Listed Companies Results Full Year 2015 Resultados das Empresas Cotadas Ano dossiers. Business and Companies Empresas e Negócios

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Listed Companies Results Full Year 2015 Resultados das Empresas Cotadas Ano dossiers. Business and Companies Empresas e Negócios"

Transcrição

1 dossiers Business and Companies Empresas e Listed Companies Results Full Year 2015 Resultados das Empresas Cotadas Ano 2015 Last Update Última Actualização: 19/02/2016 Next Update Próxima Actualização: 25/02/2016 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 2015 Portugal Economy Probe PE Probe All rights reserved

2 Index / Índice I. Full Year 2014 Results Table. Resultados do Ano de 2014 Tabela II. Third Quarter 2014 Results Table..... Resultados do 3º Trimestre de 2014 Tabela III. First Half 2014 Results Table Resultados do 1º Semestre de 2014 Tabela IV. First Quarter 2014 Results Table. Resultados do 1º Trimestre de 2014 Tabela V. PSI Oil & Gas... PSI Recursos Naturais VI. PSI Basic Materials... PSI Matérias-primas VII. PSI Industrials PSI Indústrias Gerais VIII. Goods..... PSI Bens de Consumo IX. PSI Health Care.. PSI Cuidados de Saúde X... PSI Serviços de Consumo XI. PSI Telecommunications..... PSI Telecomunicações XII. PSI Utilities..... PSI Utilities

3 Index / Índice XIII. PSI Financials PSI Serviços Financeiros XIV. PSI Technology PSI Tecnologias

4 I. Full Year 2015 Results Table Resultados do Ano de Tabela Sector Companies Q (Mn ) Q (Mn )** Change ** PSI Oil & Gas Galp Energia % PSI Raw Materials Portucel % PSI Raw Materials Semapa 17.5 PSI Raw Materials Inapa 1.5 PSI Raw Materials F. Ramada 1.7 PSI Industrials Altri % PSI Industrials Mota-Engil 7.3 PSI Industrials CTT % PSI Industrials Teixeira Duarte 15.9 PSI Industrials Cimpor % PSI Industrials Martifer PSI Industrials SDC Investimentos -1 PSI Industrials Grão Pará -0.4 PSI Industrials PSI Industrials Lisgráfica Orey PSI Industrials Sonae Indústria % PSI Industrials Toyota Caetano 4

5 I. Full Year 2015 Results Table Resultados do Ano de Tabela Sector Companies Q (Mn ) Q (Mn )** Change ** Goods Goods Goods PSI Health Care Corticeira Amorim % Sumol+Compal 1.1 Vista Alegre % Luz Saúde % Impresa Jerónimo Martins % Sonae SGPS 10 NOS % Cofina % PSI Telecommunications PSI Telecommunications Media Capital 0.7 Ibersol 0.6 SAG GEST -3.5 Estoril-Sol Portugal Telecom Sonaecom PSI Utilities EDP Renováveis % PSI Utilities EDP % PSI Utilities REN % 5

6 I. Full Year 2015 Results Table Resultados do Ano de Tabela Sector Companies Q (Mn ) Q (Mn )** Change ** PSI-Financials BPI PSI-Financials BCP % PSI-Financials Banif PSI-Financials Santander Totta 35.5 PSI-Financials Sonae Capital % PSI-Financials Montepio % PSI-Financials CGD 22.4 PSI Technology Compta PSI Technology Glintt 0.29 PSI Technology Reditus PSI Technology NovaBase % 6

7 I. Third Quarter 2015 Results Resultados do 3º Trimestre de 2015 Companies Sector Q (Mn ) Q (Mn )** Change ** Galp Energia PSI Oil & Gas % F. Ramada PSI Basic Materials % Inapa PSI Basic Materials Portucel PSI Basic Materials % Semapa PSI Basic Materials % Corticeira Amorim Goods % Sumol+Compal Goods % Vista Alegre Goods % Cofina Estoril-Sol Ibersol Impresa Jerónimo Martins Media Capital NOS SAG GEST % % % % % % % 7

8 I. Third Quarter 2015 Results Resultados do 3º Trimestre de 2015 Companies Sector Q (Mn ) Q (Mn )** Change ** Sonae SGPS % Banif PSI Financials BCP PSI Financials BPI PSI Financials CGD PSI Financials % Montepio PSI Financials Santander Totta PSI Financials % Sonae Capital PSI Financials Luz Saúde PSI Health Care % Altri PSI Industrials % Cimpor PSI Industrials % CTT PSI Industrials % Grão Pará PSI Industrials % Lisgráfica PSI Industrials % Martifer PSI Industrials % Mota-Engil PSI Industrials % 8

9 I. Third Quarter 2015 Results Resultados do 3º Trimestre de 2015 Companies Sector Q (Mn ) Q (Mn )** Change ** Orey SDC Investimentos Sonae Indústria Teixeira Duarte Toyota Caetano Compta Glintt NovaBase Reditus Pharol Sonaecom EDP EDP Renováveis PSI Industrials PSI Industrials PSI Industrials PSI Industrials PSI Industrials PSI Technology PSI Technology PSI Technology PSI Technology PSI Telecommunications PSI Telecommunications PSI Utilities PSI Utilities % % % % % % % % % % % 9

10 I. First Half 2015 Results Resultados do 1º semestre de 2015 Companies Sector H (Mn ) H (Mn )** Change ** Galp Energia PSI Oil & Gas % Portucel PSI Basic Materials % Semapa PSI Basic Materials % Inapa PSI Basic Materials % F. Ramada PSI Basic Materials % Altri PSI Industrials % Mota-Engil PSI Industrials % CTT PSI Industrials % Teixeira Duarte PSI Industrials 42.5 Cimpor PSI Industrials % Martifer PSI Industrials % SDC Investimentos PSI Industrials -6.5 Grão Pará PSI Industrials % Lisgráfica PSI Industrials % Orey PSI Industrials % Sonae Indústria PSI Industrials % 10

11 I. First Half 2015 Results Resultados do 1º semestre de 2015 Companies Sector H (Mn ) H (Mn )** Change ** Toyota Caetano PSI Industrials % Corticeira Amorim Goods % Sumol+Compal Goods % Vista Alegre Goods % Luz Saúde PSI Health Care % Impresa Jerónimo Martins Sonae SGPS NOS Cofina Media Capital Ibersol SAG GEST Estoril-Sol Pharol PSI Telecommunications % % % % % % % % % % 11

12 I. First Half 2015 Results Resultados do 1º semestre de 2015 Companies Sector H (Mn ) H (Mn )** Change ** Sonaecom PSI Telecommunications % EDP Renováveis PSI Utilities % EDP PSI Utilities % REN PSI Utilities % BPI PSI Financials BCP PSI Financials Banif PSI Financials Santander Totta PSI Financials % Sonae Capital PSI Financials Montepio PSI Financials CGD PSI Financials % Compta PSI Technology Glintt PSI Technology % Reditus PSI Technology 0.4 NovaBase PSI Technology % 12

13 I. First Quarter 2014 Results Table Resultados do 1º trimestre de 2015 Tabela Sector Companies Q (Mn ) Q (Mn )** Change ** PSI Oil & Gas Galp Energia % PSI Raw Materials Portucel % PSI Raw Materials Semapa % PSI Raw Materials Inapa % PSI Raw Materials F. Ramada % PSI Industrials Altri % PSI Industrials Mota-Engil % PSI Industrials CTT % PSI Industrials Teixeira Duarte % PSI Industrials Cimpor % PSI Industrials Martifer % PSI Industrials SDC Investimentos % PSI Industrials Grão Pará PSI Industrials Lisgráfica % PSI Industrials Orey % PSI Industrials Sonae Indústria % 13

14 I. First Quarter 2014 Results Table Resultados do 1º trimestre de 2015 Tabela Sector Companies Q (Mn ) Q (Mn )** Change ** PSI Industrials Toyota Caetano % Goods Corticeira Amorim % Goods Sumol+Compal Goods Vista Alegre % PSI Health Care Luz Saúde % Impresa Jerónimo Martins % Sonae SGPS % NOS % Cofina % Media Capital % Ibersol % SAG GEST % Estoril-Sol PSI Telecommunications Pharol % 14

15 I. First Quarter 2014 Results Table Resultados do 1º trimestre de 2015 Tabela Sector Companies Q (Mn ) Q (Mn )** Change ** PSI Telecommunications Sonaecom PSI Utilities EDP Renováveis % PSI Utilities EDP % PSI Utilities REN % PSI-Financials BPI PSI-Financials BCP % PSI-Financials Banif PSI-Financials Santander Totta % PSI-Financials Sonae Capital % PSI-Financials Montepio % PSI-Financials CGD PSI Technology Compta PSI Technology Glintt % PSI Technology Reditus % PSI Technology NovaBase % 15

16 II. PSI Oil & Gas PSI Recursos Naturais Millions Milhões PSI PE Probe Galp Energia III. PSI Raw Materials PSI Matérias-primas Millions Milhões PSI PSI PSI-Geral 8.1 PE Probe

17 IV. PSI Industrials PSI Indústrias Gerais Millions Milhões PSI-20 PSI-Geral PE Probe V. Goods PSI Bens de Consumo Millions Milhões PE Probe PSI-20 PSI-Geral Corticeira Amorim Sumol+Compal Vista Alegre

18 VI. PSI Health Care PSI Cuidados de Saúde Millions Milhões PE Probe PSI Geral 18.1 Luz Saúde VII. PSI Serviços de Consumo Millions Milhões Impresa PE Probe Jerónimo Martins PSI-20 PSI-Geral Sonae SGPS NOS Cofina Estoril-Sol Media Ibersol Capital SAG GEST 18

19 VIII. PSI Telecommunications PSI Telecomunicações Millions Milhões 50.0 PSI-20 PSI-Geral PE Probe Portugal Telecom Sonaecom IX. PSI Utilities PSI Utilities Millions Milhões PE Probe EDP Renováveis EDP REN

20 X. PSI Financials PSI Serviços Financeiros Millions Milhões PE Probe 30.9 PSI-20 PSI-Geral State owned BPI BCP Banif Santander Totta Sonae Capital Montepio 22.4 CGD XI. PSI Technology PSI Tecnologias Millions Milhões PSI-20 PSI-Geral Glintt Reditus NovaBase PE Probe

Listed Companies Results First Quarter 2015 Resultados das Empresas Cotadas Primeiro Trimestre 2015. dossiers

Listed Companies Results First Quarter 2015 Resultados das Empresas Cotadas Primeiro Trimestre 2015. dossiers dossiers Business and Companies Empresas e Listed Companies Results First Quarter 215 Resultados das Empresas Cotadas Primeiro Trimestre 215 Last Update Última Actualização: 8/6/215 Portugal Economy Probe

Leia mais

1. (PT) - Diário de Notícias da Madeira, 06/03/2013, TC deu visto a via expresso Fajã da Ovelha/Ponta do Pargo

1. (PT) - Diário de Notícias da Madeira, 06/03/2013, TC deu visto a via expresso Fajã da Ovelha/Ponta do Pargo Tema de pesquisa: Soares da Costa 7 de Março de 2013 Revista de Imprensa 07-03-2013 1. (PT) - Diário de Notícias da Madeira, 06/03/2013, TC deu visto a via expresso Fajã da Ovelha/Ponta do Pargo 1 2. (PT)

Leia mais

DIVERSIDADE DE GÉNERO NOS CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO NAS ENTIDADES COM AÇÕES COTADAS NA EURONEXT LISBON

DIVERSIDADE DE GÉNERO NOS CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO NAS ENTIDADES COM AÇÕES COTADAS NA EURONEXT LISBON DIVERSIDADE DE GÉNERO NOS CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO NAS ENTIDADES COM AÇÕES COTADAS NA EURONEXT LISBON Francisco Carreira, Pedro Pardal e Paula Heliodoro (francisco.carreira@esce.ips.pt; pedro.pardal@esce.ips.pt;

Leia mais

Total. Acções / Equities 0 Dívida / Debt 0

Total. Acções / Equities 0 Dívida / Debt 0 Valores / Securities (Qtd) Livro Ordens Order Book Registo Trade Acções / Equities 0 0 0 Dívida / Debt 0 0 0 Derivados & Estruturados / Derivatives & Structured Fundos de Investimento / Investment Funds

Leia mais

Data: 08-07-2009. Registo Trade Acções / Equities 0 0 0. Livro Ordens Order Book. Valores / Securities (Qtd) Total

Data: 08-07-2009. Registo Trade Acções / Equities 0 0 0. Livro Ordens Order Book. Valores / Securities (Qtd) Total Valores / Securities (Qtd) Livro Ordens Order Book Registo Trade Acções / Equities 0 0 0 Total Dívida / Debt 16000 0 16000 Derivados & Estruturados / Derivatives & Structured Fundos de Investimento / Investment

Leia mais

P O R T U G U E S E I S S U E R S E M I T E N T E S P O R T U G U E S E S

P O R T U G U E S E I S S U E R S E M I T E N T E S P O R T U G U E S E S P O R T U G U E S E I S S U E R S E M I T E N T E S P O R T U G U E S E S 2012 AEM THE PORTUGUESE ISSUERS ASSOCIATION Founded on December 15th, 2010, AEM (The Portuguese Issuers Association) is a non-profit

Leia mais

I.3 Remuneração dos Membros dos Órgãos Sociais I.3.1 Remuneração Total Global

I.3 Remuneração dos Membros dos Órgãos Sociais I.3.1 Remuneração Total Global I.3 Remuneração dos Membros dos Órgãos Sociais I.3.1 Remuneração Total Global As remunerações pagas aos membros dos órgãos de administração, no âmbito do perímetro de consolidação das sociedades cotadas

Leia mais

CaixaBI - Rua Barata Salgueiro, nº Lisbon Portugal. Disclaimer

CaixaBI - Rua Barata Salgueiro, nº Lisbon Portugal.  Disclaimer Disclaimer The reports published on this website (http://) have been prepared by Caixa - Banco de Investimento, SA. The information upon which these reports were based has been obtained from sources that

Leia mais

Iberia 125 Climate Change Report 2014 Key findings & scoring results

Iberia 125 Climate Change Report 2014 Key findings & scoring results www.pwc.com Iberia 125 Climate Change Report 2014 Key findings & scoring results Lisboa 30 Cláudia Coelho Sustainable Business Solutions Portugal , advisor do CDP Iberia pelo quarto ano Iberia 125 Climate

Leia mais

and Troika Troika dossiers Structural Reforms and Troika Reformas Troika Reformas Estruturais e Troika

and Troika Troika dossiers Structural Reforms and Troika Reformas Troika Reformas Estruturais e Troika dossiers Structural Reforms and /Reformas Structural Reforms and Reformas Structural Reforms and Reformas Last Update Última Actualização: 25/01/2016 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe

Leia mais

Direto ao ponto. Mercados Possível racionamento de energia elétrica preocupa mercado nacional

Direto ao ponto. Mercados Possível racionamento de energia elétrica preocupa mercado nacional Direto ao ponto Mercados Possível racionamento de energia elétrica preocupa mercado nacional Mercados Hoje, em um dia de agenda internacional muito leve, a maioria dos mercados da Ásia encerrou a sessão

Leia mais

Reconhecer o Ciclo de Subida Por:

Reconhecer o Ciclo de Subida Por: Reconhecer o Ciclo de Subida Por: jesseclubeinvest@gmail.com Duas condições para reconhecer o Ciclo de Subida 1. Uma resistência é ultrapassada. 2. O ciclo de subida fica consolidado quando o preço ultrapassa

Leia mais

Radar Macro. 11-jan-13

Radar Macro. 11-jan-13 Radar Macro 11-jan-13 HOJE, na China, os dados de inflação mostraram aceleração no varejo e redução da deflação no atacado. A aceleração da inflação no varejo foi mais forte do que o esperado, mas foi

Leia mais

1. (PT) - Correio da Manhã, 20/08/2013, Escassez de efectivos 1. 2. (PT) - Diário de Notícias da Madeira, 20/08/2013, Ordem dos Engenheiros 2

1. (PT) - Correio da Manhã, 20/08/2013, Escassez de efectivos 1. 2. (PT) - Diário de Notícias da Madeira, 20/08/2013, Ordem dos Engenheiros 2 Tema de Pesquisa: Internacional 20 de Agosto de 2013 Revista de Imprensa 20-08-2013 1. (PT) - Correio da Manhã, 20/08/2013, Escassez de efectivos 1 2. (PT) - Diário de Notícias da Madeira, 20/08/2013,

Leia mais

Overview. Resumo. dossiers. Financial Markets. Mercados Financeiros. Mercados Financeiros. Capital Markets Overview / Mercados Financeiros Resumo

Overview. Resumo. dossiers. Financial Markets. Mercados Financeiros. Mercados Financeiros. Capital Markets Overview / Mercados Financeiros Resumo dossiers Capital Markets Overview / Mercados Resumo Financial Markets Mercados Financial Markets Overview Mercados Resumo Last Update Última Actualização: 12/213 Next Release Próxima Actualização: 5/214

Leia mais

BPI Portugal. Rentabilidades Anualizadas a 30-06-2011 1 Ano -2.6% 3 Anos -6.1% 5 Anos -4.2% Desde o inicio 5.2% VALORIZAÇÃO

BPI Portugal. Rentabilidades Anualizadas a 30-06-2011 1 Ano -2.6% 3 Anos -6.1% 5 Anos -4.2% Desde o inicio 5.2% VALORIZAÇÃO BPI Portugal VALORIZAÇÃO Tipo de Fundo: Fundo aberto de acções. Fundo de Acções Nacionais Data de Início: 3 de Janeiro de 1994 Objectivo: Política de Distribuição de Rendimentos: Banco Depositário: Locais

Leia mais

General Elections Legislativas. dossiers. State and Government. Estado e Governo. General Elections/ Legislativas. Portugal Economy Probe (PE Probe)

General Elections Legislativas. dossiers. State and Government. Estado e Governo. General Elections/ Legislativas. Portugal Economy Probe (PE Probe) dossiers State and Government Estado e General Elections Legislativas Last Update Última Actualização: 09-09-2015 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright

Leia mais

Earnings Watch Trimestral

Earnings Watch Trimestral Earnings Watch Trimestral Gestão de Activos Paulo Monteiro paulo.monteiro@bancoinvest.pt Telf.: 21 382 17 48 Raúl Póvoa raul.povoa@bancoinvest.pt Telf.: 21 383 56 18 Bruno Carvalho bruno.carvalho@bancoinvest.pt

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ABERTO DE POUPANÇA REFORMA BPI POUPANÇA ACÇÕES

FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ABERTO DE POUPANÇA REFORMA BPI POUPANÇA ACÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ABERTO DE POUPANÇA REFORMA BPI POUPANÇA ACÇÕES RELATÓRIO E CONTAS REFERENTE AO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 RELATÓRIO E CONTAS REFERENTE AO EXERCÍCIO FINDO

Leia mais

AS VARIÁVEIS DETERMINANTES NA ESCOLHA DO MODELO DE CORPORATE GOVERNANCE EM PORTUGAL. por. Cláudia Dionísia Brandão Batista

AS VARIÁVEIS DETERMINANTES NA ESCOLHA DO MODELO DE CORPORATE GOVERNANCE EM PORTUGAL. por. Cláudia Dionísia Brandão Batista AS VARIÁVEIS DETERMINANTES NA ESCOLHA DO MODELO DE CORPORATE GOVERNANCE EM PORTUGAL por Cláudia Dionísia Brandão Batista Tese do Mestrado em Finanças Orientada por Professor Doutor Jorge Bento Ribeiro

Leia mais

RELATÓRIO DE CONSULTORIA

RELATÓRIO DE CONSULTORIA Recomendação ao Sr. Silva RELATÓRIO DE CONSULTORIA CONSTITUIÇÃO DO ÍNDICE PSI0 ALTRI SGPS, S.A. BCP Banco Comercial Português, S.A. BES Banco Esírito Santo, S.A. BPI Banco Português de Investimento, S.A.

Leia mais

Statistics Estatísticas do Mercado de Trabalho. Labour Market Statistics Estatísticas do Mercado de Trabalho. dossiers

Statistics Estatísticas do Mercado de Trabalho. Labour Market Statistics Estatísticas do Mercado de Trabalho. dossiers dossiers Economic Outlook Conjuntura Last Update Última Atualização: 13-02-2015 Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 2015 Portugal Economy Probe PE Probe All rights reserved Index / Índice

Leia mais

FECHO DOS MERCADOS Banca nacional em forte queda na sessão de quarta-feira

FECHO DOS MERCADOS Banca nacional em forte queda na sessão de quarta-feira 01-13 03-13 05-13 06-13 08-13 10-13 11-13 01-14 23 janeriro 2014 Portugal Europa EUA Diário Ações Fecho Var.% Var.% ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 320-0,1% 1,9% 1,9% PSI 20 6.846-3,3% 4,4% 4,4% IBEX 35

Leia mais

UNIVERSIDADE DE ÉVORA

UNIVERSIDADE DE ÉVORA UNIVERSIDADE DE ÉVORA Análise da entropia como medida de incerteza e valor ordinal da informação no mercado bolsista de acções português. Dissertação apresentada como requisito parcial para a obtenção

Leia mais

ANEXO À PROPOSTA DO PONTO 9 DA ORDEM DE TRABALHOS

ANEXO À PROPOSTA DO PONTO 9 DA ORDEM DE TRABALHOS ANEXO À PROPOSTA DO PONTO 9 DA ORDEM DE TRABALHOS 1 ÂNGELO GABRIEL RIBEIRINHO DOS SANTOS PAUPÉRIO Dados Pessoais Data Nascimento: 14 de setembro de 1959 Naturalidade: Porto Habilitações Académicas 1982

Leia mais

GRÁFICO 1 EVOLUÇÃO TEMPORAL DO NÚMERO DE RECOMENDAÇÕES DE INVESTIMENTO

GRÁFICO 1 EVOLUÇÃO TEMPORAL DO NÚMERO DE RECOMENDAÇÕES DE INVESTIMENTO 2. ANÁLISE DESCRITIVA DA ATIVIDADE DE RESEARCH NO MERCADO PORTUGUÊS 2.1. RECOMENDAÇÕES DE INVESTIMENTO 2.1.1. EVOLUÇÃO TEMPORAL Neste documento são analisados os relatórios de análise financeira remetidos

Leia mais

Aumento do Custo de Vida Degradação das condições económicas e sociais para a generalidade dos portugueses

Aumento do Custo de Vida Degradação das condições económicas e sociais para a generalidade dos portugueses Aumento do Custo de Vida Degradação das condições económicas e sociais para a generalidade dos portugueses O ano de 2011 é marcado por um acentuado aumento do custo de vida, concretizado pela subida da

Leia mais

Portugal Europa EUA FECHO DOS MERCADOS. Índices ibéricos foram exceção aos ganhos

Portugal Europa EUA FECHO DOS MERCADOS. Índices ibéricos foram exceção aos ganhos 10-12 12-12 02-13 03-13 05-13 07-13 08-13 10-13 23 outubro 2013 Portugal Europa EUA Diário Ações Fecho Var.% Var.% ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 307 0,4% 17,8% 17,8% PSI 20 6.347-0,8% 12,2% 12,2% IBEX

Leia mais

Portugal Europa EUA. Diário Ações. Mercados. 22 janeriro 2014

Portugal Europa EUA. Diário Ações. Mercados. 22 janeriro 2014 01-13 03-13 05-13 06-13 08-13 10-13 11-13 01-14 22 janeriro 2014 Portugal Europa EUA Diário Ações Fecho Var.% Var.% ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 321-0,1% 2,0% 2,0% PSI 20 7.080-0,4% 7,9% 7,9% IBEX 35

Leia mais

Academia de Warrants. 5. ETFs

Academia de Warrants. 5. ETFs Academia de Warrants 5. ETFs ETFs - Sumário Executivo 1. Definição 2. Comparação ETF Fundo Activo 3. ComStage 4. Como negociar 1 1/28 ETFs - Sumário Executivo 1. Definição 2. Comparação ETF Fundo activo

Leia mais

GRÁFICO 1 EVOLUÇÃO TEMPORAL DO NÚMERO DE RECOMENDAÇÕES DE INVESTIMENTO

GRÁFICO 1 EVOLUÇÃO TEMPORAL DO NÚMERO DE RECOMENDAÇÕES DE INVESTIMENTO out/13 nov/13 dez/13 jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14 jul/14 ago/14 set/14 out/14 nov/14 dez/14 jan/15 fev/15 mar/15 abr/15 mai/15 jun/15 jul/15 ago/15 set/15 2. ANÁLISE DESCRITIVA DA ATIVIDADE

Leia mais

Clustering aplicado à Bolsa de Valores de Lisboa

Clustering aplicado à Bolsa de Valores de Lisboa Clustering aplicado à Bolsa de Valores de Lisboa CARLA SOFIA SOUSA JESUS Outubro de 1 CARLA SOFIA SOUSA JESUS Clustering aplicado à Bolsa de Valores de Lisboa Dissertação para obtenção de grau de Mestre

Leia mais

Processo de Decisão. Determinada perspectiva sobre um subjacente. Perspectiva sobre o movimento do subjacente. Escolher o tipo de produto.

Processo de Decisão. Determinada perspectiva sobre um subjacente. Perspectiva sobre o movimento do subjacente. Escolher o tipo de produto. Processo de Decisão Determinada perspectiva sobre um subjacente Perspectiva sobre o movimento do subjacente Escolher o tipo de produto Warrant Inline À escolha Certificados Turbo 1 1. Subjacentes Sumário

Leia mais

BARÓMETRO DE REPUTAÇÃO ONLINE TOP 50 EURONEXT LISBON

BARÓMETRO DE REPUTAÇÃO ONLINE TOP 50 EURONEXT LISBON BARÓMETRO DE REPUTAÇÃO ONLINE TOP 50 EURONEXT LISBON Julho 2011 Com o apoio de: BARCELONA PEQUIM BOGOTÁ BUENOS AIRES LIMA LISBOA MADRID MÉXICO PANAMÁ QUITO RIO DE JANEIRO Índice Prólogo 4 Introdução 6

Leia mais

ETFs. Produtos de Investimentos Estruturados. José da Silva Pires / Commerzbank

ETFs. Produtos de Investimentos Estruturados. José da Silva Pires / Commerzbank ETFs Produtos de Investimentos Estruturados ETFs Ideias geniais são frequentemente muito simples fósforo (em grego o que traz luz ) - 1669 1993, os primeiros ETF s negociados na American Stock Exchange

Leia mais

FUNDO DE PENSÕES PPR PATRIMÓNIO REFORMA ACÇÕES

FUNDO DE PENSÕES PPR PATRIMÓNIO REFORMA ACÇÕES SGF - SOCIEDADE GESTORA DE FUNDOS DE PENSÕES, S.A. Rua Laura Alves, 12, 2.º dto. - 1069-171 Lisboa Tel: 21 324 06 40 / Fax: 21 346 01 85 Capital Social: 1 500 000 Matriculada na Conservatória do Registo

Leia mais

International Trade: Statistics and Top 10 Partners Comércio Internacional: Estatísticas e Top 10 Parceiros. Economic Outlook. Económica.

International Trade: Statistics and Top 10 Partners Comércio Internacional: Estatísticas e Top 10 Parceiros. Economic Outlook. Económica. dossiers Economic Outlook Conjuntura International Trade: Statistics and Top 10 Partners Comércio Internacional: Estatísticas e Top 10 Parceiros Last Update Última Actualização 15-07-2015 Prepared by PE

Leia mais

BOLETIM MENSAL SOBRE MERCADOS FINANCEIROS

BOLETIM MENSAL SOBRE MERCADOS FINANCEIROS BOLETIM MENSAL SOBRE MERCADOS FINANCEIROS Setembro 2015 Centro de Assessoria Económica e Financeira SETEMBRO 2015 Desenvolvimentos Recentes Setembro 2015 As expectativas em torno da reunião de política

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DA ATIVIDADE DE SUPERVISÃO DA ANÁLISE FINANCEIRA

RELATÓRIO ANUAL DA ATIVIDADE DE SUPERVISÃO DA ANÁLISE FINANCEIRA RELATÓRIO ANUAL DA ATIVIDADE DE SUPERVISÃO DA ANÁLISE FINANCEIRA 2011 ÍNDICE ÍNDICE... 2 LISTA DE TABELAS... 2 LISTA DE GRÁFICOS... 4 SUMÁRIO EXECUTIVO... 5 1. INTRODUÇÃO... 11 2. ANÁLISE DESCRITIVA DA

Leia mais

General Elections. Legislativas. dossiers. State and. Estado e Governo. Portugal Economy Probe (PE Probe) Last Update Última Actualização: 29-09-2015

General Elections. Legislativas. dossiers. State and. Estado e Governo. Portugal Economy Probe (PE Probe) Last Update Última Actualização: 29-09-2015 dossiers State and General Elections/ Government Legislativas Estado e General Elections Legislativas Last Update Última Actualização: 29-09-2015 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe

Leia mais

SOCIEDADE CAMPINEIRA DE EDUCAÇÃO E INSTRUÇÃO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS Média de Qualidade de cada Aspecto por ano/semestre

SOCIEDADE CAMPINEIRA DE EDUCAÇÃO E INSTRUÇÃO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS Média de Qualidade de cada Aspecto por ano/semestre 1º Semestre de 2007 03/08/16 17:03 Pagina 1 de19 2º Semestre de 2007 03/08/16 17:03 Pagina 2 de19 1º Semestre de 2008 03/08/16 17:03 Pagina 3 de19 2º Semestre de 2008 03/08/16 17:03 Pagina 4 de19 1º Semestre

Leia mais

Portugal Europa EUA. Resultados: Europa: (9) Remy Cointreau e Auto Trader EUA: (8) Brown-Forman (9) JM Smucker e H&R Block

Portugal Europa EUA. Resultados: Europa: (9) Remy Cointreau e Auto Trader EUA: (8) Brown-Forman (9) JM Smucker e H&R Block Portugal Europa EUA Agenda 06 junho 2016 Fecho Var. % Var.% no ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 322-2,0% -6,8% -6,8% PSI 20 4.775-3,7% -10,1% -10,1% IBEX 35 8.802-3,4% -7,8% -7,8% CAC 40 4.422-2,1% -4,6%

Leia mais

O S&P500 mantém-se num nível aceitável em termos fundamentais...

O S&P500 mantém-se num nível aceitável em termos fundamentais... 15 setembro 2014 Nº 426 Visite a área de Investimentos do site do Millennium bcp Análise de Mercados e Perspetivas Empresas e Setores Recomendações e Price Targets Serviço de Alertas Fundos Certificados

Leia mais

Portugal Europa EUA. Agenda. Millennium investment banking Agenda 28 setembro 2015. Perspetivas. 28 setembro 2015

Portugal Europa EUA. Agenda. Millennium investment banking Agenda 28 setembro 2015. Perspetivas. 28 setembro 2015 Portugal Europa EUA Agenda 28 setembro 2015 Fecho Var. % Var.% no ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 326-1.6% 2.0% 2.0% PSI 20 5,060-0.3% 5.4% 5.4% IBEX 35 9,520-3.3% -7.4% -7.4% CAC 40 4,481-1.2% 4.9% 4.9%

Leia mais

Os conselhos financeiros da Deco Proteste. Com os conselhos dos bancos em depósitos só chega aos 13 mil euros. A nossa estratégia a 20 anos rende mais

Os conselhos financeiros da Deco Proteste. Com os conselhos dos bancos em depósitos só chega aos 13 mil euros. A nossa estratégia a 20 anos rende mais maio 2016 www.deco.proteste.pt/investe Diretora e editora Cláudia Maia EDIÇÃO MENSAL Os conselhos financeiros da Deco Proteste Esta revista faz parte integrante da PROTESTE INVESTE n.º 942 JUNTE 20 MIL

Leia mais

Jogo do Investimento 2012 REGULAMENTO DO JOGO

Jogo do Investimento 2012 REGULAMENTO DO JOGO Jogo do Investimento 2012 REGULAMENTO DO JOGO Jogo do Investimento 2012 ÍNDICE Acerca do Jogo do investimento... 2 Como Participar no Jogo do Investimento?... 4 Qual o objectivo do jogo?... 5 Qual o calendário

Leia mais

Insurance Sector Sector Segurador. Insurance Sector Sector Segurador. dossiers. Banking and Insurance. Banca e Seguros

Insurance Sector Sector Segurador. Insurance Sector Sector Segurador. dossiers. Banking and Insurance. Banca e Seguros dossiers Banking and Insurance Banca e Last Update Última Actualização: 21/4/214 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 214 Portugal Economy Probe PE Probe

Leia mais

Golden Visa Vistos Gold. Golden Visa Vistos Gold. dossiers. Public Finances and Debt Dívida e Finanças Públicas

Golden Visa Vistos Gold. Golden Visa Vistos Gold. dossiers. Public Finances and Debt Dívida e Finanças Públicas dossiers Public Finances and Debt Dívida e Finanças Públicas Last Update Última Actualização: Next Release Próxima Actualização Copyright 2014 Portugal Economy Probe PE Probe Prepared by PE Probe Preparado

Leia mais

FISCALIDADE INTERNACIONAL

FISCALIDADE INTERNACIONAL NOVO FISCALIDADE INTERNACIONAL JUN JUL 2015 PORTO Introdução [Jaime Carvalho Esteves] Questões Regulatórias [Luis Gameiro] Rendimento e Dupla Tributação Internacional / Planeamento Fiscal Internacional

Leia mais

ACCOUNTABILITY RATING PORTUGAL 2008

ACCOUNTABILITY RATING PORTUGAL 2008 ACCOUNTABILITY RATING PORTUGAL 2008 Enquadramento A comunicação da performance empresarial em matéria de sustentabilidade, não apenas aos accionistas, mas para todas as partes interessadas, constitui uma

Leia mais

OS GRUPOS ECONÓMICOS E O DESENVOLVIMENTO EM PORTUGAL NO CONTEXTO DA GLOBALIZAÇÃO

OS GRUPOS ECONÓMICOS E O DESENVOLVIMENTO EM PORTUGAL NO CONTEXTO DA GLOBALIZAÇÃO OS GRUPOS ECONÓMICOS E O DESENVOLVIMENTO EM PORTUGAL NO CONTEXTO DA GLOBALIZAÇÃO Prova de doutoramento realizada em 19 de Julho de 2012 no ISEG Universidade Técnica T de Lisboa Eugénio Óscar Garcia da

Leia mais

MESTRADO EM DECISÃO ECONÓMICA EMPRESARIAL TRABALHO FINAL DE MESTRADO DISSERTAÇÃO

MESTRADO EM DECISÃO ECONÓMICA EMPRESARIAL TRABALHO FINAL DE MESTRADO DISSERTAÇÃO MESTRADO EM DECISÃO ECONÓMICA EMPRESARIAL TRABALHO FINAL DE MESTRADO DISSERTAÇÃO ESTUDO DA APLICAÇÃO DAS NORMAS CONTABILÍSTICAS DE JUSTO VALOR ( FAIR VALUE ) NAS EMPRESAS INTEGRADAS NO PORTUGUESE STOCK

Leia mais

2 1,2 1,3 2,5 2 3,2 3 0,5-4,2 1,8 1,3% 1,9 0,9 0,8 2,2 1,7 3,1 2,9 0,4-4,1 1,8 1,16%

2 1,2 1,3 2,5 2 3,2 3 0,5-4,2 1,8 1,3% 1,9 0,9 0,8 2,2 1,7 3,1 2,9 0,4-4,1 1,8 1,16% A SITUAÇÃO ACTUAL É MAIS GRAVE DO QUE EM 1977/78 E EM 1983/84 POR PORTUGAL PERTENCER À ZONA EURO E NESTA DOMINAR UMA POLITICA NEOLIBERAL DE SUBMISSÃO AOS MERCADOS. Um erro grave é confundir a situação

Leia mais

MENSURAÇÃO E ANÁLISE DA EXTENSÃO E DIVULGAÇÃO DAS IMPARIDADES NAS EMPRESAS DO ÍNDICE PSI GERAL. Manuela Carneiro Instituto Politécnico de Bragança

MENSURAÇÃO E ANÁLISE DA EXTENSÃO E DIVULGAÇÃO DAS IMPARIDADES NAS EMPRESAS DO ÍNDICE PSI GERAL. Manuela Carneiro Instituto Politécnico de Bragança 66a MENSURAÇÃO E ANÁLISE DA EXTENSÃO E DIVULGAÇÃO DAS IMPARIDADES NAS EMPRESAS DO ÍNDICE PSI GERAL Manuela Carneiro Instituto Politécnico de Bragança José Carlos Lopes Instituto Politécnico de Bragança

Leia mais

AGÊNCIA LISBOA LIGA DE BASQUETEBOL MASCULINO SERIE A1 2ªFASE

AGÊNCIA LISBOA LIGA DE BASQUETEBOL MASCULINO SERIE A1 2ªFASE LIGA DE BASQUETEBOL MASCULINO SERIE A1 2ªFASE 1ª Jornada 6ª Jornada FIDELIDADE A 61 x 51 SIMECQ SIMECQ 26 x 44 DOMUS REHABITA 35 x 46 BANCO PORTUGAL BANCO PORTUGAL 40 x 46 CPT LUZ E VIDA 0 x 20 CLUBE TAP

Leia mais

A questão emergente dos mercados emergentes

A questão emergente dos mercados emergentes 2 junho 2014 Nº 411 Visite a área de Investimentos do site do Millennium bcp Análise de Mercados e Perspetivas Empresas e Setores Recomendações e Price Targets Serviço de Alertas Fundos Certificados A

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS SEMESTRAL

RELATÓRIO E CONTAS SEMESTRAL RELATÓRIO E CONTAS SEMESTRAL 30 DE JUNHO DE 2013 BANIF ACÇÕES PORTUGAL Fundo de Investimento Mobiliário Aberto de Acções Nacionais Banif Gestão de Activos Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Mobiliário,

Leia mais

DESTAQUES AS EMPRESAS E INSTITUIÇÕES HOSPITALARES COM MAIS DESPESA EM ACTIVIDADES DE I&D EM 2008 PORTUGAL

DESTAQUES AS EMPRESAS E INSTITUIÇÕES HOSPITALARES COM MAIS DESPESA EM ACTIVIDADES DE I&D EM 2008 PORTUGAL DESTAQUES AS EMPRESAS E INSTITUIÇÕES HOSPITALARES COM MAIS DESPESA EM ACTIVIDADES DE I&D EM 2008 PORTUGAL APRESENTAÇÃO O Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais (GPEARI),

Leia mais

Portugal Europa EUA. Agenda. Perspetivas. 20 maio 2013

Portugal Europa EUA. Agenda. Perspetivas. 20 maio 2013 Fecho Var. % Var.% no ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 283 1.2% 8.7% 8.7% PSI 20 6,116-2.6% 8.1% 8.1% IBEX 35 8,582 0.4% 5.1% 5.1% CAC 40 4,001 1.2% 9.9% 9.9% DAX 30 8,398 1.4% 10.3% 10.3% FTSE 100 6,723

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS SEMESTRAL

RELATÓRIO E CONTAS SEMESTRAL RELATÓRIO E CONTAS SEMESTRAL 30 DE JUNHO DE 2011 BANIF ACÇÕES PORTUGAL Fundo de Investimento Mobiliário Aberto de Acções Nacionais RELATÓRIO DE GESTÃO SEMESTRAL 30 DE JUNHO DE 2011 BANIF ACÇÕES PORTUGAL

Leia mais

Provisões e Juízos de Valor

Provisões e Juízos de Valor 1 O SNC E OS JUÍZOS DE VALOR Uma perspetiva crítica e multidisciplinar Provisões e Juízos de Valor Agenda 2 Provisões Aspectos teóricos e conceptuais Quadro normativo Práticas divulgação pelas empresas

Leia mais

5 E 6 DE JUNHO LAGOAS PARK HOTEL OEIRAS

5 E 6 DE JUNHO LAGOAS PARK HOTEL OEIRAS 11.ª Edição ESTRATÉGIAS INOVADORAS ao nível da tecnologia para o sector bancário 5 E 6 DE JUNHO LAGOAS PARK HOTEL OEIRAS CARTÕES MEIOS DE PAGAMENTO IDENTIFICAÇÃO MOBILIDADE E-COMMERCE E-TRANSACTIONS FIDELIZAÇÃO

Leia mais

dos fundos Aceda aos melhores fundos de investimento. As nossas apostas ganharam 10% em 2012

dos fundos Aceda aos melhores fundos de investimento. As nossas apostas ganharam 10% em 2012 janeiro 2013 www.deco.proteste.pt/investe edição mensal Os conselhos financeiros da Deco Proteste Esta revista faz parte integrante da Proteste Investe n.º 781 Abra a porta dos fundos Aceda aos melhores

Leia mais

tem Soares dos Santos mais dinheiro na bolsa que China e Angola juntos - P3O

tem Soares dos Santos mais dinheiro na bolsa que China e Angola juntos - P3O tem Soares dos Santos mais dinheiro na bolsa que China e Angola juntos - P3O Soares dos Santos tem mais dinheiro na bolsa que China e Angola juntos A subida das acções da Jerónimo Martins levou a família

Leia mais

nº 288 23 de Janeiro de 2012

nº 288 23 de Janeiro de 2012 nº 288 23 de Janeiro de 2012 China - Depois da festa, a ressaca Análise de Mercados e Perspetivas Empresas e Setores Recomendações e Price Targets Serviço de Alertas O mundo é redondo, as mesmas preocupações

Leia mais

Fundamentos de Contabilidade Financeira

Fundamentos de Contabilidade Financeira Fundamentos de Contabilidade Financeira Teoria e Casos Aprenda contabilidade com base em casos de empresas portuguesas de sucesso Coordenação: Isabel Costa Lourenço Ana Isabel Morais Ana Isabel Lopes EDIÇÕES

Leia mais

FUNDO DE PENSÕES PPR PATRIMÓNIO REFORMA CONSERVADOR

FUNDO DE PENSÕES PPR PATRIMÓNIO REFORMA CONSERVADOR SGF - SOCIEDADE GESTORA DE FUNDOS DE PENSÕES, S.A. Largo do Chiado, 12, 4.º - 1200-108 Lisboa Tel: 21 324 06 40 / Fax: 21 346 01 85 Capital Social: 1 000 000 Matriculada na Conservatória do Registo Comercial

Leia mais

Portugal Europa EUA. Agenda. Millennium investment banking Agenda 23 fevereiro 2015

Portugal Europa EUA. Agenda. Millennium investment banking Agenda 23 fevereiro 2015 Portugal Europa EUA Agenda 23 fevereiro 2015 Fecho Var. % Var.% no ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 358 1,3% 11,8% 11,8% PSI 20 5.470 2,5% 14,0% 14,0% IBEX 35 10.879 1,3% 5,8% 5,8% CAC 40 4.831 1,5% 13,1%

Leia mais

ECSI 2013 Divulgação de Resultados

ECSI 2013 Divulgação de Resultados ECSI 2013 Divulgação de Resultados Banca, Seguros, Comunicações, Combustíveis, Gás em Garrafa, Gás Natural, Eletricidade, Dual, Transportes de Passageiros e Águas Equipa ECSI: Parceiro no sector dos Seguros

Leia mais

FUNDO DE PENSÕES PPR PATRIMÓNIO REFORMA ACÇÕES

FUNDO DE PENSÕES PPR PATRIMÓNIO REFORMA ACÇÕES SGF - SOCIEDADE GESTORA DE FUNDOS DE PENSÕES, S.A. Largo do Chiado, 12, 4.º - 1200-108 Lisboa Tel: 21 324 06 40 / Fax: 21 346 01 85 Capital Social: 1 000 000 Matriculada na Conservatória do Registo Comercial

Leia mais

gestores ganham salários milionários

gestores ganham salários milionários novembro 2012 www.deco.proteste.pt/investe edição mensal Os conselhos financeiros da Deco Proteste É motivo de chumbo das cotadas nacionais no nosso estudo sobre governo societário Esta revista faz parte

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ABERTO DE POUPANÇA REFORMA BPI POUPANÇA ACÇÕES RELATÓRIO E CONTAS REFERENTE AO PERÍODO FINDO EM 30 DE JUNHO DE 2016

FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ABERTO DE POUPANÇA REFORMA BPI POUPANÇA ACÇÕES RELATÓRIO E CONTAS REFERENTE AO PERÍODO FINDO EM 30 DE JUNHO DE 2016 FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ABERTO DE POUPANÇA REFORMA BPI POUPANÇA ACÇÕES RELATÓRIO E CONTAS REFERENTE AO PERÍODO FINDO EM 30 DE JUNHO DE 2016 RELATÓRIO E CONTAS REFERENTE AO PERÍODO FINDO EM 30

Leia mais

US Earnings Watch. -5% out-14 nov-14 dez-14 jan-15

US Earnings Watch. -5% out-14 nov-14 dez-14 jan-15 US Earnings Watch 04 fevereiro 2015 Millennium investment Quinzenal Estados Unidos - Síntese Os resultados do S&P 500 devem ter registado uma subida homóloga de 4,4% no 4º trimestre de 2014 (taxa revista

Leia mais

Portugal Europa EUA. Agenda. Millennium investment banking Agenda 21 setembro Perspetivas. 21 setembro 2015

Portugal Europa EUA. Agenda. Millennium investment banking Agenda 21 setembro Perspetivas. 21 setembro 2015 Portugal Europa EUA Agenda 21 setembro 2015 Fecho Var. % Var.% no ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 331-0,6% 3,7% 3,7% PSI 20 5.075 1,1% 5,8% 5,8% IBEX 35 9.847 1,1% -4,2% -4,2% CAC 40 4.536-0,3% 6,2% 6,2%

Leia mais

JORNAL DE NEGÓCIOS. 5. Banca. Três grandes bancos cortam crédito em milhões. Em 12 meses, a banca fechou a torneira do crédito.

JORNAL DE NEGÓCIOS. 5. Banca. Três grandes bancos cortam crédito em milhões. Em 12 meses, a banca fechou a torneira do crédito. RESUMO DE IMPRENSA Segunda-feira, 01 de Agosto de 2011 JORNAL DE NEGÓCIOS 1. Fisco está a avaliar casas acima de mercado. Imóveis estão a desvalorizar-se mas impostos sobem. Finanças tratam de forma diferente

Leia mais

PRESS RELEASE. Empresas portuguesas reduzem emissões de carbono, embora não possuam estratégias de redução de emissões a longo prazo

PRESS RELEASE. Empresas portuguesas reduzem emissões de carbono, embora não possuam estratégias de redução de emissões a longo prazo PRESS RELEASE Iberia 125 Climate Change Report Empresas portuguesas reduzem emissões de carbono, embora não possuam estratégias de redução de emissões a longo prazo O relatório Iberia 125 Climate Change

Leia mais

Zona euro melhor que os EUA?

Zona euro melhor que os EUA? 17 DEZEMBRO 2012 Nº 335 Visite a área de Investimentos do site do Millennium bcp Análise de Mercados e Perspetivas Empresas e Setores Recomendações e Price Targets Serviço de Alertas Fundos Certificados

Leia mais

Trabalho Final de Mestrado TRABALHO DE PROJECTO

Trabalho Final de Mestrado TRABALHO DE PROJECTO MESTRADO EM FINANÇAS Trabalho Final de Mestrado TRABALHO DE PROJECTO EVOLUÇÃO DOS SPREADS DE RISCO DAS EMPRESAS NÃO FINANCEIRAS DO ÍNDICE PSI-20 HENRIQUE SILVA GARCIA RAMOS DE CARVALHO PROFESSOR ORIENTADOR:

Leia mais

Education Educação. Bem-Estar. Famílias e. Bem-Estar Families and Well Being. Last Update Última Actualização: 30/06/2014

Education Educação. Bem-Estar. Famílias e. Bem-Estar Families and Well Being. Last Update Última Actualização: 30/06/2014 dossiers Families and Well Being Education Educação Last Update Última Actualização: 30/06/2014 Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 2014 Portugal Economy Probe PE Probe All rights reserved

Leia mais

Companies Tax Planning or Countries Tax Competitiveness? Fernando Carreira Araújo Madrid, 28 April 2012

Companies Tax Planning or Countries Tax Competitiveness? Fernando Carreira Araújo Madrid, 28 April 2012 Companies Tax Planning or Countries Tax Competitiveness? Fernando Carreira Araújo Madrid, 28 April 2012 Estrutura da apresentação Oferentes nas ofertas públicas de aquisição. Veículos utilizados por accionistas

Leia mais

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica dossiers Economic Outlook Conjuntura Económica International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China Last Update Última Actualização: 10-02-2015 Prepared

Leia mais

Portugal o parceiro económico da Polónia :34:54

Portugal o parceiro económico da Polónia :34:54 Portugal o parceiro económico da Polónia 2016-03-03 10:34:54 2 Quadro legal de relações económicas luso-polacas Quadro legal de relações económicas luso-polacas Tratado de Adesão da Polónia com as Comunidades

Leia mais

Ganhar 363 euros por negociar a taxa

Ganhar 363 euros por negociar a taxa www.deco.proteste.pt/investe 26 de julho 2011 N. o 408 Simulador dos depósitos tem novas ferramentas. Consulte no portal financeiro. 500 450 400 JUROS DE UM DEPÓSITO DE 25 MIL EUROS A SEIS MESES (em euros)

Leia mais

Gestão do Desporto Profissional

Gestão do Desporto Profissional - Diplomas e Certificações Aos alunos que obtenham aprovação em todas as disciplinas será atribuído um Diploma de em Gestão do Desporto Profissional e um certificado das disciplinas realizadas. Aos formandos

Leia mais

INFOVALOR 2010. Perspectivas para 2011

INFOVALOR 2010. Perspectivas para 2011 INFOVALOR 2010 Perspectivas para 2011 Francisco Cary 26 de Novembro de 2010 Índice (Pontos) Recuperação global em diferentes velocidades Economias Emergentes com forte crescimento: Preços das commodities

Leia mais

Portugal Europa EUA. Divida Pública: (27) Itália, Alemanha e França (28) Itália

Portugal Europa EUA. Divida Pública: (27) Itália, Alemanha e França (28) Itália Portugal Europa EUA Agenda 27 junho 2016 Fecho Var. % Var.% no ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 299-2.0% -13.2% -13.2% PSI 20 4,362-3.5% -17.9% -17.9% IBEX 35 7,788-6.9% -18.4% -18.4% CAC 40 4,107-2.1%

Leia mais

Equilíbrio de Género nos Conselhos de Administração: as Empresas do PSI 20

Equilíbrio de Género nos Conselhos de Administração: as Empresas do PSI 20 1 Equilíbrio de Género nos Conselhos de Administração: as Empresas do PSI 20 Relatório 2014 ACEGIS Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social 8 de março de 2014 Dia Internacional

Leia mais

Informações Preparatórias da Assembleia Geral

Informações Preparatórias da Assembleia Geral Informações Preparatórias da Assembleia Geral (Artigo 289.º, alíneas a) e b) do Código das Sociedades Comerciais e Artigo 21.º-C do Código dos Valores Mobiliários) SONAE - SGPS, S.A. Lugar do Espido -

Leia mais

DESTAQUES AS EMPRESAS E INSTITUÇÕES HOSPITALARES COM MAIS DESPESA EM ACTIVIDADES DE I&D EM 2009 PORTUGAL

DESTAQUES AS EMPRESAS E INSTITUÇÕES HOSPITALARES COM MAIS DESPESA EM ACTIVIDADES DE I&D EM 2009 PORTUGAL DESTAQUES AS EMPRESAS E INSTITUÇÕES HOSPITALARES COM MAIS DESPESA EM ACTIVIDADES DE I&D EM 2009 PORTUGAL PREFÁCIO Esta publicação apresenta as empresas e instituições hospitalares com mais despesa em I&D

Leia mais

A DIVULGAÇÃO DA INFORMAÇÃO CONSOLIDADA NAS EMPRESAS DO PSI20. Maria Helena Soares Professora Adjunta. Maria Conceição Aleixo Equiparada a Assistente

A DIVULGAÇÃO DA INFORMAÇÃO CONSOLIDADA NAS EMPRESAS DO PSI20. Maria Helena Soares Professora Adjunta. Maria Conceição Aleixo Equiparada a Assistente 135a A DIVULGAÇÃO DA INFORMAÇÃO CONSOLIDADA NAS EMPRESAS DO PSI20 Maria Helena Soares Professora Adjunta Maria Conceição Aleixo Equiparada a Assistente Susana Silva Professora Adjunta Instituto Politécnico

Leia mais

Portugal Europa EUA. Agenda. Millennium investment banking Agenda 9 fevereiro 2015

Portugal Europa EUA. Agenda. Millennium investment banking Agenda 9 fevereiro 2015 Portugal Europa EUA Agenda 9 fevereiro 2015 Fecho Var. % Var.% no ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 347 1,5% 8,7% 8,7% PSI 20 5.265 2,3% 9,7% 9,7% IBEX 35 10.573 1,6% 2,9% 2,9% CAC 40 4.691 1,9% 9,8% 9,8%

Leia mais

4º Fórum da Responsabilidade Social das Organizações e Sustentabilidade Lisboa, 21 Outubro 2010. conflito de interesses ou confluência de esforços?

4º Fórum da Responsabilidade Social das Organizações e Sustentabilidade Lisboa, 21 Outubro 2010. conflito de interesses ou confluência de esforços? 4º Fórum da Responsabilidade Social das Organizações e Sustentabilidade Lisboa, 21 Outubro 2010 conflito de interesses ou confluência de esforços? A biodiversidade sustenta a oferta qualificada de serviços

Leia mais

A importância da educação financeira desde a infância

A importância da educação financeira desde a infância 28 julho 2014 Nº 419 Visite a área de Investimentos do site do Millennium bcp Análise de Mercados e Perspetivas Empresas e Setores Recomendações e Price Targets Serviço de Alertas Fundos Certificados A

Leia mais

Portugal Europa EUA. Portugal Corticeira Amorim aprova dividendo de 0,16/ ação

Portugal Europa EUA. Portugal Corticeira Amorim aprova dividendo de 0,16/ ação Diário Ações Portugal Europa EUA 1 abril 2016 Mercados Bons dados de atividade industrial Os principais índices europeus arrancam o mês de abril em correção, acompanhando o sentimento vivido nos mercados

Leia mais

Portugal Europa EUA. Agenda. Perspetivas. 29 outubro 2012

Portugal Europa EUA. Agenda. Perspetivas. 29 outubro 2012 Agenda Portugal Europa EUA 29 outubro 2012 Fecho Var. % Var.% no ano Var.% no ano ( ) Euro Stoxx 248-1.7% 9.7% 9.7% PSI 20 5,391-1.0% -1.9% -1.9% IBEX 35 7,776-1.7% -9.2% -9.2% CAC 40 3,435-2.0% 8.7% 8.7%

Leia mais

As 50 empresas com maior investimento financeiro em actividades de I&D em Portugal

As 50 empresas com maior investimento financeiro em actividades de I&D em Portugal As 50 empresas com maior investimento financeiro em actividades de I&D em 2005 - Portugal O Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais (GPEARI) apresenta nesta publicação

Leia mais

Lista 2. EMPRESAS/GRUPOS COM MAIS DESPESA INTRAMUROS EM ACTVIDADES DE I&D EM PERCENTAGEM

Lista 2. EMPRESAS/GRUPOS COM MAIS DESPESA INTRAMUROS EM ACTVIDADES DE I&D EM PERCENTAGEM 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 UNICER Bebidas, S.A. UNICER - Cervejas, S.A. Glintt - Healthcare Solutions, S.A. OUTSYSTEMS - Software

Leia mais

Plano de Marketing de Envio por e-mail do Extracto Electrónico

Plano de Marketing de Envio por e-mail do Extracto Electrónico Empresarial Plano de Marketing de Envio por e-mail do Extracto Electrónico Projecto Final de Licenciatura Elaborado por Ana Maria Araújo Aluno nº 20081109 Orientador: Professor Doutor Georg Dutschke Barcarena

Leia mais

O evento de referência de

O evento de referência de 9ª Edição 1 e 2 Junho 11 LAGOAS PARK HOTEL - OEIRAS O evento de referência de em Portugal Smart Business Organização: Um encontro de excelência entre a indústria e os decisores do Smart Business Dando

Leia mais

Sincronização de informação factor chave no Comércio Electrónico. Fernando Pereira

Sincronização de informação factor chave no Comércio Electrónico. Fernando Pereira Sincronização de informação factor chave no Comércio Electrónico Fernando Pereira Braga, 17 Novembro 2004 Agenda Apresentação da empresa Sincronização da informação Clarinet TM a solução da ParaRede Desafios

Leia mais