fiscais e comerciais resultantes da execução

Leia mais

Jurisdição. Competência DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO

Jurisdição. Competência DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO Aula 3 Competência da Justiça do Trabalho: Jurisdição e competência; Competência em razão da matéria e das pessoas; Competência funcional; Competência territorial. Professora:

Leia mais

AULA 4 11/03/11 A COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO

AULA 4 11/03/11 A COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO AULA 4 11/03/11 A COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO 1 A COMPETÊNCIA A competência nada mais é, senão, a medida de extensão do poder de exercer a jurisdição, ou seja, de dizer o direito no caso concreto.

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Sujeitos do contrato de trabalho / empregador. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Sujeitos do contrato de trabalho / empregador. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Sujeitos do contrato de trabalho / empregador Prof. Hermes Cramacon Avulso Trabalhador portuário - Lei 12.815/2013. Trabalhador não portuário - Lei 12.023/2009. Conceito: Aquele que

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO PRÁTICA TRABALHISTA ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

ESTÁGIO SUPERVISIONADO PRÁTICA TRABALHISTA ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PRÁTICA TRABALHISTA ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO 1. Surgimento da Justiça do Trabalho origens históricas - Surge em face do Direito do Trabalho e dos conflitos trabalhistas

Leia mais

Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos

Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos Palestrante: Estabilidade gestante Estabilidade Acidentária Jornada 12 x 36 Períodos de Intervalo Insalubridade Prof. Cristiano Magalhães 1

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br A Emenda Constitucional 45 e a Competência para Julgamento de Alvarás Judiciais de FGTS Alexandre Ramos Baseggio * Com a entrada em vigor da Emenda Constitucional 45 a competência

Leia mais

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO

A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO A COBRANÇA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS PERANTE A JUSTIÇA DO TRABALHO Eneida Cornel * A Emenda Constitucional nº 45/2004 trouxe mudanças profundas de competência dos órgãos do Poder Judiciário, especificamente

Leia mais

Relatório - Plano de Aula 04/03/ :49

Relatório - Plano de Aula 04/03/ :49 Página: 1/12 Disciplina: CCJ0101 - TÓPICOS INTERDISCIPLINARES Semana Aula: 5 Direito do Trabalho e Processual do Trabalho (Aula 4/5) Ao final da aula, o aluno deverá ser capaz de: DESCRIÇÃO DO PLANO DE

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 20ª. VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 20ª. VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 20ª. VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ RT n 0001948-10.2011.5.03.0020 PEDRO DE OLIVEIRA (completo, sem abreviaturas e em caixa alta), pessoa física, brasileiro, estado

Leia mais

Composição JUSTIÇA DO TRABALHO TST ÚLTIMA INSTÂNCIA TRT 2ª. INSTÂNCIA VARA 1ª. INSTÂNCIA

Composição JUSTIÇA DO TRABALHO TST ÚLTIMA INSTÂNCIA TRT 2ª. INSTÂNCIA VARA 1ª. INSTÂNCIA Composição JUSTIÇA DO TRABALHO TST ÚLTIMA INSTÂNCIA TRT 2ª. INSTÂNCIA VARA 1ª. INSTÂNCIA TST Vinte e sete ministros TRT Vinte e oito desembargadores Varas do Trabalho Um juiz titular em cada vara Art.

Leia mais

DIR. COLETIVO DO TRABALHO FABRÍCIO AITA IVO PONTO 1: DISSÍDIO COLETIVO PONTO 2: NEGOCIAÇÃO COLETIVA PONTO 3: SINDICATOS

DIR. COLETIVO DO TRABALHO FABRÍCIO AITA IVO PONTO 1: DISSÍDIO COLETIVO PONTO 2: NEGOCIAÇÃO COLETIVA PONTO 3: SINDICATOS DIR. COLETIVO DO TRABALHO DIR. COLETIVO DO TRABALHO PONTO 1: DISSÍDIO COLETIVO PONTO 2: NEGOCIAÇÃO COLETIVA PONTO 3: SINDICATOS DIREITO COLETIVO DO TRABALHO: os sujeitos são os Sindicatos. *DISSÍDIO COLETIVO:

Leia mais

Parecer pelo conhecimento do conflito, para que seja declarada a competência da Justiça Federal.

Parecer pelo conhecimento do conflito, para que seja declarada a competência da Justiça Federal. Nº 5459/2014 ASJCIV/SAJ/PGR Relator: Ministro Marco Aurélio Suscitante: Juiz Federal da 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do DF Suscitado: Tribunal Superior do Trabalho Interessados: Cristiano Gomes

Leia mais

A ATRIBUIÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO PARA ATUAR NOS PROCESSOS COM LIDES ENVOLVENDO SINDICATOS E SERVIDORES PÚBLICOS

A ATRIBUIÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO PARA ATUAR NOS PROCESSOS COM LIDES ENVOLVENDO SINDICATOS E SERVIDORES PÚBLICOS A ATRIBUIÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO PARA ATUAR NOS PROCESSOS COM LIDES ENVOLVENDO SINDICATOS E SERVIDORES PÚBLICOS Maria Clara Lucena Dutra de Almeida Procuradora Federal Especialista em Direito Constitucional

Leia mais

Pacote Noções Processo do Trabalho TRT da 2ª Região Técnico Administrativo Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Pacote Noções Processo do Trabalho TRT da 2ª Região Técnico Administrativo Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva Pacote Noções Processo do Trabalho TRT da 2ª Região Técnico Administrativo Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva Olá Pessoal! Sejam todos bem vindos! Na aula de hoje, irei dividir o conteúdo

Leia mais

FUNDAMENTAÇÃO DA ON 25/2011

FUNDAMENTAÇÃO DA ON 25/2011 FUNDAMENTAÇÃO DA ON 25/2011 A regra para a vigência dos contratos administrativos é a de que estão adstritos à vigência dos respectivos créditos orçamentários nos termos do art. 57 da Lei de Licitações.

Leia mais

1. Dissídio Coletivo: - Acordo coletivo: negociação coletiva pelo sindicato dos empregados de uma determinada categoria, diretamente com uma empresa.

1. Dissídio Coletivo: - Acordo coletivo: negociação coletiva pelo sindicato dos empregados de uma determinada categoria, diretamente com uma empresa. 1 DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PONTO 1: Dissídio Coletivo PONTO 2: Dissídio Coletivo do Trabalho PONTO 3: Competência para Julgamento do Dissídio Coletivo 1. Dissídio Coletivo: - Acordo coletivo: negociação

Leia mais

PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Davi Furtado Meirelles

PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO. Davi Furtado Meirelles PODER NORMATIVO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Davi Furtado Meirelles Resultado Negativo da Negociação - Mediação - é mais uma tentativa de conciliação, após o insucesso da negociação direta, porém, desta feita,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO. Adalberto Martins 1 discorrendo sobre o Ministério Público, afirma sua origem no mundo e no Brasil, ao dizer:

MINISTÉRIO PÚBLICO. Adalberto Martins 1 discorrendo sobre o Ministério Público, afirma sua origem no mundo e no Brasil, ao dizer: MINISTÉRIO PÚBLICO O Ministério Público do Trabalho é parte integrante do Ministério Público da União, com funções diferenciadas por ter a incumbência de tratar das questões relacionadas com o direito

Leia mais

TEMA: ESTABILIDADES 1 ESTABILIDADE DA GESTANTE SUM 244 GESTANTE. ESTABILIDADE PROVISÓRIA (incorporadas as Orientações Jurisprudenciais nºs 88 e 196 da SBDI 1) Res. 129/2005, DJ 20, 22 e 25.04.2005 I O

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Direito Coletivo do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Direito Coletivo do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Direito Coletivo do Trabalho Prof. Hermes Cramacon Conceito: complexo de institutos, princípios e regras jurídicas que regulam as relações laborais de empregados e empregadores e outros

Leia mais

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho SUMÁRIO Direito do Trabalho... 05 Direito Processual Civil... 139 Direito Processual do Trabalho... 195 DIREITO DO TRABALHO ÍNDICE CAPÍTULO 01... 7 Fontes e Princípios de Direito do Trabalho... 7 Surgimento

Leia mais

AULA 12 RECURSOS TRABALHISTAS DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO

AULA 12 RECURSOS TRABALHISTAS DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO AULA 12 RECURSOS TRABALHISTAS DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO RECURSO ORDINÁRIO Art. 895, CLT - Cabe recurso ordinário para a instância superior: I - das decisões

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann DISSÍDIO COLETIVO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO Direito Processual do Trabalho Profª. Ms. Tatiana Riemann DISSÍDIO COLETIVO DISSÍDIO COLETIVO 1. Conceito - Dissídio coletivo é o processo que vai dirimir os conflitos coletivos do trabalho, por meio do pronunciamento do Poder Judiciário, criando ou modificando condições de trabalho

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap A C Ó R D Ã O 4ª TURMA GDCCAS/CVS/NC/iap RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO PELA UNIÃO (PGF), EM FACE DE DECISÃO PUBLICADA ANTES DA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/2014. PROCEDIMENTO SUMARÍSSIMO. ACORDO HOMOLOGADO

Leia mais

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 08/11)

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 08/11) NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO - Direito Individual do Trabalho - (aula 08/11) CUSTÓDIO NOGUEIRA Advogado militante especializado em Direito Civil e Processo Civil; Sócio da Tardem e Nogueira Assessoria

Leia mais

RENATA TIVERON a 2008

RENATA TIVERON a 2008 RENATA TIVERON DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO 63 QUESTÕES POR TÓPICOS TRTs FCC 2014 a 2008 ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA ADMINISTRATIVA Apostila de questões, elaborada por tópicos, segundo o conteúdo programático

Leia mais

1. COTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. COTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. COTEÚDO PROGRAMÁTICO Direito Individual do Trabalho 16h/a (4 encontros) Princípios do Direito do Trabalho Empregado ( art3, CLT) Empregados Bancários (art. 224, CLT e súmula 102, TST) Empregado Rural

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de contestação ou defesa, que deve trazer em seu bojo tópico próprio relativamente à prescrição quinquenal de que trata o art. 7.º, XXIX, da Constituição Federal, por meio do

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO 910.603 MINAS GERAIS RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :MARLUCIA BARBOSA OTONI ADV.(A/S) :ALESSANDRA COIMBRA DE CASTRO E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE

Leia mais

Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO -

Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO - Curso Resultado Um novo conceito em preparação para concursos! Como pensa o examinador em provas para a Magistratura do TJ-RS? MAPEAMENTO DAS PROVAS - DEMONSTRAÇÃO - Trabalho finalizado em julho/2015.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7ª Turma MULTA DO ART. 467 DA CLT. ABRANGÊNCIA DA RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. A responsabilidade subsidiária abrange todos os créditos trabalhistas, inclusive as multas. Inteligência da Súmula

Leia mais

Conflito de Competência DF Dias Toffoli

Conflito de Competência DF Dias Toffoli Nº 4489/2014 ASJCIV/SAJ/PGR Relator: Ministro Dias Toffoli Suscitante: Juiz de Direito da 2ª Vara Cível da Comarca de Belo Jardim Suscitado: Tribunal Superior do Trabalho Interessados: Edilva Aparecida

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO

RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 2ª REGIÃO PROCESSO Nº 0001174-17.2012.5.02.0075 5ª TURMA PROCESSO Nº 0001174-17.2012.5.02.0075 RECURSO ORDINÁRIO EM RITO SUMARÍSSIMO ORIGEM: 75ª VARA

Leia mais

PROCURA-SE UM FISCAL IDEAL!

PROCURA-SE UM FISCAL IDEAL! PROCURA-SE UM FISCAL IDEAL! Onde você Fiscal de Contrato se encaixaria? Fiscal "1": Pouco acompanha - tenta se envolver o mínimo possível. Na Fiscalização Contratual só acompanha quando é solicitado alguma

Leia mais

Aula Demonstrativa. Regular

Aula Demonstrativa. Regular Aula Demonstrativa Olá Pessoal, É com grande satisfação que apresento para vocês um curso de Direito Processual do Trabalho. Processo do Trabalho Questões Objetivas e Discursivas Regular Para aqueles que

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO DIREITO COLETIVO *Histórico *Denominação *Conceito: segmento do Direito do Trabalho que regula a organização sindical, a negociação coletiva e os instrumentos normativos decorrentes e a greve (Gustavo

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 15ª Região 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

Leia mais

I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS

I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS I CONCEITOS PROCESSUAIS BÁSICOS 1) Pretensão: A pretensão é o desejo de uma pessoa de submeter ao seu o interesse de terceiro, de obter certo benefício, como o recebimento de alguma importância ou a imposição

Leia mais

Advocacia-Geral da União Procuradoria-Geral Federal

Advocacia-Geral da União Procuradoria-Geral Federal Advocacia-Geral da União Procuradoria-Geral Federal Acidente de Trabalho: Competência Jurisdicional Renato Rodrigues Vieira Procurador-Geral Federal Brasília Abril/2016 Cenário Atual Art. 109. Aos juízes

Leia mais

PROCESSO DO TRABALHO

PROCESSO DO TRABALHO GUSTAVO FILIPE BARBOSA GARCIA MANUAL DE PROCESSO DO TRABALHO 2017 Garcia - Manual Processo Trabalho -1ed.indb 3 13/10/2016 12:00:07 capítulo 3 COMPETÊNCIA Sumário: 3.1 Conceito 3.2 Classificação 3.3 Competência

Leia mais

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA

Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA Processo do Trabalho I Simulados_Corrigidos_UNESA SIMULADO 1: 1a Questão: A Consolidação das Leis do Trabalho autoriza que o Direito Processual Comum seja aplicado subsidiariamente ao Direito Processual

Leia mais

PEC 369/2005 Poder Executivo

PEC 369/2005 Poder Executivo PEC 369/2005 Poder Executivo Dá nova redação aos arts. 8o, 11, 37 e 114 da Constituição. Art. 1o Os arts. 8o, 11, 37 e 114 da Constituição passam a vigorar com a seguinte redação: Art. 8o É assegurada

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO PROF. ARLINDO PEDRO L HAAS PONTO 1: PRESCRIÇÃO... Continuação. PONTO 2: --- PONTO 3: ---

DIREITO DO TRABALHO PROF. ARLINDO PEDRO L HAAS PONTO 1: PRESCRIÇÃO... Continuação. PONTO 2: --- PONTO 3: --- DIREITO DO TRABALHO DIREITO DO TRABALHO PONTO 1: PRESCRIÇÃO... Continuação. PONTO 2: --- PONTO 3: --- ** Leitura complementar: Carmem Camino. CRITÉRIOS DE CONTAGEM DO PRAZO PRESCRICIONAL O prazo é sempre

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 7ª Turma DCABP/abp/cgel

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 7ª Turma DCABP/abp/cgel A C Ó R D Ã O 7ª Turma DCABP/abp/cgel I - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO. RECONHECIMENTO DA RELAÇÃO DE EMPREGO. EXCLUSÃO DO NOME DO RECLAMANTE DO QUADRO

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Fontes e princípios do Direito do Trabalho Prof. Hermes Cramacon 1. Fontes materiais - norma ainda não positivada. Momento pré-jurídico. Correntes de pensamento econômico, jurídico,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR JOÃO DA SILVA, brasileiro, casado, auxiliar de produção, portador da Cédula de Identidade RG nº, inscrito no CPF sob nº, portador da

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I SÚMULAS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL CAPÍTULO I DIREITO ADMINISTRATIVO... 19

SUMÁRIO PARTE I SÚMULAS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL CAPÍTULO I DIREITO ADMINISTRATIVO... 19 SUMÁRIO 7 SUMÁRIO PARTE I SÚMULAS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL CAPÍTULO I DIREITO ADMINISTRATIVO... 19 1. Atos administrativos... 19 2. Bens públicos... 24 3. Concurso público... 26 4. Desapropriação...

Leia mais

1. INTRODUÇÃO Adam Smith Londres: divisão de tarefas resultou numa especialização do trabalho, com sensível ganho de velocidade na produção e r

1. INTRODUÇÃO Adam Smith Londres: divisão de tarefas resultou numa especialização do trabalho, com sensível ganho de velocidade na produção e r RELAÇÕES COMERCIAIS ENTRE TOMADORES E PRESTADORES DE SERVIÇOS Osvaldo R. Fernandes Engenheiro Florestal Ibaiti Florestal Nov/08 1. INTRODUÇÃO 1776 - Adam Smith Londres: divisão de tarefas resultou numa

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO ACÓRDÃO 7a TURMA REEXAME NECESSÁRIO EM DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO. ECT. NÃO CONHECIMENTO. A sentença proferida contra a ECT não está sujeita ao duplo grau de jurisdição, porquanto referida empresa não integra

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli RELATORA : DESEMBARGADORA FEDERAL MARGARIDA CANTARELLI RELATÓRIO A EXMA. DESEMBARGADORA FEDERAL MARGARIDA CANTARELLI (RELATORA): Trata-se de mandado de segurança impetrado contra o Juiz de Direito da 2ª

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Fontes formais autônomas: elaboradas pelos próprios interessados em aplicá-las. (grupos sociais = sindicatos)

DIREITO DO TRABALHO. Fontes formais autônomas: elaboradas pelos próprios interessados em aplicá-las. (grupos sociais = sindicatos) DIREITO DO TRABALHO FONTES DO DIREITO DO TRABALHO: MATERIAIS: FORMAIS: Fontes formais autônomas: elaboradas pelos próprios interessados em aplicá-las. (grupos sociais = sindicatos) Convenções coletivas

Leia mais

Nota Técnica: Autos nº da 20ª VARA FEDERAL DO DISTRITO FEDERAL

Nota Técnica: Autos nº da 20ª VARA FEDERAL DO DISTRITO FEDERAL Brasília, 14 de junho de 2013. Nota Técnica: Autos nº 1999.34.00.014681-2 da 20ª VARA FEDERAL DO DISTRITO FEDERAL Interessado: SINDICATO NACIONAL DOS FUNCIONÁRIOS FEDERAIS AUTÁRQUICOS NOS ENTES DE FORMULAÇÃO,

Leia mais

O balizamento das negociações coletivas frente a Súmula 277 do TST. São Paulo, 28 de agosto de 2014

O balizamento das negociações coletivas frente a Súmula 277 do TST. São Paulo, 28 de agosto de 2014 O balizamento das negociações coletivas frente a Súmula 277 do TST São Paulo, 28 de agosto de 2014 Vigência das normas coletivas na CLT Prevê a CLT sobre a eficácia das normas coletivas: Art. 613, II:

Leia mais

Incidência tributária sobre a liquidação de sentença trabalhista

Incidência tributária sobre a liquidação de sentença trabalhista 1 Incidência tributária sobre a liquidação de sentença trabalhista Paulo Senise Lisboa Como preceitua o artigo 8, único da CLT, o Código de Processo Civil é subsidiariamente aplicável na Justiça do Trabalho.

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO II AVISO PRÉVIO

DIREITO DO TRABALHO II AVISO PRÉVIO DIREITO DO TRABALHO II AVISO PRÉVIO CLT ART. 487 PRÉVIO Art. 487 - Não havendo prazo estipulado, a parte que, sem justo motivo, quiser rescindir o contrato deverá avisar a outra da sua resolução com a

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO 2 - RESPOSTAS

ESTUDO DIRIGIDO 2 - RESPOSTAS ESTUDO DIRIGIDO 2 - RESPOSTAS 1. Jornada de Trabalho. 2. Teletrabalho. 3. Transferência de Empregados. 4. Mandato Tácito. 5. Competência Material da Justiça do Trabalho. 6. Representação das Partes em

Leia mais

REGIMES DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO

REGIMES DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO REGIMES DE COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO 1 1. EMENTA - Parecer sintético sobre COMPENSAÇÃO DE HORÁRIO DE TRABALHO abrangendo aspectos gerais dos regimes de "BANCO DE HORAS", "SEMANA INGLESA" e "SEMANA

Leia mais

PROCESSO: RTOrd

PROCESSO: RTOrd ACÓRDÃO 9ª Turma PROCESSO: 0022300-36.2009.5.01.0341 - RTOrd ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. BASE DE CÁLCULO. O STF há muito, repudia a adoção do salário mínimo como base de cálculo para qualquer outra relação

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO MÓDULO II Matutino Prof. André Luiz Paes de Almeida Aula: 3

DIREITO DO TRABALHO MÓDULO II Matutino Prof. André Luiz Paes de Almeida Aula: 3 TEMA DE AULA DIREITO DO TRABALHO 1. 13º SALÁRIO - Lei 4.090/62 e art. 7 VIII, CF. - O 13º sala rio deve ser pago em até 2 parcelas: 1ª de fevereiro à novembro. 2ª até 20 de dezembro. - O 13º salário deve

Leia mais

9. PROVA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO (arts. 47 e 48 da Lei e 257 a 265 do Decreto 3.048)

9. PROVA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO (arts. 47 e 48 da Lei e 257 a 265 do Decreto 3.048) SUMÁRIO INTRODUÇÃO 1. SEGURIDADE SOCIAL 1.1 Noção geral 1.1.1 Saúde 1.1.2 Assistência social 1.1.3 Previdência Social 1.2 Breve histórico 1.2.1 Evolução legislativa no Brasil 1.3 Conceituação 1.4 Objetivo,

Leia mais

20/11/2014. Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ

20/11/2014. Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ Direito Constitucional Professor Rodrigo Menezes AULÃO DA PREMONIÇÃO TJ-RJ 1 01. A Constituição Federal de 1988 consagra diversos princípios, os quais exercem papel extremamente importante no ordenamento

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO PROCESSO TRT\SP Nº 0002073-90.2011.5.02.0029 RECURSO ORDINÁRIO ORIGEM: 29ª VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO RECORRENTE: SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMÉRCIO HOTELEIRO E SIMILARES DE SÃO PAULO RECORRIDA: PONTEIO

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 6ª Turma ACV/gp RECURSO DE REVISTA. CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. PROGRAMA DE ARRENDAMENTO

PROCESSO Nº TST-RR A C Ó R D Ã O 6ª Turma ACV/gp RECURSO DE REVISTA. CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. PROGRAMA DE ARRENDAMENTO A C Ó R D Ã O 6ª Turma ACV/gp RECURSO DE REVISTA. CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. PROGRAMA DE ARRENDAMENTO RESIDENCIAL. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. A CEF, ao assumir a obra, por meio do "Plano Emergencial",

Leia mais

Endereço para acessar este CV: Última atualização do currículo em 13/04/2012

Endereço para acessar este CV:  Última atualização do currículo em 13/04/2012 1 de 6 29/07/2015 09:45 Mauro Schiavi Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1999803524776527 Última atualização do currículo em 13/04/2012 Juiz Titular da 19a Vara do Trabalho de São Paulo.

Leia mais

PartE I PrÁtICa ProCEssuaL

PartE I PrÁtICa ProCEssuaL sumário PartE I PrÁtICa ProCEssuaL capítulo 1 evolução Histórica... 3 capítulo 2 PrincíPios... 5 2.1. Celeridade... 5 2.2. Informalidade... 5 2.3. oralidade... 6 2.4. Concentração... 6 2.5. Jus Postulandi...

Leia mais

PARTES E PROCURADORES NO PROCESSODO TRABALHO Sujeitos e Partes envolvidas no processo.

PARTES E PROCURADORES NO PROCESSODO TRABALHO Sujeitos e Partes envolvidas no processo. PARTES E PROCURADORES NO PROCESSODO TRABALHO Sujeitos e Partes envolvidas no processo. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PROFª KILMA GALINDO DO NASCIMENTO PARTES PROCESSUAIS - ART. 843 da CLT

Leia mais

A União Federal em Juízo. Editora Lumen Juris. 354:347.9(81) S728u 3.ed.

A União Federal em Juízo. Editora Lumen Juris. 354:347.9(81) S728u 3.ed. JOÃO CARLOS SOUTO Procurador da Fazenda Nacional. Mestre em Direito Público. Membro do Instituto dos Advogados da Bahia. Professor de Direito Constitucional. Diretor de Publicações e Relações Internacionais

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça CONFLITO DE COMPETÊNCIA Nº 133.536 - SP (2014/0094067-4) RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES SUSCITANTE : JUÍZO FEDERAL DA 24A VARA CÍVEL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE SÃO PAULO SUSCITADO : JUÍZO

Leia mais

ATUALIZAÇÕES DEZEMBRO 2013

ATUALIZAÇÕES DEZEMBRO 2013 ATUALIZAÇÕES DEZEMBRO 2013 Súmulas novas DEZEMBRO de 2013 O Pleno do Tribunal Superior do Trabalho aprovou (11/12/13) duas novas súmulas, de números 446 e 447, além de alterações em mais duas, 288 e 392,

Leia mais

RELATÓRIO VOTO. Conhecimento. Presentes os pressupostos de admissibilidade, conheço do recurso. Fundamentação

RELATÓRIO VOTO. Conhecimento. Presentes os pressupostos de admissibilidade, conheço do recurso. Fundamentação PROCESSO TRT/SP Nº0007100-96.2009.5.02.0361 10ª TURMA Fls. 1 RECURSO ORDINÁRIO RECORRENTE: RECORRIDOS: ORIGEM: MARIA HELENA BARBOSA FERRAZ SCHIMIT IND COM IMP E EXPORTAÇÃO LTDA. E OUTRO 1ª Vara do Trabalho

Leia mais

Contratos Administrativos

Contratos Administrativos Contratos Administrativos Principais Características do Contrato Administrativo Cláusulas Exorbitantes Duração dos Contratos Extinção do Contrato Rescisão e Anulação RAD 2601 Direito Administrativo Professora

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

O CONGRESSO NACIONAL decreta: REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 4.302-E DE 1998 Altera dispositivos da Lei nº 6.019, de 3 de janeiro de 1974, que dispõe sobre o trabalho temporário nas empresas urbanas e dá outras providências; e dispõe

Leia mais

O reclamante iniciou a prestação de serviços em favor da primeira reclamada em 02/01/2012. No entanto, mesmo trabalhando sob

O reclamante iniciou a prestação de serviços em favor da primeira reclamada em 02/01/2012. No entanto, mesmo trabalhando sob Excelentíssimo Juiz do Trabalho da Vara de Jose da Silva, nacionalidade, residente na, estado civil, CTPS no., RG, CPF, filho de, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, com procuração em anexo

Leia mais

O NOVO MOMENTO NA GESTÃO DE PESSOAS. Denise Poiani Delboni

O NOVO MOMENTO NA GESTÃO DE PESSOAS. Denise Poiani Delboni O NOVO MOMENTO NA GESTÃO DE PESSOAS Desfronteirização Organizacional Organizações transnacionais Facilidade de distribuição de produtos em escala mundial Pouco mais de 500 corporações controlam 70% do

Leia mais

O empregado caminhando na empresa, cai e se machuca vai pedir uma indenização na justiça do trabalho. (empregado x empregador);

O empregado caminhando na empresa, cai e se machuca vai pedir uma indenização na justiça do trabalho. (empregado x empregador); Turma e Ano: Flex B (2014) Matéria / Aula: Processo do Trabalho / Aula 04 Professor: Leandro Antunes Conteúdo: Procedimento Sumário, Procedimento Sumaríssimo. A competência para julgar acidente de trabalho:

Leia mais

CONCURSOS TRABALHISTAS

CONCURSOS TRABALHISTAS em CONCURSOS TRABALHISTAS 2 a Edição 2012 COMO PASSAR EM CONCURSOS TRABALHISTAS 2 a edição COMO USAR O LIVRO 15 01. Direito Individual do Trabalho 19 1. Teoria Geral do Direito do Trabalho... 19 1.1. Formação

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br. A transação na reclamação trabalhista. José Celso Martins*

BuscaLegis.ccj.ufsc.br. A transação na reclamação trabalhista. José Celso Martins* BuscaLegis.ccj.ufsc.br A transação na reclamação trabalhista José Celso Martins* A utilização do procedimento arbitral para solução de questões trabalhistas tem sido rejeitada em algumas decisões proferidas

Leia mais

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO PEÇA TREINO JOÃO CIDADÃO distribuiu, em 07/03/2014, Reclamação Trabalhista em face de seu empregador EMPRESA VIGILÂNCIA TOTAL LTDA e do tomador de serviços, BANCO FATURANDO S/A. Alegou, em síntese, que

Leia mais

Acórdão 6a Turma RELAÇÃO DE EMPREGO. VENDEDOR AUTÔNOMO. A diferenciação central entre o vendedorempregado

Acórdão 6a Turma RELAÇÃO DE EMPREGO. VENDEDOR AUTÔNOMO. A diferenciação central entre o vendedorempregado Acórdão 6a Turma RELAÇÃO DE EMPREGO. VENDEDOR AUTÔNOMO. A diferenciação central entre o vendedorempregado e o vendedor autônomo situa-se na subordinação. Não demonstrada a subordinação, não pode ser reconhecido

Leia mais

Tribunais Regionais Federais e. Juízes Federais. Tribunais Regionais Federais e Juízes Federais. Tribunais Regionais Federais e Juízes Federais

Tribunais Regionais Federais e. Juízes Federais. Tribunais Regionais Federais e Juízes Federais. Tribunais Regionais Federais e Juízes Federais S Art. 106. São órgãos da Justiça Federal: I - os Tribunais Regionais Federais; II - os. 1 2 Art. 107. Os Tribunais Regionais Federais compõemse de, no mínimo, sete juízes, recrutados, quando possível,

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO 1.VARAs DO TRABALHO ÓRGÃO DE 1ª INSTÂNCIA. A Vara do Trabalho é a primeira instância das ações de competência da Justiça do Trabalho, sendo competente para julgar conflitos

Leia mais

O papel do médico autônomo e o médico empregado (CLT) no SUS. Claudia Bezerra Batista Neves advogada do Sindimed/BA

O papel do médico autônomo e o médico empregado (CLT) no SUS. Claudia Bezerra Batista Neves advogada do Sindimed/BA O papel do médico autônomo e o médico empregado (CLT) no SUS Claudia Bezerra Batista Neves advogada do Sindimed/BA Sistema Único de Saúde SUS Institucionalização Constitucionalizada ( art. 197 a 200, CF)

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO QUARTA VARA DO TRABALHO DE GOIÂNIA-GO

PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO QUARTA VARA DO TRABALHO DE GOIÂNIA-GO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO QUARTA VARA DO TRABALHO DE GOIÂNIA-GO Av. T-1 esq. c/ Rua Orestes Ribeiro (antiga T-52), Setor Bueno, CEP 74.210-025 Fone: 3901-3452

Leia mais

RODRIGO DO CANTO CARDOSO. Chefe da Divisão de Licitações, Compras e Contratos Administrativos da Advocacia Geral da União/RS

RODRIGO DO CANTO CARDOSO. Chefe da Divisão de Licitações, Compras e Contratos Administrativos da Advocacia Geral da União/RS RODRIGO DO CANTO CARDOSO Chefe da Divisão de Licitações, Compras e Contratos Administrativos da Advocacia Geral da União/RS Servidor público federal desde 1986. Há 17 anos nomeado pela Advocacia Geral

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL SUMÁRIO Noções de Direito Constitucional...9 Noções de Direito Administrativo...140 Noções de Direito do Trabalho...235 Noções de Direito Processual do Trabalho...399 Noções de Gestão Pública...470 Redação...525

Leia mais

Jurisdição é a função estatal exercida por juízes e tribunais que vão dirimir conflitos da sociedade, aplicando a cada caso concreto.

Jurisdição é a função estatal exercida por juízes e tribunais que vão dirimir conflitos da sociedade, aplicando a cada caso concreto. MATERIAL ELABORADO PELA PROFESSORA GIMENA SAMUEL CONFORME OS PONTOS DO EDITAL DO CONCURSO PARA ANALISTA JUDICIÁRIO TRT 4ª REGIÃO, COM QUESTÕES DA PROVA DO CONCURSO PARA ANALISTA JUDICIÁRIO DA 12ª REGIÃO

Leia mais

JURISDIÇÃO E COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO

JURISDIÇÃO E COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO JURISDIÇÃO E COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO PROCESSO DO TRABALHO Élisson Miessa e Henrique Correia - No processo do trabalho, O VALOR DA CAUSA NÃO É CRITÉRIO PARA DELIMITAÇÃO DA COMPETÊNCIA, MAS SERVE

Leia mais

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Questões Comentadas (Aula 3) Segue às questões da Vunesp do concurso de procurador municipal, devidamente comentada. Alteração do contrato 1. Complete a frase: A mudança

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO FERNANDO GOMES DE FÁVERI

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO FERNANDO GOMES DE FÁVERI UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO FERNANDO GOMES DE FÁVERI A COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO PARA APRECIAÇÃO DAS DEMANDAS RELATIVAS À COBRANÇA E EXECUÇÃO DE

Leia mais

As oportunidades para os concursos dos Tribunais Regionais do Trabalho são diversas!

As oportunidades para os concursos dos Tribunais Regionais do Trabalho são diversas! Olá Pessoal, As oportunidades para os concursos dos Tribunais Regionais do Trabalho são diversas! Estamos aguardando concurso para o TRT da 1ª Região (Rio), TRT da 7ª Região (Ceará), TRT da 6ª Região (Pernambuco),

Leia mais

LEGALE - PÓS GRADUAÇÃO DIREITO DO TRABALHO. Prática: Terceirização/ Grupo de Empresas / Sucessão. Professor: Dr. Rogério Martir

LEGALE - PÓS GRADUAÇÃO DIREITO DO TRABALHO. Prática: Terceirização/ Grupo de Empresas / Sucessão. Professor: Dr. Rogério Martir LEGALE - PÓS GRADUAÇÃO DIREITO DO TRABALHO Prática: Terceirização/ Grupo de Empresas / Sucessão Professor: Dr. Rogério Martir Doutorando em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidad Del Museo Social

Leia mais

A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho.

A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho. A nova redação da Súmula 277 do TST e a integração das cláusulas normativas dos acordos coletivos ou convenções coletivas nos contratos de trabalho. Convenção Coletiva de Trabalho É um ato jurídico pactuado

Leia mais

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula

Disciplina: Direito e Processo do Trabalho 3º Semestre Professor Donizete Aparecido Gaeta Resumo de Aula 1. Fontes materiais e formais. 2. Normas Jurídicas de Direito do Trabalho. Constituição, Leis, Atos do Poder Executivo, Sentença normativa, Convenções e Acordos Coletivos, Regulamentos de empresa, Disposições

Leia mais