Capítulo I Introdução e objectivo Introdução Objectivos do estudo Motivação para o estudo 2. Capítulo II Revisão da Literatura 4

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Capítulo I Introdução e objectivo Introdução Objectivos do estudo Motivação para o estudo 2. Capítulo II Revisão da Literatura 4"

Transcrição

1 Índice geral Capítulo I Introdução e objectivo 1 Pág. 1.0 Introdução Objectivos do estudo Motivação para o estudo 2 Capítulo II Revisão da Literatura O Suicídio na História e na Literatura: Variações Culturais, Sociais e Religiosas Etimologia Antiguidade Clássica Idade Média Cristianismo Renascimento Repressão do Suicídio Século da Luzes Da Culpabilização do Suicídio à Antiguidade Direito Definições Conceptuais O Suicídio/ O Suicida Estudos sobre o Suicídio Perspectiva de Durkheim Suicídio e Parassuicídio 15

2 2.3.5 Suicídio: análise de factores envolvidos Suicídio: uma visão Global e Nacional O Suicídio em Portugal Suicídio no Baixo Alentejo: estudos analisados Suicídio na Margem Sul do Tejo O rosto Humano do Suicídio no Baixo Alentejo A família do Suicida Medidas de Prevenção Importância da Anatomia Patológica na Determinação 36 e Humanização do Suicídio 2.9 Autópsia Psicológica 38 Capítulo III Metodologia Amostra Procedimento Instrumentos 40 Capítulo IV Análise e Discussão dos Resultados Universo Global do Estudo Tratamento da Informação Discussão dos Resultados 95 Capítulo V Conclusão 98 Referencias Bibliográficas 104 Anexos 107

3 Índice de Gráficos Gráfico I - Distribuição de taxas de suicídio (por 100,000) por sexo e idade (OMS, 2000) Gráfico II - Evolução das taxas de suicídio global (por 1000,000 habitantes) (OMS, Gráfico III - Alterações na distribuição etária dos casos de suicídio entre (OMS, )

4 Índice de quadros Quadro I - Evolução do suicídio por ano no Distrito de Beja ( ) Quadro II - Risco de suicídio: identificação, manejo e plano de acção Quadro III - Discussão dos Resultados Quadro IV Caracterização dos Estudos

5 Índice de Figuras Figura I - Taxas de suicídio por habitantes - Europa + outros países (2009) Figura II Taxas de Suicídio por habitantes (Portugal, Nuts3, média anual )

6 Índice de Tabelas Tabela I Total de anos analisados Tabela II Distribuição mensal 2004 Tabela III Distribuição mensal 2005 Tabela IV Distribuição mensal 2006 Tabela V Distribuição mensal 2007 Tabela VI Distribuição mensal 2008 Tabela VII Distribuição mensal 2009 Tabela VIII Distribuição do longo do dia Tabela IX Sexo Tabela X Faixa etária Tabela XI Estado civil Tabela XII Profissão Tabela XIII Agregado familiar Tabela XIV Local do cadáver Tabela XV Método Tabela XVI Nº testemunhas Tabela XVII Quem encontrou a vítima Tabela XVIII Tentativas anteriores de suicídio Tabela XIX Manifestações de ideação suicida Tabela XX Sinais de violência encontrados

7 Tabela XXI Realização ou dispensa de autópsia Tabela XXII Acontecimentos traumáticos anteriores Tabela XXIII local do óbito Tabela XXIV pré morbilidade psiquiátrica Tabela XXV diagnóstico psiquiátrico conhecido Tabela XXVI diagnóstico não psiquiátrico conhecido Tabela XXVII associação com fenómenos de alcoolismo Tabela XXVIII carta de despedida Tabela XXIX livores 69 Casos: enforcamentos Tabela XXX total de anos analisados Tabela XXXI distribuição ao longo do dia Tabela XXXII sexo Tabela XXXIII faixa etária Tabela XXXIV estado civil Tabela XXXV profissão Tabela XXXVI local do cadáver Tabela XXXVII quem encontrou a vítima Tabela XXXVIII nº testemunhas Tabela XXXIX tentativas anteriores de suicídio Tabela XL manifestações de ideação suicida Tabela XLI sinais de violência encontrados Tabela XLII realização ou dispensa de autópsia Tabela XLIII agregado familiar

8 Tabela XLIV acontecimentos traumáticos anteriores Tabela XLV local do óbito Tabela XLVI Pré morbilidade psiquiátrica Tabela XLVII Diagnóstico psiquiátrico conhecido Tabela XLVIII Diagnóstico não psiquiátrico conhecido Tabela L Tipo de nó Tabela LI Natureza do nó executado Tabela LII Tipo de suspensão verificada Tabela LIII Interposição de coros moles Tabela LIV Objectos na periferia de serviram de auxílio ao suicídio Tabela LV Utilização de tóxicos Tabela LVI Carta de despedida Tabela LVII Sinais de deslocação da vítima Tabela LVIII Outros ferimentos encontrados além dos relativos ao suicídio Tabela LIX Sufusões hemorrágicas nas conjuntivas Tabela LX Observação de projecção da língua entre as arcadas dentárias Tabela LXI Sinais de ejaculação Tabela LXII Observação de estigmas ungueais Tabela LXIII Alterações na roupa Tabela LXIV Sinais positivos de morte verificados no local do suicídio Tabela LXV Livores 20 Casos: não enforcados Tabela LXVI Total de anos analisados Tabela LVII Distribuição ao longo do dia

9 Tabela LXVIII Sexo Tabela LXIX Faixa etária Tabela LXX Estado civil Tabela LXXI Profissão Tabela LXXII Local do cadáver Tabela LXXIII Método Tabela LXXIV Quem encontrou a vítima Tabela LXXV Nº testemunhas Tabela LXXVI Tentativas anteriores de suicídio Tabela LXVII Manifestações de ideação suicida Tabela LXXVIII Sinais de violência encontrados Tabela LXXIX Realização ou dispensa de autópsia Tabela LXXX Agregado familiar Tabela LXXXI Acontecimentos traumáticos anteriores Tabela LXXXII Local do óbito Tabela LXXXIII Pré morbilidade psiquiátrica Tabela LXXXIV Diagnóstico psiquiátrico conhecido Tabela LXXXV Diagnóstico não psiquiátrico conhecido Tabela LXXXVI Associação com fenómenos de alcoolismo Tabela LXXXVII Carta de despedida Tabela LXXXVIII Livores

10 Índice de abreviaturas N.D não definido

11 Índice de anexos Anexo I Cartas de Despedida Anexo II Questionário detalhado Anexo III Exemplo relatórios GNR

RESOLUÇÃO. Gestão de Negócios; Gestão Estratégica de Pessoas, no câmpus de Itatiba, criados pela Resolução CONSEPE 21-A/2003, de 26/6/2003;

RESOLUÇÃO. Gestão de Negócios; Gestão Estratégica de Pessoas, no câmpus de Itatiba, criados pela Resolução CONSEPE 21-A/2003, de 26/6/2003; RESOLUÇÃO CONSEPE 69/2004 DISPÕE SOBRE O PROCESSO DE EXTINÇÃO DE CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no

Leia mais

Anexo 1 Plan de clase (10º B/F/G; Describir la vivienda)

Anexo 1 Plan de clase (10º B/F/G; Describir la vivienda) Anexo 1 Plan de clase (10º B/F/G; Describir la vivienda) i Anexo 1.1 Trabalhos realizados pelos alunos (Posters) ii Anexo 2 Planificação de unidade didáctica (10º D; La gastronomía española) iii Anexo

Leia mais

CONSIDERANDO o disposto no art. 37, II, da Constituição Federal, combinado com os artigos 90 e seguintes da Lei n 2.018, de 17 de janeiro de 1986;

CONSIDERANDO o disposto no art. 37, II, da Constituição Federal, combinado com os artigos 90 e seguintes da Lei n 2.018, de 17 de janeiro de 1986; DECRETO N 8.876, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2015 Homologa o concurso público n 01/2014 na forma que especifica. CLAYTON ROBERTO MACHADO, Prefeito do Município de Valinhos, no uso das atribuições que lhe são

Leia mais

FUNDO CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS E ANEXOS DE AMPARO

FUNDO CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS E ANEXOS DE AMPARO FUNDO CARTÓRIO DE REGISTRO DE IMÓVEIS E ANEXOS DE AMPARO O Convênio celebrado com o Cartório de Registro de Imóveis e Anexos, de Amparo, em dezembro de 1994, possibilitou a transferência da massa documental,

Leia mais

Plano Superior: Cobertura e Procedimentos Garantidos

Plano Superior: Cobertura e Procedimentos Garantidos Plano Superior: Cobertura e Procedimentos Garantidos A CONTRATADA assegurará aos beneficiários regularmente inscritos e satisfeitas as respectivas condições, a cobertura básica prevista neste capítulo

Leia mais

LEI Nº 4.035. De: 04 de julho de 2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 4.035. De: 04 de julho de 2014. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 4.035 De: 04 de julho de 2014. Desafeta do domínio público os imóveis localizados no CONJUNTO HABITACIONAL SONHO MEU, na cidade de Umuarama - PR. A CÂMARA MUNICIPAL DE UMUARAMA, ESTADO DO PARANÁ,

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 086/2015. Autoriza o recebimento por doação de móveis usados da Caixa Econômica Federal e dá outras providências.

PROJETO DE LEI Nº 086/2015. Autoriza o recebimento por doação de móveis usados da Caixa Econômica Federal e dá outras providências. PROJETO DE LEI Nº 086/2015. Autoriza o recebimento por doação de móveis usados da Caixa Econômica Federal e dá outras providências. Art. 1 o É o Município autorizado a receber por doação da Caixa Econômica

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL

SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL Portaria n. 138/2014 CG Regulamenta cursos e estágios no âmbito da Corporação. O Comandante Geral do Corpo de Bombeiros

Leia mais

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 116, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015

RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 116, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015 RESOLUÇÃO ARES-PCJ Nº 116, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015 Dispõe sobre reajuste dos valores das Tarifas de Água e Esgoto a serem aplicados no Município de Indaiatuba e dá outras providências. A DIRETORIA EXECUTIVA

Leia mais

CURSO DE PERICIA EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO:

CURSO DE PERICIA EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO: CURSO DE PERICIA EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO: 1 - OBJETIVO DO CURSO: O Curso tem como objetivo proporcionar aos profissionais conhecimentos técnicos, bem como as técnicas necessárias para realização

Leia mais

Estado do Acre DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009.

Estado do Acre DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009. DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009.. Publicado no D.O.E n 10.020 de 1 de abril de 2009. Altera e acrescenta dispositivos ao Decreto nº 2.914, de 11 de abril de 2008. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE,

Leia mais

1

1 AMOSTRA APOSTILA CORELDRAW 9 SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO II. O CORELDRAW III. INICIANDO O CORELDRAW 9 IV. AMBIENTE DE TRABALHO V. SALVAR UM GRÁFICO VI. ABRIR UM GRÁFICO EXISTENTE VII. NOVO GRÁFICO VIII. RÉGUAS

Leia mais

Figura I Experiência prévia em Teatro dos alunos do 1º período do Curso de Graduação em Teatro da EBA/UFMG no 1º semestre de 2009.

Figura I Experiência prévia em Teatro dos alunos do 1º período do Curso de Graduação em Teatro da EBA/UFMG no 1º semestre de 2009. Lista de Figuras Figura I Experiência prévia em Teatro dos alunos do 1º período do Curso de Graduação em Teatro da EBA/UFMG no 1º semestre de 2009. Figura 2- Local onde os alunos, com experiência prévia,

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ANO XXVI PALMAS, QUARTA-FEIRA, 28 DE DEZEMBRO DE 2016 N 2403

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ANO XXVI PALMAS, QUARTA-FEIRA, 28 DE DEZEMBRO DE 2016 N 2403 8ª LEGISLATURA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ANO XXVI PALMAS, QUARTA-FEIRA, 28 DE DEZEMBRO DE 2016 N 2403 MESA DIRETORA Presidente: Dep. Osires Damaso (PSC) 1º Vice-Presidente: Dep. Luana

Leia mais

LEI Nº 2.282, DE 29 DE JANEIRO DE 2007. (Atualizado conforme a Lei nº 2.668, de 20 de agosto de 2010)

LEI Nº 2.282, DE 29 DE JANEIRO DE 2007. (Atualizado conforme a Lei nº 2.668, de 20 de agosto de 2010) LEI Nº 2.282, DE 29 DE JANEIRO DE 2007. (Atualizado conforme a Lei nº 2.668, de 20 de agosto de 2010) Desativa Escolas Municipais da Zona Rural e desafeta áreas públicas. seguinte Lei: O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

Portaria nº 85, (DODF de 04/03/09)

Portaria nº 85, (DODF de 04/03/09) Portaria nº 85, (DODF de 04/03/09) Altera a Portaria nº 49, de 13/03/08, que estabelece a obrigatoriedade de utilização da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), prevista no Ajuste SINIEF nº 07, de 30/09/05, para

Leia mais

Decreto de Balneário Camboriú nº 2896 de 02 de setembro de 1997

Decreto de Balneário Camboriú nº 2896 de 02 de setembro de 1997 "REGULAMENTA A LEI Nº 1.397, DE 10 DE OUTUBRO DE 1.994, QUE CRIA ÁREAS DE ESTACIONAMENTO ROTATIVO CONTROLADO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS". Citado por 1 O Prefeito Municipal de Balneário Camboriú, no uso

Leia mais

Preâmbulo do tradutor francês Prefácio do autor.

Preâmbulo do tradutor francês Prefácio do autor. Sumário Preâmbulo do tradutor francês Prefácio do autor. 5 9 PRIMEIRA PARTE Da prova, em matéria criminal, em geral, e de seu sistelna diverso segundo compete a sentença aos juízes propriamente ditos (Juízes

Leia mais

LEI Nº 6.350, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2001.

LEI Nº 6.350, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2001. LEI Nº 6.350, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2001. * Lei REVOGADA pela Lei nº 6.881, de 29 de junho de 2006, publicada no DOE Nº 30.714, de 30/06/2006. Cria cartórios para prestação de serviços extrajudiciais e

Leia mais

Cadeia de caracteres (strings)

Cadeia de caracteres (strings) BCC 201 - Introdução à Programação I Cadeia de caracteres (strings) Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/1 Cadeia de caracteres I Definição: são seqüências de letras, números ou símbolos onde o último caracter

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI N.º 13.593, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010. (publicada no DOE nº 248, de 31 de dezembro de 2010) Altera a Lei nº 8.820,

Leia mais

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto no artigo 181, 6º, da Lei Complementar nº 053/2005, RESOLVE:

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto no artigo 181, 6º, da Lei Complementar nº 053/2005, RESOLVE: RESOLUÇÃO SEMFAZ Nº 009/2015. Altera a relação de substitutos tributários que integra o Anexo III da Lei Complementar nº 053/2005 e dá outras providências. O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso de

Leia mais

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO

TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO TABELA DE CONTRIBUIÇÃO DO SEGURADO EMPREGADO, DOMÉSTICO E AVULSO A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2010 Salário-de-contribuição (R$) INSS até 1.040,22 8,00% de 1.040,23 até 1.733,70 9,00% de 1.733,71 até 3.467,40

Leia mais

Samara Bassi. Cartas para G.

Samara Bassi. Cartas para G. Samara Bassi Cartas para G. Samara Bassi Cartas para G. e outros bilhetes passados pelo vão da porta São Paulo 2012 Copyright 2012 Todos os direitos reservados a: Samara Regina Bassi 1ª Edição Dezembro

Leia mais

Males da Boca. Rosa Sofia C. Neto Wasterlain

Males da Boca. Rosa Sofia C. Neto Wasterlain Rosa Sofia C. Neto Wasterlain Males da Boca Estudo da patologia oral numa amostra das Colecções Osteológicas Identificadas do Museu Antropológico da Universidade de Coimbra (finais do séc. XIX/inícios

Leia mais

LIVRO I PARTE GERAL. TÍTULO I Dos Deveres

LIVRO I PARTE GERAL. TÍTULO I Dos Deveres Art. 1º. Ao Promotor de Justiça incumbe: LIVRO I PARTE GERAL TÍTULO I Dos Deveres I ao assumir cargo de titular na Promotoria de Justiça, comunicar o fato, por ofício, ao Juiz de Direito, Delegado de Polícia,

Leia mais

SECRETARIA DA AGRICULTURA, PECUÁRIA, PESCA E AGRONEGÓCIO SERVIÇO DE EXPOSIÇÕES E FEIRAS CALENDÁRIO OFICIAL DE EXPOSIÇÕES E FEIRAS AGROPECUÁRIAS 2009

SECRETARIA DA AGRICULTURA, PECUÁRIA, PESCA E AGRONEGÓCIO SERVIÇO DE EXPOSIÇÕES E FEIRAS CALENDÁRIO OFICIAL DE EXPOSIÇÕES E FEIRAS AGROPECUÁRIAS 2009 XXXI FEIRA DE OVINOS DE VERÃO SANTANA DO LIVRAMENTO 06 DE JANEIRO A 06 DE FEVEREIRO SR, SEAPPA I AGROVINOS BAGÉ 15 A 17 DE JANEIRO ABACO, SEAPPA FINAL NACIONAL DE TIRO DE LAÇO ESTEIO 16 A 18 DE JANEIRO

Leia mais

Anexo VIII - Diversos

Anexo VIII - Diversos Anexo VIII - Diversos lxxxiii Figura I - Plano geral das estruturas de origem islâmica encontradas no Pátio de S. Miguel. (Foto: ERA-Arqueologia, 2012). Figura II - Plano geral das estruturas de origem

Leia mais

LEI Nº 17.347, DE 16 DE JANEIRO DE 2008. Dispõe sobre o Plano Plurianual de Ação Governamental - PPAG - para o período 2008-2011.

LEI Nº 17.347, DE 16 DE JANEIRO DE 2008. Dispõe sobre o Plano Plurianual de Ação Governamental - PPAG - para o período 2008-2011. LEI Nº 7.347, DE 6 DE JANEIRO DE 8. Dispõe sobre o Plano Plurianual de Ação Governamental - PPAG - para o período 8-. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, O Povo do Estado de Minas Gerais, por seus

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro Museu Nacional. Simone Maria Bielesch

Universidade Federal do Rio de Janeiro Museu Nacional. Simone Maria Bielesch Universidade Federal do Rio de Janeiro Museu Nacional Simone Maria Bielesch EM BUSCA DE AUXÍLIO PARA O RENASCIMENTO: ESTÁTUAS FUNERÁRIAS DE OSÍRIS E PTAH- SOKAR-OSÍRIS Volume III - Pranchas Rio de Janeiro

Leia mais

QUADRO COMPARATIVO PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DO REGULAMENTO DO PLANO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Plano MAISPREV

QUADRO COMPARATIVO PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DO REGULAMENTO DO PLANO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Plano MAISPREV QUADRO COMPARATIVO PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DO REGULAMENTO DO PLANO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Plano MAISPREV CAPÍTULO II CAPÍTULO II DAS DEFINIÇÕES DAS DEFINIÇÕES Art. 2º. Art. 2º. XX Data Base Cálculo

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM 071/2013

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM 071/2013 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM 071/2013 A PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO da UNIVERSIDADE ESTADUAL DE

Leia mais

LEI N.º 6.048, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015.

LEI N.º 6.048, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015. LEI N.º 6.048, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015. Autoriza o Poder Executivo a doar os bens que equipam a Capela Mortuária do Bairro Progresso, para a Associação do Bairro Progresso. O Prefeito Municipal de Erechim,

Leia mais

PROC. Nº 3832/07 PR Nº 060/07 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. Nº 3832/07 PR Nº 060/07 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Apresentamos aos Senhores Vereadores o presente Projeto de Resolução, que institui premiações a serem conferidas pela Câmara Municipal de Porto Alegre. Este trabalho é resultado da

Leia mais

PORTARIA Nº 078/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2009.

PORTARIA Nº 078/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2009. ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA 078-09_07809 PORTARIA Nº 078/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2009. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o inciso XVIII

Leia mais

CURSO COMPLETO: PLANEJAMENTO DAS CONTRATAÇÕES

CURSO COMPLETO: PLANEJAMENTO DAS CONTRATAÇÕES CURSO EAD CURSO COMPLETO: PLANEJAMENTO DAS CONTRATAÇÕES Com ênfase: Elaboração do Termo de Referência; Cautelas na fase externa: habilitação e julgamento das propostas; Peculiaridades do pregão; Tratamento

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 7.561, DE 2014 (Do Sr. Missionário José Olimpio)

PROJETO DE LEI N.º 7.561, DE 2014 (Do Sr. Missionário José Olimpio) *C0049267E* C0049267E CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 7.561, DE 2014 (Do Sr. Missionário José Olimpio) Proíbe o implante em seres humanos de identificação em forma de chips e outros dispositivos

Leia mais

MANUAL PRÁTICO DO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL

MANUAL PRÁTICO DO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL MANUAL PRÁTICO DO PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL VERSÃO JANEIRO/2010 1 APRESENTAÇÃO O Manual Prático do Portal da Transparência do Governo Federal foi criado com o intuito de facilitar a navegação

Leia mais

Índice. Átrio ou Três Encontros e Duas Notas...17. De Um A Razão Animada por Álvaro Ribeiro...21

Índice. Átrio ou Três Encontros e Duas Notas...17. De Um A Razão Animada por Álvaro Ribeiro...21 Índice Átrio ou Três Encontros e Duas Notas...17 De Um A Razão Animada por Álvaro Ribeiro...21 Carta I...25 I Domingo do Advento, 3 de Dezembro de 2006 Passeios no campo Carta II...28 II Domingo do Advento,

Leia mais

Plano Nome do Plano Tipo Contratação Tipo de Cobertura Faixa de Preço Segmentação Assistencial Abrangência Geográfica INTERNAÇÃO COM OBSTETRÍCIA

Plano Nome do Plano Tipo Contratação Tipo de Cobertura Faixa de Preço Segmentação Assistencial Abrangência Geográfica INTERNAÇÃO COM OBSTETRÍCIA AMIL ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL S.A. - Registro 326305 440300022 ADVANCED EXECUTIVO Gr Municipios CA QP 440303027 ADVANCED ESPECIAL Gr Municípios CA QC 466742125 Amil 30 Especial QP PJCA 466747126

Leia mais

Dispõe sobre o cerimonial do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Dispõe sobre o cerimonial do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. PORTARIA/PRESI/ASREP 172 DE 13/04/2011 Dispõe sobre o cerimonial do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO, no uso de suas atribuições previstas

Leia mais

MUNICÍPIO DE SETÚBAL CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE SETÚBAL CÂMARA MUNICIPAL REUNIÃO Nº : PROPOSTA Nº : 0/0/DCED/DIMUS Realizada em: DELIBERAÇÃO Nº : ASSUNTO : Doação de várias peças de arte ao Município no âmbito da atividade cultural no Museu de Setúbal/Convento de Jesus O Sr.

Leia mais

MUNICÍPIO DE JURANDA -Estado do Paraná-

MUNICÍPIO DE JURANDA -Estado do Paraná- MUNICÍPIO DE JURANDA -Estado do Paraná- LEI Nº. 2.121/2015 SÚMULA: ALTERA A LEI MUNICIPAL N 1074/2013, QUE DISPÕE SOBRE A ESTRUTURA ADMINISTRATIVA E CARGOS DE PROVIMENTO EM COMISSÃO DO PODER EXECUTIVO

Leia mais

PORTABILIDADE EXTRAORDINÁRIA ATEMDE SÃO LUIS / MA

PORTABILIDADE EXTRAORDINÁRIA ATEMDE SÃO LUIS / MA SUL AMÉRICA SAÚDE COMPANHIA DE SEGUROS - Registro 005622 458031081 SulAmérica Saúde por Adesão - Básico Referência Coletivo por adesão Amb. + Hosp. c/ Obst. $$$$ 458032080 SulAmérica Saúde por Adesão -

Leia mais

NAPOLEÃO BERNARDES, Prefeito Municipal de Blumenau.

NAPOLEÃO BERNARDES, Prefeito Municipal de Blumenau. Projeto de Lei Nº 6585/14 AUTORIZA A CONCESSÃO DE AUXÍLIO FINANCEIRO ÀS ENTIDADES QUE MENCIONA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. NAPOLEÃO BERNARDES, Prefeito Municipal de Blumenau. Faço saber a todos os habitantes

Leia mais

Curso Resultado Um novo conceito em preparação para concursos! CRFB/88. Atualizada em 02 de dezembro de 2015.

Curso Resultado Um novo conceito em preparação para concursos! CRFB/88. Atualizada em 02 de dezembro de 2015. Um novo conceito em preparação para concursos! CRFB/88 Atualizada em 02 de dezembro de 2015. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 73, DE 21 DE SETEMBRO DE 2009.

RESOLUÇÃO Nº. 73, DE 21 DE SETEMBRO DE 2009. RESOLUÇÃO Nº. 73, DE 21 DE SETEMBRO DE 2009. Regulamenta a Política de Segurança da Informação no que se refere à utilização da Tecnologia da Informação e Comunicação pelos usuários dos Órgãos e Entidades

Leia mais

CAPÍTULO I DAS PREMISSAS E CONCEITOS DA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS SEÇÃO I DAS DEFINIÇÕES

CAPÍTULO I DAS PREMISSAS E CONCEITOS DA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS SEÇÃO I DAS DEFINIÇÕES AGÊNCIA REGULADORA DAEA Entidade Autárquica criada pela Lei Municipal nº 7.421, de 29 de novembro de 2011 Rua Gonçalves Ledo, 800 Box 04 Bairro São Joaquim CEP: 16.050-300 Araçatuba/SP e-mail:agencia.reguladora.daea@gmail.com

Leia mais

PORTARIA AGEPEN Nº 10, DE 14 DE OUTUBRO DE 2015.

PORTARIA AGEPEN Nº 10, DE 14 DE OUTUBRO DE 2015. PORTARIA AGEPEN Nº 10, DE 14 DE OUTUBRO DE 2015. Dispõe sobre a administração e o controle de bens que compõem o acervo patrimonial da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário, e dá outras

Leia mais

Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.

Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3. Título: Fábulas de Esopo Tradução e adaptação: Ilustrações: Steinhowel (1479), Osius (1574), Wenzel Hollar (séc. XVII), Francis Barlow (1687), JJ Grandville, (1838) Samuel Croxall (1863), Herrick (1865),

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM Nº 090/2015

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM Nº 090/2015 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM Nº 090/2015 A PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO da UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso de suas atribuições legais, e RESOLVE:

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso de suas atribuições legais, e RESOLVE: RESOLUÇÃO N. 0006/2009-GSEFAZ Gabinete do Secretário DISPÕE sobre os procedimentos necessários ao credenciamento de usuários da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e, e dá outras providências. O SECRETÁRIO DE

Leia mais

Plano Nome do Plano Contratação Segmentação Tipo Abr. Geográfica Acomodação Moderador

Plano Nome do Plano Contratação Segmentação Tipo Abr. Geográfica Acomodação Moderador AMIL ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL S.A. - Registro 326305 - Telefone: SAC 0800-021-2583 / (81) 2123 3150 End.: Rua Viscondessa do Livramento, 94 - Boa Vista - Recife/PE (próximo Spettus Derby) 440300022

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA

CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA CONDIÇÕES GERAIS DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Resolução Normativa Nº 414/2010 DIREITOS E DEVERES DO CONSUMIDOR DE ENERGIA ELÉTRICA Atualizada até a REN 499/2012 Resolução Normativa Nº 414/2010

Leia mais

DIRETORIA DE TRIBUTAÇÃO - DITRI

DIRETORIA DE TRIBUTAÇÃO - DITRI DIRETORIA DE TRIBUTAÇÃO - DITRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO INCENTIVOS CONCEDIDOS PELO ESTADO DA BAHIA NO ÂMBITO DO CONFAZ Natureza do Benefício Convênios ICM/ ICMS Dispositivo no RICMS/12 Saídas mercad. dest.

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 11.293, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1998. (publicada no DOE nº 248, de 30 de dezembro de 1998) Introduz modificações na Lei nº 8.820, de 27/01/89, e alteraçoes, que instituiu o ICMS. O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

Capítulo I - Dos Direitos e deveres individuais e coletivos (art. 5º) Diferenciação entre Direitos, Garantias e Remédios Constitucionais.

Capítulo I - Dos Direitos e deveres individuais e coletivos (art. 5º) Diferenciação entre Direitos, Garantias e Remédios Constitucionais. Diferenciação entre Direitos, Garantias e Remédios Constitucionais. Direitos: Declarações que limitam a atuação do Estado ou dos cidadãos. Garantias: Blindagem que envolve o Direito, evitando sua violação.

Leia mais

DOU Seção I 30/09/2013 MINISTÉRIO DA SAÚDE ANSS - AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR. PORTARIA No- 1, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016

DOU Seção I 30/09/2013 MINISTÉRIO DA SAÚDE ANSS - AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR. PORTARIA No- 1, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016 DOU Seção I 30/09/2013 MINISTÉRIO DA SAÚDE ANSS - AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR PORTARIA No- 1, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016 A DIRETORA DE DESENVOLVIMENTO SETORIAL DA AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR,

Leia mais

Plano Nome do Plano Tipo Contratação Tipo de Cobertura Faixa de Preço Segmentação Assistencial Abrangência Geográfica INTERNAÇÃO COM OBSTETRÍCIA

Plano Nome do Plano Tipo Contratação Tipo de Cobertura Faixa de Preço Segmentação Assistencial Abrangência Geográfica INTERNAÇÃO COM OBSTETRÍCIA AMIL ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL S.A. - Registro 326305 440300022 ADVANCED EXECUTIVO Gr Municipios CA QP 440303027 ADVANCED ESPECIAL Gr Municípios CA QC 466742125 Amil 30 Especial QP PJCA 466747126

Leia mais

Ministério da Saúde RESOLUÇÃO RDC Nº 17, DE 16 DE ABRIL DE 2010

Ministério da Saúde RESOLUÇÃO RDC Nº 17, DE 16 DE ABRIL DE 2010 1 de 65 08/01/2016 12:43 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO RDC Nº 17, DE 16 DE ABRIL DE

Leia mais

Plano Nome do Plano Tipo Contratação Tipo de Cobertura Faixa de Preço Segmentação Assistencial Abrangência Geográfica INTERNAÇÃO COM OBSTETRÍCIA

Plano Nome do Plano Tipo Contratação Tipo de Cobertura Faixa de Preço Segmentação Assistencial Abrangência Geográfica INTERNAÇÃO COM OBSTETRÍCIA AMIL ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL S.A. - Registro 326305 440300022 ADVANCED EXECUTIVO Gr Municipios CA QP 440303027 ADVANCED ESPECIAL Gr Municípios CA QC 466742125 Amil 30 Especial QP PJCA 466747126

Leia mais

ZALMINO ZIMMERMANN TEORIA DA MEDIUNIDADE

ZALMINO ZIMMERMANN TEORIA DA MEDIUNIDADE ZALMINO ZIMMERMANN TEORIA DA MEDIUNIDADE CAMPINAS SP 2011 SUMÁRIO Primeiras palavras... 17 Capítulo I Introdução... 19 Capítulo II O mediunismo na história... 23 Capítulo III Mediunidade Conceito Tipos...

Leia mais

Artigo 5º da Constituição Federal

Artigo 5º da Constituição Federal Artigo 5º da Constituição Federal Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito

Leia mais

Circular 356/2015 São Paulo, 26 de Outubro de 2015.

Circular 356/2015 São Paulo, 26 de Outubro de 2015. Circular 356/2015 São Paulo, 26 de Outubro de 2015. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) INDEFERIMENTO DOS PROJETOS APRESENTADOS NO ÂMBITO DO PROGRAMA NACIONAL DE APOIO À ATENÇÃO DA SAÚDE DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Leia mais

DICAS DE DIREITO PENAL. Parte Geral. - art. 5º, XXXIX, XL, XLII, XLIII, XLIV, XLV, XLVI, XLVII, CF

DICAS DE DIREITO PENAL. Parte Geral. - art. 5º, XXXIX, XL, XLII, XLIII, XLIV, XLV, XLVI, XLVII, CF DICAS DE DIREITO PENAL Parte Geral - art. 5º, XXXIX, XL, XLII, XLIII, XLIV, XLV, XLVI, XLVII, CF - diferenciar meios de INTERPRETAÇÃO da lei penal e MEIOS DE INTEGRAÇÃO da lei penal - princípio da legalidade

Leia mais

EDIÇÃO EXTRA ISSN

EDIÇÃO EXTRA ISSN EDIÇÃO EXTRA ISSN 1677-7042... Sumário Seção 1 Seção 1 Atos do Poder Legislativo LEI N o 13.324, DE 29 DE JULHO DE Altera a remuneração de servidores e empregados públicos; dispõe sobre gratificações de

Leia mais

DESCRÇÃO DO REINO DE PORTUGAL

DESCRÇÃO DO REINO DE PORTUGAL CENTRO DE HIST~RIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA Colecção CLÁSSICOS DA HISTORIOGRAFIA - 3 DUARTE NUNES DO LEÃO DESCRÇÃO DO REINO DE PORTUGAL LISBOA, 2002 índice Geral DUARTE NUNES DO LEÃO. ELEMENTOS PARA UMA

Leia mais

Curriculum Vitae Informação pessoal

Curriculum Vitae Informação pessoal Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) - Nome(s) Morada(s) Correio(s) electrónico(s) Avenida Manuel Milheirão, nº68, 3070-761 Praia de Mira Av. Jorge Anjinho, Urb. Casal da Eira, lote 12, 1º D

Leia mais

encobrimentos nos Descobrimentos

encobrimentos nos Descobrimentos JOSÉ CARO PROENÇA encobrimentos nos Descobrimentos Jornal noticioso da Viagem de Vasco da Gama à índia segundo o Manuscrito Álvaro Velho do Barreiro (1497-1499) LIVROU ÍNDICE Dedicatória 5 Nota de apresentação

Leia mais

TEMA ASSUNTO AULA TEMPO VALOR

TEMA ASSUNTO AULA TEMPO VALOR LÍNGUA PORTUGUESA (Prof. Ronaldo de Lima) FONÉTICA E ORTOGRAFIA Ortografia: Emprego das Letras, Vogais, Consoantes, Questões: 01 a 85 Acentuação gráfica: Regras Básicas e Especiais; Questões: 01 a 60 3

Leia mais

DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO

DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO DAS COORDENAÇÃO DE EIXO_TECNOLÓGICO TÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES Art. 1 - À coordenação de eixo-tecnológico compete: I - Convocar e presidir as reuniões do Colegiado de Curso; II - Submeter à Coordenação

Leia mais

DECRETO Nº 2.559. Publicado no Diário Oficial Nº, de / / 2008

DECRETO Nº 2.559. Publicado no Diário Oficial Nº, de / / 2008 DECRETO Nº 2.559 Publicado no Diário Oficial Nº, de / / 2008 O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso das atribuições que lhe confere o art. 87, inciso V, da Constituição Estadual, e considerando o Protocolo

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 1.614, DE 2011 (Do Sr. Rubens Bueno)

PROJETO DE LEI N.º 1.614, DE 2011 (Do Sr. Rubens Bueno) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 1.614, DE 2011 (Do Sr. Rubens Bueno) Altera as Leis nº 9.800, de 26 de maio de 1999, e nº 11.419, de 19 de dezembro de 2006, para estabelecer procedimentos relativos

Leia mais

SPED. Sistema Público de Escrituração Digital. Setembro/2008. Nota Fiscal eletrônica NF-e

SPED. Sistema Público de Escrituração Digital. Setembro/2008. Nota Fiscal eletrônica NF-e SPED Sistema Público de Escrituração Digital Nota Fiscal eletrônica NF-e Objetivos Expectativas Visão Geral Segurança e confiabilidade na informação: MP 2200 de 2 de agosto de 2001: Instituiu a ICP-Brasil

Leia mais

Direito Empresarial e Econômico Profa. Silvia Mara Novaes Sousa Bertani

Direito Empresarial e Econômico Profa. Silvia Mara Novaes Sousa Bertani A Constituição Federal e o art. 5º. e incisos inerentes a Economia. A cidadania e os direitos políticos Constituição Federal Brasileira O artigo 5º da Constituição trata das garantias e direitos que cada

Leia mais

PERÍODO DE INCUBAÇÃO SEIS DIAS INSETICIDAS QUÍMICOS (VENENO) QUALQUER PESSOA VÍRUS

PERÍODO DE INCUBAÇÃO SEIS DIAS INSETICIDAS QUÍMICOS (VENENO) QUALQUER PESSOA VÍRUS VETOR PICAR UMA INFECTADA PERÍODO DE INCUBAÇÃO NÃO EXISTE ELIMINAÇÃO DOS OVO TRINTA DIAS SEIS DIAS INTERIOR DAS CASAS NOTIFICAÇÃO E MULTA DOIS BILHÕES DE REAIS QUÍMICOS (VENENO) Aedes aegypti e Aedes albopictus

Leia mais

Turmas de Direito Empresarial Esboço das aulas Introdução ao Estudo do Direito

Turmas de Direito Empresarial Esboço das aulas Introdução ao Estudo do Direito CONCEITO, ORIGEM E FINALIDADE O Direito nasceu da necessidade do homem de viver em sociedade. O homem só não precisa do Direito, das normas, não há conflito de interesse, lide, existe no máximo conflitos

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2013

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2013 CHAMADA PÚBLICA PARA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE CONTRATAÇÕES TEMPORÁRIAS SOB O REGIME ESPECIAL DE DIREITO ADMINISTRATIVO DO MUNICÍPIO DE BACABAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2013

Leia mais

AMORES DA CADELA «PURA»

AMORES DA CADELA «PURA» lllllll III III «11««I"" ""'""" " " A/478420 MARGARIDA VICTÓRIA AMORES DA CADELA «PURA» VOLUME II 2." Edição Memórias da Marquesa de Jácome Corrêa BERTRAND EDITORA Chiado 2004 índice Testemunho 7 Nota

Leia mais

ÍNDICE GERAL. I - Documentos de intervenção eclesiástica

ÍNDICE GERAL. I - Documentos de intervenção eclesiástica ÍNDICE GERAL I - Documentos de intervenção eclesiástica a) Constituições Sinodais e Visitações Gerais DOC. I - 1403, Janeiro, 13, Lisboa - Constituições do Sínodo de D. João Esteves de Azambuja DOC. I1

Leia mais

A DESVALORIZAÇÃO DO FEMININO NO MUNDO DO CONSUMO - APLICAÇÕES 83 EXPLORATÓRIAS ÀS MARCAS, AO MARKETING E À PUBLICIDADE

A DESVALORIZAÇÃO DO FEMININO NO MUNDO DO CONSUMO - APLICAÇÕES 83 EXPLORATÓRIAS ÀS MARCAS, AO MARKETING E À PUBLICIDADE ÍNDICE I - INTRODUÇÃO 19 II - METODOLOGIA I 21 III - REVISÃO TEÓRICA 23 NÚMEROS E FACTOS - A AMPLITUDE DO FEMININO 23 Demografia Nacional e Internacional 23 A Evolução da Educação 25 O Mundo Laboral 27

Leia mais

SPED. Sistema Público de Escrituração Digital. Novembro/2008. Nota Fiscal eletrônica NF-e

SPED. Sistema Público de Escrituração Digital. Novembro/2008. Nota Fiscal eletrônica NF-e SPED Sistema Público de Escrituração Digital Nota Fiscal eletrônica NF-e Novembro/2008 Objetivos Expectativas Visão Geral Segurança e confiabilidade na informação: MP 2200 de 2 de agosto de 2001: Instituiu

Leia mais

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local

Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA-GERAL SECRETARIA NACIONAL DE JUVENTUDE Perfil e Jornada de Trabalho da Equipe de Profissionais da Estação Juventude Local a) COORDENADOR ADJUNTO: 01 (Contratação Temporária

Leia mais

TEORIA GERAL DO NOVO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO

TEORIA GERAL DO NOVO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO TEORIA GERAL DO NOVO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO ANTONIO ARALDO FERRAZ DAL POZZO TEORIA GERAL DO NOVO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO São Paulo 2016 Copyright EDITORA CONTRACORRENTE Rua Dr. Cândido Espinheira,

Leia mais

ANEXO NORMAS PARA PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE MUDAS

ANEXO NORMAS PARA PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE MUDAS ANEXO NORMAS PARA PRODUÇÃO, COMERCIALIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE MUDAS 1. OBJETIVO Fixar diretrizes básicas a serem obedecidas na produção, comercialização e utilização de mudas, em todo o território nacional,

Leia mais

Município de Caxias do Sul

Município de Caxias do Sul 1 LEI Nº 7.389, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2011. Estima a Receita e fixa a Despesa do para o exercício de 2012. Art. 1º A receita consolidada do para o exercício econômico-financeiro de 2012, consideradas as

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAURU LEI Nº 6.366, DE 17 DE JUNHO DE 2.013 P. 12.070/12 Dispõe sobre a estruturação do Plano de classificação de Cargos, Carreiras e Salários - PCCS; sobre o reenquadramento, sobre a reconfiguração das carreiras,

Leia mais

À Beira do Silêncio. (Uma Centena de Experiências em Poetrix)

À Beira do Silêncio. (Uma Centena de Experiências em Poetrix) À Beira do Silêncio (Uma Centena de Experiências em Poetrix) I AGORA Agora, ao som do mar distante, adormeço nos braços da noite como quem morre para renascer. II ÁGUIA-PESQUEIRA Cia rumo ao espelho de

Leia mais

credenciados em mais de 25 mil pontos de atendimento em todo Odontológica oferece uma série de procedimentos, entre eles

credenciados em mais de 25 mil pontos de atendimento em todo Odontológica oferece uma série de procedimentos, entre eles Prezado Associado, Parabéns pela contratação da Assistência Odontológica A partir credenciados em mais de 25 mil pontos de atendimento em todo o Brasil para atender você quando precisar, sem nenhum custo

Leia mais

ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS

ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS A Fernando da Silva Correia ORIGENS E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS I Livros I Horizonte ÍNDICE GERAL PREFÁCIO 7 NOTA LIMINAR 9 INTRODUÇÃO 13 0 CONCEITO DE ASSISTÊNCIA 13 AS DIFICULDADES DA HISTÓRIA

Leia mais

AÇÃO PÚBLICA Crimes, Admissão de Ação Privada - CF art. 5º, LIX. Penal e Civil; Ministério Público - Competência Privativa - CF art. 129, I, III e 1º.

AÇÃO PÚBLICA Crimes, Admissão de Ação Privada - CF art. 5º, LIX. Penal e Civil; Ministério Público - Competência Privativa - CF art. 129, I, III e 1º. Í N D I C E T E M Á T I C O D A C O N S T I T U I Ç Ã O F E D E R A L ABUSO DE PODER Eleições - CF art. 14, 9º. Habeas - Corpus, Concessão - CF art. 5º, LXVIII. Habeas - Data, Concessão - CF art. 5º, LXXII.

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO

ESTADO DE MATO GROSSO CÓDIGO DE OBRAS MUNICÍPIO DE BARRA DO GARÇAS -2009- 1 LEI COMPLEMENTAR Nº. 124 DE 04 DE Novembro DE 2009. Projeto de Lei Complementar nº. 007/2009, de autoria do Poder Executivo Municipal. DispÅe sobre

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Ativos de Rede de Dados

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Ativos de Rede de Dados ATA DE REGISTRO DE PREÇO Ativos de Rede de Dados Registro de Preço de Ativos de Rede da Empresa Municipal de Informática IPLAN RIO, com produtos Cisco Systems e serviços de Instalação, Planejamento, Consultoria,

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM Nº 096/2014

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM Nº 096/2014 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM Nº 096/2014 A PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO da UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

RESOLUÇÃO GP/CR/DJ N. 4, DE 16 DE AGOSTO DE 2010

RESOLUÇÃO GP/CR/DJ N. 4, DE 16 DE AGOSTO DE 2010 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO RESOLUÇÃO GP/CR/DJ N. 4, DE 16 DE AGOSTO DE 2010 Altera a Resolução GP/GCR/DGJ nº 02/2005, que dispõe sobre as notificações (citações) e intimações aos Procuradores

Leia mais

LEI N , DE 21 DE NOVEMBRO DE 2013

LEI N , DE 21 DE NOVEMBRO DE 2013 Poder Executivo LEI N. 2.184, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2013 Autoriza o Poder Executivo a alienar imóveis e dá outras providências. O Prefeito do Município de Lucas do Rio Verde, Estado de Mato Grosso. Faço

Leia mais

APOSTILA - TRF1-DICAP

APOSTILA - TRF1-DICAP 1 de 9 30/9/2015 17:31 TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO APOSTILA - TRF1-DICAP O DIRETOR-GERAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE:

Leia mais

Plano Nome do Plano Tipo Contratação Tipo de Cobertura Faixa de Preço Segmentação Assistencial Abrangência Geográfica INTERNAÇÃO COM OBSTETRÍCIA

Plano Nome do Plano Tipo Contratação Tipo de Cobertura Faixa de Preço Segmentação Assistencial Abrangência Geográfica INTERNAÇÃO COM OBSTETRÍCIA ALLIANZ SAÚDE S/A - Registro 000515 410189998 SPECIAL 410195992 SUPERIEUR 410196991 MAXI 410213994 BASIC 410202999 QUALITE $ 410212996 EXCELLENCE Tabela atualizada em 04/09/2013 1 AMIL ASSISTÊNCIA MÉDICA

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO MISTO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS DA CASAN PLANO CASANPREV

REGULAMENTO DO PLANO MISTO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS DA CASAN PLANO CASANPREV REGULAMENTO DO PLANO MISTO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS DA CASAN PLANO CASANPREV ÍNDICE CAPÍTULO I Do Objeto Art. 1º CAPÍTULO II Das Definições e das Remissões Art. 2º ao 4º Seção I Das Definições Art.

Leia mais