Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos"

Transcrição

1 Junho de 2015 Cotação do açúcar deve seguir em baixo patamar, refletindo elevado nível de estoques globais Priscila Pacheco Trigo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos O nível de estoques de açúcar deve permanecer em elevado patamar neste ano, segundo o levantamento da safra 2015/16, divulgado recentemente pelo departamento de agricultura dos Estados Unidos (USDA na sigla em inglês). O levantamento aponta que os estoques globais serão reduzidos em apenas oito mil toneladas, diante tanto da retração da produção quanto da expansão do consumo. China, Europa e Índia contribuirão positivamente para a menor produção global, enquanto Brasil e Tailândia deverão registrar algum incremento da produção de açúcar. Em termos de consumo, destaque para a expansão na Índia. Se confirmadas as projeções, a relação estoque consumo deverá ceder, mas se manterá em nível ainda elevado, dado o tamanho dos estoques acumulados nos últimos anos. Dessa forma, as cotações internacionais deverão permanecer em baixo patamar, como os preços futuros têm apontado. Fonte e (*) Projeção: USDA Elaboração: Bradesco mil ton 00/01 01/02 Produção Consumo 02/03 03/04 04/05 Produção mundial x consumo mundial de açúcar / No último mês, o USDA divulgou sua primeira estimativa para a oferta e demanda de açúcar na safra 2015/16. A produção deve atingir 173,4 milhões de toneladas, ante 174,3 milhões registrados na safra anterior. Para tal, a produção somada de Índia, China e Europa deve chegar a 1,86 milhão de toneladas a menos nesta safra. Com isso teremos a terceira retração consecutiva da produção de açúcar. Sem impacto de quebra de safra por conta de problemas climáticos, os preços internacionais seguem mais baixos, em razão dos elevados estoques gerados em anos anteriores. A demanda, por sua vez, subirá 1,6%, passando de 170,6 milhões para 173,4 milhões entre a safra anterior e esta. Nesse caso, Índia, China e Paquistão serão responsáveis pelo incremento de 1,55 milhão de toneladas no consumo global /07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 15/16* Produção e consumo mundiais de açúcar em mil toneladas Fonte: USDA 1

2 Produção e consumo mundial de açúcar Produção Consumo 2013/ / /16 Estimativa Var absoluta última safra Var % última safra Participação mundial Brasil ,4% 20,8% Índia ,5% 16,8% União Europeia ,5% 8,9% Tailândia ,9% 6,6% China ,6% 6,2% Estados Unidos ,9% 4,4% México ,0% 3,7% Paquistão ,8% 3,1% Mundo ,5% 100,0% Índia ,7% 16,1% União Europeia ,5% 10,8% China ,7% 10,2% Brasil ,9% 6,6% Estados Unidos ,1% 6,3% Rússia ,8% 3,3% Indonésia ,9% 3,2% Paquistão ,3% 2,9% Mundo ,6% 100,0% Fonte: USDA Com esse cenário, seria de esperar alguma elevação dos preços internacionais, mas como dissemos anteriormente, nos últimos anos houve uma elevação dos FONTE: estoques, USDA e NYBOT gerados ELABORAÇÃO: entre BRADESCO as safras 2010/11 e 2014/15. Os estoques atingiram 44,3 milhões de toneladas na safra passada, o que representou 26% Relação estoque consumo mundial de açúcar Projeção de estoque e consumo: USDA Projeção de preço: média dos preços futuros do consumo mundial. Ao mesmo tempo, as cotações internacionais do açúcar saíram de uma média anual de US$ 27,14 cents US$ a c / libra peso em 2011 para US$ 16,34 cents a libra peso no último ano. No mês passado, os preços atingiram o valor mais baixo desde 2009, US$ 11,87 cents a libra peso. 31,0% 29,0% 27,0% 25,0% 23,0% 22,3% 12,5421,7% 12,13 20,8% 21,0% 20,2% 19,0% 17,0% 15,0% Relação Estoque Consumo Preços Internacionais 19,2% 24,9% 23,8% 22,4% 26,3% 28,3% 6,16 29,8% 27,2% 8,34 29,1% 6,44 27,5% 23,9% 21,7% 26,2% 14,64 28,1% 22,36 27,14 19,9% 9,91 19,0% 18,2% 25,8% 26,4% 26,0% 90/91 91/92 92/93 93/94 94/95 95/96 96/97 97/98 98/99 99/00 00/01 01/02 02/03 03/04 04/05 05/06 06/07 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 A estimativa de produção e consumo do USDA para a safra 2015/16 indica que os estoques devem passar para 40,5 milhões de toneladas, com a relação estoque consumo chegando a 23,4%. Ou seja, queda ainda insuficiente para pressionar os 22,1% 16,34 23,4% 30,0 25,0 20,0 15,0 13,50 10,0 5,0 0,0 Relação estoque consumo mundial e preços internacionais de açúcar (US$ cents / libra peso) Fonte: NYBOT e USDA preços internacionais para cima. Dessa forma, os preços futuros indicam elevação sutil ao longo deste ano, passando de US$ 12,7 cents a libra peso em maio para US$ 14,33 cents a libra peso em dezembro deste ano. 2

3 Em US$ cents por libra peso Preços internacionais de açúcar NYBOT Preço futuro 1º Vencto Fonte: Bloomberg Elaboração: Bradesco 35,0 30,0 28,4 32,1 29,5 Preços internacionais de açúcar Futuro 1º vencimento 25,0 24,9 20,0 21,9 17,7 15,0 13,1 14,6 15,4 14,3 12,9 10,0 jan/08 11,3 jan/09 jan/10 jan/11 jan/12 jan/13 jan/14 jan/15 dez/15 Fonte: NYBOT/Bloomberg Para o Brasil, o cenário de preços em baixo patamar também desincentivou a indústria sucroalcooleira a ampliar de forma significativa a produção de açúcar. Ainda assim, a maior parte do incremento da produção de cana-de-açúcar (que deverá atingir 654,6 milhões de toneladas na safra 2015/16) será destinada à produção de Fonte açúcar, e (*) Projeção: segundo Conab Elaboração: a Conab Bradesco 1. De fato, enquanto a produção de açúcar deverá crescer 5,0%, a de etanol deve subir apenas 1,9%. Aqui, o movimento pode ser Produção nacional de açúcar e de etanol explicado pela desvalorização da taxa de câmbio, lembrando que 65% da produção nacional de açúcar é destinada ao mercado externo. Ou seja, mesmo com as cotações internacionais em queda, os preços em reais do açúcar para o produtor estão 3,4% maiores nos primeiros cinco meses deste ano, comparado ao mesmo Açúcar em mil toneladas Etanol em mil litros período de Assim, em 2015, as exportações de açúcar deverão subir ao patamar de 2013, quando foram exportadas mais de 27 milhões de toneladas AÇÚCAR ÁLCOOL Produção nacional de açúcar e etanol em milhões de toneladas /94 94/95 95/96 96/ /98 98/99 99/ /01 01/02 02/ /04 04/05 05/06 06/ O principal risco para a concretização desse cenário está associado ao clima. Há um mês, o El Niño foi decretado pelos institutos oficiais na Austrália, nos Estados Unidos e no Japão 2. Esses períodos são normalmente associados ao aumento de chuvas no 07/08 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 15/16* Fonte: CONAB Centro-Sul brasileiro. Ademais, o fenômeno pode enfraquecer as monções na Índia, que provocam fortes chuvas entre junho e agosto. Por ora, a intensidade de fraca a moderada do El Niño está garantindo estimativa de produção recorde de cana-de-açúcar 1 A Conab Companhia Nacional de Abastecimento realiza três levantamentos para a safra anual de cana, sendo o 1º em abril, o 2º em agosto e o último em dezembro. A safra tem início de colheita em abril na região Centro-Sul e em setembro no Nordeste. 2 Instituto de Meteorologia do Governo Australiano, Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA na sigla em inglês) e a Agência Meteorológica do Japão. 3

4 no Brasil. O impacto agora é praticamente nulo, já que é esperado apenas um pequeno atraso nas monções da Índia. Se a intensidade do fenômeno passar para forte, como alguns meteorologistas têm apontado, isso poderá se traduzir em interrupção da colheita e/ ou alteração no teor de sacarose da cana-de-açúcar (ATR) nos maiores produtores de açúcar. Isso reduziria a relação estoque consumo, pressionando os preços para cima. É claro que o elevado estoque mundial impede que os preços atinjam o patamar observado no final de 2011, quando chegaram ao pico de US$ 32 cents por libra peso. Em suma, a estimativa de redução do estoque de açúcar neste ano não será suficiente para garantir elevação relevante dos preços internacionais do produto, dado o atual patamar de estoque. Isso é o que a curva de preços futuros está, de fato, indicando. No Brasil, os baixos preços internacionais estão sendo compensados pela depreciação do real, de maneira que o incremento na colheita de cana-de-açúcar deve se voltar para a produção de açúcar. De qualquer forma, a ocorrência do fenômeno El Niño neste ano aumenta a probabilidade de menor colheita de canade-açúcar em dois grandes produtores internacionais (Brasil e Índia), o que implicaria um ajuste maior nos estoques mundiais. Assim, o monitoramento ao longo das próximas semanas será crucial para a definição do tamanho da atual safra de açúcar e, consequentemente, dos preços praticados no mercado internacional. 4

5 Perfil do setor A produção mundial de açúcar deve somar 173,4 milhões de toneladas na safra 2015/16. O Brasil é o maior produtor, respondendo por 20,8% da produção mundial. Está seguido por Índia (16,8%), União Europeia (8,9%), Tailândia (6,6%) e China (6,2%). Ademais, as exportações brasileiras representam 43% do comércio internacional, seguido pela Tailândia, com 14,9%. O consumo global está estimado em 173,4 milhões de toneladas, sendo a Índia a principal consumidora, com 16% do consumo global. Na sequencia, União Europeia (10,8%) e China (10,2%) também seguem como importantes consumidores. O Paquistão representa 2,9% do consumo mundial. Entre os maiores importadores, destaque para Estados Unidos (6,5%), União Europeia (6,1%), Indonésia (6,1%) e Emirados Árabes (4,7%). O Brasil exporta 65% do açúcar que produz, sendo 75% em bruto e 20% refinado. Os principais mercados de destino do açúcar bruto produzido no Brasil são: China (10%) e Argélia (9%). Para o açúcar refinado os principais mercados são os países árabes e africanos. A produção de açúcar está concentrada em São Paulo (62%), seguido por Minas Gerais (9%), Paraná (8%) e Alagoas (6%). 5

6 Equipe Técnica Octavio de Barros - Diretor de Pesquisas e Estudos Econômicos Marcelo Cirne de Toledo - Superintendente executivo Economia Internacional: Fabiana D Atri / Felipe Wajskop França / Thomas Henrique Schreurs Pires Economia Doméstica: Igor Velecico / Andréa Bastos Damico / Ellen Regina Steter / Myriã Tatiany Neves Bast Análise Setorial: Regina Helena Couto Silva / Priscila Pacheco Trigo / Leandro de Oliveira Almeida Pesquisa Proprietária: Fernando Freitas / Leandro Câmara Negrão / Ana Maria Bonomi Barufi Estagiários: Ariana Stephanie Zerbinatti / Thomaz Lopes Macetti / Victor Hugo Carvalho Alexandrino da Silva / Davi Sacomani Beganskas / Ives Leonardo Dias Fernandes / Henrique Neves Plens / Mizael Silva Alves O BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas publicações e projeções. Todos os dados ou opiniões dos informativos aqui presentes são rigorosamente apurados e elaborados por profissionais plenamente qualificados, mas não devem ser tomados, em nenhuma hipótese, como base, balizamento, guia ou norma para qualquer documento, avaliações, julgamentos ou tomadas de decisões, sejam de natureza formal ou informal. Desse modo, ressaltamos que todas as consequências ou responsabilidades pelo uso de quaisquer dados ou análises desta publicação são assumidas exclusivamente pelo usuário, eximindo o BRADESCO de todas as ações decorrentes do uso deste material. Lembramos ainda que o acesso a essas informações implica a total aceitação deste termo de responsabilidade e uso. A reprodução total ou parcial desta publicação é expressamente proibida, exceto com a autorização do Banco BRADESCO ou a citação por completo da fonte (nomes dos autores, da publicação e do Banco BRADESCO). 6

Destaque Setorial - Bradesco

Destaque Setorial - Bradesco Siderurgia 12 de maio de 2015 Demanda externa deve compensar parcialmente retração doméstica de produtos siderúrgicos Leandro de Oliveira Almeida Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos A retração

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Maio de 2015 Benefício do câmbio mais depreciado sobre as exportações de carnes será limitado pela queda da demanda de mercados relevantes Regina Helena Couto Silva Departamento de Pesquisas e Estudos

Leia mais

Destaque Setorial - Bradesco

Destaque Setorial - Bradesco Telecomunicações 17 de novembro de 2015 Avanço dos serviços de telecomunicações deverá ser mais lento nos próximos anos Priscila Pacheco Trigo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Os serviços

Leia mais

Destaque Depec - Bradesco

Destaque Depec - Bradesco Destaque Depec - Bradesco Ano XII - Número 98-25 de março de 2015 O repasse cambial sobre os preços administrados Myriã Tatiany Neves Bast Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos O Banco Central

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Janeiro de 2013 Mudanças estruturais no mercado de café devem favorecer fluxos mais equilibrados de oferta e de demanda, implicando menores níveis de volatilidade das cotações Regina Helena Couto Silva

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Abril de 2012 Expectativa de expansão da safra 2012/13 do complexo sucroalcooleiro no Brasil poderá ser afetada pelo clima seco Regina Helena Couto Silva Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Leia mais

Destaque Depec - Bradesco

Destaque Depec - Bradesco Destaque Depec - Bradesco Ano XII - Número 11-0 de julho de 015 Melhora da composição da carteira de crédito e desalavancagem das famílias deverão conter a alta da inadimplência Ellen Regina Steter Departamento

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 02 de julho de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 02 de julho de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 2 de julho de 1 Grupo São Martinho investirá entre R$ 7 e 7 milhões O grupo São Martinho investirá entre

Leia mais

Destaque Setorial - Bradesco

Destaque Setorial - Bradesco Sistema de Saúde Privada 03 de junho de 2015 Sistema de saúde privado deverá ser impactado pela piora do mercado de trabalho no curto prazo Regina Helena Couto Silva Departamento de Pesquisas e Estudos

Leia mais

Destaque Setorial - Bradesco

Destaque Setorial - Bradesco Transporte Aéreo 26 de agosto de 2015 Depois do bom resultado do primeiro semestre, o transporte aéreo entra em desaceleração em resposta ao enfraquecimento da economia e à depreciação do real Regina Helena

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 24 de junho de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 24 de junho de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 24 de junho de Agrária vai investir R$ 7 milhões até A Agrária, cooperativa agroindustrial do Paraná,

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 07 de maio de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 07 de maio de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 7 de maio de 1 A Companhia Siderúrgica do Pecém investirá R$ 12,7 bilhões até A Companhia Siderúrgica

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 08 de julho de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 08 de julho de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 8 de julho de 1 A Videocon Industries prevê investir US$ 2, bilhões no País até A indiana Videocon Industries

Leia mais

Destaque Depec - Bradesco

Destaque Depec - Bradesco Destaque Depec - Bradesco Ano XII - Número 121-30 de setembro de 2015 Melhora dos fundamentos macroeconômicos protege países latino-americanos de repetir crise de mesma intensidade da década de 80 Felipe

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 03 de junho de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 03 de junho de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 3 de junho de 1 CCR investirá R$ bilhões neste ano O grupo de concessões de infraestrutura CCR vai investir

Leia mais

Destaque Setorial - Bradesco

Destaque Setorial - Bradesco Energia elétrica 22 de setembro de 2015 Acreditamos que a bandeira tarifária amarela prevalecerá em 2016, a despeito da melhora da perspectiva de chuvas diante do El Niño Priscila Pacheco Trigo Departamento

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 22 de Setembro de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 22 de Setembro de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 22 de Setembro de 1 AES Eletropaulo pretende investir R$ milhões por ano, até 17 A AES Eletropaulo anunciou

Leia mais

Destaque Setorial - Bradesco

Destaque Setorial - Bradesco Construção Residencial 16 de dezembro de 2014 Ajuste dos estoques de imóveis residenciais reforça expectativa de menor crescimento da atividade de construção civil nos próximos trimestres Departamento

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 19 de novembro de 2014

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 19 de novembro de 2014 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 19 de novembro de 1 A Lojas Americanas planeja investir R$ bilhões até 19 A Lojas Americanas anunciou

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 12 de março de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 12 de março de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 12 de março de Votorantim investirá R$ 2, bilhões neste ano A Votorantim Industrial investirá cerca

Leia mais

Calendário de Eventos Econômicos

Calendário de Eventos Econômicos Calendário de Eventos Econômicos Horário Eventos Previsão Comentários SegundaFeira 05/10 08:25 Bacen: Boletim Focus (semanal) 10:00 Markit: Índice PMI composto 15:00 MDIC: Balança comercial (semanal) 04:55

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 19 de junho de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 19 de junho de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 19 de junho de Riachuelo planeja investir de R$ 2 a 2, bilhões até 19 A Riachuelo planeja investimentos

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 18 de dezembro de 2014

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 18 de dezembro de 2014 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 18 de dezembro de 14 Sistema Produtor São Lourenço terá investimento de R$ 2,6 bilhões A empresa Sistema

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 25 de novembro de 2014

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 25 de novembro de 2014 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 2 de novembro de 14 A ThyssenKrupp planeja investir R$ 2 bilhões até 19 A ThyssenKrupp, grupo industrial

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Março de 213 Boas perspectivas para o agronegócio brasileiro serão impulso para os investimentos em tratores e máquinas agrícolas em 213 Regina Helena Couto Silva Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Leia mais

Destaque Setorial - Bradesco

Destaque Setorial - Bradesco Ensino superior 1 de junho de 214 Crescimento do sistema de ensino superior tem sido alavancado pela renda e pelos incentivos governamentais, mas enxergamos desafios à frente Regina Helena Couto Silva

Leia mais

AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO

AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO Outubro de 2013 Panorama Macroeconômico As atenções do mercado externo seguem concentradas nos EUA, tanto em relação aos próximos passos do Fed como aos impasses políticos. A

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SUCO DE LARANJA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SUCO DE LARANJA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos SUCO DE LARANJA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS DISTRIBUIÇÃO DA PRODUÇÃO DE LARANJA NO CINTURÃO CITRÍCOLA 49% Farelo 85% laranja para indústria 45% Suco 98%

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Outubro de 2015 Safra de grãos recorde contribuirá para o avanço do agronegócio brasileiro neste ano Priscila Pacheco Trigo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos A agricultura brasileira vem mostrando

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015 CALENDÁRIO AGRÍCOLA - FEIJÃO Safra 1ª - Safra das Águas 2ª - Safra da Seca 3ª - Safra de Inverno Principais Regiões Sul, Sudeste,

Leia mais

DADOS DA CONAB TRAZEM AJUSTES E INDICAM MUDANÇA NA TENDÊNCIA DO MERCADO

DADOS DA CONAB TRAZEM AJUSTES E INDICAM MUDANÇA NA TENDÊNCIA DO MERCADO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 17/agosto/2015 n. 588 DADOS DA CONAB TRAZEM AJUSTES E INDICAM MUDANÇA NA TENDÊNCIA DO MERCADO A quinta-feira foi iniciada com a atualização de um importante

Leia mais

AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO

AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO AGRONEGÓCIO BRASIL EM FOCO Outubro de 2012 Panorama Macroeconômico Após nova rodada de afrouxamento monetário implementado pelos Bancos Centrais dos EUA, da Europa e do Japão, os preços dos instrumentos

Leia mais

ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES

ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 08/junho/2015 n. 578 ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES O segundo maior produtor mundial da

Leia mais

AGOSTO DEVE SER MARCADO POR QUEDA ANUAL DE 33% EM NOVA YORK

AGOSTO DEVE SER MARCADO POR QUEDA ANUAL DE 33% EM NOVA YORK Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 31/agosto/2015 n. 590 AGOSTO DEVE SER MARCADO POR QUEDA ANUAL DE 33% EM NOVA YORK A finalização do mês de agosto traz consigo mais um registro de forte

Leia mais

Conjuntura Macroeconômica Semanal

Conjuntura Macroeconômica Semanal Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Conjuntura Macroeconômica Semanal 08 de maio de 2015 Recuperação recente dos preços do petróleo pode levar

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 29 de julho de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 29 de julho de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 29 de julho de 15 A Potássio do Brasil irá investir US$ 2,5 bilhões no País até 19 A empresa Potássio

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Julho de 2014 Avanço no campo garantiu ganho de participação do Brasil na produção e no comércio mundial de commodities agrícolas nos últimos anos Priscila Pacheco Trigo Departamento de Pesquisas e Estudos

Leia mais

GANHOS DO ETANOL HIDRATADO SUPERAM AÇÚCAR BRUTO EM NOVA YORK EM QUASE 10%

GANHOS DO ETANOL HIDRATADO SUPERAM AÇÚCAR BRUTO EM NOVA YORK EM QUASE 10% Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 0613/julho/2015 n. 583 GANHOS DO ETANOL HIDRATADO SUPERAM AÇÚCAR BRUTO EM NOVA YORK EM QUASE 10% O encerramento de junho foi marcado por mais um período

Leia mais

Conjuntura Macroeconômica Semanal

Conjuntura Macroeconômica Semanal Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Conjuntura Macroeconômica Semanal 17 de julho de 2015 Esperamos queda do PIB de 2,1% em 2015 e estabilidade

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 São Paulo, 29 de abril de 2013 ROTEIRO I. Safra 2012/2013 na região Centro-Sul: dados finais Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 07 de Janeiro de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 07 de Janeiro de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 7 de Janeiro de 1 Eletrobras estima orçamento de R$ 1,1 bilhões para investimentos em 1 A estatal elétrica

Leia mais

Vendas no varejo continuaram em queda em abril

Vendas no varejo continuaram em queda em abril Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos 16 de junho de 2015 Vendas no varejo continuaram em queda em abril As vendas do restrito recuaram na passagem de março para abril, refletindo o desempenho

Leia mais

MERCADO DE TRIGO CONJUNTURA E CENÁRIO NO BRASIL E NO MUNDO

MERCADO DE TRIGO CONJUNTURA E CENÁRIO NO BRASIL E NO MUNDO MERCADO DE TRIGO CONJUNTURA E CENÁRIO NO BRASIL E NO MUNDO Paulo Magno Rabelo (1) A análise de desempenho da produção de trigo no mundo desperta apreensões fundamentadas quanto aos indicadores de área

Leia mais

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAFÉ NOVEMBRO DE 2015

DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAFÉ NOVEMBRO DE 2015 DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAFÉ NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS SAFRA 2008/2009 67% Exportação 89% Café verde 18% Alemanha 18% EUA 10% Japão 9% Itália CAFÉ 49,2 milhões de sacas de

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 23 de abril de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 23 de abril de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados de abril de O Grupo Latam Airlines prevê investimentos de até US$ 1, bilhão O Grupo Latam Airlines prevê

Leia mais

redução dos preços internacionais de algumas commodities agrícolas; aumento dos custos de

redução dos preços internacionais de algumas commodities agrícolas; aumento dos custos de Desempenho da Agroindústria No fechamento do primeiro semestre de 2005, a agroindústria registrou crescimento de 0,3%, taxa bastante inferior à assinalada pela média da indústria brasileira (5,0%) no mesmo

Leia mais

VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 56% NO BRASIL EM JUNHO

VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 56% NO BRASIL EM JUNHO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 13/agosto/2015 n. 458 VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 56% NO BRASIL EM JUNHO Os dados mais atualizados disponibilizados pela ANP sobre a venda de combustíveis

Leia mais

Açúcar: Informativo Quinzenal. Oferta se acentua e preços cedem. Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo.

Açúcar: Informativo Quinzenal. Oferta se acentua e preços cedem. Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo. Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada CEPEA/ESALQ/USP 25 de maio de 2011 Volume 1, Edição 22 Açúcar: Informativo Quinzenal Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo DATA Valor

Leia mais

TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS

TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS OUTUBRO DE 2015 1 PRODUTOS 2 Os tratores e máquinas agrícolas são movidos a diesel. São fabricados os seguintes tipos

Leia mais

Quadro II - PREÇO DO AÇÚCAR CRISTAL COLOCADO NO PORTO DE SANTOS - SP NA CONDIÇÃO SOBRE RODAS - (Em R$/Saca de 50kg*)

Quadro II - PREÇO DO AÇÚCAR CRISTAL COLOCADO NO PORTO DE SANTOS - SP NA CONDIÇÃO SOBRE RODAS - (Em R$/Saca de 50kg*) CANA-DE-AÇÚCAR Período: Janeiro/2016 Quadro I - PREÇO NA USINA EM SÃO PAULO (Em R$/unidade*) Produtos Unidade 24 12 1 Mês Mês Atual Açúcar Cristal Cor ICUMSA 130 a 180 Saco/50 kg 50,20 51,05 80,57 83,75

Leia mais

Desempenho da Agroindústria em 2004. histórica iniciada em 1992. Como tem sido freqüente nos últimos anos (exceto em 2003), os

Desempenho da Agroindústria em 2004. histórica iniciada em 1992. Como tem sido freqüente nos últimos anos (exceto em 2003), os Desempenho da Agroindústria em 2004 Em 2004, a agroindústria obteve crescimento de 5,3%, marca mais elevada da série histórica iniciada em 1992. Como tem sido freqüente nos últimos anos (exceto em 2003),

Leia mais

Calendário de Eventos Econômicos

Calendário de Eventos Econômicos Calendário de Eventos Econômicos Horário Eventos Previsão Comentários SegundaFeira 11/01 FGV: IGPM (1ª prévia) (jan) 8:30 Bacen: Boletim Focus (semanal) 15:00 MDIC: Balança comercial (semanal) 21:50 Japão:

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 29 de Janeiro de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 29 de Janeiro de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 29 de Janeiro de 1 Sabesp investirá R$ 83, milhões nas obras de integração da bacia do rio Paraíba do

Leia mais

Milho: preços elevados mesmo com super-safra norte-americana

Milho: preços elevados mesmo com super-safra norte-americana Milho: preços elevados mesmo com super-safra norte-americana Super-safra norte-americana Em seu boletim de oferta e demanda mundial de setembro o Usda reestimou para cima suas projeções para a safra 2007/08.

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE ALIMENTOS OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NO BRASIL 2012 EXPORTAÇÕES US$ 43 Bilhões (23%) 23% Ásia 22% União Europeia FATURAMENTO

Leia mais

O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO E O SETOR DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS TENDÊNCIAS DOS MERCADOS PARA 2012/2013 E OS CENÁRIOS DE LONGO PRAZO Carlos Cogo Agosto/2012 LA NIÑA PROVOCA FORTES QUEBRAS EM SAFRAS DE GRÃOS O

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Dezembro de 2015 Abertura de mercado e câmbio depreciado impulsionarão as exportações brasileiras de carnes no ano que vem Priscila Pacheco Trigo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos O crescimento

Leia mais

USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE

USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 30/novembro/2015 n. 603 USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE Com o título já enfático sobre o futuro dos preços

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 21 de Janeiro de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 21 de Janeiro de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados de Janeiro de 1 Rio Galeão investirá R$ 2 bilhões até A Rio Galeão, concessionária que administra o

Leia mais

Painel 4 Perspectivas dos mercados de açúcar e etanol

Painel 4 Perspectivas dos mercados de açúcar e etanol BMFBovespa Seminário Perspectivas do Agribusiness 2012-2013 Painel 4 Perspectivas dos mercados de açúcar e etanol Andy Duff, Food & Agribusiness Research, Rabobank Brasil 22 de maio de 2012 Food & Agribusiness

Leia mais

Calendário de Eventos Econômicos

Calendário de Eventos Econômicos Calendário de Eventos Econômicos Horário Eventos Previsão Comentários Segunda-Feira - 08/12 08:00 FGV: IPC-S (semanal) 08:30 Bacen: Boletim Focus (semanal) 15:00 MDIC: Balança comercial (semanal) 05:00

Leia mais

CAFÉ. Conab Companhia Nacional de Abastecimento SGAS Quadra 901, Bloco 901, Bloco A, Lote 69 70390-010 Brasília-DF Tel 61 3312 6000 www.conab.gov.

CAFÉ. Conab Companhia Nacional de Abastecimento SGAS Quadra 901, Bloco 901, Bloco A, Lote 69 70390-010 Brasília-DF Tel 61 3312 6000 www.conab.gov. CAFÉ Jorge Queiroz 1. MERCADO INTERNACIONAL Segundo o USDA, a produção mundial de café deverá atingir no ano 2009/2010, um total de 127,4 milhões de sacas. Entretanto, a OIC (Organização Internacional

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA PESQUISA FOCUS RELATÓRIO DE MERCADO

ACOMPANHAMENTO DA PESQUISA FOCUS RELATÓRIO DE MERCADO Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ACOMPANHAMENTO DA PESQUISA FOCUS RELATÓRIO DE MERCADO 2 de setembro de 2016 Equipe Técnica Octavio de Barros - Diretor de Pesquisas e Estudos Econômicos Fernando

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 10 de junho de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 10 de junho de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados de junho de 1 Ambev investirá R$ 3 bilhões no País até o final do ano Ambev anunciou investimentos da

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Outubro de 2015 Depreciação cambial e clima favorecem as expectativas de ampliação da renda agrícola, com destaque para a soja, que avança sobre a área de outros grãos Regina Helena Couto Silva Departamento

Leia mais

Conjuntura Macroeconômica Semanal

Conjuntura Macroeconômica Semanal Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Conjuntura Macroeconômica Semanal 27 de fevereiro de 2015 Dados de preço e quantum de exportações e importações

Leia mais

Soja - Análise da Conjuntura Agropecuária. Novembro 2015 PARANÁ

Soja - Análise da Conjuntura Agropecuária. Novembro 2015 PARANÁ Soja - Análise da Conjuntura Agropecuária Novembro 2015 PARANÁ A estimativa de área para a safra 2015/16 de soja é recorde no Paraná. Segundo os técnicos de campo serão semeados 5,24 milhões de hectares,

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 12 de Agosto de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 12 de Agosto de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 12 de Agosto de A rede de hotéis Rosewood vai investir R$ 1 bilhão até A rede de hotéis Rosewood vai

Leia mais

ÁREA DE MILHO CRESCEU 4,9% NA SAFRA 2012/2013, A MAIOR DESDE 1937, INDICANDO QUE O PAÍS COLHERIA UMA SAFRA RECORDE ESTE ANO

ÁREA DE MILHO CRESCEU 4,9% NA SAFRA 2012/2013, A MAIOR DESDE 1937, INDICANDO QUE O PAÍS COLHERIA UMA SAFRA RECORDE ESTE ANO GRÃOS: SOJA, MILHO, TRIGO e ARROZ TENDÊNCIAS DOS MERCADOS PARA 2012/2013 NO BRASIL E NO MUNDO Carlos Cogo Setembro/2012 PRODUÇÃO MUNDIAL DEVE RECUAR 4,1% NA SAFRA 2012/2013 ESTOQUES FINAIS MUNDIAIS DEVEM

Leia mais

VANTAGEM DO HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR DE NOVA YORK TENDE A CAIR ATÉ O FINAL DO ANO

VANTAGEM DO HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR DE NOVA YORK TENDE A CAIR ATÉ O FINAL DO ANO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados VANTAGEM DO HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR DE NOVA YORK TENDE A CAIR ATÉ O FINAL DO ANO Diante da acentuada depreciação das cotações do açúcar em Nova York, que no

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 27 de maio de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 27 de maio de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados de maio de 1 Grupo Bolognesi investirá R$ 6, bilhões na construção de usinas térmicas O Grupo Bolognesi

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE BOVINA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS PARTICIPAÇÃO NA PRODUÇÃO Produção de carnes NACIONAL - USDA - mil ton DO COMPLEXO CARNES - 2014 Carne Bovina

Leia mais

Calendário de Eventos Econômicos

Calendário de Eventos Econômicos Calendário de Eventos Econômicos Horário Eventos Previsão Comentários SegundaFeira 12/10 Brasil: Feriado Nacional Mercados Fechados TerçaFeira 13/10 08:25 Bacen: Boletim Focus (semanal) 15:00 MDIC: Balança

Leia mais

Milho Período: 11 a 15/05/2015

Milho Período: 11 a 15/05/2015 Milho Período: 11 a 15/05/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,0203 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CARNE SUÍNA AGOSTO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 06 de Outubro de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 06 de Outubro de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 6 de Outubro de A Lwarcel Celulose investirá R$ 3, bilhões em sua fábrica, no triênio 16 19 A Lwarcel

Leia mais

Soja: elevação dos preços da convencional/transgênica deve dificultar incremento da orgânica

Soja: elevação dos preços da convencional/transgênica deve dificultar incremento da orgânica Soja: elevação dos preços da convencional/transgênica deve dificultar incremento da orgânica Produção mundial deve recuar em 2007/08 Segundo o relatório de oferta e demanda divulgado pelo Usda em setembro

Leia mais

03/10/2014. Roteiro da Apresentação FINANCEIRIZAÇÃO DO MERCADO ANÁLISE TÉCNICA E DE CICLOS OFERTA E DEMANDA

03/10/2014. Roteiro da Apresentação FINANCEIRIZAÇÃO DO MERCADO ANÁLISE TÉCNICA E DE CICLOS OFERTA E DEMANDA OS MERCADOS DE SOJA, MILHO E TRIGO EM 2015 FERNANDO MURARO JR. Engenheiro agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas OCEPAR Curitiba (PR), 02/out/14 www.agrural.com.br A INFORMAÇÃO

Leia mais

BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014

BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014 BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014 Milho: Os preços no mercado brasileiro ficaram estáveis e até mesmo um pouco mais baixos em algumas praças. A incerteza dos produtores quanto à produtividade do milho

Leia mais

mensário estatístico-exportação Maio 2012 AÇÚCAR BRUTO

mensário estatístico-exportação Maio 2012 AÇÚCAR BRUTO mensário estatístico-exportação Maio 2012 AÇÚCAR BRUTO CONDIÇÕES Este relatório foi preparado pela Linus Galena Consultoria Econômica exclusivamente para uso de seus clientes e não poderá ser circulado,

Leia mais

O IBGE divulgou a pouco o primeiro prognóstico para a safra de 2011: www.ibge.gov.br Em 2011, IBGE prevê safra de grãos 2,8% menor que a de 2010

O IBGE divulgou a pouco o primeiro prognóstico para a safra de 2011: www.ibge.gov.br Em 2011, IBGE prevê safra de grãos 2,8% menor que a de 2010 O IBGE divulgou a pouco o primeiro prognóstico para a safra de 2011: www.ibge.gov.br Em 2011, IBGE prevê safra de grãos 2,8% menor que a de 2010 O IBGE realizou, em outubro, o primeiro prognóstico para

Leia mais

Calendário de Eventos Econômicos

Calendário de Eventos Econômicos Calendário de Eventos Econômicos Horário Eventos Previsão Comentários SegundaFeira 27/07 08:00 FGV: Sondagem da Indústria (jul) final 08:30 Bacen: Boletim Focus (semanal) 14:30 Tesouro: Relatório mensal

Leia mais

Revisão Mensal de Commodities

Revisão Mensal de Commodities Revisão Mensal de Commodities segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 Oferta maior e desempenho misto A estabilização do crescimento na China e riscos geopolíticos também afetaram os preços das commodities.

Leia mais

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 16 de Dezembro de 2015

Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 16 de Dezembro de 2015 Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Informe Semanal de Investimentos Setoriais Anunciados 16 de Dezembro de A CCR irá investir R$ 2,3 bilhões na Rodovia Presidente Dutra A CCR, empresa do setor

Leia mais

Tabela 01 Mundo Soja Área, produção e produtividade Safra 2009/10 a 2013/14

Tabela 01 Mundo Soja Área, produção e produtividade Safra 2009/10 a 2013/14 Soja Análise da Conjuntura Agropecuária Novembro de 2013 MUNDO A economia mundial cada vez mais globalizada tem sido o principal propulsor responsável pelo aumento da produção de soja. Com o aumento do

Leia mais

Conjuntura Macroeconômica e Setorial

Conjuntura Macroeconômica e Setorial Conjuntura Macroeconômica e Setorial O ano de 2012 foi um ano desafiador para a indústria mundial de carnes. Apesar de uma crescente demanda por alimentos impulsionada pela contínua expansão da renda em

Leia mais

Desempenho Recente e Perspectivas para a Agricultura

Desempenho Recente e Perspectivas para a Agricultura Desempenho Recente e Perspectivas para a Agricultura A safra de grãos do país totalizou 133,8 milhões de toneladas em 2009, de acordo com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de dezembro,

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: ABRIL/2014 CEPEA - AÇÚCAR & ETANOL I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Relações de preços mercados interno e internacional

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos LEITE E DERIVADOS NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS 0,5% Exportação 46% Leite 41% Leite Condensado e Creme de Leite 55% Venezuela 11% Argélia Leite Fluido 34

Leia mais

Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores

Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores Essa publicação apresenta as projeções de custos de produção

Leia mais

Milho Período: 22 a 26/06/2015

Milho Período: 22 a 26/06/2015 Milho Período: 22 a 26/06/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,0885 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais

Análise de Mercado do Sistema OCB

Análise de Mercado do Sistema OCB Análise de Mercado do Sistema OCB SUMÁRIO EXECUTIVO Mercado de Trigo nº 019 - Abril/2008 Equipe da Gerência de Mercados - GEMERC: Autor: Marcos Antonio Matos - Técnico de Mercado Coordenação: Evandro Scheid

Leia mais

Retração do comércio varejista sugere que contração da atividade seguirá em curso na passagem do terceiro para quarto trimestre

Retração do comércio varejista sugere que contração da atividade seguirá em curso na passagem do terceiro para quarto trimestre Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos 10 de novembro de 2016 Retração do sugere que contração da atividade seguirá em curso na passagem do terceiro para quarto trimestre As vendas do restrito¹

Leia mais

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR EXPORTAÇÕES DAS COOPERATIVAS NO AGRONEGÓCIO EM 1. RESULTADO

Leia mais

O MERCADO DE CAFÉ 1. INTRODUÇÃO

O MERCADO DE CAFÉ 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE CAFÉ 1. INTRODUÇÃO O presente boletim tem o objetivo de apresentar a situação atual do mercado, por meio dos dados disponibilizados pelo USDA, CONAB e MAPA. Apresenta-se, posteriormente, a

Leia mais

Destaque Depec - Bradesco

Destaque Depec - Bradesco Destaque Depec - Bradesco Ano XII - Número 102-07 de abril de 2015 Mudanças estruturais se somam ao ciclo econômico para explicar a perda de ímpeto do comércio mundial nos últimos três anos Thomas Henrique

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS O COMÉRCIO RESPONDE POR 12,7% DO PIB BRASILEIRO O COMÉRCIO VAREJISTA É RESPONSÁVEL POR 42% DO COMÉRCIO

Leia mais

JURANDI MACHADO - DIRETOR. Cenário Carnes 2014/2015

JURANDI MACHADO - DIRETOR. Cenário Carnes 2014/2015 JURANDI MACHADO - DIRETOR Cenário Carnes 2014/2015 Oferta e Demanda de Carne Suína CARNE SUÍNA 2014 (a)* no Mundo (Mil toneladas) 2015 (b)* Var % (b/a) PRODUÇÃO 110.606 111.845 1,12 CONSUMO 109.882 111.174

Leia mais

O MERCADO DE TRIGO. O balanço mundial de trigo, ao longo das safras analisadas, é visualizado na

O MERCADO DE TRIGO. O balanço mundial de trigo, ao longo das safras analisadas, é visualizado na O MERCADO DE TRIGO 1. INTRODUÇÃO O Brasil é o maior importador mundial de trigo e a sua dependência se torna acentuada à medida que os estoques públicos e privados se reduzem. A safra 2007/08 apresenta-se

Leia mais

Milho Período: 13 a 17/07/2015

Milho Período: 13 a 17/07/2015 Milho Período: 13 a 17/07/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,1507 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais