01) São funções do lançamento em matéria tributária, independente da modalidade adotada para sua realização, exceto:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "01) São funções do lançamento em matéria tributária, independente da modalidade adotada para sua realização, exceto:"

Transcrição

1 Irapua Beltrao 01) São funções do lançamento em matéria tributária, independente da modalidade adotada para sua realização, exceto: a) atestar a ocorrência do fato gerador b) individualizar o sujeito passivo da obrigação c) apurar a base de cálculo d) calcular o montante do tributo devido e fixar a penalidade, se esta existir e) certificar na atividade administrativa a lei regedora da matéria GABARITO: E O art. 142 CTN aponta as funções do lançamento, sendo ali previsto a necessidade de certificar a ocorrência do fato gerador, identificar o sujeito passivo da obrigação, determinar a matéria tributável (= base de cálculo), apurar o o montante do tributo devido e fixar a penalidade, se esta existir, tudo conforme as primeiras alternativas. Por isto, dentre as funções não consta a última. 02) Possui a mesma função de certidão negativa, aquela em que conste débitos do sujeito passivo, mas que: a) tenha sido concedido liminar em mandado de segurança sobre o referido crédito afastando o dever de pagar o tributo imediatamente b) contribuinte tenha apresentado requerimento de parcelamento c) o contribuinte tenha apresentado requerimento de moratória d) a parte referente a penalidade, tenha sido objeto de concessão de anistia e) crédito em cobrança judicial GABARITO: A O art. 206 determina que terá os mesmos efeitos de certidão negativa aquela em que conste dívidas com a exigibilidade suspensa. Assim, apesar das outras hipóteses

2 versarem sobre possíveis hipóteses que venham a gerar a suspensão, a única em que isto efetivamente ocorreu é a situação descrita na letra A. 03) Julgue os itens que se seguem acerca das espécies de tributo. - As taxas cobradas pelos estados, no âmbito de suas respectivas atribuições, terão como fato gerador a utilização, efetiva ou potencial, de serviço público específico e divisível, prestado ao contribuinte. - Ao contrário do que ocorre com os impostos, as taxas são conhecidas como tributos não-vinculados. - É facultado à União instituir taxa com a mesma base de cálculo utilizada em imposto de sua competência. a) todas estão corretas b) somente a primeira está errada c) somente a segunda está errada d) somente a terceira está errada e) existem duas erradas GABARITO: E A primeira alternativa é praticamente uma repetição da definição das taxas (art. 77 CTN e 145, II CRFB. A segunda está errada pois o sentido adequado é o inverso. O imposto é um tributo não vinculado, sendo a taxa considerado tributo vinculado. Igualmente errada a terceira, já que a Constituição terminantemente proíbe que qualquer taxa adote base de cálculo típica dos impostos.

3 04) Constitui hipótese de suspensão do crédito tributário necessariamente sujeita à prazo determinado: a) Moratória e parcelamento b) Depósito do montante integral c) Reclamações e recursos na esfera administrativa d) Liminar em mandado de segurança e) Liminar em ação cautelar GABARITO: A Dentre as hipóteses listadas no art. 151 CTN as únicas submetidas a prazo certo e conhecido são moratória e parcelamento. A primeira por expressa determinação do art. 153 CTN e a segunda por utilizar as mesmas regras daquela (art. 155-A, 2º). As demais são dependentes de duração do tempo dos processos. 05) Nos rendimentos auferidos em atividade ilícita: a) decorrendo a validade dos atos jurídicos aos requisitos de agente capaz, objeto lícito e forma prescrita e não defesa em lei, é inadmissível o poder tributante exigir imposto cuja obrigação tem por fato gerador situação penalmente reprovável b) não incide imposto de renda porquanto não descrito pelo legislador ato ilícito como elemento de hipótese de incidência, sendo impossível que o fato gerador contenha elementos ilícitos c) a exigência tributária fica sobrestada até o pronunciamento judicial declaratório da licitude da atividade, não podendo a autoridade administrativa d) é exigível o imposto, posto que a ilicitude dos atos praticados não interfere na relação tributária e) para fins do Direito Tributário, a interpretação do fato gerador não abstrairá a validade dos atos jurídicos que o integram GABARITO: D

4 Como cediço, o art. 118 CTN consagrou o princípio do pecunia non olet, afirmando que as invalidades e ilicitudes dos atos praticados não afetam as consequências tributárias, sendo corriqueira a conclusão de que mesmo aqueles que cometeram crimes deverão suportar o pagamento do Imposto sobre as rendas obtidas em razão daquele ilícito. 06) Sobre o Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doações da Constituição, inserido na competência dos estados e do Distrito Federal, julgue as afirmativas abaixo, e a seguir assinale a opção correta. ( ) Relativamente a bens imóveis e móveis que guarneçam a casa, compete sempre ao estado da situação do bem. ( ) A competência para a sua instituição será regulada por lei complementar, se o herdeiro tiver domicílio no exterior. ( ) Terá suas alíquotas mínimas e máximas fixadas pelo Senado Federal. a) V F F b) F V V c) V V V d) F F F e) V V F GABARITO: D A primeira alternativa é falsa já que o art. 155, 1º CRFB somente determina a competência em razão da localização para os bens imóveis. A segunda está errada pois será de competência da lei complementar se o doador tiver domicilio ou residência no exterior; ou se o de cujus possuía bens, era residente ou domiciliado ou teve o seu inventário processado no exterior; Nada é falado sobre o herdeiro lá domiciliado

5 Igualmente errada a terceira, já que a Constituição competência ao Senado apenas para as alíquotas máximas deste imposto. 07) Assinale a opção correta a respeito da obrigação tributária. a) A obrigação acessória surge com a ocorrência do fato gerador de natureza econômica. b) A obrigação principal surge com a ocorrência do fato gerador ou em decorrência da legislação tributária. c) A obrigação tributária nasce com a publicação da lei instituidora do tributo. d) Realizar inscrição estadual antes de iniciar a atividade econômica é uma obrigação acessória. e) A obrigação principal refere-se ao pagamento de tributo, mas não de uma penalidade pecuniária. GABARITO: D As obrigações descritas no art. 113 do CTN caracterizam a principal como sendo aquela relativa ao pagamento e determinadas por lei e as acessórias como em razão do dever de fazer ou deixar de fazer algo, previstas na legislação. A alternativa correta indica modalidade de obrigação acessória positiva. A letra A está errada pois atribui natureza econômica para a acessória; a letra B aponta a legislação para a principal, quando deveria ser lei; a letra C está errada pois a obrigação nasce com a ocorrência do fato gerador; e a última erra pois a penalidade pecuniária também é considerada uma obrigação principal. 08) Assinale a única alternativa correta: a) Integram a legislação tributária não só as normas mencionadas no CTN, mas outras previstas nas leis federais, estaduais ou municipais b) a jurisprudência judicial é uma das fontes formais do direito tributário brasileiro, especialmente as Súmulas vinculantes c) apesar de integrar a legislação tributária os convênios expedidos pelo Presidente da República não são atos válidos para extinguir tributos d) por não estarem expressamente mencionados no CTN, as medidas provisórias não podem versar sobre matéria tributária

6 e) a observância pelo contribuinte das normas complementares pelo sujeito passivo é capaz de afastar a exigência do tributo e sua correção monetária GABARITO: C A primeira alternativa é falsa porque somente o CTN como norma geral prevê as fontes formais do direito tributário; A segunda errada pois a jurisprudência dos Tribunais não é considerada dentre estas fontes formais; A letra D está errada pois as M. P., já que introduzidas pela Constituição de 1988 como atos com força de lei, deve ser considerado no sentido da lei mencionada no CTN, tal qual já era anteriormente com os decretos-lei; A letra E é incorreta pois, na forma do art. 100, tal observância somente poderá afastar a multa, os juros e a atualização monetária, mas nunca o tributo. Resta como acertada a letra C que reconhece os convênios (art. 100 CTN), mas os limita na impossibilidade de extinguir tributo, matéria esta reservada às leis.

SUMÁRIO Direito Tributário...2 O Direito Tributário e as demais ciências jurídicas...5 O Direito Tributário e os Limites ao Poder de Tributar...

SUMÁRIO Direito Tributário...2 O Direito Tributário e as demais ciências jurídicas...5 O Direito Tributário e os Limites ao Poder de Tributar... SUMÁRIO Direito Tributário...2 Conceito...2 Polos...2 Receitas públicas...2 Natureza...3 Exemplos de receitas derivadas...3 Exemplos de receitas originárias...4 O Direito Tributário e o Direito Público...4

Leia mais

Direito Tributário para o Exame de Ordem

Direito Tributário para o Exame de Ordem Direito Tributário para o Exame de Ordem 3 Conceito de Tributo. 4 Legislação Tributária. 5 Obrigação Tributária. 6 Crédito Tributário. (1a. Parte: Conceito, Constituição) Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Definição... 21

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Definição... 21 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 11 Capítulo I Direito Tributário... 13 1. Definição... 13 2. Relação com outros ramos do direito... 13 3. Fontes do direito tributário... 14 4. Legislação tributária... 20 Capítulo

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ TRADIÇÃO, EXPERIÊNCIA E OUSADIA DE QUEM É PIONEIRO Curso: DIREITO Disciplina: DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II Professora: ILZA MARIA DA SILVA FACUNDES Turma: 8ºDIV

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETA:

PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETA: 1 DECRETO Nº 11.333, DE 30 DE JUNHO DE 2011. Dispõe sobre a regulamentação da emissão de certidões e declarações no âmbito da Fazenda Pública Municipal. O PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA, Estado do Piauí,

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Direito tributário Capítulo 2 Espécies de tributo Capítulo 3 Empréstimos compulsórios e contribuições especiais

Sumário Capítulo 1 Direito tributário Capítulo 2 Espécies de tributo Capítulo 3 Empréstimos compulsórios e contribuições especiais Sumário Capítulo 1 Direito tributário... 1 1.1. Direito... 1 1.2. Direito público e direito privado... 1 1.3. Direito tributário... 2 1.4. Direito tributário e os demais ramos do Direito... 4 1.5. Estado...

Leia mais

CURSO JURÍDICO FMB CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS

CURSO JURÍDICO FMB CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS Sumário DIREITO TRIBUTÁRIO... DIREITO TRIBUTÁRIO PROFS. GUILHERME ADOLFO DOS SANTOS MENDES E DIMAS MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Direito Tributário - Conceito; Tributo -

Leia mais

ITCMD e o Pagamento de Complementação de Pensão por EFPC. Patricia Linhares

ITCMD e o Pagamento de Complementação de Pensão por EFPC. Patricia Linhares ITCMD e o Pagamento de Complementação de Pensão por EFPC Patricia Linhares ITCMD Limites de incidência Autorização constitucional para os Estados é limitada! Art. 155. Compete aos Estados e ao Distrito

Leia mais

Crédito e lançamento tributário

Crédito e lançamento tributário Crédito e lançamento tributário Levar o entendimento ao aluno sobre o que é, como se processa o crédito e as formas do lançamento do crédito tributário. Vamos lá, pessoal, na aula passada vimos a integração

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor Victor Alves Aula dia 14/03/2017

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor Victor Alves Aula dia 14/03/2017 DIREITO TRIBUTÁRIO Professor Victor Alves Aula dia 14/03/2017 Conceito de Tributo: Art. 3º do CTN - Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor: Mauro Moreira

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor: Mauro Moreira DIREITO TRIBUTÁRIO Professor: Mauro Moreira 1 RACIOCÍNIO JURÍDICO TRIBUTÁRIO CONSTITUIÇÃO -Princípios -Imunidades -Espécies Tributárias - I M P O S T O S T A X A S - C O N T R I B U IÇ Ã O D E M E L H

Leia mais

Obrigatoriedade. Autonomia do Crédito Tributário. Origem:

Obrigatoriedade. Autonomia do Crédito Tributário. Origem: Direito Tributário Crédito tributário:conceito e constituição. Lançamento: conceito e modalidades de lançamento. Hipóteses de alteração do lançamento. Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA, EMENTA E INFORMAÇÕES CORRELATAS Prof. Thiago Gomes Apresentação da Disciplina 1. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Estágio Supervisionado

Leia mais

PLANO DE AULA DISCIPLINA: PRÁTICA PROCESSUAL E FISCAL TRIBUTÁRIA CÓD º PERÍODO

PLANO DE AULA DISCIPLINA: PRÁTICA PROCESSUAL E FISCAL TRIBUTÁRIA CÓD º PERÍODO PLANO DE AULA DISCIPLINA: PRÁTICA PROCESSUAL E FISCAL TRIBUTÁRIA CÓD. 00006408 4º PERÍODO TOTAL DE ENCONTROS: 20 SEMANAS SEMANA CONTEÚDOS/MATÉRIA TIPO DE AULA TEXTOS, FILMES E OUTROS MATERIAIS 1 UNIDADE

Leia mais

Direito Tributário Obrigação tributária principal e acessória. 6. Fato gerador da obrigação tributária. 7. Sujeição ativa e passiva.

Direito Tributário Obrigação tributária principal e acessória. 6. Fato gerador da obrigação tributária. 7. Sujeição ativa e passiva. Direito Tributário Obrigação tributária principal e acessória. 6. Fato gerador da obrigação tributária. 7. Sujeição ativa e passiva. Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Obrigação Tributária

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISCAL DE TRIBUTOS PROVA OBJETIVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISCAL DE TRIBUTOS PROVA OBJETIVA 1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS De acordo com o Código Tributário do Município de Miracema (lei nº 1.453, de 26 de setembro de 2013), responda às questões de números 1 a 6. 1) É de competência do município

Leia mais

CRÉDITO TRIBUTÁRIO. Conceito

CRÉDITO TRIBUTÁRIO. Conceito Conceito CRÉDITO TRIBUTÁRIO O crédito tributário corresponde ao direito do Estado de exigir o tributo, ou melhor, de exigir o objeto da obrigação tributária principal do sujeito. Contribuição do crédito

Leia mais

ARRECADAÇÃO E GESTÃO TRIBUTÁRIA MUNICIPAL

ARRECADAÇÃO E GESTÃO TRIBUTÁRIA MUNICIPAL ARRECADAÇÃO E GESTÃO TRIBUTÁRIA MUNICIPAL Armando Moutinho Perin Recife, 9 e 10 de dezembro de 2015 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA Código Tributário Nacional, CTN, arts. 6º e 7º: - criação de tributos (indelegável);

Leia mais

Relação jurídica tributária

Relação jurídica tributária Relação jurídica tributária Planejamento Tributário Empresarial Crédito tributário: Lançamento tributário (ofício ou direto; declaração ou misto e por homologação); Presunção da dívida ativa; Suspensão

Leia mais

Assegurar que a parte executada em um processo realize o pagamento do valor discutido, caso venha a ser comprovado que esse é devido.

Assegurar que a parte executada em um processo realize o pagamento do valor discutido, caso venha a ser comprovado que esse é devido. GARANTIAS JUDICIAIS 1 OBJETIVO DA GARANTIA JUDICIAL Assegurar que a parte executada em um processo realize o pagamento do valor discutido, caso venha a ser comprovado que esse é devido. 2 Código de Processo

Leia mais

Repetição de indébito federal, estadual e municipal (STJ info. 394)

Repetição de indébito federal, estadual e municipal (STJ info. 394) Repetição de indébito federal, estadual e municipal (STJ info. 394) Devido ao princípio da vedação ao enriquecimento sem causa, o Estado tem o dever de restituir o tributo, ou parcela de tributo, pago

Leia mais

Sumário CAPÍTULO 3 EMPRÉSTIMOS COMPULSÓRIOS E CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS

Sumário CAPÍTULO 3 EMPRÉSTIMOS COMPULSÓRIOS E CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS Sumário CAPÍTULO 1 DIREITO TRIBUTÁRIO 1. Direito 2. Direito público e direito privado 3. Direito tributário 4. Direito tributário e os demais ramos do Direito 5. Estado 6. Receitas do Estado 7. Definição

Leia mais

Sistema Tributário Nacional

Sistema Tributário Nacional Sistema Tributário Nacional Considerações Iniciais Direito Direito e Contabilidade como Ciências Ciência das Normas obrigatórias que disciplinam as relações dos homens em sociedade. É o conjunto das normas

Leia mais

Fato Gerador LINHA DO TEMPO

Fato Gerador LINHA DO TEMPO Fato Gerador LINHA DO TEMPO 1º ) Lei criou o imposto com a sua HIPÓTESE DE INCIDÊNCIA 2º ) Ocorreu o FATO GERADOR do imposto 3º ) Consequentemente surge o OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA 4º ) Ocorre o LANÇAMENTO

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ TRADIÇÃO, EXPERIÊNCIA E OUSADIA DE QUEM É PIONEIRO Curso: DIREITO Disciplina: DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II Professora: ILZA MARIA DA SILVA FACUNDES Turma: 8ºDIV

Leia mais

Fiscal Legislação Tributária Questões Imposto de Renda - 1 Rafael Saldanha

Fiscal Legislação Tributária Questões Imposto de Renda - 1 Rafael Saldanha Fiscal Legislação Tributária Questões Imposto de Renda - 1 Rafael Saldanha 2014 2015 Copyright. Curso Agora Eu Eu Passo - - Todos os direitos reservados ao ao autor. Legislação Receita Federal IRPF e IRPJ

Leia mais

Aulão de direito tributário. Questões comentadas banca FGV

Aulão de direito tributário. Questões comentadas banca FGV Aulão de direito tributário Questões comentadas banca FGV Competência tributária Secretaria de fazenda de Recife 2014 Auditor do Tesouro Municipal 16 Com relação à competência tributária, assinale a afirmativa

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5 CAPÍTULO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 19 1. Breves considerações sobre o direito financeiro... 19 2. Direito tributário. Noção conceptual... 22 2.1. Autonomia do Direito Tributário...

Leia mais

1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO DO TRIBUTÁRIO

1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO DO TRIBUTÁRIO 1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO DO TRIBUTÁRIO P á g i n a 1 QUESTÃO 1 - Quanto à sujeição passiva tributária, assinale a alternativa correta: A. O sujeito passivo é sempre aquele que pratica um fato signo-presuntivo

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Em 1º de janeiro de 2014, a União publicou lei ordinária instituindo Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (CIDE) incidente sobre as receitas decorrentes

Leia mais

ITCMD para AFR/SP PARTE 1

ITCMD para AFR/SP PARTE 1 "Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais seguro para o sucesso é sempre tentar apenas uma vez mais. (Thomas Edison) ITCMD para AFR/SP PARTE 1 O ITCMD Imposto sobre Transmissão "Causa Mortis"

Leia mais

1) do termo final do período de apuração;

1) do termo final do período de apuração; RESOLUÇÃO NO 2.554, DE 17 DE AGOSTO DE 1994 (MG de 18 e ret. em 25) REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 2.880/97 Trata da atualização monetária dos créditos tributários do Estado, da cobrança de juros de mora,

Leia mais

Procuradoria da Dívida Ativa - PG-05

Procuradoria da Dívida Ativa - PG-05 Procuradoria da Dívida Ativa - PG-05 Ano UFIR-RJ* 2006 67.495.595,72 2007 50.486.636,57 2008 65.476.580,85 2009 231.174.347,46 2010 421.467.819,04 2011 144.707.862,62 2012 357.340.649,83 2013 367.528.368,78

Leia mais

Sumário. Agradecimentos Apresentação Siglas e abreviaturas utilizadas. Capítulo 1 Conceitos iniciais 1

Sumário. Agradecimentos Apresentação Siglas e abreviaturas utilizadas. Capítulo 1 Conceitos iniciais 1 Sumário Agradecimentos Apresentação Siglas e abreviaturas utilizadas XIX XXI XXIII Capítulo 1 Conceitos iniciais 1 1 Direito e as relações jurídicas 1 1.1 Direito Público e Direito Privado 2 1.2 Direito

Leia mais

Recife, 19 de julho de Armando Moutinho Perin Advogado

Recife, 19 de julho de Armando Moutinho Perin Advogado Recife, 19 de julho de 2016 Armando Moutinho Perin Advogado Constituição Federal de 1988 Art. 24. Compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal legislar concorrentemente sobre: I direito tributário,

Leia mais

BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL

BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL Instituído pela Lei nº 10.637, de 2002 1) CONTRIBUIÇÃO SOCIAL SOBRE O LUCRO LÍQUIDO (CSLL) * Silvério das Neves * Adherbal Corrêa Bernardes 1.1) Alíquotas O art. 6º da Medida

Leia mais

SOS OAB Direito Tributário Rafael Saldanha Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

SOS OAB Direito Tributário Rafael Saldanha Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. SOS OAB Direito Tributário Rafael Saldanha 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. QUESTÃO 01 É tributo contraprestacional: (A) a CSLL. (B) o IRPJ. (C) a COFINS. (D)

Leia mais

Art. 2º - Os débitos de que trata o artigo anterior, existente para com a Fazenda Municipal, poderão ser pagos de acordo com os seguintes critérios:

Art. 2º - Os débitos de que trata o artigo anterior, existente para com a Fazenda Municipal, poderão ser pagos de acordo com os seguintes critérios: LEI MUNICIPAL N.º 3.993/2015 INSTITUI PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO FISCAL (REFIS) E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. RENATO GEMELLI BONADIMAN, Prefeito Municipal, Seberi, Estado do Rio Grande do sul, no uso de suas

Leia mais

PREPARATÓRIO RIO EXAME DA OAB 6ª PARTE RIA. Prof. JOSÉ HABLE

PREPARATÓRIO RIO EXAME DA OAB 6ª PARTE RIA. Prof. JOSÉ HABLE PREPARATÓRIO RIO EXAME DA OAB 6ª PARTE LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA RIA Prof. JOSÉ HABLE www.josehable.adv.br johable@gmail.com A Legislação tributária ria A palavra lei, como tantas outras usadas na linguagem

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 8 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Tributo. Sistema Constitucional Tributário.

Leia mais

Altera a Lei nº ,de 27 de dezembro de 1999, que dispõe sobre a Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos.

Altera a Lei nº ,de 27 de dezembro de 1999, que dispõe sobre a Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos. GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Gabinete Civil da Governadoria Superintendência de Legislação LEI Nº 16.653, DE 23 DE JULHO DE 2009 Altera a Lei nº 13.569,de 27 de dezembro de 1999, que dispõe sobre a Agência

Leia mais

ICMS NOÇÕES BÁSICAS. Coordenação: Alexandre A. Gomes

ICMS NOÇÕES BÁSICAS. Coordenação: Alexandre A. Gomes ICMS NOÇÕES BÁSICAS Coordenação: Alexandre A. Gomes O que é Tributo? - Art. 3º do CTN Toda prestação pecuniária compulsória em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir que não constitua sanção de ato

Leia mais

Direito Tributário Limitações ao Poder de Tributar

Direito Tributário Limitações ao Poder de Tributar Direito Tributário Limitações ao Poder de Tributar Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar É vedado à União, Estados, Distrito Federal e Municípios

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IRRF Título financeiro em dólar

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IRRF Título financeiro em dólar IRRF 30/09/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Da Tributação na Fonte - RIR/99... 3 3.2. Ato Declaratório Interpretativo...

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS PORTARIA 02/2007 28 de junho de 2007 (republicação) Dispõe sobre a emissão, via internet, de CERTIDÃO NEGATIVA, CERTIDÃO POSITIVA COM EFEITO DE CERTIDÃO NEGATIVA, CERTIDÃO NEGATIVA DE TRIBUTOS VINCULADA

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação, xiii

SUMÁRIO. Apresentação, xiii SUMÁRIO Apresentação, xiii 1 A Contabilidade e a Gestão Tributária, 1 1.1 Introdução, 1 1.2 Os objetivos da atividade de gestão tributária, 1 1.3 Características profissionais exigidas para o cargo de

Leia mais

ITCMD Aspectos Relacionados ao Terceiro Setor

ITCMD Aspectos Relacionados ao Terceiro Setor ITCMD Aspectos Relacionados ao Terceiro Setor Comissão de Direito do Terceiro Setor Danilo Brandani Tiisel Imposto sobre Transmissão "Causa Mortis" e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos ITCMD Conceito

Leia mais

Introdução ao direito tributário

Introdução ao direito tributário Capítulo 1 - Introdução ao direito tributário 1.1. Considerações iniciais 17 1.2. Conceito de tributo 19 1.3. Tipos de tributo.. 20 1.3.1. Imposto.... 20 1.3.2. Taxas..25 1.3.2.1. Diferenças entre taxa

Leia mais

PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1. Direito Civil e Processual Civil

PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1. Direito Civil e Processual Civil PROGRAMA ESPECÍFICO TJ/CE PONTO 1 Direito Civil e Processual Civil DIREITO CIVIL 1. Direito das relações de consumo: Reparação dos danos; Práticas comerciais. 2. Locação de imóveis urbanos: locação residencial.

Leia mais

Artigo 12.º. b) Operações que envolvam entidades não residentes em território português;

Artigo 12.º. b) Operações que envolvam entidades não residentes em território português; Regime Complementar do Procedimento de Inspeção Tributária Artigo 12.º 1 2 3 - O disposto nos números anteriores compreende, relativamente aos grandes contribuintes, a decisão antecipada, sobre a qualificação

Leia mais

Tribunais Exercícios Direito Tributário Exercício Rafael Saldanha Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Tribunais Exercícios Direito Tributário Exercício Rafael Saldanha Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Tribunais Exercícios Direito Tributário Exercício Rafael Saldanha 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. QUESTÃO 01 Um município brasileiro, desconsiderando as regras

Leia mais

Inconstitucionalidade dos Juros do Estado de São Paulo

Inconstitucionalidade dos Juros do Estado de São Paulo Inconstitucionalidade dos Juros do Estado de São Paulo Abrangência da decisão e consequências aos contribuintes Carolina Martins Sposito 2015 Trench, Rossi e Watanabe Advogados Agenda Juros praticados

Leia mais

PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA. Denis Domingues Hermida

PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA. Denis Domingues Hermida PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA Denis Domingues Hermida - Locadora Carro Bom Ltda. foi autuada pela Receita Federal por ter deixado de recolher a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS)

Leia mais

Presunções no Processo Administrativo Fiscal

Presunções no Processo Administrativo Fiscal I Encontro sobre Julgamento Administrativo Municipal Tributário Presunções no Processo Administrativo Fiscal Fabiana Del Padre Tomé Mestre e Doutora pela PUC/SP Professora da PUC/SP e do IBET Indícios

Leia mais

ARTIGO 65 DA LEI Nº , DE 11 DE JUNHO DE Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial ARTIGO 65

ARTIGO 65 DA LEI Nº , DE 11 DE JUNHO DE Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial ARTIGO 65 ARTIGO 65 LEI Nº 12.249, DE 11 DE JUNHO DE 2010 Art. 65. Poderão ser pagos ou parcelados, em até 180 (cento e oitenta) meses, nas condições desta Lei, os débitos administrados pelas autarquias e fundações

Leia mais

IUS RESUMOS. Tributos e Competência Tributária. Organizado por: Samille Lima Alves

IUS RESUMOS. Tributos e Competência Tributária. Organizado por: Samille Lima Alves Tributos e Tributária Organizado por: Samille Lima Alves SUMÁRIO I. TRIBUTOS E COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA... 3 1. Caracterizando o tributo... 3 1.1 Conceito... 3 1.2 Classificação dos tributos... 4 2 tributária...

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I NOME DO CURSO: DIREITO

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I NOME DO CURSO: DIREITO 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 8 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA Tributo. Sistema Constitucional Tributário.

Leia mais

Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello

Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello Unidade II DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello Imunidades tributárias Aliomar Baleeiro (1976, p. 87): Vedações absolutas ao poder de tributar certas pessoas (subjetivas)

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BONITO- RJ DECISÃO DOS RECURSOS CONTRA GABARITO PRELIMINAR I DOS RECURSOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BONITO- RJ DECISÃO DOS RECURSOS CONTRA GABARITO PRELIMINAR I DOS RECURSOS PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BONITO- RJ DECISÃO DOS RECURSOS CONTRA GABARITO PRELIMINAR I DOS RECURSOS Trata-se de recursos interpostos pelos candidatos infra relacionados, concorrentes ao cargo, FISCAL

Leia mais

Introdução. As legislações pertinentes ao RERCT são:

Introdução. As legislações pertinentes ao RERCT são: Introdução O Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária (RERCT) permite que valores obtidos de forma lícita e mantidos no exterior por indivíduos residentes ou domiciliados no Brasil em 31/12/2014

Leia mais

Conselho Federal de Contabilidade Vice-presidência de Controle Interno INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 003/2012

Conselho Federal de Contabilidade Vice-presidência de Controle Interno INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 003/2012 Conselho Federal de Contabilidade Vice-presidência de Controle Interno INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 003/2012 Brasília-DF Janeiro/2012 INSTRUÇÃO DE TRABALHO INT/VPCI Nº 003/2012 Processo CFC n.º 2012/000008

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 11 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

PARECER JURÍDICO ANUIDADE CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA COBRANÇA - ISENÇÃO

PARECER JURÍDICO ANUIDADE CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA COBRANÇA - ISENÇÃO PARECER JURÍDICO ANUIDADE CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA COBRANÇA - ISENÇÃO Interessado: COSEMS-MG 1. Relatório Trata-se de consulta realizada por diversos municípios do FORUM REGIONAL acerca da legalidade

Leia mais

Exercícios Exame da OAB

Exercícios Exame da OAB Exercícios Exame da OAB Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com sekarkache@yahoo.com.br 1. (OAB.G.2008.1.CESPE.UNB.58) Não constitui matéria de direito tributário reservada pela Constituição

Leia mais

Autuação e Contencioso no Simples Nacional Questões Controversas. Satie Kimura Escritório Regional do SN de São Paulo

Autuação e Contencioso no Simples Nacional Questões Controversas. Satie Kimura Escritório Regional do SN de São Paulo Autuação e Contencioso no Simples Nacional Questões Controversas Satie Kimura Escritório Regional do SN de São Paulo Autuação e Contencioso no SN Questões Controversas SEFISC => NOVOS TEMPOS NO SN CONTROVERSAS

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO TRIBUTÁRIO

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO TRIBUTÁRIO PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO TRIBUTÁRIO P á g i n a 1 Questão 1. a) A progressividade do ITBI, tal qual prevista na Constituição Federal, decorre do princípio da Capacidade Contributiva. b)

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015.

LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015. LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015. Institui o Programa de Recuperação Fiscal Refispoa 2015 e revoga a Lei nº 11.428, de 30 de abril de 2013. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Faço saber

Leia mais

RESPOSTA AOS RECURSOS PROVA: DIREITO

RESPOSTA AOS RECURSOS PROVA: DIREITO PROVA: DIREITO Prova: DIREITO TRIBUTÁRIO Nome do Concurso: TRF 5ª - 2014 Questão contestada: 18 Resposta Publicada: E Número de inscrição: 27100, 28428, 31730, 27305 Na pergunta em comento, observe o enfoque

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 11 - Data 11 de fevereiro de 2016 Processo Interessado CNPJ/CPF Assunto: Imposto sobre a Renda de Pessoa Jurídica - IRPJ LUCRO REAL. TRIBUTOS.

Leia mais

TAXAS Art. 145, II e 2º, CF e arts. 77 a 80, CTN

TAXAS Art. 145, II e 2º, CF e arts. 77 a 80, CTN CONCEITO DE INGRESSO PÚBLICO ORIGINÁRIO PRÓPRIO REPARAÇÕES DE GUERRA DEFINIÇÃO DE TRIBUTOS Art. 3, CTN TRIBUTO É TODA PRESTAÇÃO PECUNIÁRIA PENALIDADES COMPULSÓRIA INGRESSO PÚBLICO DERIVADO EM MOEDA OU

Leia mais

ACÓRDÃO. Edson Ferreira relator Assinatura Eletrônica

ACÓRDÃO. Edson Ferreira relator Assinatura Eletrônica fls. 2 Registro: 2016.0000093444 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 9000006-66.2013.8.26.0269, da Comarca de Itapetininga, em que são apelantes ESPÓLIO DE ULISSES TURELLI

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 CAPÍTULO I A PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL... 15 1. Breve reconstrução histórica... 15 1.1. Do Procurador dos Feitos da Coroa, da Fazenda e do Fisco ao Procurador

Leia mais

Contabilidade e Legislação Tributária Aula 2

Contabilidade e Legislação Tributária Aula 2 Contabilidade e Legislação Tributária Aula 2 Prof. Gustavo Gonçalves Vettori Receitas Originárias e Derivadas Preços Públicos Originárias Ingressos Comerciais Receitas Compensações Financeiras (Royalties)

Leia mais

QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ

QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ QUESTÕES DE CONCURSOS FISCAL DE RENDAS ICMS/RJ - 2009 01 Assinale a alternativa que defina corretamente o poder regulamentar do chefe do Executivo, seja no âmbito federal, seja no estadual. a) O poder

Leia mais

DECRETO N , DE 31 DE JULHO DE O Prefeito de Ituiutaba, no uso de suas atribuições, e de conformidade com a legislação em vigor,

DECRETO N , DE 31 DE JULHO DE O Prefeito de Ituiutaba, no uso de suas atribuições, e de conformidade com a legislação em vigor, DECRETO N. 7.672, DE 31 DE JULHO DE 2014 Disciplina o sistema de parcelamento de débito fiscal e dá ouras providências. O Prefeito de Ituiutaba, no uso de suas atribuições, e de conformidade com a legislação

Leia mais

A) O princípio da capacidade contributiva rege a cobrança de todos os tributos, por imposição constitucional.

A) O princípio da capacidade contributiva rege a cobrança de todos os tributos, por imposição constitucional. P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO TRIBUTÁRIO 1. Assinale a alternativa correta: A) O princípio da capacidade contributiva rege a cobrança de todos os tributos, por imposição constitucional.

Leia mais

A Extinção, Suspensão E Isenção Do Pagamento De Tributos E As Cobranças Indevidas Do Fisco

A Extinção, Suspensão E Isenção Do Pagamento De Tributos E As Cobranças Indevidas Do Fisco BuscaLegis.ccj.ufsc.br A Extinção, Suspensão E Isenção Do Pagamento De Tributos E As Cobranças Indevidas Do Fisco Adriano Martins Pinheiro Bacharelando em Direito Articulista e colaborador de diversos

Leia mais

N o 8.949, DE 26 DE AGOSTO DE D E C R E T A: Seção I Das Disposições Gerais

N o 8.949, DE 26 DE AGOSTO DE D E C R E T A: Seção I Das Disposições Gerais D E C R E T O N o 8.949, DE 26 DE AGOSTO DE 2013 DISCIPLINA O PARCELAMENTO DOS CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS E NÃO TRIBUTÁRIOS, INSCRITOS OU NÃO EM DÍVIDA ATIVA, DO MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS, DE SUAS AUTARQUIAS

Leia mais

Como a Constituição trata tal imposto:

Como a Constituição trata tal imposto: Como a Constituição trata tal imposto: Art. 155. Compete aos Estados e ao Distrito Federal instituir impostos sobre: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993) (...) II - operações relativas

Leia mais

PARECER 050/ Dos Parcelamentos Previstos na Lei /2013:

PARECER 050/ Dos Parcelamentos Previstos na Lei /2013: PARECER 050/2013 Parecer e análise dos parcelamentos previstos na Lei 12.865/2013. 1 - Dos Parcelamentos Previstos na Lei 12.865/2013: A Lei 12.865/2013 reabriu o prazo para que os contribuintes possam

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO ICMS SP/2006 PARTE IV

EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO ICMS SP/2006 PARTE IV EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO ICMS SP/2006 PARTE IV Olá pessoal, vamos à PARTE IV da bateria de questões que selecionei dos últimos concursos realizados pela FCC e outras bancas, de acordo com o edital

Leia mais

RESOLUÇÃO SMF Nº 2910 DE 12 DE DEZEMBRO DE 2016 (DOM 13/12/2016)

RESOLUÇÃO SMF Nº 2910 DE 12 DE DEZEMBRO DE 2016 (DOM 13/12/2016) RESOLUÇÃO SMF Nº 2910 DE 12 DE DEZEMBRO DE 2016 (DOM 13/12/2016) Dispõe sobre o procedimento para revisão de ofício, mediante informações prestadas pelos interessados, dos lançamentos do IPTU realizados

Leia mais

Autor DEPUTADO MANOEL JUNIOR- PMDB/PB. 3 Modificativa 4.X Aditiva 5. Substitutivo Global. Página Artigos Parágrafos Inciso Alínea

Autor DEPUTADO MANOEL JUNIOR- PMDB/PB. 3 Modificativa 4.X Aditiva 5. Substitutivo Global. Página Artigos Parágrafos Inciso Alínea MPV 675 00033 ETIQUETA CONGRESSO NACIONAL APRESENTAÇÃO DE EMENDAS 27/05/2015 Proposição Medida Provisória nº 675 / 2015 Autor DEPUTADO MANOEL JUNIOR- PMDB/PB 1 Supressiva 2. Substitutiva Nº Prontuário

Leia mais

PARECER NORMATIVO Nº 1, DE 24 DE SETEMBRO DE 2002

PARECER NORMATIVO Nº 1, DE 24 DE SETEMBRO DE 2002 SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL PARECER NORMATIVO Nº 1, DE 24 DE SETEMBRO DE 2002 Ementa: IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE - IRRF. IRRF. RETENÇÃO EXCLUSIVA. RESPONSABILIDADE. No caso de imposto de renda

Leia mais

PIS/COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS: alcance e inconstitucionalidade do Decreto 8.426/2015

PIS/COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS: alcance e inconstitucionalidade do Decreto 8.426/2015 1 2 PIS/COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS: alcance e inconstitucionalidade do Decreto 8.426/2015 Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil 18 de junho de 2015 1. Introdução 3 Lei 10.637/02 e 10.833/03

Leia mais

PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO DE ATIVOS NO EXTERIOR. Repatriação de Bens e Recursos não declarados : Aspectos Tributários, Criminais e Cambiais

PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO DE ATIVOS NO EXTERIOR. Repatriação de Bens e Recursos não declarados : Aspectos Tributários, Criminais e Cambiais PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO DE ATIVOS NO EXTERIOR Repatriação de Bens e Recursos não declarados : Aspectos Tributários, Criminais e Cambiais Agenda Palestrante: Carlos Iacia. Lei nº 13.254/16 Regime Especial

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara INSTRUÇÃO NORMATIVA STB SISTEMA DE TRIBUTOS / DIVIDA ATIVA Nº. 002/2010 Versão: 01 Aprovação em: 23/12/2010 Ato de aprovação: Decreto n.º 2895/2010 Unidade Responsável: Secretaria Municipal de Finanças/

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Zeta é uma sociedade empresária cujo objeto social é a compra, venda e montagem de peças metálicas utilizadas em estruturas de shows e demais eventos. Para o regular

Leia mais

Direito Tributário. Sucessão Empresarial, Responsabilidade Tributária e Responsabilidade de Terceiro. Professora Giuliane Torres

Direito Tributário. Sucessão Empresarial, Responsabilidade Tributária e Responsabilidade de Terceiro. Professora Giuliane Torres Direito Tributário Sucessão Empresarial, Responsabilidade Tributária e Responsabilidade de Terceiro Professora Giuliane Torres www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Tributário SUCESSÃO EMPRESARIAL, RESPONSABILIDADE

Leia mais

ICMS: GUERRA FISCAL A CONCESSÃO IRREGULAR DE BENEFÍCIOS FISCAIS

ICMS: GUERRA FISCAL A CONCESSÃO IRREGULAR DE BENEFÍCIOS FISCAIS ICMS: GUERRA FISCAL A CONCESSÃO IRREGULAR DE BENEFÍCIOS FISCAIS ICMS Traços característicos - imposto de consumo - plurifásico e não-cumulativo - ênfase na seletividade - caráter nacional - representatividade

Leia mais

Crimes Contra a Ordem Tributária João Daniel Rassi

Crimes Contra a Ordem Tributária João Daniel Rassi Crimes Contra a Ordem Tributária João Daniel Rassi LEI 8.137/90 QUESTÕES PRELIMINARES Disposições constitucionais Dado histórico: PERGUNTA-SE: A EXISTÊNCIA DE CRIMES CONTRA A ORDEM TRIBUTÁRIA NÃO IMPLICA

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N o 38, DE 2003

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N o 38, DE 2003 COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N o 38, DE 2003 Altera o Decreto-Lei nº 406, de 31 de dezembro de 1968, a Lei Complementar nº 56, de 15 de dezembro de 1987 e a Lei Complementar

Leia mais

Normas - Sistema Gestão da Informação

Normas - Sistema Gestão da Informação Página 1 de 6 Normas - Sistema Gestão da Informação Visão Anotada PORTARIA RFB Nº 1384, DE 09 DE SETEMBRO DE 2016 (Publicado(a) no DOU de 14/09/2016, seção 1, pág. 17) Disciplina a disponibilização, pela

Leia mais

Direito Tributário para o Exame de Ordem

Direito Tributário para o Exame de Ordem Direito Tributário para o Exame de Ordem 9. Espécies Tributárias. (2a. Parte). 10 Processo Tributário. 11 Ações de Iniciativa do Contribuinte. Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Contribuição

Leia mais

DECRETO Nº. 922 DE 07DE MAIO DE A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE SAQUAREMA, no uso de suas atribuições legais, nos termos da Lei, e

DECRETO Nº. 922 DE 07DE MAIO DE A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE SAQUAREMA, no uso de suas atribuições legais, nos termos da Lei, e DECRETO Nº. 922 DE 07DE MAIO DE 2010. Dispõe sobre os critérios para o parcelamento dos créditos tributários ou não, inscritos ou não em Dívida Ativa, e dá outras providências. A PREFEITA DO MUNICÍPIO

Leia mais

Fabiana Del Padre Tomé Mestre e Doutora pela PUC/SP Professora da PUC/SP e do IBET

Fabiana Del Padre Tomé Mestre e Doutora pela PUC/SP Professora da PUC/SP e do IBET Fabiana Del Padre Tomé Mestre e Doutora pela PUC/SP Professora da PUC/SP e do IBET COMPETÊNCIA LEGISLATIVA TRIBUTÁRIA traça os limites do que pode e do que não pode ser feito relativamente à instituição

Leia mais

* V. art. 34, Dec /1995 (Regulamenta as normas que disciplinam os procedimentos administrativos, relativos à aplicação de medidas antidumping).

* V. art. 34, Dec /1995 (Regulamenta as normas que disciplinam os procedimentos administrativos, relativos à aplicação de medidas antidumping). LEI 9.019, DE 30 DE MARÇO DE 1995 Dispõe sobre a aplicação dos direitos previstos no Acordo Antidumping e no Acordo de Subsídios e Direitos Compensatórios, e dá outras providências. Faço saber que o Presidente

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SÃO PAULO - TÉCNICO LEGISLATIVO DIREITO

CONTROLE DE CONTEÚDO - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SÃO PAULO - TÉCNICO LEGISLATIVO DIREITO CONTROLE DE CONTEÚDO - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SÃO PAULO - TÉCNICO LEGISLATIVO DIREITO LÍNGUA PORTUGUESA 1 Leitura e análise de textos. Estruturação do texto e dos parágrafos. Significação contextual de

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO Claudio Borba

DIREITO TRIBUTÁRIO Claudio Borba DIREITO TRIBUTÁRIO Claudio Borba FISCALIZAÇÃO Art. 194 e parágrafo único, CTN Art. 194 - A legislação tributária, observado o disposto nesta Lei, regulará, em caráter geral, ou especificamente em função

Leia mais

Lei nº 8.666/1993. Lei nº /2002 2/6/2009 PROCESSOS ADMINISTRATIVOS, APLICAÇÃO DE SANÇÕES E PENALIDADES

Lei nº 8.666/1993. Lei nº /2002 2/6/2009 PROCESSOS ADMINISTRATIVOS, APLICAÇÃO DE SANÇÕES E PENALIDADES PROCESSOS ADMINISTRATIVOS, APLICAÇÃO DE SANÇÕES E PENALIDADES I CONGRESSO DE PREGOEIROS DA AMAZÔNIA Paulo Sérgio de Monteiro Reis Belém Pará 2009 Art. 40. O edital conterá... e indicará, obrigatoriamente,

Leia mais