INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG"

Transcrição

1 Forum de Empreendedorismo Inovador 5 Seminário Uberaba Inovadora INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG Novembro/14 Dezembro/16

2 BDMG Fundação Lei Estadual nº (05/01/62) Natureza jurídica Empresa Pública Área de atuação Minas Gerais e estados limítrofes Regulação Normas legais próprias do setor, normas do Banco Central e do Conselho Monetário Nacional Clientes ativos clientes Patrimônio líquido R$ milhões Recursos humanos 356 funcionários

3

4 Portfólio BDMG em Inovação Participação em fundos de investimento BDMG TEC Estruturação de parques tecnológicos Financiamentos a projetos inovadores HorizonTI e AvanTI (Confrapar) Brasil TI (DLM Invista) Criatec II (BNDES) Brasil Sustentabilidade Criatec III (BNDES) Participação em empreendimentos estratégicos para o desenvolvimento tecnológico e econômico de Minas Gerais. Unitec Semicondutores S/A e Biomm S/A Coordenação do projeto para viabilidade técnica-econômica, modelagem e estruturação do parque BH TEC visando concessão à parceiro privado de parte do investimento imobiliário. Pró-inovação Fapemig Proptec Fapemig Inovacred Finep Inovacred Expresso MPME Inovadora BNDES

5 Participação em fundos de investimento - FIPs

6 Criação de valor nas empresas investidas

7 Estrutura dos FIPs Exemplos Investidores Fundos de Pensão Fundo de Fundos Pessoas Físicas Instituições de fomento Empresas Gestor Prestadores de Serviço Cotistas FIP Administrador Custodiante Empresa 1 Empresa 2 Empresa n

8 Fundos Investidos pelo BDMG VENTURE CAPITAL (VC) Seed Start Up Early Stage Later Stage HorizonTI AvanTI Brasil Sustentabilidade até 2,4 MM de 10 MM a 50 MM até 200 MM Criatec II Brasil TI até 10 MM até 150 MM Criatec III até 12 MM Em período de desinvestimento Em período de investimento Previsão de investimento para 2016, 2 novos FIPs com atuação no segmento de Seed e Start ups

9 Fundo CRIATEC II Como acessar:

10 Fundo CRIATEC III Como acessar:

11 Fundo AVANTI VENTURE CAPITAL (VC) Seed Start Up Early Stage Later Stage AvanTI Consultor especializado: Truffle Capital (Fr) Investimento: 2015 a 2019 Desinvestimento: Até 2022 R$ 100 milhões disponíveis 8 a 10 empresas a serem investidas Faturamento de R$ 10 milhões a R$ 50 milhões Contato: Hassan Lauar

12 Parcerias para o apoio à inovação

13 Carteira de produtos Projetos Inovadores: produtos, processos, serviços ainda não existentes no mercado de atuação da empresa Pró-inovação / Fapemig - até R$ 2 milhões por cliente Inovacred / Finep - até R$ 10 milhões por cliente Empresas Inovadoras: histórico inovador Inovacred Expresso / Finep - até R$ 150 mil por cliente MPME Inovadora / BNDES - até R$ 20 milhões por cliente Parques Tecnológicos: Proptec / Fapemig - até R$ 2 milhões por cliente

14 Projetos Inovadores: Escopo das linhas de financiamento 14

15 Inovação Conceitos e Reflexões

16 Conceito de Inovação Pesquisa no Google Inovação: resultados Conceito de inovação: resultados Invenção: resultados

17 Conceito de Inovação Conceito quase consensual: Inovação é a invenção ou a ideia que foi para o mercado.

18 Tipos de Inovação Radical (difícil, de ruptura) Quebra de paradigma. Mudança profunda no produto ou processo envolvido. São mais difíceis de acontecer. Exemplo: lâmpada elétrica Incremental (rotineira, sustentável) Constituída de pequenas mudanças ou melhorias que são agregadas aos produtos ou processos de forma contínua. Deve ser preocupação permanente das empresas. Exemplo: lâmpada de vapor de sódio.

19 O que não é passível de enquadramento no escopo das linhas de apoio a projetos inovadores Fazer mais do mesmo ou fazer mais barato pela simples aquisição de equipamentos mais modernos (aumentar simplesmente a produção); Modernizar a planta industrial (equipamentos) para fazer mais do mesmo; Expandir o mercado (pura e simplesmente) se não houver diferencial; Correr atrás do prejuízo para ficar igual à concorrência; Implementar técnicas de produção ou métodos de gerenciamento já amplamente disponíveis no mercado; Projetos de TI internos às organizações que visem uma maior eficiência, mas que utilizam de tecnologias já existentes. Por exemplo a implantação de um ERP (software de gestão) na empresa. As evoluções de softwares, que apenas implicam em melhorias, como a criação de novas funcionalidades.

20 Empresas Inovadoras

21 Empresas Inovadoras: consulta aos critérios de enquadramento Critérios MPME Inovadora: duto/bndes-mpme- Inovadora/!ut/p/z1/04_iUlDg4tKPAFJABpSA0fpReYllmemJJZn5eYk5- hh6kvfm8v4wps4eliygpu5gwwygjggbhsyeqafgfqgm- l5gjqj9ibpw64ia6oaqh1p6kuzfvs6-6fprbyklgbqzewn5-hfofi6uwbq- Ab6uup55-WWJKflFifoF2VGRANiCRow!/ Quem pode solicitar Veja as condições Critérios Inovacred Expresso:

22 MPME Inovadora Critérios Ter financiado no âmbito do Produto Cartão BNDES, a partir de 2011, a contratação de Serviços de Avaliação de Software, Inovação e Extensão Tecnológica e Depósitos de propriedade intelectual junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial INPI; Contratação, nos últimos 5 anos, de serviços tecnológicos do Cartão BNDES; Ter sido apoiada por um dos seguintes Programas voltados para a Inovação ou Extensão Tecnológica: SIBRATEC, SEBRAETEC e Edital SENAI SESI de Inovação, Plano Inova Empresa, Prêmio FINEP, Programa Start-Up Brasil, Programa MPS.BR e Programa RHAE Pesquisador na Empresa, Editais Públicos de Cooperação Internacional em Inovação, Programa Inova Talentos, Embrapii, Programa BNDES Funtec, Institutos de Inovação do SENAI, Editais de Subvenção à Inovação da FINEP, Prêmio Nacional de Inovação da CNI, Certifcado de Tecnologia e Inovação - Metodologia CERTICS, PRO INOVAÇÃO, FINEP/TECNOVA(...). Ter pedido de patente concedida pelo INPI ou ter depositado pedido de patente ou de registro de programa de computador, desenho industrial, indicação geográfica, topografia de circuitos, no mesmo ano do protocolo da proposta de financiamento ou nos 5 anos anteriores; Ser residente ou ter sido aprovada em processo de seleção de Parques Tecnológicos estruturados, em operação, enquadrados no PNI/ Parque Tecnológico; Ser incubada ou graduada nas incubadoras classificadas conforme modelo CERNE / Edital SEBRAE/ ANPROTEC 01/2011 ou 01/2015

23 MPME Inovadora Critérios Ter em sua composição societária um dos fundos descritos abaixo: a) Fundo Mútuo de Investimento em Empresas Emergentes Criatec; b) Capital Tech Inovação e Investimento - Fundo Mútuo de Investimento em Empresas Emergentes; c) Fundo de Investimento em Participações Inseed FIMA - Fundo de Inovação em Meio Ambiente; d) Fundo de Investimento em Participações Performa Key de Inovação em Meio Ambiente; e)fipac-fundodeparticipaçõeseconsolidação-fundomútuode Investimento em Empresas Emergentes; f) Fundo Mútuo de Investimento em Empresas Emergentes Inovadoras GC III; g) Fundo Burrill Brasil I - Fundo de Investimento em Empresas Emergentes Inovadoras; h) CRP Empreendedor Fundo de Investimento em Participações; i) Fundo de Investimento em Participações Criatec II; j) Capital Tech II Fundo de Investimento em Participações; k) Fundo de Investimento em Participações Aeroespacial. (...)

24 INOVACRED EXPRESSO Critérios Empresas que tenham recebido pelo menos um dos seguintes apoios de governo: a) Incentivos fiscais à P&D e inovação tecnológica obtidos, conforme previsto no Capítulo III da Lei nº /2005 nos últimos 5 anos. b) Subvenção econômica à P&D nos últimos 10 anos. (Ex.: Subvenção Nacional FINEP, TECNOVA, PAPPE Subvenção, PAPPE Integração, PRIME, Editais estaduais, etc.). c) Financiamento a projetos de P&D e inovação tecnológica em parceria com universidades ou institutos de pesquisa nos últimos 5 anos. (Ex.: NAGI, SIBRATEC, SENAI/SESI, etc.). d) Financiamento a projetos de P&D e inovação tecnológica sem parceria com universidades ou institutos de pesquisa nos últimos 5 anos. (Ex.: FINEP 30 dias, Juro Zero, Inova Brasil, MPME inovadora do BNDES, etc.). e) Bolsas RHAE/CNPq para pesquisadores em empresas nos últimos 5 anos. f) Aporte de recursos de capital de risco nos últimos 5 anos para empresas inovadoras apoiadas por fundos de venture capital que tenham participação de recursos públicos (Ex. INOVAR Finep, CRIATEC, etc).

25 INOVACRED EXPRESSO Critérios Empresas que tenham histórico na área de Propriedade Intelectual(Propriedade Industrial e Direito Autoral) a) Possuir registro de patente no INPI nos últimos 5 anos; b) Ter depositado pedido de patente no INPI no mesmo ano do protocolo da proposta de financiamento ou nos dois anos anteriores, desde que o pedido de patente esteja válido até o momento do protocolo da proposta no Agente Financeiro; c) Possuir registro de Direito Autoral nos últimos 5 anos Aplicável apenas em caso de Software; d) apresentar as documentações comprobatórias aplicáveis (Lista das beneficiadas disponível no site no MCT&I). Empresas instaladas em Incubadoras de Base Tecnológica ou Parques Tecnológicos No momento do pedido, a empresa ou outra instituição deverá comprovar que está instalada numa Incubadora ou Parque

26 Itens Financiáveis Obras civis, construção e reforma. Máquinas e equipamentos novos. Máquinas e equipamentos usados ou importados. Móveis e utensílios. Veículos utilitários ou caminhões novos. Instalações e montagens. Informatização (hardware e software). Pesquisa e desenvolvimento. Matérias-primas e material de consumo; Licenciamento ambiental. Investimentos intangíveis (consultoria, marketing, design, tecnologia, qualidade, certificações, promoção comercial, treinamento, etc).

27 Itens Financiáveis Somente para MPME Inovadora e INOVACRED equipes participantes do projeto (Serviços de terceiros); material permanente; compra de tecnologia; assistência técnica, serviços de consultoria e engenharia consultiva; patenteamento, licenciamento e testes de conformidade e certificação no país e no exterior; diárias e passagens no país e no exterior; serviços de terceiros pessoa física e pessoa jurídica; treinamento no país e no exterior, através de cursos e estágios ligados ao projeto de inovação; softwares customizados ou concepção e desenvolvimento de software; ferramental associado ao desenvolvimento tecnológico.

28 Parques Tecnológicos

29 PROPTEC Recursos orçamentários da FAPEMIG e recursos próprios do BDMG Projetos de investimento para implantação, ampliação e modernização de ativos fixos, investimentos intangíveis e capital de giro associado de empresas localizadas em parques tecnológicos de Minas Gerais, conforme definição da SECTES. Limite individual: até R$ 2 milhões por empresa. Financiamento de até 80% do investimento total. Capital de giro associado limitado a 30% do valor do investimento total Carência: até 12 meses Amortização: até 48 meses Total: 60 meses Juros fixos correspondentes à taxa de 9% a.a. (0,72% a.m.) Aval dos sócios, sem qualificação do patrimônio e independente do valor da operação

30 Itens Financiáveis Obras civis, construção e reforma. Máquinas e equipamentos novos. Máquinas e equipamentos usados ou importados. Móveis e utensílios. Veículos utilitários ou caminhões novos. Instalações e montagens. Informatização (hardware e software). Pesquisa e desenvolvimento. Matérias-primas e material de consumo; Licenciamento ambiental. Investimentos intangíveis (consultoria, marketing, design, tecnologia, qualidade, certificações, promoção comercial, treinamento, etc).

31 Observações Pro Inovação e Inovacred: Atenção às necessidades e características do projeto: Verificar se há pesquisa e desenvolvimento a ser realizada Verificar diferencias de mercado e dos concorrentes Itens isolados não são passíveis de enquadramento InovacredExpresso admite simplificação de rubricas, sem necessidade de projeto formal mas tem ser informada a relação com esforço inovador feito anteriormente. Proptec e MPME Inovadora Apesar de não haver necessidade projeto inovador, dever ser caracterizado como projeto de investimento, com detalhamento em formulário próprio, mesmo quando for MPME Inovadora na modalidade de giro.

32 Linhas de apoio à Inovação Enquadramento Porte do Cliente CHECAGEM DE REQUIISTOS PRÉ ESTABELECIDOS Até R$ 90 Milhões (Grupo Econômico) Até R$ 16 Milhões (Empresa) Produto de Crédito MPME INOVADORA FINEP Inovacred Expresso Destinação Diferencial Condições Projetos de investimento / capital de giro Projetos de investimento Inexigênciade projeto inovador / Maior prazo Inexigênciade projeto inovador A partirtjlp + 5,1% a.a Até 120 meses, sendo até 36 de carência TJLP + 3% a.a. Até 48 meses, sendo até 12 de carência COMITÊ Todos os portes Pró-Inovação Proptec Projetos Inovadores Empresas instaladas em parques tecnológicos Flexibilidade de Garantia / Taxa fixa Inexigênciade projeto inovador / Flexibilidade de garantia 8% a.a. Até 60 meses, sendo até 12de carência 9% a.a. Até 60 meses, sendo até 12 de carência Até R$ 90 milhões (Empresa) FINEP Inovacred Projetos Inovadores Não considera grupo econômico TJLP (PorteI e II) TJLP + 1% a.a (Porte III). Até 96meses, sendo até 24 de carência

33 GARANTIAS

34 GARANTIAS Política de Crédito do BDMG OPÇÕES DE GARANTIAS GARANTIA PESSOAL (Terceiros) FGI e FGI Livre (Complementar) GARANTIA PESSOAL (Sócios) FAMPE (Complementar) GARANTIA REAL Pelo menos 1,5 vez o valor do financiamento em Patr. Líquido Regras Próprias Pelo menos 3,0 vezes o valor do financiamento em Patr. Líquido Regras Próprias Pelo menos 1,25vez o valor do financiamento

35 Inovação Resultados

36 BDMG Projetos Financiados Linha de Financiamento Nº de projetos Desembolso Total (R$) Pro Inovação Proptec Inovacred MPME Inovadora Total

37 BDMG Distribuição por setores Meio Ambiente 14% 6% 5% 4% 5% 2% 12% 10% Indústria Farmacêutica Biotecnologia Equipamentos e Seviços Médicos Automação Indutstrial 6% 4% 4% Tecnologia da Informação Indústria Mecânica 28% Indústria Alimentícia Eletrônica e Telecomunicações Indústria Química Serviços Outros

38 Obrigado! Gláucia Silva Gerente de Inovação

INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG

INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG Novembro/14 Maio/16 BDMG Fundação Lei Estadual nº 2.067 (05/01/62) Natureza jurídica Empresa Pública Área de atuação Minas Gerais e estados limítrofes Regulação Normas legais próprias

Leia mais

O D de Desenvolvimento

O D de Desenvolvimento Apoio à inovação O D de Desenvolvimento Promover o desenvolvimento socioeconômico sustentável e competitivo de Minas Gerais com geração de mais e melhores empregos e redução das desigualdades. BANCO DO

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG

INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG "Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia para a retomada do desenvolvimento INFORMAÇÕES SOBRE O BDMG BDMG: Foco em Inovação Novembro/14 Dezembro/15 O BDMG em resumo 2 O Banco de Desenvolvimento de Minas

Leia mais

Linha MPME Inovadora para empresas de TIC de Santa Catarina. André Medrado Florianópolis 04/08/2014

Linha MPME Inovadora para empresas de TIC de Santa Catarina. André Medrado Florianópolis 04/08/2014 Linha MPME Inovadora para empresas de TIC de Santa Catarina André Medrado Florianópolis 04/08/2014 Condições do Programa Porte: MPME s Beneficiárias Controle do Capital: Nacional ou Estrangeiro Financiamento

Leia mais

Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora

Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora CIRCULAR SUP/AOI Nº 21/2018-BNDES Rio de Janeiro, 16 de abril de 2018. Ref.: Produto BNDES Automático Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora O Superintendente

Leia mais

BDMG. Linhas de financiamento para INOVAÇÃO

BDMG. Linhas de financiamento para INOVAÇÃO BDMG Linhas de financiamento para INOVAÇÃO Setembro/2015 Portfólio BDMG em Inovação Participação em fundos de investimento BDMG TEC Estruturação de parques tecnológicos Financiamentos a projetos inovadores

Leia mais

Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora

Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora CIRCULAR SUP/ADIG Nº 14/2018-BNDES Rio de Janeiro, 06 de dezembro de 2018. Ref.: Produto BNDES Automático Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora O

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. CIRCULAR AEX Nº 003/2017, de 06 de janeiro de 2017.

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. CIRCULAR AEX Nº 003/2017, de 06 de janeiro de 2017. BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AEX Nº 003/2017, de 06 de janeiro de 2017. Altera e consolida as Normas Operacionais da Linha de Financiamento BNDES Exim Préembarque

Leia mais

Mais de. Em mais de R$ 2,5 BILHÕES. operações de crédito. em desembolsos. Dados de jun/2017.

Mais de. Em mais de R$ 2,5 BILHÕES. operações de crédito. em desembolsos. Dados de jun/2017. outubro/2017 Mais de R$ 2,5 BILHÕES em desembolsos Em mais de 3.518 operações de crédito Dados de jun/2017. OPERAÇÕES DE CRÉDITO LIBERADAS POR SETOR DESEMBOLSO ACUMULADO TOTAL (R$ MILHÕES) Data base: 30.06.2017

Leia mais

Instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de

Instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de Março / 2015 Instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de longo prazo para as pequenas e médias empresas

Leia mais

Workshop CIESP Campinas/SP Uma solução para cada fase do negócio.

Workshop CIESP Campinas/SP Uma solução para cada fase do negócio. Workshop CIESP Campinas/SP Uma solução para cada fase do negócio. julho/2017 Uma solução para cada fase do negócio. Mais de R$ 2,4 BILHÕES em desembolsos Em mais de 3.384 operações de crédito Dados de

Leia mais

Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora

Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora CIRCULAR SUP/AOI Nº 26/2016-BNDES Rio de Janeiro, 24 de maio de 2016. Ref.: Produto BNDES Automático Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora A Superintendente

Leia mais

Parque Tecnológico de Botucatu Junho / 2015

Parque Tecnológico de Botucatu Junho / 2015 Parque Tecnológico de Botucatu Junho / 2015 São Paulo Inova O Programa São Paulo Inova é uma iniciativa do Estado de São Paulo para apoiar empresas paulistas de base tecnológica e de perfil inovador em

Leia mais

O BNDES e o apoio à inovação. ABINEE Programa Indústria de abril de 2018

O BNDES e o apoio à inovação. ABINEE Programa Indústria de abril de 2018 O BNDES e o apoio à inovação ABINEE Programa Indústria 4.0 12 de abril de 2018 Agenda ABINEE Programa Indústria 4.0 Novas Políticas Operacionais: Operações Diretas O apoio via operações indiretas O apoio

Leia mais

Apoio à Inovação. São Paulo, 03 de Outubro de 2017

Apoio à Inovação. São Paulo, 03 de Outubro de 2017 Apoio à Inovação São Paulo, 03 de Outubro de 2017 Classificação de porte Porte da Empresa MPMEs Micro Pequena Média Grande Receita Operacional Bruta Até R$ 2,4 milhões Até R$ 16 milhões Até R$ 300 milhões

Leia mais

Apoio à Inovação Nov/2015

Apoio à Inovação Nov/2015 Apoio à Inovação Nov/2015 http://www.bndes.gov.br O objetivo do BNDES é fomentar e apoiar operações associadas à formação de capacitações e ao desenvolvimento de ambientes inovadores, com o intuito de

Leia mais

Financiar empresas para aplicação no desenvolvimento de novos. produtos, processos ou serviços bem como o aprimoramento dos já

Financiar empresas para aplicação no desenvolvimento de novos. produtos, processos ou serviços bem como o aprimoramento dos já O Programa Financiar empresas para aplicação no desenvolvimento de novos produtos, processos ou serviços bem como o aprimoramento dos já existentes, inovação em marketing ou inovação organizacional, no

Leia mais

QUEM SOMOS? Já desembolsamos mais de R$ 2 bilhões e apoiamos mais de 1400 empresas em todo Estado de São Paulo. PRESIDÊNCIA

QUEM SOMOS? Já desembolsamos mais de R$ 2 bilhões e apoiamos mais de 1400 empresas em todo Estado de São Paulo. PRESIDÊNCIA QUEM SOMOS? Uma instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de longo prazo para as pequenas, médias

Leia mais

Apoio do BNDES a Provedores Regionais de Internet

Apoio do BNDES a Provedores Regionais de Internet Apoio do BNDES a Provedores Regionais de Internet Feira de Santana BA 30/09/2014 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Como apoiamos? No de operações 2013 R$ 1,1 milhões

Leia mais

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas. São Paulo SP 22.jul.2016

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas. São Paulo SP 22.jul.2016 Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas São Paulo SP 22.jul.2016 Agenda 1. 2. Quem pode solicitar financiamento? O que podemos financiar? Principais produtos do BNDES para apoio às MPMEs Cartão

Leia mais

Financiamentos à Inovação Agência do Rio Grande do Sul

Financiamentos à Inovação Agência do Rio Grande do Sul Porto Alegre - 2016 Financiamentos à Inovação Agência do Rio Grande do Sul Estados-sócios BRDE É uma instituição pública de fomento, constituída como banco de desenvolvimento. Área de Atuação PRESENÇA

Leia mais

ENCTI. Reunião do Conselho Superior de Inovação e Competitividade da Fiesp. Ministro Marco Antonio Raupp. 19 de abril de 2013

ENCTI. Reunião do Conselho Superior de Inovação e Competitividade da Fiesp. Ministro Marco Antonio Raupp. 19 de abril de 2013 ENCTI Estratégia Nacional 2012 2015 Ciência, Tecnologia e Inovação Reunião do Conselho Superior de Inovação e Competitividade da Fiesp Ministro Marco Antonio Raupp 19 de abril de 2013 Estrutura de produção

Leia mais

Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora

Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena e Média Empresa Inovadora BNDES MPME Inovadora Classificação: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AOI CIRCULAR SUP/AOI Nº 07/2015-BNDES Rio de Janeiro, 06 de março de 2015. Ref.: Produto BNDES Automático Ass.: Programa BNDES de Apoio a Micro, Pequena

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E INOVAÇÃO

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E INOVAÇÃO EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E INOVAÇÃO QUEM SOMOS? Uma instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de longo

Leia mais

Apresentação INOVACRED

Apresentação INOVACRED Apresentação INOVACRED Financiamento Reembolsável Objetivo: Financiar empresas no desenvolvimento e/ou aprimoramento de produtos, processos ou serviços, bem como inovação em marketing ou inovação organizacional,

Leia mais

Empresas e Empreendedores Temos bons Projetos mas não conseguimos nenhum apoio

Empresas e Empreendedores Temos bons Projetos mas não conseguimos nenhum apoio MARÍLIA Entidades de Apoio Temos recursos mas não encontramos bons Projetos para apoiar Empresas e Empreendedores Temos bons Projetos mas não conseguimos nenhum apoio? Alguns pontos de reflexão: Comunicação

Leia mais

Apoio à Inovação. São Paulo, 03 de Outubro de 2017

Apoio à Inovação. São Paulo, 03 de Outubro de 2017 Apoio à Inovação São Paulo, 03 de Outubro de 2017 Classificação de porte Porte da Empresa MPMEs Micro Pequena Média Grande Receita Operacional Bruta Até R$ 2,4 milhões Até R$ 16 milhões Até R$ 300 milhões

Leia mais

A DESENVOLVE SP é a instituição financeira do Governo do Estado

A DESENVOLVE SP é a instituição financeira do Governo do Estado INOVAR PARA CRESCER QUEM SOMOS A DESENVOLVE SP é a instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo. Atua como banco de desenvolvimento apoiando financeiramente às iniciativas que estimulam o crescimento

Leia mais

Apoio à Inovação. Santa Maria - RS 12.novembro.2015

Apoio à Inovação. Santa Maria - RS 12.novembro.2015 Apoio à Inovação Santa Maria - RS 12.novembro.2015 Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952 Empresa pública de propriedade integral da União Principal fonte de crédito de longo prazo para investimento

Leia mais

Linhas de Financiamentos voltadas à Inovação

Linhas de Financiamentos voltadas à Inovação Linhas de Financiamentos voltadas à Inovação Novo Modelo Operacional Comitê de Enquadramento e Priorização Agosto 2012 Financiamento a empresas SINDIPEÇAS Agosto 2012 Orientação estratégica Público : -

Leia mais

Inovação Banco do Nordeste FNE

Inovação Banco do Nordeste FNE Inovação Banco do Nordeste FNE O Banco do Nordeste tem um amplo conceito, pois considera todos os investimentos em informática amparados pela linha Inovação. Constate na relação abaixo os itens financiáveis.

Leia mais

Apoio à Inovação. São Leopoldo, 21 de outubro de 2015

Apoio à Inovação. São Leopoldo, 21 de outubro de 2015 Apoio à Inovação São Leopoldo, 21 de outubro de 2015 Política de Atuação no Apoio à Inovação posicionamento competitivo sustentabilidade ambiental foca no desenvolvimento de capacidade nas empresas para

Leia mais

O BNDES e as Possibilidades de Apoio à Biotecnologia no Brasil

O BNDES e as Possibilidades de Apoio à Biotecnologia no Brasil O BNDES e as Possibilidades de Apoio à Biotecnologia no Brasil Simpósio de Empreendedorismo em Biotecnologia UFRJ novembro/2009 Política Nacional de Biotecnologia Instituída pelo Decreto n 6.041,, de 8

Leia mais

Apresentação Finep. APIMEC Seminário Sobre Petróleo e Gás. Rio de Janeiro, 22 de outubro de 2015

Apresentação Finep. APIMEC Seminário Sobre Petróleo e Gás. Rio de Janeiro, 22 de outubro de 2015 Apresentação Finep APIMEC Seminário Sobre Petróleo e Gás Rio de Janeiro, 22 de outubro de 2015 Agenda A FINEP Inova Empresa Modalidades de Financiamento (reembolsável, não reembolsável, renda variável)

Leia mais

ROTEIRO BÁSICO LINHAS DE INVESTIMENTO DO BNDES Vigência:

ROTEIRO BÁSICO LINHAS DE INVESTIMENTO DO BNDES Vigência: 1. APRESENTAÇÃO. O Bandes é uma instituição financeira credenciada para atuar no repasse de recursos do BNDES, já com bastante tradição na operacionalização do crédito rural através dessa modalidade. Esse

Leia mais

BRDE ENERGIA. Linhas de financiamento para geração de energia e eficiência energética

BRDE ENERGIA. Linhas de financiamento para geração de energia e eficiência energética BRDE ENERGIA Linhas de financiamento para geração de energia e eficiência energética Felipe Castro do Couto: Gerente de Planejamento - BRDE Santa Catarina Um pouco de BRDE Banco público de fomento, criado

Leia mais

Brasil: Produtividade baixa e estagnada

Brasil: Produtividade baixa e estagnada 2018 Brasil: Produtividade baixa e estagnada Produtividade por pessoa empregada em relação aos Estados Unidos 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Fonte: The Conference Board China Índia Coréia do Sul Brasil

Leia mais

Novas Linhas de Apoio da Finep. Fortaleza Março / 2018

Novas Linhas de Apoio da Finep. Fortaleza Março / 2018 Novas Linhas de Apoio da Finep Fortaleza Março / 2018 Competitividade da Economia Brasileira é bastante baixa Ranking Competitividade Brasil 2016 (CNI) - Brasil 17º de 18 países Brasil foi mal avaliado

Leia mais

Apresentação Institucional BNDES Departamento de Bens de Capital Programa BNDES ProBK

Apresentação Institucional BNDES Departamento de Bens de Capital Programa BNDES ProBK Apresentação Institucional BNDES Departamento de Bens de Capital Programa BNDES ProBK Fevereiro de 2016 Bruno Plattek bruno.plattek@bndes.gov.br Como apoiamos Tx. de Interm. Fin. Organização Interna Área

Leia mais

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas. Sorocaba SP 27/03/2014

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas. Sorocaba SP 27/03/2014 Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas Sorocaba SP 27/03/2014 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Empresário Como apoiamos? Operações Indiretas Instituições

Leia mais

Apoio à Inovação. Ijuí, 05 de agosto de 2015

Apoio à Inovação. Ijuí, 05 de agosto de 2015 Apoio à Inovação Ijuí, 05 de agosto de 2015 Histórico de atuação em Inovação Programas, Linhas e Produtos BNDES para Inovação 2008-10 2004-07... PITCE Lei de Inovação Lei do Bem PDP e PACTI PROSOFT (1997)

Leia mais

O BNDES e o apoio à inovação. Agosto / 2017

O BNDES e o apoio à inovação. Agosto / 2017 1 O BNDES e o apoio à inovação Agosto / 2017 2 Formas de atuação // Como apoiamos OPERAÇÕES DIRETAS OPERAÇÕES INDIRETAS EMPRESÁRIO EMPRESÁRIO Instituição financeira credenciada Informação e relacionamento

Leia mais

Programas e Ações Finep de Estímulo à Inovação e ao Setor de TI

Programas e Ações Finep de Estímulo à Inovação e ao Setor de TI Programas e Ações Finep de Estímulo à Inovação e ao Setor de TI A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada ao MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) criada em 24 de julho

Leia mais

Seminário ABNT/BID Gestão dos Gases de Efeito Estufa. São Paulo, 04 de setembro de 2013

Seminário ABNT/BID Gestão dos Gases de Efeito Estufa. São Paulo, 04 de setembro de 2013 Seminário ABNT/BID Gestão dos Gases de Efeito Estufa São Paulo, 04 de setembro de 2013 Agenda 1. Informações Institucionais 2. Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas Projetos de Investimento Aquisição

Leia mais

Seminário FIESP. São Paulo / SP. 17 de novembro de 2014

Seminário FIESP. São Paulo / SP. 17 de novembro de 2014 Seminário FIESP São Paulo / SP 17 de novembro de 2014 Agenda Informações Institucionais Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas Aquisição de Máquinas e Equipamentos Projetos de Investimento MPME Inovadora

Leia mais

Programa INOVACRED. Programa de Aceleração de Investimentos

Programa INOVACRED. Programa de Aceleração de Investimentos Programa INOVACRED Programa de Aceleração de Investimentos Departamento de Produtos Financeiros Descentralizados - DPDE ACIT agosto de 2015 Marcelo Nicolas Camargo O Desafio da Inovação 2 Investimento

Leia mais

I Seminário Nacional de Inovação- UNISUL

I Seminário Nacional de Inovação- UNISUL I Seminário Nacional de Inovação- +55 48 3333-2374 / + 55 48 3239-2243 bzplan@bzplan.bz / site : www.bzplan.bz Rod. SC 401 Km 01 - Parque Tecnológico Alfa - Edifício CELTA - 3º Andar - Sala 2.10 Bairro

Leia mais

Instrumentos FINEP para o financiamento da ação inovadora. Blumenau e o mundo 08/11/2010

Instrumentos FINEP para o financiamento da ação inovadora. Blumenau e o mundo 08/11/2010 Instrumentos FINEP para o financiamento da ação inovadora Blumenau e o mundo 08/11/2010 Inovar para quê? Reproduzido de uma apresentação de Robert Binder (Fundo Criatec) de 04/08/09, intitulada O caminho

Leia mais

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas. Sorocaba SP 04/06/2014

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas. Sorocaba SP 04/06/2014 Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas Sorocaba SP 04/06/2014 Como apoiamos? Operações Diretas Contratadas diretamente com o BNDES Empresário Como apoiamos? Operações Indiretas Instituições

Leia mais

O BRASIL EXPORTADOR DE STARTUPS

O BRASIL EXPORTADOR DE STARTUPS O BRASIL EXPORTADOR DE STARTUPS Novembro/2016 QUEM SOMOS A Desenvolve SP é a instituição financeira do Estado de São Paulo que promove o desenvolvimento da economia por meio de opções de crédito sustentáveis.

Leia mais

CRÉDITO E DESENVOLVIMENTO INOVACRED - FINEP. Ijuí- RS, 05 de agosto de AGÊNCIA DO RIO GRANDE DO SUL

CRÉDITO E DESENVOLVIMENTO INOVACRED - FINEP. Ijuí- RS, 05 de agosto de AGÊNCIA DO RIO GRANDE DO SUL CRÉDITO E DESENVOLVIMENTO INOVACRED - FINEP Ijuí- RS, 05 de agosto de 2015. AGÊNCIA DO RIO GRANDE DO SUL BRDE 1961 É uma instituição pública de fomento, constituída como banco de desenvolvimento. Estrutura

Leia mais

Título da Apresentação

Título da Apresentação Título da Apresentação Financiadora de Estudos e Projetos Agência Brasileira de Inovação Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil CLIQUE PARA EDITAR O TÍTULO MESTRE 1º Workshop Tecnológico PLATEC Sondas

Leia mais

Programa INOVACRED & FINEP Start Up. Departamento de Produtos Financeiros Descentralizados - DPDE ACIT março de 2016 Marcelo Nicolas Camargo

Programa INOVACRED & FINEP Start Up. Departamento de Produtos Financeiros Descentralizados - DPDE ACIT março de 2016 Marcelo Nicolas Camargo Programa INOVACRED & FINEP Start Up Departamento de Produtos Financeiros Descentralizados - DPDE ACIT março de 2016 Marcelo Nicolas Camargo O Desafio da Inovação 2 Investimento empresarial em inovação

Leia mais

Instrumentos de Financiamento

Instrumentos de Financiamento Instrumentos de Financiamento A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada ao MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações). Seu objetivo é atuar em toda a cadeia da inovação, de

Leia mais

Título da Apresentação

Título da Apresentação Título da Apresentação Financiadora de Estudos e Projetos Agência Brasileira de Inovação Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil 18ª Reunião da Câmara de Petróleo e Gás do Paraná 14/11/2012 Agenda Missão

Leia mais

Programas de Financiamento da Desenvolve SP para sua Empresa Inovar

Programas de Financiamento da Desenvolve SP para sua Empresa Inovar Programas de Financiamento da Desenvolve SP para sua Empresa Inovar Outubro/2016 INOVAÇÃO O investimento em inovação é considerado estratégico para estimular o fortalecimento do mercado interno e aumentar

Leia mais

Já desembolsamos mais de R$ 2 bilhões e apoiamos mais de 1400 empresas em todo Estado de São Paulo. PRESIDÊNCIA

Já desembolsamos mais de R$ 2 bilhões e apoiamos mais de 1400 empresas em todo Estado de São Paulo. PRESIDÊNCIA Instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de longo prazo para as pequenas e médias empresas e municípios

Leia mais

BNDES Automático MPME Inovadora Capital de Giro Informações básicas sobre o apoio financeiro

BNDES Automático MPME Inovadora Capital de Giro Informações básicas sobre o apoio financeiro BNDES Automático MPME Inovadora Capital de Giro Informações básicas sobre o apoio financeiro A seguir as informações sobre as condições financeiras, o objetivo do financiamento, a orientação sobre como

Leia mais

Apoio à Inovação. Porto Alegre 25 de março de 2015

Apoio à Inovação. Porto Alegre 25 de março de 2015 Apoio à Inovação Porto Alegre 25 de março de 2015 Política de Atuação no Apoio à Inovação posicionamento competitivo sustentabilidade ambiental foca no desenvolvimento de capacidade nas empresas para a

Leia mais

Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Complexo Eletroeletrônico e Tecnologia da Informação

Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Complexo Eletroeletrônico e Tecnologia da Informação Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Complexo Eletroeletrônico e Tecnologia da Informação Constituído pela ABINEE Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica Entidade civil

Leia mais

Programa INOVACRED e INOVACRED Expresso São Paulo, 01 de Agosto de 2018

Programa INOVACRED e INOVACRED Expresso São Paulo, 01 de Agosto de 2018 Programa INOVACRED e INOVACRED Expresso São Paulo, 01 de Agosto de 2018 Conteúdo 1. Conceito de Inovação e avaliação do projeto 2. Programa Inovacred e Inovacred Expresso 3. Novas Linhas do Programa Inovacred

Leia mais

Apoio à Inovação. 10 de Novembro de Classificação: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AP/DEAT/GEINOVA e GP/DESUL

Apoio à Inovação. 10 de Novembro de Classificação: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AP/DEAT/GEINOVA e GP/DESUL Apoio à Inovação 10 de Novembro de 2016 Classificação: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AP/DEAT/GEINOVA e GP/DESUL Classificação de porte Porte da Empresa MPMEs Micro Pequena Média Média - Grande Grande

Leia mais

Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES. ABIMAQ fevereiro de 2014

Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES. ABIMAQ fevereiro de 2014 Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES ABIMAQ fevereiro de 2014 Prioridades BNDES Infraestrutura logística e energética Infraestrutura urbana de saneamento e mobilidade. Modernização

Leia mais

Promover e financiar a inovação e a pesquisa científica e tecnológica em empresas, universidades, centros de pesquisa e outras entidades públicas ou

Promover e financiar a inovação e a pesquisa científica e tecnológica em empresas, universidades, centros de pesquisa e outras entidades públicas ou Missão da FINEP Promover e financiar a inovação e a pesquisa científica e tecnológica em empresas, universidades, centros de pesquisa e outras entidades públicas ou privadas, mobilizando recursos financeiros

Leia mais

Longos prazos + Baixas taxas = CRÉDITO SUSTENTÁVEL

Longos prazos + Baixas taxas = CRÉDITO SUSTENTÁVEL agosto/2017 QUEM SOMOS? Uma instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de longo prazo para as pequenas

Leia mais

Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES ABIMAQ 2014

Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES ABIMAQ 2014 Apresentação Institucional Departamento de Bens de Capital - BNDES ABIMAQ 2014 Prioridades BNDES Infraestrutura logística e energética Infraestrutura urbana de saneamento e mobilidade. Modernização da

Leia mais

BDMG. Linhas de crédito disponíveis

BDMG. Linhas de crédito disponíveis BDMG Linhas de crédito disponíveis *As condições informadas estão sujeitas a alterações, disponibilidade orçamentária e vigência definida para as respectivas linhas de crédito. 20.09.2018 ATUAÇÃO FOCO

Leia mais

Seminário Meios de Financiamento para a Pesca e Aquicultura COMPESCA/FIESP. São Paulo, 15/08/2014

Seminário Meios de Financiamento para a Pesca e Aquicultura COMPESCA/FIESP. São Paulo, 15/08/2014 Seminário Meios de Financiamento para a Pesca e Aquicultura COMPESCA/FIESP São Paulo, 15/08/2014 Agenda A Finep Inovação Agronegócios e Alimentos Aquicultura Modalidades de financiamento A Finep A Finep

Leia mais

QUEM SOMOS? Longos prazos + Baixas taxas = CRÉDITO SUSTENTÁVEL

QUEM SOMOS? Longos prazos + Baixas taxas = CRÉDITO SUSTENTÁVEL Março/2017 QUEM SOMOS? Uma instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo, que promove o desenvolvimento sustentável por meio de operações de crédito consciente e de longo prazo para as pequenas,

Leia mais

Financiadora de Estudos e Projetos. Agência Brasileira de Inovação

Financiadora de Estudos e Projetos. Agência Brasileira de Inovação Financiadora de Estudos e Projetos Agência Brasileira de Inovação Atuação da FINEP Promover e financiar a Inovação e a Pesquisa científica e tecnológica em: Empresas; Universidades; Centros de pesquisa;

Leia mais

O BNDES mais perto de você. Apoio do BNDES para Biotecnologia e Indústria Farmaceútica. Belo Horizonte MG

O BNDES mais perto de você. Apoio do BNDES para Biotecnologia e Indústria Farmaceútica. Belo Horizonte MG Apoio do BNDES para Biotecnologia e Indústria Farmaceútica Belo Horizonte MG dezembro /2007 Missão do BNDES Promover o desenvolvimento econômico e social Redução das desigualdades sociais e regionais Geração

Leia mais

Seminário de Crédito das Linhas do BNDES para Micro, Pequenas e Médias Empresas. Belo Horizonte - MG 01 de setembro de 2009

Seminário de Crédito das Linhas do BNDES para Micro, Pequenas e Médias Empresas. Belo Horizonte - MG 01 de setembro de 2009 Seminário de Crédito das Linhas do BNDES para Micro, Pequenas e Médias Empresas Belo Horizonte - MG 01 de setembro de 2009 Missão Banco do DESENVOLVIMENTO Competitividade e sustentabilidade Redução das

Leia mais

O Apoio da CAIXA à Copa do Mundo de 2014 Micro e Pequenas Empresas

O Apoio da CAIXA à Copa do Mundo de 2014 Micro e Pequenas Empresas O Apoio da CAIXA à Copa do Mundo de 2014 Micro e Pequenas Empresas Seminário O Programa Sebrae 2014 e o Sistema Público de Fomento Brasília, 28 de Novembro 2011 A CAIXA Eixos de Trabalho BANCO COMERCIAL

Leia mais

Mecanismos de Financiamento para a Indústria de P&G. Helena Tenório. Chefe do Departamento de Programas e Políticas do BNDES. 2 de julho de 2008

Mecanismos de Financiamento para a Indústria de P&G. Helena Tenório. Chefe do Departamento de Programas e Políticas do BNDES. 2 de julho de 2008 Mecanismos de Financiamento para a Indústria de P&G Helena Tenório Chefe do Departamento de Programas e Políticas do 2 de julho de 2008 Parceria Petrobras INVESTIMENTO FINANCIAMENTO Desenvolvimento da

Leia mais

A DESENVOLVE SP é a instituição financeira do Governo do Estado

A DESENVOLVE SP é a instituição financeira do Governo do Estado QUEM SOMOS A DESENVOLVE SP é a instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo. Atua como banco de desenvolvimento apoiando financeiramente às iniciativas que estimulam o crescimento da economia

Leia mais

Fundo InfraPaulista, para apoiar concessões e PPPs nos Municípios

Fundo InfraPaulista, para apoiar concessões e PPPs nos Municípios Fundo InfraPaulista, para apoiar concessões e PPPs nos Municípios Agosto de 2017 QUEM SOMOS A Desenvolve SP é a instituição financeira do Estado de São Paulo que promove o desenvolvimento da economia por

Leia mais

Eficiência Energética e GD

Eficiência Energética e GD Eficiência Energética e GD Maio de 2019 Alexandre Siciliano Esposito Felipe Lobo Fontes Histórico de Recursos de Aprovação de Crédito BNDES 2003-2018 Fonte: Formas de Apoio Direto do BNDES Direto 10 Até

Leia mais

Lei do Bem Incentivos Fiscais à Inovação Tecnológica nos termos da Lei

Lei do Bem Incentivos Fiscais à Inovação Tecnológica nos termos da Lei Lei do Bem Incentivos Fiscais à Inovação Tecnológica nos termos da Lei 11.196 Inovação Tecnológica - ÍNDICE Definição Conceito; Legislação; Resumo; Benefícios; Pré Requisitos; Atividades de Inovação Tecnológica;

Leia mais

Apoio à Inovação. Novembro 2009

Apoio à Inovação. Novembro 2009 Apoio à Inovação Novembro 2009 Agenda O BNDES Inovação Política de Inovação do BNDES Instrumentos de Apoio à Inovação Linhas Programas Fundos Produtos Prioridades 1950 1960 1970 1980 1990 Infra-estrutura

Leia mais

O BNDES e o apoio à inovação. Acordo de Cooperação BNDES- FAPESP

O BNDES e o apoio à inovação. Acordo de Cooperação BNDES- FAPESP O BNDES e o apoio à inovação Acordo de Cooperação BNDES- FAPESP Agenda O Acordo BNDES - FAPESP Novas Políticas Operacionais: Operações Diretas O apoio via operações indiretas O apoio ao empreendedorismo

Leia mais

Estratégias da FINEP e seus Instrumentos de Apoio à Inovação. Prof. Oswaldo Massambani Titular da Superintendência Regional de São Paulo

Estratégias da FINEP e seus Instrumentos de Apoio à Inovação. Prof. Oswaldo Massambani Titular da Superintendência Regional de São Paulo Estratégias da FINEP e seus Instrumentos de Apoio à Inovação Prof. Oswaldo Massambani Titular da Superintendência Regional de São Paulo A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada ao MCTIC (Ministério

Leia mais

Agenda. Inovação. A Finep. Instrumentos de Apoio (Reembolsável, Não-Reembolsável, Fundos) Números da FINEP (Liberações)

Agenda. Inovação. A Finep. Instrumentos de Apoio (Reembolsável, Não-Reembolsável, Fundos) Números da FINEP (Liberações) Agenda Inovação A Finep Instrumentos de Apoio (Reembolsável, Não-Reembolsável, Fundos) Números da FINEP (Liberações) Inova Brasil (Condições de Financiamento, Processo de Análise e Contratação, Garantias)

Leia mais

Finep Inovação e Pesquisa

Finep Inovação e Pesquisa Finep Inovação e Pesquisa A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada ao MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) criada em 24 de julho de 1967. Seu objetivo é atuar em toda

Leia mais

O BNDES e o apoio à inovação. Setembro / 2017

O BNDES e o apoio à inovação. Setembro / 2017 1 O BNDES e o apoio à inovação Setembro / 2017 2 Aspectos institucionais // Quem somos Fundado em 20 de junho de 1952 Empresa pública de propriedade integral da União Instrumento-chave para implementação

Leia mais

Financiamento dos Investimentos em Energia

Financiamento dos Investimentos em Energia Nossa Trajetória Financiamento dos Investimentos em Energia Fenergia 2017 Vitória, 21 de DIFERENÇA - BANDES X BANCOS COMERCIAIS Quais são as diferenças? O Bandes é um banco de desenvolvimento que oferta

Leia mais

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas. Ribeirão Preto SP 06 de fevereiro de 2018

Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas. Ribeirão Preto SP 06 de fevereiro de 2018 Apoio do BNDES às Micro, Pequenas e Médias Empresas Ribeirão Preto SP 06 de fevereiro de 2018 2 Quem pode solicitar financiamento? O que podemos financiar? Principais produtos do BNDES para apoio às MPMES:

Leia mais

Apoio do BNDES Indústria de Equipamentos e Materiais Médicos, Hospitalares e Odontológicos

Apoio do BNDES Indústria de Equipamentos e Materiais Médicos, Hospitalares e Odontológicos Apoio do BNDES Indústria de Equipamentos e Materiais Médicos, Hospitalares e Odontológicos Seminário Internacional sobre Diretivas RoHS e WEEE Brasília, 08 de fevereiro de 2011 Complexo Industrial da Saúde

Leia mais

PROFARMA Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde

PROFARMA Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde Banco Nacional de Desenvolvimento Econômco e Social - BNDES PROFARMA Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde Belo Horizonte dezembro/2007 1 Aprovado em maio / 2004 MACRO-OBJETIVO

Leia mais

Instrumentos de Financiamento. 27 e 28 de Junho NATAL-RN

Instrumentos de Financiamento. 27 e 28 de Junho NATAL-RN Instrumentos de Financiamento 27 e 28 de Junho NATAL-RN Agenda A Finep Reembolsável Inovacred Finep Startup Programa Telecom Análise e Acompanhamento Não-reembolsável Agenda A Finep Reembolsável Inovacred

Leia mais

Financiadora de Estudos e Projetos

Financiadora de Estudos e Projetos Financiadora de Estudos e Projetos Agência Brasileira de Inovação Ampliando mercado de Placas de CI através s da Certificação São Paulo -SP 28 de novembro de 2006 João Florencio da Silva Analista do Escritório

Leia mais

Programa de apoio à aquisição inovadora em empresas de telecomunicações. 33º Encontro Provedores Regionais Campinas 11 de julho de 2017

Programa de apoio à aquisição inovadora em empresas de telecomunicações. 33º Encontro Provedores Regionais Campinas 11 de julho de 2017 Programa de apoio à aquisição inovadora em empresas de telecomunicações 33º Encontro Provedores Regionais Campinas 11 de julho de 2017 A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada ao MCTIC (Ministério

Leia mais

Alternativas de Financiamento da IP, a partir da COSIP

Alternativas de Financiamento da IP, a partir da COSIP Alternativas de Financiamento da IP, a partir da COSIP 25.04.2017 Classificação: Documento ostensivo Unidade Gestora: AGS/DEGEP Agenda Contextualização Estrutura COSIP Modelos de Negócios em Iluminação

Leia mais

O BNDES Inovação e propriedade intelectual

O BNDES Inovação e propriedade intelectual O BNDES Inovação e propriedade intelectual DYOGO HENRIQUE DE OLIVEIRA Presidente do BNDES ABIFINA, 18 de Setembro de 2018 Propriedade intelectual no Brasil Sistema de propriedade intelectual saudável e

Leia mais

Experiência MAHLE com Fomento André Ferrarese

Experiência MAHLE com Fomento André Ferrarese Experiência MAHLE com Fomento André Ferrarese 13.04.2016 Onde encontrar e interagir http://ri.mahle.com.br/ andre.ferrarese@br.mahle.com 2 Motivação Reduzir Dispêndio Efetivo MAHLE: % do faturamento Orçamento

Leia mais

AGÊNCIA DO PARANÁ SEMINÁRIO INOVATEC LONDRINA AGOSTO/14. Parceria BRDE / FIEP / SEBRAE

AGÊNCIA DO PARANÁ SEMINÁRIO INOVATEC LONDRINA AGOSTO/14. Parceria BRDE / FIEP / SEBRAE AGÊNCIA DO PARANÁ SEMINÁRIO INOVATEC LONDRINA AGOSTO/14 Parceria BRDE / FIEP / SEBRAE . Fundação: 1961. AGÊNCIA PARANÁ. Perfil jurídico: Autarquia. Primeiro agente financeiro credenciado a repassar Linhas

Leia mais

Financiamento para inovar e lançar novos produtos. O mundo mudou, e a sua empresa? Conheça as soluções da Desenvolve SP para inovação

Financiamento para inovar e lançar novos produtos. O mundo mudou, e a sua empresa? Conheça as soluções da Desenvolve SP para inovação Financiamento para inovar e lançar novos produtos O mundo mudou, e a sua empresa? Conheça as soluções da Desenvolve SP para inovação O QUE FAZEMOS? Financiamentos que transformam ideias em negócios mais

Leia mais

O Edital de Inovação da Indústria visa financiar o desenvolvimento de novos produtos, processos e plantas piloto para a indústria nacional.

O Edital de Inovação da Indústria visa financiar o desenvolvimento de novos produtos, processos e plantas piloto para a indústria nacional. OEditalSENAI SESI deinovaçãofoilançadoem 2004edesde seulançamento até o ano de 2015 foram aprovados 686 projetos em parceira com 589 empresas industriais brasileiras e startups de base tecnológica com

Leia mais

A atuação do BNDES na Indústria de Equipamentos e Materiais Médicos, Odontológicos e Hospitalares

A atuação do BNDES na Indústria de Equipamentos e Materiais Médicos, Odontológicos e Hospitalares A atuação do BNDES na Indústria de Equipamentos e Materiais Médicos, Odontológicos e Hospitalares 1º CIMES São Paulo, abril 2012 Agenda Complexo Industrial da Saúde A Indústria de EMHO Desafios e propostas

Leia mais

O apoio à inovação em saúde o papel do BNDES: como avançar?

O apoio à inovação em saúde o papel do BNDES: como avançar? 1 O apoio à inovação em saúde o papel do BNDES: como avançar? A necessidade de interação entre Universidades e Empresas Florianópolis/Cienp Setembro de 2017 Agenda 2 O que fizemos? Onde estamos? Quais

Leia mais

CRÉDITO PARA PROJETOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

CRÉDITO PARA PROJETOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA CRÉDITO PARA PROJETOS DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NORTE; 7,2% CENTRO - OESTE; 7,5% NORDESTE; 17,2% São Paulo Rio de Janeiro 4,7% 17,5% Minas Gerais Espírito Santo SUL; 17,6% 22,1% 55,7% SUDESTE; 50,5% 1º

Leia mais