As bibliotecas particulares e suas implicações: da doação ao tratamento técnico e do conceito ao objeto.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "As bibliotecas particulares e suas implicações: da doação ao tratamento técnico e do conceito ao objeto."

Transcrição

1 As bibliotecas particulares e suas implicações: da doação ao tratamento técnico e do conceito ao objeto. Fabiano Cataldo de Azevedo (UNIRIO/IFLA/UERJ)

2 [...] uma biblioteca não é simplesmente o somatório de livros, a presença de alguns títulos demonstra uma preferência, uma forma de atribuir determinado valor aos livros, não apenas por suas qualidades implícitas. A seleção pode ser por escolha profissional, afetiva, ou mesmo por status. (FERREIRA, Tania Bessone. Palácio dos Destinos Cruzados: bibliotecas, homens e livros no Rio de Janeiro: Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 1999, p. 22).

3 Bibliotecas Particulares; Bibliotecas Privadas; Bibliotecas Pessoais; Bibliotecas Privadas de uso comum; Etc.

4 Particular. Próprio ou de uso exclusivo de alguém; privativo [...]; restrito, reservado a quem de direito. Pessoal. Que é próprio e particular de casa pessoa. Exclusivo de certa pessoa. Privado. Que pertence a um indivíduo particular [...]; restrito, reservado a quem de direito. (HOUASSIS, Antônio. Dicionário Houassis da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009, p. 1438; 1483; 1553).

5 "Biblioteca privada. private library. biblioteca mantida por um indivíduo ou organização e destinada a uso próprio (CUNHA, Murilo Bastos da. Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2008, p. 52)

6 Biblioteca privada. Biblioteca criada e sustentada por um particular ou instituição para seu uso exclusivo, com ausência de recursos públicos; biblioteca particular. (FARIA, Maria Isabel; PERICÃO, Maria da Graça. Dicionário do livro: da escrita ao livro eletrônico. São Paulo: EDUSP, 2008, p. 104)

7 Segundo o filósofo espanhol José Gaos, cada biblioteca particular é um plano de leitura. (GAOS, apud ZAID, Gabriel. Livros demais!: sobre ler, escrever e publicar. São Paulo: Summus, 2003, p. 15).

8 Quando se estudo a história das grandes bibliotecas do mundo, das grandes bibliotecas nacionais que fazem o orgulho de muito povo, vê-se logo que elas se formaram, tendo como base uma coleção particular, e foram se enriquecendo com a aquisição ou doação de outras coleções particulares. (MORAES, Rubens Borba de. O Bibliófilo aprendiz [...]. São Paulo: Ed. Nacional, 1975.)

9 Bibliofilia; Colecionismo; Bibliomania.

10 simbólicos; afetivos; Valores culturais; patrimoniais; pesquisa; etc

11 Fruição; Biblioteca Trabalho; Ambos.

12 Na baixa Idade Média Richard de Bury escreve Philobiblon, onde fala de sua coleção.

13 A importância das Bibliotecas Particulares para História do Livro e os estudos sobre a materialidade do Livro. J.J. Grandville, Le Bibliomane. Fonte: Gallica.

14 Fonte: Gallica.

15 Charles Nodier Fonte: Gallica.

16 Conde de Azevedo ( ) Conde de Samodães ( ) Fonte: Catálogo da importante e preciosissima livraria que pertenceu aos notaveis escritores e bibliófilos [...]. 1921

17 Fonte: Catálogo da importante e preciosissima livraria que pertenceu aos notaveis escritores e bibliófilos [...]. 1921

18 Francisco Garcia Saraiva. Acervo: RGPL.

19 Acervo: RGPL. Foto: Eduardo Cruz.

20 Acervo: RGPL. Foto: Eduardo Cruz.

21 Acervo: RGPL. Foto: Eduardo Cruz.

22 Para o leitor da obra de um escritor, sua biblioteca é um verdadeiro tesouro. VIANNA, Glória. Revendo a Biblioteca Machado de Assis. In: JOBIM, José Luis (Org.). A Biblioteca de Machado de Assis. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Letras; Topbooks, 2001, p. 101.

23 A ordem dos livros e formas de organização das/nas Bibliotecas Particulares.

24 Rui Barbosa ( ) Acervo: FCRB.

25 João do Rio ( ). A Pátria, 16 de junho de 1922.

26 Será que só as doações de livros antigos e por isso tidos como raros nos interessam? Fonte: BRAGANÇA, Aníbal et alii. O consumidor de livros de segunda mão: perfil do cliente dos sebos. São Paulo: Escola de Comunicação e Artes, USP, 2005.

27 Acervo: CEDOC/FUNARTE A Biblioteca Particular como espaço de memória e patrimônio bibliográfico.

28 Lélio Gama ( ). Acervo: Arquivo de História da Ciência/MAST

29 Dentre vários outros itens, temos que refletir: Temos como receber? O assunto interessa? Qual o estado de conservação? Tenho espaço físico? Tenho recursos humanos para tratar? Procure assessoria jurídica.

30 Difusão Acesso Pesquisa

31 O que representa a entrada de uma biblioteca particular em uma instituição pública?

32 Tratamento técnico O que é necessário? Existem especificidades? Há que pensar sempre: a) No usuário; b) Na característica da coleção; c) Nos objetivos da coleção; d) Etc... Fonte:

33 Diante de uma biblioteca particular cujo dono morreu, tem-se a certeza de que os livros são mais fortes e soberanos que nós mesmos; mais longevos de fato. O proprietário passa e eles ficam quase que de maneira irônica, pode-se dizer como um descendente daquele que ao longo da vida a gestou, alimentou e a criou. Vivo, o colecionador dominava, tinha o poder do acervo; com sua morte, vive em e por seus livros. Esses, então, assumem um papel de prolongamento da memória do ente que a concebeu, pois permanece na coleção a essência dele. Com isso, a biblioteca irá ao longo dos anos perpetuá-lo. Nela restaram os livros com marcas de leitura, as dedicatórias, os papeluchos esquecidos entre as folhas que testemunham momentos vividos, leituras interrompidas e ainda, os livros mais queridos, outros nem tanto, os esquecidos, os perdidos...

34 Obrigado pela atenção e bom evento para todos nós!

1. Observe este quadro do pintor René Magritte.

1. Observe este quadro do pintor René Magritte. 9 Corel 1. Observe este quadro do pintor René Magritte. RENÉ MAGRITTE. O mês da vindima. 1959. Óleo sobre tela: color.; 130 x 160 cm. Coleção particular, Paris. Grandes pintores do século XX: Magritte.

Leia mais

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES DA BIBLIOTECA-FAN

POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES DA BIBLIOTECA-FAN 0 POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO DE COLEÇÕES DA BIBLIOTECA-FAN Goiânia 2015 1 SUMÁRIO TÍTULO I Da política de desenvolvimento de coleções... 2 CAPÍTULO I Dos objetivos... 2 CAPÍTULO II Formação do acervo...

Leia mais

Fontes de informação científica em meio eletrônico

Fontes de informação científica em meio eletrônico Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) Fontes de informação científica em meio eletrônico Patrícia Severiano Barbosa de Souza (UFRN) - patricias_barbosa@hotmail.com Carla Beatriz Marques Felipe (UFRN) - kbeatriz_13@hotmail.com

Leia mais

A Catalogação no Brasil

A Catalogação no Brasil A Catalogação no Brasil Década de 30 1934: Primeiro código de catalogação: Regras bibliográficas: ensaios de consolidação Autoria de Jorge Duarte Ribeiro. Entrada por nomes de pessoas 1936: Primeiro curso

Leia mais

Fotografias e documentação iconográfica

Fotografias e documentação iconográfica Programa de Iniciação Científica Universidade de São Paulo Mariane Parente Nascimento Graduanda do curso de História Orientação Profa. Dra. Elizabeth F. C. R. Azevedo TIPOLOGIA DOCUMENTAL PARA O AQUIVO

Leia mais

LISTA DE LIVROS DIDÁTICOS / 2014 ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO

LISTA DE LIVROS DIDÁTICOS / 2014 ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO 1. MATEMÁTICA 1º ANO Projeto Prosa 1º ano (Edição Renovada) Autor: Daniela Padovan, Isabel Cristina Guerra, 3. DICIONÁRIO DE LÍNGUA PORTUGUESA Dicionário da Língua Portuguesa

Leia mais

Diálogos entre a arquivologia, a biblioteconomia e a museologia: a contribuição do grupo da ECI/UFMG

Diálogos entre a arquivologia, a biblioteconomia e a museologia: a contribuição do grupo da ECI/UFMG Diálogos entre a arquivologia, a biblioteconomia e a museologia: a contribuição do grupo da ECI/UFMG São Paulo, 19 de julho de 2016 1. Contexto institucional ECI: curso de biblioteconomia desde 1950, reforma

Leia mais

Eventos do CIDEHUS / Events organized by CIDEHUS:

Eventos do CIDEHUS / Events organized by CIDEHUS: NEWSLETTER :: CIDEHUS - 2015 Ver este email no browser Eventos do CIDEHUS / Events organized by CIDEHUS: 18.Novembro.2015 a 21.Fevereiro.2016 Exposição Sob o signo de Luís XIV Coleções e colecionadores

Leia mais

Uma jovem e algumas curtidas

Uma jovem e algumas curtidas Uma jovem e algumas curtidas Colégio Marista João Paulo II Eu e as redes sociais #embuscadealgumascurtidas As redes socias são uma ótima forma de se comunicar, tanto a distancia quanto por perto, alem

Leia mais

Sistema de Catalogação de Bens Culturais do Município de Nova Esperança-PR

Sistema de Catalogação de Bens Culturais do Município de Nova Esperança-PR Sistema de Catalogação de Bens Culturais do Município de Nova Esperança-PR Página 1 de 9 Como entender o Sistema de Catalogação de Bens Culturais do Município de Nova Esperança-PR Em 08 de julho de 2016

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Câmpus Araçuaí BIBLIOTECA

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Câmpus Araçuaí BIBLIOTECA BIBLIOTECA INFORMATIVO Nº 5/2014 NOVAS AQUISIÇÕES OUTUBRO 2014 GUIMARÃES, Marcella Lopes. Capítulos de história: o trabalho com fontes. 1. ed. Curitiba: Aymará Educação, 2012. FERRETTI, Eliane. Geografia

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2015

Ministério da Educação e Ciência Resultados da 1ª Fase do Concurso Nacional de Acesso de 2015 14511846 ALEXANDRA RODRIGUES PAIS Colocada em 5402 9007 14157296 ANA CAROLINA FERREIRA MENDES Colocada em 1103 9223 14508883 ANA RITA BARBOSA DE SOUSA Colocada em 1110 9813 15375156 ANA RITA MADANÇOS VILAÇA

Leia mais

BIBLIOTECA RUY BARBOSA

BIBLIOTECA RUY BARBOSA Informações Gerais O sistema de bibliotecas compreende a biblioteca central e a biblioteca setorial da Pós-Graduação. A biblioteca é um órgão fundamental de referência e apoio às atividades de ensino,

Leia mais

6. Referências Bibliográficas

6. Referências Bibliográficas 84 6. Referências Bibliográficas ALMEIDA, P. M. de. Carta para Carlos Drummond de Andrade. São Paulo, 10 de nov. de 1977. 5 f. Arquivo-Museu de Literatura Brasileira. Fundação Casa de Rui Barbosa. ANDRADE,

Leia mais

6º ano Ensino Fundamental

6º ano Ensino Fundamental 6º ano Ensino Fundamental 6 cadernos 2 minidicionários (Português/Português revisado de acordo com a nova ortografia e Português/) 1 estojo completo (lápis, borracha, caneta, lápis de cor, apontador, cola

Leia mais

REGIMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE ALAGOAS- FAT

REGIMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE ALAGOAS- FAT REGIMENTO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE ALAGOAS- FAT Da Finalidade e da Administração Art. 1º. A Biblioteca da Faculdade de Tecnologia de Alagoas- FAT tem como finalidade ser o suporte atualizado

Leia mais

Regimento. 1 regimento // biblioteca odilon azevedo

Regimento. 1 regimento // biblioteca odilon azevedo Regimento biblioteca odilon azevedo 1 regimento // biblioteca odilon azevedo Regimento BIBLIOTECA ODILON DE AZEVEDO TÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º. A Biblioteca mantida pela Faculdade de Artes Dulcina

Leia mais

Pesquisadora encontra e estuda Meu ABC, um abecedário escrito por Erico Verissimo e publicado pela Editora Globo em 1936.

Pesquisadora encontra e estuda Meu ABC, um abecedário escrito por Erico Verissimo e publicado pela Editora Globo em 1936. Pesquisadora encontra e estuda Meu ABC, um abecedário escrito por Erico Verissimo e publicado pela Editora Globo em 1936. O Abecedário Meu ABC foi escrito por Erico Verissimo e integrou uma coleção (a

Leia mais

23 de Abril. Dia Mundial do Livro Venha festejá-lo com palavras, na Biblioteca da FLUP.

23 de Abril. Dia Mundial do Livro Venha festejá-lo com palavras, na Biblioteca da FLUP. 23 de Abril. Dia Mundial do Livro Venha festejá-lo com palavras, na Biblioteca da FLUP. No dia 23 de abril de 2013 a Biblioteca Central pediu aos seus leitores que dedicassem algumas palavras de homenagem

Leia mais

TREINAMENTO DE BOLSISTAS

TREINAMENTO DE BOLSISTAS TREINAMENTO DE Centro de Difusão do Conhecimento BOLSISTAS CDC Treinamento 2013 CENTRO DE DIFUSÃO DO CONHECIMENTO CDC O CDC é composto por 16 bibliotecas: Biblioteca Universitária - acervo nas diversas

Leia mais

RELAÇÃO DE LIVROS E MATERIAL ESCOLAR ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO

RELAÇÃO DE LIVROS E MATERIAL ESCOLAR ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO RELAÇÃO DE LIVROS E MATERIAL ESCOLAR 2017 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO BIOLOGIA Amabis e Martho. Biologia dos Organismos Livro 2 - Moderna Plus. 4. ed. São Paulo: Moderna, 2015. Amabis e Martho. Biologia das

Leia mais

NORMAS PARA INSCRIÇÃO DE PORTADORES DE DIPLOMAS DE NÍVEL SUPERIOR A EVENTUAIS VAGAS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA ECA PARA 2017

NORMAS PARA INSCRIÇÃO DE PORTADORES DE DIPLOMAS DE NÍVEL SUPERIOR A EVENTUAIS VAGAS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA ECA PARA 2017 NORMAS PARA INSCRIÇÃO DE PORTADORES DE DIPLOMAS DE NÍVEL SUPERIOR A EVENTUAIS VAGAS NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA ECA PARA 2017 Vagas disponíveis VAGAS CURSO/HABILITAÇÃO PERÍODO 2 Biblioteconomia matutino

Leia mais

Mesa Diretora Biênio 2009/2010

Mesa Diretora Biênio 2009/2010 54ª Legislatura Mesa Diretora Biênio 2009/2010 Senador José Sarney Presidente Senador Marconi Perillo Vice-presidente Senador João Claudino 2º Secretário Senadora Serys Slhessarenko 2º Vice-presidente

Leia mais

9 Referências bibliográficas

9 Referências bibliográficas 9 Referências bibliográficas ANDRADE, Carlos Drummond de. Poesia Completa, Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2002.. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1982.. Carta a Alphonsus de Guimaraens, em 03

Leia mais

P R O G R A M A PRIMEIRA FASE

P R O G R A M A PRIMEIRA FASE UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE - CEFID DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - DEF CURSO: LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA CURRÍCULO: 2008/2 P R O G

Leia mais

Biblioteconomia de Livros Raros. e gestão de acervos bibliográficos especiais

Biblioteconomia de Livros Raros. e gestão de acervos bibliográficos especiais Biblioteconomia de Livros Raros e gestão de acervos bibliográficos especiais Ana Virginia Pinheiro outubro 2014 O que é Biblioteconomia de Livros Raros? O que é gestão de acervos bibliográficos especiais?

Leia mais

III Encontro de Mestrados Profissionais da área de História. Data: 28 e 29/11/2016 Local: FGV (Praia de Botafogo 190, auditório 908)

III Encontro de Mestrados Profissionais da área de História. Data: 28 e 29/11/2016 Local: FGV (Praia de Botafogo 190, auditório 908) III Encontro de Mestrados Profissionais da área de História Data: 28 e 29/11/2016 Local: FGV (Praia de Botafogo 190, auditório 908) Comissão Organizadora Luciana Heymann Adaílson José Rui Américo Freire

Leia mais

BIBLIOTECA DO IAB OBRAS DOADAS AGOSTO/2010

BIBLIOTECA DO IAB OBRAS DOADAS AGOSTO/2010 VIEIRA, Daniel F. Apolônio Gonçalves PROCESSO DO TRABALHO vol. 10 Caderno de Exercício Rio de Janeiro: Lúmen Júris, 2010. FACHIN, Luis Edson QUESTÕES DO DIREITO CIVIL BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO. Rio de Janeiro:

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina COM350 Jornalismo Esportivo

Programa Analítico de Disciplina COM350 Jornalismo Esportivo Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Comunicação Social - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em

Leia mais

Escola Profissional Agrícola Conde de S. Bento

Escola Profissional Agrícola Conde de S. Bento Escola Profissional Agrícola Conde de S. Bento Santo Tirso 2016 Regulamento do CONCURSO de FOTOGRAFIA Fauna e Flora das Margens do Rio Ave ENQUADRAMENTO O concurso Fauna e Flora das Margens do Rio Ave

Leia mais

LISTA DE LIVROS DIDÁTICOS / 2015 ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO

LISTA DE LIVROS DIDÁTICOS / 2015 ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO LINGUAGEM Projeto Presente - Língua portuguesa 1 Débora Vaz Elody Nunes Moraes Rosangela Veliago 3ª ed. Ed. Projeto Prosa- 1º ano Autor: Daniela Padovan / Isabel Cristina Guerra

Leia mais

Resource Description

Resource Description XII Encontro Nacional de Usuários da Rede Pergamum Curitiba, 7 de junho de 2013 Resource Description and Access (RDA) Introdução e panorama atual Fabrício Silva Assumpção fabricioassumpcao.com assumpcao.f@gmail.com

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS Base de Dados do Varejo. Abaixo são listadas as principais dúvidas e respostas referentes ao preenchimento do formulário:

PERGUNTAS E RESPOSTAS Base de Dados do Varejo. Abaixo são listadas as principais dúvidas e respostas referentes ao preenchimento do formulário: PERGUNTAS E RESPOSTAS Base de Dados do Varejo Abaixo são listadas as principais dúvidas e respostas referentes ao preenchimento do formulário: Dúvidas Gerais 1. Quem é obrigado enviar o formulário? São

Leia mais

Metodologia SciELO. Odila Duru BIREME/OPAS/OMS. I Encontro de Editores de Revistas Científicas na Área de Psicologia São Paulo, 30 de agosto de 2004

Metodologia SciELO. Odila Duru BIREME/OPAS/OMS. I Encontro de Editores de Revistas Científicas na Área de Psicologia São Paulo, 30 de agosto de 2004 Metodologia SciELO Odila Duru BIREME/OPAS/OMS I Encontro de Editores de Revistas Científicas na Área de Psicologia São Paulo, 30 de agosto de 2004 Novas Perspectivas da Comunicação Científica Peer Review

Leia mais

DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA ESPM-Sul

DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA ESPM-Sul 1 INFORMATIZAÇÃO DESCRIÇÃO DA BIBLIOTECA ESPM-Sul A Biblioteca ESPM-Sul utiliza o sistema de gerenciamento da informação Pergamum o qual facilita a descrição, o armazenamento e a recuperação da informação.

Leia mais

Autor: Anne-Marie Pessis Editora: FUMDHAM Ano: 2003 ISBN: Páginas: 307. Sinopse:

Autor: Anne-Marie Pessis Editora: FUMDHAM Ano: 2003 ISBN: Páginas: 307. Sinopse: Imagens da Pré-história. Parque Nacional Serra da Capivara Autor: Anne-Marie Pessis Editora: FUMDHAM Ano: 2003 85-89313026 Páginas: 307 O Parque Nacional Serra da Capivara guarda informações muito importantes

Leia mais

Os Tempos da Fotografia

Os Tempos da Fotografia Os Tempos da Fotografia No dia 13 de junho será o lançamento de um novo livro de Boris Kossoy intitulado Os tempos da fotografia: o efêmero e o perpétuo. O evento será na cidade de São Paulo e a obra é

Leia mais

CMI Centro de Memória e Informação CMI. Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto. Telefônico: 3289-4654

CMI Centro de Memória e Informação CMI. Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto. Telefônico: 3289-4654 CMI Centro de Memória e Informação CMI Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto Título do Projeto: Biblioteca infantojuvenil: estudo para desenvolvimento de acervo. Coordenador do Projeto: Dilza

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. CURSO: Bacharelado em Biblioteconomia - Manhã e Noite VALIDADE: a partir do 2º semestre de 2010 CARGA HORÁRIA

MATRIZ CURRICULAR. CURSO: Bacharelado em Biblioteconomia - Manhã e Noite VALIDADE: a partir do 2º semestre de 2010 CARGA HORÁRIA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS (CCH) ESCOLA DE BIBLIOTECONÔMIA Curso de Bacharelado MATRIZ CURRICULAR APÊNDICE A CURSO: Bacharelado em Biblioteconomia - Manhã e Noite VALIDADE: a partir do 2º semestre

Leia mais

Anexo à Acta n.º 4, Referência SAS.IPP-02/11 Lista, ordenada alfabeticamente, com os resultados obtidos no método de selecção PROVA DE CONHECIMENTOS

Anexo à Acta n.º 4, Referência SAS.IPP-02/11 Lista, ordenada alfabeticamente, com os resultados obtidos no método de selecção PROVA DE CONHECIMENTOS ADELAIDE MARGARIDA LOPES GOMES DE SOUSA 1,750 Excluído ADELINA MARIA DA MOTA CORREIA ALBANO MANUEL RIBEIRO PEREIRA 7,475 Excluído ALCINA DA CONCEIÇÃO CASTRO PÓVOAS GUEDES ANA CAROLINA COSTA DE CARVALHO

Leia mais

CONTEÚDO ESPECÍFICO AO CARGO DE NÍVEL E

CONTEÚDO ESPECÍFICO AO CARGO DE NÍVEL E CONTEÚDO ESPECÍFICO AO CARGO DE NÍVEL E BIBLIOTECÁRIO/DOCUMENTALISTA 1. Conceitos básicos de Biblioteconomia e Ciência da Informação; 2. Ética profissional, legislação; 3. Organização e administração de

Leia mais

mies_de_amor@yahoo.com.ar

mies_de_amor@yahoo.com.ar Pautas para publicar artigos na Revista Espírita Mies de Amor Os artigos: podem ser escritos em espanhol ou em português; serão desconsiderados se não seguirem as pautas estabelecidas; serão recusados

Leia mais

Adriana Cybele Ferrari

Adriana Cybele Ferrari Adriana Cybele Ferrari Coordenadora da Unidade de Bibliotecas e Leitura Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo São Paulo, 12 de Março de 2013 Espaços vivos de interação das pessoas; O elemento central

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO - IED. Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO - IED. Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO - IED Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA E-mail: tiago_csouza@hotmail.com 1.2 Direito Positivo: Direito Positivo: Direito Posto, que vigora em um determinado espaço territorial,

Leia mais

1.º C. 1.º A Os livros

1.º C. 1.º A Os livros 1.º A Os livros Os meus olhos veem segredos Que moram dentro dos livros Nas páginas vive a sabedoria, Histórias mágicas E também poemas. Podemos descobrir palavras Com imaginação E letras coloridas Porque

Leia mais

A Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva o seu papel no estudo, preservação e divulgação das Artes Decorativas portuguesas

A Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva o seu papel no estudo, preservação e divulgação das Artes Decorativas portuguesas A Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva o seu papel no estudo, preservação e divulgação das Artes Decorativas portuguesas Isabel Mayer Godinho Mendonça Centro de Estudos de Artes Decorativas da Escola

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DAS FACULDADES INTEGRADAS RUI BARBOSA E DO COLÉGIO RUI BARBOSA TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DAS FACULDADES INTEGRADAS RUI BARBOSA E DO COLÉGIO RUI BARBOSA TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DAS FACULDADES INTEGRADAS RUI BARBOSA E DO COLÉGIO RUI BARBOSA TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º - Este regulamento disciplina as normas que regem o funcionamento da biblioteca

Leia mais

Por despachos do Reitor da Universidade da Beira Interior, foi concedida equiparação a bolseiro fora do País aos seguintes docentes:

Por despachos do Reitor da Universidade da Beira Interior, foi concedida equiparação a bolseiro fora do País aos seguintes docentes: De 09 de Abril de 2010: Doutora Sandra Isabel Pinto Mogo, Professora Auxiliar, no período compreendido entre 10 e 15 de Abril de 2010. De 01 de Julho de 2010: Doutor Paulo Andrew Crocker, Professor Auxiliar,

Leia mais

Jornal Correio Braziliense ou Armazém Literário

Jornal Correio Braziliense ou Armazém Literário Jornal Correio Braziliense ou Armazém Literário A história dos jornais no Brasil... A censura e a proibição de tipografias na colônia, impostas pela Coroa Portuguesa, impediu por muito tempo que o Brasil

Leia mais

Treinamento do Censo da Educação Superior Módulo Migração

Treinamento do Censo da Educação Superior Módulo Migração Treinamento do Censo da Educação Superior 2014 - Módulo Migração Thiago Gomes e Lucas Assis thiago.gomes@inep.gov.br lucas.assis@inep.gov.br Brasília-DF Março 2015 Introdução Funcionalidades Dúvidas e

Leia mais

Projeto de Lei n.º 253/XIII Isenta de IVA a doação de bens móveis a museus da Rede Portuguesa de Museus

Projeto de Lei n.º 253/XIII Isenta de IVA a doação de bens móveis a museus da Rede Portuguesa de Museus Projeto de Lei n.º 253/XIII Isenta de IVA a doação de bens móveis a museus da Rede Portuguesa de Museus A Rede Portuguesa de Museus é composta por 146 museus, cuja diversidade de coleções, de instalações,

Leia mais

A MÚSICA NA SÉ DE CASTELO BRANCO APONTAMENTO HISTÓRICO E CATÁLOGO DOS FUNDOS MUSICAIS

A MÚSICA NA SÉ DE CASTELO BRANCO APONTAMENTO HISTÓRICO E CATÁLOGO DOS FUNDOS MUSICAIS MARIA LUÍSA FARIA DE SOUSA CERQUEIRA CORREIA CASTILHO A MÚSICA NA SÉ DE CASTELO BRANCO APONTAMENTO HISTÓRICO E CATÁLOGO DOS FUNDOS MUSICAIS FACULDADEDE LETRAS COIMBRA, 1992 ÍNDICE Pag. Nota introdutória........

Leia mais

Controle Decifrado de Estoque

Controle Decifrado de Estoque 1 PIS/Pasep e Cofins... 1 1.1 Contas PIS/Pasep e Cofins a Recolher e PIS/Pasep e Cofins a Recuperar... 2 1.2 Conta Conta-corrente PIS/Pasep e Cofins... 4 1 PIS/Pasep e Cofins Pela legislação de regência

Leia mais

O primeiro suspiro de um poeta insano!

O primeiro suspiro de um poeta insano! 1 O primeiro suspiro de um poeta insano! 2012 2 O primeiro suspiro de um poeta insano Jonas Martins 1ª.Edição..Poesia Todos os direitos reservados ao autor A reprodução total ou parcial desta obra só é

Leia mais

AUP 608 FUNDAMENTOS DE PROJETO LARGOS E PRAÇAS DO CENTRO HISTÓRICO DE SÃO PAULO PRAÇA DA SÉ

AUP 608 FUNDAMENTOS DE PROJETO LARGOS E PRAÇAS DO CENTRO HISTÓRICO DE SÃO PAULO PRAÇA DA SÉ Vladimir Bartalini maio de 2011 AUP 608 FUNDAMENTOS DE PROJETO LARGOS E PRAÇAS DO CENTRO HISTÓRICO DE SÃO PAULO PRAÇA DA SÉ São Bento Rosário Mercado Palácio Misericórdia São Francisco São Gonçalo São

Leia mais

Bacharelado em Ciências da Informação e da Documentação. Grade Curricular

Bacharelado em Ciências da Informação e da Documentação. Grade Curricular Bacharelado em Ciências da e da Documentação Grade Curricular SEMESTRE 1 5911001 Ciência da 5911002 Teoria Social da 5911003 Comunicação em Língua Portuguesa 5911004 Comunicação em Língua Inglesa 5911005

Leia mais

Pessoas Jurídicas. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Pessoas Jurídicas. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Pessoas Jurídicas Pessoas Jurídicas Pessoas jurídicas são entidades criadas para a realização de um fim e reconhecidas pela ordem jurídica como sujeitos de direitos e deveres. Pessoas Jurídicas Características:

Leia mais

O ÚNICO DEUS DE ISRAEL

O ÚNICO DEUS DE ISRAEL - 2014 - QUE A GRAÇA E A PAZ DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO ESTEJA SEMPRE COM VOCÊ! Boa Leitura! JESUS: O Cordeiro e O Leão O ÚNICO DEUS DE ISRAEL O DEUS JEOVÁ É JESUS... Sim ou Não? Para afirmar

Leia mais

Na semana em que se comemorou o DIA DO MAÇOM ocorreram duas solenidades.

Na semana em que se comemorou o DIA DO MAÇOM ocorreram duas solenidades. Na semana em que se comemorou o DIA DO MAÇOM ocorreram duas solenidades. A primeira na ORDEM DO MÉRITO PUMART DE HONRA realizada na sede da ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUSO-BRASILEIRA, no dia 26 de agosto de

Leia mais

1 Computação (2.º Semestre): Documentos para consulta no exame N.º. Nome completo: Curso: Foto:

1 Computação (2.º Semestre): Documentos para consulta no exame N.º. Nome completo: Curso: Foto: 1 N.º Nome completo: Curso: Foto: 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

Leia mais

Ministério da Educação e Ciênci

Ministério da Educação e Ciênci 15127366 ADRIANA COSTA MOREIRA Sim 16 125 13 15 (quinze) Aprovado 13152972 ADRIANA MARLENE MIRANDA FIGUEIRAS Sim 11 041 04 09 (nove) 15030998 ALDA JOÃO ARAUJO ANDRADE Sim 20 192 19 20 (vinte) Aprovado

Leia mais

ANEXO F (RELAÇÃO DOS LIVROS DIDÁTICOS) ao PGE/CMB Ed º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL

ANEXO F (RELAÇÃO DOS LIVROS DIDÁTICOS) ao PGE/CMB Ed º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA ANEXO F (RELAÇÃO DOS LIVROS DIDÁTICOS) ao PGE/CMB Ed 2016 6º ANO / ENSINO FUNDAMENTAL - MAURO FERREIRA - FTD - Dicionário da. - Qualquer

Leia mais

Direcção Regional de Educação Norte Agrupamento Vertical de Escolas Pico de Regalados

Direcção Regional de Educação Norte Agrupamento Vertical de Escolas Pico de Regalados Escola Básica Integrada Monsenhor Elísio Araújo Turma : A 1641 1 Adriana Filipa Gomes Meireles 11 S 159 2 Ana Beatriz Araújo Cerqueira 12 S 1583 3 Ana Catarina Pimenta Antunes 12 S 1415 4 Ana Margarida

Leia mais

3º INTEGRAR - Congresso Internacional de Arquivos, Bibliotecas, Centros de Documentação e Museus PRESERVAR PARA AS FUTURAS GERAÇÕES

3º INTEGRAR - Congresso Internacional de Arquivos, Bibliotecas, Centros de Documentação e Museus PRESERVAR PARA AS FUTURAS GERAÇÕES Projeto apoio a biblioteca FESP-SP : preservação e integração entre equipes, acervo e disciplina Fernanda Kelly Silva de Brito Rosa Maria Beretta Eixo Temático: Preservação da Memória Institucional. Palavras-chave:

Leia mais

Preservação e organização de documentos teatrais: o Laboratório de Informações e Memória da ECA/USP

Preservação e organização de documentos teatrais: o Laboratório de Informações e Memória da ECA/USP Preservação e organização de documentos teatrais: o Laboratório de Informações e Memória da ECA/USP Elizabeth Ferreira Cardoso Ribeiro Azevedo Cibele Araújo Camargo Marques dos Santos Andréia Alves Ferreira

Leia mais

Artigo original. A dedicatória em obras jurídicas: implicações simbólicas e históricas sobre acervos bibliográficos

Artigo original. A dedicatória em obras jurídicas: implicações simbólicas e históricas sobre acervos bibliográficos : implicações simbólicas e históricas sobre acervos bibliográficos Thiago Cirne Freitas Discorre sobre a importância da análise de coleções privadas doadas a unidades de informação jurídica e o potencial

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA A ORGANIZAÇÃO E O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS NAS ORGANIZAÇÕES MILITARES

ORIENTAÇÃO PARA A ORGANIZAÇÃO E O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS NAS ORGANIZAÇÕES MILITARES ORIENTAÇÃO PARA A ORGANIZAÇÃO E O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS NAS ORGANIZAÇÕES MILITARES ORIENTAÇÃO PARA ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS NAS ORGANIZAÇÕES MILITARES 1. FINALIDADE Estabelecer

Leia mais

Alya Ferreira Leal. Introdução ao Mundo Literário. Escola Básica Municipal Prefeito Henrique Schwarz. Cabelo Preto & Bigode Branco.

Alya Ferreira Leal. Introdução ao Mundo Literário. Escola Básica Municipal Prefeito Henrique Schwarz. Cabelo Preto & Bigode Branco. Alya Ferreira Leal Introdução ao Mundo Literário Escola Básica Municipal Prefeito Henrique Schwarz Cabelo Preto & Bigode Branco Conto Infantil Idealizador: Antônio Ramos da Silva 1 Copyright 2015 (1ª Edição)

Leia mais

HISTORIOGRAFIA EM TRABALHO E EDUCAÇÃO

HISTORIOGRAFIA EM TRABALHO E EDUCAÇÃO HISTORIOGRAFIA EM TRABALHO E EDUCAÇÃO O termo historiografia significa a graphia ou a escrita da história. Seus significados correntes são a arte de escrever a história e os estudos históricos e críticos

Leia mais

Thales Pontes Batista

Thales Pontes Batista A REDUÇÃO DA MAIORIDADE NO NOVO CÓDIGO CIVIL E SUAS IMPLICAÇÕES NAS LEGISLAÇÕES ESPECIAIS, MORMENTE NO ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (ECA) E NA LEGISLAÇÃO PREVIDENCIÁRIA Thales Pontes Batista A

Leia mais

Rui Pinto Duarte Estudos Jurídicos Portugueses em Comemoração e em Homenagem

Rui Pinto Duarte Estudos Jurídicos Portugueses em Comemoração e em Homenagem Estudos Jurídicos Portugueses em Comemoração e em Homenagem Recolhidos até dezembro de 2015, procurando cobrir uma percentagem elevada do universo em causa, mas sem pretender exaustão. Na recolha incluem-se

Leia mais

difusão cdie bibliográfica setembro 2016 centro de documentação e informação em educação

difusão cdie bibliográfica setembro 2016 centro de documentação e informação em educação dge difusão 72 bibliográfica setembro 2016 cdie centro de documentação e informação em educação Travessa das Terras de Sant Ana, 15 1250-269 Lisboa tel: 213 895 117/8 fax: 213 895 299 Estes registos bibliográficos

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ. LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2014 Ensino Médio - 1ª Série

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ. LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2014 Ensino Médio - 1ª Série Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ site:www.redesagradorj.com.br / e-mail:cscm@redesagradorj.com.br LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2014 Ensino Médio - 1ª Série LÍNGUA PORTUGUESA

Leia mais

GALARDOADOS 25anos de filiação

GALARDOADOS 25anos de filiação GALARDOADOS 25anos de filiação Número entre 3757 e 3965 3757 ADAO SILVA FREDERICO 3758 BERNARDINO RICARDO C.S.JORDAO 3759 MARIA CONCEICAO VIEIRA OLIVEIRA 3760 JOAQUIM MANUEL F.MIRANDA 3761 RAUL SÉRGIO

Leia mais

Rede de Bibliotecas da Justiça Eleitoral REJE

Rede de Bibliotecas da Justiça Eleitoral REJE TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA JUDICIÁRIA COORDENADORIA DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE BIBLIOTECA, MEMÓRIA E EDITORAÇÃO Rede de Bibliotecas da Justiça Eleitoral REJE Catálogo

Leia mais

Publicações da Profa. Diva Benevides Pinho 1

Publicações da Profa. Diva Benevides Pinho 1 Publicações da Profa. Diva Benevides Pinho 1 PINHO, Diva Benevides. O tempo revisitado: releitura proustiana de 70 anos como estudante e docente da USP. São Paulo: FUNCADI, 2015. 179 p. Localização FEA:

Leia mais

Lista de Material 2º ANO ENSINO MÉDIO

Lista de Material 2º ANO ENSINO MÉDIO Lista de Material 2º ANO ENSINO MÉDIO - 2015 Nome: 2º ano Ensino Médio Gramática Livro: Gramática Reflexiva Textos, Semântica e Interação Autores: William Roberto Cereja, Thereza Cochar Magalhães. Editora:

Leia mais

XVIII Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias SNBU 2014

XVIII Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias SNBU 2014 1 XVIII Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias SNBU 2014 CRITÉRIOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE OBRAS RARAS: UM ESTUDO A PARTIR DO ACERVO DA BIBLIOTECA DO INSTITUTO DE QUÍMICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a vida e projeto de seu FILHO. A missão dela era nos dar Jesus e fez isso de maneira ímpar. Vamos refletir nos fatos na vida de Jesus onde ELA está

Leia mais

Obras raras: definição de critérios de raridade para o Acervo de Escritores Mineiros da UFMG

Obras raras: definição de critérios de raridade para o Acervo de Escritores Mineiros da UFMG Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) Obras raras: definição de critérios de raridade para o Acervo de Escritores Mineiros da UFMG Nina C. Mendonça Campos de Miranda (UFMG) - ninacm40@yahoo.com.br Flávia Silvestre

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO ANO LECTIVO 2011/2012

FACULDADE DE DIREITO ANO LECTIVO 2011/2012 FACULDADE DE DIREITO ANO LECTIVO 0/0 -Auditório da Faculdade de Direito º ANO - º SEMESTRE HORA 0.00 09.00 ª FEIRA SALA ª FEIRA SALA ª FEIRA SALA 5ª FEIRA SALA ª FEIRA SALA A A B B 0.00.00 ª T.T. A B B

Leia mais

Após fazer o seu registro ou Login, clique em cima do nome do seu usuário no canto direito superior e depois em Meu Perfil.

Após fazer o seu registro ou Login, clique em cima do nome do seu usuário no canto direito superior e depois em Meu Perfil. Como fazer o meu cadastro? Acesse www.bookshare.com.br e faça Login utilizando a sua conta do Twitter, Facebook, Google+ ou ainda, informando um e-mail e senha (neste caso, lembrar de acessar o seu e-

Leia mais

LISTA DE MATERIAIS 2016

LISTA DE MATERIAIS 2016 LISTA DE MATERIAIS 2016 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO MATERIAL DIDÁTICO POSITIVO: Será entregue ao aluno no início do ano letivo de 2016. ARTE Materiais que ficarão com o aluno: 01 pasta com elástico (plástica)

Leia mais

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO

PROGRAMA DE AQUISIÇÃO PROGRAMA DE AQUISIÇÃO Obras do MAC USP 2013 2016 MINISTÉRIO DA CULTURA E MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DA USP APRESENTAM MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA da Universidade de São Paulo PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Departamento de Gestão de Pessoas

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Departamento de Gestão de Pessoas Biblioteca Setorial de Ciências da 1 Saúde Prédio da Biblioteca do CCS/Maruípe Seção de Referência Ter disponibilidade de trabalhar no horário noturno encerrando às atividades às 19:00 ATIVIDADES A SEREM

Leia mais

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009. SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3. ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2009. 1º TEXTO: PRODUZIDO PARA LEITOR- PROFESSOR COM O OBJETIVO DE ESCLARECER O SIGNIFICADO DE LETRAMENTO. Letramento

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Data realização: segunda, 18 de junho às 14:00 h Sala: 4 14348127 ADRIANA ISABEL PEREIRA RIBEIRO 1 14581488 ADRIANA RAQUEL BARBOSA SOUSA 2 14172404 ADRIANA SILVA DE CARVALHO 3 14557115 ALDA DANIELA SILVA

Leia mais

Manuel Castells (filósofo espanhol.)

Manuel Castells (filósofo espanhol.) GUIA DE NAVEGAÇÃO 1 Uma Rede é um conjunto de nós conectados, e cada nó, um ponto onde a curva se intercepta. Por definição uma Rede não tem centro, e ainda que alguns nós possam ser mais importantes que

Leia mais

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL)

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) Professor (a): NOME DO LIVRO: O MUNDINHO DE BOAS ATITUDES AUTOR:INGRID BIESEMEYER BELLINGHAUSEN Competências Perceber a importância do auto respeito. Desenvolver o senso critico.

Leia mais

PERÍODO 83.1 / 87.2 PROGRAMA EMENTA:

PERÍODO 83.1 / 87.2 PROGRAMA EMENTA: UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PERÍODO 83.1 / 87.2 EMENTA: Os gêneros literários: divisão e evolução. Caracterização segundo critérios intrínsecos e / ou extrínsecos. A teoria clássica e as teorias modernas

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO ÁREA DE DOCUMENTAÇÃO E DIVULGAÇÃO SETOR DE PROCESSAMENTO TÉCNICO DA BIBLIOTECA CÉSAR SALGADO PROJETO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO ÁREA DE DOCUMENTAÇÃO E DIVULGAÇÃO SETOR DE PROCESSAMENTO TÉCNICO DA BIBLIOTECA CÉSAR SALGADO PROJETO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO ÁREA DE DOCUMENTAÇÃO E DIVULGAÇÃO SETOR DE PROCESSAMENTO TÉCNICO DA BIBLIOTECA CÉSAR SALGADO PROJETO CRIAÇÃO DO SETOR DE PROCESSAMENTO TÉCNICO DA BIBLIOTECA CÉSAR

Leia mais

CARTILHA INFORMATIVA SOBRE:

CARTILHA INFORMATIVA SOBRE: CARTILHA INFORMATIVA SOBRE: As consequências patrimoniais dos principais regimes de bens quando da morte de um dos cônjuges. Material produzido por Felipe Pereira Maciel, advogado inscrito na OAB/RJ sob

Leia mais

ISSN e ISBN, números de registros. José Luciano C. da Silva Uliscley Silva Gomes. al/dl- editora

ISSN e ISBN, números de registros. José Luciano C. da Silva Uliscley Silva Gomes. al/dl- editora ISSN e ISBN, números de registros José Luciano C. da Silva Uliscley Silva Gomes al/dl- editora ISSN e ISBN, números de registros José Luciano Custódio da silva; (graduando em biblioteconomia) Roberto Wagner

Leia mais

EDUCANDÁRIO SANTA RITA DE CÁSSIA

EDUCANDÁRIO SANTA RITA DE CÁSSIA 6º Ano A e B 24/10 Português 27/10 Ciências 25/10 Geografia / Inglês 28/10 Matemática 26/10 História - 21/11 Geografia / Inglês 24/11 Des. Geométrico 22/11 Ciências / Espanhol 25/11 Matemática 23/11 Português

Leia mais

Testes comuns Português 10º Ano. Sala

Testes comuns Português 10º Ano. Sala Sala 211 05-02 - 2015 19663 10 CT3 Adriana Raquel Seara Ferreira 15965 10 CT1 Alexandra Sofia Gonçalves dos Santos 19743 10 LH2 Alexandre Vilas Boas Soares 16035 10 CT1 Ana Beatriz Coelho Moreira 16002

Leia mais

QUAIS SÃO AS OUTRAS EXPRESSÕES, ALÉM DA LINGUAGEM ORAL E ESCRITA E QUAL A SUA IMPORTÂNCIA PARA A ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO

QUAIS SÃO AS OUTRAS EXPRESSÕES, ALÉM DA LINGUAGEM ORAL E ESCRITA E QUAL A SUA IMPORTÂNCIA PARA A ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO Universidade de Brasília (UnB) Faculdade de Ciência da Informação Disciplina: Fundamentos em Organização da Informação Professora: Lillian Alvares QUAIS SÃO AS OUTRAS EXPRESSÕES, ALÉM DA LINGUAGEM ORAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO. Disciplina: Currículo, disciplinas escolares e livro didático no Brasil Professor responsável: Contato Claudia Panizzolo claudiapanizzolo@uol.com.br Ano Letivo: 2015 Carga horária: 60 horas Créditos: 04

Leia mais

POLÍTICA DE FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE ACERVO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE UNIDA DE CAMPINAS (FACUNICAMPS)

POLÍTICA DE FORMAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE ACERVO DA BIBLIOTECA DA FACULDADE UNIDA DE CAMPINAS (FACUNICAMPS) XIV Encontro Regional dos Estudantes de Biblioteconomia, Documentação, Ciência da Informação e Gestão da Informação - Região Sul - Florianópolis - 28 de abril a 01 de maio de 2012 POLÍTICA DE FORMAÇÃO

Leia mais

Perguntas freqüentes sobre o Concurso Pontos de Leitura 2008

Perguntas freqüentes sobre o Concurso Pontos de Leitura 2008 Perguntas freqüentes sobre o Concurso Pontos de Leitura 2008 Já enviei minha inscrição, mas faltaram alguns documentos. Ainda posso encaminhá-los? Sim. Toda a documentação poderá ser postada até o dia

Leia mais

Colégio Militar de Curitiba - COMPREENSÃO AUDITIVA - ALEMÃO

Colégio Militar de Curitiba - COMPREENSÃO AUDITIVA - ALEMÃO Colégio Militar de Curitiba - COMPREENSÃO AUDITIVA - ALEMÃO 100241 Cap SERGIO ANTONIO DA FONSECA JUNIOR ALEMÃO Page 948/1210 Colégio Militar de Curitiba - COMPREENSÃO AUDITIVA - ESPANHOL 213981 2º Sgt

Leia mais