Entendendo o Sistema Operacinal. Prof. Armando Martins de Souza

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Entendendo o Sistema Operacinal. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com"

Transcrição

1 Entendendo o Sistema Operacinal Prof. Armando Martins de Souza

2 Criando um Snapshot da Máquina Padrão Page 2

3 Criando um Snapshot da Máquina Padrão Page 3

4 Criando um Snapshot da Máquina Padrão Devemos dar um nome para o snapshot e fazer uma breve descrição. Page 4

5 Criando um Snapshot da Máquina Padrão Agora temos o estado atual da máquina salvo, sem nenhuma modificação. Sempre que quizermos repetir o exercício, basta Iniciármos a VM a partir desse snapshot Page 5

6 Iniciando a máquina virtual Ajustes Page 6

7 Iniciando a máquina virtual Page 7

8 Iniciando a máquina virtual Iniciando a VM Page 8

9 Iniciando a máquina virtual Logando no Sistema: User: root Password: q1w2e3 Page 9

10 Logando na VM Usuário administrador Logado Page 10

11 Para Conexão Remota Verificar Tutorial putty

12 Estrutura de Diretórios

13 Árvore de diretórios do Sistema Operacional Page 13

14 Diretórios - Organização Diretório Descrição dos arquivos que estão nesse diretório / Diretório raiz do sistema de arquivos. /bin Arquivos executáveis de comandos essenciais. /boot Arquivos necessários à inicialização do sistema. /dev Arquivos de dispositivos do sistema. /etc Arquivos de configuração do sistema. /home Lugar onde ficam as pastas locais dos usuários. /lib Arquivos de bibliotecas essenciais ao sistema, utilizadas pelos programas. /mnt Usualmente é o ponto de montagem de dispositivos. /proc Informações do kernel, dos processos e interrupções da máquina. /root Pasta local, ou home, do superusuário. /sbin Arquivos relacionados diretamente ao sistema. Normalmente só o superusuário tem acesso a estes arquivos. /tmp Pasta de arquivos temporários. /usr Arquivos pertencentes aos usuários, bem como documentação do sistema, dentre outros tipos de arquivos. /var Pasta onde são guardadas informações variáveis sobre o sistema. Page 14

15 Comandos Básicos

16 Comandos Básicos cd Navega na árvore de diretórios ls Listar conteúdos de diretórios cp Copiar arquivos ou diretórios rm Remover arquivos ou diretórios mv Mover ou remomear, arquivos ou diretórios mkdir Criação de diretórios rmdir Remoção de diretórios Page 16 ln Criação de links

17 Comando cd cd Navega entre diretórios Sintaxe: cd <diretório ou atalhos> Atalhos Descrição ~ ou cd <enter> Diretórios de trabalho do usuário Page 17.. Vai para o diretório imediatamente acima ( Pai ) - Vai para o diretório anterior

18 Comando cd (exemplos) Navegamos para dentro do diretório /etc Navegamos para dentro do diretório /usr Navegamos para dentro do diretório de trabalho do usuário logado. Voltamos para o diretório que estávamos anteriormente /usr Subimos um diretório. Navegamos para dentro do diretório de trabalho do usuário logado. Page 18

19 Comando ls ls Listar conteúdos de diretórios Sintaxe: ls [opções] <diretório> Opção Descrição -a Exibe arquivos e diretórios ocultos (inicial. ) -A -l Exibe arquivos e diretórios ocultos (não considerando os diretórios. e.. ) Exibe listagem utilizando o formato longo. -i Exibe o inode (veremos mais a frente) de cada arquivo. -h Exibe a listagem em formato Human (simples compreensão) Ordena a saída por data -t Page 19

20 Comando ls (exemplos) Navegamos para dentro do diretório /usr Listamos o conteúdo do diretório /usr Listando o conteúdo do /usr em formato longo 1. Tipo Arquivo + Permissões de dono, grupo e outros 2. Hard Links 3. dono do arquivo/diretório 4. Grupo dono do arquivo/diretório 5. tamanho 6. data e hora da criação/modificação 7. nome do Arquivo/diretório Page 20

21 Comando ls (exemplos) Listamos o conteúdo do diretório /usr, inclusive os arquivos/diretórios ocultos (iniciados por. ).. Diretório atual.. Diretório pai Listando o conteúdo do /usr em formato longo Page 21

22 Comando ls (exemplos) Criamos com o comando touch.teste, um Arquivo oculto de nome.teste Não aparece o arquivo.teste na saída do ls Usando o comando ls -a aparece. Diretório atual o.. Diretório pai e o arquivo que criamos com o comando touch. Ao usarmos a opção -A, os diretórios pai (..) e o atual (.), não mais aparecem. Nesse caso veremos apenas o.teste Page 22

23 Comando ls (exemplos) As opção -li combinadas, mostram: 1. formato Longo; 2. inode do Arquivo/diretório; As opção -lhi combinadas, mostram: 1. formato Longo; 2. formato human; 3.inode do Arquivo/diretório; Page 23

24 Comando ls (exemplos) As opção -lt combinadas, mostram: 1. formato Longo; 2. ordena por data de criação/modificação; Page 24

25 Comando cp cp Copiar arquivos ou diretórios Sintaxe: cp [opções] <origem> <destino> Atalhos -a Mantém os atributos dos arquivos/diretórios -r Faz uma cópia recursiva -u Copia apenas se o arquivo origem for mais novo que o arquivo destino Exibe o nome do arquivo/diretório, antes de copiá-lo -v Page 25 Descrição

26 Comando cp (exemplos) Comandos: cd <enter> (indo para o diretório de trabalho do user) pwd (mostra onde estamos dentro da árvore de diret.) cp -r /usr/. (copiando o /usr para o diretório atual) Page 26

27 Comando cp (exemplos) Quando usamos o cp -r, ele não mantém os atributos Do arquivo/diretório que esta sendo copiado. Page 27

28 Comando cp (exemplos) Ao usarmos as opções -ra teremos: 1. a cópia recursiva; 2. mantendo os atributos do arquivo original. Cópia sem usar a Opção -a Agora sim temos os atributos iguais ao original. Basta voltarmos no slide anterior para confirmarmos Page 28

29 Comando cp (exemplos) Vamos para o diretório de trabalho do administrador e deiremos criar um arquivo chamado lixo.txt, em seguida listaremos o conteúdo do diretório e veremos a data do criação/modificação do arquivo lixo.txt. Page 29

30 Comando cp (exemplos) Vamos tentar copiar novamente o arquivo lixo.txt. como a data não é mais atual que a do diretório, o arquivo não é copiado. Page 30

31 Comando cp (exemplos) Usaremos o comando touch, para atualizarmos a data e hora da criação do arquivo lixo.txt, depois tentaremos copiar novamente o arquivo para /root/usr Page 31

32 Comando cp (exemplos) Agora sim, o arquivo foi copiado. Page 32

33 Comando cp (exemplos) Vamos tentar copiar novamente o arquivo lixo.txt. como a data não é mais atual que a do diretório, o arquivo não é copiado. Page 33

34 Comando rm rm Remover arquivos ou diretórios Sintaxe: rm [opções] <arquivo/diretório> Atalhos Page 34 Descrição -i Pede confirmação antes de apagar -r Apaga recursivamente -v Exibe o nome do arquivo/diretório, antes de copiá-lo

35 Comando rm (exemplos) Utilizando o comando rm, com a opção -i. Page 35

36 Comando rm (exemplos) Utilizando o comando rm, com a opção -r. Page 36

37 Comando rm (exemplos) Utilizando o comando rm, com a opção -v. Page 37

38 Comando mv mv Mover ou remomear, arquivos ou diretórios Sintaxe: mv [opções] <origem> <destino> Page 38 Atalhos Descrição -b -f Faz backup do arquivo/diretório que esta sendo manipulado Remove os arquivos, sem a necessidade de confirmação. -i Pede confirmação antes de remomear o arquivo/diretório. -v Exibe o nome do arquivo/diretório, antes de movê-lo.

39 Comando mv (exemplos) Preparando o exemplo do comando mv. Page 39

40 Comando mv (exemplos) Movendo lixo.txt, para o diretório de trabalho do usuário que esta executando o comando. Listando o conteúdo de /usr/local/bin Listando o conteúdo de /root/ Vendo o conteúdo do arquivo lixo.txt que esta dentro de /root/ Criando outro arquivo lixo.txt em /usr/local/bin Page 40

41 Comando mv (exemplos) Listando o conteúdo de /usr/local/bin Vendo o que esta escrito dentro de lixo.txt Listando o conteúdo de /root/ Listando o conteúdo de /root/ Vendo o que esta escrito dentro de lixo.txt, Que esta dentro de /root Page 41

42 Comando mv (exemplos) Listando o conteúdo de /usr/local/bin Listando o conteúdo de /root/ Movendo o arquivo lixo.txt de dentro do diretório /usr/local/bin para /root Listando o conteúdo de /root/ Listando o conteúdo de /usr/local/bin Page 42

43 Comando mv (exemplos) Indo para dentro do diretório de trabalho do usuário Listando o conteúdo de lixo.txt Listando o conteúdo de lixo.txt~ (arquivo backup) Renomeando lixo.txt~ para lixo-original.txt Renomeando lixo.txt para lixo-original.txt, como o arquivo existe ele pede confirmação devido a opção -i Page 43

44 Comando mkdir mkdir Criação de diretórios Sintaxe: mkdir [opções] <nome_diretório> Atalhos -p -m perm -v ou verbose Page 44 Descrição Cria a árvore de diretórios se ainda não existir. Cria um diretório com a permissão de acesso perm. Mostra o nome de cada diretório criado.

45 Comando mkdir (exemplos) Criando o diretório chamado albatroz Listando o conteúdo do diretório de trabalho do root Criando a árvore de diretórios Listando o conteúdo do diretório. Listando o conteúdo do diretório. Page 45

46 Comando mkdir (exemplos) Criando o diretório chamado diretoria, usando a permissão 700 e mostrando o nome do diretório criado. Diretório diretoria criado Não funciona no formato simbólico Page 46

47 Comando rmdir rmdir Remoção de diretórios Sintaxe: rmdir [opções] <diretório-remover> Atalhos -p Descrição Remove os diretórios intermediários se estes estiverem vazios -v ou --verbose Mostra o nome de cada diretório removido. Page 47

48 Comando rmdir (exemplos) Listando o diretório de trabalho so usuário logado (nesse caso root ) Tentando remover o diretório albatroz Agora sim removendo a árvore toda os diretórios tem que estar vazios Page 48

49 Comando ln Link Referência a outro arquivo/diretório Tipos: a. diretos (hard links) Criam dois ou mais nomes para um arquivo dentro do Sistema de arquivos. Não podem ser visualizados. b. simbólicos (soft links) São arquivos que fazerm referência ao arquivo/diretório original contendo o caminho completo ao arquivo/diretório original. Pode ser visualizados ls -l Page 49

50 Comando ln ln Criação de links Sintaxe: ln [opções] <caminho> <nome_link> Atalhos -s -f Page 50 Descrição Cria link simbólico Força a criação do link

51 Comando ln (exemplos) Listando o diretório de trabalho so usuário logado (nesse caso root ) Criando um soft link do arquivo lixo.txt Page 51

52 Comando ln (exemplos) Copiando o arquivo passwd para o diretório local Criando um hard link do arquivo passwd Page 52

53 Comando ln (exemplos) Populando o arquivo lixo.txt Listando o conteúdo do arquivo lixo.txt através do Link simbólico link_lixo.txt. Page 53

54 Comando ln (exemplos) Listando o conteúdo do diretório Removendo o arquivo lixo.txt Page 54

55 Comando ln (exemplos) Listando o conteúdo do diretório Remover um Link direto. Removendo o arquivo passwd.o conteúdo do arquivo permanece no arquivo passwd-hardlink Page 55

56 Comando ln (exemplos) Listando o conteúdo link direto passwd-hardlink Page 56

57 Comandos Básicos echo Ecoa informações na saída padrão clear Limpa tela sleep Sistema aguarda n segundos antes de continuar executando Page 57

58 Comando echo (exemplos) Funcionalidade do comando echo. Page 58

59 Comando echo (exemplos) Comando clear ou ctrl+l (limpa a tela) Page 59

60 Comandos Básicos - Navegação pwd Localização do usuário na árvore de diretórios tree Mostra árvore de diretórios Page 60

61 Comando pwd (exemplos) Funcionalidade do comando pwd. Page 61

62 Comando tree (exemplos) Funcionalidade do comando tree. Page 62

63 Comandos Básicos Localização arquivos/diretórios find Busca arquivos no Sistema de Arquivos locate Localiza arquivos a partir de um banco de dados (updatedb - cria/atualiza a base) grep Procura em um ou mais arquivos, linhas que contenham um padrão de busca (expressão regular, simples ou estendida) fgrep Interpreta padrão como expressão regular sem metacaracteres. egrep Interpreta padrão como expressão regular estendida. Page 63

64 Metacaracteres? Corresponde a um único caractere. * Corresponde a qualquer caractere. Inclusive conjuntos de caracteres ou ausencia deles. [] Corresponde a qualquer caractere entre os colchetes. [a-z] Corresponde a uma faixa de caracteres. ^abs Corresponde ao padrão abc no início da linha. Abc$ Corresponde ao padrão abc no final da linha. Page 64 { } Semelhante ao colchete. Representa cadeia de caracteres, separados por vírgula. Ex.: arq{1,2,3}

65 Comandos Básicos df mostra o espaço livre/ocupado em cada partição du mostra o espaço ocupado por arquivos file informa o tipo de arquivo head imprime as 10 primeiras linhas de um arquivo na saída padrão (head n <arquivo> - imprime n primeiras linhas) tail imprime as 10 últimas linhas de uma arquivo na saída padrão (tail n <arquivo> - imprime n primeiras linhas) sudo Permite a execução de comandos usando priviégio de root (precisa informar a senha de administrador) Page 65

66 Comandos Básicos time mede o tempo gasto na execução de um processo (sintaxe: time <comando>) sort organiza as linhas de um arquivo dmesg mostra mensagens de inicialização do sistema su permite o usuário mudar de identidade sem fazer logout uname mostra o nome e a versão do kernel atual (uname -a ) reboot reinicia a máquina Page 66

67 Comando shutdown shutdown - Desliga/reinicia o computador imediatamente ou após determinado tempo (programável) de forma segura. # shutdown <opções> <hora> [mensagem] hora Momento que o computador será desligado. Você pode usar HH:MM para definir a hora e minuto, MM para definir minutos, +SS para definir após quantos segundos, ou now para imediatamente (equivalente a +0). mensagem Mensagem que será mostrada a todos os usuários alertando sobre o reinicio/desligamento do sistema. opções -h Inicia o processo para desligamento do computador. -r Reinicia o sistema -c Cancela a execução do shutdown. Você pode acrescentar uma mensagem avisando aos usuários sobre o fato. Ex: # shutdown -h now Desliga o computador imediatamente Page 67

68 Comandos Básicos Manipulação arquivos/diretórios which Localiza um comando, usando os diretórios contidos na variável PATH. touch Atualiza a última data de acesso ao arquivo. Se o arquivo não existir, será criado um arquivo vazio por padrão Page 68

69 Comandos less e more visualizando textos less Permite fazer a paginação de arquivos ou da entrada padrão. O comando less pode ser usado como comando para leitura de arquivos que ocupem mais de uma tela. Quando toda a tela é ocupada, o less efetua uma pausa (semelhante ao more ) e permite que você pressione Seta para Cima e Seta para Baixo ou PgUP/PgDown para fazer o rolamento da página. more Permite fazer a paginação de arquivos ou da entrada padrão. O comando more pode ser usado como comando para leitura de arquivos que ocupem mais de uma tela. Quando toda a tela é ocupada, o more efetua uma pausa e permite que você pressione Enter para continuar avançando o número de páginas. A utilização dos comandos less e more se faz de maneira semelhante. A única dica para este comando, é que este pode ser encerrado com a tecla q. Page 69

70 Comandos Básicos Edição de Texto vi Editor de texto tradicional do Unix/Linux. nano Editor simples, parecido com o edit do DOS Page 70

71 Redirecionamentos e pipes

72 Redirecionamentos No Linux é possível manipular a entrada e saída padrão dos comando executados. < : Redireciona a entrada padrão; > : Redireciona a saída padrão (destrutiva); >> : Redireciona a saída padrão (não destrutiva); 2> : Redireciona a saída de erros (destrutiva); 2>>: Redireciona a saída de erros (não destrutiva); &> : Redireciona a saída de erros e acertos. Exemplos: $ ls /teste 2> erros.txt (envia a mensagem de erro para o arquivo erros.txt, se for usuado p &> envia a mensagem de erros e acertos) Page 72

73 Pipes A função dos Pipes é combinar a saída de um comando com a entrada de outro, é representado pelo caracter exemplo: $ ls la less $ ls lr /etc grep ^d wc l Conta o numero de diretórios e subdiretorios de /etc. Page 73

74 Pipes Comando tee Comando tee: Envia o resultado do programa para a saída padrão (tela) e para um arquivo ao mesmo tempo. Este comando deve ser usado com o pipe. Sintaxe: comando tee <arquivo> Exemplo: ls la tee listagem.txt Page 74

75 Fim

LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1

LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1 LISTA DE COMANDOS DO LINUX 1 Comandos para manipulação de diretório 1. ls Lista os arquivos de um diretório. 2. cd Entra em um diretório. Você precisa ter a permissão de execução para entrar no diretório.

Leia mais

Planejamento e Implantação de Servidores

Planejamento e Implantação de Servidores Planejamento e Implantação de Servidores Professor Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com Aula 01 - Servidores Abordagem geral Teoria e práticas Servidores Linux Comandos Linux 2 Bibliografias da apoio

Leia mais

Revisão Aula 3. 1. Explique a MBR(Master Boot Record)

Revisão Aula 3. 1. Explique a MBR(Master Boot Record) Revisão Aula 3 1. Explique a MBR(Master Boot Record) Revisão Aula 3 1. Explique a MBR(Master Boot Record). Master Boot Record Primeiro setor de um HD (disco rígido) Dividido em duas áreas: Boot loader

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

Aula 4 Comandos Básicos Linux. Prof.: Roberto Franciscatto

Aula 4 Comandos Básicos Linux. Prof.: Roberto Franciscatto Sistemas Operacionais Aula 4 Comandos Básicos Linux Prof.: Roberto Franciscatto Prompt Ao iniciar o GNU/Linux, a primeira tarefa a ser executada é o login no sistema, o qual deve ser feito respondendo

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos

Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos Sistemas Operacionais de Rede Linux - Gerenciamento de Arquivos Conteúdo Programático Login e Logout Iniciando e Desligando o Sistema Tipos de arquivo Texto Binário Arquivos e Diretório Manipulação de

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 5 - Iniciando o modo texto Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 OPERANDO EM MODO TEXTO... 3 Abrindo o terminal... 3 Sobre o aplicativo Terminal... 3 AS CORES

Leia mais

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação.

Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. Julgue os itens a seguir referentes a conceitos de software livre e licenças de uso, distribuição e modificação. 1.Todo software livre deve ser desenvolvido para uso por pessoa física em ambiente com sistema

Leia mais

Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1. Aula 3 SENAC TI Fernando Costa

Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1. Aula 3 SENAC TI Fernando Costa Formação de Administradores de Redes Linux LPI level 1 Aula 3 SENAC TI Fernando Costa Agenda Manipulação de arquivos Comandos: cat, cut, expand,fmt, head, join, nl, od, paste, pr, split, tac, tail, tr,

Leia mais

Fundamentos de Sistemas Operacionais. GNU / Linux. Prof. Edwar Saliba Júnior Março de 2009. Unidade 04-002 GNU / Linux

Fundamentos de Sistemas Operacionais. GNU / Linux. Prof. Edwar Saliba Júnior Março de 2009. Unidade 04-002 GNU / Linux GNU / Linux Prof. Edwar Saliba Júnior Março de 2009 Conceitos Básico O S.O. é case sensitive, ou seja, sensível à caixa; Exemplo: o arquivo apple.txt é diferente do arquivo Apple.txt e podem conviver juntos

Leia mais

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos Partição Parte de um disco físico que funciona como se fosse um disco fisicamente separado. Depois de criar uma partição, você deve formatá-la e atribuir-lhe uma letra de unidade antes de armazenar dados

Leia mais

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS Foram reservados intervalos de endereços IP para serem utilizados exclusivamente em redes privadas, como é o caso das redes locais e Intranets. Esses endereços não devem ser

Leia mais

Aula 02. Introdução ao Linux

Aula 02. Introdução ao Linux Aula 02 Introdução ao Linux Arquivos Central de Programas do Ubuntu A Central de Programas do Ubuntu é uma loja de aplicativos integrada ao sistema que permite-lhe instalar e desinstalar programas com

Leia mais

Principais Comandos do Terminal no LINUX

Principais Comandos do Terminal no LINUX Principais Comandos do Terminal no LINUX Estes comandos não visam ser um compêndio completo de operação, haja vista que se possui mais comandos que esses aqui que serão listados, logo os comandos são:

Leia mais

Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática. Sistema de Arquivos. Prof. João Paulo de Brito Gonçalves

Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática. Sistema de Arquivos. Prof. João Paulo de Brito Gonçalves Campus - Cachoeiro Curso Técnico de Informática Sistema de Arquivos Prof. João Paulo de Brito Gonçalves Introdução É com o sistema de arquivos que o usuário mais nota a presença do sistema operacional.

Leia mais

Comandos Básicos no Linux

Comandos Básicos no Linux Comandos Básicos no Linux Material desenvolvido por Rafael Fernando Diorio Última revisão em 04/08/2013 www.diorio.com.br rafael@diorio.com.br Tópicos Primeiros comandos Metacaracteres Paginação e filtros

Leia mais

Objetivos Instalação Gerência de Pacotes UNIX Shell. Curso UNIX. Matheus Braun Magrin Felipe dos Santos Silveira

Objetivos Instalação Gerência de Pacotes UNIX Shell. Curso UNIX. Matheus Braun Magrin Felipe dos Santos Silveira Curso UNIX Matheus Braun Magrin Felipe dos Santos Silveira Universidade Federal de Santa Catarina 25 de Setembro de 2010 CHAMADA Objetivos Instalação do sistema Ubuntu 10.04 Conhecer a origem do sistema

Leia mais

Comandos Básicos do Linux/Unix

Comandos Básicos do Linux/Unix Comandos Básicos do Linux/Unix Vou partir do pressuposto que você sabe o básico de um sistema Linux/Unix. É importante para qualquer usuário de sistemas baseados em Unix aprender a trabalhar no modo texto

Leia mais

Introdução ao Linux: Parte I

Introdução ao Linux: Parte I Data: Introdução ao Linux: Parte I Marcelo Ribeiro Xavier da Silva marceloo@inf.ufsc.br Histórico 3 Origem do GNU Linux Em 1983, Richard Stallman fundou a Free Software Foundation, com o intuito de criar

Leia mais

Sistema de Arquivos do Windows

Sistema de Arquivos do Windows Registro mestre de inicialização (MBR) A trilha zero do HD, onde ficam guardadas as informações sobre o(s) sistema(s) operacionais instalados. Onde começa o processo de inicialização do Sistema Operacional.

Leia mais

Comandos básicos do Linux

Comandos básicos do Linux Comandos básicos do Linux Comandos básicos do Linux Introdução Alguns comandos que você verá nesta página, equivalem aos utilizados no DOS. No entanto, saiba que conhecendo ou não o DOS, você poderá estranhar

Leia mais

GNU/Linux/Bash. Aula 2

GNU/Linux/Bash. Aula 2 GNU/Linux/Bash Aula 2 O que é? Ubuntu GNU Linux Ubuntu 12.04 Ubuntu é um sistema operacional baseado em Linux desenvolvido pela comunidade e é perfeito para notebooks, desktops e servidores. Ele contém

Leia mais

Labgrad. Usúario: Senha: senha

Labgrad. Usúario: <matricula> Senha: senha Suporte A equipe do Suporte é responsável pela gerência da rede do Departamento de Informática, bem como da manutenção dos servidores da mesma, e também é responsável pela monitoria do LabGrad e do LAR.

Leia mais

Instalação e configuração Linux CentOS 6.x

Instalação e configuração Linux CentOS 6.x Instalação e configuração Linux CentOS 6.x Objetivo: Instalar e configurar o sistema operacional Linux CentOS e efetuar suas configurações iniciais. 1- Abra o Virtuabox e clique em novo, e configure conforme

Leia mais

Introdução ao Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre

Introdução ao Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais Campus Pouso Alegre Introdução ao Linux Comandos Ubuntu/Linux Michelle Nery Agenda Comandos do Sistema Comandos para Processos

Leia mais

A linha de comando do Unix e GNU/Linux

A linha de comando do Unix e GNU/Linux A linha de comando do Unix e GNU/Linux A linha de comando do Unix e GNU/Linux Michael Opdenacker Free Electrons http://free-electrons.com Traduzido por Klayson Sesana Bonatto Criado com OpenOffice.org

Leia mais

Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX. Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis

Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX. Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis Informática Fácil NOÇÕES DE LINUX Prof.: Adelson Gomes Ferraz Antonio Carlos Reis Cronologia 1. 1969 Univ Berkeley, Califórnia, cria-se o SO UNIX para uso geral em grandes computadores 1. Década de 70

Leia mais

Manual de Comando Linux

Manual de Comando Linux Manual de Comando Linux 1 Índice Índice... 2 Introdução... 3 Comandos Simples Linux... 3 Gerir Directórios e Ficheiros... 4 Gerir processos... 6 Estrutura de Diretórios do LINUX... 6 Executar comandos

Leia mais

Manipulação de Arquivos Ubuntu. Haline de Souza Scotti Rodrigo Fantinati Ferreira

Manipulação de Arquivos Ubuntu. Haline de Souza Scotti Rodrigo Fantinati Ferreira Manipulação de Arquivos Ubuntu Haline de Souza Scotti Rodrigo Fantinati Ferreira Veremos nesta aula Visão geral do ambiente Ubuntu Arquivos e Diretórios Manipulação de arquivos Exercício Visão geral do

Leia mais

Universidade Católica de Brasília Laboratório de Redes de Computadores 1 Prof Eduardo Lobo. Comandos LINUX. principais vi ifconfig.

Universidade Católica de Brasília Laboratório de Redes de Computadores 1 Prof Eduardo Lobo. Comandos LINUX. principais vi ifconfig. Comandos LINUX Universidade Católica de Brasília Laboratório de Redes de Computadores 1 Prof Eduardo Lobo Comandos LINUX principais vi ifconfig Comando Descrição Exemplo cd Muda o diretório corrente cd

Leia mais

LABORATÓRIO UNIDADES 1 REVISÃO LINUX E COMANDOS BÁSICOS ABRINDO A MÁQUINA VIRTUAL UBUNTU SERVER 14.04.1 PELO VIRTUALBOX

LABORATÓRIO UNIDADES 1 REVISÃO LINUX E COMANDOS BÁSICOS ABRINDO A MÁQUINA VIRTUAL UBUNTU SERVER 14.04.1 PELO VIRTUALBOX LABORATÓRIO UNIDADES 1 REVISÃO LINUX E COMANDOS BÁSICOS ABRINDO A MÁQUINA VIRTUAL UBUNTU SERVER 14.04.1 PELO VIRTUALBOX Procure no MENU INICIAR PROGRAMAS o ícone do VirtualBox e execute-o. Em seguida clique

Leia mais

Treinamento para Manutenção dos Telecentros

Treinamento para Manutenção dos Telecentros Treinamento para Manutenção dos Telecentros Módulo II :: Utilizando o Linux Básico do Sistema Manoel Campos da Silva Filho Professor do IFTO/Palmas 1 2 Código Aberto/Open Source Programas (softwares/aplicativos)

Leia mais

INTRODUÇÃO A LINUX. Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais 26/11/2013

INTRODUÇÃO A LINUX. Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais 26/11/2013 1 2 INTRODUÇÃO A LINUX ADRIANO SILVEIRA ADR_SILVEIRA@YAHOO.COM.BR Características Sistema operacional Software livre Criado em 1991 por Linus Torvalds Dividido em duas partes principais Kernel núcleo do

Leia mais

Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios

Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios Roteiro 3: Sistemas Linux arquivos e diretórios Objetivos Detalhar conceitos sobre o sistema operacional Linux; Operar comandos básicos de sistemas Linux em modo Texto; Realizar a manutenção de arquivos

Leia mais

1 Objetivos da Oficina

1 Objetivos da Oficina Oficina Linux Aula : Operações com Diretórios e Arquivos / / Professor: Eraldo Silveira e Silva eraldo@ifsc.edu.br 1 Objetivos da Oficina iniciar e encerrar uma sessão no Linux; se familizarizar com a

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

SIMULADO DE INFORMÁTICA BÁSICA TÉCNICO DO MPU PROF. ALEXANDRE LÊNIN / PROF. JUNIOR MARTINS

SIMULADO DE INFORMÁTICA BÁSICA TÉCNICO DO MPU PROF. ALEXANDRE LÊNIN / PROF. JUNIOR MARTINS Olá, pessoal, tudo bem? Vamos fazer um simulado com 10 questões de informática direcionadas para o cargo de TÉCNICO DO MPU? São questões já aplicadas pelo CESPE em certames anteriores, mas que podem ser

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03. Prof. Gabriel Silva

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03. Prof. Gabriel Silva FTIN Formação Técnica em Informática Módulo de Administração de Servidores de Rede AULA 03 Prof. Gabriel Silva Temas da Aula de Hoje: Servidores Linux. Conceitos Básicos do Linux. Instalando Servidor Linux.

Leia mais

03/11/2011. Apresentação. SA do Linux. Sistemas de Arquivos. Curso Tecnologia em Telemática. Disciplina Administração de Sistemas Linux

03/11/2011. Apresentação. SA do Linux. Sistemas de Arquivos. Curso Tecnologia em Telemática. Disciplina Administração de Sistemas Linux Apresentação Administração de Sistemas Curso Tecnologia em Telemática Disciplina Administração de Sistemas Linux Professor: Anderson Costa anderson@ifpb.edu.br Assunto da aula Aspectos do Sistema de Arquivos

Leia mais

Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento

Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento 1º passo - Acessar Virtual Box plataforma criada dispositivos pasta compartilhadas clicar no botão + no canto direito escolher destino ( Desktop)

Leia mais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais O Sistema de Arquivos Fabricio Breve O que você encontra no Sistema de Arquivos do Linux... Processos Portas seriais Canais de comunicação entre

Leia mais

Simulado LPI 101. 5. Qual o comando que exibe a última vez em que o sistema de arquivos foi verificado. dumpe2fs

Simulado LPI 101. 5. Qual o comando que exibe a última vez em que o sistema de arquivos foi verificado. dumpe2fs Simulado LPI 101 1. Quais comandos exibem os processos no Linux? Escolha uma. a. ls e df b. ps e top c. ps e df d. df e top e. du e df 2. O que representa o dispositivo /dev/hdb6? Escolha uma. a. Um partição

Leia mais

http://introcomp.pet.inf.ufes.br

http://introcomp.pet.inf.ufes.br O SITE http://introcomp.pet.inf.ufes.br http://introcomp.pet.inf.ufes.br http://introcomp.pet.inf.ufes.br http://introcomp.pet.inf.ufes.br O MOODLE http://introcomp.pet.inf.ufes.br/moodle http://introcomp.pet.inf.ufes.br/moodle

Leia mais

Comandos.::. Aplicativos > Sistema > Acessar Console

Comandos.::. Aplicativos > Sistema > Acessar Console Comandos Aplicativos > Sistema > Acessar Console jonilso 23 de outubro de 2012 Comandos Iniciais whoami Comandos Iniciais whoami Exibe o login do usuário que executou o comando. Comandos Iniciais whoami

Leia mais

Administração de Sistemas Livres

Administração de Sistemas Livres Administração de Sistemas Livres Introdução a Comandos GNU/Linux Prof. Lais Farias Alves Comandos GNU/Linux O Linux (na verdade, GNU/Linux), assim como qualquer sistema operacional moderno, é perfeitamente

Leia mais

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux.

ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador Linux. INSTALL 2014-08-12 ================================================== Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux ATENÇÃO: Este manual foi feito para usuários que tenham conhecimentos de administrador

Leia mais

Introdução a. Shell Script. Clésio Matos clesior.matos@gmail.com

Introdução a. Shell Script. Clésio Matos clesior.matos@gmail.com Introdução a Shell Script Clésio Matos clesior.matos@gmail.com 1 Plano de apresentação O que são shell scripts Comandos básicos Estruturas básicas do BASH - Comandos condicionais - Comandos de repetição

Leia mais

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Gerenciamento de Arquivos e Pastas Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Arquivo Todo e qualquer software ou informação gravada em nosso computador será guardada em uma unidade de disco,

Leia mais

Práticas de Desenvolvimento de Software

Práticas de Desenvolvimento de Software Aula 1. 23/02/2015. Práticas de Desenvolvimento de Software Aula 1 Unix, Linux e a linha de comando Oferecimento Ambiente de desenvolvimento Computador (hardware) Sistema operacional Idealmente: iguais

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

Comandos de Linux. Autor: Patrick Wallace Figueiredo dos Santos Rocha

Comandos de Linux. Autor: Patrick Wallace Figueiredo dos Santos Rocha Comandos de Linux Autor: Patrick Wallace Figueiredo dos Santos Rocha Comandos de linux 1. ls (lista o conteúdo de um diretório) $ ls 2. ls -a (lista os diretórios, arquivos oculto e executáveis) $ ls -a

Leia mais

Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux Versão SIPREV 2.1.13

Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux Versão SIPREV 2.1.13 Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux Versão SIPREV 2.1.13 INSTALL 2010-05-20 ================================================== Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux ATENÇÃO:

Leia mais

REVISÃO LINUX CAP /SIN PROF. ESTRELA. e) os

REVISÃO LINUX CAP /SIN PROF. ESTRELA. e) os REVISÃO LINUX CAP /SIN PROF. ESTRELA 1 - Em um determinado servidor Linux, a saída do comando "df" aponta 100% de uso no "/". Isso significa que a(o): a) rede atingiu sua capacidade máxima de recepção.

Leia mais

Aula 01 Visão Geral do Linux

Aula 01 Visão Geral do Linux Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Administração de Redes de Computadores Aula 01 Visão Geral do Linux Prof. Gustavo Medeiros de Araujo Profa.

Leia mais

Prova de Pré requisito para o curso Linix System Administration (451)

Prova de Pré requisito para o curso Linix System Administration (451) 1 No editor de textos VIM (Vi Improved) qual comando copia o conteúdo de uma linha? Escolha todas que se aplicam. a) ctrl + c b) :cp c) :y d) :yy e) yy f) :copy g) cp 2 No editor de textos VIM (Vi Improved)

Leia mais

Aprendendo. Unix no OS X. Mountain Lion. Mergulhando no Terminal e no Shell. Dave Taylor. Novatec

Aprendendo. Unix no OS X. Mountain Lion. Mergulhando no Terminal e no Shell. Dave Taylor. Novatec Aprendendo Unix no OS X Mountain Lion Mergulhando no Terminal e no Shell Dave Taylor Novatec Authorized Portuguese translation of the English edition of titled Learning Unix for OS X Mountain Lion, ISBN

Leia mais

MÓDULO 01 INTRODUÇÃO AO LINUX

MÓDULO 01 INTRODUÇÃO AO LINUX MÓDULO 01 INTRODUÇÃO AO LINUX TÓPICO 21 TÓPICO 22 TÓPICO 23 COMANDOS GERAIS ARQUIVOS E DIRETÓRIOS USUÁRIOS TÓPICO 21 COMANDOS GERAIS man date df -h arch clear logout echo login sudo TEORIA O comando man

Leia mais

Comandos básicos do MS-DOS

Comandos básicos do MS-DOS :: Tutoriais Comandos básicos do MS-DOS Introdução DOS (Disk Operating System) é um sistema operacional bastante antigo, lançado na década de 1980. Apesar da "idade", muitas de suas funcionalidades têm

Leia mais

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO

LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS. PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO LABORATÓRIO DE SISTEMAS OPERACIONAIS PROFª. M.Sc. JULIANA HOFFMANN QUINONEZ BENACCHIO Sistema Operacional Conteúdo retirado do livro Sistemas Operacionais Marcos Aurélio Pchek Laureano Diogo Roberto Olsen

Leia mais

Treinamento Linux. Aula 4-04/04/12

Treinamento Linux. Aula 4-04/04/12 Treinamento Linux Aula 4-04/04/12 Objetivos Colméia Book Maquina virtual Gravação de CD/DVD Programas de audio/video Iniciação no terminal linux ColméiaBook Guia introdutório de GNU/LINUX do Colméia Confiram!

Leia mais

Jackson Barbosa de Azevedo

Jackson Barbosa de Azevedo <jacksonbazevedo@hotmail.com> Autor: Jackson Barbosa de Azevedo Revisores: Aecio Pires 1 Conteúdo Sobre o OpenSUSE... 3 Procedimento de Instalação... 3 Preparando a Instalação do

Leia mais

Lazarus pelo SVN Linux/Windows

Lazarus pelo SVN Linux/Windows Lazarus pelo SVN Linux/Windows Sei que não faltam artigos sobre como obter e compilar o Lazarus e o FPC pelo SVN, mas sei também que nunca é de mais divulgar um pouco mais e talvez escrever algo diferente.

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

LINUX PARA CONCURSOS PÚBLICOS

LINUX PARA CONCURSOS PÚBLICOS LINUX PARA CONCURSOS PÚBLICOS ÍNDICE GNU/Linux... 1 Distribuições LINUX... 1 Iniciando o Linux... 1 Gerenciadores de Janelas... 1 Shell (Modo Texto)... 2 KDE e Gnome... 2 Inicialização do Sistema Linux

Leia mais

Curso Realmente Básico de Linux (10 Coisas que você precisa saber para usar o sistema operacional mais versátil do Mundo IMHO)

Curso Realmente Básico de Linux (10 Coisas que você precisa saber para usar o sistema operacional mais versátil do Mundo IMHO) Curso Realmente Básico de Linux (10 Coisas que você precisa saber para usar o sistema operacional mais versátil do Mundo IMHO) Essa aula poderá ser baixada em:..http://www.boscojr.com/lpi/arquivos/10coisas.pdf

Leia mais

Informática. Aula 04/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Informática. Aula 04/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Informática Aula 04/12 Prof. Márcio Hollweg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

Conteúdo 1 Comandos Básicos. Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente?

Conteúdo 1 Comandos Básicos. Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente? Conteúdo 1 Comandos Básicos Questão 1: Que comando permite encerrar o sistema definitivamente? a) shutdawn b) shutdown t now c) shutdown r now d) shutdwon h now e) shutdown h now Questão 2: Que comando

Leia mais

LABORATÓRIO 0 Revisão GNU/Linux

LABORATÓRIO 0 Revisão GNU/Linux FACULDADE PITÁGORAS Tecnólogo em Redes de Computadores Redes Sem fio Prof. Ulisses Cotta Cavalca LABORATÓRIO 0 Revisão GNU/Linux OBJETIVOS Rever os principais comandos do sistema

Leia mais

Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5

Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5 DOCUMENTO CONFIDENCIAL Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5 2 Sumário Introdução:...3 Configuração Mínima:...3 Conhecimento necessário para instalação:... 3 Suporte:...4

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo 1 Introdução... 3 2. Instalação... 5 3. Descrição da interface do cliente... 6 4. Conexão... 10 5.SMS... 11 6.Contatos... 14 7.Estatística... 18

Leia mais

Linux. Wagner de Oliveira

Linux. Wagner de Oliveira Linux Wagner de Oliveira Um computador, uma mesa, um usuário. Duas pessoas não podem trabalhar em paralelo, executando o Microsoft Word na mesma máquina, simultaneamente. Windows 2003 Advanced Server +

Leia mais

Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED

Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED A instalação do Linux Educacional 3.0 segue os mesmos moldes da instalação normal, porém, com algumas considerações. Backup de Configurações Para evitar

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 INSTALANDO O SAMBA... 3 Verificando a versão... 3 Criando uma cópia do servidor samba original... 3 COMPARTILHAMENTOS

Leia mais

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede GUIA DO USUÁRIO: NOVELL CLIENT PARA WINDOWS* 95* E WINDOWS NT* Usar Atalhos para a Rede USAR O ÍCONE DA NOVELL NA BANDEJA DE SISTEMA Você pode acessar vários recursos do software Novell Client clicando

Leia mais

Aula 05 Estrutura de diretórios

Aula 05 Estrutura de diretórios 1 Aula 05 Estrutura de diretórios 1.0 Histórico Quando do desenvolvimento do Linux, Linus Torvalds tinha a pretensão de evitar problemas encontrados durante seu uso do Minix. Dessa maneira, o sistema de

Leia mais

Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX

Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX Conteúdo deste manual Introdução O guia de instalação... 3 Capítulo 1 Instalando o servidor Web Apache... 4 Teste de instalação do Apache... 9

Leia mais

Entregar um relatório respondendo as questões propostas e principais observações feitas durante a prática (para os itens 1, 3, 4, 5, 6 e 7).

Entregar um relatório respondendo as questões propostas e principais observações feitas durante a prática (para os itens 1, 3, 4, 5, 6 e 7). EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais e Linux-TCP/IP Entregar um relatório respondendo as questões propostas e principais observações feitas durante

Leia mais

IV Curso de Bioinformática Algoritmos e técnicas computacionais para montagem e análise de genomas

IV Curso de Bioinformática Algoritmos e técnicas computacionais para montagem e análise de genomas IV Curso de Bioinformática Algoritmos e técnicas computacionais para montagem e análise de genomas Linux Introdução ao Sistema Operacional e Comandos Básicos do Shell Introdução Linux é o nome dado tanto

Leia mais

LINUX -- Usando o Terminal -- Flávia Maristela

LINUX -- Usando o Terminal -- Flávia Maristela LINUX -- Usando o Terminal -- Flávia Maristela (flavia@flaviamaristela.com) Na aula passada... Particionamento de Disco Sistema de Arquivos Estrutura de Diretórios ( básicos Terminal (comandos Manipulação

Leia mais

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem 1 de 20 Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem Resolvi documentar uma solução que encontrei para fazer minhas cópias de segurança. Utilizo um software gratuito chamado Cobian Backup

Leia mais

Simulador de Sistemas de Arquivos

Simulador de Sistemas de Arquivos Simulador de Sistemas de Arquivos Trabalho Prático 1 Disciplina: Sistemas Operacionais 2009/1 Professor Humberto César Brandão de Oliveira O trabalho possui dois requisitos fundamentais: a. Entrega do

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Serviços e Agendamento Sumário 1 SERVIÇOS NO LINX POSTOS AUTOSYSTEM...3 2 CRIAR SERVIÇO...3 2.1 Agendamento de Tarefas Windows...5 2.2 Criar Serviço e Agendar Tarefas no Ubuntu-LINUX...6

Leia mais

UFRJ IM - DCC. Departamento de Ciência da Computação. Tópicos Especiais em Programação. 13/06/2012 Profª Valeria Menezes Bastos 1

UFRJ IM - DCC. Departamento de Ciência da Computação. Tópicos Especiais em Programação. 13/06/2012 Profª Valeria Menezes Bastos 1 UFRJ IM - DCC Departamento de Ciência da Computação Tópicos Especiais em Programação 13/06/2012 Profª Valeria Menezes Bastos 1 Utilizado na criação de cópias de segurança Backup (tar) Permite agrupar arquivos

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

Centro Federal de Ensino Tecnológico do Paraná Unidade de Medianeira Departamento de Informática

Centro Federal de Ensino Tecnológico do Paraná Unidade de Medianeira Departamento de Informática Centro Federal de Ensino Tecnológico do Paraná Unidade de Medianeira Departamento de Informática $SRVWLOD 'LVFLSOLQ G,QIRUPiWLFD 06'2,QWURGXomR 0HGLDQHLUD ,QGtFH 1 INTRODUÇÃO... 1 2 COMO É COMPOSTO O MS-DOS?...

Leia mais

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais Permissões Comandos Password cracker

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais Permissões Comandos Password cracker EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática 2 Certificados digitais Permissões Comandos Password cracker Entregar um relatório respondendo as questões propostas e principais observações

Leia mais

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Tecgraf/PUC Rio infogrid@tecgraf.puc rio.br 1.Introdução O objetivo deste documento é podermos registrar em um único local todas as informações necessárias

Leia mais

Objetivos do Curso. Organização do Curso. Apresentação do Curso. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Objetivos do Curso. Organização do Curso. Apresentação do Curso. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Apresentação do Curso 1 Objetivos do Curso Sistema Operacional Unix/Linux;

Leia mais

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br Sumário 1. Boas vindas... 4 2. Dashboard... 4 3. Cloud... 5 3.1 Servidores... 5 o Contratar Novo Servidor... 5 o Detalhes do Servidor... 9 3.2 Cloud Backup... 13 o Alteração de quota... 13 o Senha do agente...

Leia mais

TUTORIAL INSTALAÇÃO UBUNTU SERVER COM THUNDERCACHE

TUTORIAL INSTALAÇÃO UBUNTU SERVER COM THUNDERCACHE TUTORIAL INSTALAÇÃO UBUNTU SERVER COM THUNDERCACHE Olá! A Idéia básica deste tutorial é fornecer, da forma mais detalhada possível, todos os passos para uma instalação com sucesso do sistema de cache Thunder

Leia mais

Recuperando o GRUB após instalação do Windows

Recuperando o GRUB após instalação do Windows Recuperando o GRUB após instalação do Windows PET Engenharia de Computação - http://www.inf.ufes.br/~pet 1 Instruções iniciais Para efetuar as configurações a seguir talvez precisaremos executar comandos

Leia mais

comandos básicos linux.

comandos básicos linux. comandos básicos linux. clear: Limpa a tela e posiciona o cursor no canto superior esquerdo do vídeo. df: Mostra o espaço livre/ocupado de cada partição. df [opções] a Inclui sistemas de arquivos com 0

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL FUNÇÃO:

SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL SISTEMA OPERACIONAL FUNÇÃO: SISTEMA OPERACIONAL INFORMÁTICA PRF Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br FUNÇÃO: GERENCIAR, ADMINISTRAR OS RECURSOS DA MÁQUINA. SISTEMA OPERACIONAL EXEMPLOS MS-DOS WINDOWS 3.1 WINDOWS 95 WINDOWS

Leia mais

Instalando o Debian em modo texto

Instalando o Debian em modo texto Instalando o Debian em modo texto Por ser composto por um número absurdamente grande de pacotes, baixar os CDs de instalação do Debian é uma tarefa ingrata. Você pode ver uma lista dos mirrors disponíveis

Leia mais

Linux - comando essenciais

Linux - comando essenciais Linux - comando essenciais João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) 1 / 22 http://wiki.ubuntu-br.org/comandosbasicos http://www.uniriotec.br/ morganna/guia/introd guia.html Um guia de referência rápida em

Leia mais

Sistema Operacional GNU/Linux

Sistema Operacional GNU/Linux Sistema Operacional GNU/Linux Histórico: 1969 Bell Labs anuncia a primeira versão do Unix 1983 Criação do Projeto GNU 1987 Andrew Tenenbaum anuncia o Minux, versão do Unix para Desktops 1990 Microsoft

Leia mais