Campeonatos Nacionais de Equipas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Campeonatos Nacionais de Equipas"

Transcrição

1 Campeonatos Nacionais de Equipas I (1982) Lisboa, 05 e 06 de Junho 1º Almada Atlético Clube? 2º Grupo Dramático e Beneficiente de Rio Tinto? 3º Clube Diana de Évora? 4º Clube Recreativo dos Anjos? II (1983) Lisboa, 24 de Setembro 1º Clube Recreativo dos Anjos 2º Clube da Escola Livre de Oliveira de Azeméis f.c. III (1984) Coimbra, 29 de Setembro 1º Almada Atlético Clube? 2º Grupo Dramático e Beneficiente de Rio Tinto? IV (1985) Portalegre, 01 de Junho 1º Grupo Desportivo da Póvoa do Varzim? 2º Almada Atlético Clube? 1

2 V (1986) Torres Vedras, 14 de Junho 1º Almada Atlético Clube? 2º Grupo Desportivo da Póvoa do Varzim? VI (1987) Póvoa do Varzim, 04 de Julho 1º Almada Atlético Clube 2,5 2º Grupo Dramático e Beneficente de Rio Tinto 1,5 VII (1988) Benedita, 04 de Junho Lugar Participação Pontuação 1º Grupo Desportivo da Póvoa do Varzim 2,5 2º Almada Atlético Clube 1,5 VIII (1989) Diversos locais, 16, 23 e 30 de Setembro 1º Almada Atlético Clube 16,5 2º Clube Dragões de Azeméis 11,0 3º Grupo Desportivo Operário 10,5 4º Centro Popular de Assentos 9,0 5º Clube 31 de Janeiro, Os Celtas 8,0 6º Casa do Povo de Pombal 5,0 2

3 IX (1990) Diversos locais, 08, 15 e 22 de Setembro 1º Almada Atlético Clube 19,0 2º Grupo Desportivo Operário 13,0 3º Clube Dragões de Azeméis 10,5 4º Centro Popular de Assentos 7,0 5º Casa do Povo de Pombal 6,0 6º Clube 31 de Janeiro, Os Celtas 4,5 X (1991) Diversos locais, 14, 21 e 28 de Setembro e 05 de Outubro 1º Almada Atlético Clube 21,0 2º Grupo Filantrópico Os Manos 16,0 3º Grupo Desportivo Operário 15,5 4º Clube Recreativo Espírito Santo, Ajax 15,0 5º Clube Dragões de Azeméis 14,0 6º Clube da Escola Livre de Oliveira de Azeméis 13,5 7º Centro Popular de Assentos 12,5 8º Centro Cultural e Popular de Serpa 4,5 XI (1992) Odivelas, 19 e Lisboa, 26 e 27 de Setembro 1º Almada Atlético Clube 14 2º Grupo Desportivo Operário 10 3º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 9 4º Circulo Católico Operário 8 5º Grupo Desportivo de Candeeiros 6 6º Grupo Filantrópico Os Manos 5 7º Clube 31 de Janeiro, Os Celtas 4 8º Clube Recreativo Espírito Santo Ajax 0 3

4 XII (1993) Diversos locais, 18, 19, 25 e 26 de Setembro 1º Almada Atlético Clube 14 2º Circulo Católico Operário 12 3º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 9 4º Grupo Desportivo Operário 8 5º Grupo Desportivo de Candeeiros 6 6º Clube J. F. Operários da Sé 4 7º Clube Recreativo dos Anjos 2 8º Sociedade Filarmónica Incrível Almadense 1 XIII (1994) Diversos locais, 10, 11, 17 e 25 de Setembro 1º Almada Atlético Clube 9 2º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 6 3º Círculo Católico Operário 6 4º Grupo Filantrópico Os Manos 5 5º Núcleo Damista do Café Emigrante 4 6º Grupo Desportivo Operário 0 7º Grupo Recreativo Espírito Santo Ajax Elim. 8º Grupo Desportivo de Candeeiros Elim. XIV (1995) Diversos locais, 09, 10, 16 e 24 de Setembro 1º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 10 2º Almada Atlético Clube 10 3º Círculo Católico Operário 10 4º Clube da Escola Livre de Oliveira de Azeméis 9 5º Grupo Filantrópico Os Manos 8 6º Ginásio Clube de Sines 5 7º Clube Recreativo dos Anjos 3 8º Núcleo Damista do Café Emigrante 1 4

5 XV (1996) Diversos locais, 07, 08, 14 e 21 de Setembro 1º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 11 2º Almada Atlético Clube 11 3º Grupo Filantrópico Os Manos 6 4º Círculo Católico Operário 5 5º Ginásio Clube Vilacondense 4 6º Soc. Fil. Rec. Artístico Amadora 4 7º Clube da Escola Livre de Oliveira de Azeméis 1 8º Montemorense Carlista Elim. XVI (1997) Diversos locais, 06, 07, 13 e 20 de Setembro 1º Almada Atlético Clube 12 2º Grupo Filantrópico Os Manos 11 3º Círculo Católico Operário 11 4º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 11 5º Ginásio Clube Vilacondense 5 6º Grupo Desp. Fáb. Cerâmica Valadares 4 7º Ginásio Clube de Sines 2 8º Clube Recreativo dos Anjos Elim. XVII (1998) Diversos locais, 03, 04, 05 e 17 de Outubro 1º Almada Atlético Clube 16 2º Grupo Filantrópico Os Manos 13 3º Ginásio Clube Vilacondense 9 4º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 7 5º Núcleo Damista do Café Emigrante 7 6º Círculo Católico Operário 5 7º Grupo Desp. Fáb. Cerâmica Valadares 1 8º Assoc. Moradores Santo António Cavaleiros desist. 5

6 XVIII (1999) Diversos locais, 02, 03, 16 e 30 de Outubro 1º Almada Atlético Clube 16 2º Grupo Filantrópico Os Manos /CTT-Setúbal 12 3º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 11 4º Grupo Desp. Fáb. Cerâmica Valadares 10 5º Círculo Católico Operário 7 6º Ginásio Clube Vilacondense 3 7º Casa do Povo de Vizela 0 8º Núcleo Damista do Café Emigrante desist. XIX (2000) Diversos locais, Outubro e Novembro 1º Círculo Católico Operário 19 2º Almada Atlético Clube 14 3º Grupo Desp. Fáb. Cerâmica Valadares 13 4º Grupo Desp.da Casa do Pessoal CTT Setúbal 12 5º Assoc. Moradores Santo António Cavaleiros 10 6º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 7 7º Ginásio Clube Vilacondense 3 8º Casa do Povo de Vizela 1 XX (2001) Diversos locais, Outubro e Novembro 1º Almada Atlético Clube 12 2º Grupo Desp.da Casa do Pessoal CTT Setúbal 7 3º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 7 4º Grupo Desp. Fáb. Cerâmica Valadares 6 5º Círculo Católico Operário 5 6º Assoc. Moradores Santo António Cavaleiros 5 7º Clube Recreativo Charnequense 0 8º Grupo Desportivo Operário Elim. 6

7 XXI (2002) Diversos locais, 12 de Outubro e 09 de Novembro 1º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 12 2º Almada Atlético Clube 11 3º Grupo Desp.da Casa do Pessoal CTT Setúbal 9 4º Círculo Católico Operário 8 5º Ginásio Clube Vilacondense 7 6º Casa do Povo de Vizela 5 7º Grupo D.F.Cerâmica e Junta Freg.Valadares 2 8º Assoc. Moradores Santo António Cavaleiros 0 XXII (2003) Diversos locais, 04 de Outubro e 08 de Novembro 1º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 9 2º C.C.D. São João da Madeira 6 3º Círculo Católico Operário 6 4º Casa do Povo de Vizela 4 5º Clube 31 de Janeiro, Os Celtas 3 6º Ginásio Clube Vilacondense 2 7º Almada Atlético Clube Desist. XXIII (2004) Diversos locais, 16 de Outubro a 13 de Novembro 1º Círculo Católico Operário? 2º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José? 7

8 XXIV (2005) Diversos locais, 29 de Outubro a?? 1º Sociedade Capricho Setubalense 13 2º Almada Atlético Clube 10 3º Junta de Freguesia de Valadares 9 4º C.C.D. São João da Madeira 7 5º Círculo Católico Operário 7 6º Ginásio Clube Vilacondense 5 7º Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 3 8º Casa do Povo de Vizela 0 Quadro de Honra Clubes Total de títulos Almada Atlético Clube 14 Grupo Dramático e Recreativo Ramiro José 4 Grupo Desportivo da Póvoa do Varzim 2 Círculo Católico Operário 2 Clube Recreativo dos Anjos 1 Sociedade Capricho Setubalense 1 8

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante INTRODUÇÃO II - DO OBJETO E DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS III - DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA IV - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII - DA DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante I - INTRODUÇÃO II - OBJETO III - DOS ÓRGÃOS E UNIDADES INTEGRANTES DO REGISTRO IV - CONDIÇÕES GERAIS PARA PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII -

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR. Os Pretéritos Perfeito Simples e Composto em Português e Castelhano: Semelhanças e Diferenças

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR. Os Pretéritos Perfeito Simples e Composto em Português e Castelhano: Semelhanças e Diferenças UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR FACULDADE DE ARTES E LETRAS DEPARTAMENTO DE LETRAS Os Pretéritos Perfeito Simples e Composto em Português e Castelhano: Semelhanças e Diferenças LILIANA FILIPA PAIS CORREIA

Leia mais

Prefácio 17 Explicação necessária 19

Prefácio 17 Explicação necessária 19 SUMÁRIO Prefácio 17 Explicação necessária 19 I. CONSTITUIÇÃO 21 1. Conceitos 21 2. História das Constituições 21 3. Classificação das Constituições 23 4. Elementos das Constituições 24 5. Estrutura da

Leia mais

PROJETO DE LEI N /LEGISLATIVO

PROJETO DE LEI N /LEGISLATIVO PROJETO DE LEI N /LEGISLATIVO Denomina de Rua Livro Gênesis a Rua 01, de Rua Profeta Malaquias a Rua 02, de Travessa Livro Atos dos Apóstolos a Travessa R, de Rua Apóstolo Matheus a Rua 03, de Rua Profeta

Leia mais

Notícias Consolidação das Leis Federais

Notícias Consolidação das Leis Federais Notícias Consolidação das Leis Federais Encaminhado ao Congresso Nacional Projeto de lei para declarar expressamente revogadas leis e decretos-leis cujos preceitos perderam eficácia. (EM nº 020/2000 -

Leia mais

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2010 Salário-de-contribuição (R$) INSS até 1.040,22 8,00% de 1.040,23 até 1.733,70 9,00% de 1.733,71 até 3.467,40

Leia mais

LEI Nº 4.035. De: 04 de julho de 2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 4.035. De: 04 de julho de 2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 4.035 De: 04 de julho de 2014. Desafeta do domínio público os imóveis localizados no CONJUNTO HABITACIONAL SONHO MEU, na cidade de Umuarama - PR. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ,

Leia mais

2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097. de Umuarama.

2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097. de Umuarama. 24 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 de Umuarama. 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 25 ANEXO I DO REGULAMENTO A QUE SE REFERE O DECRETO Nº 9510/2013 26 2ª feira 02/Dez/2013 - Edição nº 9097 ANEXO

Leia mais

CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO: época 1979 ZONA NORTE

CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO: época 1979 ZONA NORTE CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO: época 1979 ZONA NORTE Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Zona NORTE) 1 Futebol Clube do Porto 18 48 2 União Desportiva Oliveirense 18 45 3 Clube Infante Sagres 18 43

Leia mais

CCAE. Lógica Aplicada a Computação - Teoria dos Conjuntos - Parte II. UFPB - Campus IV - Litoral Norte. Centro de Ciências Aplicadas e Educação

CCAE. Lógica Aplicada a Computação - Teoria dos Conjuntos - Parte II. UFPB - Campus IV - Litoral Norte. Centro de Ciências Aplicadas e Educação CCA UFB - Campus IV - Litoral Norte Lógica Aplicada a Computação - Teoria dos Conjuntos - arte II Centro de Ciências Aplicadas e ducação rofessor Alexandre Duarte - alexandrend@gmail.com Slides baseados

Leia mais

Plano de Manutenção Predial Preventiva

Plano de Manutenção Predial Preventiva SUMAN Subsecretaria de Manutenções SEAP Secretaria de Adminitração Predial SEG Secretaria-Geral TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS Plano de Manutenção Predial Preventiva Brasília,

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Lei Geral da Micro e Pequena Empresa Empreendedor Individual

EMPREENDEDORISMO. Lei Geral da Micro e Pequena Empresa Empreendedor Individual EMPREENDEDORISMO Números MPE Indicador Brasil DF Participação % Fonte Número de MPE 5.786.696 87.358 1,51 RAIS 2008 Número de MPE Comércio 3.067.577 41.967 1,37 RAIS 2008 Número de MPE - Serviço 1.861.779

Leia mais

CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO: época 1978 ZONA NORTE

CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO: época 1978 ZONA NORTE CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO: época 1978 Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Zona NORTE) 1 Futebol Clube do Porto 18 13 3 2 100-52 47 2 Clube Hóquei dos Carvalhos 18 11 4 3 71-54 44 3 Associação Desportiva

Leia mais

Boletim de Inscrição de Equipa

Boletim de Inscrição de Equipa I. COMPETIÇÃO EM QUE SE INSCREVE DISTRITAL DE AVEIRO 2009 II. DADOS GERAIS Nome da Equipa: UR Os Amigos da Terra Local dos jogos em casa: Junta de Freguesia de Carregosa Telefone: Fax: E-mail: urate@netvisao.pt

Leia mais

REGULAMENTO PROMOCIONAL 01/2016 PROMOCÃO CAMISA 12 CAMPEONATO RONDONIENSE DE FUTEBOL FFER/EUCATUR 2016

REGULAMENTO PROMOCIONAL 01/2016 PROMOCÃO CAMISA 12 CAMPEONATO RONDONIENSE DE FUTEBOL FFER/EUCATUR 2016 REGULAMENTO PROMOCIONAL 01/2016 PROMOCÃO CAMISA 12 CAMPEONATO RONDONIENSE DE FUTEBOL FFER/EUCATUR 2016 Do objetivo da promoção I. A promoção Promoção Camisa 12 Campeonato Rondoniense de Futebol FFER/Eucatur

Leia mais

REGIMENTO DE TAXAS E PERCENTAGENS PARA 2015

REGIMENTO DE TAXAS E PERCENTAGENS PARA 2015 Circular Num. 001 / 2015 Federação Paulista de Futebol de Salão Rua Beneficência Portuguesa, 24 2º andar CEP. 01033-020 São Paulo (SP) Telefone (11) 2714-8150 Fax (11) 2714-8172 CNPJ. 62.319.595/0001-08

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas PGDP

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas PGDP UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas PGDP (Dez) (Dez) Campus Doutores Mestres Especialistas Doutores Mestres Especialistas Variação Total Total Qtde

Leia mais

E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L

E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L H I N O O F I C I A L J a y m e d e A l t a v i l a I A o r e m o! Po i s n o s s o n o r t e D e g l ó r i a s t r a ç a d o e s t á. F a ç

Leia mais

MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO

MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO VERSÃO: 01/7/2008 2 / 6 MANUAL DE NORMAS DIREITO CREDITÓRIO DE EXPORTAÇÃO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO

Leia mais

CD Paço de Arcos. UD Oliveirense. OC Barcelos SL Benfica

CD Paço de Arcos. UD Oliveirense. OC Barcelos SL Benfica Portugal ÉPOCA 1987/88 Campeonato Nacional da 1ª Divisão 1 Sporting Clube de Portugal 26 21 0 5 186-87 68 2 Futebol Clube do Porto 26 17 5 4 126-68 65 3 Clube Desportivo Paço de Arcos 26 17 4 5 138-72

Leia mais

Gym For Life Nacional e 17 abril 2016 * ELVAS sábado - 16 abril

Gym For Life Nacional e 17 abril 2016 * ELVAS sábado - 16 abril Gym For Life Nacional 2016 16 e 17 abril 2016 * ELVAS sábado - 16 abril Versão 04.04.2016 16/abril CLUBE CLASSE 09:00 Associação de Moradores dos Redondos AcroRedondos Sporting Clube Campomaiorense A.C.R.D.

Leia mais

3. São instalados balcões de nacionalidade nas seguintes conservatórias do registo civil, os quais tramitam os processos a seguir enunciados:

3. São instalados balcões de nacionalidade nas seguintes conservatórias do registo civil, os quais tramitam os processos a seguir enunciados: N.º 10/CD/2016 Assunto: Nacionalidade Balcões - Competência para atribuir e para conceder a nacionalidade portuguesa, por naturalização Subdelegação - Distribuição de processos. Data: 23.06.2016 Nº de

Leia mais

Manual do Aluno. Escola de Engenharia Kennedy. Faculdade Kennedy. Faculdade de Ciências jurídicas Prof. Alberto Deodato

Manual do Aluno. Escola de Engenharia Kennedy. Faculdade Kennedy. Faculdade de Ciências jurídicas Prof. Alberto Deodato Manual do Aluno Escola de Engenharia Kennedy Faculdade Kennedy Faculdade de Ciências jurídicas Prof. Alberto Deodato Apresentação 01 Missão Escola de Engenharia e Faculdade Kennedy Missão Faculdade de

Leia mais

MOMENTO CÂNTICO LIVRO PÁGINA

MOMENTO CÂNTICO LIVRO PÁGINA PROGRAMA DE CÂNTICOS TEMPO COMUM DEPOIS DA PÁSCOA ANO C SÉRIE 3 VIII DOMINGO SANTÍSSIMA TRINDADE 22 V 2016 Entrada Pai, Filho, Espírito Santo CEC II 162 S. Resp. Digno de louvor e glória SRML 174 Ofertório

Leia mais

Anexo V Tribunais Judiciais de Comarca

Anexo V Tribunais Judiciais de Comarca Anexo V Tribunais Judiciais de Comarca Tribunal (Círculo / Distrito) Arquitecto projectista Data de conclusão ou de inauguração Tipo de cobertura Abrantes (Abrantes / Évora) Arq. António Madeira Portugal

Leia mais

ANEXO I. N.º TOTAL DE PÁGINAS: 12 PÁGINAS

ANEXO I. N.º TOTAL DE PÁGINAS: 12 PÁGINAS ANEXO I. Lista de verificação técnica para os estabelecimentos de comércio a retalho de produtos da pesca e aquiculturas Plano de aprovação e controlo dos estabelecimentos (PACE) 12 PÁGINAS AI ANEXO II.

Leia mais

Manual de Afastamento de Docentes

Manual de Afastamento de Docentes Manual de Afastamento de Docentes Resolução Unesp nº 19, de 07 de Março de 1997 Campus Experimental de Tupã Área de Recursos Humanos 1ª Edição AGOSTO/2011 INTRODUÇÃO Considera-se afastamento, o período

Leia mais

TEOREMA ( Propriedades das operações matriciais)

TEOREMA ( Propriedades das operações matriciais) TEOREMA ( Propriedades das operações matriciais) Supomos as dimensões das matrizes A, B, C tais que as operações abaixo consideradas estão bem definidas. Temos então: I. A+B=B+A (comutatividade da soma

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I DIREITOS POLÍTICOS... 1 CAPÍTULO II DIREITO ELEITORAL... 15 CAPÍTULO III PRINCÍPIOS DE DIREITO ELEITORAL... 23

SUMÁRIO CAPÍTULO I DIREITOS POLÍTICOS... 1 CAPÍTULO II DIREITO ELEITORAL... 15 CAPÍTULO III PRINCÍPIOS DE DIREITO ELEITORAL... 23 SUMÁRIO CAPÍTULO I DIREITOS POLÍTICOS... 1 1. Compreensão dos direitos políticos... 1 1.1. Política... 1 1.2. Direito Político... 2 1.3. Direitos políticos... 2 2. Direitos humanos e direitos políticos...

Leia mais

Portugal Mapas e Números

Portugal Mapas e Números Plano Anual de Atividades 2011-12 Portugal Mapas e Números Código da atividade ogf3 Destinatários Toda a comunidade educativa da ESSM Intervenientes Responsáveis Prof. Augusto Cebola e Prof. Jorge Damásio

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente instrumento tem por finalidade regulamentar as Atividades Complementares que compõem

Leia mais

ANEXO VI SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS TABELA I CIMENTO DE QUALQUER ESPÉCIE

ANEXO VI SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS TABELA I CIMENTO DE QUALQUER ESPÉCIE ANEXO VI SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM OPERAÇÕES OU PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS - ESTADOS SIGNATÁRIOS DE ACORDOS TABELA I CIMENTO DE QUALQUER ESPÉCIE PROTOCOLO ICM 11/85 Adesão Rondônia - Protocolo ICM 11/87,

Leia mais

CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO: época 1977 ZONA NORTE

CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO: época 1977 ZONA NORTE CAMPEONATO NACIONAL DA 1ª DIVISÃO: época 1977 Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Zona NORTE) 1 Futebol Clube do Porto 18 49 2 Clube Hóquei dos Carvalhos 18 42 3 Associação Desportiva de Valongo 18 42 4

Leia mais

Decreto Olímpico. Agentes Olímpicos Maio 2016

Decreto Olímpico. Agentes Olímpicos Maio 2016 Decreto Olímpico Agentes Olímpicos Maio 2016 1 Poligonos de Restrição de Circulação 2 Detalhamento POLÍGONO 1 ZONA NORTE E ZONA OESTE Art. 3º Fica proibida a entrada e circulação de veículos de carga nos

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Declaração Universal dos Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e de seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da liberdade,

Leia mais

Índice. Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159

Índice. Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159 5 Índice Índice Sistemático 7 TRATADO DA UNIÃO EUROPEIA 15 TRATADO SOBRE O FUNCIONAMENTO DA UNIÃO EUROPEIA 43 TRATADO DE LISBOA 159 S 163 ANEXO QUADROS DE CORRESPONDÊNCIA A QUE SE REFERE O ARTIGO 5.º DO

Leia mais

EDITAL 21/2015 PARA ELEIÇÃO DE REPRESENTAÇÃO DISCENTE NA CONGREGAÇÃO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE BARUERI PADRE DANILO JOSÉ DE OLIVEIRA OHL.

EDITAL 21/2015 PARA ELEIÇÃO DE REPRESENTAÇÃO DISCENTE NA CONGREGAÇÃO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE BARUERI PADRE DANILO JOSÉ DE OLIVEIRA OHL. EDITAL 21/2015 PARA ELEIÇÃO DE REPRESENTAÇÃO DISCENTE NA CONGREGAÇÃO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE BARUERI PADRE DANILO JOSÉ DE OLIVEIRA OHL. A Comissão Eleitoral da Fatec Barueri, tendo em vista a instalação

Leia mais

A DESVALORIZAÇÃO DO FEMININO NO MUNDO DO CONSUMO - APLICAÇÕES 83 EXPLORATÓRIAS ÀS MARCAS, AO MARKETING E À PUBLICIDADE

A DESVALORIZAÇÃO DO FEMININO NO MUNDO DO CONSUMO - APLICAÇÕES 83 EXPLORATÓRIAS ÀS MARCAS, AO MARKETING E À PUBLICIDADE ÍNDICE I - INTRODUÇÃO 19 II - METODOLOGIA I 21 III - REVISÃO TEÓRICA 23 NÚMEROS E FACTOS - A AMPLITUDE DO FEMININO 23 Demografia Nacional e Internacional 23 A Evolução da Educação 25 O Mundo Laboral 27

Leia mais

Subseção I Da Subsecretaria de Biblioteca SUBIB. I coordenar atividades relativas ao controle e à atualização do acervo bibliográfico do Tribunal;

Subseção I Da Subsecretaria de Biblioteca SUBIB. I coordenar atividades relativas ao controle e à atualização do acervo bibliográfico do Tribunal; Subseção I Da Subsecretaria de Biblioteca SUBIB Art. 273. À Subsecretaria de Biblioteca SUBIB compete: I coordenar atividades relativas ao controle e à atualização do acervo bibliográfico do Tribunal;

Leia mais

Abertura Oficial do Congresso 20h00 Sala A. 27/10/2015 Terça-feira Martes

Abertura Oficial do Congresso 20h00 Sala A. 27/10/2015 Terça-feira Martes Abertura Oficial do Congresso 20h00 Sala A 27/10/2015 Terça-feira Martes 28/10/2015 Quarta-feira Miércoles El Pasado, Presente y Futuro de la Parasitologia en las Américas y en el Mundo Conferencista:

Leia mais

Avaliação do desempenho térmico de Sistema Construtivo em Concreto de Alto Desempenho Estrutural Leve CADEX

Avaliação do desempenho térmico de Sistema Construtivo em Concreto de Alto Desempenho Estrutural Leve CADEX UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO Relatório Avaliação do desempenho térmico de Sistema Construtivo em Concreto de Alto Desempenho Estrutural

Leia mais

ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANEXO I CONVITE Nº 002/2013 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO NOS PRÉDIOS DA DMED LISTADOS ABAIXO 1 - OBJETO Elaboração de Projeto

Leia mais

INATEL TURISMO PARA TODOS 267 A PREÇOS ECONÓMICOS

INATEL TURISMO PARA TODOS 267 A PREÇOS ECONÓMICOS www.inatel.pt FUNDAÇÃO INATEL TURISMO PARA TODOS PORTUGAL 2013 Desde 267 INCLUI: TRANSPORTE TERRESTRE + 5 NOITES ALOJAMENTO, REFEIÇÕES, PASSEIOS, ANIMAÇÃO E SEGURO. Descubra o que Portugal tem de melhor

Leia mais

CAMPEONATOS REGIONAIS DE APURAMENTO

CAMPEONATOS REGIONAIS DE APURAMENTO CAMPEONATO NACIONAL DE HÓQUEI EM PATINS: época 1962 CAMPEONATOS REGIONAIS DE APURAMENTO Campeonato Regional MINHO 1 Famalicense Atlético Clube 2 Vitória Sport Clube de Barcelinhos Sport Clube Vianense

Leia mais

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR

Federação Espírita Catarinense 14ª União Regional Espírita Departamento de Estudo e Divulgação Doutrinária PROJETO O CONSOLADOR PROJETO O CONSOLADOR TEMÁRIO PARA PALESTRAS DO TRIMESTRE JANEIRO, FEVEREIRO e MARÇO/2015 no HOSPITAL REGIONAL DE SÃO JOSÉ MÊS DE JANEIRO/2015 Dia 05/01/15 ANTE O DIVINO SEMEADOR 1) O Evangelho Segundo

Leia mais

INSTRUÇÃO INFORMÁTICA N.º 36/2007 CONTROLO DE PRAZOS DE REGULARIZAÇÃO DE SINISTROS DE DANOS MATERIAIS COM DANOS CORPORAIS

INSTRUÇÃO INFORMÁTICA N.º 36/2007 CONTROLO DE PRAZOS DE REGULARIZAÇÃO DE SINISTROS DE DANOS MATERIAIS COM DANOS CORPORAIS INSTRUÇÃO INFORMÁTICA N.º 36/2007 CONTROLO DE PRAZOS DE REGULARIZAÇÃO DE SINISTROS DE DANOS MATERIAIS COM DANOS CORPORAIS Objectivo Instruções para a constituição do ficheiro, em suporte informático, para

Leia mais

ODONTOLOGIA-522 Nível:Graduação Início: Fim: Legislação: RECONHECIMENTO: PORTARIA MINISTERIAL Nº 348 DE 03/03/94 D.O.U. 07/03/94 Currículo

ODONTOLOGIA-522 Nível:Graduação Início: Fim: Legislação: RECONHECIMENTO: PORTARIA MINISTERIAL Nº 348 DE 03/03/94 D.O.U. 07/03/94 Currículo 1 de 5 Nível:Graduação Início: 19861 01 - - - Biologia Molecular - Ativa desde: - E.I. II - Anatomia, Histologia e Embriologia - Teórica 90 BIO428 - Bioquímica - Ativa desde: 20/09/2011 CHF823 - E.I. I

Leia mais

ANO CONGRESSO PAÍS TEMAS TÉCNICOS 1953 I Cuba Tema 1 O sistema de contabilidade do Estado, fundamento da intervenção e fiscalização dos Tribunais de

ANO CONGRESSO PAÍS TEMAS TÉCNICOS 1953 I Cuba Tema 1 O sistema de contabilidade do Estado, fundamento da intervenção e fiscalização dos Tribunais de ANO CONGRESSO PAÍS TEMAS TÉCNICOS 1953 I Cuba Tema 1 O sistema de contabilidade do Estado, fundamento da intervenção e fiscalização dos Tribunais de Contas. Alcance da fiscalização preventiva na execução

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FISIOTERAPIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Fixa normas para o funcionamento das Atividades Complementares no Curso de Fisioterapia do Centro Universitário de Anápolis UniEVANGÉLICA.

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante I - INTRODUÇÃO II - OBJETO Lote Ítens Especificação Quantidade Unitário Valor Total 00001 1 Lote 00001 ACETILCISTEINA SACHE 600MG 5.000,0 00002 1 Lote 00002 ACIDO FOLICO 5MG 50.000,0 00003 1 Lote 00003

Leia mais

CARTA-CIRCULAR Nº 3089

CARTA-CIRCULAR Nº 3089 CARTA-CIRCULAR Nº 3089 Libera módulos do Sistema de Informações sobre Entidades de Interesse do Banco Central - Unicad. Em conformidade com o disposto nas Circulares 3.165 e 3.180, de 4 de dezembro de

Leia mais

HEMEROTECA Coleção de Jornais 2015/2016

HEMEROTECA Coleção de Jornais 2015/2016 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO DE LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA NÚCLEO DE DOCUMENTAÇÃO E PESQUISA HISTÓRICA HEMEROTECA Coleção de Jornais Organização e Produção: Orientação

Leia mais

PONTOS DE CORTE SiSU Edição 1/2015 1º SEMESTRE CAMPUS I - SALVADOR. Ampla Concorrência (60%) Negro Optante (40%) Ampla Concorrência (60%)

PONTOS DE CORTE SiSU Edição 1/2015 1º SEMESTRE CAMPUS I - SALVADOR. Ampla Concorrência (60%) Negro Optante (40%) Ampla Concorrência (60%) PONTOS DE CORTE SiSU Edição 1/2015 1º SEMESTRE Departamento de Ciências Humanas CAMPUS I - SALVADOR 101 Ciências Contábeis 25 15 10 1 Matutino 674,06 103 Com. Social / Relações Públicas 25 15 10 1 Vespertino

Leia mais

Protocolos firmados no âmbito das Autarquias: Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens

Protocolos firmados no âmbito das Autarquias: Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens 1 Abrantes Santarém 2 Águeda Aveiro 3 Albufeira Faro 4 Alcanena Santarém 5 Alcobaça Leiria 6 Alcoutim Faro 7 Alenquer Lisboa 8 Alfândega da Fé Bragança 9 Aljustrel Beja 10 Almada Setúbal 11 Almodôvar Beja

Leia mais

MANUAL DE NORMAS CONTRATO DE OPÇÃO DE VENDA CONAB

MANUAL DE NORMAS CONTRATO DE OPÇÃO DE VENDA CONAB MANUAL DE NORMAS CONTRATO DE OPÇÃO DE VENDA CONAB VERSÃO: 01/7/2008 2 / 7 MANUAL DE NORMAS CONTRATO DE OPÇÃO DE VENDA CONAB ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO

Leia mais

DECRETO Nº 7.294, DE 6 DE SETEMBRO DE 2010 DOU 08.09.2010. Dispõe sobre a Política de Mobilização Nacional.

DECRETO Nº 7.294, DE 6 DE SETEMBRO DE 2010 DOU 08.09.2010. Dispõe sobre a Política de Mobilização Nacional. DECRETO Nº 7.294, DE 6 DE SETEMBRO DE 2010 DOU 08.09.2010 Dispõe sobre a Política de Mobilização Nacional. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso VI, alínea "a",

Leia mais

1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009

1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009 1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009 Portaria n.º 273/2009 de 18 de Março O Programa do XVII Governo Constitucional define que «o sistema [de saúde] deve ser reorganizado a todos

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 191, DE 12 DE JULHO DE

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 191, DE 12 DE JULHO DE INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 191, DE 12 DE JULHO DE 2011 A Presidenta do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS

ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS A Fernando da Silva Correia ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS I Livros I Horizonte ÍNDICE GERAL PREFÁCIO 7 NOTA LIMINAR 9 INTRODUÇÃO 13 0 CONCEITO DE ASSISTÊNCIA 13 AS DIFICULDADES DA HISTÓRIA

Leia mais

LEI N Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a. seguinte lei:

LEI N Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a. seguinte lei: LEI N. 6.869 Altera, acrescenta e revoga dispositivos e tabelas que especifica, da Lei Municipal nº 1.389, de 27 de dezembro de 1966, que instituiu o Código Tributário do Município de Poços de Caldas,

Leia mais

Índice de Gráficos. vii

Índice de Gráficos. vii Índice de figuras Figura 1 Figura 2 Figura 3 Figura 4 Figura 5 Figura 6 Modelo de raciocínio e acção pedagógica (adaptado de Shulman e Marcelo por Tavares, 1997) Modelo reflexivo de desenvolvimento / formação

Leia mais

https://www.trt15.jus.br/designacoes/consulta.do

https://www.trt15.jus.br/designacoes/consulta.do Page 1 of 7 Campinas, 03 de fevereiro d Consultas Manual Designações Portaria/Ano 9 / 2005 9 / 2005 19 / 2005 43 / 2005 43 / 2005 106 / 2005 Designação VIII- Designar a Exma. Sra. Juíza Substituta LEANDRA

Leia mais

ÍNDICE DE QUADROS... ÍNDICE DE FIGURAS... ÍNDICE DE GRÁFICOS... NOTA INTRODUTÓRIA... 1

ÍNDICE DE QUADROS... ÍNDICE DE FIGURAS... ÍNDICE DE GRÁFICOS... NOTA INTRODUTÓRIA... 1 ÍNDICE DE QUADROS ÍNDICE ÍNDICE DE QUADROS... ÍNDICE DE FIGURAS... ÍNDICE DE GRÁFICOS... ix xiii xiv NOTA INTRODUTÓRIA... 1 Parte 1O «ACIDENTE TÍPICO» EM TODOS OS SECTORES DE ACTIVIDADE (PERÍODO 2001-2003)...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Diretoria de Gestão da Tecnologia da Informação

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Diretoria de Gestão da Tecnologia da Informação PROCESSO DE GERENCIAMENTO DE RISCOS A Coordenadoria de Segurança da Informação da Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação DGTI, em conformidade com a Norma Complementar nº 04, da Instrução Normativa

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO VOLEIBOL ATC

REGULAMENTO INTERNO VOLEIBOL ATC REGULAMENTO INTERNO VOLEIBOL ATC DAS FINALIDADES I- O presente regulamento disciplina todas as atividades desenvolvidas pelo Departamento de Vôlei do clube. DA COMPOSIÇÃO II- O Clube disponibiliza equipes

Leia mais

I MILHA URBANA CIDADE DE GOUVEIA 10 DE ABRIL DE 2004

I MILHA URBANA CIDADE DE GOUVEIA 10 DE ABRIL DE 2004 INFANTIS FEMININOS 800 metros - Estrada 1ª 72 TÂNIA GONÇALVES ACR SENHORA DO DESTERRO INF 02m41s 2ª 73 CÁTIA RODRIGUES ACR SENHORA DO DESTERRO INF 02m42s 3ª 91 VERA DUARTE NÚCLEO ATLETISMO AVANCA INF 02m50s

Leia mais

SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 8 DE NOVEMBRO DE 2011

SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 8 DE NOVEMBRO DE 2011 SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 8 DE NOVEMBRO DE 2011 Dispõe sobre os procedimentos para a aplicação do limite remuneratório de que trata o inciso XI, do art. 37, da Constituição

Leia mais

- IAE - INQUÉRITO À ACTIVIDADE EMPRESARIAL. ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria

- IAE - INQUÉRITO À ACTIVIDADE EMPRESARIAL. ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria - IAE - INQUÉRITO À ACTIVIDADE EMPRESARIAL 2006 ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria ÍNDICE Introdução Pág. 2 1 Sumário executivo Pág. 5 2 Análise dos resultados 2.1 Situação

Leia mais

Portugal 1963 CAMPEONATOS REGIONAIS DE HÓQUEI EM PATINS 1963

Portugal 1963 CAMPEONATOS REGIONAIS DE HÓQUEI EM PATINS 1963 Portugal 1963 CAMPEONATOS REGIONAIS DE HÓQUEI EM PATINS 1963 Campeonato Regional PORTO (1ª Divisão) Futebol Clube do Porto Académico Futebol Clube Clube Infante Sagres Associação Desportiva Sanjoanense

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DOS QUADROS PRINCIPAIS DOS CAMPEONATOS NACIONAIS JUVENIS MASCULINOS ENQUADRAMENTO DA ATPORTO E CLUBES INTRODUÇÃO

CARACTERIZAÇÃO DOS QUADROS PRINCIPAIS DOS CAMPEONATOS NACIONAIS JUVENIS MASCULINOS ENQUADRAMENTO DA ATPORTO E CLUBES INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Serve o presente documento para expor a participação das Associações Regionais e respectivos clubes nos Campeonatos Nacionais Masculinos de iniciados, infantis, cadetes e juniores. O documento

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE INVESTIMENTOS SOCIAIS

FUNDO MUNICIPAL DE INVESTIMENTOS SOCIAIS a. Quadro Principal DEMONSTRAÇÃO DAS VARIAÇÕES PATRIMONIAIS : 2015 QUADRO - VARIAÇÕES PATRIMONIAIS QUANTITATIVAS Nota Impostos, Taxas e Contribuições de Melhoria Contribuições Exploração e Venda de Bens,

Leia mais

Lista de Jurisprudência sobre Direitos Reais *

Lista de Jurisprudência sobre Direitos Reais * Lista de Jurisprudência sobre Direitos Reais * (ordenada cronologicamente, com indicações sobre os assuntos tratados) Ac. STJ 19.11.71 BMJ 218 (direito de retenção do empreiteiro) Ac. STJ 22.3.74 BMJ 235

Leia mais

Ciências Genéticas. Atividades Complementares 20. Ciências Humanas Ciências Sociais Ciências Biológicas. Atividades Complementares 20

Ciências Genéticas. Atividades Complementares 20. Ciências Humanas Ciências Sociais Ciências Biológicas. Atividades Complementares 20 MÓDULO I Bases Elementares para o Estudo e Compreensão do Comportamento: Aspectos Históricos INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE LONDRINA - INESUL CARGA HORÁRIATOTAL DO CURSO 4250 horas relógio CARGA HORÁRIA

Leia mais

I. Amostra Grátis... 17. I.1 Isenção do IPI...17. I.2 Isenção do ICMS...18. I.3 Valor da operação...19. I.4 Exemplo...19. II. Armazém Geral...

I. Amostra Grátis... 17. I.1 Isenção do IPI...17. I.2 Isenção do ICMS...18. I.3 Valor da operação...19. I.4 Exemplo...19. II. Armazém Geral... S U M Á R I O A I. Amostra Grátis... 17 I.1 Isenção do IPI......17 I.2 Isenção do ICMS.........18 I.3 Valor da operação.........19 I.4 Exemplo.........19 II. Armazém Geral...... 23 II.1 Suspensão do IPI......23

Leia mais

FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS FUNORTE

FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS FUNORTE 1º PERÍODO MODULOS TEÓRICA PRATICA TOTAL TOTAL Módulo 0:Introdução ao Curso Médico 80 h 08 h - 88 h Módulo I: Atenção à Família e a Comunidade Módulo II: Concepção e Embriogênese Módulo III: Nutrição e

Leia mais

OI S.A OI S.A OI S.A

OI S.A OI S.A OI S.A Comissão Permanente de Licitação CPL 0 PREGÃO SRP Nº 48/05 CPL 0 DATA E HORA DE ABERTURA: 6 de setembro de 05, às 07:h30min. LOTE I - ACRELÃNDIA ( LINK I) DE COMPUTADORES) LINK DEDICADO DE INTERNET BANDA

Leia mais

índice PORTARIA SECEX N 2 10/10

índice PORTARIA SECEX N 2 10/10 índice Apresentação 3 PORTARIA SECEX N 2 10/10 CAPÍTULO l - IMPORTAÇÃO Seção l - Registro de Importador 11 Seção l! - Credenciamento e da Habilitação 12 Seção III - Licenciamento das Importações 12 Subseção

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para 2015.2

CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC. Atualizado para 2015.2 CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA UFSC Atualizado para 2015.2 1ª Fase I: MED 7001 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA MEDICINA I Anatomia 48 (+12 Integr.) Fisiologia 68 (+12 Integr.) Bioquímica 62 Histologia

Leia mais

índice GERAL Capítulo IV A UNIFICAÇÃO PARCIAL DO DIREITO PRIVADO

índice GERAL Capítulo IV A UNIFICAÇÃO PARCIAL DO DIREITO PRIVADO índice GERAL Capítulo I A UNIFICAÇÃO PARCIAL DO DIREITO PRIVADO I. A unificação na Itália: Cesare Vivante (1892) e sua retratação em ]919; a posição contrária de Alfredo Rocco; a malograda experiência

Leia mais

SOFTWARE DE ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS RURAIS

SOFTWARE DE ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS RURAIS SOFTWARE DE ACOMPANHAMENTO DE PROJETOS RURAIS 25.01.2010 ÍNDICE 1. Notificação de Início do Acompanhamento... 3 2. Software para Elaboração de Projetos Agropecuários... 5 2.1. Ícones... 6 3. Cadastro do

Leia mais

O Analfabetismo na cidade do Rio de Janeiro:

O Analfabetismo na cidade do Rio de Janeiro: ISSN 1984-7203 C O L E Ç Ã O E S T U D O S C A R I O C A S O Analfabetismo na cidade do Rio de Janeiro: 1991-2000 Nº 20020801 Agosto - 2002 Fernando Cavallieri, Márcia Frota Sigaud - IPP/Prefeitura da

Leia mais

ALOJAMENTOS OFICIAIS PARA ANIMAIS DE COMPANHIA - CENTROS DE RECOLHA OFICIAIS (CRO) AUTORIZADOS

ALOJAMENTOS OFICIAIS PARA ANIMAIS DE COMPANHIA - CENTROS DE RECOLHA OFICIAIS (CRO) AUTORIZADOS ABRANTES LVT INTERMUNICIPAL S PT 05 002 CGM in situ ÁGUEDA C MUNICIPAL PT 03 004 CGM AGUIAR DA BEIRA C INTERMUNICIPAL PT 03 005 CGM SÁTÃO ALCANENA LVT INTERMUNICIPAL PT 05 005 CGM TORRES NOVAS ALCOBAÇA

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE SETÚBAL

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE SETÚBAL COMUNICADO OFICIAL N.º 006 13.07.2016 ÉPOCA 2016/2017 Para conhecimento e orientação dos Clubes filiados, Órgãos de Comunicação Social e demais interessados, se comunica o seguinte: CONSTITUIÇÃO DAS DIVISÕES

Leia mais

PROC. Nº 3832/07 PR Nº 060/07 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. Nº 3832/07 PR Nº 060/07 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Apresentamos aos Senhores Vereadores o presente Projeto de Resolução, que institui premiações a serem conferidas pela Câmara Municipal de Porto Alegre. Este trabalho é resultado da

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I PEÇAS PRÁTICO-PROFISSIONAIS INTRODUÇÃO GERAL... 21

SUMÁRIO PARTE I PEÇAS PRÁTICO-PROFISSIONAIS INTRODUÇÃO GERAL... 21 SUMÁRIO PARTE I PEÇAS PRÁTICO-PROFISSIONAIS... 19 INTRODUÇÃO GERAL... 21 CAPÍTULO I PETIÇÃO INICIAL DE AÇÃO PELO RITO ORDINÁRIO... 23 1. Considerações gerais... 23 2. Elementos da ação... 24 2.1. Partes...

Leia mais

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL SECRETARIA NACIONAL DE JUVENTUDE Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local a) COORDENADOR ADJUNTO: 01 (Contratação Temporária

Leia mais

Abreviaturas, xvii Nota à 7a edição, xix Prefácio, xxi

Abreviaturas, xvii Nota à 7a edição, xix Prefácio, xxi Abreviaturas, xvii Nota à 7a edição, xix Prefácio, xxi I Direitos políticos, 1 1 Compreensão dos direitos políticos, 1 1.1 Política, 1 1.2 Direito político, direito constitucional e ciência política, 3

Leia mais

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS RESOLUÇÃO N. 163/2011 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em História - Titulação: Licenciatura O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE, no uso de suas atribuições

Leia mais

REGULAMENTO PROMOCIONAL 03/2016 PROMOÇÃO EXPOJIPA A EUCATUR LEVA VOCÊ!

REGULAMENTO PROMOCIONAL 03/2016 PROMOÇÃO EXPOJIPA A EUCATUR LEVA VOCÊ! PROMOÇÃO EXPOJIPA 2016. A EUCATUR LEVA VOCÊ! Esta campanha promocional é instituída pela EUCATUR Empresa União Cascavel de Transporte e Turismo LTDA inscrita no CNPJ 76.080.738/0010-69, localizada na Av.

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE LISBOA Época de 201 16 SÉRIE 1 1 - (2296.0) 2 - (796.0) 3 - (277.0) 4 - (137.0) - (368.0) 1871 - CAMPO JOSE A MENDES (RELVADO SINTÉTICO) - CASALINHOS ALFAIATA 1471 - CAMPO JOSÉ SILVA FARIA (RELVADO SINTÉTICO)

Leia mais

SENADO FEDERAL. PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 136, DE 2012 (Complementar)

SENADO FEDERAL. PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 136, DE 2012 (Complementar) SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 136, DE 2012 (Complementar) Altera a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, para permitir a inclusão de microempresas e empresas de pequeno porte

Leia mais

Concelhos abrangidos pela Rede SIM-PD NORTE. Câmara Municipal Endereço Telefone Fax . Biblioteca Municipal de

Concelhos abrangidos pela Rede SIM-PD NORTE. Câmara Municipal Endereço Telefone Fax  . Biblioteca Municipal de Concelhos abrangidos pela Rede SIM-PD NORTE Câmara Municipal Endereço Telefone Fax E-mail Alijó Rua General Alves Pedrosa, 13 5070-051 ALIJÓ 259 957 100 259 959 738 sim.pd@cm-alijo.pt Alfândega da Fé Biblioteca

Leia mais

Atribuições do órgão conforme a Lei nº 3.063, de 29 de maio de 2013: TÍTULO II DAS COMPETÊNCIAS DOS ÓRGÃOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA

Atribuições do órgão conforme a Lei nº 3.063, de 29 de maio de 2013: TÍTULO II DAS COMPETÊNCIAS DOS ÓRGÃOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA SECRETARIA MUNICIPAL DE COMPRAS E LICITAÇÕES End: Rua Siqueira Campos, S-64 Centro Fone: (14) 3283-9570 ramal 9576 Email: compras@pederneiras.sp.gov.br Responsável: Dr. Luis Carlos Rinaldi Atribuições

Leia mais

Coordenadoria de Acórdãos e Resoluções

Coordenadoria de Acórdãos e Resoluções Página 139 nº 23.326/2010 - que dispõe sobre as diretrizes para a tramitação de documentos e processos sigilosos no âmbito da Justiça Eleitoral -, vieram-me os autos conclusos. Observo que os documentos

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... 5 PREFÁCIO... 19 CONCURSOS X GRAU DE DIFICULDADE... 21 CONCURSOS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 23

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... 5 PREFÁCIO... 19 CONCURSOS X GRAU DE DIFICULDADE... 21 CONCURSOS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 23 SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... 5 PREFÁCIO... 19 CONCURSOS X GRAU DE DIFICULDADE... 21 CONCURSOS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 23 TEMAS X GRAU DE DIFICULDADE... 25 TEMAS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 27 I HISTÓRICO DA

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA DIN MANUAL DA SALA VIRTUAL - PROCURAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA DIN MANUAL DA SALA VIRTUAL - PROCURAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA DIN MANUAL DA SALA VIRTUAL - PROCURAÇÃO 1 SUMÁRIO 1. CADASTRO ADVOGADO... 3 2. PROCURAÇÃO... 8 3. MINHAS PROCURAÇÕES... 9 4. RENUNCIAR

Leia mais

ÍNDICE CAPÍTULO I - DO OBJETIVO... 03 CAPÍTULO II - DA NOMENCLATURA... 04 CAPÍTULO III - DO CREDENCIAMENTO... 06 ANEXO I - FICHA CADASTRAL...

ÍNDICE CAPÍTULO I - DO OBJETIVO... 03 CAPÍTULO II - DA NOMENCLATURA... 04 CAPÍTULO III - DO CREDENCIAMENTO... 06 ANEXO I - FICHA CADASTRAL... COMPANHIA DO METROPOLITANO DO DISTRITO FEDERAL - METRÔ-DF DIRETORIA FINANCEIRA E COMERCIAL DFC DEPARTAMENTO COMERCIAL FCO DIVISÃO DE CAPTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS - FCDP CREDENCIAMENTO PARA EXPLORAÇÃO

Leia mais

O NOVO CÓDIGO FLORESTAL E A ATUAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL A Lei 12.651/12 e a MP 571/2012 frente à Constituição de 1988

O NOVO CÓDIGO FLORESTAL E A ATUAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL A Lei 12.651/12 e a MP 571/2012 frente à Constituição de 1988 O NOVO CÓDIGO FLORESTAL E A ATUAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL A Lei 12.651/12 e a MP 571/2012 frente à Constituição de 1988 PAPEL DO MPF - Produção do trabalho O Novo Código Florestal e a Atuação do

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA - PGA ÍNDICE

REGULAMENTO DO PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA - PGA ÍNDICE 1 REGULAMENTO DO PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA - PGA ÍNDICE CAPÍTULO I DA FINALIDADE CAPÍTULO II DO GLOSSÁRIO CAPÍTULO III DA FORMA DE GESTÃO DOS RECURSOS CAPÍTULO IV DA CONSTITUIÇÃO DO PGA CAPÍTULO V

Leia mais