GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DE ALAGOAS COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DE ALAGOAS COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO"

Transcrição

1 RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS DA UNITECH 1) No item 5.2 dos critérios de qualidade, entendemos que não será aceita declaração, desacompanhada do certificado de qualidade. É correto o nosso entendimento? Resp. Sim. Onde houver uma entidade certificadora destes itens de qualidade, exige-se que os mesmos sejam apresentados com a chancela destas entidades. 2) No item 5.4, a forma de pontuação está bastante restritiva. Se uma empresa possui 10 atestados em Oracle (principal banco de dados da Secretaria da Fazenda), outros 10 atestados em SQL e apenas 5 atestados em MySQL (banco utilizado com menor abrangência), ela atingirá apenas 40% da pontuação de uma outra empresa que tenha apenas 6 atestados de cada um dos bancos, tendo portanto menor experiência nos bancos de dados de maior importância para a Secretaria da Fazenda. Entendemos que, para melhor representar a importância de cada banco de dados, deveria ser excluída a experiência em MySQL. Resp. Não. Buscamos com os critérios de compatibilidade garantir que os fornecedores tenham total alinhamento com as aplicações corporativas da SEFAZ-AL. A Apresentação de mais de 6 certificados em cada um dos SGBDs mencionados representam uma pluralidade quanto a capacidade de gerenciamento de projetos com vários ambientes de desenvolvimento, o que coaduna com a realidade da SEFAZ-AL, conforme item ) No item 5.4, a relação de linguagens de programação está bastante extensa, envolvendo não apenas as linguagens de programação, mas também formatos de armazenamento de dados, linguagens de marcação, etc. Assim como no questionamento anterior, a relação envolve desde aspectos extremamente importantes para o ambiente da Sefaz-AL (como o JAVA), quanto aspectos de baixa relevância (como o HTML). Avaliando o ambiente de desenvolvimento da Secretaria da Fazenda e as suas expectativas futuras, entendemos que a relação de linguagens Delphi, Visual Basic, Java, Java Scripts, ASP, DOT.NET, PHP e Natural representam melhor os ambientes de desenvolvimento e seriam os atestados a serem apresentados. É correto o nosso entendimento? Resp. Não. Possuímos uma pluralidade de tecnologias, item , e queremos, com este item, garantir que a empresa vencedora do certame possua todos os requisitos de atendimento destas tecnologias. 4) No item 5.2 dos critérios de qualidade, no quesito que envolve a utilização de metodologias, está prevista a pontuação para quem comprove possuir e utilizar Pontos por Caso de Uso (UCP), entretanto, analisando o serviço descrito no edital, as métricas que serão utilizadas são totalmente baseadas em Pontos de Função, havendo apenas uma referência a um uso futuro (uma única referência a isso na página 186, sem descrever como será esse futuro uso,

2 qual o impacto na metodologia, quais as métricas nem possíveis impactos sobre os valores aqui apresentados). Entendemos que este item deveria ser excluído, por não ser correto pontuar experiência por algo que talvez venha a ser utilizada no futuro e não foi completamente especificado no edital. É correto o nosso entendimento? Resp. Não. Não se deve confundir a forma de medição para pagamento no desenvolvimento de sistema com o Processo de Gestão de estimativa de tamanho. Por ser a APF métrica de dimensionamento com uma boa quantidade de profissionais certificados no Brasil e a mais usada no mercado, além de ser a técnica recomendada pelo Tribunal de Contas da União e pela Procuradoria do Estado de Alagoas, foi esta a escolhida para o dimensionamento do serviço e transformação em homem/hora para o pagamento dos serviços. Esta escolha não inviabiliza a utilização de Pontos por Função combinado com Pontos de Caso de Uso na Gestão de Estimativa de Tamanho de Projetos de software Orientado a Objeto - OO. Nos projetos OO a estimativa de tamanho é geralmente realizada através de duas métricas: Análise de Pontos de Função e Análise de Casos de Uso. No caso de Ponto de Função, a precisão da estimativa melhora à medida que se obtém mais informações da análise e do projeto. O ponto de caso de uso é proposto para ser utilizado no início do ciclo de desenvolvimento, na fase de requisitos e é a forma combinada que a SEFAZ vai adotar nos Processos de Gestão para as metodologias OO, o que está evidenciado nos itens Gerente de Projetos e Analista de Sistemas do edital quando inclui na qualificação dos profissionais a necessidade do duplo conhecimento: Experiência em métricas de estimativa de desenvolvimento de software (Pontos por Função, Pontos por caso de uso). 5) No item 5.2 está sendo pontuada experiência em Análise Orientada a Eventos, no entanto, a metodologia utilizada pela Secretaria da Fazenda é a Orientação a Objetos (Página 41), sendo esta citada em diversos trechos do edital, enquanto a Orientação a Eventos não é citada em nenhum momento no termo de referência. Entendemos que este item deveria ser excluído, mantendo apenas a orientação a objetos, por não ser correto pontuar experiência em algo que não é escopo do presente edital. Não. No subitem 5.2 está sendo pontuada a experiência da licitante em desenvolvimento de projetos nas metodologias e, ou processos Orientados a Objetos e Eventos e não em Análise Orientada a Eventos. A metodologia utilizada pela SEFAZ é ampla e diversificada assim como em várias instituições conceituadas onde a tecnologia é aplicada de acordo com a necessidade. Induzir do item 2.8 que a SEFAZ usa tão somente, a Orientação a Objetos é incorreto e inadequado, já que o item faz claramente a ressalva de que devem ser usadas sempre que se aplicar, removendo a exclusividade e obrigatoriedade de seu uso em todos os casos.

3 O Edital não está pontuando em qualquer local referência a Análise Orientada a Eventos, pois não é utilizada. O edital faz alusão a Metodologias e processos orientados a objetos e eventos. O desenvolvimento orientado a eventos baseia-se na inexistência de um algoritmo principal que em uma programação tradicional corresponde a um programa com início e fim. Em um programa orientado a eventos, tudo o que temos é uma forma que contem vários controles e a cada ação do utilizador (a qual é denominada evento), o programa responde com a execução de um procedimento. Diferente de aguardar por um comando completo que processa a informação, tal paradigma é programado em sua base em um laço de repetição de eventos, que recebem repetidamente informação para processar e disparam uma função de resposta de acordo com o evento. O desenvolvimento orientado a eventos é utilizado pela SEFAZ em vários sistemas onde a lógica de negócio está embutida em outras camadas da aplicação, e vem sendo utilizada em diversos aplicativos que interagem através de interface com o usuário. Nosso framework de desenvolvimento tem uma camada assíncrona responsável por disparar pequenos tratadores, que nada mais são do que programas responsáveis por processar esses eventos. As diversas aplicações da SEFAZ em Delphi e em Oracle Forms se utilizam deste paradigma, ressaltamos assim a relevância deste critério para a prestação destes serviços. Colocamo-nos a disposição caso a empresa queira vistoriar os códigos fontes de nossas aplicações. 6) No item 5.3, a pontuação máxima é obtida com a comprovação de mais de horas de experiência em suporte técnico ao banco de dados Oracle e outras horas em Adabas. Esta quantidade de horas é o equivalente a mais de 56 profissionais dando suporte a cada tipo de banco de dados durante um ano inteiro (total superior a 113 profissionais por ano), no entanto, avaliando a demanda de serviço da Secretaria da Fazenda, provavelmente será necessário dois ou três profissionais para esse serviço (6.336 horas por ano para os dois ambientes), o que geraria uma pontuação em desacordo com o serviço. Entendemos que para cada ambiente deveria ser a pontuação máxima. Resp. Não. O Edital pontua horas de suporte técnico prestadas nos últimos 24 meses e informa que a comprovação será feita mediante apresentação de CONTRATOS e atestados. No caso de Banco de dados, a prática no mercado é a contratação de ANS 7X24, com disponibilidade de 99% ao ano, o que é também solicitado no Edital no ANEXO XVII - NÍVEIS DE SERVIÇO, nestes casos um contrato comprova 8640 h/ano (24X30X12=8640), ou h em 24 meses. Um outro contrato cujo objeto seja a locação de mão de obra com um profissional em um ano comprova a prestação de 2880 h/ano, ou 5.760h em 24 meses. Além destes também podem ser apresentados contratos de prestação de serviços com o quantitativo de horas informados no atestado e/ou contrato, bem como suporte prestado no desenvolvimento para o banco de dados. Esclarecemos ainda, que a fase de avaliação de critérios de

4 pontuação serve para que se sobressaiam as empresas que comprovem possuir maior desempenho, capacitação e qualificação técnica. 7) No item 5.5, a pontuação máxima para certificação em pontos de função é alcançada quando a empresa possui mais de 10 profissionais. Esta quantidade é excessiva, considerando que existem apenas 269 profissionais que já obtiveram esta certificação no Brasil,desde que ela existe (muitos deles com certificação vencida ou não mais atuando mais na área, ou trabalhando para empresas que não prestam esse tipo de serviço) e desnecessária para o serviço contratado. Entendemos que a pontuação máxima poderia ser obtida com uma menor quantidade, por exemplo: Apresentou 1 profissional: 10 pontos Apresentou 2 profissionais: 20 pontos Apresentou mais de 2 profissionais: 40 pontos Resp. Não. O contrato terá como forma principal de remuneração a contagem de pontos de função. O número de mais de 10 profissionais para a pontuação máxima tem por objetivo mitigar os riscos em relação a falta de profissionais para a contagem, visando a disponibilidade de funcionário qualificado, conforme requisito do item , quando de sua necessidade, pontuando as empresas que tenham em seu quadro um número maior de profissionais. A certificação CFPS é a garantia de que o profissional entende e utiliza corretamente as regras do IFPUG para a contagem de pontos de função, tem muita credibilidade, e é considerada um diferencial para quem a possui. O critério sugerido pela empresa, mínimo de 3 profissionais para obtenção da pontuação máxima, pode comprometer a qualidade do serviço quando a empresa atende a vários contratos. Além do mais, 269 profissionais na área é considerada uma boa quantidade de profissionais certificados, pois estes profissionais trabalham exclusivamente na área de TI, podemos fazer um comparativo com profissionais certificados pelo PMI no Brasil que gira em torno de 575 e podem ser de qualquer ramo de atividade. Para a prestação de serviços deste porte, baseada na técnica de ponto de função, é importante que as empresas façam investimentos para se manter alinhada com as tendências de mercado. 8) No item 5.5, na parte que trata da experiência fazendária, pontuar apenas se a empresa assumir todas as áreas citadas em pelo menos três estados é bastante restritivo. Dos 26 Estados brasileiros, provavelmente poucos contratam toda essa gama de serviço de uma única empresa, correndo o risco de apenas uma empresa no país possuir a pontuação máxima. Entendemos que a redação do quesito deveria ser alterado para: " A licitante comprovou possuir experiência no desenvolvimento e implantação de sistemas em Secretarias de Fazenda para Estados". Resp. Não. Buscamos empresas que possuam experiências de desenvolvimento/implantação nas áreas a serem trabalhadas durante o contrato de

5 banco de horas. Desta forma, diminuímos o tempo necessário ao entendimento das demandas, produzindo discussões mais ricas quanto às soluções a serem disponibilizadas. 9) Assim como está sendo pontuada a experiência da empresa em administração fazendária, o fato da licitante possuir em seus quadros profissionais com esta mesma experiência deveria ampliar a sua pontuação. Sendo assim, entendemos que deveria ser acrescido no item 5.5 a seguinte pontuação: "Profissionais do quadro permanente com cargo de Analistas de Ssistemas e experiência em Secretarias de fazenda de Estado". Apresentou 3 profissionais: 20 pontos Apresentou 5 profissionais: 50 pontos Resp. Não. A questão da experiência deve ser comprovada em desenvolvimento de aplicações, visto esse ser o foco da presente licitação. 10) Uma parte significativa do serviço envolve a utilização de metodologias (que precisarão ao longo do tempo se manter atualizadas e adequadas), no entanto, não é pontuada experiência nesta atividade. Desta forma, entendemos que deveria ser acrescido no item 5.5 a seguinte pontuação: Experiência em modelagem, administração corporativa de dados; definição, implantação e administração de metodologias de desenvolvimento de sistemas. Apresentou 3 atestados: 20 pontos Apresentou 5 atestados: 50 pontos Resp. Não. Não faz parte do objeto da licitação a prestação do serviço sugerido, conforme item 2.1 a licitação tem por objeto: Análise, modelagem e Documentação de Processos, Projeto e Análise de Sistema, Programação, Testes, Documentação, Implantação e treinamento, destinados à realização das atividades de Desenvolvimento de Novos Projetos, Melhorias e Manutenções de Sistemas, com passagem de conhecimento; Consultoria e Serviço Especializado; manutenção, instalação e configuração de hardware; instalação, configuração e suporte de software de ambiente operacional para servidores e ativos de rede; operação e suporte de sistemas e ambientes operacionais e atendimento a usuários, além da implantação do service desk e escritório de projetos. As metodologias e padrões utilizados pela empresa devem ser entregues na habilitação e a vencedora do certame deverá fazer os ajustes, sem custos para a SEFAZ, destas metodologias e padrões com os utilizados no CSGII, os quais serão homologados e registrados no ANS, conforme itens e seus subitens, 2.1.5, e

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DE ALAGOAS COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DE ALAGOAS COORDENADORIA SETORIAL DE GESTÃO DA INFORMÁTICA E INFORMAÇÃO 2.1.3.5 Resultados. a) Aumento da arrecadação tributária do Estado - excluído o crescimento econômico, variações de alíquotas e bases de cálculo, etc; b) Redução do tempo de julgamento administrativo dos

Leia mais

Gestão de contratos de Fábrica de Software. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Gestão de contratos de Fábrica de Software. Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Gestão de contratos de Fábrica de Software Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Agenda Diretriz (Método Ágil); Objeto de contratação; Volume de serviços estimado; Plataformas de Desenvolvimento;

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA Referência: CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 - BNDES Data: / / Licitante: CNPJ:

Leia mais

RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME.

RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME. RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME. Brasília, 10 de fevereiro de 2010. Pregão n 062/2009 Lote 1: Lote 2: Operação, Gerenciamento de Redes, Servidores, Storage & Archive,

Leia mais

SECRETARIA DA FAZENDA SUPERVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIVISÃO DE SISTEMAS E TECNOLOGIA

SECRETARIA DA FAZENDA SUPERVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIVISÃO DE SISTEMAS E TECNOLOGIA LICITAÇÃO PÚBLICA INTERNACIONAL - LPI N 0 001/CELIC/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO N 0 0122073-14.00/12-0 RESPOSTAS DO CONTRATANTE Respostas aos questionamentos enviados pela empresa STEFANINI ASSESSORIA

Leia mais

Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009. termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO:

Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009. termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO: Ref: Edital da Concorrência nº. 01/2009 Empresa interessada no certame solicitou PEDIDO DE ESCLLARECI IMENTTO,, aos termos do edital, pelas razões a seguir: 1º PEDIDO DE ESCLARECIMENTO: 1) Com relação

Leia mais

RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME.

RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME. RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME. Brasília, 10 de fevereiro de 2010. Pregão n 062/2009 Lote 1: Lote 2: Operação, Gerenciamento de Redes, Servidores, Storage & Archive,

Leia mais

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica 491 ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica Nº Processo 0801428311 Licitação Nº EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 09/2008 [Razão ou denominação social do licitante] [CNPJ] A. Fatores de Pontuação Técnica:

Leia mais

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica

ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica 449 ANEXO 6 Critérios e Parâmetros de Pontuação Técnica A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios Pontos Peso Pontos Ponderados (A) (B) (C) = (A)x(B) 1. Qualidade 115 1 115 2. Compatibilidade 227 681.

Leia mais

ADITAMENTO 01 INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES

ADITAMENTO 01 INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES ADITAMENTO 01 INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE OPERAÇÃO E SUPORTE À INFRAESTRUTURA DE INFORMÁTICA DA TI CORPORATIVA DO NOS (SERVICE DESK) Ref: Aditamento nº 01 ao Edital

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA Anexo III Lote IV

TERMOS DE REFERÊNCIA Anexo III Lote IV 1. FATOR QUALIDADE 1.1 A licitante será pontuada pela comprovação de certificação ISO 9001:2000 nas atividades relacionadas abaixo. A comprovação será feita, exclusivamente, através da apresentação de

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRA/1123 FNDE -EDITAL Nº 01/2009 1. Perfil: Consultor ESPECIALISTA EM PLANO DE METAS ANALISTA PROGRAMADOR DELPHI - Código 1 - CGETI. 2. Nº de vagas:

Leia mais

Comissão Especial de Licitação Concorrência nº 397/2010 Verificador Independente RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011

Comissão Especial de Licitação Concorrência nº 397/2010 Verificador Independente RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011 RESPOSTA AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS EM 08/02/2011 EDITAL DE LICITAÇÃO 1. É dito no item 9.6.3 que os atestados de capacitação técnica a que se refere o item 9.6.1 (I a III) deverão ser fornecidos por

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANALISE DA PROPOSTA TÉCNICA DOS PARA EDITAL 0001/010 Profissional: Administrador de Sistemas Alcançada Classificação Habilidades e capacitação Num. De Certificados Pontos a) Descrição do cargo: Atuar como

Leia mais

Apresentamos a divisão Portal Moveleiro Tecnologia, habilitada para o desenvolvimento de projetos alinhados a estratégias de e-business.

Apresentamos a divisão Portal Moveleiro Tecnologia, habilitada para o desenvolvimento de projetos alinhados a estratégias de e-business. SOLUÇÕES E-BUSINESS PERSONALIZADAS Apresentação Apresentamos a divisão Portal Moveleiro Tecnologia, habilitada para o desenvolvimento de projetos alinhados a estratégias de e-business. Atuando há 4 anos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008 CENTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008 Anexo II 1 DO OBJETO 1.1 - Prestação de serviços de suporte técnico assistido

Leia mais

Gestão de contratos com métricas de resultado (serviços de software)

Gestão de contratos com métricas de resultado (serviços de software) Contratações públicas de TI: encontro com o mercado Gestão de contratos com métricas de resultado (serviços de software) Carlos Oest Tecnologia da Informação e Telecomunicações TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO

Leia mais

Processo Nº 25545/2014 RESPOSTAS A QUESTIONAMENTOS

Processo Nº 25545/2014 RESPOSTAS A QUESTIONAMENTOS Processo Nº 25545/2014 RESPOSTAS A QUESTIONAMENTOS Brasília/DF, 18 de junho de 2014. Objeto Consultoria para desenvolvimento de metodologias e sistemáticas de inteligência para acompanhamento das famílias

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 06/2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS

CONCORRÊNCIA Nº 06/2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS CONCORRÊNCIA Nº 06/2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS Pergunta 1: Com relação a qualificação econômico-financeira, o item 3.8.3.2 requer um capital social integralizado não inferior a R$ 800.000,00. Esse valor

Leia mais

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO

ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC-008/2008 1 ANEXO III PERFIL DOS PROFISSIONAIS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PARA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO 1. INFORMAÇÕES GERAIS E CARACTERÍSTICA DO ATUAL AMBIENTE CORPORATIVO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR

TERMO DE REFERÊNCIA - TR TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 014/2009 ANEXO II 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico assistido ao PRODERJ, sob demanda, para o desenvolvimento e implantação de soluções

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Nº 02430/2008

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Nº 02430/2008 Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Contratação de empresa especializada em tecnologia da informação para o desenvolvimento de Sistema Nacional de

Leia mais

MONTREAL / RIO DE JANEIRO

MONTREAL / RIO DE JANEIRO QUESTIONAMENTOS CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/14 MONTREAL / RIO DE JANEIRO 1 Quanto às certificações solicitadas nos itens 2.3, 2.4, e 2.5 da página 136 do Edital, perguntamos: Dado que a Norma ABNT NBR

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 03 Profissões de TI Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos respectivos

Leia mais

INTERESSADOS DEVERÃO CADASTRAR CURRICULO NO SITE www.superato.com.br. TÉCNICO EM INFORMÁTICA

INTERESSADOS DEVERÃO CADASTRAR CURRICULO NO SITE www.superato.com.br. TÉCNICO EM INFORMÁTICA INTERESSADOS DEVERÃO CADASTRAR CURRICULO NO SITE www.superato.com.br. TÉCNICO EM INFORMÁTICA Estamos selecionando para CECRED - Cooperativa de Crédito de Blumenau. Cursando Sistemas da Informação ou Ciências

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para executar serviços de manutenção evolutiva, corretiva, adaptativa e normativa

Leia mais

QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME

QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME Pregão n 062/2009 Lote 1: Lote 2: Operação, Gerenciamento de Redes, Servidores, Storage & Archive, Directory Services. Administração de Banco

Leia mais

Núcleo de Métricas: Alcançando a Excelência na Governança de TI

Núcleo de Métricas: Alcançando a Excelência na Governança de TI Núcleo de Métricas: Alcançando a Excelência na Governança de TI Gustavo Siqueira Simões - PMP e CFPS http://www.linkedin.com/in/gustavosimoes gustavo.simoes@fattocs.com.br skype: gustavosimoes +55(11)

Leia mais

1º Nível: Contato inicial responsável pelo registro de todas as solici tações e pela finalização do maior número possível de atendimentos.

1º Nível: Contato inicial responsável pelo registro de todas as solici tações e pela finalização do maior número possível de atendimentos. O QUE É? Serviço de atendimento telefônico ao usuário para resolução de problemas de TI ou outras solicitações relativas a assuntos predefinidos. Oferecido em dois níveis: 1º Nível: Contato inicial responsável

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015. Objeto: TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015. Objeto: TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015 TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

ESCLARECIMENTO V PREGÃO 31/2015

ESCLARECIMENTO V PREGÃO 31/2015 MEC Ministério da Educação Uasg 150002 ESCLARECIMENTO V PREGÃO 31/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 31/2015 Processo nº 23000.010097/2015-59 PERGUNTA 1: Conforme o item 2 do edital o mesmo cita que o Ministério

Leia mais

Consulta Pública Contratação de Serviços de TI STI - Superintendência de Tecnologia da Informação

Consulta Pública Contratação de Serviços de TI STI - Superintendência de Tecnologia da Informação Consulta Pública Contratação de Serviços de TI STI - Superintendência de Tecnologia da Informação Diretoria de Soluções Tecnológicas Superintendência de Tecnologia da Informação Objeto Objeto: Prestação

Leia mais

Proposta ITIL V3 HAND S ON. Apresentação Executiva. ITIL V3 Hand s ON

Proposta ITIL V3 HAND S ON. Apresentação Executiva. ITIL V3 Hand s ON ITIL V3 HAND S ON Apresentação Executiva 1 Os treinamentos de ITIL Hand s On, abordam os processos da gestão de serviços de TI do ITIL v3 e são recomendados e necessários, para quem quer ser tornar um

Leia mais

Diretrizes Propostas para Aplicação da APF em Programa Envolvendo Tecnologias Recentes Tais como Barramento, BPMS e Portal

Diretrizes Propostas para Aplicação da APF em Programa Envolvendo Tecnologias Recentes Tais como Barramento, BPMS e Portal Diretrizes Propostas para Aplicação da APF em Programa Envolvendo Tecnologias Recentes Tais como Barramento, BPMS e Portal Ricardo Gaspar, CFPS (21) 2172-8078 ricardo.gaspar@bndes.gov.br 29 de Novembro

Leia mais

A Nota do Fator Suporte de Serviços NS será atribuída com os seguintes critérios:

A Nota do Fator Suporte de Serviços NS será atribuída com os seguintes critérios: ANEXO XIII PONTUAÇÃO TÉCNICA/PREÇO 1 Fatores de Avaliação e Respectivas Pontuações Fator de Avaliação - FA Nota Nota Máxima Peso Pontuação Ponderada Máxima S: Suporte NS 40 3 120 Q: Qualidade NQ 30 2 60

Leia mais

ERRATA Nº. 01 CONVITE 18/2008. A Comissão Permanente de Licitação informa alteração no referente Convite:

ERRATA Nº. 01 CONVITE 18/2008. A Comissão Permanente de Licitação informa alteração no referente Convite: 01/07/2008 ERRATA Nº. 01 CONVITE 18/2008 A Comissão Permanente de Licitação informa alteração no referente Convite: A data de abertura foi transferida para o dia 18/07/2008, às 14 horas; o prazo para realização

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9

TERMO DE REFERÊNCIA TÍTULO: Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD. GECOQ Gerência de Controle e Qualidade 1/9 TÍTULO: ASSUNTO: GESTOR: TERMO DE REFERÊNCIA Termo de Referência para contratação de ferramenta case de AD DITEC/GECOQ Gerência de Controle e Qualidade ELABORAÇÃO: PERÍODO: GECOQ Gerência de Controle e

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI 1. PI06 TI 1.1. Processos a serem Atendidos pelos APLICATIVOS DESENVOLVIDOS Os seguintes processos do MACROPROCESSO

Leia mais

DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011

DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011 DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011... RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS FEITOS PELA EMPRESA AVANSYS TECNOLOGIA LTDA, CNPJ MF sob nº 04.181.950/0001-10,

Leia mais

ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC Nº 008/2008 1 1- PLANILHA DE PONTUAÇÃO TÉCNICA FATOR QUALIDADE ANEXO V CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO Item Descrição Peso 2 1.1 A licitante será pontuada pela comprovação de parceria com

Leia mais

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica 91 ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica Nº Processo 0801426905 Licitação Nº EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 04/2008 [Razão ou denominação social do licitante] [CNPJ] A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios

Leia mais

QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013

QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013 QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013 Prezados Senhores da comissão de licitação da UENF, seguem alguns questionamentos acerca do edital de concorrência 01/2013 para esclarecimentos: 1. ANEXO

Leia mais

Termo de Abertura do Projeto TAP PJSETIN2012029 NOC Network Operation Center (Centro de Operação

Termo de Abertura do Projeto TAP PJSETIN2012029 NOC Network Operation Center (Centro de Operação Operação de Rede) Versão 1.0 Estado do Ceará Poder Judiciário Tribunal de Justiça Histórico de Revisões Data Versão Descrição Responsável 31/08/2012 0.1 Criação do documento Alexys Ribeiro Gerente do Projeto

Leia mais

ESCLARECIMENTOS AO PREGÃO Nº 653/2006

ESCLARECIMENTOS AO PREGÃO Nº 653/2006 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES COORDENAÇÃO-GERAL DE ADMINISTRAÇÃO GERAL ESCLARECIMENTOS AO PREGÃO Nº 653/2006 Ref. Processo nº 50600.009513/2006-99 OBJETO:

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa Esta iniciativa tem como finalidade reorganizar a área de Tecnologia da Informação TI do TJMG, sob o ponto de vista de gestão e infraestrutura, baseados em sua estrutura

Leia mais

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração.

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração. Cobit e ITIL GOVERNANÇA, GP - RISCO, GP PROJETOS - PMP, SEGURANÇA DAIANA BUENO OUTUBRO 20, 2010 AT 8:00 3.496 visualizações Atualmente, as empresas estão com seus processos internos cada vez mais dependentes

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.338/2015 PE 0652/2015

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.338/2015 PE 0652/2015 EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.338/2015 PE 0652/2015 1 - Para a realização da vistoria técnica do processo acima citado se

Leia mais

2.2 - Prestação de Serviços de Suporte Técnico Assistido

2.2 - Prestação de Serviços de Suporte Técnico Assistido Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2011 1 DO OBJETO 1.1 - Contratação de empresa para o fornecimento de licenças de uso de software SAP, BusinessObjects Enterprise - BOE, com manutenção

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ofício nº 077/2005/CPL/SAA/SE/MEC Brasília, 04 de maio de 2005. Aos interessados REFERÊNCIA: Concorrência

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS

PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS EMPRESA: ILION SOLUÇÕES EM INTERNET LTDA. 1 DO PRAZO: item 5.2 f) Prestação de serviços: 5 (cinco) meses, contados a partir da data da Ordem de Serviço. g) Prazo para desenvolvimento:

Leia mais

PROPOSTA TÉCNICA/PLANILHA DE AVALIAÇÃO (com Alteração 01)

PROPOSTA TÉCNICA/PLANILHA DE AVALIAÇÃO (com Alteração 01) CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC Nº 001/2010 ANEXO II 1 PROPOSTA TÉCNICA/PLANILHA DE AVALIAÇÃO (com Alteração 01) I - Atestados, certidões e comprovantes I.1 Todos os documentos, atestados e certificados deverão

Leia mais

ANEXO III CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

ANEXO III CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ANEXO III CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO A avaliação da Proposta Técnica será computada de acordo com o estabelecido nesse Anexo. A pontuação máxima para a proposta será de 1.000 (um mil pontos). 1. Metodologia

Leia mais

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 02 Áreas e Profissionais de TI Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos

Leia mais

ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1. INTRODUÇÃO Este documento contém a descrição dos procedimentos e critérios a serem adotados para avaliação, julgamento e classificação das propostas das licitantes

Leia mais

Sumário. Especificações de experiência e conhecimento para as equipes de profissionais... 2. Perfi s Profissionais... 2

Sumário. Especificações de experiência e conhecimento para as equipes de profissionais... 2. Perfi s Profissionais... 2 ANEXO 5 - DO PROJETO BÁSICO Especificações de experiência e conhecimento para as equipes de profissionais disponibilizadas para a execução dos serviços Sumário Especificações de experiência e conhecimento

Leia mais

desenvolvimento, crescimento e disseminação moral, honestidade e cooperação real transparência, alta qualidade e preços justos

desenvolvimento, crescimento e disseminação moral, honestidade e cooperação real transparência, alta qualidade e preços justos Desde Junho do ano 2000, trabalhamos muito e buscamos nosso crescimento físico e de capital. Mas todo nosso crescimento enquanto uma corporação só foi e é possível porque nunca deixamos de lado o desenvolvimento,

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 22/2013 ESCLARECIMENTO N. 2

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 22/2013 ESCLARECIMENTO N. 2 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento n. 2 Referência: Pregão Eletrônico n. 22/2013 Data: 23/4/2013 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de atendimento remoto e presencial a usuários de Tecnologia

Leia mais

APRESENTAÇÃO da Empresa

APRESENTAÇÃO da Empresa APRESENTAÇÃO da Empresa EMPRESA ÍNDICE - Sobre a empresa - Política de Qualidade e Código de ética - Comprometidos com a qualidade e satisfação do cliente 04 05 06 SERVIÇOS - Desenvolvimento de Sites -

Leia mais

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO

1. Descrição dos Serviços de Implantação da SOLUÇÃO Este documento descreve os serviços que devem ser realizados para a Implantação da Solução de CRM (Customer Relationship Management), doravante chamada SOLUÇÃO, nos ambientes computacionais de testes,

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada CONSULTA PÚBLICA O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES está preparando processo licitatório para contratação de serviços de consultoria técnica especializada, conforme detalhado

Leia mais

PERGUNTA: [...] 1. Entendemos que a abrangência do trabalho deve considerar os seguintes órgãos do MEC:

PERGUNTA: [...] 1. Entendemos que a abrangência do trabalho deve considerar os seguintes órgãos do MEC: ESCLARECIMENTO II AOS INTERESSADOS. Brasília, 24 de outubro de 2008. REFERÊNCIA: PREGÃO 45/2008 Proc. nº: 23000.011534/2008-22 ASSUNTO: Respostas aos Questionamentos. Prezados Senhores interessados, Em

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL EDITAL 239/2009/DNIT 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS

PREGÃO PRESENCIAL EDITAL 239/2009/DNIT 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO PRESENCIAL EDITAL 239/2009/DNIT 1º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS 1ª PERGUNTA: Pelo que entendemos no edital o sistema será implantado em cada unidade do DNIT, com banco de dados descentralizados

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOLUÇÃO INTEGRADA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO N 1501122000006/2014

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOLUÇÃO INTEGRADA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO N 1501122000006/2014 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS PERGUNTAS E RESPOSTAS SOLUÇÃO INTEGRADA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO N 1501122000006/2014 PERGUNTAS 01 - SMEPN - Modelagem

Leia mais

Software na medida certa: desmistificando pontos de função

Software na medida certa: desmistificando pontos de função FATTO Consultoria e Sistemas - www.fattocs.com Software na medida certa: desmistificando pontos de função Guilherme Siqueira Simões +55 (27) 8111-7505 guilherme.simoes@fattocs.com.br Fatto Consultoria

Leia mais

Quem Somos? Somos uma empresa especializada em consultoria e tecnologia da informação.

Quem Somos? Somos uma empresa especializada em consultoria e tecnologia da informação. Quem Somos? Somos uma empresa especializada em consultoria e tecnologia da informação. Nosso diferencial está na habilidade para a concepção e implantação de projetos, soluções de tecnologia e seguros.

Leia mais

IT SERVICES PORTFOLIO. SPEKTRUM IT Services Portfolio 1

IT SERVICES PORTFOLIO. SPEKTRUM IT Services Portfolio 1 IT SERVICES PORTFOLIO SPEKTRUM IT Services Portfolio 1 Ser a única no Brasil a ser certificada pela SAP, mostra como estamos à frente no que tange à transparência em todos os nossos processos e, especialmente,

Leia mais

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC {aula #2} Parte 1 Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11)

Leia mais

O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio. Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas superior

O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio. Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas superior Orientações iniciais Dê preferência ao uso de uma conexão de banda larga O evento não fará uso do vídeo (webcam), somente slides e áudio Se necessário, ajuste o idioma da sala na barra de ferramentas superior

Leia mais

Sistema Web para Cotação de Preços. Vitae Tec Tecnologia a Serviço da Vida!

Sistema Web para Cotação de Preços. Vitae Tec Tecnologia a Serviço da Vida! Sistema Web para Cotação de Preços Vitae Tec Tecnologia a Serviço da Vida! Segue abaixo descritivo do sistema web de cotação de preço. A solução proposta pela Vita Tec oferece: 1) Maior controle, organização,

Leia mais

192 É objetivo da política da informação assegurar a interoperabilidade entre os sistemas de segurança da informação.

192 É objetivo da política da informação assegurar a interoperabilidade entre os sistemas de segurança da informação. Bateria Licitações e Contratos Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com/blog http://twitter.com/timasters http://br.groups.yahoo.com/group/timasters/ CESPE/TCU2007 A necessidade de implementação de

Leia mais

Empresa tem 1,5 mil vagas de emprego em TI

Empresa tem 1,5 mil vagas de emprego em TI Empresa tem 1,5 mil vagas de emprego em TI Rogerio Jovaneli, de INFO Online Segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011-15h51 SÃO PAULO - A Cast, fornecedora de soluções e serviços em TI, revela dispor de 1,5

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

Soluções em Mobilidade

Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Desafios das empresas no que se refere a mobilidade em TI Acesso aos dados e recursos de TI da empresa estando fora do escritório, em qualquer lugar conectado

Leia mais

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a resposta da área técnica deste TRT, acerca dos questionamentos aos termos do Edital do Pregão Eletrônico 51/12, formulados pelas seguintes empresas:

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA Parecer.DIN 67/07 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA PROCESSO: ECO 07/00374850 UNIDADE GESTORA: RESPONSÁVEL: ASSUNTO: CENTRO DE INFORMÁTICA E AUTOMAÇÃO DO ESTADO DE SANTA CATARINA - CIASC HUGO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Contrato por Produto - Nacional

TERMO DE REFERÊNCIA Contrato por Produto - Nacional TERMO DE REFERÊNCIA Contrato por Produto - Nacional 1 Antecedentes e Justificativa A partir da última década do século passado, a gestão de riscos tomou impulso e passou a fazer parte da agenda dos executivos

Leia mais

- CGRL/LICITACAO. Prezado licitante;

- CGRL/LICITACAO. Prezado licitante; - CGRL/LICITACAO De: - CGRL/LICITACAO Enviado em: sexta-feira, 20 de janeiro de 2012 15:11 Para: 'Paula Daniela França' Assunto: ENC: MDIC - PE402011 - Solicitação de Esclarecimento - Edital - Item 15

Leia mais

Integração dos Modelos de Gestão de TI

Integração dos Modelos de Gestão de TI Integração dos Modelos de Gestão de TI Olá servidores!! (Acredite você será!). Temos agora uma bateria com a integração dos modelos de gestão de TI, vamos rever o que vem sendo pedido? Ajeite-se na cadeira,

Leia mais

Referências internas são os artefatos usados para ajudar na elaboração do PT tais como:

Referências internas são os artefatos usados para ajudar na elaboração do PT tais como: Plano de Teste (resumo do documento) I Introdução Identificador do Plano de Teste Esse campo deve especificar um identificador único para reconhecimento do Plano de Teste. Pode ser inclusive um código

Leia mais

Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação. Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS

Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação. Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO Curso: Gestão da Tecnologia da Informação Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS ORGANOGRAMA FUNCIANOGRAMA DESENHO DE CARGO E TAREFAS DO DESENVOLVEDOR

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008 1) INSTRUÇÕES ÀS LICITANTES ITEM 6.2.4 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA Onde se lê: 6.2.4 Qualificação Técnica a) Registro/Certidão de inscrição no CREA e/ou CRA, da empresa

Leia mais

Declaração de Escopo. Projeto PDTI Informações Gerenciais

Declaração de Escopo. Projeto PDTI Informações Gerenciais Declaração de Escopo Projeto PDTI Informações Gerenciais Maio/2008 PRESIDÊNCIA Belo Horizonte, MG 3 3 Revisão 2 após replanejamento do projeto Fátima Freiria 05/05/2008 2 2 Revisão 1 após contratação Consist

Leia mais

Ajuda da pesquisa acerca da Governança de TI da Administração Pública Federal

Ajuda da pesquisa acerca da Governança de TI da Administração Pública Federal Ajuda da pesquisa acerca da Governança de TI da Administração Pública Federal 1. Há planejamento institucional em vigor? Deverá ser respondido SIM caso o Órgão/Entidade possua um planejamento estratégico

Leia mais

GUIA DE CURSO. Tecnologia em Sistemas de Informação. Tecnologia em Desenvolvimento Web. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

GUIA DE CURSO. Tecnologia em Sistemas de Informação. Tecnologia em Desenvolvimento Web. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas PIM PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO COM O MERCADO GUIA DE CURSO Tecnologia em Sistemas de Informação Tecnologia em Desenvolvimento Web Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Tecnologia em Sistemas

Leia mais

CATÁLOGO DE SERVIÇOS

CATÁLOGO DE SERVIÇOS Partner MASTER RESELLER CATÁLOGO DE SERVIÇOS SUPORTE TÉCNICO in1.com.br Explore Mundo! seu Conteúdo 1 - Objetivo 2 - Serviços prestados por meio do contrato de manutenção e suporte anual 2.1 - Primeira

Leia mais

PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA. Profa. Reane Franco Goulart

PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA. Profa. Reane Franco Goulart PROFISSIONAIS DA ÁREA DE INFORMÁTICA Profa. Reane Franco Goulart Administrador de banco de dados O Administrador de banco de dados (DBA - DataBase Administrator) é responsável por manter e gerenciar bancos

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOLUÇÃO INTEGRADA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO N 1501122000006/2014

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOLUÇÃO INTEGRADA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO N 1501122000006/2014 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS PERGUNTAS E RESPOSTAS SOLUÇÃO INTEGRADA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO N 1501122000006/2014 PERGUNTAS 01 - SMEPN - Modelagem

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

UNIDADE 4. Introdução à Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas

UNIDADE 4. Introdução à Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas UNIDADE 4. Introdução à Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas 4.1 Motivação Sistemas de Informação são usados em diversos níveis dentro de uma organização, apoiando a tomada de decisão; Precisam estar

Leia mais

Atividades exercidas por diferentes profissionais da tecnologia da informação 1

Atividades exercidas por diferentes profissionais da tecnologia da informação 1 Atividades exercidas por diferentes profissionais da tecnologia da informação 1 André Luiz Faverzani Martins 2 alfmartins@inf.ufsm.br Resumo: O numero de profissões no mercado de TI (tecnologia da informação)

Leia mais

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14:

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Senhores, A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Questionamento 1: 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMCAS No que diz respeito ao subitem 2.1.2, temos a seguinte

Leia mais

INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br

INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br Vagas Holden TI: Analista de Desenvolvimento Java Sênior Consultor SAP FI DBA SQL Server DBA Oracle

Leia mais

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412

Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Circ.Demap/Dilic- 27/2012 Brasília, 23 de janeiro de 2012. Pt. 1101538412 Às Licitantes do Pregão Demap nº 184/2011 - Presencial Prezados Senhores, Referimo-nos ao Edital do Pregão Demap nº 184/2011 -

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO PRESIDÊNCIA ATO Nº 345/SETIN.SEGP.GP, DE 16 DE JUNHO DE 2015 Reestrutura as unidades vinculadas à Secretaria de Tecnologia da Informação SETIN do Tribunal Superior do Trabalho.

Leia mais