Metinaro. 26 de Setembro

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Metinaro. 26 de Setembro"

Transcrição

1 Breves Palavras de Sua Excelência o Presidente do Parlamento Nacional, Vicente da Silva Guterres, em representação de Sua Excelência o Presidente da República Democrática de Timor- Leste, por ocasião da inauguração do Centro da Atividade Nacional da União Nacional dos Escuteiros de Timor- Leste Metinaro 26 de Setembro Ex.ma Senhora Presidente da União Nacional dos Escuteiros de Timor- Leste, Senhora Secretária de Estado, Caros Escuteiros, Minhas Amigas e Meus Amigos, É com imensa honra que estou aqui, em representação de Sua Excelência o Presidente da República, vosso Patrono, para inaugurar o Centro de Atividade Nacional da União Nacional dos Escuteiros de Timor- Leste. Mais de 100 anos depois de ter sido criado, o Escutismo não perdeu a atualidade, mantém- se como o maior movimento juvenil do mundo, 1

2 está presente em mais de 216 países e territórios e envolve mais de 33 milhões de jovens. É o maior movimento juvenil e pedagógico da história, tendo como objetivo estar ao serviço do jovem como cidadão, de caráter voluntário e pessoal, e que tem como resultado um cidadão participativo na sociedade. Os milhões de jovens que reúne ajudam voluntariamente, pelo mundo todo, a educar milhões de crianças contribuindo para a formação integral da pessoa humana através de jogos, desporto, aventuras, vida em grupo e a vida ao ar livre, sempre em busca da fé em Deus e colocando- se ao serviço da sociedade. O Movimento Escutista oferece à sociedade uma educação complementar para os seus jovens, entre os 6 e os 25 anos, com a orientação de adultos que assumem o papel de irmãos mais velhos. Assim se pretende preparar a juventude para auxiliar na construção de um mundo mais justo e solidário construído com a participação de todos, desenvolvendo o jovem de uma forma verdadeiramente humana. Meus Amigos e Amigas, A Missão do escutismo é muito nobre pois incide sobre a formação humana das crianças e jovens, sobre os quais recairá um dia a tarefa de levarem este país para a frente. 2

3 O escutismo prepara para a vida e educa para a cidadania. Cada escuteiro deve praticar diariamente uma boa ação, criando assim hábitos de partilha e de servir o outro. Os valores como a Honra, a Lealdade, a Compaixão e Humildade, a Solidariedade e Cortesia, a Temperança, a Coragem e o Humor, a Sabedoria, a Pureza e a Prudência estão sempre presentes na vida de um escuteiro. O Escutismo educa para a Paz. Se as guerras nascem na mente dos homens, é na mente dos homens que devem ser erguidas as defesas da paz. O fim último do Escutismo é desenvolver jovens para a paz e para a construção de uma sociedade mais justa, mais una e mais fraterna. É precisamente porque contribui para melhores homens e mulheres de amanhã, que este Movimento é tão importante em Timor- Leste. Louvo, por isso, esta iniciativa de construção deste Centro de Atividade Nacional. Destaco a importância da formação dos chefes e dos dirigentes dos escuteiros timorenses, que é uma das vocações do Centro. Este Centro tem uma tarefa crucial a desempenhar e destaco o facto de não estar localizado em Díli. 3

4 É importante descentralizar. É fundamental disseminar o Movimento e os seus princípios por todo o país. Desde Lautém a Oecussi. É urgente formar novos chefes e dirigentes do Movimento de todos os distritos para que rapidamente possam desenvolver o seu trabalho, por todas as regiões, nos sítios mais recônditos do país. Cabe à sociedade timorense aproveitar esta ferramenta de apoio da educação para completar o trabalho da escola e da família e colocar a mão na massa fazendo valer tanto os direitos como os deveres de cidadãos na construção de uma sociedade mais justa e equilibrada. Eu nunca fui escuteiro mas li o livro do fundador, Baden Powell, e reconheço no Movimento muitos valores que felizmente ainda estão presentes nas famílias timorenses. Apelo, por isso, às famílias que incentivem as suas crianças e os seus jovens a aderirem ao Escutismo. Meus Amigos e Minhas Amigas, Sei que esta obra resultou do esforço e da contribuição de diversas entidades estatais e não só, e ainda de uma frutuosa parceria entre os escuteiros timorenses e os escuteiros australianos. 4

5 Agradeço muito a contribuição de todos mas o que vamos inaugurar hoje não é um ponto de chegada mas sim um ponto de partida. É por isso importante continuar a contar com a contribuição do Estado e com a parceria, já longa, com os irmãos australianos. Sempre Alerta para Servir! Muito obrigado a todos e bom trabalho. 5

Um Mundo Uma Promessa

Um Mundo Uma Promessa Um Mundo Uma Promessa www.cne-escutismo.pt escutismo.pt 1 PORQUÊ CELEBRAR O CENTENÁRIO DO ESCUTISMO? 2 Milhões de pessoas da maior parte dos países e das culturas do mundo aderiram à Promessa e à Lei do

Leia mais

Corpo Nacional de Escutas Escutismo Católico Português

Corpo Nacional de Escutas Escutismo Católico Português Corpo Nacional de Escutas Escutismo Católico Português Agrupamento 348 Meadela INTRODUÇÃO Em direção ao alto Durante os últimos dois anos, o Corpo Nacional de Escutas (CNE) integrou o tema Somos um que

Leia mais

Senhora Presidente da Assembleia da República. Senhor Conselheiro Presidente do Tribunal de Contas. Senhor Ministro dos Assuntos Parlamentares

Senhora Presidente da Assembleia da República. Senhor Conselheiro Presidente do Tribunal de Contas. Senhor Ministro dos Assuntos Parlamentares Senhora Presidente da Assembleia da República Senhor Conselheiro Presidente do Tribunal de Contas Senhor Ministro dos Assuntos Parlamentares Senhores Vice-Presidentes da Assembleia da República e Senhores

Leia mais

A FNA sua Missão e Fins

A FNA sua Missão e Fins A FNA sua Missão e Fins A missão da FNA é a promoção do espírito da Promessa e da Lei Escutista, baseada nos Princípios do Escutismo Católico. Pelo desenvolvimento pessoal continuado, pelo serviço à comunidade.

Leia mais

A MISSÃO E FINALIDADES DO ESCUTISMO. 14º CIP Oriental Casa do Gaiato

A MISSÃO E FINALIDADES DO ESCUTISMO. 14º CIP Oriental Casa do Gaiato A MISSÃO E FINALIDADES DO ESCUTISMO 14º CIP Oriental Casa do Gaiato Objectivos da UF Explicar a Missão do Escutismo Descrever os princípios fundamentais do Escutismo Explicar de que modo se vivem na Unidade

Leia mais

Sua Excelência, Presidente do Parlamento Francisco Lu-Olo Guterres. Sr. Sukehiro Hasegawa, Representante Especial do Secretário-Geral

Sua Excelência, Presidente do Parlamento Francisco Lu-Olo Guterres. Sr. Sukehiro Hasegawa, Representante Especial do Secretário-Geral Sua Excelência, Primeiro Ministro Mari Alkatiri Sua Excelência, Presidente do Parlamento Francisco Lu-Olo Guterres Sr. Sukehiro Hasegawa, Representante Especial do Secretário-Geral Honoráveis Ministros

Leia mais

CERIMONIAIS DAS PROMESSAS

CERIMONIAIS DAS PROMESSAS Corpo Nacional de Escutas Agrupamento 683 - Telheiras CERIMONIAIS DAS PROMESSAS I SECÇÃO Aquelá Reparai bem, ó lobitos, este encontro na Rocha do Conselho é, para nós, muito importante. Sabeis porquê?

Leia mais

XI CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA CPLP

XI CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA CPLP SECRETARIADO EXECUTIVO COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA XI CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA CPLP (Brasília, 01 de novembro de 2016) DISCURSO DA SECRETÁRIA EXECUTIVA DA CPLP MARIA

Leia mais

TEXTO DE APOIO PARA O FORMANDO

TEXTO DE APOIO PARA O FORMANDO CORPO NACIONAL DE ESCUTAS ESCUTISMO CATÓLICO PORTUGUÊS CURSO DE ININIAÇÃO PEDAGÓGICA (C.I.P.) MANUAL ÁREA C SER DIRIGENTE/EDUCADOR MÓDULO C.1 O PAPEL DO DIRIGENTE C.1.1 U.F. DESENVOLVIMENTO PESSOAL TEXTO

Leia mais

ATIVIDADE ESCUTISTA INTERNACIONAL MULTICULTURALIDADE APRENDIZAGEM GEOGRAFIA INTENCIONALIDADE DESAFIO EXPERIÊNCIA INTERAÇÃO

ATIVIDADE ESCUTISTA INTERNACIONAL MULTICULTURALIDADE APRENDIZAGEM GEOGRAFIA INTENCIONALIDADE DESAFIO EXPERIÊNCIA INTERAÇÃO ATIVIDADE ESCUTISTA INTERNACIONAL MULTICULTURALIDADE APRENDIZAGEM GEOGRAFIA INTENCIONALIDADE DESAFIO EXPERIÊNCIA INTERAÇÃO O idoc é uma publicação sobre assuntos que visam contribuir para uma melhor vivência

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES

Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Programa: 2007 janeiro-2007 a janeiro-2007 90 80 70 60 50 40 30 20 10 Programa: 2006 janeiro-2006 a dezembro-2006 90 80 70 60 50 40 30 20 10 TIMOR LESTE Programa: 2005 janeiro-2005 a dezembro-2005 90 80

Leia mais

Corpo Nacional de Escutas Junta Regional de Braga

Corpo Nacional de Escutas Junta Regional de Braga De: Para: Assunto: Data: Geração Sem Medo Lobitos, Exploradores, Pioneiros, Caminheiros e Dirigentes ARAE 2015 Oportunidades Educativas 07/10/2015 Corpo Nacional de Escutas Junta Regional de Braga Oportunidades

Leia mais

- Explicar os factores de sucesso do Método Escutista.

- Explicar os factores de sucesso do Método Escutista. O Jogo Escutista Objectivos - Explicar os factores de sucesso do Método Escutista. - Explicar o que é o Jogo Escutista e o que o caracteriza. - Enunciar os seis elementos fundamentais do jogo escutista

Leia mais

Luanda, 14 de Junho de 2016 EXCELÊNCIAS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO, SENHOR SECRETÁRIO-GERAL, SENHORES MINISTROS, DISTINTOS DELEGADOS,

Luanda, 14 de Junho de 2016 EXCELÊNCIAS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO, SENHOR SECRETÁRIO-GERAL, SENHORES MINISTROS, DISTINTOS DELEGADOS, DISCURSO PRONUNCIADO POR SUA EXCELÊNCIA JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE ANGOLA, POR OCASIÃO DA 6ª CIMEIRA ORDINÁRIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE

Leia mais

Caros Irmãos Escutas,

Caros Irmãos Escutas, Circular 10-1-107 de 05 de Novembro De: Para: Assunto: Data: Secretário Nacional Pedagógico JJRR, JJNN, Agrupamentos Ano Europeu do Voluntariado 2001 05 de Novembro de 2010 Caros Irmãos Escutas, Em 2009,

Leia mais

Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola;

Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola; REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola;

Leia mais

PLANO E ORÇAMENTO PARA Testemunhos de Esperança

PLANO E ORÇAMENTO PARA Testemunhos de Esperança PLANO E ORÇAMENTO PARA 2011 Testemunhos de Esperança Corpo Nacional de Escutas Cego do Maio Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Esposende 7 de Abril de 2011 2 Madre Teresa de Calcutá 2011: TESTEMUNHO 2012:

Leia mais

Gabinete do Presidente

Gabinete do Presidente Mensagem de Sua Excelência o Presidente do Parlamento Nacional de Timor-Leste, Vicente da Silva Guterres, por ocasião do 64.º Aniversário da República Popular da China Sua Excelência Sr. Embaixador Tian

Leia mais

Senhor Deputado António Almeida Santos; Exma. Senhora Embaixadora de Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP);

Senhor Deputado António Almeida Santos; Exma. Senhora Embaixadora de Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP); Apresentação Pública do Relatório sobre a Situação da População Mundial 2013 este ano sobre o tema "Maternidade na Infância - Respondendo aos Desafios da Gravidez na Adolescência". Mesa-Redonda "A Maternidade

Leia mais

Paulo Cuiça, Agr. 996 Chefe de Clã, Séc. Pedagógico N. Lx Ocidental Jorge Guimarães, Agr. 263 Chefe de Agrupamento, Formador CNE

Paulo Cuiça, Agr. 996 Chefe de Clã, Séc. Pedagógico N. Lx Ocidental Jorge Guimarães, Agr. 263 Chefe de Agrupamento, Formador CNE Formadores Paulo Cuiça, Agr. 996 Chefe de Clã, Séc. Pedagógico N. Lx Ocidental Jorge Guimarães, Agr. 263 Chefe de Agrupamento, Formador CNE Objectivos Novo Programa Educa.vo - Maravilha Método O que é?

Leia mais

Percurso Inicial de Formação Sistema de Formação de Adultos no Escutismo. Enriquecimento

Percurso Inicial de Formação Sistema de Formação de Adultos no Escutismo. Enriquecimento Percurso Inicial de Formação Sistema de Formação de Adultos no Escutismo C Enriquecimento Enriquecimento O Enriquecimento visa a consolidação formativa do Candidato a Dirigente em diversas áreas temáticas

Leia mais

RENOVAÇÃO DA ACÇÃO PEDAGÓGICA e TÉCNICA ESCUTISTA

RENOVAÇÃO DA ACÇÃO PEDAGÓGICA e TÉCNICA ESCUTISTA RENOVAÇÃO DA ACÇÃO PEDAGÓGICA e TÉCNICA ESCUTISTA Alguns mal entendidos têm circulado em torno da Técnica Escutista e de uma sua pretensa ausência no Programa Educativo resultante do processo de Renovação

Leia mais

Papa Francisco e Sínodo dos Bispos

Papa Francisco e Sínodo dos Bispos Papa Francisco e Sínodo dos Bispos Pastoral Juvenil Diocese de Jales QUESTIONÁRIO DIOCESANO PASTORAL JUVENIL: Os Jovens, a fé e o discernimento vocacional A Finalidade deste questionário é auxiliar a Coordenação

Leia mais

GLAP Sorocaba Grupo Local de Ação Política

GLAP Sorocaba Grupo Local de Ação Política São Paulo, Maio de 2016 GLAP Sorocaba Grupo Local de Ação Política PROJETO DE LEI PARLAMENTAR INCLUSÃO DA DISCIPLINA CIDADANIA NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO DO ESTADO DE SÃO PAULO Alexandre Ogusuko Coordenador

Leia mais

Sua Excelência Presidente da República de Angola, Engenheiro José Eduardo dos Santos,

Sua Excelência Presidente da República de Angola, Engenheiro José Eduardo dos Santos, Sua Excelência Presidente da República de Angola, Engenheiro José Eduardo dos Santos, Excelentíssima Primeira-Dama da República de Angola, Drª Ana Paula dos Santos, Excelentíssimo Senhor Vice-Presidente

Leia mais

2011. Ano Europeu do Voluntariado

2011. Ano Europeu do Voluntariado 2011. Ano Europeu do Voluntariado Projecto de Celebração Enquadramento A Comissão Europeia proclamou o ano de 2011 como Ano Europeu para o Voluntariado. No ano escutista de 2010/2011, o Corpo Nacional

Leia mais

Ficha de Inscrição. Agrupamento Silveira. Paróquia de Nossa Senhora do Amparo da Silveira

Ficha de Inscrição. Agrupamento Silveira. Paróquia de Nossa Senhora do Amparo da Silveira Nos agrupamentos do Corpo Nacional de Escutas, a admissão de um novo elemento (aspirante), é um compromisso celebrado entre o movimento escutista e a família do novo elemento. Válido enquanto seja de adesão

Leia mais

RESUMO DOS TRABALHOS FÓRUM DE JOVENS ESCUTEIROS EUROPA/ ÁFRICA PAÍSES OFICIAIS DE LINGUA PORTUGUESA

RESUMO DOS TRABALHOS FÓRUM DE JOVENS ESCUTEIROS EUROPA/ ÁFRICA PAÍSES OFICIAIS DE LINGUA PORTUGUESA RESUMO DOS TRABALHOS FÓRUM DE JOVENS ESCUTEIROS EUROPA/ ÁFRICA PAÍSES OFICIAIS DE LINGUA PORTUGUESA 4 A 12 DE JULHO DE 2010 PRAIA CABO VERDE 1 INTRODUÇÃO O presente documento pretende fazer uma síntese

Leia mais

Projeto Defensoria e Fluminense: jogando juntos pela cidadania

Projeto Defensoria e Fluminense: jogando juntos pela cidadania Projeto Defensoria e Fluminense: jogando juntos pela cidadania I OBJETO: A direção do Fluminense Football Club, em reunião com membros da Administração Superior da Defensoria Pública do Estado do Rio de

Leia mais

Pacote de Atividades para as Associações Escutistas

Pacote de Atividades para as Associações Escutistas Pacote de Atividades para as Associações Escutistas Introdução Este pacote de atividades tem por objetivo inspirar as Associações Escutistas à celebração do Centenário do Lobitismo e ao fortalecimento

Leia mais

Campanha Nacional de Incentivo ao Voto para as Eleições Europeias. Apoio: Parceiros: Ecos

Campanha Nacional de Incentivo ao Voto para as Eleições Europeias. Apoio: Parceiros: Ecos Apoio: Campanha Nacional de Incentivo ao Voto para as Eleições Europeias Parceiros: Ecos 1. O PROJECTO 1.1 Enquadramento 1.2 Objetivos 1.3 Ligação à Campanha League of Young Voters 2. OS PARCEIROS 3. ATIVIDADES

Leia mais

Fórum Intercultural Cidadania Democrática e Cultura de Paz: Jovens como promotores da compreensão intercultural

Fórum Intercultural Cidadania Democrática e Cultura de Paz: Jovens como promotores da compreensão intercultural Fórum Intercultural Cidadania Democrática e Cultura de Paz: Jovens como promotores da compreensão intercultural 6 a 8 Maio de 2013, S. Vicente-Cabo Verde Tema: cidadania democrática e cultura de paz, pilares

Leia mais

PARTICIPAÇÃO JUVENIL NA DEMOCRACIA

PARTICIPAÇÃO JUVENIL NA DEMOCRACIA PARTICIPAÇÃO JUVENIL NA DEMOCRACIA Projecto financiado com o apoio da Comissão Europeia. A informação contida nesta publicação (comunicação) Vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão responsável

Leia mais

FORMAR-SE. Há em muitas de nossas falas, quando terminamos um ciclo, algo que ocorre muito

FORMAR-SE. Há em muitas de nossas falas, quando terminamos um ciclo, algo que ocorre muito FORMAR-SE Senhoras e senhores, Há em muitas de nossas falas, quando terminamos um ciclo, algo que ocorre muito na cultura, algo que tem a profunda marca antropológica dos rituais: a celebração de uma passagem,

Leia mais

TEXTO DE APOIO PARA O FORMANDO

TEXTO DE APOIO PARA O FORMANDO CORPO NACIONAL DE ESCUTAS ESCUTISMO CATÓLICO PORTUGUÊS CURSO DE ININIAÇÃO PEDAGÓGICA (C.I.P.) MANUAL ÁREA B PEDAGOGIA GERAL DO ESCUTISMO MÓDULO B.1 OS VALORES DO ESCUTISMO B.1.3 U.F. LEI PROMESSA E PRINCÍPIOS

Leia mais

CNE REGIÃO AÇORES Departamento de Formação

CNE REGIÃO AÇORES Departamento de Formação 1 Grupo de Questões: Responde duma forma espontânea e sincera, tomando uma posição clara em cada uma das questões que se seguem. 1. Quero candidatar-me a Dirigente/Educador do C.N.E., porquê? Por opção

Leia mais

ENCONTRO DE PARCEIROS

ENCONTRO DE PARCEIROS ENCONTRO DE PARCEIROS UDIPSSSetúbal e BANCO ALIMENTAR Setúbal, 18 de Maio de 2016 Ao dirigir-me, em nome da de Solidariedade Social do Distrito de Setúbal, quero em primeiro lugar felicitar todos os presentes

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DO SEMINÁRIO SOBRE INFORMAÇÕES Dili, 2 de Julho de 2009

Leia mais

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO. Teresa Helena Portela Freire de Carvalho Assessora Técnica CGU/Unicamp 2013

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO. Teresa Helena Portela Freire de Carvalho Assessora Técnica CGU/Unicamp 2013 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO Teresa Helena Portela Freire de Carvalho Assessora Técnica CGU/Unicamp 2013 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO FUNCIONALISMO PÚBLICO Funcionário público é todo

Leia mais

Mensagem de Sua Excelência o Primeiro-Ministro

Mensagem de Sua Excelência o Primeiro-Ministro Mensagem de Sua Excelência o Primeiro-Ministro É com particular prazer que saúdo a organização da 40ª Exposição Nacional e pré-olímpica da Columbofilia, que terá lugar na cidade das Caldas da Rainha. Gostaria

Leia mais

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTO DE ENTRADA: E B7 Dentro de mim existe uma luz/ Que me mostra por onde deverei andar F#m B7 E Dentro de mim também mora Jesus/ que me ensina buscar

Leia mais

Apresentação do programa Parlamento dos Jovens. 1. Objetivos do Programa

Apresentação do programa Parlamento dos Jovens. 1. Objetivos do Programa Apresentação do programa Parlamento dos Jovens O Parlamento dos Jovens é uma iniciativa institucional da Assembleia da República, desenvolvida ao longo do ano letivo com as Escolas de todo o país, em que

Leia mais

Metodologia do Projecto

Metodologia do Projecto Metodologia do Projecto Índice 1. O Método 2. As Actividades 3. O Projecto 4. Fases da Metodologia do Projecto 5. Papel do Dirigente 6. Notas soltas 1. O Método Escutista Fonte: Escutismo: um sistema educativo,

Leia mais

EXTERNATO LICEAL DA CASA DE S.VICENTE DE PAULO AV. MARECHAL CRAVEIRO LOPES, LISBOA

EXTERNATO LICEAL DA CASA DE S.VICENTE DE PAULO AV. MARECHAL CRAVEIRO LOPES, LISBOA EXTERNATO LICEAL DA CASA DE S.VICENTE DE PAULO AV. MARECHAL CRAVEIRO LOPES, 10-1700 - 284 LISBOA 2015-2018 Evangelizar através da educação, colaborando na formação integral das crianças e jovens, disponibilizando-nos

Leia mais

Miguel Relvas. Ministro-Adjunto do Primeiro-Ministro. e dos Assuntos Parlamentares. Plano Nacional de Ética no Desporto

Miguel Relvas. Ministro-Adjunto do Primeiro-Ministro. e dos Assuntos Parlamentares. Plano Nacional de Ética no Desporto Miguel Relvas Ministro-Adjunto do Primeiro-Ministro e dos Assuntos Parlamentares Plano Nacional de Ética no Desporto Grande Auditório do Teatro Camões, Lisboa 27 de Fevereiro de 2012 1 Minhas senhoras

Leia mais

Educar para a Cidadania Contributo da Geografia Escolar

Educar para a Cidadania Contributo da Geografia Escolar Iª JORNADAS IGOT DOS PROFESSORES DE GEOGRAFIA Educar para a Cidadania Contributo da Geografia Escolar Maria Helena Esteves 7 de Setembro de 2013 Apresentação O que é a Educação para a Cidadania Educação

Leia mais

Eduardo Missoni Um escuteiro pouco mirim

Eduardo Missoni Um escuteiro pouco mirim Eduardo Missoni Um escuteiro pouco mirim 23.04.2007, António Marujo O secretário-geral do Movimento Escutista Mundial, Eduardo Missoni, diz que Disney ajudou o escutismo, mas deu dele uma imagem do tipo

Leia mais

A entrega anual do CRC deve ser feita a par com o censo anual do CNE conforme determinação da Junta Central de 30 de setembro de 2015 (ver OSN 654).

A entrega anual do CRC deve ser feita a par com o censo anual do CNE conforme determinação da Junta Central de 30 de setembro de 2015 (ver OSN 654). De: Para: Assunto: Serviços Administrativos da Chefes de Agrupamento Certificado Registo Criminal perguntas frequentes Data: 25-11-2016 Circular: SRGA-1-2016 Caro Chefe de Agrupamento, A pedido da Junta

Leia mais

CONGREGAÇÃO DAS SERVAS DE MARIA REPARADORAS - ACRE INSTITUTO IMACULADA CONCEIÇÃO Rio Branco Acre - Brasil

CONGREGAÇÃO DAS SERVAS DE MARIA REPARADORAS - ACRE INSTITUTO IMACULADA CONCEIÇÃO Rio Branco Acre - Brasil CONGREGAÇÃO DAS SERVAS DE MARIA REPARADORAS - ACRE INSTITUTO IMACULADA CONCEIÇÃO Rio Branco Acre - Brasil RELATÓRIO das ATITIDADES GRUPO MISSIONARIO DI RONZANO BOLOGNA - ITALIA Caríssimos amigos do grupo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 8. POLÍTICA INTERNACIONAL Majestades:

Leia mais

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança. Como o testemunho de vida da

Leia mais

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE GALIZES. Voluntários contra a solidão

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE GALIZES. Voluntários contra a solidão Plano de Atividades e Orçamento 2013 Convocatória Empreitada Casa Nossa Senhora da Visitação Plano de Atividades 2013 VISÃO SCMG Plano de Atividades e Orçamento 2013 VISÃO SCMG Plano de Atividades e

Leia mais

Depois da guerra total, a humanidade via-se confrontada com o horror total dos campos de concentração.

Depois da guerra total, a humanidade via-se confrontada com o horror total dos campos de concentração. Senhor Provedor de Justiça, Senhora Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Senhores Vice-Presidentes da Assembleia da República, Senhores Presidentes dos Grupos Parlamentares e

Leia mais

ALOCUÇÃO DE SEXA O GENERAL CEMGFA POR OCASIÃO DA SESSÃO SOLENE NA CM MOURA (27 DE ABRIL DE 2013) (só faz fé versão lida)

ALOCUÇÃO DE SEXA O GENERAL CEMGFA POR OCASIÃO DA SESSÃO SOLENE NA CM MOURA (27 DE ABRIL DE 2013) (só faz fé versão lida) SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE MOURA SENHOR PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE MOURA SENHOR VEREADOR SANTIAGO MACIAS SENHOR GENERAL, PRESIDENTE DA LIGA DOS COMBATENTES, MEU GENERAL SENHORES

Leia mais

O Jovem e a sociedade

O Jovem e a sociedade Subsídio da AJS O Jovem e a sociedade Ambientação: panos coloridos, bandeira da AJS, imagens que representam a juventude dentro de uma caixa, imagem dos meios de inserção da juventude (sociedade, igreja,

Leia mais

Lançamento da Versão em Língua Portuguesa do Manual Compreender os Direitos Humanos Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

Lançamento da Versão em Língua Portuguesa do Manual Compreender os Direitos Humanos Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) Lançamento da Versão em Língua Portuguesa do Manual Compreender os Direitos Humanos Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) Auditório da Faculdade de Medicina Universidade Eduardo Mondlane Maputo,

Leia mais

Plano e Orçamento 2016

Plano e Orçamento 2016 Plano e Orçamento 2016 EDIFICAR COM FRANCISCO CNE - Junta Regional do Algarve Plano de Atividades 2016 1 Introdução O presente Plano de Atividades pretende apresentar em traços gerais as atividades previstas

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA EXCELENTÍSSIMO SENHOR PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA PSDB e o DEMOCRATAS - DEM, agremiações partidárias com representação no Congresso Nacional e com sede nesta Capital,

Leia mais

DIA DO JOVEM MARISTA

DIA DO JOVEM MARISTA 2016 2017 La Valla DIA DO JOVEM MARISTA 28 de outubro RUMO AO BICENTENÁRIO 2017 maristas um novo começo Ambientação: preparar o ambiente com uma cama ou colchão com lençóis, velas para os participantes,

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO PARA A EDUCAÇÃO DE ÓBIDOS

PLANO ESTRATÉGICO PARA A EDUCAÇÃO DE ÓBIDOS PLANO ESTRATÉGICO PARA A EDUCAÇÃO DE ÓBIDOS Óbidos, Junho 2012 1 - INTRODUÇÃO Um modelo para a nossa educação: (re)pensar a Escola A Educação em Portugal tem sido alvo de mudanças consecutivas, provocando

Leia mais

ANOS DA CPLP» Intervenção de. S. Ex.ª Embaixador Murade Murargy, Secretário Executivo da Comunidade dos. Países de Língua Portuguesa (CPLP)

ANOS DA CPLP» Intervenção de. S. Ex.ª Embaixador Murade Murargy, Secretário Executivo da Comunidade dos. Países de Língua Portuguesa (CPLP) «SEMINÁRIO DAS COMEMORAÇÕES DOS 20 ANOS DA CPLP» Intervenção de S. Ex.ª Embaixador Murade Murargy, Secretário Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) Assembleia da República Portuguesa

Leia mais

Mutual

Mutual Mutual 2013 http://astontasvaoaoceu.blogspot.com.br/ Em Lugares Santos Se no escuro andais não vais enxergar quem sois e o que podeis vos tornar. Se de joelhos estais e na luz viveis, onde o Espírito está

Leia mais

DISCURSO DO SR. PRESIDENTE DA UNIÃO DAS MUTUALIDADES PORTUGUESAS, DR. LUÍS ALBERTO DE SÁ E SILVA

DISCURSO DO SR. PRESIDENTE DA UNIÃO DAS MUTUALIDADES PORTUGUESAS, DR. LUÍS ALBERTO DE SÁ E SILVA DISCURSO DO SR. PRESIDENTE DA UNIÃO DAS MUTUALIDADES PORTUGUESAS, DR. LUÍS ALBERTO DE SÁ E SILVA 110.º Aniversário da Associação Mutualista Nossa Senhora da Esperança de Sandim Temas abordados: LBES Modernização

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. Documento de Apoio: Desagregação das medidas e das tipologias de atividades

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. Documento de Apoio: Desagregação das medidas e das tipologias de atividades Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento Documento de Apoio: Desagregação das medidas e das tipologias de atividades Desagregação das medidas e das tipologias de atividades ESTRATÉGIA NACIONAL

Leia mais

Sr. Dr.. Mário Pereira Pinto, Consultor para a Saúde da Casa Civil do Presidente da República

Sr. Dr.. Mário Pereira Pinto, Consultor para a Saúde da Casa Civil do Presidente da República Exmo. Senhor Ministro da Saúde Senhores Deputados Exmo. Director-Geral da Saúde, Sr. Dr.. Mário Pereira Pinto, Consultor para a Saúde da Casa Civil do Presidente da República Senhores Presidentes e Directores

Leia mais

Díli Terça-feira, 26 de Novembro

Díli Terça-feira, 26 de Novembro ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE, KAY RALA XANANA GUSMÃO, POR OCASIÃO DO SEMINÁRIO INTERNACIONAL PARA DENTISTAS E ENFERMEIROS ODONTOLÓGICOS SOBRE O

Leia mais

MEMORANDO DE ENTENDIMENTO

MEMORANDO DE ENTENDIMENTO MEMORANDO DE ENTENDIMENTO Sob o Alto Patrocínio do MINISTRO DA ECONOMIA E DESENVOLVIMENTO DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE Ti MOR-LESTE e da MINISTRA DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL DE PORTUGAL É OUTORGADO:

Leia mais

O HOMEM LIVRE E DE BONS COSTUMES

O HOMEM LIVRE E DE BONS COSTUMES O HOMEM LIVRE E DE BONS COSTUMES O HOMEM QUE FALA A VERDADE. É um homem feliz e congruente consigo mesmo Fico fascinado com O Maçom que sabe para onde vai, qual é seu destino, para que foi criado pelo

Leia mais

CONFERÊNCIA DA IMPRENSA RELATIVAMENTE AO RESULTADO PROVISÓRIO DAS ELEIÇÕES DOS ÓRGÃOS DOS SUCOS DE 2016

CONFERÊNCIA DA IMPRENSA RELATIVAMENTE AO RESULTADO PROVISÓRIO DAS ELEIÇÕES DOS ÓRGÃOS DOS SUCOS DE 2016 CONFERÊNCIA DA IMPRENSA RELATIVAMENTE AO RESULTADO PROVISÓRIO DAS ELEIÇÕES DOS ÓRGÃOS DOS SUCOS DE 2016 1. Nota Introdutória. Tendo como base a Lei dos Sucos N. o 9/2016, de 18 de Julho, sobre a designação

Leia mais

AMO Academia Mineira de Odontologia

AMO Academia Mineira de Odontologia 1/5 AMO Academia Mineira de Odontologia Discurso para a Posse de 13-04- 2013 BH - MG Ac. Mauro Cruz Cadeira nº03 Membro Fundador e Emérito Ilmo Sr. Acadêmico Prof. Dr. Oswaldo Costa Filho D.D. Presidente

Leia mais

OS SETE PASSOS DA CAMINHADA MISSIONÁRIA

OS SETE PASSOS DA CAMINHADA MISSIONÁRIA OS SETE PASSOS DA CAMINHADA MISSIONÁRIA para organizar uma animação missionária séria, eficaz e programada. 1 1 Constituir o Grupo de Animação Missionária (GAM) Grupo = núcleo que se reúne para Rezar Discutir

Leia mais

mantida pela iniciativa privada.

mantida pela iniciativa privada. JUNIOR ACHIEVEMENT mantida pela iniciativa privada. A Junior Achievement é a maior e mais antiga organização de educação prática em economia e negócios do mundo. Criada nos Estados Unidos, em 1919, por

Leia mais

ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA INAUGURAÇÃO DA MATERNIDADE-ESCOLA DE NOSSA SENHORA

Leia mais

I (Comunicações) CONSELHO

I (Comunicações) CONSELHO I (Comunicações) CONSELHO Resolução do Conselho e dos Representantes dos Governos dos Estados-Membros, reunidos no Conselho, sobre o reconhecimento do valor da aprendizagem não formal e informal no domínio

Leia mais

Guia de Carreiras. Cumprindo o destino determinado. de vida

Guia de Carreiras. Cumprindo o destino determinado. de vida Guia de Carreiras Cumprindo o destino determinado por Deus para o trabalho e o propósito de vida 1 Contexto atual A metade dos homens e das mulheres que saíram para trabalhar nesta manhã sentem que estão

Leia mais

O PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA

O PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA O PROGRAMA CRIANÇA ESPERANÇA Mobilizando pessoas, transformando vidas O Programa Criança Esperança, uma iniciativa da TV Globo em parceria com a UNESCO desde 2004, é um programa de mobilização social que

Leia mais

José Alberto Azeredo Lopes. Ministro da Defesa Nacional. Intervenção do Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, por ocasião

José Alberto Azeredo Lopes. Ministro da Defesa Nacional. Intervenção do Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, por ocasião José Alberto Azeredo Lopes Ministro da Defesa Nacional Intervenção do Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, por ocasião do Dia da Polícia Marítima Lisboa, 16 de setembro de 2016 Senhor

Leia mais

PARCERIAS. Pág 1. Relação de colaboração entre duas ou mais pessoas com vista à realização de um objectivo comum.

PARCERIAS. Pág 1. Relação de colaboração entre duas ou mais pessoas com vista à realização de um objectivo comum. PARCERIAS OBJECTIVOS COLABORAÇÃO CO-RESPONSABILIDADE APRENDIZAGEM COOPERAÇÃO Parceria: Relação de colaboração entre duas ou mais pessoas com vista à realização de um objectivo comum. Parceria no Escutismo

Leia mais

Vitor Manuel de Oliveira Faria

Vitor Manuel de Oliveira Faria Vitor Manuel de Oliveira Faria Nasceu em Lisboa, 12 de fevereiro de 1947 Entrou para o Agrupamento 55 Amadora Região de Lisboa, no inicio de 1960. Fez a promessa de explorador, desempenhando o cargo de

Leia mais

RELATÓRIO DE MONITORIZAÇÃO CLDS MARINHA SOCIAL

RELATÓRIO DE MONITORIZAÇÃO CLDS MARINHA SOCIAL RELATÓRIO DE MONITORIZAÇÃO CLDS MARINHA SOCIAL O presente relatório reflecte a actividade do CLDS Marinha Social, desde o inicio da sua actividade, em Julho de 2009 até Junho de 2010, analisando-se 2 momentos

Leia mais

Inovação substantiva na Administração Pública

Inovação substantiva na Administração Pública Inovação substantiva na Administração Pública XI Encontro Nacional de Escolas de Governo 10 e 11 de dezembro de 2015 Rosana Aparecida Martinez Kanufre Superintendência Instituto Municipal de Administração

Leia mais

Plano e Orçamento 2015

Plano e Orçamento 2015 Plano e Orçamento 2015 a Oportunidade de celebrar Onde houver justiça, aí haverá sabedoria, e onde houver sabedoria, aí está o paraíso. Santo António 1 Introdução No presente ano apresentamos um projeto

Leia mais

Mais do que um Centro de Estudos Um Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento

Mais do que um Centro de Estudos Um Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento Mais do que um Centro de Estudos Um Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento O Centro 4Brain é um Projeto Pedagógico Inovador, que trabalha o aluno como um todo, centrando os esforços tanto na Aprendizagem

Leia mais

Erasmus+ Agência Nacional Erasmus+ - Educação e Formação Rui Gato

Erasmus+ Agência Nacional Erasmus+ - Educação e Formação  Rui Gato Erasmus+ Agência Nacional Erasmus+ - Educação e Formação www.erasmusmais.pt Rui Gato Erasmus+ O Erasmus+ é o programa da UE nos domínios da educação, da formação, da juventude e do desporto para o período

Leia mais

Os combatentes agradecem reconhecidos a presença de V. Exas.

Os combatentes agradecem reconhecidos a presença de V. Exas. DIA DO COMBATENTE NA BATALHA, EM 14 DE ABRIL DE 2007 GENERAL JOAQUIM CHITO RODRIGUES Exmo. senhor Ministro da Defesa Nacional. Digna-se V. Exa. presidir a esta cerimónia evocativa do Dia do Combatente

Leia mais

Vogal Mariano Cadernos de Serviços

Vogal Mariano Cadernos de Serviços Vogal Mariano Cadernos de Serviços Nome: Conselho Local / Regional / Nacional Centro Local: No dia 27 de Novembro de 1830, Nossa Senhora apareceu a Santa Catarina de Labouré, suscitando a devoção da Medalha

Leia mais

Intervenção da Chefe do Grupo Nacional da Assembleia da República de Moçambique, Deputada Margarida Talapa

Intervenção da Chefe do Grupo Nacional da Assembleia da República de Moçambique, Deputada Margarida Talapa Intervenção da Chefe do Grupo Nacional da Assembleia da República de Moçambique, Deputada Margarida Talapa Sua Excelência Senhor Presidente da Assembleia Parlamentar da CPLP, Respeitados Presidentes dos

Leia mais

DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL

DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL República de Moçambique Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional (MCTESTP) DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL

Leia mais

Miguel Relvas. Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares

Miguel Relvas. Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares Miguel Relvas Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares Lisboa, 4 de Abril de 2013 1 Senhoras e Senhores Jornalistas Solicitei a vossa presença aqui para vos informar - e através de vós os portugueses

Leia mais

REGIMENTO DA CONFERÊNCIA DE MINISTROS DA JUVENTUDE E DESPORTO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

REGIMENTO DA CONFERÊNCIA DE MINISTROS DA JUVENTUDE E DESPORTO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA REGIMENTO DA CONFERÊNCIA DE MINISTROS DA JUVENTUDE E DESPORTO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Aprovado na VII Reunião da Conferência de Ministros da Juventude e do Desporto da Comunidade

Leia mais

DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL

DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL República de Moçambique Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional (MCTESTP) DISCURSO DE SUA EXCELÊNCIA MINISTRO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, ENSINO SUPERIOR E TÉCNICO-PROFISSIONAL

Leia mais

CLUBE ATLETISMO DE MARINHA GRANDE

CLUBE ATLETISMO DE MARINHA GRANDE CLUBE ATLETISMO DE MARINHA GRANDE Índice 1. Introdução... 2 2. Rendimento desportivo... 2 3. Quadro técnico... 4 4. Atletas... 4 5. Organização de eventos... 4 1 1. Introdução Com a construção da pista

Leia mais

Discurso de Tomada de Posse do Exmo. Senhor Presidente da Federação Portuguesa de Lutas Amadoras Dr. Pedro Silva

Discurso de Tomada de Posse do Exmo. Senhor Presidente da Federação Portuguesa de Lutas Amadoras Dr. Pedro Silva Discurso de Tomada de Posse do Exmo. Senhor Presidente da Federação Portuguesa de Lutas Amadoras Dr. Pedro Silva Almada, 12 de Janeiro de 2013 Sua Excelência Senhor Secretário de Estado do Desporto e Juventude

Leia mais

PROJETO Servir com Proteção Social

PROJETO Servir com Proteção Social 2012 Coordenador do Projeto: CARLOS HENRIQUE SILVA SANTOS TEL.: 7376-1274 / (019) 7828-5604 (ID 957*31090) e-mail: henriquefaixapreta@yahoo.com.br ou pservircomprotecaosocial@yahoo.com.br PROJETO Servir

Leia mais

ESPIRITUALIDADE ESCUTISMO E RELIGIÃO A DIMENSÃO RELIGIOSA NA PROPOSTA DE BADEN-POWELL

ESPIRITUALIDADE ESCUTISMO E RELIGIÃO A DIMENSÃO RELIGIOSA NA PROPOSTA DE BADEN-POWELL E2 ESPIRITUALIDADE 2 Forestier conta como, num encontro com Baden-Powell, lhe fala da profundidade religiosa das palavras que lhe escutara sobre a paternidade divina como fonte de amor fraterno entre os

Leia mais

SUMÁRIO. Série I, N. 13. Jornal da República. Quarta-Feira, 15 de Abril de 2015 $ 0.75 PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR - LESTE

SUMÁRIO. Série I, N. 13. Jornal da República. Quarta-Feira, 15 de Abril de 2015 $ 0.75 PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR - LESTE Quarta-Feira, 15 de Abril de 2015 Série I, N. 13 $ 0.75 PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR - LESTE SUMÁRIO PARLAMENTO NACIONAL : Resolução do Parlamento Nacional N.º 3/2015 de 15 de Abril

Leia mais

SISTEMA DE PROGRESSO

SISTEMA DE PROGRESSO SISTEMA DE PROGRESSO O Sistema de Progresso da II Secção está dividido em dez áreas: Saúde / Socorrismo Desenvolvimento Físico Cultura / Comunidade Natureza / Vida em Campo Técnica Prevenção e Segurança

Leia mais

ORAÇÃO MISSIONÁRIA #OUTUBRO MÊS MISSIONÁRIO JUVENIL

ORAÇÃO MISSIONÁRIA #OUTUBRO MÊS MISSIONÁRIO JUVENIL ORAÇÃO MISSIONÁRIA Ó Deus Trindade, Pai, Filho e Espirito Santo, nós vos louvamos pela vossa comunhão. Sois o fundamento e inspiração de nossa fraternidade. Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

Leia mais

Cidadania Europeia. Direção-Geral da Educação Av. 24 de Julho, n.º Lisboa Tel

Cidadania Europeia. Direção-Geral da Educação Av. 24 de Julho, n.º Lisboa Tel Este documento foi elaborado pela Direção-Geral da Educação em parceria com a Pro Dignitate - Fundação de Direitos Humanos, por ocasião do Seminário conjunto realizado no âmbito do Ano Europeu dos Cidadãos

Leia mais

Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010 II Série Número 08. da Assembleia Nacional

Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010 II Série Número 08. da Assembleia Nacional Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010 II Série Número 08 DIÁRIO IX LEGISLATURA (2010-2014) 1.ª SESSÃO LEGISLATIVA SUMÁRIO Págs Mensagem do Presidente da República Pede para considerar sem efeito o assentimento

Leia mais