Pré-Vestibular Social RELAÇÕES INTERNACIONAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pré-Vestibular Social RELAÇÕES INTERNACIONAIS"

Transcrição

1 Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica RELAÇÕES INTERNACIONAIS Nos anos 1970 e 1980, quando o Facebook nem sonhava em existir, um jogo de tabuleiro chamado War era uma febre entre os jovens. Você, orientando com 18 ou 20 anos, provavelmente não lembra ou sequer ouviu falar desse brinquedo que testava a atenção e a estratégia necessárias para dominar os seis continentes. De todo modo, a brincadeira chamou a atenção de inúmeras pessoas, ainda que de forma indireta, para o relacionamento entre os países na esfera econômica, política, tecnológica e cultural. Se você se identifica com estudos dessa natureza, o seu lugar é numa faculdade de Relações Internacionais. 1- Definição O curso estuda as formas de interação entre os povos, Estados e empresas no cenário internacional, sempre priorizando a boa ética institucional na solução dos problemas que envolvem esses agentes. Trocando em miúdos, o estudante precisa desenvolver ao longo da graduação as suas habilidades de negociação, de compreensão de diferentes culturas, de visão global e, principalmente, o seu senso de coletividade. Um bom profissional da área, mesmo que trabalhe para uma instituição privada, precisa ter em mente que o interesse público deve orientar as suas atividades. 2- Disciplinas Tomando como base o fluxograma da UFF, em anexo, destacamos o bom volume de leitura no decorrer dos oito períodos. Por ter uma formação generalista, o curso discute questões mais amplas, como as ligadas à Ciência Política, Antropologia, Economia, Filosofia, Direito e História. Outro detalhe muito importante é o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira. O inglês, para inicio de conversa, é fundamental. Por isso, vale a matrícula num curso de idiomas para acelerar a sua integração com a área. Não tem condições de custear as aulas? Não tem problema! Instituições como o Clac (UFRJ) e o Licom (UERJ) oferecem cursos de língua estrangeira de qualidade e com preço bem acessível. Recomendamos uma pesquisa no site das universidades. Se você é mais ousado e quer sair na frente, opte pelas línguas alternativas, mas que vão acrescentar grande valor ao seu currículo, como o alemão, italiano, russo e, claro, o mandarim. A posição de destaque dos chineses no cenário político e econômico mundial requer a atuação de bacharéis com formação sólida e diversificada, a começar pelas noções desse idioma. Frisamos que a língua estrangeira não é necessariamente oferecida na grade obrigatória das instituições, sendo necessária, assim, a inscrição em algum curso regular dentro ou fora da faculdade. Algumas disciplinas obrigatórias são Teoria das Relações Internacionais, Economia Brasileira, Direito das Relações, Sociologia das Relações Internacionais, Relações Internacionais e Geopolítica e Introdução ao Comércio Internacional. É necessária a apresentação de trabalho de conclusão de curso no 8º período. 3- Mercado de trabalho Nos últimos quinze anos, o Brasil vem tomando a dianteira nas relações internacionais no âmbito latinoamericano e já é um dos protagonistas no jogo político externo. Com o papel de liderança regional, o país tem

2 Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica requisitado profissionais especializados e capazes de olhar criticamente a situação política do Mercosul e de outros pactos e acordos bi e multilaterais celebrados entre as nações. Confira a seguir o que você pode fazer nessa área. Agências governamentais/representação da Administração Pública no exterior o especialista tem a missão de assessorar e planejar ações para os governos federal, estadual e municipal. Você, basicamente, vai defender os interesses do poder público ao apresentar a cidade ou estado para investidores, com o intuito de trazer empreendimentos ou atrair capital para execução de projetos internos. Analista internacional Trabalhando para órgãos governamentais, empresas e ONGs, o profissional faz coleta de dados e elaboração de relatórios sobre o cenário externo. Uma atividade interessante é participar dos programas de cooperação com entidades internacionais, como a Unesco, a Unicef etc. Comércio exterior Essa é a área mais técnica de atuação do bacharel em Relações Internacionais. Aqui, é necessário analisar, estudar e enxergar oportunidades comerciais para o poder público ou empresas privadas. O objetivo é ajudar a incrementar a troca de bens e mercadorias nos fluxos de importação e exportação. No início de 2012, o Ministério do Comércio Exterior realizou concurso público para preenchimento do cargo de analista de comércio exterior, cujo salário inicial é de R$ ,00. No entanto, muita calma nessa hora: não se deixe levar pela quantidade de dígitos no contracheque porque tomar posse de um cargo desse nível exige muita preparação e domínio da matéria, sem falar, claro, que a concorrência costuma ser grande. Se você for um aluno aplicado ao longo dos quatro anos de curso, certamente enfrentará esse obstáculo sem traumas. Diplomacia O sonho de muitos formados em Relações Internacionais é ingressar no famoso Instituto Rio Branco, uma espécie de escola de diplomatas, pertencente ao Ministério das Relações Exteriores, que fica em Brasília. Em primeiro lugar, para ingressar no Rio Branco não é necessário ter formação exclusiva numa determinada área, pois hoje temos profissionais que são geógrafos, historiadores, economistas, médicos etc. Contudo, ter noções sólidas de Direito, Política, Sociologia, entre outras disciplinas obrigatórias no curso de Relações Internacionais, é mais do que importante. Mais uma vez, a língua estrangeira é um pré-requisito: ter a capacidade de dominar dois ou mais idiomas é algo extremamente necessário como ferramenta de trabalho. Mas, afinal, o que faz o diplomata? Ele essencialmente representa os interesses políticos, econômicos e comerciais do seu país nas embaixadas e consulados onde estiver, seja nos Estados Unidos ou no Uzbequistão. Em junho de 2012, antes da reunião entre chefes de Estado na Rio +20, diplomatas de várias nacionalidades sentaram para negociar o texto que pautou as discussões sobre meio ambiente e sustentabilidade. Viu como esse cara tem responsabilidades? Pois é, se você se identifica com esse perfil, prepare-se para estudar bastante e respirar a diplomacia sem deixar de lado, quando houver tempo, os momentos de lazer. Recomendamos entrar no site do Ministério das Relações Exteriores e fazer uma pesquisa sobre as formas de ingresso no Instituo Rio Branco, bem como as condições do respectivo concurso. Área acadêmica após os quatro anos de faculdade, você pode aprofundar seus estudos em determinado aspecto da ciência internacionalista nos cursos de pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado). O pósgraduado pode dar aulas na universidade, criar e coordenar grupos de pesquisa e também trabalhar para empresas ou poder público. 4- Instituições Aqui no Rio de Janeiro, as universidades públicas que oferecem Relações Internacionais, como você pode conferir no seu folder de boas-vindas, são a UFRJ (campus da Praia Vermelha, zona sul da cidade), a UFF (campus

3 Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica Gragoatá, em Niterói) e a Rural (campus Seropédica). Todas ocupam posição de destaque no estado, de modo que a aprovação para qualquer uma é um grande feito. Vale lembrar que a UFRJ oferece, desde 2010, o bacharelado em Defesa e Gestão Estratégica Internacional, focado nas questões ambientais globais e segurança. A UFF, por sua vez, apresenta duas habilitações: uma enfatiza os Estudos Estratégicos (é só lembrar do jogo War, ao qual nos referimos no início do texto) e a outra, o Comércio Exterior. O fluxograma que anexamos é comum para ambas as habilitações. O tópico não faria sentido se não citássemos a UnB (Universidade de Brasília), outra grande referência na área internacionalista e lugar certo de grandes professores e alunos capacitados para ocupar posições de destaque no mercado. A universidade, por enquanto, aceita o Enem apenas para vagas remanescentes, mas você pode se inscrever no vestibular tradicional. Há vagas reservadas pelo sistema de cotas. Procure no site da UnB alguma possibilidade de ajuda estudantil, como concessão de bolsa e alojamento. Voltando ao Rio, as particulares que também oferecem a graduação é a PUC (atenção para o ProUni!), a Cândido Mendes, ESPM, Ibmec, Estácio, UniverCidade e a Universidade Católica de Petrópolis. Reforçamos, novamente, a busca pela informação: entre no site das instituições e tire suas dúvidas! Referências Guia do Estudante Vestibular 2011: Profissões. Editora Abril, Site G1: Coseac/UFF - https://sistemas.uff.br/iduff/sid137avufd98/consultamatrizcurricular.uff UFRJ: Rural: UnB: A seguir veja o fluxograma da UFF.

4 Curso: RELAÇÕES INTERNACIONAIS Titulação: BACHAREL Habilitação: - Enfâse: - Linha de Formação: - Currículo: Versão: 1 Turno: Matutino (OB) Carga horária obrigatória: 2220 (O) Carga horária optativa: 300 (E) Carga horária obrigatória de escolha: 0 (ON) Carga horária optativa de ênfase: 0 (OL) Carga horária obrigatória livre: 0 (AC) Carga horária de atividade complementar: 300 Carga horária eletiva: 0 Carga horária total: 2820 TEMPO PARA INTEGRALIZAÇÃO EM SEMESTRES LETIVOS: PREVISTO - 8 MÁXIMO º período DEI00007 DEI00047 INTRODUCAO AS INTERNACIONAIS HISTÓRIA DAS GAP00112 ANTROPOLOGIA I OB 6 0 GCP00068 POLITICA I OB 6 0 GFL00024 INTRODUCAO A FILOSOFIA OB 6 0 SEN00076 TEORIA MACROECONOMICA I OB 6 0 2º período DEI00009 TEORIA DAS DEI00007 DEI00011 ECONOMIA POLICICA INTERNACIONAL OB 6 0 SEN00076 DEI00048 HISTÓRIA DAS RELAÇÕES I DEI00047 INTRODUCAO AS INTERNACIONAIS TEORIA MACROECONOMIC A I HISTÓRIA DAS GCP00069 POLITICA II OB 6 0 GCP00068 POLITICA I GHT00312 HISTORIA DO BRASIL III OB 6 0 SEN00083 FORMACAO ECONOMICA DO BRASIL OB 6 0 SEN00076 TEORIA MACROECONOMIC A I 1

5 3º período DEI00012 TEORIA DAS INTERNAICONAIS II DEI00009 DEI00013 POLITICA EXTERNA BRASILEIRA I OB 6 0 GHT00312 DEI00042 DEI00045 POLÍTICA INTERNACIONAL PÓS-GUERRA FRIA SOCIOLOGIA DAS RELAÇÕES TEORIA DAS HISTORIA DO BRASIL III GCP00070 POLITICA III OB 6 0 GCP00069 POLITICA II SEN00064 ECONOMIA BRASILEIRA OB 6 0 SEN º período FORMACAO ECONOMICA DO BRASIL DEI00010 DIREITO DAS OB 6 0 DEI00016 POLITICA EXTERNA BRASILEIRA II OB 6 0 DEI00013 DEI00043 DEI00046 TEORIA DAS RELAÇÕES II SOCIOLOGIA DAS RELAÇÕES I DEI00012 DEI00045 POLITICA EXTERNA TEORIA DAS INTERNAICONAIS SOCIOLOGIA DAS RELAÇÕES GCP00071 POLITICA IV OB 6 0 GCP00070 POLITICA III GET00169 ESTATÍSTICA BÁSICA PARA CIÊNCIAS HUMANAS I 5º período DEI00017 ORGANIZACOES INTERNACIONAIS OB 6 0 DEI00010 DEI00018 DEI00039 DEI00049 PROC. DE INTEGRACAO NA AMERICA DO SUL RELAÇÕES INTERNACIONAIS E GEOPOLÍTICA INTRODUCÃO AO COMERCIO INTERNACIONAL DEI00010 DIREITO DAS INTERNACIONAIS DIREITO DAS INTERNACIONAIS 2

6 GCP00134 PODER E DESENVOLVIMENTO NO BRASIL VII GET00047 LEVANTAMENTO ESTATISTICO OB 6 0 DEI00016 POLITICA EXTERNA 6º período DEI00001 ESTUDOS ESTRATEGICOS I OB 6 0 DEI00050 COMERCIO INTERNACIONAL I OB 6 0 DEI00049 INTRODUCÃO AO COMERCIO INTERNACIONAL GSO00154 METODOS E TECNICAS DE PESQUISA I OB º período DEI00002 ESTUDOS ESTRATEGICOS II OB 6 0 DEI00051 COMERCIO INTERNACIONAL II OB 6 0 DEI00050 GGZ00013 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM RELAÇÕES GSO00154 COMERCIO INTERNACIONAL I METODOS E TECNICAS DE PESQUISA I 180 8º período GGZ00014 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM RELAÇÕES I GGZ00013 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM RELAÇÕES 60 Não periodizada ( optativas e atividades complementares) DEI00003 RELAC.INTERNAC.E ESTRATEGICAS: BRASIL DEI00004 ESTUDOS DA DEFESA O 6 0 DEI00005 RELAC.INTERNAC. E ESTUDOS ESTRATEGICOS 3

7 DEI00006 DEI00015 DEI00024 DEI00025 TEORIA E ANALISE ESTUDOS ESTRATEGICOS ELEMENTOS DE ANAL. DE POL. INTERNACIONAL A AFRICA NAS REL. INTER. E ESTRATEGICAS A AMER. LATINA NAS REL INTER E ESTRATEG. DEI00026 A ASIA NAS REL. INTER. E O 6 0 DEI00027 A COMUN. EUROP. NAS REL INTER E ESTRATEG DEI00028 A IND DE DEF E O EST:CAPIT E PODER O 6 0 DEI00029 A INDUSTRIA DE DEFESA NO BRASIL O 6 0 DEI00030 DEFESA E SEGURANCA: AMERICA O 6 0 DEI00031 DEFESA E SEGURANCA: BRASIL O 6 0 DEI00032 DESENV. E DESIGUALDADE O 6 0 DEI00033 DEI00034 DEI00035 DEI00036 DEI00037 DEI00038 DEI00040 DEI00041 DEI00044 ECON. POLITICA DO CAPIT. CONTEMPORANEO O EXECUT. E A AVAL DE POL PUB DE DEF NAC O LEGISL E A AVAL DE POL PUB DE DEF NAC O ORIENTE MEDIO NAS REL INTER E ESTRAT OS ESTADOS UNIDOS NAS REL INTER E ESTRAT TÓPICOS ESPECIAIS EM RELAÇÕES TÓPICOS ESPECIAIS EM RELAÇÕES I TÓPICOS ESPECIAIS EM POLÍTICA EXTERNA I TÓPICOS ESPECIAIS EM POLÍTICA EXTERNA II GAP00146 ANTROPOLOGIA POLITICA I O 6 0 GAP00147 ANTROPOLOGIA DA SOCIEDADE BRASILEIRA GCP04025 O 6 0 GCP04026 I O 6 0 GCP04027 II O 6 0 GCP04047 V O 6 0 GCP04048 INTERNACIONAIS V O 6 0 GET00045 ANÁLISE DE REGRESSÃO O 6 0 GET00071 ANALISE DE SERIES TEMPORAIS 2 4

8 GGZ00012 ATIVIDADES COMPLEMENTARES AC 30 0 GHT00362 HISTORIA DA AMERICA II O 6 0 GHT00363 HISTORIA DA AMERICA III O 6 0 GHT00364 HISTORIA DO BRASIL II O 6 0 GLC00292 LIBRAS I O 3 0 SEN00103 FINANCAS INTERNACIONAIS O 6 0 SEN00111 ECONOMIA INTERNACIONAL O 6 0 SEN00112 SEN00113 SEN00145 SEN00146 TOP ESPEC EM ECONOMIA INTERNACIONAL I TOP ESPEC EM ECONOMIA INTERNACIONAL II TOPIC ESPEC EM COMERCIO INTERNACIONAL I TOPIC ESPEC EM COMERCIO INTERNACIONALII - 5

Nova Grade Curricular de Relações Internacionais. Primeiro Período. Introdução às Relações Internacionais História das Relações Internacionais I

Nova Grade Curricular de Relações Internacionais. Primeiro Período. Introdução às Relações Internacionais História das Relações Internacionais I Nova Grade Curricular de Primeiro Período Introdução às História das Política I Teoria Macroeconômica I Antropologia I Introdução à Filosofia Segundo Período História das I Economia Política História do

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 69/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em, Bacharelado, do Centro

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : RELAÇÕES INTERNACIONAIS. CRÉDITOS Obrigatórios: 136 Optativos: 24.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : RELAÇÕES INTERNACIONAIS. CRÉDITOS Obrigatórios: 136 Optativos: 24. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:29:12 Curso : RELAÇÕES

Leia mais

Carga Horária. Unidade Acadêmica. Prérequisito. Componentes Curriculares. 1º Período

Carga Horária. Unidade Acadêmica. Prérequisito. Componentes Curriculares. 1º Período Componentes Curriculares 1º Período T P Núcleo Categoria Introdução ao Estudo das Relações Internacionais - Específica Obrigatória - Introdução à Economia - Correlata Obrigatória - FADIR Instituições de

Leia mais

Pré-Vestibular Social LETRAS

Pré-Vestibular Social LETRAS Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica LETRAS Quando chegamos ao momento de escolher uma faculdade, começam a pintar diversas dúvidas, por exemplo, se vamos nos sair bem na carreira

Leia mais

Pré-Vestibular Social ECONOMIA

Pré-Vestibular Social ECONOMIA Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica ECONOMIA Com certeza você já ouviu falar da taxa Selic, IGP-M, inflação, taxa referencial, PIB e de outros indicadores econômicos, mas nunca

Leia mais

Curso de Graduação Bacharelado em Relações Internacionais

Curso de Graduação Bacharelado em Relações Internacionais Bacharelado em 1º PERÍODO 2015-I GRI 006 Geografia Política e GRI 004 Evolução das Idéias Sociais GRI 003 Instituições de GRI 002 Introdução à GRI 001 Introdução ao Estudo das GRI 005 Ciência Política

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ADMINISTRAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 176 Optativos: 24. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ADMINISTRAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 176 Optativos: 24. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:12:25 Curso : ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - UFF

MATRIZ CURRICULAR - UFF Curso: DIREITO (VOLTA REDONDA) Titulação: BACHAREL Habilitação: - Enfâse: - Linha de Formação: - Currículo: 90.01.001 Versão: 1 Turno: Integral (OB) Carga horária obrigatória: 3240 (O) Carga horária optativa:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - UFF

MATRIZ CURRICULAR - UFF Curso: FILOSOFIA Titulação: LICENCIADO Habilitação: - Enfâse: - Linha de Formação: - Currículo: 58.02.001 Versão: 4 Turno: Matutino (OB) Carga horária obrigatória: 1790 (O) Carga horária optativa: 930

Leia mais

6.1 Matriz Curricular Ciências Econômicas (turno noturno)

6.1 Matriz Curricular Ciências Econômicas (turno noturno) 6.1 Matriz Curricular Ciências Econômicas (turno noturno) Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana Pró-Reitoria de Graduação (ESTRUTURA CURRICULAR 2010-2011) MATRIZ CURRICULAR

Leia mais

4 - Seu Curso. 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso. 4.1.1 - Objetivos. 4.1.2 - Perfil do Egresso. 4.1.3 - Estrutura Curricular

4 - Seu Curso. 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso. 4.1.1 - Objetivos. 4.1.2 - Perfil do Egresso. 4.1.3 - Estrutura Curricular 4 - Seu Curso 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso 4.1.1 - Objetivos O Curso de Bacharelado em Relações Internacionais, oferecido pelo IEUFU, tem como objetivo a formação de profissionais capazes

Leia mais

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo?

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo? Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica Ela faz cinema Ela faz cinema Ela é demais (Chico Buarque) CINEMA Chegou o momento de escolher um curso. Diante de tantas carreiras e faculdades

Leia mais

DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS

DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO ESTUDO DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS 7.PROJETO PEDAGÓGICO 1º SEMESTRE DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ECONOMIA EMENTA: Conceitos Fundamentais; Principais Escolas do Pensamento; Sistema Econômico; Noções de Microeconomia; Noções de Macroeconomia;

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Reconhecido pela Portaria nº 706 de 18/12/2013 D.O.U. 19/12/13 Base Curricular do Curso de Ciências Contábeis

Leia mais

Pré-Vestibular Social PSICOLOGIA

Pré-Vestibular Social PSICOLOGIA PSICOLOGIA Quem nunca pensou em procurar ajuda de um psicólogo naqueles momentos mais difíceis? Ele com certeza é nossa principal referência nessas horas, pois é o profissional que cuida da nossa mente,

Leia mais

CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL. Missão

CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL. Missão CURSO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL Missão Formar profissionais de visão crítica e com conhecimentos e habilidades relativas às atividades comerciais, dotados de base para a atualização

Leia mais

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO CURSO: RELAÇÕES INTERNACIONAIS Missão A principal missão do Curso de Relações Internacionais é formar, a partir de pesquisa e desenvolvimento pedagógico próprios, mediante

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª FACULDADE MORAES JÚNIOR DAS DISCIPLINAS POR CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Duração do Curso: 4 anos. Total de 3.200 horas-aula CIÊNCIAS CONTÁBEIS SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª Contabilidade e Análise

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Março 2012 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS.

PÓS-GRADUAÇÃO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Março 2012 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. PÓS-GRADUAÇÃO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Março 2012 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400 Segunda

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº09/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Administração do Centro de

Leia mais

Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Publicidade e Propaganda

Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Publicidade e Propaganda Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Publicidade e Propaganda Disciplinas Optativas Publicidade Carga horária total

Leia mais

Coordenação Professor Francisco Ricardo Duarte (Portaria nº 712, de 08 de agosto de 2012)

Coordenação Professor Francisco Ricardo Duarte (Portaria nº 712, de 08 de agosto de 2012) SOBRE O CURSO: Universide Federal do Vale do São Francisco Univasf O Curso vem ao encontro s necessides s organizações públicas contemporâneas, que buscam gestores com visão holística s ações administrativas

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - UFF

MATRIZ CURRICULAR - UFF Curso: CIÊNCIAS (VOLTA REDONDA) Titulação: BACHAREL Habilitação: - Enfâse: - Linha de Formação: - Currículo: 75.01.001 Versão: 2 Turno: Matutino / (OB) Carga horária obrigatória: 2640 (O) Carga horária

Leia mais

Relações Internacionais

Relações Internacionais Curso de Graduação Bacharelado em Relações Internacionais O curso de Relações Internacionais está enquadrado no campo da ciência Humana e social, onde estuda-se em profundidade as políticas Internacionais

Leia mais

Manual. Por: PET ADM UFMG. Um guia para conhecer melhor a faculdade

Manual. Por: PET ADM UFMG. Um guia para conhecer melhor a faculdade Manual Do Calouro Por: PET ADM UFMG Um guia para conhecer melhor a faculdade índice PET ADM UFMG Capítulo 1 O curso de Administração Capítulo 2 Oportunidades UFMG Capítulo 3 - Espaços mais importantes

Leia mais

CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Coordenador do Curso: Prof. Dirceu Tavares de Carvalho Lima Filho IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1.

Leia mais

Curso de Políticas Públicas (Bacharelado) Noturno

Curso de Políticas Públicas (Bacharelado) Noturno Curso de Políticas Públicas (Bacharelado) Noturno 1 Enquadramento Institucional Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) Curso aprovado dentro do REUNI/MEC

Leia mais

Informações sobre o Curso de Administração

Informações sobre o Curso de Administração Objetivo Geral do Curso: Informações sobre o Curso de Administração Prover a sociedade de profissional dotado de senso crítico e comportamento ético-profissional qualificado. Um Administrador criativo,

Leia mais

31956 Monografia II 31926

31956 Monografia II 31926 Currículo Novo 2006/01 Duração: 182 créditos 2.730h, acrescidas de 270h de atividades complementares, totalizando 3.000h 31544 Teoria das Organizações I - 31554 Matemática I - 31564 Teoria das Organizações

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

Disciplinas Optativas Jornalismo

Disciplinas Optativas Jornalismo Universidade Federal Fluminense IACS - Instituto de Arte e Comunicação Social Departamento de Comunicação Social Curso de Jornalismo Disciplinas Optativas Jornalismo Carga horária total de optativas: 930

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social O Projeto pedagógico do Curso de Serviço Social do Pólo Universitário de Rio das Ostras sua direção social, seus objetivos, suas diretrizes, princípios,

Leia mais

Composição Curricular

Composição Curricular SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 6/2011 Altera a Resolução nº. 6/2009 do CONSEPE que aprova o Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 36 / 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Línguas Estrangeiras

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 18/2006 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Ciências Sociais, Bacharelado,

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO CURSO: TURISMO ( bacharelado) Missão Formar profissionais humanistas, críticos, reflexivos, capacitados para planejar, empreender e gerir empresas turísticas, adaptando-se ao

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR ESTRUTURA CURRICULAR Referência: 2015 Curso: Bacharelado em Relações Internacionais DURAÇÃO IDEAL: 08 SEMESTRES 1 o semestre Aula Trabalho Semestral Anual DFD0125 Instituições de Direito EAE0110 Fundamentos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE: RESOLUÇÃO Nº /00-CEPE 1 Fixa o Currículo Pleno do Curso de Comunicação Social, Habilitações em Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda, do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. O,

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - UFF

MATRIZ CURRICULAR - UFF Curso: ADMINISTRAÇÃO(VOLTA REDONDA) Titulação: BACHAREL Habilitação: - Enfâse: - Linha de Formação: - Currículo: 53.01.001 Versão: 2 Turno: Integral / (OB) Carga horária obrigatória: 2490 (O) Carga horária

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS, BACHARELADO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NÃO OBRIGATÓRIO Das disposições gerais O presente documento

Leia mais

FACULDADE STELLA MARIS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO PRESENCIAL Estrutura Curricular (Janeiro 2010)

FACULDADE STELLA MARIS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO PRESENCIAL Estrutura Curricular (Janeiro 2010) FACULDADE STELLA MARIS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO PRESENCIAL Estrutura Curricular (Janeiro 2010) MÓDULO: COMUNICAÇÃO E GERÊNCIA EMPRESARIAL 1.º Período DC0130 Teoria Geral da Administração 60 -

Leia mais

Currículo do Curso de Comunicação Social - Jornalismo

Currículo do Curso de Comunicação Social - Jornalismo Currículo do Curso de Comunicação Social - Jornalismo Bacharelado ATUAÇÃO O jornalista é um profissional com qualificação técnica e embasamento humanístico para produção, tratamento e gerenciamento dos

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 72/2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Sistemas de Informação, modalidade

Leia mais

O estudante de Pedagogia deve gostar muito de ler e possuir boa capacidade de concentração porque receberá muitos textos teóricos para estudar.

O estudante de Pedagogia deve gostar muito de ler e possuir boa capacidade de concentração porque receberá muitos textos teóricos para estudar. PEDAGOGIA Você já deve ter ouvido alguém falar que o nível educacional de um povo é muito importante para o seu desenvolvimento e que a educação faz muita diferença na vida das pessoas, não é mesmo? Por

Leia mais

MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL

MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL MBA EXECUTIVO ESTRATÉGIA, LIDERANÇA E INOVAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400

Leia mais

COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO. COORDENADOR Ricardo Duarte Gomes da Silva rduarte@ufv.br

COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO. COORDENADOR Ricardo Duarte Gomes da Silva rduarte@ufv.br COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO COORDENADOR Ricardo Duarte Gomes da Silva rduarte@ufv.br 288 Currículos dos Cursos do CCH UFV Bacharelado ATUAÇÃO O jornalista é um profissional com qualificação técnica

Leia mais

Curso de Graduação em Relações Internacionais

Curso de Graduação em Relações Internacionais Curso de Graduação em Relações Internacionais Curriculo a ser cumprido pelos alunos de 2009/1 a 9999/9 IFCS / NEPP-DH / FD / IE / Localização: Código: 7201010000 NEI / FL Durações Prazo máximo de integralização

Leia mais

Perguntas frequentes sobre Intercâmbio - Alunos de Graduação da FSP-USP. Tópicos Abordados

Perguntas frequentes sobre Intercâmbio - Alunos de Graduação da FSP-USP. Tópicos Abordados 1 Este FAQ visa esclarecer algumas dúvidas comuns entre os alunos de graduação da FSP-USP. Deve-se levar em conta que todo o processo de intercâmbio será adequado ao caso concreto, sendo que certos passos

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV DIREITO. COORDENADOR Fernando Laércio Alves da Silva fernando.laercio@ufv.br

Currículos dos Cursos UFV DIREITO. COORDENADOR Fernando Laércio Alves da Silva fernando.laercio@ufv.br 128 Currículos dos Cursos UFV DIREITO COORDENADOR Fernando Laércio Alves da Silva fernando.laercio@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 129 Bacharelado ATUAÇÃO O Bacharel em Direito formado por este curso

Leia mais

I Seminário Integrador do Curso de Administração

I Seminário Integrador do Curso de Administração I Seminário Integrador do Curso de Administração! Coordenador: Prof.,MSc.,Mário,Mendonça mariomacneto@gmail.com, Vice9Coordenador: Prof.,MSc.,Robson,Materko robsonmaterko@yahoo.com.br, Telefone:,(96),331291763

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE DESENVOLVIMENTO RURAL E SEGURANÇA ALIMENTAR

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE DESENVOLVIMENTO RURAL E SEGURANÇA ALIMENTAR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE DESENVOLVIMENTO RURAL E SEGURANÇA ALIMENTAR CÓDIGOS SIGAA COMPONENTES

Leia mais

CALENDÁRIO DE EXAMES DA ÉPOCA ESPECIAL 2006/2007 (De 10 de Setembro a 19 de Setembro de 2007) Licenciatura em ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

CALENDÁRIO DE EXAMES DA ÉPOCA ESPECIAL 2006/2007 (De 10 de Setembro a 19 de Setembro de 2007) Licenciatura em ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Licenciatura em Administração Pública Licenciatura em ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DATA 1º ANO Hora 2º ANO Hora 3º ANO Hora 4º ANO Hora Seg. 10/09 Direito Administrativo I Gestão Financeira Gestão Financeira

Leia mais

LICENCIATURA EM HISTÓRIA. fgv.br/vestibular

LICENCIATURA EM HISTÓRIA. fgv.br/vestibular LICENCIATURA EM HISTÓRIA fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados em Administração

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados em Administração

Leia mais

CÓD. 104 - CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 42

CÓD. 104 - CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 42 Aprovado no CONGRAD: 15.09.09 Vigência: 2010/1, com efeito retroativo para os ingressos a partir 2009/1 104 - CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 42 ÁREAS DE FORMAÇÃO I - CONTEÚDOS

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICA E RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS

PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICA E RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICA E RELAÇÕES GOVERNAMENTAIS Parceria: Ingresso Agosto 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Pós-Graduação em Política e Relações Governamentais O programa objetiva

Leia mais

Bacharelado em Serviço Social

Bacharelado em Serviço Social Informações gerais: Bacharelado em Serviço Social Duração do curso: 04 anos (08 semestres) Horário: Vespertino e Noturno Número de vagas: 300 vagas anuais Coordenador do Curso: Profª Ms. Eniziê Paiva Weyne

Leia mais

GESTÃO DO AGRONEGÓCIO. COORDENADORA Viviane Silva Lírio vslirio@ufv.br

GESTÃO DO AGRONEGÓCIO. COORDENADORA Viviane Silva Lírio vslirio@ufv.br GESTÃO DO AGRONEGÓCIO COORDENADORA Viviane Silva Lírio vslirio@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 93 Currículo do Curso de Gestão do Bacharelado ATUAÇÃO O Gestor do será capacitado, ao longo de sua

Leia mais

Curso de Graduação em Administração

Curso de Graduação em Administração Curso de Graduação em Administração O curso de Administração da ESPM forma excelentes profissionais há mais de uma década. Iniciado em 1990, formou sua primeira turma em 1994, quando o curso tinha cinco

Leia mais

CRIAÇÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO

CRIAÇÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A B A H I A P r ó - R e i t o r i a d e E n s i n o d e G r a d u a ç ã o Palácio da Reitoria - Rua Augusto Viana s/n - Canela - 40.110-060 - Salvador Bahia E-mails:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2015 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

Clipping IFRJ Setembro de 2012

Clipping IFRJ Setembro de 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Instituto Federal Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Assessoria de Comunicação Clipping IFRJ Setembro de 2012 11/09

Leia mais

GRADE CURRICULAR. SLAD101 Fundamentos de Ciência Política 4 60 -- CCAUX. SLAD102 Fundamentos de Economia 4 60 -- CCAUX

GRADE CURRICULAR. SLAD101 Fundamentos de Ciência Política 4 60 -- CCAUX. SLAD102 Fundamentos de Economia 4 60 -- CCAUX GRADE CURRICULAR 1º Semestre SL0001 Introdução ao Estu das Relações Internacionais SLAD101 Fundamentos de Ciência Política SL0002 História Econômica, Política e Social Geral SLAD102 Fundamentos de Economia

Leia mais

Guia de Orientação ao Aluno

Guia de Orientação ao Aluno Guia de Orientação ao Aluno Curso de Ciência da Computação Universidade Federal de Pelotas Centro de Desenvolvimento Tecnológico Março de 2012 1. Palavras iniciais Este Guia de Orientação serve para orientar

Leia mais

SECRETARIADO EXECUTIVO TRILÍNGÜE, PORTUGUÊS, FRANCÊS E INGLÊS. COORDENADORA Ana Carolina Gonçalves Reis carolinareis@ufv.br

SECRETARIADO EXECUTIVO TRILÍNGÜE, PORTUGUÊS, FRANCÊS E INGLÊS. COORDENADORA Ana Carolina Gonçalves Reis carolinareis@ufv.br SECRETARIADO EXECUTIVO TRILÍNGÜE, PORTUGUÊS, FRANCÊS E INGLÊS COORDENADORA Ana Carolina Gonçalves Reis carolinareis@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 375 Bacharelado ATUAÇÃO O curso de Secretariado

Leia mais

Pré-Vestibular Social COMUNICAÇÃO SOCIAL

Pré-Vestibular Social COMUNICAÇÃO SOCIAL Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica COMUNICAÇÃO SOCIAL Já assistiu a obra Todos os Homens do Presidente? Pretende ser um profissional de comunicação? Então assista. Sairá convencido

Leia mais

Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU

Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU O ENEM Criado em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da escolaridade básica. Podem

Leia mais

PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2. Noturno

PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2. Noturno PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2 DENOMINAÇÃO: PORTARIA DE AUTORIZAÇÃO: PORTARIA DE RECONHECIMENTO: REGIME ESCOLAR: NÚMERO DE VAGAS ANUAIS: TURNOS DE FUNCIONAMENTO: NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA:

Leia mais

CURSO DE DIPLOMACIA DE DEFESA - CDIPLOD

CURSO DE DIPLOMACIA DE DEFESA - CDIPLOD CURSO DE DIPLOMACIA DE DEFESA - CDIPLOD Duração: 16 semanas 1. OBJETIVO GERAL - Capacitar profissionais das Forças Armadas e servidores do Ministério da Defesa a atuarem nas diversas atividades relacionadas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI APROVA A ALTERAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR E ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM MARKETING E O REGULAMENTO

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO nº 026 / 94 Aprova o Regulamento Específico do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis em Nível de Mestrado, com área de Concentração em Contabilidade Financeira, Contabilidade Gerencial

Leia mais

ANEXO I MATRIZ CURRICULAR. Currículo do Curso de História

ANEXO I MATRIZ CURRICULAR. Currículo do Curso de História ANEXO I MATRIZ CURRICULAR Currículo do Curso de Bacharelado ATUAÇÃO O historiador formado na UFV poderá atuar em instituições de preservação, divulgação e estudo da memória histórica, como arquivos, museus,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 OBJETIVOS DO CURSO OBJETIVO GERAL

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 OBJETIVOS DO CURSO OBJETIVO GERAL SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: DIREITO MISSÃO DO CURSO Desenvolver um ensino que propicie sólida formação ao aluno, constante aprimoramento docente e atualização curricular periódica.

Leia mais

Política de Bolsas e Financiamentos

Política de Bolsas e Financiamentos Política de Bolsas e Financiamentos Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que

Leia mais

UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO

UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO TÍTULO I - APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA... 1 TÍTULO II - DOS OBJETIVOS...

Leia mais

Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus I Curso de Graduação em Serviço Social COMPOSIÇÃO CURRICULAR de Anual para Semestral

Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus I Curso de Graduação em Serviço Social COMPOSIÇÃO CURRICULAR de Anual para Semestral TURNO DIURNO I - SEMESTRE Psicologia Aplicada ao Servico Social I 60 Economia Politica I 60 Metodologia Cientifica 60 Filosofia I 60 Teoria Sociologica I 60 Fundam.Historico-teorico-metod.do Serv.Soc.I

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - UFF

MATRIZ CURRICULAR - UFF Curso: FILOSOFIA Titulação: BACHAREL Habilitação: - Enfâse: - Linha de Formação: - Currículo: 58.01.001 Versão: 3 Turno: Matutino (OB) Carga horária obrigatória: 1180 (O) Carga horária optativa: 900 (E)

Leia mais

Prepare-se para Faculdade. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios

Prepare-se para Faculdade. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Prepare-se para Faculdade Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Sucesso $$$ sonho habilidade Passos para Faculdade 1- Conhecer você mesmo. 2- Características da faculdade.

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002 Aprova a estrutura do currículo pleno do Curso de Administração (ênfase em Gerenciamento Empresarial). O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº ECA-784/02,

Leia mais

Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade

Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade Vestibular 2014 NÚMEROS DA UNESP Cidades: 24 Unidades: 34 Unidades Complementares: 7 Colégios Técnicos: 3 Carreiras: 69 CURSOS

Leia mais

Curso de Pedagogia Portaria de Autorização ME nº 2415, de 14 de Setembro de 2001- Reconhecimento -Portaria ME. 58/2007. INÍCIO-01/08/2006 1º Semestre

Curso de Pedagogia Portaria de Autorização ME nº 2415, de 14 de Setembro de 2001- Reconhecimento -Portaria ME. 58/2007. INÍCIO-01/08/2006 1º Semestre Inciso II Programa de cada curso oferecido e demais componentes curriculares, sua duração, requisitos e critérios de Avaliação: Instituto Educacional do Estado de São Paulo Autorização de Credenciamento:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura

Leia mais

Crédito Estudantil Ibmec

Crédito Estudantil Ibmec Crédito Estudantil Ibmec Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que ter uma

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

GRADUAÇÃO HOTELARIA BACHARELADO. NOTA MÁXIMA NO MEC Ministério da Educação

GRADUAÇÃO HOTELARIA BACHARELADO. NOTA MÁXIMA NO MEC Ministério da Educação NOTA MÁXIMA NO MEC Ministério da Educação TITULAÇÃO: Bacharel em Hotelaria CARGA HORÁRIA: 3.104 horas DURAÇÃO: 2 anos DIFERENCIAL 2 ANOS A Castelli ESH propõe-se a ofertar o Curso de Graduação em Hotelaria,

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

PEDAGOGIA. COORDENADOR José Henrique de Oliveira jenrique@ufv.br

PEDAGOGIA. COORDENADOR José Henrique de Oliveira jenrique@ufv.br PEDAGOGIA COORDENADOR José Henrique de Oliveira jenrique@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 369 Licenciatura ATUAÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), aprovadas em 2006 pelo

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCH UFV DIREITO. COORDENADOR Gabriel Pires gabriel@ufv.br

Currículos dos Cursos do CCH UFV DIREITO. COORDENADOR Gabriel Pires gabriel@ufv.br 364 DIREITO COORDENADOR Gabriel Pires gabriel@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 365 Bacharelado ATUAÇÃO O Bacharel em Direito formado por este curso é um profissional com conhecimentos gerais nas diversas

Leia mais

[ OBJETIVOS ESPECÍFICOS

[ OBJETIVOS ESPECÍFICOS [ [ OBJETIVOS ESPECÍFICOS Promover formação geral e ampla com conhecimentos sobre economia nacional e internacional, sobre tradições, costumes e culturas dos diferentes países do mundo, legislação internacional

Leia mais

QUESTIONÁRIO INSTITUIÇÃO NOME CARGO / FUNÇÃO

QUESTIONÁRIO INSTITUIÇÃO NOME CARGO / FUNÇÃO QUESTIONÁRIO Prezado (a) participante do Seminário Internacionalização: Desafio para a Universidade, pedimos a gentileza de o (a) senhor (a) responder as questões a seguir. O propósito deste questionário

Leia mais

Conteúdo. Community College Perguntas e Respostas Página 1

Conteúdo. Community College Perguntas e Respostas Página 1 Conteúdo A educação superior nos Estados Unidos... 2 O que é um Community College?... 2 O que é considerado uma instituição de educação superior?... 2 O que quer dizer ser credenciada regionalmente?...

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 90/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Relações Públicas, Bacharelado,

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE ANO II Nº 003 Editado pela Secretaria Geral das FIPAR Faculdades Integradas de Paranaíba FIPAR Paranaíba, 08 de agosto de 2008. AVISO DE PUBLICAÇÃO E ADEQUAÇÃO DE MATRIZ

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - UFF

MATRIZ CURRICULAR - UFF Curso: ( VOLTA REDONDA) Titulação: BACHAREL Habilitação: FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO Enfâse: - Linha de Formação: - Currículo: 91.01.001 Versão: 1 Turno: Integral (OB) Carga horária obrigatória: 3580 (O) Carga

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. 3º As características específicas das ênfases somente constarão no histórico escolar do discente.

R E S O L U Ç Ã O. 3º As características específicas das ênfases somente constarão no histórico escolar do discente. RESOLUÇÃO CSA N.º 10/2011 APROVA A MATRIZ CURRICULAR 2012 DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, BACHARELADO, COM ÊNFASE EM MARKETING E NEGÓCIOS INTERNACIONAIS, DA. O Presidente do Conselho Superior de Administração

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2014 383 COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO. COORDENADORA Mariana Lopes Bretas marianabretas@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2014 383 COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO. COORDENADORA Mariana Lopes Bretas marianabretas@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 383 COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO COORDENADORA Mariana Lopes Bretas marianabretas@ufv.br 384 Currículos dos Cursos do CCH UFV Bacharelado ATUAÇÃO O jornalista é um profissional

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO O Curso de Secretariado Executivo das Faculdades Integradas de Ciências Exatas Administrativas e Sociais da UPIS, reconhecido pelo MEC desde 1993, pela Portaria 905, de 24.06,1993,

Leia mais