O Alinhamento Estratégico de Negócios e Tecnologia da Informação nos Cursos de Computação, Administração e Engenharia de Produção

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Alinhamento Estratégico de Negócios e Tecnologia da Informação nos Cursos de Computação, Administração e Engenharia de Produção"

Transcrição

1 O Alinhamento Estratégico de Negócios e Tecnologia da Informação nos Cursos de Computação, Administração e Engenharia de Produção -RVp$XJXVWR)DEUL$OH[DQGUH/ (UDULR Fundação Educacional do Município de Assis Centro de Pesquisas em Informática Assis, Brasil, e $QGUp/XL]7ULQGDGH0DUFHOR6GH3DXOD3HVVRD)HUQDQGR-%DUELQ/DXULQGR Universidade de São Paulo Escola Politécnica Departamento de Engenharia de Produção São Paulo, Brasil HVXPR Com o passar dos anos, bilhões de dólares vem sendo investidos em Tecnologia da Informação (TI), porém nem sempre as empresas obtêm os resultados esperados com este investimento. Isto ocorre pelo simples fato que os projetos de Tecnologia da Informação nem sempre levam em consideração a estratégia de negócios da empresa. Com base nessa informação questiona-se: por que muitas empresas não levam em consideração as questões de alinhamento estratégico de TI e negócio? Será que existe uma deficiência na formação dos profissionais que lidam com Tecnologia? O profissional de área de negócios possui conceitos de TI? O objetivo deste trabalho é tentar responder as questões levantadas. Palavras chaves: Alinhamento Estratégico de Tecnologia de Informação e Negócios. Abstract Billion of dollars come being invested in Information Technology (IT) even so not always the companies obtain the results expect with this investment. This happens because the projects of IT not consider the business strategy of the companies. With base in this information is questioned: Why many companies don't consider the strategic alignment of IT and business? Do the students have deficiency in the professional formation that work with this technology? Does the business professional have concepts of IT? The objective of this work is to try to answer theses questions. Keywords: Strategic Alignment of Information Technology and Business

2 2 1. Introdução A constante inovação tecnológica tem afetado diretamente o contexto sócio econômico das empresas. Uma empresa para obter eficiência e, principalmente, eficácia necessita de um aparato tecnológico alinhado ao principal foco de seu negócio. Os investimentos em TI têm aumentado consideravelmente com os passar dos anos, porém as empresas não atingem a liderança de mercado e lucratividade esperada [7]. Por meio deste contexto proposto, deduz que existe a falta de alinhamento entre TI e negócios nas empresas. Com base na afirmação acima extraída de [7], pode-se concluir que os desafios atuais em torno das implicações da TI ultrapassam o campo das abordagens puramente técnicas, é necessário apresentar o conceito de TI alinhado ao foco estratégico das organizações. Conclui-se, então, que é obrigação das instituições de ensino, que tem por objetivo formar profissionais que aturam na área de TI e negócios, apresentar os conceitos de alinhamento estratégico em cursos focados nestas áreas. Conforme citado anteriormente, o objetivo deste artigo é verificar se as instituições de ensino brasileiras atendem ao conceito de alinhamento estratégico entre TI e negócios. A metodologia para desenvolvimento deste trabalho constituí-se em 3 fases distintas: 1 Realizar um levantamento bibliográfico que indique se o conceito alinhamento estratégico entre TI e negócio é contemplado nas empresas. 2 Verificar a real situação curricular dos cursos da área de Tecnologia: Sistemas de Informação (considerando que o curso de Sistema de informação deve possuir conceitos de negócios embutidos), Ciência da Computação e Engenharia da Computação; dos cursos da área de negócios: Administração e Engenharia de Produção. Esta verificação será feita por meio da analise das ementas desses cursos. 3 Consultar a proposta de currículo dos órgãos direcionadores (Conselho Federal de Administração (CFA) e Sociedade Brasileira de Computação (SBC)) desses cursos, analisando se os mesmos possuem o conceito de alinhamento estratégico de TI e negócios. A apresentação textual deste trabalho está dividida em seções. Na seção 2, serão apresentadas definições de alinhamento estratégico. A seção 3 irá apresentar a situação do alinhamento estratégico entre TI e negócios nas empresas. A seção 4 verificará se o profissional dos cursos de tecnologia, administração e engenharia de produção (no cenário brasileiro) recebe conceitos de alinhamento estratégico entre TI e negócios. As conclusões e os trabalhos futuros serão mostrados na seção Conceitos básicos de Alinhamento Estratégico de TI e Negócios O conceito de alinhamento estratégico apresentado na literatura pode diferir um pouco entre os autores. No entanto, alguns desses conceitos são considerados como os mais significativos sobre o tema porque complementam-se e permitem um melhor entendimento sobre alinhamento estratégico de negócios e TI. O alinhamento estratégico corresponde à adequação estratégica e integração funcional entre os ambientes externos (mercado, política, fornecedores, etc.) e internos (estrutura administrativa e recurso financeiros, tecnológicos e humanos) para desenvolver as competências e maximizar a performance organizacionais [3]. O alinhamento entre negócio e TI é alcançado quando um conjunto de estratégias de TI (sistemas, objetivos, obrigações e estratégias) são derivadas do conjunto estratégico organizacional (missão, objetivo e estratégias) [6]. Existem várias formas de obter o alinhamento estratégico em uma organização. Em [11] é apresentado um modelo de quatro estágios de alinhamento entre negócios e TI: estágio da integração administrativa (estrutural), da integração seqüencial (plano de TI vem depois do plano de negócio), da integração recíproca (formulação de dois planos em conjunto) e da integração total (um único plano). Os estágios de integração têm relacionamento com os estágios de contribuição dos Sistemas de Informação (SI) para performance organizacional, isto é, quanto mais os sistemas provêm informações para os negócios, maior é a integração e maior a contribuição para a

3 performance organizacional. Segundo o autor, as organizações passam pelos vários estágios, não obrigatoriamente por todos eles. 3 O modelo de alinhamento estratégico de [3], por sua vez, apresenta integração recíproca. É esperado o desenvolvimento de dois planos em paralelo. O modelo encontra-se baseado em duas suposições: primeira, a performance econômica está diretamente relacionada com a habilidade do gerenciamento para criar uma adequação estratégica (posição da organização na arena do mercado competitivo suportada por uma estrutura administrativa adequada); e, segunda, a adequação estratégica é essencialmente dinâmica. Assim, o alinhamento estratégico não é um evento isolado, mas um processo contínuo de adaptação e mudança. Segundo [1] os modelos propostos por [3] e [11] nos levam aos processos de revisão contínua (durante a implementação e avaliação dos planos) como um dos focos importantes para a promoção do alinhamento. O modelo de alinhamento demonstra a preocupação dos autores em formalizar os componentes estratégicos e assegurar a similaridade dos processos de planejamento (negócio e TI), mostrando que eles podem caminhar em paralelo ou suportar um ao outro, em determinados momentos. Os caminhos de integração funcional entre os planos estão representados em mão dupla, mostrando relevância na multidimensionalidade do modelo, bem como no fluxo contínuo dos processos. O modelo apresenta dois grandes elementos de alinhamento: a adequação estratégica (sentido ou direcionamento da realização do alinhamento) e a integração funcional (fluxo da operação realizada de uma maneira integrada). 3. Empresas e Organizações versus Alinhamento Estratégico de TI e negócios: O Paradoxo da Produtividade Segundo [10] existem várias pesquisas que apontam pouca relação entre investimentos em TI e desempenho financeiro. Isso se deve ao fato das empresas implementarem projetos de TI de maneira ineficaz e desalinhada estrategicamente com o objetivo do negócio. Como qualquer outro ativo, TI deve ser eficaz para melhorar o desempenho financeiro. Um estudo realizado por [7] classifica a maturidade do alinhamento estratégico das empresas em níveis (1. Inicial, 2. Comprometimento com o Processo, 3. Processos Estabilizados, 4. Melhora no Gerenciamento de Processos, 5. Processos Otimizados). Em uma pesquisa com 500 empresas 80% dessas estão classificadas no nível 2 [7]. Pode-se concluir que existe um grande trabalho a ser feito para atingir um alto grau de alinhamento estratégico no meio empresarial. Em contra partida verifica-se que os investimentos em TI vem crescendo ano a ano. A Tabela 1 apresenta estimativas de investimentos em TI no meio empresarial. Tabela 1 - Índices de Investimentos de TI (tabela extraída de [10]) Fonte Valores de Investimento em TI Haimowitz Bakos Standish Group Strassman Investimentos fixos (computadores) aumentou de 2,12% entre para 13,11 entre Estimativas recentes apontam os investimentos em TI como 30% do capital investido. Os EUA gastam mais de U$ 250 bilhões em desenvolvimento de aplicações ligadas a TI. Os EUA gastam U$ 700 milhões em TI. Killen & Associates Gasto mundial com TI, em 1998, foi de U$ 1,59 trilhões e projetaram para 2002 um gasto de U$ 2,62 trilhões. Computer Economics Estimaram em 1999 que o gasto de sistema de informação e e-business em 2001 seria de U$ 1,1 trilhões. Com todo esse investimento, era de se esperar que ele fosse traduzido em melhoria de desempenho financeiro, porém a maioria dos estudos tem mostrado que não existe essa relação. Conclui-se que a resposta para esse enigma reside no fato de que a mera aquisição de ativos de TI não garante a organização uma vantagem

4 competitiva. O que acrescenta mais validade a esse argumento é o fato de que uma porcentagem significativa de projetos de TI tem falhado em atingir seus objetivos. Alguns exemplos estão apresentados na Tabela 2. 4 Apesar dos fatores negativos apresentados no cenário acima, não se pode afirmar que qualquer projeto de TI seja ineficiente. Um exemplo disto está nos investimentos TI em uma determinada rede de supermercados do Brasil (442 lojas espalhadas no Brasil). A rede investiu cerca 4 milhões de dólares em um sistema Business to Business (B2B) economizando cerca de 56 mil horas de trabalho por mês com a emissão de notas ficais, 20 mil reais por mês com a postagem de avisos de pagamentos e 70% dos gastos com as redes Exchange Data Interchange (EDI) [5]. 7DEHOD3UREOHPDVHPSURMHWRVGH7,HQFRQWUDGRVQDOLWHUDWXUD Fonte Genesys Consulting Gruop CHAOS report KPMG UK Meta Group Problemas em projetos de TI 80% dos projetos de TI não atingem os objetivos iniciais 31% dos projetos de TI serão cancelados antes de serem concluídos e mais da metade ira custar o dobro do previsto 83% das empresas entrevistadas tiveram problemas com projetos de TI Se houvesse mais cuidado em gerenciar as relações com os fornecedores, poderia-se obter um economia de U$ 90 bilhões num total de U$ 700 bilhões. Finalizando esta seção questiona-se: Por que os investimentos em TI não traduzem ganho em eficiência e eficácia para a maioria das empresas? Será que existe uma deficiência na formação do profissional (cenário brasileiro) de TI e de Negócios? A próxima seção tentará responder esta última questão. 4. A formação do Profissional que Atua com TI e Negócios nas Empresas O Brasil possui cursos de graduação, sendo que 2421 são cursos de Administração de Empresas (nas mais variadas ênfases). Os cursos de Sistema de Informação, Ciência da Computação, Tecnologia em Processamento de dados e Engenharia de Computação (nesse trabalho denominado cursos de tecnologia) totalizam 830. Já em proporção menor os cursos de Engenharia de Produção estão totalizando 108. Os cursos de Engenharia de Produção e de Administração são denominados (neste trabalho) cursos da área negócios. Todos estes cursos são responsáveis pela formação de profissionais da área de negócios e de TI. A Figura 1 apresenta o percentual dos cursos de tecnologia e negócios em relação ao valor total [4]. 85% 4% 11% tecnologia negócios outros Figura 1 - Distribuição dos Cursos de Tecnologia e Negócios O foco principal deste trabalho é analisar se esses cursos provêem conceitos de alinhamento estratégico de negócios e TI. Para efetuar tal verificação serão analisadas as ementas curriculares de 90 cursos de negócios e 60 cursos de tecnologia. Para que os cursos atendam o conceito de alinhamento estratégico, ambos (tecnologia e negócios) devem contemplar conceitos de: Estratégia; Paradoxo da Produtividade; Alinhamento Estratégico; Sistemas de Informação; Enterprise Resource Systems (ERP); Sistema de Suporte a Decisão; E-commerce; E- business e Tendências e novas Tecnologias. Verifica-se que os conceitos de Estratégia, Paradoxo da Produtividade; Alinhamento Estratégico são temas da área de negócios, os demais conceitos são considerados temas da área de tecnologia. Na formação do profissional de negócios devem ser apresentados os temas de

5 tecnologia (o profissional deve ter condições de verificar as tecnologias emergentes, avaliar sua viabilidade e traçar um plano estratégico de negócio que utilize esta tecnologia da melhor forma possível). O profissional da área de tecnologia deve ter conceitos sobre a área de negócios para que possa priorizar determinadas áreas da TI afim de atender melhor a estratégia da organização. A Figura 2 ilustra alguns conhecimentos de alinhamento estratégico para o profissional de TI e para o profissional de negócio. Nesta figura, verifica-se a presença do quadro interdisciplinaridade onde os conceitos de TI ultrapassam a fronteira do profissional de negócios e os conceitos de negócios ultrapassam a fronteira do profissional de TI. 5 Profissional de Negócios Profissional de TI Maior ênfase nos cursos de Negócios Ferramenta de Apóio a estratégia de Negócio Sistema CRM - ERP de Informação I N Sistema T de Informação E E-Business R D E-Commerce I S Sistema CSupurte a Decisão I P L Paradoxo da Produtividade I N Alinhamento Estratégico A R Maior ênfase nos cursos de TI Conhecimento Sobre Estratégia de Negócio Cursos de Negócios (Aplicar) Cursos de TI (Implementar) Fronteira Multidisciplinar )LJXUD$OLQKDPHQWRGRVFXUVRVGH7,H1HJyFLRV 4.1. A pesquisa Para analisar se os profissionais possuem o conceito de alinhamento entre TI e negócios, foram pesquisadas ementas e currículos de 90 cursos de negócios e 60 cursos de TI. A pesquisa envolveu instituições de caráter público e privado de norte a sul do Brasil, contemplando as instituições que forneceram currículos e ementas para os autores deste trabalho. Para um melhor entendimento os resultados das analises, serão apresentados de forma separada em seções (negócios e TI) Cursos da Área de Negócios Neste trabalho, os cursos da área de negócios foram classificados em cursos de Administração e Engenharia de Produção. Dos cursos pesquisados, 26,67% são cursos de engenharia de produção (24 cursos) e 73,33 são cursos de administração de empresas (66 cursos). A pesquisa verificou que 72,22% dos 66 cursos da área de administração contemplam o conceito de sistema de informação. Desses 66 cursos, 7,69% aplicam os conceitos de ERP, E-business e E-Commerce e 69,23% contemplam o conceito de Sistemas de Suporte a Decisão.

6 Os conceitos de Estratégia e Sistema de Informação são apresentados em conjunto em 30,77% dos cursos da área de administração. Os conceitos de Paradoxo da produtividade são apresentados em apenas 15,38%. O conceito de alinhamento é apresentado em 23,08% dos cursos da área de administração. Um número alarmante encontrado nos cursos da área de administração mostra que 27,78% destes cursos não apresentam conceitos relacionados à área de TI. Analisando os números acima, verifica-se que existe um grande trabalho a ser feito para embutir o conceito de alinhamento estratégico nos profissionais da área de administração, pois apenas 1/3 dos cursos apresentam os conceitos de Sistemas de Informação em conjunto com o conceito de estratégia (analise feita somente nas disciplinas relacionadas TI). Um número expressivo de cursos contempla o conceito de Sistema de Informação de forma isolada, isto é, não leva em conta o conceito de estratégia em disciplinas de Sistemas de Informação. Conclui-se que, se os professores da área de administração trabalharem com o conceito de estratégia e, utilizar o conceito de sistemas de informação como uma ferramenta que pode trabalhar de forma alinhada com a estratégia da empresa, o número de cursos que trabalham com os conceitos de Sistemas de Informação e Estratégia (30,77%) pode subir consideravelmente. Este trabalho não conseguiu verificar se esta última linha de pensamento se realiza, pois não foi possível entrevistar os professores dos cursos pesquisados. Em relação aos cursos de Engenharia de Produção, a pesquisa verificou que 100% dos cursos contemplam o conceito de sistema de informação, destes, 40% aplicam os conceitos de ERP, E-business e E-Commerce e 100% contemplam o conceito de Sistemas de Suporte a Decisão. Nos cursos de Engenharia de Produção, os conceitos de Estratégia e Sistema de Informação, Paradoxo da Produtividade e Alinhamento são apresentados em 20% do total pesquisado. Comparando aos resultados encontrados nos cursos da área de administração, verifica-se uma certa melhora em relação à apresentação do conceito de sistema de informação (100% para os cursos de Engenharia de Produção contra 72,22% para os cursos de administração). Um ponto positivo dos cursos de Engenharia de produção mostra que 100% dos cursos pesquisados trabalham com o conceito de Sistemas de Tomada de Decisão (69,23% para administração). Os conceitos de Estratégia e Sistema de Informação, Paradoxo da produtividade e Alinhamento são apresentados em conjunto em 20% dos cursos da área de engenharia de produção. Comparando estes números aos cursos da área de administração verifica-se que existe uma certa queda em relação a união dos conceitos de Estratégia e Sistema de Informação e um aumento em relação aos conceitos do Paradoxo da produtividade. A análise dos números apresentados para o curso de Engenharia de Produção possui a mesma linha traçada na analise dos cursos da área de administração. Um ponto positivo a destacar, é que 100% dos cursos tratam os conceitos de Sistemas e Informação e Sistemas de Suporte a Decisão. Conclui-se que, se os professores da área de Engenharia de Produção trabalharem com o conceito de estratégia e, utilizar o conceito de Sistemas de Informação e Sistema de Suporte a Decisão como uma ferramenta que pode trabalhar de forma alinhada com a estratégia da empresa, um maior nível de alinhamento estratégico de TI e negócios podem ser alcançados nestes cursos. Esta pesquisa não conseguiu verificar se esta última linha de pensamento se realiza, pois não foi possível entrevistar os professores dos cursos pesquisados. A Figura 3 apresenta graficamente os resultados colhidos com a pesquisa Cursos da Área de Tecnologia Neste trabalho, os cursos da área de tecnologia foram classificados em cursos de Ciência da Computação, Sistemas de Informação e Engenharia da Computação. A pesquisa verificou que 58,33% dos cursos da área de tecnologia possuem disciplinas da área de negócios e contemplam somente o conceito de planejamento em suas ementas. O conceito de Estratégia é apresentados em 8,33%, o conceito de Alinhamento em 4,17% e o conceito de Paradoxo da Produtividade não é apresentado em nenhum curso da área de tecnologia. 6

7 Sistema de Informação ERP, E-Commerce, E- Business Sistema de Suporte a Decisão Estratégia e SI Paradoxo da Produtividade Alinhamento Estratégico Sem Conceitos de TI Engenharia de Produção Adminstração Figura 3 - Gráfico dos Cursos de Negócios Os cursos de Sistemas de Informação atingem um percentual de 66,67% na apresentação dos conceitos de planejamento, e 33,33% destes cursos trabalham a questão de alinhamento. Um número alarmante encontrado nos cursos da área de tecnologia mostra que 41,67% destes cursos não apresentam conceitos relacionados à área de negócios. Analisando os números acima, verifica-se que, na amostra pesquisada, os cursos da área de tecnologia estão distantes dos conceitos de alinhamento estratégico entre TI e negócios. Os conceitos de Paradoxo da Produtividade, Alinhamento e Estratégia devem ser contemplados nos cursos da área de Tecnologia. A Figura 4 apresenta os resultados desta pesquisa. 4.2 A proposta dos Orgãos Direcionadores (SBC e CFA) Nesta seção, serão apresentadas as propostas dos órgãos direcionadores dos cursos de Tecnologia e Negócios: Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e Conselho Federal de Administração (CFA). É importante deixar claro que essas instituições são classificadas como órgãos direcionadores neste trabalho, pois atuam diretamente ao Ministério de Educação e Cultura (MEC). As informações desta seção foram extraídas dos sites da SBC [9] e do CFA [2]. Várias instituições de ensino utilizam os trabalhos desenvolvidos pela SBC e pelo CFA para montar os currículos de seus cursos. A SBC divide os cursos de área tecnológica em duas linhas (página 2 do currículo de referência de 1999 (CR99)): atividade meio (cursos de Sistemas de Informação e Informática); atividade fim (cursos de Ciência da Computação e Engenharia de Computação). A proposta da SBC para os cursos da área de tecnologia indica que a mesma está preocupada com o conceito de alinhamento estratégico entre TI e Negócios. A seguir seguem alguns indícios comprovando está preocupação:

8 Planejamento Estratégia Paradoxo da Produtividade Alinhamento Estratégico Sem Conceitos de Negócios Sistema de Informação Tecnologia Figura 4 - Gráfico dos cursos de tecnologia Seção 4.1 do CR99 (página 2) Perfil Profissional Aspecto Gerais possui o item: Formação em negócios, permitindo uma visão da dinâmica organizacional. Seção 4.2 (página 2) Perfil Profissional Aspecto Técnicos possui o item: Critérios para seleção de software e hardware adequados às necessidades empresariais, industriais, administrativas de ensino e de pesquisa. Seção 4.3 (página 3): Os profissionais devem ser aptos a desenvolver e utilizar sistemas de informações para solução de problemas organizacionais ou administrativos de diversos tipos de empresas: industriais, de prestação de serviços, de consultoria, empresas públicas e estatais, empresas produtoras de softwares etc.. Disciplinas propostas pelo currículo de referência para os cursos de tecnologia. Gestão da Informação que apresenta como ementa: Tecnologia da informação. Planejamento estratégico da informação. Os papéis do profissional na gestão da informação: infomanagers, knowledge workers, analistas de negócios. Ferramentas utilizadas na gestão da informação. Gerência de Projetos: Gerenciamento de expectadores: superiores, usuários, membros da equipe e outros membros relacionados ao projeto. Determinação dos requisitos de habilidade e alocação de equipes ao projeto. Análise de custo e eficiência. Técnicas de apresentação e comunicação. Gerenciamento efetivo de aspectos técnicos e comportamentais do projeto. Gerenciamento das mudanças. Administração que apresenta como ementa: Visão de problemas e ferramentas usadas no processo decisório do departamento de O&M das organizações. Visão sistêmica das organizações [9]. Nos cursos de atividade fim é sugerido pela SBC apenas a disciplina de Administração. Analisando a proposta da SBC conclui-se que nos cursos de atividade meio recomenda-se que se apresente o conceito de alinhamento estratégico por meio dos conceitos de planejamento estratégico da informação, gestão da informação e analista de negócios. Já nos cursos de atividade fim, a SBC sugere que se apresente apenas a

9 disciplina de Administração. Seria interessante que os coordenadores de cursos e diretores das instituições de ensino superiores incluíssem em seus cursos de atividade fim as disciplinas de gestão de informação e gerência de projetos. Isto é perfeitamente possível, pois o CR99 não é caracterizado como um currículo mínimo e sim um guia de referência para que as instituições de ensino personalizem seus cursos. O CFA elenca um conjunto de disciplina de formação básica e instrumental em seu currículo, entre estas disciplinas encontra-se a Informática. Porém informática é um termo genérico, pode tratar desde os conceitos básicos de hardware e software até conceitos de redes de computadores, tecnologia da informação etc. Por meio disto verifica-se que as instituições de ensino não possuem um norteamento para implementar seus currículos. A análise acima mostra que tanto a SBC como CFA estão atentos as questões levantadas neste trabalho. 5 - Conclusão Este trabalho procurou responder se é apresentado o conceito de alinhamento estratégico entre TI e negócios nos cursos de Administração de Empresas, Engenharia de Produção, Sistemas de Informação, Ciência da Computação e Engenharia da Computação. Verificou-se que a maioria dos cursos pesquisados não apresenta o conceito de alinhamento estratégico entre TI e Negócios. Os cursos da área de negócios (Administração e Engenharia da Produção) levam uma vantagem na formação de profissionais com conceito de alinhamento estratégico se comparados aos cursos de Tecnologia (demais cursos citados no parágrafo anterior). É importante citar que estas conclusões foram extraídas, segundo a amostra de cursos pesquisada. Os orgãos direcionadores dos cursos da área de tecnologia e administração norteiam as instituições de ensino para que as mesmas apresentem o conceito de alinhamento estratégico. O currículo do Conselho Federal de Administração (direcionador da área de negócios) possui deficiências, estas foram apresentadas na seção 4 deste trabalho. Seria interessante que os coordenadores de cursos de tecnologia e negócios analisassem se os conceitos de alinhamento estratégicos estão sendo apresentados aos seus alunos. Por questões éticas não serão revelados os nomes das instituições que forneceram as ementas para o mapeamento da pesquisa apresentada na seção 4. Um ponto fraco deste trabalho está na impossibilidade de entrevistar os professores das instituições pesquisadas. Como trabalho futuro, os autores deste trabalho sugerem que se elabore uma entrevista com os professores que trabalham com as disciplinas de negócios nos cursos de tecnologia, e com os professores responsáveis pelas disciplinas de tecnologia nos cursos de negócios para confirmar os dados apresentados nesta pesquisa. Referências [1] Brodbeck, Ângela F. e Hoppen Norberto. Modelo de Alinhamento Estratégico para Implementação dos Planos de Negócio e de Tecnologia de Informação. Publicado nos Anais da ANPAD de Setembro/2000. [2] Site do Conselho Federal de Administração. consultado em 19 de novembro de [3] Henderson, J. C. e Venkatraman, N. Strategic Alignment: Leveragind Information Techonology for Trasnforming Organizations. IBM System Journal. vol. 32, 1993, pp [4] Site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. consultado em 19 de novembro de [5] Revista Information Week nº 61 de 04 de janeiro de [6] Lederer, A. L. e Mendelow, A. L. Coordination of Information Systems Plans with Business Plans. Journal of Management Information Systems. Fall, 6(2), 1989, pp [7] Luftman, Jerry N. Assessing Business-IT Alignment Maturity. Stratégic Information Tecnology: Opportunities for Competitive Advantage, editado por Raymond Papp. Hershey,

10 Opportunities for Competitive Advantage, editado por Raymond Papp. Hershey, [8] Mintzberg, H. Strategy Formation: Schools of Thought. In: Frederichom, J. W. Perspectives in Strategies Management. Harper Business. Harper&Row, USA, [9] Site da Sociedade Brasileira de Computação. consultado em 19 de novembro de [10] Stratopoulos, T. e Dehninh B., Does Successful Investment in Information Technology Solve the Productivity Paradox?. Information & management vol. 38 (2000) pp [11] Teo, T. S. H. Integration Between Business Planning and Information Systems Planning: An Evolutionary-Contigency Perspective. Dissertation Universidade of Pittsburg. Agradecimentos Agradecemos a todas instituições de ensino superior que contribuíram, fornecendo suas ementas, para o desenvolvimento deste trabalho. O Departamento de Engenharia de Produção da Universidade de São Paulo e a Fundação Educacional do Município de Assis, que disponibilizaram ajuda para que este trabalho fosse consolidado.

Currículo Resumido. Umberto Correia. Experiência Profissional:

Currículo Resumido. Umberto Correia. Experiência Profissional: Currículo Resumido Umberto Correia Experiência Profissional: 30 anos de atuação em TI e telecom em grandes corporações. Diretor da Portal do Treinamento. Vivência em processos e projetos, treinamento e

Leia mais

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1

Alinhamento Estratégico. A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 Conhecimento em Tecnologia da Informação Alinhamento Estratégico A importância do alinhamento entre a TI e o Negócio e o método proposto pelo framework do CobiT 4.1 2010 Bridge Consulting Apresentação

Leia mais

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação O Valor da TI Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Referências Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA Gestão em TI Tópicos Especiais Alinhamento Estratégico TI e Negócios Professor: Fernando Zaidan 1 JAMIL, George Leal. Tecnologia e Sistemas de Informação.

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO PMI PULSO DA PROFISSÃO RELATÓRIO DETALHADO GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO Destaques do Estudo As organizações mais bem-sucedidas serão aquelas que encontrarão formas de se diferenciar. As organizações estão

Leia mais

Executive Business Process Management

Executive Business Process Management Executive Business Process Management Executive Business Consulting 1 Executive Business Process Management (EBPM) O aumento da competitividade das organizações passa pela melhoria dos processos, principalmente

Leia mais

Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii. Parte I - Empresa e Sistemas, 1

Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii. Parte I - Empresa e Sistemas, 1 Apresentação, xix Prefácio à 8a edição, xxi Prefácio à 1a edição, xxiii Parte I - Empresa e Sistemas, 1 1 SISTEMA EMPRESA, 3 1.1 Teoria geral de sistemas, 3 1.1.1 Introdução e pressupostos, 3 1.1.2 Premissas

Leia mais

Análise da vantagem de adoção e uso de sistemas ERP código aberto em relação aos sistemas ERP código fechado

Análise da vantagem de adoção e uso de sistemas ERP código aberto em relação aos sistemas ERP código fechado Análise da vantagem de adoção e uso de sistemas ERP código aberto em relação aos sistemas ERP código fechado Louis Albert Araujo Springer Luis Augusto de Freitas Macedo Oliveira Atualmente vem crescendo

Leia mais

10 Minutos. sobre práticas de gestão de projetos. Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas

10 Minutos. sobre práticas de gestão de projetos. Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas 10 Minutos sobre práticas de gestão de projetos Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas Destaques Os CEOs de setores que enfrentam mudanças bruscas exigem inovação

Leia mais

Processos Gerenciais

Processos Gerenciais UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Processos Gerenciais Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais. 1.

Leia mais

ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO*

ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO* ERP & BI ENTENTENDO A BUSCA CONSTANTE DAS EMPRESAS POR UM SISTEMA QUE FORNEÇA INFORMAÇÕES CONFIÁVEIS PARA TOMADA DE DECISÃO* RESUMO Marilia Costa Machado - UEMG - Unidade Carangola Graciano Leal dos Santos

Leia mais

Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI

Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI Gilberto Zorello (USP) gilberto.zorello@poli.usp.br Resumo Este artigo apresenta o Modelo de Alinhamento Estratégico

Leia mais

Requisitos de Software

Requisitos de Software Requisitos de Software Prof. José Honorato F.N. Prof. José Honorato F.N. honoratonunes@gmail.com Requisitos de Software Software é o conjunto dos programas e dos meios não materiais que possibilitam o

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras

A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras A Importância do CRM nas Grandes Organizações Brasileiras Por Marcelo Bandeira Leite Santos 13/07/2009 Resumo: Este artigo tem como tema o Customer Relationship Management (CRM) e sua importância como

Leia mais

Inteligência Organizacional, Inteligência Empresarial, Inteligência Competitiva, Infra-estrutura de BI mas qual é a diferença?

Inteligência Organizacional, Inteligência Empresarial, Inteligência Competitiva, Infra-estrutura de BI mas qual é a diferença? Inteligência Organizacional, Inteligência Empresarial, Inteligência Competitiva, Infra-estrutura de BI mas qual é a diferença? * Daniela Ramos Teixeira A Inteligência vem ganhando seguidores cada vez mais

Leia mais

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Análise de Maturidade de Governança

Leia mais

Atuação da Auditoria Interna na Avaliação da Gestão de Tecnologia da Informação

Atuação da Auditoria Interna na Avaliação da Gestão de Tecnologia da Informação Atuação da Auditoria Interna na Avaliação da Gestão de Tecnologia da Informação Emerson de Melo Brasília Novembro/2011 Principais Modelos de Referência para Auditoria de TI Como focar no negócio da Instituição

Leia mais

Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro. Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014

Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro. Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014 Gestão da Inovação no Contexto Brasileiro Hugo Tadeu e Hérica Righi 2014 INTRODUÇÃO Sobre o Relatório O relatório anual é uma avaliação do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da FDC sobre as práticas

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA INFORMÁTICA

ADMINISTRAÇÃO DA INFORMÁTICA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMÁTICA A informação sempre esteve presente em todas as organizações; porém, com a evolução dos negócios, seu volume e valor aumentaram muito, exigindo uma solução para seu tratamento,

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Recursos Humanos Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos 1.

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Marketing Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Marketing. 1. Introdução Os Projetos

Leia mais

1 - Introdução 1.1 Contextualização do Problema

1 - Introdução 1.1 Contextualização do Problema 1 - Introdução 1.1 Contextualização do Problema No ambiente de negócios atual, o potencial da Tecnologia da Informação (TI) está sendo utilizado para alavancar a vantagem competitiva de inúmeras industrias.

Leia mais

Secretaria de Estado da Administração e da Previdência Departamento de Recursos Humanos Escola de Governo do Paraná SÍNTESE DAS EMENTAS PROPOSTAS

Secretaria de Estado da Administração e da Previdência Departamento de Recursos Humanos Escola de Governo do Paraná SÍNTESE DAS EMENTAS PROPOSTAS 1º MÓDULO: SÍNTESE DAS EMENTAS PROPOSTAS Economia e Sociedade do Conhecimento: Conceitos básicos: economia da informação e conhecimento. Investimentos tangíveis e intangíveis. Gestão do Conhecimento e

Leia mais

Gestão estratégica em finanças

Gestão estratégica em finanças Gestão estratégica em finanças Resulta Consultoria Empresarial Gestão de custos e maximização de resultados A nova realidade do mercado tem feito com que as empresas contratem serviços especializados pelo

Leia mais

CMMI (Capability Maturity Model Integration) Thiago Gimenez Cantos. Bacharel em Sistemas de Informação

CMMI (Capability Maturity Model Integration) Thiago Gimenez Cantos. Bacharel em Sistemas de Informação CMMI (Capability Maturity Model Integration) Thiago Gimenez Cantos Bacharel em Sistemas de Informação Faculdade de Informática de Presidente Prudente Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) thiago@visioncom.com.br;

Leia mais

ORGANIZATI ONAL AGILITY

ORGANIZATI ONAL AGILITY PMI PULSO DA PROFISSÃO RELATÓRIO DETALHADO A VANTAGEM COMPETITIVA DO GERENCIAMENTO EFICAZ DE TALENTOS ORGANIZATI ONAL ORGANIZATI ONAL AGILITY AGILITY MARÇO DE 2013 Estudo Detalhado Pulse of the Profession

Leia mais

PMI Project Management Institute

PMI Project Management Institute PMP - Project Management Professional desde 1998 Presidente do Project Management Institute RS 00/04 Coordenador Latino-Americano do PMI-ISSIG por Projetos na Abordagem PMI Vice-Presidente da SUCESU-RS

Leia mais

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MECANISMOS PARA GOVERNANÇA DE T.I. IMPLEMENTAÇÃO DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MECANISMOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O CICLO DA GOVERNANÇA DE TI O Ciclo da Governança de T.I. ALINHAMENTO

Leia mais

Gestão e estratégia de TI Conhecimento do negócio aliado à excelência em serviços de tecnologia

Gestão e estratégia de TI Conhecimento do negócio aliado à excelência em serviços de tecnologia Gestão e estratégia de TI Conhecimento do negócio aliado à excelência em serviços de tecnologia Desafios a serem superados Nos últimos anos, executivos de Tecnologia de Informação (TI) esforçaram-se em

Leia mais

CobiT 5. Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? Conhecimento em Tecnologia da Informação

CobiT 5. Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação CobiT 5 Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? 2013 Bridge Consulting All rights reserved Apresentação Sabemos que a Tecnologia da

Leia mais

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001 INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, Eng. MBA Maio de 2001 Apresentação Existe um consenso entre especialistas das mais diversas áreas de que as organizações bem-sucedidas no século XXI serão

Leia mais

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Aula 1 Ementa Fases do Ciclo de Vida do Desenvolvimento de Software, apresentando como os métodos, ferramentas e procedimentos da engenharia de software, podem

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da

Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da Informação e Documentação Disciplina: Planejamento e Gestão

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1 Governança de TI ITIL v.2&3 parte 1 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL 1 1 ITIL Gerenciamento de Serviços 2 2 Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços 3 3 Gerenciamento de Serviços

Leia mais

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com Conceito Com base nas definições podemos concluir que: Governança de de TI TI busca o compartilhamento de de decisões de de TI TI com os os demais dirigentes

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009

Gerenciamento de Projetos. Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 Semana de Tecnologia Gerenciamento de Projetos Faculdade Unisaber 2º Sem 2009 ferreiradasilva.celio@gmail.com O que é um Projeto? Projeto é um "esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço

Leia mais

Por Antonio Couto. Autor: Antonio Couto Enterprise Architect

Por Antonio Couto. Autor: Antonio Couto Enterprise Architect Cloud Computing e HP Converged Infrastructure Para fazer uso de uma private cloud, é necessário crescer em maturidade na direção de uma infraestrutura convergente. Por Antonio Couto O que é Cloud Computing?

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Osmar Mendes 1 Gilberto Raiser 2 RESUMO Elaborar uma proposta de planejamento estratégico é uma forma de criar um bom diferencial competitivo, pois apresenta para a organização

Leia mais

www.fgvsp.br/cia/ned 5 ª EDIÇÃO MARÇO DE 2003 RESUMO *

www.fgvsp.br/cia/ned 5 ª EDIÇÃO MARÇO DE 2003 RESUMO * CENTRO DE INFORMÁTICA APLICADA PROGRAMA DE EXCELÊNCIA DE NEGÓCIOS NA ERA DIGITAL PESQUISA FGV COMÉRCIO ELETRÔNICO NO MERCADO BRASILEIRO www.fgvsp.br/cia/ned 5 ª EDIÇÃO MARÇO DE 2003 RESUMO * COORDENADOR:

Leia mais

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança.

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança. EMC Consulting Estratégia visionária, resultados práticos Quando a informação se reúne, seu mundo avança. Alinhando TI aos objetivos de negócios. As decisões de TI de hoje devem basear-se em critérios

Leia mais

TI - GESTÃO DE PROJETOS

TI - GESTÃO DE PROJETOS TI - GESTÃO DE PROJETOS BISCAIA, R RESUMO: Atualmente o mercado competitivo faz com que empresas busquem constantemente inovações para se manterem competitivas, e nesse cenário tempo, custo e qualidade,

Leia mais

PIM VII e VIII Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM VII e VIII Projeto Integrado Multidisciplinar UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PIM VII e VIII Projeto Integrado Multidisciplinar PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: O projeto descrito abaixo

Leia mais

Gestão de Projetos Logísticos

Gestão de Projetos Logísticos Gestão de Projetos Logísticos Professor: Fábio Estevam Machado CONTEÚDO DA AULA ANTERIOR Teoria Gestão de Projetos Projetos Atualidades Tipos de Projetos Conceitos e Instituições Certificação Importância

Leia mais

Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT

Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT Professor Samuel Graeff prof.samuel@uniuv.edu.br COBIT O que e? COBIT significa Control Objectives for Information and related Technology - Objetivos

Leia mais

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Introdução Atualmente, é impossível imaginar uma empresa sem uma forte área de sistemas

Leia mais

TÍTULO: IMPLANTAÇÃO DE SGQ ISO 9001 NO BRASIL: UM ESTUDO SOBRE O SERVIÇO DE CONSULTORIA

TÍTULO: IMPLANTAÇÃO DE SGQ ISO 9001 NO BRASIL: UM ESTUDO SOBRE O SERVIÇO DE CONSULTORIA TÍTULO: IMPLANTAÇÃO DE SGQ ISO 9001 NO BRASIL: UM ESTUDO SOBRE O SERVIÇO DE CONSULTORIA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

Leia mais

RHIND Group. Rhind Group. Nossa Equipe. Nosso objetivo

RHIND Group. Rhind Group. Nossa Equipe. Nosso objetivo Rhind Group É uma empresa estruturada para prover soluções em consultoria e assessoria empresarial aos seus clientes e parceiros de negócios. Com larga experiência no mercado, a Rhind Group tem uma trajetória

Leia mais

Modelo de Qualidade CMMI

Modelo de Qualidade CMMI Modelo de Qualidade CMMI João Machado Tarcísio de Paula UFF - Campus Rio das Ostras Resumo Este trabalho tem como objetivo explicar de forma simples o que é e como funciona o modelo de qualidade CMMI,

Leia mais

Modelagem de Processos de Negócio Departamento de Ciência da Computação - UFMG. Maturidade em BPM. (Business Process Management)

Modelagem de Processos de Negócio Departamento de Ciência da Computação - UFMG. Maturidade em BPM. (Business Process Management) Modelagem de Processos de Negócio Departamento de Ciência da Computação - UFMG Maturidade em BPM (Business Process Management) Douglas Rodarte Florentino Belo Horizonte, 21 de Junho de 2010 Agenda Introdução

Leia mais

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO As Empresas e os Sistemas Problemas locais - impacto no sistema total. Empresas como subsistemas de um sistema maior. Uma empresa excede a soma de

Leia mais

Curso de Especialização em GESTÃO DE EQUIPES E VIABILIDADE DE PROJETOS

Curso de Especialização em GESTÃO DE EQUIPES E VIABILIDADE DE PROJETOS Curso de Especialização em GESTÃO DE EQUIPES E VIABILIDADE DE PROJETOS ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão de Equipes e Viabilidade

Leia mais

1 Encontro Metropolitano de Tecnologia da Baixada Santista. Guia de Profissões - Tecnologia. Prof. Dr. Marcelo Pereira Bergamaschi

1 Encontro Metropolitano de Tecnologia da Baixada Santista. Guia de Profissões - Tecnologia. Prof. Dr. Marcelo Pereira Bergamaschi 1 Encontro Metropolitano de Tecnologia da Baixada Santista Guia de Profissões - Tecnologia Prof. Dr. Marcelo Pereira Bergamaschi Breve Currículo Marcelo Pereira Bergamaschi -> Bergamaschi Bacharelado em

Leia mais

GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO

GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO Estevanir Sausen¹, Patricia Mozzaquatro² ¹Acadêmico do Curso de Ciência da Computação ²Professor(a) do Curso de Ciência da Computação Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ)

Leia mais

Governança Corporativa. A importância da Governança de TI e Segurança da Informação na estratégia empresarial.

Governança Corporativa. A importância da Governança de TI e Segurança da Informação na estratégia empresarial. Governança Corporativa A importância da Governança de TI e Segurança da Informação na estratégia empresarial. A virtualização dos negócios tem impactado diretamente a condição de fazer negócio, conferindo

Leia mais

Administração de Pessoas

Administração de Pessoas Administração de Pessoas MÓDULO 16: RESULTADOS RELATIVOS À GESTÃO DE PESSOAS 16.1 Área de RH e sua contribuição O processo de monitoração é o que visa saber como os indivíduos executam as atribuições que

Leia mais

Risco na medida certa

Risco na medida certa Risco na medida certa O mercado sinaliza a necessidade de estruturas mais robustas de gerenciamento dos fatores que André Coutinho, sócio da KPMG no Brasil na área de Risk & Compliance podem ameaçar a

Leia mais

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade As empresas têm passado por grandes transformações, com isso, o RH também precisa inovar para suportar os negócios

Leia mais

Governança de TI. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com

Governança de TI. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança de TI Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança Governar Governança Ato de governar(-se), governo, governação Governar ter mando, direção, dirigir, administrar tratar

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação.

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional 1. Função no Projeto: Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. 2. Nosso Número BRA/12/010 3. Antecedentes A missão

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CORPORATIVA

SISTEMA DE INFORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CORPORATIVA SISTEMA DE INFORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO SISTEMA DE INFORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CORPORATIVA SISTEMA DE INFORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO SISTEMA DE INFORMAÇÕES Um Sistema de Informação não precisa ter essencialmente

Leia mais

Três caminhos para melhores processos decisórios: O que você deve saber Agora Sumário executivo

Três caminhos para melhores processos decisórios: O que você deve saber Agora Sumário executivo Três caminhos para melhores processos decisórios: O que você deve saber Agora Technology Evaluation Centers Três caminhos para melhores processos decisórios: O que você deve saber Agora Todos os dias,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MISSÃO DO CURSO A concepção do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas está alinhada a essas novas demandas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

Capítulo PLANEJAMENTO MARIA DE FÁTIMA DA COSTA ALMEIDA

Capítulo PLANEJAMENTO MARIA DE FÁTIMA DA COSTA ALMEIDA Capítulo 1 PLANEJAMENTO MARIA DE FÁTIMA DA COSTA ALMEIDA Boas práticas de laboratório Maria de Fátima da Costa Almeida Doutora em Fisiologia pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e mestre em

Leia mais

Estudo de caso para implantação do modelo MR-MPS-SV

Estudo de caso para implantação do modelo MR-MPS-SV Estudo de caso para implantação do modelo MR-MPS-SV Giovani Hipolito Maroneze 1, Jacques Duílio Branches 1 1 Departamento de Computação Universidade Estadual de Londrina (UEL) Caixa Postal 10.001 86.057-970

Leia mais

A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos

A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos Denis Alcides Rezende Do processamento de dados a TI Na década de 1960, o tema tecnológico que rondava as organizações era o processamento de

Leia mais

ESCOLA PAULISTA DE NEGOCIOS DISCIPLINA: ESTRATÉGIA E PLANEJAMENTO CORPORATIVO PROFESSOR: CLAUDEMIR DUCA VASCONCELOS ALUNOS: BRUNO ROSA VIVIANE DINIZ

ESCOLA PAULISTA DE NEGOCIOS DISCIPLINA: ESTRATÉGIA E PLANEJAMENTO CORPORATIVO PROFESSOR: CLAUDEMIR DUCA VASCONCELOS ALUNOS: BRUNO ROSA VIVIANE DINIZ ESCOLA PAULISTA DE NEGOCIOS DISCIPLINA: ESTRATÉGIA E PLANEJAMENTO CORPORATIVO PROFESSOR: CLAUDEMIR DUCA VASCONCELOS ALUNOS: BRUNO ROSA VIVIANE DINIZ INTRODUÇÃO Estratégia é hoje uma das palavras mais utilizadas

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Alinhamento das expectativas; O por que diagnosticar; Fases do diagnóstico; Critérios de seleção para um ERP; O papel da

Leia mais

Estratégia de Operações - Modelos de Formulação - Jonas Lucio Maia

Estratégia de Operações - Modelos de Formulação - Jonas Lucio Maia Estratégia de Operações - Modelos de Formulação - Jonas Lucio Maia Processo de EO Procedimentos que são, ou podem ser, usados para formular as estratégias de operações que a empresa deveria adotar (SLACK,

Leia mais

Uma nova cultura em processos e projetos

Uma nova cultura em processos e projetos Uma nova cultura em processos e projetos 10 KPMG Business Magazine Mercado caminha para a maturidade, com uma maior percepção dos benefícios da gestão por processos para atender aos objetivos estratégicos

Leia mais

GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS. Vanice Ferreira

GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS. Vanice Ferreira GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS Vanice Ferreira 12 de junho de 2012 GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS: conceitos iniciais DE QUE PROCESSOS ESTAMOS FALANDO? GESTÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS: conceitos iniciais

Leia mais

Plano Estratégico de Tecnologia de Informação - PETI

Plano Estratégico de Tecnologia de Informação - PETI Plano Estratégico de Tecnologia de Informação - PETI Hercio M. Ferraro Neto Pós-Graduando em Adm. De Sistemas de Informação Neste artigo iremos tratar de uma ferramenta da administração de sistemas de

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM MARKETING E GESTÃO DE EQUIPES

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM MARKETING E GESTÃO DE EQUIPES CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM MARKETING E GESTÃO DE EQUIPES ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em MBA Executivo e Marketing e

Leia mais

Curso de Especialização em GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR

Curso de Especialização em GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR Curso de Especialização em GESTÃO E LOGÍSTICA HOSPITALAR ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração e Saúde. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão e Logística Hospitalar.

Leia mais

ERP Enterprise Resource Planning. Sistemas Integrados de Gestão

ERP Enterprise Resource Planning. Sistemas Integrados de Gestão ERP Enterprise Resource Planning Sistemas Integrados de Gestão ERP O que é S.I. com módulos integrados que dão suporte a diversas áreas operacionais Ex. vendas, gestão de materiais, produção, contabilidade,

Leia mais

Fasci-Tech SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO

Fasci-Tech SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO SISTEMA ERP: FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO DE UMA IMPLANTAÇÃO Jorge Luiz Maria Junior 1 Profa. MSc. Rosangela Kronig 2 Resumo Através dos sistemas de informação, as organizações mundiais buscam práticas

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP

SISTEMAS DE GESTÃO - ERP A IMPORTÂNCIA DA CONSULTORIA NA SELEÇÃO / IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO - ERP Para as corporações, as mudanças são absorvidas pelas equipes internas, envolvendo tecnologia, contabilidade, logística

Leia mais

União Metropolitana de Educação e Cultura. Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM

União Metropolitana de Educação e Cultura. Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM União Metropolitana de Educação e Cultura Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM Lauro de Freitas - BAHIA 2013 2 JUSTIFICATIVA A principal justificativa para o desenvolvimento e implementação

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO Pesquisa realizada com os participantes do de APRESENTAÇÃO O perfil do profissional de projetos Pesquisa realizada durante o 16 Seminário Nacional de, ocorrido em Belo Horizonte em Junho de, apresenta

Leia mais

Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI

Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI Universidade Federal de Pernambuco Graduação em Ciência da Computação Centro de Informática Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO - UNIVERSITAS

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO - UNIVERSITAS Curso de Administração Autorizado pela Portaria nº 2573, de 04 de dezembro de 2001. FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO - UNIVERSITAS CURSO: ADMINISTRAÇÃO PLANO SEMESTRAL DE ENSINO - 2009 Disciplina: Adm. de Sist.

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL DE MÉDIO PORTE NO BRASIL. Elisabete Maria de Freitas Arquiteta

Leia mais

C.M.M. Capability Maturity Model Modelo de Maturidade da Capacidade

C.M.M. Capability Maturity Model Modelo de Maturidade da Capacidade UNISUL Universidade do Sul de Santa Catarina. Campus da Grande Florianópolis Pedra Branca. CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE SOFTWARE ALUNO: Volnei A. Caetano Palhoça 02 de Junho de 2000 C.M.M. Capability

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi

GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA QUALIDADE GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi MARÇO/2010

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

Administração de CPD Chief Information Office

Administração de CPD Chief Information Office Administração de CPD Chief Information Office Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados ao profissional de

Leia mais

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Governança de TI - Aula 2. Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Governança de TI - Aula 2. Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Governança de TI - Aula 2 Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com Projetos Altos investimentos em TI - importante que tenhamos processos eficazes para

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

IDÉIAS SOBRE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS EMPRESARIAIS INTEGRADOS. Prof. Eduardo H. S. Oliveira

IDÉIAS SOBRE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS EMPRESARIAIS INTEGRADOS. Prof. Eduardo H. S. Oliveira IDÉIAS SOBRE IMPLANTAÇÃO DE SISTEMAS EMPRESARIAIS INTEGRADOS Introdução Nos últimos seis anos, tem ocorrido no Brasil uma verdadeira revolução na área de gestão empresarial. Praticamente, todas as grandes

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócio

Gerenciamento de Processos de Negócio Gestão por Processos By Alan Lopes +55 22-99202-0433 alopes.campos@mail.com http://prof-alan-lopes.weebly.com Gerenciamento de Processos de Negócio - Conceitos e fundamentos - Modelagem de processo - Análise

Leia mais

PIM V e VI Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM V e VI Projeto Integrado Multidisciplinar UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PIM V e VI Projeto Integrado Multidisciplinar PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: O projeto descrito abaixo contempla

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS GESTÃO POR COMPETÊNCIAS STM ANALISTA/2010 ( C ) Conforme legislação específica aplicada à administração pública federal, gestão por competência e gestão da capacitação são equivalentes. Lei 5.707/2006

Leia mais