ORÇAMENTO ESTIMATIVO DETALHADO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORÇAMENTO ESTIMATIVO DETALHADO"

Transcrição

1 ORÇAMENTO ESTIMATIVO DETALHADO ITEM ATIVIDADES UNIDADE QUANTIDADE PREÇO UNITÁRIO PREÇO TOTAL OBSERVAÇÕES 4.1 SERVIÇOS DE LEVANTAMENTO PLANIALTIMÉTRICO LOCAÇÃO DE EQUIPE DE TOPOGRAFIA PARA EXECUÇÃO DE LEVANTAMENTOS COMPLEMENTARES (incluindo os equipamentos, viatura e 03 auxiliares) (SERVIÇOS EM CAMPO) dia 15,00 R$ 1.541,66 R$ ,90 Considerado regime de trabalho de 44 horas semanais dando 8,80 horas/dia útil de MAO-DE-OBRA DE TOPOGRAFO hora 8,80 R$ 13,88 R$ 122,14 trabalho MAO-DE-OBRA DE AUXILIAR DE TOPOGRAFICO (3 auxiliares) hora 26,40 R$ 10,43 R$ 275,35 Considerado trabalho apenas de campo (3 auxiliares) Para cada hora trabalhada da equipe, foi considerada 0,3 horas de trabalho do MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR hora 2,64 R$ 224,33 R$ 592,23 engenheiro responsável MAO-DE-OBRA DE SERVENTE hora 17,60 R$ 11,33 R$ 199,41 Transformado aluguel mensal para diária -> 1 mês = 22 dias úteis -> 1 dia = 1/22 =0, ALUGUEL DE ESTACAO TOTAL E-3 PRECISAO ANGULR 3" mês 0,045 R$ 1.950,00 R$ 88,64 mês NIVEL WILD-NA-Z hora 8,80 R$ 0,23 R$ 2, VEÍCULO DE PASSEIO, 5 PASSAGEIROS, MOTOR BICOMBUSTÍVEL (GASOLINA E ÁLCOOL) DE 1,6 LITROS, INCLUSIVE MOTORISTA E COMBUSTÍVEL mês 0,05 R$ 5.760,91 R$ 261,86 Transformado aluguel mensal por dia = 1/22 = 0, RELATÓRIO DO LEVANTAMENTO PLANIALTIMÉTRICO apontando eventuais divergências em relação ao levantamento fornecido pelo BNDES e ratificando elementos não divergentes (SERVIÇOS EM ESCRITÓRIO) unidade 1,00 R$ 5.791,72 R$ 5.791, MAO-DE-OBRA DE TOPOGRAFO hora 26,40 R$ 13,88 R$ 366, MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR hora 17,60 R$ 224,33 R$ 3.948, MÃO DE OBRA DE DESENHISTA PROJETISTA hora 44,00 R$ 33,57 R$ 1.477,08 - TAXA DE BDI SOBRE OS ITENS e ,56% R$ 6.523,59 R$ , INVESTIGAÇÕES DE CAMPO (SONDAGENS) MOBILIZAÇÃO E INSTALAÇÃO DE EQUIPE, EQUIPAMENTOS E MATERIAIS unidade 1,00 R$ ,89 R$ ,89 50% DO SOMATÁORIO DOS ITENS /3-1 A / DESMOBILIZAÇÃO DE EQUIPE, EQUIPAMENTOS E MATERIAIS unidade 1,00 R$ ,89 R$ ,89 50% DO SOMATÁORIO DOS ITENS /3-1 A /3-19 DOS ITENS E /3-1 MOBILIZACAO E DESMOBILIZACAO DE EQUIPAMENTO E EQUIPE DE SONDAGEM E PERFURACAO A PERCUSSAO,COM TRANSPORTE DE 101 A 200KM (2 EQUIPAMENTOS) unidade 2,00 R$ 4.751,97 R$ 9.503,94 Considerado 2 equipamentos de sondagem a percução ou mista em solo /3-2 MOBILIZACAO E DESMOBILIZACAO DE EQUIPAMENTO E EQUIPE DE SONDAGEM E PERFURACAO ROTATIVA,COM TRANSPORTE DE 101 A 200KM unidade 2,00 R$ 7.550,85 R$ ,70 Considerado 2 equipamentos de sondagem rotativa /3-3 TRANSPORTE DE CONTAINER,SEGUNDO DESCRICAO DA FAMILIA ,EXCLUSIVE CARGA E DESCARGA(VIDE ITEM ) - (01 unidade x 100 Km) unidadexkm 100,00 R$ 16,26 R$ 1.626, /3-4 CARGA E DESCARGA DE CONTAINER,SEGUNDO DESCRICAO DA FAMILIA unidade 2,00 R$ 46,44 R$ 92, /3-5 ALUGUEL CONTAINER TIPO ESCRITORIO C/WC,MEDINDO 2,20M LARGURA,6,20M COMPRIMENTO E 2,50M ALTURA,CHAPAS ACO C/NERVURAS TRAPEZOIDAIS,ISOLAMENTO TERMO-ACUSTICO FORRO,CHASSIS REFORCADO EPISO COMPENSADO NAVAL,INCL.INST.ELETRICA E HIDRO- SANITARIAS,ACESSORIOS,1 VASO SANITARIO E 1 LAVATORIO,EXCL.TRANSP.(VIDEITEM ),CARGA E DESCARGA(VIDE ITEM ) unidadexmês 4,00 R$ 752,97 R$ 3.011, /3-6 ALUGUEL DE TORRE-ANDAIME TUBULAR SOBRE RODIZIOS,EXCLUSIVE ALUGUEL DOS RODIZIOS,TRANSPORTE DOS ELEMENTOS DA TORRE,PLATAFORMA OU PASSARELA DE PINHO,MONTAGEM E DESMONTAGEM Estão previstas 4 plataformas ( uma para cada equipamento de sondagem) - cada mxmês 96,00 R$ 8,00 R$ 768,00 plataforma tendo 6 metros lineares -> 6 x 4 = 24 metros de andaime x 4 meses =96 metros

2 /3-7 TRANSPORTE DE ANDAIME TUBULAR,CONSIDERANDO-SE A AREA DE PROJECAO VERTICAL DO ANDAIME,EXCLUSIVE CARGA,DESCARGA E TEMPO DEESPERA DO CAMINHAO(VIDE ITEM ) - (96m2 x 100km = 9600 m2xkm) m2xkm 9.600,00 R$ 0,08 R$ 768, /3-8 CARGA E DESCARGA MANUAL DE ANDAIME TUBULAR,INCLUSIVE TEMPO DE ESPERA DO CAMINHAO,CONSIDERANDO-SE A AREA DE PROJECAO VERTICAL m2 96,00 R$ 0,49 R$ 47, /3-9 INSTALACAO E LIGACAO PROVISORIA PARA ABASTECIMENTO DE AGUA E ESGOTAMENTO SANITARIO EM CANTEIRO DE OBRAS,INCLUSIVE ESCAVACAO,EXCLUSIVE REPOSICAO DA PAVIMENTACAO DO LOGRADOURO PUBLICO unidade 1,00 R$ 2.228,52 R$ 2.228, /3-10 INSTALACAO E LIGACAO PROVISORIA DE ALIMENTACAO DE ENERGIA ELETRICA,EM BAIXA TENSAO,PARA CANTEIRO DE OBRAS,M3-CHAVE 100A,CARGA 3KW,20CV,EXCLUSIVE O FORNECIMENTO DO MEDIDOR. unidade 1,00 R$ 1.115,21 R$ 1.115, /3-11 PLACA DE IDENTIFICACAO DE OBRA PUBLICA,INCLUSIVE PINTURA E SUPORTES DE MADEIRA.FORNECIMENTO E COLOCACAO m2 3,00 R$ 238,95 R$ 716, /3-12 CAIXA D'AGUA DE FIBRA DE VIDRO OU POLIETILENO, COM CAPACIDADE DE 1000 LITROS unidade 2,00 R$ 184,00 R$ 368, / / / /3-16 PLATAFORMA OU PASSARELA DE MADEIRA DE 1ª,CONSIDERANDO-SE APROVEITAMENTO DA MADEIRA 20 VEZES,EXCLUSIVE ANDAIME OU TRANSPORTE E MOVIMENTACAO (VIDE ITEM ) TRANSPORTE DE CARGA DE QUALQUER NATUREZA,EXCLUSIVE AS DESPESAS DE CARGA E DESCARGA,TANTO DE ESPERA DO CAMINHAO COMO DO SERVENTE OU EQUIPAMENTO AUXILIAR,A VELOCIDADE MEDIA DE 20KM/H,EM CAMINHAO BASCULANTE A OLEO DIESEL,COM CAPACIDADE UTIL DE 8T CARGA E DESCARGA MANUAL DE MATERIAL QUE EXIJA O CONCURSO DEMAIS DE UM SERVENTE PARA CADA PECA:VERGALHOES,VIGAS DE MADEIRA,CAIXAS E MEIOS-FIOS,EM CAMINHAO DE CARROCERIA FIXA A OLEODIESEL,COM CAPACIDADE UTIL DE 7,5T,INCLUSIVE O TEMPO DE CARGA,DESCARGA E MANOBRA CARGA MANUAL E DESCARGA MECANICA DE MATERIAL A GRANEL(AGREGADOS,PEDRA-DE-MAO,PARALELOS,TERRA E ESCOMBROS),COMPREENDENDOOS TEMPOS PARA CARGA,DESCARGA E MANOBRAS DO CAMINHAO BASCULANTE A OLEO DIESEL,COM CAPACIDADE UTIL DE 8T,EMPREGANDO 4 SERVENTES NA CARGA m2 96,00 R$ 1,68 R$ 161,28 20 furos com área de preparo de 5 m2 x 0,30 m de material => 30m3 de material x 1,8 TxKm 3.000,00 R$ 1,07 R$ 3.210,00 T/m3 = 54 T (solo+vegetação rasteira) + 6 Toneladas referente a itens diversos tais como madeira, caixa dágua e etc... totalizando 60 T x 50km = TxKm 6 Toneladas de materiais diversos para instalação de canteiro e das plataformas de T 6,00 R$ 58,79 R$ 352,74 sondagem 20 furos x área de 5 m2 x 0,30 m de camada de T 54,00 R$ 15,30 R$ 826,20 material => 30 m3 de materia x 1,8 T/m3 = 54 T /3-17 BOMBA HIDRAULICA CENTRIFUGA, COM MOTOR ELETRICO, DE 01,5CV-110/220V unidade 1,00 R$ 736,00 R$ 736,00 Veículo para transporte de amostras, equipamentos de menor porte e ferramentas /3-18 CAMIONETA TIPO PICK UP, COM CABINE SIMPLES E CAÇAMBA TIPO LEVE, MOTOR BICOMBUSTÍVEL INCLUSIVE MOTORISTA E COMBUSTÍVEL mês 3,00 R$ 7.867,05 R$ ,15 diversas Encarregado Gerala que deverá estar residente no local das invesigações geotécnicas ao /3-19 ENCARREGADO GERAL hora 528,00 R$ 26,05 R$ ,40 longo de todo o processo (44 horas x 12 semanas =528 horas) DESLOCAMENTO, ENTRE FUROS, INCLUINDO DESMONTAGEM E REMONTAGEM DE PLATAFORMA ADEQUADA. unidade 20,00 R$ 247,94 R$ 4.958,80 Para cada furo são 4 m de andaime percorrendo uma distância média de 30 metros = 4 x MOVIMENTAÇÃO HORIZONTAL DE ANDAIME COM ELEMENTOS TUBULARES TIPO TORRE m 150,00 R$ 0,11 R$ 16,50 30= 120 m -> em função do terreno acitentado multiplicar por 1,25 pela perda de produtividade nos quantitativos.=> 120x1,25=150,00 2 horas para transporte da madeira da plataforma + 4 horas para montagem e MAO-DE-OBRA DE SERVENTE (2 serventes) hora 8,00 R$ 11,33 R$ 90,64 desmontagem de andaime tubular de 4 metros + 4 horas para reconstituição do local do furo após a conclusão da sondagem => 8 horas de servente por furo PREPARO MANUAL DE TERRENO,COMPREENDENDO ACERTO,RASPAGEM EVENTUAL ATE 0.30M DE PROFUNDIDADE E AFASTAMENTO LATERAL DO MATERIAL EXCEDENTE,INCLUSIVE COMPACTACAO MANUAL m2 4,00 R$ 11,83 R$ 47,32 Preparo do local do furo para a execução da sondagem 2 horas + 4 horas para remontagem da plataforma de madeira => 6 horas de carpinteiro MÃO DE OBRA CARPINTEIRO DE FORMAS hora 6,00 R$ 15,58 R$ 93,48 por furo SONDAGEM MISTA EM SOLO, com ensaio de penetração (SPT) a cada metro, incluindo relatório contendo classificação tátil visual das amostras, (parte a percussão feita com diâmetro de 3" e perfuração diâmetro HW) m 325,00 R$ 489,35 R$ , SONDAGEM ROTATIVA EM ROCHA SÃ DIÂMETRO HW, incluindo relatório contendo classificação tátil visual das amostras, SONDAGEM ROTATIVA COM COROA DE DIAMANTE, EM ROCHA SA, DIAMETRO HX, INCLUSIVE DESLOCAMENTO DENTRO DO CANTEIRO E INSTALACAO DA m 135,00 R$ 742,43 R$ ,05 m 1,00 R$ 723,09 R$ 723, MÃO DE OBRA DE GEÓLOGO SENIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA, INLCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS DESONERADOS hora 0,05 R$ 95,31 R$ 4,77 SONDAGEM) - 1 hora para cada 20 metros de sondagem -> MÃO DE OBRA DE DESENHISTA PROJETISTA hora 0,10 R$ 33,57 R$ 3,36 CADA METRO DE SONDAGEM) - 2 horas para cada 20 metros de sondagem -> MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR hora 0,05 R$ 224,33 R$ 11,22 para cada 20 metros de sondagem -> SONDAGEM ROTATIVA, EM MATACÃO, DIÂMETRO HW, incluindo relatório contendo classificação tátil visual das amostras, m 35,00 R$ 887,05 R$ ,75

3 SONDAGEM ROTATIVA COM COROA DE DIAMANTE, EM ROCHA SA, DIAMETRO HX, INCLUSIVE DESLOCAMENTO DENTRO DO CANTEIRO E INSTALACAO DA m 1,20 R$ 723,09 R$ 867, MÃO DE OBRA DE GEÓLOGO SENIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA, INLCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS DESONERADOS hora 0,05 R$ 95,31 R$ 4,77 SONDAGEM) - 1 hora para cada 20 metros de sondagem -> MÃO DE OBRA DE DESENHISTA PROJETISTA hora 0,10 R$ 33,57 R$ 3,36 CADA METRO DE SONDAGEM) - 2 horas para cada 20 metros de sondagem -> MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR hora 0,05 R$ 224,33 R$ 11,22 para cada 20 metros de sondagem -> SONDAGEM ROTATIVA, EM ALTERAÇÃO DE ROCHA, DIÂMETRO HW, incluindo relatório contendo classificação tátil visual das amostras, SONDAGEM ROTATIVA COM COROA DE DIAMANTE, EM ALTERAÇÃO DE ROCHA, DIAMETRO HX, INCLUSIVE DESLOCAMENTO DENTRO DO CANTEIRO E INSTALACAO DA m 182,00 R$ 406,11 R$ ,02 m 1,00 R$ 386,77 R$ 386, MÃO DE OBRA DE GEÓLOGO SENIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA, INLCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS DESONERADOS hora 0,05 R$ 95,31 R$ 4,77 SONDAGEM) - 1 hora para cada 20 metros de sondagem -> MÃO DE OBRA DE DESENHISTA PROJETISTA hora 0,10 R$ 33,57 R$ 3,36 CADA METRO DE SONDAGEM) - 2 horas para cada 20 metros de sondagem -> MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR hora 0,05 R$ 224,33 R$ 11,22 para cada 20 metros de sondagem -> SONDAGEM ROTATIVA EM ROCHA SÃ DIÂMETRO NW, incluindo relatório contendo classificação tátil visual das amostras, SONDAGEM ROTATIVA COM COROA DE DIAMANTE,EM ROCHA SA, DIAMETRO NX, INCLUSIVE DESLOCAMENTO DENTRO DO CANTEIRO E INSTALACAO DA m 25,00 R$ 570,68 R$ ,00 m 1,00 R$ 551,34 R$ 551, MÃO DE OBRA DE GEÓLOGO SENIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA, INLCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS DESONERADOS hora 0,05 R$ 95,31 R$ 4,77 SONDAGEM) - 1 hora para cada 20 metros de sondagem -> MÃO DE OBRA DE DESENHISTA PROJETISTA hora 0,10 R$ 33,57 R$ 3,36 CADA METRO DE SONDAGEM) - 2 horas para cada 20 metros de sondagem -> MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR hora 0,05 R$ 224,33 R$ 11,22 para cada 20 metros de sondagem -> SONDAGEM ROTATIVA, EM MATACÃO, DIÂMETRO NW, incluindo relatório contendo classificação tátil visual das amostras, SONDAGEM ROTATIVA COM COROA DE DIAMANTE,EM ROCHA SA, DIAMETRO NX, INCLUSIVE DESLOCAMENTO DENTRO DO CANTEIRO E INSTALACAO DA m 7,00 R$ 680,95 R$ 4.766,65 m 1,20 R$ 551,34 R$ 661, MÃO DE OBRA DE GEÓLOGO SENIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA, INLCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS DESONERADOS hora 0,05 R$ 95,31 R$ 4,77 SONDAGEM) - 1 hora para cada 20 metros de sondagem -> MÃO DE OBRA DE DESENHISTA PROJETISTA hora 0,10 R$ 33,57 R$ 3,36 CADA METRO DE SONDAGEM) - 2 horas para cada 20 metros de sondagem -> MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR hora 0,05 R$ 224,33 R$ 11,22 para cada 20 metros de sondagem -> SONDAGEM ROTATIVA, EM ALTERAÇÃO DE ROCHA, DIÂMETRO NW, incluindo relatório contendo classificação tátil visual das amostras, SONDAGEM ROTATIVA COM COROA DE DIAMANTE,EM ALTERACAO DE ROCHA,DIAMETRO NX,INCLUSIVE DESLOCAMENTO DENTRO DO CANTEIRO E INSTALACAO DA m 37,00 R$ 349,32 R$ ,84 m 1,00 R$ 329,98 R$ 329, MÃO DE OBRA DE GEÓLOGO SENIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA, INLCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS DESONERADOS hora 0,05 R$ 95,31 R$ 4,77 SONDAGEM) - 1 hora para cada 20 metros de sondagem -> MÃO DE OBRA DE DESENHISTA CADISTA SÊNIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE ENGENHARIA, INCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS hora 0,10 R$ 33,57 R$ 3,36 CADA METRO DE SONDAGEM) - 2 horas para cada 20 metros de sondagem -> MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR, INCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS hora 0,05 R$ 224,33 R$ 11,22 para cada 20 metros de sondagem -> 4

4 SONDAGEM ROTATIVA EM ROCHA SÃ DIÂMETRO BW, incluindo relatório contendo classificação tátil visual das amostras, SONDAGEM ROTATIVA COM COROA DE DIAMANTE,EM ROCHA SA, DIAMETRO BX, INCLUSIVE DESLOCAMENTO DENTRO DO CANTEIRO E INSTALACAO DA m 18,00 R$ 514,53 R$ 9.261,54 m 1,00 R$ 495,19 R$ 495, MÃO DE OBRA DE GEÓLOGO SENIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA, INLCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS DESONERADOS hora 0,05 R$ 95,31 R$ 4,77 SONDAGEM) - 1 hora para cada 20 metros de sondagem -> MÃO DE OBRA DE DESENHISTA CADISTA SÊNIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE ENGENHARIA, INCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS hora 0,10 R$ 33,57 R$ 3,36 CADA METRO DE SONDAGEM) - 2 horas para cada 20 metros de sondagem -> MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR, INCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS hora 0,05 R$ 224,33 R$ 11,22 para cada 20 metros de sondagem -> SONDAGEM ROTATIVA, EM MATACÃO, DIÂMETRO BW, incluindo relatório contendo classificação tátil visual das amostras, SONDAGEM ROTATIVA COM COROA DE DIAMANTE,EM ROCHA SA, DIAMETRO BX, INCLUSIVE DESLOCAMENTO DENTRO DO CANTEIRO E INSTALACAO DA m 4,00 R$ 613,57 R$ 2.454,28 m 1,20 R$ 495,19 R$ 594, MÃO DE OBRA DE GEÓLOGO SENIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA, INLCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS DESONERADOS hora 0,05 R$ 95,31 R$ 4,77 SONDAGEM) - 1 hora para cada 20 metros de sondagem -> MÃO DE OBRA DE DESENHISTA CADISTA SÊNIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE ENGENHARIA, INCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS hora 0,10 R$ 33,57 R$ 3,36 CADA METRO DE SONDAGEM) - 2 horas para cada 20 metros de sondagem -> MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR, INCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS hora 0,05 R$ 224,33 R$ 11,22 para cada 20 metros de sondagem -> SONDAGEM ROTATIVA, EM ALTERAÇÃO DE ROCHA, DIÂMETRO BW, incluindo relatório contendo classificação tátil visual das amostras, SONDAGEM ROTATIVA COM COROA DE DIAMANTE,EM ALTERACAO DE ROCHA,DIAMETRO BX,INCLUSIVE DESLOCAMENTO DENTRO DO CANTEIRO E INSTALACAO DA m 24,00 R$ 316,02 R$ 7.584,48 m 1,00 R$ 296,68 R$ 296, MÃO DE OBRA DE GEÓLOGO SENIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA, INLCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS DESONERADOS hora 0,05 R$ 95,31 R$ 4,77 SONDAGEM) - 1 hora para cada 20 metros de sondagem -> MÃO DE OBRA DE DESENHISTA CADISTA SÊNIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA DE ENGENHARIA, INCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS hora 0,10 R$ 33,57 R$ 3,36 CADA METRO DE SONDAGEM) - 2 horas para cada 20 metros de sondagem -> MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR, INCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS hora 0,05 R$ 224,33 R$ 11,22 para cada 20 metros de sondagem -> Caixas de madeira ou de plástico com capacidade armazenagem de 4 metros de amostras de solo e/ou rocha reconhecidos nas sondagens, para análise e ensaios. unidade 140,00 R$ 247,85 R$ , Ensaios de granulometria por peneiramento e sedimentação unidade 20,00 R$ 400,51 R$ 8.010, ANALISE GRANULOMETRICA SEM SEDIMENTACAO (PENEIRAMENTO) unidade 1,00 R$ 120,59 R$ 120, ANALISE GRANULOMETRICA COM SEDIMENTACAO unidade 1,00 R$ 279,92 R$ 279, Ensaios de limite de liquidez e Plasticidade unidade 20,00 R$ 213,86 R$ 4.277, LIMITE DE PLASTICIDADE unidade 1,00 R$ 106,93 R$ 106, LIMITE DE LIQUIDEZ unidade 1,00 R$ 106,93 R$ 106, Ensaio de compressão triaxial adensado rápido do tipo CU, com medida de pressão neutra em corpo de prova. unidade 40,00 R$ 2.284,56 R$ ,40

5 TRIAXIAL NAO DRENADO, PRÉ-ADENSADO, EM AMOSTRA MOLDADA,POR CORPO DE PROVA unidade 1,00 R$ 2.284,56 R$ 2.284, Ensaio de densidade real do solo unidade 20,00 R$ 147,67 R$ 2.953, MASSA ESPECIFICA REAL unidade 1,00 R$ 147,67 R$ 147, Análise química da água do solo para determinação da agressividade ao concreto unidade 1,00 R$ 1.210,40 R$ 1.210, VERIFICACAO DA QUALIDADE PARA POSSIBILIDADE DE EMPREGO EM PREPARO DE CONCRETO unidade 1,00 R$ 1.210,40 R$ 1.210, Ensaio CPT m 60,00 R$ 316,47 R$ , Esnaio de Penetração tipo "deep sounding" m 1,00 R$ 316,47 R$ 316, Relatório Consolidado de Prospecção Geotécnica de acordo com as especificações técnicas unidade 1,00 R$ 6.896,12 R$ 6.896, MAO-DE-OBRA DE ENGENHEIRO SENIOR hora 8,80 R$ 224,33 R$ 1.974, MÃO DE OBRA DE GEÓLOGO SENIOR, PARA SERVIÇOS DE CONSULTORIA, INLCLUSIVE ENCARGOS SOCIAIS hora 17,60 R$ 95,31 R$ 1.677, MÃO DE OBRA DE AUXILIAR TÉCNICO hora 44,00 R$ 40,17 R$ 1.767, MÃO DE OBRA DE DESENHISTA PROJETISTA hora 44,00 R$ 33,57 R$ 1.477,08 TAXA DE BDI SOBRE OS ITENS E E OS ITENS A ,56% R$ ,33 R$ , PROJETO PARA OBRAS DE CONTENÇÃO, ESCAVAÇÃO E BOTA-FORA ANTEPROJETO (AP) unidade 1 R$ ,63 R$ , PROJETO BÁSICO (PB) unidade 1 R$ ,62 R$ , PROJETO EXECUTIVO (PE), MEMORIAL DESCRITIVO, MEMÓRIAS DE CÁLCULO E DETALHAMENTOS unidade 1 R$ ,28 R$ , APROVAÇÃO DO PROJETO JUNTO AOS ÓRGÃOS COMPETENTES unidade 1 R$ ,98 R$ , PLANO DE TRABALHO PARA OBRAS DE CONTENÇÃO, ESCAVAÇÃO E BOTA-FORA unidade 1 R$ ,32 R$ ,32 TOTAL R$ ,83 R$ ,23

CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO E PAGAMENTO

CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO E PAGAMENTO TABELA DE PREÇOS CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO E PAGAMENTO ENGENHARIA CONSULTIVA SANEAGO_15-02 8892 ADMINISTRADOR DE EMPRESAS - JÚNIOR (MENSALISTA) MÊS EFETIVAMENTE TODOS OS SERVIÇOS DE COORDENAÇÃO, ORGANIZAÇÃO

Leia mais

PLANILHA DE PREÇO UNITÁRIO

PLANILHA DE PREÇO UNITÁRIO 1 - SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 - TOPOGRAFIA 1.1.1 LEVANTAMENTO PLANIALTIMÉTRICO - BATIMÉTRICO 12.537.016,60 1.1.1.1 Mobilização de flutuantep/batimetria maritima unid. IPC-FIPE 7,00 60.000,00 420.000,00

Leia mais

Prescrições Técnicas de Serviços Data: 15.09.2014 Hora: 10:27:54 Pag.: 1/0020

Prescrições Técnicas de Serviços Data: 15.09.2014 Hora: 10:27:54 Pag.: 1/0020 Pag.: 1/0020 SERVIÇO: 2010100300 UNM BANHEIRO QUIMICO DESCRIÇÃO SIMPLIFICADA: BANHEIRO QUIMICO : TRATA-SE DA LOCACAO MENSAL DE BANHEIRO QUIMICO, INCLUSIVE MOBILIZAÇÃO, DESMOBILIZACAO E MANUTENÇÃO. 2 -

Leia mais

PROJETO BÁSICO PARA CONTRTAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS PROJ.: BÁSICOS DA AITY (INCUBADORA DE EMPRESAS DO IFAM)

PROJETO BÁSICO PARA CONTRTAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS PROJ.: BÁSICOS DA AITY (INCUBADORA DE EMPRESAS DO IFAM) PROJETO BÁSICO PARA CONTRTAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 1 Projetos arquitetônicos, com programa de necessidades, antiprojeto e todos os detalhamentos necessários para o pleno entendimento

Leia mais

1.3 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE PLACA DE IDENTIFICAÇÃO DA OBRA (3,0 x 1,5 m) 74209/001 M² 4,50 232,82 291,03 1.309,64 2 PAVIMENTAÇÃO 952.

1.3 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE PLACA DE IDENTIFICAÇÃO DA OBRA (3,0 x 1,5 m) 74209/001 M² 4,50 232,82 291,03 1.309,64 2 PAVIMENTAÇÃO 952. PLANILHA DE CUSTO - PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA OBRA: PAVIMENTAÇÃO DE VIAS URBANAS abr/14 LOCAL: DIVERSAS VIAS DO MUNICIPIO DE VAZEA DA PALMA - MG DATA BASE SINAPI: MARÇO/2014 BDI: PRAZO DE EXECUÇÃO: 180 dias

Leia mais

Investigações Geotécnicas

Investigações Geotécnicas Investigações Geotécnicas Investigações Geotécnicas Interpretação de imagens; Métodos geofísicos ou indiretos; Amostragem e ensaios de laboratório; Ensaios de campo. Imagem de satélite simples Argila mole

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa (BÔNUS E DESPESAS INDIRETAS) Itens de valor percentual

Leia mais

Disciplina: Construção Civil I O Canteiro de Obras

Disciplina: Construção Civil I O Canteiro de Obras UniSALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Disciplina: Construção Civil I O Canteiro de Obras André Luís Gamino Professor Área de Construção Civil Canteiro

Leia mais

CURVA ABC OBJETO: SUBSTITUIÇÃO DAS CORTINAS DO FLOCULADOR DA ESTAÇAO DE TRATAMENTO DE AGUA

CURVA ABC OBJETO: SUBSTITUIÇÃO DAS CORTINAS DO FLOCULADOR DA ESTAÇAO DE TRATAMENTO DE AGUA CURVA ABC ITEM DISCRIMINAÇÃO UN. PREÇO (R$) % % ACUM. CLASSE 5.2 Chapas de madeira ud 30.950,88 24,16% 24,16% 5.1 Calhas para fixação das chincanas ud 30.546,96 23,85% 48,01% A 3.4,4.1 Impermeabilização

Leia mais

Disciplina: Construção Civil I Procedimentos para Início da Obra

Disciplina: Construção Civil I Procedimentos para Início da Obra UniSALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Disciplina: Construção Civil I Procedimentos para Início da Obra André Luís Gamino Professor Área de Construção Civil

Leia mais

Custo Total ENCARREGADO GERAL DE OBRAS H 1 17,46 17,46 Total 17,46

Custo Total ENCARREGADO GERAL DE OBRAS H 1 17,46 17,46 Total 17,46 COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS OBRA: CERCAMENTO FAZENDA CAPIM BRANCO LS= 90,64% BDI= 25,36% ORÇAMENTO: CERCAMENTO FAZENDA CAPIM BRANCO MÊS DE REFERÊNCIA SINAPI: JULHO/2015 LOCAL: UBERLÂNDIA - MG DATA: 08/09/2015

Leia mais

SUMÁRIO 2.0 - SONDAGENS, AMOSTRAGENS E ENSAIOS DE LABORATÓRIO E CAMPO

SUMÁRIO 2.0 - SONDAGENS, AMOSTRAGENS E ENSAIOS DE LABORATÓRIO E CAMPO ESPECIFICAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE SERVIÇOS GEOTÉCNICOS ADICIONAIS SUMÁRIO 1.0 INTRODUÇÃO 2.0 - SONDAGENS, AMOSTRAGENS E ENSAIOS DE LABORATÓRIO E CAMPO 2.1 - CORTES 2.2 - ATERROS 2.3 - OBRAS DE

Leia mais

TECNICAS CONSTRUTIVAS I

TECNICAS CONSTRUTIVAS I Curso Superior de Tecnologia em Construção de Edifícios TECNICAS CONSTRUTIVAS I Prof. Leandro Candido de Lemos Pinheiro leandro.pinheiro@riogrande.ifrs.edu.br FUNDAÇÕES Fundações em superfície: Rasa, Direta

Leia mais

Item Discriminação do serviço Unidade Quantidade Observação coeficiente Preço Unitário Preço Total 1 1.1 Mobilização do Canteiro de Obras conjunto

Item Discriminação do serviço Unidade Quantidade Observação coeficiente Preço Unitário Preço Total 1 1.1 Mobilização do Canteiro de Obras conjunto 1 1.1 Mobilização do Canteiro de Obras conjunto Serviços Preliminares 1-1.2 Operação e Manutenção do Canteiro de Obras mês 17 - Subtotal 1 2 Equipe técnica 2.1 Engenheiro Civil hora 3168 18 meses - 22

Leia mais

Procedimento para Serviços de Sondagem

Procedimento para Serviços de Sondagem ITA - 009 Rev. 0 MARÇO / 2005 Procedimento para Serviços de Sondagem Praça Leoni Ramos n 1 São Domingos Niterói RJ Cep 24210-205 http:\\ www.ampla.com Diretoria Técnica Gerência de Planejamento e Engenharia

Leia mais

EMOP - Outubro/2013. m x m = m² 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75 m²

EMOP - Outubro/2013. m x m = m² 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75 m² 01 01 1.1 01.018.0001-0 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE TRÊS RIOS Centro - /RJ Marcação de obra sem instrumento topográfico, considerada a projeção horizontal da área envolvente 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75

Leia mais

SEMINÁRIO PROJETO BÁSICO E PROJETO EXECUTIVO NAS CONTRATAÇÕES PÚBLICAS ASPECTOS TÉCNICOS SIURB

SEMINÁRIO PROJETO BÁSICO E PROJETO EXECUTIVO NAS CONTRATAÇÕES PÚBLICAS ASPECTOS TÉCNICOS SIURB SEMINÁRIO PROJETO BÁSICO E PROJETO EXECUTIVO NAS CONTRATAÇÕES PÚBLICAS ASPECTOS TÉCNICOS SIURB PROJETOS DE INFRAESTRUTURA URBANA DRENAGEM CANAIS RESERVATÓRIOS MICRODRENAGEM OU DRENAGEM SUPERFICIAL OBRAS

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS

TABELA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS TABELA DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS 01 Consultas técnicas no escritório (por hora) 01.01 Com solução verbal R$ 400,00 01.02 Com solução por escrito R$ 600,00 01.03 Com consulta a arquivos, registros ou

Leia mais

ANEXO I ORÇ AMENTO B ÁSI CO

ANEXO I ORÇ AMENTO B ÁSI CO ANEXO I ORÇ AMENTO B ÁSI CO MÓDULO SERVIÇOS CONTRATANTE I II III PLANILHA RESUMO DE INVESTIMENTOS ANUAIS Sistema de Coleta e Transporte de Resíduos Sólidos Urbanos Sistema de Serviços Complementares de

Leia mais

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO Curso Técnico de Edificações Profª Engª Civil Alexandra Müller Barbosa EMENTA Estudos de procedimentos executivos: Estruturas portantes, Elementos vedantes, Coberturas, Impermeabilização,

Leia mais

DER-ES - Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Espírito Santo Emitido em : 22/04/2013-15:28:48 Tabela de Preços - Sintética Página: 1 de 5

DER-ES - Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Espírito Santo Emitido em : 22/04/2013-15:28:48 Tabela de Preços - Sintética Página: 1 de 5 Tabela de Preços - Sintética Página: 1 de 5 Grupo de Serviço: 12 - SERVIÇOS DIVERSOS 42878 Aluguel de automóvel VW/ Gol (flex) 1,0 ou equivalente, inclusive combustível, sem motorista Mes 3.816,81 42888

Leia mais

- Artigo - HELIX ENGENHARIA E GEOTECNIA LTDA

- Artigo - HELIX ENGENHARIA E GEOTECNIA LTDA - Artigo - Itens anexos: A Texto 01: Fundação a base de tudo (Prof. Douglas); B Texto 02: Frases que podem significar o início dos seus problemas na construção ; C Notas de aula sobre: Sondagem a percussão

Leia mais

ITEM DESCRIÇÃO UNID. QUANT.

ITEM DESCRIÇÃO UNID. QUANT. I - SERVIÇOS PRELIMINARES SP (LOTES 1 A 9) ETE 1 (CY. 06 / 000.92 / 2369 / 00) PLANO DE DOCUMENTAÇÃO GERAL NAS ETAPAS DE ESTUDO 1 PRELIMINAR EP, PROJETO BÁSICO PB E PROJETO EXECUTIVO PE 1.1 Plano de Documentação

Leia mais

UNICAP Curso de Arquitetura e Urbanismo

UNICAP Curso de Arquitetura e Urbanismo UNICAP Curso de Arquitetura e Urbanismo Materiais e Tecnologia Construtiva I Prof. Angelo Just da Costa e Silva Escolha do terreno Demolição Limpeza do terreno CONCEITOS INICIAIS Instalações provisórias

Leia mais

"VALEC: Desenvolvimento sustentável para o Brasil" SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÃO

VALEC: Desenvolvimento sustentável para o Brasil SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÃO VALEC "VALEC: Desenvolvimento sustentável para o Brasil" SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÃO QUADRO DE SERVIÇOS A PREÇOS UNITÁRIOS SUCON Anexo: Nº VALEC FL : REV: 0 DATA : Mar/2010 TO DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS:

Leia mais

7.815,15 3.0 SERVIÇOS TÉCNICOS 3.1 Locação de valas com nivelamento m 8.186,62 0,75 1,19 1,94 15.882,04

7.815,15 3.0 SERVIÇOS TÉCNICOS 3.1 Locação de valas com nivelamento m 8.186,62 0,75 1,19 1,94 15.882,04 PREFEITURA MUNICIPAL DE ALMIRANTE TAMANDARÉ DO SUL / RS SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO Planilia Orçamentária da Obra Sede do Município de Almirante Tamandaré do Sul / RS TC/PAC 0567 - FUNASA REDE COLETORA

Leia mais

LISTA 1 CS2. Cada aluno deve resolver 3 exercícios de acordo com o seu númeo FESP

LISTA 1 CS2. Cada aluno deve resolver 3 exercícios de acordo com o seu númeo FESP LISTA 1 CS2 Cada aluno deve resolver 3 exercícios de acordo com o seu númeo FESP Final 1 exercícios 3, 5, 15, 23 Final 2 exercícios 4, 6, 17, 25 Final 3- exercícios 2, 7, 18, 27 Final 4 exercícios 1 (pares),

Leia mais

ANEXO V - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 01 - REDES E RAMAIS Item CATEGORIA Descrição Unidade 01 01 SERVIÇOS DE ESCRITÓRIO, LABORATÓRIO E CAMPO

ANEXO V - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS LOTE 01 - REDES E RAMAIS Item CATEGORIA Descrição Unidade 01 01 SERVIÇOS DE ESCRITÓRIO, LABORATÓRIO E CAMPO 01 01 SERVIÇOS DE ESCRITÓRIO, LABORATÓRIO E CAMPO 1.1 01.018.0001-0 Marcação de obra sem instrumento topográfico, considerada a projeção horizontal da área envolvente 02 03 2.1 03.010.0022-0 2.2 03.016.0005-1

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO I REFERENTE AO EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 004/2013 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Página 1 de 10 Serviços de Terraplanagem na Subestação de Interligação à Rede Básica Construção de novo Bay de Saída

Leia mais

Rua Luiz Antônio Padrão, 395 - Osasco - São Paulo - CEP. 06080-120 - Tel: (11) 3685.1512 - Fax: (11) 3685.9832 Site: www.conteste.com.

Rua Luiz Antônio Padrão, 395 - Osasco - São Paulo - CEP. 06080-120 - Tel: (11) 3685.1512 - Fax: (11) 3685.9832 Site: www.conteste.com. Site: www.conteste.com.br - E-mail: conteste@conteste.com.br 1 ÍNDICE 1 Controle Tecnológico em Pavimentação SOLOS 2 Controle Tecnológico em Pavimentação MATERIAIS BETUMINOSOS 3 Materiais Metálicos Ensaio

Leia mais

SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS PROJETO, IMPLANTAÇÃO E OPERAÇÃO DA ETE - ROTEIRO DO ESTUDO

SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS PROJETO, IMPLANTAÇÃO E OPERAÇÃO DA ETE - ROTEIRO DO ESTUDO SISTEMAS DE TRATAMENTO DE ESGOTOS SANITÁRIOS PROJETO, IMPLANTAÇÃO E OPERAÇÃO DA ETE - ROTEIRO DO ESTUDO Projetos de interceptor, emissário por gravidade, estação elevatória de esgoto e linha de recalque,

Leia mais

PROPOSTA FINANCEIRA DE SERVIÇOS

PROPOSTA FINANCEIRA DE SERVIÇOS PROPOSTA FINANCEIRA DE SERVIÇOS PFS PERÍMETRO(S): OBJETO: EDITAL: SERVIÇOS PAGOS A PREÇO GLOBAL CUSTOS DIRETOS MÃO-DE-OBRA A - TOTAL DE SALÁRIO DA EQUIPE A1 - TOTAL SALÁRIOS DA EQUIPE COM VÍNCULO (PFS-I)

Leia mais

Concepção de instalações para o abastecimento de água

Concepção de instalações para o abastecimento de água Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas Departamento de Engenharia Civil CIV 640 Saneamento Urbano Concepção de instalações para o abastecimento de água Prof. Aníbal da Fonseca Santiago Universidade

Leia mais

Painel de Referência no TCU Acórdão 56/2013 Processo: TC-017.206/2012-4 - CGU - BRASÍLIA-DF AGOSTO/2013

Painel de Referência no TCU Acórdão 56/2013 Processo: TC-017.206/2012-4 - CGU - BRASÍLIA-DF AGOSTO/2013 Painel de Referência no TCU Acórdão 56/2013 Processo: TC-017.206/2012-4 - CGU - BRASÍLIA-DF AGOSTO/2013 I. A importância de um Sistema de Referência II. Das limitações do Sistema de Referência SINAPI III.

Leia mais

Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas www.ibraop.com.br

Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas www.ibraop.com.br Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas www.ibraop.com.br ORIENTAÇÃO TÉCNICA OT - IBR 001/2006 PROJETO BÁSICO Primeira edição: válida a partir de 07/11/2006 Palavras Chave: Projeto Básico,

Leia mais

Durante o evento serão fornecidas novas informações pelo Prof. Claudio Mahler que será responsável pela condução do mesmo.

Durante o evento serão fornecidas novas informações pelo Prof. Claudio Mahler que será responsável pela condução do mesmo. CONCURSO PREVISÃO DE PROVA DE CARGA EM PLACA O concurso de previsão de prova de carga em placa será realizado no dia 27 de novembro de 2015 durante o ÑSAT2015. O concurso tem por objetivo a previsão de

Leia mais

Escopo Geral de Serviços de Engenharia Geotécnica.

Escopo Geral de Serviços de Engenharia Geotécnica. Escopo Geral de Serviços de Engenharia Geotécnica. A seguir explicitam-se todas as etapas do trabalho de engenharia geotécnica recomendáveis para parecer técnico e ou projeto deste tipo, a fim de: - Orientar

Leia mais

XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS

XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS Custos e Formação do Preço de Venda em Perfuração de Poços 1) RECURSOS MATERIAIS CUSTO DE PERFURAÇÃO PELO SISTEMA ROTO-PNEUMÁTICO EM ROCHA COM MARTELO DE

Leia mais

2. SERVIÇOS EXECUTADOS

2. SERVIÇOS EXECUTADOS Curitiba, 03 de Agosto de 2009. R E L A T Ó R I O 1. INTRODUÇÃO em referência. Estamos apresentando o relatório referente aos serviços de investigação geotécnica 2. SERVIÇOS EXECUTADOS Os serviços consistiram

Leia mais

O MELHOR PROJETO DE FUNDAÇÕES?

O MELHOR PROJETO DE FUNDAÇÕES? O MELHOR PROJETO DE FUNDAÇÕES? Sob a ótica do... Projetista estrutural Consultor de fundações Executor das fundações Equipe de obra Gerenciador da obra Proprietário da obra Empreendedor/investidor Órgãos

Leia mais

01 - SERVIÇOS INICIAIS

01 - SERVIÇOS INICIAIS 01 - SERVIÇOS INICIAIS Levantamento Topográfico Levantamento planialtimétrico e cadastral de área urbana, para representação gráfica em escala entre 1:100 e 1:250 com curva de nível de 1m de equidistância

Leia mais

PREFEITURA DE ITABUNA ESTADO DE BAHIA

PREFEITURA DE ITABUNA ESTADO DE BAHIA TABELA REFERÊNCIA DE PREÇOS 1. DIMENSIONAMENTO DE CUSTOS DE OBRAS E INSTALAÇÕES DA GARAGEM Par0a o dimensionamento dos custos de Obras e Instalações de Garagem foram adotados os seguintes parâmetros baseados

Leia mais

SESI PROJETO EXECUTIVO DE TERRAPLENAGEM PARA QUADRA POLIESPORTIVA DA UNIDADE SESI-SIMÕES FILHO/BA VOLUME ÚNICO RELATÓRIO DOS PROJETOS

SESI PROJETO EXECUTIVO DE TERRAPLENAGEM PARA QUADRA POLIESPORTIVA DA UNIDADE SESI-SIMÕES FILHO/BA VOLUME ÚNICO RELATÓRIO DOS PROJETOS SIMÕES FILHO BAHIA. PROJETO EXECUTIVO DE TERRAPLENAGEM PARA QUADRA POLIESPORTIVA DA UNIDADE SESI-SIMÕES FILHO/BA VOLUME ÚNICO RELATÓRIO DOS PROJETOS Salvador, Outubro/2010 SIMÕES FILHO BAHIA. A P R E S

Leia mais

COMPACTAÇÃO E MELHORAMENTO DE TERRENOS

COMPACTAÇÃO E MELHORAMENTO DE TERRENOS Capítulo 9 COMPACTAÇÃO E MELHORAMENTO DE TERRENOS 1. Compactação A compactação é uma técnica de adensamento do terreno (diminuição do índice de vazios, ou aumento do peso volúmico seco) por aplicação de

Leia mais

TERRAPLENAGEM Conceitos Básicos de Terraplenagem Definição Operações básicas da terraplenagem: Classificação dos materiais:

TERRAPLENAGEM Conceitos Básicos de Terraplenagem Definição Operações básicas da terraplenagem: Classificação dos materiais: - Conceitos Básicos de Terraplenagem - Elaboração do Projeto de terraplenagem - Movimento de terra Cálculo de volumes, DMT e notas de serviço - Diagrama de Bruckner - Execução de terraplenagem- equipamentos

Leia mais

ANEXO XIII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS - ESTUDOS GEOTÉCNICOS

ANEXO XIII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS - ESTUDOS GEOTÉCNICOS ANEXO XIII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS - ESTUDOS GEOTÉCNICOS 2.2.1 - INTRODUÇÃO Os Estudos Geotécnicos foram realizados com o objetivo de conhecer as características dos materiais constituintes do subleito

Leia mais

Por que é importante um relatório técnico das condições da vizinhança? Por que é importante um relatório técnico das condições da vizinhança?

Por que é importante um relatório técnico das condições da vizinhança? Por que é importante um relatório técnico das condições da vizinhança? Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Engenharia Civil Tecnologia da Construção Civil I Execução de edificações Serviços preliminares Elementos de prospecção geotécnica

Leia mais

ESGOTAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2

ESGOTAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2 1/7 SUMÁRIO OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2 01 ESGOTAMENTO COM BOMBAS... 3 02 REBAIXAMENTO DE LENÇOL FREÁTICO COM PONTEIRAS FILTRANTES... 3 03 REBAIXAMENTO DE LENÇOL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA PLANILHA COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS OBRA : REDE DE TELEFONIA 1YSM ORÇAMENTO : REDE DE TELEFONIA 1YSM LOCAL : CAMPUS SANTA

Leia mais

Tópicos Especiais de Engenharia Civil ALBUQUERQUE SOBRINHO, E. J. (2010)

Tópicos Especiais de Engenharia Civil ALBUQUERQUE SOBRINHO, E. J. (2010) Tópicos Especiais de Engenharia Civil ALBUQUERQUE SOBRINHO, E. J. (2010) Introdução Investigações diretas e indiretas Qual sua importância e aplicação? Quais as técnicas empregadas nas investigações diretas

Leia mais

Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos Engenheiro Civil Paulo Roberto Vilela Dias, MSc Mestre em Engenharia Civil - uff Professor do Mestrado em Engenharia Civil da Universidade Federal Fluminense

Leia mais

INVESTIGAÇÕES DE CAMPO SÃO PAULO /SP

INVESTIGAÇÕES DE CAMPO SÃO PAULO /SP INVESTIGAÇÕES DE CAMPO SÃO PAULO /SP Eng.Arthur Quaresma Filho Prof. Dr.Antônio Sérgio Damasco Penna Prof. Dr. Paulo José Rocha de Albuquerque /SP A maior parte dos problemas geotécnicos está vinculado

Leia mais

PCRJ SCO-Sistema de Custos de Obras e Serviços de Engenharia FGV Relação de Itens Elementares - Mês Fevereiro/2015. Mão-de-Obra

PCRJ SCO-Sistema de Custos de Obras e Serviços de Engenharia FGV Relação de Itens Elementares - Mês Fevereiro/2015. Mão-de-Obra Direta MOD000050 Agente Operador de Tráfego h 11,37 MOD000100 Agente Operador de Tráfego Sênior h 13,81 MOD000150 Ajudante de instalação e manutenção de equipamentos (Caldeira, Gerador, Subestação, Redes,

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA SIN 2011-2013 (SEM BDI)

TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA SIN 2011-2013 (SEM BDI) TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA SIN 2011-2013 (SEM BDI) AGOSTO/2011 1 ÍNDICE GERAL 1. PROJETO DE ARQUITETURA... 5 2. PROJETO DE URBANISMO... 5 3. PROJETO DE URBANISMO PAISAGÍSTICO...

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 024/2014 CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO ANEXO Q8

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 024/2014 CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO ANEXO Q8 OBS.: CADA ITEM MENCIONADO A SEGUIR REFERE-SE AOS ITENS DA PLANILHA DE PREÇOS UNITÁRIOS (PPU) 1. Sub-item 1.1 e 1.2: Mobilização e Desmobilização. Será medido na conclusão total de cada sub-item, 100%

Leia mais

SISTEMA SIMPLIFICADO DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - POÇO TUBULAR PROFUNDO 74.000,00

SISTEMA SIMPLIFICADO DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA - POÇO TUBULAR PROFUNDO 74.000,00 SERVIÇOS PRELIMINARES 13.263,60 INSTALAÇÕES PRELIMINARES/CANTEIRO DE OBRAS AUTORIZAÇÃO PARA PERFURAÇÃO JUNTO A SUPRAM UN 930,00 0% 930,00 1,00 930,00 PLACA DE IDENTIFICAÇÃO DE OBRA P-GOVERNO DO ESTADO,FORNECIMENTO

Leia mais

RESUMO DA COMPOSIÇÃO DO PREÇO ORÇADO

RESUMO DA COMPOSIÇÃO DO PREÇO ORÇADO Processo nº 50600.001023/2005-63 RESUMO DA COMPOSIÇÃO DO PREÇO ORÇADO DISCRIMINAÇÃO PARCIAL VALOR TOTAL A - EQUIPE TÉCNICA 65.134,25 A.1 - Pessoal de Nível Superior A.2 - Pessoal de Nível Técnico e Auxiliar

Leia mais

RESUMO DE ORÇAMENTO POR PREÇO GLOBAL - DUPLICAÇÃO

RESUMO DE ORÇAMENTO POR PREÇO GLOBAL - DUPLICAÇÃO ANEXO III 50612.001705/2008-80 RESUMO DE ORÇAMENTO POR PREÇO GLOBAL - DUPLICAÇÃO DISCRIMINAÇÃO PARCIAL VALOR TOTAL A - EQUIPE TÉCNICA R$ 271.064,61 A.1 - Pessoal de Nível Superior R$ 160.487,94 A.2 - Pessoal

Leia mais

Cap 04 INVESTIGAÇÃO DO SUBSOLO

Cap 04 INVESTIGAÇÃO DO SUBSOLO Cap 04 INVESTIGAÇÃO DO SUBSOLO Sondagens Rotativas, Métodos Semi-Diretos e Métodos Indiretos Profa. Andrea Sell Dyminski UFPR Sondagens Rotativas Quando se atinge material impenetrável à percussão (estrato

Leia mais

Escopo Geral de Serviços de Engenharia Geotécnica

Escopo Geral de Serviços de Engenharia Geotécnica Escopo Geral de Serviços de Engenharia Geotécnica A seguir explicitam-se todas as etapas do trabalho de engenharia geotécnica recomendáveis para parecer técnico e ou projeto deste tipo, a fim de: Orientar

Leia mais

Permeabilidade dos Solos. Mecânica de Solos Prof. Fabio Tonin

Permeabilidade dos Solos. Mecânica de Solos Prof. Fabio Tonin Permeabilidade dos Solos Mecânica de Solos Prof. Fabio Tonin Permeabilidade É a propriedade que o solo apresenta de permitir o escoamento de água através dele. (todos os solos são mais ou menos permeáveis)

Leia mais

PSP - PLANILHA DE SERVIÇOS E PREÇOS

PSP - PLANILHA DE SERVIÇOS E PREÇOS BASE: 12/2012 DATA: 01/02/2013 PSP - PLANILHA DE SERVIÇOS E S 1 MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO PARTE A 1.1 Mobilização de mão-de-obra e equipamentos para a preparação da instalação e execução dos primeiros

Leia mais

Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos. Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes. www.plmaquinas.com.

Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos. Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes. www.plmaquinas.com. Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes www.plmaquinas.com.br Andaime Tubular Equipamento leve e econômico que destina-se

Leia mais

Estaca Strauss CONCEITO

Estaca Strauss CONCEITO CONCEITO A estaca Strauss é uma fundação de concreto (simples ou armado), moldada no local e executada com revestimento metálico recuperável. Pode ser empregada em locais confinados ou terrenos acidentados,

Leia mais

4 Investigações Geotécnicas

4 Investigações Geotécnicas 4 Investigações Geotécnicas No desenvolvimento de um projeto de fundações é indispensável o reconhecimento dos perfis dos solos envolvidos e de suas respectivas características geotécnicas. Para tal, são

Leia mais

Exploração Geológica, Prospecção em superfície e subsuperfície

Exploração Geológica, Prospecção em superfície e subsuperfície Exploração Geológica, Prospecção em superfície e subsuperfície Etapa de Avaliação: Mapas e Escalas de Trabalho Prospecção com Martelo Investigação em Subsuperfície Fase de exploração reconhecimentos expeditos

Leia mais

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO

DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO ANEXO II CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO E PAGAMENTO RESERVATÓRIO APOIADO 1000 m³ BAIRRO DOM BOSCO 1 I - INTRODUÇÃO O presente documento estabelece o procedimento para o pagamento

Leia mais

SERVICO AUTONOMO DE AGUA E ESGOTO PREGÃO 72/15 ANEXO IV- TERMO DE REFERÊNCIA

SERVICO AUTONOMO DE AGUA E ESGOTO PREGÃO 72/15 ANEXO IV- TERMO DE REFERÊNCIA SERVICO AUTONOMO DE AGUA E ESGOTO PREGÃO 72/15 ANEXO IV- TERMO DE REFERÊNCIA ITEM DESCRICAO QTDE UN V. UNITARIO MARCA TOTAL Lote: 1 COTA RESERVADA MICROEMPRESA 1 LOCAÇÃO DE VEICULO PASSEIO HATCH-ANO PRATA,

Leia mais

Norma Técnica Interna SABESP NTS 024

Norma Técnica Interna SABESP NTS 024 Norma Técnica Interna SABESP NTS 024 REDES DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Elaboração de Projetos Procedimento São Paulo Maio - 1999 NTS 024 : 1999 Norma Técnica Interna SABESP S U M Á R I O 1 RECOMENDAÇÕES DE

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO DO EXERCÍCIO (-) RESULTADO LIQUIDO DO PERIODO R$ (1.530.403,65) (-) RESULTADO OPERACIONAL R$ (2.277.862,58) RECEITA OPERACIONAL R$ 14.478.475,92 RECEITA BRUTA R$ 16.039.707,46 RECEITA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO R$ 7.649.244,47

Leia mais

INSTRUÇÕES NORMATIVAS PARA EXECUÇÃO DE SONDAGENS

INSTRUÇÕES NORMATIVAS PARA EXECUÇÃO DE SONDAGENS REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA INFRA-ESTRUTURA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE INFRA-ESTRUTURA INSTRUÇÕES NORMATIVAS PARA SONDAGENS IN-04/94 Instrução Normativa

Leia mais

DEMANDAS DE BENS E SERVIÇOS PARA O EMPREENDIMENTO DA REFINARIA PREMIUM I

DEMANDAS DE BENS E SERVIÇOS PARA O EMPREENDIMENTO DA REFINARIA PREMIUM I WORKSHOP DE DESENVOLVIMENTO DE FORNECEDORES DEMANDAS DE BENS E SERVIÇOS PARA O EMPREENDIMENTO DA REFINARIA PREMIUM I Maurício Lamartine PETROBRAS 1 Sumário O Empreendimento da Refinaria Premium I (Refinaria,

Leia mais

EXERCÍCIO PROJETO DO CANTEIRO DE OBRAS DE EDIFÍCIOS

EXERCÍCIO PROJETO DO CANTEIRO DE OBRAS DE EDIFÍCIOS EXERCÍCIO PROJETO DO CANTEIRO DE OBRAS DE EDIFÍCIOS Você foi incumbido do planejamento da execução do edifício habitacional, constituído por um subsolo, um pavimento térreo e oito pavimentos tipo, com

Leia mais

DER/PR ES-T 03/05 TERRAPLENAGEM: EMPRÉSTIMOS

DER/PR ES-T 03/05 TERRAPLENAGEM: EMPRÉSTIMOS TERRAPLENAGEM: EMPRÉSTIMOS Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Paraná - DER/PR Avenida Iguaçu 420 CEP 80230 902 Curitiba Paraná Fone (41) 3304 8000 Fax (41) 3304 8130 www.pr.gov.br/derpr Especificações

Leia mais

SINAPI Modelo de Apresentação

SINAPI Modelo de Apresentação SINAPI Modelo de Apresentação Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil Administrado pela CAIXA Precisão do Preço de Referência Margem de erro elevada MÉTODO DE CÁLCULO DO

Leia mais

Manual Irrigabras para obras de infra-estrutura

Manual Irrigabras para obras de infra-estrutura Manual Irrigabras para obras de infra-estrutura Índice 1. Obras de infra-estrutura... 2 2. Base de concreto do Pivô... 2 3. Base de concreto da motobomba... 3 4. Casa de bombas... 4 5. Valeta da adutora...

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1) Modalidade de Licitação: Concorrência ou Pregão (eletrônico ou presencial), do tipo menor preço.

TERMO DE REFERÊNCIA. 1) Modalidade de Licitação: Concorrência ou Pregão (eletrônico ou presencial), do tipo menor preço. TERMO DE REFERÊNCIA 1) Modalidade de Licitação: Concorrência ou Pregão (eletrônico ou presencial), do tipo menor preço. 2) Objeto: Procedimento licitatório destinado a elaboração de registro de preço para

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS OBRA: Pavimentação Asfáltica Tipo CBUQ, sobre Pavimentação de Pedra Irregular na Rua 1 - INTRODUÇÃO Tem este por finalidade orientar e especificar a execução

Leia mais

CONSÓRCIO ETDI RNEST

CONSÓRCIO ETDI RNEST CONSÓRCIO ETDI RNEST O CONSÓRCIO ETDI - RNEST O Consórcio é formado por duas empresas: EGESA Engenharia: Com forte atuação no mercado de construção civil pesada, com obras nos mais diversos estados brasileiros,

Leia mais

ESTUDOS PRÉ-CONSTRUTIVOS PROSPECÇÃO GEOTÉCNICA

ESTUDOS PRÉ-CONSTRUTIVOS PROSPECÇÃO GEOTÉCNICA 1 ESTUDOS PRÉ-CONSTRUTIVOS 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS 2. OBJETIVOS DA 3. FASES DA 4. MÉTODOS DE PROSPECÇÃO 2 1. Considerações iniciais: As características de um solo não podem ser descobertas apenas pelo

Leia mais

RELATÓRIO DE SONDAGEM

RELATÓRIO DE SONDAGEM RELATÓRIO DE SONDAGEM Cliente: TJMG Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais Local: Vazante - MG Obra: Novo Fórum Tipo: Sondagem de Simples Reconhecimento, com SPT. Data: 27/03/2012 Uberaba, 27 de

Leia mais

Professor Douglas Constancio. 1 Elementos especiais de fundação. 2 Escolha do tipo de fundação

Professor Douglas Constancio. 1 Elementos especiais de fundação. 2 Escolha do tipo de fundação Professor Douglas Constancio 1 Elementos especiais de fundação 2 Escolha do tipo de fundação Americana, junho de 2005 0 Professor Douglas Constancio 1 Elementos especiais de fundação Americana, junho de

Leia mais

Associado à. Associação Brasileira de Mecânica do Solos 38 ANOS

Associado à. Associação Brasileira de Mecânica do Solos 38 ANOS Associado à Associação Brasileira de Mecânica do Solos 38 ANOS 38 ANOS MEMORIAL DESCRITIVO OBRA PONTE PARAUAPEBAS - PARÁ DATA Outubro de 2011 Belém, 11 de outubro de 2011 Referência: Ponte em Parauapebas,

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA - 1 - PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA MUNICÍPIO DE BOMBINHAS - SC PROJETO: AMFRI Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí Carlos Alberto Bley

Leia mais

O leque de nossas possibilidades profissionais

O leque de nossas possibilidades profissionais O perfil da empresa O leque de nossas possibilidades profissionais Perfuração & Explosão Jens Weiss Ltda É uma empresa especializada em serviços de preparação e execução de explosão de todos os tipos.

Leia mais

Projetos de Fundação

Projetos de Fundação Projetos de Fundação PROF. LUIS FERNANDO P. SALES Engenheiro Civil - Mestre em Geotecnia CREA/SC 039.164-3 TERMINOLOGIA: SEMINÁRIO SOBRE FUNDAÇÕES E CONTENÇÕES AREA/IT 20 DE AGOSTO DE 2014 Fundação

Leia mais

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA ASSESSORIA DE OBRAS E MANUTENÇÃO Processo: Sistema de Custo para Obras e Serviços de Engenharia SC- SERVIÇOS COMPLEMENTARES Ano referência:

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE LOTEAMENTO URBANO

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE LOTEAMENTO URBANO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO GUANHÃES MG INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE LOTEAMENTO URBANO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP DEPARTAMENTO DE

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP DEPARTAMENTO DE ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL SONDAGENS Em virtude da dificuldade de se prever

Leia mais

CURSO ORÇAMENTO E CÁLCULO DO CUSTO DE OBRAS

CURSO ORÇAMENTO E CÁLCULO DO CUSTO DE OBRAS CURSO ORÇAMENTO E CÁLCULO DO CUSTO DE OBRAS 1. Curso de ORÇAMENTO E CALCULO DE CUSTOS de Obras Inclui Composição de Preços, BDI e Programa de Orçamento Edificações Terraplanagem Estruturas Pavimentação

Leia mais

069123_RITA CASTRO 9/27/04 7:05 PM Page 1 PESQUISAMOS SOLUÇÕES PARA O SEU CONFORTO.

069123_RITA CASTRO 9/27/04 7:05 PM Page 1 PESQUISAMOS SOLUÇÕES PARA O SEU CONFORTO. 069123_RITA CASTRO 9/27/04 7:05 PM Page 1 S O N D A G E N S E C A P T A Ç Õ E S D E Á G U A S O N D A G E N S B A T A L H A PESQUISAMOS SOLUÇÕES PARA O SEU CONFORTO. 069123_RITA CASTRO 9/27/04 7:05 PM

Leia mais

2.4.0 TRANSPORTE, ARMAZENAGEM E SERVIÇOS RELACIONADOS

2.4.0 TRANSPORTE, ARMAZENAGEM E SERVIÇOS RELACIONADOS Listagem Categorias Criticas Portugal Esta é a listagem de categorias de produto/serviço consideradas criticas pelas empresas que compõem a omunidade RePro em Portugal. Caso tenha inscrito ou pretenda

Leia mais

WWW.RENOVAVEIS.TECNOPT.COM

WWW.RENOVAVEIS.TECNOPT.COM Como funciona um aerogerador Componentes de um aerogerador Gôndola:contém os componentes chaves do aerogerador. Pás do rotor:captura o vento e transmite sua potência até o cubo que está acoplado ao eixo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, ABASTECIMENTO E PESCA TERMO DE REFERÊNCIA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, ABASTECIMENTO E PESCA TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO: 1.1 - Registro de Preços visando à contratação de Serviços de Locação de Veículos Automotores, para atender às necessidades desta Secretaria, bem como de seus Órgãos vinculados

Leia mais

GESTÃO DE PRODUTOS PARA OBRAS INDUSTRIAIS

GESTÃO DE PRODUTOS PARA OBRAS INDUSTRIAIS GESTÃO DE PRODUTOS PARA OBRAS INDUSTRIAIS Terrenos Projetos Pisos Sondagem Pré-Fabricados Venezianas Terraplenagem Estruturas Metálicas Estacas O Logo A Cruz de Malta, conhecida como o símbolo do guerreiro

Leia mais

CLIENTE SUCAB SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÕES ADMINISTRATIVAS DA BAHIA

CLIENTE SUCAB SUPERINTENDÊNCIA DE CONSTRUÇÕES ADMINISTRATIVAS DA BAHIA EMISSÃO: GO/2008 CLIENTE SUCB SUPERINTENDÊNCI DE CONSTRUÇÕES DMINISTRTIVS D BHI PROJETO HOSPITL DO SUBÚRBIO SLVDOR - B TÍTULO MEMORIL DESCRITIVO/ ESPECIFICÇÕES TÉCNICS DT GO/2008 ESPECILIDDE GRUPO 01 SERVIÇOS

Leia mais

ANEXO I. Pará Pag.: 2 Governo Municipal de Água Azul do Norte. Preço Unit (R$) Código

ANEXO I. Pará Pag.: 2 Governo Municipal de Água Azul do Norte. Preço Unit (R$) Código Pará Pag.: 1 001835 LOCAÇÃO DE VEICULO UTILITÁRIO CAMIONETE 1.500,0000 DIA PICK-UP 4X4 Cabine Dupla, Potência Mínima de 120 CV, Direção Hidráulica, Ar-Condicionado,Bancos Reclináveis, Freio a Disco nas

Leia mais

SISTEMA HIDRAULICO PARA ELEVADORES CONFORTO TOTAL ACESSIBILIDADE TOTAL

SISTEMA HIDRAULICO PARA ELEVADORES CONFORTO TOTAL ACESSIBILIDADE TOTAL SISTEMA HIDRAULICO PARA ELEVADORES CONFORTO TOTAL ACESSIBILIDADE TOTAL Obrigado por escolher equipamentos FLUHYDRO SYSTEMS. Os sistemas óleo hidráulicos são hoje, as melhores, mais seguras e econômicas

Leia mais

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria;

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; CATEGORIAS E PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; 2.- Os atestados deverão: 2.1.- Ser apresentados rigorosamente de acordo com

Leia mais

ANEXO 01 MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO 01 MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO 01 MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇO FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTOS TIPO CAMINHÃO PIPA PARA ATENDIMENTO ÀS OPERAÇÕES DE SUPRIMENTO DE ÁGUA EM ÁREAS DEFICITÁRIAS DE REDES DE ABASTECIMENTO, COM CAPACIDADE

Leia mais