PREGÃO PRESENCIAL Nº 01/2013 Regido pela Lei nº /02 e, subsidiariamente, pela Lei nº 8.666/93 Processo Administrativo nº 2013/0003

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREGÃO PRESENCIAL Nº 01/2013 Regido pela Lei nº 10.520/02 e, subsidiariamente, pela Lei nº 8.666/93 Processo Administrativo nº 2013/0003"

Transcrição

1 PREGÃO PRESENCIAL Nº 01/2013 Regido pela Lei nº /02 e, subsidiariamente, pela Lei nº 8.666/93 Processo Administrativo nº 2013/0003 O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE PERNAMBUCO, Autarquia Federal criada pelo Decreto-Lei nº 9.295, de , CNPJ/MF nº / , faz saber que realizará o Pregão Presencial nº 01/2013, do tipo menor preço global, para o fornecimento enunciado na Cláusula I - DO OBJETO, nos termos deste Edital, que é regido pela Lei nº , de e, subsidiariamente, pela Lei nº 8.666, de O recebimento do Credenciamento, da Proposta Comercial (Envelope nº 1) e da Documentação para Habilitação (Envelope nº 2) dar-se-á, em ato público que terá início às 14h30min do dia 18 de Janeiro de 2013, na Rua do Sossego, 693, Santo Amaro, Recife/PE. A sessão pública de abertura dos envelopes será realizada na mesma data, horário e local. Caso não haja expediente nesta data, o ato público fica transferido para o primeiro dia útil subsequente. Fazem parte deste Edital os seguintes anexos: I. Modelo do termo de referência; II. Modelo da proposta comercial; III. Modelo da ficha de acompanhamento da documentação para habilitação; IV. Minuta do contrato; V. Modelo da declaração quanto ao trabalho de menores. VI. Modelo da declaração de habilitação. VII. Modelo da declaração de inexistência de fato superveniente. VIII. Modelo de declaração para microempresa e empresa de pequeno porte I - DO OBJETO O objeto da presente licitação consiste na CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA SERVIÇO DE ENVIO DE -MARKETING, conforme especificações constantes do Termo de Referência (Anexo I). Para fins desta licitação consideram-se: II - DAS DEFINIÇÕES CONSELHO: Conselho Regional de Contabilidade em Pernambuco, órgão licitador; PREGOEIRO: Servidor do Conselho, responsável pela condução dos trabalhos no Pregão; EQUIPE DE APOIO: Equipe constituída por servidores do Conselho, para auxiliar o pregoeiro nos procedimentos necessários ao Pregão; LICITANTE: A empresa que apresentar proposta; LICITANTE VENCEDORA: A empresa contratada para fornecer o objeto da presente licitação. III - DA LEGISLAÇÃO O Edital da presente licitação pública reger-se-á, principalmente, pelos seguintes comandos legais:

2 ₃ ₃ ₃ ₃ ₃ ₃ ₃ Lei nº /02 - Instituto do Pregão; Lei nº 8.666/93 - Lei de Licitações e Contratos Administrativos; Lei Complementar nº 123/2006 Microempresas e EPP; Lei nº 8.078/90 - Código de Defesa do Consumidor; Decreto nº 3.555/00 - Regulamento modalidade de Pregão Decreto nº 6.204/07 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as Microempresas e EPP; Demais exigências deste Edital e seus anexos. IV - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1. A proponente que desejar obter maiores informações sobre a licitação deverá dirigir-se ao CONSELHO, situado na Rua do Sossego, 693, Santo Amaro, Recife/PE, CEP , Telefones: (81) , de segunda a sexta-feira no horário das 08h00 às 16h A proponente que tiver dúvidas de caráter técnico ou legal quanto à interpretação dos termos deste Edital poderá solicitar o pregoeiro, exclusivamente por escrito, os esclarecimentos necessários, através do fax: (81) ou por no seguinte endereço Caso o pedido de esclarecimentos seja encaminhado por fax, a proponente deverá confirmar o seu recebimento no CONSELHO, através dos telefones: (81) É recomendável que o pedido de esclarecimentos seja apresentado em até 03 (três) dias úteis antes da data limite para apresentação dos envelopes, a fim de permitir que haja tempo hábil para resposta As respostas ao pedido de esclarecimentos formulados serão divulgadas mediante publicação de nota no site do CONSELHO, no seguinte endereço: opção: "Licitações", ficando as empresas interessadas em participar do certame, obrigadas a acessá-la para a obtenção de maiores informações prestadas Em hipótese alguma serão atendidas solicitações verbais. 2. Caso haja necessidade, o pregoeiro, conforme disposição contida no parágrafo 3º, do artigo 43, da Lei nº 8.666/93, poderá, em qualquer fase da licitação, promover diligência destinada a esclarecer ou a complementar a instrução do processo. 3. O pregoeiro poderá, ainda, solicitar parecer de técnicos pertencentes ao quadro de pessoal do CONSELHO e/ou de pessoas físicas ou jurídicas estranhas a ele, para orientar sua decisão. 4. Nos casos contidos nos itens 2 e 3, desta cláusula, a adjudicação somente ocorrerá após a conclusão da diligência promovida. V - DAS CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 1. Para efeito de elaboração da Proposta, e fornecimento dos produtos, deverão ser atendidos os seguintes requisitos: 1.1. O licitante deverá formular Proposta Comercial (modelo ANEXO II) em conformidade com a especificação constante do Termo de Referência (Anexo I); VI - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

3 1. Poderão participar deste Pregão, quaisquer interessados que atenderem todas as exigências constantes deste Edital e seus Anexos, inclusive quanto às de documentação Que atendam aos requisitos mínimos de classificação das propostas, exigidos neste edital; 1.2. Que comprovem possuir os documentos de habilitação requeridos neste edital; 2. Não será admitida nesta licitação a participação de empresas: 2.1. Que não atendam as condições do credenciamento; 2.2. Que não detenham atividade pertinente e compatível com o objeto deste Pregão Na condição de concorrentes, pessoas físicas ou jurídicas em consórcios e que sejam controladoras, coligadas ou subsidiárias entre si; 2.4. Empresas em recuperação judicial ou em processo falimentar, sob concurso de credores, em dissolução ou em liquidação; 2.5. Empresas que estejam suspensas de participar de licitação realizada pelo próprio CONSELHO; 2.6. Que estejam cumprindo pena de Declaração de Inidoneidade, imposta por qualquer ente da Administração Pública Federal, Estadual ou Municipal, enquanto perdurarem os motivos da punição. 2.7 Que deixar de apresentar a declaração de habilitação, conforme o modelo contido no Anexo VI, deste edital. 3. Não serão aceitos envelopes (Proposta e Documentação) enviados pelo Correio ou por quaisquer outros meios. VII DO CREDENCIAMENTO E RECEBIMENTO DOS ENVELOPES 1. No dia, hora e local designados neste Edital, iniciar-se-ão os trabalhos de credenciamento dos presentes. O interessado ou representante da proponente deverá identificar-se e comprovar, mediante procuração, a existência de poderes especiais para propostas, lances verbais e para a prática de todos os demais atos inerentes ao certame Deverá ser apresentado procuração, cédula de identidade ou qualquer outro documento com fé pública do credenciado juntamente com a cópia do estatuto Em se tratando de representante legal da proponente fica dispensado da procuração Declaração de Habilitação (anexo VI) Modelo de declaração para microempresa e empresa de pequeno porte (anexo VIII) Nenhum interessado poderá representar mais de uma empresa. 2. Declarado encerrado o credenciamento pelo Pregoeiro e/ou aberto o Envelope nº 01 (Proposta Comercial), não serão admitidos novas proponentes.

4 3. Aberta a sessão, os interessados ou seus representantes apresentarão declaração de habilitação, Anexo VI, dando ciência de que cumprem plenamente os requisitos de habilitação e, em seguida, o Pregoeiro procederá ao recebimento dos Envelopes nº 01 (Proposta Comercial) e nº 02 (Documentação para Habilitação) de todos os licitantes credenciados. OBSERVAÇÃO: 1) Não será aceita, em nenhuma hipótese, a participação de licitante retardatária, assim como aquela que deixar de apresentar a declaração de habilitação (anexo VI), salvo como ouvinte. 2) A Declaração de Habilitação (anexo VI) deverá ser apresentada antes do recebimento e abertura dos envelopes. 3) O representante legal da licitante que não se credenciar perante o pregoeiro ficará impedido de participar da fase de lances verbais, de negociação, de preços, de declarar a intenção de interpor recurso, de renunciar ao direito de interposição de recursos, enfim, para representar a licitante durante a reunião de abertura dos envelopes Proposta ou Documentação, relativos a este Pregão. 1. Da apresentação da proposta: VIII - DAS PROPOSTAS 1.1. A "Proposta Comercial" deverá ser apresentada em conformidade com o modelo em anexo (preferencialmente no próprio formulário - Anexo I e II), sem rasuras, emendas ou entrelinhas, carimbada, datada, numerada e assinada, de modo a se identificar, indubitavelmente, a respectiva proponente. Deverá ser inserida em envelope fechado, de preferência de papel opaco, em cuja face externa constará os seguintes dizeres: AO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO ENVELOPE Nº 01 - "PROPOSTA COMERCIAL" PREGÃO Nº 01/2013 (razão social ou nome comercial do licitante e endereço completo) 1.2. A "Proposta Comercial" deverá preencher os seguintes requisitos: a) O número do CNPJ constante da "Proposta" deverá ser o mesmo da documentação entregue para habilitação; b) Preço unitário, e total devendo ser expresso em Reais, com 02 (duas) casas decimais (após a vírgula); c) Validade da Proposta de, no mínimo, 60 (sessenta) dias, contados a partir da adjudicação da licitante vencedora; d) Os preços deverão abranger todas as despesas incidentes sobre o objeto da licitação (impostos, contribuições, frete, seguros, etc.) Os preços apresentados serão fixos e irreajustáveis.

5 OBSERVAÇÕES: CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO a) Em nenhuma hipótese poderá ser alterado o conteúdo da proposta apresentada, seja com relação ao preço, pagamento, prazo ou qualquer condição que importe modificação dos termos originais, ressalvadas apenas aquelas destinadas a sanar evidentes erros materiais, alterações essas que serão avaliadas pelo pregoeiro. b) Serão corrigidos automaticamente, pelo pregoeiro, quaisquer erros de soma e/ou multiplicação e o preço global da proposta, se faltar. c) A falta da data e assinatura e/ou rubrica da proposta poderá ser suprida pelo representante legal presente à reunião de abertura dos envelopes proposta com poderes para esse fim. d) A falta do CNPJ e/ou endereço completo poderá, também, ser preenchida pelos dados constantes dos documentos apresentados dentro do envelope de documentação. e) Os valores máximos que o CRCPE se dispõe a pagar estão informados no item 11, do Anexo I Termo de referência. IX - DA ANÁLISE DAS PROPOSTAS E LANCES VERBAIS 1. Após a abertura do Envelope nº 01 (Proposta Comercial), o pregoeiro, juntamente com a Equipe de Apoio, procederá à verificação da conformidade das propostas, classificando-as. 2. No curso da sessão, o autor da Proposta escrita, de menor valor por lote e aqueles que tenham apresentado valores superiores em até 10% (dez) por cento, relativamente à de menor preço, poderão fazer lances verbais de forma sucessiva, em valores distintos e decrescentes. 3. Não havendo pelo menos 03 (três) ofertas nas condições definidas no subitem anterior, poderão os autores das melhores propostas, até o máximo de 03 (três), oferecer lances verbais e sucessivos, quaisquer que sejam os preços oferecidos nas propostas escritas. 4. Caso 02 (duas) ou mais propostas escritas apresentem preços iguais, será realizado o sorteio para determinação da ordem de oferta dos lances. 5. Os lances serão ofertados sobre o valor da proposta Os lances deverão ser formulados em valores distintos e decrescentes, inferiores à proposta de menor preço, observada a redução mínima de R$ 100,00 (cem reais) entre os lances, aplicável inclusive em relação ao primeiro É vedada a oferta de lance com vista ao empate. 6. Os licitantes selecionados, conforme itens 2 e 3 desta Cláusula serão convocados pelo pregoeiro, individualmente, para a etapa de apresentação dos lances verbais, de forma sequencial, a partir da proposta classificada de maior preço e as demais, em ordem decrescente de valor, até a obtenção da melhor proposta. 7. A desistência de apresentar lance verbal, quando convocado pelo pregoeiro, implicará exclusão da proponente da fase de lances verbais e na manutenção do último preço apresentado, para efeito de ordenação das propostas. 8. Não havendo mais interessadas em apresentar lances verbais, será encerrada a etapa competitiva. Nessa hipótese, ou caso não se realizam lances verbais, ou, ainda, se a empresa vencedora for inabilitada, o pregoeiro poderá negociar diretamente com a

6 proponente da melhor proposta, na busca de preço adequado ao interesse da Administração. 9. O desatendimento às especificações exigidas no Edital implicará desclassificação da "Proposta Comercial" da Proponente. 10. Encerrada a etapa de lances e concluída a negociação, quando houver, o pregoeiro em posse da proposta classificada em primeiro lugar seguirá os seguintes procedimentos: Caso as propostas apresentadas por microempresas e empresas de pequeno porte sejam iguais ou até 5% (cinco por cento) superiores à proposta detentora do melhor lance ou valor negociado, será assegurada a preferência de contratação, respeitado o seguinte: A microempresa ou empresa de pequeno porte mais bem classificada poderá apresentar proposta de preço inferior àquela detentora do melhor lance ou valor negociado, situação em que será adjudicado em seu favor o objeto deste Pregão; Não ocorrendo a contratação da microempresa ou empresa de pequeno porte, na forma do subitem anterior, serão convocados os licitantes remanescentes que porventura se enquadrem na hipótese desta Condição, na ordem classificatória, para o exercício do mesmo direito; No caso de equivalência dos valores apresentados pelas microempresas e empresas de pequeno porte que se encontrem nos intervalos estabelecidos nesta Condição, será realizado sorteio entre elas para que se identifique àquela que primeiro poderá apresentar melhor oferta; A microempresa ou empresa de pequeno porte mais bem classificada será convocada para apresentar nova proposta no prazo máximo de 5 (cinco) minutos após a solicitação do pregoeiro, sob pena de preclusão; Na hipótese da não contratação nos termos previstos nesta Condição, o objeto será adjudicado em favor da proposta originalmente vencedora do certame; O disposto nesta Condição somente se aplicará quando a melhor oferta inicial não tiver sido apresentada por microempresa ou empresa de pequeno porte; Para os fins do disposto neste Edital a microempresa ou empresa de pequeno porte que desejar usufruir o tratamento favorecido estabelecido pela Lei Complementar nº 123/2006, deverá encaminhar a este Conselho a declaração do Anexo VIII juntamente com os demais documentos necessários para habilitação, tudo conforme o artigo 11 do Decreto Federal nº 6.204/2008; 11. Havendo aceitação da proposta classificada em primeiro lugar quanto à compatibilidade de preço, o pregoeiro solicitará da respectiva licitante o encaminhamento dos documentos de habilitação. 12. Será declarada vencedora a proposta que apresentar o menor preço global.

7 OBSERVAÇÕES: CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO a) Somente poderá participar da fase de lances verbais, o representante legal da proponente, presente ao evento, devidamente credenciado. b) Se não houver tempo suficiente para a abertura dos envelopes em um único momento, ou, ainda, se os trabalhos não puderem ser concluídos e/ou surgirem dúvidas que não possam ser dirimidas de imediato, os motivos serão consignados em ata e a continuação dar-se-á em sessão a ser convocada posteriormente. c) A interrupção dos trabalhos somente dar-se-á após a etapa competitiva de lances verbais. d) Os envelopes não abertos serão rubricados no fecho, pelo pregoeiro e pelos representantes legais das licitantes presentes, ficarão em poder do pregoeiro e sob sua guarda até nova reunião a ser oportunamente marcada para prosseguimento dos trabalhos. X - DA DOCUMENTAÇÃO PARA HABILITAÇÃO 1. A Documentação para Habilitação deverá ser apresentada em envelope fechado, de preferência de papel opaco, em cuja face externa constará os seguintes dizeres: AO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO ENVELOPE Nº 02 - "DOCUMENTAÇÃO PARA HABILITAÇÃO" PREGÃO Nº 01/2013 (razão social ou nome comercial do licitante e endereço completo) 2. Habilitação Jurídica: 2.1. Registro comercial, no caso de empresa individual; 2.2. Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor de acordo com as disposições do novo Código civil, devidamente registrado, em se tratando de sociedades empresárias (sociedades comerciais), e, no caso de sociedades por ações, conforme a Lei nº 6.404/76 e documentos de eleição de seus administradores; 2.3. Inscrição do ato constitutivo, no caso de sociedades simples, acompanhada de prova de diretoria em exercício; 2.4. Decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País, e ato de registro ou Autorização para funcionamento expedido pelo Órgão competente, quando a atividade assim o exigir Declaração de que não se encontra em situação irregular com o disposto no Inciso XXXIII do artigo 7 da Constituição Federal (trabalho de menores de idade, observada a Lei nº 9.854/99), conforme modelo Anexo V Os documentos relacionados nos subitens 2.1 ao 2.4 deste item 2 não precisarão constar do envelope Documentação para Habilitação se tiverem sido apresentados para o credenciamento neste pregão. 3. Regularidade Fiscal: 3.1. Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ); 3.2. Prova de Inscrição no cadastro de contribuintes estadual ou municipal, se houver

8 relativo ao domicílio ou sede do licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto contratual; 3.3. Prova de regularidade em nome da licitante, para com: Fazenda Federal: a) Certidão Conjunta de Débitos Relativos a Tributos Federais e à Dívida Ativa da União Fazenda Estadual de seu domicílio ou outra equivalente na forma da lei; Fazenda Municipal de seu domicílio ou outra equivalente na forma da lei: a) Tributos Mobiliários, em nome da licitante; b) Tributos Imobiliários, em nome da licitante (caso a licitante não possua imóveis em seu nome, terá que apresentar Certidão Negativa da Prefeitura Municipal onde se encontra sediada, indicando que não há imóvel de sua propriedade) Prova de regularidade demonstrando situação regular no cumprimento dos encargos sociais, instituídos por lei, relativos: À Seguridade Social (CND - INSS); Ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) À Justiça do Trabalho, mediante a apresentação de certidão negativa de débitos trabalhistas - CNDT, nos termos do Título VII-A da Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei n.º 5.452, de 1º de maio de Regularidade Econômico-Financeira 4.1. Certidão negativa de falência ou em recuperação judicial expedida pelo distribuidor da sede da pessoa jurídica, ou de execução patrimonial, expedida no domicílio da pessoa física. 5. Regularidade Técnica: 5.1. Mínimo de 03 (três) atestados de capacidade técnica, de empresas distintas, constatando que proponente tenha fornecido e/ou prestado serviço da mesma natureza do objeto, certificando não ter nada que a desabone. 6. Outros documentos 6.1. Declaração de inexistência de fato superveniente (anexo VII). OBSERVAÇÕES: a) Para as Certidões que não trouxerem expresso o prazo de validade, considerar-seá 90 (noventa) dias da data da sua expedição. b) Os documentos poderão ser apresentados em original, por qualquer processo de cópia (ABSOLUTAMENTE LEGÍVEL) autenticada por Cartório ou por servidor deste Órgão em confronto com o original, ou publicação em órgão da imprensa oficial, preferencialmente

9 acompanhados da "Ficha de Acompanhamento da Documentação para Habilitação" (Anexo III), devidamente preenchida. c) Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal das microempresas e empresas de pequeno porte, será assegurado o prazo de 2 (dois) dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado o vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, a critério da Administração Pública, para a regularização da documentação, pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa. d) A não regularização da documentação, no prazo previsto no item acima, implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no artigo 81 da Lei nº 8.666/93, sendo facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para assinatura do contrato, ou revogar a licitação. XI - DA ANÁLISE DA DOCUMENTAÇÃO PARA HABILITAÇÃO 1. Encerrada a etapa competitiva e ordenadas as ofertas, o pregoeiro procederá à abertura do Envelope nº 02, contendo a Documentação para Habilitação do licitante que apresentou a melhor proposta, para verificação do atendimento das condições fixadas no Edital. 2. Verificado o atendimento das condições e exigências fixadas no Edital, a proponente será declarada vencedora. 3. Caso a proponente desatenda às exigências habilitatórias, o pregoeiro examinará a oferta subsequente, verificando a sua documentação, na ordem de classificação, e assim, sucessivamente, até a apuração de uma proposta que atenda ao Edital, sendo a respectiva proponente declarada vencedora e a ela adjudicado o objeto do certame. 4. Todos os documentos da proponente vencedora serão colocados à disposição dos presentes para exame e rubrica, podendo qualquer proponente manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer, conforme previsto na Cláusula XXI deste Edital; 4.1. Caso haja manifestação de interesse na interposição de recurso, os envelopes fechados, contendo a documentação de habilitação das demais proponentes, serão rubricados por todos os presentes e retidos até a homologação do procedimento. Decorrida a fase de homologação, os envelopes ficarão à disposição para retirada, no máximo de 10 (dez) dias, no CONSELHO. Após este período, estes envelopes serão destruídos. 5. Não havendo manifestação quanto ao interesse na interposição de recurso, serão devolvidos os envelopes lacrados contendo a documentação de habilitação das demais proponentes. XII - DO CRITÉRIO DE JULGAMENTO E DA ADJUDICAÇÃO 1. O critério de julgamento das propostas será o menor preço global ; 2. Os produtos e ou serviços serão compostos em um único lote, conforme relacionados no anexo I Termo de Referência e anexo II Modelo de Proposta Comercial. 3. As proponentes deverão, obrigatoriamente, cotar todos os itens constantes sob pena de desclassificação, por não estarem em condições de igualdade de concorrer com os demais participantes.

10 XIII - DA CONTRATAÇÃO 1. A contratação do objeto licitado dar-se-á através da assinatura de contrato, conforme Anexo IV. 2. Regularmente convocado para retirar do Contrato, a fornecedora deverá assiná-lo no prazo máximo de 03 (três) dias úteis, prorrogável no interesse do CONSELHO, sujeitando-se às penalidades legalmente estabelecidas (artigo 64, da Lei 8.666/93 e Cláusula XXI, deste Edital). XIV - DO LOCAL DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS O(s) fornecedor (es) deverá (ão) prestar os serviços licitados conforme descrito na especificação dos serviços, no Anexo I Termo de Referência. XV - DO PRAZO DE ENTREGA E VIGÊNCIA DO CONTRATO 1. Será contratada a empresa através de Contrato a qual terá: 1.1. Prazo de 45 (quarenta e cinco) dias corridos para o início dos serviços, a contar da assinatura do contrato e liberação explícita por parte do responsável pela solicitação no CONSELHO, 1.2. Vigência de 12 (doze) meses, para a prestação dos serviços descritos no anexo I deste Edital a contar da finalização de instalação e aceite parte do responsável pela solicitação no CONSELHO. XVI - DO RECEBIMENTO DO OBJETO 1. O objeto será recebido provisoriamente, no ato da entrega, mediante assinatura do recibo da Nota Fiscal, Fatura etc., para posterior verificação da conformidade do material com a especificação e da formulação correta da Nota Fiscal; 2. Definitivamente, em até 05 (cinco) dias, contados do recebimento provisório, mediante recibo, após a verificação da qualidade do material e consequente aceitação; 3. Além do recebimento/aceite dos produtos e/ou execução dos serviços, a Nota Fiscal deverá ser formulada, já constando os impostos que serão retidos, sob pena de devolução para correção, contando-se o prazo para o pagamento a partir do recebimento regular da mesma (IN SRF nº 480 de DOU ). XVII - DAS CONDIÇÕES DE FATURAMENTO E PAGAMENTO 1. O pagamento será em 12 vezes iguais, com pagamento todo o dia 10 do mês subsequente à prestação dos serviços, iniciando-se a contagem, após o recebimento definitivo do serviço, pelo departamento gestor do contrato 2. O documento de cobrança será emitido em nome do Conselho Regional de Contabilidade em Pernambuco, sem emendas ou rasuras, fazendo menção expressa ao número da Licitação e contendo todos os dados da mesma e outros conforme abaixo especificado: a. O número de inscrição no CNPJ da empresa deverá ser o mesmo da documentação apresentada para habilitação, da Proposta Comercial e do documento de cobrança. Na hipótese de divergência entre o CNPJ constante do contrato e do documento de cobrança, deverá a fornecedora apresentar Declaração (juntamente com este último documento), justificando este procedimento e, ao mesmo tempo, se responsabilizando

11 pela regularidade fiscal do estabelecimento comercial emitente do documento de cobrança; b. De acordo com o artigo 64 da lei nº 9430, de , os pagamentos efetuados por Órgãos, Autarquias e Fundações da Administração Pública Federal a Pessoas Jurídicas, pelo fornecimento de bens e/ou prestação de serviços, estão sujeitos à incidência na fonte, do Imposto sobre a Renda, da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, da Contribuição para Seguridade Social Cofins e da Contribuição para Pis/Pasep, como também a retenção previdenciária de 11% de acordo com a Lei nº 9.711/1998, que entrou em vigor a partir de fevereiro de 1999; art. 31 da Lei nº 8.212/1991; art. 219 do Decreto nº 3.048/1999; Instrução Normativa RFB nº 900/2008; e arts. 3º e 112º da Instrução Normativa RFB nº 971/2009. c. Caso o licitante seja optante pelo SIMPLES a cada fornecimento e a cada emissão de Nota Fiscal, deverá juntar a declaração ORIGINAL de isenção dos impostos, em 02 (duas) vias, assinada com identificação do assinante e nome da empresa. d. O documento de cobrança (Nota Fiscal) deverá ser formulado, já constando todos os impostos e/ou tributos incidentes que serão retidos conforme IN SRF nº 480 de DOU , sob pena de devolução para correção, contandose o prazo para o pagamento a partir do recebimento regular da mesma. e. Optando pelo depósito bancário, no documento de cobrança deverá constar o nome e o número do banco, bem como o nome e o número da agência e o número da conta à qual se dará o depósito bancário para pagamento, repetindose os dados contidos na Proposta Comercial; f. Qualquer alteração de dados bancários só será permitida desde que efetuada em papel timbrado da empresa, assinada por representante legal e encaminhada ao Departamento de Compras e Licitações, antes do processamento do respectivo pagamento. XVIII - DA ALTERAÇÃO DO CONTRATO O Contrato a ser firmado poderá ser alterado nos casos previstos nos art. 57 e 65 da Lei 8.666/93, desde que haja interesse do Conselho, com a apresentação das devidas justificativas adequadas a este Pregão. XIX DA INEXECUÇÃO E DA RESCISÃO DO CONTRATO A inexecução total ou parcial do Contrato ensejará a sua rescisão, conforme disposições contidas nos artigos 77 a 80 da Lei nº 8.666/93. XX - DAS PENALIDADES 1. Aos licitantes que ensejarem o retardamento da execução do certame, não mantiverem a proposta, falharem ou fraudarem na execução do contrato, comportarem-se de modo inidôneo, apresentarem documentação ou declaração falsa, cometerem fraude fiscal, poderão falsa, cometerem fraude fiscal, poderão ser aplicadas, conforme o caso, sanções previstas em lei, sem prejuízo da reparação dos danos causados ao CONSELHO. 2. A CONTRATADA ficará sujeita, no caso de atraso injustificado, assim considerado

12 pelo Conselho, inexecução parcial ou inexecução total da obrigação, sem prejuízo das responsabilidades civil e criminal, assegurada a prévia defesa, às seguintes penalidades: 2.1 Advertência; 2.2 Multa de: a) 0,5% (cinco décimos por cento) ao dia sobre o valor atualizado do contrato, limitada a incidência a 05 (cinco) dias. Após o quinto dia e a critério do Conselho, no caso de cumprimento com atraso, poderá ocorrer a não aceitação do objeto, de forma a configurar, nessa hipótese, inexecução total da obrigação assumida, sem prejuízo da rescisão unilateral da avença: b) 20% (vinte por cento) sobre o valor atualizado do contrato, em caso de atraso no cumprimento, por período superior ao previsto no item a, ou de inexecução parcial da obrigação assumida; c) 30% (trinta por cento) sobre o valor atualizado do contrato, em caso de inexecução total da obrigação assumida, não estando prejudicada a adoção dos procedimentos necessários para a devolução do montante pago à CONTRATADA; d) Nos casos previstos nos itens acima a multa será acrescida de juros de 1% (um por cento) ao mês até a data do efetivo pagamento; 2.3 Suspensão temporária de participar de licitação perante o órgão público licitante. 2.4 Declaração de inidoneidade da CONTRATADA para licitar ou contratar com a administração pública, em função da natureza ou gravidade da falta cometida, sem prejuízo da aplicação das multas. 3. As sanções de multa poderão ser aplicadas à CONTRATADA juntamente com a advertência, declaração de inidoneidade, suspensão temporária para licitar com a Administração do Conselho, descontando-a do pagamento a ser efetuado, se for o caso. 4. Se porventura a empresa vencedora da etapa de lances desrespeitar as regras do edital relativas a habilitação, declaração de habilitação e declaração de inexistência de fato superveniente, será desclassificada, em razão de não obedecer o edital, devendo constar em ata o fato e a pena de advertência. 4.1 A advertência consistirá em uma admoestação por escrito com os seguintes dizeres: Caso a empresa já desclassificada, participe de uma nova licitação perante o Conselho Regional de Contabilidade em Pernambuco e reitere a conduta, isto é, entregue, novamente, a documentação concernente a habilitação, declaração de habilitação e declaração de inexistência de fato superveniente em desobediência com o previsto no edital, ficará com o direito de participar das licitações promovidas pelo órgão licitante suspenso pelo período a ser fixado pelo pregoeiro conforme a gravidade dos fatos. 4.2 A pena de advertência deverá ser enviada por meio de carta com aviso de recebimento. 4.3 Caberá ao departamento competente deste Conselho manter o cadastro atualizado das advertências enviadas as empresas licitantes. 5. As penalidades previstas neste edital não poderão ser relevadas, salvo quando ficar comprovada a ocorrência de situações que se enquadrem no conceito jurídico de força

13 maior ou caso fortuito. CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO XXI - DAS IMPUGNAÇÕES AO EDITAL 1. A interposição de eventual impugnação deverá observar o disposto no artigo 41, 1º e 2º, da Lei nº 8.666/ A impugnação deverá ser protocolada no CONSELHO, Rua do Sossego, 693 Santo Amaro Recife/PE, em dias úteis no horário das 9h00 às 17h00. XXII DOS RECURSOS 1. Declarado o vencedor, qualquer proponente poderá manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer, quando lhe será concedido o prazo de 03 (três) dias para, querendo, apresentar as razões do recurso, ficando as demais proponentes desde logo intimadas para apresentar contra-razões do recurso em igual número de dias que começarão a correr do término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vistas imediata dos autos. 2. O acolhimento de recurso importará a invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento. 3. A falta de manifestação imediata e motivada da proponente importará a decadência do direito de recurso e a adjudicação do objeto da licitação pelo pregoeiro ao vencedor. XXIII - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Durante a apresentação de lances verbais, deverá ser mantidos a ordem e respeito entre os interessados e/ou representantes, conforme as disposições contidas no artigo 93, da Lei nº 8.666/ Todas as empresas que obtiverem o edital via internet, pessoalmente na sede do Conselho ou de qualquer outra forma, deverão consultar o site, constantemente, a fim de obterem eventuais esclarecimentos futuros e o andamento da presente licitação, através do seguinte endereço: opção Licitações ; 3. O descumprimento de qualquer Cláusula do presente Edital poderá acarretar a desclassificação e/ou inabilitação da proponente; Recife, 03 de Janeiro de ROSICLEIDE VITOR ANJOS Pregoeira

14 PREGÃO 01/2013 PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE -MARKETING ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO: 1.1. Contratação de empresa para prestação de serviço de E- mail Marketing. 2. JUSTIFICATIVA DA CONTRATAÇÃO 2.1. O Conselho Regional de Contabilidade em Pernambuco, autarquia federal criada pelo Decreto-Lei nº 9.295, de , no uso de suas atribuições intrínsecas de registro e fiscalização da profissão de contabilista, presta relevantes serviços aos contabilistas e à sociedade, inclusive através de informações eletrônicas, com a disponibilização de dados relevantes a classe contábil em seu portal, e com o envio de correio eletrônico Atualmente o portal do CRCPE está hospedado em Host Compartilhado, em outrora essa modalidade atendeu as expectativas do CRCPE, porém, com o crescimento dos serviços on-line, existe a necessidade de expansão a qual atualmente não há possibilidade Atualmente, o CRCPE, possuí aproximadamente s válidos cadastrados, onde são enviados informações de relevância para a classe contábil, como por exemplo o CRCPE Dia a Dia, as comunicações de treinamentos e eventos, entre outras informações. 3. MODALIDADE DE LICITAÇÃO 3.1. A licitação será realizada na modalidade de Pregão Presencial, e reger-se à, principalmente, pelos seguintes comandos legais: ₃ ₃ ₃ ₃ ₃ ₃ ₃ Lei nº /02 - Instituto do Pregão; Lei nº 8.666/93 - Lei de Licitações e Contratos Administrativos; Lei Complementar nº 123/2006 Microempresas e EPP; Lei nº 8.078/90 - Código de Defesa do Consumidor; Decretos nº 3.555/00 - Regulamento modalidade de Pregão Decreto nº 6.204/07 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as Microempresas e EPP; Demais exigências deste Edital e seus anexos. 5. CRITÉRIO DE JULGAMENTO 4.1. O critério de julgamento será o de menor preço global. 5. VIGÊNCIA DO CONTRATO E PRAZO DE ENTREGA 5.1. Será contratada a empresa através de Contrato a qual terá vigência de 12 (doze) meses, a contar da data de implantação dos serviços e aceite por parte do responsável pela solicitação no Conselho. 6. DESCRIÇÃO/ESPECIFICAÇÃO DOS PRODUTOS 6.1. A contratação de empresa para prestação de serviço de Marketing, conforme especificações técnicas abaixo: Item 01 Especificações Técnicas 1 Contratação de empresa para prestação de enviar (quatrocentos mil) de mensagens por mês, suporte e assistência Técnica, em conformidade com as especificações técnicas e condições estabelecidas neste edital. 1.1 Características Serviço disponível totalmente pela Internet sem necessidade de instalação de qualquer

15 software nas instalações do CRC O pacote de mensagens deverá considerar a quantidade mensal de (quatrocentos mil) mensagens; O aplicativo de gerenciamento do MailMarketing deverá estar garantido no que tange a desempenho e disponibilidade para os usuários, mesmo nos momentos de pico nos disparos de mensagens O contratado deverá operar o serviço observando as boas práticas do Marketing e as políticas anti-spam As mensagens enviadas não poderão apresentar nenhum texto ou imagem adicionados, automaticamente, pela contratada, no conteúdo da mensagem gerada pelo CRC, contendo identificação da contratada ou da solução tecnológica utilizada; Com exceção ao abaixo descrito: No início: Se não consegue ver esta mensagem, clique aqui, que direciona automaticamente para uma página onde o é armazenado. No final: Link de remoção cadastral. O cliente poderá a qualquer momento clicar nesta opção e seu será considerado como inativo na ferramenta O ambiente de Marketing deverá contar com os seguintes requisitos mínimos de segurança: a. Armazenamento dos dados estatísticos e de gestão, gerados pelo uso do serviço, em dispositivos com redundância e mantidos disponíveis por um período de 12 (doze) meses após a data da sua geração, dentro do contrato; b. Realização de backup diário de todos os dados (templates, mensagens formatadas para envio, listas de destinatários, dados estatísticos, etc.), exceto as filas de Mail Server, para serem usados para recuperação do ambiente em caso de desastre; c. O Serviço de Mail Marketing deverá ser contínuo e disponível 24h (vinte e quatro horas) por dia, 07 (sete) dias por semana, com SLA mensal superior a 99,5%; Requisitos funcionais e operacionais mínimos para o serviço: a. Interface amigável que permita a operação de todas as funcionalidades pelos próprios usuários; b. Funcionalidades para criação do Cadastro s através de importação de dados (Upload de arquivo.txt,.csv ou.xls); c. Possibilidade de envio de mensagens com até 200 Kbytes; d. Editor de mensagens para criação direta das mensagens com formatação e inserção de imagens e links; e. Importação de mensagens pré-formatadas em HTML contendo texto, imagens e links; f. Importação automática da mensagem através da especificação de uma URL; g. Recursos para personalização das mensagens baseada em dados constantes na Lista de Destinatários, como por exemplo, o nome do destinatário; h. Funcionalidades para criação e atualização das Listas de Destinatários; i. Agendamento de disparos de campanhas por data e horário; j. Controle automático de endereços inválidos, contendo, no mínimo: Inativação automática de endereços por falhas de origem permanente Hardbounce. Ex.: o domínio de do cadastro é inexistente. A grupamento de endereços, cujos s não foram recebidos por falhas consideradas como não permanentes Soft bounce. Ex.: cadastros cujo servidor de s estava com muitas conexões e não recebeu o e- mail, ou cadastros com caixa de s cheia. o Caso o número seguido de não entregas (por soft bounces) de um mesmo cadastro ultrapassar o número máximo de soft bounces permitidos, o cadastro será configurado como inativo (por motivo de soft bounce) e não receberá mais s de novas ações disparadas. k. Inativação automática dos endereços que solicitaram a retirada do cadastro de e- mails (Opt-Out). l. Exportação do Cadastro dos s inválidos (agrupados por Hard bounce e Soft bouce, bem como dos endereços que solicitaram o descadastramento do envio de s (opt-out); m. Reenvio de Campanhas; n. Visualização alternativa, que permite a inserção automática de um link no topo das mensagens para o caso do destinatário não conseguir visualizar a ensagem

16 nitidamente, com as mesmas personalizações e contabilizações suportadas pela mensagem de marketing original; Relatório para controle da métrica de envio: a. Término de envio: informa a data e o horário de finalização da primeira tentativa de envio. b. Tempo de envio: tempo total de envio de s na primeira tentativa. c. s na fila: apresenta o total de s ainda não entregues e o percentual desses em relação ao total de s para os quais a peça será enviada Acompanhamento e avaliação das campanhas através do rastreamento das mensagens enviadas, imediatamente após o início do disparo das campanhas, para apresentação de relatórios com os seguintes requisitos mínimos: a. s enviados: total de s (entregues e não entregues) enviados até o momento: Entregues: total de s enviados pelo sistema e recebidos pelos cadastros. Não entregues: total de s enviados pelo sistema e não recebidos pelos cadastros (nos casos de hard ou soft bounce). b. s entregues: total de s entregues até o momento. Esse valor considera os s lidos e não lidos. c. Visualizações: total de visualizações realizadas em todos os s lidos, considerando que um mesmo possa ser visualizado mais de uma vez por um mesmo cadastro. d. Cliques por: s entregues: total de cliques sobre os links dos s entregues s lidos: total de cliques sobre os links dos s lidos. e. s não entregues: total de s enviados pelo sistema e não recebidos pelos cadastros. Hard bounce: total de s não recebidos por falhas de origem permanente. Ex.: o domínio de do cadastro é inexistente. Soft bounce: total de s não recebidos por falhas consideradas como não permanentes. Ex.: cadastros cujo servidor de s estava com muitas conexões e não recebeu o , ou cadastros com caixa de s cheia. f. Links: lista os links existentes no conteúdo dos s entregues e informa o total de cliques realizados pelos cadastros em cada link. g. Solicitação de retirada: total de cliques realizados pelos cadastros na opção de descadastramento existente no corpo dos s entregues Relatório para controle da quantidade de mensagens utilizadas no período, saldos e créditos; 1.2 Suporte Os chamados para manutenções deverão ser abertos na cidade de Recife, por meio de telefone ou ; Tempo de atendimento em até 24 horas, após a abertura do chamado. 6. OBRIGAÇÕES DO CONSELHO 6.1. Fornecer em tempo hábil, todos os elementos necessários para a prestação dos serviços; 6.2. Notificar imediatamente a CONTRATADA sobre qualquer condição operacional anormal; 6.3. Efetuar o pagamento devido, segundo as condições estabelecidas Oferecer informações à CONTRATADA, sempre que necessárias para execução dos trabalhos. 7. OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA 7.1. Caberá ao licitante vencedor, a partir do recebimento da Assinatura do Contrato, o cumprimento das seguintes obrigações:

17 Responder, em relação aos seus funcionários, por todas as despesas decorrentes do fornecimento dos produtos e por outras correlatas, tais como salários, seguros de acidentes, tributos, indenizações, vales-refeições, vales-transportes e outras que porventura venham a ser criadas e exigidas pelo Poder Público; Respeitar as normas e procedimentos de controle interno, inclusive de acesso às dependências do Conselho; Responder pelos danos causados diretamente à Administração ou aos bens do Conselho, ou ainda a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo, durante a execução do contrato, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade a fiscalização ou o acompanhamento pelo Conselho; Efetuar a troca dos produtos ou manutenção dos serviços que não atenderem às especificações do objeto, no prazo assinado pela Administração do Conselho; Comunicar à Administração do Conselho qualquer anormalidade constatada e prestar os esclarecimentos solicitados; Manter, durante o período de vigência do Contrato, o atendimento das condições de habilitação exigidas neste Pregão Ao licitante vencedor caberá assumir a responsabilidade por: Todos os encargos previdenciários e obrigações sociais previstos na legislação social e trabalhista em vigor, obrigando-se a saldá-los na época própria, vez que os seus empregados não manterão nenhum vínculo empregatício com o Conselho; Todas as providências e obrigações estabelecidas na legislação específica de acidentes de trabalho, quando, em ocorrência da espécie, forem vítimas os seus empregados durante a execução do contrato, ainda que acontecido em dependência do Conselho; Todos os encargos de possível demanda trabalhista, civil ou penal, relacionada à execução do contrato, originariamente ou vinculada por prevenção, conexão ou continência; Encargos fiscais e comerciais resultantes da contratação resultante deste Pregão São expressamente vedadas ao licitante vencedor: A contratação de servidor pertencente ao quadro de pessoal do Conselho para execução do contrato decorrente deste Pregão; A veiculação de publicidade acerca do contrato, salvo se houver prévia autorização da Administração do Conselho; a subcontratação de outra empresa para a execução do objeto deste Pregão A inadimplência do licitante vencedor, com referência aos encargos sociais, comerciais e fiscais não transfere a responsabilidade por seu pagamento ao Conselho, nem poderá onerar o objeto desta contratação, razão pela qual o licitante vencedor renuncia expressamente a qualquer vínculo de solidariedade, ativa ou passiva, com o Conselho. 8. DAS PENALIDADES 8.1. As penalidades previstas constarão na cláusula XX do próprio Edital. 9. DA DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO A documentação de habilitação a ser exigida na presente licitação consta na cláusula X do próprio edital.

18 10. DO VALOR ESTIMADO Considerando propostas apresentadas por empresas do ramo, foi efetuado a média simples, a qual obtém o seguinte valor para os serviços pelo período de 12 (doze) meses: 11. DO PAGAMENTO R$ ,00 (trinta e três mil e seiscentos reais), para os serviços de E- mail Marketing O pagamento será efetuado mensalmente, todo o dia 10 do mês subsequente a prestação dos serviços, e aceite pelo departamento responsável pela solicitação O documento de cobrança deverá ser enviado com antecedência mínima de 10 (dez) dias, para que haja tempo hábil no agendamento do pagamento De acordo com o artigo 64 da lei nº 9.430, de , os pagamentos efetuados por Órgãos, Autarquias e Fundações da Administração Pública Federal a Pessoas Jurídicas, pelo fornecimento de bens e/ou prestação de serviços, estão sujeitos à incidência na fonte, do Imposto sobre a Renda, da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, da Contribuição para Seguridade Social Cofins e da Contribuição para Pis/PASEP, como também a retenção previdenciária de 11% de acordo com a Lei nº 9.711/1998, que entrou em vigor a partir de fevereiro de 1999; art. 31 da Lei nº 8.212/1991; art. 219 do Decreto nº 3.048/1999; Instrução Normativa RFB nº 900/2008; e arts. 3º e 112º da Instrução Normativa RFB nº 971/2009, e por ocasião do pagamento, conforme o caso todos os impostos serão retidos na fonte conforme a legislação vigente Nenhum pagamento será efetuado a CONTRATADA na pendência de qualquer uma das situações abaixo especificadas, sem que isso gere direito a alteração de preços ou compensação financeira: Atestação de conformidade da entrega do(s) produto(s); Comprovação de regularidade junto à Seguridade Social (CND), ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (CRF) e às Fazendas Federal, Estadual e Municipal do domicílio ou sede. 12. GESTÃO DO CONTRATO 13. GESTÃO DO CONTRATO Os produtos e serviços oriundos desta licitação serão recebidos e fiscalizados pelo Setor de Informática do CRCPE, conforme descrito abaixo: Lúcia Helena de Araujo Passos Chefe Do Setor de Informática Rua do Sossego, 693 Santo Amaro Recife / PE Fone: Henrique de Lima Dias Analistas de Informática Rua do Sossego, 693 Santo Amaro Recife / PE Fone:

19 13. DA CONDUÇÃO DO CERTAME A Presente licitação será conduzida pelos funcionários abaixo designados: Rosicleide Vitor Anjos Pregoeiro Rita de Cassia Calaça Menezes Equipe de Apoio Elizabeth Cristiny Sousa de Siqueira Silva Equipe de Apoio. Na hipótese de estar ausente a funcionária Rosicleide Vitor Anjos, a funcionária Rita de Cassia Calaça Menezes conduzirá o certame na condição de Pregoeira e o funcionário Edmário da Silva Ferreira irá compor a equipe de apoio.

20 PROPOSTA COMERCIAL 01. NOME DA EMPRESA: 02. ENDEREÇO: ANEXO II PREGÃO 01/2013 PROPOSTA COMERCIAL 03. BAIRRO: CIDADE/UF: CEP: 04. FONE: ( ) FAX: ( ) NOME PARA CONTATO: 06. CONDIÇÕES DE PAGAMENTO: Conforme Edital 07. VALIDADE DA PROPOSTA: Conforme Edital 08. PRAZO DE ENTREGA: ( ) dias. - Conforme Edital. 09. QUANTIDADE DE FOLHAS APRESENTADAS NO ENVELOPE Nº 01 - PROPOSTA COMERCIAL: - ( ) FOLHAS, NUMERADAS DE A. 10. DOCUMENTO DE COBRANÇA: deverá constar obrigatoriamente no corpo do documento fiscal, o número do certame licitatório a que este se refere, bem como os dados bancários. Declaramos que examinamos, conhecemos e nos submetemos a todas as condições contidas no Edital deste Pregão, bem como verificamos todas as especificações nele contidas, não havendo discrepância entre quaisquer informações ou documentos que dele fazem parte, e estamos cientes de todas as condições que possam de qualquer forma, influir nos custos, assim como qualquer despesa relativa à realização integral de seu objeto, assumindo total responsabilidade pelas informações, bem como pelos erros ou omissões, contidas tanto no formulário proposta, como em seus anexos. Declaramos, ainda, sob as penas da Lei, que até a presente data inexistem fatos impeditivos para nossa contratação no presente processo licitatório, e estamos cientes da obrigatoriedade de declarar ocorrências posteriores. Carimbo Padronizado do CNPJ Recife, / /2013. [ ] Assinatura: Nome: RG: CPF: Cargo: [ ]

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo 1. OBJETO ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 047/2013 TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa para a prestação de serviço de gerenciamento de campanhas de comunicação e marketing via correio eletrônico,

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE PNEUS DESTINADOS AOS VEÍCULOS DA SECRETARIA MUNICIPAL SAÚDE PARA O EXERCÍCIO DE DE 2014 2014 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE/MUNICIPIO DE DOMINGOS MARTINS, com sede na Rua Bernardino

Leia mais

MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY

MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY 1 MINUTA DO CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MOTO - BOY O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO, Autarquia Federal criada pelo Decreto-Lei nº. 9.295, de 27.05.1946, CNPJ /MF nº.

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 2926- CNPJ: 13.959.466/1-6 Tel: 2732683178 Fax: 273268376 Site: Pregão Presencial Nº 6/214 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE MEDICAMENTOS PARA ATENDER A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE POR UM PERÍODO DE DE (6)

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

CONVITE Nº 050A/2015

CONVITE Nº 050A/2015 Processo nº 0308.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 050A/2015 DATA DA ABERTURA: 19/08/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 05/2012 PROCESSO Nº. 0116/2012 1. INTRODUÇÃO: 1.1 O CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da Pregoeira Angela Ferraz Jaeger, torna público,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008 PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO PREGÃO N 125/2008 DATA DE ABERTURA: 04 de dezembro de 2008 HORÁRIO: 13:00 horas LOCAL DA SESSÃO PÚBLICA: Auditório da CPL/PGR, localizada no

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

PREGÃO Nº 001/2012. O CRCTO receberá os envelopes, conforme a seguir:

PREGÃO Nº 001/2012. O CRCTO receberá os envelopes, conforme a seguir: PREGÃO Nº 001/2012 O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO TOCANTINS - CRCTO torna público, para ciência dos interessados, que por intermédio de seu pregoeiro, designado pela Portaria CRCTO nº 022, de

Leia mais

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS:

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: Diário Oficial do Legislativo Câmara municipal de Guanambi - Bahia Ano IV Nº 177 11 de Março de 2015 RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: CARTA CONVITE AVISO DE LICITAÇÃO -

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRÁS EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº10/2009 2 ÍNDICE 1 OBJETO...3 2 CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO...3 3 FORMA DE APRESENTAÇÃO DAS

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015

EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015 EDITAL DE PREGÃO N.º 069/2015 JOÃO PEDRO TILL, Diretor Presidente da Autarquia Municipal de Turismo GRAMADOTUR, no uso legal de suas atribuições, e de conformidade com a Lei n.º 8.666 de 21.06.93 e demais

Leia mais

CONVITE Nº 060E/2015

CONVITE Nº 060E/2015 Processo nº 0405.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 060E/2015 DATA DA ABERTURA: 16/10/2015 HORA DA ABERTURA: 10:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

ANEXO 7 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

ANEXO 7 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO ANEXO 7 MINUTA DE CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE AUTOMÓVEL, QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE DESENVOLVIMENTO DE EXTENSÃO E PESQUISA FUNDEPES E A EMPRESA, NA FORMA ABAIXO:

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Pregão Presencial nº 02/2013 Processo nº 05/2013 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET Razão Social: CNPJ: Endereço: Cidade: Telefone: e-mail: Pessoa para contato: Estado: Fax: Recebemos, através

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015.

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. 1 EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. TIPO: Menor Preço LEGISLAÇÃO: Lei nº 8.666/93. REFERÊNCIA: contratação de empresa para prestação de serviços de telecomunicações de dados consistentes de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO ANEXO III MINUTA DO CONTRATO MINUTA DO CONTRATO TERMO DE CONTRATO QUE ENTRE SI O INSTITUTO FELIX GUATTARI, organização não governamental (ONG), declarada de utilidade pública estadual, devidamente inscrita

Leia mais

www.fundacaoaraucaria.org.br 2

www.fundacaoaraucaria.org.br 2 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE 02/2013 Serviços de Auditoria 1. DO PREÂMBULO 1.1. A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, estabelecida em Curitiba, Av. Comendador Franco,

Leia mais

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 011/2013.

EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 011/2013. EDITAL PREGÃO PRESENCIAL Nº. 011/2013. PREÂMBULO Processo de licitação nº.: 395/2013. Interessado: Fundo Social de Solidariedade do Município de Araras. Recursos orçamentários e financeiros: Consignados

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços

PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços PREGÃO ELETRÔNICO N 12/2007 Sistema de Registro de Preços EDITAL A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10-124-DIREF de 29/06/2006, realizará

Leia mais

EDITAL PROCESSO 4674/2009

EDITAL PROCESSO 4674/2009 EDITAL PROCESSO 4674/2009 A Justiça Federal de Primeiro Grau em Minas Gerais, por intermédio da Pregoeira designada pela Portaria 10/58-DIREF de 24/06/2009 realizará o pregão presencial em epígrafe, regido

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA.

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. Aos 03 dias do mês de julho de 2013, de um lado, o MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ, pessoa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 14/2014

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 14/2014 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 14/2014 O Município de Vitória das Missões - RS torna público pelo presente Edital de PREGÃO PRESENCIAL, que às 10h, do dia 27 de MAIO de 2014, na Prefeitura Municipal de

Leia mais

MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA,

MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA, CONTRATO ADM Nº 084/2013 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LINK DEDICADO DE INTERNET QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE CACHOEIRA ALTA, ESTADO DE GOIÁS E TELECOMUNICAÇÕES ALARCÃO E FERNANDES LTDA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO - MODALIDADE CONVITE PROCESSO nº 001/2014 CARTA CONVITE nº 001/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM A Presidenta da ASSOCIAÇÃO CASA DA MULHER CATARINA - CMC, mantenedora do Projeto: JORNALISTAS

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA SEGURO DE VEÍCULOS PERTENCENTES A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE SAÚDE O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE/MUNICIPIO DE DOMINGOS MARTINS, com sede na Rua Bernardino Monteiro,

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2012 Processo LIC 2012/000125

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 004/2012 Processo LIC 2012/000125 Processo LIC 2012/000125 PREÂMBULO O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, órgão de fiscalização do exercício profissional, regido pelo Decreto-Lei nº 9.295/1946, alterado pela

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP Aos 27 (vinte e sete) dias de mês de maio do ano de 2015, o Município de Parazinho/RN, CNPJ nº. 08.113.631/0001-29, com sede na Praça Senador

Leia mais

PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE

PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE PREFEITURA DE ARROIO DO PADRE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO, PLANEJAMENTO, FINANÇAS, GESTÃO E TRIBUTOS SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÕES FONE FAX: (53) 3224 9000 32249141. EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 PREÂMBULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 PREÂMBULO PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ CREDENCIAMENTO Nº 001/09 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA FINS DE CREDENCIAMENTO DE CLINICAS PARA TRATAMENTO DE DEPENDENTES QUIMICOS. PREÂMBULO A Prefeitura Municipal de Itajubá,

Leia mais

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 14/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras, situado à Rua Victor Sopelsa, 3000, Bairro Salete, Concórdia,

Leia mais

Conselho Regional de Contabilidade do Espírito Santo

Conselho Regional de Contabilidade do Espírito Santo Proc. Licitatório nº 03/2010 PREGÃO PRESENCIAL Nº 03/2010 A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO, do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Espírito Santo, doravante denominado CRC-ES, de acordo com

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC.

CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC. 1 CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC. 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE COMPRA E VENDA PROCESSO N. 2900-09.00/14-0 PREGÃO ELETRÔNICO N. 95/14 CONTRATO AJDG N. 178/14 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 77/2013 PROCESSO N 3418-09.00/13-1 AJDG Nº 135/13 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo do

Leia mais

REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME

REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME Banco do Brasil - edital nº 2007/21407 (7420) - Registro de Preços - edital 8. REGULAMENTO OPERACIONAL DO CERTAME 8.2 CREDENCIAMENTO NO APLICATIVO LICITAÇÕES 8.2.7 Em se tratando de Microempresa ou Empresa

Leia mais

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO ANEXO 7 MINUTA DE CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE SALAS, QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE DESENVOLVIMENTO DE EXTENSÃO E PESQUISA FUNDEPES E A EMPRESA, NA FORMA ABAIXO:

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL 1 EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IDENTIDADE VISUAL Modalidade: Concorrência 003/14 Tipo: Menor preço A Incubadora de Empreendimentos Solidários de São Bernardo do Campo (SBCSOL), uma iniciativa da

Leia mais

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007 DECRETO 8.538/2015 COMPARATIVO COM DECRETO 6.204/2007 Outubro/2015 Importante: Pontos acrescidos estão destacados em verde. Pontos suprimidos estão destacados em vermelho. Decreto nº 8.538, de 6 de outubro

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a Contratação de Empresa para a

Leia mais

- CARTA CONVITE Nº001/2015 - CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE MORMAÇO RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO

- CARTA CONVITE Nº001/2015 - CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES DE MORMAÇO RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO - CARTA CONVITE Nº001/2015 - DE RS ORDENADOR DE DESPESA: EDUARDO ZANIN EXERCÍCIO 2015 TIPO TÉCNICA E PREÇO Nos termos da Lei nº8.666/93, suas alterações posteriores e demais dispositivos legais aplicáveis,

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 006/2015 PREGÃO PRESENCIAL

EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 006/2015 PREGÃO PRESENCIAL EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 006/2015 PREGÃO PRESENCIAL A Companhia de Habitação do Estado de Santa Catarina COHAB/SC, empresa de economia mista estadual, inscrita no CNPJ nº 83.883.710/0001-34, com Sede à Rua

Leia mais

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO PROCESSO Nº 129710/2010 PREGÃO Nº 002/2010 UNIOESTE/CAMPUS DE TOLEDO CONTRATO 011/2010 CLÁUSULA PRIMEIRA OBJETO Contrato objetivando a seleção de propostas visando registro de preços de Serviços de Hospedagem

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 TIPO: MENOR PREÇO A Associação Paulista dos Criadores de Suínos APCS - SP, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de

Leia mais

CONVITE Nº. 001/2014

CONVITE Nº. 001/2014 CONVITE Nº. 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, através de sua Comissão de Licitações, designada pela Ata nº 1412/2014, da

Leia mais

REGULAMENTO DA LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO

REGULAMENTO DA LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO Consolidação ao Regulamento da Licitação na Modalidade Pregão da Centrais Elétricas de Carazinho S/A ELETROCAR, aprovado pela Diretoria Executiva conforme Ordem de Serviço nº 03/12 de 09/03/2012, cuja

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e equiparadas nas contratações de bens, prestação de serviços e execução de obras, no âmbito

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 SERVIÇO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR

FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR Pelo presente, vimos requerer no registro no Cadastro de Fornecedores e Licitantes da Prefeitura Municipal de Iraí RS, para fins e efeitos dos artigos 34 e seguintes da

Leia mais

PREGÃO (PRESENCIAL) n 009/2012 Processo Administrativo Municipal n 027/2012 ANEXO I

PREGÃO (PRESENCIAL) n 009/2012 Processo Administrativo Municipal n 027/2012 ANEXO I PREGÃO (PRESENCIAL) n 009/2012 Processo Administrativo Municipal n 027/2012 ANEXO I RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PELA INTERNET (enviar pelo e-mail pmareias.@uol.com.br) OBJETO: Contratação de empresa especializada

Leia mais

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas

EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011. PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas EDITAL N.º CONVITE N.º PROCESSO N.º 011/2011-CPL 009/2011 011/2011 PRAZO MÁXIMO PARA ENTREGA DOS ENVELOPES Até 17 de Outubro de 2011 Às 14:00 horas ABERTURA DOS ENVELOPES DOCUMENTAÇÃO Dia 17 de Outubro

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO CONVITE N.º 21/2012 PROCESSO DE COMPRA N.º 146/2012 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA REMANEJAMENTO DO SISTEMA DE TELEFONIA (PABX) DE PROPRIEDADE DA FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº. 002/2012 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO ADMINISTRATIVO: Nº. 092/2012 1 PREÂMBULO

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº. 002/2012 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO ADMINISTRATIVO: Nº. 092/2012 1 PREÂMBULO EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL E FINANCEIRA PARA O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 10ª REGIÃO-MG. CONVITE Nº. 002/2012 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 001/2015

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 001/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 001/2015 Ref. - PROCESSO Nº 04/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº 0012015 O CIVAP - CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DO VALE DO PARANAPANEMA, pessoa jurídica de direito público, inscrito no

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L CONVITE Nº 06/2013 MANUTENÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS E D I T A L O Prefeito Municipal de Nova Roma do Sul, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal n 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL

AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL AVISO DE LICITAÇÃO DATASUL Pregão Eletrônico nº 16111/2008 Processo n 6111/2008 OBJETO: 76J-00323 - Office Enterprise 2007 Sngl OLP INÍCIO DE RECEBIMENTO DE PROPOSTAS: 02/05/2008 às 11 horas. LIMITE PARA

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

Parágrafo Segundo: A proposta poderá ser preenchida nos anexos I e II.

Parágrafo Segundo: A proposta poderá ser preenchida nos anexos I e II. CONVITE Nº 023/2012 LICITAÇÃO, MODALIDADE CONVITE, VISANDO A CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA PARA EFETUAR SEGURO DOS PRÉDIOS E VEÍCULOS PERTENCENTES AO MUNICÍPIO. DIOGO SEGABINAZZI SIQUEIRA, PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011 1 CONVITE N.º 5030005-01/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA -, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a AQUISIÇÃO DE CERCA/MANGUEIRA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Contrato nº 081/2007 Fls. Contrato nº 081/2007 Fls. 1 MINUTA TERMO DE CONTRATO Convite de Preços n.º 081/07 Processo n.º 11784/05 Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DESCUPINIZAÇÃO DO PREDIO E ACERVO DO

Leia mais

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013

PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROTOCOLO 23064.008432/2013-42 MINUTA DE EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 122/2013 A UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Curitiba,

Leia mais

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO

ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO ANEXO VI TOMADA DE PREÇOS Nº 002/2015 MINUTA DO CONTRATO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DE SANTA CATARINA, autarquia federal de fiscalização profissional regida pela Lei n 12.378, de 31 de dezembro

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG SUPERINTENDENCIA DE AGUA E ESGOTO DE ARAGUARI DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS COMISSÃO ESPECIAL DE CADASTRO/SETOR DE CADASTRO INSTRUÇÕES GERAIS 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para

Leia mais

O MUNICIPIO DE DOMINGOS MARTINS, com sede na Rua Bernardino Monteiro, nº 22, Centro, Domingos Martins

O MUNICIPIO DE DOMINGOS MARTINS, com sede na Rua Bernardino Monteiro, nº 22, Centro, Domingos Martins LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM ALUGUEL DE TRANSPORTE DE ÔNIBUS E MICRO ÔNIBUS QUE IRÃO ATENDER A A SECRETARIA DE DE CULTURA E TURISMO E TURISMO DURANTE O DURANTE ANO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 2. DA NECESSIDADE E JUSTIFICATIVA DA CONTRATAÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA 2. DA NECESSIDADE E JUSTIFICATIVA DA CONTRATAÇÃO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL COORDENADORIA SETORIAL DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CSCPL NÚCLEO DE EXECUÇÃO EM LICITAÇÕES ADMINISTRATIVAS E LICITAÇÕES E CONVÊNIOS COMISSÃO

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais