ESTÁGIOS PROFISSIONAIS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTÁGIOS PROFISSIONAIS"

Transcrição

1 SECRETARIA REGIONAL DOS ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA, IP RAM ESTÁGIOS PROFISSIONAIS Processo nº: /EP/2014 O formulári o deve est ar totalmente preenchido (sob pe na de devo lução) e se r entregue com a antecedência mínima de 30 dias face à data de início pretendida. Assinale o tipo de Entidade Pessoa colectiva de direito público Pessoa colectiva de direito privado sem fins lucrativos Pessoa colectiva de direito privado com fins lucrativos 1 - IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE PROMOTORA Denominação Social: Endereço: Concelho: NIPC: Telef: Actividade Principal: NISS: Fax: Código Postal: CAE: Natureza Jurídica: Representante legal ( pessoa ou pessoas que obrigam a entidade): Nome: Cargo: Nome: Cargo: 2 RESPONSÁVEL PELA CANDIDATURA (pessoa que é responsável, na entidade, pela parte administrativa do processo) Nome: Cargo: Endereço: Telefone: 3 CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO DE ESTÁGIO 3.1 Importância do estágio para a entidade

2 3.2 Perfil do estagiário(a) pretendido(a): Profissão: Habilitações Académicas e Profissionais: Nível de Qualificação : Nível 4: Nível 5: Nível 6: Nível 7: Nível 8: Nível 4 Curso nível III ( CEE), dupla certificação ( T4, T6 e T7), 13º ano profissionalizante Nível 5 - Secundário completo + Curso Especialização tecnológica Nível 6 - Bacharelato ou Licenciatura Nível 7 Mestrado Nível 8 - Doutoramento 3.3 Período de Estágio Previsto: Data de Início: Data de Fim: 3.4 Local de realização do estágio (deve indicar o local principal): 3.5 Outras competências necessárias: 4 CANDIDATO PROPOSTO (preencher caso queira indicar alguma pessoa inscrita no IEM, sujeito a verificação e conformação por este, sobre a respectiva elegibilidade para este programa. Deverá anexar o curriculum do estagiário proposto) Nome: Nº Identificação civil: 2

3 5 PLANO INDIVIDUAL DE ESTÁGIO (descreva pormenorizadamente os objectivos e as atividades a desenvolver, por trimestre) 1º TRIMESTRE Objectivos a Atingir e Descrição das Atividades a Desenvolver Objectivos Atividades 2º TRIMESTRE Objectivos a Atingir e Descrição das Atividades a Desenvolver Objectivos Atividades 3

4 3º TRIMESTRE Objectivos a Atingir e Descrição das Atividades a Desenvolver Objectivos Atividades 6 - ORIENTADOR DE ESTÁGIO 6.1 Nome do Orientador: 6.2 Formação: 6.3 Funções que desempenha na entidade que justificam o facto de ser indicado como orientador: Há quanto tempo as desempenha? Nota: Deverá juntar o curriculum vitae, devidamente assinado e atualizado. 4

5 7 CUSTOS (a preencher apenas pelas entidades privadas com fins lucrativos) Bolsa de Estágio Custos 1º Trimestre 2º Trimestre 3º Trimestre TOTAL A suportar pelo IEM Bolsa (65%) Bolsa (35%) A Suportar pela Entidade Segurança Social (23,75%) Níveis Valor bolsa mensal Comparticipação mensal IEM (65%) Comparticipação mensal Empresa (35%) Nível 4 1xIAS (419,22 ) = 419,22 272,49 146,73 Nível 5 1,2xIAS (419,22 ) = 503,06 326,99 176,074 Nível 6, 7 e 8 1,5xIAS (419,22 ) = 628,83 408,74 220,09 A comparticipação do IEM é de 85%, no caso do estagiário ser pessoa com deficiência e/ou incapacidade comprovada igual ou superior a 60%. Todas as bolsas estão sujeitas à tributação em sede de IRS e às contribuições para a Segurança Social (Taxa social única TSU) 8 HORÁRIO (O horário é de 3 5 horas semanais e 7 diária s. Deve estar c ompreendido entre as 8.00 e as com um período de i ntervalo mín imo de 1 ho ra, sendo que cada período não p ode exceder 5 horas. Os 2 dias de descanso semanal devem ser consecutivos. Não é permitida a jornada contínua) HORÁRIO SEMANAL Segunda- Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado Domingo Total de Horas 1º Período 2º Período Nº Total de horas 5

6 9 EVOLUÇÃO NO EMPREGO Existem perspetivas de futura integração na entidade? Nenhuma Alguma Muita, contrato a termo certo Muita, contrato por tempo indeterminado Quando? 10 TERMO DE RESPONSABILIDADE A entidade declara: a) Ter conhecimento do Regulamento do Programa a que se candidata; b) A veracidade das informações constantes deste Formulário de Candidatura; c) Estar regularmente constituída; d) Possuir sede, delegação ou sucursal na RAM. e) Ter a situação contributiva regularizada perante a Administração Fiscal e a Segurança Social; f) Ter situação regularizada no que respeita a apoios comunitários nacionais e regionais; g) Ter contabilidade organizada nos termos da legislação aplicável. Data Assinatura (*) / / * Assinatura legível e carimbo Documentação a anexar a este formulário: Pessoa colectiva de direito público: a) Fotocópia do Cartão de Pessoa Coletiva; b) Declaração de Finanças e Segurança Social como tem a situação contributiva regularizada ou autorização para consulta on-line pelo I.E.M. (NIF e NISS ). Pessoa colectiva de direito privado com ou sem fins lucrativos: a) Estatutos ou Escritura de Constituição da Entidade; b) Fotocópia do Cartão de Pessoa Coletiva; c) Declaração de Início de Atividade nas Finanças; d) Registo Comercial ou Atas de Nomeação dos Corpos Sociais; e) Declaração de Finanças e Segurança Social como tem a situação contributiva regularizada ou autorização para consulta on-line pelo I.E.M. (NIF e NISS ). NOTA: No caso de a entidade já ter entregue os documentos referenciados nas alíneas anteriores e estes estejam atualizados, é dispensada a sua apresentação. 6

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Referência a que se candidata 1 Código de candidato A preencher pela entidade

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato A preencher pela entidade empregadora CARACTERIZAÇÃO DO

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO Carreira Categoria

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO CONCURSO EXTERNO DE INGRESSO NA CARREIRA DE INSPETOR SUPERIOR DE JOGOS

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO CONCURSO EXTERNO DE INGRESSO NA CARREIRA DE INSPETOR SUPERIOR DE JOGOS DRH V2 2015.05.12 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO CONCURSO EXTERNO DE INGRESSO NA CARREIRA DE INSPETOR SUPERIOR DE JOGOS CÓDIGO DE PUBLICITAÇÃO DO CONCURSO Código da publicitação do procedimento [N.º Aviso

Leia mais

MUNICÍPIO DE BRAGANÇA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL

MUNICÍPIO DE BRAGANÇA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO Carreira Categoria

Leia mais

Data de nascimento Sexo: Masculino Feminino

Data de nascimento Sexo: Masculino Feminino FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO Carreira Categoria

Leia mais

MUNICÍPIO DE CORUCHE SECÇÃO DE RECURSOS HUMANOS

MUNICÍPIO DE CORUCHE SECÇÃO DE RECURSOS HUMANOS MUNICÍPIO DE CORUCHE SECÇÃO DE RECURSOS HUMANOS FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato A preencher

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO Carreira Categoria

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato A preencher pela entidade emp CARACTERIZAÇÃO DO POSTO

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código de publicitação do procedimento Código de candidato (A preencher pela entidade empregadora) CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

Formulário de Candidatura ao Procedimento Concursal

Formulário de Candidatura ao Procedimento Concursal Código de Identificação do processo Código da publicação do procedimento Código de candidato A preencher pela entidade empregadora Caraterização do Posto de Trabalho Carreira Categoria Área de atividade

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato 5-2011 CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO Carreira Assistente

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE VILA DO PORTO

JUNTA DE FREGUESIA DE VILA DO PORTO ANEXO II Formulário de candidatura a Contrato-Programa A preencher pela Junta de Freguesia DATA DE ENTRADA / / A preencher pela Junta de Freguesia DELIBERAÇÃO DA JUNTA: APROVADO NÃO APROVADO DATA / / ASSINATURA

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO CONCURSO EXTERNO DE INGRESSO

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO CONCURSO EXTERNO DE INGRESSO FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO CONCURSO EXTERNO DE INGRESSO CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato OE201404/0223 CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO

Leia mais

EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE INTERMEDIAÇÃO DE MEDICAMENTOS DE USO HUMANO REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA

EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE INTERMEDIAÇÃO DE MEDICAMENTOS DE USO HUMANO REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE INTERMEDIAÇÃO DE MEDICAMENTOS DE USO HUMANO REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA A intermediação de medicamentos é qualquer atividade ligada à venda ou compra de medicamentos, com exceção

Leia mais

Solicito o envio de notificações, no decorrer deste processo, para o endereço eletrónico indicado. 15 Situação profissional atual:...

Solicito o envio de notificações, no decorrer deste processo, para o endereço eletrónico indicado. 15 Situação profissional atual:... Exmo.º Senhor Presidente da Câmara Municipal de Odemira NINHO DE EMPRESAS FORMULÁRIO DE CANDIDATURA A Identificação do Promotor Despacho Registo de Entrada NIPG:... Data:... Processo nº:... Pagamento:...

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE BAGUIM DO MONTE

JUNTA DE FREGUESIA DE BAGUIM DO MONTE FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Publicitação do procedimento D.R. Nº de / / Código

Leia mais

PLANO NACIONAL DE TRABALHOS ARQUEOLÓGICOS ACÇÕES PLURIANUAIS DE INVESTIGAÇÃO PROGRAMADA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA. Título do projecto ACRÓNIMO

PLANO NACIONAL DE TRABALHOS ARQUEOLÓGICOS ACÇÕES PLURIANUAIS DE INVESTIGAÇÃO PROGRAMADA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA. Título do projecto ACRÓNIMO PLANO NACIONAL DE TRABALHOS ARQUEOLÓGICOS ACÇÕES PLURIANUAIS DE INVESTIGAÇÃO PROGRAMADA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Projecto nº../../../../.. Data de recepção../../.. Título do projecto ACRÓNIMO Identificação

Leia mais

Formulário de Candidatura

Formulário de Candidatura Formulário de Candidatura Finicia do Concelho de Vila Nova de Cerveira (a preencher pela XXX) N.º de Processo: Data de Entrada : (a preencher pela entidade receptora) Entidade Receptora : Local e data

Leia mais

Declaração de Instalação, Modificação e de Encerramento dos Estabelecimentos de Restauração ou de Bebidas

Declaração de Instalação, Modificação e de Encerramento dos Estabelecimentos de Restauração ou de Bebidas Declaração de Instalação, Modificação e de Encerramento dos Estabelecimentos de Restauração ou de Bebidas abrangidos pelo regime instituído pelo Decreto-Lei nº 234/2007, de 19 de Junho Uso exclusivo da

Leia mais

SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA, IP-RAM FORMULÁRIO DE CANDIDATURA

SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA, IP-RAM FORMULÁRIO DE CANDIDATURA (A preencher pelos serviços do IEM) Processo nº: /PIC/201 SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA, IP-RAM PROGRAMA DE INCENTIVOS À CONTRATAÇÃO ( PIC) FORMULÁRIO

Leia mais

Recebido por: Lisboa, de de 2015

Recebido por: Lisboa, de de 2015 COMPROVATIVO DE CANDIDATURA Nome: N.º de Candidatura: Entregou nestes serviços em / / 2015, a formalização da sua candidatura ao Procedimento de Seleção e Recrutamento Ano Escolar 2015-2016. Fotocópia

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO FINANCEIRA ÀS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS PROMOTORAS DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE DO CONCELHO DE SINTRA

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO FINANCEIRA ÀS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS PROMOTORAS DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE DO CONCELHO DE SINTRA 1/6 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO FINANCEIRA ÀS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS PROMOTORAS DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE DO CONCELHO DE SINTRA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA (nº SM ) Exmº Sr. Presidente da Câmara

Leia mais

Parque Tecnológico de Óbidos

Parque Tecnológico de Óbidos Parque Tecnológico de Óbidos Venda de lotes por negociação, com publicação prévia de anúncio Parque Tecnológico de Óbidos Óbidos Criativa, E.M. Edifício dos Paços do Concelho Largo de São Pedro Tel: +351

Leia mais

o Identificação do medicamento (nome comercial, DCI, n.º de lote, tamanho de embalagem);

o Identificação do medicamento (nome comercial, DCI, n.º de lote, tamanho de embalagem); Requisitos e condições necessários à obtenção de autorização para dispensa de medicamentos ao domicílio e através da Internet por parte das farmácias, ao abrigo da Portaria n.º 1427/2007, de 2 de novembro

Leia mais

ORDEM DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGULAMENTO DE ACREDITAÇÃO DE DIRETOR CLÍNICO

ORDEM DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGULAMENTO DE ACREDITAÇÃO DE DIRETOR CLÍNICO ORDEM DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGULAMENTO DE ACREDITAÇÃO DE DIRETOR CLÍNICO Ao abrigo do artigo 15.º, n.º 1, do Decreto-Lei n.º 184/2009, de 11 de agosto, e no uso da competência que lhe é conferida pela

Leia mais

Frequenta ou já frequentou algum projeto financiado pelo Programa Escolhas? Sim Não Se respondeu sim, indique o nome do projeto:

Frequenta ou já frequentou algum projeto financiado pelo Programa Escolhas? Sim Não Se respondeu sim, indique o nome do projeto: FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Atribuição de Bolsas de Estudo a alunos(as) do Ensino Superior Ano letivo 2016/2017 1. IDENTIFICAÇÃO DO(A) CANDIDATO(A) 1.1. Dados Pessoais Nome Completo Data de Nascimento /

Leia mais

INSCRIÇÃO DE ADVOGADO BRASILEIRO

INSCRIÇÃO DE ADVOGADO BRASILEIRO INSCRIÇÃO DE ADVOGADO BRASILEIRO [art. 201º do EOA e art. 17º a 19º do RIAAE] Documentação a entregar 1) Norma de Requerimento de Inscrição de Advogado; 2) 2 Certidões de Registo de Nascimento; 3) Certificado

Leia mais

1. A sociedade tem por objecto:.

1. A sociedade tem por objecto:. CONTRATO DE SOCIEDADE ANÓNIMA Artigo 1.º Tipo e firma 1. A sociedade é [civil] OU [comercial], adopta o tipo de sociedade anónima e a firma. 2. A sociedade tem o número de pessoa colectiva e o número de

Leia mais

ESTABELECIMENTO - MODIFICAÇÃO

ESTABELECIMENTO - MODIFICAÇÃO TIPO DE MODIFICAÇÃO Ampliação ou redução da área de venda ou de armazenagem Categoria de produtos comercializados Domicílio fiscal Método de venda Modalidade de venda Nome ou insígnia N.º de máquinas em

Leia mais

FAQ S: 1. O/A destinatário/a do estágio deverá estar inscrito/a no Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP)?

FAQ S: 1. O/A destinatário/a do estágio deverá estar inscrito/a no Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP)? FAQ S: 1. O/A destinatário/a do estágio deverá estar inscrito/a no Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP)? Sim, o/a destinatário/a do estágio tem que estar inscrito/a como desempregado/a num

Leia mais

NOVO REGIME DOS ESTÁGIOS PROFISSIONAIS

NOVO REGIME DOS ESTÁGIOS PROFISSIONAIS NOVO REGIME DOS ESTÁGIOS PROFISSIONAIS No âmbito do acordo tripartido para um novo sistema de regulação das relações laborais, das políticas de emprego e da protecção social, celebrado entre o Governo

Leia mais

Formação Artes e Ofícios Como funciona o estágio? Como são selecionados os estagiários

Formação Artes e Ofícios Como funciona o estágio? Como são selecionados os estagiários Como funciona o estágio? Como são selecionados os estagiários Quando pode ser iniciado o estágio Quem acompanha o estagiário Qual a duração e horário dos estágios Período de despensa Qual é o regime de

Leia mais

Formulário Candidatura Componente FEDER

Formulário Candidatura Componente FEDER PCM Presidência do Conselho de Ministros Formulário Candidatura Componente FEDER 1. Identificação do Processo 1 Nº de Origem Data de Entrada Código SIFEC Data de Verificação pela EAT Domínio de Intervenção

Leia mais

Regulamento de Inscrição Municipal de Associação Cultural de Sintra IMACS

Regulamento de Inscrição Municipal de Associação Cultural de Sintra IMACS Regulamento de Inscrição Municipal de Associação Cultural de Sintra IMACS ( Com a alteração constante do Parecer da Comissão Permanente de Assuntos Sociais da Assembleia Municipal de Sintra ) 23 DE NOVEMBRO

Leia mais

CONTABILIDADE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. ÁREA DE FORMAÇÃO Contabilidade e Fiscalidade PERFIL PROFISSIONAL

CONTABILIDADE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. ÁREA DE FORMAÇÃO Contabilidade e Fiscalidade PERFIL PROFISSIONAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA CONTABILIDADE ÁREA DE FORMAÇÃO Contabilidade e Fiscalidade PERFIL PROFISSIONAL Técnico Especialista em Contabilidade LEGISLAÇÃO APLICÁVELL Decreto-lei nº 88/2006, de

Leia mais

BOLSAS DE ESTUDO MESTRADO. Centro Celso Furtado e BNB 2014 EDITAL 1 - DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 APRESENTAÇÃO

BOLSAS DE ESTUDO MESTRADO. Centro Celso Furtado e BNB 2014 EDITAL 1 - DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 APRESENTAÇÃO BOLSAS DE ESTUDO MESTRADO Centro Celso Furtado e BNB 2014 EDITAL 1 - DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 APRESENTAÇÃO Art. 1º - O Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento, em parceria

Leia mais

Recrutamento de um dirigente para a. Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref.ª DDEIA 2 /AMT Regulamento do Concurso

Recrutamento de um dirigente para a. Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref.ª DDEIA 2 /AMT Regulamento do Concurso Recrutamento de um dirigente para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref.ª DDEIA 2 /AMT- 2016 Regulamento do Concurso 1 - A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, AMT, pretende recrutar

Leia mais

PROCESSO DE CANDIDATURA PARA INSTALAÇÃO NO ECO-PARQUE EMPRESARIAL DE ESTARREJA

PROCESSO DE CANDIDATURA PARA INSTALAÇÃO NO ECO-PARQUE EMPRESARIAL DE ESTARREJA PROCESSO DE CANDIDATURA PARA INSTALAÇÃO NO ECO-PARQUE EMPRESARIAL DE ESTARREJA de: (entidade candidata) (data) Prº / ÍNDICE A - TERMO DE CANDIDATURA B - FORMULÁRIOS DE CANDIDATURA 1. IDENTIFICAÇÃO 2. CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

DECLARAÇÕES DE COMPROMISSO INSTRUÇÕES E EXEMPLO

DECLARAÇÕES DE COMPROMISSO INSTRUÇÕES E EXEMPLO DECLARAÇÕES DE COMPROMISSO INSTRUÇÕES E EXEMPLO De acordo com o nº 4 do art.º 5 do Regulamento, No prazo máximo de 10 dias úteis após o encerramento do concurso, terá de ser submetida, no sítio da FCT

Leia mais

Formação Algarve PROGRAMA FORMAÇÃO ALGARVE

Formação Algarve PROGRAMA FORMAÇÃO ALGARVE PROGRAMA FORMAÇÃO ALGARVE Em que consiste Concessão de um apoio financeiro à renovação, à conversão de contratos de trabalho a termo ou à celebração de novos contratos de trabalho com ex-trabalhadores

Leia mais

PEEC PROGRAMA DE ESTÁGIOS EXTRA CURRICULAR

PEEC PROGRAMA DE ESTÁGIOS EXTRA CURRICULAR 1 PEEC PROGRAMA DE ESTÁGIOS EXTRA CURRICULAR 4º EDIÇÃO 2011/2012 2 PEEC PROGRAMA DE ESTÁGIOS EXTRA CURRICULAR O Programa de Estágios Extra curricular (PEEC) é um programa de estágios extra curricular para

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO GABINETE DE APOIO AO EMPREGO, ÀS EMPRESAS E AO EMPREENDEDORISMO - GE 3

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO GABINETE DE APOIO AO EMPREGO, ÀS EMPRESAS E AO EMPREENDEDORISMO - GE 3 REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO GABINETE DE APOIO AO EMPREGO, ÀS EMPRESAS E AO EMPREENDEDORISMO - GE 3 REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO GE 3 SECÇÃO I Disposições Gerais Artigo 1.º Objeto 1. O presente regulamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL - MARINHA

MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL - MARINHA MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL - MARINHA Instituto Hidrográfico IH BOLSA DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL* A preencher pelo candidato Bolsa / Reservado aos Serviços Nome completo:

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO APOIO AO ARRENDAMENTO HABITACIONAL. DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA para instrução da candidatura

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO APOIO AO ARRENDAMENTO HABITACIONAL. DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA para instrução da candidatura FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO APOIO AO ARRENDAMENTO HABITACIONAL DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA para instrução da candidatura (APRESENTAR ORIGINAIS E ENTREGAR FOTOCÓPIAS DE TODOS OS DOCUMENTOS) B.I./ C.C./Cédula

Leia mais

Regulamento do Concurso

Regulamento do Concurso Recrutamento de um(a) Engenheiro(a) Civil, ramo de Transportes (Setor dos portos comerciais e/ou transportes marítimos e/ou fluviais) para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref. N.º ENG_MAR_1_RegEcon/AMT/2016

Leia mais

Regularização de Estágios Obrigatórios 2011 LEI , DE 25 DE SETEMBRO DE 2008

Regularização de Estágios Obrigatórios 2011 LEI , DE 25 DE SETEMBRO DE 2008 LEI 11.788, DE 25 DE SETEMBRO DE 2008 Artigo 2º, parágrafo 1º, estágio obrigatório é aquele definido como tal no projeto do curso, cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma. Artigo

Leia mais

Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio Formulário de candidatura Trabalhos Escolares

Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio Formulário de candidatura Trabalhos Escolares Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio Formulário de candidatura Trabalhos Escolares 1. Identificação do Candidato 1.1. Nome da Escola: 1.2. Número de identificação da Entidade: 1.3. Sede: Código

Leia mais

INSCRIÇÃO DE ADVOGADO PROVENIENTE DA UNIÃO EUROPEIA

INSCRIÇÃO DE ADVOGADO PROVENIENTE DA UNIÃO EUROPEIA INSCRIÇÃO DE ADVOGADO PROVENIENTE DA UNIÃO EUROPEIA DOCUMENTOS A ENTREGAR (Reg. Nº 232/2007, de 4 de Setembro) 1) Requerimento de inscrição (Anexo A) 2) Boletim de inscrição com a assinatura pessoal e

Leia mais

Município de Viana do Alentejo NORMAS DE PARTICIPAÇÃO

Município de Viana do Alentejo  NORMAS DE PARTICIPAÇÃO NORMAS DE PARTICIPAÇÃO Feira D Aires Norma 1 Âmbito de Aplicação As presentes normas aplicam-se aos participantes na Feira D Aires que se realiza anualmente em Viana do Alentejo e é organizada pelo Município

Leia mais

Formulário de Candidatura de Apoio ao Desporto

Formulário de Candidatura de Apoio ao Desporto Entrada MUNICÍPIO DE SANTA CRUZ Req. nº / Data: / / Funcionário Formulário de Candidatura de Apoio ao Desporto Assinale com uma cruz (X) o apoio ao eixo pretendido Eixo I Promoção da atividade física para

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA CONFEA FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA CONFEA FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO Este formulário refere-se ao art. 3º do Anexo II da Resolução nº 1.073, de 19 de abril de 2016, e deve ser preenchido pela instituição de ensino interessada

Leia mais

CAPA DO REQUERIMENTO

CAPA DO REQUERIMENTO CAPA DO REQUERIMENTO CAPA I TIPO DE REQUERIMENTO 1 Requerimento inicial 2 Requerimento de retificação DADOS EM CASO DE CONVOLAÇÃO 3 Valor total da dívida _ _ _. _ _ _. _ _ _, _ _ E u r o s 4 Tribunal competente

Leia mais

Câmara Municipal. Município de Alenquer. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer,

Câmara Municipal. Município de Alenquer. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer, Departamento de Urbanismo Município de Alenquer Câmara Municipal REGISTO DE ENTRADA Nº Em / / Proc. N.º / / O Func. Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Alenquer, EMISSÃO DE ALVARÁ DE OBRAS DE

Leia mais

EDITAL Nº 13/UNOESC-R/2016

EDITAL Nº 13/UNOESC-R/2016 EDITAL Nº 13/UNOESC-R/2016 Dispõe sobre processo de seleção de acadêmico(s) do Curso de Direito da Unoesc Campus de Joaçaba, para realizar estágio não obrigatório na Defensoria Pública. A UNIVERSIDADE

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DE UMA COOPERATIVA ATRAVÉS DE INSTRUMENTO PARTICULAR

CONSTITUIÇÃO DE UMA COOPERATIVA ATRAVÉS DE INSTRUMENTO PARTICULAR CONSTITUIÇÃO DE UMA COOPERATIVA ATRAVÉS DE INSTRUMENTO PARTICULAR (retirado de www.inscoop.pt site do Instituto António Sérgio do Sector Cooperativo) Podem constituir-se por instrumento particular as cooperativas

Leia mais

1 - IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE Nome ou Denominação Social. Nº de Contribuinte ou Identificação de Pessoa Coletiva Morada ou Sede Social

1 - IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE Nome ou Denominação Social. Nº de Contribuinte ou Identificação de Pessoa Coletiva Morada ou Sede Social 1/6 REQUERIMENTO PARA: LICENCIAMENTO DE PEDREIRA / LICENÇA DE EXPLORAÇÃO Despacho: Espaço reservado aos serviços Apresentação do pedido (nos termos Decreto Lei nº 340/2007) Anexo IV A preencher pela entidade

Leia mais

Recrutamento de um(a) Engenheiro(a) Civil (Setor ferroviário e de outros modos de transporte guiado) para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes

Recrutamento de um(a) Engenheiro(a) Civil (Setor ferroviário e de outros modos de transporte guiado) para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Recrutamento de um(a) Engenheiro(a) Civil (Setor ferroviário e de outros modos de transporte guiado) para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref. N.º ENG_FER_1_RegEcon/AMT/2016 Regulamento do

Leia mais

MESTRADO EM AGRICULTURA BIOLÓGICA Edição

MESTRADO EM AGRICULTURA BIOLÓGICA Edição INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL (EDIÇÃO 2016-2018) Nos termos do Decreto-Lei nº42/2005, de 22 de fevereiro e do Decreto-Lei nº74/2006, de 24 de março, com as alterações que lhes foram introduzidas

Leia mais

A associação tem como fim...

A associação tem como fim... ASSOCIAÇÃO Artigo 1.º Denominação, sede e duração 1. A associação, sem fins lucrativos, adopta a denominação, e tem a sede na, freguesia de, concelho de e constitui-se por. 2. A associação tem o número

Leia mais

IDN - Incubadora de Empresas de Idanha-a-Nova

IDN - Incubadora de Empresas de Idanha-a-Nova IDN - Incubadora de Empresas de Idanha-a-Nova Formulário de Candidatura N.º de Processo Data de Entrada Denominação Social Pessoa a contactar Nome: Função: Telefone Fax Ass: IDENTIFICAÇÃO DO PROMOTOR/EMPRESA

Leia mais

Regulamento de concurso para Diretor

Regulamento de concurso para Diretor Regulamento de concurso para Diretor Nos termos do disposto no artigo 22.º, do Decreto-Lei n.º 75/2008, de 22 de abril, e do Decreto-Lei nº 137/2012 de 2 de Julho, torna-se público, que se encontra aberto

Leia mais

GUIA PRÁTICO ACOLHIMENTO FAMILIAR

GUIA PRÁTICO ACOLHIMENTO FAMILIAR Manual de GUIA PRÁTICO ACOLHIMENTO FAMILIAR INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/9 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Acolhimento Familiar (33 V4.02) PROPRIEDADE Instituto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS Comissão de Graduação do Curso de Ciências Biológicas COMGRAD/BIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS Comissão de Graduação do Curso de Ciências Biológicas COMGRAD/BIO DECISÃO 03/2015 - Altera: Decisão n o 03/2013 ESTÁGIO SUPERVISIONADO A, reunida em 18 de novembro de 2015, no uso de suas atribuições, DECIDE Regulamentar a atividade de Ensino de Estágio Supervisionado,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO (CEDUC) DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA (DG)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO (CEDUC) DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA (DG) UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR POR PRAZO DETERMINADO EDITAL DG N 001/2016 O Chefe do Departamento de GEOGRAFIA, do Centro de EDUCAÇÃO da Universidade

Leia mais

Recrutamento de um(a) Engenheiro(a) Civil para a área de Estudos para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes. Ref. N.º ENG_EST_1_EIA/AMT/2016

Recrutamento de um(a) Engenheiro(a) Civil para a área de Estudos para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes. Ref. N.º ENG_EST_1_EIA/AMT/2016 Recrutamento de um(a) Engenheiro(a) Civil para a área de Estudos para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes Ref. N.º ENG_EST_1_EIA/AMT/2016 Regulamento do Concurso 1 A Autoridade da Mobilidade e

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA nº. 02/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA / SISTEMA WEB

COTAÇÃO PRÉVIA nº. 02/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA / SISTEMA WEB Rua Francílio Dourado, 11 - Sala 10 Água Fria - Fortaleza, Ceará, Brasil CEP: 60813-660 Telefone: +55 (85) 3114.9658 http://abraca.autismobrasil.org/ COTAÇÃO PRÉVIA nº. 02/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA

Leia mais

DOCUMENTOS PARA A INSCRIÇÃO/RENOVAÇÃO/MATRÍCULA (PARA RENOVAÇÕES ENTREGAR OS DOCUMENTOS ASSINALADOS COM *)

DOCUMENTOS PARA A INSCRIÇÃO/RENOVAÇÃO/MATRÍCULA (PARA RENOVAÇÕES ENTREGAR OS DOCUMENTOS ASSINALADOS COM *) CRIANÇA Liga dos Amigos da Quinta do Conde Ano letivo / DOCUMENTOS PARA A INSCRIÇÃO/RENOVAÇÃO/MATRÍCULA (PARA RENOVAÇÕES ENTREGAR OS DOCUMENTOS ASSINALADOS COM *) Fotocópia do C.C. /Cédula ou outro documento

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS/FISICA EDITAL 19/2013.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS/FISICA EDITAL 19/2013. EDITAL 19/2013. Edital de Inscrição, Seleção e Matrícula para o curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciências - Área de Concentração em Física. DOUTORADO EM CIÊNCIAS/FÍSICA 1º Semestre -

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA CONFEA FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA CONFEA FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO Este formulário refere-se ao art. 3º do Anexo II da Resolução nº 1.073, de 19 de abril de 2016, e deve ser preenchido pela instituição de ensino interessada

Leia mais

Instruções para preenchimento online - PF 2017

Instruções para preenchimento online - PF 2017 Instruções para preenchimento online - PF 2017 O programa de financiamento a projetos pelo INR, I.P. destina-se unicamente a entidades com o estatuto de ONGPD de acordo com o registo efetuado no INR, I.P.

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO 1 ABERTURA A Comissão de Bolsas do Programa de Pós-Graduação em Educação, no exercício de suas atribuições, abre inscrições para os alunos regularmente matriculados no Mestrado Acadêmico, que desejem se

Leia mais

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE FACULDADE DE ECONOMIA E D I T A L

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE FACULDADE DE ECONOMIA E D I T A L UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE FACULDADE DE ECONOMIA E D I T A L PROGRAMA DE MESTRADO EM GESTÃO DE POLÍTICAS ECONÓMICAS 4ª EDIÇÃO/2012 BOLSAS DE ESTUDO A Universidade Eduardo Mondlane (UEM), assinou um

Leia mais

Ministério da Saúde. Centro Hospitalar do Baixo Vouga, EPE. (CHBV, EPE) AVISO PROCEDIMENTO CONCURSAL PARA RECRUTAMENTO DE AUDITOR INTERNO

Ministério da Saúde. Centro Hospitalar do Baixo Vouga, EPE. (CHBV, EPE) AVISO PROCEDIMENTO CONCURSAL PARA RECRUTAMENTO DE AUDITOR INTERNO AVISO PROCEDIMENTO CONCURSAL PARA RECRUTAMENTO DE AUDITOR INTERNO 1. Em cumprimento da deliberação do Conselho de Administração de 30 de agosto de 2016, faz-se público que se encontra aberto até às 16:00

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS DE PEDIDOS DE PAGAMENTOS PROGRAMA APÍCOLA NACIONAL TRIÉNIO

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS DE PEDIDOS DE PAGAMENTOS PROGRAMA APÍCOLA NACIONAL TRIÉNIO MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS DE PEDIDOS DE PAGAMENTOS PROGRAMA APÍCOLA NACIONAL TRIÉNIO 2014-2016 1 1. INTRODUÇÃO 1.1. CONSIDERAÇÕES GERAIS Este manual tem por objetivo ajudar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Instituto de Biologia Mestrado Profissional em Ecologia Aplicada à Gestão Ambiental

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Instituto de Biologia Mestrado Profissional em Ecologia Aplicada à Gestão Ambiental P R O G R A M A D E P ÓS- G R A D U A Ç Ã O E M E C O L O G I A A P L I C A D A À G E S T Ã O A M B I E N T A L E d i t a l d e S e l e ç ã o 2 0 1 6 MESTRADO PROFISSIONAL EM ECOLOGIA APLICADA À GESTÃO

Leia mais

REQUERIMENTO PRESTAÇÕES POR ENCARGOS FAMILIARES ABONO DE FAMÍLIA PRÉ-NATAL E ABONO DE FAMÍLIA PARA CRIANÇAS E JOVENS

REQUERIMENTO PRESTAÇÕES POR ENCARGOS FAMILIARES ABONO DE FAMÍLIA PRÉ-NATAL E ABONO DE FAMÍLIA PARA CRIANÇAS E JOVENS REQUERIMENTO PRESTAÇÕES POR ENCARGOS FAMILIARES ABONO DE FAMÍLIA PRÉ-NATAL E ABONO DE FAMÍLIA PARA CRIANÇAS E JOVENS INFORMAÇÕES E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO O requerimento deve ser preenchido manualmente.

Leia mais

Cursos Profissionais do Ensino Secundário

Cursos Profissionais do Ensino Secundário Cursos Profissionais do Ensino Secundário 1. Data, horário e locais 1.1. A renovação de matrícula dos alunos decorre no dia 24 de junho de 2015, das 14:00 às 17:30, nas seguintes salas da Escola Secundária

Leia mais

Instruções para preenchimento de contratos

Instruções para preenchimento de contratos Instruções para preenchimento de contratos Este documento tem como objetivo esclarecer o correto preenchimento dos contratos de emissão e renovação dos certificados digitais qualificados fornecidos pela

Leia mais

GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Dispensa de Pagamento de Contribuições 1º

Leia mais

GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Dispensa de Pagamento de Contribuições 1º

Leia mais

LABORATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2015 O ASSOCIATIVISMO E O SEU QUADRO LEGAL

LABORATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2015 O ASSOCIATIVISMO E O SEU QUADRO LEGAL LABORATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE 2015 O ASSOCIATIVISMO E O SEU QUADRO LEGAL A VIDA ASSOCIATIVA É UM INSTRUMENTO DE EXERCÍCIO DA SOCIABILIDADE. POR MEIO DELA CONQUISTA SE NOVOS AMIGOS, EXPANDE SE CONHECIMENTOS,

Leia mais

FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO

FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO FORMULÁRIO A - CADASTRAMENTO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO Este Formulário refere-se ao Art. 3º do anexo II da Resolução nº 1.073, de 19 de abril de 2016, e deve ser preenchido pela instituição de ensino interessada

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO (Estudante realizando estágio curricular nas dependências da UFG- TCE coletivo com o mesmo supervisor) 1. Modalidade do estágio: Estágio Curricular Obrigatório N.º da Apólice

Leia mais

DIREÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES. Direção de Serviços Região Algarve. Agrupamento de Escolas Manuel Teixeira Gomes Cód.

DIREÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES. Direção de Serviços Região Algarve. Agrupamento de Escolas Manuel Teixeira Gomes Cód. DIREÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Manuel Teixeira Gomes Cód. 145464 AVISO Nº 13 2015-2016 CONTRATAÇÃO DE PESSOAL DOCENTE GRUPO DE RECRUTAMENTO

Leia mais

Regulamento do Concurso

Regulamento do Concurso Recrutamento de dois(duas) Economistas, com especialização em Economia Industrial e em Mobilidade e Transportes (no contexto da Regulação Económica na UE) para a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes

Leia mais

ANEXO C DECLARAÇÃO MODELO 22 REGIÕES AUTONOMAS

ANEXO C DECLARAÇÃO MODELO 22 REGIÕES AUTONOMAS 261 O Anexo C é de entrega obrigatória: ANEXO C DECLARAÇÃO MODELO 22 REGIÕES AUTONOMAS a) Por qualquer pessoa colectiva ou equiparada, com sede ou direcção efectiva em território português, que possua

Leia mais

Edital de Empresa Júnior 2014 da UERJ. Edital de Convocação para Projeto Acadêmico de Empresa Júnior da UERJ

Edital de Empresa Júnior 2014 da UERJ. Edital de Convocação para Projeto Acadêmico de Empresa Júnior da UERJ A Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ torna público o presente Edital, com normas, rotinas e procedimentos relativos ao Exame de Qualificação de Apoio ao Projeto Acadêmico de Empresa Junior.

Leia mais

IES - INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA

IES - INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA DECLARAÇÃO ANUAL 0 Nº DE IDENTIFICAÇÃO FISCAL (NIPC) IES - INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA (ENTIDADES RESIDENTES QUE EXERCEM, A TÍTULO PRINCIPAL, ACTIVIDADE COMERCIAL, INDUS- TRIAL OU AGRÍCOLA, ENTIDADES

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA SEETARIA DA EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA ANEXO I Modelo de Curriculum Vitae (Preenchimento obrigatório neste modelo) 1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. 1 Nome: 1. 2 Filiação: Nome do pai Nome da mãe 1. 3 Data de nascimento:

Leia mais

EDITAL N.º 38/2016 SORTEIO N.º 1/UCT/DEPEP/DPDL/16 ATRIBUIÇÃO DE ESPAÇOS FIXOS DE VENDA NA FEIRA DAS GALINHEIRAS

EDITAL N.º 38/2016 SORTEIO N.º 1/UCT/DEPEP/DPDL/16 ATRIBUIÇÃO DE ESPAÇOS FIXOS DE VENDA NA FEIRA DAS GALINHEIRAS EDITAL N.º 38/2016 SORTEIO N.º 1/UCT/DEPEP/DPDL/16 ATRIBUIÇÃO DE ESPAÇOS FIXOS DE VENDA NA FEIRA DAS GALINHEIRAS 1. OBJETO DO SORTEIO 1.1. O presente Sorteio visa a atribuição de espaços de venda fixos

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Campus Osasco

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Campus Osasco UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO UNIFESP ESCOLA PAULISTA DE POLÍTICA, ECONOMIA E NEGÓCIOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Osasco 2016 1 CAPÍTULO I - DA CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

CURSO DE MASSAGISTA DE FUTEBOL NÍVEL I

CURSO DE MASSAGISTA DE FUTEBOL NÍVEL I ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE COIMBRA Estádio Sérgio Conceição, 3045-478 TAVEIRO Tel: 239853680 Fax: 239853699 ÉPOCA 2013/2014 ÍNDICE CURSO DE MASSAGISTA DE FUTEBOL NIVEL I COMUNICADO OFIC. Nº 17 DATA: 2014-10-20

Leia mais

2. Local de trabalho: Escola Secundária de Monserrate, Avenida do Atlântico, Viana do Castelo.

2. Local de trabalho: Escola Secundária de Monserrate, Avenida do Atlântico, Viana do Castelo. Procedimento concursal comum para recrutamento de assistentes operacionais em regime de contrato de trabalho em funções públicas a termo resolutivo certo a tempo parcial. Para efeitos do disposto no artigo

Leia mais

O presente informativo dispõe sobre a norma interna a ser observada na concessão de diárias e passagens.

O presente informativo dispõe sobre a norma interna a ser observada na concessão de diárias e passagens. PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENADORIA DE CONTABILIDADE E FINANÇAS INFORMATIVO CCF 01/2010 1ª EDIÇÃO 08 DE JANEIRO DE 2010 ASSUNTO O presente informativo dispõe sobre a norma interna a ser observada

Leia mais

TRANSFERÊNCIAS - 1.º CICLO - Direito

TRANSFERÊNCIAS - 1.º CICLO - Direito TRANSFERÊNCIAS - 1.º CICLO - Direito PORTARIA N.º 401/2007, DE 5 DE ABRIL, ALTERADA PELA PORTARIA N.º 232-A/2013, DE 22 DE JULHO, E REGULAMENTO DOS REGIMES DE REINGRESSO, MUDANÇA DE CURSO E TRANSFERÊNCIA

Leia mais

GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA, IP-RAM

GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA, IP-RAM GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DA INCLUSÃO E ASSUNTOS SOCIAIS INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA IP-RAM Proc. Nº 201 /FE/ Cndidtur o Progrm Formção Emprego (FE) (Portri 190/2014 de 6 de novembro) (O

Leia mais

FIES. 1 - Dados cadastrais da mantenedora Dados da mantenedora: Mantenedora: FUNDACAO EDUCACIONAL MACHADO DE ASSIS

FIES. 1 - Dados cadastrais da mantenedora Dados da mantenedora: Mantenedora: FUNDACAO EDUCACIONAL MACHADO DE ASSIS Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Diretoria de Políticas e Programas de Graduação - Dipes Fundo de Financiamento Estudantil FIES Termo de Participação Proposta de Oferta

Leia mais

Agrupamento de Escolas Rio Arade

Agrupamento de Escolas Rio Arade Agrupamento de Escolas Rio Arade Procedimento concursal comum de recrutamento de 1 Assistente operacional em regime de contrato de trabalho em funções públicas por tempo determinado, com termo resolutivo

Leia mais

ESTÁGIOS EMPREGO IEFP,I.P. FORMULÁRIO DE CANDIDATURA MINISTÉRIO DA SOLIDARIEDADE, EMPREGO E SEGURANÇA SOCIAL - 1 - 1. IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE

ESTÁGIOS EMPREGO IEFP,I.P. FORMULÁRIO DE CANDIDATURA MINISTÉRIO DA SOLIDARIEDADE, EMPREGO E SEGURANÇA SOCIAL - 1 - 1. IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE IEFP,I.P. MINISTÉRIO DA SOLIDARIEDADE, EMPREGO E SEGURANÇA SOCIAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA ESTÁGIOS EMPREGO 1. IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE 1.1 NIPC / NIF: 510847226 1.2 NISS: 25108472262 1.3 Denominação

Leia mais